Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

Chalé 20 [Héstia]

Página 4 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por 017-ExStaff em Sab 14 Ago 2010, 12:57

Relembrando a primeira mensagem :

O Chalé 25 era aconchegante e arrumado, no fundo havia uma lareira que sempre tinha as chamas acesas mantendo um clima magicamente agradável. Havia camas beliche e camas normais, no centro do Chalé havia um enorme tapete que nunca era o mesmo, sempre mudava. O Chalé de Héstia sempre fazia todos se sentirem confortáveis e calmos. Sobre uma mesinha de canto estava um bilhete escrito em letras bem desenhadas e em tinta vermelha:

"Filhos e filhas, bem vindos! Espero que gostem do acampamento e sejam felizes aqui. Estarei sempre que puder olhando por vocês, então nunca se sintam só. Nunca deixem a chama da bondade se apagar ou o calor da batalha esfriar.

Héstia."
017-ExStaff
avatar
Indefinido
Mensagens :
123

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Mitchel Cavendish em Dom 21 Ago 2011, 12:35


----------------------------------------
Local: Chalé de Héstia
Turno: Matutino
Post: 001
Inspeção do Chalé

----------------------------------------

Kurt acordara ansioso naquela manhã. O garoto passara a noite sonhando que perdera o cargo de Representante do Chalé por não ter inspecionado o local. O sono queria o deixar preso na cama, mas com muito esforço ele saltou da cama e foi lavar o rosto. O banheiro estava muito sujo, algo que o desagradou, pois se havia algo que Kurt detestava era sujeira, talvez por isso fora nomeado Representante do Chalé. O garoto olhou em volta e viu que Shampoo's e Condicionadores estavam espalhados pelo chão. O cesto estava cheio de papel higiênico usado e havia creme dental por toda a pia. A questão é que não havia apenas um cesto de papel e nem só uma pia, havia várias, pois ele tinha muitos irmãos. O semideus não queria acordar ninguém, então decidiu limpar tudo sozinho, sabia que demoraria muito, mas no final, valeria a pena.
O garoto separou baldes, sabão em líquido e em pó, lãs de aço, vassouras, rodos, água sanitária, sacos de lixos e desinfetantes. Depois de pegar todo o material que ia precisar, o garoto vai para o banheiro masculino, pois era o que estava em pior estado. Kurt começa pelos cestos de papel, pega um saco de lixo e despeja todos os papeis dentro e depois amarra o saco. O garoto estava com nojo, mas usava botas de borracha e luvas. O garoto olhou em volta e por pouco desistiu, pois ainda faltava muita coisa para fazer. Kurt deus descarga em todos os vasos sanitários para a água ficar limpa, em seguida jogou água sanitária, pegou um esfregão que ficava ao lado do vaso e começou a tirar todas as sujeiras. Alguns minutos depois, seu braço já estava dolorido de tanto esfregar, nunca trabalhara tanto na vida. Para finalizar a limpeza dos vasos, Kurt colocou desinfetante em cada um, para ficar cheiroso.
Era a vez do chão e das paredes. Kurt derramara água pelo chão e jogara nas paredes, em seguida derramou sabão em pó, não muito, pois ficaria difícil de tirar depois. O garoto pegou uma vassoura e começou a esfregar o chão, indo e voltando, até que tudo ficasse branco. Passou alguns minutos e seus braços estavam dormentes, mas ele não podia parar e deu continuidade à limpeza, dessa vez passando para as paredes. Apenas repetiu o processo do chão, mas não foi tão cansativo. O filho de Héstia jogou água novamente para tirar o sabão e pegou um rodo para puxar a água e mandá-la para o ralo. Ele queria ter uma habilidade para limpeza, mas não tinha nenhuma, tinha que fazer o que aprendera com seu pai e sua madrasta. Nunca pensara que seria tão cansativo, se tivesse previsto, ele jamais iria fazer aquilo, mas já que tinha começado, deveria terminar.
O garoto estava prestes à chorar, quando percebera que terminara a limpeza do banheiro masculino. Ele sorriu e ficou orgulhoso consigo mesmo, mas já haviam passado algumas horas e os campistas estavam prestes à acordar. Kurt pegou uma folha e um pincel piloto. "Se na próxima limpeza o banheiro estiver no estado que encontrei, vocês irão acordar à 05:00 da manhã para limpá-lo. E passarão o resto do mês limpando, pela manhã, pela tarde e pela noite." Após escrever esse recadinho nada intimidador, ele o pregou na porta do banheiro. O garoto já escrevera dois, pois colocaria no banheiro feminino também. Algumas semideuses já haviam levantado, Kurt pediu licença às mesma e adentrou o banheiro para limpar. Disse que era para aguardarem do lado de fora e que se alguém quisesse entrar, era para barrar. As semideusas apenas fizeram um sinal positivo com a cabeça.
Kurt entrou no banheiro feminino, algo que nunca foi preciso fazer e percebeu que não estava muito sujo. Só haviam alguns papeis no cesto, mas o piso brilhava e as paredes estavam limpas. Nas pias, não havia vestígios de creme dental e nos vasos sanitários havia desinfetante. Ele sorriu e apenas colocou os papeis do cesto no saco de lixo. Em seguida apenas passou um pano úmido com desinfetante no chão e o banheiro estava limpo. Kurt pegou a placa que havia feito para colocar na porta e rasgou, colocando os pedaços dentro do saco de lixo. Kurt saiu do banheiro feminino e deixou as semideusas entrarem, deu-lhe os parabéns e as mesmas sorriram.
Já haviam muitos semideuses acordados. Kurt olhou em volta do dormitório, e estava muito desorganizado. Havia roupas no chão, toalhas molhadas em cima das camas e sapatos espelhados por todos os quartos. Dessa vez, Kurt não faria tudo sozinho, ele pegou um megafone.
- Irmãos, hoje é o dia da Inspeção. Enquanto vocês dormiam, eu limpava os banheiros que estavam imundos. Agora, vocês vão pegar seus pertences. As roupas sujas, colocarão no sexto; as toalhas molhadas, estenderão no varal e os sapatos, guardarão na prateleira onde está escrito o nome de cada um. E se algum deixar de fazer isso irá limpar o dormitório pelo restante do mês... E sem ajudas. - Kurt não estava pegando pesado com os irmãos, apenas queria que ele tivessem responsabilidades. O semideus percebeu que seus irmãos ainda estavam parados. - AGORA! - Kurt segurou o sorriso, pois mal terminara de falar o "agora" e seus irmãos já corriam desesperados de um lado pra o outro fazendo o que ele dissera. A única cama que estava arrumada era a do próprio Kurt, pois ele para falar, tinha que já ter feito.
Alguns minutos depois, o quarto estava organizado, só precisava agora da limpeza. Kurt pegou o megafone mais uma vez.
- Agora, prestem atenção. Se dividam em dois grupos. Um grupo irá varrer o dormitório e tirar a poeira dos móveis. Se algum dos que tiverem varrendo achar alguma roupa ou sapato em baixo da cama, pode me informar que eu farei algo para com esse espertinho que tentou enganar. - Kurt viu um menino saindo discretamente do meio dos outros, para tirar os sapatos que deixara em baixo da cama. - O segundo grupo, passara "pano" no dormitório, e o deixará brilhando. Utilizem um pouco de cera líquida, ajuda no brilho, mas não usem muito, pois deixará o chão liso. Quando terminarem, estão liberados para o Café da Manhã, pois terminarão em cima da hora. E se eu não vou fazer nada? Não. Como podem ver, minha cama está completamente arrumada e não há um grão de poeira perto da minha escrivaninha. - Kurt se dirigiu à sua cama e foi fazer um relatório sobre a limpeza.
Finalmente, tudo havia acabado. Tudo estava muito limpo, até brilhante. Não haviam brigas. Os semideuses foram tomar café da manhã e alguns já voltaram. Kurt sentia orgulho de seus irmãos, pois sabia que os mesmo deram duro para deixar o Chalé da forma que ficou. O garoto sorriu, pegou o megafone.
- Meus irmãos, fizeram um ótimo trabalho, parabéns à todos. E espero que conservem do jeito que está. - Kurt deixou o megafone em sua escrivaninha e seu relatório também, em seguida saiu do Chalé, com o intuito de respirar "ar puro".

Mitchel Cavendish
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
424

Localização :
Devonshire

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Victória J. Witaker em Ter 23 Ago 2011, 15:42

Eu entro no clalé. Deixo alguns objetos pessoais cair no chão. Um garoto vem me ajudar a pegar as coisas. Depois de eu e ele ter pego tudo em pergunto:

- Quem é você?
Victória J. Witaker
avatar
Indefinido
Mensagens :
41

Localização :
Por que quer saber? Vai me assaltar?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Mitchel Cavendish em Ter 23 Ago 2011, 17:06


----------------------------------------
Local: Chalé de Héstia
Turno: Matutino
Post: 001
Inspeção do Chalé

----------------------------------------
Kurt ajuda uma de suas irmãs à arrumar seus objetos pessoais que haviam caído no chão. Ele não sabia o nome da garota, na verdade, sabia apenas os sobrenomes dos irmãos. O semideus coloca as mãos na nuca e faz uma cara de menosprezo para consigo mesmo. Em seguida, sorrir de canto. - Hum... Desculpe por não ter me apresentado antes de passar tantas ordens. Sou Kurt... Kurt Kellan Kasper, seu irmão e Representante do Chalé de Héstia. - O garoto ajudava a irmã enquanto falava com a mesma. - E você deve ser a senhorita Witaker, prazer. - O filho de Héstia estava muito cansado, pois não fora um momento tão fácil. Ele fitou a irmã nos olhos, não sabia o que falar com ela, então resolveu deixá-la iniciar um novo diálogo.
Kurt arruma a cama de sua irmã, deixando impecável, sem nenhum amassado. Depois, senta na cama e fica olhando para a irmã.
- O que você gosta de fazer? ]- Ele não sabia sobre o que deveria falar, então resolveu descobrir do que ela gostava para depois dialogar mais especificamente. O garoto sorrir e fita os olhos da irmã, sem desviar. Não era notável na aparência do garoto o quão estava cansado, mas seu corpo sabia muito bem o quanto estava e ele não sabia até quando aguentaria ficar ali.
Mitchel Cavendish
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
424

Localização :
Devonshire

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Victória J. Witaker em Ter 23 Ago 2011, 17:32

Eu fitei o garoto. Ele olhava dentro dos meus olhos como se tentasse descobrir alguma coisa.
- Por favor, não me chame de senhorita Witaker. Me chame de Vic. - Em uma situação normal eu teria ficado com vergonha de estar falando com Kurt. Era a primeira vez que alguém do meu chalé havia notado a minha presença. E eu não o conhecia também, só não sai do chalé por que ele era meu irmão. Mias no momento em que pensei nisto eu fiquei calma. Fiquei "sem vergonha". Fiquei em paz.
- Você quer saber alguma coisa em especial sobre mim? - Perguntei. Kurt fez uma careta charmosa e disse:

Victória J. Witaker
avatar
Indefinido
Mensagens :
41

Localização :
Por que quer saber? Vai me assaltar?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Mitchel Cavendish em Ter 23 Ago 2011, 17:47


----------------------------------------
Local: Chalé de Héstia
Turno: Matutino
Post: 003
Inspeção do Chalé

----------------------------------------
Kurt sorrir com a reação de sua irmã. Então, o apelido dela era Vic. O garoto abre um sorriso iluminado. - Vic, queria apenas conhecer meus irmãos um pouco mais. Estou aqui há tanto tempo e só conheço dois deles e quase não os vejo mais. Sempre estão em missões. Gostaria de conhecê-la e de ser presente em sua vida, como o irmão mais velho, mas não o irmão mais velho chato, apenas o irmãos mais velho legal. - Kurt deu uma pequena pausa e sentiu uma dor na cabeça, sorri para disfarçar. - Com certeza eu não sou e nunca serei o irmão melhor do mundo, mas posso garanti-la de que o que eu puder fazer para ajudar, eu farei. - Pouco a pouco esta certeza ergueu-se, petrificou-se na vida de Kurt e, como uma coluna num descampado, dominou a vida dele.
A enxaqueca voltara. Kurt sentia as pontadas agressivas em sua cabeça, ele fingia que estava tudo bem, mas na verdade, ele estava com muita dor. O garoto tira um remédio que um curandeiro de Apollo fez pra ele e toma. O garoto sorrir para a irmã, esperando o remédio fazer efeito. Estava tentando ser o mais legal possível, sempre fora fechado, mas estava com vontade de mudar. Afinal, ele agora representava muitos semideuses, ou seja, todos os filhos de Héstia. Ele sabia que era apenas uma brasa da lareira, mas ele queria ser uma brasa viva, pois independentemente do tempo passar, sempre será fervoroso.
Mitchel Cavendish
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
424

Localização :
Devonshire

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Victória J. Witaker em Ter 23 Ago 2011, 18:13

Victória percebe que para o irmão estar tomando um medicamento, com o rotulo "Curandeiros de Apollo" ele não deveria estar bem. Ela estava se sentindo triste por não saber como ajudar seu irmão. Nem uma palavra, nem uma dica, nem uma letra de música (que ela já ouvira muitas) pode vir a sua cabeça naquele momento. Ela não conhecia Kurt direito, mais sabia que ele era bem parecido com ela em vários aspectos. Ela queria poder, simplesmente deixar o irmão descansando, mais essa não era a sua vontade. Ela queria ficar ali. Perto dele. Sentia que. o que ele tinha dito sobre ser o irmão mais velho e legal era verdade. Em seu semblante eu via (além da beleza) um esforço para parecer forte, e que quase me fazia acreditar que tudo estava bem.
- Tem alguma coisa que eu possa fazer por você?
Victória J. Witaker
avatar
Indefinido
Mensagens :
41

Localização :
Por que quer saber? Vai me assaltar?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Mitchel Cavendish em Ter 23 Ago 2011, 19:28


----------------------------------------
Local: Chalé de Héstia
Turno: Matutino
Post: 004
Inspeção do Chalé

----------------------------------------
Kurt sorrir surpreso com a pergunta da irmã. Ela não parecia ter a habilidade de sentir o que outras pessoas estão sentido. Talvez a garota notara algo na expressão de Kurt e logo deduzira. Ele agora não podia esconder, ele ficou sério, com uma expressão amargurada. - Passamos toda a vida nos preocupando com o futuro. Fazendo planos para o futuro. Tentando prever o futuro. Como se desvendá-lo fosse aliviar o impacto. Mas o futuro está sempre mudando. O futuro é o lar dos nossos medos mais profundos e das nossas maiores esperanças. Mas uma coisa é certa: quando ele finalmente se revela, o futuro nunca é como imaginamos. - Kurt se dá conta de que falou demais. Ele não precisava dizer aquilo à ele. O garoto se levantou, ainda sério. - Desculpe, Vic... Por te falar isso. Eu só preciso... Só preciso descansar um pouco, essa manhã está passando muito lentamente e estou muito exausto.
Kurt se levanta e fita o Vic, mas com a mente em um lugar completamente diferente. - Nem todas as feridas são superficiais. Algumas feridas são mais profundas do que podemos imaginar. E depois, existem as feridas que nos pegam de surpresa. O segredo em cada tipo de ferida ou doença é cavar fundo para descobrir a causa do ferimento. E uma vez que já o encontrou, tente como nunca curar aquele ferimento. - O garoto beijou o rosto da irmã e foi para sua cama, descansar e pensar. Pensar o por que estava dizendo aquilo que há tanto tempo tinha guardado. E logo que fechou os olhos, o pensamento surgiu. Toda mágoa velada é água parada e uma hora transborda. Kurt continuou com os olhos fechados, mas com muito há pensar. E para ficou esvaziando-se de tudo aquilo que o estava impedindo de prosseguir.
Mitchel Cavendish
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
424

Localização :
Devonshire

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Victória J. Witaker em Qui 25 Ago 2011, 16:16

Depois disso eu fui dormir também. Eu não achava que estava tão cansada, só percebi isso quando fechei os olhos e dormi quase que automaticamente. Quando eu acordei não tinha ninguém, pelo menos era o que eu achava. Tinha um garoto de costas para mim.Eu não sabia se era o garoto que eu estava conversando na noite passada ou se era outro.
- Quem é você?
Victória J. Witaker
avatar
Indefinido
Mensagens :
41

Localização :
Por que quer saber? Vai me assaltar?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Maxuel Shield em Sex 26 Ago 2011, 16:44





Local: Chalé de Héstia
Clima: 26º
Horário: Manhã/ 08:47




Estava uma linda manhã a qual eu havia acabado de acordar, com um sonho que não era um dos mais agradáveis. No sonho eu comecei sonhando que eu havia voltado para casa e lá eu era derrotados por monstros e eles antes de me matarem matavam meu pai e meus irmãos, logo em seguida o sonho mudou e eu estava no acampamento em um dia normal fazendo minhas atividades com meus irmãos e quando estávamos todos dormindo e na calada da noite o exercito havia atacado, entre eles estavam traidores, monstros dos tipos mais horripilantes que se podiam imaginar, alguns deuses menores e titãs. Nós lutamos mais no final eles acabavam vencendo e todos do acampamento eram exterminados. Olhei para os beliches aos lados e vi que alguns irmãos meus ainda dormião. Eu fui o mais silenciosamente possível para a lareira que havia em nosso chalé e era magicamente encantada para que a chama nunca se apagasse e era a coisa que mais me acalmava. Me sentei no chão do chalé de modo que eu ficava de frente a ele, olhei para as chamas que faziam labaredas e pareciam ter vidas, por vezes botava a mão no fogo e sentia, ao minha opinião, a melhor sensação do mundo, uma sensação quente e aconchegante que ao mesmo tempo, inexplicavelmente, assustadora, mas esta parte era substituída devido ao enorme aconchego que eu sentia, era para mim a coisa mais próxima de um abraço de mãe, o que eu não sabia o que era, pois nunca havia me encontrado com minha mãe e este era meu sonho e objetivo de minha vida. Continuei ali por mais alguns minutos às vezes fazendo o fogo tomar algumas formas o que acabava me fazendo rir e me divertir. Após mais alguns minutos decidi sair do chão e fui para o banheiro onde tomei um banho e pus minha camisa do acampamento um short preto e um tênis preto e sai do banheiro onde encontrei alguns irmãos que já haviam acordado, dei um bom dia a eles e fui me sentar em minha cama onde novamente voltei a pensar no sonho que eu havia tido, eu tentava não pensar nisso mais todas às vezes isso voltava a minha cabeça e me atormentava, a luta contra o exercito estava cada vez mais perto e isso me deixava com muito medo afinal não queria morrer, e muito menos não queria que meus amigos morressem. Depois de arrumarmos o chalé para a inspeção nos reunimos e saímos do chalé para fazer nossas atividades.
Maxuel Shield
avatar
Indefinido
Mensagens :
192

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Convidad em Sex 26 Ago 2011, 18:41

Eu entrei no meu novo chalé. Eu coloquei os meus pertences em cima da cama e me sentei nela. O chalé estava vazio. Eu não tinha me relacionado com quase ninguém, e falar com algum dos meus irmãos e irmãs seria bom. Então um garoto entrou e veio na minha direção.
-Oi - eu disse.
Convidad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Maxuel Shield em Sex 26 Ago 2011, 22:50





Local: Chalé de Héstia
Clima: 26º
Horário: Manhã/ 08:57




Estava sentado em meu beliche pensando na vida quando a porta de nosso chalé foi aberta e nela apareceu uma garota. Olhei para ela mais atentamente e vi que deveria ser uma irmã minha. Olhei para ela da forma mais gentil que podia e fui até ela e esta falou:
▬ Oi.
▬ Oi, irmã!!! Seja bem vinda ao nosso chalé!

Olhei para ela abrindo um sorriso mais largo ainda e vi que esta tinha uma expressão nervosa, o que era normal quando ainda era um novato. Eu sabia o que ela passava, pois já havia passado por isto e não era agradável, você se sente sozinho e solitário e por esta razão estava disposto a ajudar minha irmã para que não se sentisse solitária.


Maxuel Shield
avatar
Indefinido
Mensagens :
192

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Convidad em Sab 27 Ago 2011, 13:30

O garoto sorriu e respondeu
- Oi, irmã!!! Seja bem vinda ao nosso chalé! - Ele sorriu novamente, mais com um sorriso acolhedor, como a lareira. Ele se sentou ao meu lado e me olhava como se tentasse entender o que eu estava passando. Eu estava sem assunto, então me apresentei.
- Meu nome é Gabriella K. Bertizzoli, mais pode me chamar de Gabi.
Convidad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Maxuel Shield em Dom 28 Ago 2011, 10:53

▬O meu nome é Mathew.
Olhei para ela e disse:
▬ Se precisar de algo me procure pode conta comigo
Maxuel Shield
avatar
Indefinido
Mensagens :
192

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Gabriela Lopes em Dom 28 Ago 2011, 11:46

Chego ao chalé e vejo meu irmão Mathew conversando com uma novata . E vou até eles.
-oi, você que é a outra Gabriela, né ?
Gabriela Lopes
avatar
Indefinido
Mensagens :
162

Localização :
acampamento meio sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Mitchel Cavendish em Dom 28 Ago 2011, 15:58

Apartment Inspection
cleaning up

E mais uma vez chegara o dia de Kurt inspecionar o Chalé. O garoto dormira bem durante a noite, ou melhor, não tivera nenhum pesadelo. Levantou preguiçosamente da cama e percebeu que já tinha alguns de seus irmãos levantados. O garoto foi ao banheiro ainda com os olhos semi-abertos, pois as pálpebras ainda pesavam. A cama parecia atraí-lo, tudo o que Kurt queria era ficar mais um pouco nela, quem sabe, mais um dia dormindo. Kurt formou uma espécie de concha com a mãe e encheu de água, em seguida levou aos olhos, para lavá-los e tentar despertar o sono. Olhou para o espelho e ficou paralisado. Por um momento, pensou que se tratava de uma ilusão, mas ele piscou várias vezes e a imagem continuou ali. O banheiro estava simplesmente brilhante. Não havia sujeira no chão, nem no vaso sanitário e nem creme-dental na pia. Kurt sorriu feliz consigo mesmo, pelo o que parecia, a placa havia feito efeito ou os seus irmãos evoluíram e criaram um pouco mais de responsabilidade.
O garoto saiu do banheiro, já havia tirado o pijama e vestido uma roupa casual. O semideus esfregou os olhos, olhou para os lados, respirou fundo e por fim pegou o megafone. - Bom dia, irmãos! - Kurt falava um pouco alto para acordar quem ainda dormia, mas tinha certo tom de empolgação em sua voz. - Vamos levantar e começar à deixar esse lugar limpo novamente. - A verdade é que aparentemente não havia muito o que fazer. Kurt já tinha olhado os dois banheiros e estavam limpos. E no dormitório, tinha apenas alguns objetos pessoais jogados no chão. Kurt respirou fundo novamente. - Quem tiver objetos pessoais jogados no chão peguem, por favor. - O garoto lembrou-se que ainda não havia arrumado sua cama, então seguiu na direção dela, para dobrar os lençóis e ajeitar a coxa.
O tempo estava passando rapidamente, naquela manhã. O dormitório já estava sendo limpo por Kurt e seus irmãos. Já haviam tirado a poeira e agora passavam o pano e o lustra móvel. Kurt pegou seu megafone. - Muito bem, estão liberados para o café da manhã. - Olhou em volta mais uma vez e concluiu o serviço escrevendo um relatório de como havia sido a inspeção. Kurt foi para sua cama e ao lado na escrivaninha, havia um livro chamado "Ana Karênina" de um autor russo "Tolstói". O filho de Héstia pegou o livro e se pôs à lê-lo, esperando ser chamado para alguma coisa importante, talvez uma missão.

Duvides que as estrelas sejam fogo, duvides que o sol se mova, duvides que a verdade seja mentira, mas nunca duvides que te amo.



Mitchel Cavendish
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
424

Localização :
Devonshire

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Convidad em Seg 29 Ago 2011, 13:34

- Ok. - Respondi à Mathew.
Uma garota veio na nossa direção e disse
- Oi, você que é a outra Gabriela, né ? - A suspeitar pela " a outra Gabriela" ela deveria se chamar Gabriela. A menina parecia bem simpática e estava sorrindo. Eu sorri para e ela, para não parecer indelicada.
- Sim eu sou a outra Gabriella. Novata. Tudo bem?
Convidad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Gabriela Lopes em Seg 29 Ago 2011, 13:50

A menina novata perguntei se estava tudo bem
-Sim, e eu também sou Gabriela, prazer em conhece-la - respondi , ela parecia ter a minha idade - E está tudo bem com você?
Gabriela Lopes
avatar
Indefinido
Mensagens :
162

Localização :
acampamento meio sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Convidad em Seg 29 Ago 2011, 17:59

A garota estava sendo muito agradável. Eu estava feliz por ter alguém da minha idade no chalé.
- Estou bem. Melhor em saber que tem alguém da minha idade. A quanto tempo você está aqui?
Convidad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Isabel Ruschel em Ter 30 Ago 2011, 17:46

Eu chego no meu chalé e vejo duas garotinhas conversando. Deixo minhas coisas no chão e me sento em uma cama.
Isabel Ruschel
avatar
Indefinido
Mensagens :
7

Localização :
Acampamento Meio Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Gabriela Lopes em Qua 31 Ago 2011, 15:09

ela perguntou a quanto tempo eu estava no acampamento
- Pra falar a verdade eu nem sei mais - respondi - e é muito bom mesmo ter alguem da sua idade. Então, Você é de onde?- perguntei.
Gabriela Lopes
avatar
Indefinido
Mensagens :
162

Localização :
acampamento meio sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Jay Lol em Dom 04 Set 2011, 11:02

Uau...Eu tinha sido reclamado por Héstia, por essa eu não esperava. Mais eu adoro Héstia,e coisa e tal então pra mim é ótimo ser filho dela, eu pensei chegando no chalé.
Observei que tinha alguns irmãos meus lá.
-Oi eu sou o Jay, espero que todos nós sejamos amigos - Eu me apresentei.
Subi em uma beliche que estava vazia (ainda bem que estava, adoro beliche no topo).Botei a minha mala em cima, e fui da um tempo na cachoeira.
Jay Lol
avatar
Indefinido
Mensagens :
13

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Convidad em Qui 08 Set 2011, 16:40

Eu estava conversando quando um campista chegou. Eu conhecia ele, sabia que ele tinha sido reclamado por Héstia, só não sabia seu nome. Então ele se apresentou:
-Oi eu sou o Jay, espero que todos nós sejamos amigos.
Então ele subiu em seu beliche e saiu.
Convidad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Amanda_Paula em Sex 09 Set 2011, 07:18

Entrei no chalé de minha mãe timidamente, afinal não sabia se havia irmãos acordados a essa hora.
-Errr... Prazer em conhecê-los. Sou Amanda.
Amanda_Paula
avatar
Indefinido
Mensagens :
2

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Convidad em Qua 14 Set 2011, 18:17

Logo que Jay saiu, uma garota entrou. Ela parecia tímida com aquela situação.
-Errr... Prazer em conhecê-los. Sou Amanda. - Disse a garota. Eu sorri com a sua timidez. Fui até ela e disse:
- Prazer Amanda. Meu nome é Gabriella... Seja bem-vinda!
Convidad

Voltar ao Topo Ir em baixo

[color=yellow]Chalé 25 [/color]

Mensagem por Gabriel S. da Costa em Sex 07 Out 2011, 18:19

Héstia muito obrigado pela hospedagem mas... quantos irmãos eu tenho?
Gabriel S. da Costa
Indefinido
Mensagens :
6

Localização :
acampamento meio-sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 20 [Héstia]

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum