Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

— {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

— {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Mensagem por Deméter em Sex 12 Maio 2017, 20:06


Lotto!
MNEM PARA VIVIEN E JEHOON

Vivien acordou numa sala vazia, a não ser por sua própria presença. Não usava roupas habituais; tinha um vestido longo e esvoaçante, cheio de camadas, mas que incrivelmente não aplacava o frio sentido. Ao recuperar sua consciência e notar que não estava onde deveria, percebeu o sutil sussurro em seus ouvidos: fuja. E era o que ela realmente precisava fazer, a julgar pela cacofonia vinda de fora daquele cômodo.

Não muito longe de sua amiga, Jehoon chegou atordoado a um dos salões daquele cassino. No centro, uma gaiola prendia dois galos, que digladiavam por puro ódio — e instigados pelas pessoas que os cercavam, vale ressaltar. Dentre elas, apenas duas não usavam máscaras: um garoto com olhar de maníaco e outro, do lado oposto ao primeiro, mirrado e exalando arrogância. Ambos pareceram notar a prole de Nyx, mas, além de trocar um sorriso cúmplice, nada disseram.

Era o início do inferno em Lotto.


OBJETIVOS
pontos obrigatórios

— Reajam às narrações acima, basicamente, e prossigam o enredo tomando iniciativas de acordo com a intenção dos seus personagens. Vivien não se lembrará de nada que ocorreu na ocasião que precedeu o aparente sequestro, bem como Jehoon estará alheio ao acontecimento, exceto por lembrar de despertar na mesa de um bar dentro do cassino.

— Lembrando que esta é uma missão narrada, foquem em tentativas; não deem certeza de nada. Além disso, não demorem-se muito nos posts, pois, acreditem, realmente não precisa ser algo extenso. Por hora, dez linhas já deve ser o suficiente.


ADICIONAIS
sobre o local e as diretrizes

— Diretrizes: missão narrada interna mediana; primeiro turno.

— Local: Hotel e Cassino Lotto (Beverly Hills, Los Angeles, Califórnia).

— Horário: indefinido.

— Clima: frio e seco.

— Extras off: poderes, armas e possíveis mascotes deverão ser colocados em spoiler ao final do post, para fins de organização.

— Adendos: informações não dadas poderão ser acrescentadas por vocês, porém com coerência. Qualquer coisa, contatem-me via MP, Fb, Wpp, carta, sinal de fumaça, etc.

— Prazo de postagem: 10 dias, vencendo no dia 22 de maio de 2017, às 23h59m.


PARTICIPANTES
NPCs, players e monstros

Seo Je Hoon, filho de Nyx, nível 1. (PLAYER)
  • vida: 100/100;
  • energia: 100/100;

Vivien Arkwright, filha de Perséfone, nível 7. (PLAYER)
  • vida: 160/160;
  • energia: 160/160.




deméter, sweetheart
SE VOCÊ NÃO COMER O CEREAL, O BANHAMMER É QUE VAI COMER! n
Deméter
avatar
Administradores
Mensagens :
330

Localização :
No meio das planta

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Mensagem por Vivien Arkwright em Sab 13 Maio 2017, 17:49


LOTTO
Não é acordar em um quarto totalmente vazio que me preocupa. É acordar sem lembrar como cheguei até ali e o porquê de estar ali que faz meu corpo inteiro arrepiar. A primeira coisa que faço é me levantar. Assim que baixo o olhar, um vestido volumoso e incrivelmente leve é a única coisa que visto. Não há sinais da minha espada ou meu escudo, apesar de, se não estar delirando, ter saído de casa com eles.

Meus olhos vagueiam para todos os lados, perdidos. Repentinamente todos os meus sentidos são aguçados — ou retornam ao normal — e um estado de tontura súbita me faz vacilar um passo. O barulho do lado de fora, extremamente alto, é a causa disso. São gritos de pessoas, mas não consigo discernir se comemoram ou se estão desesperadas. Dentre tantas vozes, é somente um sussurro que consigo ouvir com claridade.

Fuja!

E é o que faço. Corro para todos os lados, na busca por uma porta. Minha cabeça ainda pesa e dificulta todo o processo, mas não é o suficiente para me impedir. Quando encontro uma — branca, como todo o restante da sala —, estufo o peito para reunir coragem e giro a maçaneta.

armas:
{Flowerblade} / Espada [Uma espada que mede cerca de 70 cm, sendo que sua lâmina é em torno de 60 cm. Sua lâmina é de bronze sagrado e fica em um tom diferente conforme a estação do ano, e o pomo tem a forma de uma rosa desabrochando. Seu guarda-mão tem um formato de quatro pétalas laterais divididas igualmente, e no centro há um brasão em forma de flor, adaptável ao gosto do meio-sangue. Ao matar alguém, toda a sua estrutura torna-se negra e gélida, relembrando ao filho de Perséfone o sofrimento que uma morte pode causar. ] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Perséfone]

{Flowershield} / Escudo [Um escudo pequeno e circular (cerca de 30 cm de altura e largura); é feito de aço e é bastante resistente. Em seu centro há entalhado um brasão de flor adaptável ao gosto do semideus. No nível 20, torna-se uma fitinha dessas que são amarradas nos pulsos ou nos tornozelos.] {Aço} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Perséfone]

+ ambas as armas estão possivelmente perdidas em algum espaço do cassino.
poderes:
passivos:
nenhum utilizado.
ativos:
nenhum utilizado.
Vivien Arkwright
avatar
Filhos de Perséfone
Mensagens :
18

Localização :
pink

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Mensagem por Seo Je Hoon em Ter 16 Maio 2017, 11:31


Hit the Lotto

Andar por aquele salão era pertubador por várias razões. Principalmente porque  tinha certeza de que  não deveria estar lá, mas também porque não tinha ideia de como seu destino se resultou em uma sala lotada de pessoas ao redor de dois galos de briga. As vozes eram barulhentas e as luzes brilhantes incomodavam minha visão mais que o normal. Aos tropeços massageava as têmporas pulsantes enquanto tentava descer por um caminho familiar de degraus até o centro da sala.

Levou alguns instantes para tomar tudo e se acalmar. Minha cabeça doía, e embora a memória falhasse de como eu tinha chegado até alí, lembrava do bar em que tinha acordado minutos antes. Uma vez que as perguntas começaram a aparecer em minha mente, corri os olhos freneticamente pelo salão.

Estudei os presentes no local e finalmente percebi as máscaras que usavam, com exceção de dois rapazes, que se eu não estivesse totalmente desorientado, poderia afirmar que estavam me encarando. Geralmente confiava em meus instintos, mas dessa vez guiei uma de minhas mãos até a gola da camisa, onde guardo meu colar. Soltei um suspiro de alívio ao perceber que a arma ainda estava comigo.


Armas:
{Abism} / Corrente [Corrente feita de bronze sagrado e coberta por uma magia que deixa o metal escuro, quase como ferro estígio; mede cerca de 2,5 m e seu punho é feito de aço escuro. Ao envolver o pescoço de seu dono, esta transforma-se em um colar com um pingente em forma de gota de opala negro] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Nyx]

Poderes:
Passivos:
Nenhum utilizado.
Ativos:
Nenhum utilizado.



Seo Je Hoon
avatar
Filhos de Nix
Mensagens :
11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Mensagem por Deméter em Sab 20 Maio 2017, 23:00


Lotto!
MNEM PARA VIVIEN E JEHOON

Quando a maçaneta foi girada, o nada veio. Estava trancada. Não passou de uma tentativa inútil, servindo apenas para confirmar o óbvio: quem colocou Vivien ali realmente não queria que ela saísse, e a porta trancada era apenas a primeira das suas dificuldades. Em sua busca, felizmente havia achado por todas as paredes linhas horizontais um tanto estranhas, bem na altura de seus ombros. Só não havia dado importância para aquilo, primariamente.

Enquanto isso, Jehoon ficou estático, não mais do que olhando abobalhado para a cena que se articulava à sua frente. De uma hora para outra, um dos galos conseguiu dar um golpe certeiro no olho do seu oponente, atordoando-o por tempo suficiente para que mais algumas bicadas o levassem ao chão, e, por conseguinte, a óbito. O rapaz de feições psicóticas bradou em vitória; o arrogante, em derrota.

E assim que a voz tornou a falar, foi aos ouvidos dos dois: "fuja, agora! Fuja, pois a morte lhe espera!"


OBJETIVOS
pontos obrigatórios

— Reajam às narrações acima, basicamente, e prossigam o enredo tomando iniciativas de acordo com a intenção dos seus personagens. Vivien terá se deparado com as linhas, mas é como se não tivesse dado importância, uma vez que procurava pela porta. Jehoon encontra-se parado, observando a cena, já que não tomou nenhuma iniciativa de movimentação.

— Lembrando que esta é uma missão narrada, foquem em tentativas; não deem certeza de nada. Além disso, não demorem-se muito nos posts, pois, acreditem, realmente não precisa ser algo extenso. Por hora, dez linhas já deve ser o suficiente.


ADICIONAIS
sobre o local e as diretrizes

— Diretrizes: missão narrada interna mediana; segundo turno.

— Local: Hotel e Cassino Lotto (Beverly Hills, Los Angeles, Califórnia).

— Horário: indefinido.

— Clima: frio e seco.

— Extras off: poderes, armas e possíveis mascotes deverão ser colocados em spoiler ao final do post, para fins de organização.

— Adendos: informações não dadas poderão ser acrescentadas por vocês, porém com coerência. Qualquer coisa, contatem-me via MP, Fb, Wpp, carta, sinal de fumaça, etc.

— Prazo de postagem: 10 dias, vencendo no dia 30 de maio de 2017, às 23h59m.


PARTICIPANTES & COMENTÁRIOS
NPCs, players e monstros

Seo Je Hoon, filho de Nyx, nível 1. (PLAYER)
  • vida: 100/100;
  • energia: 100/100;
Comentários:
  • Turno 1 — Apesar de ser uma missão narrada, onde não se dá certeza dos movimentos, iniciativas são sempre necessárias. Eu guio o enredo, mas você sempre deve me dar material para ser guiado. Não foi o caso do turno. É um pequeno deslize (que descontará pouco em sua nota), mas ainda assim é algo que não recomendo repetir.

    Além disso, houve também uma narração de certeza no final do seu post, o que não deve ocorrer numa narrada. Enquanto o narrador não der a sua aval, você não pode dar certeza de nada, ainda que, como dito anteriormente, iniciativas sejam fundamentais. Dizer que seu colar estava no pescoço é um erro que certamente minará sua nota final, ainda que não seja algo assombroso. Ademais, seu item também está desatalizado, então não poderá ser usado no decorrer da missão. Logo tratarei de narrar que você o perdeu, para que possa solicitar, após a missão, a atualização de seu arsenal.

    De resto, só posso parabenizar o post; ortográfica e coerentemente impecável (além dos deslizes citados, obviamente). Está de parabéns.

    P.S.: Amei o template, viadx. 'o'

Vivien Arkwright, filha de Perséfone, nível 7. (PLAYER)
  • vida: 160/160;
  • energia: 160/160.
Comentários:
  • Turno 1 — A lógica diz que uma sala tem porta, ou minimamente uma entrada (já que você apareceu nela sem saber como). No entanto, considerando o mundo dos semideuses, não há lógica. -q Entendo que é natural seguir essa linha de pensamento, e adianto que não foi um erro grotesco; estou comentando aqui unicamente para que tome cuidado em turnos futuros, nunca dando certeza de nada. Você pode narrar que tentou procurar uma porta, e que a abriria caso encontrasse, mas não que de fato a encontrou e girou sua maçaneta.

    Outro adendo a essa certeza é sobre as armas. No spoiler você cita: "ambas as armas estão possivelmente perdidas em algum espaço do cassino." Não que isso seja necessariamente um erro, mas recomendo que escolha melhor suas palavras; mesmo usando o "possivelmente" ali, o narrador pode vir a interpretar de maneira errônea e apontar que está dando certeza de possuir suas armas quando ele nem mesmo as narrou, como Jehoon fez. Cuidado com isso.

    Ademais, não há nada a e comentar. Post limpo ortograficamente, muito bem estruturado e objetivo na medida certa. Meus parabéns![/i]



deméter, sweetheart
SE VOCÊ NÃO COMER O CEREAL, O BANHAMMER É QUE VAI COMER! n
Deméter
avatar
Administradores
Mensagens :
330

Localização :
No meio das planta

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Mensagem por Vivien Arkwright em Dom 21 Maio 2017, 01:10


LOTTO
É como se... Nada acontecesse. Puxar a porta com força ou com mais delicadeza não faz com que se abra. Chutá-la, dar pontapés e empurrar para o outro lado também não surte efeito algum. A visão se perde na sala que, ao mesmo tempo que não possui nada, é enorme, tão vazia que chega a emanar uma sensação assustadora.

Com o foco aprisionado em outro objetivo, agora procuro por algum detalhe pelas paredes. Algo que possa ser a chave para sair daqui. Como semideusa, já passei por situações bastante diferentes do que costumo encontrar pelo mundo dos mortais. E, considerando que a força física não foi suficiente para abrir uma porta, é possível que tudo isso tenha o dedo de algo maior, divino ou pelo menos metade.

Existem linhas em todas as paredes — não consigo numerá-las, já que não me prendo em tentar visualizar onde terminam ou onde começam. Não consigo identificar, a princípio, se foram feitas recentemente ou pintadas junto da decoração bastante peculiar e literalmente limpa. Desisto, por um único momento, de tentar descobrir um meio de sair do local. O vestido atrapalha um pouco, mas me sento no chão gelado e olho para cima, intrigada.

Quando a voz retorna aos meus ouvidos, é seguida por uma onda de calafrios. Meus pés tremem numa manifestação do mais puro desespero. Não sei mais o que fazer. Minha intuição diz para que eu siga a única informação que tenho a minha disposição: as paredes. Procuro tocá-las e tentar encontrar algo por elas. Minha mente viaja, descontrolada, impaciente.

— Quem é você? — pergunto para a voz em minha cabeça — O que você quer?

Não espero por uma resposta, embora uma tentativa não me custe nada. Permaneço parada no centro por um tempo, no aguardo de um sinal ou uma ideia do que fazer. O coração tamborila mais forte. Socorro!

armas:
{Flowerblade} / Espada [Uma espada que mede cerca de 70 cm, sendo que sua lâmina é em torno de 60 cm. Sua lâmina é de bronze sagrado e fica em um tom diferente conforme a estação do ano, e o pomo tem a forma de uma rosa desabrochando. Seu guarda-mão tem um formato de quatro pétalas laterais divididas igualmente, e no centro há um brasão em forma de flor, adaptável ao gosto do meio-sangue. Ao matar alguém, toda a sua estrutura torna-se negra e gélida, relembrando ao filho de Perséfone o sofrimento que uma morte pode causar. ] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Perséfone]

{Flowershield} / Escudo [Um escudo pequeno e circular (cerca de 30 cm de altura e largura); é feito de aço e é bastante resistente. Em seu centro há entalhado um brasão de flor adaptável ao gosto do semideus. No nível 20, torna-se uma fitinha dessas que são amarradas nos pulsos ou nos tornozelos.] {Aço} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Perséfone]

+ espero que vivien encontre suas armas em algum lugar, mas agora, exatamente agora, não estão com ela.

poderes:
passivos:
nenhum utilizado.
ativos:
nenhum utilizado.
Vivien Arkwright
avatar
Filhos de Perséfone
Mensagens :
18

Localização :
pink

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Mensagem por Seo Je Hoon em Seg 22 Maio 2017, 09:09


Hit The Lotto

Me peguei olhando para a briga de galos muito mais tempo do que pretendia, apanhado pela ferocidade a que os dois estavam sendo submetidos. Mas impressionantemente aquilo parecia me entreter bastante. Andei alguns centímetros para ter uma melhor visão do evento, momento em que fiquei mesmerizado pelos movimentos que as aves faziam dentro da gaiola. Belos, porém ferozes.

Então o feitiço foi quebrado por dois homens agitados, que por sinal eram os dois que pensei terem me encarado minutos antes. Após retomar minha atenção a gaiola, arfei em descontento ao ver o galo que recebia minha torcida ser derrotado. Voltei a analisar os dois rapazes no lado oposto da sala, deduzi que estavam apostando, já que um parecia mais entusiasmado que o outro. Um deles exalava tal arrogância que me fez desgostoso de imediato. O outro mantinha um olhar seriamente perturbador. Cogitei me aproximar deles, porém pareciam exalar uma hostilidade fora do comum, o que me fez hesitar.

Normalmente eu daria meia volta e iria embora. Então, em vez disso, passei pela multidão distraidamente, tentando fazer minha trajetória parecer acidental ao invés de calculada. De supetão sinto meus olhos se estreitaram e um frio percorrer todo meu corpo, e no meio da multidão barulhenta, consigo ouvir em alto e bom som uma voz que parecia totalmente focada na minha cabeça.

Fuja, agora! Fuja, pois a morte lhe espera!


Senti meu rosto palidecer de imediato. Eu estava mentalmente perdido. Então deixei cair o ato desentendido e girando os calcanhares na direção oposta, apenas notei a rapidez com que meus pés se moviam em direção a saída. Tentei transpassar cautela, mas só consegui me manter focado unicamente em dar o fora daquela sala, e esperava conseguir sem grandes problemas.

Armas:
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

+ Jehoon pode não ter sua arma no momento, sendo assim espero que a encontre o quanto antes.

Poderes:
Passivos:
Nenhum utilizado.
Ativos:
Nenhum utilizado.




Seo Je Hoon
avatar
Filhos de Nix
Mensagens :
11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Mensagem por Deméter em Seg 22 Maio 2017, 13:50


Lotto!
MNEM PARA VIVIEN E JEHOON

Quando voltou a tateá-las num momento fugaz, Vivien percebeu que as linhas a guiavam para um ponto específico da sala, como se convergissem para uma espiral. Ao mesmo tempo, um zumbido estranho vinha dali, soando como uma corrente elétrica a perpassando.

Tendo ou não percebido isso, a prole de Perséfone fez sua própria voz ecoar pela sala, tentando inutilmente conversar com a mulher em sua mente. O que a respondeu, no entanto, estava longe de ser aquele contato inicial.

— Sou só alguém tentando se divertir. Gosto de jogos, Vivien Arkwright. E dos mais emocionantes divertidamente a interpelou. — Seja bem-vinda a Lotto. Sobreviver é sua maior recompensa. — E justo quando a última palavra saiu, as linhas da sala se acenderam, partindo da porta e passando como um raio por perto da semideusa, atingindo a espiral mais afastada. Por sua vez, esta girou apressadamente e emitiu um zumbido cada vez mais alto, expandindo-se magicamente para dar passagem ao primeiro desafio da garota: um jovem lobo comum, que rondou lentamente o recinto.

Os itens da garota magicamente apareceram, um a um, enquanto o lobo ainda espreitava. Ele rosnou, ameaçador, e deu um leve avanço, denunciando o ataque iminente. O que ela faria para escapar ilesa era o que mais interessava quem a assistia.

Entrementes, a prole de Nyx tentava escapar do local, seguindo a opção mais lógica. Lotto, afinal, não era muito aprazível aos olhos; toda aquela aura competitiva, aquela carnificina exacerbada, aquele palpável medo da perda... Não era de se estranhar que alguém quisesse fugir dali.

Mas uma vez dentro, meu caro, só se pode sair quando for vitorioso. E para ser vitorioso, Seo Je Hoon precisava entrar num jogo. Querendo ou não, ele era um player, não um watcher.

Uma mão firme segurou em seu pulso, detendo-o, enquanto outra inexplicavelmente retirou o colar que o rapaz levava. Era o homem de antes — que exalava arrogância —, visto perdendo a aposta na briga de galos. Às costas dele, o de olhar maníaco também parecia interessado nas ações do semideus, não desgrudando suas íris do mais jovem ali.

— Não me diga que já está indo embora, tão cedo... — falou o mirrado, balançando o colar de Jehoon no ar. — A noite mal começou. Não vai querer perder o ápice dela, ou vai? Pela falta da máscara, tenho certeza de que não é um jogador qualquer, não. Não acha, Kyungsoo?

Kyungsoo, o maníaco, riu soprado em resposta. Aquele era um "sim" repleto de sarcasmo.

— É melhor você vir conosco. Somos a sua melhor opção — tornou a falar o mais mirrado, olhando de relance para um estranho homem que encarava o trio. — Algumas pessoas aqui podem não ser tão gentil quanto nós dois, se bem me entende.


OBJETIVOS
pontos obrigatórios

— Reajam às narrações acima, basicamente, e prossigam o enredo tomando iniciativas de acordo com a intenção dos seus personagens. Vivien especificamente precisará lidar com os recentes acontecimentos: a voz, o portal, o lobo e as armas. A criatura ainda não atacou, mas não tardará a fazê-lo; se aceita um conselho, posicione-se rapidamente quanto a isso.

— Por sua vez, Jehoon interagirá com os homens que o pararam, sem colocar falas deles. Qualquer movimentação aqui é válida, de acordo com a personalidade da sua personagem. Leve também em consideração o homem para o qual o mirrado apontou, cuja carranca não estava das mais amigáveis para você. Entretanto, segui-los de prontidão também não é obrigatório; você quem dita o rumo do seu personagem.

— Lembrando que esta é uma missão narrada, então foquem em tentativas; não deem certeza de nada. Além disso, não demorem-se muito nos posts, pois, acreditem, realmente não precisa ser algo extenso. Têm feito isso muito bem até aqui, e por ser um turno de interação, há a liberdade de fazer algo maior aqui. Mas ainda assim não estendam-se muito, sim? Façam estritamente o necessário, sem deixar furos no turno.


ADICIONAIS
sobre o local e as diretrizes

— Diretrizes: missão narrada interna mediana; terceiro turno.

— Local: Hotel e Cassino Lotto (Beverly Hills, Los Angeles, Califórnia).

— Horário: indefinido.

— Clima: frio e seco.

— Extras off: possíveis poderes, armas e mascotes deverão ser colocados em spoiler ao final do post, para fins de organização. Vivien, especificamente, já pode dar certeza dos itens que apareceram; Jehoon deve continuar pensando na probabilidade de aparecerem.

— Adendos: informações não dadas poderão ser acrescentadas por vocês, porém com coerência. Qualquer coisa, contatem-me via MP, Fb, Wpp, carta, sinal de fumaça, etc.

— Prazo de postagem: 10 dias, vencendo no dia 01 de junho de 2017, às 23h59m.


PARTICIPANTES & COMENTÁRIOS
NPCs, players e monstros

Seo Je Hoon, filho de Nyx, nível 1. (PLAYER)
  • vida: 100/100;
  • energia: 100/100;
Comentários:
  • Turno 1 — Apesar de ser uma missão narrada, onde não se dá certeza dos movimentos, iniciativas são sempre necessárias. Eu guio o enredo, mas você sempre deve me dar material para ser guiado. Não foi o caso do turno. É um pequeno deslize (que descontará pouco em sua nota), mas ainda assim é algo que não recomendo repetir.

    Além disso, houve também uma narração de certeza no final do seu post, o que não deve ocorrer numa narrada. Enquanto o narrador não der a sua aval, você não pode dar certeza de nada, ainda que, como dito anteriormente, iniciativas sejam fundamentais. Dizer que seu colar estava no pescoço é um erro que certamente minará sua nota final, ainda que não seja algo assombroso. Ademais, seu item também está desatalizado, então não poderá ser usado no decorrer da missão. Logo tratarei de narrar que você o perdeu, para que possa solicitar, após a missão, a atualização de seu arsenal.

    De resto, só posso parabenizar o post; ortográfica e coerentemente impecável (além dos deslizes citados, obviamente). Está de parabéns.

    P.S.: Amei o template, viadx. 'o'

  • Turno 2 — Post ok, sem ressalvas negativas a serem feitas. Objetivo, com movimentação e coerente ao enredo, reagindo bem ao aparecido.

Vivien Arkwright, filha de Perséfone, nível 7. (PLAYER)
  • vida: 160/160;
  • energia: 160/160.
Comentários:
  • Turno 1 — A lógica diz que uma sala tem porta, ou minimamente uma entrada (já que você apareceu nela sem saber como). No entanto, considerando o mundo dos semideuses, não há lógica. -q Entendo que é natural seguir essa linha de pensamento, e adianto que não foi um erro grotesco; estou comentando aqui unicamente para que tome cuidado em turnos futuros, nunca dando certeza de nada. Você pode narrar que tentou procurar uma porta, e que a abriria caso encontrasse, mas não que de fato a encontrou e girou sua maçaneta.

    Outro adendo a essa certeza é sobre as armas. No spoiler você cita: "ambas as armas estão possivelmente perdidas em algum espaço do cassino." Não que isso seja necessariamente um erro, mas recomendo que escolha melhor suas palavras; mesmo usando o "possivelmente" ali, o narrador pode vir a interpretar de maneira errônea e apontar que está dando certeza de possuir suas armas quando ele nem mesmo as narrou, como Jehoon fez. Cuidado com isso.

    Ademais, não há nada a e comentar. Post limpo ortograficamente, muito bem estruturado e objetivo na medida certa. Meus parabéns![/i]

  • Turno 2 — Post ok, sem ressalvas negativas a serem feitas. Objetivo, com movimentação e coerente ao enredo, reagindo bem ao aparecido.



deméter, sweetheart
SE VOCÊ NÃO COMER O CEREAL, O BANHAMMER É QUE VAI COMER! n
Deméter
avatar
Administradores
Mensagens :
330

Localização :
No meio das planta

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Mensagem por Vivien Arkwright em Seg 22 Maio 2017, 18:43


LOTTO
As linhas tinham mesmo um significado. Nada muito objetivo, mas não estavam ali por motivo nenhum. Todas se uniam em uma curiosa espiral e um zumbido complementava toda a bizarrice. É como se estivesse ali por um longo tempo, sem que eu tivesse percebido antes, embora agora seja muito mais perceptível.

Mas nada ainda era suficiente. Alguém tentando se divertir me responde. Há um tom diferente na voz, como se não fosse a mesma que, segundos atrás, me dizia para fugir. Isso pode ser nada além de uma paranoia. Uma mente perturbada e isolada também pode pregar peças nos momentos de maior necessidade. Os zumbidos se tornam mais intensos e acendem as luzes, que agem como um guia até a espiral.

Sequer penso em perguntar de novo quem é ou o que quer comigo. Não serei respondida.

De dentro da espécie de portal que aquilo se torna sai um lobo. Todas as linhas se movimentam e nada mais me surpreende. Sequer vacilo com a aparição do animal. O que realmente me faz quase saltitar de animação é o reaparecimento das armas. Elas brotam do chão, em frente aos meus pés, e tento as agarrar no mesmo instante.

Munida da espada na mão canhota e do escudo na destra — ambos posicionados em posições estratégicas: próximos dos flancos do corpo, mas não tão distantes do centro —, me preparo para uma defesa inicial. O lupino rosna, ameaçador. Seus caninos à mostra parecem bastante afiados.

— É isso que você quer, palhaço? — grito, destemida.

Por mais que demonstre certa bravura, seguro firme nas armas para não demonstrar o tremor do corpo inteiro. Um animal saiu do portal e espero que seja a única coisa que saia dali. Alterno os olhos entre o lobo e a passagem mística e, pela estranheza de tudo, aposto que aquela é a saída que tanto procurava.

Em uma situação diferente, teria buscado por uma alternativa além do combate direto. No entanto, algo dentro de mim indicia um mau presságio. Mate-o antes que seja pior, digo para mim mesma, tentando me convencer de que não sou maldosa por não hesitar em cortar a cabeça fora de um bichinho tão dócil e indefeso.

Um passo. É toda a aproximação que consigo no momento. Mantenho-me reclusa atrás do escudo, apesar de possivelmente armada e preparada para revidar. Os pés sorrateiros se arrastam ao redor do lobo, não exatamente em sua direção. Se tudo der certo, tenho espaço para contorná-lo com receio e cumprir o objetivo de me aproximar do portal para tentar bisbilhotar o que está do outro lado.


armas:
{Flowerblade} / Espada [Uma espada que mede cerca de 70 cm, sendo que sua lâmina é em torno de 60 cm. Sua lâmina é de bronze sagrado e fica em um tom diferente conforme a estação do ano, e o pomo tem a forma de uma rosa desabrochando. Seu guarda-mão tem um formato de quatro pétalas laterais divididas igualmente, e no centro há um brasão em forma de flor, adaptável ao gosto do meio-sangue. Ao matar alguém, toda a sua estrutura torna-se negra e gélida, relembrando ao filho de Perséfone o sofrimento que uma morte pode causar. ] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Perséfone]

{Flowershield} / Escudo [Um escudo pequeno e circular (cerca de 30 cm de altura e largura); é feito de aço e é bastante resistente. Em seu centro há entalhado um brasão de flor adaptável ao gosto do semideus. No nível 20, torna-se uma fitinha dessas que são amarradas nos pulsos ou nos tornozelos.] {Aço} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Perséfone]

poderes:
passivos:
nenhum utilizado.
ativos:
nenhum utilizado.
Vivien Arkwright
avatar
Filhos de Perséfone
Mensagens :
18

Localização :
pink

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Mensagem por Seo Je Hoon em Ter 23 Maio 2017, 14:37


Hit The Lotto

O brilho do piso bem polido salpicava sob meus pés, e o balançar da minha roupa quebrou a quietude em torno de mim ao ser parado abruptamente pelo toque firme de uma mão desconhecida. Uma outra mão furtiva saqueou o colar no meu pescoço, algo que só percebi ao me virar e se deparar com duas figuras familiares. Uma delas, a que segurava firme meu pulso, era o rapaz de antes, com o olhar maníaco – agora mais assustador que nunca – que parecia não fazer nenhum esforço para me segurar ali, mesmo quando eu forçava meu braço.

Não havia nenhuma maneira deles terem me deixado ir.

Um pouco mais afastado estava o de aparência arrogante, que parecia se divertir com a expressão tensa em meu rosto. Ele balançava meu colar em suas mãos, que me fez praguejar ao perceber a situação em que eu me encontrava. E então o silêncio momentâneo foi quebrado por ele. O tom de sua voz me confirmava o quanto estava se divertindo com tudo aquilo. O outro, nomeado Kyungsoo, parecia ainda mais excitado com a cena que se formava.

Permaneci em silêncio mesmo com as perguntas feitas, deduzi que fossem retóricas. Quando voltou a falar parecia alerta, segui seus olhos, encontrando não muito distante um estranho que me fitava. Assenti com a cabeça após o convite feito pela dupla, que aparentemente queria que eu os seguisse. Não era lá uma boa opção, mas com mais um estranho que me olhava para a coleção, ir com eles não pareceu tão mal. Discretamente apalpei minhas roupas com a mão livre em busca da adaga, que para meu infortúnio também não estava comigo.

Eu não queria ir, mas quanto mais tempo eu evitava, mais sentia vontade de fugir, e fugir me fazia sentir-se covarde. E foi essa raia de obstinada teimosia que me fez segui-los. Respirei fundo e reuni toda a coragem que tinha naquele momento, deixando as palavras saírem de minha boca. “Vocês não parecem ser tão convidativos também.” Com a voz firme, abruptamente levantei minha mão e arrastei vigorosamente através de meus cabelos, depois deixei-os cair para o lado enquanto inclinava a cabeça para olhar fixamente para a dupla. “E para onde vamos?’’

Armas:
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

+ Jehoon pode não ter sua arma no momento, sendo assim espero que a encontre o quanto antes.

Poderes:
Passivos:
Nenhum utilizado.
Ativos:
Nenhum utilizado.




Seo Je Hoon
avatar
Filhos de Nix
Mensagens :
11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Mensagem por Deméter em Ter 30 Maio 2017, 12:51


Lotto!
MNEM PARA VIVIEN E JEHOON

Ela era esperta, até mesmo o boss teve que admitir. Sua posição defensiva facilmente perceptível encaixava-se com perfeição na cena; seus pés, furtivos, passavam a tentar contornar a situação, muito embora ela aparentasse estar pronta para um embate a qualquer momento. O boss riu, e Viviem pôde ouvi-lo. Foi uma risada de escárnio. Soou como se ele estivesse mesmo ali, ou fosse as próprias paredes — mesmo que ela não soubesse onde ele estava.

No entanto, sequer teve tempo para pensar a respeito. Como que para atrair a sua atenção, o lobo, voraz, pulou em sua direção, tentando morder ferozmente o braço que segurava a espada. Seria uma mordida e tanto se ele tivesse sucesso, e a efetividade só poderia ser ditada pela capacidade de defesa e contra-ataque da prole de Perséfone.

Enquanto isso, não podendo afirmar que estava tranquilo ou livre de perigos, Jehoon relutava. Seu orgulho o fazia bater o pé. Quando disparou suas palavras, a dupla à sua frente simplesmente riu, trocando um olhar cúmplice que ele nunca seria capaz de entender. Lotto não era um local para amadores. E, sob a vista dos homens, amador era exatamente o que o rapaz estava sendo.

— Acredite, somos o máximo de simpatia que você vai encontrar por aqui — enfim falou Kyungsoo, que até então tinha mantido-se calado. — E nós vamos apenas... para uma sala de apostas. Que tal? Algo menos violento do que uma rinha de galo. Quero ganhar do Baekhyun em um jogo diferente. Sabe como é — completou, dando de ombros, não aparentando estar brincando sobre suas vontades.

Depois de um leve tapa e uma série de resmungos da parte do garoto mirrado, a breve conversa pareceu dar uma pausa. A dupla olhou analiticamente para o semideus à sua frente, ainda indecifráveis, esperando pela resposta. Como em qualquer outra situação em Lotto, aquela era uma aposta. Mas no que ele apostaria? Em ir com os homens ou negar de uma vez por todas?


OBJETIVOS
pontos obrigatórios

— Turno de defesa/contra-ataque por parte de Vivien. Qualquer movimentação é válida, desde que preze a coerência. Seja clara quanto ao que fez e como fez, tentando defender-se do ataque do lobo — e lembre-se que ataques também podem ser defesas. Interpretar a rápida reação à risada não é necessário, mas se o fizer não estará fugindo da proposta do turno.

Jehoon continuará interagindo com os homens. É a decisão final, a sua aposta derradeira: ir ou não com eles? Necessito que faça isso claramente, se possível deixando clara a motivação. Lembre-se que de qualquer maneira há consequências, e elas são boas e ruins, independente da escolha — ainda que haja uma melhor por agora.

— Lembrando que esta é uma missão narrada, então foquem em tentativas; não deem certeza de nada. Além disso, não demorem-se muito nos posts, pois, acreditem, realmente não precisa ser algo extenso. Têm feito isso muito bem até aqui (apesar dos posts estarem passando um pouco do previsto), e espero que mantenham. E ainda que seja um post de interação, não estendam-se muito, sim? Façam estritamente o necessário, sem deixar furos no turno.


ADICIONAIS
sobre o local e as diretrizes

— Diretrizes: missão narrada interna mediana; quarto turno.

— Local: Hotel e Cassino Lotto (Beverly Hills, Los Angeles, Califórnia).

— Horário: indefinido.

— Clima: frio e seco.

— Extras off: possíveis poderes, armas e mascotes deverão ser colocados em spoiler ao final do post, para fins de organização. Vivien, especificamente, já pode dar certeza dos itens que apareceram; Jehoon, por hora, não.

— Adendos: informações não dadas poderão ser acrescentadas por vocês, porém com coerência. Qualquer coisa, contatem-me via MP, Fb, Wpp, carta, sinal de fumaça, etc.

— Prazo de postagem: 10 dias, vencendo no dia 09 de junho de 2017, às 23h59m.


PARTICIPANTES & COMENTÁRIOS
NPCs, players e monstros

Seo Je Hoon, filho de Nyx, nível 1. (PLAYER)
  • vida: 100/100;
  • energia: 100/100;
Cometários:
  • Turno 1 — Apesar de ser uma missão narrada, onde não se dá certeza dos movimentos, iniciativas são sempre necessárias. Eu guio o enredo, mas você sempre deve me dar material para ser guiado. Não foi o caso do turno. É um pequeno deslize (que descontará pouco em sua nota), mas ainda assim é algo que não recomendo repetir.

    Além disso, houve também uma narração de certeza no final do seu post, o que não deve ocorrer numa narrada. Enquanto o narrador não der a sua aval, você não pode dar certeza de nada, ainda que, como dito anteriormente, iniciativas sejam fundamentais. Dizer que seu colar estava no pescoço é um erro que certamente minará sua nota final, ainda que não seja algo assombroso. Ademais, seu item também está desatalizado, então não poderá ser usado no decorrer da missão. Logo tratarei de narrar que você o perdeu, para que possa solicitar, após a missão, a atualização de seu arsenal.

    De resto, só posso parabenizar o post; ortográfica e coerentemente impecável (além dos deslizes citados, obviamente). Está de parabéns.

    P.S.: Amei o template, viadx. 'o'

  • Turno 2 — Post ok, sem ressalvas negativas a serem feitas. Objetivo, com movimentação e coerente ao enredo, reagindo bem ao aparecido.

  • Turno 3 — Post ok, sem ressalvas negativas a serem feitas. Objetivo, com movimentação e coerente ao enredo, reagindo bem ao aparecido.

— Do Kyungsoo, raça desconhecida, nível 5. (NPC)
  • vida: 140/140;
  • energia: 140/140;

— Byun Baekhyun, raça desconhecida, nível 5. (NPC)
  • vida: 140/140;
  • energia: 140/140;

Vivien Arkwright, filha de Perséfone, nível 7. (PLAYER)
  • vida: 160/160;
  • energia: 160/160.
Cometários:
  • Turno 1 — A lógica diz que uma sala tem porta, ou minimamente uma entrada (já que você apareceu nela sem saber como). No entanto, considerando o mundo dos semideuses, não há lógica. -q Entendo que é natural seguir essa linha de pensamento, e adianto que não foi um erro grotesco; estou comentando aqui unicamente para que tome cuidado em turnos futuros, nunca dando certeza de nada. Você pode narrar que tentou procurar uma porta, e que a abriria caso encontrasse, mas não que de fato a encontrou e girou sua maçaneta.

    Outro adendo a essa certeza é sobre as armas. No spoiler você cita: "ambas as armas estão possivelmente perdidas em algum espaço do cassino." Não que isso seja necessariamente um erro, mas recomendo que escolha melhor suas palavras; mesmo usando o "possivelmente" ali, o narrador pode vir a interpretar de maneira errônea e apontar que está dando certeza de possuir suas armas quando ele nem mesmo as narrou, como Jehoon fez. Cuidado com isso.

    Ademais, não há nada a e comentar. Post limpo ortograficamente, muito bem estruturado e objetivo na medida certa. Meus parabéns![/i]

  • Turno 2 — Post ok, sem ressalvas negativas a serem feitas. Objetivo, com movimentação e coerente ao enredo, reagindo bem ao aparecido.

  • Turno 3 — Post ok, sem ressalvas negativas a serem feitas. Objetivo, com movimentação e coerente ao enredo, reagindo bem ao aparecido.

Alpha, lobo, nível 1. (MONSTRO)
  • vida: 100/100;
  • energia: 100/100;



deméter, sweetheart
SE VOCÊ NÃO COMER O CEREAL, O BANHAMMER É QUE VAI COMER! n
Deméter
avatar
Administradores
Mensagens :
330

Localização :
No meio das planta

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Mensagem por Vivien Arkwright em Sex 02 Jun 2017, 18:11


LOTTO
Decido não me importar mais com as vozes. Sinto que alguém ainda fala comigo para me desestabilizar. Até tempos atrás, estavam conseguindo, mas agora não vão mais. Mesmo assim, não deixo de procurar de onde vem. As paredes são minha maior pista. Elas são estranhas.

Sinto frio, muito provavelmente ocasionado pelo nervosismo, mas não deixo que seja percebível. Aperto os dedos no cabo da espada e no suporte do escudo. As juntas ficam brancas com a força. O lupino rosna, estressado. Eu o encaro com a mesma intensidade.

Dou um pulo quando o lobo salta em minha direção. Tento agir depressa, inclinando a espada na sua direção. Se funcionar como o esperado, a lâmina perfurará o animal com a força do seu próprio impulso. Com a processão do contra-ataque, viro os olhos na direção do portal, determinada a saltar para dentro. De todo modo, o escudo permanece na defensiva.

armas:
{Flowerblade} / Espada [Uma espada que mede cerca de 70 cm, sendo que sua lâmina é em torno de 60 cm. Sua lâmina é de bronze sagrado e fica em um tom diferente conforme a estação do ano, e o pomo tem a forma de uma rosa desabrochando. Seu guarda-mão tem um formato de quatro pétalas laterais divididas igualmente, e no centro há um brasão em forma de flor, adaptável ao gosto do meio-sangue. Ao matar alguém, toda a sua estrutura torna-se negra e gélida, relembrando ao filho de Perséfone o sofrimento que uma morte pode causar. ] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Perséfone]

{Flowershield} / Escudo [Um escudo pequeno e circular (cerca de 30 cm de altura e largura); é feito de aço e é bastante resistente. Em seu centro há entalhado um brasão de flor adaptável ao gosto do semideus. No nível 20, torna-se uma fitinha dessas que são amarradas nos pulsos ou nos tornozelos.] {Aço} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Perséfone]

poderes:
passivos:
{Nível 1}
— Perícia Bélica I: Por ganharem de poder de reclamação uma espada (Flowerblade), as proles de Perséfone serão peritas no manejo de tal arma, podendo fazer movimentos considerados difíceis com pouco treinamento.
ativos:
nenhum utilizado.
Vivien Arkwright
avatar
Filhos de Perséfone
Mensagens :
18

Localização :
pink

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Mensagem por Seo Je Hoon em Qui 08 Jun 2017, 04:04


Hit The Lotto

Olhei de Baekhyun para Kyungsoo e, em seguida, para o homem que me encarava. Eles haviam dito algo sobre escolha, como se eu tivesse algum senso de liberdade naquele momento, coisa que claramente foi ignorado pela minha mente, afinal eu não tinha liberdade alguma.

De certa forma, poderia entender as hesitações iniciais que tinha em responder a dupla para se juntar à eles. No final das contas acabei não recuando, afinal eles aparentavam poder me derrubar e fazer o que quisessem. E eu com certeza perderia muito, quase demais. Apenas remexi algumas ideias e planos na cabeça para caso algo desse errado.

"Eu não vou arriscar em um jogo de sorte, caso queira saber.'' disse com escárnio. Não pude deixar de pensar que a dupla aparentava ser estranhamente divertida, embora tivesse quase certeza de que era apenas sarcasmo e encenação.

''Eu já dei minha resposta quanto a ir com vocês, só preciso agora que me mostrem o caminho." Apontei calmamente, mas havia uma sugestão de aviso no tom. Não sabia muito sobre o local e suas pessoas, mas sabia que eram mais inclinadas a chantagens e intimidações.

"Minha palavra é final." Afirmei teimosamente antes de revirar os olhos para as próprias palavras que soavam estupidamente orgulhosas e sem nenhum pingo de confiança. ''E mais uma coisa, poderia me devolver o colar?''

Eu teria então uma chance de lutar.

Armas:
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

+ Jehoon pode não ter sua arma no momento, sendo assim espero que a encontre o quanto antes.

Poderes:
Passivos:
Nenhum utilizado.
Ativos:
Nenhum utilizado.




Seo Je Hoon
avatar
Filhos de Nix
Mensagens :
11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — {Lotto}: MNEM para Vivien Arkwright e Seo Je Hoon

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum