Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

Alcidamo's Home

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Alcidamo's Home

Mensagem por Alex Alcidamo em Ter 30 Jun 2015, 22:45

† alcidamo's home;

Enquanto Nina destruía o que restava de seu fígado na vida boêmia do Clube da Luta, Alex preparava a mochila para finalmente partir atrás dos responsáveis pela morte de sua namorada.
Um sátiro correu ao encontro do filho de Hades, dando-lhe uma carta que chegara há pouco.
Quando o garoto abriu o envelope e encontrou uma foto Polaroid da casa de sua mãe em Nova Iorque, conectou-se imediatamente com a irmã.
"Nina, em quanto tempo consegue chegar no puteiro do avô do Jon?"




Primeiro Turno e Objetivos:
Nina estará no Clube da Luta, devendo dar um motivo para isso. Então, precisará chegar ao local combinado.
Enquanto isso, Alex estará no Acampamento, devendo introduzir essa situação. Então, precisará narrar o recebimento do bilhete e chegar até o local combinado.

Participantes:

  • Nina Alcidamo Mutt, filha de Hades e mênade, nível 63;
  • Alex Alcidamo, filho de Hades e vingador, nível 29.


Informações:

  • Local: EUA.
  • Clima: Céu limpo.
  • Horário: Fim da tarde (19:00).



escrito por nina e alex ☠

Alex Alcidamo
avatar
Filhos de Hades
Mensagens :
39

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por Nina A. Mutt em Ter 30 Jun 2015, 23:25

O lar, o sangue e as cinzas.



Se havia algo melhor que ser mênade, Nina não queria saber, felicidade não descrevia o sorriso rasgado em sua face. Acabara de abrir o novo uísque afanado do baú secreto embaixo da cama e deliciava-se do líquido quente descendo a garganta, respirou fundo e agradeceu os momentos de silêncio que só o Clube da Luta poderia oferecer. Normalmente ficava no Acampamento, tendo suas obrigações de monitora impostas pelo maldito centauro, entretanto resolveu dar férias a si mesma e ir comemorar a volta do fígado de aço abençoado pelo estressado senhor do vinho.

Entornou a garrafa nos lábios, lambeu-os avidamente enquanto se levantava, queria dar uma volta e ver se encontrava alguém para acompanhar o porre. O local era, de longe, nada acolhedor, mais parecia um dos reformatórios militares que ela visitara na infância, o fedor de ferrugem e suor era característico. Coçou a cabeça e lembrou-se do motivo de estar ali: o filho de Ares. Era uma coincidência nada legal em sua vida, ela queria investigar a fundo, mas porra! Nunca o encontrava, parecia que ele tinha um radar caso ela se aproximasse, esse pensamento deixou-a levemente frustrada, mas antes de começar os xingamentos, uma voz retalhou seus pensamentos.

"Nina, em quanto tempo consegue chegar no puteiro do avô do Jon?"

Aquele tom de voz e a caraterística latência do sangue Alcidamo fizeram-na rir, Alex estava vivo então. Sentiu um alívio instantâneo, como se tivessem tirado um peso de suas costas, visto que de todas as pessoas que conhecia, o irmão de sangue era o único que realmente demonstrava preocupação e fraqueza, era seu elo com sentimentos que anos atrás julgou estarem mortos. Voltou para a cama, abandonado o objeto vítreo pelo caminho, pegou suas coisas e a velha surrada jaqueta de couro, ajeitou-os de forma confortável.

Aliás, da onde o pivete conhecia o velho? Meneou a cabeça e decidiu descobrir isso mais tarde. Apesar de jamais ter ido ao local, lembrava-se em detalhes da descrição que seu falecido companheiro fazia da casa do idoso com um dente de ouro 24 quilates, até mesmo o endereço estava vivo em sua memória fragmentada.

"Posso dizer que estava com saudades? Enfim, chego lá antes que você diga Mutt.”

E num turbilhão negro ela se lançou na viagem das sombras, só não soube explicar porque, de repente, começou a escutar um zumbido.

Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Bundy}/ Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 18] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Jack} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potência dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Rei} / Isqueiro [Este isqueiro foi dado pelo próprio Tânatos para a filha de Hades e em nada se diferencia de um comum, exceto pelo fato de possuir fluído infinito. Ele é feito de metal e sua cor é prateada, com o desenho da cabeça de um cervo de longos chifres entalhado na carapaça.] [Aço] [Nível mínimo: 1] [Sem elementos] [Recebimento: recompensa pela DIY "O fogo, a terra e os ossos", avaliado por Atena e atualizado por Poseidon]{Bolso esquerdo traseiro}

♦ Braçadeira felina [Braçadeira na forma de uma tira de couro, adornada com a juba leonina de cor castanho avermelhada. Quando ativada fornece uma leve proteção, que lembra um pouco a habilidade fornecida pelo Leão de Neméia, aumentando a resistência do portador a golpes físicos em 50% por 3 turnos. 1 vez por evento. (Nível mínimo: 07) {Material: Couro e pelo de leão) [Ganho como recompensa pelo evento "O levante"]

♦ Cantil Mágico [Cantil atribuído com a benção de Dionísio; contém vinho inacabável e recupera 10HP/EN por missão] [Presente de Dionísio]
Hades:

Passivos até o nível atual.

Ativo
Teletransporte das Sombras I [Nível 8]: O filho de Hades pode se teletransportar pelas sombras numa velocidade de dez quilômetros por segundo. Pode mover-se até quinhentos quilômetros e talvez apareça no lugar errado. A distância mínima para se teletransportar é vinte quilômetros (ou seja, não pode estar lutando e aparecer atrás do oponente, por exemplo). O gasto de Mp é grande, o que impossibilita mais de dus viagens por missão.
Mênades:

Passivos até o nível atual
Poder Especial:

Linhagem Alcidamo / Poder Especial [Por serem irmãos, há toda uma "familiaridade" entre Alex e Nina. Toda aquela intimidade entre irmãos costumeira torna-se real, com alguns efeitos extras devido ao mundo mitológico em que estão envolvidos. Entre as consequências, encontram-se as seguintes: eles "sentem" a localização do outro, possuindo uma vaga ideia do estado do outro, tendo uma espécie de "alerta" quando o outro está em perigo forte e/ou próximo à morte; e podem se comunicar mentalmente, quando há concentração, ainda que distância e outros fatores influenciem (é mais fácil se falar no mesmo cômodo que no mesmo planeta, por exemplo; no segundo caso, apenas mensagens específicas podem ser lançadas, como "S.O.S"). É uma espécie de "ajuda" para que os irmãos, que já foram tão separados, fortaleçam seus laços.] {Link Mental} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Alcidamo's Hell {SM}.]

Fogo e fumaça, tal como a vida e a morte.


♦ the white swan ♦ @cg
Nina A. Mutt
avatar
Mênades
Mensagens :
394

Localização :
Na puta que o pariu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por Alex Alcidamo em Qua 01 Jul 2015, 01:17




Favourite Worst Nightmare (02)



They've sped up to the point where they provoke;
the punchline before they have told the joke.

Alex tinha pouco mais de um ano de vida desde que saíra totalmente desmemoriado de uma estação de metrô em Nova Iorque, e mesmo que sempre pudesse estar fugindo ainda não sabia arrumar uma mala.

Por isso, ele estava se enrolando pra conseguir pegar tudo que era necessário no chalé de Hades.

Quando o sátiro bateu à porta, estranhou a carta, mas cogitou a hipótese de ser de Nina, portanto abriu-a com certa rapidez: rasgou o envelope e desdobrou a foto Polaroid. Como se fossem todos uma família feliz, os Sete se abraçavam como um time de futebol, com um apartamento particularmente familiar para o jovem atrás.

Nina já o mostrara aquele lugar.

Na parte inferior, havia a data de ontem e um local escrito: "Manhattan, NY". Ao virar a imagem, uma colagem feita com letras de jornal possuía uma mensagem um tanto quanto perturbadora.

"Sua mãe mandou lembranças."




Contatar Nina fora o primeiro passo.

Então, pegou sua mochila - foda-se que havia esquecido um casaco, a Mutt era sua irmã, não sua mãe - e comentou superficialmente sobre o caso com Quíron, apenas explicando que os irmãos Alcidamo tinham um caso de família[ pra resolver.

Claro, pediu auxílio para o centauro, e logo estava voando em direção à cidade num dos cavalos-esqueletos voadores que mantinham nos estábulos, para quando os filhos de deuses ctônicos tivessem que usufruir dos serviços de cavalaria, uma vez que as montarias usuais - pégasos e cavalos - levemente detestavam as proles que exalavam auras mais latentes, como a de Hades.

Em quarenta minutos, já pousava no telhado do puteiro do velho Mutt, avô de Jon, este que era filho de Ares e ex-marido de sua jovem irmã. Descendo as escadas de incêndio localizadas na lateral do edifício, Alex saiu num beco onde já estivera caído, sangrando.

Quantas memórias não guardavam aquele lugar.

Enfim, foi até a porta do prostíbulo e encontrou Nina, a única parenta com quem mantinha um laço afetuoso além de sanguíneo, afinal era a única que de fato conhecia, considerando que havia passado os últimos, hm, catorze?, talvez quinze anos em branco, fora de ar, num mundo que não era seu.

— E aí? — cumprimentou sem demoras, já entregando a foto à irmã. Ele esperou que ela lesse a mensagem de trás para fazer-se ouvido novamente. — O filho pródigo à casa torna — brincou com o tão conhecido ditado popular, demonstrando ainda guardar o senso de humor ácido —, assim como uma matilha alguma vez retorna pro ninho. A gente precisa ir pra casa, Nina.



Extras;
making-off.

Equipamentos:
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] {bainha na perna direita}

{Evangelline - Darkness} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades] {anel no anelar da mão direita}

{Void} / Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 12] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades] {anel no anelar da mão esquerda}

{Shadow} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potencia dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades] {costas}

— {Avenge} / Corrente [Corrente de aproximadamente 2,0m de comprimento, feita com aros de bronze Sagrado. Maleável, pode realizar vários movimentos com facilidade. O metal é endurecido e, portanto, bastante resistente.  Em cada aro há um  pequeno espinho feito de prata, o que adiciona dano a cada golpe dado. O punho é feito de couro e com detalhes em prata na parte onde se conecta à corrente em si. [Prata, Bronze Sagrado] (Item de Vingador) {Sem controle de Elementos} [Presente de Nêmesis para os Vingadores] {enrolada na cintura, como um sinto}

— {Revenge} / Adaga [Uma adaga aparentemente normal, com aproximadamente 30cm de comprimento. Sua lâmina é feita de prata sagrada e é extremamente afiada; nunca perde o fio. Nêmesis abençoou as armas de seus Seguidores com a propriedade de sempre voltar à sua bainha, não importa quão longe ou onde ela esteja. Demora, em média, cinco minutos para a arma voltar ao seu lugar. Acompanha a bainha de couro. [Prata Sagrada] (Item de Vingador) {Sem controle de Elementos} [Presente de Nêmesis para os Vingadores] {bainha ao lado esquerdo da cintura}

— {Wiper} / Anel [Anel grosso com detalhes em preto e o enfeite de uma grande caveira em seu topo. Abençoado pela deusa da vingança, ele tem a peculiar habilidade de examinar as ações de alguém. Uma vez por missão/evento, caso o usuário do anel aponte a caveira desse para um alvo e dite as palavras "judica bimini", o mesmo irá examinar o passado do alvo. Sendo que se este conter algum vestígio de injustiça ou crueldade, os olhos negros do pingente brilharão em um vermelho sangue e o anel liberará um pequeno vazão de energia no corpo do semideus possuidor. A ativação causará um leve formigamento pelo corpo, contudo dará a bonificação de 15% nos três seguintes poderes ativos usados pelo possuidor do anel. Porém, após isso, o efeito do anel causará tontura em seu dono, pelo vazão rápido de poder.] {Prata} (Nível Mínimo: 15) {Controle sobre Energia} [Recebimento: Recompensa pelo treino The Revenge Boys por Ícaro Newerland Att por Ares] {indicador da mão direita}
Poderes:
Passivos: (importantes, apenas)
Visão Noturna [Nível 2] Possui a capacidade de enxergar perfeitamente quando escuro.[Novo]
Observações:
— Sobre a Evan: Então, Evan é a "não-prostituta" namorada do Alex; ops, era. Evan morreu na DIY "AM (12)": após ser encontrada estuprada e sem condições de viver, Alex dá a boa morte a garota e suga a alma dela para a espada. Contudo, Alex obviamente quer saber quem são os culpados, onde estão, etc.; ele procura vingança e pra isso conta com a ajuda de Macária, que abençoou-o após ele dar a "boa morte" (isto é, seguir as práticas de Macária, que é justamente a deusa da Boa Morte) a Evan com um poder especial que o permite selar as almas dos sete culpados em objetos (Soul Linker; vide ficha do personagem).
— Sobre o título e subtítulo: Teddy Picker, Arctic Monkeys. Se alguém se interessar, ouça.
— Sobre qualquer coisa: Caso necessite, o avaliador pode me consultar por MP, que esclarecei quaisquer dúvidas que possam restar.

Alex Alcidamo
avatar
Filhos de Hades
Mensagens :
39

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por Alex Alcidamo em Dom 05 Jul 2015, 19:00

† alcidamo's home;

Os irmãos se encontraram.
Após matarem a saudades de irmãos, Alex entregou-lhe o motivo daquela reunião familiar.
E agora deveriam se entender, mesmo porque Nina não guardava boas lembranças daquela casa.




Primeiro Turno e Objetivos:
Ambos devem combinar um diálogo, acordando a ida ou não à casa dos Alcidamo. Então, devem chegar até lá e começarem/combinarem a invasão.

Participantes:

  • Nina Alcidamo Mutt, filha de Hades e mênade, nível 63;
  • Alex Alcidamo, filho de Hades e vingador, nível 29.


Informações:

  • Local: EUA.
  • Clima: Céu limpo.
  • Horário: Fim da tarde (19:30).



escrito por nina e alex ☠

Alex Alcidamo
avatar
Filhos de Hades
Mensagens :
39

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por Nina A. Mutt em Seg 06 Jul 2015, 01:41

O lar, o sangue e as cinzas



Diferente do usual sorriso irônico que sempre mostrava aos chegantes, Alex era o único ser vivo importante o suficiente para ver no rosto da irmã aquela curva tímida, de algo sem malícia ou maldade. Cumprimentou o caçula bagunçando o cabelo dele, coisa que aos poucos se acostumara devido à natureza marrenta de ambos, entretanto a sua leve aura tornou-se densa no momento em que se focou na foto e percebeu do que se tratava. Sua garganta amargou e até tremeu de leve ao virar o objeto e ler a mensagem atrás, foi como se uma onda se quebrasse em seu corpo, uma praia de amor cujo mar era tempestuoso, cor de chumbo e carregado de ódio.

- Achei que fosse algo importante. – cuspiu grossa, devolvendo a coisa para ele e já tateando os bolsos nervosa, a dependência de nicotina era um aviso claro do estresse. - Essa vadia não me interessa, nem um pouco. E essa casa já não é minha há anos.  
- E é importante, é a casa da nossa mãe.
- Não considero aquela maldita covarde minha mãe. – sublinhou enfaticamente o “minha”, rangendo os dentes de raiva crua.
- Tá, mas... Cara, é meu passado, sabia?
- Alex... – ele sabia fazer suborno emocional. – Entenda que por você eu até estupraria um ciclope, iria nessa sem medo. Mas meu passado tá nessa merda também! Jurei, no dia que sai daquele inferno, que nunca mais tornaria a vê-la. Onde fica meu orgulho nessa merda?
- Olha, você não precisa vê-la, nem sei se eu gostaria também. Só vamos lá e pegamos os caras, fim. – seu tom era persuasivo, num tom levemente melancólico ao citar os sete imbecis. – Posso deixar a velha amarrada, se quiser. Não tenho sentimentos por alguém que nem me lembro.

Ela acendeu o Marlboro negro com Rei, fincou as unhas no metal do isqueiro, numa tentativa vã e falha de controlar sua raiva. O perfume excessivamente doce de Blair ainda era tão fresco em sua mente que ela jurou senti-lo na brisa, abafando até mesmo o forte cheiro de tabaco queimando. Automaticamente também conseguiu sentir o olhar pesado do irmão sobre si, julgando-a? Não, mas convencendo-a.

- Eu vou me arrepender disso?
- Hm. – ele vacilou, mas ela agradeceu por ele não mentir. – Seu orgulho vai ficar inteiro.
- Mas que merda Alex! – deu-lhe um soco no ombro, forte. – Considere isso um favor, um enorme e gigantesco favor.

Agarrou-lhe pela camisa e juntos entraram numa segunda viagem de sombras, não gastaria tanta energia por ser bem perto. Saíram a alguns metros, escondidos num beco bem de frente à janela de Nina, ela conhecia muito bem cada um daqueles tijolos vermelhos e o vidro do 5º andar que ainda tinha a mesma rachadura e a cortina de cor violeta manchada. Suspirou pesadamente, largando Alex e apagando um cigarro pela metade, eram lembranças demais jogadas na sarjeta.

- Eu preciso de um porre. – fez uma prece silenciosa a Dionísio, pedindo paciência para sua ressaca moral e mau humor dos próximos dias. – Então, qual seu plano? Dois contra sete parece uma orgia um pouco desgraçada, não acha?
- Como entramos? – Alex estava num mundo distante, onde o único peso da realidade era a vingança latente em seu peito.
- Tem uma entrada no quarto do zelador do andar debaixo, escalamos um local meio estreito e saímos dentro do armário do meu quarto. – já Nina estava ali, vendo seu próprio fantasma na rua, com 3 anos, de mãos dadas com a mãe enquanto voltavam do colégio e ela contava como tinha pintado uma maçã com os dedos. – Era a única forma de chegar chapada em casa sem brigas estúpidas.

O tom saiu mais tristonho do que deveria, mas ela recuperou-se num respirar profundo, que fez seus pulmões fumantes doerem um pouco.

- Eles sabem que estamos por perto, então elemento surpresa é necessário. – atravessou a rua devagar, fugindo dos faróis dos carros e já pisando na calçada de cimento rachada. – Vamos pela lateral no porão, tem um elevador de serviço meio apertado, mas que cabe nós dois numa viagem.

Esgueirou-se pela parede de pintura descascada e lá estavam as portas de aço fundido que davam ao andar inferior, trancadas com uma grossa corrente e um cadeado enferrujado.

Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Bundy}/ Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 18] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Jack} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potência dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Rei} / Isqueiro [Este isqueiro foi dado pelo próprio Tânatos para a filha de Hades e em nada se diferencia de um comum, exceto pelo fato de possuir fluído infinito. Ele é feito de metal e sua cor é prateada, com o desenho da cabeça de um cervo de longos chifres entalhado na carapaça.] [Aço] [Nível mínimo: 1] [Sem elementos] [Recebimento: recompensa pela DIY "O fogo, a terra e os ossos", avaliado por Atena e atualizado por Poseidon]{Bolso esquerdo traseiro}

♦ Braçadeira felina [Braçadeira na forma de uma tira de couro, adornada com a juba leonina de cor castanho avermelhada. Quando ativada fornece uma leve proteção, que lembra um pouco a habilidade fornecida pelo Leão de Neméia, aumentando a resistência do portador a golpes físicos em 50% por 3 turnos. 1 vez por evento. (Nível mínimo: 07) {Material: Couro e pelo de leão) [Ganho como recompensa pelo evento "O levante"]

♦ Cantil Mágico [Cantil atribuído com a benção de Dionísio; contém vinho inacabável e recupera 10HP/EN por missão] [Presente de Dionísio]
Hades:

Passivos até o nível atual.

Ativo
Teletransporte das Sombras I [Nível 8]: O filho de Hades pode se teletransportar pelas sombras numa velocidade de dez quilômetros por segundo. Pode mover-se até quinhentos quilômetros e talvez apareça no lugar errado. A distância mínima para se teletransportar é vinte quilômetros (ou seja, não pode estar lutando e aparecer atrás do oponente, por exemplo). O gasto de Mp é grande, o que impossibilita mais de dus viagens por missão.
Mênades:

Passivos até o nível atual
Poder Especial:

Linhagem Alcidamo / Poder Especial [Por serem irmãos, há toda uma "familiaridade" entre Alex e Nina. Toda aquela intimidade entre irmãos costumeira torna-se real, com alguns efeitos extras devido ao mundo mitológico em que estão envolvidos. Entre as consequências, encontram-se as seguintes: eles "sentem" a localização do outro, possuindo uma vaga ideia do estado do outro, tendo uma espécie de "alerta" quando o outro está em perigo forte e/ou próximo à morte; e podem se comunicar mentalmente, quando há concentração, ainda que distância e outros fatores influenciem (é mais fácil se falar no mesmo cômodo que no mesmo planeta, por exemplo; no segundo caso, apenas mensagens específicas podem ser lançadas, como "S.O.S"). É uma espécie de "ajuda" para que os irmãos, que já foram tão separados, fortaleçam seus laços.] {Link Mental} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Alcidamo's Hell {SM}.]

Fogo e fumaça, tal como a vida e a morte.


♦ the white swan ♦ @cg
Nina A. Mutt
avatar
Mênades
Mensagens :
394

Localização :
Na puta que o pariu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por Alex Alcidamo em Qua 22 Jul 2015, 23:49




Favourite Worst Nightmare (02)



They've sped up to the point where they provoke;
the punchline before they have told the joke.

Nina não era o estresse em forma de mulher - custava-lhe, às vezes, acreditar que a irmã já era uma adulta, feita, com todas as liberdades de um responsável, porém com os exageros normais de um adolescente. O cigarro era um deles, e Alex teve que resistir para tirar o próprio isqueiro do bolso.

Ele persuadiu-a. Não de uma maneira sexual nem luxuriosa, mas utilizando-se de argumentos convincentes - e emoções autênticas, como o ódio latente pelos sete responsáveis pelo...

"Hm." Sua garganta secava ao pensar em Evangelline. Mais ainda ao relembrar dela nua, amarrada na cama, as roupas em trapos, o sangue manchando os lençóis.

Ele ainda tinha viva em sua memória todos os detalhes do estupro coletivo na ex-namorada.

Ex-namorada, por sinal, que mantinha-se viva em seu peito e em seu pensamento. A espada portada por Alex carregava o nome dela, Evangelline, gravado com sangue seco no cabo, por ter sido a primeira alma que a lâmina de ferro estígio sugara. Assim, ele esperava, mantê-la-ia consigo o tempo todo. Por um lado, evitava o fantasma daquela pessoa tão queria; por outro, mantinha aceso em si aquele sentimento tão agridoce (e frio, diziam) que era a Vendetta, a vingança em sua plenitude.

Nina logo aceitou. Alex não estava tão seguro do auxílio da filha de Hades quanto transparecia estar, mas tampouco se surpreendeu muito com a presença dela. A irmã tinha esse título exatamente por pertencer àquele rol de proteção que, normalmente, apenas seletos membros da família ocupava.

Também, para um desmemoriado, a sensação de família e suas lembranças eram um tema bem abstrato.

— Como entramos? — questionou-a após atravessar o mundo de sombras, sentindo seu corpo desfazer-se e ser costurado novamente, para chegar até em casa. Absorto em seu próprio mundo, Alex maquinava o seu plano. Havia previsto uma morte individual e dolorosa de cada um, porém a ideia de destruir todos no quintal de casa (literalmente) também dava água em sua boca.

Ao fornecer detalhes da construção, Nina demonstrou-se mais doída - talvez não mais raivosa ou rancorosa, mas melancólica - do que deveria. Um quê de sofrimento balançava sua alma, e Alex percebeu essa pequena variação do estado de humor ao segui-la. Poderiam até não dividirem uma vida, grudados como chiclete, mas tinham uma intimidade e um conhecimento do outro como apenas irmãos tinham.

— Sabe, maninha, obrigado por me acompanhar — agradeceu, notando que sua voz saiu mais baixa do que calculara, próximo a um sussurro, eventualmente por estar "em território inimigo". — Daqui pra frente eu consigo me virar.

Ele não tinha tanta certeza de conseguir se virar sozinho, como dissera, mas queria tentar confortá-la, e retirá-la da situação pareceu o mais próximo a isso que conseguiria. Ao viver mais perto dos mortos do que dos vivos, acabava-se perdendo esse tato sentimental de saber lidar com ocasiões onde o coração fala mais alto do que a lógica - e isso porque ele tinha um coração ardente, uma vingança vil.

O cadeado não foi exatamente um problema: mal precisando estourá-lo, Alex apenas necessitou fazer leves modificações no interior do metal para abri-lo. Ele desfez a corrente e enrolou-a no braço, pronto para usufruir da arma "ganha" caso fosse necessário.

A barra do andar inferior parecia limpa.

Parecia.



Extras;
making-off.

Equipamentos:
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] {bainha na perna direita}

{Evangelline - Darkness} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades] {anel no anelar da mão direita}

{Void} / Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 12] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades] {anel no anelar da mão esquerda}

{Shadow} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potencia dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades] {costas}

— {Avenge} / Corrente [Corrente de aproximadamente 2,0m de comprimento, feita com aros de bronze Sagrado. Maleável, pode realizar vários movimentos com facilidade. O metal é endurecido e, portanto, bastante resistente.  Em cada aro há um  pequeno espinho feito de prata, o que adiciona dano a cada golpe dado. O punho é feito de couro e com detalhes em prata na parte onde se conecta à corrente em si. [Prata, Bronze Sagrado] (Item de Vingador) {Sem controle de Elementos} [Presente de Nêmesis para os Vingadores] {enrolada na cintura, como um cinto}

— {Revenge} / Adaga [Uma adaga aparentemente normal, com aproximadamente 30cm de comprimento. Sua lâmina é feita de prata sagrada e é extremamente afiada; nunca perde o fio. Nêmesis abençoou as armas de seus Seguidores com a propriedade de sempre voltar à sua bainha, não importa quão longe ou onde ela esteja. Demora, em média, cinco minutos para a arma voltar ao seu lugar. Acompanha a bainha de couro. [Prata Sagrada] (Item de Vingador) {Sem controle de Elementos} [Presente de Nêmesis para os Vingadores] {bainha ao lado esquerdo da cintura}

— {Wiper} / Anel [Anel grosso com detalhes em preto e o enfeite de uma grande caveira em seu topo. Abençoado pela deusa da vingança, ele tem a peculiar habilidade de examinar as ações de alguém. Uma vez por missão/evento, caso o usuário do anel aponte a caveira desse para um alvo e dite as palavras "judica bimini", o mesmo irá examinar o passado do alvo. Sendo que se este conter algum vestígio de injustiça ou crueldade, os olhos negros do pingente brilharão em um vermelho sangue e o anel liberará um pequeno vazão de energia no corpo do semideus possuidor. A ativação causará um leve formigamento pelo corpo, contudo dará a bonificação de 15% nos três seguintes poderes ativos usados pelo possuidor do anel. Porém, após isso, o efeito do anel causará tontura em seu dono, pelo vazão rápido de poder.] {Prata} (Nível Mínimo: 15) {Controle sobre Energia} [Recebimento: Recompensa pelo treino The Revenge Boys por Ícaro Newerland Att por Ares] {indicador da mão direita}
Poderes:
Passivos: (importantes, apenas)
Visão Noturna [Nível 2] Possui a capacidade de enxergar perfeitamente quando escuro.[Novo]

Ativos: (gasto de energia do turno: 2 MP)
Magnetocinese I [Nível 2] O filho de Hades consegue manipular metais. Não pode mover armaduras nem armas do inimigo, apenas as suas. Metais ou minerais sagrados ou abençoados não podem ser manipulados.
Observações:
— Sobre a Evan: Então, Evan é a "não-prostituta" namorada do Alex; ops, era. Evan morreu na DIY "AM (12)": após ser encontrada estuprada e sem condições de viver, Alex dá a boa morte a garota e suga a alma dela para a espada. Contudo, Alex obviamente quer saber quem são os culpados, onde estão, etc.; ele procura vingança e pra isso conta com a ajuda de Macária, que abençoou-o após ele dar a "boa morte" (isto é, seguir as práticas de Macária, que é justamente a deusa da Boa Morte) a Evan com um poder especial que o permite selar as almas dos sete culpados em objetos (Soul Linker; vide ficha do personagem).
— Sobre o título e subtítulo: Teddy Picker, Arctic Monkeys. Se alguém se interessar, ouça.
— Sobre qualquer coisa: Caso necessite, o avaliador pode me consultar por MP, que esclarecei quaisquer dúvidas que possam restar.

*especialmente ao meu belo ipê do Tocantins* desculpa. eu sei, eu sei, eu imagino todo o esporro que você vá me dar logo que nos conversarmos. desculpa, mesmo. não foram os melhores dias da minha vida, por assim dizer. mas tô pronto pra descontar qualquer coisa que restou nas próximas vítimas do alex.

Alex Alcidamo
avatar
Filhos de Hades
Mensagens :
39

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por Alex Alcidamo em Seg 03 Ago 2015, 20:32

† alcidamo's home;

Em um momento, estavam discutindo acaloradamente. No outro, Nina já entrava nas sombras para levar a ambos para próximo de sua casa de infância.
A química entre os Alcidamo era tamanha que, em pouco tempo, já tinham entrado na casa e se deparado com um porão vazio. Bem, talvez ele não estivesse assim tão vazio.




Terceiro Turno e Objetivos:
Ambos devem narrar a chegada ao porão e uma emboscada, onde o número Um dos Sete estará os esperando junto de cães infernais. Assim, deverão combater os monstros, enquanto o criminoso foge para um andar superior.

Participantes:

  • Nina Alcidamo Mutt, filha de Hades e mênade, nível 63;
  • Alex Alcidamo, filho de Hades e vingador, nível 29.


Informações:

  • Local: EUA.
  • Clima: Céu limpo.
  • Horário: Fim da tarde (19:40).



escrito por nina e alex ☠

Alex Alcidamo
avatar
Filhos de Hades
Mensagens :
39

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por Nina A. Mutt em Qui 06 Ago 2015, 21:27

O lar, o sangue e as cinzas



- Se virar o cacete Alex, eu vou com você. – sussurrou-gritou de volta bem agressivamente, para o irmão entender que o nível de fidelidade de um cão supera o orgulho.

Sacou Amartía, que assobiou feliz ao ser útil e também faminta por saber que sangue fresco viria a ser derramado. Entretanto Nina estava com um pé atrás com a própria arma pela primeira vez na sua vida de semideusa, normalmente a lâmina era sua mais presente companheira, quase uma amiga, mas depois do que Hefesto dissera, sua confiança estava abalada. Infelizmente Nina não poderia culpar Amartía, apenas a si mesma.

Com passos gatunos adentrou o lugar, o ranger das tábuas da escada era quase idêntico ao da sua memória, mas estavam altos demais devido a situação tensa. Algumas caixas ocupavam o lugar, coisa que ela não se lembrava, assim como também não se lembrava de cinco cães infernais babões rosnando para os dois.

- Porra Um, você é um tremendo covarde. – Nina disse quase entediada, visualizando o velho inimigo.
- Se covardia é estratégia, que eu seja bem covarde! – comentou ele por cima do ombro, subindo as escadas.
- Eu vou fazer esse filho da puta engasgar com o próprio saco. – rosnou a cadela.
- A alma dele é minha. – Alex sacou a espada, havia fogo de ódio em seus olhos. – Faça o que quiser com o corpo.

Os cães rosnaram em uníssono contra os irmãos, mas somava-se a sede de vingança do mais novo e o mau humor da mais velha, dava-se uma densa aura mortal combinada, e também a influência do progenitor que fizeram os monstros ficarem confusos, eles tinham plenas ordens de atacar os intrusos, mas o que fazer quando os dois eram especialmente intimidadores demais?

- Alex os vira latas aí podem nos ajudar.
- Você que fala a língua deles não eu.

No momento que disse isso um dos cães se rebelou, talvez fosse o alfa, e avançou contra os irmãos. Mas Alex foi mais rápido, avançou um passo e com um golpe de Evan explodiu o cão infernal numa chuva de purpurina dourada. Nina tossiu um pouco e olhou para os outros que sobraram.

- Seguinte cachorrada, ou vocês nos obedecem e ficam vivos, fogem ou morrem. – sorriu maldosa. – Qual a escolha?

Dois sumiram e dois ficaram, em estado de choque, pelo tamanho ainda eram adolescentes e não faziam ideia nenhuma do que diabos acontecia ali. Antes que Alex mandasse mais algum para o Tártaro, Nina se adiantou e baixou a espada, oferecendo a mão livre num gesto de paz para que o animal cheirasse e visse que eles não iriam quebrar aquela promessa. Um deles tinha uma cicatriz acima do olho esquerdo e parecia um tanto mais corajoso que o outro, que tremia perante a cadela.

- Vamos lá rapaz, seja bonzinho, se você arrancar minha mão eu te mando pro inferno. – Cicatriz, como Nina o apelidou, farejou os dedos longos da moça e, por fim, deu uma lambida de trégua. – Pode montar Alex, eles nos darão uma carona.

Acomodou-se no lombo de Cicatriz e bateu com os calcanhares nas costelas do monstro, este rosnou e correu na viagem das sombras até o andar desejado pela canídea. Aliás, apesar de tudo, a única coisa que Nina conseguia pensar era: Mãe, aguenta.

Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Bundy}/ Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 18] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Jack} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potência dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Rei} / Isqueiro [Este isqueiro foi dado pelo próprio Tânatos para a filha de Hades e em nada se diferencia de um comum, exceto pelo fato de possuir fluído infinito. Ele é feito de metal e sua cor é prateada, com o desenho da cabeça de um cervo de longos chifres entalhado na carapaça.] [Aço] [Nível mínimo: 1] [Sem elementos] [Recebimento: recompensa pela DIY "O fogo, a terra e os ossos", avaliado por Atena e atualizado por Poseidon]{Bolso esquerdo traseiro}

♦ Braçadeira felina [Braçadeira na forma de uma tira de couro, adornada com a juba leonina de cor castanho avermelhada. Quando ativada fornece uma leve proteção, que lembra um pouco a habilidade fornecida pelo Leão de Neméia, aumentando a resistência do portador a golpes físicos em 50% por 3 turnos. 1 vez por evento. (Nível mínimo: 07) {Material: Couro e pelo de leão) [Ganho como recompensa pelo evento "O levante"]

♦ Cantil Mágico [Cantil atribuído com a benção de Dionísio; contém vinho inacabável e recupera 10HP/EN por missão] [Presente de Dionísio]
Hades:

Passivos
Aviso [Nível 4]: O filho de Hades sente um zumbido nos ouvidos quando alguém próximo morre.

Aura da Morte III [Nível 18]: A aura agora é mais forte, mais intensa. Assusta qualquer ser vivo natural e pode exercer  influência sobre semideuses de nível igual ou um pouco maior (até 10 níveis).[Modificado]

Lorde do Submundo [Nível 20] Criaturas e monstros pertencentes ao Reino de seu pai respeitam você por ser filho de Hades. Lembre-se, respeitar é diferente de obedecer, e só afeta inimigos com nível abaixo do seu. [Ou seja, hesitam em dar o primeiro ataque.]. Não é válido para criaturas sobre controle de outra pessoa, nem sobre criaturas com funções específicas (ex: um esqueleto com ordens específicas de guardar um prisioneiro não seria afetado, pois vai contra as suas funções/ ordens). [Modificado]
Mênades:

Passivos
Considerar todos os passivos, já que a player alcançou o nível máximo dos mênades.

Ativo
Level 20 ~ Empatia ~ Adquire a capacidade de ler ou sentir sentimentos e emoções de seus adversários, identificando seu estado de espírito. Esta habilidade também permite ampliar ou reduzir emoções já existentes em seres vivos, afetando qualquer tipo de emoção, permitindo ao Mênade desestabilizar seu estado psicológico por um turno.
Poder especial:

Linhagem Alcidamo / Poder Especial [Por serem irmãos, há toda uma "familiaridade" entre Alex e Nina. Toda aquela intimidade entre irmãos costumeira torna-se real, com alguns efeitos extras devido ao mundo mitológico em que estão envolvidos. Entre as consequências, encontram-se as seguintes: eles "sentem" a localização do outro, possuindo uma vaga ideia do estado do outro, tendo uma espécie de "alerta" quando o outro está em perigo forte e/ou próximo à morte; e podem se comunicar mentalmente, quando há concentração, ainda que distância e outros fatores influenciem (é mais fácil se falar no mesmo cômodo que no mesmo planeta, por exemplo; no segundo caso, apenas mensagens específicas podem ser lançadas, como "S.O.S"). É uma espécie de "ajuda" para que os irmãos, que já foram tão separados, fortaleçam seus laços.] {Link Mental} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Alcidamo's Hell {SM}.]

Nina A. Mutt
avatar
Mênades
Mensagens :
394

Localização :
Na puta que o pariu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por Alex Alcidamo em Seg 10 Ago 2015, 17:53




Favourite Worst Nightmare (02)



They've sped up to the point where they provoke;
the punchline before they have told the joke.

Se ele não estivesse focado demais na cabeça do Um, aquele bastardo que um dia ousara tocar em sua Evangelline, provavelmente teria temido os cães infernais. Mesmo que fosse filho de Hades, as criaturas do Submundo, de certo modo, podiam atacá-lo, afinal ele não era exatamente um primórdio de meio-sangue. Pensando bem, Alex nunca entrou naquelas disputas de "mais forte", porque achava tudo uma baboseira.

Não havia força a ser provada enquanto Evan descansasse em sua espada.

Respondendo a Nina, Alex prometeu a si mesmo: não importa como eles fossem mortos, as almas de cada um daqueles filhos de putas (e foda-se se alguma deusa acharia aquilo ofensivo) seriam suas. Ele as guardaria seladas em objetos e usufruiria da essência espiritual de todos. Os Sete seriam seus escravos para o resto da eternidade, nem que tivesse que ir ao Inferno para caçá-los.

Isso era uma promessa.

Provavelmente, por causa de toda essa raiva que exalava, dois cães fugiram. As auras dos Alcidamo se entrelaçavam, mesclando-se e aumentando o poderio de ambos quando unidos. O único que investiu pulou sobre Alex, que deu um passo pra frente e abaixou-se, erguendo a espada em arco sobre a cabeça e transformando aquele canídeo maldito em pó dourado. Então, sentindo um ardor no ombro, percebeu que perdera o tempo de ataque por poucos segundos, o que resultou em um corte de raspão em seu ombro esquerdo, que por sorte não era o que dominava a lâmina de ferro estígio.

Também, àquela altura, o sangue servia apenas de combustível para a raiva de Alex. Seus olhos fumegavam.

Para Nina, domar os cachorros pareceu quase fácil. Alex nunca se dera muito bem com animais, mas dizem que cães respeitam uma hierarquia, e a senhorita Mutt era a Alfa. Gostando do "codinome", o garoto de cabelos ruivos-acastanhados subiu no seu cão e, impelindo-o para o andar de cima em busca do rastro de Um, pensou em um pseudônimo para si mesmo.

Se Nina era Alfa, Alex era Ômega - o fim, a ruína, o caído. Podia conviver com aquilo.

Não podia, contudo, conviver com a visão de sua mãe - pelo pouco que reconhecera - jogada ao canto da sala de estar mais próximo dos irmãos, com as mãos amarradas atrás do corpo, as lágrimas borrando a maquiagem. Atrás, apoiados em um móvel meio desgastado, encontravam-se os Sete.



Extras;
making-off.

Equipamentos:
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] {bainha na perna direita}

{Evangelline - Darkness} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades] {empunhada na mão direita}

{Void} / Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 12] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades] {anel no anelar da mão esquerda}

{Shadow} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potencia dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades] {costas}

— {Avenge} / Corrente [Corrente de aproximadamente 2,0m de comprimento, feita com aros de bronze Sagrado. Maleável, pode realizar vários movimentos com facilidade. O metal é endurecido e, portanto, bastante resistente.  Em cada aro há um  pequeno espinho feito de prata, o que adiciona dano a cada golpe dado. O punho é feito de couro e com detalhes em prata na parte onde se conecta à corrente em si. [Prata, Bronze Sagrado] (Item de Vingador) {Sem controle de Elementos} [Presente de Nêmesis para os Vingadores] {enrolada na cintura, como um cinto}

— {Revenge} / Adaga [Uma adaga aparentemente normal, com aproximadamente 30cm de comprimento. Sua lâmina é feita de prata sagrada e é extremamente afiada; nunca perde o fio. Nêmesis abençoou as armas de seus Seguidores com a propriedade de sempre voltar à sua bainha, não importa quão longe ou onde ela esteja. Demora, em média, cinco minutos para a arma voltar ao seu lugar. Acompanha a bainha de couro. [Prata Sagrada] (Item de Vingador) {Sem controle de Elementos} [Presente de Nêmesis para os Vingadores] {bainha ao lado esquerdo da cintura}

— {Wiper} / Anel [Anel grosso com detalhes em preto e o enfeite de uma grande caveira em seu topo. Abençoado pela deusa da vingança, ele tem a peculiar habilidade de examinar as ações de alguém. Uma vez por missão/evento, caso o usuário do anel aponte a caveira desse para um alvo e dite as palavras "judica bimini", o mesmo irá examinar o passado do alvo. Sendo que se este conter algum vestígio de injustiça ou crueldade, os olhos negros do pingente brilharão em um vermelho sangue e o anel liberará um pequeno vazão de energia no corpo do semideus possuidor. A ativação causará um leve formigamento pelo corpo, contudo dará a bonificação de 15% nos três seguintes poderes ativos usados pelo possuidor do anel. Porém, após isso, o efeito do anel causará tontura em seu dono, pelo vazão rápido de poder.] {Prata} (Nível Mínimo: 15) {Controle sobre Energia} [Recebimento: Recompensa pelo treino The Revenge Boys por Ícaro Newerland Att por Ares] {indicador da mão direita}
Poderes:
Passivos: (importantes, apenas)
Lorde do Submundo [Nível 20] Criaturas e monstros pertencentes ao Reino de seu pai respeitam você por ser filho de Hades. Lembre-se, respeitar é diferente de obedecer, e só afeta inimigos com nível abaixo do seu. [Ou seja, hesitam em dar o primeiro ataque.]. Não é válido para criaturas sobre controle de outra pessoa, nem sobre criaturas com funções específicas (ex: um esqueleto com ordens específicas de guardar um prisioneiro não seria afetado, pois vai contra as suas funções/ ordens). [Modificado]
Aura da Morte III [Nível 18]: A aura agora é mais forte, mais intensa. Assusta qualquer ser vivo natural e pode exercer  influência sobre semideuses de nível igual ou um pouco maior (até 10 níveis).[Modificado]
Visão Noturna [Nível 2] Possui a capacidade de enxergar perfeitamente quando escuro.[Novo]
Perícia com armas laminadas [Nível 1] Por ser filho de Hades, o semideus manipula perfeitamente as armas laminadas, ganhas como presente de reclamação, e possuem uma familiaridade ainda maior se elas forem de ferro estige.[Modificado]
Observações:
— Sobre a Evan: Então, Evan é a "não-prostituta" namorada do Alex; ops, era. Evan morreu na DIY "AM (12)": após ser encontrada estuprada e sem condições de viver, Alex dá a boa morte a garota e suga a alma dela para a espada. Contudo, Alex obviamente quer saber quem são os culpados, onde estão, etc.; ele procura vingança e pra isso conta com a ajuda de Macária, que abençoou-o após ele dar a "boa morte" (isto é, seguir as práticas de Macária, que é justamente a deusa da Boa Morte) a Evan com um poder especial que o permite selar as almas dos sete culpados em objetos (Soul Linker; vide ficha do personagem).
— Sobre o título e subtítulo: Teddy Picker, Arctic Monkeys. Se alguém se interessar, ouça.
— Sobre qualquer coisa: Caso necessite, o avaliador pode me consultar por MP, que esclarecei quaisquer dúvidas que possam restar.


Alex Alcidamo
avatar
Filhos de Hades
Mensagens :
39

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por Alex Alcidamo em Seg 10 Ago 2015, 18:05

† alcidamo's home;

Os Alcidamo conseguiram domar os cães infernais com alguma perícia de Nina, que era a filha de Hades mais forte. Assim, subindo pelas escadas, os irmãos encontraram a mãe deles amarrada por cordas e em um estado deplorável.
Os Sete, claro, achavam graça da situação. Era interessante ver a desgraça daqueles que odiavam tanto. No entanto, eles ainda eram covardes cruéis e, portanto, acabaram atacando-os para matar. Pena que o golpe fatal não atingiu nenhum dos irmãos.




Último Turno e Objetivos:
Ambos narrarão a chegada ao andar superior e, então, serão imobilizados de alguma forma pelos Sete. Um deles joga uma adaga, certeiramente, em direção no coração da garota e, no final, fogem como sempre.

Participantes:

  • Nina Alcidamo Mutt, filha de Hades e mênade, nível 63;
  • Alex Alcidamo, filho de Hades e vingador, nível 29.


Informações:

  • Local: EUA.
  • Clima: Céu limpo.
  • Horário: Fim da tarde (19:50).



escrito por nina e alex ☠

Alex Alcidamo
avatar
Filhos de Hades
Mensagens :
39

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por Nina A. Mutt em Ter 11 Ago 2015, 22:19

O lar, o sangue e as cinzas



Os cães romperam a sala de estar do apartamento que, anos atrás, Nina e a mãe brigaram incontáveis vezes. Era doloroso ver que a mulher manteve os mesmos móveis, o carpete manchado de vinho, o papel de parede de passarinhos multicoloridos, era como se tivesse acabado de chegar de outra festa às tantas da madrugada e encontrado Blair apagada no sofá, com remédios e uma garrafa vazia. Não era suicídio, era apenas a forma que a mortal encontrara de sanar suas dores internas diante tanta desgraça.

Naquela época Nina não conhecia a morte.

- Mas que po- calou-se ao notar que havia algo diferente, mas não para melhor.

Amarrada.
Amordaçada.
Machucada.
Seriamente machucada.

- Seus filhos da puta. – sua expressão apática transformou-se rapidamente em fúria selvagem, estalando em seu peito como o início de um incêndio.

Mas falhou antes mesmo de dar o primeiro passo, caiu de fuça no chão, Amartía caiu muda no carpete. Acorrentada dos pés à cabeça, completamente confusa com toda a situação, com um zumbido fodido nos ouvidos que fazia sua cabeça querer explodir, o nariz ferido expelia sangue e manchava os lábios. Com certa dificuldade a cachorra conseguiu se ajoelhar, seus olhos faiscavam de ódio, de sede de vingança e, acima de tudo, fome por sangue.

No canto, Blair entreabriu os olhos com o barulho. “Nina...

- Nem perca suas forças tentando se soltar, são correntes encantadas. – Um sabia ser o maior babaca possível dentro todos os outros, que permaneceram quietos e ocultos sob seus disfarces.
- Quando eu sair daqui, eu vou te foder muito seu bastardo de merda.
- Quem está amarrada é você, baby. – ironizou.
- Caralho Alex, o Um é meu. – o silêncio perdurou, fazendo-a olhar sobre o ombro rapidamente e notar o irmão num estado talvez pior, ainda por cima com aço impedindo sua boca de se mover. – Vocês são fetichistas gays ou o quê? MAS QUE PORRA!
- Cale-se e aceite querida, ou fazemos com você o que fizemos com a sua cunhada puta. – Um abriu um sorriso malicioso para Nina. – Alex contou? Talvez não todos os pontos, mas a vadia durou bastante, entretanto não o suficiente, mas e você? Parece do tipo de cachorra que aguenta o tranco.

Um passou a mão onde deveria ser o pênis, caso aquele sobretudo negro realmente estivesse do tamanho certo.

- Que tal Alex, ser a plateia da morte da sua irmã? Afinal no nosso último showzinho você não estava presente.

O filho da rapariga estava se achando muito, isso deixou a cadela ainda mais fula, e essa raiva injetou uma quantidade alucinante de adrenalina em suas veias, somando-se ao fato que a maldição estava em vias de explodir os portões do limite. Nina ergueu-se e balançou o corpo inteiro, as correntes gemeram com a movimentação esquisita. Um e os outros seis deram um passo para trás automaticamente, talvez por receio ou não se sabe, mas antes que o vilão arrombado de merda falasse algo, tomou um tapa daquele que talvez fosse o líder. Este, que Nina apelidou mentalmente de Chefe, sacou uma adaga e lançou-a, com uma mira cirúrgica, em seu peito vulnerável, o tiro reto exatamente onde seu coração palpitava louco.

O tempo acertou-a como um soco, na teoria seria muito rápido, mas na perspectiva de quem é acertado, é como se alguém usasse um poder especial e tudo passasse em super câmera lenta. Nina viu a lâmina vir, viu a luz refletir no fio da arma bem afiada, notou o movimento perfeito de pulso de Chefe assim como seu tendão relaxando e contraindo. Nina também notou algo pela visão periférica, uma espécie de vulto, espíritos aquela hora em nada ajudariam além de encher a merda do saco. Mas então a sombra estranha tinha substância, arremessando a canídea para lado e, por consequência, longe da mira.

- Mas que boceta... ? – levantou-se zonza, na sua mente em algum lugar longínquo havia um juiz fazendo a contagem regressiva.

10...
Levantou-se zonza e observou o vulto.
9...
É uma pessoa.
8...
Blair.
7...
Caralho.
6...
Sangue por todo o carpete, fundindo-se eternamente à mancha do vinho.
5...
Mãe.
4...
Aproximou-se, sem notar estar liberta das correntes, devido à quebra de concentração daquele que a ordenou.
3...
Mãe! Mãe! Caralho sua velha escrota, fala comigo sua filha da puta desgraçada. – Gritava.
2...
Sem resposta.
1...
“Pelo menos eu... Fiz algo por mim... Dessa... Vez... Eu te amo... Minha doce... Niña”. – disse a voz falhando, como uma última brasa antes de finalmente ser engolida pela escuridão do carvão.
E O VENCEDOR É...

- MÃAAAAAAAAAE!

As vibrações do grito da canídea reverberaram pelo ar, pelos móveis, paredes, concreto, asfalto, cidade e avançaram nervosos por toda a região num raio que apenas a fúria e a tristeza da canídea saberiam com precisão. Num instante tudo começou a remexer, revirar e vir ao chão, Nina desencadeou um terremoto de proporções mortais.

Eita porra.

O corpo de Blair foi esquecido no chão quando ela se ergueu, as veias em seu corpo já não continham mais sangue, mas piche puro e manchavam a imaculada pele pálida dela, num mapa sinuoso e venenoso. A risada maníaca irrompeu os tremores, tornando-os ainda mais violentos, ensurdecendo quem estivesse por perto devido à potência duvidosa dos pulmões fumantes da vadia. Ela virou-se para o grupo que encarava a situação, estupefato perante a visão mais demoníaca que teriam naquela existência, mas nem era por toda a produção, pelo fato do teto estar querendo vir abaixo ou coisa do tipo.

Os olhos dourados dela eram febris e hostis como deveriam ser os do diabo em carne e osso.

Num gesto reflexo, um dos sete iniciou um encantamento em tom baixo, provavelmente para fugir, mas antes que houvesse alguma vitória, a canídea avançou sobre a espada e, logo em seguida, sobre o grupo fedendo medo. Com um arco a vadia arrancou a perna de Um, que caiu no chão em prantos e sangue, sendo acudido pelos outros que, num vap desapareceram e deixaram para trás os irmãos e o pé do companheiro imbecil.

Nina enfureceu-se ainda mais e gritou ainda mais e mais alto, lá fora milhares de vidas se perdiam nos destroços, milhões se feriam nos escombros e infinitos fugiam para se salvar. Entretanto nenhum deles não conseguia não sentir aquela tristeza, que diriam com certeza ser própria diante o caos, mas na verdade, mal sabiam que se tratava do coração de uma garotinha perdida, profundamente magoada...

E eternamente machucada.

Mutt desmaiou, por fim, mas antes que pudesse morrer na sua própria dança do apocalipse, Alex apareceu.

Na verdade, Alex foi o único que sobrara.
O único.

Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Bundy}/ Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 18] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Jack} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potência dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Rei} / Isqueiro [Este isqueiro foi dado pelo próprio Tânatos para a filha de Hades e em nada se diferencia de um comum, exceto pelo fato de possuir fluído infinito. Ele é feito de metal e sua cor é prateada, com o desenho da cabeça de um cervo de longos chifres entalhado na carapaça.] [Aço] [Nível mínimo: 1] [Sem elementos] [Recebimento: recompensa pela DIY "O fogo, a terra e os ossos", avaliado por Atena e atualizado por Poseidon]{Bolso esquerdo traseiro}

♦ Braçadeira felina [Braçadeira na forma de uma tira de couro, adornada com a juba leonina de cor castanho avermelhada. Quando ativada fornece uma leve proteção, que lembra um pouco a habilidade fornecida pelo Leão de Neméia, aumentando a resistência do portador a golpes físicos em 50% por 3 turnos. 1 vez por evento. (Nível mínimo: 07) {Material: Couro e pelo de leão) [Ganho como recompensa pelo evento "O levante"]

♦ Cantil Mágico [Cantil atribuído com a benção de Dionísio; contém vinho inacabável e recupera 10HP/EN por missão] [Presente de Dionísio]
Hades:

Passivo
Aviso [Nível 4]: O filho de Hades sente um zumbido nos ouvidos quando alguém próximo morre.

Ativo

Terremoto III [Nível 23]: Os tremores são mais fortes e podem quebrar casa e prédios, por exemplo. Podem derrubar monstros tão grandes quanto cérbero. Também afeta aliados e humanos em toda a área.
Mênades:

Ativo
Level 30 ~ Bromios ~ Dionísio era conhecido como Bromios ("aquele que faz trovejar" ou "aquele que grita alto") e seus Mênades também irão adquirir a capacidade de expelir um rugido de leão tão potente quanto o barulho de um trovão através de sua boca, deixando quem ouvir com dores de ouvido devido à potência dos rugidos.
Maldição:

Vira-Lata / Maldição [Cronos amaldiçoou Nina por acaso, com um pouco de sua fúria e, consequentemente, poder. Quando a prole de Hades desencadeia esta maldição, seus olhos tornam-se amarelados, e seu poder aumenta exponencialmente, podendo usar habilidades de até cinco níveis acima. Contudo, por ser uma maldição, esta também tem seu lado ruim: quando em êxtase, ela perde a noção de amigos e inimigos, podendo atacar qualquer um. A maldição pode ser desencadeada por sentimentos como sobrevivência própria, emoções fortes (raiva, fúria) e vontade apocalíptica e tem duração de três turnos completos. Não gasta energia ou vida.] {Poder Titânico} (Nível Mínimo: 25.)

Vide: No caso, a maldição serviu para intensificar o terremoto, já que ela não utilizou nenhuma outra habilidade de um nível acima.

Nina A. Mutt
avatar
Mênades
Mensagens :
394

Localização :
Na puta que o pariu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por Alex Alcidamo em Dom 16 Ago 2015, 03:01




Favourite Worst Nightmare (02)



They've sped up to the point where they provoke;
the punchline before they have told the joke.

Alex não tinha muitas memórias da mãe, portanto não sentiu tanto pela mulher jogada no chão. No entanto, as lembranças abalaram-no. O nome de Evangelline ressoou em sua cabeça, pulsando no ritmo de sua corrente sanguínea, repentinamente cheia de adrenalina.

Nem parecia que, há um ano, mais ou menos, ele aparecia no metrô de Nova Iorque. Parando para pensar nas mudanças de lá pra cá, concluiu que, nesse determinado período, tinha mais memórias do que o necessário para alguém que possuísse uma vida normal, sob a tutela de uma rotina. Conheceu o Acampamento Meio-Sangue; descobriu uma estranha habilidade natural para espadas; topou com três deuses: Apolo, que contou-lhe sobre os semideuses, Macária, que ajudou-o com um conselho necessário na hora H, e Nêmesis, com quem selara um pacto de sangue ao explodir uma delegacia.

E amou.

E amou, muito, Evangelline, a garota - sua garota - morta pelos Sete babacas que era forçado a encarar, já que, de uma hora pra outra, antes que pudesse pulverizá-los, fora preso por correntes: elas enlaçaram seu pescoço, seus braços, suas pernas e sua boca, forçando-o a ficar na ponta dos pés para não ser asfixiado. O cão que o acompanhava também fora atingido, assim como Nina e o outro cão.

E foi então que as coisas perderam o sentido.




[Nota do autor: a narrativa será interrompida. Nesse momento, os Sete jogam na cara de Nina provocações relativas à amada de Alex, a dita Evan, cujo nome é carregado pela espada com a qual prometera ceifar a vida e controlar a alma de cada um daqueles idiotas. Basicamente, é isso que acontece, pro leitor não se perder no modo de narração.

Não sei se já ficou claro, mas Alex realmente amou Evangelline. Amou de amar, de amor, daquele sentimento tão verdadeiro e honrável que todo mundo defende. Amou, mesmo, sabe? Aquele amor que só se tem uma vez na vida, que os filmes da Disney insistem em nos iludir que existe enquanto os de Hollywood tentam quebrar essa visão infantil, batendo com a realidade na nossa cara. E justamente essa pessoa por quem nutria tanto carinho e afeto fora morta, de forma brutal, pelos idiotas que estavam ali, à sua frente.

Não é uma situação agradável, entende?

Não bastasse matar, ainda tiveram que usá-la sexualmente para proveito próprio, humilhá-la, feri-la, machucá-la, estuprá-la - estupro, sim, aquela violência sexual que, em pleno século XXI, ainda existe gente que coloca a culpa na mulher, que tava usando roupa curta e pedindo pra ser destruída por algum ninfomaníaco psicopata que estivesse passando. Fizeram-na temer e renegar aquele que era seu dono, seu homem, ou seja, o seu Alex. O único erro de Evangelline fora ser namorada de Alex: ela morrera devido ao seu amor por ele.

E o mais engraçado de tudo é que ela não fraquejou. Ela não negou-o: podiam estar a espancá-la, que o único nome gemido por si aquela noite fora o de Alex, seja com o intuito de pedir socorro, seja o de mostrar que, mesmo em seu leito de morte, ainda mantinha o temperamento teimoso. Evangelline ainda era Evangelline - ainda que no pior momento de sua vida, ela mantinha as ipseidades responsáveis por deixar Alex tão apaixonado por si.

O lance é que ele, o Alex, não tinha noção dessa fidelidade quase doentia. Na sua visão, eles fizeram coisas tão ruins com ela... e... mesmo não presenciando o ocorrido... pesadelos, ah, tantos pesadelos atormentavam-no. Era mais fácil não dormir, principalmente depois que descobrisse que Hipnos era um deus ctônico. Qualquer tipo de sacrifício valia a pena para não ouvir os gritos fantasiosos de Evangelline, mas acordar sem a chance de poder salvar a menina.

Por tudo isso, não há o que descrever nesse espaço.

Quero dizer, eu poderia explicar que ele gritou, esperneou, tentou controlar o metal das correntes e, droga!, despedaçar todos os Sete de uma vez só - eu poderia dizer que ele se tornou uma besta, irracional, tão monstruosa que perdeu a racionalidade característica da espécie humana. Todavia, ao ultrapassar essa barreira entre o instinto e a humanidade, a simples ideia de descrever Alex no momento se torna falha: ele será descrito como um humano, sendo que ele não era um humano, naquele momento.

Era a tal da "Escolha de Sofia", sabe?, entre a cruz e a espada, isso aí. Mesmo que o lado racional fosse, justamente como o nome diz, mais certo, o lado emocional era o mais verdadeiro - e Alex optara pela verdade. E é só depois de Nina também sucumbir ao lado emocional ao ver a mãe morta que Alex sai desse modo animalesco, podendo ser novamente narrado.]





As correntes fraquejaram, e ele pôde cair no chão de joelhos. Nina, nesse ponto, já era o epicentro de um terremoto de proporções consideráveis, provavelmente abalando todo o quarteirão. O prédio já começava a ruir, e uma das paredes da casa de Blair caiu. Caso fosse perguntado, ele não saberia exatamente dizer como se salvou: provavelmente, por estar próximo de Nina, o efeito era menor, já que ela apenas remexia o solo ao seu redor, então só precisou erguer uma barreira de pedras ao redor de si e da irmã pra não serem atingidos pelo poder descontrolado da Vira-Lata.

Quando os tremores enfraqueceram, Nina caiu no chão, e Alex logo colocou-a em seus braços, desmaiada. O filho de Hades fitou os cães infernais, que assentiram com a cabeça, como se estivessem prontos para obedecer qualquer ordem sua; foi necessário pôr a irmã no dorso de um dos cães pra Alex continuar a pensar numa fuga dali, já que um pedaço do teto já aparentava desabar. Dando uma última olhada na mãe, notou que o corpo de Blair estava esmagado por uma pedra, escondendo seu rosto.

Então, necessitando de muito sangue frio, precisou morder os lábios e ordenar: Vamos.




O grande porém de viajar nas sombras são os efeitos: a sensação é de como se seu corpo fosse fatiado em mil pedaços, e essas partes fossem costuradas como numa colcha de retalhos. Quando se viajava muito, mais retalhos eram abertos, e mais doloridas eram as costuras refeitas. A um certo ponto, dizia-se que os retalhos seriam tão pequenos que seria impossível costurá-los, deixando os viajantes para sempre presos no Mundo Inferior.

Portanto, Alex ficou muito feliz ao reaparecer, vivo, com os cães infernais e Nina desmaiada de seu lado.





Explicar a situação para o sátiro "líder" do Central Park não fora uma das ocasiões mais agradáveis de sua vida, principalmente pelos detalhes que permaneciam vívidos em suas lembranças, mas Yhua - ou qualquer que fosse o nome estranho do híbrido entre homem e bode - compreendeu, explicando que a tristeza exalada por Nina ainda era sentida. Os cães infernais - Alfa e Ômega, como Alex apelidou - não era muito bem vindos, mas suas trapalhadas ajudaram a descontrair o clima.

Com muitos tratamentos alternativos e poções pastosas feitas de ervas medicinais, os espíritos da natureza do parque concentraram suas forças em recuperar a semideusa, que estava à beira de um esgotamento físico total. Nina ficou, no total, sete dias em coma, até que - numa noite - ela abriu os olhos meio debilmente.

Alex fitou-a com aquele seu típico sorriso de lado, meio no canto dos lábios, porém sem graça e com mais alívio do que malícia.

— Agora somos nós dois, maninha.



Extras;
making-off.

Equipamentos:
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] {bainha na perna direita}

{Evangelline - Darkness} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades] {empunhada na mão direita}

{Void} / Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 12] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades] {anel no anelar da mão esquerda}

{Shadow} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potencia dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades] {costas}

— {Avenge} / Corrente [Corrente de aproximadamente 2,0m de comprimento, feita com aros de bronze Sagrado. Maleável, pode realizar vários movimentos com facilidade. O metal é endurecido e, portanto, bastante resistente.  Em cada aro há um  pequeno espinho feito de prata, o que adiciona dano a cada golpe dado. O punho é feito de couro e com detalhes em prata na parte onde se conecta à corrente em si. [Prata, Bronze Sagrado] (Item de Vingador) {Sem controle de Elementos} [Presente de Nêmesis para os Vingadores] {enrolada na cintura, como um cinto}

— {Revenge} / Adaga [Uma adaga aparentemente normal, com aproximadamente 30cm de comprimento. Sua lâmina é feita de prata sagrada e é extremamente afiada; nunca perde o fio. Nêmesis abençoou as armas de seus Seguidores com a propriedade de sempre voltar à sua bainha, não importa quão longe ou onde ela esteja. Demora, em média, cinco minutos para a arma voltar ao seu lugar. Acompanha a bainha de couro. [Prata Sagrada] (Item de Vingador) {Sem controle de Elementos} [Presente de Nêmesis para os Vingadores] {bainha ao lado esquerdo da cintura}

— {Wiper} / Anel [Anel grosso com detalhes em preto e o enfeite de uma grande caveira em seu topo. Abençoado pela deusa da vingança, ele tem a peculiar habilidade de examinar as ações de alguém. Uma vez por missão/evento, caso o usuário do anel aponte a caveira desse para um alvo e dite as palavras "judica bimini", o mesmo irá examinar o passado do alvo. Sendo que se este conter algum vestígio de injustiça ou crueldade, os olhos negros do pingente brilharão em um vermelho sangue e o anel liberará um pequeno vazão de energia no corpo do semideus possuidor. A ativação causará um leve formigamento pelo corpo, contudo dará a bonificação de 15% nos três seguintes poderes ativos usados pelo possuidor do anel. Porém, após isso, o efeito do anel causará tontura em seu dono, pelo vazão rápido de poder.] {Prata} (Nível Mínimo: 15) {Controle sobre Energia} [Recebimento: Recompensa pelo treino The Revenge Boys por Ícaro Newerland Att por Ares] {indicador da mão direita}
Poderes:
Passivos: (importantes, apenas)
Cura III [Nível 25]: A cada rodada o filho de Hades recupera 10 HP e 10 de energia ao ficar nas sombras. Apenas faz efeito em locais completamente sem iluminação, ou durante a noite. A sombra de uma árvore ao meio dia, por exemplo, não tem efeito algum. Recupera no máximo 100 HP e 100 MP por noite. Substitui - e não se acumula - com o nível anterior.[Modificado]
Lorde do Submundo [Nível 20] Criaturas e monstros pertencentes ao Reino de seu pai respeitam você por ser filho de Hades. Lembre-se, respeitar é diferente de obedecer, e só afeta inimigos com nível abaixo do seu. [Ou seja, hesitam em dar o primeiro ataque.]. Não é válido para criaturas sobre controle de outra pessoa, nem sobre criaturas com funções específicas (ex: um esqueleto com ordens específicas de guardar um prisioneiro não seria afetado, pois vai contra as suas funções/ ordens). [Modificado]
Aura da Morte III [Nível 18]: A aura agora é mais forte, mais intensa. Assusta qualquer ser vivo natural e pode exercer  influência sobre semideuses de nível igual ou um pouco maior (até 10 níveis).[Modificado]
Visão Noturna [Nível 2] Possui a capacidade de enxergar perfeitamente quando escuro.[Novo]

Ativos:
Barreira de pedra [Nível 19] escudo de pedras sólidas é erguido em frente ao semideus. A barreira tem 3m de altura por 3 de extensão, e 30 cm de espessura. Ela é imóvel, não podendo ser deslocada, e dura 3 rodadas. 1 vez a cada 5 rodadas.[NOVO]

Mascotes:
Viagem nas sombras.
Observações:
— Sobre a Evan: Então, Evan é a "não-prostituta" namorada do Alex; ops, era. Evan morreu na DIY "AM (12)": após ser encontrada estuprada e sem condições de viver, Alex dá a boa morte a garota e suga a alma dela para a espada. Contudo, Alex obviamente quer saber quem são os culpados, onde estão, etc.; ele procura vingança e pra isso conta com a ajuda de Macária, que abençoou-o após ele dar a "boa morte" (isto é, seguir as práticas de Macária, que é justamente a deusa da Boa Morte) a Evan com um poder especial que o permite selar as almas dos sete culpados em objetos (Soul Linker; vide ficha do personagem).
— Sobre a nota do autor: a quebra na narrativa foi um recurso literário usado para descrever, principalmente, o estado sobre-humano, quase psicótico, em que Alex se encontrava ao escutar aquelas coisas tão nojentas sobre sua amada.
— Sobre o título e subtítulo: Teddy Picker, Arctic Monkeys. Se alguém se interessar, ouça.
— Sobre qualquer coisa: Caso necessite, o avaliador pode me consultar por MP, que esclarecei quaisquer dúvidas que possam restar.
— Sobre a recompensa: dois cães infernais, Alfa pra Nina, Ômega pra Alex.


Alex Alcidamo
avatar
Filhos de Hades
Mensagens :
39

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por 109-ExStaff em Seg 31 Ago 2015, 16:14

AVALIAÇÃO
NINA - Bem Nina, vamos a sua avaliação. Houve alguns erros de ortografia, nada que retire muitos pontos, porém gostaria de frisar sobre o uso de vírgulas e pontos. Em dado momento, o texto fico muito corrido, em outros, muito curto. Mas fora isto, é de se esperar que já tenha consciência da sua irrepreensível escrita, que faz com que sua personagem haja 100% de acordo com a personalidade proposta. Dentro de um RPG, este tipo de situação deve ser parabenizada.

Só um realce importante, a cerca das batalhas. Evite deixá-las muito curtas e quando faze-las, justifique o motivo. Fora que foque no seu gasto de MP, você usou mais do que possuía, por isso o que superar o MP será descontado no HP e você está desmaiada. Deverá narrar que alguém a levou para a Enfermaria, para se curar, antes de postar em qualquer outro local ON.

ALEX - Particularmente não encontrei nenhum erro ortográfico a ser citado. Porém acredito que devo realçá-lo que o personagem em boa parte do conto, agiu mais como uma "escora" de Nina, do que como um companheiro. É importante - ao menos na minha opinião - que numa Story Mode, todos os envolvidos possam ter um nível participação de forma semelhante. Fora isso, também só posso parabenizá-lo pelo enredo e escrita.

♦ Pontuação ♦


NINA

♦ Coerência: 200/200
♦ Coesão, Estrutura e Fluidez: 100/100
♦ Ortografia e Organização: 38/40
♦ Objetividade e Adequação: 60/60

Recompensa -> +398 de Exp[+248 de Exp]

Descontos:


-91 de HP (Poderes Ativos)

-265 de MP (Poderes Ativos)

Item Ganho:
{Alpha} / Cão Infernal [Ele possui as mesmas características de um cão infernal adulto, a diferença é possuir o tamanho de um cão normal, assim como força reduzida. Consulte bestiário. É necessária uma DIY onde ela seja um participante ativo para que ela cresça e adquira as características normais de sua espécie na fase adulta. Ao ser evoluída, seu HP máximo sobe para 100.] [50/50 Hp][Filhote]

ALEX

♦ Coerência: 199/200
♦ Coesão, Estrutura e Fluidez: 100/100
♦ Ortografia e Organização: 40/40
♦ Objetividade e Adequação: 58/60

Recompensa -> +396 de Exp[+246 de Exp]

Descontos:


-20 de HP (Danos de Batalha)

-2 de MP (Poderes Ativos)

Item Ganho:
{Ômega} / Cão Infernal [Ele possui as mesmas características de um cão infernal adulto, a diferença é possuir o tamanho de um cão normal, assim como força reduzida. Consulte bestiário. É necessária uma DIY onde ela seja um participante ativo para que ela cresça e adquira as características normais de sua espécie na fase adulta. Ao ser evoluída, seu HP máximo sobe para 100.] [50/50 Hp][Filhote]




Edited by H.I.M. and stoulen by me
109-ExStaff
avatar
Indefinido
Mensagens :
135

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por 126-ExStaff em Seg 31 Ago 2015, 20:27

Atualizado

+100xp para os dois, porque a deusa esqueceu que SM vale cinco níveis.
126-ExStaff
avatar
Indefinido
Mensagens :
311

Localização :
Long Island

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alcidamo's Home

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum