Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

Enfermaria Healing Hills

Página 7 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Enfermaria Healing Hills

Mensagem por Jhonn Stark em Qua 08 Jul 2015, 23:45

Relembrando a primeira mensagem :


Enfermaria Healing Hills

Can i help you?



A enfermaria Healing Hills se encontra logo no começo da "ala hospitalar" do Acampamento, permitindo assim um acesso fácil a esta. Ao adentrar no recinto, o semideus pode acabar perdendo a noção de que está em um acampamento, uma vez que o ambiente é completamente decorado e montado para parecer um hospital de cidade como outro qualquer. Exceto, é claro, pelo tamanho. Os curandeiros disponíveis se juntam todo mês para dar uma parte do ganho em dracmas para alguns funcionários que servem como recepcionistas e assistentes em vários casos.

O primeiro cômodo do lugar é sua recepção. Um espaço com uma espécie de ar condicionado criado por filhos de Hefesto especificamente para aquele lugar. As paredes são inteiramente brancas e alguns quadros estão espalhados pelo local. No lugar das tradicionais cadeiras de espera, encontram-se poltronas de couro confortáveis com fones e tablets embutidos e equipados com uma grande diversidade de jogos, músicas e livros dos mais variados gêneros para tornar sua espera menos cansativa.

Ainda existe também uma estante com livros de assuntos variados no canto direito da sala, que é dividida em duas seções de cadeiras cortadas por um corredor que leva até a entrada/saída do lugar. Isso pensando naqueles semideuses que preferem um bom e velho livro físico a uma versão digitalizada.

Mais à frente encontra-se o balcão de atendimento, onde geralmente encontram-se três semideuses prontos para atender e colocar sua consulta na fila, assim como dar seu número de reconhecimento – usado também para saber que é sua vez – e pulseiras personalizadas com seu nome que auxiliam muito os curandeiros em casos de internação.

Além do painel que mostra o número do paciente que será atendido, cada poltrona vem com um identificador de pulseira que, quando utilizado pelo paciente, indica sua vez acendendo dois pequenos pontos de luz presentes no braço da cadeira e parando automaticamente suas músicas e aplicativos.

Seguindo pelo corredor que leva ao interior da enfermaria, o paciente tem acesso à sala de atendimento, ao saguão de internação e aos banheiros de pacientes em observação. Existem também banheiros diferenciados para ambos os sexos na recepção, onde os semideuses que aguardam o atendimento tem livre acesso.

A sala de atendimento está devidamente equipada para o uso eficiente do curandeiro e dos pacientes, possuindo uma série de macas, duas mesas de preparo de poções em alturas diferentes e armários com ingredientes e poções já prontas.


✚ ✚ ✚ ✚ ✚


Regras e adendos:
Regras básicas:
1º – As enfermarias não são um lugar off, portanto poste sua entrada. Digam o que estão sentindo, pois eu não consigo nem adivinhar meus próprios problemas. Especifiquem seu estado, seja com cortes, cansaço, dores, se perderam um braço depois de tropeçar... Isso tudo é importante.
2º – Todas as consultas e curas realizadas aqui são gratuitas, ou seja, você não precisará pagar nada para Jhonn mas aceito presentes de aniversário aqui e ali, como dragões flamejantes forjados de ouro puro. Fica a dica.
3º – Não venham pedindo via MP ou chatbox para postar aqui, por tudo que é sagrado. Eu tenho vida, e se vocês querem as suas, não fiquem me enchendo. Às vezes acidentes acontecem em enfermarias. *Cara de maníaco*
4º – Tentem fazer posts com mais de cinco linhas, caso não queiram ser banidos do universo por flood. Lembrem, não precisa ser um dicionário, mas também tem que ter um mínimo de decência.

Extra: Um obrigado aos curandeiros que vieram antes de mim, principalmente à Kristy, de quem adaptei as regras dessa bagaça.
Curandeiros ativos na enfermaria:
❖Jhonn Stark
❖Ivan V. Poklonskaya
❖Chelsea H. Drevoir

Jhonn Stark
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
697

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Enfermaria Healing Hills

Mensagem por Lavínia Cavendish em Dom 28 Maio 2017, 22:42




Pasito a pasito, suave suavecito



Nos vamos pegando, poquito a poquito

Lavínia não retornava ao Acampamento já faziam alguns meses. Desde seu último incidente com a filha de Psiquê, a semideusa preferiu ficar em Nova York longe de mais problemas. O fato de atravessar a colina e ver todas aquelas proles de Ares lhe remetia ao fato de que o deus da guerra havia convocado seus favores, mas não entrara mais em contato com ela. Era misterioso e assustados ao mesmo tempo.

Uma das primeiras coisas que fez assim que chegou foi ir para uma das enfermarias. Sentia muita falta de um curandeiro na cidade, já que seus serviços eram inigualáveis quando se tratava em fazer alguém se sentir bem; Era como se saísse de lá nova em folha.

Adentrou na enfermaria já conhecida, a Healing Hills. Não havia muita fila lá dentro, algo que estranhou um pouco até. Foi atendida logo e então encaminhada para uma das macas, onde provavelmente tomaria um banquete de poções e antídotos de gosto ruim.

Foi fácil explicar o que sentia naquele momento: Cansaço enorme, alguns machucados que não cicatrizaram direito, enxaqueca. Pequenas coisas que estavam lhe atrapalhando já faziam alguns dias. Deitou e aguardou que um dos curandeiros fosse lhe atender, pois já queria sair dali o quanto antes.






white winter hymnal


Lavínia Cavendish
avatar
Líder dos Mentalistas
Mensagens :
435

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria Healing Hills

Mensagem por Chelsea H. Drevoir em Qui 01 Jun 2017, 09:02




Healing Hills
Ah mas vocês são uns froxo mesmo, hein?



✚ ✚ ✚ ✚ ✚

— Chelsea, paciente na maca três. — A voz da recepcionista despertou a cria de Hipnos de seus devaneios.

A ruiva prendeu suas longas mechas em um rabo de cavalo alto, vestiu o jaleco e saiu da própria sala. Illyasviel, a raposa mecânica, limitou-se a espreguiçar-se de forma preguiçosa, como uma promessa duvidosa de que se juntaria à seguidora de Asclépio no que quer que fosse fazer.

Chegando no leito indicado, deparou-se com uma semideusa que lhe era familiar.

— Olá, ahn... — Vasculhou a própria memória em busca do nome da garota.

Foi quando Illya chegou ao recinto com um prontuário na boca. Saltou em uma prateleira próxima, na altura do tórax de Chelsea, e entregou gentilmente o papel nas mãos da curandeira, que não demorou para ler o nome no topo das folhas.

— Lavínia. — Concluiu a fala anterior. — Ah, espero que não se importe com ela. Jhonn está fora por uns dias e a raposa acaba sendo uma assistente razoável. — Olhou para a criatura, que soltou uma bufada quente de ar no seu rosto antes de se acomodar. — Apesar de tão volátil quanto a eletricidade nos próprios circuitos. — Riu baixinho. — Pode sentar?

Com um exame rápido, não era difícil perceber que a cria de Despina não estava necessariamente com o pé na cova. Seria um trabalho simples.

— Sem injeções, sem remédios amargos. — Disse ela. — Acho que podemos resolver isso rápido.

Fez uma prece a seu patrono, logo vendo o brilho nas palmas de suas mãos em tons distintos. Aproximava o tato da pele da garota, primeiro onde havia algum arranhão mal curado ou hematoma, vendo-os fechar e desaparecer após assumir tons mais claros. Em seguida, tocou os pontos vitais e energéticos já conhecidos - tórax, abdome, testa - até que a luz se extinguisse sozinha.

Com um último toque na nuca, viu a garota suspirar em alívio ao ter o peso invisível da exaustão deixar seu corpo.

— Acho que é tudo por hoje, Cavendish. — Sorriu. — Procure não se esforçar muito pelo menos nas próximas vinte e quatro horas e deve ficar bem. Vamos, eu te acompanho até a saída.
Adendos:
Poderes:
Passivos:

Conforto Restaurador (Nível 2)
Ao realizar um exame prévio e acomodar um paciente em sua enfermaria, recepcionando-o e tratando com cuidado, no ambiente adequado e modificado com as condições especiais para isso, o paciente fica mais predisposto ao tratamento e assim as habilidades do curandeiro tornam-se mais efetivas, ampliando o valor restaurado em 20% (arredondado para baixo, mínimo de 1 ponto). Por ser necessário certo preparo anterior, somente funciona na enfermaria ou em situações de conforto. Não afeta a si próprio, obviamente. Não serve para cicatrizar ou quaisquer outros efeitos, apenas a recuperação de vida; para obter tais efeitos, deve-se, ao menos por enquanto, utilizar de métodos convencionais. [Modificado de ativo para passivo, antigo "Boas vindas curadoras"]

Alquimista (Nível 6)
Quando um seguidor do deus da medicina estuda a alquimia, ficará pronto para preparar poções, venenos, pomadas e outros tipos desses objetos. As “bebidas” criadas pelos alquimistas só poderão ser usadas na situação atual; ou seja, não poderão ficar com as doses extras após a missão, evento, treino ou trama (isto é, caso prepare uma poção e não utilize todas as suas doses, ele as perderá – a exceção é a enfermaria, pois se um curandeiro formular uma poção, esta poderá ser utilizada por ele em outro paciente num outro post; não ocorrerá de ser adicionada ao seu arsenal).

Olhar Clínico (Nível 13)
Há uma espécie de lenda urbana que diz “grandes médicos sabem o que o paciente sente apenas de olho”. Pois bem, isso se aplica aos aprendizes, mas de uma forma diferente: ao avistar alguém, consegue “ver” as informações de saúde deste indivíduo (por exemplo, possíveis fraturas, doenças, batimentos cardíacos, oxigenação, vida, energia e situações psicológicas e sociais naturais). Estas informações aparecem em forma de dados e gráficos para o aprendiz, como na tela de um monitor de hospital. Algumas informações, como situações psicológicas e sociais só se aplicam a pessoas que deixarem o curandeiro ter esse conhecimento, o que resume a, normalmente, aliados. Isso faz com que seus diagnósticos agora sejam mais precisos, mas podem ser enganados por meios mágicos e poderes que alterem sua percepção.

Aura de restauração (Nível 43)
A presença do curandeiro emite uma aura que afeta seus aliados próximos, ampliando fatores de cura/ regeneração e ampliação próprios enquanto em uma área a até 25m de raio de distância do servo de Asclépio. Isso faz com que as restaurações sejam 50% maiores (mínimo de 1 ponto) mas não altera as condições das mesmas. Adicionalmente, seus próprios fatores naturais (regenerações passivas, não poderes ativos) são ampliados, desde que, obviamente, ele esteja dentro da situação especificada. [Novo]

Ativos

Curar ferimentos (Nível 1)
Após fazer uma pequena e rápida oração ao seu mestre Asclépio, as mãos do Curandeiro serão tomadas por uma luminosidade de fraca coloração dourada, permitindo com que o usuário recupere uma parte do HP do alvo com o toque direto. A cura será equivalente ao custo de Mp deste poder x 1/2 do nível do curandeiro, arredondado para baixo (mínimo de cura = 4). Pode ser utilizado sobre si mesmo. Uso livre na enfermaria, mas limitado a 1 uso por aliado a cada combate enfrentado. Custo base a ser multiplicado pelo nível = 4 de MP.[Modificado]

Toque Energético (Nível 3)
Após fazer uma pequena e rápida oração ao seu mestre Asclépio, as mãos do Curandeiro serão tomadas por uma luminosidade de fraca coloração prateada, permitindo com que o usuário recupere uma parte do MP do alvo com o toque direto. A restauração será equivalente ao custo de MP deste poder x 1/2 do nível do curandeiro, arredondado para baixo (mínimo 1). Não pode ser utilizado sobre si mesmo. Para fins de gasto de MP e cálculo de recuperação, é considerado um poder nível 1. Uso livre na enfermaria, mas limitado a 1 uso por aliado a cada combate enfrentado. Custo base a ser multiplicado pelo nível = 4 de MP.[Modificado]

Descanso (Nível 6)
O cansaço é um inimigo muitas vezes pior que armas. Ao utilizar este poder, com contato direto entre curandeiro e paciente – que não poderá ser si mesmo –, este último ficará isento de qualquer tipo de canseira. Os efeitos serão como se o doente tivesse acabado de dormir por oito horas (que é o recomendado para um homem adulto), eliminando penalidades provocadas por fadiga, seja natural ou induzida - não recupera HP ou MP, apenas retira as consequências da condição.

Cicatrização II (Nível 15)
Agora o dom de cicatrizar cortes e ferimentos já está mais forte nos seguidores de Asclépio. Ao tocar as feridas abertas, estas se fecharão em uma rodada, impedindo hemorragias e sangramentos, anulando tais penalidades em casos de efeitos de nível igual ou menor que o curandeiro, ou reduzindo-as a apenas 25% se maior. Adicionalmente, recupera 5% da HP e MP do alvo, quando em outra pessoa, ou 5% da HP quando em si mesmo (sempre arredondando para baixo). A cicatriz ficará no local, mas será discreta, independente do tipo de ferimento. Este poder só pode ser usado em si mesmo se conseguir tocar o ferimento. 1 utilização por batalha.

Poções

Nível 9
Poção Energética Simples: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada e um gosto frutífero refrescante e adocicado; comum e imprescindível para os curandeiros, ela não precisa da especialização ‘Alquimista’ para ser feita. O efeito dela é, quando sorvida para dentro dos lábios, restaurar a energia do cliente. É óbvio e claro que ela não pode ser ingerida em excesso e, portanto, seu uso só é liberado uma vez a cada turno.

Nível 15
Poção Energética Média: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada, levemente brilhante e um gosto frutífero de refrescante e adocicado; também como a poção vitalícia média, esta só pode ser criada por aqueles curandeiros que decidiram tornar-se Alquimistas. Por questões de segurança, ela só pode ser ingerida uma vez por turno.
Atualizações a serem feitas:
Lavínia: Full HP e MP
Chelsea H. Drevoir
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
322

Localização :
Healing Hills

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria Healing Hills

Mensagem por 127-ExStaff em Qui 01 Jun 2017, 13:17


atualizado!

127-ExStaff
avatar
Indefinido
Mensagens :
330

Localização :
No meio das planta

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria Healing Hills

Mensagem por Max Sedgwick em Dom 02 Jul 2017, 13:29


Dream Healing

Dor e mais dor. Tudo o que Max podia sentir. Ele sentiu que todo o seu corpo estava preso em uma cadeira elétrica no máximo. Sua pele rastejava e queimava, mas a pior era a cabeça dele. Ele sentiu-se como se fosse uma força enorme de pressão, e agora havia um vazio de dor e náusea. Ele sabia o que era, Eros, o sonho quase real que o Deus do Amor havia jogado Max. Naquela noite, não sentiu nada, mesmo depois de acordar suado e inexplicavelmente exausto. No entanto, parecia como se toda a dor e ferimentos que sentiu no sonho, tivessem apunhalado Max de uma única vez.

Agora parado em frente a enfermaria, tocava os braços de modo acanhado. Sem mais delongas, atravessou o arco e caminhou até o centro do recinto. Era localizado na frente da ala médica, sendo a primeira das enfermarias. Logo que começou a sentir as dores, seus irmãos recomendaram que fosse até a Healing Hills. Aparentemente, devia ser famosa.

O local tinha uma aparência confortável e o frio causado pelo ar condicionado era totalmente bem-vindo por conta do calor do acampamento. Max fechou os olhos e exibiu um sorriso, quase se esquecendo das dores. Após alguns segundos de prazer falso, caminhou até a recepção e logo em seguida foi enviado até uma maca.

Enquanto esperava, sentiu a dor de cabeça se intensificar. As dores no braço e nas costas também forçavam Sedgwick a formar uma careta e agarrar forte o tecido da maca. Max se surpreendeu por conseguir aguentar tudo aquilo sem chorar feito uma criança, que seria o seu normal.



Max Sedgwick
avatar
Filhos de Phobos
Mensagens :
27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria Healing Hills

Mensagem por Chelsea H. Drevoir em Seg 03 Jul 2017, 11:38




Healing Hills
Dreamcatcher



✚ ✚ ✚ ✚ ✚

Os plantões noturnos costumavam ser os mais tranquilos apesar da ausência de Jhonn. Desfrutando apenas da companhia da autômata que passeava entre as bancadas e por vezes na mesa da curandeira, Chelsea rabiscava em um papel qualquer o que parecia um vestido.

— Vamos, o que acha? Posso usar no casamento de James semana que vem. — Mostrou o resultado à raposa, que soprou uma lufada de ar quente na folha, lançando-a perfeitamente no cesto de lixo mais próximo. — Pelos deuses, Illya, eu tenho sentimentos. Não é como se estivesse tão ruim assim. — Resmungou.

A criatura mecânica saltou graciosamente até o chão, erguendo o focinho até o local onde o rascunho jazia e prontamente lançou uma brasa flamejante, que a consumiu por completo até se extinguir.

Talvez — e apenas talvez — aquilo significasse que Drevoir, como designer, fosse uma excelente curandeira. Engoliria o próprio orgulho e procuraria alguma filha de Afrodite no dia seguinte.

— Eu odeio você. — Disse, levantando-se e abrindo uma das janelas para que o odor típico da fumaça escapasse. — E algum dia você irá provar da minha vingança.

