Sistemas de Evolução: Regras Avaliativas, Atividades e Treinos, Tipos de Missões, Aulas e Recompensas Gerais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sistemas de Evolução: Regras Avaliativas, Atividades e Treinos, Tipos de Missões, Aulas e Recompensas Gerais

Mensagem por Organização PJBR em Dom 22 Jul 2018, 23:50


Regras de Evolução

Upar, no bom dicionário gamer, é subir de nível (ou ganhar poder, de forma mais ampla). Aqui no PJBR, isso se dá por meio da obtenção de XP, a sigla para "experiência". A ideia é bem simples: quanto mais níveis, mais forte é o personagem. No fórum, temos duas maneiras principais, ainda que não únicas, de ganhar XP: 1. por treinos; e 2. por missões.

Basicamente, ao criar uma narração, seja ela um treino ou uma missão, o player será avaliado conforme os seguintes quesitos, com os pesos entre parênteses:


  • 1. coerência (50%);
  • 2. coesão, estrutura e fluidez (25%);
  • 3. objetividade e adequação à proposta (15%);
  • 4. organização e ortografia (10%).


O total de experiência será dado a partir da soma das porcentagens acima e multiplicado de acordo com o valor da missão ou evento.

A progressão de experiência conforme o nível segue o disposto abaixo:

Do nível 01 para chegar ao 15 são necessários 100 pontos de experiência por nível (1.400 xp totais)
Do nível 15 para chegar ao 30 são necessários 125 pontos de experiência por nível (1.750 xp totais)
Do nível 30 para chegar ao 50 são necessários 150 pontos de experiência por nível (2.850 xp totais)
Do nível 50 para chegar ao 75 são necessários 175 pontos de experiência por nível (4.200 xp totais)
Do nível 75 para chegar ao 100 são necessários 200 pontos de experiência por nível (4.800 xp totais)





Organização PJBR
Organização PJBR
AdministradoresPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1056

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sistemas de Evolução: Regras Avaliativas, Atividades e Treinos, Tipos de Missões, Aulas e Recompensas Gerais

Mensagem por Organização PJBR em Dom 22 Jul 2018, 23:52


Atividades


Treinos


Os treinos são uma das formas mais básicas de se ganhar XP, além da mais segura, por um simples motivo: você não pode morrer em nenhum tipo de treino. Justamente por serem só treinos, ou seja, serem formas seguras de exercitar (em on, o personagem; em off, sua narração), eles não passam por riscos. Treinos possuem a pontuação fixa de, no máximo, 100 XP.

O PJBR oferece várias modalidades de treinos, das mais simples às mais complexas. Eles, junto com todas as atividades internas do nosso fórum, pode ser encontrada neste link: clique.

Combate Narrado


Modalidade encontrada no Clube da Luta. Nesse tipo de treino, o jogador luta (em formato narrado) contra um oponente, que pode ser um NPC ou monstro, comandado por um narrador.

O combate narrado conta como atividade extra - apesar de temporal, ele inviabiliza apenas missões e interações abertas, que tenham chance de PvP com morte, ou RP de cura, em caso de combates com chance de inconsciência. Pode-se realizar outros treinos e atividades enquanto em um combate narrado (exceto as de cura, caso o combate seja do próprio personagem contra monstros)

Como atividade restrita ao clube da luta, possui algumas regras específicas:

  • Apenas itens comuns (armas e armaduras de materiais sem propriedades e sem qualquer poder - fornecidas pelo clube, o player apenas narra seu uso, optando por qualquer arma/ escudo);

  • Sem uso de itens extras.

  • Sem poderes especiais (sejam especial de lista, como a forma etérea de Melinoe, sejam especiais adquiridos por diy) - ativos comuns são permitidos.


Além disso, há algumas categorias, com regras mais específicas:

Combate Narrado contra NPCs:


  • Origem do NPC definida pelo narrador;

  • Nivelamento com o personagem;

  • Status Virtual full

  • Sem desconto de HP/ MP real (ou seja, sem chance de morte, ou necessidade de cura pós-postagem)

  • 150 XP (dependendo de avaliação do narrador) + 50 dracmas livres (valor fixo, sem avaliação)


Contra Monstros:

  • Monstro definido pelo narrador;

  • NM nivelado ao nível do player;

  • Status real, mas sem morte - Player que chegue a 0 considera-se derrotado e inconsciente, até que se cure em enfermaria e afins.

  • 150 xp + 50 dracmas (ambos livres, sem avaliação - caso o narrador verifique "lutas dadas", o combate será anulado, e o player impedido de realizar outro por um mês)


Em ambos os casos:

Pode realizar 1 de cada por semana, e ao mesmo tempo (se player e narrador tiverem disponibilidade para narrar rapidamente, podem combinar prazos diferenciados de postagem, como uma cronometrada)

Combate narrado de Mascotes

  • Apenas contra outros monstros;

  • NM nivelado ao pet;

  • Status virtual full

  • Sem desconto de HP/ MP;

  • 150 XP (dependendo de avaliação - 50% do valor destinado ao dono, considerando orientações dele ao pet e comunicação com o pet na narrativa, além do valor integral aos pets) + 50 dracmas livres (valor fixo, sem avaliação, para o dono)

  • Uma única narrada apenas com pet como participante ativa por vez.


Player + Pet


  • Grupo adversário igualmente misto entre NPCs e Monstros, nivelado de acordo

  • HP/ MP real para player e pet, mas considerando inconsciência e não morte.

  • 100 xp + 50 dracmas (ambos livres, sem avaliação - caso o narrador verifique "lutas dadas", o combate será anulado, e o player impedido de realizar outro por um mês) para o dono + 50 Xp (livre, sem avaliação, para o pet - caso o narrador verifique "lutas dadas", o combate será anulado, e o player impedido de realizar outro por um mês) + 50 xp (dependentes de avaliação, baseados no desenvolvimento da relação de treino com o pet, comunicação e estratégia de combate) para o dono e pet (ou seja, até 50 xp adicionais para cada).

  • Apenas 1 ativa por vez (sem interferir nos outros combates narrados).


Em todos os casos:

  • Possibilidades de narradas em duplas ou grupos, a depender da disponibilidade dos jogadores, mas os oponentes serão nivelados adequadamente (podendo ser igualmente multiplicados ou utilizado um oponente com nível equivalente à soma dos níveis dos participantes, a critério do narrador).

  • Possibilidade de grupos de pet, mas o grupo adversário seguirá a mesma proporção e média de níveis;

  • Abandono do jogador, caso de personagem semideus, não gera aval parcial, simplesmente anulando a postagem, em caso de combate contra NPC; pode gerar morte real em caso de combate contra monstros, ou player + pet x NPC + Monstros; em caso de pet, apenas anulação, sem parcial ou qualquer recompensa.

  • Em todos os casos, o player deve estar livre pra postagem. (Não podendo estar em missões).




Organização PJBR
Organização PJBR
AdministradoresPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1056

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sistemas de Evolução: Regras Avaliativas, Atividades e Treinos, Tipos de Missões, Aulas e Recompensas Gerais

Mensagem por Organização PJBR em Dom 22 Jul 2018, 23:53


Missões


Realizar uma missão é, de certa forma, a maneira mais interessante de se ganhar XP. Saindo da zona de conforto dos treinos, todas as missões oferecem, sim, risco de morte, mas possuem recompensas melhores. Além de XP, é possível ganhar dracmas e, ainda, itens ou outras premiações. Basicamente, uma missão é um desafio proposto por um narrador para o player. Elas só podem ser passadas por staffers (moderadores ou ADMs).

As missões se diferem em formato ou "estilos". Existem três principais: One-Post (OP), ou seja, uma missão de post único; Narradas (N), ou seja, missões desenvolvidas ao longo de várias postagens; e Narradas Cronometradas (NC), missões mais rápidas e dinâmicas utilizando as mesmas regras de narradas tradicionais.


  • One-Post (OP): Nas missões OP, os objetivos são fixos, mas não o enredo, que é aberto. Neste tipo de missão, o narrador apresenta pontos obrigatórios que devem ser abrangidos no texto, mas o enredo em geral é mais flexível ou variável. Aqui, o jogador é responsável por descrever tudo que ocorre, dando certeza das ações (não apenas suas, mas de todos os personagens que resolva colocar na narrativa); e possui liberdade pra isso, desde que cumpra os pontos apresentados. Por exemplo, em uma OP, a proposta pode ser de resgatar um semideus perdido, com os pontos obrigatórios dizendo que deve narrar a convocação pra missão, a busca do semideus e dois combates antes do retorno ao Acampamento - mas não é dito como tudo deve ser feito, pois isso fica a cargo do jogador. É o tipo de missão que oferece um pouco mais de liberdade, uma vez que, apesar dos objetivos obrigatórios, o enredo tende a ser livre.

  • Narrada (N): A principal diferença entre a narrada e a OP é que na narrada o player tem sua autonomia limitada. Ele não pode narrar a certeza de nada - apenas suas intenções, ou seja, a tentativa de realizar algo -, e as propostas são a cada ação, a cada turno. Apesar da confusão e da tendência de muitos players - inclusive (e principalmente) mais experientes - de acharem que quanto mais se escreve, melhor, a missão narrada ideal é o oposto disso. Uma missão narrada ideal seria algo dinâmico, com postagens curtas e que abrangem apenas uma ação por turno, como já dito. Então, diferente de uma OP em que você tem todos aqueles pontos na missão, na narrada em geral você terá apenas um ponto ou dois por turno, no máximo, ainda que possam ter mais orientações "off" (como clima, hora, cenário ou tempo decorrido entre um turno e outro).

    Aqui, longe de descrever tudo que seu personagem pensa, sente e quantos fios de cabelo ele tem na cabeça e como se movem com o vento, você deve se focar na dinamicidade. Ser sintético e objetivo nunca foi tão precioso quanto nas narradas. Parece bobo, e muita gente confunde escrever assim com ser "noob" mas é o oposto: é a "adequação à proposta". O narrador diz: "Você tem um caminho à esquerda e outro à direita, por qual você vai?"; e você responde. Simples assim. Considerando a regra de 3 linhas mínimas de postagem, um turno ideal de uma narrada seria algo entre 5 a 7 linhas, 10 no máximo. Alguns casos podem ser variáveis, como os turnos de um combate, mas em geral as coisas são - ou deveriam ser - bem mais simples do que os próprios players acreditam. E sim, são muitos turnos, já que cada ação representa um turno diferente.

    Outro ponto é que, quando em grupos, esse tipo de missão deve ter a postagem do narrador, seguida da postagem de todos os participantes antes de dar continuidade, para fechar um turno.

  • Narrada Cronometrada (NC): Essencialmente igual às missões narradas, mas com prazo drásticamente reduzido à um máximo de 1 hora e com o mínimo de 30 minutos. Cronometradas são assim chamadas por precisarem de um planejamento de horário prévio, já que a intenção é postar incessavelmente e com poucos intervalos em um pequeno período de tempo, acelerando o andamento da missão. Tendem a durar apenas alguns dias, e em quesito de regras atendem às mesmas que uma narrada comum.

    Atualmente, o modelo cronometrado é utilizado quase exclusivamente em eventos oficiais do fórum, mas players podem combinar prazos com seus narradores e organizarem cronometradas sem burocracia nos pedidos de missão.



Missões-teste


Missões-teste são realizadas, primordialmente, para obtenção de algum poder especial na listagem geral dos semideuses. Esses poderes não estão disponíveis a todos de um determinado grupo, como os poderes ativos e passivos, mas apenas a um seleto número daqueles que se provaram dignos, honrados e/ou poderosos. Exige-se o rendimento de 85% para aquisição dos poderes, e podem ser realizados tanto em formato OP quanto em formato narrado, seguindo suas recompensas normais.


Do-it-Yourself e Story Mode


Se você é um player curioso, provavelmente já viu alguém falar de DIY ou SM (ou ainda de Do-It-Yourself e Story-Mode). Basicamente, enquanto todas as missões acima precisam de um narrador para desafiar o player, as DIYs e SMs apenas precisam de um avaliador, que vai julgar se tudo o que foi feito na DIY/SM foi coerente e dentro dos parâmetros desejados. Normalmente, elas são feitas para o desenvolvimento de tramas pessoais, do passado do personagem, ou ainda para obtenção de itens/poderes/mascotes e outras formas de recompensa. Elas exigem um enredo e complicações, pois ainda são consideradas missões. A principal diferença entre as DIYs das SMs, já que sua dificuldade é igual, é o formato: uma DIY, sempre feita sozinha, em um tópico próprio do personagem, é uma missão One-Post; uma SM, sempre feita em grupo, em um tópico diferente para cada missão, é uma One-Post Contínua.

As explicações detalhadas sobre seu funcionamento podem ser encontradas aqui [DiY] e aqui [Story Mode].


Missões-captura

Exclusivas do Clube da Luta.

Os monstros do local precisam vir de algum lugar - e precisam chegar vivos. Para isso, os donos da arena usam a mão de obra mais barata que encontram: semideuses. Missões de captura devem obrigatoriamente trazer o monstro vivo e, preferencialmente, com o mínimo de danos. Aqui, não há um deus narrando, funciona como uma DIY, para personagens a partir do nível 5, mas cada semideus pode fazer apenas uma captura por semana, desde que a anterior tenha sido avaliada, onde deve narrar como soube do clube e seus serviços, como se envolveu com eles, o que e como resolveu caçar, lembrando que a investigação, busca e apreensão dos monstros é totalmente por sua conta. Segue o padrão de avaliação do fórum, rendendo até 2 níveis e 50 dracmas, sem nenhum item, mas também desconta MP e HP.

Além disso, dentro de coerência será considerado o fator nível do semideus x periculosidade do monstro. Um novato que tente capturar um dragão sozinho pode morrer pela questão da coerência, considerando a dificuldade. Por outro lado, um personagem de nível avançado tentando apenas capturar uma harpia pode não receber tanto xp, pela facilidade do trabalho - o que, em tese, iria requerer menos esforço. Atentem-se a isso ao definir sua caçada. O uso de NPC's é totalmente livre, desde que coerente, lembrando os pontos já ditos acima.

Para realizar as capturas, o semideus deve criar seu tópico no subfórum adequado, dentro do clube da luta. Na postagem também deverá constar a comprovação de que ele se encontra fora do acampamento, na forma de um link em local público externo ou no próprio clube que seja recente em spoiler ou code ao fim da postagem.




Organização PJBR
Organização PJBR
AdministradoresPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1056

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sistemas de Evolução: Regras Avaliativas, Atividades e Treinos, Tipos de Missões, Aulas e Recompensas Gerais

Mensagem por Organização PJBR em Dom 22 Jul 2018, 23:54


Dificuldades e Regras


Dificuldade de Missão


Além dos formatos explicados acima, as missões, mesmo quando em estilos iguais, variam em dificuldade a depender do local em que é realizada. Abaixo está detalhado os dois tipos que podem ser pedidos:

  • Interna: São missões realizadas em um local em que o risco de morte é reduzido (Acampamento Meio-Sangue, Submundo para filhos de Hades, Ilha de Circe para feiticeiros etc.). Sendo assim, as recompensas também são reduzidas: One-post - 300 xps e 30 dracmas; narrada - 400 xps e 40 dracmas.

  • Externa: Missões realizadas no mundo exterior, onde não há nenhuma garantia de vida e os desafios encontrados exigem maior experiência e habilidade para serem resolvidos. Envolve ao menos um combate com monstros. Recompensas: One-post - 400 xps e 40 dracmas; e narrada - 500 xps e 50 dracmas.


Regras de Missão


1. Os membros não podem escolher o enredo de sua missão; apenas serão aceitas observações sobre a trama pessoal ou personalidade do personagem, cabendo ao narrador julgar se aceita ou não - em caso de negativa, a missão passada será normal e deve ser realizada pelo player seguindo as regras normalmente, caso contrário estará sujeito às punições por abandono da tarefa, já previstas nas regras;

2. Os players não podem escolher o local da missão, devem apenas optar por interna ou externa;

3. Os players não podem sugerir uma recompensa para si mesmos. As recompensas seguem de acordo com a lista, sempre, e nem adianta pedir algo em específico - nem mesmo via MP, caso em que o player terá seu pedido ignorado e será punido em caso de reincidência. Os rendimentos mínimos para a aquisição de itens em missões são de 85% para interna, 90% para externa.

4. A condição inicial do player é de inteira responsabilidade do jogador, não sendo permitido observações sobre a mesma ou a postagem em enfermarias/ refeitório ou outro método de recuperação após o pedido da missão. Se o player infligir as regras, o pedido de missão pode ser ignorado e o player punido no caso de postagens visando a cura. Caso esteja esperando alguma atualização que possa modificar isso (Refeitório/ Enfermaria/ Missão), avise no pedido de missão;

5. Nenhum player pode estar em duas missões ao mesmo tempo (com exceção de eventos e tramas que permitam que membros que estão em outra missão participem). Não existem missões que dão algum tipo de "alvará" para o jogador estar em outra ao mesmo tempo. Atividades que rendam xp/dracmas, que não sejam atemporais, não podem ser feitas enquanto o player estiver em missão. A infração dessa regra pode infringir em banimento do player do fórum e perda do cargo do narrador que passou a segunda missão ao membro;

6. O player precisa ter sua missão avaliada para requisitar outra;

7. Os membros só podem pedir missões através da realização de fichas, que encontram-se aqui (clique);

8. Os post's de pedido de missão no tópico de pedidos são feitos por ordem de requisito, ou seja, não se pode passar uma missão para o último player que fez a ficha sendo que outros fizeram antes dele;

9. Há um prazo mínimo para ser dado nas missões, seguindo o sistema de dificuldades. Missões one-post internas têm um prazo mínimo de sete dias; one-post externas têm prazo mínimo de 15 dias;

10. Missões narradas internas têm um prazo mínimo de dois dias; narradas externas têm prazo mínimo de três dias.

11. Em missões OP é permitido apenas um atraso com justificativas coerentes. Caso ultrapasse, a missão é cancelada e os descontos de HP/MP devem ser feitos;

12. Em missões narradaw são permitidos até dois atrasos com justificativas coerentes. Caso ultrapasse esse limite, o narrador pode fazer descontos na premiação final e até cancelar a missão, descontando HP/MP;

13. Caso o player cancele ou abandone uma missão sem argumentos plausíveis, receberá de 25% à 75% de desconto de seu HP/MP totais, a depender do tipo de missão designada;

14. Prazos indefinidos podem ser pedidos, no entanto o player não poderá postar em qualquer local que renda xp/dracma até que finalize a missão. São permitidos somente posts em eventos atemporais;

15. O não cumprimento das regras, tanto pelos narradores ou pelos membros, pode acarretar perda do cargo ou banimento temporário/permanente;

16. A partir do momento em que o player pede uma missão, é proibido postar em lugares para recuperar HP/MP. Caso ocorra, o post de recuperação será anulado, assim como a missão;

17. Quando concluir a missão, o membro deve avisar ao narrador que postou;

18. Caso o narrador/avaliador esteja ausente, será dado um prazo de cinco dias para que este cumpra seus deveres para com os players, seja narrando ou avaliando as missões. Se este prazo for excedido, o player poderá pedir a outro narrador que assuma a missão postando nesse link (clique);



Organização PJBR
Organização PJBR
AdministradoresPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1056

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sistemas de Evolução: Regras Avaliativas, Atividades e Treinos, Tipos de Missões, Aulas e Recompensas Gerais

Mensagem por Organização PJBR em Seg 23 Jul 2018, 00:00


Aulas


As aulas são uma atividade mais simplificada, para fugir dos treinos base. Uma aula não se foca apenas em combate, mas pode abranger atividades mais técnicas ou de conhecimento apenas (ainda que combate também possa ser abordado). Contudo, é voltado a um objetivo mais específico - mais do que combater um monstro, por exemplo, poderia focar em técnicas contra um tipo de monstro específico, sobre conhecimento sobre plantas, sobre mitologia - o leque é abrangente e variável. Todas as aulas devem ser de uma forma ou outra interativas - portanto, apenas OP contínuas e narradas são consideradas - com interação e avaliação turno a turno. O xp máximo para player equivale a uma missão interna do formato abordado, seguindo as mesmas restrições (como a questão de proporção por turnos no caso de uma OP contínua e o mínimo de turnos pelo formato) enquanto que para narradores o xp máximo será 50% desse valor. O xp não é automático, e dependerá do desempenho do mesmo.

Aulas são temporais para todos os participantes e narradores, uma vez que o narrador deve ser um narrador-participativo, se envolvendo pessoalmente na passagem de conhecimento/ interação. É permitido a cada narrador ministrar apenas uma aula por vez, mas não há um número limitado de participantes, uma vez que o xp é pela aula em si, não pela quantia de players instruídos, e ele não deve ter avaliações pendentes para que possa iniciar outra. O sistema de aulas pode ser empregado por narradores players, monitores/ líderes ou dentro do sistema mestre x aprendiz, nesse caso sem bonificações adicionais.



Organização PJBR
Organização PJBR
AdministradoresPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1056

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sistemas de Evolução: Regras Avaliativas, Atividades e Treinos, Tipos de Missões, Aulas e Recompensas Gerais

Mensagem por Organização PJBR em Seg 23 Jul 2018, 00:02


Critérios de Avaliação


Enfim, chegamos aos quesitos! Usamos eles como parâmetro em qualquer avaliação para determinar a quantidade de xp que você ganhou naquele evento/ missão/ treino. Logo na introdução deste tópico já é mostrado quais são eles e qual seu peso na avaliação, mas aqui passamos a conhecer melhor cada um deles.

Coerência:
Coerência é o mais importante dos quesitos, e sua pontuação é a mais elevada por conta disto.

A coerência diz respeito ao o quão “possível” são as ações que você narra que sua personagem fez.

É algo que vai um pouco além do que a maioria pensa: principalmente em treinos e missões do tipo One-Post e DIY, é comum ver players utilizando poderes a torto e a direito; muitas vezes são, de fato, poderes pertencentes ao nível do referido jogador, bem como estão, sim, desempenhando sua função, e não forçando os limites da técnica. Mesmo assim, demonstram incoerência.

Mas onde? Simplesmente demonstram incoerência na quantidade de vezes que são utilizados em um espaço de tempo curto, afinal há um limite de energia. Sendo assim, a coerência é, basicamente, a bússola de toda a avaliação. É a falta dela que, muitas vezes, causa a morte de players em missões e eventos. Não esqueçamos que, também, além de todas as implicações em poderes e combate, a coerência também diz respeito à interpretação do personagem. O quanto você, player, é capaz de entrar na pele do campista que quer interpretar. Embora não seja este o foco principal, é também, sem dúvidas, importante. É por isso que boas introduções, narrando como você se sentia, o que passava na sua cabeça, e outras “firulas” são, sim, importantes. Ajudam a criar o clima do seu post.

Coesão, estrutura e fluidez:
Estrutura e Fluência são duas coisas diretamente ligadas, e não faria sentido avalia-las separadamente, então, agora, tentarei esclarecer da melhor maneira possível ambas as coisas.

  • Estrutura:

    Trata-se, basicamente, do uso de nexos e da boa sintaxe. Nexos ou conjunções são aquelas expressõezinhas do tipo “e”, “porém”, “mas”, “contudo”, “e assim por diante”. Essas palavrinhas (ou pequenos conjuntos de palavrinhas) são o que dão “liga” ao texto. Sua correta utilização, e, de preferência, a pouca repetição delas, utilizando outras de mesmo sentido (como nos casos de “mas”, que pode ser substituído numa boa por “porém” ou “todavia”), dão ao texto um ótimo ritmo e tornam-no mais agradável à leitura.

    Outra coisa que avalio no quesito é a repetição de palavras, visto que muitas vezes não é nem mesmo necessário repeti-las, bastando fazer a elipse – narrar normalmente, como se a palavra estivesse ali, mas não está – como no caso abaixo:

    Era meu segundo dia no Acampamento Meio-Sangue, eu ainda não conhecia muita coisa dali. Acordei bem disposta, porém, como eu era nova naquele lugar, não sabia exatamente o que tinha que fazer.

    Note como o segundo “eu” poderia simplesmente ser excluído da frase, sem prejuízo absolutamente nenhum. Pelo contrário, adicionaria qualidade ao excerto, tornando a leitura mais atraente. Ainda dentro da estrutura, é importante ressaltar aquele probleminha de repetição excessiva do mesmo estilo de frase: “eu fui a não sei onde (...) Então joguei tal coisa no monstro (...) e daí eu não sei o que (...) e então eu, bla bla bla (...) e de repente, não sei mais o que (...)” . Essas frases sempre muito diretas, se repetidas ao longo de um post, dão a quem lê, a ideia daquele “e eu, eu, eu ,eu...”, mesmo parecendo, num primeiro momento, corretas. A correta variação desse estilo, fazendo inversões sintáticas (troca na ordem natural da frase, desordenando seus elementos e marcando isso com o uso da vírgula), utilizando-se de advérbios e mais daquelas “palavrinhas mágicas”, que são os nexos, o texto se torna muito mais rico.

  • Fluência:

    Como eu disse antes, não há qualquer sentido em avaliar este quesito em separado da Estrutura, visto que ele é um consequência direta dela. Um texto bem estruturado terá um ritmo de leitura excelente. A fluência é, por assim dizer, o “termômetro” da estrutura. Se o texto fluir mal, possivelmente não estava bem estruturado. E aqui levanto um ponto: não só os aspectos formais que já citei são importantes para garantir uma fluência correta. Eles ajudam, sim, mas em núcleos menores, como frases, parágrafos; em se tratando de uma postagem longa, tão importante quanto eles – e talvez mesmo, mais – é o correto encadeamento das ideias. Procurem sempre mesclar bastante pensamentos e descrições em meio à ação. Como antes já citado, isto influí na coerência, do ponto de vista de sua capacidade de “viver” o personagem; mais do que isso: ele gera uma quebra necessária. “Parar” uma luta para incrementar ali o pensamento e o sentimento de sua personagem, narrar as dores que ele sente, descrever a fisionomia de seu rosto, e mesmo a cena em volta como um todo – o cenário, o vento, os sons – gera um distanciamento necessário depois de várias linhas de estocadas e acrobacias. Acreditem ou não, isto influi, sim, na fluência do texto.

  • Coesão:

    Enquanto a coerência remete à lógica e ao sentido de um texto, a coesão refere-se à organização das ideias e a forma como se unem e desenrolam-se na narrativa. Frases soltas, sem sentido ou mal colocadas são erros de coesão que podem, dependendo do caso, prejudicar a coerência. Em suma, representa a ligação entre os vários argumentos presentes no texto.



Afora o adendo da coesão, não há muitas diferenças.

Objetividade e Adequação à Proposta:
Quinze parágrafos de enrolação e um de ação: o famoso “encher linguiça” acaba por tornar-se um erro que pode levar um texto de qualidade perfeita a uma baixa pontuação. Num treino, como o próprio nome sugere, a parte principal é o treino em si e não o prólogo, a não ser que este vá influenciar na ocorrência do treinamento, o que já é uma situação diferente e até recomendável. Em certos momentos, prende-se demais a atenção em detalhes que acabam por ser fúteis, apenas por um desejo de usufruir de palavras mais rebuscadas.

Não somente a enrolação será avaliada, mas também o foco: uma boa narrativa perderá, sim, pontos se fugir do tema, mesmo que esteja perfeitamente feito.

Ortografia e Organização:
A ortografia, enquanto quesito de avaliação, não avaliará apenas ortografia. Avaliará também a gramática: acentuação, utilização de crase e aspectos mais gerais da pontuação. É neste quesito que nós, avaliadores, nos tornamos algo como professores insuportáveis de português, que apontam cada deslize. Todavia, embora os erros vão ser apontados, não necessariamente acarretarão em descontos. Como um aspecto puramente formal, a Ortografia lhe renderá descontos em caso de erros excessivos e/ou muito gritantes. Digamos, se você escrever “caza” ao invés de “casa”, seremos obrigados a descontar. Mas, caso escreva “idéia”, utilizando o assento que não mais existe segundo o novo acordo ortográfico, apenas apontaremos para seu pequeno deslize. Há também o caso dos erros de digitação, que são bem nítidos, como alguma palavra tem a ordem de suas letras um pouco trocada, ou fica faltando um dos “s” dos plurais. Para estes casos, é comum que os avaliadores façam vistas grossas e apenas apontem para o player ter mais atenção (é claro que, quando muito frequentes, irão sim resultar em descontos).

A organização englobará um pouco mais, também. Nota-se – ainda mais ultimamente – uma busca crescente por templates, tables e códigos em geral que identifiquem o seu personagem como único. Contudo, vários narradores pedem que cores ou mesmo códigos que possam modificar drasticamente a leitura do texto sejam evitados; para tal, fora incluído isto aqui. No entanto, por ser uma coisa pessoal de cada narrador, é preferível que ele faça as especificações acerca dos códigos permitidos, ou mesmo haja uma negociação antes entre ele e o user.

O senso comum é de que templates com barra de rolagem e/ou que prejudiquem demais a largura/altura do texto sejam passíveis de serem descontados. Da mesma forma, entrando na organização, descontos acerca da falta de espaçamento entre os parágrafos podem ser feitos, devido à pequena distância de um parágrafo para o outro no fórum, que pode tornar trechos confusos. Para evitar descontos assim, é só pular uma linha de um parágrafo para o outro.

Basicamente, é o capricho na hora da postagem, pois a falta deste pode vir a comprometer o entendimento do texto.

Uma coisa importante sobre avaliações é que é possível pedir uma reavaliação (clique), que poderá ser feita tanto pelo avaliador primário (o que passou a missão; preferencialmente, deve ser este) quanto pelo avaliador secundário (outro). Contudo, para isto, deve-se apresentar um motivo plausível, cujo pedido será avaliado para só então haver a reavaliação. A reavaliação deve ser solicitada dentro do prazo de 15 dias após a postagem da avaliação, e o jogador não pode participar de outras postagens no período (exceto em off) - seria como se a missão estivesse congelada.


Organização PJBR
Organização PJBR
AdministradoresPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1056

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sistemas de Evolução: Regras Avaliativas, Atividades e Treinos, Tipos de Missões, Aulas e Recompensas Gerais

Mensagem por Organização PJBR em Sab 27 Jul 2019, 12:54


Recompensas


Tabela de Recompensas


Com o intuito de auxiliar e nortear os jogadores, a tabela aqui disponibilizada informa quais as recompensas máximas que podem ser recebidas por cada tipo de missão. A tabela informará quanto de experiência (xp) e dracmas ($) a missão concede, e se é possível obter um item ou recompensas variadas (*) — como mascotes, poderes, recuperação de status, maldições ou bênçãos — nela.





Organização PJBR
Organização PJBR
AdministradoresPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1056

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sistemas de Evolução: Regras Avaliativas, Atividades e Treinos, Tipos de Missões, Aulas e Recompensas Gerais

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::