Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

— queda e ascensão (MODE / FREY, Aleksandr)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

— queda e ascensão (MODE / FREY, Aleksandr)

Mensagem por Éris em Seg 09 Abr 2018, 15:38


queda e ascensão

Quando acordou, Aleksandr não estava mais entre os vivos.

Não havia memória de onde estivera antes dali; por alguns momentos, não havia memória de quem era. Passaram-se segundos, minutos, talvez horas, mas eventualmente, o príncipe do medo recuperou parte das próprias lembranças, mas não de forma pacífica. Não. Sua cabeça doía e a visão girava, e precisou esperar mais um pedaço de eternidade até que pudesse se localizar.

Onde estava?

A terra fria e fétida, tomada de carcaças e esqueletos de animais, era desconhecida ao filho de Phobos. Um rio cortava o solo como uma ferida de guerra, feia e sangrenta, não convidativa, o primeiro impulso do semideus sendo se afastar da água pútrida e repulsiva. Aleksandr quase fugiu, e o teria feito dadas suas condições atuais, se não tivesse visto a cadavérica figura do barqueiro surgir por entre a névoa que cobria o lençol d'água.

Ao ver o sorriso macabro de Caronte, tudo tornou-se mais claro.


pontos obrigatórios


• Faça uma introdução de acordo com os fatos narrados acima, adaptando o que for necessário para a realidade, trama e visão de mundo de seu personagem. Ao final da introdução, Aleksandr deve entender que está morto e precisa ir até os salões do castelo de Hades para ser julgado;

• Sua primeira dificuldade será comprar a passagem. De acordo com a mitologia, Caronte cobra dois dracmas de ouro por passageiro, e você deve descobrir possuir um total de zero deles. Narre de forma coerente uma tentativa bem sucedida de convencer o barqueiro a te atravessar, ou, também de forma coerente, obtenha acesso a dois dracmas para pagar pela viagem;

• Ao chegar no castelo, você deve narrar sua passagem pelos corredores e salões até chegar numa sala grande. Lembre-se que a ambientação é um tópico importante na narração, então espero que seu texto cubra tais detalhes. Dentro da sala haverá um único homem vestido de armadura negra como ferro Estige. Tal homem se revelará Minos, um dos juízes do Hades;

• Você será então julgado por seus crimes e boas ações em vida. Aqui, sinta-se livre para retomar e resumir capítulos que você considere importantes na trama do personagem. Ao final do julgamento, Minos decretará como sentença a Aleksandr uma eternidade em pobreza, fome e humilhação nos Campos da Punição. Contudo, antes que o juiz bata o martelo, Hades surge no salão, ordenando que o deus menor espere;

• Após breve análise, o deus do submundo haverá te julgado útil de alguma forma e proporá um acordo: um dos mais famosos condenados dos Campos da Punição, Sísifo, havia achado um meio de fugir de seu castigo. Hades está disposto a lhe oferecer uma segunda chance no mundo dos vivos caso você consiga recapturar Sísifo e devolvê-lo a seu castigo. Aceite o acordo, destacando a insatisfação de Minos em sua narração;

• Descreva o caminho do castelo de Hades até os Campos da Punição, sendo aqui livre o uso de fontes externas como mapas e outros artifícios para uma narração o mais detalhada possível. Entenda: aqui, eu não quero que você simplesmente diga que saiu do salão do julgamento e chegou em seu destino. Espero uma jornada bem descrita e coerente com a dificuldade da missão;

• Em algum momento do caminho, você será abordado por Minos. Insatisfeito com a interferência de Hades em seu julgamento, o deus menor lhe fará um novo acordo: surgirá um portal em alguma superfície próxima que Minos dirá ser um atalho até o mundo dos vivos. Você deverá lembrar, contudo, de uma das condições de Hades quando vocês firmaram um acordo: caso Aleksandr tentasse sair de sua missão e desviar-se do caminho e chance propostos pelo olimpiano, ficaria preso para sempre no submundo, enfrentando uma eternidade de sofrimento nos Campos da Punição. Assim, você deve recusar a proposta mentirosa de Minos, fazendo com que o deus se enfureça com você. Neutralize-o, lembrando que o mesmo é uma divindade e não deve ser derrotado com facilidade;

• Continue seu trajeto até que você encontre Sísifo. Ele estará perto de uma saída do Mundo Inferior para o mundo dos vivos, e mais uma vez você deve enfrentar a escolha entre burlar o acordo com Hades e seguir o que foi estabelecido. Independente de sua escolha, Sísifo lhe atacará, mas não representará ameaça real, sendo fraco e velho, além de castigado. No entanto, você deverá descobrir que a única forma de realmente derrotá-lo é forçá-lo a voltar a tarefa de rolar a pedra. Narre de forma criativa e coerente o jeito que Aleksandr o fez voltar a seu castigo, e finalize a missão da forma que achar mais apropriada. Para fins de cálculo, Sísifo possui nível 318 (precisamente, o dobro de Aleksandr).


player


Aleksandr Frey
Nível 159;

Por esta ser uma missão de segunda chance, há algumas condições impostas ao seu personagem: você tem direito a apenas três itens de seu atual arsenal (um de defesa, um de ataque, e outro extra). Além disso, ao início da missão, você estará fraco com 0% de potencial em relação aos seus poderes e deverá aumentar tal porcentagem ao longo da missão, até que finalmente chegue ao 100%, considerando a sua progressão aos níveis partindo do nível 1 ao 100. Assim sendo, ao dizer, por exemplo, que estará com 75% do seu poder, corresponderá até o nível 75 da lista de poderes.


regras e informações


DESCRIÇÃO E HABILIDADES DE DIVINDADES:
Abaixo, segue a descrição e habilidades base de uma divindade de acordo com o bestiário do PJBR. Para efeitos de nível, considere Minos com nível 318 (precisamente o dobro de Aleksandr). Adicionalmente aos poderes disponíveis no bestiário, Minos tem acesso às habilidades das listas de poderes de Hades e Zeus. Faça bom uso dos recursos disponíveis.

Tipo: Humanóide
Nível de Periculosidade: 150
Nível Monstruoso: 150 (1.590 HP/MP)
Taxa de Progressão: 1
Status Base: 100, aumento de 10 a cada nível
Domesticável: Não (Criaturas Únicas)
Limite de Evolução: 150
Localização: -
Agrupamento: Variável
Tamanho: Humanóide/ Gigante
Névoa: Humanos normais.

Deuses (ou divindades) são as deidades que criaram e governaram o mundo e universo. Portadores de enorme poder, seres divinos reverenciados e adorados pelos mortais. Possivelmente, tratam-se das entidades mais poderosas das mitologias, cada um com sua peculiaridade e sua esfera de poder. As linhas que datam a história dos deuses é longa, mas é de conhecimento geral que os mais poderosos são conhecidos como deuses primordiais, os primeiros a existir; depois vêm os titãs, os pais dos deuses; os olimpianos, criadores dos mortais; e enfim os deuses menores, os mais recentes em sua árvore genealógica, embora tão poderosos quanto alguns dos anteriores.

Obs: Em jogo, o mais fraco dos deuses gregos terá no mínimo NM 150, ainda que existam outros que atinjam estatísticas incríveis — como os primordiais, que poderiam beirar o NM 500. Ainda assim, esse modelo pode ser utilizado para qualquer divindade de qualquer mitologia, podendo haver deuses menos ou até mais poderosos do que os gregos.

Passivos

(-) Progenitor: O deus possui todos os poderes passivos, ativos e especiais da lista de poderes do qual é progenitor/ patrono (desse jeito, Zeus tem todos os poderes dos filhos de Zeus, Hera dos devotos e por assim vai). Caso o deus não possua uma lista de poderes, o narrador poderá livremente utilizar poderes de outros progenitores ou de monstros do bestiário que se encaixem em sua esfera de poder.

(-) Imortalidade: Um deus só pode morrer por esquecimento ou por vontade própria. Portanto, podem ter seus corpos destruídos e sua força temporariamente mitigada, mas voltará à vida ao final do evento ou em até 3 turnos após sua morte, caso esta ocorra. Se seu corpo for cortado em várias partes e separado, este só retornará à vida caso elas sejam juntadas.

(-) Poderes divinos: Todos os seus poderes são superiores aos de semideuses comuns. Quando utilizando uma habilidade, ela é considerada "de fonte divina" e, portanto, ignorará certas resistências (especificadas nas descrições do próprio poder).

(-) Imunidades divinas: Deuses são intimamente ligados à uma esfera de poder. Dessa forma, são imunes a poderes e habilidades que utilizem-na como descritor (Apolo seria imune à calor, Héstia seria imune ao fogo, Poseidon à água, Afrodite à charmes e por aí vai). Cabe ao narrador determinar suas imunidades antes de uma luta começar. Adicionalmente, todos os deuses olimpianos possuem uma resistência de 50% à luz, enquanto todos os deuses ctônicos (do submundo) possuem resistência de 50% às trevas.

(-) Super-atributos: Deuses são mais fortes, rápidos e ágeis do que outros seres, principalmente os mortais. Para fins de comparação, por padrão, são o dobro mais fisicamente capazes do que seres humanos comuns, gastando até 20% a menos de MP ao realizar atividades físicas extenuantes e contínuas, e sempre sendo bem mais sucedidos.

Ativos

(-) Semi-onipresença: Deuses possuem o poder de estar em vários lugares ao mesmo tempo, ainda que não em todos. Podem ouvir preces no plano mortal e respondê-las telepaticamente com o gasto dessa habilidade, desde que o seu alvo esteja em sua área de atuação. Para fins de limitação, deuses gregos estão presentes apenas nos EUA, e portanto, fora desse país ou em outro plano, nenhuma prece será ouvida, a não ser que aquele deus esteja no plano em questão ou em seu alcance visual (por exemplo: Zeus não ouviria uma prece de seu filho que estivesse no Alaska ou no submundo, a não ser que estivesse lá também).

(25) Oneirociência: Deuses podem invadir a mente de outros durante o sono, manipulando aquele mundo como bem quiserem e bem entenderem. Eles não são detectados por nenhum meio a não ser pelo óbvio: revelando-se à pessoa com quem fez contato, assim entregando sua identidade (embora possam também falsificá-la para manipular seu alvo). O deus é capaz de utilizar essa habilidade concentrando-se fora de combate, embora possa falar e andar normalmente. Sua oneirociência possui o mesmo alcance de sua semi-onipresença (ou seja: desde que seu alvo esteja no mesmo plano, dentro da sua área de atuação (NY para os gregos) ou desde que esteja em seu alcance visual). Esse poder não possui utilidade combativa e, portanto, não pode ser utilizada numa luta. Caso queira cortar a comunicação, o alvo também pode se forçar a acordar, mas estará novamente vulnerável à invasão caso retorne à dormir.

(50) Teletransporte: Deuses podem desaparecer e instantaneamente aparecer em qualquer lugar que mentalize, desde que se concentre para tal. É impossível fazer isso durante um combate, no entanto, já que requer concentração e tranquilidade. Como não é possível realizar esse teletransporte em uma luta, não possui limite de usos. Gasto baixo.

(75) Metamorfose: Deuses podem adotar qualquer forma. Se metamorfoseiam em animais, outros monstros e até em outros humanos. Eles não perdem sua capacidade de fala ou de raciocínio mesmo quando transformados em criaturas que, originalmente, tenham baixa inteligência e/ ou não possam se comunicar, sendo capaz de emitir som (às vezes, com o timbre alterado) até mesmo quando metamorfoseado em certos tipos de insetos que se comunicam através de apêndices, em vez de verbalmente. Caso transformado, adquire as habilidades da criatura base e perde as suas antigas, mas não altera HP/ MP. Não se transforma em criaturas únicas, mas pode adotar formas mitológicas que possuam NP equivalente à metade de seu nível. É uma técnica de metamorfose e por isso o deus só pode ser identificado através de sua aura/ poderes de identificação, ilusão não se aplica. Uma vez a cada dois turnos, podendo voltar à forma original quando bem entender (sem limite de duração).

(100) Rajada de energia divina: O deus emite energia divina em um raio de 20m que se expande em um cone de 7m de largura. A energia não causa dano, mas é debilitante; desativando qualquer bonificação ativa (buffs) que esteja na área ou sobre alvos pegos no efeito, também invalidando auras e desligando aparelhos eletrônicos (possivelmente causando um blackout caso num ambiente urbano), como um pulso magnético. Pessoas pegas no raio também são empurrados para o limite do alcance, jogando todos para trás a não ser que gastem uma ação para resistir. O poder reduz à 0 a duração de buffs ativos, enquanto auras benéficas e similares voltam a fazer efeito depois de 2 turnos. Uma vez por ocasião.

(150) Forma divina: O deus assume uma forma brilhante e extremamente poderosa, atingindo seu verdadeiro ápice de poder ao revelar sua real identidade. Nessa forma, criaturas ou semideuses de nível/ NP 50 ou menos que observarem-no serão instantaneamente incinerados, morrendo por exposição à poder divino. Criaturas ou semideuses até o nível/ NP 100 recebem 10% de dano no HP/ MP total por turno ao encararem-no, enquanto criaturas ou semideuses além do nível/ NP 100 podem contemplar o deus em sua verdadeira forma sem sofrer danos colaterais. Um deus em sua forma divina tem de 4 a 12 metros de altura (a depender se é primordial, titã, olimpiano ou menor) e atributos físicos dobrados (o quádruplo mais forte do que um ser humano comum), e recupera 5% de seu HP a cada turno ativo, mesmo durante combates. Gasto constante.

— Esta é uma missão de segunda chance para seu personagem. Aleksandr foi morto em missão por não postagem, ou seja, caso atinja o rendimento mínimo para uma one-post difícil, o personagem terá voltado dos mortos sem nenhuma perda de itens ou nível de acordo com o sistema de morte;
— Esta missão possui prazo de 30 dias, contudo, você estará congelado para outras atividades on game até que haja postagem aqui;
— Itens e poderes em spoiler no final no post. No caso dos poderes, preferencialmente organizados por nível e tipo;
— Evite observações como "considerar todos os poderes até o nível X". Quando usar uma habilidade, cite-a e diga se é passiva, ativa ou especial (caso não o faça, o uso da habilidade será ignorado);
— Templates (com barrinha, fonte muito pequena ou que seja muito estreito) ou cores que dificultem a leitura são proibidos;
— Dúvidas, problemas? Me mande uma MP.






Éris
avatar
Administradores
Mensagens :
184

Localização :
unknow

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum