Grupo 3 - Externo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Grupo 3 - Externo

Mensagem por Organização PJBR em Sex 01 Abr 2016, 15:22


Les Revenants



Regras e Orientações Iniciais


Formato

A postagem será realizada como uma OP contínua de forma paralela. O que isso significa? Que os players iniciarão em locais e com objetivos diferentes, se encontrando posteriormente. Fiquem atentos às orientações para verificarem se estão cumprindo os objetivos corretos e desenvolvam o formato de modo adequado (é uma OP, não uma narrada, então exigem turnos mais descritivos). O descumprimento ou inadequação ao formato também acarretarão penalidades previstas na avaliação.

Ainda assim, não haverá ordem pré-definida de postagem, visando não atrasar/ atrapalhar nenhum jogador.


Prazo

7 dias de prazo a partir do narrador. O narrador terá 3 diás para a continuidade, considerando para isso a postagem de todos os jogadores OU o término do prazo deles, o que ocorrer ANTES.


Penalidades por não postagem

A não postagem acarretará penalidade de 50% do status total nos turnos 1, 2 e 5 - podendo acarretar a morte do player;

Nos turnos 3 e 4 a não-postagem acarretará morte imediata;

Adicionalmente, a não postagem no turno 5 (encerramento) constará como abandono de missão e não gerará recompensas ao player, mesmo se alcançar rendimento nos outros turnos;

A não postagem reduzirá as recompensas de forma proporcional ao valor do turno, afetando o rendimento (cada turno não postado = 20% do rendimento abaixo do máximo);

A não postagem acarretará a impossibilidade de reclamação por Macária, no caso dos indefinidos, independente do turno, e, em caso de possíveis recompensas adicionais, podem impedir seu recebimento pela questão de rendimento;

Ao pular um turno, o player deve, no turno posterior, de alguma forma cobrir a lacuna sem contradizer o narrador - isso interferirá na coerência do turno;

Postagem atrasada é considera não-postagem;

Não é permitido aumento de prazo ou abandono sob nenhuma justificativa.


Recompensas

Para facilitar ao narrador, cada turno valerá no máximo 150 xp (totalizando 750 no evento completo).

Personagens mortos ou que abandonem a missão não recebem recompensas.


Dúvidas devem ser retiradas com o narrador do grupo. Casos que não constem aqui serão avaliados pela staff.



Grupo 3

Grupo de busca

Oliver H. Greyback (Filho de Despina) - Nível 83; 920/ 920 HP e 920/ 920 MP
Rosemarie Hathaway(Filha de Despina) - Nível 10; 95/ 190 HP e 95/ 190 MP


Indefinido: Mikhail Baudelaire
Nível 10
190 HP/ 190 MP



Tks Maay from TPO
Organização PJBR
Organização PJBR
AdministradoresPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1056

Voltar ao Topo Ir em baixo

Contatos imediatos

Mensagem por 139-ExStaff em Sex 01 Abr 2016, 19:31


Les Revenants



Contatos imediatos


Oliver e Rosemarie

A mensagem parecia não fazer sentido: Que diabos era aquilo de voltar da morte? E, pior, porque achavam que deveria aber sobre isso? Mas, se tivesse que admitir, a verdade era que a curiosidade vencia (e talvez tivesse outros motivos). O cara que chegou no Acampamento disse que haviam mais deles, e pelas informações, ele sabia aonde encontrar o semideus para tentar entender as coisas. Sim... Mas talvez não fosse o único interessado.

Escutar a conversa dos outros não era algo bonito, mas acontecida, às vezes. Era pior quando se dava conta de que não era algo normal. Como deixar certas coisas passarem em branco?

Mikhail

Você não tem ciência de nada mais estranho do que o normal - era para ser um dia comum. Mas então porque essa sensação de que algo iria acontecer?

Orientações grupo de Busca


♦ Escolham quem fica com cada plot;
♦ Sejam coerentes à introdução;
♦ Vocês não iniciarão o turno como um grupo.

Informações adicionais:

♦ O contato/ boato captado fala sobre um dos eventos ocorridos no Acampamento (vide grupos de 7 a 9) e o "retorno" de um morto à vida, mas não tem muitos detalhes, exceto informações picadas, roubadas através de fofocas e espionagem;
Informações possíveis dos boatos:
♦ Fim de tarde/ noite - o local é à escolha de vocês, mas foquem-se nos pontos pedidos para elaborar isso.
♦ Temperatura de amena a fria.

Pontos obrigatórios:

♦ Aquela introdução básica sobre o dia-a-dia; justifiquem onde estão e o que fazem, tenham motivações;
♦ Em algum ponto, há o contato/ boato - narrem como e quando isso ocorre (os eventos no Acampamento ocorrem por volta das 14h);
♦ Não precisam narrar o mesmo evento nem ter contato com o mesmo NPC, mas descobrem as mesmas coisas: alguém morreu e retornou à vida, dizendo que há mais como ele por aí. Boatos da localização de um deles chega a vocês, mas são muito vagos;
♦ Foquem na reação dos personagens às informações e deem uma motivação para que investiguem o caso;
♦ Decidem investigar o caso (detalhem as motivações pessoais) e acabam trombando um com o outro de alguma maneira (criem a situação do encontro de forma coerente e narrem interações/ impressões)
♦ Comparando informações (de forma voluntária ou não) descobrem que ambos tem as mesmas pistas, acabando por relacionar as coisas com Macária.
♦ Terminem, mas ainda sem formalizarem a união como uma "parceria". Encerrem com as impressões de vocês sobre a revelação da existência de Macária.


Orientações Mikhail

Pontos obrigatórios:

Este turno determinará as origens do personagem;
♦ Se é um revenante: Descreva como acordou e onde, que tipo de memória possui e alguns flashs que o acometem de tempos em tempos; foque em como está lidando com isso e o que planeja fazer - caso seja um recém-acordado, você não se lembrará do Acampamento, mesmo que tenha estado lá em uma vida passada;
♦ Se é um indefinido que já sabe sobre o Acampamento: Você tem algum motivo para ainda não ter ido para lá ou para er saído do local (mas pode ser que esteja a caminho); desenvolva como soube que era um semideus e se acredita ou não nisso, e o que está fazendo na cidade atual, com alguma atividade plausível;
♦ Se é um indefinido que ainda não sabe sobre o Acampamento: Desenvolva como leva a vida e como encara seu dia-a-dia; caso tenha família ou algum tipo de relacionamento (amizades, guagues o que seja) desenvolva isso nesta postagem;

Em todos os casos: em algum momento algum evento estranho quebra a tranquilidade atual: dê um gancho claro para a situação, mas ainda não a resolva, terminando o turno.

Postagem liberada após as 20h



Tks Maay from TPO
139-ExStaff
139-ExStaff
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1422

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grupo 3 - Externo

Mensagem por Misty Vanderbilt em Sab 02 Abr 2016, 20:27

Les Revenants

••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••


A situação não estava muito boa para mim naquele renomado fim de tarde no acampamento meio-sangue, treinava as minhas habilidades gélidas com alguns irmãos. Estava sendo demasiado divertido estar com eles, ainda mais naquele clima ameno que estagnava pelo lago.

Decidi parar para bebericar um pouco da deliciosa água que se encontrava no lago, até que ouvira algo que me chamará muito a atenção, dois semideuses que eu não fazia a mínima ideia de quem era, passeavam próximo a nós quando tocaram em um assunto intrigante.

Falavam sobre fantasmas e então o outro lembrou de que ouvirá algo mais cedo sobre algo voltar dos mortos. O que aquela mensagem capitava para mim? O que seria tão coisa que estava por chegar?

Fiquei com isso em meus pensamentos quando decidi dar atenção aos meus irmãos novamente. — Isso foi muito estranho, vocês ouviram isso que eles disseram? O que será que é? Fiquei realmente intrigada com isso, mas já está ficando definitivamente tarde, acho melhor a gente retornar para o acampamento. — vociferei e então meus irmãos concordaram, circundamos o local até chegar ao acampamento onde mais boatos surgiam.

O que todos cochichavam? Queria realmente saber de tudo, mas não tenho este poder de ler mentes. Não entendi muito bem, mas pelo que estavam a dizer, parecia que mais deles estavam por vir. Quem estava para chegar? Isso está realmente confuso, pareço estar sendo uma xereta por querer saber de tudo e de fato, estou e muito.

Aproximei um pouco do chalé de Despina e adentrei ao mesmo, decidi relaxar tomando um banho para esclarecer estas perguntas que bombardeava a minha mente. Fora igual quando descobri ser filha de Despina e não realmente de Quione, foi um choque para mim. Nunca aceitei e nem tão cedo irei tomar uma decisão sobre isso, alguns aqui já aceitaram, mas como dizia meu pai, eu não sou todo mundo.

Sinto que estas informações não foram atoa, algo está prestes a acontecer. Preciso ganhar notoriedade no acampamento, descobrir informações que outros aqui neste lugar não descobriram. Alguém está para chegar ao meio-sangue e não está para brincadeiras. Pode ser uma ameaça ou também algum semideus novo ainda não reclamado. — Vamos ver o que descubro se eu sair agora à noite para investigar. — proferi enquanto me arrumava, pegando algumas coisas para levar comigo. Era a hora da investigação, o frio fazia bem para mim, então não me importei de utilizar roupas quentes.

Circundava pelo acampamento a procura de algumas pistas não descobertas, mas nada encontrei. Continuava a andar até que esbarrava em alguém, pedi desculpas, mas ainda não havia olhado para o seu semblante. Quando decidi arregalar os olhos, descobri que era um de meus meios-irmãos. O que ele estava fazendo? — O que faz aqui? Está me seguindo? — com isso em mente, decidi contar algumas coisas para ele, tentando descobrir novas informações sobre o que aconteceu neste dia.

De fato estava muito estranho, tinha a certeza de que aquele garoto estava me seguindo, mas por quê? — Parece que estamos com o mesmo propósito esta noite, também ficou intrigado com estes boatos? Ainda não sei bem qual a mensagem que tentaram passar, será que é uma nova deusa? Nunca fui muito fã de mitologia mesmo, o que você acha sobre isso? — disse enquanto aguardava algum pronunciamento da parte do jovem.

Adendos:
Armas:
— {Coldbreeze} / Arco longo [Arco longo feito de madeira de álamo, branca, e metal prateado, apesar de ser bronze sagrado. Possui vários entalhes e formas curvilíneas.] {Álamo e Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Despina]

— {Fast} / Aljava [Aljava de couro branco com entalhes prateados. Contém flechas infinitas - são comuns, de álamo e bronze sagrado, mas de acabamento fino, com penas brancas e bem equilibradas.] {Couro e bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Despina]

— {Winter} Espada longa [Espada de 90 cm, com a lâmina medindo cerca de 75 cm. A lâmina é prateada e seu cabo é esbranquiçado, feito de álamo e revestido de seda branca, com entalhes prata. Sobre a lâmina há um escrito "O Inverno está chegando" — significa o poderio da espada. Transforma-se em um anel com a mesma inscrição no nível 20.] {Álamo, seda e bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Despina

Poderes:
Ativos:
Não usando ainda;
Passivos:
Não usando ainda;
Misty Vanderbilt
Misty Vanderbilt
Filhos de NyxAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
102

Localização :
Anyone knows.

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: Grupo 3 - Externo

Mensagem por Oliver H. Greyback em Qui 07 Abr 2016, 19:37


Les Revenants
Contatos imediatos
Ainda que nos últimos tempos o acampamento estivesse agitado, a maior parte dos semideuses costumava treinar regularmente. Na verdade, talvez fosse justamente por causa desses incidentes que ocorreram há meses que devêssemos treinar mais, afinal ataques ao acampamento e os boatos sobre uma organização por trás disso não poderiam trazer mais do que receio e cautela para todos os que residiam no local.

Baixei o arco assim que a flecha partiu em direção ao alvo, observando o projétil descrever uma leve parábola e parar no círculo central, um pouco abaixo do centro. Nada mal, mas depois de alguns anos treinando aquilo o objetivo era a perfeição - ainda mais para um alvo de curta distância, trinta metros. Peguei outra flecha após um leve suspiro, automaticamente encaixando-a na corda enquanto visualizava o percurso que a seta viria a tomar. Com o arco já erguido, foi apenas necessário apontar na direção correta e o baque do alvo sendo ferido foi escutado.

Dessa vez, alguns centímetros acima do olho do touro. Olhei para o relógio que apontava pouco além das quatro da tarde. Já fazia quase duas horas que eu estava ali, então decido que já era suficiente para que fosse tirar um descanso. E teria ido direto para o chalé se não fosse a frase solta que entreouvi no caminho, ainda nas proximidades da arena. "Então KATCHAU do nada o cara reviveu. Nenhum curandeiro acreditou."

Como monitor, era interessante que eu soubesse de tudo que ocorria dentro do acampamento. Mais do que isso, informações podem fazer total diferença em qualquer situação e eu obviamente não queria ficar por fora do que acontecia. Como eles conversavam parados, derrubei minha aljava no chão e comecei a lentamente pegar as flechas e coloca-lás de volta no estojo: não que eu precisasse delas, outras apareceriam depois, mas simplesmente para passar algum tempo a uma boa distância deles. Perto o suficiente para ouvir os cochichos, mesmo que sem muita clareza mais longe o bastante para que parecesse puro acaso.

"Sério Bryan. Já tinham desistido. O menino tava morto mesmo, o coração parou de bater e tudo mais. Um minuto depois, sem mais nem menos o coração voltou a bater. Assim que..." A pausa me fez levantar a cabeça e percebi que o semideus que falava estava olhando para mim por cima do ombro de seu companheiro.

- Que foi? Perdeu o cu na minha cara? - Talvez ele tivesse percebido que eu era o monitor de Despina, ou qualquer outra coisa se passou na cabeça dele. O que aconteceu é que ele não reagiu à provocação, apenas voltando a caminhar junto do outro garoto. Juntei as flechas restantes de uma vez e coloquei a aljava de volta sobre o ombro. Aquilo me deixou muito intrigado, afinal, não era todo dia que pessoas ressuscitavam. Com certeza havia a mão dos deuses em algo do tipo. Determinado em continuar meu projeto de investigação, já sabia aonde deveria ir: as enfermarias.

--§--

Chegando lá, fui conversar com o primeiro iátrico em serviço que encontraria. Obviamente, era quem fazia o fichamento na entrada da enfermaria central e rabiscava alguns papéis sobre a escrivaninha. Assim que levantou a cabeça para falar comigo, percebi que já a havia visto algumas vezes. Seu nome era Jane.

- Boa tarde, Sr. Greyback. Em que posso ajudar? - Disse a moça loira, esboçando um leve sorriso.

- Pode me chamar de Oliver, Jane. Eu gostaria de informações a respeito do estado daquele garoto que reviveu. - Seu semblante se fechou rápida e severamente.

- Não temos permissão para comentar esses casos de hoje.

- Esses? Então tem mais de um. Interessante. Porque pessoas estariam ressuscitando assim do nada? É possível que tenham voltado a vida depois de ver seu rostinho lindo, não é?

Sua expressão se amenizou a ponto de apresentar um risinho de timidez e as faces adquirirem uma coloração mais rosada. "Não, vários semideuses saíram dos braços de Macária, inclusive fora do Camp. Mas isso é tudo que eu vou te dizer, Oliver." E voltou a atenção para os papéis, parecendo mais séria do que nunca. "Deixe-me terminar meu trabalho aqui."

- Tudo bem, docinho. É mais do que suficiente.

Voltei para o chalé para tomar um banho ao perceber como estava suado. Passei todo o tempo que caminhei e que me banhei pensando nesse mistério que pairava não só sobre o Camp, mas qualquer semideus. No chalé esse era o único assunto, e parece que pelo acampamento todo não se falava de outra coisa, o que é compreensível. Só passei a saber de um caso específico fora do Camp, com especulações que teria ocorrido em 7 estados e 2 países diferentes. Nada muito útil, mas tirei uma conclusão sozinho: Jane só poderia saber que esses casos existissem se alguém tivesse voltado com as notícias.

--§--

Era atrás dessa pessoa que eu estava agora, com a ajuda de Lilith, minha tigresa de estimação. Ela teria falado com os servos de Asclépio e também com Quíron, presumi. Mas agora, no início da noite ela poderia estar fazendo qualquer coisa. Se fosse eu quem tivesse descoberto, iria querer distância de interações para evitar que alguém notasse quem tinha descoberto. Assim sendo, fui andando na direção contrária aos chalés e o refeitório, e de fato, encontrei alguém. Infelizmente, não era quem eu esperava.

Não fazia mais do que alguns segundos que Lilith me avisara da presença da garota, antes que eu a notasse. Apenas continuei seguindo meu caminho, talvez ela nem se importasse com a minha presença e assim não me atrapalhasse. Entretanto, a garota estava mais distraída do que pensei e nos esbarramos antes que eu pudesse desviar.

Assim que voltou sua fronte a mim, a reconheci do chalé. Não lembrava seu nome, mas o que me chamou a atenção foi o modo como ela reagiu.

- Como eu estaria te seguindo se estou indo na direção totalmente contrária? Tenho certeza que deve estar fazendo algo no mínimo suspeito para andar com todo esse receio.

Pelo lado bom, ela não relutou em me contar que estava em busca de mais informações sobre tudo aquilo que aconteceu e revelar o que já sabia. Pelo lado ruim, ela percebera que era exatamente aquilo que eu ia fazer. Já considerando a opção de trabalharmos juntos, achei justo que eu também contasse o que era de meu conhecimento - não muito mais do que ela já sabia - porém, uma de suas impressões me fez pensar em alguma coisa. Será que é uma nova deusa? A informação surgiu em minha memória, como duas peças de um quebra-cabeças se encaixando.

- Macária.

A deusa da boa morte, sobre quem Jane havia comentado mais cedo. Fazia sentido que fosse ela, apresentando seus filhos ao mundo.

- Talvez em pouco tempo tenhamos que abrir um novo chalé. Esses são tempos bem estranhos para o CHB, não acha? - Falei, mais para mim do que para minha irmã, bastante pensativo.

info:
armas utilizadas:
Nenhuma.
poderes utilizados:
poderes passivos:
Nível 1
{Perícia com armas à distância - Arcos }Esses semideuses usam bem armas à distância, em especial arcos. É uma habilidade natural, mas não indica domínio completo, apenas uma facilidade de aprendizado - tampouco interfere nos ataques de forma relevante - ainda será passível de erro, não acerta ataques de forma automática, além de estar limitado às habilidades da própria arma. É um poder evolutivo - quanto maior o treino e o nível, maior a perícia, se comparado a um irmão ou outro usuários desse tipo de arma que possua menos experiência ou mesmo a alguém de mesmo nível sem a perícia.

Nível 4
{Passos silenciosos} O corpo do semideus é naturalmente programado para ambientes frios, portanto, seus passos são mais silenciosos em tais condições. Na neve ou gelo, seus passos não podem ser ouvidos a menos por ouvidos sensíveis/ treinados, e em ambientes comuns eles tem 50% de chance a menos de serem detectados pelos sons. Eles também andam com deslocamento normal sobre neve ou gelo, a menos que outros efeitos mágicos estejam presentes, influenciando isso.

Nível 18
{Caçador das neves II} No frio o vento produz sons mais altos que o normal, sua audição porém é melhor do que isso, podendo escutar coisas a distância mais facilmente. Sua audição tem o triplo do alcance que a de um humano normal. Isso facilita - mas não garante - a percepção da aproximação de inimigos. Em caso de oponentes com passos silenciosos, pode não fazer efeito, dependendo de quem tem o nível mais alto.[Modificado]
poderes ativos:
Nenhum.
mascote:
--> Lilith ~~~ Lilith é rápida e ágil, capaz de grandes saltos e atingir velocidades relativamente altas. É grande e forte o suficiente para ser montada, além de ter a habilidade de se transmutar em uma pequena gata quando lhe convém. Seus pelos lhe garantem uma camuflagem em ambientes próprios, e suas garras e presas, como a de qualquer outro tigre, são afiadas e resistentes.
♦ Thanks, Andy 'O' ♦
Oliver H. Greyback
Oliver H. Greyback
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
685

Localização :
Purgatório

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grupo 3 - Externo

Mensagem por 139-ExStaff em Seg 11 Abr 2016, 01:12


Les Revenants



Contatos imediatos

Observações do turno:
Oliver e Rosemarie

Comentário sobre o turno anterior: Juro que não entendi o propósito de postarem dentro do Acampamento. Ambos se inscreveram como "externos" (lembrando que foi especificado na descrição que isso determinaria o local de início do evento, mas que em ambos os casos exigira movimentação dos personagens em turnos seguintes) e o plot era livre para ser adaptado em qualquer cidade, então realmente não fez sentido. Tenham mais cuidado nos turnos seguintes e tirem dúvidas caso considerem alguma orientação vaga, evitando descontos futuros (porque sim, isso fugiu do cenário e descontará em coerência).

Mikhail

Em alguns momentos ficou um pouco confusa a narrativa - entendível sim, mas vaga. Compreensível pelo plot, mas observações e afins sempre são bem vindas.



Orientações e pontos grupo de Busca


♦ De alguma maneira vocês resolver ir atrás dessas pistas e de outros revenantes, saindo do local em que se encontram;
♦ Podem andar juntos ou não, mas se reunirão ao final;
♦ Ao menos 2 pistas, encontrando algum obstáculo/ contratempo no trajeto/ pesquisa;
♦ O local (externo, please) fica à escolha de vocês, mas ainda não encontrarão Mikhail (mas deve ser próximo o suficiente para um encontro futuro)


Orientações e pontos Mikhail

♦ Desenvolva o evento de "gancho" do turno anterior;
♦ Tenha algum contra-tempo/ obstáculo no processo;
♦ Decida para onde seguir, descrevendo a preparação e transporte utilizados;


Para ambos os grupos


Devem direcionar seus personagens para pontos próximos mas sem se unirem - uma mesma cidade, por exemplo, mas não o mesmo bairro, e deixar claro qual o local/ cenário em questão.


Para ambos os grupos


Até a 01h13 a.m. do dia 18/ 04


Tks Maay from TPO
139-ExStaff
139-ExStaff
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1422

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grupo 3 - Externo

Mensagem por Misty Vanderbilt em Sab 16 Abr 2016, 15:45

Les Revenants

••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••


Rosemarie estava tentando formar a sua vidinha miserável longe de tudo e todos as coisas iam de mal a pior para poder encontrar a que Oliver considerava ser Macária que retornou por seus filhos. A prole de Despina decidiu que iria procurar por outras pistas sozinha, pois assim seria melhor separando-se, só encontraria tudo mais rapidamente.

Após sair do acampamento, Rose decidiu pegar um táxi e ir para Boston, ela sabia que por lá poderia encontrar alguma coisa que ajudasse em sua expedição em busca destes fantasmas que retornaram a vida misteriosamente. – Certo, não deve estar muito longe. – retrucou enquanto adentrava ao veículo amarelado, este tinha destino para a cidade de Boston, como Rose queria.

A viagem fora cansativa e tediosa para a garota, mas nada que tirasse seu foco da missão que lhe era designada. Tudo poderia dar certo se ela segue as suas coordenadas, afinal não seria nada difícil procura-las. Rose descia do carro, observando a vista ao seu arredor. Era tudo muito límpido e perfeito, poderia morar ali se quisesse, mas o acampamento era a sua segunda casa, fora a de seus pais.

A moçoila circundava pela cidade, perguntando coisas aos moradores, mas nada era encontrado. – Poxa vida, está realmente difícil de encontrar pistas sobre isso, Oliver deveria ter vindo comigo, como fui tola de ignorar a sua companhia? – se lamentava Rose enquanto voltava a sua caminhada a procura de pistas relevantes.

Não demorou alguns minutos para que ela encontrasse algo muito intrigante, avistou alguém fazendo coisas erradas, mas que ela conhecia muito bem o que era. Só poderia ser um semideus que estava ali, mas por quais motivos? A jovem decidiu aproximar-se para conhece-lo melhor, talvez obtivesse as informações que ela precisava.

A loira estava andando a passos lentos, sem fazer qualquer tipo de barulho que pudesse faze-lo escapar dela. Não demorou muito para que ele percebesse a presença estranha de Rosemarie. – Quem é você e porque está vindo ao meu encontro? Já vou logo avisando que sou um mendigo, não tenho dinheiro, se é o que está procurando comigo. – balbuciou assustado, mas Rose logo parou para observa-lo.  – Não quero seu dinheiro, apenas quero que você me responda algumas perguntas, está disposto a responde-las? – brandiu sorrindo. O moçoilo confirmou com a cabeça.

Rose perguntava para ele sobre os ocorridos no acampamento, ele se fazia de desentendido, até que decidiu fazer algo que irritou Rose. Fugiu da vista da garota que agora estava atrás do bendito, este estava fazendo um jogo de gato e rato com ela. – Saia de onde estiver, não há como escapar, irei lhe encontrar e você irá me dizer tudo o que sabe, está me entendendo garoto? – brandiu irritada, Rose apontou suas mãos para o alto, fazendo um pouco de gelo, mas não obteve resposta por parte do garoto.

Enquanto isso o garoto estava apenas tirando sarro da cara da jovem, encontrava-se em cima de uma árvore que Rose não teve a capacidade para olhar. – Está procurando por mim, querida? Vi que é uma semideusa, prole de Despina, não? – questionou enquanto Rose corria ao seu encontro, fazendo gelo ir até as pernas do garoto, congelando-o e derrubando o mesmo no chão. A queda foi grave, o garoto jorrava de dor. – Isso é para aprender a não jogar comigo, garoto. Sou mais velha do que você, agora quero respostas... – disse com um sorriso vitorioso em seu semblante.

Rose perguntava sobre as coisas sobrenaturais que ocorriam no acampamento, sobre os fantasmas que estavam voltando a vida e sobre a relação disso tudo com Macária, seria real? – Como sabe que é Macária que retornou? – perguntou desconfiado, Rose sorriu ao arrancar uma confissão do jovem. – Ótimo, então minhas desconfianças estavam corretas, Macária está retornando a vida, onde ela está? – balbuciou curiosa, o jovem não respondeu mais.

A prole de Despina então decidiu telefonar para Oliver para ver se ele havia descoberto alguma coisa interessante, visto que Rose apenas conseguiu a informação de que era mesmo Macária que retornou a vida. Talvez o rapaz estivesse com mais sorte do que Rose teve. Por fim a herdeira dos Hathaway despediu-se do rapaz e começou a caminhar pelas ruas da cidade, quem sabe não encontrava mais informações por lá.
Adendos:
Armas:
— {Coldbreeze} / Arco longo [Arco longo feito de madeira de álamo, branca, e metal prateado, apesar de ser bronze sagrado. Possui vários entalhes e formas curvilíneas.] {Álamo e Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Despina]

— {Fast} / Aljava [Aljava de couro branco com entalhes prateados. Contém flechas infinitas - são comuns, de álamo e bronze sagrado, mas de acabamento fino, com penas brancas e bem equilibradas.] {Couro e bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Despina]

— {Winter} Espada longa [Espada de 90 cm, com a lâmina medindo cerca de 75 cm. A lâmina é prateada e seu cabo é esbranquiçado, feito de álamo e revestido de seda branca, com entalhes prata. Sobre a lâmina há um escrito "O Inverno está chegando" — significa o poderio da espada. Transforma-se em um anel com a mesma inscrição no nível 20.] {Álamo, seda e bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Despina

Poderes:
Ativos:
Não usando ainda;
Passivos:
Não usando ainda;
Misty Vanderbilt
Misty Vanderbilt
Filhos de NyxAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
102

Localização :
Anyone knows.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grupo 3 - Externo

Mensagem por Oliver H. Greyback em Seg 18 Abr 2016, 00:57


Les Revenants
Contatos imediatos II
Procurar por mais pistas era a única coisa que eu podia fazer no momento. E dentro do acampamento não havia muito mais o que saber, então decidi procurar fora. Da mesma forma que Rosemarie, mas nós dois preferíamos trabalhar separadamente, de forma que não fomos juntos.

Pegando um táxi na ilha, decidi ir para o subúrbio da cidade. É sempre nesses lugares que se pega os melhores boatos, como eu já pudera verificar algumas vezes.  Levei Lilith comigo, por precaução. Ela não pareceria nada além de uma gata me seguindo. Peço para o táxi parar assim que vejo uma banca, e logo que saio do veículo compro o jornal do dia. Após caminhar por alguns minutos, folheando-o sob a luz da lua e dos postes intermitentes, encontro um artigo pequeno sobre o que está acontecendo. Casos de pessoas voltando à vida em hospitais, mas como não passava de certos "casos estranhos" não havia muito espaço nem informações mais específicas. Não conseguiram contato com nenhum envolvido.

Basicamente inútil, mas pelo menos dava pra saber que um dos casos foi ali mesmo, em NY. Eu mesmo estaria cético acerca disso tudo, se não fosse por fazer parte do mundo mitológico. Dessa forma, prossegui para o meu real objetivo: um pub que fica na esquina de dois becos estreitos, onde se poderia encontrar todo o tipo de criminosos, de meros batedores de carteira até chefes de máfia. Não é de se impressionar a quantidade de informações diferentes que é possível encontrar lá.

A carteira e o celular já estavam no bolso interno do paletó, por segurança. Assim que entrei, foi possível notar a mudança na atmosfera: Em primeiro lugar, a fumaça dos cigarros e em segundo a animação do local, destoando do suspense das ruas no arredor, com poucos e suspeitos transeuntes. Andei diretamente para o balcão, tentando não olhar para nenhum rosto ao meu redor, afinal ninguém ali me conhecia. Talvez de vista alguns se lembrassem, mas só poderia confiar que o dono do local, e também o único funcionário além do cozinheiro, me reconheceria das vezes que eu já havia ido ali.

Peço um copo de rum puro e me aproximo de outro rapaz no balcão. Como ele não conversava com ninguém, é provável que não relutasse em compartilhar alguma conversa comigo. Ele com certeza já havia tomado alguns drinks, o que notei pelo modo que falava. Melhor para mim.

Após uns bons minutos de conversa entre uma e outra dose, para ganhar pelo menos um pouco de sua confiança, comecei a falar sobre o assunto que de fato me importava, os tais revenantes. Ele infelizmente não sabia nada a respeito, ou então não queria me contar. Apenas continuei falando com ele por mais algum tempo até tentar com algum outro solitário. Precisei repetir o processo três vezes até encontrar um que compartilharia a informação comigo. Edward pareceu um pouco chocado no momento em que o perguntei, mas em seguida relatou para mim com um misto de entusiasmo e mistério sobre um estranho acontecimento dos últimos dias.

Andrew, jovem empreendedor. Dono de uma casa de sucos, era novo no bairro. Era seu primeiro empreendimento mas ele escolheu o lugar errado. Já no segundo mês não conseguiu pagar a contribuição para a firma dos Gandors. E como ele preferiu deixar o negócio aberto ao invés de simplesmente dar um jeito de pagar e ir embora quando viu que não deu certo, acabou sendo... demitido. Da vida. Abriu um sorriso após fazer essa brincadeira, voltando a falar em seguida sobre a execução do rapaz. Os encarregados juram que haviam acabado de apagá-lo quando deram as costas por um instante e ele saiu correndo da casa, pulou a janela e sumiu. Eles teriam o mesmo fim de Andrew se não fossem as pegadas de sangue que ele deixou pelo piso, e até hoje não pegaram ele de volta. Acho que nem tentarão mexer com esse tipo de coisa. Pelo menos é o que eu faria, Ollie.

Decido ir para o lugar onde ficava a casa de sucos, talvez pudesse rastrear seus familiares a partir dali e encontrar o moço. Me despeço do dono do bar e de Edward, que me ajudara, voltando para os braços do frio noturno e para a companhia de Lilith, que ficara me esperando lá fora. Não sabia o caminho exato a tomar, mas não é como se eu estivesse sem tempo.

Mal havia virado duas esquinas, quando de repente, sou atacado. Um homem musculoso pula sobre mim efetuando um mata-leão ao mesmo tempo em que coloca um pano encharcado de clorofórmio sobre minhas vias respiratórias. Fui pego totalmente de surpresa e quando percebo já estou no chão. Tudo gira ao meu redor, e ouço rugidos de Lilith enquanto ela ataca os outros dois homens que se prontificavam a amarrar meus membros.

Uma tentativa de sequestro, talvez? Que azar da minha parte. Possivelmente eles me seguiam desde que eu saíra do bar, mas por conhecerem muito melhor os caminhos locais, não notei isso. O que importava é que precisava sair da situação antes que perdesse totalmente a consciência. Me esforço para sair dos braços do homem, usando a habilidade de evasão que herdei da minha mãe. Como não queria chamar a atenção, apenas saio correndo, mesmo que um pouco tonto, e ordeno que Lilith faça o mesmo.

Provavelmente pela surpresa de seu alvo ter escapado com aquela facilidade e um tigre aparecer do nada para atacá-los, eles tenham desistido de mim. Ou talvez por notarem que eu não valia tudo aquilo. O que importa é que me deixaram em paz tão rápido quanto conseguiram me pegar, e agora eu corria loucamente para uma rua com um pouco mais de movimento, na esperança de encontrar um táxi, que felizmente não demorou. Só queria voltar para o acampamento agora.

--§--

- Sim, eu encontrei algumas coisas interessantes aqui em Nova York. Recomendo você a voltar assim que puder... Eu explico quando chegar. Até logo. - Coloco o celular de volta no bolso. - Pode me deixar no centro mesmo, amigo.

info:
armas utilizadas:
Nenhuma.
poderes utilizados:
poderes passivos:
Nível 9
{A voz do frio} Pela sua natureza, esses semideuses podem se comunicar com animais que vivem nesses ambientes livremente - não significa que eles os obedecerão, nem é garantia de que não serão hostis, e a compreensão depende da inteligência do animal. Válido apenas para espécies e variantes glaciais - um urso polar, por exemplo, mas não um urso marrom.
poderes ativos:
Nível 23
{Véu Invernal} A deusa é silenciosa, seu rastro só sendo percebido após sua passagem, sempre oculta. Com esta habilidade em uso, o semideus torna-se invisível como os ventos gélidos, e flexível como estes, podendo se esgueirar com facilidade para evitar ataques - basicamente, tornando-se capaz de passar por qualquer brecha existente (mas não se torna intangível). Ele não pode ser detectado por nenhum meio (exceto poderes específicos, e apenas caso o oponente seja de nível superior), contudo também não poderá atacar de forma alguma, sendo uma habilidade puramente para espionagem ou evasão. Dura 2 turnos por ativação. 2 usos por evento.[Antigo poder especial, modificado]
mascote:
--> Lilith ~~~ Lilith é rápida e ágil, capaz de grandes saltos e atingir velocidades relativamente altas. É grande e forte o suficiente para ser montada, além de ter a habilidade de se transmutar em uma pequena gata quando lhe convém. Seus pelos lhe garantem uma camuflagem em ambientes próprios, e suas garras e presas, como a de qualquer outro tigre, são afiadas e resistentes.
♦ Thanks, Andy 'O' ♦
Oliver H. Greyback
Oliver H. Greyback
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
685

Localização :
Purgatório

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: Grupo 3 - Externo

Mensagem por 139-ExStaff em Qui 21 Abr 2016, 23:15


Les Revenants



Contatos imediatos


Metade do evento \o/

Apenas um Ps na questão prazos e afins. Nenhuma Penalidade para Oliver e Rosemarie.

Mikhail: como explicado na MP, a postagem fora do horário ocasionará descontos, deixando com 142 de HP e MP. O turno receberá um desconto na avaliação que pode interferir no resultado final da reclamação.


Orientações e pontos grupo de Busca


♦ Uma pista começa a se mostrar verdadeira;
♦ Enquanto a seguem, despertam atenção indesejada de mortais (desenvolvam a situação e o motivo);
♦ Ao se livrar deles, voltam à busca. Em algum ponto ouvirão/ sentirão/ presenciarão algo estranho - gritos, movimentação, o que for - e encontrarão o local aonde Mikhail foi emboscado;
♦ Devem lutar com quem o mantém cativo, libertando-o, mas ainda não sair do local.


Orientações e pontos Mikhail

♦ Você continua seu caminho, através das pistas anteriores;
♦ Algum NPC acaba se mostrando prestativo, lhe indicando algo que parece certo sobre o paradeiro de sua irmã;
♦ Seguindo o NPC, você acaba emboscado - ele pode ser um monstro ou algum outro adversário, mas seja coerente aqui (e em como ele teria as informações sobre você);
♦ Você acaba ferido (justificando os danos tomados pelo atraso, em on) e preso;
♦ Tentando escapar ou não, em algum momento enfrentarão seu captor; após liberto, auxilie a batalha, se ainda estiver ocorrendo, e termine reagindo aos semideuses;


Para ambos os grupos


Combinem o local aonde Mikhail está preso e o oponente a ser enfrentado; o oponente será mais fraco, com a média de níveis entre Oliver e Rose.


Prazo


Até a 23h15 a.m. do dia 28/ 04


Tks Maay from TPO
139-ExStaff
139-ExStaff
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1422

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grupo 3 - Externo

Mensagem por Oliver H. Greyback em Qui 28 Abr 2016, 23:14


Les Revenants
Contatos imediatos III
Fiquei pensando em todas as possibilidades de como poderia descobrir mais sobre o que estava acontecendo enquanto esperava a volta de Rosemarie, porém aquela situação era demasiadamente inusitada e nenhum de nós dois, como constatei após sua chegada, tinha uma informação realmente boa. Então teríamos de usar o que tínhamos em mãos.

Apesar de não ser muita coisa, as informações que eu tinha eram as melhores e dessa forma decidimos continuar na busca do ex-dono da casa de sucos. Porém, aparecer naquela região suspeita àquela hora da noite era um risco grande. A melhor coisa que consegui pensar naquele momento foi que, se tivéssemos um meio de transporte próprio, teríamos melhores chances de dar o fora, caso algo acontecesse.

Com esse pensamento em mente, andamos para alguns quarteirões mais longe do centro. Numa esquina, um único carro para em frente ao farol vermelho e ajo rapidamente, sem pensar muito. O descuidado estava com o vidro aberto, apenas me aproximo e assopro em seu rosto. Uma camada de gelo se forma sobre o mesmo, e o homem começa a se desesperar, o que facilita meu trabalho. Colocando a mão dentro do carro, puxo o pino da porta e jogo o homem para fora assim que o carro é aberto. Eu, Rosemarie e Lilith entramos quase todos de uma vez e saímos em alta velocidade, com o sangue cheio de adrenalina.

Porém, uma das piores coisas que poderia acontecer acontece. Mal havia se passado cinco segundos que entráramos no veículo e uma sirene de polícia se faz ouvir na noite. Olhando pelo retrovisor, noto que ela está de fato atrás de nós, indicando que encostássemos. Entretanto, achei mais prudente fazer o contrário: sair em disparada, aumentando a velocidade.

Terceira. Quarta. Quinta marcha.

Passeando alucinadamente pelas periferias de Nova York, basicamente desconhecidas para mim. Felizmente consegui não entrar em nenhuma rua muito movimentada, que combinadas a minha pouca habilidade de direção fariam a possibilidade de um acidente com certeza se tornar realidade.

Não importava o que eu fizesse, os policiais estavam se aproximando do carro roubado após cerca de dez minutos. Parando para pensar, era um grande feito, mas precisávamos acabar com aquilo logo. Já não aguentava mais balançar no assento nas curvas fechadas e o suspense de ver a viatura cada vez mais perto.

Na minha mente então, surge um plano. Bem simples, mas assim são os melhores, não é mesmo? Após fazer outra de muitas curvas perpendiculares no trajeto, me concentro em criar uma camada de gelo sobre o asfalto, obviamente torcendo para que a viatura deslizasse. Assistindo pelo retrovisor, fiquei aliviado ao ver que havia sido excepcional: os policiais perderam o controle e deslizaram até bater num poste, do outro lado da rua. Não havia chance alguma daquele perseguição continuar.

Suspiro levemente, perguntando às duas se estavam bem. Continuamos seguindo por um caminho estranho e cheio de curvas, que montei com o objetivo de despistar reforços, caso houvesse. Após mais uns bons minutos, passávamos sem muita pressa, para não chamar a atenção, por uma das inúmeras alamedas desertas (o que faz sentido, devido à hora avançada) e notamos gritos abafados ao longe, no fim da rua. Umas pessoas se movimentavam, em direção a entrada de um pequeno galpão ou depósito. Não era meu objetivo interferir, até que Lilith me avisa: eram semideuses. Estaciono o carro assim que eles saem de nossas vistas e entro no depósito, com várias caixas e os dois semideuses, um amarrado e jogado num canto enquanto o outro mexia em alguma coisa que não consegui identificar.

- O que está acontecendo aqui? - Falei, tentando parecer casual. O garoto que estava levantado chegou a se assustar mais falou um ríspido "não é da sua conta" e se virou para mim empunhando uma espada. Ele partiu para cima sem pestanejar, e do mesmo modo displicente, bati o pé no chão fazendo surgir um estaca de gelo entre nós, transpassando seu corpo antes que me alcançasse.

- Você vai pagar por isso... - Foi tudo que conseguiu sair de sua boca, antes que eu tornasse minha atenção para o jovem jogado num canto. Balancei seu corpo, perguntando se ele estava bem.

info:
armas utilizadas:
Nenhuma.
poderes utilizados:
poderes passivos:
Nível 9
{A voz do frio} Pela sua natureza, esses semideuses podem se comunicar com animais que vivem nesses ambientes livremente - não significa que eles os obedecerão, nem é garantia de que não serão hostis, e a compreensão depende da inteligência do animal. Válido apenas para espécies e variantes glaciais - um urso polar, por exemplo, mas não um urso marrom.
poderes ativos:
Nível 9 {novo}
{Superfície escorregadia} O filho de Despina concentra seu poder em uma superfície, cobrindo-a com uma camada de gelo que a deixa escorregadia por 3 rodadas. Todos na área tem sua movimentação reduzida a 50%, como se estivessem lentos, devido a dificuldade de equilíbrio – a propriedade afetada por esse poder (portanto, resistências a isso podem ser aplicadas). Caso andem normalmente, existem chances muito grandes de que caiam. Pode ser usado 1 vez a cada 5 rodadas. A área inicial é de 2m², aumentando 1m² a cada 5 níveis.

Nível 20
{Estacas} O filho de Despina bate o pé no chão, fazendo com que uma estalagmite de gelo irrompa do solo. Ele define a posição dela em um raio de 15m. Mesmo se não acertar, ela permanece no terreno por 3 rodadas. Nesse nível apenas 1, ganhando uma estaca e 5 m adicionais de alcance a cada 10 níveis posteriores à aquisição do poder.[Modificado]
mascote:
--> Lilith ~~~ Lilith é rápida e ágil, capaz de grandes saltos e atingir velocidades relativamente altas. É grande e forte o suficiente para ser montada, além de ter a habilidade de se transmutar em uma pequena gata quando lhe convém. Seus pelos lhe garantem uma camuflagem em ambientes próprios, e suas garras e presas, como a de qualquer outro tigre, são afiadas e resistentes.
obs:
Lilith é um monstro mitológico então acho que faz sentido ela sentir o cheiro de semideuses. Desculpa o post ruim, fiz em cima da hora :V:
♦️ Thanks, Andy 'O' ♦️
Oliver H. Greyback
Oliver H. Greyback
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
685

Localização :
Purgatório

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grupo 3 - Externo

Mensagem por 139-ExStaff em Seg 09 Maio 2016, 00:16


Les Revenants



Contatos imediatos


Penúltimo turno.
Rosemarie e Mikhail mortos por não postagem.


Orientações e pontos grupo de Busca


♦ Considere o semideus um NPC. Ele está vivo, mas fraco, e sem condições de lutar;
♦ Vocês o libertam, mas antes de sair são cercados - 3 oponentes, do nível de vocês;
♦ Desenvolva o combate - Oliver, deve narrar pela NPC e proteger o indefinido, além de narrar a morte de Rosemarie em combate;
♦ Dê enfase na própria batalha, desenvolvendo-a de forma condizente ao seu nível;
♦ Enfatize sua reação com a perda de Rosemarie;
♦ Cuide do indefinido. Ele acorda assustado ao final do turno e sua primeira reação é tentar uma fuga - impeça sem machucá-lo e encerre iniciando o contato.


Prazo


Até a 00h16 a.m. do dia 16/ 05. Editado: Prazo ampliado em 24h devido às manutenções passadas pelo fórum, ficando para as 00h16 a.m. do dia 17/ 05.


Tks Maay from TPO
139-ExStaff
139-ExStaff
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1422

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grupo 3 - Externo

Mensagem por Oliver H. Greyback em Ter 17 Maio 2016, 00:16


Les Revenants
Contatos imediatos IIII
Ele claramente não estava bem. Estava desacordado, mas com pulso.

- Não está morto. Mas pode estar em pouco tempo, acho melhor levá-lo para o CHB. – Falei, para Rose. Após ouvir sua concordância, pego o saco de ossos nas costas com certa dificuldade. No instante em que consigo erguê-lo, pronto para me dirigir ao carro, Rose deixa escapar um gritinho assustado. Consigo ver, com a ajuda da má iluminação do local,  três vultos bloqueando nosso caminho à saída.

- Aonde pensa que vai com nossa caça? – Disse uma voz feminina entre os outros dois vultos, e só então notei algo incomum: uma de suas pernas não tinha formato humano, mas sim animalesco. A empousa deu um passo à frente e desferiu um golpe ugilizando um chicote. Fui pego de surpresa, e estaando com as mãos ocupadas em segurar o semideus inconsciente, não pude me proteger. Senti como se tivesse sido atingido por uma tira de ferro em brasa, que fez meu rosto abrir um pequeno filete de sangue e um rápido grito escapar de minha boca.

Deixei o corpo do rapaz cair ao chão, mas outro ataque já estava a caminho. Lecantei o graço instintivaente, fazendo com que a ponta do cordame atingisse minha nuca. Levei a mão ao local e desabei, a dor era unsypoertável.

Não tinha ideia  do que Rose e os outros doies estavam fazendo, mas me dei por feliz que eles também não estavam me atacando.

O fato é que eu já havia deixado a empousa atacar demais: na minha condição, mais um ataque e já era. Desse modo, entrei na mesma forma semi-etérea que havia usado para escapar dos sequestradores e, dessa vez, ajudado pela falta de luz adequada, me movi até ficara atrás da empousa, que girava paranoicamente tentando me encontrar.

Voltei a minha forma normal, ativei a braçadeira felina e segurei a mão que portava o chicote, congelando-a. Ao contrário do que havia pensado, ela não pareceu surpresa em instante algum, apenas girou, acertando um chute com sua perna metálica. Perdi o equilíbrio mas ela perdeu junto devido às nossas mãos unidas. Era seu primeiro momento de fraqueza e eu não planejava deixá-lo passar. Me concentrei o quanto pude para colocar meu plano em prática numa fração de segundo: movi as sombras de seus pés. Fazendo-a tropeçar nas próprias. Enquanto isso, quebrei o gelo que envolvia nossas mãos e não precisei fazer muito esforço para segurar o chicote que ela instintivamente havia soltado na queda. Não perdi tempo em bater o pé direito e fazer brotar uma estalagmite exatamente sob seu peito. Em um piscar de olhos, estava acabado.

Pela primeira vez desde a entrada do trio, parei para analisar a situação: de um lado, Lilith estripava um homem já morto. A maioria das pessoas é pega de surpresa quando um gato pula em sua direção mas quem aterrissa é um tigre. Do outro lado, Rosemarie duelava com outra empousa, as duas de espada. O monstro estava em clara vantagem, e minha demora em ajudar selou o destino da minha irmã. Com um movimento horizontal, a empousa atingiu Rose sob a axila esquerda, e deixou a espada presa entre as costelas da semideusa que caía. Fiz, em minha mão, um pequeno pedaço de gelo, com o formato de uma gota e lancei na empousa. Ela não teve como reagir e o impacto a transformou em algo parecido com um grande cubo de gelo.  Meus olhos começaram a lacrimejar, afinal ela havia morrido, não exclusivamente, mas também por minha causa. Poucos instantes de silencia dominaram o local até que ouvi uma movimentação. Ao me virar com o objetivo de averiguar, descobri que era o cativo, tentando fugir. Ele estava com as mãos amarradas e bastante tonto então não foi nada difícil criar um gelo que o prendesse onde estava – ao que ele cai, mas depois consegue ficar de joelhos.

- Oi meu amigo – digo em tom sério – Acho que você tem algumas explicações a dar.

info:
armas utilizadas:
Braçadeira felina [Braçadeira na forma de uma tira de couro, adornada com a juba leonina de cor castanho avermelhada. Quando ativada fornece uma leve proteção, que lembra um pouco a habilidade fornecida pelo Leão de Neméia, aumentando a resistência do portador a golpes físicos em 50% por 3 turnos. 1 vez por evento. (Nível mínimo: 07) {Material: Couro e pelo de leão) [Ganho como recompensa pelo evento "O levante"]
poderes utilizados:
poderes passivos:

poderes ativos:
Nível 19 {novo}
{Iced foot } Poder de constrição - o filho de Despina direciona um vento gelado ao inimigo, que tem seus pés congelados por 2 rodadas - ele ainda pode usar armas e poderes, mas não poderá sair do lugar até o gelo derreter - o gelo nesse nível ainda é fraco, e pode ser derretido ou quebrado com uso de fogo ou outros meios (golpes físicos demoram 3 turnos para oponentes muito mais fracos, 2 para oponentes com margem de até 5 níveis ou 1 para oponentes acima disso). 1 vez a cada 5 rodadas.

Nível 20
{Estacas} O filho de Despina bate o pé no chão, fazendo com que uma estalagmite de gelo irrompa do solo. Ele define a posição dela em um raio de 15m. Mesmo se não acertar, ela permanece no terreno por 3 rodadas. Nesse nível apenas 1, ganhando uma estaca e 5 m adicionais de alcance a cada 10 níveis posteriores à aquisição do poder.[Modificado]

Nível 23
{Véu Invernal} A deusa é silenciosa, seu rastro só sendo percebido após sua passagem, sempre oculta. Com esta habilidade em uso, o semideus torna-se invisível como os ventos gélidos, e flexível como estes, podendo se esgueirar com facilidade para evitar ataques - basicamente, tornando-se capaz de passar por qualquer brecha existente (mas não se torna intangível). Ele não pode ser detectado por nenhum meio (exceto poderes específicos, e apenas caso o oponente seja de nível superior), contudo também não poderá atacar de forma alguma, sendo uma habilidade puramente para espionagem ou evasão. Dura 2 turnos por ativação. 2 usos por evento.[Antigo poder especial, modificado]

Nível 31
{Lágrimas de gelo} Este poder consiste em criar pequenos cristais de gelo que demoram um dia todo para derreter, mesmo com calor presente. Qual sua utilidade? Se o cristal for quebrado, ele explode, causando dano por gelo em tudo a sua volta (1 metro radiano). O semideus pode escolher quando um cristal explode somente se concentrando. Pode ser usado como um tipo de ataque à distância uma vez por turno até que os cristais acabem. O lado negativo é que eles podem se quebrar se o portador sofrer um dano grande (20% ou mais de seu HP atual em um único golpe), acabando por ferir a si próprio com o impacto. 1 cristal nesse nível, e mais um a cada 10 níveis superiores àquele em que adquire o poder - válido tanto para criar quanto para armazenar.[Idealizado por Katherine B. Angelline][Modificado]

mascote:
--> Lilith ~~~ Lilith é rápida e ágil, capaz de grandes saltos e atingir velocidades relativamente altas. É grande e forte o suficiente para ser montada, além de ter a habilidade de se transmutar em uma pequena gata quando lhe convém. Seus pelos lhe garantem uma camuflagem em ambientes próprios, e suas garras e presas, como a de qualquer outro tigre, são afiadas e resistentes.
obs:
Lilith é um monstro mitológico então acho que faz sentido ela sentir o cheiro de semideuses. Desculpa o post ruim, fiz em cima da hora :V:
♦️ Thanks, Andy 'O' ♦️
Oliver H. Greyback
Oliver H. Greyback
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
685

Localização :
Purgatório

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grupo 3 - Externo

Mensagem por 139-ExStaff em Sab 21 Maio 2016, 18:17


Les Revenants



Contatos imediatos


Último turno.
Rosemarie e Mikhail mortos por não postagem.
Oliver: Desconto de 580 MP até o momento. Descontos de HP serão computados todos ao final, de acordo com análise detalhada das ações.


Orientações e pontos grupo de Busca


♦ Interaja com o NPC - detalhe se ele sabe ou não ser um semideus;
♦ Decida os rumos da ação, mas deve guiá-lo pelo mundo mitológico: mesmo que ele já saiba o que é, caberá a você orientá-lo sobre as possibilidades e cuidados;
♦ Você decide se falará sobre o Acampamento, levando-o ou não ao local, ou se apenas o orientará de forma geral (o que implica que ele o seguirá, você querendo ou não, pelos próximos 2 ou 3 dias) - mas deve explicitar o por quê de suas ações e detalhar isso;
♦ Desenvolva a relação com o NPC - caso o leve ao camp, descreva a viagem e, ao chegar lá, ele será reclamado; caso não o leve, confronte-o por estar te stalkeando e, após mais algum incidente, narre a reclamação;
♦ Enfatize sua reação com a reclamação do indefinido e dê um final coerente - seja deixar ele no Acampamento, seja manter contato com ele nas ruas.



Prazo


Até a 18h18 do dia 28/ 05.


Tks Maay from TPO
139-ExStaff
139-ExStaff
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1422

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grupo 3 - Externo

Mensagem por Oliver H. Greyback em Sab 28 Maio 2016, 18:18


Les Revenants
Contatos imediatos IIII
- Q-quem é você? – Ele pergunta, com a voz trêmula.

- Oliver. Prazer. Talvez você queira dizer como veio parar aqui?

- Sou Andrew. Esses monstros me trouxeram. Não me lembro muito bem quando, nem onde... Só sei que tentei escapar e no final das contas fui salvo por vocês dois.

- De nada. – Falei, secamente. Enquanto isso, ele voltou o olhar para o corpo de Rosemarie e o silêncio dominou o local por alguns instantes. Quando começou a me incomodar, fiz a ele uma proposição: Para onde vai agora? Acho que posso te levar até o acampamento.

- É exatamente para lá que meus pais me disseram para ir... – Pela primeira vez pude notar que seu rosto exibia uma leve feição de felicidade e surpresa. Ele aparentava não ter mais de treze anos e passava longe de uma figura atlética. – Lá é bom?

- Claro que é. Você vai aprender a ser um verdadeiro semideus. A lidar com monstros como esses que te pegaram, e muitas outras coisas. Não é nada fácil, o acampamento é o único lugar seguro que você vai encontrar, e nem ele é tão seguro assim.

O conduzi até o carro, notando que agora o céu estava ainda mais escuro. Faltavam poucas horas para o amanhecer, e provavelmente chegaríamos antes da luz do sol. Assim que entramos na estrada, lembrei que ainda não tinha feito uma pergunta muito importante:

- Então, Andrew. Sabe quem é seu pai ou mãe olimpiano?

- Não... Sei que é mãe, porque meu pai se casou com outra depois que eu nasci. Mas qual das deusas é, não faço ideia.

- Nem tem alguma pista?

- A única coisa que aconteceu comigo foi eu reviver... – Como se não fosse interessante o bastante, pensei. Ele era um dos que eu procurava! – Foi muito complicado para mim entender na hora, mas agora que vi vocês já não me sinto um sozinho no mundo.

Eu, ainda meio abalado com a descoberta apenas pedi para que ele descansasse. Quando chegássemos ao acampamento a situação haveria de ser mais bem estudada.

--§--

Vamos lá Andrew. Chegamos. Como eu previra, ainda estava totalmente escuro no local, tanto é quem foi um pouco difícil encontrar a entrada do CHB. É aqui que começa sua nova vida, rapaz.

Enquanto eu o conduzia em direção ao chalé 11 onde ficam os indefinidos, ele parou e disse:

- Estou sentindo uma sensação estranha...

- Olhe! – O interrompi sem cerimônia. Sobre sua cabeça aparecia um símbolo levemente brilhante, parecendo um rosto. E uma voz que parecia vir de lugar algum falou, suavemente:

- Eu, Macária, o reclamo como meu filho!

Senti que fazia parte de um momento muito importante. A deusa surgira.


info:
armas utilizadas:
Nenhuma
poderes utilizados:
poderes passivos:
Nenhum
poderes ativos:
Nenhum
mascote:
--> Lilith ~~~ Lilith é rápida e ágil, capaz de grandes saltos e atingir velocidades relativamente altas. É grande e forte o suficiente para ser montada, além de ter a habilidade de se transmutar em uma pequena gata quando lhe convém. Seus pelos lhe garantem uma camuflagem em ambientes próprios, e suas garras e presas, como a de qualquer outro tigre, são afiadas e resistentes.
♦ Thanks, Andy 'O' ♦
Oliver H. Greyback
Oliver H. Greyback
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
685

Localização :
Purgatório

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grupo 3 - Externo

Mensagem por 139-ExStaff em Qua 08 Jun 2016, 11:36


Les Revenants



Contatos imediatos - Avaliação


Eu realmente lamento a morte de dois dos participantes - nunca é nossa intenção que isso ocorra. Lamento também parte da demora e uma certa falta de jeito ao narrar - ando meio enferrujada. No mais, agradeço a participação, e espero que não só não desistam dos eventos, como venham a participar dos que serão organizados no futuro.

Obrigada, de verdade!

Turno 1


A questão principal aqui foi a coerência com o cenário: como dito no tópico de inscrição, tanto interno quanto externo deveriam sair do seu local de origem, mas para internos, esse local seria o Acampamento e para externos o local/ cidade aonde se encontravam, mais aleatório - e tanto você quanto a Rose postarm como se estivessem no camp.

Outro ponto relevante, dessa vez na parte de organização: notei que seus itens variavam a cada turno no spoiler, Oliver, pois você colocava o que utilizou no momento. Contudo, em uma missão, cabe colocar todos os itens carregados - dividindo dentro das observações ou indicando de alguma maneira o que foi ou não utilizado.

Apesar dessa mudança de cenário, a postagem foi condizente - apenas teve a pontuação afetada por isso, uma vez que alterando o cenário, alterou-se boa parte da proposta - e possuiu poucos erros (uma confusão de mais/ mas foi o mais grave, apesar de um ou outro errinho de pontuação/ acentuação menos notórios).

Outro ponto aqui: você jogou o nome de Macária na roda de imediato - e ainda que em off a gente saiba que o evento dizia respeito a ela, em on não era o caso (ainda) - isso seria pedido para chegar a conclusão depois, "juntando pistas" - mas no texto a informação foi jogada de modo direto pela NPC, e não ficou muito claro se era uma menção aleatória (lembrando que é uma deusa mais "underground" do que a maioria) ou se já era em questão ao ponto pedido.

Cr= 38 de 75
Co= 35 de 37
O&O= 12 de 15
A&O= 12 de 23

97 de 150

Descontos = nenhum


Turno 2


Aqui, ficou vaga a separação de vocês - meio "estou com preguiça, vou resumir" - no início do turno. Também não entendi bem sua localização/ deslocamento - "pegando um táxi na ilha" - uma vez que Long Island não é uma ilha propriamente dita, e nomeia toda uma região (e ainda não teria como se referir a Manhattan). Outro ponto aqui seria sobre a aparência do pet - pela descrição entendi o poder, mas na narrativa, dá a entender outra coisa (talvez uma modificação pela névoa, mas não um poder próprio).

Cuidado na narrativa - você alterna pretério e presente em certos pontos. Uma frase ficou ambigua, pois não ficou claro se o verbo foi intencionalmente usado no futuro ou não ("Acho que nem tentarão mexer com esse tipo de coisa.").

O uso do poder ficou incoerente por não citar qual brecha usaria para se esgueirar, uma vez que estava preso - e não é, como dito na descrição, um poder de intangibilidade. Outro ponto: uso do celular de forma despeocupada. O nível justifica até certo ponto, mas isso é algo do cenário e nem ao menos foi citado o mínimo de preocupação.

Também não ficou claro para quem seria o telefonema - Rose, uma vez que deveriam se encontrar novamente? Sem informações em off, alguns pontos acabaram vagos.

Cr= 65 de 75
Co= 30 de 37
O&O= 13 de 15
A&O= 20 de 23

128 de 150

Descontos: - 10 HP, - 92 MP


Turno 3


Errinhos menores (uso de "mesmo" no lugar de pronome, erro de digitação em "daquela", ao falar da perseguição); e a descrição do uso do poder para criar o gelo ignora a dificuldade do momento - você mesmo diz que possui pouca habilidade e que estava em alta velocidade, então como poderia se concentrar no poder, sem perder o foco no trajeto e o controle sobre o veículo?

Outra quesão, mais de ordem narrativa: ao término da perseguição você diz que pergunta "as duas" se estão bem - como passou um trecho longo, o ideal é retomar para o leitor quem estava com você, isso faz com que ele não fique confuso ou perca o foco.

Outro ponto, que retoma informações ditas por você mesmo, refere-se ao caminho tomado - você diz que montou um caminho confuso e cheio de curvas, mas antes havia dito que não conhecia bem o local - então, como se localizou tão facilmente a ponto inclusive de bolar este tipo de estratégia (sem entrar em nenhuma contra-mão, rua sem saída, etc)?

O combate também foi extremamente simplificado, mesmo para um oponente mais fraco, uma vez que era um dos pontos obrigatórios.

Da Lilith - supondo um tigre com olfato apurado, sentiria o cheiro de humanos, mas não sei se diferenciaria semideuses ou não - pela descrição, ela é um tigre das neves com poder de transmutação em gato/ alteração de tamanho (ou seja, um animal comum com um poder especial), mas não explana além disso - na dúvida, observação considerada, mas tenha isso em mente para eventos futuros.

Cr= 60 de 75
Co= 30 de 37
O&O= 13 de 15
A&O= 18 de 23

121 de 150

Descontos: 0 de HP, - 80 MP


Turno 4


Pequenos erros de digitação, mas frequentes, denotando falta de revisão (ugilizando/ utilizando; estaando/ estando; lecantei/ levantei; graço/ braço; instintivaente/ instintivamente; unsypoertável/ insuportável; doies/ dois; ficará/ ficar; silencia/ silêncio). Alguns trechos ficaram estranhos: "movi as sombras de seus pés. Fazendo-a tropeçar nas próprias" - isso porque o termo "próprias" parece incompleto; perceba que usar o pronome simples "nelas" deixaria a leitura melhor; próprias ficou incompleto, como se faltasse algo no sentido, fora a pontuação (que deveria ser uma vírgula, e não um ponto) que somou para a estranheza da frase.

Sem nada grave em coerência, e leves descontos em coesão pelos erros acima, que interferiram em alguns pontos.

Cr= 75 de 75
Co= 35 de 37
O&O= 11 de 15
A&O= 23 de 23

144 de 150

Descontos: -100 de HP, - 372 MP


Turno 5


Aqui, algumas coisas ficaram confusas: primeiro, o nome utilizado (o Andrew das suas pistas tinha um negócio próprio, o que dava a entender alguém bem mais velho do que treze anos, então isso "buga" um pouco - mesmo que possa ser considerado apenas coincidência); segundo, estranhei não ter tomado nenhuma providência quanto à Rosemarie (mas isso não descontará pontos) e, finalmente, o que novamente foi contra um dos pontos, foi a simplificação do turno, já que pede a narração da viagem e isso foi resumido e duas linhas (e, nesse caso, afeta a pontuação).

Cr= 55 de 75
Co= 37 de 37
O&O= 13 de 15
A&O= 18 de 23

123 de 150

Descontos: nenhum.


Descontos gerais


Oliver

- 110 HP (batalhas), - 564 MP (poderes + cansaço)


Lilith

- 30 HP (batalha), - 70 MP (transformações em diversos turnos, sendo considerado uma habilidade ativa + cansaço).


Recompensas


613xp de 750 xp = 87,57...% de rendimento + Up em Lilith pela participação relevante/ constante (ainda que o sistema de bestiário não esteja totalmente pronto/ implantado, a presença do pet foi explorada de forma satisfatória, valendo o up em "1 nível" - 10 de HP e MP). Contudo, notei que tanto a descrição de Lilith quanto seu HP/ MP está confuso. Por favor, entre em contato diretamente comigo para a reformulação da descrição e habilidades - ela será atualizada apenas após isso, tendo seu uso "congelado" até ser enquadrada no sistema de bestiário.

Oliver já atualizado!


Tks Maay from TPO
139-ExStaff
139-ExStaff
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1422

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Grupo 3 - Externo

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::