Levando a sério a ameaça, a raposa aninhou-se em um dos cantos da sala e resolveu entrar em um estado de economia de energia equivalente ao sono. Antes que a semideusa pudesse mesmo revirar os olhos, duas batidas na porta chamaram sua atenção.

— Paciente na maca um, Chels. — A recepcionista ergueu um novo prontuário em sua direção.

— Crítico? — Indagou, passando os olhos pelo papel rapidamente e vestindo o jaleco.

— Não, mas com certeza ele já teve dias melhores. — Admitiu. — Se apresse.

A distância de sua sala até o local onde Sedgwick estava foi percorrida em poucos segundos, o que logo permitiu que a curandeira contemplasse a figura do rapaz deitado e agarrando os lençóis com provavelmente mais intensidade do que seria considerado normal.

— Max? — Chamou baixinho. — Max, me chamo Chelsea e vim ajudar você, ok?

De imediato, tocou as têmporas do garoto, prolongando o contato em uma linha descendente até sua mandíbula e finalmente pôs as palmas em sua nuca. Sorriu ao ver o corpo retesado relaxar em sincronia com o suspiro de alívio ao ter toda dor e cansaço expulsas.

O semideus abriu os olhos e encarou a ruiva enquanto esta fazia uma breve prece a seu patrono, logo tendo as mãos tomada pelo familiar brilho dourado e prateado. Tocou os cernes de energia do rapaz até que sentisse e contemplasse a luz se extinguindo, significando que tal etapa estava completa.

— Pode sentar? — Perguntou, oferecendo a mão para ajudá-lo.

Em seguida levou a destra até os pontos vitais e locais que sabia existir injúrias, repousando-a por fim nos flancos e na extensão da espinha dorsal do semideus até o brilho igualmente desaparecer.

— Acredito que esteja se sentindo melhor agora. — Afirmou. Era visível a melhora do garoto. — Acho que é a primeira vez que vem aqui e, bom, sei que existem ocasiões melhores para conhecer alguém, mas ainda sim... Bem-vindo. Espero não te ver muito por aqui. — Riu. — Mas caso precise, não hesite em nos procurar. Eu te acompanho até a saída, vamos.
Adendos:
Poderes:
Passivos:

Conforto Restaurador (Nível 2)
Ao realizar um exame prévio e acomodar um paciente em sua enfermaria, recepcionando-o e tratando com cuidado, no ambiente adequado e modificado com as condições especiais para isso, o paciente fica mais predisposto ao tratamento e assim as habilidades do curandeiro tornam-se mais efetivas, ampliando o valor restaurado em 20% (arredondado para baixo, mínimo de 1 ponto). Por ser necessário certo preparo anterior, somente funciona na enfermaria ou em situações de conforto. Não afeta a si próprio, obviamente. Não serve para cicatrizar ou quaisquer outros efeitos, apenas a recuperação de vida; para obter tais efeitos, deve-se, ao menos por enquanto, utilizar de métodos convencionais. [Modificado de ativo para passivo, antigo "Boas vindas curadoras"]

Alquimista (Nível 6)
Quando um seguidor do deus da medicina estuda a alquimia, ficará pronto para preparar poções, venenos, pomadas e outros tipos desses objetos. As “bebidas” criadas pelos alquimistas só poderão ser usadas na situação atual; ou seja, não poderão ficar com as doses extras após a missão, evento, treino ou trama (isto é, caso prepare uma poção e não utilize todas as suas doses, ele as perderá – a exceção é a enfermaria, pois se um curandeiro formular uma poção, esta poderá ser utilizada por ele em outro paciente num outro post; não ocorrerá de ser adicionada ao seu arsenal).

Olhar Clínico (Nível 13)
Há uma espécie de lenda urbana que diz “grandes médicos sabem o que o paciente sente apenas de olho”. Pois bem, isso se aplica aos aprendizes, mas de uma forma diferente: ao avistar alguém, consegue “ver” as informações de saúde deste indivíduo (por exemplo, possíveis fraturas, doenças, batimentos cardíacos, oxigenação, vida, energia e situações psicológicas e sociais naturais). Estas informações aparecem em forma de dados e gráficos para o aprendiz, como na tela de um monitor de hospital. Algumas informações, como situações psicológicas e sociais só se aplicam a pessoas que deixarem o curandeiro ter esse conhecimento, o que resume a, normalmente, aliados. Isso faz com que seus diagnósticos agora sejam mais precisos, mas podem ser enganados por meios mágicos e poderes que alterem sua percepção.

