— Halloween Party

Página 5 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

— Halloween Party

Mensagem por Hera em Ter 27 Out 2015, 17:08

Relembrando a primeira mensagem :




halloween party
O Halloween é um evento tradicional e cultural, que ocorre principalmente em países de língua inglesa, mas com especial relevância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido, tendo como origem as celebrações dos antigos povos Celtas. Posto que, entre o pôr-do-sol do dia 31 de outubro e 1° de novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês), acredita-se que assim se deu origem ao nome atual da festa: Hallow Evening / Hallowe'en / Halloween.

Muito esperado entre os americanos, esta tradicional festa aconteceria este ano em um pequeno espaço de um dos locais mais famosos de NYC: O Central Park. Iniciando-se no final da tarde, a celebração aberta ao público contaria com um concurso de fantasias, bebida, comida e um DJ garantindo boa música no palco principal. A decoração já estava impecável, com diversas luzes alaranjadas, abóboras cortadas de diversas maneiras e fantasmas criados com um sistema de iluminação profissional.

A segurança também seria garantida: Vários guardas circulariam pelo local e inclusive nas entradas, garantindo assim que ninguém provocasse o caos naquela noite. Qualquer mínimo rumor de confusão seria resolvido, e o espertinho que a provocasse seria expulso do local.




ORIENTAÇÕES GERAIS:

  • A festa estará disponível até o dia 10/11/15;

  • Não são permitidas lutas, tumultos, aleijamentos, mortes ou qualquer coisa do gênero;

  • Não são permitidas cenas 18+, conforme as regras encontradas neste tópico;

  • Não são permitidos posts com menos de 3 linhas, conforme dito neste tópico, nem double post;

  • A festa é atemporal, portanto vocês podem postar independente do que esteja envolvido no resto do fórum;

  • Podem acrescentar mais descrições na festa, desde que não mude muito o cenário geral para todos;

  • É, prioritariamente, um tópico de interações livres, sem chance de ataque ou intervenção, então façam um favor a si mesmos e divertam-se;

  • Lembrem-se de que a festa encontra-se num ambiente frequentado tanto por mortais quando por semideuses, portanto atentem-se ao uso de poderes e não chamem a atenção para o que não for necessário;

  • O não cumprimento das regras aqui descritas poderá acarretar em punições diversas; ainda que toda regra possua uma exceção, cada exceção será analisada individualmente e não necessariamente aceita.

  • O concurso em on terá uma recompensazinha em off. Descrevam bem as suas roupas, ao final da festa abriremos uma votação para a melhor fantasia masculina e feminina. Caprichem!


Crédito das regras ao antigo Orfeu

PJBR; A Thousand Fireflies
Hera
Hera
AdministradoresPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1266

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: — Halloween Party

Mensagem por Ianna D. Belikov em Seg 02 Nov 2015, 21:01



halloween


Não pude evitar uma risada ao ver a compreensão se alastrar pelo rosto do rapaz. Era óbvio que eu o conhecia, o chalé de Afrodite era uma grande fonte de fofocas e o nome dele já passeara por ali, como crush de algumas das meninas. Sua referência nada sutil ao conto escolhido por ele na ocasião do treino também contribuiu para minha diversão. Então, ele se aproximou como se precisasse esconder um segredo, falando sobre sua grande descoberta da noite.

— Não vejo motivos para esconder nossas ascendências. Metade das pessoas aqui já está tão bêbada que tem até sorte de lembrar os próprios nomes. O resto, posso dar um empurrãozinho. — Sorri e me ajeitei no banco, virando-me para o rapaz. — Enfim, sou a Ianna, em carne, osso e muita maquiagem. — Estendi a mão para cumprimentá-lo como se recomeçasse nossa interação. — É um prazer estar ao lado de uma pessoa tão falada em meu chalé. Devo até admitir que as garotas têm certa razão em tê-lo como seus sonhos juvenis. — Ri, na tentativa de fazê-lo ficar constrangido ou extremamente egocêntrico ao saber daquilo.

adendos:
fantasia:
— Halloween Party - Página 5 6OQd0Lm
poderes passivos:
♦ Level 07 ~ Áurea Cativante ~ O Mênade possui uma habilidade natural que o permite criar quaisquer resquícios de felicidade no lugar, fazendo todos que estiverem à sua volta ficarem alegres e sorrirem. [ DIONÍSIO ]

♦ Visão auspiciosa (Nível 19) [NOVO - idealizado por Sadie Bronwen]: O filho de Afrodite enxerga a aura da emoção das pessoas ao seu redor. Não é telepatia, ou algo do tipo, mas ele sempre vai saber o estado emotivo das pessoas - ansiedade, raiva, amor, nada escapa de seus olhos. Não detecta pensamentos ou informações específicas, apenas o sentimento geral. Por exemplo, se alguém mentir para eles, não conseguem perceber, mas podem identificar que o locutor está ansioso, mesmo que não identifiquem o motivo. Não pode ser desativado.

♦ Linguagem corporal (Nível 50) [NOVO - idealizado por Sadie Bronwen]: A sedução é um jogo que envolve muitos fatores, dentre eles a capacidade de emitir sinais, e reconhecer aqueles enviados pelo alvo para ver se estão em sintonia. Por isso, a capacidade dos filhos de Afrodite é aprimorada nessa área. Eles reconhecem sinais da linguagem corporal, podendo analisar melhor aqueles ao seu redor. Não é uma premonição e não é certo, mas auxilia - sinais de que a pessoa está descontente, está nervosa, está mentindo ou interessada em algo, etc. O corpo fala, e o filho de Afrodite é capaz de ouvir.

♦ Amor desabalado (Nível 60) [NOVO - idealizado por Sadie Bronwen]: O amor faz as pessoas cometerem loucuras e enfrentarem seus piores medos. A partir desse nível, poderes de intimidação, medo, pânico e similares deixam de afetar tanto a esses semideuses. Esses efeitos serão ignorados caso venham de um inimigo de menor poder. Inimigos de poder igual ou até 5 níveis maior, são reduzidos a 50% e entre 6 e 10 níveis em 25%. Acima disso, continua a fazer efeito normal.
Ianna D. Belikov
Ianna D. Belikov
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
737

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Alaric L. Morningstar em Seg 02 Nov 2015, 21:54



❝Trick or Treat?
I'm not a murderer
I always give them a chance to survive



Ianna - como era seu nome real - era uma garota legal. Não que isso servisse para muita coisa, mas já tinha certo respeito meu.

Ri novamente após suas palavras, mas não era do tipo de se constranger com aquilo. Poderia dar duas respostas: "posso resolver esse problema delas" ou "vão ficar querendo". Mas, no caso, não tinha mais paciência para nenhuma garotinha qualquer. Queria uma mulher

- Então você também teria uma queda pelo monitor de Nyx? - Sorri, lembrando-me do que dissera. - Mas seu chalé também é bem falado por todo o acampamento, ma cher. E devo admitir que a líder não deixa a desejar. - Levei minha mão à sua, respondendo o cumprimento, porém deixando um leve beijo na superfície externa da mão da semideusa.

Já não me importava mais com o que os outros ao redor pensariam ao ouvir ou até ver aquilo. Como a monitora havia dito, os que não estivessem embriagados suficiente para não levarem a sério poderiam esquecer. Por bem ou por mal.



coisinhas:

Como é desnecessário, Alaric não tá levando arma alguma. Habilidades ativas também não serão listadas aqui.

poderes (passivos):

Aura do mistério: Uma aura mágica influencia diretamente na personalidade fos feiticeiros ao adentrarem o grupo, tornando-os um atraente mistério a ser desvendado pelos demais semideuses.

Beleza lasciva: Circe é considerada deusa do amor físico, e seus aprendizes adquirem uma beleza especial aos olhos de outras pessoas, e em níveis mais altos, os feiticeiros da deusa passam a ter um poder de sedução maior, persuadindo e encantando seus adversários.
fantasia:

— Halloween Party - Página 5 Saw_jigsaw_puppet_makeup_cosplay_by_mistergeorgebats-d833qtt
Alaric L. Morningstar
Alaric L. Morningstar
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1048

Localização :
Hollywood Hills, LA.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Katherine B. Angelline em Seg 02 Nov 2015, 23:07

Masque of Red Death

Deixe seu mouse sobre a imagem.
Acontecimentos: Interagindo com @Christopher V. Louis@Vivian Crane. Tudo ao som de You Spin Me Round (Life a Record) - Dead or Alive (clique no player);



Light deixou-se levar pelo momento e pela divagação, repentinamente açoitada por pensamentos agressivos que vinham detrás do bar. Sabia que sua meia-irmã havia vindo até seu lado, mas simplesmente não conseguiu se concentrar nela. Apertou os olhos, retomando concentração, olhou pra ela, vendo que, naquele momento, um garoto havia puxado papo com ela.
Ele estava a analisando constantemente, podia ver pelos seus olhos e pela forma com que formava as frases, além, claro, da habilidade dela de conseguir sentir as coisas que as pessoas transmitem - e ele não tinha interesse algum nela. Ela, entretanto, estava apenas tentando se divertir e por isso deixava-se levar.
Lightning olhou para os dois, juntos, naquela cena, e voltou os olhos para o seu smoothie. Pensou em algo que talvez fosse melhorar o humor de ambos.

— Vocês tem alguma música em mente? Qualquer uma — os incentivou com os olhos, que pareciam momentaneamente divertidos, embora sua expressão fosse a mesma de sempre. — A propósito, sou Lightning.

Observações:

(Eu deveria estar no plano do fire, mas estou aqui, interagindo com os nego caótico;
Me avisem, por gentileza, caso citem a char em seus posts/interajam com a personagem.)


A Kath sempre anda armada e tal, mas a Order está dissipada como o ar entorno dela (o anel Light tá sempre com ela, viu).


Sing that song from long ago so I remember you;

made by ▲ and edited by Heit! for her own purpose.
Katherine B. Angelline
Katherine B. Angelline
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
305

Localização :
No livro da duffie!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Ianna D. Belikov em Seg 02 Nov 2015, 23:46



halloween


As palavras de Alaric certamente me apanharam de surpresa, mas eu já passara da idade de temer falar com um rapaz. O contato de seus lábios mornos com o dorso de minha mão me deu a confirmação necessária para algo que começara a me intrigar: o monitor realmente estava usando de artifícios de sedução. Uma péssima escolha para um diálogo informal com uma prole de Afrodite, ponto negativo.

Voltando a apoiar a mão no balcão, onde uma taça cheia de um líquido transparente repousava, dei de ombros. Duas cadeiras depois daquela onde o rapaz se encontrava, um homem mais velho sorria para mim, entregando-se como aquele que havia pagado pela bebida. Sorri rapidamente e balancei a cabeça em negativa, virando a taça e vendo seu conteúdo escorrer pelo balcão.

— Acho que já passei da idade de ter quedinhas, mas você, com certeza, é atraente. Acredite, isso conta muito vindo de mim. Posso ver nos dedos das mãos quantos rapazes já elogiei. — Coloquei uma mecha do cabelo atrás da orelha, pensando bem antes de falar. — Mas você pode ter uma certeza maior de minhas convicções caso se esforce para me conhecer melhor. Não sou tão superficial quanto aquelas garotinhas. — Sorri, as unhas tamborilando no balcão molhado.

adendos:
fantasia:
— Halloween Party - Página 5 6OQd0Lm
poderes passivos:
♦ Level 07 ~ Áurea Cativante ~ O Mênade possui uma habilidade natural que o permite criar quaisquer resquícios de felicidade no lugar, fazendo todos que estiverem à sua volta ficarem alegres e sorrirem. [ DIONÍSIO ]

♦ Visão auspiciosa (Nível 19) [NOVO - idealizado por Sadie Bronwen]: O filho de Afrodite enxerga a aura da emoção das pessoas ao seu redor. Não é telepatia, ou algo do tipo, mas ele sempre vai saber o estado emotivo das pessoas - ansiedade, raiva, amor, nada escapa de seus olhos. Não detecta pensamentos ou informações específicas, apenas o sentimento geral. Por exemplo, se alguém mentir para eles, não conseguem perceber, mas podem identificar que o locutor está ansioso, mesmo que não identifiquem o motivo. Não pode ser desativado.

♦ Resistência ao Amor (Nível 22) [Modificado]: Você não é facilmente seduzido ou facilmente enganado quando o assunto é amor, ainda que seja qualquer outro semideus de beleza comparável. Poderes envolvendo a beleza do oponente e magias com amor não atingem você se vindos de personagem de nível igual ou menor. Até 10 níveis acima, o efeito é reduzido em 50% e, acima disso, funcionam normalmente.

♦ Linguagem corporal (Nível 50) [NOVO - idealizado por Sadie Bronwen]: A sedução é um jogo que envolve muitos fatores, dentre eles a capacidade de emitir sinais, e reconhecer aqueles enviados pelo alvo para ver se estão em sintonia. Por isso, a capacidade dos filhos de Afrodite é aprimorada nessa área. Eles reconhecem sinais da linguagem corporal, podendo analisar melhor aqueles ao seu redor. Não é uma premonição e não é certo, mas auxilia - sinais de que a pessoa está descontente, está nervosa, está mentindo ou interessada em algo, etc. O corpo fala, e o filho de Afrodite é capaz de ouvir.
Ianna D. Belikov
Ianna D. Belikov
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
737

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Noah G. Kalömoseuz em Ter 03 Nov 2015, 02:29


Dancinha do robô



Noah caminhava desengonçadamente pelas ruas próximas ao local da festa. Conseguia ouvir o som pulsante dali de onde estava. Acompanhava indiretamente outros fantasiados que também se encaminhavam para o Central Park. Algumas piscadelas em sua direção fizeram-no com que estufasse o peito, orgulhoso de sua fantasia, ainda que pensasse que poderia ser facilmente confundido com um garoto de programa qualquer. Isso não é lá tão ruim, não é?

A calça de couro azul escuro, que se estendia até sua bota de mesma cor, rangia a cada passo que dava. Incomodava um pouco, principalmente no meio das pernas, e também era um tanto constrangedor por delinear tão bem seu corpo, mas Noah demorara demais escolhendo aquela fantasia para ficar reclamando. Além disso, as pessoas pareciam gostar dela (o que só reforçava a ideia do garoto de programa). Coçou a perna direita, descolando brevemente o couro de sua pele. Eram quase uma coisa só. Moveu-se, desviando dos corpos que dançavam freneticamente, respondendo ao som alucinante do local. Era um pouco tarde, notou. Noah procurava o bar, ignorando seu atraso, torcendo para que algumas doses de álcool fizesse seus membros adormecerem e o corpo esquentar um pouco.

O vento frio se chocava contra seu peito parcialmente descoberto, enquanto caminhava. Olhares eram dirigidos para o semideus, mas ainda não sabia diferenciar se eles zombavam ou desejavam-no. Gustin usava um colete com o mesmo couro que a calça. Era naturalmente aberto e colado ao corpo, de modo que, precisaria de muito esforço para fechá-lo. Os braços estavam despidos, e dois braceletes dourados (como o da Mulher Maravilha, só que o mais masculino que eles podiam ser; ou seja, quase nada) cobriam seus punhos. Desenhos de escamas em relevo percorriam toda a roupa, completando a fantasia. Uma faixa azul - mais clara que o azul de todo o resto - se estendia no meio dela. O cinto largo de ouro rodeava sua cintura, carregando o simbolo do seu pai no meio. Uma tentativa nada criativa de se caracterizar de Namor, o príncipe dos mares da ficção. De príncipe para príncipe, pensou. Nenhum dos dois tão famoso quanto se consideravam, infelizmente.

Acariciou os cabelos encharcados de gel, penteados para trás, enquanto tomava um gole de seja lá qual fosse aquela bebida. Verificou se as orelhas continuavam pontiagudas. Era muito importante para a fantasia. (Agradeceu mentalmente à santa maquiagem dos filhos de Afrodite.) A música cobria qualquer som que não fosse produzido pelos amplificadores; se fechasse os olhos, poderia  sentir-se sozinho. Dançou como se estivesse. Sacudiu os quadris e os ombros sem nenhuma sincronia entre ambos. Estava no meio da dancinha do robô quando viu o dark Peter Pan comendo jujubas... Uma manifestação clara de solidão, pensou, unindo à grande ideia de ir lá e socializar. E o fez. Culparia a bebida, mesmo não estando bêbado, no dia seguinte.

Comendo doces e vestido de Peter Pan... — disse, alto o suficiente para ser escutado, esperava. — Por favor, me diz que você tem mais de doze anos, ou eu me sentiria muito errado vindo aqui falar com você.

O.k., não era a melhor frase já dita pelo filho de Poseidon como saudação, mas também não era das piores — e como podia piorar. Deixou a bebida de lado e sentou-se próximo do garoto, a uma distância perto o suficiente para ouvi-lo, mas longe o bastante para deixá-lo confortável. Era tudo uma questão matemática. Noah se sentia muito esperto por isso, mesmo não significando nada.

Nada demais:

Armas:

Sem armas, ué.]
Coisas:
Espero que a descrição não tenha ficado confusa. Preferi separar a descrição entre os parágrafos, pra deixar mais dinâmico, sei lá. Testando coisas novas. Aah, Namor é um personagem da Marvel, esse daqui ó: >>  clique ou clique, eu deixo

Noah G. Kalömoseuz
Noah G. Kalömoseuz
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
139

Localização :
Aqui, ali, acolá. -q

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Benjamin Traveller em Ter 03 Nov 2015, 03:34



Halloween Party


1 . I DO WHAT I WANT


S
ua reação ao meu comentário não fora menos do que suspeita. Ela ficou surpresa? Eu poderia dizer que sim, foi uma surpresa para ela, embora ela tentasse disfarçar muito bem. Sua expressão contida escondia algo, mas eu não sabia o porque; talvez fora apenas alguém que ela vira no meio da multidão, ou sei lá, alguém fantasiado de um monstro horrível ou qualquer outra coisa assustadora. Enquanto me observava, ela mexia em suas madeixas tamborilando os dedos delicadamente — ou nem tão delicado assim.

— Quem sabe. Heróis não são o meu forte — ela sorriu.

— Nem o meu. — suspirei sorrindo — Um brinde aos vilões! — levantei o copo e dei a última golada.

Perdi a concentração quando não mais que de repente à minha frente surgira um rapaz o qual me encarava enquanto andava em direção a multidão que dançava. Coringa. Ele estava fantasiado de Coringa e com certeza chamava muito minha atenção. Sem desviar os olhos, continuei a encará-lo ainda com o sorriso torto que havia feito pelo brinde. Quem me trouxe de volta a realidade fora a voz da garota quando dissera "semideus". Não pude conter um suspiro de surpresa ao ouvir essa palavra. Ela também é uma...? Mas que mundo pequeno, pensei. Recobrei-me rapidamente as últimas palavras que acabara de ouvir: seu nome era Vivian, e pelo seu tom de voz, ela estava quase convicta de que eu também era um semideus.

— C-Como você sabe? — perguntei curioso. — Nunca imaginei que encontraria outros semideuses por aqui.

Ao primeiro momento, minha surpresa fora claramente evidente, afinal, eu estava na casa dos meus pais a mais de uma semana, e portanto havia ficado sabendo da festa por causa da minha irmã. Que surpresa. Continuamos a conversar mais algumas coisas aleatórias e curiosamente percebi a outra mulher (aquela com quem a Miss Marvel estava conversando) se virar para nós. Juntando-se a conversa, ela se mostrou simpática apesar de sua fantasia, porém eu havia ficado muito distraído para sequer prestar atenção na conversa que se seguia, a não ser pelo seu nome, um tanto excêntrico, mas original.

Ao analisar o fato que as duas se mostravam muito próximas, cheguei a uma conclusão: Lightning também era do Acampamento. Olhei para ela incrédulo com tamanha coincidência. Aposto cem pratas que essa festa foi anunciada no Acampamento.

— Você também é uma semideusa. — afirmei com destreza. Ela assintiu com a cabeça, e então surpreso olhei ao redor. — Todos são semideuses?

A resposta já era esperada: nem todos ali eram semideuses, mas uma grande parte. Foi de repente quando resolvemos ir dançar. Particularmente, para mim fora uma ótima ideia, pois o garoto havia ido exatamente para onde estávamos indo. Vivian me puxou empolgada pelo braço e Lighting nos seguiu.

Um palco pequeno e curto onde apenas o DJ estava, fazia-o ficar acima da multidão que se aglomerava ao seu redor. Muitas pessoas dançavam ao som da música enquanto muitas outras aproveitavam o momento para se agarrarem. O clima esquentava ali dentro com tantos corpos juntos e próximos. Mal conhecia Vivian, e até mesmo Lightning, mas seu jeito engraçado de encarar a situação me era confortável.

[...]

— Vou sair um pouco. — tentava falar mais alto que o som para que ambas escutassem.

Olhei para Vivian e com um sorriso malicioso e brincalhão disse:

— Vou defender algumas causas por aí, se é que me entende. — pisquei e sai de perto delas.

Andei procurando o mesmo rapaz que me encarara, mas não o via. Passava quase apertado entre as pessoas. Duas, três, cinco garotos diferentes a cada "esquina"; um mais bonito que o outro. Dei-me com um rapaz o qual aparentava quatro anos mais novo. Vestia-se de vampiro, um tanto extravagante e original, mas o rosto estava com pouca maquiagem a não ser pelas olheiras profundas. Ele não havia parado de dançar e eu me aproximava dele em seu mesmo ritmo. Chegando perto o suficiente pude sentir o cheiro peculiar de seu cabelo suado e molhado de alguém que estivera dançando pelas últimas oito horas.

Ele era bonito mesmo com a maquiagem assustadora. Seu cabelo negro e molhado de suor estava grudado para trás à nuca, embora muitos fios já estivessem bagunçados e voltados para frente num quê encantador. Seus olhos eram negros e marcantes, e não me pergunte como vi a cor dos olhos porque eu também não sei; talvez fossem as duas doses de vodka já fazendo efeito. Ele me flertava e como se já não fosse o esperado, nós estávamos se pegando ali mesmo. Enquanto nos beijávamos, algo me deixou excitado, mas não fora o rapaz. Senti um arrepio na nuca: um cheiro no cangote. Um cheiro no cangote? Interrompi os beijos abruptamente sem rude e olhei para trás.

Lá estava ele, de novo o rapaz que havia me encarado. Àquela altura eu já havia decidido querer ir atrás dele. Ele não estava parado, pois assim que eu olhei ele dera as costas com um sorriso encantador. Ele me provocava, com certeza. Deixei o garoto mais novo sem ressentimentos e dando as costas andei na direção em que vira o outro.

Eu sabia o que estava fazendo? Não. Claramente, mais um motivo para amar tudo aquilo. Saí da aglomeração por achar que ele também tivera saído, e de fato lá estava ele. Ao lado de alguma barraca, ele estava de costas para mim e olhava o jardim a sua frente. Mesmo de costas e a alguns metros de distância, eu pude notar suas bochechas se dobrarem em um sorriso. Era óbvio o que estava acontecendo. Usava a roupa idêntica ao do coringa. Seu cabelo verde reluzia a baixa luz amarela do poste, enquanto seu sorriso vermelho se alargava com tamanha astúcia.

[...]

Vai ficar um grande borrão vermelho no meu rosto... tinha pensando por alto quando notei seu batom vermelho clássico do Coringa, mas decidira ignorar. A essa altura já estávamos entre beijos e amassos enquanto eu o pressionava contra a parede traseira do trailer de metal. Um tempo se passara, e eu não podia me apegar. Sorrateiramente passei a mão pelo bolso de fora da pasta enquanto ainda o beijava, e retirei um de meus fakes cartões-profissionais. Aos poucos fui afastando meus lábios e entre um sorriso perverso disse:

— Preciso resolver mais assuntos. — furtivamente pus meu cartão dentro do bolso de seu terno sem que ele percebesse.

Ele pareceu desapontado, mas já presumia que isso aconteceria. Ele acenou sorrindo e tomou caminhos diferentes. Enquanto eu que estava com o rosto todo manchado, fui para a frente do trailer e peguei guardanapos com o atendente. Olhando pelo espelho do celular tentava retirar quaisquer resquícios de batom vermelho. Pelo canto do olho, eu percebia algumas garotas me observando enquanto eu me "limpava". Suas expressões eram curiosas mas não demonstravam nada mais nada menos que interesse. Elas devem estar pensando que o batom vermelho fora de alguma garota... Pobre esperança; moças ingênuas. Amassei o papel e guardando o celular olhava para elas com meu olhar predador e o sorriso de canto de boca. Elas cochichavam e percebi o que estavam prestes a fazer quando relutantemente uma tentava tomar coragem para vir falar comigo.

Uma fila de clientes estava à minha frente, então eu percebera mais um rapaz. Não tão bonito, porém, não tão feio. Apenas "Okay" eu diria. Sua fatasia era simples e de marinheiro, e a julgar pelo modo como estava, com certeza suas intenções eram duvidosas. Ocorreu-me uma ideia: um tanto malvada e egoísta. Gostava de brincar com as pessoas, brincar com esse lado sexual e atrativo delas. Foi então que decidi por o plano em prática quando finalmente uma das garotas se decidira em vir a mim.

Esboçando um sorriso torto, eu andava até ela que andava até mim, que coincidentemente o garoto fantasiado de marinheiro ficava entre nosso caminho. Mais rápido do que eu esperava, logo cheguei ao marinheiro antes que ela me alcançasse. Chamando-o sem dar a ele tempo de reação eu o beijei. Seu rosto fora de surpresa, mas sua boca não demonstrava querer parar. Suas mãos logo tomaram conta das minhas costas e seus dedos apertavam-me os músculos. Abri os olhos enquanto o beijava e pude sentir o rosto da garota queimar e seu queixo cair. Suas amigas também não reagiram diferentes.

Deixei-me levar por mais alguns segundos e então parei. Ele me olhou consternado por eu ter parado... Porém, de novo: Nada de se apagar. Disse novamente a mim mesmo mentalmente. As garotas voltaram para onde quer que estivessem antes: bem longe da minha vista. E logo tornei-me a olhar o jovem fantasiado de marinheiro. Selei seus lábios com o dedo indicador e dele suprimi uma exclamação relutante. Girando calcanhares saí sem ao menos olhar para trás; e ele não me seguira.

Andando por aquelas bandas, o movimento de pessoas parecia ficar cada vez mais calmo conforme mais longe a música ficava. Algumas barracas que davam doces me trouxera uma enorme vontade de comer, porém eu já tinha comido o suficiente mais cedo.

Sentado sozinho num banco, um outro garoto chamara-me a atenção. Solitário, ele comia seus doces enquanto parecia não gostar muito de festas. Eu sabia ser vadio, mas também sabia ser gentil quando precisava. Olhando ao redor, eu pensava no que faria em seguida e sucessivamente me ocorreu uma ideia quando vi uma barraca de sorvete. Aproximei-me depressa e peguei dois, um em cada mão; deliciosamente saborosos e cremesos. Lentamente me aproximei do garoto Peter Pan (que havia um toque maligno) e frustrado, parei no meio do caminho quando percebi que outra pessoa chegara primeiro. Filho da puta, xinguei mentalmente.

Por um breve período de tempo fui tomado inconscientemente por um Déjà vu, porém uma sensação estranha porque aquilo nunca aconteceria já que outro rapaz tivera sido mais rápido:

— Aceita? — ofereci entregando a ele um dos sorvetes de casquinha — Injustiça ver um lindo Peter Pan sem a companhia de sua Wendy, ou até mesmo da Sininho. — brinquei deixando transparecer o melhor do meu sorriso.

A estranha sensação de minha gentileza passara como um flash back paradoxal entre passado e futuro que nunca aconteceu ou aconteceria. Estático, fiquei ali, parado, enquanto meu cérebro reconectava ao presente.

— Nada de se apegar. — falei baixo e com a voz controlada, o suficiente apenas que eu escutasse.

Olhei para cima e levantei a cabeça, apesar de ter ficado puto, isso não me abalaria. Novamente relembrei do que acabara de dizer para mim mesmo. Desdenhosamente, deixei um dos sorvetes de casquinha cair sobre o chão, espatifando-se em um creme deliciosamente desperdiçado a troco de nada. Enquanto ao outro sorvete, cheguei perto da pessoa mais próxima e lhe ofereci com o sorriso mais falso e convincente que eu poderia demonstrar. Direcionei-me novamente para as pessoas que eu passara e a imagem das duas moças (Vivian e Lightning) viera-me à mente.

— O que será que essas duas estão aprontando? — sorri curiosamente engenhoso.

Andei novamente até a multidão aglomerada em torno do DJ a procura das duas jovens semideusas.

Images:
Attached images related to my character (Jack Falahee) and others situations:

- Circumstance, talking with Miss Marvel;
- Flirting, Vampire guy;
- Flirting, mysterious Joker;
- Suit, lover lawyer;
- Suit, being a sexy lawyer;
- Mask, much more sexy.

ID-Card: COMING SOON
History: COMING SOON

Music: My House - Flo Rida
Benjamin Traveller
Benjamin Traveller
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
92

Localização :
Acampamento meio-sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Byun Jong Dae em Ter 03 Nov 2015, 05:04

Revenge is coming...

When you notice my presence ... It may be too late.




A outra semideusa, Lightning, conversou com Vivian e Chris enquanto os dois iam para a pista. Parecia uma garota amigável, diferente das que conheceu no chalé, sempre fúteis e desinteressadas. Em um estalar de dedos ela recordou do apelido. Lightning, a guerreira lendária filha de Ares.

A loira suspirou ao ver que Chris se perdia na multidão e tentava se enturmar com um garoto vestido de Peter Pan. Esse aí vai sofrer bastante, ela pensou. Principalmente se ficar perto de mim e tiver sempre o pensamento voltado para algum garoto. Ela olhou para a outra filha de Ares e sorriu. Era uma ótima sugestão, escolher uma música.

- Gostei, vou pedir uma - ela comentou com a Morte Escarlate e foi até o DJ.

Sussurando no ouvido do rapaz que comandava a festa, ela pediu essa música. Todos da festa comemoraram e começaram a dançar. Chris procurava pelas garotas. Seu rosto demonstrava um pouco de... frustração, quem sabe? Vivian riu e puxou o garoto para perto delas e começou a dançar junto do semideus.

armas:
♈ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

vestindo isso:
http://static1.squarespace.com/static/51b3dc8ee4b051b96ceb10de/54dd2167e4b04fa47c17d17d/54dd2168e4b0f9840864cdbe/1423779316553/amazonmandy-05-ljinto.jpg?format=750w

You know where you are? You're in the jungle, baby. You gonna die!

Byun Jong Dae
Byun Jong Dae
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
120

Localização :
Los Angeles

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Alaric L. Morningstar em Ter 03 Nov 2015, 06:20



❝Trick or Treat?
I'm not a murderer
I always give them a chance to survive



Um homem pareceu querer flertar com Ianna, e ao perceber aquilo segurei uma risada. Fitei-o por poucos segundos, os olhos voltando à coloração roxa, depois voltando a atenção para a meio-sangue, já com a cor normal. Ele saberia o que fazer se não fosse insano o suficiente.

-[purple] Irônico uma filha de Afrodite dizer isso. [/color]- Arqueei uma sobrancelha, brincando. - E nossa, ela não é mais uma garotinha, mulher de verdade que se faz de difícil. - Sorri.

O barman se aproximara novamente, e então pedi uma dose de uísque. Assim que a bebida chegou, passei os dedos pela superfície do copo, fitando o conteúdo.

- E você gostaria se eu me esforçasse mais?



coisinhas:

Como é desnecessário, Alaric não tá levando arma alguma. Habilidades ativas também não serão listadas aqui.

poderes (passivos):

Aura do mistério: Uma aura mágica influencia diretamente na personalidade fos feiticeiros ao adentrarem o grupo, tornando-os um atraente mistério a ser desvendado pelos demais semideuses.

Beleza lasciva: Circe é considerada deusa do amor físico, e seus aprendizes adquirem uma beleza especial aos olhos de outras pessoas, e em níveis mais altos, os feiticeiros da deusa passam a ter um poder de sedução maior, persuadindo e encantando seus adversários.
fantasia:

— Halloween Party - Página 5 Saw_jigsaw_puppet_makeup_cosplay_by_mistergeorgebats-d833qtt
Alaric L. Morningstar
Alaric L. Morningstar
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1048

Localização :
Hollywood Hills, LA.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Blake Aquilla em Ter 03 Nov 2015, 13:09


DAZZLE ME WITH GOLD
~ Após o Oblivion. Festa.




Os doces não eram tudo isso. Mas ao menos deixavam um gosto agradável na boca; imaginava que era uma das melhores coisas que tinha comido em toda minha vida. A comida do acampamento superava, é claro, mas havia certo encanto naquelas balinhas que, de alguma forma, me faziam querer mais.

Eu deveria estar parecendo uma criança para os outros. Não sabia direito como elas deveriam se comportar, mas era óbvio que eram novas naquele mundo - inibidas de experiência. E, por ser um alienígina, de nada eu me diferia dessas pequenas pessoas a não ser na aparência madura e, claro, conhecimentos que para outros eram desconhecidos. Chegava a ser engraçado o modo como, pelo ângulo de outras pessoas, eu sujava a ponta dos dedos e a lateral das bocas com uma pitada ou outra de chocolate. Por sorte, a rua estava pouco iluminada, e quem passava com certeza não repararia nesse detalhe, uma vez que minha fantasia chamava muito mais atenção.

Talvez tenha sido meu gênio avoado ou efeito colateral do açúcar, mas eu não consegui perceber quando alguém se aproximou de mim até que chamassem minha atenção. Ergui o olhar em direção à voz que se sobrepôs ao volume da música (muito ruim, por sinal), e lentamente pisquei, focalizando uma figura fantasiada que eu certamente não conhecia. Ele se vestia de um jeito a exibir os músculos, e era bonito, o que com certeza acarretaria em um enrubescer violento. Não conhecia direito esse meu lado que se atraía por garotos, mas ele aflorara ali mesmo. Quando me dei conta de que deveria falar alguma coisa, engoli o alcaçuz que estava comendo antes de ser abordado e tentei limpar a boca com as costas da mão, mantendo o olhar fixo nos olhos da companhia.

— Provavelmente tenho 20. — Soltei, sem perceber que a frase deixava subjetiva que eu não sabia minha própria idade. Voltei o olhar para o rapaz depois de terminar os doces, oferecendo para o mesmo um saco de alcaçuz pela metade. — Você quer? Não vai dar para comer tudo sozinho, acho que me faria mal. — Disse, dando um leve sorriso simpático, o que poderia parecer estranho dada a maquiagem "maligna" em meu rosto. O que, por acabar me distraindo, acabou fazendo eu perder o controle do meu poder de manter a cor falsa do meu cabelo.

Percebi que os fios voltaram a ficar loiros como num passe de mágica, quando me senti levemente tonto por manter o poder por tanto tempo sem moderação. Concluí, por fim, que só ia usar o poder quando fosse me apresentar no concurso de fantasias - sem, no momento, alterar o semblante. Não me importei se isso entregaria minha identidade ou surpreenderia algumas pessoas, uma vez que se semideuses fossem que nem ungidos, eu apenas seria adorado em público.

— O que teria de errado se eu tivesse doze anos? — Inquiri, ignorando o cabelo. Peguei um marshmallow de meu próprio colo e envolvi-o com a boca, intrigado em saber a resposta.



Equipamentos:
{Prism}/ Pingente de cristal [Colar com pingente de cristal multifacetado tem cerca de 5cm de comprimento, servindo para canalizar alguns poderes do filho de Íris. Adicionalmente, o cristal apresenta propriedades específicas. Uma vez por missão o filho de Íris pode usá-lo para praticar cristalomancia - uma espécie de adivinhação. Para isso, ele deve estar em um local calmo e se concentrar, não podendo realizar outras ações além de observar o pingente. Segurando o colar pendurado sobre a palma da mão, o filho de Íris pode fazer uma pergunta que exija uma indicação imediata, sendo respondido pelos movimentos do pêndulo. O cristal não define cursos de ações específicos - como o próximo turno em uma luta, por exemplo, nem pensamentos e ações alheias - então, se perguntasse "Fulano vai me atacar?" o cristal nada responderia, mas uma pergunta genérica e focada no semideus como "Vou sofrer um ataque esta noite?" pode ser respondida. As perguntas possíveis devem ser respondidas somente com sim/ não, ou indicações diretas - por exemplo, em uma bifurcação, se perguntado qual melhor caminho o pêndulo apontaria para o que aparentemente possui menor risco. Apenas 3 perguntas por missão.]{Cristal} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Íris] ~No pescoço~

{Glow}/ Pulseira de contas [Aparentemente uma pulseira comum, com contas de cores vivas que brilham no escuro com cores neon. Contudo, cada conta pode ser removida, sendo usada como uma granada luminosa. Elas podem ser lançadas a até 10m de distância, criando um clarão que não provoca danos, mas cega os oponentes afetados em uma área de 3m de raio do ponto de impacto. Adicionalmente, estas contas também podem ser utilizadas como fonte luminosa para a criação de poderes, sendo que cada conta após retirada age como um globo de luz de "Fotocinese". Independente do uso, no máximo 3 contas podem ser utilizadas por missão.]{Contas de cristal} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Íris] ~No pulso esquerdo~

❃{Banguela} / Chaveiro [Chaveiro em forma das mascaras feliz/triste do teatro grego. Tal item pode ser usado de maneira comum, mas em especial tem o poder de 'pressentir' o perigo. Assim como os filhos de Ares, ele consegue sentir se o seu portador está sendo alvo de um ataque furtivo. Não revela, contudo, a força do ataque, nem a direção de onde ele está vindo; apenas emitindo um ruído, como um apito sonoro, no momento que antecede o ataque] {Bronze} (Nível Mínimo: 15) {Nenhum Elemento} [Recebimento: Missão Treinando Com Seu Monstro, avaliada por Athena e atualizada por Asclépio.] ~Atado à bainha da cintura~
Fantasia:

— Halloween Party - Página 5 NGzBWnv

Blake Aquilla
Blake Aquilla
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
387

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Ianna D. Belikov em Ter 03 Nov 2015, 15:46



halloween


Ri com a fala dele e assenti com a cabeça, passando a encarar seu copo. No fundo, eu não esperava que o rapaz fosse tão receptivo, levando em consideração toda sua ascendência e esse tipo de coisa. Essa era a surpresa agradável do dia.

— Seria um ponto positivo caso se esforçasse, certo? Quer dizer, posso ser psicopata, apenas esperando que você caia em meus encantos para te levar a algum lugar reservado e comer seus órgãos. — Sorri, deixando as palavras no ar, preparando-me para pedir outro refrigerante para o barman, o último da noite. Não consegui.I'm nuts, baby, I'm mad, the craziest friend that you've ever had. — Cantarolei, virando-me lentamente no banco para ver a reação em seus olhos. Em seguida, levantei-me, oferecendo a mão para me despedir ou para arrastá-lo para algum canto. Fora obviamente interessante ter a companhia do monitor por ali, mas eu já não gostaria de tanta gente ao meu redor.

adendos:
fantasia:
— Halloween Party - Página 5 6OQd0Lm
poderes passivos:
♦ Level 07 ~ Áurea Cativante ~ O Mênade possui uma habilidade natural que o permite criar quaisquer resquícios de felicidade no lugar, fazendo todos que estiverem à sua volta ficarem alegres e sorrirem. [ DIONÍSIO ]

♦ Visão auspiciosa (Nível 19) [NOVO - idealizado por Sadie Bronwen]: O filho de Afrodite enxerga a aura da emoção das pessoas ao seu redor. Não é telepatia, ou algo do tipo, mas ele sempre vai saber o estado emotivo das pessoas - ansiedade, raiva, amor, nada escapa de seus olhos. Não detecta pensamentos ou informações específicas, apenas o sentimento geral. Por exemplo, se alguém mentir para eles, não conseguem perceber, mas podem identificar que o locutor está ansioso, mesmo que não identifiquem o motivo. Não pode ser desativado.

♦ Resistência ao Amor (Nível 22) [Modificado]: Você não é facilmente seduzido ou facilmente enganado quando o assunto é amor, ainda que seja qualquer outro semideus de beleza comparável. Poderes envolvendo a beleza do oponente e magias com amor não atingem você se vindos de personagem de nível igual ou menor. Até 10 níveis acima, o efeito é reduzido em 50% e, acima disso, funcionam normalmente.

♦ Linguagem corporal (Nível 50) [NOVO - idealizado por Sadie Bronwen]: A sedução é um jogo que envolve muitos fatores, dentre eles a capacidade de emitir sinais, e reconhecer aqueles enviados pelo alvo para ver se estão em sintonia. Por isso, a capacidade dos filhos de Afrodite é aprimorada nessa área. Eles reconhecem sinais da linguagem corporal, podendo analisar melhor aqueles ao seu redor. Não é uma premonição e não é certo, mas auxilia - sinais de que a pessoa está descontente, está nervosa, está mentindo ou interessada em algo, etc. O corpo fala, e o filho de Afrodite é capaz de ouvir.
Ianna D. Belikov
Ianna D. Belikov
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
737

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Katherine B. Angelline em Ter 03 Nov 2015, 15:59

Masque of Red Death

Deixe seu mouse sobre a imagem.
Acontecimentos: Interagindo com @Christopher V. Louis@Vivian Crane. Agora ao som de Sweet Dreams - Emily Browning;



Christopher exalava libido. E ela nem precisaria de habilidades pra notar isso. Seus olhos pareciam realmente os de uma pessoa com TDAH, embora, após a breve conversa, achasse que esse não fosse um de seus problemas de semideus — seus olhos na verdade buscavam por parceiros, os mais diversos e breves possíveis. Aliás, sim, ele era um semideus também.

— Você também é uma semideusa — disse o garoto — Todos são semideuses?

— Eu não faço ideia do que você está falando — disse, séria, e então deu de ombros, quase abrindo um sorriso. — Muito são, mas nem todos. E é por isso que eu não sairia explanando — pareceu inquieta, olhando com o canto dos olhos para as pessoas ao redor. Havia perdido de vista o garoto estranho que outrora tinha sentido, o que a deixou com uma pulga atrás da orelha. — Eu aconselho que vocês tomem cuidado. Não são todos que sabem se divertir e, definitivamente, não são todos aqui que querem isso.

Eles se moveram para um lugar onde havia mais pessoas de pé e Light viu-se socialmente obrigada a segui-los, embora não estivesse em seus planos.

Advertidos, Light viu Christopher se distanciar, provavelmente procurando alguém que o fizesse por suas vontades para fora. Vivian havia aprovado sua ideia sobre a música, embora não tivesse dado-lhe a chance de mostrar suas verdadeiras intenções — de qualquer forma, a música começou. Sweet dreams are made of this... Who am I to disagree?, cantarolou baixinho Lightning, enquanto os outros participantes da festa agitavam-se com o som. Com a volta de Vivian e de Chris, ela sentiu-se deslocada. Eu não danço, e retratou isso aos dois com uma voz suave.
Às costas deles, havia uma fileira de abóboras bem maiores do que Light costumava ver, com pequenas velas acesas dentro delas. Pondo uma das mãos para trás, Light estalou os dedos várias vezes, fazendo que as velas acendessem e apagassem de acordo com a batida da música, controlando seu fogo, o que deixou muitas pessoas encantadas, acreditando que não passava de um truque. As caretas explodiam nos olhos das pessoas quando os pavios começavam a queimar de repente e as flâmulas dentro das abóboras faziam grandes sombras, tornando a cena bastante alucinante.

Depois de algum tempo, ela cessou, sempre observando as expressões alheias.


As pessoas costumam pensar na Morte como algo realmente sem vida. Algo sério e lúgubre. Mas a Morte é risonha. Afinal, quem nos prega mais peças que ela?




Observações:

(Eu deveria estar no plano do fire, mas estou aqui, interagindo com os nego caótico;
Me avisem, por gentileza, caso citem a char em seus posts/interajam com a personagem.)


A Kath sempre anda armada e tal, mas a Order está dissipada como o ar entorno dela (o anel Light tá sempre com ela, viu).


Sing that song from long ago so I remember you;

made by ▲ and edited by Heit! for her own purpose.
Katherine B. Angelline
Katherine B. Angelline
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
305

Localização :
No livro da duffie!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Noah G. Kalömoseuz em Ter 03 Nov 2015, 16:08


Jujuba #1 Alcaçuz #2



Noah "provavelmente" não tinha entendido o "provavelmente" no meio daquela frase. Decidiu que "provavelmente" seria uma piada que ele nunca entenderia, mesmo. Preferiu não perder tempo pensando naquilo. O olhar do garoto desceu rapidamente para a faixa do peito do semideus que estava despida, fazendo seu rosto ficar vermelho por um tempo. Ele mesmo tinha escolhido deixar o peito de fora, e estava com vergonha, agora? Besteira.

Apesar de que a maquiagem do garoto não lhe fizesse parecer tão agradável assim, ele sorriu enquanto oferecia os doces que comia. Gentil, anotou mentalmente. Mesmo decepcionado por não serem jujubas, Noah ergueu a mão para pegar uma (eram balas de alcaçuz, o segundo lugar nos doces favoritos do semideus). Enquanto travava um pequeno combate contra o doce, percebeu os fios negros do cabelo do garoto trocarem de cor. Ficara boquiaberto por um segundo, assistindo as mechas descolorirem. Ou a tecnologia havia avançado bastante desde que entrara no Acampamento ou... Semideus, concluiu. Eles deveriam estar por toda a parte! Belezura.

Eu não me sentiria confortável trocando doces com uma criança... Acho — falou de modo pensativo. Não se sentiria, decidiu mentalmente. — Ou vindo falar com uma no meio de uma festa, com certeza, proibida para menores — Imaginou a cena. Pedofilia é errado, crianças. O.k., tava na hora de parar de falar (e pensar) coisas sem sentido.

Terminou mais uma bala e, no meio da dor no maxilar, resolveu perguntar: — Semideus, né? — estava afirmando mais que perguntando, na verdade. — Deixe eu ver... — e que os jogos de adivinhação comecem — "Provavelmente" Íris, pelos cabelos multicoloridos. Ou será Afrodite? Os de Afrodite conseguem fazer isso? Posso pegar mais uma?

Pensamentos Fala

Nada demais:

Fantasia:
Namor é esse personagem da Marvel lindo aqui, ó: >>  clique ou clique, eu deixo

Noah G. Kalömoseuz
Noah G. Kalömoseuz
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
139

Localização :
Aqui, ali, acolá. -q

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Blake Aquilla em Ter 03 Nov 2015, 17:10


DAZZLE ME WITH GOLD
~ Após o Oblivion. Festa.




O que o rapaz disse, com certeza, deveria fazer sentido na cabeça de alguém que conhecia aquele mundo. Me perguntei por que a festa era proibida para "menores de idade", sem saber direito o que eram menores de idade, o que só me fez me sentir um pouco mais burro do que já era. Deixei o assunto de lado e me concentrei na parte em que ele falava de algo que eu compreendia ao menos o mínimo - semideuses. Me senti até aliviado ao entrar nesse assunto, abrindo um sorriso mais do que genuíno: sincero.

Ouvi aos seus palpites com uma expressão de divertimento digna do personagem que eu interpretava, embora não soubesse seu comportamento. Cruzei as pernas em borboleta sobre o assento enquanto o ouvia falar e, ao perceber que meu estoque de doces estava acabando, peguei todo o restante e coloquei no espaço entre mim e o rapaz, dando uma risada divertida. — Pode pegar tudo. Já comi o suficiente. — Disse, realmente enjoado de ter ingerido tanto açúcar em tão pouco tempo.

— É, você adivinhou. Íris. Com certeza os filhos de Afrodite conseguem fazer isso, mas acho que uma característica geral dos filhos dessa deusa é que eles gostam de amar e... Outras coisas. Não sou muito bom nisso. Nem tenho um alter-ego narcisista. — Revelei, com calma, levando uma mão aos cabelos e olhando para um dos fios que intencionalmente não tinha penteado com gel, para que ele caísse em caracol sobre a testa com um certo charme. Ele estava loiro - não tinha sido só impressão. Isso entregou minha paternidade.

— Hum... Meu nome é Cain. C-A-I-N, embora se pronuncie Kêin. — Me apresentei, meneando com a cabeça depois de lançar-lhe um sorriso amistoso. — Você fica bem nessa fantasia, sabia? Bonito. Quem é?



Equipamentos:
{Prism}/ Pingente de cristal [Colar com pingente de cristal multifacetado tem cerca de 5cm de comprimento, servindo para canalizar alguns poderes do filho de Íris. Adicionalmente, o cristal apresenta propriedades específicas. Uma vez por missão o filho de Íris pode usá-lo para praticar cristalomancia - uma espécie de adivinhação. Para isso, ele deve estar em um local calmo e se concentrar, não podendo realizar outras ações além de observar o pingente. Segurando o colar pendurado sobre a palma da mão, o filho de Íris pode fazer uma pergunta que exija uma indicação imediata, sendo respondido pelos movimentos do pêndulo. O cristal não define cursos de ações específicos - como o próximo turno em uma luta, por exemplo, nem pensamentos e ações alheias - então, se perguntasse "Fulano vai me atacar?" o cristal nada responderia, mas uma pergunta genérica e focada no semideus como "Vou sofrer um ataque esta noite?" pode ser respondida. As perguntas possíveis devem ser respondidas somente com sim/ não, ou indicações diretas - por exemplo, em uma bifurcação, se perguntado qual melhor caminho o pêndulo apontaria para o que aparentemente possui menor risco. Apenas 3 perguntas por missão.]{Cristal} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Íris] ~No pescoço~

{Glow}/ Pulseira de contas [Aparentemente uma pulseira comum, com contas de cores vivas que brilham no escuro com cores neon. Contudo, cada conta pode ser removida, sendo usada como uma granada luminosa. Elas podem ser lançadas a até 10m de distância, criando um clarão que não provoca danos, mas cega os oponentes afetados em uma área de 3m de raio do ponto de impacto. Adicionalmente, estas contas também podem ser utilizadas como fonte luminosa para a criação de poderes, sendo que cada conta após retirada age como um globo de luz de "Fotocinese". Independente do uso, no máximo 3 contas podem ser utilizadas por missão.]{Contas de cristal} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Íris] ~No pulso esquerdo~

❃{Banguela} / Chaveiro [Chaveiro em forma das mascaras feliz/triste do teatro grego. Tal item pode ser usado de maneira comum, mas em especial tem o poder de 'pressentir' o perigo. Assim como os filhos de Ares, ele consegue sentir se o seu portador está sendo alvo de um ataque furtivo. Não revela, contudo, a força do ataque, nem a direção de onde ele está vindo; apenas emitindo um ruído, como um apito sonoro, no momento que antecede o ataque] {Bronze} (Nível Mínimo: 15) {Nenhum Elemento} [Recebimento: Missão Treinando Com Seu Monstro, avaliada por Athena e atualizada por Asclépio.] ~Atado à bainha da cintura~
Fantasia:
— Halloween Party - Página 5 NGzBWnv

Blake Aquilla
Blake Aquilla
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
387

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Violet Young em Ter 03 Nov 2015, 17:13

Halloween's Party
Mysterious discovery Thanks Maay; From TPO


Estaria mesmo pronta para ir até a pista de dança, se não tivesse esquecido um simples detalhe: a bebida. Por mais que a música estivesse bem boa e animada, como eu gostava, ainda não me sentia bêbada o bastante para encarar uma dança ali. Esse pequeno fato foi o que me fez procurar novamente uma barraca de bebidas por perto, indo diretamente até lá.

Tinha mesmo que admitir, a maioria dos barmans eram bem instigantes para dizer o mínimo. Logo, o que me atendeu não foi uma exceção a essa regra. Por isso, nem demorei a me debruçar sobre o balcão e pedir uma dose de vodka pura, ficando ao lado de uma garota com uma fantasia bem ousada e irônica, em tons de preto e vermelho. Algum tipo diferente de Branca de Neve, pelo que observei.

Enquanto esperava a bebida, não pude evitar que meus olhos púrpuros observassem com curiosidade a garota que também esperava.

- Olha, sem querer ofender, mas acho que o tempo no caixão não lhe fez muito bem. – Meu tom era irônico, como sempre, mas trazia uma certa brincadeira, como sugeria o meu sorriso. -Talvez a tal maça tenha afetado mais do que só o seu sono.
 

Adendos ♠:
Obs:
Ela está fantasiada de anjo negro. Mais ou menos como essa aqui: (Fantasia de Halloween)Só que com um pouco mais de detalhes e contendo algumas modificações.
Armas Levadas:


♦ {Graveolentiam} / Adaga [Adaga prateada, apesar de feita com bronze sagrado. Seu punho é envolto em couro, para melhor manuseio, e a lâmina possui símbolos rúnicos gravados. Acompanha bainha de couro. No nível 20, torna-se um colar de pentagrama.] {Bronze sagrado e couro} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hécate]~no pescoço

— Relíquia Mágica [Colar simples e leve, podendo ser levado e escondido em qualquer lugar. A corrente é de prata, e cintila com um brilho negro à luz da Lua. Seu pingente é em forma de pentagrama, e é feito de diamante. Duas vezes por missão e durante 2 rodadas, tendo no mínimo uma rodada de intervalo cria uma barreira mágica de cor roxa, esta cobre todo o feiticeiro. Protege contra ataques mágicos – principalmente - e ataques a longa distancia – lanças, bumerangues, correntes, flechas etc.; ataques diretos não são repelidos.][Prata; Diamante;] (Item de Feiticeira) {Controle Mágico} [Presente de Reclamação por Circe]~no pescoço

☩ Secterium [Um pigente de bronze forjado por Kimmie e abençoado por Afrodite, como forma de agradecimento. O pingente tem forma de pentagrama, para homenagear a descendência de Hécate da dona original. Com cinco centímetros de diâmetro, o símbolo da magia, uma vez por missão, é capaz de ser ativado pela portadora e brilhar intensamente em uma cor madrepérola. Com isso, o pingente amplificar o poderio das magias de Violet em 10%, durante dois turnos seguidos. Todavia, a amplificação só é válida se forem utilizados poderes ativos relacionados à deusa da magia, caso contrário a dona gastará o efeito do pingente em vão. A palavra final é do narrador - isto é, se a magia foi efetiva ou não.] {Bronze e Magia} (Nível mínimo: 10) {Leve controle sobre a Magia} [Recebimento: missão "Drama Queen", avaliada por Tânatos e atualizada por Ares]~no pescoço

Braçadeira equina [Braçadeira feita de crina e couro de equiceph trançados. Ao ser ativada fornece ao semideus sentido sísmico em um raio de 15m. Isso permite que note a movimentação ao seu redor e no subsolo, desde que conectado ao solo - e os alvos idem. Não permite identificar o tipo específico de criatura, apenas tamanho aproximado (pequeno, médio, grande, etc) e localização aproximada dentro da área. O efeito funciona por 3 turnos, 1 vez por evento. (nível mínimo: 07) {Material: couro e pelo de equiceph} [Ganho como recompensa pelo evento "O levante"]~no antebraço direito

➸{Nightmare} / Arco [Arco feito de ébano, possui algumas marcas em roxo com formato de pentagramas por toda a sua extensão. Ele pode disparar suas flechas sem muito esforço, requerendo menos força de seu utilizador, já que seus mecanismos mais avançados ajudam a dar impulso para a flecha,  e com rapidez. Graças aos métodos empregados pelo ferreiro, seu alcance é de 150 metros com a eficácia caindo acima disso, podendo chegar no máximo a 250 metros, mas com chances de acerto, força e estabilidade de tiro bem menores, reduzindo muito seus efeitos. Também foram aplicadas técnicas para que a arma adquirisse maior resistência, de modo que dificilmente vai ser destruída por meios normais. Qualquer flecha atirada por este arco causará um dano 15% maior em comparação a um arco normal.]  {Ébano} (Nível Mínimo: 25) {Não controla nenhum Elemento} [Forjado por Harry S. Sieghart]~nas costas, como adorno

➸{Black Arrow} / Flechas [Flechas completamente prateadas, com haste fina de alumínio, e pena de ganso para dar estabilidade. Suas pontas são prateadas, feitas de prata lunar, que potencializa efeitos ligados à noite e luz lunar em 10%. Foram criadas de maneira a aumentar o potencial do arco, conseguindo chegar ao dobro do alcance deste sem dificuldades(ou seja, se o arco tem limite de 10 metros, com essas flechas o limite passaria a ser 20). Além disso, também foram aplicadas técnicas para aumentar o dano dos projéteis em 15%, somando-se com outros possíveis bônus. Causa 10% a mais de dano em armaduras, se comparadas com flechas comuns. Quantidade: 20] {Alumínio, Prata Lunar e Pena} (Nível Mínimo: 25){Não controla nenhum Elemento} [Forjado por Harry S. Sieghart]~dentro da aljava

➸Aljava [Caixa feita de couro e costurada à mão, com camadas extras do tecido colocadas para reforçar o material. A base é resistente e possui encaixes para que as flechas fiquem bem posicionadas e não atrapalhem a arqueira. Correias de couro ajustáveis são utilizadas para prender o item ao usuário de forma confortável, tanto nas costas quanto na cintura. Possui espaço para no máximo trinta projéteis. Foi feita para ser semi-indestrutível, de modo que apenas ataques específicos ou mágicos podem ter alguma chance de danificar o objeto.]{Bronze Sagrado, Alumínio e Couro} (Nível Mínimo: 21) {Não Controla Nenhum Elemento} [Forjado por Harry S. Sieghart]~nas costas, como adorno

✤ {Nightshade} / Espada [É uma espada longa de punho negro, feito de ébano, que possui um entalhe roxo no formato de uma lua crescente em sua empunhadura. Sua lâmina preta é de uma beleza diferenciada, por conter entalhada em si, algumas espirais em roxo. Pertenceu a família Young durante séculos, e por isso apresenta uma manipulação mais fácil para a descendente da família. A mesma espada foi encantada para que, ao cortar o inimigo, causasse um dreno contínuo de vida, tirando 5% do Hp do alvo a cada turno e durando por 3 turnos, poder liberado uma vez por combate. Transforma-se em um anel de caveira quando não está em uso] {Material:Ferro Estige e Ébano} (Nível mínimo:25) {Não controla nenhum elemento}[Adquirido na DIY The heiress? Avaliada por Macária e Att por ~Eos]~como anel, no dedo anelar

❖ {Reflektor} / Anel [Um pequeno e discreto anel de aço negro, trançado como se fosse feito de pequenos espinhos. Uma vez por evento ou missão, a utilizadora consegue diminuir em 10% o efeito de um poder de medo (mental) que seja lançado em sua direção.] {Aço Negro} (Nível Mínimo:  25) {Resistência ao Medo} [Recebimento pela missão "Say Hello To Your Fears", desenvolvida e atualizada por Psiquê.]~no dedo do meio
Poderes Utilizados:
Passivos:
Hécate:

♠Olhos noturnos: Hécate é uma deusa associada à noite. Seus filhos ganham visão na penumbra e escuridão, podendo ver normalmente nessas condições, exceto na escuridão mágica, que sofre os efeitos do poder acima.

♠Sedução das sombras: Hécate é uma deusa ligada à noite, por isso seus filhos ganham bençãos adicionais nesse período, ficando mais belos que o normal.

Circe:

♣ Aura do mistério: Uma aura mágica influencia diretamente na personalidade fos feiticeiros ao adentrarem o grupo, tornando-os um atraente mistério a ser desvendado pelos demais semideuses.

♣ Beleza lasciva II: A sua beleza nesse nível já está muito maior, e somada a aura de mistério que você exala, atrai o olhares de todos por onde passa. Não são tão belos quanto os filhos de Afrodite, mas são mais atraentes que estes por uma aura mágica influir diretamente no bom senso de qualquer outrem, afim de fazê-los se interessarem de forma irrefutável por você.

♣ Olhos Púrpuros: Adentrando os feiticeiros, e adquirindo a Benção de Circe seus olhos adquirem uma pigmentação púrpura chamativa quando você assim quer – que causa receio a qualquer mortal e/ou monstro que lhe encare diretamente.

♣Sentidos noturnos

A noite seus sentidos serão extremamente aumentados.[ New]

▬Visão. Nada fugirá a sua visão, você poderá ver perfeitamente como se ainda fosse dia, e ver através de objetos sólidos. (Exceto por meios mágicos de proteção

▬Olfato. Seu olfato estará mais aguçado, e você poderá distinguir odores diversos, sem se enganar. Devido ao efeito do poder, venenos e gases diversos terão efeito reduzido em você.

▬Paladar. A noite, nenhuma erva venenosa ou qualquer veneno ingerido poderá te levar a morte, resultando no máximo em uma leve tontura até uma de grau mais sério. (Obs: Vale para qualquer coisa prejudicial, que você vier a ingerir)

▬Audição. Sua audição será perfeita. Você pode ouvir a metros ou até Km de distância, e sabe distinguir qualquer som que já tenha ouvido antes em alguma situação adversa. Possibilitando ótimos contra-ataques e diminuindo a chance de ser pega de surpresa.

▬Tato. Um dos sentidos que mais se destaca em você a noite. Através do tato, você pode transmitir sensações para seu oponente, sendo elas desde sensações de prazer, até sensações de dor intensa. Pode seduzir um inimigo induzindo-o a fazer qualquer coisa que você desejar, ou transmitir frio ou calor para o mesmo, causando até mesmo um choque térmico.
Ativos:
Nenhum



Violet Young
Violet Young
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
99

Localização :
Nova York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Alaric L. Morningstar em Ter 03 Nov 2015, 19:20



❝Trick or Treat?
I'm rotten to the core



Mais uma vez, encarei aquele céu cheio de estrelas, estudando-as com o não muito conhecimento que tinha sobre astrologia (talvez algo herdado de Nyx). Aquilo trazia vagas lembranças, mas que logo se esvaíam. Nada mais importava, por um tempo havia me sentido menos preso ao mundo divino e todo o peso que tinha que suportar, como se cada meio-sangue tivesse um pouco de Atlas.

Ianna tinha atitude, o que me agradara. Sorri com seu comentário, mordendo meu próprio lábio interior depois de um suspiro.

- Ou eu posso ser o psicopata. Mesmo que  você tenha resistência contra os meus próprios encantos, eu teria meus métodos. - E talvez estivesse falando sério. Mas, de qualquer forma, o sorriso que soltara deveria quebrar a tensão, até porque a garota de Afrodite não estava na lista de almas que seriam sugadas por Nightmare. Talvez minhas intenções com ela seriam outras.

Bebi de vez o uísque, vendo a semideusa levantar-se e estender a mão. Aquilo poderia ser um adeus, ou então simplesmente um sinal de que a acompanhasse para algum lugar. No outro lado, vi Olivia rindo, e antes que fizesse qualquer coisa, sinalizou para que continuasse ali, virando-se e indo em direção à multidão. Segurei um sorriso também, voltando a atenção para a cria do amor. Levantei também por fim, segurando sua mão. Afinal, a noite era uma criança, e eu era filho dela.



coisinhas:

poderes (passivos):

Guiado pelas Estrelas: O filho de Nyx sabe instintivamente o nome de cada galáxia, cometa ou astro conhecido, mesmo sem nunca ter lido nada sobre o assunto. Além disso, se perdido, poderá perfeitamente se guiar pelas estrelas, reconhecer sua exata localização por elas e assim seguir o caminho correto, desde que em um ambiente natural onde possa ver o céu, e este não seja afetado por magia que possam alterar sua percepção.
fantasia:

— Halloween Party - Página 5 Saw_jigsaw_puppet_makeup_cosplay_by_mistergeorgebats-d833qtt
Alaric L. Morningstar
Alaric L. Morningstar
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1048

Localização :
Hollywood Hills, LA.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Noah G. Kalömoseuz em Ter 03 Nov 2015, 19:33


Jujuba #1 Alcaçuz #2



Era maravilhoso saber que tinha acertado, mesmo sendo bem óbvio. Um filho de Afrodite dificilmente seria tão gentil (ou comeria tantos doces, assim). Pegou mais um alcaçuz. Noah concordou com o garoto em algo: também não era muito bom nessas coisas. Mas o ego era, sim, a nível de um filho de Afrodite, algumas vezes. Percebeu que tinha elogiado indiretamente o garoto ao compará-lo a um filho de Afrodite — e aqueles sorrisos arrebatadores deveriam ser elogiados —, mas nenhum dos dois parecia ter notado isso na hora certa.

Quando o garoto se apresentou, Noah se repreendeu mentalmente milhões de vezes. Quão rude. Esquecera o essencial: perguntar o nome; se apresentar. Isso só reforçava o fato d'ele ser péssimo com socialização. Agora, até Kêin (estava treinando a pronúncia, mentalmente) sabia disso. Retribui o sorriso, tentando recuperar o tempo perdido. Moveu-se no seu lugar, sentando de uma maneira tão confortável quanto a do outro. O movimento fez sua fantasia ranger. Aquele som o matava por dentro.

Ah, obrigado — respondeu, dando um sorriso tímido. — Apesar d'eu estar entre arrependimento e orgulho com ela. E, hum, eu estou de Namor — dera ênfase no nome do personagem, mesmo que Cain, provavelmente, não o conhecesse. Quase ninguém conhecia. — É um anti-heroi dos quadrinhos. Na verdade, eu o escolhi por ser o príncipe dos mares e, sabe, somos semelhantes nisso — estufou o peito, sorrindo levemente da própria piada (nem era tão piada, assim).

Pegava outro doce quando lembrou que não tinha terminado de se apresentar. Deuses, ele não melhorava nunca. Alisou os cabelos para trás, para ajeitá-lo, mas só acabou fazendo o gel grudar em seus dedos, acidentalmente.

Sou o Noah, N-O-É. — riu, constrangido pela péssima piada. — E, olha, não sei se é alguma coincidência, mas sou filho de Poseidon! Te cumprimentaria, mas... — mostrou a palma da mão, molhada. — E, acredite, eu não sou o único incrível na fantasia. Olhe para você! Já temos um vencedor do concurso. Você está participando, não é?

Pensamentos Fala

Nada demais:

Fantasia:
Namor é esse personagem da Marvel lindo aqui, ó: >>  clique ou clique, eu deixo

Noah G. Kalömoseuz
Noah G. Kalömoseuz
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
139

Localização :
Aqui, ali, acolá. -q

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Blake Aquilla em Ter 03 Nov 2015, 21:38


DAZZLE ME WITH GOLD
~ Após o Oblivion. Festa.




Ouvi ao comentário sobre a fantasia do rapaz com um sorriso no rosto, e não contive um riso. Queria saber o que ele esperava de confortável se vestindo em uma roupa colada de couro, ainda pior que látex (porque o couro também absorvia calor e ficava insuportável). No final, entretanto, parecia que ele estava se divertindo daquela maneira, o que era o mais importante. Quando mencionou a origem do personagem, fiquei aliviado por ele ser desconhecido - o pior seria se ele fosse um ícone, como o próprio Peter Pan, e eu não soubesse nada sobre ele. Passaria vergonha fingindo que o conhecia.

Por um momento relacionei o deus dos mares com a fantasia dele, e pareceu fazer sentido. Enquanto se apresentava, me preparei para completar sua frase, dizendo que ele era filho desse deus, mas deixei a boca entreaberta - sem lembrar do nome dele. O que daria uma cena bem cômica. Era a primeira vez que dava um "branco" na minha cabeça. Então simplesmente voltei a selar os lábios, sem palavras. Quando olhei para a mão dele e vi o gel, apenas dei de ombros e sorri. Noah parecia ser uma pessoa legal, já estava disposto a conversar com ele quase do mesmo jeito que conversava com minhas amizades mais antigas.

— Ah obrigado! E eu vou participar sim. Estou fazendo par com minha meio-irmã. Ela está de sininho - com certeza merece todo o crédito. Deve estar rondando por aí — Disse, ocultando a parte em que Zaria era uma alcoólatra profissional. E que ao invés de rondando, talvez estivesse se pegando com rapazes ou outras garotas. Ou os dois. — Ela que fez minha maquiagem e o trabalho por trás dos panos. Só me vesti. Mas confesso: gostei.

Disse, rindo, e depois lancei um olhar para a frente. Havia um sorvete derretendo no asfalto, com a casquinha quebrada. Não consegui acreditar que as pessoas desperdiçavam recursos desse jeito, principalmente algo que parecia tão bom.

— Você quer dançar? — Perguntei, enquanto ainda olhava para o chão. — A música está boa. Vamos dançar. — Falei, suspirando e finalmente voltando o olhar para Noah, esperançoso. — Não tenho nenhuma companhia nessa festa. A Zaria deve estar ocupada com outras coisas. Por que não vai comigo até a pista? Só... Termina esses doces, antes que alguém roube ou derretam. — Pedi, virando-me para ele no banco.



Equipamentos:
{Prism}/ Pingente de cristal [Colar com pingente de cristal multifacetado tem cerca de 5cm de comprimento, servindo para canalizar alguns poderes do filho de Íris. Adicionalmente, o cristal apresenta propriedades específicas. Uma vez por missão o filho de Íris pode usá-lo para praticar cristalomancia - uma espécie de adivinhação. Para isso, ele deve estar em um local calmo e se concentrar, não podendo realizar outras ações além de observar o pingente. Segurando o colar pendurado sobre a palma da mão, o filho de Íris pode fazer uma pergunta que exija uma indicação imediata, sendo respondido pelos movimentos do pêndulo. O cristal não define cursos de ações específicos - como o próximo turno em uma luta, por exemplo, nem pensamentos e ações alheias - então, se perguntasse "Fulano vai me atacar?" o cristal nada responderia, mas uma pergunta genérica e focada no semideus como "Vou sofrer um ataque esta noite?" pode ser respondida. As perguntas possíveis devem ser respondidas somente com sim/ não, ou indicações diretas - por exemplo, em uma bifurcação, se perguntado qual melhor caminho o pêndulo apontaria para o que aparentemente possui menor risco. Apenas 3 perguntas por missão.]{Cristal} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Íris] ~No pescoço~

{Glow}/ Pulseira de contas [Aparentemente uma pulseira comum, com contas de cores vivas que brilham no escuro com cores neon. Contudo, cada conta pode ser removida, sendo usada como uma granada luminosa. Elas podem ser lançadas a até 10m de distância, criando um clarão que não provoca danos, mas cega os oponentes afetados em uma área de 3m de raio do ponto de impacto. Adicionalmente, estas contas também podem ser utilizadas como fonte luminosa para a criação de poderes, sendo que cada conta após retirada age como um globo de luz de "Fotocinese". Independente do uso, no máximo 3 contas podem ser utilizadas por missão.]{Contas de cristal} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Íris] ~No pulso esquerdo~

❃{Banguela} / Chaveiro [Chaveiro em forma das mascaras feliz/triste do teatro grego. Tal item pode ser usado de maneira comum, mas em especial tem o poder de 'pressentir' o perigo. Assim como os filhos de Ares, ele consegue sentir se o seu portador está sendo alvo de um ataque furtivo. Não revela, contudo, a força do ataque, nem a direção de onde ele está vindo; apenas emitindo um ruído, como um apito sonoro, no momento que antecede o ataque] {Bronze} (Nível Mínimo: 15) {Nenhum Elemento} [Recebimento: Missão Treinando Com Seu Monstro, avaliada por Athena e atualizada por Asclépio.] ~Atado à bainha da cintura~
Fantasia:

— Halloween Party - Página 5 NGzBWnv

Blake Aquilla
Blake Aquilla
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
387

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Ayla Lennox em Ter 03 Nov 2015, 22:12

This is Halloween
Ayla estava genuinamente se divertindo e permitia que um sorriso no estilo Cheshire Cat estampasse seu rosto enquanto observava Nina cumprir o desafio. No final das contas, estava mais do que certa, pois sabia que aquilo não havia sido nada digno da cria de Hades.

Mesmo assim resolveu parabenizar a cadela com um breve aceno com a cabeça - deixaria o pedido de desculpas ao aprendiz mais tarde, se de fato decidisse fazê-lo.

Foi quando ouviu um clique. Reconheceu imediatamente o som como vindo de uma arma, mas... Havia algo errado, algo a mais ali. E foi a seguinte frase que impediu que a garota tomasse em mãos a adaga.

Mãos para o alto, novinha. — Era Frederick. Não restavam dúvidas.

Ela riu. Ergueu as duas mãos acima da cabeça, de forma que os pulsos encostados um contra o outro formavam um "x".

Vai me prender bem no meio da festa? — Indagou ainda de costas para o rapaz. — Acho que eu não estaria dando lá um bom exemplo.

Virou-se para fitar o namorado e puxando este pela blusa, fez com que os lábios se encontrassem de maneira breve, como se aquela fosse mais uma promessa de um beijo do que este. Deu uma piscadela e virou-se para Tyler e Nina.

Especialmente para o filhote ali e a amada monitora de Hades que, a propósito, já te conhece. — Ela riu. — Vem, entra no jogo.
Adendos:
Para fins interpretativos, considerar todos os poderes passivos até o nível atual.

Em relação ao arsenal, nada relevante no momento, mas Ayla está armada.

With: Vira-lata, moço da Primavera e Fred ❤

Wearing: Fantasia (clica)

Where: Central Park

Listening: Boss - 5H
Everybody scream.
Tks, Jay
Ayla Lennox
Ayla Lennox
Filhos de SeleneAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
1036

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Noah G. Kalömoseuz em Qua 04 Nov 2015, 02:40


O retorno da dancinha do robô



Com "rondando por aí" Noah entendeu que ela estivesse, literalmente, dando voltas no lugar. Até começou a imaginar porque Cain estava ali, sozinho, já que chegara acompanhado, mas até que isso era algo bom. O filho de Poseidon estava adorando a conversa. Cain era leve e, aparentemente, sincero. Noah sentia-se confortável com ele. Divagou por um tempo, enquanto o garoto falava. Imaginou se haveria coroação e toda aquela cerimônia naquele concurso. O garoto ficaria muito bem com uma coroa. Ele era, com certeza, o melhor Peter Pan da festa. E talvez o único, mas isso não contava.

Não conseguiu evitar o sorriso quando Cain citou a pista de dança. Já havia esquecido dela, mas ainda lembrava de todas as coreografias que tinha pré-ensaiado no dia anterior, visto que não era bom com improvisos. Ou dançando. Mordeu o lábio inferior enquanto sacudia a cabeça no ritmo da música, também concordando com o pedido. Catou os doces que ainda restavam, colocando todos na boca de uma só vez. A sua dança tinha pressa. Limpou a mão na calça e pousou-a no ombro do outro semideus, mastigando com mais dificuldade do que havia calculado.

Mas antes... — engoliu com força, empurrando as balas garganta à baixo. — Eu sou um péssimo dançarino, então... Se não quiser passar vergonha comigo, acho melhor você nem se levantar.

Levantou do banco, então, afastando os restos do doce da boca, que esboçava um sorriso de empolgação. Seus braços foram contagiados pelo ritmo da música. Uma dancinha vergonhosa se iniciava ali. A combinação de iluminação e som deixava-o ainda mais empolgado. A conversa o distraíra tanto, que até conseguira ignorá-las. Olhou para Cain, as sobrancelhas erguidas, olhar frenético — parte por conta da grande quantidade de açúcar que havia ingerido —, incitando-o a ir acompanhá-lo na dança.

Então, não vem? — se afastou um pouco mais, se misturando ao restante das pessoas no espaço que deveria ser a pista de dança.

Que a dancinha do robô comece!

Pensamentos Fala

Nada demais:

Fantasia:
Namor é esse personagem da Marvel lindo aqui, ó: >>  clique ou clique, eu deixo

Noah G. Kalömoseuz
Noah G. Kalömoseuz
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
139

Localização :
Aqui, ali, acolá. -q

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Hailey R. Lightwood em Qua 04 Nov 2015, 15:59


Fairy tales? I think not
Halloween's Party

Impaciência. Nada definiria o estado da filha do Inverno melhor do que isso, enquanto observava o barman e o movimento da festa. De fato, era uma bela vista, mas ela não tinha paciência para só admirar. Na verdade, desejava agir logo e se acabar na pista de dança. Além, é claro, de se divertir com algum garoto, aproveitando sua liberdade ao máximo, o que não parecia ser possível no momento.

Estava tão imersa nesses pensamentos, que só percebeu a garota ao seu lado quando ouviu sua voz. Imediatamente, ela se virou para a origem do som, encontrando uma gótica. Não que ela não parecesse meio gótica daquele jeito também, mas pelo menos tinha o bom senso de mostrar tudo o que tinha. Analisando a fantasia de anjo negro da garota, quase riu ao ver o quanto ela parecia recatada. Era uma bela fantasia, porém não do jeito ousado que Hailey gostava. Em festas, a prole invernal amava se mostrar, como sua fantasia mesmo demonstrava.

Só que nem pôde deixar de sorrir de lado, com uma pitada de malícia, ao perceber a referência da garota quanto a sua roupa. E, antes que pudesse responder, o barman lhe entregou sua bebida, ao mesmo tempo em que ela lhe dirigia uma pisadela maldosa e tomava um gole generoso do líquido transparente.

-Não acho que você possa falar muito, darling. – A estrangeira proferiu cada palavra com certo sarcasmo e hostilidade, cruzando os braços na frente do corpo. – Para falar a verdade, esperava que um anjo fosse bem mais interessante que isso. Sabe o que dizem: os “inocentes”, são sempre os piores quando se mostram. Especialmente no Halloween. E, a propósito, oi para você também. Sou... Hailey Roth Lightwood, filha da maldita Despina e a melhor companhia que você terá o enorme prazer de conhecer.  

No fim, a garota deu de ombros, fez um aceno vago de cumprimento e voltou a se apoiar na bancada.  Normalmente, não seria sensato revelar sua afiliação, mas ela estava pouco se fodendo. Se fosse semideusa, entenderia a referência da sua maldita mãe. E se não fosse...  Bem, não importava. Apenas esperava que não estivesse perdendo seu tempo ali.

Adendos ❄:
Obs:
1-Ela é meio/bastante bipolar
2-Sua fantasia é de Branca de Neve, só que está um pouco modificada para algo mais dark e condizente com a personalidade dela.

Itens Levados:
{Chrona}/ Anel mágico [Produto resultante dos estudos sobre o material sombrio encontrado por Hailey e Jhonn em missão, foi concedido à garota pela identificação das "habilidades" do item com a mesma. Possui pequenos desenhos negros em sua superfície prateada, além de uma pequena pedra de ônix eu seu centro. O item possui uma capacidade de criação: Consegue formar itens pequenos - Com 30cm no máximo - feitos de energia sombria, que possuem resistência mediana e duração de até 3 turnos. Possui um gasto de 20MP por criação, não pode manter duas criações ao mesmo tempo, e possui um limite de três usos por evento/missão.] {Prata, ônix e matéria negra} (Nível Mínimo: 5) {Criação com matéria negra} [Recebido pela missão "Shadows", avaliada por Jhonn Stark e atualizada por Psiquê.]
Poderes Utilizados:
Passivos:
Nível 2

{Visão Sombria} Como deusa das sombras invernais, seus filhos lidam bem com a escuridão e baixa luminosidade. Nesse nível, conseguem apenas ver na penumbra - ou seja, precisam de uma iluminação mínima - uma vela, lanterna ou mesmo a luz da lua cheia, se visível, mas não verão através de escuridão completa ou mágica, e seu campo visual é padrão, não se alterando. O avanço de seus poderes permite que no nível 12 veja tão bem de noite quanto de dia - mas não através de escuridão mágica. Não amplia a capacidade visual em questão de alcance, contudo.


?
Hailey R. Lightwood
Hailey R. Lightwood
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
63

Localização :
Desconhecida

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Halloween Party

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::