[RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Mensagem por Oliver B. Barnes em Dom 07 Jul 2019, 18:33

Local: Clareira Florestal
Horário: 21:00
Clima: Ameno
Temperatura: 20°
Participantes: America e Oliver
Oliver B. Barnes
Oliver B. Barnes
Filhos de TânatosAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Mensagem por Oliver B. Barnes em Dom 07 Jul 2019, 18:46


Não havia nada para fazer dentro do chalé dos filhos de Tanatos, aquilo estava me deixando incomodado. Não gostava de ficar no tédio, e sempre que isso ocorria procurava algo para fazer. Daquela vez não foi diferente. Levantei-me da cama, puxando do cabideiro ao lado minha jaqueta de couro preta. A adaga não ficava para trás. Por mais que o acampamento fosse seguro, sempre tinha que ter alguma forma de me proteger.

Caminhava pelo acampamento em meio a noite, seguindo floresta adentro como se nada mais me importasse. Meu objetivo? Ir até a clareira que ficava mais ao fundo. Devido aquele horário certamente o local estaria belo como sempre.

Alguns minutos caminhando, até enfim alcançar o ponto onde queria chegar. Olhava de um lado ao outro, vendo se tinha mais alguém por ali. Ninguém, isso me deixou aliviado. Respirei profundamente, sentindo as sombras a minha volta me cobrirem e me tranquilizarem, enquanto o brilho dos seres cintilantes dali me deixavam um tanto mais alegre.

Aproximei-me de uma das bancadas ali presentes, me sentando e assim vislumbrando a cena maravilhosa que estava a minha frente.



Considerações:

Magias Usadas:
Passivas:
Atração Fatal Lvl 1 - Tânatos / Leto, dentro da mitologia, sempre foi retratado como belo, possuindo não apenas a questão física, mas também uma aura de atração, rivalizando com Apolo como modelo de ideal masculino. Esse poder entra em oposição direta com o medo que sua função provoca, mas apesar do paradoxo, aqueles que entram em contato não dixam de se sentir admirados. Seus filhos herdam tais características e, apesar de tudo, exercem influência sobre as pessoas ao redor, recebendo uma bonificação adicional de 10% para a efetividade de poderes de charme, sedução e persuasão quando estão visíveis ao alvo.

Nível 02
Visão obscura - Essa habilidade implica que o filho de Tânatos / Leto vai poder enxergar perfeitamente em lugares escuros, considerando que seu progenitor vive no submundo. O alcance visual, contudo, não é alterado. Não é válido para escuridão mágica.

Nível 04
Presença perturbadora - Apesar de reconhecidamente bellos e/ou atraentes, filhos de Tânatos / Leto ainda herdam certa ligação com o mundo inferior, o que lhes rende uma aura ambígua: se por um lado sua aparência encanta, por outro, sua presença perturba e incomoda a maioria das pessoas ao redor - algo que fica perceptível com o ganho de poder e a evolução do semideus. Humanos e animais comuns tendem a se afastar, e mesmo seres mitológicos e outros semideuses podem ficar levemente perturbados. Não afeta filhos dos 3 grandes ou de deuses do submundo. A aura aumenta em 50% a dificuldade de domar qualquer criatura viva cuja origem não seja o submundo. Por outro lado, personagens sensíveis que sejam 10 níveis ou mais abaixo do semideus não tomarão iniciativa no primeiro turno de um combate direto (mas ainda podem atacar de forma oculta, como uma emboscada, ou revidar ataques recebidos). É um efeito mental de medo, portanto admite resistências.
Ativas:
Armas Levadas:
{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]
Oliver B. Barnes
Oliver B. Barnes
Filhos de TânatosAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Mensagem por America Morris em Dom 07 Jul 2019, 19:13



Estava tédio, nada de diferente acontecia. A ultima pessoa que havia conversado estava meio sumido. O dia havia passado rápido, apesar da quietude. Talvez ter dormido uma boa parte do dia explicasse essa rapidez.

Mas eu senti as consequências disso, o sono me faltava, resolvi então andar sem rumo. Dessa vez resolvi tomar um caminho desconhecido, precisava saber como era as coisas a noite. Tomei rumo as clareiras, já tinha ouvido falar, mas nunca havia estado lá.

Já perto do local pude ver uma silhueita, meu péssimo hábito de chegar sem pedir licença continuava o mesmo, talvez um dia eu me desse mal com isso.

-- Visão bonita né? A noite ajuda. -- Sorri, estava símpatica naquele dia. -- Posso me sentar?-- esperei sua resposta. Seria bom conversar um pouco.


Considerações:

Magias Usadas:
Passivas:
Ativas:
Armas Levadas:
America Morris
America Morris
Filhos de PoseidonAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Mensagem por Oliver B. Barnes em Dom 07 Jul 2019, 19:28


As fontes de brilho aumentavam cada vez mais, a medida que os segundos se passavam. Aquilo me tirava do tédio por completo, e a junção com a escuridão me tranquilizava ainda mais. Me sentia em paz, longe dos vivos e sem sentir os mortos, mesmo que por ora.

Minha respiração se aprofundava, enquanto meus olhos se voltavam para o céu sombrio e cheio de estrelas. Era uma visão impressionante, e por isso eu aparecia por ali as vezes.

O som de folhas e galhos sendo pisoteados me deixou em alerta. Me virei, procurando o responsável pelo barulho. Foi então que me deparei com uma jovem, aparentando a mesma idade que eu ou menos. Não sabia o que ela estava pensando, mas sua aproximação repentina não havia me assustado.

Sua voz era doce, o que me chamou a atenção. No entanto, como sempre minha presença perturbava praticamente todos os campistas, e por isso pensei que com ela não seria diferente. Ainda sim a respondi, mantendo meu tom educado e sereno como sempre. — Claro, pode se sentar. Deixei um pequeno sorriso escapar pelo canto dos lábios, voltando a falar com ela em seguida. — Este lugar é mesmo muito belo, me tranquiliza bastante. Ainda mais em meio a noite. Calei-me, aguardando a reação da menina.  



Considerações:

Magias Usadas:
Passivas:
Atração Fatal Lvl 1 - Tânatos / Leto, dentro da mitologia, sempre foi retratado como belo, possuindo não apenas a questão física, mas também uma aura de atração, rivalizando com Apolo como modelo de ideal masculino. Esse poder entra em oposição direta com o medo que sua função provoca, mas apesar do paradoxo, aqueles que entram em contato não dixam de se sentir admirados. Seus filhos herdam tais características e, apesar de tudo, exercem influência sobre as pessoas ao redor, recebendo uma bonificação adicional de 10% para a efetividade de poderes de charme, sedução e persuasão quando estão visíveis ao alvo.

Nível 02
Visão obscura - Essa habilidade implica que o filho de Tânatos / Leto vai poder enxergar perfeitamente em lugares escuros, considerando que seu progenitor vive no submundo. O alcance visual, contudo, não é alterado. Não é válido para escuridão mágica.

Nível 04
Presença perturbadora - Apesar de reconhecidamente bellos e/ou atraentes, filhos de Tânatos / Leto ainda herdam certa ligação com o mundo inferior, o que lhes rende uma aura ambígua: se por um lado sua aparência encanta, por outro, sua presença perturba e incomoda a maioria das pessoas ao redor - algo que fica perceptível com o ganho de poder e a evolução do semideus. Humanos e animais comuns tendem a se afastar, e mesmo seres mitológicos e outros semideuses podem ficar levemente perturbados. Não afeta filhos dos 3 grandes ou de deuses do submundo. A aura aumenta em 50% a dificuldade de domar qualquer criatura viva cuja origem não seja o submundo. Por outro lado, personagens sensíveis que sejam 10 níveis ou mais abaixo do semideus não tomarão iniciativa no primeiro turno de um combate direto (mas ainda podem atacar de forma oculta, como uma emboscada, ou revidar ataques recebidos). É um efeito mental de medo, portanto admite resistências.
Ativas:
Armas Levadas:
{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]
Oliver B. Barnes
Oliver B. Barnes
Filhos de TânatosAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Mensagem por America Morris em Dom 07 Jul 2019, 20:59



Que gato Meu pensamento tomou um rumo diferente, dei risada enquanto me sentava. Talvez estivesse diante de alguém filho de sedutores. Da última vez que tive aquela sensação de querer agarrar alguém sem ao menos conhecer foi por uma filha de Apolo, o que me fez questionar minha opção sexual. Não sabia dizer ao certo se o garoto reparou no olhar que havia lhe dado antes da risada me tocando que estava atraída pelo mesmo, preferi não entrar nesse mérito por ora.

Independente da sua divindade era belo e educado  — Não tenho preferência entre o dia e a noite, mas da forma como falou acho que minhas suspeitas que seja um filho de Apolo são baixas, certo?

Ele ficaria curioso porque a pergunta sobre seu parentesco, eu queria saber? talvez não, mas já havia aberto a boca sobre aquilo.

—Então qual o seu nome ?


Considerações:

Magias Usadas:
Passivas:
Ativas:
Armas Levadas:
America Morris
America Morris
Filhos de PoseidonAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Mensagem por Oliver B. Barnes em Dom 07 Jul 2019, 21:12


O olhar da jovem enquanto se sentava me deixaram meio envergonhado. Devido ao meu pai tanto eu quanto meus irmãos recebíamos uma certa beleza, contrastando com nossa aura perturbadora. Percebi que ela não tinha se incomodado com a segunda parte, pois se aproximara sem problemas. ”Deve ser uma filha dos três grandes, ou quem sabe uma filha do submundo.” Não podia ter certeza, e por ora não perguntaria.

De fato ela estava certa, eu não me assemelhava em nada aos filhos do Deus do sol. — Isso mesmo, não chegou nem perto disso. Sou filho de Tanatos, o Deus da morte por assim dizer. Ajeitava-me em meio ao banco de pedra, dando um pequenino sorriso e voltando a falar logo em seguida. — Enquanto a você. Não se incomodou com a minha presença, o que me faz crer que é uma filha de um dos três grandes ou de um deus do submundo, qual seria? Calei-me, aguardando por sua resposta.

A jovem então fazia sua ultima pergunta. Não tinha motivos para não dizer, e por isso a respondi. — Oliver, Oliver Bennet Barnes, mas pode me chamar só de Oli se quiser. Estendi minha destra em sua direção, a cumprimentando gentilmente, porém com uma segunda intenção por trás disso.



Considerações:

Magias Usadas:
Passivas:
Atração Fatal Lvl 1 - Tânatos / Leto, dentro da mitologia, sempre foi retratado como belo, possuindo não apenas a questão física, mas também uma aura de atração, rivalizando com Apolo como modelo de ideal masculino. Esse poder entra em oposição direta com o medo que sua função provoca, mas apesar do paradoxo, aqueles que entram em contato não dixam de se sentir admirados. Seus filhos herdam tais características e, apesar de tudo, exercem influência sobre as pessoas ao redor, recebendo uma bonificação adicional de 10% para a efetividade de poderes de charme, sedução e persuasão quando estão visíveis ao alvo.

Nível 02
Visão obscura - Essa habilidade implica que o filho de Tânatos / Leto vai poder enxergar perfeitamente em lugares escuros, considerando que seu progenitor vive no submundo. O alcance visual, contudo, não é alterado. Não é válido para escuridão mágica.

Nível 04
Presença perturbadora - Apesar de reconhecidamente bellos e/ou atraentes, filhos de Tânatos / Leto ainda herdam certa ligação com o mundo inferior, o que lhes rende uma aura ambígua: se por um lado sua aparência encanta, por outro, sua presença perturba e incomoda a maioria das pessoas ao redor - algo que fica perceptível com o ganho de poder e a evolução do semideus. Humanos e animais comuns tendem a se afastar, e mesmo seres mitológicos e outros semideuses podem ficar levemente perturbados. Não afeta filhos dos 3 grandes ou de deuses do submundo. A aura aumenta em 50% a dificuldade de domar qualquer criatura viva cuja origem não seja o submundo. Por outro lado, personagens sensíveis que sejam 10 níveis ou mais abaixo do semideus não tomarão iniciativa no primeiro turno de um combate direto (mas ainda podem atacar de forma oculta, como uma emboscada, ou revidar ataques recebidos). É um efeito mental de medo, portanto admite resistências.
Ativas:
Armas Levadas:
{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]
Oliver B. Barnes
Oliver B. Barnes
Filhos de TânatosAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Mensagem por America Morris em Dom 07 Jul 2019, 22:07




— America, ao seu dispor — a segunda parte tinha saído em outras intenções, talvez ele pudesse capitar, mas primeiro queria conhece-lo melhor. — Então Oli — criei logo uma intimidade, tive espaço não tinha porquê não fazê-lo. — O que faz a essa fora do chalé? Antes que pergunte passei a maior parte do dia dormindo e não tinha o que fazer.

Olhei para as estrelas, a falta de luz elétrica facilitava nossa visão das estrelas, realmente era maravilhoso. Um pouco mais habituada a situação notei que havia esquecido de responder seu questionamento.

— Me incomodar com a sua presença? Não senti nadinha. Sou filha de Poseidon, pelo menos é o que dizem.— Sorri



Considerações:

Magias Usadas:
Passivas:
Ativas:
Armas Levadas:
America Morris
America Morris
Filhos de PoseidonAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Mensagem por Oliver B. Barnes em Dom 07 Jul 2019, 22:16


O tom de voz da jovem ao se apresentar insinuou algo a mais ao meu ver, porém não mencionei nada até o momento, querendo ver até que ponto era mesmo o que imaginava. Dei um pequeno sorriso, ouvindo seu questionamento sobre o motivo de estar por ali naquela hora.

Olhei em seus olhos, hesitando por alguns segundos até respondê-la. — Não tinha nada de bom para fazer em meu chalé, e fiquei entediado. Como sabe, me sinto bem a noite, e já tinha vindo aqui algumas vezes. Então decidi relaxar por aqui. Terminava de explicar, silenciando-me por alguns instantes.

A garota mudava seu foco, atentando-se as estrelas que haviam no céu. Eu por outro lado, não consegui tirar os olhos dela. Nesse meio ela respondia de quem era filha, o que concluiu meus pensamentos. Filha de Poisedon, o Deus dos mares, interessante. — Bastante interessante. Não somente o fato de não sentir-se incomodada com a minha presença, já que sou o filho da morte, mas também o fato de você ser muito bonita. Assim como ela eu também sorria, sentindo algo diferente dentro de mim.



Considerações:

Magias Usadas:
Passivas:
Atração Fatal Lvl 1 - Tânatos / Leto, dentro da mitologia, sempre foi retratado como belo, possuindo não apenas a questão física, mas também uma aura de atração, rivalizando com Apolo como modelo de ideal masculino. Esse poder entra em oposição direta com o medo que sua função provoca, mas apesar do paradoxo, aqueles que entram em contato não dixam de se sentir admirados. Seus filhos herdam tais características e, apesar de tudo, exercem influência sobre as pessoas ao redor, recebendo uma bonificação adicional de 10% para a efetividade de poderes de charme, sedução e persuasão quando estão visíveis ao alvo.

Nível 02
Visão obscura - Essa habilidade implica que o filho de Tânatos / Leto vai poder enxergar perfeitamente em lugares escuros, considerando que seu progenitor vive no submundo. O alcance visual, contudo, não é alterado. Não é válido para escuridão mágica.

Nível 04
Presença perturbadora - Apesar de reconhecidamente bellos e/ou atraentes, filhos de Tânatos / Leto ainda herdam certa ligação com o mundo inferior, o que lhes rende uma aura ambígua: se por um lado sua aparência encanta, por outro, sua presença perturba e incomoda a maioria das pessoas ao redor - algo que fica perceptível com o ganho de poder e a evolução do semideus. Humanos e animais comuns tendem a se afastar, e mesmo seres mitológicos e outros semideuses podem ficar levemente perturbados. Não afeta filhos dos 3 grandes ou de deuses do submundo. A aura aumenta em 50% a dificuldade de domar qualquer criatura viva cuja origem não seja o submundo. Por outro lado, personagens sensíveis que sejam 10 níveis ou mais abaixo do semideus não tomarão iniciativa no primeiro turno de um combate direto (mas ainda podem atacar de forma oculta, como uma emboscada, ou revidar ataques recebidos). É um efeito mental de medo, portanto admite resistências.
Ativas:
Armas Levadas:
{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]
Oliver B. Barnes
Oliver B. Barnes
Filhos de TânatosAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Mensagem por America Morris em Sab 27 Jul 2019, 12:16




Um galanteador talvez, seu elogio não passou despercebido, porém falar sobre nossos pais naquele momento atraia mais minha atenção. A anos vivia no acampamento, mas diferente dos demais sempre evitava qualquer coisa. Não me sentia em um lar, como família, apesar de nunca ter vivido essa sensação.

Permaneci pouco tempo em silêncio brigando com meus pensamentos e desgostos daqueles anos, mas voltei a atenção para o garoto. — Como soube do seu pai? A quanto tempo está no acampamento?

Eu tinha várias perguntas, dúvidas surgiam na minha mente. Querer um envolvimento com aquele semideus estava gritando dentro de mim, mas queria permanecer daquela forma. Uma conversa calma e longa.


Considerações:

Magias Usadas:
Passivas:
Ativas:
Armas Levadas:
America Morris
America Morris
Filhos de PoseidonAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Mensagem por Oliver B. Barnes em Sab 27 Jul 2019, 12:49


O olhar da moça se mostrou pensativo, como se tivesse refletindo sobre algo. Não sabia se era sobre o que eu tinha falado, ou lembranças passadas. Não quis perguntar, me intrometer em seus pensamentos, por isso apenas mantive-me admirando as belas feições da prole de Poseidon.

Seus olhos se voltaram a mim, questionando-me sobre como havia descoberto pelo meu pai e quanto tempo estava no acampamento. Suspirei, pois pouco lembrava, mas respondi o que sabia. — Sinceramente foi tudo muito estranho. Eu acordei do nada em meio a floresta fora do acampamento. Estava próximo a um carro batido, ele tinha se chocado contra uma árvore e provavelmente eu fui arremessado dele. Quando tentei escapar dali fui atacado, e assim alvo por uma garota aqui do acampamento. Não perguntei o nome dela, e só fiquei sabendo sobre meu pai quando chegamos aqui.

Pausei um pouco minhas palavras, pois os pensamentos daquele dia invadiam minha mente abruptamente. Suspirei, sentindo uma certa tristeza por não lembrar de mais nada além daquilo. Meu passado era um mistério até então.

Meus olhos outrora atentos ao chão, agora se voltavam aos da bela menina a minha frente. Tentei puxar um sorriso, mas senti uma certa dificuldade. Provavelmente teria saído um tanto melancólico aquela altura, mas não tinha muito o que fazer. Por fim respondi a segunda parte da pergunta, essa sendo mais fácil para mim. — Estou por aqui já faz alguns meses. Não sei quanto tempo precisamente. Cocei a cabeça em meio a isso, sentindo-me um completo bobo por não lembrar sobre isso também.

Meu coração pulsava forte, algo estava crescendo mais e mais dentro de mim. Não sabia o que era aquilo, mas fazia eu me sentir bem. Olhei a minha volta, analisando algumas flores florescentes que tinham por ali, até encontrar uma bem bonita. A puxava delicadamente, voltando-me na direção da garota e a entregando em suas mãos enquanto deixava escapar um pequeno sorriso.



Considerações:

Magias Usadas:
Passivas:
Atração Fatal Lvl 1 - Tânatos / Leto, dentro da mitologia, sempre foi retratado como belo, possuindo não apenas a questão física, mas também uma aura de atração, rivalizando com Apolo como modelo de ideal masculino. Esse poder entra em oposição direta com o medo que sua função provoca, mas apesar do paradoxo, aqueles que entram em contato não dixam de se sentir admirados. Seus filhos herdam tais características e, apesar de tudo, exercem influência sobre as pessoas ao redor, recebendo uma bonificação adicional de 10% para a efetividade de poderes de charme, sedução e persuasão quando estão visíveis ao alvo.

Nível 02
Visão obscura - Essa habilidade implica que o filho de Tânatos / Leto vai poder enxergar perfeitamente em lugares escuros, considerando que seu progenitor vive no submundo. O alcance visual, contudo, não é alterado. Não é válido para escuridão mágica.

Nível 04
Presença perturbadora - Apesar de reconhecidamente bellos e/ou atraentes, filhos de Tânatos / Leto ainda herdam certa ligação com o mundo inferior, o que lhes rende uma aura ambígua: se por um lado sua aparência encanta, por outro, sua presença perturba e incomoda a maioria das pessoas ao redor - algo que fica perceptível com o ganho de poder e a evolução do semideus. Humanos e animais comuns tendem a se afastar, e mesmo seres mitológicos e outros semideuses podem ficar levemente perturbados. Não afeta filhos dos 3 grandes ou de deuses do submundo. A aura aumenta em 50% a dificuldade de domar qualquer criatura viva cuja origem não seja o submundo. Por outro lado, personagens sensíveis que sejam 10 níveis ou mais abaixo do semideus não tomarão iniciativa no primeiro turno de um combate direto (mas ainda podem atacar de forma oculta, como uma emboscada, ou revidar ataques recebidos). É um efeito mental de medo, portanto admite resistências.
Ativas:
Armas Levadas:
{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]
Oliver B. Barnes
Oliver B. Barnes
Filhos de TânatosAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Mensagem por America Morris em Sab 27 Jul 2019, 13:42




Ouvi atentamente sua resposta, refleti em meio a pausa. Ser semideus era algo difícil, muitas coisas nos eram roubadas e muitos de nós nunca conversaram com o pai ou mãe, sendo meu caso. Me repreendi por não ter pensado antes de tais perguntas, deveria lembrar da vida própria e como era difícil recordar do passado. Reparei que tentava manter a conversa leve, apesar da minha curiosidade acabar com um pouco do clima.

O mesmo voltou a falar, algo breve, mas também importante. Permaneci atenta, seus gestos eram suave e isso mantinha meu foco total. Nossos dedos se tocaram quando me entregou uma flor, foi bem rápido mas pude sentir a sensação do contato.

— Engraçado como nossa vida é igual essa flor —  fitei a pequena em minhas mãos. — Não nos perguntam se queremos estar em determinadas situações, em pouco tempo ela ira morrer, mas serviu para satisfazer o prazer de alguém. —  Não pensei na forma como falei, mas era assim que me sentia em relação a Poseidon, minha mãe tinha sido algo momentâneo em sua imortalidade e eu o fruto estava ali, sem ter pedido.

—  Não me entenda mal, seu gesto foi bonito e agradeço, mas não pude evitar a comparação.
—  sorri —  E você também é muito bonito, você tem uma magnitude intensa, fico imaginando seu pai. Pessoas atraídas pela morte muito hilário.

Quando me dei conta já havia revelado que me sentia atraída pelo mesmo, meu rosto esquentou e ruborizou, a pouca luz disfarçaria.




America Morris
America Morris
Filhos de PoseidonAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Mensagem por Oliver B. Barnes em Sab 27 Jul 2019, 13:59


Senti um certo arrepio ao tocar em sua mão, algo que pelo qual nunca tinha passado até então. Ela aceitava o presente, mas não deixou de expressar-se diante daquele gesto. Suas palavras, apesar de simples, tocavam minha alma. Não me arrependi de ter entregue a flor, mas o fato de ter sido usada para satisfazer um desejo momentâneo me fez refletir.

Sorri, mesmo que de forma contida, deixando algumas poucas palavras escaparem. — Sim, ela irá morrer. Mas também terá servido a um propósito maior do que se tivesse parada onde estava. Ela serviu não para me satisfazer, mas sim para demonstrar um certo carinho. Silenciei-me por alguns segundos, voltando a falar logo em seguida. — Morrer é apenas um novo inicio. Eu vejo assim pelo menos. Ainda mais eu, que conheço mais sobre a própria morte do que os demais. Com tais palavras proferidas, me calei. Se devia falar mais algo ou não, não tinha certeza. Apenas me limitei a olhá-la, um brilho intenso em meio a escuridão assustadora das almas perdidas.

Por alguns segundos ela se calou, até enfim voltar a falar. Tentava se explicar sobre o que tinha dito, mas de forma alguma eu tinha levado pelo mal caminho. Aliais, eu sempre tentava levar da melhor forma possível as situações da vida.

O elogio dela aprofundou-se ainda mais em meu interior, deixando agora mais claro o que ela sentia. Não pude deixar de soltar um pequeno sorriso de canto de boca, enquanto a olhava nos olhos. Minhas palavras demoraram a sair, pois apenas queria a olhar no rosto e admirar toda a sua beleza por alguns instantes. — Sim, há pessoas que ficam atraídas pela morte, assim como há outras que se sentem pelo oceano. De certo que ela entenderia, por mais que tivesse usado uma metáfora.



Considerações:

Magias Usadas:
Passivas:
Atração Fatal Lvl 1 - Tânatos / Leto, dentro da mitologia, sempre foi retratado como belo, possuindo não apenas a questão física, mas também uma aura de atração, rivalizando com Apolo como modelo de ideal masculino. Esse poder entra em oposição direta com o medo que sua função provoca, mas apesar do paradoxo, aqueles que entram em contato não dixam de se sentir admirados. Seus filhos herdam tais características e, apesar de tudo, exercem influência sobre as pessoas ao redor, recebendo uma bonificação adicional de 10% para a efetividade de poderes de charme, sedução e persuasão quando estão visíveis ao alvo.

Nível 02
Visão obscura - Essa habilidade implica que o filho de Tânatos / Leto vai poder enxergar perfeitamente em lugares escuros, considerando que seu progenitor vive no submundo. O alcance visual, contudo, não é alterado. Não é válido para escuridão mágica.

Nível 04
Presença perturbadora - Apesar de reconhecidamente bellos e/ou atraentes, filhos de Tânatos / Leto ainda herdam certa ligação com o mundo inferior, o que lhes rende uma aura ambígua: se por um lado sua aparência encanta, por outro, sua presença perturba e incomoda a maioria das pessoas ao redor - algo que fica perceptível com o ganho de poder e a evolução do semideus. Humanos e animais comuns tendem a se afastar, e mesmo seres mitológicos e outros semideuses podem ficar levemente perturbados. Não afeta filhos dos 3 grandes ou de deuses do submundo. A aura aumenta em 50% a dificuldade de domar qualquer criatura viva cuja origem não seja o submundo. Por outro lado, personagens sensíveis que sejam 10 níveis ou mais abaixo do semideus não tomarão iniciativa no primeiro turno de um combate direto (mas ainda podem atacar de forma oculta, como uma emboscada, ou revidar ataques recebidos). É um efeito mental de medo, portanto admite resistências.
Ativas:
Armas Levadas:
{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]
Oliver B. Barnes
Oliver B. Barnes
Filhos de TânatosAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP - Fechada] A Morte e o Oceâno

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::