Aura de restauração (Nível 43)
A presença do curandeiro emite uma aura que afeta seus aliados próximos, ampliando fatores de cura/ regeneração e ampliação próprios enquanto em uma área a até 25m de raio de distância do servo de Asclépio. Isso faz com que as restaurações sejam 50% maiores (mínimo de 1 ponto) mas não altera as condições das mesmas. Adicionalmente, seus próprios fatores naturais (regenerações passivas, não poderes ativos) são ampliados, desde que, obviamente, ele esteja dentro da situação especificada. [Novo]

Ativos

Curar ferimentos (Nível 1)
Após fazer uma pequena e rápida oração ao seu mestre Asclépio, as mãos do Curandeiro serão tomadas por uma luminosidade de fraca coloração dourada, permitindo com que o usuário recupere uma parte do HP do alvo com o toque direto. A cura será equivalente ao custo de Mp deste poder x 1/2 do nível do curandeiro, arredondado para baixo (mínimo de cura = 4). Pode ser utilizado sobre si mesmo. Uso livre na enfermaria, mas limitado a 1 uso por aliado a cada combate enfrentado. Custo base a ser multiplicado pelo nível = 4 de MP.[Modificado]

Toque Energético (Nível 3)
Após fazer uma pequena e rápida oração ao seu mestre Asclépio, as mãos do Curandeiro serão tomadas por uma luminosidade de fraca coloração prateada, permitindo com que o usuário recupere uma parte do MP do alvo com o toque direto. A restauração será equivalente ao custo de MP deste poder x 1/2 do nível do curandeiro, arredondado para baixo (mínimo 1). Não pode ser utilizado sobre si mesmo. Para fins de gasto de MP e cálculo de recuperação, é considerado um poder nível 1. Uso livre na enfermaria, mas limitado a 1 uso por aliado a cada combate enfrentado. Custo base a ser multiplicado pelo nível = 4 de MP.[Modificado]

Descanso (Nível 6)
O cansaço é um inimigo muitas vezes pior que armas. Ao utilizar este poder, com contato direto entre curandeiro e paciente – que não poderá ser si mesmo –, este último ficará isento de qualquer tipo de canseira. Os efeitos serão como se o doente tivesse acabado de dormir por oito horas (que é o recomendado para um homem adulto), eliminando penalidades provocadas por fadiga, seja natural ou induzida - não recupera HP ou MP, apenas retira as consequências da condição.

Cicatrização II (Nível 15)
Agora o dom de cicatrizar cortes e ferimentos já está mais forte nos seguidores de Asclépio. Ao tocar as feridas abertas, estas se fecharão em uma rodada, impedindo hemorragias e sangramentos, anulando tais penalidades em casos de efeitos de nível igual ou menor que o curandeiro, ou reduzindo-as a apenas 25% se maior. Adicionalmente, recupera 5% da HP e MP do alvo, quando em outra pessoa, ou 5% da HP quando em si mesmo (sempre arredondando para baixo). A cicatriz ficará no local, mas será discreta, independente do tipo de ferimento. Este poder só pode ser usado em si mesmo se conseguir tocar o ferimento. 1 utilização por batalha.

Poções

Nível 9
Poção Energética Simples: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada e um gosto frutífero refrescante e adocicado; comum e imprescindível para os curandeiros, ela não precisa da especialização ‘Alquimista’ para ser feita. O efeito dela é, quando sorvida para dentro dos lábios, restaurar a energia do cliente. É óbvio e claro que ela não pode ser ingerida em excesso e, portanto, seu uso só é liberado uma vez a cada turno.

Nível 15
Poção Energética Média: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada, levemente brilhante e um gosto frutífero de refrescante e adocicado; também como a poção vitalícia média, esta só pode ser criada por aqueles curandeiros que decidiram tornar-se Alquimistas. Por questões de segurança, ela só pode ser ingerida uma vez por turno.
Atualizações a serem feitas:
Max: Full HP e MP
Chelsea H. Drevoir
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
322

Localização :
Healing Hills

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria Healing Hills

Mensagem por Hécate em Ter 08 Ago 2017, 18:35



Atualizado!







Hécate

.:: deusa da magia e das encruzilhadas :: mestra da névoa :: adm do pejotinha ::.

Hécate
avatar
Administradores
Mensagens :
262

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria Healing Hills

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 7 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum