PvP OFF - Lana x Vitor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

PvP OFF - Lana x Vitor

Mensagem por Blake Aquilla em Sex 10 Jul 2015, 02:31


PVP OFF


A luta aconteceria na arena. Os dois semideuses se encontrariam e lutariam apenas com armas, sem permissão para disponibilizarem de poderes, no campo central do Coliseu. A superfície era arenosa, o clima era ameno. A arena conferia um cenário limpo e sem obstáculos para os dois combatentes, própria para situações do tipo. Vitor, o filho de Ares, encontraria com a foderosa indefinida Lana, no campo com teto aberto e livre de espectadores. Ambos teriam de levar suas próprias armas, e se quisessem, também poderiam contar com itens da Sala de Armas, mas não mais do que isso.

A luta se passaria durante a tarde daquele dia. E posicionados a 5m de distância um do outro, os combatentes estavam prontos para iniciar seu treinamento.



Observações importantes:
- As regras de combate estão valendo nesse PvP (clique). A ordem de postagem será essa: Vitor > Lana > Vitor > Narração > Lana > Vitor > Lana > Narração > Vitor > Lana > Vitor > Narração. E a ordem será invertida até que o combate acabe. Não terá turno de apresentação.

- O cenário é a arena do acampamento. Para descrições mais detalhadas, vejam o tópico. Não haverá qualquer obstáculo ou monstro, nem vantagens/desvantagens.

- Os dois combatentes terão 100 de HP/MP. Uso de poderes está proibido (inclusive passivos). Levem as armas e as citem em spoiler.

- Clima ameno, horário por volta das 16h.

- Boa sorte!

Blake Aquilla
Blake Aquilla
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
387

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PvP OFF - Lana x Vitor

Mensagem por Vitor S. Magnus em Sex 10 Jul 2015, 14:53




PVP
Tô muito morto


Ok. Pensou Vitor. É só mais uma batalha, cara… Contra uma garota! Indefinida!

A prole de Ares respirou fundo encarando sua oponente. Nunca foi do tipo que julgava precipitadamente, mas sempre tentava se convencer de que ganharia qualquer batalha. A arena já era um playground onde Vitor se divertia toda tarde, porém ter que lutar contra outro semideus no vale tudo não era rotina pra ele. Uma carta de baralho deslizava e girava entre seus dedos da mão direita, tinha a figura de Afrodite e o número 10 em duas pontas. Vitor só não parecia um arsenal de Armas porque sabia guardá-las discretamente. Sua única arma à vista - e apenas uma parte dela pelo fato da lâmina estar dentro do seu casaco vermelho - era o cabo de sua espada presa às costas do garoto.

A carta parou entre os dedos indicador e médio. Ele suspirou pedindo sorte aos deuses e partiu para o ataque. Decidiu que ia manter ataques à distância no começo, ia testar tudo o que aprendera nos longos treinos. Deu passos precisos para frente, seguidos de um giro de impulsão, nesse meio tempo sacou mais uma carta no suporte com a mão esquerda e lançou uma após a outra em direção à oponente.


Arsenal e armaduras:
>:
♈ Ripper & Pungent (Um par de socos ingleses de prata que quando pressionados nas mãos do usuário liberam, cada um, três lâminas de bronze sagrado de 30 centímetros.) ▬ Bolsos do casaco

♈ Sabertooth [Uma das adagas-gêmeas de ouro. Quando desejado pelo usuário, a arma pode ser lançada contra o oponente, acertando-o a qualquer custo. Quando as duas adagas estão unidas na mesma missão/evento os dois usuários melhoram sua interação, podendo utilizar golpes combinados com bastante precisão.] ▬ Presa ao Cinto

♈ Escudo de madeira resistente - Tem resistência similar a de Bronze Celestial e transmuta numa pulseira. ▬ Pulso esquerdo

▬ Peitoral [Uma das partes de uma armadura de ouro; este é preso ao corpo do usuário por duas fitas de aço que circulam o corpo do usuário, pendendo-a na posição que este desejar; aumenta a porcentagem de defesa, e não é muito pesado.]

▬ Ombreiras [Uma das partes de uma armadura de ouro; composta por duas camadas, uma de aço e a outra de ouro polido. Fica ligado ao peitoral e há inscrições na ombreira esquerda com os dizeres escritos em grego antigo: "Força"; em conjunto com o peitoral, dá ao filho de Ares mais agilidade que ele teria normalmente, o que influencia de modo escasso, mas ajuda]

▬ Rebellion [Uma espada de um metro e meio de comprimento, completamente feita de prata e super leve, seu cabo tem a cabeça de uma caveira com a boca aberta esculpida e quando é derramado uma certa quantidade de sangue de seu usuário na boca da caveira a espada causa dano mais elevado ao inimigo até este estar morto]

✞ {Piège} / Corrente Farpada [Uma corrente de 2,5 metros, desses 0,5 são prata e o restante bronze Sagrado, a corrente contem farpas ao seu decorrer, as mesmas são feitas de prata, a mesma se transforma em um bracelete-cobra que ao ser acionado a corrente desliza até a mão do usuário.] {Prata e Bronze Sagrado} (10) {Não controla nenhum elemento} ▬ Pulso direito

♦ Destiny/ Baralho Encantado - [Baralho de cartas laminadas de puro bronze sagrado. As cartas representam os deuses olimpianos em vez da numeração comum dos baralhos de jogos. As cartas podem ser utilizadas tanto para arremessos precisos ou facas cortantes para situações. Acompanha um pequeno suporte de cartas de bronze que pode ser acoplado a cintos ou bolsos] (Quantidade: 52 cartas) {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 20) [Recebimento: Missão “Gendarmenmarkt”, avaliada por Héstia e atualizado por Ares]
Informações adicionais:
Poderes usados:
Passivos:
---

Ativos:
---
Resumo:
Não clica!!!!!!!!111!!!:
Vrau. Xablau. Ié ié!



made by Lexie by Aglomerado
Vitor S. Magnus
Vitor S. Magnus
Filhos de AresAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
384

Localização :
Chalé de Ares

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PvP OFF - Lana x Vitor

Mensagem por Lana D'yer Hempstead em Sab 11 Jul 2015, 00:04



— LANA D'YER : TITANIUM — BATALHA: PVP OFF  
I'm bulletproof, nothing to lose, fire away, fire away. Ricochets, you take your aim, fire away, fire away. You shoot me down but I won't fall.
I AM TITANIUM!
A tarde tinha um clima ameno, proporcionando a mim certo ânimo, já que muito calor apenas conseguia me irritar. Com o céu parcialmente nublado era possível enxergar com certa clareza o oponente que se encontrava à minha frente.

Naquele dia eu experimentava o primeiro embate realmente sério na arena, com chances de graves ferimentos, coma, mutilações e etc. Era provável para qualquer um imaginar que a insegurança me corroía por dentro, fazendo com que duvidasse de minha eficiência em batalha. No entanto, não era exatamente isso o que sentia. Estava concentrada demais para me focar nos medos e dúvidas sobre minhas qualidades em combate, o oponente à minha frente conseguia despertar em mim um desejo intenso pela vitória, era um filho da guerra, isso me motivava a querer lutar bravamente até o fim.

Eu buscava usar de toda minha concentração. A frieza havia dominado meus pensamentos e estaria no comando de minhas ações e reações. Fitava com disciplina o semideus que estava à minha frente. Estranhei sua aparente ausência de armamentos. Por ser um filho de Ares, esperava que viria armado dos pés à cabeça, mas isso realmente não me fez sentir mais segura, apena mais cautelosa, pois surpresas nunca são exatas e claras.

Vitor, o meu adversário, encontrava-se a uma distância que calculei ser de uns 5 metros. Não muito perto. E justamente a sua suposta ausência de  desembainhar armas de combate à curta distância fizeram-me desconfiar de seus planos... Antes de tudo, prendi meu cabelo em um coque, assim evitaria que me atrapalhasse, então segurei firme minha arma com ambas as mãos.

Enquanto a prole da guerra parecia brincar com uma carta de baralho em mãos, aproveitei-me para expor a habilidade que conseguira com treino com bordões. Eu também não fazia questão de escancarar o que havia levado, mas o meu bordão era impossível de ocultar e, além de tudo, minha arma favorita para começar uma batalha. Comecei a girar minha arma com movimentos bem coordenados. Ela rodopiava ao redor de meu corpo por cada lado, sobre a cabeça, muitas vezes exigindo movimentos ágeis de meus pulsos. Com cada movimento eu tentava aquecer meus músculos e estava por consequência preservando meu corpo de um futuro ataque. Isso porque além da intenção de me aquecer, também tentava dificultar o inimigo em focar em um ponto exato de meu corpo. Era sim uma medida sutil e simplória de prevenção, algo que extraia de meu interior a mais profunda adrenalina para combate, preparando-me e explorando pouco a pouco minha capacidade para reflexos ligeiros.

O som da peça cortando o ar embalava aqueles minutos breves que antecediam ao embate, era como nossa trilha de abertura. Meus movimentos braçais ficavam cada vez mais velozes, eu mantinha minhas pernas parcialmente estáticas, esperando por uma brecha para concluir qualquer estratégia repentina que surgisse em minha mente, ela dependeria da primeira ação do inimigo.

Vitor finalmente deu seus primeiros passos e eu estreitei meus olhos, focando ao máximo aquilo que ele carregara na mão. Não recuei, apenas abusei um pouco mais dos movimentos com meu bordão, além de flexionar minhas pernas para manter um equilíbrio necessário para caso houvesse uma aproximação mais perigosa.

A cria de Ares girou seu corpo e então executou seu movimento, um lançamento duplo de cartas que cortaram os ares de maneira veloz. Não queria sentir o poder que aquela provável arma teria em ferir o meu corpo, por isso, tentando ser mais ágil e veloz em uma esquiva, apenas dobrei minha perna esquerda, abaixando-me sem desfocar do inimigo, usando uma posição de defesa que no mínimo era curiosa e... estranha.

Com a perna esquerda dobrada, a direita permaneceu esticada e eu mantive uma posição semelhante àquela que se faz quando executamos um alongamento. Poderia simplesmente lançar-me ao solo arenoso, rolar pela areia como uma semideusa desesperada por proteção, mas não senti que isso seria realmente seguro. Queria manter meus olhos fixos sobre Vitor para pegar sua guarda baixa logo após seu ataque. Como filho de Ares o rapaz deveria ser bem experiente em combate, deveria ser forte como um cavalo, atento como um predador audaz e mortífero, por isso as tais brechas que eu buscava eram tão importantes.

Senti que era a hora de contra-atacar logo após o semideus ter feito seu lançamento. Meu bordão já não executava mais seus movimentos, estava com uma de suas bases apoiadas no solo, sendo seguro apenas por uma de minhas mãos. A outra mão, a direita, estava livre, e buscou de maneira sorrateira e rápida minha adaga winter que estava no cós de minha calça, também no lado direito. Eu conhecia sua capacidade em adormecer momentaneamente qualquer parte do corpo de um indivíduo e ela pareceu perfeita para o momento... Ainda que eu não acertasse com perfeição  e de maneira perfurante o braço que o adversário usara para o lançamento, qualquer tipo de toque ou corte já acionaria esse efeito  e eu teria um filho de Ares com uma leve desvantagem. Se tudo corresse bem, meu contra-ataque iria deixar a área atingida dormente por um breve período de tempo.

Com o contra-ataque executado, coloquei-me de pé mais uma vez, recuando um mísero passo e apenas observando – e torcendo – para que tudo tivesse saído da maneira desejada.






◉ informações

Arsenal:

— Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] (Cano longo do all star)

— {Winter} / Adaga [Uma adaga feita inteiramente de gelo, apesar de ser colorida: sua lâmina é tradicionalmente prateada, como se fosse feita de algum metal, e sua empunhadura é dourada. Possui cerca de 30 centímetros ao todo, sendo que a lâmina tem 20 e a base tem 10. Ao atingir alguma parte do corpo de um monstro ou semideus causa uma leve dormência na região, que dura um turno e atrapalha os movimentos daquela área durante esse período.] [Gelo, tintura prateada e tintura dourada] [Nível mínimo: 5] [Nenhum elemento] [Recebimento: recompensa pela missão "Mas eram só morangos", avaliada por Quíron e entregue por ♦ Lady Íris.] (Cós da calça, lado direito)

— Rede [Rede de fios resistentes, usada para imobilização dos inimigos. Em seu centro pende uma corrente fina de bronze com um pequeno peso na ponta, para facilitar o manuseio - a rede é girada e atirada por esse cordão, se abrindo no ar e caindo sobre o inimigo se o golpe acertar, mas é difícil de ser usada mais de uma vez por combate, devido ao seu funcionamento. Contudo, se efetiva, paralisa o oponente por 3 rodadas - ele ainda pode se defender, mas terá seu ataque e defesa reduzido em 50% até se livrar da rede, e não poderá sair do lugar.][Fibras e bronze sagrado][Sem elemento][Nível mínimo: 2] (Amarrada na cintura de um jeito fashion -q)

— Soco inglês [Estrutura metálica, feita para ser encaixada nos dedos, potencializando o poder de ataques corporais. Causa dano contusivo, da mesma forma que uma clava, por exemplo, mas pode ser devastador no caso de usuários com grande capacidade física.][Bronze sagrado][Sem nível mínimo, sem elementos] (Na mão direita)

— Bordão [Cabo de madeira cilíndrica, sem pontas e muito simples, do tamanho do usuário. É usado mais em táticas defensivas. Devido a resistência do material e sua densidade, não causa dano letal, podendo apenas deixar o inimigo atordoado ou, em casos muito graves, inconsciente. Usado geralmente quando se quer capturar e não matar o oponente. Exige o uso de ambas as mãos para o manuseio adequado, impossibilitando o uso de escudos ou outros itens, mas permite manobras defensivas.][Madeira][Sem elemento, sem nível mínimo] (Arma principal)

— {Blood} / Colar [Um colar de prata com um pingente representando uma gota de sangue. Uma vez por missão e somente quando o usuário está com menos de 20% de vida da barra total, o colar restaura a vida do usuário em 10% da barra total.]{prata}(nível mínimo: --){não controla nenhum elemento}[Recebimento: Stage of Blood - Treino Trimestral] (No pescoço)

— {Shock} / Luvas [Uma luva de couro enfeitiçada para se encaixar perfeitamente na mão do utilizador. Sua cor também muda dependendo da preferência de quem estiver vestindo elas. Sempre que o dono quiser, espinhos com cerca de 1cm surgem para dar um dano leve de perfuração ao socar o adversário.] [Couro e Ferro] [Nível Mínimo: 10] [Sem elementos] [Recebimento: Éolo por cumprir a missão "Cadáver Molhado"] (Nas mãos)

Especial

Shuriken de bronze sagrado [Pequenas lâminas de formato varíavel, geralmente lembrando uma estrela. O dano isolado é pequeno, mas uma chuva de shurikens pode ferir seriamente ou distrair seu inimigo, além de ser fácil de ser carregada devido ao tamanho pequeno. Até 2 shurikens podem ser usados por ataque, mas não é tão simples de se utilizar por não ser uma arma comum.][Kit com 20][Sem elemento][Nível mínimo: 2] (Estojo amarrado no lado esquerdo da cintura)

Armadura de couro [A mais leve, feita de couro reforçado, não interfere em poderes que dependem de agilidade, equilíbrio ou furtividade, porém tem eficácia reduzida se comparada às outras. Melhor contra ataques de impacto do que de corte. Acomapnha luvas de couro do mesmo tipo, mas não elmo {Lana não usa as luvas}.][Couro e tecido][Sem elemento, sem nível mínimo]
Resumo de ações:

Lana faz uso dos movimentos de seu bordão para aquecer os músculos e tentar dificultar o foco de Vitor em algum ponto específico de seu corpo. Para sua defesa ela se põe em uma posição semelhante aquelas que fazemos para alongar as pernas. Seu contra-ataque consistiu em um lançamento de winter, tendo como foco principal o braço que Vitor usara para atacar. A intenção do ataque é provocar um dano perfurante, algo que por si só já dificultaria qualquer ação com o membro, além disso, por ter a capacidade de dar dormência na área tocada, no próximo turno Vitor não estaria tão apto a executar seus golpes. Psé, isso aí.  
Observações Importantes:

~ Cassidy não participa da festa. ç.ç
~ Tive a leve impressão de que o Vitor fez duas ações de ataque. Isso porque deixou claro que sacou e lançou mais uma carta do baralho logo após a outra.  Aqui o trecho, óh: nesse meio tempo sacou mais uma carta no suporte com a mão esquerda e lançou uma após a outra em direção à oponente.
~E sim, sou muito chata... Aguentem isso.
~ Tenho dúvidas quanto aos movimentos da Lana com seu bordão. Ela tentou desorientar Vitor para ele não marcar com exatidão um ponto físico de seu corpo – além de assim se preparar para a batalha. Não sei se isso seria considerado uma ação de defesa, aí também teríamos a tentativa de esquiva e poderíamos considerar duas ações de defesa. Psé, também sou chata comigo mesmo e tento ser justa... Aguentem isso também. Mas o parecer fica a cargo do narrador.
~ Não digo mais nada pq o próximo ponto que citaria poderia prejudicar minha personagem. Não sou – muito – burra.
~ Armas e equipamentos usados neste turno estão destacados em negrito. Armas e equipamentos que foram pegos na sala de armas estão em itálico.
~ Lana sente muita aversão aos filhos de Ares, mas não vai mutilar o corpinho de ninguém, desde que não tentem mutilar o dela.
~ Gosto de deixar claro todas as intenções do personagem, de detalhar seus movimentos e de dar certa frufruzada no texto, por isso eles ficam grandinhos. Mas com o tempo diminuem... ou não...
~ la la la
~ Qualquer dúvida, MP!
~ Beijos!

POST: 01 || FIM DE TARDE || CLIMA AMENO || ROUPA
(c)
Lana D'yer Hempstead
Lana D'yer Hempstead
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
156

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PvP OFF - Lana x Vitor

Mensagem por Vitor S. Magnus em Sab 11 Jul 2015, 11:53




PVP
Tô muito morto


A adversária se movia com maestria, segurava uma espécie de bastão que girava sincronizadamente com seus movimentos, esta se esquivou de uma forma bastante curiosa do ataque. Vitor conseguiu seguir o trajeto das pequenas armas letais, mas não sabia dizer se alguma das cartas havia acertado sua oponente, e não teve tempo para analisar com cuidado. Aquilo tudo animara o semideus. Isso sim é um combate de verdade! Pensou ele.

A semideusa estava meio que agachada, sua flexibilidade surpreendeu o garoto, mas isso não a impedia de contra-atacar. Foram milésimos de segundos, que sem o mínimo de cuidado que Vitor estava tendo para analisar a situação poderiam causar sua derrota. Ela simplesmente puxou uma adaga bem curiosa da calça e lançou contra a prole de Ares numa velocidade incrível. A experiência de Vitor não o deixava na mão, ele havia ativado seu escudo assim que a garota puxara a adaga e o levantou protegendo o ponto onde a lâmina iria acertar.


Arsenal e armaduras:
>:
♈ Ripper & Pungent (Um par de socos ingleses de prata que quando pressionados nas mãos do usuário liberam, cada um, três lâminas de bronze sagrado de 30 centímetros.) ▬ Bolsos do casaco

♈ Sabertooth [Uma das adagas-gêmeas de ouro. Quando desejado pelo usuário, a arma pode ser lançada contra o oponente, acertando-o a qualquer custo. Quando as duas adagas estão unidas na mesma missão/evento os dois usuários melhoram sua interação, podendo utilizar golpes combinados com bastante precisão.] ▬ Presa ao Cinto

♈ Escudo de madeira resistente - Tem resistência similar a de Bronze Celestial e transmuta numa pulseira. ▬ Pulso esquerdo

▬ Peitoral [Uma das partes de uma armadura de ouro; este é preso ao corpo do usuário por duas fitas de aço que circulam o corpo do usuário, pendendo-a na posição que este desejar; aumenta a porcentagem de defesa, e não é muito pesado.]

▬ Ombreiras [Uma das partes de uma armadura de ouro; composta por duas camadas, uma de aço e a outra de ouro polido. Fica ligado ao peitoral e há inscrições na ombreira esquerda com os dizeres escritos em grego antigo: "Força"; em conjunto com o peitoral, dá ao filho de Ares mais agilidade que ele teria normalmente, o que influencia de modo escasso, mas ajuda]

▬ Rebellion [Uma espada de um metro e meio de comprimento, completamente feita de prata e super leve, seu cabo tem a cabeça de uma caveira com a boca aberta esculpida e quando é derramado uma certa quantidade de sangue de seu usuário na boca da caveira a espada causa dano mais elevado ao inimigo até este estar morto]

✞ {Piège} / Corrente Farpada [Uma corrente de 2,5 metros, desses 0,5 são prata e o restante bronze Sagrado, a corrente contem farpas ao seu decorrer, as mesmas são feitas de prata, a mesma se transforma em um bracelete-cobra que ao ser acionado a corrente desliza até a mão do usuário.] {Prata e Bronze Sagrado} (10) {Não controla nenhum elemento} ▬ Pulso direito

♦ Destiny/ Baralho Encantado - [Baralho de cartas laminadas de puro bronze sagrado. As cartas representam os deuses olimpianos em vez da numeração comum dos baralhos de jogos. As cartas podem ser utilizadas tanto para arremessos precisos ou facas cortantes para situações. Acompanha um pequeno suporte de cartas de bronze que pode ser acoplado a cintos ou bolsos] (Quantidade: 52 cartas) {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 20) [Recebimento: Missão “Gendarmenmarkt”, avaliada por Héstia e atualizado por Ares]
Informações adicionais:
Poderes usados:
Passivos:
---

Ativos:
---
Resumo:
Pode clicar!!!!!!!!111!!!:
Vitor, além de estar sendo humilhado no tamanho do post, apenas se protegeu da adaga com seu escudo de madeira.



made by Lexie by Aglomerado
Vitor S. Magnus
Vitor S. Magnus
Filhos de AresAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
384

Localização :
Chalé de Ares

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PvP OFF - Lana x Vitor

Mensagem por Blake Aquilla em Seg 13 Jul 2015, 23:26


PVP OFF



A luta começou de forma frenética. Lana manuseava muito bem o seu bastão, e de fato distraía Vitor e tornava seu golpe menos preciso ao ser manuseado com esse propósito. O giro que o semideus de Ares efetuou antes do ataque só auxiliou a estratégia de esquiva da indefinida, que mesmo tendo apresentado uma fraca defesa, conseguiu sair ~quase~ ilesa de seu golpe. Vitor lançou apenas uma carta de seu baralho, que deslizou pelo ar e teve sua direção alterada pelo movimento giratório do bordão, atingindo a indefinida de RASPÃO em sua perna.

Devido a superficialidade do corte, Lana quase não sentiu os danos do golpe, ainda que estivesse ali. Não sendo atrapalhada pelo arranhão, sacou sua adaga e atirou contra Vitor; que embora tivesse "falhado" na eficácia de seu último golpe, conseguiu ativar seu escudo e se defender antes que recebesse sérios ferimentos. Vitor, entretanto, não teve tempo de reação para posicionar e antecipar a trajetória da adaga, que embora tenha sido desviada de raspão pelo escudo, acabara por atingir a panturrilha do filho de Ares. A lâmina perfurara carne e pele, mas não teve dano muito superior ao das cartas, criando um corte superficial e depois cravando-se no chão arenoso ao lado do filho de Ares.

No próximo movimento, o ariano descobriria que sua perna direita estava dormente, atrapalhando-o na movimentação e retardando o uso daquele membro.



Vitor
HP (96/100)
MP (100/100)
Perna dormente por mais 1 turno

Lana
HP (98/100)
MP (100/100)



Observações importantes:
- As regras de combate estão valendo nesse PvP (clique). A ordem de postagem será essa: Vitor > Lana > Vitor > Narração > Lana > Vitor > Lana > Narração > Vitor > Lana > Vitor > Narração. E a ordem será invertida até que o combate acabe. Não terá turno de apresentação.

- O cenário é a arena do acampamento. Para descrições mais detalhadas, vejam o tópico. Não haverá qualquer obstáculo ou monstro, nem vantagens/desvantagens.

- Os dois combatentes terão 100 de HP/MP. Uso de poderes está proibido (inclusive passivos). Levem as armas e as citem em spoiler.

- Clima ameno, horário por volta das 16h.

- Boa sorte!
Sobre a narração:
- Primeiro e antes de tudo, tenham a consciência de que não sou um narrador oficial do fórum, por isso estou tão propenso a erros quanto qualquer outro player. Estou pedindo, portanto, que tenham paciência comigo em certos pontos, e que NÃO HESITEM em me enviar MP para contestar a narração e/ou tirar dúvidas pelo chatbox ou Mensagem Privada. Também peço que entendam que narrar PvP requer muita interpretação do que pode ou não acontecer, de acordo com cronologia, coerência e estratégias dos personagens. Por isso, muitos equívocos podem acontecer sem que ninguém perceba, tanto da parte de vocês quanto da minha. Então paciência. -q

- Primeiro, vou falar do ataque de Vitor. A Lana está certa: você efetuou dois ataques em um único turno lançando duas cartas de forma consecutiva. Quando você saca a carta e atira (primeiro movimento), e saca outra e atira (segundo movimento), acaba por realizar mais do que é permitido p/ turno. Seria VÁLIDO se você reagisse da seguinte maneira: sacando duas cartas - uma em cada membrana entre dois dedos - e atirando (movimento único), onde a precisão do golpe seria reduzida, mas não anulada.

- Já sobre a defesa, Lana, você também está correta. Do mesmo jeito que o Vitor, você fez duas defesas. Primeiro, tinha achado que não, porque talvez tivesse utilizado a primeira somente para distrair - onde seria consumido uma ação de movimento, não anulando nada. Mas quando reli o parágrafo, acabei percebendo que você NÃO PAROU de girar o bastão enquanto se "esquivava", o que acabou por anular a segunda defesa. Levando em consideração que o bastão cria vento e é capaz de defender golpes de longa distância se você tiver muita sorte, somado à distração que causou e ao giro exibicionista do Vitor que instantaneamente tira precisão do ataque, logo conclui que sua defesa, mesmo incompleta, teria de ser efetiva.

- Em contraponto, Vitor teve tempo de sobra para ativar o escudo e se defender, já que Lana teria de parar de girar o bastão e sacar a adaga antes de lançá-la. INFELIZMENTE PARA ESSE CARA, ESSE ESCUDO NÃO VAI PODER SER USADO DE NOVO NESSA LUTA ATÉ SER ATUALIZADO. O item em questão está fora do formato permitido pelo fórum, e eu recomendo que você peça atualização mesmo sendo um PvP OFF. Segundo essas regras (clique), um item assim seria completamente ignorado, mas relevei SÓ nesse turno. Peça atualização aqui (clique), que daí você pode utilizar novamente. Se quiser, substitua esse escudo pelo broquel da sala de armas até ser att.

Edição: Após apresentar os pontos, concordei que Lana teve, sim, tempo para sacar sua adaga e lançar contra Vitor. Até porque ativar um escudo pode ser demorado, ainda havendo uma diferença de níveis bem nítida entre os dois personagens. Claro que, embora passivos não sejam considerados, Vitor também é um filho de Ares treinado, e não posso desconsiderar isso. Portanto, a defesa dele não poderia ter sido completamente desconsiderada, visto que ele tem aptidão para combates e defesas. Encontrando um meio-termo, pude narrar que houve um sucesso parcial por parte da Lana, mas seu objetivo fora desviado.

Blake Aquilla
Blake Aquilla
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
387

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PvP OFF - Lana x Vitor

Mensagem por Lana D'yer Hempstead em Sab 18 Jul 2015, 23:20



— LANA D'YER : TITANIUM — BATALHA: PVP OFF  
I'm bulletproof, nothing to lose, fire away, fire away. Ricochets, you take your aim, fire away, fire away. You shoot me down but I won't fall.
I AM TITANIUM!
Apesar de toda minha estratégia não ter sido executada com cem porcento de eficiência, o filho de Ares sentira o golpe de winter que atingira sua pele, cortando sua carne o suficiente para adormecer a perna ferida. Eu não ocasionara um ferimento preocupante no braço de Vitor, mas o pequeno corte em sua panturrilha já lhe dava a desvantagem que eu precisava para me aproximar. Manter-se em equilíbrio sobre a perna dormente deveria tornar suas ações de ataques menos efetivas, assim como correr ou tentar se esquivar.  Isso porque, como qualquer um deve saber, um bom ataque, esquiva ou movimentação se deve a inúmeros fatores, inclusive ao nosso equilíbrio e este devia estar levemente prejudicado naquele ariano. No fim, o ferimento ocasionado pelo acaso poderia ter sido muito melhor do que meu objetivo central.

Sem nenhum tipo de receio ou perda de tempo, lancei-me na direção do bruto, abusando de minhas pernas ágeis, aproveitando-me de minha velocidade. Corria em zig-zag, na intenção de deixa-lo confuso e dificultar seu foco para um contra-ataque ou até mesmo defesa, ele não sabia o que eu planejava... Mirava a adaga que estava ao seu lado, cravada sobre o solo arenoso. Não deixava de voltar meus olhos para o adversário, o que me daria a oportunidade de evasiva caso ele se aproveitasse dos meus breves segundos de corrida para tentar me atacar.

No momento e distância oportuna, deixei que meu corpo escorregasse ao chão, deslizando meticulosamente sobre a areia, seguindo em um discreto ângulo diagonal, pronto para abocanhar mais uma vez winter. O bastão estava seguro rente ao meu corpo, no lado esquerdo.

A perna direita do filho da guerra fora a atingida anteriormente, por consequência a adaga também estava do lado direito. Meu corpo deslizava com certa velocidade para a minha esquerda, por isso quando a oportunidade surgiu, tentei agarrar a arma perdida. Se conseguisse, rolaria meu corpo para uma tentativa de ataque impiedoso. Meu foco central seria o tendão do calcanhar direito de Vitor, abriria um corte profundo naquela área apenas para dificultar por completo sua capacidade de permanecer de pé, equilibrado. Se errasse, teria que ser ágil para uma segunda opção de ataque. Tentaria um chute certeiro, com tática e  força bem medida, capaz de deslocar seu joelho e também afetar sua capacidade de manter-se equilibrado. No fim, se qualquer um ataque entrasse, o ariano poderia se encontrar com grandes dificuldades para continuar a batalha.

Reconhecia os riscos, por isso o meu corpo se mantinha preparado para defesa.






◉ informações

Arsenal:

— Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] (Cano longo do all star)

— {Winter} / Adaga [Uma adaga feita inteiramente de gelo, apesar de ser colorida: sua lâmina é tradicionalmente prateada, como se fosse feita de algum metal, e sua empunhadura é dourada. Possui cerca de 30 centímetros ao todo, sendo que a lâmina tem 20 e a base tem 10. Ao atingir alguma parte do corpo de um monstro ou semideus causa uma leve dormência na região, que dura um turno e atrapalha os movimentos daquela área durante esse período.] [Gelo, tintura prateada e tintura dourada] [Nível mínimo: 5] [Nenhum elemento] [Recebimento: recompensa pela missão "Mas eram só morangos", avaliada por Quíron e entregue por ♦ Lady Íris.] (Cós da calça)

— Rede [Rede de fios resistentes, usada para imobilização dos inimigos. Em seu centro pende uma corrente fina de bronze com um pequeno peso na ponta, para facilitar o manuseio - a rede é girada e atirada por esse cordão, se abrindo no ar e caindo sobre o inimigo se o golpe acertar, mas é difícil de ser usada mais de uma vez por combate, devido ao seu funcionamento. Contudo, se efetiva, paralisa o oponente por 3 rodadas - ele ainda pode se defender, mas terá seu ataque e defesa reduzido em 50% até se livrar da rede, e não poderá sair do lugar.][Fibras e bronze sagrado][Sem elemento][Nível mínimo: 2] (Amarrada na cintura de um jeito fashion -q)

— Soco inglês [Estrutura metálica, feita para ser encaixada nos dedos, potencializando o poder de ataques corporais. Causa dano contusivo, da mesma forma que uma clava, por exemplo, mas pode ser devastador no caso de usuários com grande capacidade física.][Bronze sagrado][Sem nível mínimo, sem elementos] (Na mão direita)

— Bordão [Cabo de madeira cilíndrica, sem pontas e muito simples, do tamanho do usuário. É usado mais em táticas defensivas. Devido a resistência do material e sua densidade, não causa dano letal, podendo apenas deixar o inimigo atordoado ou, em casos muito graves, inconsciente. Usado geralmente quando se quer capturar e não matar o oponente. Exige o uso de ambas as mãos para o manuseio adequado, impossibilitando o uso de escudos ou outros itens, mas permite manobras defensivas.][Madeira][Sem elemento, sem nível mínimo] (Arma principal)

— {Blood} / Colar [Um colar de prata com um pingente representando uma gota de sangue. Uma vez por missão e somente quando o usuário está com menos de 20% de vida da barra total, o colar restaura a vida do usuário em 10% da barra total.]{prata}(nível mínimo: --){não controla nenhum elemento}[Recebimento: Stage of Blood - Treino Trimestral] (No pescoço)

— {Shock} / Luvas [Uma luva de couro enfeitiçada para se encaixar perfeitamente na mão do utilizador. Sua cor também muda dependendo da preferência de quem estiver vestindo elas. Sempre que o dono quiser, espinhos com cerca de 1cm surgem para dar um dano leve de perfuração ao socar o adversário.] [Couro e Ferro] [Nível Mínimo: 10] [Sem elementos] [Recebimento: Éolo por cumprir a missão "Cadáver Molhado"] (Nas mãos)

Especial

Shuriken de bronze sagrado [Pequenas lâminas de formato varíavel, geralmente lembrando uma estrela. O dano isolado é pequeno, mas uma chuva de shurikens pode ferir seriamente ou distrair seu inimigo, além de ser fácil de ser carregada devido ao tamanho pequeno. Até 2 shurikens podem ser usados por ataque, mas não é tão simples de se utilizar por não ser uma arma comum.][Kit com 20][Sem elemento][Nível mínimo: 2] (Estojo amarrado no lado esquerdo da cintura)

Armadura de couro [A mais leve, feita de couro reforçado, não interfere em poderes que dependem de agilidade, equilíbrio ou furtividade, porém tem eficácia reduzida se comparada às outras. Melhor contra ataques de impacto do que de corte. Acomapnha luvas de couro do mesmo tipo, mas não elmo {Lana não usa as luvas}.][Couro e tecido][Sem elemento, sem nível mínimo]
Resumo de ações:

Lana corre em zig-zag para confundir Vitor e evitar seu foco para contra-ataque. Ainda como ação de movimento, joga-se no chão e desliza na direção de winter para tentar recuperá-la. Sua tentativa de ataque dependerá do sucesso ou fracasso da recuperação da arma. Se conseguir pegá-la, irá tentar rasgar o calcanhar de Vitor ~ like o filme Albergue ~ para acabar de vez com a possibilidade de se movimentar e executar uma ação sem dor. Se não conseguir a adaga, partirá para o golpe corporal, onde tentará deslocar o joelho direito do oponente para, também, dificultar suas ações seguintes.
Observações Importantes:

~ Cassidy não participa da festa. ç.ç
~ Armas e equipamentos usados neste turno estão destacados em negrito. Armas e equipamentos que foram pegos na Sala de armas estão em itálico.
~ Lana sente muita aversão aos filhos de Ares, mas não vai mutilar o corpinho de ninguém, desde que não tentem mutilar o dela.
~ Gosto de deixar claro todas as intenções do personagem, de detalhar seus movimentos e de dar certa frufruzada no texto, por isso eles ficam grandinhos. Mas com o tempo diminuem... ou não...
~ Lembrando que Vitor está com a perna dormente, prejudicado por isso, dependendo do que faz, pode perder o equilíbrio, a própria ação de defesa e contra-ataque poderá acabar sendo prejudicada, dependendo do que fizer.
~ Lana não executou dois ataques, o ataque dela apenas dependerá de seu fracasso ou sucesso ao tentar resgatar winter.
~  E é bom ninguém tentar pegar uma das armas favoritas da indefinida...
~ Favor considerar também a proteção da armadura de couro.
~ la la la
~ Qualquer dúvida, MP!
~ Beijos!

POST: 02 || FIM DE TARDE || CLIMA AMENO || ROUPA
(c)
Lana D'yer Hempstead
Lana D'yer Hempstead
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
156

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: PvP OFF - Lana x Vitor

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::