— preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter}

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

— preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter}

Mensagem por Ayla Lennox em Dom 18 Ago 2019, 11:08

preciso me encontrar
A RP é fechada e se passa nas proximidades do Punho de Zeus, na manhã posterior ao evento de caça à bandeira (4 de Julho). Após algumas explicações de Quíron a respeito do ocorrido, o Acampamento está se reorganizando e os semideuses estão finalmente liberados para seguir seus rumos fora das fronteiras. É manhã, ainda coberta pelos raios de sol nascente, e a maioria dos campistas ainda está dormindo nos chalés. O clima é agradável e não há sinais de chuva.

Status
Peter Lost
450/510 HP e 193/510 MP
Ayla Lennox
440/480 HP e 383/480 MP
Ayla Lennox
Ayla Lennox
Filhos de SeleneAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
1036

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter}

Mensagem por Peter Lost em Dom 18 Ago 2019, 11:47

ϟ
Preciso me encontrar
Peter Lost  
ϟ
RP Fechada Ayla e Peter
What is lost may never die
— preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter} HeOg5gr
O sol ainda se escondia por detrás do horizonte. A brisa das primeiras horas da manhã acertavam meu rosto de forma suave, fazendo com que o cheiro de orvalho invadisse minhas narinas, fazendo com que um sentimento bucólico e nostálgico dominasse meus sentidos. Muito se passara desde a última vez que eu fosse até aquela grande rocha em formato de punho buscando colocar os pensamentos em ordem.

Tudo o que acontecera naquela mesma floresta no dia anterior me deixara confuso, o ataque ao acampamento era um feito que eu julgara impossível. O silêncio era tanto que pude escutar alguns estalos e o movimento das engrenagens dentro de Banzay, o animal metálico que havia se abrigado no acampamento desde que eu sumira.

O animal não precisou de mais do que uma fração de segundo para me reconhecer, mesmo neste corpo envelhecido e eu era grato por aquilo. Todos – a não ser, talvez, por Bianca e Quíron – pareciam não me reconhecer naquela minha nova realidade.

A cada segundo que passava eu tinha mais vontade de retomar minha busca por meus fragmentos perdidos de memória. Banzay, por exemplo, era um exemplo perfeito destes, afinal, por mais que forçasse minha mente, não conseguia lembrar da última vez que o vira. Tinha medo de ter me esquecido de pessoas ou fatos importantes. A proposta de Mnemósine continuava a martelar em minha mente, mas ir ao mundo inferior ainda era uma tarefa muito difícil para mim.

Escalei ao topo da formação rochosa e sentei-me, abrindo espaço para que meu autômato se colocasse ao meu lado e repousasse sua cabeça confortavelmente em minha perna. No meio tempo, puxei meu cantil metálico do bolso interno das vestes pretas e tomei um longo gole no whisky de péssima qualidade que se encontrava lá dentro.

Pai, se está esperando o momento certo de falar comigo, acho que é agora...
Adendos:
Arsenal:
₪ {Trusty} / Gládio [Semelhante a espada curta, porém esta tem a lâmina mais larga na base e maior no comprimento, medindo cerca de 80cm. Devido ao pouco peso, é empunhada com uma única mão, deixando a outra livre para utilizar escudos ou outros itens. O cabo é de madeira simples.][Bronze sagrado e madeira} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} Embainhado no lado direito do cinto

₪ {Perdição} / Espada [Espada com lamina de bronze sagrado. A arma se adequa em peso e tamanho ao usuário, seu cabo é de aço negro com um fino revestimento de couro preto para melhor manuseio e tem um comprimento padrão. A arma não tem nada de especial em relação a uma arma de bronze sagrado comum, exceto pelo fato de que, quando a espada não esta em uso, ela se torna uma luva negra com as letras “PL” bordadas em branco, indicando que ela só funciona com Peter.] {Bronze Sagrado, Aço Negro, Couro e Tintura} (Nível mínimo: 9) {Nenhum elemento}Em forma de luva na mão direita

₪ {Lost Belt} / Armadura [Uma armadura que protege o usuário. A armadura é feita de bronze e é reforçada para aguentar grandes danos, tanto que golpes comuns de espada causam pouco dano nela. Protege a parte do tronco, pescoço - por causa da gola de metal -, peitorais, costas e ombros. Quando o dono quiser, a armadura se transforma em um cinto, revestido em couro e vice-versa. É muito leve, tanto que Peter pode correr como se estivesse vestindo uma camisa comum.] {Bronze e Couro} (Nível: 24) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: ¥ Dragon Dovahkiin ¥ ]Em forma de cinto

₪ {Skiá} / Colar [Trata-se de um colar feito inteiramente de prata que ostenta um pequeno pingente de ônix lapidado cuidadosamente no formato de um relâmpago. O item concede o usuário a habilidade de, uma vez por evento/missão, absorver um ataque não físico (mágico ou elemental), desde que o adversário tenha no máximo até o mesmo nível que o jogador.] (Prata, Ônix) {Nível mínimo: 40} (Não controla nenhum elemento) [Recebimento: Missão - "The Lost Boys" / Avaliada por Ayla Lennox e Atualizada por Psiquê.]No pescoço

₪ {Ostium} / Adaga [A arma possui trinta e cinco centímetros com a lâmina feita de ferro estígio e cabo de cerejeira, entalhado para se encaixar perfeitamente nas mãos do portador, sendo que sua chance de acerto se iguala ao de uma perícia. O dano causado por essa arma é tanto de perfuração quanto de corte, por possuir uma ponta bastante afiada, assim como seus gumes, de modo a causar 20% de dano a mais em relação à adagas comuns, além de possuir um formato propício à penetrar armaduras, bonificando o dano em 5%. Por ser uma adaga, é leve - trezentas gramas - e fácil de ser escondida, facilitando os golpes rápidos e furtivos. A arma foi envenenada magicamente, de modo que quando o portador desejar, sua lâmina ficará coberta pelo elemento, e durante dois turnos serão capazes de gerar um dano adicional de 20% além de gerar uma dormência na região, que ficará inerte por um turno. O efeito pode ser usado duas vezes por ocasião. Cada oponente derrotado com ajuda dessa arma aumenta a carga em um turno para a habilidade especial Cladem. O item é pessoal e intransferível. Acompanha uma bainha de couro.]{Couro, Cerejeira e Ferro Estige} (Nível mínimo: 10) {Veneno} (Cargas: 0) [Recebimento pelo evento "Caça a Bandeira", avaliada e atualizada por Eos.]Embainhada no lado esquerdo do cinto

₪ {Lost King} / Carta de Baralho [À primeira vista, a carta se parece muito com uma carta comum, mas basta um olhar mais criterioso para perceber que não é o caso. Feita de prata com o rei de espadas em ferro estígio, é capaz de reduzir o custo de um poder ativo pela metade duas vezes por missão, além de anular integralmente o gasto padrão, desde que esteja na posse de Peter.] (Nível mínimo: 40) {Magia, Prata, Ferro Estígio} [Recebimento: Missão King of Spades, avaliada e atualizada por Afrodite]] Bolso da Jeans
Poderes:
Poderes passivos:
Nope.
Poderes Ativos:
Nope.
Observações:
Nope.
Peter Lost
Peter Lost
Filhos de ZeusAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
286

Localização :
Lost...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter}

Mensagem por Ayla Lennox em Dom 18 Ago 2019, 19:10


Preciso me encontrar
"CAIRO, 1º DE JANEIRO DE 1909.

Quando eu te vi, senti o toque de uma palavra jamais dita, sequer ouvida. Era você que eu via em mim? Peguei o meu cavalo e nem sei por onde andei ou como voltei. Em sonhos eu já via vultos que depois descobri ser a tua cintura e quando vi pela primeira vez em carne e osso, reconheci. O Diabo é perto, Deus é longe - levei anos para chegar até você. Ruas estreitas, rotas desencontradas, vales escuros, mas mesmo sem ver, dentro de mim em algum lugar, esse caminho meu cavalo sabia de cor - mesmo doente ou ferido, ele só morreria depois que me levasse até lá, naqueles dias que viriam a ser os finais, os últimos das nossas vidas antes de a gente finalmente se conhecer. Mas tanto Deus como o Diabo sabem que em todos os lugares que eu estive, eu te procurei."
(CAIRO - HELIO FLANDERS)

Aurora.

A aquarela de sol nascente era primeira luz, a primeira promessa. Era um dia novo, ainda que se olhasse no espelho parecendo-se tanto com o ontem que poderiam ser facilmente confundidos como a mesma pessoa. Por algum motivo, aquela palavra passeou pelos pensamentos de Ayla até que pensasse sobre como as pessoas podiam nomear crianças assim.

Parecia um peso maior do que alguém fosse capaz de suportar.

E de jugos que iam além do justo, a semideusa – assim como todos os outros de sua raça – entendia. A manhã se anunciou com raios tímidos que escapavam por entre as folhas da árvore onde repousava até que alcançassem seu rosto, fazendo com que despertasse. Havia dormido ao relento por não ter certeza do quão bem-vinda ainda era no seu antigo chalé, ou melhor, se podia chamar qualquer pedaço daquele lugar de seu.

Seria tão ingênuo quanto presunçoso de sua parte acreditar, apesar da vitória no dia anterior, que aquelas fronteiras estavam seguras, mas os monstros do acampamento não eram nem nunca haviam sido sua maior preocupação. Lembrou-se do Olimpo. Lembrou-se da Casa Grande. Lembrou-se que o dito sagrado sempre foi mais traiçoeiro que o profano.

Ficou de pé naquela porção de terra úmida e verde, espreguiçando-se como um gato vadio de armazém. Estava pronta a retornar para... bom, para onde fosse conveniente estar. O Canadá lhe serviria bem como refúgio, mas ainda não sabia dizer se desejava repouso ou respostas. Suspirou. Buscaria um meio-termo.

Sem ares de nostalgia, resolveu vislumbrar o Acampamento e suas silhuetas, contemplando o Punho de Zeus nas proximidades, onde repousava um rapaz e o que parecia um pequeno ser robótico. Tinha engrenagens barulhentas e formato de um urso pequeno e mais esguio.

Se observasse a criatura com cuidado, podia até imaginá-lo com um laço azul, como no dia que havia presenteado Peter com um autômato.

E aquele não parecia ser Peter.

— Acho que é cedo demais para estar bebendo — a lupina aproximou-se, a expressão séria e as mãos no bolso da jaqueta — mas talvez já seja uma boa hora pra explicar onde conseguiu isso. — Por fim, apontou para o carcaju.

ademais:
{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]

♦ {Resistance} / Jaqueta [Feita externamente de couro negro batido(o que já dá à vestimenta a resistência de uma armadura de couro), aparentando ser uma jaqueta comum, Resistance oculta suas verdadeiras propriedades de proteção em batalha. Internamente revestida por mitral, fornece grande resistência à semideusa, além da leveza característica do material, de modo que o peso não a prejudica quase nada. Além disso, o item recebeu o encantamento defensivo contra fogo, tornando-se completamente imune ao elemento – não dá imunidade à usuária, apenas à jaqueta.] {Couro e mitral} (nível mínimo: 27) {Controle sobre o Fogo} [Recebimento: The Dragon's Flame - Forja de Harry S. Sieghart]

♠ {Toxic}/ Moeda [É uma antiga moeda americana feita de ouro, que quando a semideusa desejar soltará um aroma doce e enjoativo, que fará todos que estiverem a até 3 metros ao redor se sentirem cansados e doentes. Pode ser usada uma vez por missão, dura dois turnos.] {Ouro} (Nível mínimo: 30) {Nenhum elemento} [Recebimento: Missão "Ringue de Luta", avaliada por Selene e att por Asclépio.]

Ayla Lennox
Ayla Lennox
Filhos de SeleneAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
1036

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter}

Mensagem por Peter Lost em Seg 19 Ago 2019, 20:37

ϟ
Preciso me encontrar
Peter Lost  
ϟ
RP Fechada Ayla e Peter
What is lost may never die
— preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter} HeOg5gr
Acho que é cedo demais para estar bebendo.

Virei a cabeça para a voz tão familiar que se dirigia a mim de forma pouco amigável. Era Ayla. Fiquei encarando-a por um breve instante, meus olhos azuis a analisavam enquanto eu mantinha a esperança de que a garota fosse me reconhecer. Eu sabia que era apenas uma ideia infantil, afinal, eu já não era mais o Peter Lost que todos haviam conhecido. A lupina, por sua vez, não havia mudado em nada, nem mesmo em suas vestes, exibindo sua habitual jaqueta de couro.

Mas talvez seja uma boa hora para explicar onde conseguiu isso. — Ela apontou para Banzay, destruindo todas as minhas esperanças. Aparentemente a semideusa não havia visto por trás da idade que agora dominava minha nova realidade.

Antes de de responder, porém, limpei algumas gotas do líquido que escorriam pelo meu queixo com a manga das vestes escuras, enquanto virava o tronco todo para ficar cara a cara com a recém chegada. Banzay acompanhou meu movimento, mas não saiu de meu lado. Não pude deixar de imaginar a confusão do Carcaju metálico naquele momento.

Depende do seu ponto de vista, não? Talvez ainda seja tarde o suficiente. — Falei enquanto abria um sorriso animado.

Antes de responder a pergunta da filha da lua fiz uma leve carícia em Banzay enquanto ingeria mais uma quantidade considerável da bebida, ponderando se deveria contar sobre minha identidade para Ayla. Por fim, desci da formação rochosa, posicionando-me em frente da mulher. Chegava a ser irônico, o efeito que eu percebera ao me encontrar com Bianca parecia se repetir naquela situação: eu estava mais alto que ela.

Se eu me lembro bem... — Comecei, enquanto levava a mão direita – coberta por Perdição, a luva negra com as iniciais P e L – ao queixo, como se estivesse pensativo. — ... E eu me lembro, foi você quem me deu isso. Tinha um laço azul e tudo.

Não sabia como seria a reação da garota a essa afirmação, mas tomei outro gole longo do whisky. Já estava acostumado com a atitude exagerada das pessoas após tal afirmação.
Adendos:
Arsenal:
₪ {Trusty} / Gládio [Semelhante a espada curta, porém esta tem a lâmina mais larga na base e maior no comprimento, medindo cerca de 80cm. Devido ao pouco peso, é empunhada com uma única mão, deixando a outra livre para utilizar escudos ou outros itens. O cabo é de madeira simples.][Bronze sagrado e madeira} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} Embainhado no lado direito do cinto

₪ {Perdição} / Espada [Espada com lamina de bronze sagrado. A arma se adequa em peso e tamanho ao usuário, seu cabo é de aço negro com um fino revestimento de couro preto para melhor manuseio e tem um comprimento padrão. A arma não tem nada de especial em relação a uma arma de bronze sagrado comum, exceto pelo fato de que, quando a espada não esta em uso, ela se torna uma luva negra com as letras “PL” bordadas em branco, indicando que ela só funciona com Peter.] {Bronze Sagrado, Aço Negro, Couro e Tintura} (Nível mínimo: 9) {Nenhum elemento}Em forma de luva na mão direita

₪ {Lost Belt} / Armadura [Uma armadura que protege o usuário. A armadura é feita de bronze e é reforçada para aguentar grandes danos, tanto que golpes comuns de espada causam pouco dano nela. Protege a parte do tronco, pescoço - por causa da gola de metal -, peitorais, costas e ombros. Quando o dono quiser, a armadura se transforma em um cinto, revestido em couro e vice-versa. É muito leve, tanto que Peter pode correr como se estivesse vestindo uma camisa comum.] {Bronze e Couro} (Nível: 24) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: ¥ Dragon Dovahkiin ¥ ]Em forma de cinto

₪ {Skiá} / Colar [Trata-se de um colar feito inteiramente de prata que ostenta um pequeno pingente de ônix lapidado cuidadosamente no formato de um relâmpago. O item concede o usuário a habilidade de, uma vez por evento/missão, absorver um ataque não físico (mágico ou elemental), desde que o adversário tenha no máximo até o mesmo nível que o jogador.] (Prata, Ônix) {Nível mínimo: 40} (Não controla nenhum elemento) [Recebimento: Missão - "The Lost Boys" / Avaliada por Ayla Lennox e Atualizada por Psiquê.]No pescoço

₪ {Ostium} / Adaga [A arma possui trinta e cinco centímetros com a lâmina feita de ferro estígio e cabo de cerejeira, entalhado para se encaixar perfeitamente nas mãos do portador, sendo que sua chance de acerto se iguala ao de uma perícia. O dano causado por essa arma é tanto de perfuração quanto de corte, por possuir uma ponta bastante afiada, assim como seus gumes, de modo a causar 20% de dano a mais em relação à adagas comuns, além de possuir um formato propício à penetrar armaduras, bonificando o dano em 5%. Por ser uma adaga, é leve - trezentas gramas - e fácil de ser escondida, facilitando os golpes rápidos e furtivos. A arma foi envenenada magicamente, de modo que quando o portador desejar, sua lâmina ficará coberta pelo elemento, e durante dois turnos serão capazes de gerar um dano adicional de 20% além de gerar uma dormência na região, que ficará inerte por um turno. O efeito pode ser usado duas vezes por ocasião. Cada oponente derrotado com ajuda dessa arma aumenta a carga em um turno para a habilidade especial Cladem. O item é pessoal e intransferível. Acompanha uma bainha de couro.]{Couro, Cerejeira e Ferro Estige} (Nível mínimo: 10) {Veneno} (Cargas: 0) [Recebimento pelo evento "Caça a Bandeira", avaliada e atualizada por Eos.]Embainhada no lado esquerdo do cinto

₪ {Lost King} / Carta de Baralho [À primeira vista, a carta se parece muito com uma carta comum, mas basta um olhar mais criterioso para perceber que não é o caso. Feita de prata com o rei de espadas em ferro estígio, é capaz de reduzir o custo de um poder ativo pela metade duas vezes por missão, além de anular integralmente o gasto padrão, desde que esteja na posse de Peter.] (Nível mínimo: 40) {Magia, Prata, Ferro Estígio} [Recebimento: Missão King of Spades, avaliada e atualizada por Afrodite]] Bolso da Jeans
Poderes:
Poderes passivos:
Nope.
Poderes Ativos:
Nope.
Observações:
Nope.
Peter Lost
Peter Lost
Filhos de ZeusAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
286

Localização :
Lost...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter}

Mensagem por Ayla Lennox em Sex 23 Ago 2019, 19:30


Preciso me encontrar
"CAIRO, 1º DE JANEIRO DE 1909.

Quando eu te vi, senti o toque de uma palavra jamais dita, sequer ouvida. Era você que eu via em mim? Peguei o meu cavalo e nem sei por onde andei ou como voltei. Em sonhos eu já via vultos que depois descobri ser a tua cintura e quando vi pela primeira vez em carne e osso, reconheci. O Diabo é perto, Deus é longe - levei anos para chegar até você. Ruas estreitas, rotas desencontradas, vales escuros, mas mesmo sem ver, dentro de mim em algum lugar, esse caminho meu cavalo sabia de cor - mesmo doente ou ferido, ele só morreria depois que me levasse até lá, naqueles dias que viriam a ser os finais, os últimos das nossas vidas antes de a gente finalmente se conhecer. Mas tanto Deus como o Diabo sabem que em todos os lugares que eu estive, eu te procurei."
(CAIRO - HELIO FLANDERS)

O rapaz tinha um desleixe tipicamente boêmio.

Da cabeça aos pés, em contrapartida ao meio, aquele semideus específico parecia transpirar – além de uísque barato – despreocupação. Tinha palavras tão simples quanto suas roupas e, apesar da barba por fazer, tinha um rosto limpo e sereno que ostentava olhos azuis que poderiam muito bem ter cintilado por um segundo ao encontrar a lupina. O brilho havia sumido rapidamente, contudo.

Não podia ter certeza de muita coisa a respeito do outro, e aquilo a desconcertava. Sua inquietação tomou forma em um cenho franzido e olhar incrédulo ao perceber uma aproximação do desconhecido.

Estava ocupada demais observando e tentando deduzir algo a respeito do jovem à sua frente e sua luva estranhamente familiar, que pouco prestou atenção no que ele dizia, até que seus últimos dizeres roubaram toda a atenção da filha de Selene.

— ... foi você quem me deu isso. Tinha um laço azul e tudo. — As palavras, por fim, pairaram um pouco no ar enquanto Ayla as ponderava.

Teve vontade de rir. Gargalhar como se tivesse finalmente entendido a piada por trás de toda aquela situação, mas limitou-se a sorrir de canto, ainda que nenhum fio sequer de humor fosse responsável por erguer aquela meia-curva em seus lábios.

— Não sei que tipo de relação tem com o Garoto Perdido. — Ergueu discretamente os olhos para encarar o outro, que a superava em altura por alguns centímetros. — Mas sugiro que volte ao chalé 1 e devolva os pertences dele.

E diga a ele que estou aqui. Pensou enquanto prendia o fôlego sem perceber. Peter era um de seus elos mais próximos e preciosos, um ponto de partida para o que havia de melhor e mais puro naquilo que entendiam por mundo. Era aquilo que tinha de mais humano em meio aos deuses. Expirou lentamente, limitando todas aquelas certezas ao pensamento.

Talvez por aquelas razões ele não quisesse vê-la.
ademais:
{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]

♦ {Resistance} / Jaqueta [Feita externamente de couro negro batido(o que já dá à vestimenta a resistência de uma armadura de couro), aparentando ser uma jaqueta comum, Resistance oculta suas verdadeiras propriedades de proteção em batalha. Internamente revestida por mitral, fornece grande resistência à semideusa, além da leveza característica do material, de modo que o peso não a prejudica quase nada. Além disso, o item recebeu o encantamento defensivo contra fogo, tornando-se completamente imune ao elemento – não dá imunidade à usuária, apenas à jaqueta.] {Couro e mitral} (nível mínimo: 27) {Controle sobre o Fogo} [Recebimento: The Dragon's Flame - Forja de Harry S. Sieghart]

♠ {Toxic}/ Moeda [É uma antiga moeda americana feita de ouro, que quando a semideusa desejar soltará um aroma doce e enjoativo, que fará todos que estiverem a até 3 metros ao redor se sentirem cansados e doentes. Pode ser usada uma vez por missão, dura dois turnos.] {Ouro} (Nível mínimo: 30) {Nenhum elemento} [Recebimento: Missão "Ringue de Luta", avaliada por Selene e att por Asclépio.]

Ayla Lennox
Ayla Lennox
Filhos de SeleneAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
1036

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter}

Mensagem por Peter Lost em Sex 23 Ago 2019, 20:40

ϟ
Preciso me encontrar
Peter Lost  
ϟ
RP Fechada Ayla e Peter
What is lost may never die
— preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter} HeOg5gr
A expressão nos lábios de Lennox me pegou de surpresa, atingindo-me como um soco na boca do estômago. Eu mesmo não havia aceitado completamente a estranha nova realidade na qual me encontrava, mas com certeza aquela reação não fazia com que eu me sentisse melhor. Levei os pensamentos até Quíron por um breve momento. O centauro que me reconhecera em um piscar de olhos e acreditara em cada palavra de meu conto de desventuras. Com uma esperança infantil, em algum lugar dentro de mim, eu esperava que a reação de meus velhos amigos fosse a mesma que a de meu antigo mestre.

Por fim, soltei um suspiro desanimado enquanto ouvia as palavras da lupina. Ayla havia sido uma das grandes influências que eu tivera em minha infância, uma garota livre e sem amarras com o local em que nos encontrávamos. A verdadeira definição de independência. De certa forma, meu novo estilo de vida nômade era inspirado – de uma maneira desleixada e deturpada – na forma como a mulher costumava viver.

Acho que você não entendeu, Ayla... — Pronunciei seu nome com certo saudosismo, antes de tomar mais um gole do whisky. — Eu sou o garoto perdido e estes são meus pertences.

Banzay se esgueirou ao meu lado, colocando-se em pé enquanto eu passava a mão em sua cabeça metálica, que por sua vez emitia diversos ruídos enquanto suas engrenagens rangiam. Eu mesmo não conseguia acreditava que a semideusa aceitaria aquela afirmação sem me agredir ou questionar ainda mais sobre a situação, afinal, eu sabia como ela poderia ser desconfiada, algo que todo semideus experiente aprendera a ser.

Dei de ombros, enquanto esboçava um semblante um tanto decepcionado. Em uma questão de segundos, bolei uma hipótese pouco animadora: talvez, assim como perdera alguns anos e parte dos meus poderes, eu também tivesse perdido algumas amizades. Pisquei algumas vezes na tentativa de afastar aquele pensamento, antes de completar minha fala.

Percebe? O Banzay me reconheceu imediatamente. — Fitei a garota enquanto estendia os últimos goles da bebida alcoólica para a mesma. — Quer?

Adendos:
Arsenal:
₪ {Trusty} / Gládio [Semelhante a espada curta, porém esta tem a lâmina mais larga na base e maior no comprimento, medindo cerca de 80cm. Devido ao pouco peso, é empunhada com uma única mão, deixando a outra livre para utilizar escudos ou outros itens. O cabo é de madeira simples.][Bronze sagrado e madeira} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} Embainhado no lado direito do cinto

₪ {Perdição} / Espada [Espada com lamina de bronze sagrado. A arma se adequa em peso e tamanho ao usuário, seu cabo é de aço negro com um fino revestimento de couro preto para melhor manuseio e tem um comprimento padrão. A arma não tem nada de especial em relação a uma arma de bronze sagrado comum, exceto pelo fato de que, quando a espada não esta em uso, ela se torna uma luva negra com as letras “PL” bordadas em branco, indicando que ela só funciona com Peter.] {Bronze Sagrado, Aço Negro, Couro e Tintura} (Nível mínimo: 9) {Nenhum elemento}Em forma de luva na mão direita

₪ {Lost Belt} / Armadura [Uma armadura que protege o usuário. A armadura é feita de bronze e é reforçada para aguentar grandes danos, tanto que golpes comuns de espada causam pouco dano nela. Protege a parte do tronco, pescoço - por causa da gola de metal -, peitorais, costas e ombros. Quando o dono quiser, a armadura se transforma em um cinto, revestido em couro e vice-versa. É muito leve, tanto que Peter pode correr como se estivesse vestindo uma camisa comum.] {Bronze e Couro} (Nível: 24) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: ¥ Dragon Dovahkiin ¥ ]Em forma de cinto

₪ {Skiá} / Colar [Trata-se de um colar feito inteiramente de prata que ostenta um pequeno pingente de ônix lapidado cuidadosamente no formato de um relâmpago. O item concede o usuário a habilidade de, uma vez por evento/missão, absorver um ataque não físico (mágico ou elemental), desde que o adversário tenha no máximo até o mesmo nível que o jogador.] (Prata, Ônix) {Nível mínimo: 40} (Não controla nenhum elemento) [Recebimento: Missão - "The Lost Boys" / Avaliada por Ayla Lennox e Atualizada por Psiquê.]No pescoço

₪ {Ostium} / Adaga [A arma possui trinta e cinco centímetros com a lâmina feita de ferro estígio e cabo de cerejeira, entalhado para se encaixar perfeitamente nas mãos do portador, sendo que sua chance de acerto se iguala ao de uma perícia. O dano causado por essa arma é tanto de perfuração quanto de corte, por possuir uma ponta bastante afiada, assim como seus gumes, de modo a causar 20% de dano a mais em relação à adagas comuns, além de possuir um formato propício à penetrar armaduras, bonificando o dano em 5%. Por ser uma adaga, é leve - trezentas gramas - e fácil de ser escondida, facilitando os golpes rápidos e furtivos. A arma foi envenenada magicamente, de modo que quando o portador desejar, sua lâmina ficará coberta pelo elemento, e durante dois turnos serão capazes de gerar um dano adicional de 20% além de gerar uma dormência na região, que ficará inerte por um turno. O efeito pode ser usado duas vezes por ocasião. Cada oponente derrotado com ajuda dessa arma aumenta a carga em um turno para a habilidade especial Cladem. O item é pessoal e intransferível. Acompanha uma bainha de couro.]{Couro, Cerejeira e Ferro Estige} (Nível mínimo: 10) {Veneno} (Cargas: 0) [Recebimento pelo evento "Caça a Bandeira", avaliada e atualizada por Eos.]Embainhada no lado esquerdo do cinto

₪ {Lost King} / Carta de Baralho [À primeira vista, a carta se parece muito com uma carta comum, mas basta um olhar mais criterioso para perceber que não é o caso. Feita de prata com o rei de espadas em ferro estígio, é capaz de reduzir o custo de um poder ativo pela metade duas vezes por missão, além de anular integralmente o gasto padrão, desde que esteja na posse de Peter.] (Nível mínimo: 40) {Magia, Prata, Ferro Estígio} [Recebimento: Missão King of Spades, avaliada e atualizada por Afrodite]] Bolso da Jeans
Mascote:
{Banzay} / Autômato [Uma versão robótica de um carcaju adulto (semelhante a um urso), possui 1 m e é feito de bronze sagrado. Tem presas e garras bem afiadas, tendo ótimo desempenho em cortes e perfurações. Ao comando do seu dono, pode dar descargas elétricas.][Material: Bronze Sagrado, essência de eletricidade][Nível mínimo: 15][Recebimento: comprada de Korran M. Collins e recebida de presente por Ayla Lennox. Atualizada por Hécate.]

Vida: 100/100

Energia: 100/100
Poderes:
Poderes passivos:
Nope.
Poderes Ativos:
Nope.
Observações:
Nope.
Peter Lost
Peter Lost
Filhos de ZeusAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
286

Localização :
Lost...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter}

Mensagem por Ayla Lennox em Sex 23 Ago 2019, 21:50


Preciso me encontrar
"CAIRO, 1º DE JANEIRO DE 1909.

Quando eu te vi, senti o toque de uma palavra jamais dita, sequer ouvida. Era você que eu via em mim? Peguei o meu cavalo e nem sei por onde andei ou como voltei. Em sonhos eu já via vultos que depois descobri ser a tua cintura e quando vi pela primeira vez em carne e osso, reconheci. O Diabo é perto, Deus é longe - levei anos para chegar até você. Ruas estreitas, rotas desencontradas, vales escuros, mas mesmo sem ver, dentro de mim em algum lugar, esse caminho meu cavalo sabia de cor - mesmo doente ou ferido, ele só morreria depois que me levasse até lá, naqueles dias que viriam a ser os finais, os últimos das nossas vidas antes de a gente finalmente se conhecer. Mas tanto Deus como o Diabo sabem que em todos os lugares que eu estive, eu te procurei."
(CAIRO - HELIO FLANDERS)

Ouvir seu nome naquela voz fez com que Ayla, ainda que hesitante, se desarmasse. Ainda que aqueles timbres roucos, adultos, não fossem exatamente conhecidos por seus ouvidos, certamente havia algum nuance de familiaridade na forma que as letras se uniam com cuidado e suavidade.

O rapaz conversava com ela como se aquela não fosse a primeira vez. Como se tivesse feito aquilo dezenas de vezes. Como se sentisse falta de fazê-lo.

Cerrou os punhos, mas logo relaxou. Cerrou os punhos novamente, deixando as mãos soltas em poucos segundos. Assim ficou por alguns instantes, o cérebro ainda dividido entre luta e fuga – uma mera formalidade fisiológica, ainda que não fosse de seu feitio escapar de súbito.

Ouvia as palavras do outro com cuidado enquanto observava o semideus acariciar o carcaju mecânico, que respondia bem a seu contato. Não confiava totalmente na lealdade das máquinas, mas talvez aqueles circuitos fossem mais confiáveis que sua memória. Mais confiáveis que o tempo e seus tropeços e até mesmo que as despedidas que acreditou ter dado.

Eu sou o garoto perdido.

A lupina baixou a cabeça, tateando os bolsos da jaqueta em busca de seu isqueiro e um maço de cigarros. Nada. Suspirou, mais em frustração que cansaço. Frustrada por não ter um trago e por nada trazer a ela fé suficiente para acreditar no rapaz à sua frente. Havia sumido por tanto assim? Era impossível.

Deveria ser. Talvez não fosse.

— Se é quem diz ser — falou enquanto aceitava o cantil — espero que tenha uma boa história pra me contar. — Tomou um longo gole, sem se importar com o sabor pungente que desceu arranhando sua garganta. — E espero que me perdoe. As coisas não vem fazendo tanto sentido ultimamente.

Devolveu o refratário metálico, fitando de soslaio as íris azuis do semideus enquanto subia na formação rochosa e ali sentava. Tinha o peito aberto e o coração na mão como há muito não lembrava, só para se dar o luxo de ouvir do jeito certo pois... bom, se tratava de Peter.

A saudade não costumava mentir. Torceu para que ele não o fizesse também.
ademais:
{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]

♦ {Resistance} / Jaqueta [Feita externamente de couro negro batido(o que já dá à vestimenta a resistência de uma armadura de couro), aparentando ser uma jaqueta comum, Resistance oculta suas verdadeiras propriedades de proteção em batalha. Internamente revestida por mitral, fornece grande resistência à semideusa, além da leveza característica do material, de modo que o peso não a prejudica quase nada. Além disso, o item recebeu o encantamento defensivo contra fogo, tornando-se completamente imune ao elemento – não dá imunidade à usuária, apenas à jaqueta.] {Couro e mitral} (nível mínimo: 27) {Controle sobre o Fogo} [Recebimento: The Dragon's Flame - Forja de Harry S. Sieghart]

♠ {Toxic}/ Moeda [É uma antiga moeda americana feita de ouro, que quando a semideusa desejar soltará um aroma doce e enjoativo, que fará todos que estiverem a até 3 metros ao redor se sentirem cansados e doentes. Pode ser usada uma vez por missão, dura dois turnos.] {Ouro} (Nível mínimo: 30) {Nenhum elemento} [Recebimento: Missão "Ringue de Luta", avaliada por Selene e att por Asclépio.]

Ayla Lennox
Ayla Lennox
Filhos de SeleneAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
1036

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter}

Mensagem por Peter Lost em Sex 23 Ago 2019, 23:44

ϟ
Preciso me encontrar
Peter Lost  
ϟ
RP Fechada Ayla e Peter
What is lost may never die
— preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter} HeOg5gr
As palavras de Lennox pairavam no ar, como se tivessem sido eternizadas em meus pensamentos. Eu a fitei por todo o momento, enquanto me dizia o que estava em sua mente e bebia o líquido embriagante de meu humilde cantil. Era evidente que ela ainda não estava completamente convencida, mais visível ainda era o fato de que a semideusa também havia passado por algo durante minha ausência.

A lupina se sentou no local em que eu estava há alguns segundos. Em um primeiro momento eu a acompanhei com os olhos, mas logo me juntei a ela, sentando-me ao seu lado enquanto guardava o cantil agora vazio no bolso interno de minhas vestes escuras.

A princípio mantive-me em silêncio, tentando colocar os pensamentos em ordem. Eu mesmo não sabia como contar o que quer que tivesse acontecido comigo. Decidi, por fim, que não teria uma maneira simples de fazer aquilo, contar toda a verdade e sem enrolação deveria ser a melhor ideia.

Bem, se está procurando uma boa história — comecei meio sem jeito — acho que vai ficar decepcionada. — Exalei todo o ar em meus pulmões enquanto exibia um semblante pensativo, indagando se ela conseguiria acreditar em um conto como aquele. — Simplesmente acordei em um beco de Nova Iorque desse jeito que estou agora. Não tinha memória alguma e por semanas não soube nada sobre mim, nem mesmo meu nome.

Cocei o queixo, enquanto relembrava de todos os acontecimentos. Imaginei se deveria omitir alguma parte, mas eu queria contar tudo a ela. Não ligava em ser julgado pelas outras pessoas, mas com a Ayla as coisas eram diferentes, com certeza não queria que Lennox tivesse uma impressão errada de mim, eu realmente me importava com o que ela pensava. Ponderei as palavras que poderiam ser ditas antes de continuar.

Eu fui encontrado por Mnemósine, ela me devolveu algumas memórias. — Agora as palavras pulavam de minha boca como se estivesse esperando o momento para saírem há muito tempo. — Mas não todas, disse que se eu beber de seu rio, no submundo, vou ter minhas memórias de volta. Mas ai que tá o problema... — Girei o tronco e endireitei a coluna para encara-la de frente. — Se eu ainda fosse o mesmo de antes, isso não seria problema, mas meus poderes parecem ter sido perdidos junto com minhas memórias. Pode parecer meio fantasioso, mas é a verdade. Ayla, eu sou Peter Lost!

Não sabia qual seria sua reação, mas havia dito tudo o que eu sabia e esperava que fosse o suficiente.

Adendos:
Arsenal:
₪ {Trusty} / Gládio [Semelhante a espada curta, porém esta tem a lâmina mais larga na base e maior no comprimento, medindo cerca de 80cm. Devido ao pouco peso, é empunhada com uma única mão, deixando a outra livre para utilizar escudos ou outros itens. O cabo é de madeira simples.][Bronze sagrado e madeira} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} Embainhado no lado direito do cinto

₪ {Perdição} / Espada [Espada com lamina de bronze sagrado. A arma se adequa em peso e tamanho ao usuário, seu cabo é de aço negro com um fino revestimento de couro preto para melhor manuseio e tem um comprimento padrão. A arma não tem nada de especial em relação a uma arma de bronze sagrado comum, exceto pelo fato de que, quando a espada não esta em uso, ela se torna uma luva negra com as letras “PL” bordadas em branco, indicando que ela só funciona com Peter.] {Bronze Sagrado, Aço Negro, Couro e Tintura} (Nível mínimo: 9) {Nenhum elemento}Em forma de luva na mão direita

₪ {Lost Belt} / Armadura [Uma armadura que protege o usuário. A armadura é feita de bronze e é reforçada para aguentar grandes danos, tanto que golpes comuns de espada causam pouco dano nela. Protege a parte do tronco, pescoço - por causa da gola de metal -, peitorais, costas e ombros. Quando o dono quiser, a armadura se transforma em um cinto, revestido em couro e vice-versa. É muito leve, tanto que Peter pode correr como se estivesse vestindo uma camisa comum.] {Bronze e Couro} (Nível: 24) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: ¥ Dragon Dovahkiin ¥ ]Em forma de cinto

₪ {Skiá} / Colar [Trata-se de um colar feito inteiramente de prata que ostenta um pequeno pingente de ônix lapidado cuidadosamente no formato de um relâmpago. O item concede o usuário a habilidade de, uma vez por evento/missão, absorver um ataque não físico (mágico ou elemental), desde que o adversário tenha no máximo até o mesmo nível que o jogador.] (Prata, Ônix) {Nível mínimo: 40} (Não controla nenhum elemento) [Recebimento: Missão - "The Lost Boys" / Avaliada por Ayla Lennox e Atualizada por Psiquê.]No pescoço

₪ {Ostium} / Adaga [A arma possui trinta e cinco centímetros com a lâmina feita de ferro estígio e cabo de cerejeira, entalhado para se encaixar perfeitamente nas mãos do portador, sendo que sua chance de acerto se iguala ao de uma perícia. O dano causado por essa arma é tanto de perfuração quanto de corte, por possuir uma ponta bastante afiada, assim como seus gumes, de modo a causar 20% de dano a mais em relação à adagas comuns, além de possuir um formato propício à penetrar armaduras, bonificando o dano em 5%. Por ser uma adaga, é leve - trezentas gramas - e fácil de ser escondida, facilitando os golpes rápidos e furtivos. A arma foi envenenada magicamente, de modo que quando o portador desejar, sua lâmina ficará coberta pelo elemento, e durante dois turnos serão capazes de gerar um dano adicional de 20% além de gerar uma dormência na região, que ficará inerte por um turno. O efeito pode ser usado duas vezes por ocasião. Cada oponente derrotado com ajuda dessa arma aumenta a carga em um turno para a habilidade especial Cladem. O item é pessoal e intransferível. Acompanha uma bainha de couro.]{Couro, Cerejeira e Ferro Estige} (Nível mínimo: 10) {Veneno} (Cargas: 0) [Recebimento pelo evento "Caça a Bandeira", avaliada e atualizada por Eos.]Embainhada no lado esquerdo do cinto

₪ {Lost King} / Carta de Baralho [À primeira vista, a carta se parece muito com uma carta comum, mas basta um olhar mais criterioso para perceber que não é o caso. Feita de prata com o rei de espadas em ferro estígio, é capaz de reduzir o custo de um poder ativo pela metade duas vezes por missão, além de anular integralmente o gasto padrão, desde que esteja na posse de Peter.] (Nível mínimo: 40) {Magia, Prata, Ferro Estígio} [Recebimento: Missão King of Spades, avaliada e atualizada por Afrodite]] Bolso da Jeans
Mascote:
{Banzay} / Autômato [Uma versão robótica de um carcaju adulto (semelhante a um urso), possui 1 m e é feito de bronze sagrado. Tem presas e garras bem afiadas, tendo ótimo desempenho em cortes e perfurações. Ao comando do seu dono, pode dar descargas elétricas.][Material: Bronze Sagrado, essência de eletricidade][Nível mínimo: 15][Recebimento: comprada de Korran M. Collins e recebida de presente por Ayla Lennox. Atualizada por Hécate.]

Vida: 100/100

Energia: 100/100
Poderes:
Poderes passivos:
Nope.
Poderes Ativos:
Nope.
Observações:
Nope.
Peter Lost
Peter Lost
Filhos de ZeusAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
286

Localização :
Lost...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter}

Mensagem por Ayla Lennox em Dom 25 Ago 2019, 10:34


Preciso me encontrar
"CAIRO, 1º DE JANEIRO DE 1909.

Quando eu te vi, senti o toque de uma palavra jamais dita, sequer ouvida. Era você que eu via em mim? Peguei o meu cavalo e nem sei por onde andei ou como voltei. Em sonhos eu já via vultos que depois descobri ser a tua cintura e quando vi pela primeira vez em carne e osso, reconheci. O Diabo é perto, Deus é longe - levei anos para chegar até você. Ruas estreitas, rotas desencontradas, vales escuros, mas mesmo sem ver, dentro de mim em algum lugar, esse caminho meu cavalo sabia de cor - mesmo doente ou ferido, ele só morreria depois que me levasse até lá, naqueles dias que viriam a ser os finais, os últimos das nossas vidas antes de a gente finalmente se conhecer. Mas tanto Deus como o Diabo sabem que em todos os lugares que eu estive, eu te procurei."
(CAIRO - HELIO FLANDERS)

Ayla ainda fitava o horizonte quando Peter sentou ao seu lado. Sentiu sua presença antes que pudesse vê-lo, até porque filhos de Zeus irradiavam um tipo de energia diferente, aquele que eriça os pelos da nuca e dá aqueles pequenos choques quando acontece um aperto de mão – literal e metaforicamente –, de maneira que quase podia imaginar as correntes circulando pelo corpo do rapaz, inquietas e erráticas entre um pensamento e outro.

Teve vontade de pôr a mão em seu ombro, como se aquele gesto pudesse equilibrar a presente desordem de forças. Hesitou. Seu vazio, no fim das contas, não conseguiria abrigar outras ausências e seus danos colaterais. Ainda não.

Ouviu as desventuras do semideus, pensando no quão desinteressados pareciam os responsáveis pelos enredos do futuro e do destino. Imaginou que o que entendiam por universo tinha como limite apenas a informação e nada mais; quando não havia nada de novo a acontecer ou ser criado, este começava a dobrar-se diante de si, repetindo as mesmas histórias com nomes diferentes.

Não havia nada de novo debaixo do sol.

Eram os mesmos deuses e suas meias-conversas para alcançar favores absolutos, missões meio-impossíveis para chegar a um segundo inteiro de satisfação, meios-poderes e uma certeza absoluta de que não era assim que as coisas costumavam ser. E ainda que se somassem todas essas e mais outras metades de seus rumos, não eram nem de longe completos em nada.

— Ah, Peter... — Ayla sorriu. Um sorriso tenro e paciente. — Tudo a nosso respeito é fantasioso. — Concluiu, dando de ombros discretamente. — Acredito em você. Sempre vou acreditar.

Dito isso, parou por um segundo. Não porque procurava pelas palavras certas para seguir o rumo daquela conversa, já que acabaria escolhendo as erradas, de qualquer maneira, mas porque precisava escolher o menor dos absurdos sobre si para oferecer.

— O que você me contou tem ares de um bom conto grego, sabia? — Brincou. — Você sempre foi melhor herói que eu. — Virou-se para reparar os novos contornos do rosto de Lost. — Eu... só me despedi. Achava que tinha dado adeus a essas coisas, mas parece que nem mesmo os pontos finais ficam a meu critério por aqui.

Sentiu os sopros de Éolo brincarem com seu cabelo e acariciarem seu rosto junto ao calor do sol. Por um breve instante, quase esqueceu ter desejado pelos Asfódelos.
ademais:
oi, pedrinho ♡
eu não entendo muito de física ou eletricidade, mas espero não ter cometido nenhuma incoerência absurdo. beijo, é isso aí.

{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]

♦ {Resistance} / Jaqueta [Feita externamente de couro negro batido(o que já dá à vestimenta a resistência de uma armadura de couro), aparentando ser uma jaqueta comum, Resistance oculta suas verdadeiras propriedades de proteção em batalha. Internamente revestida por mitral, fornece grande resistência à semideusa, além da leveza característica do material, de modo que o peso não a prejudica quase nada. Além disso, o item recebeu o encantamento defensivo contra fogo, tornando-se completamente imune ao elemento – não dá imunidade à usuária, apenas à jaqueta.] {Couro e mitral} (nível mínimo: 27) {Controle sobre o Fogo} [Recebimento: The Dragon's Flame - Forja de Harry S. Sieghart]

♠ {Toxic}/ Moeda [É uma antiga moeda americana feita de ouro, que quando a semideusa desejar soltará um aroma doce e enjoativo, que fará todos que estiverem a até 3 metros ao redor se sentirem cansados e doentes. Pode ser usada uma vez por missão, dura dois turnos.] {Ouro} (Nível mínimo: 30) {Nenhum elemento} [Recebimento: Missão "Ringue de Luta", avaliada por Selene e att por Asclépio.]

Ayla Lennox
Ayla Lennox
Filhos de SeleneAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
1036

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter}

Mensagem por Peter Lost em Qua 28 Ago 2019, 10:18

ϟ
Preciso me encontrar
Peter Lost  
ϟ
RP Fechada Ayla e Peter
What is lost may never die
— preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter} HeOg5gr
No fim das contas minha companhia acreditara na história que me levara até aquele momento, fazendo com que meu coração se acelerasse com sua frase muito bem trabalhada. Um fio de esperança pareceu surgir em meio a toda a escuridão que preenchia o vazio existencial dentro de mim. Talvez – e só talvez – eu ainda conseguiria aprender a viver daquela forma.

O que você me contou tem ares de um bom conto grego, sabia? — As palavras conseguiram tirar um sorriso divertido de meus lábios, algo que não acontecia há algum tempo. — Você sempre foi melhor herói que eu. Eu... só me despedi. Achava que tinha dado adeus a essas coisas, mas parece que nem mesmo os pontos finais ficam a meu critério por aqui.

Meus olhos se voltaram para a semideusa. Analisei cada centímetro do rosto da lupina, enquanto tentava processar aquelas frases. Fisicamente a garota parecia a mesma, mas agora que estávamos ali, era visível que ela emanava um charme que eu nunca percebera antes. Os leves estalos metálicos provindos de Banzay quebraram minha linha de pensamento, tirando-me do estranho transe em que estava.

Fitei o horizonte por um breve momento, o sol já começava a aparecer e coloria o céu com tons alaranjados. Não pude deixar de pensar em como a vida seria mais fácil se ficássemos ali sem nos importarmos com o futuro ou com os desejos sombrios dos deuses, arbitrando sobre o destino alheio como se fossem juízes soberanos.

Não sei se posso me qualificar como herói, Ayla. — Falei por fim, pensativo. — Mas acho que não entendi, você se despediu do que, exatamente? Sinto que também tem uma história por trás disso. — Fiz uma breve pausa. — Não quer me contar o que aconteceu com você?

A pergunta era sincera, sempre me importara com a filha da lua e, felizmente, aquilo não havia mudado junto com todo o resto. Imaginei o que os deuses pensavam de todas as vidas com as quais brincavam. Eu e Ayla – além de diversos outros campistas que provavelmente ainda dormiam confortáveis em suas camas naquele momento – éramos provas vivas de que as decisões tomadas por seres divinos poderiam mudar vidas permanentemente.

Adendos:
Arsenal:
₪ {Trusty} / Gládio [Semelhante a espada curta, porém esta tem a lâmina mais larga na base e maior no comprimento, medindo cerca de 80cm. Devido ao pouco peso, é empunhada com uma única mão, deixando a outra livre para utilizar escudos ou outros itens. O cabo é de madeira simples.][Bronze sagrado e madeira} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} Embainhado no lado direito do cinto

₪ {Perdição} / Espada [Espada com lamina de bronze sagrado. A arma se adequa em peso e tamanho ao usuário, seu cabo é de aço negro com um fino revestimento de couro preto para melhor manuseio e tem um comprimento padrão. A arma não tem nada de especial em relação a uma arma de bronze sagrado comum, exceto pelo fato de que, quando a espada não esta em uso, ela se torna uma luva negra com as letras “PL” bordadas em branco, indicando que ela só funciona com Peter.] {Bronze Sagrado, Aço Negro, Couro e Tintura} (Nível mínimo: 9) {Nenhum elemento}Em forma de luva na mão direita

₪ {Lost Belt} / Armadura [Uma armadura que protege o usuário. A armadura é feita de bronze e é reforçada para aguentar grandes danos, tanto que golpes comuns de espada causam pouco dano nela. Protege a parte do tronco, pescoço - por causa da gola de metal -, peitorais, costas e ombros. Quando o dono quiser, a armadura se transforma em um cinto, revestido em couro e vice-versa. É muito leve, tanto que Peter pode correr como se estivesse vestindo uma camisa comum.] {Bronze e Couro} (Nível: 24) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: ¥ Dragon Dovahkiin ¥ ]Em forma de cinto

₪ {Skiá} / Colar [Trata-se de um colar feito inteiramente de prata que ostenta um pequeno pingente de ônix lapidado cuidadosamente no formato de um relâmpago. O item concede o usuário a habilidade de, uma vez por evento/missão, absorver um ataque não físico (mágico ou elemental), desde que o adversário tenha no máximo até o mesmo nível que o jogador.] (Prata, Ônix) {Nível mínimo: 40} (Não controla nenhum elemento) [Recebimento: Missão - "The Lost Boys" / Avaliada por Ayla Lennox e Atualizada por Psiquê.]No pescoço

₪ {Ostium} / Adaga [A arma possui trinta e cinco centímetros com a lâmina feita de ferro estígio e cabo de cerejeira, entalhado para se encaixar perfeitamente nas mãos do portador, sendo que sua chance de acerto se iguala ao de uma perícia. O dano causado por essa arma é tanto de perfuração quanto de corte, por possuir uma ponta bastante afiada, assim como seus gumes, de modo a causar 20% de dano a mais em relação à adagas comuns, além de possuir um formato propício à penetrar armaduras, bonificando o dano em 5%. Por ser uma adaga, é leve - trezentas gramas - e fácil de ser escondida, facilitando os golpes rápidos e furtivos. A arma foi envenenada magicamente, de modo que quando o portador desejar, sua lâmina ficará coberta pelo elemento, e durante dois turnos serão capazes de gerar um dano adicional de 20% além de gerar uma dormência na região, que ficará inerte por um turno. O efeito pode ser usado duas vezes por ocasião. Cada oponente derrotado com ajuda dessa arma aumenta a carga em um turno para a habilidade especial Cladem. O item é pessoal e intransferível. Acompanha uma bainha de couro.]{Couro, Cerejeira e Ferro Estige} (Nível mínimo: 10) {Veneno} (Cargas: 0) [Recebimento pelo evento "Caça a Bandeira", avaliada e atualizada por Eos.]Embainhada no lado esquerdo do cinto

₪ {Lost King} / Carta de Baralho [À primeira vista, a carta se parece muito com uma carta comum, mas basta um olhar mais criterioso para perceber que não é o caso. Feita de prata com o rei de espadas em ferro estígio, é capaz de reduzir o custo de um poder ativo pela metade duas vezes por missão, além de anular integralmente o gasto padrão, desde que esteja na posse de Peter.] (Nível mínimo: 40) {Magia, Prata, Ferro Estígio} [Recebimento: Missão King of Spades, avaliada e atualizada por Afrodite]] Bolso da Jeans
Mascote:
{Banzay} / Autômato [Uma versão robótica de um carcaju adulto (semelhante a um urso), possui 1 m e é feito de bronze sagrado. Tem presas e garras bem afiadas, tendo ótimo desempenho em cortes e perfurações. Ao comando do seu dono, pode dar descargas elétricas.][Material: Bronze Sagrado, essência de eletricidade][Nível mínimo: 15][Recebimento: comprada de Korran M. Collins e recebida de presente por Ayla Lennox. Atualizada por Hécate.]

Vida: 100/100

Energia: 100/100
Poderes:
Poderes passivos:
Nope.
Poderes Ativos:
Nope.
Observações:
Nope.
Peter Lost
Peter Lost
Filhos de ZeusAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
286

Localização :
Lost...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter}

Mensagem por Ayla Lennox em Qui 29 Ago 2019, 20:45


Preciso me encontrar
"CAIRO, 1º DE JANEIRO DE 1909.

Quando eu te vi, senti o toque de uma palavra jamais dita, sequer ouvida. Era você que eu via em mim? Peguei o meu cavalo e nem sei por onde andei ou como voltei. Em sonhos eu já via vultos que depois descobri ser a tua cintura e quando vi pela primeira vez em carne e osso, reconheci. O Diabo é perto, Deus é longe - levei anos para chegar até você. Ruas estreitas, rotas desencontradas, vales escuros, mas mesmo sem ver, dentro de mim em algum lugar, esse caminho meu cavalo sabia de cor - mesmo doente ou ferido, ele só morreria depois que me levasse até lá, naqueles dias que viriam a ser os finais, os últimos das nossas vidas antes de a gente finalmente se conhecer. Mas tanto Deus como o Diabo sabem que em todos os lugares que eu estive, eu te procurei."
(CAIRO - HELIO FLANDERS)

Não quer me contar o que aconteceu com você?

A pergunta veio aos poucos, sendo a sequência de um curto silêncio, e parecia andar de mãos dadas com uma cautela que Ayla quase estranhou. Talvez fosse um reflexo estranho de cães surrados, temer qualquer mão erguida em sua direção. Tendo ainda viva a lembrança de seu peito transpassado sem misericórdia ou apreço pelo que repousava entre aquela gaiola de ossos, percebeu que precisaria redescobrir como receber e interpretar a hesitação.

Daquela vez, acabou desarmando-se. Percebeu que queria, sim, contar sua história; acima disso, porém, queria entender sua história. Curvou-se um pouco à frente e flexionou as pernas, de maneira que acabou abraçando os membros inferiores, apoiando em seguida o queixo nos joelhos.

— Eu me despedi de tudo, Peter. — Engoliu seco, ainda sem fitar o rapaz.

A formalidade de dar adeus a coisas, pessoas e lugares havia passado por sua mente, mas não era uma ideia forte o suficiente para movê-la. Sentiu vontade de pedir desculpas por pensar que despedidas eram superestimadas e traiçoeiras – afinal de contas, a vontade de ficar era mais perigosa que qualquer caminho novo –, mas era tarde demais. Talvez da próxima vez. Pensou.

— O Acampamento, Nova Iorque, as ruas que passei e as histórias que escrevi... — tentou explicar. — não deveria estar vendo tudo isso de novo. — Negou discretamente com a cabeça. — A morte, Peter. A boa morte. Eu a encontrei.

Finalmente, suas íris acinzentadas procuraram pelo rosto do filho de Zeus. Fossem os tempos outros, fossem eles outros, jamais teria usado aquelas palavras rasgadas de uma verdade amarga porque aquele semideus era doce demais para experimentá-las, era jovem demais para sequer imaginar a cor dos olhos de qualquer ctônico.

Mas Peter não era mais uma criança.

Ao menos não parecia mais com uma.

— Eu apenas não contava com o interesse das Parcas em continuar tecendo meus rumos. — Soltou um riso breve e seco. — Me devolveram. Não elas, mas alguém. — Era impossível dizer mais que aquilo. Seu retorno era impessoal. — Ao menos parte de mim. Também perdi poderes, lembranças, motivos. É... difícil estar aqui. — Admitiu.

Sempre havia sido.
ademais:

{Half Blood} / Adaga Comum [Adaga simples feita de bronze sagrado, curta e de duplo corte. A lâmina possui 8cm de largura, afinando-se ligeiramente até o comprimento, que chega a 20cm. Não possui guarda de mão e o cabo é de madeira revestido com couro, para uma empunhadura mais confortável; acompanha bainha de couro simples.] {Madeira, couro e bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Item de Reclamação]

♦ {Resistance} / Jaqueta [Feita externamente de couro negro batido(o que já dá à vestimenta a resistência de uma armadura de couro), aparentando ser uma jaqueta comum, Resistance oculta suas verdadeiras propriedades de proteção em batalha. Internamente revestida por mitral, fornece grande resistência à semideusa, além da leveza característica do material, de modo que o peso não a prejudica quase nada. Além disso, o item recebeu o encantamento defensivo contra fogo, tornando-se completamente imune ao elemento – não dá imunidade à usuária, apenas à jaqueta.] {Couro e mitral} (nível mínimo: 27) {Controle sobre o Fogo} [Recebimento: The Dragon's Flame - Forja de Harry S. Sieghart]

♠ {Toxic}/ Moeda [É uma antiga moeda americana feita de ouro, que quando a semideusa desejar soltará um aroma doce e enjoativo, que fará todos que estiverem a até 3 metros ao redor se sentirem cansados e doentes. Pode ser usada uma vez por missão, dura dois turnos.] {Ouro} (Nível mínimo: 30) {Nenhum elemento} [Recebimento: Missão "Ringue de Luta", avaliada por Selene e att por Asclépio.]

Ayla Lennox
Ayla Lennox
Filhos de SeleneAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
1036

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — preciso me encontrar [rp fechada de Ayla e Peter}

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::