Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

— Festa de Halloween

Página 9 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 8, 9, 10, 11  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

— Festa de Halloween

Mensagem por Psiquê em Qua 26 Out 2016, 13:20

Relembrando a primeira mensagem :





trick or treat?

O Halloween é um evento tradicional e cultural, que ocorre principalmente em países de língua inglesa, mas com especial relevância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido, tendo como origem as celebrações dos antigos povos Celtas. Posto que, entre o pôr do sol do dia 31 de outubro e 1° de novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês), acredita-se que assim se deu origem ao nome atual da festa: Hallow Evening / Hallowe'en / Halloween.

E destes que foram citados, nenhum lugar do mundo celebra tão bem o Halloween quanto os Estados Unidos da América. O tradicional desfile de Greenwich Village atrai milhares de pessoas de todos os lugares do país, trajando as fantasias mais malucas, criativas e assustadoras.

Além da famosa parada da sexta avenida, também acontece uma festa privada em um clube próximo, onde todos os campistas já estão com o nome na lista por conta da organização do Acampamento. Boa comida, bebida e música são a preferência de quem pretende frequentar um local mais calmo, com decoração requintada e serviços impecáveis.






ORIENTAÇÕES GERAIS:



  • O tópico estará disponível até o dia 10/11/16, mas em on-game a festa acontece das 18h do dia 31 até a madrugada;

  • Não são permitidas lutas, tumultos, aleijamentos, mortes ou qualquer coisa do gênero;

  • Não são permitidas cenas 18+, conforme as regras encontradas neste tópico;

  • Não são permitidos posts com menos de 3 linhas, conforme dito neste tópico, nem double post;

  • A festa é atemporal, portanto vocês podem postar independente do que estejam envolvidos no resto do fórum;

  • Podem acrescentar mais descrições na festa, desde que não mude muito o cenário geral para todos;

  • É, prioritariamente, um tópico de interações livres, sem chance de ataque ou intervenção, então façam um favor a si mesmos e divirtam-se;

  • Podem postar na festa do clube, no desfile ou em ambos.

  • Lembrem-se de que a festa encontra-se num ambiente frequentado tanto por mortais quando por semideuses, portanto atentem-se ao uso de poderes e não chamem a atenção para o que não for necessário;

  • O não cumprimento das regras aqui descritas poderá acarretar em punições diversas; ainda que toda regra possua uma exceção, cada exceção será analisada individualmente e não necessariamente aceita.

  • O concurso de fantasias trará recompensas para os três melhores colocados na categoria individual e para os três melhores colocados na categoria grupo (de duas a três pessoas).

  • Todos que participarem com interações completas (apenas um post não vale, estamos de olho no migué) ganharão badge ao final do evento.



Psiquê
avatar
Administradores
Mensagens :
970

Localização :
Castelo maravilhoso do Eros

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Peter Lost em Qua 02 Nov 2016, 21:11



Halloween Party!



Mais uma vez minha fantasia foi elogiada e minhas bochechas ficaram rosadas. Eu até mesmo fiquei com pena do filho de Hestia, aos meus olhos ele parecia estar morrendo de medo de mim e eu achei aquilo, no mínimo, engraçado. Contudo, logo em seguida Rhydian se apresentou ao menino, de forma que eu fiquei feliz ao perceber que meu grupo de amigos aumentara.

Mesmo assim, ao ouvir a conversa dos dois fiquei um pouco receoso, afinal, eles queriam me levar para a tal terra do nunca ou algo assim? Fiquei imaginando que tipo de lugar seria e por que teria aquele nome engraçado. Soltei uma leve risada com aquele pensamento, tentando olhar para tudo o que acontecia naquele pequeno grupo de pessoas.

Foi então que Jhonn começou a atirar perguntas sobre nós e falar de forma agitada, o que me fez me perguntar o que mantinha aquele garoto agitado assim? Que personalidade… Interessante…

- Bem, eu já contei pro Rhydian e estava contando pra Bia… - Falei, rodando os olhos pelo recinto como se eu já estivesse cansado de me vangloriar por aquele grande feito e levantando dois dedos. - Eu cresci dois centímetros recentemente...

Adendos:
Não revisei, não irei revisar :D
Postando com o MARKI, Melzinha e Jon!
Fantasia:
Peter Lost
avatar
Filhos de Zeus
Mensagens :
250

Localização :
Lost...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Bianca H. Somerhalder em Qua 02 Nov 2016, 21:25

i'm The lunatic killer, baby

TRICK OR TREAT?

B
ianca até tentou esconder uma risada, mas ela logo se transformou em uma gargalhada. Peter parecia querer ressaltar a cada minuto que tinha crescido seus centímetros, como se fosse um espólio de guerra; quando ele falou aquilo pela terceira vez — não que ela tivesse ouvido a primeira —, a semideusa achou extremamente fofo e engraçado. Mas, tentando não demonstrar, desviou do assunto.

— Então, vocês costumam fazer amigos assim em festas? — disse, dando uma cotovelada em Jon discretamente e lançando um olhar para Rhydian. Não queria que Peter pensasse que o primeiro estava bêbado ou algo parecido com a realidade. — Acho que nunca conversei com alguém de verdade em um Halloween.

Deu uma risadinha, sabendo o verdadeiro porquê. Ocupava-se em excesso beijando bocas para fazer amizades. Mas omitiu essa parte, já que o filho de Zeus participava da conversa. Virando-se para o pequeno, fez uma cara de quem estava em dúvida sobre alguma coisa.

— O que está achando da festa, Peter? É a sua primeira?

adendos:
fantasia:
Rainha de Copas, aqui sz.
poderes:
Todos os passivos de Selene até o lvl atual.

¥



Bianca H. Somerhalder
avatar
Filhos de Selene
Mensagens :
448

Localização :
Los Angeles

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Jonas W. Harris em Qua 02 Nov 2016, 21:52


IT'S HALLOWEEN
Talvez eu estivesse esperando uma reação diferente, mas aquilo já estava de bom tamanho. Sua mão se manteve em meu quadril após o beijo no canto da minha boca, e sorri discretamente refletindo sobre como ele havia me chamado. Olhei para o balcão, onde os tacos estavam nos esperando, mas senti um leve embrulho no estomago e não seria uma boa ideia comer.
― É, acho que você disse que estava com fome né? E eu preciso ir ao banheiro, então... já volto. ― Me levantei um pouco de súbito, crendo que possa ter talvez assustado o garoto, mas realmente estava apressado. Adentrei o toilette as pressas, parando na primeira entrada e me ajoelhando a frente do vaso. Em questão de segundos eu estava a colocar tudo para fora, desde o drink que bebi alguns instantes antes, até coisas que nem lembrava de ter comido. Eu não vomitava com frequência, aquilo só poderia ser mais truques. “Me deixe em paz!” pensei, porém, não verbalizei, ou me teriam como um drogado que falava sozinho no banheiro.
Senti meu estomago melhorar, e caminhei até a pia, onde lavei minhas mãos e boca. Em seguida retirei um pacote de chiclete de canela do meu bolso, descascando um deles e levando a boca, na tentativa de bloquear ou pelo menos amenizar aquele hálito. Sequei as mãos com um pedaço de papel; até tentei utilizar a calça, mas o couro não ajudou. Saí do local, voltando para a festa, desta vez vendo vários rostos conhecidos que não tinha reparado antes, mas não eram do meu interesse. Sentei novamente no banquinho ao lado de Lokesh, e como em um gesto rotineiro, coloquei minha mão direita sobre sua coxa esquerda, e sorri para o garoto.
― Está gostando dos tacos?

Post 07#
With: Lokesh Targaryen#
Sem armas#
Drink: Nenhum, por hora#

☥:
Mascára / Roupa / Asas. E sim, estou sem camisa.

Jonas W. Harris
avatar
Filhos de Ares
Mensagens :
566

Localização :
Into the Badlands

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Denn P. Garfield em Qua 02 Nov 2016, 21:54




Halloween Party!  
They send me away to find them a fortune; A chest filled with diamonds and gold; The house was awake; The shadows and monsters; The hallways they echoed and groaned
___________________________________________________________________
Pela primeira vez naquela noite, Denn sentiu que cruzou uma linha; não uma linha física, mas sim um limite. Não um limite que quantas piadas ruins ele havia feito ou quantos copos de bebida havia ingerido. Algo realmente pior. Ayla falou a verdade sobre como o filho de Afrodite se enganará a respeito dela, mas infelizmente aquele erro não fora cometido apenas com a filha de Selene. O semideus tinha essa mania de criar primeiras impressões erradas sobre as pessoas, e provavelmente ele demoraria a concertar esse defeito pessoal.

– Não tenho porque levar você a mal, falar a verdade nunca é errado e provavelmente nunca vai ser... – Garfield aproximou-se para que a prole de Selene pudesse ouvi-lo melhor. – Ah pelos deuses, preciso perder essa mania de rotulagem estranha e imbecil.

Antes de prosseguir para a próxima dose, Denn pode notar como o semblante e o tom da garota haviam mudado sutilmente, como se a bebida começasse a fazer menos efeito. Na tese, isso não seria um problema visto que Ayla parecia ser legal não importando o quanto de álcool havia no sangue dela.

– Olha, desculpe eu não tive a menor intenção de fazer você se sentir mal por esse assunto. – Ele não pode evitar de notar o quanto Ayla havia ficado afetada, o que realmente fez o filho de Afrodite se sentir um babaca por isso. – Eu realmente não sei nada sobre como é viver fora de alguma proteção, vivi minha vida inteira sobre a guarda do meu pai sem nem ao menos vê-lo porque ele estava sempre viajando, sempre em reuniões. Só fui perceber o quanto o ideal de lar, o ideal de proteção é algo vago na vida de todos depois que o perdi e todo o mundo que eu vivia. Entendo se estiver disposta a ir, mas se quiser ficar e esquecer-se dessa droga desse mundo em que vivemos, nem que seja por apenas alguns momentos, estarei aqui pra falar alguma outra besteira.



Denn P. Garfield
avatar
Filhos de Afrodite
Mensagens :
166

Localização :
New York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Eunice Jackson em Qua 02 Nov 2016, 22:04


i'll show you how to float down here
and all of the ghouls come out to play


Rhydian assentiu quando Jhonn falou sobre a Terra do Nunca ser um bom lugar para preservar a adorabilidade de Peter. Enquanto observada seus novos companheiros de festa, o filho de Athena terminou de comer o pudim do copinho. Ele ouviu as perguntas do filho de Héstia, mas não achou que seria bom conversar sobre assuntos assustadores na presença de Peter, uma vez que o garoto não reagira muito bem às outras brincadeiras sobre degolar cabeças.

Sem perder a oportunidade, o filho de Zeus se vangloriou, mais uma vez, de ter crescido dois centímetros. Rhydian conteve uma risada e, para disfarçar, pegou dois copos com coca-cola que estavam sobre a bandeja de um garçom que estava passando por perto. Entregou um copo a Peter e sorriu afetuosamente.

— Hã, bem... No Halloween de 2014 eu estava vestido de Edward Scissorhands, mas não falava na época, então foi um pouco difícil fazer amigos — ele sorriu levemente constrangido ao responder a pergunta de Bianca. — De qualquer forma, conheci uma semideusa que era muito divertida.  

Enquanto aguardava a resposta de Peter, Rhydian foi inundado por saudade ao se lembrar da filha de Hermes. Já tinha dois anos desde a última vez que a vira. Aonde ela estava? O que estaria fazendo? Ele balançou a cabeça, tentando afastar os pensamentos, e então voltou sua atenção para Jhonn.

— O Peter Pan gosta de voar? — e sem dar a chance para o filho de Héstia responder, ergueu uma mão, usando a telecinesia para levitar Jhonn por alguns centímetros; teve bastante cuidado para não deixá-lo bater no teto. Não se preocupou com o que os mortais poderiam ver, uma vez que tinha certeza de que a névoa se encarregaria de encobrir a anormalidade. O clube tem um teto, aye?


Não revisei e nem revisarei. Interagindo com o Lost Boy (Pedrinho <3), com a Mel 100sual e com o Jonny Walker. q

Adendos:

— Os strikes são inteiramente off, então podem ignorar. Interações são posts mais descontraídos, então vamos que vamos.
— Qualquer coisa, só chamar. Se interagir comigo e tal, dá um toque pra eu ficar ligado.
Poderes:


— Passivos —

— Se pá, considera os poderes dos filhos de Athena e os poderes dos Mênades;
— Level 12 ~ Faro Apurado ~ Conseguem distinguir a localização de substâncias que tenham álcool, ou de pessoas que estiverem alcoolizadas. A mesma coisa vale para substâncias retentoras de suco de uva ou a própria fruta.

— Ativos —

— Error 404;
Itens:
๑ {Honor} Espada [Espada de bronze sagrado, que mede ao todo 90 cm, sendo 70 de lâmina e 20 de base. A base é de couro, e no final de seu cabo, está entalhada a sigla RF, as iniciais de seu dono, Rhydian. Os golpes da espada são tanto cortantes do que perfurantes, mas não se descarta esta outra utilidade da arma. Quando não utilizada, transforma-se em um anel comum, ao comando de seu dono, com a inscrição: “Guerra por guerra”. Tem a habilidade de perfurar armaduras e escudos em até 20 % de capacidade, caso de itens fortalecidos a perfuração se dará pela diferença de porcentagem.{Bronze sagrado e couro} (Nível Mínimo: 20) {Não Controla nenhum elemento}[Recebimento: The Dragon's Flame e modificado na Music and Forge] Just in case.
Fantasia:


but it's always darkest before the dawn
robei da duff / a font do título robei da cams
Eunice Jackson
avatar
Mênades
Mensagens :
456

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Astrid Fältskog Sorg em Qua 02 Nov 2016, 22:45


halloween

Desenhava círculos no copo de vidro, distraída, enquanto vozes ecoavam ao seu redor. Quando finalmente deu o último gole na água, deu o recipiente para o barman, pedindo mais uma (pretendia manter-se fiel no quesito não beber), então passou a observar o garoto ao seu lado. Sua aparência era desordenada, com os fios do cabelo estando bagunçados e a barba repleta de falhas, como se não tivesse muita certeza do que ficaria no rosto e o que seria retirado. Zeke se destoava da multidão porque, no meio de tantas fantasias incomuns e repletas de detalhes, estava sentado calmamente vestindo uma jaqueta.

E isso chamara a atenção de Astrid.

Seu olhar, no entanto, era direcionado para o vazio, e a semideusa não podia ver mais pois o garoto usava óculos. Lembrou-se de seu avô que carregava a mesma expressão e era cego. Será que…? Não, não é possível. Ou é?, pensou. Balançou a cabeça como se rejeitasse a ideia.

Só que uma fala que veio logo em seguida confirmou tudo aquilo. Bem, é claro que uma pessoa não poderia entender a fantasia das garotas, mas ainda assim, ao ver da Fältskog, aquilo era bem improvável.

— Mario Bros de saia — um riso sem graça escapou. O semideus começara a aproximar-se mais dela. Enrugou as sobrancelhas mas não se afastou; ele estava fazendo aquilo por uma razão, certo? Suspirou, encostando a cabeça na mão, o cotovelo sendo apoiado pelo balcão do bar. Não aguentava mais aquela festa. — A vontade que eu tinha era de me fantasiar de eu mesma, o que seria uma roupa preta dos pés à cabeça. Mas, infelizmente, insistiram para que eu usasse esse vestido que incomoda.

Vá à festa, eles disseram. Você vai se divertir.

adendos:
fantasia:
poderes:

PASSIVOS
{Nível 1}
— Beleza Inata: Perséfone é uma antiga rival de Afrodite, por conta de ambas serem dotadas que especial beleza. Assim, tanto quanto os filhos da deusa do amor, os meio-sangues de Perséfone são comumente descritos como lindos, embora isso ainda não tenha uma grande serventia em batalha.

{Nível 2}
— Aura Floral I: Crê-se que os filhos de Perséfone possuem um cheiro agradável, como se estivessem em constante contato com as flores. Na realidade, há uma aura sucinta ao redor dos corpos destes, embora esta possa ser contida para fins diversos.
i can’t make you stay
 
Astrid Fältskog Sorg
avatar
Filhos de Perséfone
Mensagens :
33

Localização :
in the lonely hearts

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Jhonn Stark em Qua 02 Nov 2016, 23:33


PARTY HARD


A arte de ser artista


Quis conter a risada, não se recordando de ocasiões em que expressou uma alegria tão pura quanto a de Peter naquele momento breve. Dois centímetros realmente eram muito, muito importantes. Recebeu uma cotovelada rápida de Bianca, possivelmente para que se comportasse e seguisse sem maiores constrangimentos. Quase gargalhou novamente ao ouví-la dizer que geralmente não conversava em festas.

Eu nem imagino a razão. Quis não transparecer o que sentia, ou ela iria quebrar sua cara com absoluta certeza.

Rhydian começou a falar sobre quando foi em outra daquelas festas, ressaltando alguns pontos que deixaram o curandeiro curioso. — Não falava? Tipo... Nada mesmo? Deve ter sido complicado. Mas claro, eu digo isso por falar em excesso. — Ergueu uma sobrancelha ao sentir a alteração de humor no garoto. A saudade, o desconforto. Tentou evitar se aprofundar no assunto de sua amiga.

— Bem... Geralmente eu não vou a muitas festas. — Disse, despreocupado. — Trabalhar para Asclépio toma muito tempo, e remendar as feridas do pessoal do acampamento não é lá muito simples... Mas eu gosto muito do serviço. Aliás, hoje foi um dia de folga geral, então eu decidi tentar aproveitar um pouco.

Foi aí que ouviu a última frase de Rhydian, rindo um pouco e mudando sua expressão ao notar que algo ali estava errado. — Não, pera. Você...

Era tarde demais. Estava flutuando no ar, tentando encontrar algum ponto de conforto e equilíbrio enquanto o palhaço filho da Jean Grey o observava com um sorriso no rosto. Stark bufou e revirou os olhos, aceitando o desafio. Alternava o olhar entre os três — Ah, então vai ser assim?

Bateu três vezes os sapatos que calçava, ativando a magia que os cobria e começando a pairar por si só. Os mortais ali possivelmente acreditavam que estava suspenso por algum cabo, e ele tentava não ser muito chamativo. Desceu até a altura dos colegas e cruzou as pernas, sentando-se em pleno ar. — Pode não ser pozinho mágico, mas acho que vim preparado o bastante com meus truques. Mereço alguns aplausos?

Por fim, ajeitou alguns pontos bagunçados de seu cabelo, encarando os colegas e fazendo uma reverência breve.

Adendos:
Fantasia e observações:
Peter Pan (ainda sóbrio)
♦ Poxtando com o Peterzinho, o Rhydian e a Bianca. VAMO AVACALHAR TUDO
♦ O item que tô usando são os winged sneakers, sapatinhos da Dorothy que me deixam voar de boas. Entons... Estou só pairando na frente dos coleguinhas. 'u'
Poderes:
Passivos:
Localização empática III [45] - O filho de Héstia encontra qualquer conhecido por meio dos seus sentimentos, mas é preciso que ambos estejam na mesma cidade. A habilidade pode ser contida por poderes de resistência mental e empática; portanto, semideuses que possuírem tais resistências e forem de nível igual ou superior ao filho de Héstia conseguem manter-se ocultos, mas, do contrário, não. {Novo}
Ativos:
-
LET'S PARTY!:

AS INTERAÇÃO DA VIDA TODINHA ACONTECENDO AGORA, YAY

Jhonn Stark
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
701

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Lavínia Cavendish em Qua 02 Nov 2016, 23:48




Lavínia não precisava fingir quando encontrava dois semideuses. Ela sempre, sempre sabia.

— É, eu sei. — sorriu para a garotinha, assim que ela acabou de falar. — Quer sentar com a gente?

Nem sempre conseguia controlar quando ia ouvir mentes, interceptar mensagens e fazer o controle remoto flutuar até suas mãos. Era um tanto insuportável quando seus próprios pensamentos eram invadidos por outros, e muitas vezes acabava sabendo de coisas sem querer, tipo a menina ao lado comentar que seu batom está no dente, que o cara logo atrás está encarando partes do seu corpo não muito agradáveis e que o seu próprio primo é também um semideus. Claro que pensamentos de crianças geralmente denunciavam mais facilmente.

Sentou-se e trocou de taças assim que um garçom passou ao seu lado. Agora tinha algo que parecia mais com um espumante em mãos, mas realmente não se importava com a procedência. Deu mais uma olhada ao redor, buscando alguma face conhecida dentre as dezenas que estavam na festa, mas não encontrou o que buscava.

— Eu posso contar meus segredinhos mais tarde. Agora é hora de diversão. — respondeu ao comentário de Brandon, antes de virar o resto do líquido direto em sua boca.


Observações:
Poderes:

Poder de sedução natural da lavs
Lavínia Cavendish
avatar
Líder dos Mentalistas
Mensagens :
442

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Lokesh Targaryen em Qui 03 Nov 2016, 00:40


Halloween

♦ O dragão enrola ♦

Manhattan, New York.

Jonas fuzilou nossa comida com os olhos, depois proferiu palavras vagas e saiu, apressado. Não sabia o que estava acontecendo, mas era estranho, jamais vira alguém mudar de comportamento tão rapidamente assim. Por fim, decidi que ele deveria ter seus motivos. Deixei os pensamentos para trás e ataquei o prato, comendo os tacos com voracidade. Senti a crocância da massa sob os dentes, assim como os inúmeros temperos para tentar disfarçar o gosto da carne mal passada. Pelo menos o bacon estava no ponto, se destacando no sabor.

Havia colocado o outro prato no banco ao meu lado, para evitar que sentassem ali, mas ainda assim um bêbado qualquer ignorou o aviso e se lambuzou. Pedaços de porcelana voaram para todos os lados quando se chocou contra o chão, espalhando o restante de carne e taco pelo chão. Minha raiva subiu até ao pescoço, mas o homem se afastou tão rápido quanto surgiu, cambaleando pelo salão, se apoiando em tudo o que aparecia por sua frente, inclusive pessoas. Uma mulher pareceu brotar da escuridão, segurando um pano de um lado e um pequeno borrifador do outro, além de um sorriso no rosto, parecendo uma máquina de limpeza.

Quando meu companheiro chegou tudo já estava limpo e seco, com um aroma de flores no ar. Ele se acomodou e pousou uma mão em minha coxa, criando uma alegria em meu interior que lutei para não transparecer. Quando o olhei, seu rosto tinha uma expressão sofrida, mas sua boca estava aberta, revelando seus dentes. Levei o copo de suco aos lábios, bebendo mais um pouco da polpa de uva, tirando o gosto e odor de carne.

— Estava bom. — Não era a melhor coisa que já tinha comido, mas não podia negar que me satisfez. Se um dia ele fosse para casa comigo, certamente o faria experimentar o elefante assado que Manclen fazia com rabanetes e cebola. Jamais tinha experimentado coisa tão saborosa em toda minha vida. — O que faremos agora? Você é meu guia por aqui. — Desci a mão esquerda, encontrando com a sua direita e entrelaçando meus dedos nos seus. Um sorriso enfeitou meu rosto, o incentivando.

Extra:

♦ Créditos parciais: Andy & Oliver ♦
Lokesh Targaryen
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
37

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Isobel em Qui 03 Nov 2016, 01:09



Halloween


Isobel se sentiu realmente agradecida pelo convite de Sasuke.

Em silêncio, a dríade continuou vendo o final do primeiro desfile, e para sua surpresa e para a surpresa de muitos também. As pessoas no palco começaram a chamar pessoas que estavam na platéia, para que pudessem desfilar suas fantasias também. E uma dessas pessoas a serem chamadas, era a própria Isobel. Meio envergonhada no início, ela se negou a subir no palco, mas com mais uma insistência ela subiu e torceu para que sua máscara escondesse sua vergonha.

No palco, eles comentaram sobre o brilho das asas de sua fantasia e perguntaram pra ela onde ela conseguira uma fantasia tão diferente. Ela respondeu que ela mesmo fez, com a ajuda de alguns amigos. Eles agradeceram e depois, fora do microfone pediram o número de um tal de celular, ela disse que não sabia isso. Então ela desceu do palco e perguntou ao Sasuke:

— O que é celular? 

Fantasia:
thanks juuub's @ cp!  
Isobel
avatar
Líder das Dríades
Mensagens :
125

Localização :
Floresta

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Peter Lost em Qui 03 Nov 2016, 01:25



Halloween Party!



Todos pareceram entender a piada interna quando a garota disse que ia nas festas e não conversava com ninguém. Eu sabia que Rhydian havia ficado mudo por uma parte da sua vida, mas não podia entender o porque dos demais semideuses também entenderem o que Bianca queria dizer. Voltei-me para a garota com certa dúvida no rosto.

- Sim, essa é a minha primeira festa! - Sorri com a boca suja de chocolate - Estou adorando, eu fiz vários amigos!

Agradeci pelo copo de coca-cola que Rhydian me oferecia e o peguei com a mão livre de doces, ele era uma pessoa que eu realmente passara a confiar. Estava prestes a voltar minha fala quando o filho de Atena começou a contar sobre sua antiga festa de Halloween. Em seguida, Jhonn contou sobre sua vida agitada e, ao falar de seu consultório, lembrei-me das vezes em que passara lá para que ele tratasse dos meus ferimentos, sentindo-me um fardo para o semideus.

Por fim, o curandeiro começou a levitar, o que fez com que eu arregalasse os olhos, impressionado. Fiquei encarando o garoto flutuar até que ele se sentasse em pleno ar. Talvez ele fosse como eu!

- Você também pode voar? - Exclamei batendo palmas animadamente, por fim levitei ao lado do garoto e sentei-me na mesma posição que ele em pleno ar. - Nós somos… Tipo irmãos!

Precisei de alguns momentos para recordar o assunto que conversávamos, e então voltei-me para todos os meus companheiros.

- Alguém pode me explicar por que vocês vão nas festas e não conversam com ninguém? - Indaguei com a dúvida estampada em meu rosto.

Adendos:
Não revisei, não irei revisar :D
Postando com o MARKI, Melzinha e Jon!
Fantasia:
Poderes:
Voar (Nível 5) - Será seu poder característico. É muito útil e aperfeiçoado quando quiser.
Peter Lost
avatar
Filhos de Zeus
Mensagens :
250

Localização :
Lost...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Bianca H. Somerhalder em Qui 03 Nov 2016, 06:29

i'm The lunatic killer, baby

TRICK OR TREAT?

O
lhou para Rhydian com confusão, se indagando o porquê de ele não falar antigamente; mesmo assim, preferiu não perguntar: ele parecia não querer desenvolver o assunto. Por isso, o encarou somente por alguns segundos, desviando o olhar quando percebeu o que estava fazendo.

— Acho que Quíron não vai se importar se você for em algumas festas agora, Peter

Quando Jhonn começou a levitar, Bianca riu e ficou olhando, surpresa. Depois, Peter fez o mesmo e até chegou a perguntar se eram irmãos. A menina achou um tanto quanto bonitinho da parte dele.

— As pessoas não vêm em festas para fazer amigos, Peter — disse quando foi perguntada sobre o que tinha dito anteriormente. — Geralmente, se divertem tanto que acabam esquecendo de fazer amigos.

Tentou explicar sem incluir o álcool e pessoas se beijando na fala. Não sabia se tinha conseguido muito bem, mas pensou que o filho de Zeus fosse inocente em excesso para entender. Ainda bem.

adendos:
fantasia:
Rainha de Copas, aqui sz.
poderes:
Todos os passivos de Selene até o lvl atual.

¥



Bianca H. Somerhalder
avatar
Filhos de Selene
Mensagens :
448

Localização :
Los Angeles

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Connor Blaschke em Qui 03 Nov 2016, 08:58


This is Halloween!
Boys and girls of every age wouldn't you like to see something strange?

Havia álcool no meu corpo. Minha visão estava um pouco embaçada e parecia não acompanhar a velocidade do meu corpo, deixando tudo com um delay que fazia as imagens se arrastarem e embaçarem mais ainda. Apesar de agoniante, era uma ótima sensação; tanto quanto era não perder o riso, atado ao meu rosto, nem por um segundo; tanto quanto era sentir-me livre, leve e solto. Estar bêbado pela primeira vez era um misto de descobertas e sensações.

Para alguém que foi criado num laboratório até os quinze anos de idade e que estava em sua primeira festa de Halloween — aos dezessete — sozinho e levemente bêbado, eu estava me saindo muito bem. Só queria que Piotr me visse ali. Talvez fosse o motivo que faltava para ele parar de me chamar de careta.

Ok, tudo bem, eu admito: ao pisar naquele clube pela primeira vez, eu não tinha ideia do que fazer. Todo mundo estava bebendo, então passei a beber também — pois misturar-se à massa era uma das regras essenciais para se passar despercebido. Em seguida, dançar também não foi algo que eu propriamente quisesse, mas o álcool parecia me deixar livre, parecia simplesmente ritmar o meu corpo e fazê-lo movimentar-se na batida da música, por mais que eu sequer a conhecesse. E, por fim, parecia que eu precisava socializar, porque era a outra coisa que mais se fazia por ali; ou isso, ou todos se conheciam.

Ei, não me julgue. Era a minha primeira festa. Como queria que eu já soubesse me portar? Só falei realmente com alguém quando dei o azar de dar um leve esbarrão, quase tropeçando numa moça vestida de caveira — que por sinal, eu ainda não sabia, viria a ser uma peça importante no jogo da minha sobrevivência.

— Desculpe-me — falei, só então percebendo que ela estava numa roda de amigos, todos àquela altura olhando para mim; também não havia como não olhar: com três pares de asas brancas, uma espécie de collant branco cobrindo todo o meu corpo, uma fita azul, cheia de runas, indo do meu braço esquerdo até a minha perna direita, e um tecido azul preso à minha cintura, cuja função era não deixar-me inteiramente pelado, sem contar elmo, anéis, pulseiras, entre outros, e um enorme bastão de ouro em mãos, não era como se eu simplesmente pudesse não ser notado. E percebendo que havia sido percebido, emendei: — Estou um pouco bêbado. E um pouco perdido. É melhor eu não...

Detive-me, porém. Meus olhos caíram em uma garota logo ao lado da que eu havia esbarrado, cuja fantasia era nada menos que quase complementar à minha: enquanto eu era Angemon, a garota era Angewomon, dois monstros digitais em forma de anjo, personagens de um mesmo anime. Destino, eu diria.

— Oh, você está de... — e na pausa que fiz na fala, removi meu elmo para poder olhá-la melhor; aquelas frestas especiais eram muito incômodas. Perguntava-me como os personagens conseguiam ver alguma coisa com aqueles elmos, se nem espaço para os olhos havia. — Angewomon. Mas que coincidência!

Observações:
*observa* q

1. Piotr é um NPC da minha trama, responsável por adequar Arlen ao mundo em que deveria ter vivido, mas não viveu porque servia de rato de laboratório para uma organização federal — e isso trará para a interação possíveis desconhecimentos quanto a coisas corriqueiras. Lidemos com isso. q

2. Arlen não está bem bêbado. Ele está alegrinho, levemente alterado, então não é grande coisa. Só para deixar claro mesmo. apspkaso

3. Interagindo com Morgana, Zoey e quem mais estiver por perto. "Invasão" combinada com a Morgs, vulgo Lui. Perdoa se achar muito grande, prometo que pego leve nas próximas rodadas. <3 q

4. Minha fantasia é essa aqui, ó: clica.

5. Poderes passivos de Nêmesis até o nível 65, mas nenhum especial a se considerar; já ativos, nenhum utilizado. Itens e mascotes não levados.
Connor Blaschke
avatar
Filhos de Nêmesis
Mensagens :
472

Localização :
Los Angeles

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Eunice Jackson em Qui 03 Nov 2016, 10:12


i'll show you how to float down here
and all of the ghouls come out to play


Rhydian percebeu que os outros semideuses queriam saber mais sobre a mudez passada, mas era uma história longa demais para ser contada em uma festa — e ainda tinha a possibilidade de que eles não entendessem o motivo.

Ficou feliz ao receber a confirmação de que Peter estava se divertindo em sua primeira festa, porém o sorriso sumiu de seu rosto logo que ouviu as palavras de Jhonn. O filho de Héstia, apesar de ser jovem, aparentemente carregava um grande fardo ao ter que ser o "médico" dos outros campistas. Talvez ele ficasse feliz em ajudar as pessoas, mas ainda assim era uma enorme responsabilidade.

E então lá estava Jhonn flutuando. O Peter Pan, assim como a Dorothy de Oz, bateu três vezes os sapatinhos que estava calçando e se manteve no ar por conta própria, sem precisar dos poderes de Rhydian.

Uma risada alta irrompeu dos lábios do filho de Athena quando este viu Peter voar, todo animado, ao lado de Jhonn. Aquele garoto era mesmo incrível.

Rhydian balançou a cabeça, ainda rindo, quando ouviu a pergunta de Peter. Ele arregalou os olhos e fitou seus companheiros mais velhos, meio encabulado. Ele tentava conversar nas festas, mas a Bianca aparentemente procurava outras formas de ocupar sua boca. Não falei como.

— Lembra quando você me perguntou seu eu tinha namorada e eu disse que não, mas que geralmente as pessoas da minha idade namoram? — perguntou Rhydian enquanto olhava para Peter. Sabia que o garoto era inocente, mas já tinha idade para saber o que era namoro, então talvez Bianca e Jhonn não precisassem de tanta cautela. — Festas são bons pontos para namorar. Entre dança, comidas, bebidas... algumas pessoas também namoram, então nem sempre têm tempo de conversar como estamos fazendo. Use a sua posição no alto para olhar em volta e perceber como todos estão se divertindo.

Rhydian deu de ombros e tomou mais um gole de sua coca-cola. Só falou para Peter olhar em volta porque já sabia que não haveria nada demais em lugar algum do clube talvez nos banheiros?, uma vez que ele próprio já havia conferido se tinha alguém sem noção indo além de beijos.

— E, na verdade, Bianca — falou Rhydian com um sorriso sincero enquanto fitava os olhos da garota. — Eu vou às festas para procurar amigos.

Eu nunca fico bêbado, sabe? E também não saio beijando por aí, então... Certificou-se de que a mensagem mental chegaria apenas para a filha de Selene.


Não revisei e nem revisarei. Interagindo com o Lost Boy (Pedrinho <3), com a Mel 100sual e com o Jonny Walker. q

Adendos:

— Os strikes são inteiramente off, então podem ignorar. Interações são posts mais descontraídos, então vamos que vamos.
— Qualquer coisa, só chamar. Se interagir comigo e tal, dá um toque pra eu ficar ligado.
Poderes:


— Passivos —

— Se pá, considera os poderes dos filhos de Athena e os poderes dos Mênades;
— Level 12 ~ Faro Apurado ~ Conseguem distinguir a localização de substâncias que tenham álcool, ou de pessoas que estiverem alcoolizadas. A mesma coisa vale para substâncias retentoras de suco de uva ou a própria fruta.

— Ativos —

— Poderzinho de telepatia e pá;
Itens:
๑ {Honor} Espada [Espada de bronze sagrado, que mede ao todo 90 cm, sendo 70 de lâmina e 20 de base. A base é de couro, e no final de seu cabo, está entalhada a sigla RF, as iniciais de seu dono, Rhydian. Os golpes da espada são tanto cortantes do que perfurantes, mas não se descarta esta outra utilidade da arma. Quando não utilizada, transforma-se em um anel comum, ao comando de seu dono, com a inscrição: “Guerra por guerra”. Tem a habilidade de perfurar armaduras e escudos em até 20 % de capacidade, caso de itens fortalecidos a perfuração se dará pela diferença de porcentagem.{Bronze sagrado e couro} (Nível Mínimo: 20) {Não Controla nenhum elemento}[Recebimento: The Dragon's Flame e modificado na Music and Forge] Just in case.
Fantasia:


but it's always darkest before the dawn
robei da duff / a font do título robei da cams
Eunice Jackson
avatar
Mênades
Mensagens :
456

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Zoey Montgomery em Qui 03 Nov 2016, 13:00



This is Halloween <3

Zoey pensou na pergunta de Maryssa por alguns instantes. Como era ser uma feiticeira? Bom, tinha lá suas vantagens, tinha que admitir, mesmo que a deusa na maioria das vezes — talvez em 98% do tempo — brincasse com a arcana, fazendo-a de boba.

— Circe é uma boa deusa. — concluiu, por fim. — Nos tornamos poderosos, se bem utilizada nossa magia. É uma dádiva. — sorriu para a filha de Afrodite, segurando a mão dela. — Todos podemos ter vocação para a magia. Não como os filhos de Hécate, por razões óbvias, mas bem... Circe é uma cria dela. Caso queira saber, não é impossível.

Soltou as mãos da semideusa, mantendo o sorriso gentil no rosto.

Tente não parecer forçada.

Não é.

Eu posso ler suas emoções, sabia?

Você ainda vai querer a dança, não é?


Zoey escutou a risadinha de Neah soar em sua cabeça. Zeus, como aquele cara era irritante! Balançou a cabeça negativamente, ainda mantendo o sorriso nos lábios. Não era forçado. A loira estava feliz sim, e ter gente nova na Ilha tornaria aquele lugar menos solitário.

Ah, mas não contara isso para Maryssa. 


Vai ocultar isso dela?


Nem todos somos solitários, sabia?


Se você está dizendo.

Zoey suspirou. Aquele blá-blá-blá de Neah a estava deixando cansada, então chegou à conclusão de que era melhor ir embora. Quando pensou em se despedir viu que alguém trombara em Morgana. 

Automaticamente Zoey estendeu as mãos na direção da filha de Hécate, por puro instinto protetor ao achar que, talvez, a amiga pudesse cair no chão. Mas não foi isso que aconteceu, pois o esbarro foi de leve. Ia passar um sermão no jovem, alertando-o para ter cuidado, mas parou ao ver o cosplay dele.

— Angemon. — murmurou, observando o garoto. Então abriu um sorriso. — Sim, muita! Sou Zoey. — apresentou-se. — E você, quem é?

Fantasia/Cosplay <3:
Poder Utilizado:
Nível 27
Detectar aura: Ainda no aspecto divinatório, filhos de Apolo conseguem perceber a aura de um semideus, conseguindo determinar seu progenitor ou filiação em grupo - desde que já saiba da existência desse grupo (caso contrário, detecta apenas uma aura diferente, sem relacioná-la a um patrono específico). Poderes de bloquieo de auras e similares podem impedir essa visualização. [Novo]
Observações:
Antes de tudo, Dolar e Morgana me desculpem a demora. Morg, caso tenha me enviado uma mensagem e eu não tenha respondido, é por que estou sem celular - ele pifou
Outra coisa: as falas em verde pertencem a Neah Walker, um Noah que habita o corpo de Zoey e às vezes faz umas aparições, sussurrando coisas na mente da arcana.

Era só isso mesmo, valeu a atenção ♥

thanks juuub's @ cp!  
Zoey Montgomery
avatar
Feiticeiros  de  Circe
Mensagens :
1203

Localização :
Ilha de Circe

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Jhonn Stark em Qui 03 Nov 2016, 15:11


PARTY HARD


A arte de ser artista


— Peter e Peter. Hm... — Jhonn simulava uma expressão pensativa, encarando o filho de Zeus a seguir com um sorriso no rosto. — Olha, irmãos não, mas nós meio que somos primos, sabia? É, as árvores genealógicas dos deuses são complicadinhas.

Seu truque atraiu a surpresa e as risadas que imaginava. Ergueu-se um pouco, bateu os sapatos outra vez e pousou suavemente no solo, agradecendo a funcionalidade tão incrível de um item como aqueles.

No humor dos amigos, sentiu uma variação ao falar de sua profissão. Ele não queria sentir que era um martírio. Não podia se dar ao direito de fazer aquilo. Afinal... Os curandeiros já tiveram mártires suficientes.

Tentou evitar as lembranças dos antigos colegas, evitar que sua aura se alastrasse o bastante para que os que o cercavam sentissem o momento de tristeza. Torcia para que fosse o suficiente, e tivesse passado despercebido.

Ficou surpreso ao ouvir os questionamentos de Peter sobre as razões de não se ocuparem tanto com amizades. Arregalou os olhos enquanto olhava para os colegas, constrangido. Deveriam mesmo falar daquilo? Bianca tentou evitar uma conversa direta sobre o tema, mas Rhydian foi direto e objetivo na medida do possível. É, namorar era um bom termo para começar aquela conversa sobre isso na vida do filho de Zeus.

Riu ao ouvir os últimos comentários do mênade. — Rhydian Fraser, o garoto mais sociável e simpático de todo o acampamento. É isso mesmo, produção? Acho difícil. — Fez uma expressão desafiadora para o filho de Atena. — Mas dessa vez eu perdoo, você não sabia que o cargo era meu.

Adendos:
Fantasia e observações:
Peter Pan (ainda sóbrio)
♦ Poxtando com o Peterzinho, o Rhydian e a Bianca. VAMO AVACALHAR TUDO
♦ O item que tô usando são os winged sneakers.
Poderes:
Passivos:
Empatia [14] - O filho de Héstia emana involuntariamente uma aura, cuja funcionalidade é única: compartilha os sentimentos atuais com os mais próximos. Se estiver triste ou contente, esse sentimento se apoderará de alguém com nível inferior (5 pra mais), mas se a diferença de nível não existir ou for maior da parte da outra pessoa, essa influência sentimental não tem efeito. {Novo} (Aura de bad momentânea, pois é). Se forem considerar, considerem uma pitadinha de tristeza repentina q

Localização empática III [45] - O filho de Héstia encontra qualquer conhecido por meio dos seus sentimentos, mas é preciso que ambos estejam na mesma cidade. A habilidade pode ser contida por poderes de resistência mental e empática; portanto, semideuses que possuírem tais resistências e forem de nível igual ou superior ao filho de Héstia conseguem manter-se ocultos, mas, do contrário, não. {Novo}
Ativos:
-
LET'S PARTY!:

AS INTERAÇÃO DA VIDA TODINHA ACONTECENDO AGORA, YAY
 
Jhonn Stark
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
701

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Sasuke Fukui em Qui 03 Nov 2016, 15:57


Halloween Party

let's get a little scared


Estávamos assistindo ao fim do desfile quando, de surpresa, as modelos começaram a chamar pessoas da plateia. Palmas em vários cantos e incentivos surgiam até que vieram para o nosso lado e chamaram Isobel. No escuro ninguém mais perceberia, mas eu já a conhecia um pouco melhor e percebi que ela ficou envergonhada.

— Qual é, sobe lá. Sua fantasia é linda e você também, por sinal. Aproveita! — Incentivei, sorrindo, e depois de muita insistência minha e da modelo, ela acabou topando.

Seu jeito tímido deu um charme a mais ao seu desfile e aplaudi como se fosse uma torcida organizada junto aos demais espectadores. Ao fim, alguém cochichou algo que pareceu confuso à dríade e pude saber o que era quando ela se uniu a mim novamente:

— O que é celular?

— Ah, é um aparelhinho que serve para as pessoas se comunicarem mesmo estando longe. Mas pra nós, do mundo mítico, é perigoso demais usar. Os monstros sentem e conseguem saber onde estamos.

.:: narração :: falas :: pensamentos :: falas de outros ::.
Sasuke Fukui
avatar
Mênades
Mensagens :
68

Localização :
Chalé de Afrodite

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Draco Baudelaire em Qui 03 Nov 2016, 16:16


Masquerade!

Halloween com Maryssa e demais semideuses. É muito nome pra subtítulo -q


Mary me apresentou aos amigos com quem conversava. Lembro de ter visto o garoto latino no acampamento, Dolar era seu nome ao que me constava, e uma das meninas era Morgana. Sabia que Mary tinha feito amizade com ela e não foi difícil reconhecê-la.

Pelo visto elas estavam contando como era ser uma feiticeira de Circe e precisei puxar pela memória as informações que me foram passadas para me lembrar mais ou menos do que se tratava. Na vida de um semideus é possível entrar em grupos de apadrinhados por outros deuses, de modo que o integrante deve cumprir trabalhos e missões e agir segundo determinadas regras em honra à divindade em questão.

Um grupo que eu conhecia com maior intimidade era o dos Curandeiros de Asclépio, pois eles atuavam diretamente no acampamento, embora houvesse a possibilidade de trabalhar do lado de fora. Talvez um dia eu entrasse em algum grupo, mas no momento eu não via essa possibilidade. Tinha praticamente acabado de chegar e ainda não sabia lidar tão bem com os poderes naturais de minha mãe. Isso me lembrou...

— Pessoal, me emprestem a Mary por um tempinho, sim? Preciso cont...

Alguém surgiu do nada esbarrando em Morgana e pedindo desculpas com a voz um tanto engrolada. Estaria alterado por bebida? O fato de nunca ter ingerido álcool e de ter vivido dentro de um teatro a vida inteira me fazia apenas suspeitar do que poderia ser aquilo, mas percebi algo curioso antes de chegar a uma conclusão de verdade: Zoey e o garoto misterioso tinham fantasias tão complementares quanto a minha e a de Mary.

— Preciso contar algo pra você — sussurrei no ouvido de minha namorada enquanto os demais tentavam entender o que acontecia entre a filha de Apolo e o desconhecido.

Fantasia:

.:: narração :: falas :: pensamentos :: falas de outros ::.
Draco Baudelaire
avatar
Filhos de Melinoe
Mensagens :
49

Localização :
Chalé de Melinoe

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Peter Lost em Qui 03 Nov 2016, 17:38



Halloween Party!



Foquei-me em cada uma das explicações. Por algum motivo estranho, todos pareciam desconfortáveis ao me explicarem aquilo e eu, claramente, não conseguia entender o porque. Flutuei até a mesa de doces e agarrei mais alguns, enquanto escutava a resposta de Bianca, uma explicação um tanto vaga e confusa.

- Mas como vocês conseguem ir em festas e se divertir sem fazer amigos? - Indaguei, aquilo não fazia o menor sentido para mim.

Então Rhydian começou sua explicação de forma didática e direta - de forma que até mesmo eu conseguia entender aquilo. Foi então que, seguindo a recomendação do garoto, levitei um pouco acima das pessoas ali presentes e dei uma boa olhada em volta. Havia diversas pessoas, alguns eram semideuses, outros eram meros mortais, mas a maioria deles tinha algo em comum, estavam se pegando. Alguns até se pegavam em três pessoas, fato que acabou destruindo uma pequena parte de minha inocência.

- Mas… - Voltei-me para o filho de Atena - Mas eles não parecem felizes… Quero dizer… Nós estamos nos divertindo muito mais aqui. E então… Por que você também não está lá namorando?

Esperava que ele fosse me responder, mas Stark começou sua fala, desafiando-o para uma disputa de pessoas mais simpáticas e sociáveis. Não pude evitar fazer uma careta, afinal, eu também me achava sociável!

Adendos:
Não revisei, não irei revisar :D
Postando com o MARKI, Melzinha e Jon!
Fantasia:
Poderes:
Voar (Nível 5) - Será seu poder característico. É muito útil e aperfeiçoado quando quiser.
Peter Lost
avatar
Filhos de Zeus
Mensagens :
250

Localização :
Lost...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Zeke Drewetty em Qui 03 Nov 2016, 17:47



The Blind
What do you understand about the pain?

A terceira garota pareceu misteriosa, principalmente na parte da precária recepção e no quesito de citar cortar cabeças. Estava caracterizada da Rainha de Copas, enquanto eu mesmo torcia pelas fantasias não serem óbvias demais, o que contradiria a pergunta anterior, caso fossem. Ela se despediu cautelosamente e só pude ouvir o som dos seus passos no salto alto, antes da batida eletrônica da balada encobrir.

Já a segunda pareceu inativa. Não faz mal. Ela pode ter dado alguns goles da garrafa oferecida por Bianca e desmaiado. Ou melhor. Se cansado e se livrado daquela festa. Era o que deveria fazer. Mas não queria deixar a primeira, a única que compartilhava da mesma desanimação.

A ideia do Mario Bros de saia aturdiu minha mente da mesma maneira em que pensei como a garota seria. Se ela era bonita, ou apenas charmosa, ou usava somente um perfume para enganar os deficientes visuais. Outra ideia que igualmente me afetou foi a ideia de um filho de Hermes experiente estar mudando o tom de voz para semelhante ao feminino, e tudo não passar de uma brincadeira de quem andou me observando desde que cheguei ao Acampamento. Os rumores do filho de Hades perdido ainda repercutiam no Acampamento. Ser cria de um dos Três Grandes chamava péssimas atenções, inclusive de baderneiros e criaturas.

Porém, a conversa foi se desenrolando tanto que abandonei o segundo pensamento. O interesse por se vestir de preto para não atrair olhares indesejáveis compartilhou com o meu gosto, e aquilo sim chamou me desarmou.

- Eu vou confiar em você, filha de Perséfone, já que estamos só nós dois aqui.

Aproveitei do contratempo para gritar pelo garçom, que estava bem na frente ao responder num tom estranho. Pedi uma mistura de vodka com energético, o que a minha intuição apontava o mais comum a se fazer. Quando o copo foi entregue, errei tantas vezes para apanhá-lo da mão do servente que até praticamente deu a anunciar para a acompanhante a deficiência visual, mas consegui, após incontáveis toques no pulso do trabalhador.  Virei alguns goles e senti o álcool descer quente na garganta, corroendo a goela do gosto forte, nocivo para pessoas com paladar aguçado, ainda descontrolado.

- E se eu te dissesse que eu estou fantasiado de Daredevil, e que só estou fazendo teatro? Acreditaria?

Perguntei com o sorriso perolado mais forçado e torto que nunca conseguia esboçar completamente, armado de uma falsa felicidade e desafio. Mantive a aproximação encurtada com a semideusa, e não em muito tempo praguejei entredentes sobre um sussurro calmo no lóbulo da orelha de Sorg.

- Eu sou cego.

INFORMAÇÕES:
Como informado no início da "gravação" narrada pelo próprio principal, Zeke é cego dos dois olhos. Facilitem ou não para a sua experiência. Ele está sem fantasia, então desconsiderem a oportunidade de premiação. Sua interação, no momento, envolve a Astrid. Considerem seus poderes passivos até o nível respectivo. Dúvidas, sugestões ou pedidos serão considerados por MP ou CHAT. Obrigado.

AVE, IMPERATOR, MORITURI TE SALUTANT
Zeke Drewetty
avatar
Filhos de Hades
Mensagens :
39

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Bianca H. Somerhalder em Qui 03 Nov 2016, 18:14

i'm The lunatic killer, baby

TRICK OR TREAT?

A
chou graça das perguntas de Peter, mas não disse nada; somente sorriu e ficou o observando olhar ao redor, tentando entender as explicações. Foi o suficiente.

— Acho que prefiro me manter fora da disputa para ser a mais simpática — riu discretamente, achando que era uma discussão um tanto quanto estranha. Por que todos queriam ser simpáticos?

Pegando um copo de whisky de um cara que passou com uma bandeja, bebeu tudo em um gole só. Em seguida, pousou o objeto na mesa de doces, imaginando que ninguém se importaria.

— Deuses, eu já fui mais animada para festas.

adendos:
fantasia:
Rainha de Copas, aqui sz.
poderes:
Todos os passivos de Selene até o lvl atual.

¥



Bianca H. Somerhalder
avatar
Filhos de Selene
Mensagens :
448

Localização :
Los Angeles

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Evelynn Anderton em Qui 03 Nov 2016, 18:20



   
   
   








-




Sorri assim que recebi o elogio dele. Apesar de não estar com o rosto limpo por conta dos kilos de maquiagem, a aura ainda entregava, apesar de não ser tão chamativa como de alguns. Ajeitei então o óculos.

— Então sempre que quiser, pode me mandar uma mensagem dessa ai. Irei adorar falar com você, apesar de não saber como isso funciona ao certo. — Dei a língua para ele.

A história dele era realmente interessante... Ser confundido com um demônio poderia ter causado a morte dele. Eu amo demônios e coisas do tipo, pena que nem todos pensavam dessa forma.

— Deve ter sido tenso para você né? Bom, em todo caso, você está aqui hoje. — Sorri para ele. — Bom, meu primo era filho de Perséfone. Ele ficou no acampamento por um bom tempo, e depois saiu de lá e morou com a gente em casa... No dia que eu fui reclamado, ele morreu tentando me guiar até o acampamento, mas antes disso ele me salvou... Ele morreu em frente ao pinheiro de Thália.

Fantasia:



I'm in the conner, watching you kiss him oh oh oh !
Evelynn Anderton
avatar
Filhos de Afrodite
Mensagens :
70

Localização :
Noruega

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Ayla Lennox em Qui 03 Nov 2016, 21:47

F
ucking halloween
party!
Just like a circus.
Está tudo bem. – Afirmou a garota com uma sutil curva nos lábios. – Acho que dentre todas as coisas que essa noite pode ser, é um desperdício acabar usando-a como um festival de apologias. – Brincou.

Ela não o culpava por nenhuma das palavras ditas - não que tivesse se sentido ofendida ou algo parecido com alguma delas -, afinal de contas, também havia passado por dias imersos em ingenuidade, protegida pelo pai mortal antes das fronteiras mágicas do acampamento.

Conforme ouvia a cria de Afrodite, pensava que no fim das contas os dois tinham uma quantidade considerável de pontos comuns. Talvez os dois tenham sido escolhidos como deboche oficial no show sádico das parcas, mas se recusavam a dar satisfação às velhas com facilidade.

A esse ponto nós dois já percebemos que não dá pra esquecer o caos de perdas, abandonos e inconstâncias que nos cerca, Denn. – Falou a lupina em tom sereno. – Apenas encontramos formas de conviver melhor com ele. Alguns escolhem luto, outros se sufocam em boas ações, outros preferem vingança... – Ela suspirou. – Seja qual for o caminho que escolher, saiba que dificilmente há volta.

Ao dizer isso, ingeriu mais uma dose de vodca, percebendo que o calor que descia por sua garganta já não era mais o mesmo. Dionísio se orgulharia da bastarda da lua naquele momento.

Finalmente, permitiu que sua voz chegasse como um sussurro à mente do garoto.

"Saiba também que não é obrigado a ir por ele sozinho o tempo todo. Caso precise, mande uma mensagem de íris."

Sorriu com o canto dos lábios e fitou o rapaz com suas íris cinzentas por alguns segundos antes de se aproximar e beijar de forma tenra a bochecha de Denn, deixando uma discreta marca vermelha graças a seu batom. Deu uma piscadela e afastou-se do Joker sem um rumo certo.

Ainda tinha alguns minutos antes do desfile e deixou de desejar o torpor do álcool. Naquele momento, lhe bastava a efêmera certeza de que poderia ser algo diferente do que havia sido nos últimos meses.

Ela poderia ser algo além da ruína.
HELLO!:
Então, no momento eu tô interagindo com o Denn (BEIJO, RAMÃO, N ME MATA PELA DEMORA), mas qualquer coisa... Sei lá, chega e dá um oi (?), juro que não mordo.
Considerar todos os passivos de Selene e Psiquê até o nível atual apenas para fins interpretativos.
Fantasia:
Ayla dominatrix domadora e Illya (emprestada por Jhonn)

♦ {Illya} / Autômato [Feita de metal mas sendo coberta com uma camada superficial de pelo alaranjado, o autômato possui uma semelhança quase perfeita com uma raposa, com exceção do material que realmente é feita e também as 7 caudas que possui. A kitsune robótica possui o tamanho um pouco maior do que uma raposa comum e nela foi imbuída a essência de fogo, permitindo que - até três vezes por evento - ela possa soltar uma bola do elemento que se expande e cria uma explosão com 2,5m de raio ou um ataque direto, semelhante a um lança-chamas. Suas garras são afiadas, permitindo golpes cortantes ou perfurantes, além de investidas e afins. A autômata recebe ordens apenas de seu dono - Jhonn Stark.] {Bronze Sagrado e Essência de fogo} (Nível mínimo: 35) [Controle sobre o fogo] {Recebimento: Presente de Ayla Lennox. Forjado por Kalled C. Almeida}

When I crack that whip,
everybody gonna trip
Just like a circus
Don't stand there watchin' me
follow me
Show me what you can do
Ayla Lennox
avatar
Filhos de Selene
Mensagens :
1063

Localização :
EUA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Eunice Jackson em Qui 03 Nov 2016, 22:57


i'll show you how to float down here
and all of the ghouls come out to play


— Porque eu concordo com você, Lost Boy — respondeu Rhydian com um sorriso sincero nos lábios. — Estou me divertindo mais aqui do que eu estaria se estivesse namorando.

Rhydian sorriu e balançou a cabeça ao ouvir as palavras de Jhonn.

— Não foi o que eu disse, parceiro — falou ele, ainda sorrindo de forma descontraída, enquanto olhava para o filho de Héstia. — E eu não aceitarei a provocação. Não hoje que estou parecendo o filho do tinhoso trajando uma fantasia tão sinistra.

Uma característica natural dos mênades era que eles geralmente se tornavam o centro das atenções quando estavam em alguma festa, mas Rhydian sempre tentava ao máximo ocultar aquela espécie da áurea que aparentemente inebriava as outras pessoas que estavam no mesmo recinto que ele. Então ele poderia ser o mais chamativo — e talvez simpático — do ambiente, mas apreciava os laços que construía naturalmente, sem a ajuda das bênçãos de Dionísio.

Rhydian esvaziou a coca-cola do copo com apenas mais um gole e então repousou o objeto sobre a mesa. Já havia perdido a noção da quantidade de líquido e doces que havia ingerido naquela noite, mas tentou não se preocupar com quais efeitos colaterais que pudessem ocorrer posteriormente. Qualquer coisa procurarei meu novo amigo, Jhonn, reconfortou-se ele.

— Eu estava aqui pensando... como nunca nos encontramos no Acampamento? — questionou Rhydian aos seus companheiros, exibindo sincera curiosidade.


Não revisei e nem revisarei. Interagindo com o Lost Boy (Pedrinho <3), com a Mel 100sual e com o Jonny Walker. q

Adendos:

— Os strikes são inteiramente off, então podem ignorar. Interações são posts mais descontraídos, então vamos que vamos.
— Qualquer coisa, só chamar. Se interagir comigo e tal, dá um toque pra eu ficar ligado.
Poderes:


— Passivos —

— Se pá, considera os poderes dos filhos de Athena e os poderes dos Mênades;
— Level 12 ~ Faro Apurado ~ Conseguem distinguir a localização de substâncias que tenham álcool, ou de pessoas que estiverem alcoolizadas. A mesma coisa vale para substâncias retentoras de suco de uva ou a própria fruta.

— Ativos —

— Poderzinho de telepatia e pá;
Itens:
๑ {Honor} Espada [Espada de bronze sagrado, que mede ao todo 90 cm, sendo 70 de lâmina e 20 de base. A base é de couro, e no final de seu cabo, está entalhada a sigla RF, as iniciais de seu dono, Rhydian. Os golpes da espada são tanto cortantes do que perfurantes, mas não se descarta esta outra utilidade da arma. Quando não utilizada, transforma-se em um anel comum, ao comando de seu dono, com a inscrição: “Guerra por guerra”. Tem a habilidade de perfurar armaduras e escudos em até 20 % de capacidade, caso de itens fortalecidos a perfuração se dará pela diferença de porcentagem.{Bronze sagrado e couro} (Nível Mínimo: 20) {Não Controla nenhum elemento}[Recebimento: The Dragon's Flame e modificado na Music and Forge] Just in case.
Fantasia:


but it's always darkest before the dawn
robei da duff / a font do título robei da cams
Eunice Jackson
avatar
Mênades
Mensagens :
456

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Jhonn Stark em Qui 03 Nov 2016, 23:48


PARTY HARD


A arte de ser artista


Evitou dizer a Peter que existiam outras coisas que adultos faziam para se divertir, um dia ele descobriria isso. Isso e claro, de onde as crianças semideusas vinham. Não queria estar lá no dia em que Quíron ou qualquer outro fosse fazer isso, embora achasse engraçada a imagem de Zeus falando desse tipo de coisa com o filho. "Quando um deus gosta muito de uma garota..." Sentia que seria fulminado por pensar naquilo.

Percebeu que o garotinho estava chateado por não estar na disputa de simpatia, ao contrário de Bianca. — Olha, você pode entrar na disputa também, campeão. Eu só queria bagunçar um pouco o ego do nosso coleguinha palhaço.

E foi então que um questionamento muito válido surgiu: como nunca tinham esbarrado com o mênade antes? O antigo monitor refletiu, sem ter uma resposta exata para a pergunta de Rhydian. Sério, era muito boa mesmo.

— Olha... Eu vou justificar minha ausência com... — Ergueu uma sobrancelha, tentando explicar. — Questões divinas. Fora a enfermaria, eu saio em missões de resgate e afins com frequência. E claro, por um período eu fui o monitor responsável pelo chalé de Héstia. Agora sou algo que soa mais como um tutor, mas enfim... Em todos os cantos e em lugar nenhum. — Deu uma risada breve.

Suspirou, sabendo que não queriam ouvir suas lamúrias e ocupações. — Vai que o destino estava reservando algum momento diferente para nos esbarrarmos, né?

Adendos:
Fantasia e observações:
Peter Pan (ainda sóbrio)
♦ Poxtando com o Peterzinho, o Rhydian e a Bianca. VAMO AVACALHAR TUDO
♦ O item que tô usando são os winged sneakers.
Poderes:
Passivos:
Empatia [14] - O filho de Héstia emana involuntariamente uma aura, cuja funcionalidade é única: compartilha os sentimentos atuais com os mais próximos. Se estiver triste ou contente, esse sentimento se apoderará de alguém com nível inferior (5 pra mais), mas se a diferença de nível não existir ou for maior da parte da outra pessoa, essa influência sentimental não tem efeito. {Novo} (Aura de bad momentânea, pois é). Se forem considerar, considerem uma pitadinha de tristeza repentina q

Localização empática III [45] - O filho de Héstia encontra qualquer conhecido por meio dos seus sentimentos, mas é preciso que ambos estejam na mesma cidade. A habilidade pode ser contida por poderes de resistência mental e empática; portanto, semideuses que possuírem tais resistências e forem de nível igual ou superior ao filho de Héstia conseguem manter-se ocultos, mas, do contrário, não. {Novo}
Ativos:
-
LET'S PARTY!:

AS INTERAÇÃO DA VIDA TODINHA ACONTECENDO AGORA, YAY
 
Jhonn Stark
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
701

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — Festa de Halloween

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 9 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 8, 9, 10, 11  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum