Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

— a deusa da ironia: mnem para Jessamine H. Julie

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

— a deusa da ironia: mnem para Jessamine H. Julie

Mensagem por Bianca H. Somerhalder em Sex 05 Jan 2018, 14:08


a deusa da ironia
missão narrada externa mediana
Abriu os olhos de repente, mas, diferente do que esperava, não encontrou seu quarto vazio e silencioso, como de costume. Havia uma mulher ali, em pé encarando o sono profundo da semideusa. Cabelos castanhos, olhos azuis e pele pálida; o sorriso parecia ameaçador. Quando viu que Jessamine havia acordado, fez sinal para que ficasse de pé e se apresentou: Hera, a deusa do casamento.

Apesar da surpresa que a situação lhe causava, a garota não tinha muita opção senão obedecer. Deixou que a mulher colocasse dois dedos na sua têmpora e, já no mesmo momento, não estava mais em seu quarto, e sim em um cômodo parcialmente destruído pelo tempo. Do lado de dentro, havia apenas uma mulher debruçada sobre uma mesa; era feia e deformada, como se alguém tivesse lhe proporcionado isso.

Do lado de fora, noventa e um metros a separavam do chão.


pontos obrigatórios
— Narre uma introdução condizente com os fatos acima, descrevendo bem seus pensamentos e emoções;
— Assim que Hera tirar os dedos de sua têmpora, você voltará ao seu quarto e ela explicará: aquela que você viu é Momo, deusa da ironia e sarcasmo, e ela está tentando acabar com o mundo por vingança. Na mitologia, foi ideia de Momo criar Helena para causar a Guerra de Troia e, assim, diminuir a população do mundo com as guerras;
— A deusa está querendo repetir o ato, mas dessa vez pretende não diminuir a população, mas sim dizimá-la. Desse modo, Hera precisa de você para impendi-la. Aceite a missão que ela lhe propõe.


condições on-game
Jessamine H. Julie, lvl 39, filha de Héracles e Mênade (PLAYER)
Vida: 420/480
Energia: 420/480


informações extras
— Local de destino: ainda desconhecido;
— Horário: 5AM;
— Clima: 20 ºC, dia nublado e abafado;
— Considerar poderes (passivos e ativos), pets e itens nos spoiler, sendo que observações como "poderes até tal nível" não serão aceitas;
— Prazo de postagem: 7 dias.
Bianca H. Somerhalder
avatar
Arautos da Discórdia
Mensagens :
637

Localização :
Los Angeles

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — a deusa da ironia: mnem para Jessamine H. Julie

Mensagem por Jessamine H. Julie em Sab 06 Jan 2018, 23:56

such sweet nothingput my faith in something unknown
— Boa garota – a voz, já familiar para mim soou, e ao virar-me, encontrei Ares, com seu típico sorriso malicioso.
O que? Sentiu tanto assim a minha falta que resolveu me procurar no meu sonho? – pelo menos, aquilo era melhor do que o pesadelo recorrente que vinha tendo, noite após noite.
— Ficando convencida?
E devo assumir que sua visitinha não tem nada a ver com meu pequeno encontro com um certo
ex meu? – nesse momento, o cenário passou a ficar desfocado, e o deus da guerra parecia brilhar. De raiva ou ciúmes, não sabia dizer.
— Não sei do que você 'tá falando.
É mesmo?
— Tchau – com esse resmungo, fez um aceno, e as imagens tornaram-se cada vez mais difíceis de serem identificadas, até que tudo misturou-se, formando um borrão de cores. A última coisa que pude ouvir foi um xingamento em grego. Algo a ver com idiota e merdinha.
Mas não confie na minha palavra. Meu grego é horrível.


— Ridículo – foi a primeira coisa que ouvi ao acordar. A voz era melodiosa, quase, mas carregava certo tom de arrogância. Ainda com a visão turva do sono virei-me na direção do som, para encontrar uma mulher desconhecida e, ao mesmo tempo, conhecida.
Primeira impressão? Estonteante. Ela era maravilhosa, com seus cabelos escuros, que contrastavam com a pele pálida. Esta, por sua vez, servia para realçar seus olhos azuis profundos, capazes de serem identificados mesmo à meia-luz do quarto.
Licença? – ela bufou, e fez um gesto de mão. De repente, vi-me sendo forçada a levantar da cama, e fazer uma reverência.
— Mais respeito, semideusa – falou a última palavra como se fosse um xingamento.
Eu não deveria saber quem me tirou da cama e agora 'tá exigindo respeito de mim?
— Sinceramente... A educação que dão para esses semideuses nos dias de hoje é deplorável – rolou os sensacionais olhos, movimento que perdeu a graça depois que assumiu uma postura de pura arrogância — Sou Hera.
"Deusa do casamento" Hera? "Dos pavões" Hera? "Dos-"
— Cale a boca, sim? – e, com essas adoráveis palavras, colocou dois dedos em minha têmpora direita.
O último pensamento coerente que pude ter foi que merda.

Percebi que não estava mais em meu quarto. Na verdade, o lugar no qual estava era longe de ser parecido com minha morada no Acampamento. Dava para ver que era velho, isso é um fato. As paredes eram mofadas, as janelas tinham seus vidros quebrados e a tinta estava manchada. Aproximei-me da janela mais próxima, e - não me orgulho disso - levei um susto; estávamos muito longe do chão.
Foi apenas quando virei-me que percebi que não estava sozinha.
Havia, ainda, uma mesa atrás de mim. Uma mesa igualmente destruída pelo tempo, com um dos pés bambos, e uma madeira gasta. Mas, se estamos sendo sinceros, o que realmente atraiu-me a atenção foi o que - ou seria quem? - estava sobre ela. Era uma figura claramente gasta, com a pele enrugada e faltavam-lhe tufos de cabelo na cabeça. Eu teria pena, se não estivesse com tanta repugnação dela.
Antes que pudesse analisá-la mais um pouco, fui puxada dessa cena, indo parar de volta no quarto.

— Entendeu minha situação? – francamente? A voz da deusa já estava me dando nos nervos.
Não. Pode me explicar, por favorzinho?
— Para sua informação, aquela é Momo e-
Momo? – àquele ponto, eu estava fazendo aquilo de propósito. Ela ficava quase que suportável quando irritava-se comigo.
— Me deixe acabar, sim? E sim, seu nome é Momo, e não subestime-a. Ela é a deusa da ironia e do sarcasmo – levantei uma sobrancelha, debochando de seu título — Sim, vocês vão se dar bem provavelmente. Mas voltando ao meu problema; ela quer vingança.
E isso é meu problema porque…?
— Ela quer acabar com o mundo. O seu mundo. Para você ter uma ideia do problema que isso é, a Guerra de Tróia foi seu feitio. Ela criou Helena, a suposta mulher mais bonita do mundo – nessa parte, rolou os olhos. Pelo o que eu podia recordar-me da história, seu ranço ainda estava presente. Gesticulei para que continuasse — De qualquer jeito… Ela fez isso para que pudesse diminuir a população do mundo com os combates e brigas e blá, blá, blá.
Okay?
— Talvez essa parte capture seu interesse: ela quer fazer a mesma coisa. Mas, dessa vez, quer acabar com o mundo inteiro. Dizimar a população.
E onde eu entro nisso?
— Bom, eu te escolhi para ajudar-me nessa missão – com "ajudar-me", ela claramente queria dizer "fazer todo o trabalho".
E o que levou a rainha dos deuses a imaginar que eu aceitaria?
— Ora, o que você tem de melhor para fazer aqui? – olhei para os lados. Para as camas vazias e desfeitas, para o lado de fora, tão tranquilo e, ao mesmo tempo, tão entediante.
Entediante.
Voltei o olhar para a deusa, que agora carregava um olhar convencido. Este, por sua vez, quase me fez desistir da resposta que tinha em mente. Quase.
É, aceito seu argumento. Quando eu tenho que ir?


messed up kids:
etc:
— { (In)sanity } / Bracelete [Feito de bronze sagrado, é unido por diversos anéis e neles, estão entrelaçadas diversas videiras pequenas, símbolo de Dionísio. Ele mantém a insanidade de Jessamine adormecida, ao mesmo tempo que torna-a apática a tudo e a todos. Assim, poderes relacionados a controle de emoções perdem total eficiência contra a garota caso seja de menor nível; de seu nível ou até 10 acima, tem 50% de eficácia e a partir de 11 níveis a mais, funcionam totalmente. Porém, a cada 3 posts oficiais (missões, e no caso de narradas, uma vez por missão), ele cobra seu preço, e Jessamine torna-se intoxicada e violenta, mesmo que por um pequeno período de tempo, perdendo distinção de amigos e inimigos e atacando sem pensar. O estado dura 3 turnos.} (Nível mínimo: 30) {Psíquico} [Recebimento: DIY “Passin' Up On My Old Ways”, avaliada e atualizada por Phobos.]
— {Opprimere} / Clava [Clava de bronze sagrado. É uma arma maciça, de aparência intimidante, mas filetes dourados envolvem partes dela, deixando-a com o aspecto menos rústico. Transforma-se em um relógio no nível 20] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Héracles]
— {Acutus} / Aljava [Aljava com flechas de bronze sagrado. Comuns, pórem ilimitadas.] {Nenhum Material} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Héracles]
— {Bitch 69} / Arco[É um arco longo, mais ou menos com o tamanho da extensão do braço de Jessamine. É feito de uma madeira resistente o suficiente para ser dificilmente quebrado, juntamente com prata. Em sua exata 'metade', há a inscrição: "Bitch 69", uma homenagem à sua amiga, Angelique K. Quando não usado, transforma-se em um bracelete com um pingente único, em forma de um arco feito de prata.]{Prata e Madeira}(4){Não controla elementos}[Forjado por Harry S. Sieghart][Atualizado por Deméter em 17/03/2013]
— {Gravitions} / Tênis [Par de calçados aparentemente comuns, do tamanho exato dos pés da semideusa, com tons de azul e braco, no modelo dos All Star's. Apesar de aparentar normalidade, os tênis possuem efeitos incomuns: são abençoados pela deusa Selene de forma a deixarem nula a gravidade no corpo da semideusa, dando a ela suporte para realizar movimentos impossíveis para a sua condição natural; andar por superfícies verticais, dar saltos mais longos e mais altos - a depender totalmente da força da semideusa, não passando de cinco metros na vertical ou na horizontal. Os tênis, porém, têm uma carga de apenas dez minutos, sendo em uma missão narrada o equivalente a um turno. - tempo limite para os poderes serem usados - e precisam de uma recarga lunar para serem utilizados novamente; também só podem ser utilizados uma vez por ocasião. Após ser usado, o portador do item deve fazer uma encontrar uma maneira de recarregar o calçado, caso contrário o mesmo continuará a ser um tênis comum.] {Couro e tecido mágicos} (Nível mínimo: 20) {Controle sobre a gravidade} [Recebimento: Dado por Avery Monroe pelo melhor desempenho do terceiro treino trmestral dos mênades. Att por Ares]
— {Pride} / Bracelete [Um bracelete de bronze sagrado em formato de caveira e com a benção de Phobos. Uma vez por missão, o bracelete libera uma toxina alucinógena que faz com que todos que respirarem o ar em um raio de até 4 metros - com exceção do usuário - vejam e vivenciem suas fobias por uma rodada. A resistência à toxina é aplicada de acordo com o nível do alvo, mas resistência à fobia não terá efeito. Como é o bracelete que aos poucos vira a toxina, depois de sete missões em que a habilidade for usada, ele desaparece. Só pode ser usado uma vez por missão.] {Bronze sagrado} (Nível mínimo: 10) {Nenhum elemento} [Recebido de Harry S. Sieghart, como presente de Natal, no dia 26/01/2015 - atualizado por Poseidon.] (Missões com uso: 0)
— {Cantil de Dioníso} / Cantil [Um recipiente prateado, mágico, com a letra "D" emoldurada na frente e costas do objeto de formato retangular. É encantado para que nunca esteja vazio, embora, se consumido, o licor que porta só apareça novamente na manhã posterior, limitando o uso à uma vez por dia. Se consumido, tem o efeito de recuperar 40 de MP e 40 de HP instantaneamente.] {Prata} (Nível Mínimo: 28) {Nenhum elemento} [Recebimento da missão “Dad's Lesson”, avaliada por Ártemis e atualizada por Hécate.]
e tal:
poderes de héracles:
— nenhum.
poderes de mênade:
— nenhum.
mimimi
Jessamine H. Julie
avatar
Líder dos Mênades
Mensagens :
539

Localização :
você me diz :9

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — a deusa da ironia: mnem para Jessamine H. Julie

Mensagem por Bianca H. Somerhalder em Dom 07 Jan 2018, 23:02


a deusa da ironia
missão narrada externa mediana
Jessamine não esperava mas, com um estalo de dedos de Hera, ela não estava mais em seu quarto, e sim em frente ao prédio que ela havia visto no sonho. A construção, apesar de caindo aos pedaços, ainda era enorme e encantadora. Uma voz na sua cabeça, provavelmente da deusa, ecoou as palavras "Etemenanki, Babilônia", entregando sua localização.

Aproximando-se do prédio, a semideusa não conseguia ouvir barulho nenhum, mas a movimentação lá dentro era grande. E ela estava para descobrir isso.


pontos obrigatórios
— Narre uma introdução condizente com os fatos acima, descrevendo bem seus pensamentos e emoções;
— Quando ficar há alguns metros do prédio, dois guardas verão você. Eles são seguidores de Momo e, portanto, têm a benção dela. Derrote-os para poder entrar no prédio.


condições on-game
Jessamine H. Julie, lvl 39, filha de Héracles e Mênade (PLAYER)
Vida: 420/480
Energia: 420/480
arsenal:
— { (In)sanity } / Bracelete [Feito de bronze sagrado, é unido por diversos anéis e neles, estão entrelaçadas diversas videiras pequenas, símbolo de Dionísio. Ele mantém a insanidade de Jessamine adormecida, ao mesmo tempo que torna-a apática a tudo e a todos. Assim, poderes relacionados a controle de emoções perdem total eficiência contra a garota caso seja de menor nível; de seu nível ou até 10 acima, tem 50% de eficácia e a partir de 11 níveis a mais, funcionam totalmente. Porém, a cada 3 posts oficiais (missões, e no caso de narradas, uma vez por missão), ele cobra seu preço, e Jessamine torna-se intoxicada e violenta, mesmo que por um pequeno período de tempo, perdendo distinção de amigos e inimigos e atacando sem pensar. O estado dura 3 turnos.} (Nível mínimo: 30) {Psíquico} [Recebimento: DIY “Passin' Up On My Old Ways”, avaliada e atualizada por Phobos.]

— {Opprimere} / Clava [Clava de bronze sagrado. É uma arma maciça, de aparência intimidante, mas filetes dourados envolvem partes dela, deixando-a com o aspecto menos rústico. Transforma-se em um relógio no nível 20] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Héracles]

— {Acutus} / Aljava [Aljava com flechas de bronze sagrado. Comuns, pórem ilimitadas.] {Nenhum Material} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Héracles]

— {Bitch 69} / Arco[É um arco longo, mais ou menos com o tamanho da extensão do braço de Jessamine. É feito de uma madeira resistente o suficiente para ser dificilmente quebrado, juntamente com prata. Em sua exata 'metade', há a inscrição: "Bitch 69", uma homenagem à sua amiga, Angelique K. Quando não usado, transforma-se em um bracelete com um pingente único, em forma de um arco feito de prata.]{Prata e Madeira}(4){Não controla elementos}[Forjado por Harry S. Sieghart][Atualizado por Deméter em 17/03/2013]

— {Gravitions} / Tênis [Par de calçados aparentemente comuns, do tamanho exato dos pés da semideusa, com tons de azul e braco, no modelo dos All Star's. Apesar de aparentar normalidade, os tênis possuem efeitos incomuns: são abençoados pela deusa Selene de forma a deixarem nula a gravidade no corpo da semideusa, dando a ela suporte para realizar movimentos impossíveis para a sua condição natural; andar por superfícies verticais, dar saltos mais longos e mais altos - a depender totalmente da força da semideusa, não passando de cinco metros na vertical ou na horizontal. Os tênis, porém, têm uma carga de apenas dez minutos, sendo em uma missão narrada o equivalente a um turno. - tempo limite para os poderes serem usados - e precisam de uma recarga lunar para serem utilizados novamente; também só podem ser utilizados uma vez por ocasião. Após ser usado, o portador do item deve fazer uma encontrar uma maneira de recarregar o calçado, caso contrário o mesmo continuará a ser um tênis comum.] {Couro e tecido mágicos} (Nível mínimo: 20) {Controle sobre a gravidade} [Recebimento: Dado por Avery Monroe pelo melhor desempenho do terceiro treino trmestral dos mênades. Att por Ares]

— {Pride} / Bracelete [Um bracelete de bronze sagrado em formato de caveira e com a benção de Phobos. Uma vez por missão, o bracelete libera uma toxina alucinógena que faz com que todos que respirarem o ar em um raio de até 4 metros - com exceção do usuário - vejam e vivenciem suas fobias por uma rodada. A resistência à toxina é aplicada de acordo com o nível do alvo, mas resistência à fobia não terá efeito. Como é o bracelete que aos poucos vira a toxina, depois de sete missões em que a habilidade for usada, ele desaparece. Só pode ser usado uma vez por missão.] {Bronze sagrado} (Nível mínimo: 10) {Nenhum elemento} [Recebido de Harry S. Sieghart, como presente de Natal, no dia 26/01/2015 - atualizado por Poseidon.] (Missões com uso: 0)

— {Cantil de Dioníso} / Cantil [Um recipiente prateado, mágico, com a letra "D" emoldurada na frente e costas do objeto de formato retangular. É encantado para que nunca esteja vazio, embora, se consumido, o licor que porta só apareça novamente na manhã posterior, limitando o uso à uma vez por dia. Se consumido, tem o efeito de recuperar 40 de MP e 40 de HP instantaneamente.] {Prata} (Nível Mínimo: 28) {Nenhum elemento} [Recebimento da missão “Dad's Lesson”, avaliada por Ártemis e atualizada por Hécate.]

— Seguidores de Momo (NPC)
Vida: 240/240
Energia: 240/240
arsenal:
— Espada  [Possui a lâmina extremamente afiada e levemente curva, sendo resistente devido ao seu processo de criação, mais poderosa para quem utiliza a destreza do que a força, devido à técnica requerida ao seu uso. Seu feitio costuma ser mais detalhado do que o de armas comuns, com empunhadura em madeira, revestida em tecido e geralmente com padrões alinhavados de seda ou linhas nobres. Acompanha bainha resistente, de bambu]{Bronze sagrado, madeira e tecido} (Nível Mínimo: 5) {Nenhum elemento}


informações extras
— Local: Etemenanki, Babilônia;
— Horário: 5AM;
— Clima: 20 ºC, dia nublado e abafado;
— Considerar poderes (passivos e ativos), pets e itens nos spoiler, sendo que observações como "poderes até tal nível" não serão aceitas;
— Prazo de postagem: 7 dias.
Bianca H. Somerhalder
avatar
Arautos da Discórdia
Mensagens :
637

Localização :
Los Angeles

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — a deusa da ironia: mnem para Jessamine H. Julie

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum