Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

Local Público: Pinheiro de Thalia

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por 108-ExStaff em Sab 02 Maio 2015, 23:53

Relembrando a primeira mensagem :


Pinheiro de Thalia



Descrição

Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,
sê um arbusto no vale mas sê
o melhor arbusto à margem do regato. [...]
Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...
Mas sê o melhor no que quer que sejas.


— Pablo Neruda

O Pinheiro de Thalia é um marco da divisa com o ambiente externo, ou seja, a linha entre a segurança e o perigo. De um lado, o semideus estará dentro dos limites determinados pela barreira mágica, que filtra monstros e humanos, não permitindo que determinados seres entrem no Acampamento Meio-Sangue sem permissão; do outro, o lado de fora, o meio-sangue estará por sua conta em risco, ao sabor do acaso, sendo responsável por sua própria sobrevivência e podendo sempre ser abordado por monstros, criaturas fantásticas e até deuses.

O local fora maculado para sempre quando uma jovem filha de Zeus, chamada Thalia, tentara salvar seus amigos, ganhando algum tempo numa batalha perdida para que eles pudessem se encontrar dentro das proteções do Acampamento. Devido ao ato de coragem da garota, o próprio deus dos deuses transformou-a no pinheiro que hoje se localiza no alto da Colina Meio-Sangue. Dizem que o espírito da heroína ainda habita o pinheiro, enquanto outros afirmam que ela se libertou com o poder curativo do Velocino de Ouro.

Aliás, uma árvore grande e de tronco grosso, o pinheiro está sempre com dois importantes companheiros: o Velocino de Ouro e o dragão Peleu. O Velocino de Ouro, originalmente recuperado pelos Argonautas, teve que ser novamente retirado de um esconderijo, no caso, a ilha de Polifemo, e é sabido que seu poder age de forma tão forte sobre a natureza que sua aura chegou a ser confundida com a do deus Pã. Já o dragão Peleu - imenso e com escamas cor de cobre - é o protetor do Acampamento Meio-Sangue, impedindo que ataques sejam feitos contra o Velocino, e por isso dorme enroscado no tronco do pinheiro.

{Wikipédia, Pensador, Percy Jackson BR, Rick Riordan, Guia Definitivo (Knight, Mary-Jane), Percy Jackson e o Ladrão de Raios (Rick Riordan), gabs}


Informações de Jogo


Tráfego humano: Inexistente
Periculosidade base: 0%
Visibilidade: Inexistente para humanos / Baixa para o Acampamento
Permissão de ataque: Não
Permissão de intervenção: Não
Tks Maay from TPO
108-ExStaff
Administradores
Mensagens :
482

Localização :
Garota, eu vou pra Califórnia. ♪

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Charlie E. Turner em Qui 03 Mar 2016, 20:36

New fucking hair
The Colorful Trinity
And I was running far away, would I run off the wall someday? Nobody knows, nobody knows. And I was dancing in the rain, I felt alive and I can't complain. But now take me home, take me home where I belong...


Soltei uma risada leve com a fala do garoto. Eu também perdia um pouco a linha quando via garotas bonitas, mas meus flertes realmente eram bons.

— Quanto a isso, eu não posso falar nada. Também perco a linha quando vejo garotas bonitas. Fica de boa. — Falei sorrindo.

Ignorei o fato que ele recuou um pouco. Queria novos amigos e alguém que parecia tão pirado quanto eu seria fantástico e acho que sempre foi meu sonho, ou não?

Um pouco depois da minha fala eu pude confirmar que o garoto era totalmente desparafusado. Ele falava com alguém que eu não conseguia ver, e logo foi jogado pra longe, ou se atirou. Sei lá. Ele ficou caído por um tempo e eu tentava não rir.

"Tem como isso ficar mais estranho? Meu deus, esse garoto é insano a esse nível, sério?" Falou uma das vozes em minha cabeça, na verdade as vozes eram meus próprios pensamentos. Eu era perturbada por meus próprios pensamentos.

— Chad? Você tá bem? — Eu disse enquanto estendia minha mão para o garoto se levantar, não consegui segurar a risada, por mais que fosse inconveniente. 

Thanks Tess
Charlie E. Turner
Filhos de Apolo
Mensagens :
163

Localização :
No parquinho ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Chad J. Walker em Qui 03 Mar 2016, 20:45

Thalia's Three
Realmente saiu uma menina dessa árvore? Que louco.
Urrei um pouco no chão antes de aceitar a ajuda da garota, me levantando. Agora a grama molhada havia sujado toda minha roupa, não só minha bunda. Que merda. Me ajeitei, limpei por cima minhas roupas e suspirei, olhando para o cara que havia me acertado um soco.

— Eu tô ótimo, esse cara bate feito uma marica. — Olho para ela e percebo que ela parece estar querendo rir da situação. — Pode rir, vai, não é sempre que se vê um louco falando com fantasmas. Falando nisso... Quem é você? — Olhei para o vulto.

Pode me chamar de Senhor Pesadelo. Eu tô de saída, só vi que você estava precisando de ajuda e resolvi aparecer. Na verdade, sua mente projetou eu e... Ah, você tá acostumado. Só não seja babaca e não faça merda. A garota é sapatona. Fui. Disse, evaporando.

— Ele sumiu. É, minha vida é feita de amizades curtas e grossas. — Dou uma leve risada. — Então, Charllote... Você é filha de quem?

Sapatona. A voz dele ecoava no ar.
Eu não uso drogas, eu juro
Chad J. Walker
Filhos de Melinoe
Mensagens :
23

Localização :
Camp Half Blood.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Charlie E. Turner em Qui 03 Mar 2016, 22:34

New fucking hair
The Colorful Trinity
And I was running far away, would I run off the wall someday? Nobody knows, nobody knows. And I was dancing in the rain, I felt alive and I can't complain. But now take me home, take me home where I belong...


Antes de se levantar, Chad urrou um pouco. Ri com essa reação e com as roupas sujas do rapaz. Ele tentava fracassadamente limpar suas vestes, e confirmou pra mim que estava bem. Logo voltou a falar com o espírito, ou sei lá o que ele estava vendo. Realmente não era todo dia que eu via um louco falando com fantasmas. Ok, talvez o garoto esquizofrênico lá do colégio que eu via todo dia.

Sorri de canto com o último comentário do garoto. Amizades curtas e grossas, huh? Entendo. Estalei os dedos de minhas mãos e meu pescoço e logo retornei a olhar pra ele.

"Ele acabou de admitir que é louco, mas e se na verdade ele só estiver fingindo? Ou talvez ele seja filho de Melinoe?" Mais umas vez minha maldita voz se fez presente em minha mente e eu revirei os olhos, massageando minhas têmporas.

— Me chame só de Charlie. Bem... Sou filha de Apolo. E você, Chad? — Falei colocando um novo sorriso em meu rosto. 
Thanks Tess
Charlie E. Turner
Filhos de Apolo
Mensagens :
163

Localização :
No parquinho ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Chad J. Walker em Qui 03 Mar 2016, 23:16

Thalia's Three
Realmente saiu uma menina dessa árvore? Que louco.
Ela é filha de Apolo. Eu vou saber lá quem é Apolo. Apolo pra mim era nome de cortador de gramas e de nave espacial - e barrinhas de chocolate naquela série maravilhosa que eu vi no hotel aquela vez lá em Washington. Bons tempos. Ah, e ela se chama Charlie, legal!

Sapatona. A voz dele ecoava no ar novamente.

— Eu sou filho de um professor bêbado que me internou num hospício por que não sabia que a mulher que ele engravidou na verdade era uma deusa grega, que na verdade é outra coração frio do caramba. Já tô aqui faz um dia e ela nem pra me reconhecer como filho. Poxa, viver com aqueles caras do Hebreu lá naquele chalé super lotado não é uma coisa muito boa, sem querer ofender. - Percebo que estou reclamão e me calo. - Mas eaí, cara, o que tem de bom pra fazer por aqui além de ver árvores e bodes?
Eu não uso drogas, eu juro
Chad J. Walker
Filhos de Melinoe
Mensagens :
23

Localização :
Camp Half Blood.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Max King em Qui 03 Mar 2016, 23:44


Hair Salon
A trindade Colorida


Depois da Charlie sair era a minha vez de receber a tinta, e foi bem mais rápido que minha irmã. Matt tinha dado um beijo e um mordidinha na minha bochecha, deixando-a vermelha.

Logo chegou a vez de eu fazer o processo em Matt, fiz a mesma coisa que meu amor tinha feito no meu cabelo. Sentia que tinha demorado um pouquinho mais que ele para aplicar o produto, mas deveria ser porque eu estava sendo hiper cuidadoso.

O produto começava a fazer efeito e eu sentia um queimação suave no couro cabeludo, que logo parou quando comecei a conversar com Matt. Acho que é por isso que salões de beleza são sempre locais onde todos conversam. Ele me perguntava um pouco envergonhado se eu queria sair com ele mais tarde, ntão eu respondi para o garoto.

— Não... Não quero sair com você mais tarde — Agora dava um pausa dramática, mas meu sorriso com certeza entregava os meus planos. agora me posicionava a frente dele com meu rosto bem perto ao seu — Quero sair com você hoje. — Falava dando um selinho — Amanhã — Dava outro beijo em sua boca. —  E depois... E depois... E depois... —  Eu não contei quantos "depois" eu tinha falado, ou quantos beijos eu tinha dado, mas eram muitos. Mesmo assim não era suficiente para demonstrar o que eu sentia. — Entendeu a mensagem ou eu vou ter que repetir?

Max King
Filhos de Apolo
Mensagens :
76

Localização :
Moço eu não sei, se você souber me avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Charlie E. Turner em Sex 04 Mar 2016, 15:35

New fucking hair
The Colorful Trinity
And I was running far away, would I run off the wall someday? Nobody knows, nobody knows. And I was dancing in the rain, I felt alive and I can't complain. But now take me home, take me home where I belong...


Chad começou a falar e eu não pude evitar de rir. Hebreu? Sério? Ele se calou por um instante e me perguntou o que tinha de bom pra fazer além de ver sátiros e árvores, me arrancando outra risada. O garoto era engraçado, eu não podia negar de forma alguma. Antes de responder, vi Matt e Maxxie e estampei um sorriso em meu rosto. Ah sim, a pergunta.

— Eu tava pintando meu cabelo com aqueles dois lindos ali. — Falei apontando para meu irmão e o... Namorado? Sei lá. — Mas eu não posso sair por um instante que eles já começam a se comer, esses dois não tem jeito. E você, o que veio fazer aqui?

 
Thanks Tess
Charlie E. Turner
Filhos de Apolo
Mensagens :
163

Localização :
No parquinho ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Chad J. Walker em Sex 04 Mar 2016, 17:39

Thalia's Three
Realmente saiu uma menina dessa árvore? Que louco.
Sapatona. A voz dele ecoava no ar novamente.

Sorri para a a garota ao ouvir sua resposta.

— Seu irmão, é? Gay. — Disse, mais como se fosse um pensamento, o atropelando. — Bem... Eu vim ver se a árvore realmente expelia mulheres pelo tronco. Pelo jeito é mentira, tendo em vista que eu não vejo ninguém aqui chamada Thalia.

Voltei a me limpar, ignorando minha falta de criatividade para escrever este post.
Eu não uso drogas, eu juro
Chad J. Walker
Filhos de Melinoe
Mensagens :
23

Localização :
Camp Half Blood.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Charlie E. Turner em Sab 12 Mar 2016, 21:57

New fucking hair
The Colorful Trinity
And I was running far away, would I run off the wall someday? Nobody knows, nobody knows. And I was dancing in the rain, I felt alive and I can't complain. But now take me home, take me home where I belong...

Revirei meus olhos com o comentário do garoto. A decepção só aumentava. Cruzei meus braços e abri um sorriso debochado.

— Sim. Meu irmão é tão gay quanto eu. Deve tá no sangue. — Respondi enquanto observava o garoto tentando ficar limpo. — Por sinal, é melhor desistir de se limpar.

Ri baixinho e arrumei minha franja. Aquele garoto me tirava do sério, e não no bom sentido. Queria saber mais sobre ele, sem dúvidas. Quem sabe o que eu iria descobrir?

"Só vai descobrir merda, não acha?" Falou uma das vozes, me fazendo gargalhar mais alto. 
Thanks Tess
Charlie E. Turner
Filhos de Apolo
Mensagens :
163

Localização :
No parquinho ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Matthew Lightwood em Qui 17 Mar 2016, 20:33


King of Blue Hair♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.


Ele tinha dito não. Aquilo me fez entrar em estado de choque. Mas logo percebi que era zoeira quando ele começou a sorrir, ele parou com o rosto próximo ao meu, sua respiração cruzava com a minha, o que me tirou um sorriso bobo. Ele me enchia de selinho enquanto dizia que queria sair comigo hoje, e depois, e mais um monte depois, e ri, e derrubei dele no chão, me sentando em cima do seu colo, fiquei fitando ele por alguns instantes, e me inclinei lhe dando algumas mordidas e beijinhos em seu pescoço.

— Você me preocupou, seu bobo. — Me deitei, apoiando minha cabeça em seu peitoral. — Ai ai... Temo que terminar de pintar o cabelo agora. Vamos lavar e passar a tinta colorida.

Me levantei e peguei um pouco de água e jogando no cabelo tirando a tinta. Em seguida eu fiz o mesmo no Max, porém com toda delicadeza, enquanto tirava, acariciava levemente os cabelos, agora brancos, do meu namorado.


Companhia: Maxxie and Charmander humor: Indiferente post: 01
Matthew Lightwood
Filhos de Perséfone
Mensagens :
59

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Max King em Seg 21 Mar 2016, 17:44


Hair Salon
A trindade Colorida


Eu percebi que ele tinha ficado assustado, e fiquei com um pouquinho de pena, mas depois tudo normalizou, ele estava colocando a tinta no meu cabelo, então foi quando me virei e comecei a colocar no cabelo dele também. Ao terminamos tínhamos que esperar um pouco para que a tinta fixasse em nossas madeixas.

Enquanto esperávamos decidi me deitar na grama, para olhar o céu mais uma vez. Desta vez coloquei as mãos na parte de trás da cabeça para não haver contato entre o meu cabelo e a terra. Meus braços estavam abertos com os cotovelos para fora. Olhava para as nuvens que passavam pelo céu formando imagens. Alguns diziam que eram sinais, mas quem poderia dizer? somente os deuses.

Olhei novamente para o meu amado e falei.

— Olha eu sei que sou bonito —  Dando uma pausa. — Só que não... hehehe. Mas você só vai ficar ai olhando para mim?

Max King
Filhos de Apolo
Mensagens :
76

Localização :
Moço eu não sei, se você souber me avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Matthew Lightwood em Seg 21 Mar 2016, 18:23


King of Blue Hair♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.


Ele passou a tinta em meu cabelo assim que terminei de passar no dele. Ele se deitou e ficou olhando pro céu, e eu olhado para ele. Então ele perguntou se eu ia apenas ficar olhando ele, então eu ri. Me sentei levemente em sua barriga, e fiquei passando minha mão em seu peitoral, fazendo círculos com os dedos por cima da blusa.

—  Eu te amo sabia... —  Não olhava em seus olhos, e sim para meus dedos — Sério... Você foi a melhor coisa que me aconteceu, Maxxie. Agradeço aos deuses todos os dias por terem colocado você em meu caminho.

Aproximei meu rosto ao dele, e lhe dei um leve selinho, e fui descendo com beijinhos até o pescoço dele, e dei uma leve mordida seguida de uma leve chupada, que não o deixou marcado.

— Você é a luz que ilumina meu caminho.

Companhia: Maxxie and Charmander humor: Indiferente post: 01
Matthew Lightwood
Filhos de Perséfone
Mensagens :
59

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Max King em Seg 21 Mar 2016, 19:30


Hair Salon
A trindade Colorida


"Eu te amo sabia..." Era o que ele tinha falado, mas não havia parado por ai, ela falou ainda mas, ele havia aberto seu coração inteiro, e eu estava em choque. quando ele me deu um selinho, minha cara ficou imediatamente vermelha. Eu sentia o sangue se acumular em meu rosto, eu geralmente não ficava vermelho, devido a cor da minha pele, mas desta vez eu tinha certeza que toda a minha face estaria como um tomate.

Ele continuava e eu ficava sem reação, eu geralmente me protegia num escudo de confiança, apesar de não ter tanta confiança assim. ele agora tinha derrubado todas as minhas defesas eu estava vulnerável e de alguma forma estava gostando. Quando ele terminou dei uma abraço muito forte fiquei com medo de machucá-lo mas continuei.

— Ninguém nunca falou isso pra mim... — Falava entra soluços — Eu te amo tanto...

Max King
Filhos de Apolo
Mensagens :
76

Localização :
Moço eu não sei, se você souber me avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Matthew Lightwood em Seg 21 Mar 2016, 19:46


King of Blue Hair♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.


Correspondi o abraço, e apoiei minha testa na testa de Max. Mordi levemente seu lábio inferior, e enchi suas bochechas de beijinhos

—  Posso te chamar de grandão? —  Sorri o fitando — Por que tipo, você é o meu grandão mesmo...

Me sentei um pouco mais pra trás, na colo do garoto, e me inclinei deitando por cima do corpo dele, passei minhas mãos por dentro da camisa dele, e o abracei, tomando todo cuidado para não o manchar de tinta azul.


Companhia: Maxxie and Charmander humor: Indiferente post: 01
Matthew Lightwood
Filhos de Perséfone
Mensagens :
59

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Max King em Seg 21 Mar 2016, 20:23


Hair Salon
A trindade Colorida


— Grandão? Eu nem sou... — Pensando novamente e olhando para a altura de Matt falou — É eu sou bem grande... tudo bem! mas só se eu puder te chamar de Mel! — Max estava feliz pelo apelido dado para Matt até perceber que tinha haver com comida e que ele sempre fazia isso, e sempre era sem intenção — Nossa estou sendo um gordo de novo! — Era como ele se identificava, um gordo de espírito, pois seu corpo era magro e até um pouco musculoso, antes ele pensava que era por conta de um metabolismo rápido, mas depois descobriu que era uma característica do seu pai.

Max ria alto, mas decidiu que este continuaria sendo o apelido dele, ele era doce, mas meio enjoadinho que ficava irritado, e era fofo 24 horas por dia. Além do mais, seus lábios eram doces, e gostosos de beijar, não dava vontade de largá-lo. Então o apelido caia bem.

— Mel... — Falava com pensamentos vagos, mas depois voltando a realidade falava — A gente não deveria tirar a tinta agora?

Max King
Filhos de Apolo
Mensagens :
76

Localização :
Moço eu não sei, se você souber me avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Matthew Lightwood em Seg 21 Mar 2016, 21:00


King of Blue Hair♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.


Mel. Aquilo me fez rir, mas aceitei o apelido. Ele falou sobre tirarmos a tinta então eu me levantei, e retirei minha blusa, ficando com o dorso despido. Joguei a água na cabeça, o que fez um pouco de tinta escorrer pelo meu peitoral e meu abdomem. Joguei mais um pouco tirando o resto da tinta. Olhei para Max e ri, logo em seguida joguei um pouco de água na camisa dele.

—  Que pena grandão. —  Mordi meu lábio inferior — Vai ter que ficar sem camisa também.

Dei a língua para ele, e me virei, indo até minha bolsa, e pegando uma toalha para enxugar meus cabelos.

Companhia: Maxxie and Charmander humor: Indiferente post: 01
Matthew Lightwood
Filhos de Perséfone
Mensagens :
59

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Max King em Seg 21 Mar 2016, 21:20


Hair Salon
A trindade Colorida


Ele se levantou e começou a lavar a cabeça, e por isso tirou a camisa. Quando eu estava levantando, Matt me jogava água e molhava toda a minha blusa. Falando que eu também teria que tirar minha blusa, me fez rir um pouco. retirei a blusa, e a joguei no chão, lavei meus cabelos, a água saria rosa, e cada vez que eu jogava mais água ela ficava mais transparente, até que ela ficou transparente por completo.

Indo atrás de Matt para pegar a toalha percebei que a ponta dos seus cabelos estavam bem mais escuras, parecia um roxo. Refazendo todos os passos em minha mente lembrei de como Matt encontrou as nossas testas, e decidi que foi ali que meu cabelo tinha ficado com tonalidade roxa na frente. não fazia muita diferença, chegando perto do Melzinho falei.

— Meu único problema em fica sem camisa, é você ficando com ciúmes dos filhos de Afrodite me olhando. — Falava bagunçando os cabelos dele e pegando a toalha — Que aliás é muito idiota, porque você sabe que você é a única pessoa que eu me importo aqui.

Max King
Filhos de Apolo
Mensagens :
76

Localização :
Moço eu não sei, se você souber me avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Matthew Lightwood em Seg 21 Mar 2016, 21:30


King of Blue Hair♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.

Ele sem camisa me fazia ir a loucura... Mas eu me segurei um pouco. Me aproximei do garoto, e passei a mão pelo seu tanquinho, e acariciei seus gominhos. Aproximei meu rosto do seu ouvido.

—  Eles podem até olhar... Mas não passarão disso... Já que eu posso aproveitar do grandão ai. —  Mordi levemente a orelha do garoto, e o abracei, apoiando minha cabeça em seu ombro, dando um beijo em seu pescoço. — Não gosto que fiquem olhando... Mas o que é bonito tem que ser mostrado.



Companhia: Maxxie and Charmander humor: Indiferente post: 01
Matthew Lightwood
Filhos de Perséfone
Mensagens :
59

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Max King em Seg 21 Mar 2016, 22:58


Hair Salon
A trindade Colorida


Ele dava uma mordida na minha orela e falava para mim que o que era bonito era para ser mostrado. Terminei de enxugar o meu cabelo e joguei a toalha no rosto de matt, fui para trás dele sem que ele percebesse e me abaixei. Colocando minha cabeça entre as suas pernas e segurando suas pernas levantei, até que estivesse em pé e ele sentado nos meus ombros.

— Eu também concordo sabia — parava para ajeitar o garoto em seus ombros —  O que é bonito é para ser mostrado.

Agora estava brincando com Matt, balançando-o de um lado para o outro ameaçando derrubá-lo, mas na verdade ele estava segurando as pernas do garoto o suficiente para não deixá-lo cair.

— Meu mel! Você vê alguma coisa interessante daí de cima?

Max King
Filhos de Apolo
Mensagens :
76

Localização :
Moço eu não sei, se você souber me avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Matthew Lightwood em Seg 21 Mar 2016, 23:06


King of Blue Hair♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.

Senti a toalha em meu rosto, e quando percebi estava no alto, sentado nos ombros de Maxxie, o que me fez rir bastante. Apoiei meu queixo na cabeça do garoto, me segurando em seus ombros, enquanto ele balançava de um lado pro outro. Em seguida me levantei um pouco, e coloquei minha cabeça de frente a de Max, e sorri lhe dando um selinho, logo me sentando em seu ombro de novo.

— A única coisa interessante aqui está em baixo de mim, fora isso, nada.

Sorri enquanto arrumava o cabelo, ainda úmido do meu namorado, em um topete.


Companhia: Maxxie and Charmander humor: Indiferente post: 01
Matthew Lightwood
Filhos de Perséfone
Mensagens :
59

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Max King em Ter 22 Mar 2016, 01:17


Hair Salon
A trindade Colorida


Recoloquei ele no chão, e sentei atrás dele, o abracei por trás. Minhas pernas ainda assim eram maiores que as dele, e meus braços o envolviam por inteiro. Coloquei meu pescoço em seu ombro e fiquei olhando para o por do sol, que estava demorando um pouquinho mais que o normal para desaparecer. Parecia querer ver, continuar a nos assistir, mas isso não era possível, lentamente ele foi desparecendo no horizonte.

O céu que estava azul anil, foi mudando, com tons de laranja, rosa e roxo. Tonalidade que minha vó sempre definia como a cor dos meus olhos "Azul - fim de tarde". ainda com o queixo encostado no ombro de Matt, inclinei minha cabeça em direção a sua, e minha mão direita procurava a dele. Assim que encontrei-a entrelacei meus dedos com o dele e falei.

— Podemos ficar aqui para sempre? — Perguntava não para ele, mas para alguém alguém superior, algum deus do tempo que desacelerasse os segundos, desfizesse as horas, destruísse os minutos — Quero ficar com você para sempre... — Era quase um sussurro mas seria suficientemente alto para que Matt pudesse ouvir.

Max King
Filhos de Apolo
Mensagens :
76

Localização :
Moço eu não sei, se você souber me avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Matthew Lightwood em Ter 22 Mar 2016, 01:51


King of Blue Hair♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.

Ele me colocou no chão e eu me sentei, e ele logo sentou atrás de mim, me abraçando. Amava ficar naquela posição com ele, me dá um ar de proteção que só ele consegue me passar. Ficamos olhando o por do sol e ele entrelaçou sua mão com a minha, o que me tirou um sincero sorriso, seguido de suas palavras que me fizeram corar.

—  Lembra do nosso selo de sangue? Bom, eu não vou sair da sua vida tão fácil... Apenas se eu morrer.

Apertei um pouco a mão dele, e suspirei fundo.


Companhia: Maxxie and Charmander humor: Indiferente post: 01
Matthew Lightwood
Filhos de Perséfone
Mensagens :
59

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Max King em Qua 23 Mar 2016, 13:51


Hair Salon
A trindade Colorida


E ficamos ali até escurecer a o sinal para o jantar soar, seguindo para o refeitório logo após, o dia ia ser cheio no dia seguinte. como sempre treinos e aulas para todos nós e nem sempre eu tinha a oportunidade de vê-lo, então tentei aproveitar cada segundo.

Max King
Filhos de Apolo
Mensagens :
76

Localização :
Moço eu não sei, se você souber me avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Ayla Lennox em Qua 21 Set 2016, 19:41

Blue Jeans

Ayla tinha péssimos hábitos.

Os cassinos de Las Vegas, bares de Nova Iorque e até mesmo as ruas estreitas de cidadelas europeias eram testemunhas disso. Depois de tanto tempo desfrutando das inúmeras possibilidades oferecidas pelo mundo fora das fronteiras, era inevitável uma sensação de vazio todas as vezes que estava no Acampamento.

Não costumava gastar mais tempo do que o necessário cercada pela monotonia e círculos viciosos de monotonia. Era - ou melhor, havia se tornado - um ser, acima de tudo, entrópico.

Certamente a companhia de Peleu não era o maior atrativo no Pinheiro de Thalia, mas havia algo que todas as vezes atraía a lupina até o local. Limite. Aquela era uma boa palavra para descrever o ambiente. Uma linha tênue entre segurança e risco, mortais e semideuses, inocência e realidade. Incerteza.

Deuses, como a garota adorava controvérsias. Talvez por esse motivo estivesse se tornando uma, especialmente comparando com quem era nos primeiros dias dentro do acampamento.

Sentou-se na grama à sombra de uma árvore de onde se podia ver o velocino brilhando. A brisa era agradável e brincava com os longos cabelos escuros da filha de Selene, bem como sua blusa jeans cujos botões estavam abertos até a altura do busto.

Suspirou ao ver o marco de Thalia. Fechou os olhos em virtude de um sentimento que poderia ser facilmente confundido com vergonha, mas que logo foi afastado de seus devaneios.

Idiota. — Resmungou para si mesma.

Não seria lembrada como heroína, mas começava a não se importar com aquilo.

Spoiler:
Sem armas ou poderes relevantes.
Interagindo com a Charlie.
Ayla Lennox
Mentalistas de Psiquê
Mensagens :
911

Localização :
EUA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Charlie E. Turner em Qua 21 Set 2016, 20:29

Blue Jeans

There's a girl over that hill, she had a vision of her wildest dreams. Trapped inside this web of tears and now she has a strange power within her 
Uma sensação totalmente estranha era estar de volta ao acampamento, ver aquele lugar trazia lembranças horríveis e ótimas ao mesmo tempo. Deu seu primeiro passo no local, as olheiras fundas exibindo suas poucas horas e sono e um sorriso animado no rosto. O sol nascia lentamente, trazendo consigo a saudades que a canadense sentia de seus amigos.

Deixou a mochila em seu chalé, passando a mão por seu antigo nome entalhado na cama, uma identidade que não lhe pertencia mais. Suspirou tristemente ao encontrar todos os seus irmãos dormindo, fazendo o mesmo logo em seguida.

Acordou e não viu ninguém, algo um tanto peculiar considerando que era acostumada a ver o chalé cheio de gente. Levantou de sua cama, vestindo a primeira roupa que teve a capacidade de encontrar em seu guarda-roupa e saiu do chalé.

Procurou o acampamento inteiro e não encontrou ninguém, fazendo com que só restasse um único local para ir. Caminhava lentamente para o pinheiro que marcava os limites do acampamento, tendo certeza pela primeira vez que havia voltado quando encontrou a garota de cabelos negros.

Tentou não fazer muito barulho, agachando-se com um sorriso atrás da moça e colocando duas mãos em seus ombros.

— É tão esquisito te encontrar de novo, senhorita mistério. — sussurrou com um sorriso travesso.




Charlie E. Turner
Filhos de Apolo
Mensagens :
163

Localização :
No parquinho ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Ayla Lennox em Qua 21 Set 2016, 21:18

Blue Jeans

Eram raras as vezes em que a garota permitia que seu estado de alerta constante fosse, de certa forma, desativado. Antes daquela tarde, não conseguia se lembrar da última ocasião onde aquilo havia acontecido.

Não estava pensando muito, não se concentrava em sentir emoções ao seu redor, não estava com a audição apurada para reparar em passos que poderiam estar se aproximando. Não tinha ao seu lado o dom da antecipação aos fatos e era bom estar apenas no presente.

Sentiu o toque suave de duas mãos em seus ombros e, por impulso, buscou por Despair na cintura. Alcançou o cabo da arma, mas virou o rosto a tempo de encarar feições familiares o bastante para que largasse o item antes de sacá-lo.

Franziu o cenho discretamente, mas manteve uma sutil curva nos lábios ao ouvir a voz da garota próxima a seu ouvido.

Esquisito? — Ela riu. — Você fala como se nós, semideuses, fôssemos exemplos de normalidade. — Então virou o corpo para ficar de frente para a outra cria divina. — Acredite, me ver duas vezes uma das menores surpresas que vai ter na vida.

Mas a depender do momento, provavelmente não seria uma das melhores.
Spoiler:
Sem armas ou poderes relevantes.
Interagindo com a Charlie.
Ayla Lennox
Mentalistas de Psiquê
Mensagens :
911

Localização :
EUA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 03:43

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum