Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

Ficha de reclamação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficha de reclamação

Mensagem por Victoria Militello em Ter 16 Jun 2015, 20:53

▬ Por qual Deus você deseja ser reclamado? Caso não queira ser um semideus, qual criatura mitológica deseja ser?
Gostaria ser reclamada pela deusa do amor e da beleza, Afrodite

▬ Cite suas principais características físicas e emocionais.
Físicas: Tenho belos olhos verdes, cabelos liso e longos de cor castanho claro, uma pequena cicatriz nos lábios inferiores e uma constituição firme, apesar de magra.
Emocionais: Sou uma garota de leal, que nunca trairia alguém cuja dei a palavra; sou um pouco estressada mas isso não me leva a tomar desisões precipitadas; sou bem desconfiada em relação as pessoas que conheço; um tanto quanto sarcástica, mas ainda sim consigo ser simpática.

▬ Diga-nos: por quê quer ser filho de tal Deus - ou ser tal ser mitológico?
Porque Afrodite era conhecida por espelhar amor e beleza por onde estivesse ou passase, e também ela era conhecida por não ter confrontos diretos, isso pode soar como covardia mas para mim, isso soa como sutileza e inteligência. Por isso que quero ser filha de Afrodite, para ser conhecida pela minha sutileza e inteligência.
▬ Relate a história da sua personagem - não haverá um limite de linhas definidos, deixe a sua criatividade fluir.
Eu era diferente. E eu sabia disso.
Mas porquê eu era diferente dos outros ? E o que tinha de tão especial em mim todo esse tempo ?
Essas eram perguntas que sozinha não saberia responder e, foi exatamente por esse motivo que conversei com meu pai.
Meu pai, ele era muito bonito para idade que tinha, havia falado inúmeras vezes isso a ele mas ele sempre ignorava. Parecia se chatear quando eu falava isso.
Um dia em que estávamos os dois em casa, decidi perguntar sobre meu passado, de onde eu era.
Meu pai me dissera que me achou dormindo em uma cesta no parque na frente de sua casa, ele me disse que eu era apenas um bebê.
- Mas, por que o senhor não me levou a uma casa de adoção ? - Perguntou a garota que tinha lágrimas nos olhos. - Cuidar de uma criança que simplesmente achou é muita bondade, mas também, um grande problema.
-E-eu não poderia, no momento em que olhei em seus lindos olhos verdes sabia que você tinha sido enviada para mim, como uma segunda chance.
-Como assim " segunda chance " ?
- Eu tinha um outro filho, e ele tinha olhos verdes iguais aos seus.
-Tinha ?
-Ele fugiu de casa quando tinha apenas 15 anos e desde então nunca mais o vi.
Eu não sabia como responder aquilo, se eu era a segunda chance do meu pai, então quem me mandou ou melhor me deixou aqui ?
Papai parecia cansado, ou apenas estava triste em relembrar do seu filho.
-Querida, me escute, eu sei quem pode lhe falar quem é sua mãe -Papai estava de pé procurando em seus velhos livros alguma coisa - Ele é um vellho amigo, mas é a pessoa que tem suas respostas.
Ele me entregou um pequeno papel com um endereço e um nome escrito.
-Procure por Quíron querida, diga que é minha segunda chance e ele te ajudará.
-E se não ajudar ?
-Use bem as palavras minha filha, você é muito boa com elas. - O velho sorriu e foi para o quarto.
" Use bem as palavras, você é muito boa nisso " essa frase não saía da minha cabeça, o que isso significa afinal ?
(....)
No dia seguinte decide ir ao endereço que meu pai havia me dado e procurar pelo amigo dele.
O endereço me levou até uma escola para crianças especiais. Resolvi entrar e procurá-lo.
Fui até a recepcionista e perguntei por Quíron, ela me disse que ele estava na sala no fina do corredor, resolvi ir até lá e esperar no lado de fora.
Cheguei na porta e olhei pelo vidro da porta e vi um homem numa cadeira de rodas, ele parecia com o homem que meu pai descreveu, cabelo enrolado, barba, e um sorriso simpático.
Estava tão destraída esperando que não percebi o garotinho parado ao meu lado.
- Olá - forcei um sorriso para ele.
-Você também é especial ? - ele me olhava com seus grandes olhos castanhos.
-Na verdade não sei, eu tenho deficit de atenção e sou bem hiperativa, isso pode contar como especial ? - Me abaixei para que pudesse ficar em sua altura.
- Sim, isso pode contar como ser especial senhorita. - Quíron estava na porta olhando para nós dois com um olhar divertido. - Até porque essas duas coisas são extamente o que o Logan tem para ser especial.
- Puxa que coincidência Logan! Bem eu te desejo boa sorte com suas habilidades especiais. E já que sei seu nome , sou a Vick e é um prazer conhecer um garotinho tão especial como você. - Fiz um hi-five com ele, e depois ele deu um abraço em Quíron e foi embora.
Quíron me analizou por um segundo e quando voltou a olhar em meus olhos fez uma cara surpresa.
-Sou Victoria, filha de A lan Stan. Eu sou a segunda chance dele. - Apertei sua mão. - E ele me disse que você saberia me dizer quem é a minha mãe.
-Não posso dizer de imediato, mas em saber quais são suas habilidades especiais, posso dizer que você é diferente.
Quíron franziu a testa.
-Eu consigo sentir uma aura ao seu redor. Uma aura bem forte.
-Diferente como ?
-Você é uma semideusa.
-Semideusa ? - Eu estava totalmente confusa, o que isso significa ?
-Você tem sangue divino correndo em suas veias, mas também tem um sangue mortal.
-Então quer dizer que minha mãe ou meu pai é um deus ? Como os da mitologia ?
-Sim minha jovem, mas não sei lhe dizer qual deus pode ser.
Estava para desistir dessa ideia louca de achar minha mãe, seja ela uma deusa ou não. Mas foi ai que eu me lembrei do meu pai me disse.
-Eu sou boa em usar as palavras. -Eu murmurei.
-Desculpe querida, o que disse ?
-Meu pai me disse, que eu sou boa em usar as palavras! - Eu estava sorrindo, isso tinha que significar algo não é mesmo ?!
-Boa em usar as palavras ? Isso só pode significar uma coisa! - Quíron ia dizer algo, mas uma luz forte começou a brilhar em cima da minha cabeça. Olhei para cima e só consegui ver uma pomba e uma luz meio rosada.
Meu cabelo, que estava sujo e preso, agora estava solto e perfeitamente penteado. Eu estava com uma maquiagem bem feita no rosto e minha antigas roupas velhas haviam sumido, e eu estava usando roupas novas.
-Victoria, você é uma filha de Afrodite. Deusa do amor e da beleza.
-Afrodite ?
-Sim minha querida. Agora eu preciso que você vá.
-Ir para onde ?
-Deve ir ao Acampamento Meio-Sangue. Lá ira treinar e aprender a lidar com suas habilidades.
-Mas aonde é esse acampamento Quíron ?
Ele não disse nada, apenas chamou uma de suas alunas aleijadas e lhe pediu para me levar ao acampamento.
-Esta é Melody, ela levará você ao acampamento.
-Obrigada Quíron, você me ajudou muito, vou vê-lo de novo ?
-Em breve minha jovem, mas você deve ir agora mesmo! Avisarei seu pai e pedirei para mandar suas coisas para lá! E boa sorte querida.
Eu e Melody saímos andando da escola e assim fomos rumo ao Acampamento Meio-Sangue.
Victoria Militello
Indefinido
Mensagens :
2

Localização :
São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum