o chamado - mni para Justin McCain

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

o chamado - mni para Justin McCain

Mensagem por Adam Kyle em Seg 01 Jul 2019, 10:59




o chamado

missão narrada interna

Justin estava ainda se ajustando ao ambiente do Acampamento Meio-Sangue. Alguns diziam que ele não gostava do local, mas outros, mesmo em pouco número, gostavam da companhia do garoto e com ele simpatizavam.
Certo dia, uma voz gutural chamava seu nome no meio da noite. Ao acordar, ainda sentia em seu ouvido a som ríspido o chamar. Aparentemente ninguém mais estava escutando, o chalé todo estava dormindo e todo o acampamento estava em profundo silêncio.
Além do chamado incessante, algo levava sua atenção para as árvores, diretamente na floresta. Era impossível recusar.




pontos obrigatórios


— Narre uma introdução condizente com os fatos acima, descrevendo bem seus pensamentos e emoções;
— A voz te levará para a floresta do acampamento, guiando-o para um local (dentro da floresta) à sua escolha.




condições on-game

Justin McCain, lvl 1, filho de Éris(PLAYER)
Vida: 100/100
Energia: 100/100




informações extras
— Local: Long Island;
— Horário: 3AM;
— Clima: 10 ºC, céu aberto;
— Considerar poderes (passivos e ativos), pets e itens nos spoiler, sendo que observações como "poderes até tal nível" não serão aceitas;
— Ao postar, ou em caso de qualquer dúvida, mande-me uma mp;
— Prazo de postagem: 5 dias.

Adam Kyle
Adam Kyle
Filhos de MacáriaAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
175

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o chamado - mni para Justin McCain

Mensagem por Justin McCain em Seg 01 Jul 2019, 16:51

o chamado - mni para Justin McCain Golden10
O Chamado

missão narrada interna - post 01


Justin tinha certeza de que acabara de se deitar e de fechar os olhos, mas já eram três da madrugada. A estranha e forte voz que chamara seu nome o fizera de forma tão nítida que era como se o jovem semideus estivesse acordado desde sempre. Ele detestava a sensação que sentia naquele momento: seu peito subia e descia rapidamente com a respiração ofegante, seu coração batia forte demais e as árvores lá fora, na floresta, pareciam estranhamente atrativas aos seus olhos.

— Mas que...

Ninguém mais ouvira a voz no chalé, os meios-irmãos de Justin dormiam a sono solto, como ele mesmo deveria fazer. Foi então que ele percebeu que a voz ainda bradava seu nome em seus ouvidos. O que ele pensava ser apenas o eco de um sonho ruim, uma lembrança, era algo que ainda estava acontecendo e que despertava nele um desejo intenso de descobrir-lhe a origem. Ele sabia que poderia ser uma armadilha, mas simplesmente não conseguia resistir àquele chamado.

Pouco depois, Justin se viu aproveitando as sombras do acampamento para fugir das harpias que faziam a segurança noturna e caminhando para a floresta. A voz, que antes parecia tão nítida, mostrou que poderia ficar ainda mais audível à medida que ele adentrava a mata. Por fim, Justin finalmente chegou ao que pareceu ser o local definitivo para onde deveria ir: a clareira. A luz prateada da Lua era a única coisa que lhe permitia entrever o que havia em volta e a adaga em sua mão estava a postos para o caso de haver algum problema.

Adendos:

Poderes utilizados:

Nenhum poder foi utilizado neste turno.

Itens levados:

{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]

.:: narração :: falas :: pensamentos :: falas de outros ::.

Justin McCain
Justin McCain
Filhos de ÉrisAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
30

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o chamado - mni para Justin McCain

Mensagem por Adam Kyle em Ter 02 Jul 2019, 08:51




Ao adentrar a clareira, Justin pôde sentir sua audição se suavizar em consequência do término do som incessante.  Porém, quando menos esperou, uma figura distinta surgiu no meio do local. O semideus não conseguiu distinguir os detalhes daquela aparição, ela apenas se mostrava como um vulto. E então, em um instante, a luz da lua se mostrou útil, iluminando aquela sombra. Era um menino.

O garoto estava com a parte de cima de seu corpo descoberta, e permanecia imóvel com o dedo indicador direito à frente de sua boca e nariz, em sinal de silêncio. Quando Justin fez o mínimo movimento possível, a criança correu para o fundo da clareira. A aparição ainda chamava atenção do semideus, mas um tremor ribombou no ar, como se uma manada corresse em sua direção. Justin tinha duas escolhas: ficar ou seguir a criança.






— Narre uma introdução condizente com os fatos acima, descrevendo bem seus pensamentos e emoções;
— A criança correrá para uma gruta ao fundo da clareira.
— Você poderá escolher ficar ou seguir o menino. Lembre-se: cada escolha, uma consequência.



— Missão narrada para Justin Mccain.

— Condições climáticas: 10 °C, céu aberto.

— Local: Acampamento Meio-Sangue.

— Horário: 3:07.

Status


Justin Mccain — Nível 1

HP: 100/100
MP: 100/100

Regras


— Considerar poderes (passivos e ativos), pets e itens nos spoiler, sendo que observações como "poderes até tal nível" não serão aceitas;

— Ao postar, ou em caso de qualquer dúvida, mande-me uma mp;

— Prazo de postagem: 5 dias.

— O critério de avaliação usado será o baseado neste sistema (clique).

— Gostei do template.




Adam Kyle
Adam Kyle
Filhos de MacáriaAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
175

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o chamado - mni para Justin McCain

Mensagem por Justin McCain em Qua 03 Jul 2019, 00:13

o chamado - mni para Justin McCain Golden10
O Chamado

missão narrada interna - post 02


Chegando à clareira da floresta, o alívio para o filho de Éris foi apenas momentâneo. Repentinamente, um vulto tinha aparecido diante do semideus, fazendo-o dar um pulinho de susto, que logo foi substituído pelo reflexo de campo de batalha, que o fez sacar a adaga da bainha. Quando a luz da Lua perdeu a barreira das nuvens e iluminou completamente o local, Justin viu um menininho de peito desnudo e fazendo sinal de silêncio com o indicador. Ver uma criança daquele jeito no meio da escuridão era aterrorizante.

E, do nada, o pirralho correu para o fundo da clareira, como que chamando o meio-sangue para segui-lo. Ele sabia que atender ao chamado provavelmente traria imensos problemas, mas recusá-lo poderia ser ainda pior. Justin não tinha a intenção de arrumar mais problemas do que o necessário antes de sair do acampamento. Ele tinha propósitos a cumprir. Como que para comprovar suas ponderações, um trovão soou altíssimo fez seu corpo inteiro vibrar perigosamente, fazendo-o imediatamente decidir por seguir o menino até uma estranha gruta.

Adendos:

Poderes utilizados:

Nenhum poder foi utilizado neste turno.

Itens levados:

{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]

.:: narração :: falas :: pensamentos :: falas de outros ::.

Justin McCain
Justin McCain
Filhos de ÉrisAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
30

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o chamado - mni para Justin McCain

Mensagem por Adam Kyle em Qua 03 Jul 2019, 08:21




A gruta era simples. Com seu tom acinzentado, pedras eram sobrepostas umas às outras, formando uma arquitetura rudimentar e não muito alta. O seu tamanho não excedia dez metros quadrados e não havia nada ali além de uma fonte pequena, parecida com uma pia, com um copo exposto sobre ela. Além desses elementos, o menino jazia parado no meio do local, ainda com sua mão direita em sinal de silêncio. Foi então que ele falou.

— Prazer, amiguinho. Meu nome é Harpócrates. — disse a criança. — O pessoal aí me chama de deus do silêncio, dos segredos, às vezes até do mistério. Mas sei lá, parece que ninguém quer me contar nenhum segredo só porque eu sou uma criança. Às vezes eu fico pensando: “Nossa, Harpócrates, você devia voltar pro Egito e blá, blá, blá”... Mas eu gosto daqui! Tem dias que eu fico correndo atrás do Hermes, aí depois vou lá pro tártaro brincar com aqueles cachorrinhos... ai, eles são tão fofos! — Continuou ele. Aparentemente ser deus do silêncio não implicava em ser silencioso. — Tudo bem que eu odeio o Zeus e a turminha lá, às vezes até meu pai Eros briga comigo. E mamãe... nem me fale dela, só anda com os charlatões do Olimpo. Você é filho de Éris, não? Se eu te contar o que fiz com ela um dia... Sabe o que aconteceu em Tróia? Então, quase ferrei com tudo! Mas aí me reconciliei com ela quando roubei uma vaca de Hera. Ai ai, longa história...

Justin parecia não entender nada, e não tinha nenhum tempo para falar ou responder. Então continuou em silêncio.

— Vamos lá, a brincadeira hoje é com você! Adoro semideuses. Já te contei o que fiz com Perseu? — falou outra vez o menino, contando uma história longa em que roubou a arma de Perseu e o fez buscar no fundo do mar. — Mas então, hoje você vai brincar comigo! Antes de começar, beba um pouco daquela água. — O deus apontou para a pequena fonte.

Quando Justin bebeu da fonte e voltou a olhar para trás, Harpócrates estava acompanhado de uma criatura surpreendente: um esqueleto.
— Encontrei esse amigo no submundo. Legal, não? Ah, primeira regra da brincadeira: você não pode falar! — gritou o deus, dando espaço para a criatura avançar, que carregava um grande osso em formato de espada.







— Narre uma introdução condizente com os fatos acima, descrevendo bem seus pensamentos e emoções;
— Meu, eu prezo muito pela criatividade. Sei que escrevi um pouco mais nessa etapa, mas qualquer elemento pode ser adicionado por você para dar riqueza ao cenário/personagem/situação.
— Quando você beber da água, você ficará sem a fala.
— Lute com o esqueleto, ele está avançando para você e tentará desferir um golpe com sua "espada".




— Missão narrada para Justin Mccain.

— Condições climáticas: 10 °C, céu aberto.

— Local: Acampamento Meio-Sangue.

— Horário: 3:10.

Status


Justin Mccain — Nível 1

HP: 100/100
MP: 100/100

Esqueleto - Nível 1
HP: 70/70
MP: 70/70

Regras


— Considerar poderes (passivos e ativos), pets e itens nos spoiler, sendo que observações como "poderes até tal nível" não serão aceitas;

— Ao postar, ou em caso de qualquer dúvida, mande-me uma mp;

— Prazo de postagem: 5 dias.

— O critério de avaliação usado será o baseado neste sistema (clique).






Adam Kyle
Adam Kyle
Filhos de MacáriaAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
175

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o chamado - mni para Justin McCain

Mensagem por Justin McCain em Qua 03 Jul 2019, 16:36

o chamado - mni para Justin McCain Golden10
O Chamado

missão narrada interna - post 03


Não havia nada de muito especial naquela caverna, apenas um bando de pedras colocadas umas sobre as outras a fim de criar uma estrutura um tanto quanto... selvagem. Poderia ser uma caverna qualquer como outra, possível de ser encontrada em qualquer parte do mundo, exceto por uma estranha pia no centro encimada por um copo. Uma fonte. De alguma forma, aquilo se parecia muito com a estrutura dos banheiros dos chalés, ou do que Justin acreditada ser comum a todos eles.

— Prazer, amiguinho... — disse o garoto.

— Amiguinho?

— Meu nome é Harpócrates. O pessoal aí me chama de deus do silêncio, dos segredos, às vezes até do mistério. Mas sei lá, parece que ninguém quer me contar nenhum segredo só porque eu sou uma criança. Às vezes eu fico pensando: "Nossa, Harpócrates, você devia voltar pro Egito e blá, blá, blá..." Mas eu gosto daqui! Tem dias que eu fico correndo atrás do Hermes, aí depois vou lá pro tártaro brincar com aqueles cachorrinhos... ai, eles são tão fofos!

— Uou! Espera aí, espera aí! Tá me dizendo que você é um deus? — Justin tentou questionar, mas o guri não calava a boca.

— Tudo bem que eu odeio o Zeus e a turminha lá, às vezes até meu pai Eros briga comigo. E mamãe... nem me fale dela, só anda com os charlatões do Olimpo. Você é filho de Éris, não? Se eu te contar o que fiz com ela um dia... Sabe o que aconteceu em Troia? Então, quase ferrei com tudo! Mas aí me reconciliei com ela quando roubei uma vaca de Hera. Ai ai, longa história...

Ok, que merda é essa? O filho de Éris entendia mais nada... Quem era aquele pirralho? Aquilo era alguma pegadinha de mau gosto? Não conseguiria a resposta tão cedo, já que o outro não parava de tagarelar.

— Vamos lá, a brincadeira hoje é com você! Adoro semideuses. Já te contei o que fiz com Perseu? — Pronto, lá ia o tal Harpócrates desatar a falar novamente, contando alguma história mirabolante sobre o que teria aprontado, mas Justin nem prestava atenção mais. Só queria que aquela patetice acabasse para poder voltar à sua vida normal. — Mas então, hoje você vai brincar comigo! Antes de começar, beba um pouco daquela água.

Pronto, parecia que agora a coisa iria realmente começar. Por mais que Justin estivesse desconfiado, parecia que só havia uma forma de se livrar logo de toda aquela baboseira. Assim deu as costas ao suposto deus e bebeu a água, sem ter a menor ideia do caminho que estava tomando. Quando virou-se de volta na direção dele, o viu com um esqueleto servindo-lhe de escolta e quis perguntar o que estava havendo, mas Harpócrates o interrompeu antes:

— Encontrei esse amigo no submundo. Legal, não? Ah, primeira regra da brincadeira: você não pode falar!

— Hmm!!! HMMMM!!! — Justin tentou reclamar, mas era-lhe impossível. Além disso, era melhor focar no problema mais imediato: o esqueleto vinha em sua direção, pronto para atacar. O garoto ergueu sua adaga para se defender do ataque e percebeu que não poderia ficar parado, aproveitando o momento logo em seguida para investir contra o esqueleto e tentar cortar-lhe a cabeça, o que parecia ser o mais sensato a fazer para derrotá-lo.

Adendos:

Poderes utilizados:

Nenhum poder foi utilizado neste turno.

Itens levados:

{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]

.:: narração :: falas :: pensamentos :: falas de outros ::.

Justin McCain
Justin McCain
Filhos de ÉrisAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
30

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o chamado - mni para Justin McCain

Mensagem por Adam Kyle em Qui 04 Jul 2019, 08:13




A mudez do jovem parecia não o atrapalhar no combate, fazendo-o agir rapidamente. Entretanto, ao tentar se defender do ataque do esqueleto, a espada da criatura bateu em sua adaga e se direcionou ao braço do semideus, acertando-o. Porém, isso não impediu o garoto de golpear a cabeça da criatura, que não se cortou, mas apenas girou e ficou do lado contrário.

— Há há! Ele tentou cortar a cabeça de um esqueleto! Que legal! — tagarelou o deus, rindo da cena.

Com o ataque recebido, o esqueleto girou a sua espada, sem conseguir se localizar no campo de batalha, tentando acertar Justin.






— Narre uma introdução condizente com os fatos acima, descrevendo bem seus pensamentos e emoções;
— É aquele assunto, né. Sei que você sabe, mas vou repetir só por praxe: não dê certezas de ações.
— Lute com o esqueleto, ele girou sua espada, tentando golpear você. Sua cabeça está virada para trás. Vai pra cima! (ou não)




— Missão narrada para Justin Mccain.

— Condições climáticas: 10 °C, céu aberto.

— Local: Acampamento Meio-Sangue.

— Horário: 3:13.

Status


Justin Mccain — Nível 1

HP: 95/100
MP: 100/100

Esqueleto - Nível 1
HP: 40/70
MP: 70/70

Regras


— Considerar poderes (passivos e ativos), pets e itens nos spoiler, sendo que observações como "poderes até tal nível" não serão aceitas;

— Ao postar, ou em caso de qualquer dúvida, mande-me uma mp;

— Prazo de postagem: 5 dias.

— O critério de avaliação usado será o baseado neste sistema (clique).






Adam Kyle
Adam Kyle
Filhos de MacáriaAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
175

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: o chamado - mni para Justin McCain

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::