Complexo de Escalada

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Complexo de Escalada

Mensagem por Organização PJBR em Qua 15 Ago 2018, 22:40

Complexo de Escalada



Descrição


"Escalar colinas difíceis requer um ritmo lento no início.

— Willian Shakespeare"


Aqui, fica a área de treinos de escalada para os semideuses, com paredes e equipamentos de diversos níveis.

O Nível 1 possui paredes simples, com todo o equipamento disponível: cadeira de escalada, cordas, mosquetões, freios. Um instrutor está sempre por perto. Aqui, não há armadilhas nem nada danoso - o objetivo é ensinar o básico apenas, começando a desenvolver as habilidades para os níveis seguintes. Tamanho do percurso: 15m, sem armadilhas, pedras soltas nem lava. Os 3 metros finais são ligeiramente inclinados, mas não de forma extrema.

O nível 2 começa a apresentar dificuldades. Aqui, agarras que se soltam servem de armadilha e pequenos pedregulhos podem cair sobre o escalador, atrapalhando a rota. Passa a 20m de escalada, mas a inclinação final é mais pronunciada que a anterior.

O nível 3 ainda é muito parecido com o anterior, mas filetes de lava são acrescentados à escalada, exigindo agilidade tanto de movimento quanto de análise, para decidir por onde seguir. As agarras soltas são mais frequentes, e os pedregulhos maiores, bem como a inclinação e o percurso, que passa a 25m, com fissuras para atrapalhar, impedindo uma escalada linear.

O nível 4 é um dos mais perigosos, com tremores pela parede e uma escala maior de obstáculos, tornando os perigos mais frequentes. As armadilhas também variam, já que além das comuns, já presentes nos níveis anteriores, outras coisas podem atingir o semideus, saindo de frestas nas paredes, geralmente pequenos animais ou tocos de madeira, que os golpeiam, empurrando-os, tentando derrubá-los. 35 m de percurso, com mais inclinações e fissuras no trajeto.

Opção: Escalada móvel - Paredes como nos níveis anteriores, mas sem agarras ou pontos artificiais de segurança. O escalador deve usar pontos naturais ou criar os seus com equipamentos. No caso de pardes duplas com esse recurso, o tempo é dobrado, pela necessidade de estar sempre criando um apoio, que torna o processo de escalada demorado.

Opção: Variações naturais - Algumas paredes foram elaboradas para simular condições naturais, como pedras limosas, que dificultam o equilíbrio, ou rajadas de vento e areia, que atrapalham a visão, e etc. É um pequeno dificultador que complementa os níveis anteriores, tornando-os mais difíceis. Abaixo, uma parede com variação expecífica:

* Parede de gelo: Encantada como uma superfície gelada, é recoberta de neve e gelo. Suas pedras, cobertas pelo elemento, são extremamente afiadas, e o equilíbrio é dificultado. Pedregulhos e pedras soltas ainda existem mas, em vez de lava, essa parede dispara estilhaçõs de gelo de tempos em tempos, que ferem como metal afiado, e em vez de poeira um pó brilhante circula o ambiente, podendo cegar o escalador. Exige equipamentos diferenciados, e não possui apoios artificiais, apenas saliências rochosas comuns.

Opção: Parede dupla - Cada um dos níveis anteriores também tem a sua versão dupla, onde uma parede de nível de dificuldade igual vai se aproximando aos poucos. O tempo de aproximação varia pelo nível de dificuldade, indo de 10 a 30 min.

Opção: Solo - escalada sem equipamento de segurança. Apenas os mais experientes fazem isso, já que uma queda pode ser fatal. Encontrada nas versões anteriores.

Túnel de escalada - Elipse de 15m de altura, o túnel é um percurso recurvado. O escalador sobe por dentro, devendo ir acompanhando a inclinação, chegando a ficar de cabeça para baixo no ponto mais alto. Requer mais técnica que a parede normal, e pode ser encontrado nos 4 níveis, mas sua altura não se modifica. obviamente, não existe um "túnel duplo".

Boulder - Diferente das versões anteriores, esse percurso não possui agarras, sendo apenas um amontoado de rochas grandes, em blocos, de difícil percurso. Aqui, cordas e equipamentos similares de apoio não são permitidos - exceto equipamentos de proteção, como capacete, joelheira e cotoveleira. O objetivo da escalada boulder é treinar a força, e não resistência ou agilidade, por isso não apresenta armadilhas. O solo ao redor é forrado de amofadas de queda, para amortecimento. Altura de 7,5m.

Percurso de Parkour - Estrutura que simula obstáculos comuns em cidades e fachadas normais, como prédios, casas, muretas, etc. Não é apenas uma construção - são várias, mas de altura não mais que mediana - no máximo 8m. Contudo, exige agilidade, não faz uso de cordas (mas capacetes, joelheiras e etc podems er utilizados) e em geral o tempo é cronometrado. É privilegiado a capacidade de saltar entre um obstáculo e outro, usando-os de apoio, do que a escalada em si. Bom para se familiarizar com ambientes que podem ser encontrados em cidades, auxiliando futuramente em situações externas, já que treina rapidez, raciocínio e capacidade de avaliação de distância e cálculo de movimentos.

{Pensador, May, gabs}

Informações de Jogo


Premiação máxima: 100 XP
→ Não há descontos de HP/ MP nem risco de morte.
→ NPCs até podem ser utilizados, mas lembrando que a postagem deve focar no personagem.
→ Flood não é permitido. Só serão consideradas postagens com mais de 5 linhas em fonte arial ou times tamanho 12 com margem normal, no Word. Templates e tables são aceitos, mas o tamanho da postagem será verificado para ver se o conteúdo está adequado ao disposto.
→ A postagem aqui só é permitida semanalmente, isto é, você só pode realizar um post por semana no "Complexo de Escalada". Desrespeitar isso causa anulação da postagem na primeira tentativa. Reincidências podem ter punições mais graves.



Organização PJBR
avatar
Administradores
Mensagens :
889

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Complexo de Escalada

Mensagem por Hetton Feak em Ter 02 Out 2018, 10:10

Após se despedir da meio-sangue que conheceu durante um de seus primeiros treinos na arena do acampamento, Hetton vagou pelo local e acabou se deixando levar até o complexo de escalada.

Ficou pensando se aquilo era realmente difícil, relembrando que nem tudo que via era tão fácil quanto parecia. Ele observava semideuses subindo com facilidade, ainda que houvesse aqueles que simplesmente caíam em derrota e deixavam o local. Não havia uma competição real; era como se a luta fosse interna, dentro de cada um ali.

A luta de Hetton era se acostumar com suas pernas. Embora possuísse a habilidade desde sempre, não a utilizava com frequência. Na luta durante o treino, pôde perceber que conseguia movimentá-las bem, porém, faltava muito para a perfeição e naturalidade e, ainda, torná-las aptas para um combate fluído e ágil. Sua luta armada em terra era terrivelmente inferior à luta armada submarina.

- Lá embaixo eu provavelmente esmagaria vocês bem fácil. - Disse, durante sua conversa com a semideusa que conheceu na arena.

Desanuviando a mente desses pensamentos, Hetton aproximou-se para analisar melhor a situação. Subir ali não seria só um desafio para seus braços - que não eram dos mais fortes -, mas também uma maneira de coordenar melhor os movimentos de suas pernas. Seria um treino e tanto.

Ele se aproximou do que seria o nível um, a primeira tentativa. Um instrutor se posicionava nas laterais daquela parede gigantesca, ajudando quem precisasse. Hetton pediu a ele uma corda de segurança e um capacete; ele não se sentia nem um pouco envergonhado para tal, afinal, cair daquela altura poderia significar morte (mesmo que ele possuísse métodos de se salvar).

Então Hetton começou a subir. Pôs um pé a rocha inicial, segurando firme com as duas mãos. Elevou o joelho, deu seu primeiro "passo". O sol assolava o acampamento naquela tarde, deixando as pedras quentinhas. A corda batia e raspava na imensa parede, o vendo passava na forma de uma brisa refrescante. E Hetton continuava a subir.

Não era tão complicado. Ele precisava apenas manter seu corpo firme, permitir-se estar em equilíbrio. A altura não era um problema, ele mesmo sequer tinha olhado para ver. Seu foco era subir. Quanto mais alto estava, mais raro era encontrar apoio. Porém, dos quinze metros que a parede possuía, o tritão tinha alcançado apenas dois e meio. Ainda estava fácil.

Outros semideuses também treinavam no momento, mas aquela parede, aquele nível o qual Hetton se encontrava, parecia ser especificamente para os iniciantes. Não era atoa ser chamado de nível um.

O suor passou a escorrer da testa do jovem meio-peixe. Agora o corpo todo estava quente e os músculos passavam a se esforçar bem mais. A fase de facilidades tinha passado, as pedras ali eram mais lisas. Devia ter cuidado, devia estar atento. Mais um "passo", mais um movimento.

Hetton subiu, subiu e subiu. Decidiu parar para respirar e recuperar seu fôlego, quando aproveitou para dar uma olhada na altura. Ele estava acerca de sete metros de altura, ainda na metade do percurso, mas a vista para o acampamento já era deslumbrante. Mesmo que tivesse nascido ali, toda aquela estrutura era belíssima demais; a baía, os semideuses, as criaturas mitológicas e a natureza. Aquilo tudo tinha um condensamento divino, quase como se ali fosse um paraíso restrito e distante do caos humano lá fora. E, na verdade, era.

Quando tentou voltar a escalar, porém, Hetton sentiu seus braços tremerem. Seu corpo todo estremeceu e ele soube que era a hora de parar. O treino na arena tinha sido cansativo e tentar escalar logo depois poderia ser imprudente.

O tritão foi descendo vagarosamente. Pisava com cuidado, tentando fazer o percurso inverso. Avisou, olhando para baixo, ao instrutor para que lhe informasse se havia alguém passível de ser chutado por acidente.

Por fim, estava em terra firme, alegre por ter aprendido algo novo, mas excitado para aprimorar suas capacidades. Tornou a vagar pelo acampamento, despedindo-se do instrutor num breve agradecimento.

Coisas:
Tô de bermudinha. Só isso mesmo.

HP: 100/100
En: 100/100

Sem itens ou poderes.

Hetton Feak
avatar
Espíritos da Água
Mensagens :
72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Complexo de Escalada

Mensagem por 147-ExStaff em Sex 05 Out 2018, 12:52




Hetton Feak



Resultado

Pontos de experiência: 90 de 100 possíveis.

    A narração está boa, mas achei muito fácil. Considerando que você é um tritão, deveria ser inclusive ainda mais difícil pra você. Então, por isso o desconto. No mais, parabéns!


ATUALIZADO



147-ExStaff
avatar
Deuses
Mensagens :
77

Localização :
Olimpo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Complexo de Escalada

Mensagem por Robin Moore Dayne em Sex 05 Out 2018, 15:09


Free Fall

O
clima no acampamento era sempre agradável, o que o tornava não muito agradável para mim. Nunca gostei muito de calor, principalmente em momentos como aquele, onde praticamente todos os músculos do meu corpo reclamavam e o calor claramente aumentava mais do que o normal. As costas mantinham-se retas quase militarmente, os braços expandidos para os lados, cada um resistindo fortemente enquanto as pernas tentavam equilibrar todo o tronco, que fazia peso com o abdômen enrijecido devido ao esforço. E, naquela posição, o ar mal entrava em meus pulmões. Uma dica: Quando se está usando todos os músculos do seu corpo, respirar manualmente é muito complicado.

Com um rosnado gutural, forcei meu corpo para cima apenas usando os braços e subi um pouco mais na parede e finalmente consegui respirar um pouco melhor, porque agora me segurava em uma posição levemente mais digna. Olhei para baixo, já estava há pelo menos sete metros do chão. — Vai ser uma boa queda... — Falei para mim mesmo, já que eu havia escolhido um momento onde não haveria ninguém para me auxiliar durante a escalada. Fazia parte de meu treino pessoal tentar escalar o máximo que podia sem nenhum material de proteção. Até agora tinha sido fácil, mas havia muito mais caminho a seguir.

Eu conseguia sentir a aspereza das pedras em minhas mãos, já calejadas e sabia que se eu olhasse, poderia ver um pouco de sangue sob a pele, porque já havia escorregado algumas vezes e a rocha conseguia cortar mais fácil do que parecia. Mesmo assim eu não desistia. Ainda tinha treze metros pela frente.

Expirei longamente pela boca e movi a mão esquerda para segurar firmemente em outra agarra, sentindo a fisgada em minha perna quando ela acompanhou o movimento de meu braço para eu me equilibrar mais. Inspirei profundamente, sentindo o ardor como mil agulhas perfurando cada músculo que reclamava pela falta de oxigênio até então. Não desisti.

Foi só quando eu fui segurar em uma agarra com a mão direita para subir ainda mais que deu merda. A força que usei para conseguir subir fora tremenda e, àquela altura, eu já havia me esquecido que poderiam ter armadilhas em qualquer momento do percurso, como fora aquele. A agarra não soltou até que eu já estivesse com a maior parte do peso sustentado pelo braço direito e senti meu pé em falso quando perdi o controle de meu corpo no momento em que ia fincar o tênis na parede novamente.

A mão esquerda ainda segurava firme, mas toda a minha concentração havia desaparecido no momento de desespero de quase estar caindo. Sem conseguir encontrar uma forma de me segurar novamente, eu sabia que precisaria descer. Olhei para baixo novamente, tentando me concentrar no chão antes de soltar de vez da parede de escalada, caindo com uma perna e um joelho no chão, pisando em falso e precisando de uma mão para me estabilizar. O peso fora tanto que o braço não aguentou e acabei caindo por cima dele. — Que merda... — Resmunguei, parando para respirar antes de arranjar a coragem para me levantar e ir até a enfermaria.

Thanks to Todd

Robin Moore Dayne
avatar
Filhos de Nyx
Mensagens :
15

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Complexo de Escalada

Mensagem por 147-ExStaff em Sex 05 Out 2018, 15:18




Robin Moore Dayne



Resultado

Pontos de experiência: 99 100 de 100 possíveis.

    Eu ri. Ri mesmo. É uma narração extremamente divertida, me peguei torcendo pelo personagem e fiquei até nervosa quando ele caiu. Ele está bem? Brincadeiras à parte, parabéns!


ATUALIZADO



147-ExStaff
avatar
Deuses
Mensagens :
77

Localização :
Olimpo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Complexo de Escalada

Mensagem por Samuel Weiss Hathaway em Qua 10 Out 2018, 15:36

- Jane, você tem certeza que quer escalar essa parede? - Perguntei um pouco temeroso com o que poderia acontecer se eu acidentalmente escorregasse lá em cima.
- Fica tranquilo nessa, Sam, você está usando equipamentos, isso quer dizer que não vai se espatifar no chão.

Dei de ombros enquanto o instrutor auxiliava com a cadeira de escalada, passando pela minha virilha, porém era um pouco desconfortável, só que muito menos do que cair de cara no chão. Após aprender como usar os freios do equipamento, obviamente que o sangue competitivo da garota me fez cair numa ótima ideia de ver quem sobre primeiro.

A parede de escalada tinha pedras ásperas e pontiagudas em algumas portas, porém na seção que usávamos como área de subida tinha umas partes pré dispostas para serem seguradas e servir de apoio, era para campistas sem tanta experiência e que estavam loucos para chegar rápido, no caso eu. Tomei o primeiro apoio com tanto cuidado, porém depois de testar com meu peso, pareceu seguro e comecei a ganhar altura aos poucos. Firmava o pé antes de tentar um novo alvo mais alto, graças aos deuses eram estáveis meus apoios, só que a Jane parecia um bode da montanha.

A garota estava uns dois metros acima de mim, não ligava para cair e nem mesmo se apoiava em algo solto, só que não demorou para alguns pedregulhos rolarem do topo em nossa direção. A menina girou o corpo e ficou pendurada em um único braço e uma das pernas, porém eu tive de ir para o lado para não ser atropelado pelas rochas. Nessa tentativa por segurança, um dos braços falou em suportar minha altura e com o escorregão, bati com o corpo contra a parede, tentando me manter firme,

Meu vacilo foi o suficiente para a ruiva alcançar a parte mais íngreme antes de mim, já que fui subindo e tive ainda a infelicidade de ter uma das agarras se soltando quando o peso do meu corpo ficou sobre ele com a minha perna, nisso naturalmente eu me prendi com as mãos e dei de barriga na pedra, com certeza eu ficaria com uns arranhões no peito nada legais, Por fim, sob as zoações da Jane, escalei a parte íngreme com ainda mais cuidado, pelo menos duas vezes dei uns escorregões, só que pelo menos alcancei o topo.-
- Sam, você pode até ser bom em algumas coisas, só que escalando você é uma negação.
- Falou a garota que teve medo de um cipó achando que era cobra. - Falei dando risada, sem notar na besteira que eu fizera.

Jane me empurrou com tudo e sem equilíbrio, bati uma vez contra a parede até ser lançado até o chão. Por sorte a instrução sobre os freios foi ótima e consegui encerrar a queda antes de beijar o chão.
Samuel Weiss Hathaway
avatar
Indefinido
Mensagens :
3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Complexo de Escalada

Mensagem por 147-ExStaff em Qua 10 Out 2018, 15:53


Samuel Weiss Hathaway



    Oi Sam! Você é claramente novo por aqui, então vou pegar leve com a avaliação e te ajudar da melhor forma possível.


Seu texto é bom, mas falta uma ponte. Onde você estava antes de chegar à parede? Quem é Jane? Além disso, quase não sei como seu personagem estava se sentindo. Parece que você apenas 'tá relatando um fato, e isso prejudica sua pontuação num geral.

Organize melhor as ideias. Um template simples já te ajuda com isso. Ele limita as margens e nos dá uma ideia melhor de como separar os parágrafos. Vou deixar um code aqui embaixo bem simples, mas você vai encontrar outros ao decorrer do jogo.

No mais, sintetize melhor as ações. Você praticamente narrou por três personagens. Foque apenas no seu!

Qualquer duvida, entre em contato!

PONTUAÇÃO:

— Coerência: 40 de 50 possíveis
— Coesão, estrutura e fluidez: 20 de 25 possíveis
— Objetividade e adequação à proposta 15 de 15 possíveis
— Organização e ortografia 8 de 10 possíveis
Total: 83 pontos (multiplicador = 1):83

    Recompensa: 83 XP's


AGUARDANDO ATUALIZAÇÃO



147-ExStaff
avatar
Deuses
Mensagens :
77

Localização :
Olimpo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Complexo de Escalada

Mensagem por Hera em Qui 11 Out 2018, 16:07



Atualizado
Hera
avatar
Administradores
Mensagens :
1026

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Complexo de Escalada

Mensagem por Robin Moore Dayne em Sex 12 Out 2018, 02:55


Backflip

P
referi ficar sem o equipamento. Não seria fácil aumentar minha resistência com um monte de fios e cordas amarrados no meu corpo me impedindo de cair. Eu respirava fundo enquanto batia minhas mãos uma contra a outra para tirar o excesso de pó de magnésio que estava à nossa disposição para podermos subir. Eu já havia me alongado e me preparado para aquela experiência. Eu só precisava daqueles 20 segundos de coragem insana para começar. Enquanto eu a criava, fiquei avaliando a parede de pedras e suas agarras onde eu poderia me segurar, trilhando um caminho mental até o topo do nível um. Eram "apenas" quinze metros.

Expirei com um sorriso no rosto, levantando-me da posição agachada como em uma corrida e dei o impulso para começar. Não pulei. Ao invés disso segurei com força em duas agarras, uma em cada mão, usando a força dos braços para subir até conseguir firmar os pés na grande rocha, mudando a posição da mão direita para a agarra seguinte, copiando o movimento do braço com minha perna. Forcei-me mais pra cima ainda, agora do lado esquerdo do corpo. Já ali, há entre dois e dois metros e meio do chão, eu já sentia a parte do meu abdômen rígida por conta do esforço. Subindo mais um pouco, perna atrás de perna, braço sobre braço, sem conseguir olhar para baixo e saber o quanto eu já havia subido, ouvi o apito do instrutor anunciando que eu atingira a marca dos cinco metros.

Sorri com um pouco de dificuldade. Os músculos faciais estavam doendo, assim como o resto do corpo, que reclamava. Meu tronco inteiro parecia uma placa maciça de tanto esforço que eu fazia com os braços e as pernas, eu conseguia sentir o aperto dos órgãos daquela região, principalmente dos pulmões, o que dificultava minha respiração.

Expirei novamente, usando a força que tinha para lançar-me longe da parede, onde eu tentei girar meu corpo no ar para dar um mortal. Lancei a cabeça para trás e o tronco seguiu o movimento, deixando-me arqueado enquanto girava rápido em direção ao acolchoado que eu e alguns outros campistas montamos justamente para que eu treinasse aquela manobra.

Caí de joelhos, sentindo o impacto por todo o corpo. O macio do acolchoado diminuiu a força, mas ainda pude sentir todos os pelos do corpo se erriçando quando atingi algo firme depois da queda-livre. A ideia era conseguir dar um mortal completo, mesmo após grande esforço. Eu ainda precisaria tentar mais um pouco se realmente quisesse aumentar minha resistência e ter forças para dar a volta completa.

Thanks to Todd

Robin Moore Dayne
avatar
Filhos de Nyx
Mensagens :
15

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Complexo de Escalada

Mensagem por Eos em Sex 12 Out 2018, 12:44




Avaliação



Robin Moore Dayne


    Olá Heron! A primeira coisa que eu não curti muito foi ter optado por não usar os equipamentos de proteção. Particularmente acredito que nem os instrutores permitiriam, afinal mesmo sendo semideus ainda é um novato e uma queda ainda pode ser fatal. Fora isso, o treino foi bom, explorando o esforço e as manobras. Parabéns!


Recompensa: 90 de 100 xp's possíveis.


ATUALIZADO




Eos
avatar
Deuses
Mensagens :
42

Localização :
Highway To Twilight

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Complexo de Escalada

Mensagem por Apolo em Sex 12 Out 2018, 17:30



Atualizado
Apolo
avatar
Administradores
Mensagens :
49

Localização :
Olimpo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Complexo de Escalada

Mensagem por Kathe Williams em Sab 24 Nov 2018, 21:40

Após longos anos longe do Acampamento Meio Sangue os deuses decidiram que era hora de voltar... Me aventurar pelo mundo mortal não foi nada fácil mas aqui estava eu novamente, no lugar onde cresci, onde fui feliz e aprendi tudo o que sei hoje. Parei na entrada do complexo de escalada e me limitei a admirá-lo, não prestava atenção em ninguém, apenas na grandiosidade do lugar. Era tudo tão diferente do que eu me lembrava... A parede de escalada não parecia mais tão assustadora quanto foi um dia. Me desloquei lentamente até a base parede, me lembrando, em cada passo, das tardes em que eu corria por aquele lugar quando era criança... Ah, que sensação boa! Tirei a jaqueta de couro e os óculos escuros que tanto me caracterizam, sem eles meu aspecto intimidador parece menos evidente mas, ainda assim, a confiança exala de meus poros... Toco primeiro a mão direita e por um instante sinto como se a parede fosse viva, como se houvesse uma pulsação nela que fazia meu coração bater mais forte. Comecei a escalar, a sensação era tão boa... Um feixe de luz brilhou perto de mim e logo me lembrou de Apolo, senti meu pingente de sol esquentar um pouco em meu peito. Nunca entendi porque mas desde pequena me sentia protegida e abençoada por ele em atividades como aquela... Talvez fosse porque ele também era amante dos esportes, talvez o motivo fosse muito maior que eu... Acho que nunca vou descobrir...
Cheguei ao topo do paredão e por um instante parei lá em cima e comecei a observar lá em baixo. Dezenas de semideuses de todas as idades, muitos ainda nem entendiam porque estavam lá...
- Será que vou conseguir me enturmar? Já faz tanto tempo... Não conheço mais ninguém aqui! - sussurrei na esperança de ouvir uma resposta de minha mãe, mas Atena não se deu ao trabalho de dizer uma palavra.
Era frustrante não poder conversar com ela... Foram tantos anos vendo os jovens mortais com suas famílias perfeitamente normais que passei a desejar mais do que antes ouvir a voz dela. Dei de ombros e desci rapidamente...
- Melhor procurar algo em que eu possa ser útil aqui.
Deixei o complexo de escalada determinada a encontrar algo em que trabalhar no acampamento, mas no fundo queria apenas conhecer pessoas que me fizessem viver novas aventuras...

Enviado pelo Topic'it
Kathe Williams
avatar
Filhos de Atena
Mensagens :
5

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Complexo de Escalada

Mensagem por Hades em Dom 25 Nov 2018, 01:45




Avaliação — Kathe Williams


Oi, Kathe. Seja bem vinda ao fórum. Separando a avaliação de acordo com os critérios de avaliação do fórum, eu começo pela ortografia. Você entende bastante das regras. Foram poucos os erros no texto, mas devo citar a falta de vírgula antes de "mas" em "não foi nada fácil mas aqui estava eu novamente" e o uso de próclise (quando o pronome vem antes do verbo) em início de frase, onde o mais adequado seria a ênclise (pronome depois do verbo) nas seguintes situações:

@Kathe Williams escreveu:"Me aventurar pelo mundo mortal não foi nada fácil"
"Me desloquei lentamente até a base parede, me lembrando"

Correção:
"Aventurar-me pelo mundo mortal não foi nada fácil"
"Desloquei-me lentamente até a base parede, lembrando-me"

Não tenho muito do que reclamar no quesito coerência. Isso porque o post foi bastante resumido. A atividade é de escalada, de forma que eu esperava ver mais da escalada em si. Você se livra da atividade com apenas duas frases. A sua personagem parece experiente, de forma que seria normal ela não sentir muita dificuldade na tarefa. Ainda assim, queria que você descrevesse melhor o trajeto dela até o topo e, se achasse adequado, colocar algumas dificuldades. Por esse motivo, retirei alguns pontos de adequação à proposta e coerência, já que, como a personagem está se propondo à atividade, o correto seria que houvesse dificuldade. Se a personagem considerasse a escalada uma atividade tão fácil, provavelmente não teria motivos para praticá-la.

Ainda, tomo um tempo para falar sobre a estrutura do texto, que não é de todo mal. Mas entenda que não há necessidade de usar tantas reticências. Pelo que eu entendi, a sua intenção era passar a ideia de que a sua personagem está contando a história para alguém. A ideia é boa, mas a sua escrita é boa, de forma que você já consegue passar isso sem a necessidade de usar as reticências. Em todos os casos, teria sido melhor usar o ponto final.

Por último, ainda quanto à estrutura do texto, você usou hífen (-) em vez de travessão (—) para pontuar as falas. Entendo que fica um pouco difícil usar o travessão usando o Topic'it e não estou descontando pontos por isso. Mas peço que nos próximos posts tente usar o travessão no lugar do hífen.

Torço para que minhas recomendações te ajudem a melhorar os próximos posts. Uma personagem que viveu no acampamento e está de volta. Parece muito interessante. Boa sorte, semideusa.

Coerência: 35 de 50;
Coesão, estrutura e fluidez: 20 de 25;
Objetividade e Adequação à proposta: 5 de 15;
Ortografia: 7 de 10.

Resultado

Recompensa: 67 xp.




Atualizado






Hades
avatar
Deuses
Mensagens :
171

Localização :
Hell's Kitchen

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Complexo de Escalada

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum