Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

Local Público: Pinheiro de Thalia

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por 108-ExStaff em Sab 02 Maio 2015, 23:53

Relembrando a primeira mensagem :


Pinheiro de Thalia



Descrição

Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,
sê um arbusto no vale mas sê
o melhor arbusto à margem do regato. [...]
Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...
Mas sê o melhor no que quer que sejas.


— Pablo Neruda

O Pinheiro de Thalia é um marco da divisa com o ambiente externo, ou seja, a linha entre a segurança e o perigo. De um lado, o semideus estará dentro dos limites determinados pela barreira mágica, que filtra monstros e humanos, não permitindo que determinados seres entrem no Acampamento Meio-Sangue sem permissão; do outro, o lado de fora, o meio-sangue estará por sua conta em risco, ao sabor do acaso, sendo responsável por sua própria sobrevivência e podendo sempre ser abordado por monstros, criaturas fantásticas e até deuses.

O local fora maculado para sempre quando uma jovem filha de Zeus, chamada Thalia, tentara salvar seus amigos, ganhando algum tempo numa batalha perdida para que eles pudessem se encontrar dentro das proteções do Acampamento. Devido ao ato de coragem da garota, o próprio deus dos deuses transformou-a no pinheiro que hoje se localiza no alto da Colina Meio-Sangue. Dizem que o espírito da heroína ainda habita o pinheiro, enquanto outros afirmam que ela se libertou com o poder curativo do Velocino de Ouro.

Aliás, uma árvore grande e de tronco grosso, o pinheiro está sempre com dois importantes companheiros: o Velocino de Ouro e o dragão Peleu. O Velocino de Ouro, originalmente recuperado pelos Argonautas, teve que ser novamente retirado de um esconderijo, no caso, a ilha de Polifemo, e é sabido que seu poder age de forma tão forte sobre a natureza que sua aura chegou a ser confundida com a do deus Pã. Já o dragão Peleu - imenso e com escamas cor de cobre - é o protetor do Acampamento Meio-Sangue, impedindo que ataques sejam feitos contra o Velocino, e por isso dorme enroscado no tronco do pinheiro.

{Wikipédia, Pensador, Percy Jackson BR, Rick Riordan, Guia Definitivo (Knight, Mary-Jane), Percy Jackson e o Ladrão de Raios (Rick Riordan), gabs}


Informações de Jogo


Tráfego humano: Inexistente
Periculosidade base: 0%
Visibilidade: Inexistente para humanos / Baixa para o Acampamento
Permissão de ataque: Não
Permissão de intervenção: Não
Tks Maay from TPO
108-ExStaff
Administradores
Mensagens :
482

Localização :
Garota, eu vou pra Califórnia. ♪

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Aaron B. Crawford em Ter 05 Jan 2016, 23:59


Conversa na colina...
The winter is coming...

O jovem abraçou a própria perna enquanto escutava atento a menina, o pouco que conhecia sobre mitologia tinha lido num livro sobre os poemas de Homero sobre a guerra de Troia e viagem de Odisseu no retorno de tal guerra. O jovem se aproximou dela curtindo a companhia e depois de vislumbrar todo o acampamento olhou para ela.

- Então realmente não sei... Mas eu não me importo muito, uma mãe tão ausente assim não merece minha preocupação, nunca tive ajuda dela quando precisei... Por que estava exigindo do seu pai para ele te reclamar? Ao invés disso você deveria dar atenção as pessoas que gostam e estão perto de você... Não necessariamente eu que estou do sue lado no momento, quer dizer, atenção é legal né...

Comentou o rapaz se perdendo nas palavras e coçando os cabelos sem jeito e deixando o rubor cobrir as faces e um sorriso franco ser exposto pelos lábios.


Aaron B. Crawford
Indefinido
Mensagens :
6

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Annie I. Murray em Qua 06 Jan 2016, 20:36



Half-Blood Hill
Thinking of my life


Aaron tinha um jeito engraçado ao fazer o clássico questionamento: por que ela queria tanto ser reclamada? Vários já tinham feito aquela pergunta, já tinham dito a ela para ignorar os deuses e valorizar apenas que já estavam ali ao lado dela. Mas era algo tão profundo, tão necessário!

Ele corava, ela notou. Passava a mão pelos cabelos loiros e seu olhar tinha um brilho curioso quando citou a si mesmo como alguém que estava ao lado dela, mas era literalmente, embora quisesse dizer que poderia estar como um ombro amigo... A mente da garota deu um nó assim como as palavras dele e seu sorriso tornou a aparecer — algo que ainda não tinha acontecido naquele dia.

— Ter você do meu lado tá sendo bastante bom, vê? Estou até sorrindo! — ela ri — Mas sobre o meu pai... não sei, Aaron. É uma necessidade, sabe? Eu sinto como se precisasse dele. Como se tivesse algo na minha vida que só vai ficar completo se ele estiver presente.

Ela suspirou fundo. Não era normal falar de seus motivos, seus anseios, mas aquilo estava havia muito tempo trancado dentro dela.

— Eu já tive medo que Quíron ficasse magoado, sabe? Ele me criou como filha dele. Mas ele disse que me entende, ele sabe o que é viver sem uma referência de pai ou mãe, afinal — ela diz, sabendo sobre a filiação cruel do centauro. — Os deuses não podem ficar muito com os filhos, mas existe uma parte deles que se esforça e faz o melhor que pode. Espero que meu pai seja assim, mas... — mas ela já não tinha mais tanta certeza.

Ela só esperava que não fosse ele. Não aquele que a aterrorizava nas mínimas coisas. Ele não, por favor.

the sea doesn't like to be restrained...

Annie I. Murray
Filhos de Poseidon
Mensagens :
27

Localização :
Acampamento Meio-Sangue - Chalé de Poseidon

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Annie I. Murray em Seg 11 Jan 2016, 13:41

Postagem finalizada. O player Aaron sairá do fórum.
Annie I. Murray
Filhos de Poseidon
Mensagens :
27

Localização :
Acampamento Meio-Sangue - Chalé de Poseidon

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Geoffrey O. Champoudry em Ter 19 Jan 2016, 21:34


King of Paranauê♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.


Eu havia me cansado de tudo, nem sempre o que queremos é o melhor. Quando deixei o acampamento para atrás, pensei está renegando tudo o que me tornei e negando a existências de deuses e monstros mitológicos – Como me enganei. Os problemas me perseguiram por todos os lados e não porque em algum canto do mundo existia uma deusa chamada Hécate, mas sim porque naquela parte do mundo existia eu, filho dessa deusa.

Sofri ataques por todos os lados e confesso que coloquei até mesma minha família mortal em perigo e o que ganhei em troca? Lutas as cegas, perseguições e sonhos premonitórios de invasão na minha casa. Não se pode fugir daquilo que te torna diferente, afinal é isso que o faz especial. Sem ao menos avisar a minha decisão para ninguém, levantei antes mesmo do sol nascer. Peguei um bloco de anotações e caneta e escrevi um bilhete explicando a minha ausência, eu voltaria para o acampamento.

Arrumei a minha mochila com roupas e comidas comuns e deixei o apartamento dos meus pais na Street Monsier, 41. Não demorei para conseguir encontrar um táxi vago, em poucos minutos o automóvel corria pelas ruas de Nova York em direção a entrada do acampamento. Sinalizei para o motorista me deixar antes de chegar no local e um pouco relutante por um adolescente preferir ficar em um local sem absolutamente nada, o motorista acenou de ombros e ignorou o meu pedido estranho.

- Aqui senhor, Obrigado! - Falei retirando o dinheiro mortal da mochila e o entregando. Abri a porta do carro e prossegui com a caminhada. Nada havia mudado, enroscado sobre o pinheiro de Thalia estava o dragão e acima o objeto que ele protegia, o velocino de ouro. Evitando ataques desnecessários, desci a colina com uma distancia razoável do dragão. O meu alvo era a casa grande, onde avisaria a Quíron sobre a minha volta, isso se o velho Ranzinza Dionísio não estivesse dado a notícia antes de mim.  

Arsenal:


Habilidades:

Passivas:



Companhia: Sozinho humor: normal post: 000
Geoffrey O. Champoudry
Filhos de Hécate
Mensagens :
100

Localização :
Chalé de Hécate.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Regulus Blackburn em Ter 26 Jan 2016, 00:10

Era exatamente como se lembrava, o cheiro da grama e dos morangos dando lhe boas-vindas. A colina meio-sangue, a porta de entrada para o acampamento, o único lugar realmente seguro para um semideus, tudo bem, não tão seguro assim. A primeira vez que Regulus pos os pés no alto daquela colina foram em circunstâncias adversas, estando incluso o risco de morte. Pro seu azar não é diferente desta vez. Já faz tempo que não via o pinheiro de Tália, os limites do território meio-sangue, a melhor zvisão que já teve em toda sua vida! Regulus corria feito louco, a subida parecia não terminar, e faltva alguns metros até o bendito pinheiro, alguns metros para sua salvação! Atras dele golens de pedra brandiam seus braços como maças, golpe atras de golpe, tentando esmagalo! Reggie sabia que uma vez passado pinheiro, a barreira iria desfazer os monstros em poeira. Mas nada ocorreu como esperado, antes que pudesse alcançar a arvore, um dos monstrengos arremessou um dos próprios braços como se fosse uma lança, a pedra atingiu o ombro de Regulus e ele desabou, precisava sair dali, mas a dor era lacinante, ele tentou se arrastar, mas as criaturas se aproximavam rapidamente, seus passos fazendo o chão tremer! O mais próximo ergueu a mãozorra sobre Reggie e desceu feito martelo! E bam! O golem caiu para trás, uma flecha atravessara seu peito, e a seguir detonou, fazendo seu corpo despedaçar, os outros golens a semelhante modo foram reduzidos a pedrinhas e farelos, todos perfeitamente detonados! Reggie se virou para o Pinheiro e notou a presença de figuras portando arcos dourados empunhados. Eram filhos de Apolo, eram seus irmãos, e agora ele estava salvo, estava em casa.

- Nada como o lar... - as palavras saíram entorpecidas, não só pela dor no ferimento, mas também pela dor nas memorias que guardava. - Nada como o lar...



Regulus Blackburn
Indefinido
Mensagens :
43

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Max King em Ter 23 Fev 2016, 16:36


Hair Salon
A trindade Colorida


No dia anterior eu havia pedido para Claire me vender alguns produtos de cabelo que ela tinha, mas a mesma insistiu que eu levasse de graça, afinal éramos amigos e segundo as palavras dela, se não fosse por mim, ela nem estaria viva e bem no acampamento.

Charlie e eu estávamos conversando a um tempo sobre pintar nossos cabelos e recentemente, Matt Me confessou que queria pintar o dele também. Então consegui as tintas e os descolorantes, até peguei um secador que funcionava fora da tomada, emprestado claro, devolveria depois que terminássemos, para que pudéssemos começar os trabalhos, mas dependeria dos outros, Charlie e Matt tinham que pegar o resto das coisas.

Me sentei no gramado e esperava meus dois amores chegarem.

Max King
Filhos de Apolo
Mensagens :
76

Localização :
Moço eu não sei, se você souber me avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Charlie E. Turner em Ter 23 Fev 2016, 17:09


TAKE THE HOBBITS
to isengard
Assim que cheguei no pinheiro carregando uma garrafa enorme de água, tesoura e três gorros, vi Max sentado com um secador e as tintas. Sorri para meu irmão e sentei de seu lado, abraçando-o. 

— Cheguei, monamour. Onde está o outro garoto? — Falei enquanto o soltava, de vez em quando eu deixava escapar algumas palavras em francês graças ao fato de ter crescido no Canadá e morado tanto na parte francesa quanto inglesa.


Iriamos pintar o cabelo, Maxxie, outro menino aí e eu. Fiquei junto de meu irmão, esperando o outro semideus chegar.
Charlie E. Turner
Filhos de Apolo
Mensagens :
163

Localização :
No parquinho ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Matthew Lightwood em Ter 23 Fev 2016, 17:48


King of Blue Hair♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.


Caminhava em direção ao pinheiro. Tinha combinado com Max e sua irmã Charllote de pintarmos o cabelo, ainda estava em dúvida se só descoloria ou se pintava de alguma cor.

Em minha mochila carregava uns potes próprios para tinta de cabelo, luvas e pincel, afinal eu quem iria pintar o cabelo deles.

Ao chegar, vi os dois sentados na árvore. Me aproximei e sentei ao lado de Max.

— Desculpe a demora! Estava procurando as luvas...

Companhia: Maxxie and Charmander humor: Indiferente post: 01
Matthew Lightwood
Filhos de Perséfone
Mensagens :
59

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Max King em Ter 23 Fev 2016, 18:25


Hair Salon
A trindade Colorida


Depois de alguns minutos Charlie chegava e me perguntava sobre o outro semideus que esperávamos. Eu rapidamente respondi que ele já estava chegando, e depois ficamos conversando enquanto esperávamos pela chegada de Matt.

O que não demorou muito, depois de uma 5 minutos ele chegava com uma mochila, ele se sentava ao meu lado e se desculpava pela demora. Coisa que nem notei, pois estava muito distraído para notar. Me apressei em apresentar os dois um para o outro.

— Matt essa é Charlie minha irmã, mais linda do mundo! — falava dando um abraço nela de lado, com um braço só, para que Matt pudesse vê-la. — E Charlie, esse é Matt meu... — Matt e eu não tínhamos discutido nossa relação então não sabia do que chamá-lo. Era complicado. — Minha pessoa favorita no mundo! — Flava finalmente e não estaria mentindo, dando um beijo em sua bochecha depois de falar. — Agora que foram devidamente apresentados, vamos ao trabalho?

Max King
Filhos de Apolo
Mensagens :
76

Localização :
Moço eu não sei, se você souber me avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Charlie E. Turner em Ter 23 Fev 2016, 18:54


New Hair
Colorful Trinity
Ri da forma que meu irmão me apresentou para Matt e acenei pro garoto. Sempre fui muito intuitiva e alguma coisa me dizia que os dois tinham alguma coisa, mas não tinha certeza. Me espreguicei rapidamente e disse:

— Então... Vamos começar? O que vocês pretendem fazer exatamente?

Não conseguia conter o enorme sorriso em meu rosto. Aquilo definitivamente iria ser divertido e eu tinha a leve impressão que talvez fosse me dar bem com Matt, só talvez mesmo.
Charlie E. Turner
Filhos de Apolo
Mensagens :
163

Localização :
No parquinho ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Matthew Lightwood em Qua 24 Fev 2016, 00:44


King of Blue Hair♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.


Max me apresentou sua irmã, e me deu um beijo na bochecha, pela cara que ela fez, parecia saber de tudo, eu apenas ri e dei uma piscada para ela.

— Olhando bem para vocês, para Char seria uma boa pintar o cabelo de azul, e dar uma cortada nas pontas, nada muito grande... — Olhei para Max e sorri: — E pro Max, um rosa cairia bem com essa carinha de anjo dele.


Companhia: Maxxie and Charmander humor: Indiferente post: 01
Matthew Lightwood
Filhos de Perséfone
Mensagens :
59

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Max King em Qua 24 Fev 2016, 11:59


Hair Salon
A trindade Colorida


Depois de apresentá-los Charlie perguntava o que pretendíamos fazer, eu já sabia que ela queria azul em seu cabelo e ela já sabia da minha preferência por rosa, mas Matt ainda não sabia de nossas escolhas, e quando e mesmo falou sobre as cores que combinariam conosco, fiquei super feliz.

— Foi exatamente o que pensamos! E você? vai usar que cor? — perguntava colocando a minha mão sobre a dele que estava no chão.

Max King
Filhos de Apolo
Mensagens :
76

Localização :
Moço eu não sei, se você souber me avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Charlie E. Turner em Qua 24 Fev 2016, 16:00


New Hair
Colorful Trinity
Quando Matt me deu uma piscadela pude ter certeza do caso dos dois. Analisei o garoto por uns instantes depois que Maxxie perguntou que cor ele usaria e uma ideia me veio a cabeça:

— Por que você não pinta de azul também? Vai ficar lindo em você. 

Depois dessa fala fiquei um tempo calada, observando a interação dos dois. Sem dúvidas Maxxie estava mais feliz ultimamente, não sabia se era por causa de Matt, mas se fosse, era ótimo e que continuasse assim.
 
Charlie E. Turner
Filhos de Apolo
Mensagens :
163

Localização :
No parquinho ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Matthew Lightwood em Qua 24 Fev 2016, 16:15


King of Blue Hair♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.


Max perguntou sobre minha a cor que iria pintar, e antes que eu pudesse responder ele colocou sua mão sobre a minha, o que me deixou bastante corado, por que geralmente eu quem segurava a mão dele, por fim entrelacei nossos dedos.

Charllote deu a ideia de também pintar meu cabelo de azul. Por que não? Se ficasse feio eu raspava e pronto, afinal, cabelo cresce mesmo.

— Gostei da ideia Char. Até por que azul combina com meus olhos! — Ri enquanto dei a língua pra ela.

Fiquei encarando Max por alguns instantes, e antes de falar algo, dei um selinho nele, seguido de uma mordida no seu lábio inferior.

— Se ficar feio, prometo não te zoar até sua morte ta?


Companhia: Maxxie and Charmander humor: Indiferente post: 01
Matthew Lightwood
Filhos de Perséfone
Mensagens :
59

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Max King em Qua 24 Fev 2016, 17:12


Hair Salon
A trindade Colorida


Charlie já havia percebido que eu e Matt tínhamos uma relação maior que a amizade e quando ele me deu um selinho, nem me importei que ela visse, mas não queria que ela ficasse incomodada. já havia sido o amigo vela para ariana muitas vezes e não era legal, claro que ela não poderia sair com um cara do tinder sozinha, então eu entendia no fim das contas.

Logo depois Matt me falou que se meu cabelo ficasse feio tentaria não me zoar até a morte, eu retrucando rapidamente, falei.

— Se você estragar o meu cabelo, torça para eu estar de bom humor — falava para ele segurando no seu queixo. — Mas e aí, vamos começar ou não?

Max King
Filhos de Apolo
Mensagens :
76

Localização :
Moço eu não sei, se você souber me avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Charlie E. Turner em Qua 24 Fev 2016, 17:59


New Hair
Colorful Trinity


Dei a língua de volta pra Matt e logo depois soltei uma risada. Quando vi o selinho dele e Max estampei um sorriso enorme no meu rosto. Eles eram lindos juntos e não me incomodaria de segurar vela pros dois, mas tínhamos que começar logo com aquilo.

— Muito lindos os meus bebês, mas como o Maxxie disse: Vamos começar. Quem vai pintar primeiro? — Falei depois de um tempo.  
 
Charlie E. Turner
Filhos de Apolo
Mensagens :
163

Localização :
No parquinho ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Matthew Lightwood em Sex 26 Fev 2016, 14:17


King of Blue Hair♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.


Max tentava ser malvado me "ameaçando", só que acabava sendo ainda mais fofo do que geralmente era.

Quem iria pintar primeiro? Ótima pergunta.

— Vamos começar com a Char! Por que o cabelo dela é maior e demora mais.

Deixei os dois conversando e fui até a minha mochila, peguei o pote para por o descolorante, misturei o pó com a água oxigenada, e esperei um pouco, enquanto pegava a luva.

— Vem cá Char.

Comecei então, separando mecha por mecha, e ia pintando.

Depois de unas 15 minutos, já havia pintado o cabelo todo, era só esperar que fizesse efeito. (Um turno pra descolorir ele todo :P)


Companhia: Maxxie and Charmander humor: Indiferente post: 01
Matthew Lightwood
Filhos de Perséfone
Mensagens :
59

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Max King em Sex 26 Fev 2016, 16:44


Hair Salon
A trindade Colorida


Matt começava a trabalhar no cabelo de Charlie, com certeza o dela daria mais trabalho para descolorir, afinal era o maior de todos. Ele estava tão concentrado no trabalho, tão compenetrado, como se sua estivesse em risco, bem não sei o que a Charlie faria com ele se ele fizesse errado, então, poderia até ser verdade.

Agora estava deitado na grama olhando para o céu, esperando a minha vez. As nuvens formavam imagens, ou pelo menos meu cérebro fazia parecer que formavam. Eu acabara de ver uma cobra a alguns minutas atrás, e agora estava vendo uma nuvem que parecia uma espécia de banquete, com várias pessoas. Umas pareciam brigar, outras estavam somente conversando, aquela cena era familiar para mim, não sabia por que mas sentia que era.

Desviando meus pensamentos das nuvens me voltei par a Charlei e Matt, esperava que os dois tivessem terminado.

Max King
Filhos de Apolo
Mensagens :
76

Localização :
Moço eu não sei, se você souber me avisa.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Charlie E. Turner em Sex 26 Fev 2016, 19:11

New fucking hair
The Colorful Trinity
And I was running far away, would I run off the wall someday? Nobody knows, nobody knows. And I was dancing in the rain, I felt alive and I can't complain. But now take me home, take me home where I belong...

Matt resolveu descolorir meu cabelo primeiro, já que o meu daria mais trabalho. Fiquei conversando com Maxxie enquanto fazia milhares de caretas por conta da ardência que estava sendo causada em meu couro cabeludo graças ao descolorante. Matthew passou tudo com todo o cuidado do mundo, mas eu não tinha toda aquela intimidade com meu cabelo, se ficasse ruim eu simplesmente rasparia.

— Maxxie, aquela nuvem parece um unicórnio! — Apontei no momento que vi meu irmão observando as nuvens e sorri pra ele.

Assim que Matt terminou de passar todo o descolorante em meu cabelo, ficamos conversando até fazer efeito. Doía, doía demais. Sentia vontade de me matar a cada cinco segundos, ainda bem que eu estava com os meninos e nem senti o tempo passar direito.

— Max, acho que você é muito frágil para aguentar a descoloração, não faça isso! Ainda preciso de meu irmão! — Falei de forma sarcástica para Maxxie, já que ele seria o próximo. — Matt, se você estragar o cabelo do meu irmão, não vai ser só ele que vai te matar, ouviu?

Soltei uma risada, mas logo voltei a reclamar da dor.


Thanks Tess
Charlie E. Turner
Filhos de Apolo
Mensagens :
163

Localização :
No parquinho ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Chad J. Walker em Qui 03 Mar 2016, 18:41



Thalia's Three
Realmente saiu uma menina dessa árvore? Que louco.


Segundo dia desde que chegara no acampamento. Cara, eu estou seriamente pensando que a galera do hospício me capturou lá em Toronto e isso aqui é tudo efeito dos remédios. Mano, não faz sentido essa parada de deuses! Pra falar a verdade até faz, mas pensar que meu pai transou com uma deusa grega me faz ficar pensando se todos os meus amigos concretos - não esses imaginários que me atormentam - também não são crias mitológicas. Imagina se o Jared, meu amigo de infância, for filho de Poseidon e tal? O cara respirava embaixo da água por uns seis minutos. Isso é tipo, mágico?

Mas eu sou louco, então isso é tudo uma alucinação. Só pode ser, cara. Não tem como uma garota ter morrido, daí uma árvore ter brotado e anos depois após uma placa de ouro ter sido colocado, a garota é expelida feito bosta do tronco da árvore? ISSO NÃO FAZ SENTIDO. Me sinto como um homem medieval num universo tecnológico - imagina a cena.

Mas o que mais me assustava era o fato de que um dragão protegia a árvore. Dragões eram a única coisa que não havia aparecido pra mim no meu universo da loucura - até o Harry Potter já tinha topado comigo em meu caminho, mas um dragão? Isso era demais até pra mim.

Suspirei.

— Doutor, pode parar com as drogas. Eu já estou confuso o suficiente. —  Disse, olhando para a árvore com esperança que o médico que possivelmente estivera me atendendo ouviria. Nada.

Mostrei o dedo pra árvore e me sentei na grama, olhando emburrado para o chão. Eu não sei o motivo de eu ter feito isso, mas foi uma sensação bem legal de sentir a grama molhada na bunda. Me lembrou uma dor de barriga que me deu quando eu tinha, o que, seis anos? Sei lá, cara. Apenas continuei lá sentindo aquela umidade no meu corpo. Eu tenho demência, sério.

Eu não uso drogas, eu juro
Chad J. Walker
Filhos de Melinoe
Mensagens :
23

Localização :
Camp Half Blood.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Matthew Lightwood em Qui 03 Mar 2016, 19:01


King of Blue Hair♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.


Sorri para Charllote e falei para ela jogar água no cabelo que já tinha feito efeito e o cabelo poderia quebrar caso não tirasse o descolorante.

Depois veio Max e sentou na minha frente, e antes que eu fizesse o processo no cabelo dele, dei um beijo e uma mordida na bochecha dele, e sussurrei no seu ouvido que o amava.

Em seguida comecei a fazer todo o processo que fiz na Charllote em Max, porém nele foi mais fácil e rápido. Quando terminei nele, Max passou em mim também, já que também iria pintar. Resolvi ficar conversando com ele enquanto fazia efeito. (Um turno)

— Então Max... Quer sair comigo mais tarde? Eu queria poder passar um tempinho a mais com você. — Disse um pouco corado.


Companhia: Maxxie and Charmander humor: Indiferente post: 01
Matthew Lightwood
Filhos de Perséfone
Mensagens :
59

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Charlie E. Turner em Qui 03 Mar 2016, 19:30

New fucking hair
The Colorful Trinity
And I was running far away, would I run off the wall someday? Nobody knows, nobody knows. And I was dancing in the rain, I felt alive and I can't complain. But now take me home, take me home where I belong...


Matt mandou eu tirar o descolorante do cabelo e eu o fiz com o maior prazer, sinceramente eu não aguentava mais aquela desgraça em minha cabeça. Joguei água nos fios, tentando molhar o mínimo possível minha camiseta do acampamento. Quando ia voltar pra perto dos meninos, vi a interação dos dois e decidi não interromper. Perto dali, vi um garoto um pouco irritado com o pinheiro de Thalia, já que falava alguma coisa relacionada a drogas e exibia seu dedo do meio para a árvore. Soltei uma risada com a cena e me aproximei mais um pouco.

"O que você está fazendo, sua imbecil? Você vai incomodá-lo com certeza." Ah, minha ansiedade. Como eu a odiava. Senti minhas mãos começarem a transpirar e respirei fundo, limpando-as em minha calça. Odiava aquelas vozes com todas as forças de meu ser. Tentei novamente me aproximar do garoto.

"Que tipo de pessoa iria querer a companhia de uma garota imbecil como você? Ele vai ficar com raiva, idiota." Aquelas vozes em minha cabeça só aumentavam a minha ambivalência. Fazia um bom tempo que minha ansiedade não atacava e aquilo estava enchendo meu saco.

— Hey, dá um desconto pra árvore, ela não fez nada. — Falei dando uma risada e tentando ao máximo disfarçar que haviam milhares de vozes me chamando de estúpida em minha cabeça. — Alguma coisa aconteceu pra você estar tão irritado? Qual seu nome?

Havia algo estranho no moreno de pele pálida, a energia dele me trazia algo diferente. Talvez a mente dele seja um caos como a minha, certo? Ele poderia ser um amigo interessante, certo? Não sei. Talvez ele pudesse ser um inimigo? Argh, cala a boca, Charllote.

Thanks Tess
Charlie E. Turner
Filhos de Apolo
Mensagens :
163

Localização :
No parquinho ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Chad J. Walker em Qui 03 Mar 2016, 19:40

Thalia's Three
Realmente saiu uma menina dessa árvore? Que louco.
Eu admito que fiquei um bom tempo esperando que algum médico realmente me desdopasse, mas isso não aconteceu. Eu apenas continuei ali, olhando para a maldita árvore e pensando como raios ela havia cagado uma menina. Me levantei resmungando e quando olhei para trás notei três presenças. Primeiro uma linda menina que estava parada, olhando para mim. Ela nem piscava. Parecia que havia paralisado com algum pensamento e ficava por ali. Semicerrei os olhos e ignorei. Mais ao fundo haviam dois viados. No meu primeiro dia a machorra da filha de Ares me atendera, agora vejo dois viados. Amanhã eu vou ver o que, um bode travesti?

Sou preconceituoso SIM.

Mas o que me fazia ficar mais assustado era a garota. Ela parecia não ter percebido que estava parada?

É, mas ela começara a andar. Logo ela se aproximava com um olhar mais calmo, falando algo com uma firmeza questionável. Eu olhei com expressão confusa, mas dei um sorriso de volta. É uma menina, cara. E era linda. Linda as fuck. Linda pra caramba. Linda. Linda. Linda. Isso era motivo mais do que suficiente para conversar com ela.

— Na verdade, gata, tô tranquilo. Só puto com algumas coisas da vida, mas nada demais. Meu nome é Chad, mas pode me chamar de Sr. Apaixonável. — Disse, pegando na mão da garota e dando um beijo. — E qual é seu nome, dama dos cabelos descoloridos?

Eu não uso drogas, eu juro

Chad J. Walker
Filhos de Melinoe
Mensagens :
23

Localização :
Camp Half Blood.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Charlie E. Turner em Qui 03 Mar 2016, 19:59

New fucking hair
The Colorful Trinity
And I was running far away, would I run off the wall someday? Nobody knows, nobody knows. And I was dancing in the rain, I felt alive and I can't complain. But now take me home, take me home where I belong...


Só o jeito que aquele garoto falou comigo quase me fez gorfar. Revirei os olhos quando ele beijou minha mão e puxei-a rapidamente. Chad parecia ser um nome legal, ele não muito. Não vou comentar a maneira que ele olhou para o Matt e o Maxxie, se não só vou passar raiva. O semideus perguntou meu nome e hesitei um instante se deveria realmente falar. Resolvi que sim.

— Já fiz flertes melhores, sinceramente. Sou Charlie, prazer ou desprazer em te conhecer. — Não escondi meu desconforto com o garoto, mas queria conhece-lo antes de julgar. Perdeu alguns pontos comigo pela primeira impressão, devo admitir. 

Merda, eu realmente deveria ter escutado aquelas malditas vozes dessa vez.

Thanks Tess
Charlie E. Turner
Filhos de Apolo
Mensagens :
163

Localização :
No parquinho ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Chad J. Walker em Qui 03 Mar 2016, 20:18

Thalia's Three
Realmente saiu uma menina dessa árvore? Que louco.
Tomei um tiro no saco quando a garota respondeu. Ela parecia tão gente fina, cara. Eu só tava querendo ser gentil. Poxa, isso me deu uma tristeza óbvia e imediata. Recuei momentaneamente mas depois voltei a sorrir. Já vi que havia feito coisa errada, então não havia mais nada a perder. Apenas suspirei.

— Desculpa, eu geralmente perco a linha quando vejo garotas bonitas. Me desculpa, sério. — Olhei para o chão, envergonhado. — Eu... Eu acho que já vou indo. Foi mal. Ah, cara, que droga. Eu só faço merda.

Definitivamente. Disse uma voz. Olho para o lado e é mais um amigo imaginário. Droga.

— Sai daqui. — Disse, olhando para o lado. — Essa não é uma boa hora.

Qual é, Chad. A garota é tão louca como você.

— Quem é você pra falar de loucura? Você é uma alucinação.

É o que? Eu sou real. Olha só. Disse, me dando um soco no rosto tão forte que me jogara para o chão.

Agora eu estava lá, caído, pagando mico na frente da garota.
Eu não uso drogas, eu juro
Chad J. Walker
Filhos de Melinoe
Mensagens :
23

Localização :
Camp Half Blood.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Local Público: Pinheiro de Thalia

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:28

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum