Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Página 23 de 23 Anterior  1 ... 13 ... 21, 22, 23

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por 065-ExStaff em Dom 29 Maio 2011, 16:41

Relembrando a primeira mensagem :

Localizado perto do centro de Nova York, o Parque de Diversão Crazy Hour é um dos locais mais frequentados, nunca vazio. Para a sorte dos campistas, um dos gerentes é filho de Athena e pode conseguir ingressos de graça! É só dizer a senha aos vendedores (I'm a crazy apple) e eles irão liberar os ingressos! Há todos os tipos de máquinas inventadas ali, desde a tradicional roda-gigante à montanha russa mais sinistra.

065-ExStaff
Indefinido
Mensagens :
598

Localização :
Pelas sombras da noite...

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Ayla Lennox em Sex 11 Dez 2015, 23:08

Crazy Hour
A criança parecia buscar por algo ou alguém, mas o sorriso dela fez com que Lennox acreditasse que não havia com o que se preocupar. Não importava qual a travessura que tivesse aprontado, estava se divertindo bastante com aquilo e não a julgou por aquilo.

Arqueou as sobrancelhas em uma expressão de surpresa diante da aparente ousadia da jovem de cabelos claros ao seu lado. Parou e sentiu melhor sua aura, apenas para confirmar que não se tratava de uma pessoa.

Mesmo não estando perdida, ter cuidado é bom. — Deu de ombros. — Especialmente quando se está longe das fronteiras, sabe?

Um objeto esférico, branco e vermelho saiu do bolso da companheira de Ayla e quase em um tom melancólico além do que era permitido para aquela idade, soltou algum tipo de comentário a respeito a respeito de seus pais.

Ei, ei... Não vamos falar dessas coisas tristes. — Afirmou, desconversando. — Eu também não faço o tipo de pessoa com uma foto na parede escrito "Família do Ano", mas isso não é importante agora.

Colocou-se de pé quase com um salto e ofereceu a mão para a garotinha com um leve sorriso, quase como se este fosse mais uma promessa do fato do que a concretização deste.

Vamos andar um pouco. Não posso te dar um outro pikachu, mas quem sabe não conseguimos umas pelúcias. — Disse em um tom amistoso. — Prometo que não mordo e nem vou me transformar em nada assustador. Vamos começar com coisas simples, tipo nossos nomes. Sou Ayla Lennox.

Não era a melhor figura familiar, mas devia servir ao menos por uma noite.
Adendos:
Arsenal:
{Moonlight} / Adaga [Trata-se de uma adaga com a lâmina ligeiramente mais larga e curva. O seu formato é levemente arredondado – o que lembra uma lua na sua fase crescente. O cabo tem uma espécie de cobertura (como em sabres) feita de bronze sagrado, o que dá certa defesa as mãos daquele que a está empunhando. Tem uma coloração esbranquiçada e toma um tom azulado quando exposto à luz lunar. No nível 20, se torna um botton escrito "CLUBE DE ASTRONOMIA".] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Selene] Bottom, blusa

— {Silver Moon} - [Um escudo redondo de prata lunar que proporciona uma defesa eficiente para sua dona. Possui em seu centro o desenho em relevo de  um lobo (o desenho do rank dos filhos de Selene), pintado em dourado. Quando não estiver sendo utilizado, transforma-se em um relógio de prata] {Prata Lunar} (nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Forjado na The Dragon's Flame, presente de Jhonn Stark.] Relógio, pulso esquerdo

- {Red Hood} / Capa vermelha [Uma capa vermelha encantada, que desce até os pés da semideusa, e inclui um capuz; é adornada com diversos desenhos prateados bordados em seu contorno, sendo a maior parte deles de lobos ou da lua. Enquanto estiver sendo usada, possui o efeito de ampliar a agilidade da semideusa em 20%, além de conceder uma leve resistência a efeitos climáticos (calor, frio, nunca poderes, apenas os efeitos climáticos naturais). Quando não estiver sendo usada, pode se transformar em um colar com um pingente de lua nova. Em sua forma de capuz, tem a capacidade de se regenerar com o tempo, por exemplo, de cortes, partes queimadas... Mas o processo é lento, dependendo da situação e da gravidade do dano ao tecido, sendo que o tecido não é indestrutível, podendo ser destruído se submetido a um dano que consuma todo ou 90% do tecido..] {tecido mágico} (Nível mínimo: 08) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Recompensa pela missão "Night of the Hunter", avaliada por Jhonn Stark e Att por Ares.] Colar, pescoço

♦ {Lullaby} / Flauta encantada [Recebida por Ayla como um espólio de guerra, logo após o fardo de morte carregado pelo item ser limpo. Feita com uma base de alabastro recoberta inteiramente de prata, o instrumento abençoado por Orfeu agora apresenta apenas a base de um encantamento. Uma vez por missão (com o gasto de 50MP por alvo), ao entoar uma melodia suave com o item, a filha de Selene poderá transmitir suas ordens para um alvo selecionado, desde que estejam dentro do alcance sonoro do poder (30m de raio a partir da semideusa como centro). Quando usado em alguém com 5 níveis ou mais que a semideusa, esse poder não funciona. Em outros casos, a chance é de funcionamento normal. Se o alvo for ferido, o efeito se quebra, e o encanto possui duração de 2 rodadas ou enquanto a semideusa toque a flauta. A palavra final é do narrador, e dependerá também da ordem dada, que não pode ser algo que vá diretamente contra o instinto de sobrevivência do oponente (como se matar, ou coisas do gênero), nem contra as ações da semideusa (não adianta atacar e depois pedir pra um alvo não revidar). Resistências mentais e sonoras são aplicadas, assim como resistências geradas por habilidades passivas ou ativas.] {Alabastro e prata} (Nível Mínimo: 15) {Controle sonoro sobre mentes} [Recebimento: Recebido pela missão "Bad party", avaliada por Jhonn Stark e atualizada por Orfeu.] Bolso interno da jaqueta

♦ {Resistance} / Jaqueta [Feita externamente de couro negro batido(o que já dá à vestimenta a resistência de uma armadura de couro), aparentando ser uma jaqueta comum, Resistance oculta suas verdadeiras propriedades de proteção em batalha. Internamente revestida por mitral, fornece grande resistência à semideusa, além da leveza característica do material, de modo que o peso não a prejudica quase nada. Além disso, o item recebeu o encantamento defensivo contra fogo, tornando-se completamente imune ao elemento – não dá imunidade à usuária, apenas à jaqueta.] {Couro e mitral} (nível mínimo: 27) {Controle sobre o Fogo} [Recebimento: The Dragon's Flame - Forja de Harry S. Sieghart]

♠ {Toxic}/ Moeda [É uma antiga moeda americana feita de ouro, que quando a semideusa desejar soltará um aroma doce e enjoativo, que fará todos que estiverem a até 3 metros ao redor se sentirem cansados e doentes. Pode ser usada uma vez por missão, dura dois turnos.] {Ouro} (Nível mínimo: 30) {Nenhum elemento} [Recebimento: Missão "Ringue de Luta", avaliada por Selene e att por Asclépio.] Bolso da calça

❖ Braçadeira argilosa [Bracelete de terracota de textura rústica e irregular, de tonalidade avermelhada. Ao ser ativado o item recobre o corpo do semideus com uma camada de argila e amplia sua resistência a golpes físicos em 50% por 3 turnos. 1 uso por evento. (Nível mínimo: 07) {Material: couro} [Comprado de Lavínia Cavendish] Braçadeira, pulso direito
Elixir da Vida (forte): Recupera 60 HP. [60 Dracmas]
Elixir da Energia (titânico): Recupera 100 MP. [100 Dracmas] Ambos no bolso da jaqueta
Poderes:
Neste turno, nenhum relevante, mas para fins interpretativos, considerar todos os passivos.

With: GRANDINE <3

Wearing: Jeans, blusa branca, jaqueta.

Where: Crazy Hour

Listening: Bright - Lindsey & Echosmith
Nights are good
And that's the way it should be.
Tks, Jay
Ayla Lennox
Mentalistas de Psiquê
Mensagens :
974

Localização :
EUA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Étoiles de Médici em Sab 12 Dez 2015, 10:55

o parque

com lennox ♥

As sobrancelhas da menina arquearam-se de leve quando ela ouviu a jovem citar as fronteiras. Não era uma mera mortal também, hein?

Um pequeno sorriso voltou para o rosto de Kris diante do comentário da morena, que se pôs de pé e lhe ofereceu uma mão. A criança retornou a guardar na jaqueta a pokébola, segurou a mão da jovem e também se levantou. Internamente, estava grata pela mudança de assunto e pela conversa tomar ares mais agradáveis.  

Prazer em conhecê-la, Lennox. — a semideusa respondeu, o sorriso ampliando-se com facilidade em seu rosto. — Sou Kristy Grandine, amante número um de pelúcias. Quem sabe não pegamos uns sorvetes também? Acabei de perder o meu. — o comentário que fez tornou impossível não murchar seu sorriso para fazer uma breve carreta. Devia ter feito o pirralho sofrer mais por tê-la feito perder sua casquinha de chocolate.

armas e itens:
► {Maximum} / All-Stars [All-Stars brancos com detalhes pretos. Ao comando de seu dono, estes materializam asas brancas nos calcanhares. As asas possibilitam o semideus sobrevoar até uma altura de vinte metros, após tal altura as asas perdem força e podem parar de funcionar no meio do ar. Caso o semideus esteja segurando uma outra pessoa ou objeto acima de 50 quilos enquanto voa, conseguirá atingir apenas metade da força e velocidade normal. As asas não conseguem voar por tempo ilimitado, ficando ativas por 10 turnos, mais um adicional a cada nível do semideus - 11 turnos no nível 1, 12 no nível 2 e assim sucessivamente. Em situações em que não se tem medidas de turnos (em uma OP onde esteja descrevendo fora do contexto de combate - lembrando que turno é equivalente a ação, então mesmo nesses casos seria possível calcular desde que em uma luta) o semideus consegue utilizar o item por tempo, durante 1 minuto por nível, seguindo o mesmo sistema. O tênis fornece a perícia necessária para sua utilização ao portador.] {Couro e Borracha} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hermes] ~nos pés (dã), desativados

► {Comunication} / Celular [Um celular básico e comum de cor preta e com detalhes espelhados. Diferente dos celulares feitos pelos humanos, esse celular funciona para se enviar uma mensagem para outro filho de Hermes, de modo que os meio-irmãos possam se comunicar sem necessitar do uso de mensagens de íris. Claro, além disso, possui outras funções, como acesso a internet e joguinhos. Por funcionar em uma frequência divina, os monstros não são atraídos pelo uso desse celular. Outro grande diferencial é que, ao digitar uma senha, o celular invoca duas serpentes pequenas (uns 50 cm cada), feitas de dados digitais (ou seja, não são físicas, mas só funcionam em locais em que "haja sinal"), uma fêmea e outra macho, que podem ajudá-lo fornecendo informações; não são úteis em batalha e, se "destruídas", somente retornam para o celular, permanecendo lá até o final da missão, mas possuem um extenso conhecimento de mitologia e da história humana, podendo responder quase qualquer coisa que seja de conhecimento geral, ainda que nem sempre com precisão, uma vez que a internet está cheia de informações falsas. Quem decide o sucesso, no entanto, é o narrador. As propriedades funcionam exclusivamente na mão do filho de Hermes portador desse celular. A fêmea é Dory, e o macho é Bublie.] {Metal e circuitos eletrônicos} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hermes] ~bolso da jaqueta (bolso encantado com o poder dimensional lá, checa o próximo spoiler)

► {Quick Cut} / Adaga [Uma adaga com lâmina de 20cm feita de bronze sagrado, mas com o metal com uma estranha coloração esverdeada e empunhadura no formato de uma serpente enrodilhada, com a boca do animal aberta dando espaço à lâmina. Vem junto de um pequeno suporte (bainha) adaptável à cintura, pernas ou tornozelos. No nível 20, torna-se um chaveiro em forma do caduceu de seu pai, porém obviamente reduzido.] {bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hermes] ] ~bolso da jaqueta, em forma de chaveiro (bolso encantado com o poder dimensional lá, checa o próximo spoiler)

► {Adroit} / Adaga [Resistente adaga feita de bronze sagrado, sua lâmina mede cerca de 20 cm. Afiadíssima, perfeita para ataques ágeis e rápidos. Seu punho é feito de aço coberto com uma camada de couro, ajudando o manuseio da arma. Quando a dona não desejar, ela se transforma em um anel discreto de bronze. É semi-indestrutível.] {Bronze sagrado, couro, aço. Arma cromada} (Nível Mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: ¥ Dragon Dovahkiin ¥] ~anel no dedo anelar esquerdo

► Bolsa de Componentes Mágicos / Bolsa (Nela são guardados desde objetos para preparo de poções até bisturis e utensílios médicos [ela possui espaço infinito para tais coisas e somente para tais coisas; também aparece e desaparece, dependendo exclusivamente da necessidade do semideus]) {Couro} (Nívem mínimo: 1) (Controle sobre nenhum elemento) [Presente de Curandeiro]

► Colar do Serpentário / Colar (o formato e o estilo da confecção lembram uma serpente dourada; nunca pode ser perdido, vendido ou retirado a força, pois identifica os curandeiros e, portanto, não é considerado um item nas contagens para missões, eventos e tramas, embora ainda seja preciso citá-lo) (seu efeito principal é o de, quando retirado do pescoço, se transformar em um dos itens a seguir: uma réplica quase totalmente semelhante do Bordão de Asclépio (ou seja, uma espécime de bastão rústico e fino envolvido por uma serpente de escamas feitas de prata envenenada que podem ser tão afiadas quanto uma espada, possuindo o mesmo potencial de corte de uma arma laminada; ele se adapta completamente ao tamanho e porte físico do usuário). {Prata, madeira e veneno} (Nível mínimo: 1) (Controle sobre nenhum elemento) [Presente de Curandeiro] ~colar no pescoço

► {Pikachu} / Autômato [O robô possui a forma exata de um Pikachu, feito inteiramente de bronze sagrado. Foi pintado nas cores do original, amarelo para a maioria do corpo, com detalhes em vermelho e preto (bochechas e orelhas). Possui cinquenta centímetros de altura quando de pé. Seus olhos são feitos de um material semelhante a uma pedra preciosa, negros e brilhantes. O pokémon possui diversas funções, podendo ser útil tanto em batalha quanto fora dela. Em batalha, foi programado para utilizar quatro tipos de ataques, sendo dois básicos e dois especiais. O primeiro é uma espécie de investida, onde a mascote corre na direção do oponente e o atinge, causando dano baixo por contusão. O segundo ataque é o arranhão, sendo que suas garras são afiadas para causar dano por perfuração e corte. Ambos podem ser utilizados quantas vezes a dona quiser, seguindo as regras de combate. No terceiro, as garras do pokémon começam a libertar uma descarga elétrica que paralisa parcialmente o membro cortado, tornando letárgico e pouco funcional por um período de dois turnos. Pode ser usado até cinco vezes por ocasião, e depois disso exige que as baterias sejam recarregadas ou trocadas. O quarto ataque utiliza a essência do raio. O corpo do Pikachu é totalmente coberto por eletricidade, e ele ataca com a mesma investida do ataque básico. No entanto, ao tocar no inimigo a eletricidade percorre todo o corpo deste, causando dano e proporcionando um efeito de lentidão que reduz o movimento do atingido em 50% durante dois turnos. Esse ataque só pode ser utilizado uma vez por ocasião. A mascote é capaz de escalar mesmo os terrenos mais íngremes, e alcança a sua própria altura quando salta. Possui um sistema de monitoramento por câmeras que se localizam em seus olhos, e escutas em suas orelhas, que gravam tudo o que presenciam e armazenam em um cartão de memória localizado em sua cabeça. O Pikachu possui consciência, sendo capaz de pensar e agir sem o comando de sua mestra, mas sendo completamente leal a ela, além de possuir a voz e as 'falas' do pokémon do desenho. Quando desativado, torna-se uma pokébola maciça feita do mesmo material, pintada de vermelho e branco para ser mais realista. O autômato só é reativado quando a pokébola é lançada no chão.] {Bronze Sagrado e Tintura} (Nível Mínimo: 75) {Controle sobre a Eletricidade} [Presente de Harry S. Sieghart] ~pokébola no bolso da jaqueta (bolso encantado com o poder dimensional lá, checa o próximo spoiler)
poderes:
Considerar todos os outros passivos até o lvl 101.

[PASSIVO]Nível 35 - Bolso Dimensional {NEW}{Idealizado por Sadie Bronwen}
Não importa o tamanho do item, o bolso de filho de Hermes sempre criará um espaço dimensional suficientemente grande para contê-lo.

Étoiles de Médici
Filhos de Hermes
Mensagens :
444

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bryan T. Stewart em Seg 14 Dez 2015, 14:15



Crazy Hour
Trying to put my feelings in order


Eu realmente não achei que encontraria metade do acampamento no parque. Não mesmo. Tinha ouvido falar que ali era um lugar legal, que normalmente os meio-sangues frequentavam o Crazy Hour, mas realmente aquilo parecia uma reunião de egressos, o que me fez rir nervosamente - muitos semideuses num lugar só pode ser sinônimo de problema.

Problema era tudo que eu não precisava naquele momento. Estava confuso, me sentia totalmente diferente de tudo que tinha tinha sido a vida toda. Em um dia tudo estava normal; no outro, meus pensamentos e sentimentos estavam de cabeça para baixo! Que magia estava acontecendo comigo?! Emoções bagunçadas ao extremo, isso era obra de algum espertinho do chalé 10? Se fosse, eles não iriam gostar de como eu me vingaria... Ah droga, olha os pensamentos que vinham à minha cabeça! Nunca estive mais confuso do que naquele momento. Foi tentando desanuviar que comprei um ingresso para a roda gigante. Talvez subindo alto e olhando as estrelas eu pudesse clarear toda aquela confusão.

the heart is a lonely hunter...

Bryan T. Stewart
Filhos de Selene
Mensagens :
63

Localização :
Chalé de Selene

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Alex Von Deadman em Seg 14 Dez 2015, 17:00


Crazy Hour
Hours with you crush q
Caminhava lentamente pelo parque enquanto eu observava tudo em volta, ficar naquele acampamento todos os dias era realmente cansativo e monótono. Era estranho estar naquele lugar com vários semideuses, parecia que eu tinha voltado para o acampamento porém em vez de chalés eram brinquedos. Resolvi então andar mais um pouco para ver se encontrava alguém

Caminhei até que avistei um garoto do chalé dos filhos de Selene, eu sempre achei ele muito lindo e atraente mas nunca tive coragem de puxar algum assunto, até mesmo por medo de aparecer que era bastante atirado. Resolvi que iria seguir ele... Era loucura isso, mas eu iria fazer, precisava mesmo conversar com ele.

Vi ele ir comprar uma entrada para a roda gigante, e o que fiz? Exatamente, fui comprar para entrar na mesma cabine que ele, não podia deixar essa chance escapar, mesmo que não rolasse nada, conversar com ele já seria ótimo para mim. Ele entrou na cabine 13 que por coincidência era meu número de sorte, antes que ele terminasse de sentar, eu entrei e sentei de frente para ele, a vermelhidão de vergonha em meu rosto era notável, mas não iria voltar atrás, já estava ali, afinal quem está na chuva é pra se molhar:
— Você é o Graham né? Filho de Selene? — Perguntei meio envergonhado.



Alex Von Deadman
Filhos de Tânatos
Mensagens :
79

Localização :
Chalé de Thanatos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bryan T. Stewart em Seg 14 Dez 2015, 17:14



Crazy Hour
Trying to put my feelings in order... Happily, don't succeeding


Impossível. Eu simplesmente achava que era impossível, até ele se mexer. Tinha entrado tão distraído na cabine 13 que nem mesmo havia notado que ele também estava. Ele, o centro de toda a minha confusão de sentimentos, aquele a quem eu já tinha olhado de longe apenas por várias vezes no acampamento e nunca tinha entendido o por quê. O filho de Thanatos.

Dei graças por conseguir disfarçar bem as minhas emoções, apesar de que, naquele momento, essa habilidade não me parecia nem um pouco útil. Meu rosto queimava, eu com certeza parecia um tomate, mas... Ele também? Ou era apenas impressão minha? O turbilhão de pensamentos passava a milhões de segundos por hora e fui puxado para fora de minha confusa bolha quando a voz dele citou meu nome. Sim, Graham Humbert, de Selene. E você é Scott, de Thanatos, estou certo? Fiquei feliz de ver que minha voz soou segura, mas eu não tinha certeza se manteria total controle enquanto durasse nosso período na roda gigante. Eu finalmente estava falando com ele e mesmo assim, perdido em seus olhos claros, eu me perguntava: O que está havendo comigo?

the heart is a lonely hunter...

Bryan T. Stewart
Filhos de Selene
Mensagens :
63

Localização :
Chalé de Selene

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Alex Von Deadman em Seg 14 Dez 2015, 18:27


Crazy Hour
Hours with you crush q
Ai. Meu. Deus! Ele falava... Não apenas falava, ele estava falando comigo. Não sei explicar com que cor eu estava, a vergonha era tanta que nem se quer eu conseguia disfarçar... E pior, estava parecendo um bobão olhando pra ele. Desviei o olhar para fora da cabine e fiquei olhando o parque

— Sim... Exatamente, filho de Thanatos. — Virei o rosto para olhar para ele, e estendi minha mão — Prazer... E desculpa não ter falado com você antes, eu tenho vergonha de falar com quem eu gosto. —

"Caralho Scott! Como você pode falar uma coisa dessas?"
Pensei comigo mesmo, porra ele me deixava tão abestalhado que acabei por falar sem nem pensar... Mas fazer o que Né? Quando me dei conta do que tinha falado corei ainda mais, se isso era possível, voltei a olhar pela janela sem saber como agir.



Alex Von Deadman
Filhos de Tânatos
Mensagens :
79

Localização :
Chalé de Thanatos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bryan T. Stewart em Seg 14 Dez 2015, 18:51



Crazy Hour
Trying to put my feelings in order... Happily, don't succeeding


A roda girava lentamente e estar ali naquela cabine com Scott fazia parecer que as estrelas brilhavam mais fortemente aquela noite, iluminando seu perfil enquanto ele encarava o parque, totalmente vermelho. Eu só não sabia se ele estava mais vermelho do que eu... Deuses, eu não conseguia acreditar naquilo. Tinha passado tanto tempo queimando pestanas com todo aquele rebuliço de sentimentos que nunca cheguei a imaginar a ideia de estar com ele. Eu tinha visto Scott de longe no acampamento e notei seu jeito extrovertido para um filho de Thanatos, mas também um tanto misterioso. Desde então, simplesmente não conseguia tirá-lo da minha cabeça e antes que eu percebesse, meu olhar já buscava por encontrá-lo independentemente dos meus comandos durante as refeições, fogueira e até nos treinos mais leves.

Ele tornou a falar, me despertando do transe de lembranças, confirmando seu nome e afiliação, e estendeu a mão para me cumprimentar. Aceitei o cumprimento e senti um forte arrepio quando tocamos nossas mãos. Tudo em volta parecia embaçado e os sons eram abafados, e ele me pedia desculpas por não ter vindo falar comigo antes. Eu não soltava a mão dele. Estava a ponto de perguntar por que ele se desculpava quando ele mesmo justificou. Tinha vergonha de falar com quem ele gostava. Deuses... O quê? Você... Você... Eu costumava medir a lerdeza das pessoas de zero a Percy Jackson, até me ver naquela situação. Ele gosta de mim...! Não sabia nem como reagir porque a certeza chegou a mim com a força de um soco de titã. Era isso, eu também gostava dele. Era por isso que eu estava tão confuso e não reconheci logo porque gostar de um garoto era algo totalmente novo pra mim! Mas eu gostava. Gostava dele. Especificamente dele.

Você... Você está falando sério? Você gosta... de mim? Eu perguntei, precisava ouvir novamente. E só então, quando minha pergunta ecoou no ar até os ouvidos dele, foi que percebi que eu estava sorrindo radiante e mal podia esperar para dizer a ele que sentia o mesmo. Eu só precisava ouvir de novo, precisava ter certeza que não tinha sido uma ilusão.

the heart is a lonely hunter...

Bryan T. Stewart
Filhos de Selene
Mensagens :
63

Localização :
Chalé de Selene

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Alex Von Deadman em Seg 14 Dez 2015, 21:59


Crazy Hour
Hours with you crush q
Céus! Eu ainda não acreditava no que tinha dito. Como eu ia olhar pra ele depois daquilo, as luzes naquela noite contribuíam para um clima romântico, ainda mais em uma roda gigante que se movia tão lentamente quanto a minha avô. Já estava ali mesmo? O que mais tinha para perder? Exatamente, NADA. Em um impulso eu me levantei e sentei ao lado dele.

Por mais que eu quisesse pular daquela cabine e nunca mais aparecer no acampamento de tanta vergonha, eu queria estar ali ao lado de Graham. Me virei um pouco de frente para ele e levei minha mão até o rosto dele fazendo o rapaz olhar para mim, aqueles olhos, aquele sorriso, a forma como ele estava tão vergonhoso como eu, tudo colaborava para aquele clima perfeito.

Como resistir aqueles lábios convidativos? Realmente não dava, eu pelo menos não consegui, quando me dei conta nossos lábios já estavam selado, dei uma leve suspirada antes de separar nossos rostos.

— Sim... Digamos que você sempre foi o meu crush. — Naquele momento toda a vergonha que eu tinha sumiu. Nada pra mim importava mais — Vo... Você me coisa! —

"Porra, esse garoto definitivamente é perfeito" Pera a única coisa que vinha em minha mente.



Alex Von Deadman
Filhos de Tânatos
Mensagens :
79

Localização :
Chalé de Thanatos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bryan T. Stewart em Seg 14 Dez 2015, 22:16



Crazy Hour
Only you can put my feelings in order


Certo, eu realmente estava rendido. Precisava ouvi-lo dizer mais uma vez. Nossa cabine chegava perto do topo e dali era possível ver boa parte da luminosa Nova Iorque mas sinceramente? Nada importava. Nada tirava minha atenção daqueles olhos, daqueles lábios... Caramba, como eu queria beijar aqueles lábios! Minha respiração estava entrecortada, percebi, e eu estava a ponto de puxá-lo para mim quando ele mesmo saltou para o meu lado e tocou meu rosto, fazendo um delicioso arrepio percorrer meu corpo de cima a baixo. Deuses, que efeito é esse que tem sobre mim, garoto?

E rapidamente aconteceu. Nossos olhares se cruzaram. Meu olhar desceu aos lábios dele e o dele desceu aos meus, antes que nos déssemos conta, estávamos envoltos num beijo calmo, absolutamente romântico, perfeito. Estávamos no topo da roda, bem próximos às estrelas, a noite nos abençoava, com certeza. Obrigado, mãe. Quando nossos rostos nos afastaram, ele falou novamente. Sempre gostara de mim. Céus, e eu dele! Desde que o vira. Como explicar o que ele causava em mim? Todo aquele rebuliço finalmente fazia sentido e era mais perfeito do que nunca. E ele definiu perfeitamente o que eu mesmo sentia. Tudo o que pude fazer foi rir e concordar. E finalmente me declarar. O que eu posso dizer...? Você me coisa, também. Desde que te vi você simplesmente não sai da minha cabeça... E, honestamente, eu não quero mesmo que saia. Eu... Eu também gosto de você, Scott.

Eu disse. Tudo o que vinha me causando insônia e pensamentos confusos finalmente posto em palavras. Vim aqui pra colocar tudo em ordem dentro de mim, Scott. Você chegou e bagunçou tudo. E incrivelmente a sua bagunça é exatamente a ordem da qual eu precisava. Era a única coisa que vinha à minha mente.

the heart is a lonely hunter...

Bryan T. Stewart
Filhos de Selene
Mensagens :
63

Localização :
Chalé de Selene

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Alex Von Deadman em Ter 15 Dez 2015, 14:41


Crazy Hour
Hours with you crush q
Eu não conseguia falar. Eu definitivamente estava parado ali, o encarando dentro daquele maravilhoso olhar. Deuses, o que ele fazia comigo? Que feitiço ele usou em mim para ficar tão apaixonado assim?

Toda a vergonha voltou me deixando rubro. Eu tinha conseguido falar com ele, e aquilo já era o suficiente para mim, segurei então em suas mãos e entrelacei meus dedos aos dele, o calor do corpo de Graham era algo tão bom de se sentir, como se parte deles se trocassem:

— Porra, fiquei tão nervoso de vir falar com você... Sério, eu ainda não sei o que falar. — Dei o mais sincero sorriso que eu já dei em toda a minha vida — Eu fico bem feliz em isso ser recíproco, de verdade mesmo —




Alex Von Deadman
Filhos de Tânatos
Mensagens :
79

Localização :
Chalé de Thanatos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bryan T. Stewart em Ter 15 Dez 2015, 15:18



Crazy Hour
Only you can put my feelings in order


O rosto de Scott passou de vermelho a pálido e de pálido a vermelho novamente, e eu tinha certeza de que o meu o espelhava. Céus, olha pra mim! Eu, que sempre tinha sido fechado, calado, o caçador que não demonstrava seus sentimentos, totalmente entregue aquele rapaz de olhos tão hipnóticos. Ele entrelaçou os dedos nos meus e o contato me arrepiava. Eu me sentia quente, ele estava quente. Ele me disse que estava nervoso pra vir falar comigo. Céus, e eu então? Sua voz correu meus ouvidos mais uma vez, ele disse que estava feliz em ser correspondido, seu sorriso, confirmando suas palavras, me derretia. E não sabia mais o que dizer.

Não diga mais nada então. Apenas saiba que é totalmente recíproco, eu disse, e o puxei para o mais perto de mim possível, colando nossos corpos num abraço quente e perfeito enquanto acariciava seu lindo rosto apaixonado e me rendia a mais um beijo, profundo e sem pressa. Você ativa todas as células do meu corpo! Tudo agora só era importante se ele pudesse estar comigo. Era algo muito mais forte do que eu imaginava. A roda girava e eu nem sabia mais em que altura estávamos. Mas eu precisava aproveitar cada segundo naquele santuário fechado só pra nós antes de sairmos dali. Scott... Eu sei que parece rápido, mas... mas eu não quero mais perder nem um único segundo. Você aceita namorar comigo? Meu coração estava acelerado e eu tinha certeza que ele sentia, graças ao contato tão próximo que tínhamos ali. Eu precisava ouvi-lo. Eu precisava dele. Simples assim.

my heart is not a lonely hunter anymore...

Bryan T. Stewart
Filhos de Selene
Mensagens :
63

Localização :
Chalé de Selene

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Alex Von Deadman em Ter 15 Dez 2015, 15:51


Crazy Hour
Hours with you crush q
Naquele momento nossos corpos estavam colados graças a Graham, o toque dele, o batimento do coração dele, correspondi o abraço quando fui surpreendido por um beijo dele, a maneira como nossas bocas se encaixavam, o gosto era meio doce porém bom. Antes que o beijo fosse terminado, dei uma mordida no lábio inferior dele o puxando contra mim.

Foi quando ouvi a voz dele novamente. Eu travei, fiquei extasiado com o que tinha escutado, ele havia me pedido em namoro? Eu mal podia acreditar que ela aquilo estava acontecendo, depois de tanto tempo o olhando de longe, ter uma proposta daquelas era algo que me fazia ser o homem mais feliz do mundo, independente de ter sido rápido, era algo puro e sincero.

— Mas é claro que eu aceito. — Passei meus braços em torno da barriga dele, o abraçando — Pensei que esse dia nunca fosse chegar... Sério!—

Meus olhos se encheram de lágrimas, porém eu segurei para que elas não escorressem.


Alex Von Deadman
Filhos de Tânatos
Mensagens :
79

Localização :
Chalé de Thanatos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bryan T. Stewart em Ter 15 Dez 2015, 16:07



Crazy Hour
Only you can put my feelings in order


O sorriso no meu rosto provavelmente era maior que o do Gato de Cheshire. Deuses, ele aceitou! Depois de tanto tempo em que estávamos nos apaixonando um pelo outro apenas de longe, finalmente estávamos juntos, oficialmente juntos, e tudo o que consegui fazer foi beijá-lo novamente, me derramando por completo naqueles lábios macios... até que ouvimos um barulho: a roda tinha parado. Droga, eu só queria ficar ali com ele o resto da vida, se possível fosse, mas tínhamos que sair ou seríamos linchados pelas crianças que queriam entrar. Algumas engrenagens ainda giravam quando terminamos o beijo entre sorrisos e segurei a mão dele na minha, entrelaçando nossos dedos. Pois bem, namorado, para onde iremos agora? E as borboletas em meu estômago bateram asas fortemente. Namorado... Sim, finalmente, Scott e eu somos namorados.

my heart is not a lonely hunter anymore...

Bryan T. Stewart
Filhos de Selene
Mensagens :
63

Localização :
Chalé de Selene

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Alex Von Deadman em Ter 15 Dez 2015, 18:44


Crazy Hour
Hours with you crush q
Finalmente eu me encontrei... Graham enxergou em mim o que as pessoas não viam, ser filho de Thanatos não é algo bom, todos se afastam de você, e comigo não era diferente, mas ele me fazia ser especial.

Fui surpreendido novamente por um beijo dele, e de fato era o melhor de todos os beijos que já tive, entre o beijo eu dava algumas mordidas no lábio dele. Estava tudo indo muito bem até a roda gigante parar, nós descemos e ele segurou a minha mão e entrelaçou nossos dedos, e fui questionado sobre o que faríamos a seguir.

— Vou comprar um algodão doce... Quer? — Questionei esperando a resposta, e em seguida sugeri — Podemos ir no trem fantasma, não?—

Alex Von Deadman
Filhos de Tânatos
Mensagens :
79

Localização :
Chalé de Thanatos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bryan T. Stewart em Ter 15 Dez 2015, 21:15



Crazy Hour
Only you can put my feelings in order


E lá estava ele com aquele brilho nos olhos que eu tanto amava ao responder minha pergunta. Algodão doce é uma excelente ideia! De mãos dadas com ele, comecei a caminhar em direção à barraquinha, passando por alguns semideuses curiosos, que nunca tinham nos visto juntos, no caminho quando ele fez mais uma sugestão: o trem fantasma. Perfeito! Desde que você me prometa que vai me agarrar se algo te assustar! Pisquei, brincando, e comprei algodão doce para nós dois.

Eu não queria mais soltar a mão dele. Eu sempre considerei meu coração como um caçador solitário, alguém que jamais encontraria sua outra parte. Aquilo tinha acabado, agora eu tinha um lugar ao qual eu pertencia. O coração de Scott. Eu devia ter um sorriso bem bobo no rosto, pois na hora que chegamos ao trem fantasma, a moça que recebia as fichas nos sorriu tão derretida que faltou vomitar arco-íris (calma, deusa Íris, é apenas uma expressão) olhando para nós. Você está com os lábios vermelhos do corante do algodão..., sussurrei ao ouvido de Scott, e estou tentando me conter pra não te dar um beijo de tirar o fôlego aqui mesmo. Me detive a apenas mordiscar-lhe o lábio inferior de modo provocativo ao passarmos pela entrada e fui com ele até um carrinho vazio, o abraçando de lado ao me sentar com ele. Era impossível conter o sorriso.

my heart is not a lonely hunter anymore...

Bryan T. Stewart
Filhos de Selene
Mensagens :
63

Localização :
Chalé de Selene

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Ayla Lennox em Qua 16 Dez 2015, 12:47

Crazy Hour
Segurava as mãos da garotinha. Eram pequenas e, ao contrário das de Ayla, quentes. Não sabia dizer ao certo, mas se sentia bem na presença daquela criança, quase como se o jeito inocente e genuinamente bondoso alcançassem a filha de Selene.

Grandine? Nome legal apesar de você não fazer jus. — Riu enquanto notava a diferença entre as alturas.

Conforme caminhavam, as luzes e sons vindos das mais diversas barracas de jogo se intensificavam. Não faria mal se, de fato, tentasse ganhar algo. Desacelerou o  passo e olhou para a semideusa.

Que eu mal pergunte... O que você faz fora do acampamento sozinha? Digo, aqui não é o melhor lugar para uma criança sozinha e muito menos pra uma criança semideusa. — Deu de ombros. — Não que o acampamento tenha se mostrado digno do adjetivo "seguro" ultimamente.

Mesmo não sendo digna de dar nenhum sermão a respeito de deixar as fronteiras, ainda tinha um lado que prezava pelos outros semideuses.
Adendos:
Arsenal:
{Moonlight} / Adaga [Trata-se de uma adaga com a lâmina ligeiramente mais larga e curva. O seu formato é levemente arredondado – o que lembra uma lua na sua fase crescente. O cabo tem uma espécie de cobertura (como em sabres) feita de bronze sagrado, o que dá certa defesa as mãos daquele que a está empunhando. Tem uma coloração esbranquiçada e toma um tom azulado quando exposto à luz lunar. No nível 20, se torna um botton escrito "CLUBE DE ASTRONOMIA".] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Selene] Bottom, blusa

— {Silver Moon} - [Um escudo redondo de prata lunar que proporciona uma defesa eficiente para sua dona. Possui em seu centro o desenho em relevo de  um lobo (o desenho do rank dos filhos de Selene), pintado em dourado. Quando não estiver sendo utilizado, transforma-se em um relógio de prata] {Prata Lunar} (nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Forjado na The Dragon's Flame, presente de Jhonn Stark.] Relógio, pulso esquerdo

- {Red Hood} / Capa vermelha [Uma capa vermelha encantada, que desce até os pés da semideusa, e inclui um capuz; é adornada com diversos desenhos prateados bordados em seu contorno, sendo a maior parte deles de lobos ou da lua. Enquanto estiver sendo usada, possui o efeito de ampliar a agilidade da semideusa em 20%, além de conceder uma leve resistência a efeitos climáticos (calor, frio, nunca poderes, apenas os efeitos climáticos naturais). Quando não estiver sendo usada, pode se transformar em um colar com um pingente de lua nova. Em sua forma de capuz, tem a capacidade de se regenerar com o tempo, por exemplo, de cortes, partes queimadas... Mas o processo é lento, dependendo da situação e da gravidade do dano ao tecido, sendo que o tecido não é indestrutível, podendo ser destruído se submetido a um dano que consuma todo ou 90% do tecido..] {tecido mágico} (Nível mínimo: 08) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Recompensa pela missão "Night of the Hunter", avaliada por Jhonn Stark e Att por Ares.] Colar, pescoço

♦ {Lullaby} / Flauta encantada [Recebida por Ayla como um espólio de guerra, logo após o fardo de morte carregado pelo item ser limpo. Feita com uma base de alabastro recoberta inteiramente de prata, o instrumento abençoado por Orfeu agora apresenta apenas a base de um encantamento. Uma vez por missão (com o gasto de 50MP por alvo), ao entoar uma melodia suave com o item, a filha de Selene poderá transmitir suas ordens para um alvo selecionado, desde que estejam dentro do alcance sonoro do poder (30m de raio a partir da semideusa como centro). Quando usado em alguém com 5 níveis ou mais que a semideusa, esse poder não funciona. Em outros casos, a chance é de funcionamento normal. Se o alvo for ferido, o efeito se quebra, e o encanto possui duração de 2 rodadas ou enquanto a semideusa toque a flauta. A palavra final é do narrador, e dependerá também da ordem dada, que não pode ser algo que vá diretamente contra o instinto de sobrevivência do oponente (como se matar, ou coisas do gênero), nem contra as ações da semideusa (não adianta atacar e depois pedir pra um alvo não revidar). Resistências mentais e sonoras são aplicadas, assim como resistências geradas por habilidades passivas ou ativas.] {Alabastro e prata} (Nível Mínimo: 15) {Controle sonoro sobre mentes} [Recebimento: Recebido pela missão "Bad party", avaliada por Jhonn Stark e atualizada por Orfeu.] Bolso interno da jaqueta

♦ {Resistance} / Jaqueta [Feita externamente de couro negro batido(o que já dá à vestimenta a resistência de uma armadura de couro), aparentando ser uma jaqueta comum, Resistance oculta suas verdadeiras propriedades de proteção em batalha. Internamente revestida por mitral, fornece grande resistência à semideusa, além da leveza característica do material, de modo que o peso não a prejudica quase nada. Além disso, o item recebeu o encantamento defensivo contra fogo, tornando-se completamente imune ao elemento – não dá imunidade à usuária, apenas à jaqueta.] {Couro e mitral} (nível mínimo: 27) {Controle sobre o Fogo} [Recebimento: The Dragon's Flame - Forja de Harry S. Sieghart]

♠ {Toxic}/ Moeda [É uma antiga moeda americana feita de ouro, que quando a semideusa desejar soltará um aroma doce e enjoativo, que fará todos que estiverem a até 3 metros ao redor se sentirem cansados e doentes. Pode ser usada uma vez por missão, dura dois turnos.] {Ouro} (Nível mínimo: 30) {Nenhum elemento} [Recebimento: Missão "Ringue de Luta", avaliada por Selene e att por Asclépio.] Bolso da calça

❖ Braçadeira argilosa [Bracelete de terracota de textura rústica e irregular, de tonalidade avermelhada. Ao ser ativado o item recobre o corpo do semideus com uma camada de argila e amplia sua resistência a golpes físicos em 50% por 3 turnos. 1 uso por evento. (Nível mínimo: 07) {Material: couro} [Comprado de Lavínia Cavendish] Braçadeira, pulso direito
Elixir da Vida (forte): Recupera 60 HP. [60 Dracmas]
Elixir da Energia (titânico): Recupera 100 MP. [100 Dracmas] Ambos no bolso da jaqueta
Poderes:
Neste turno, nenhum relevante, mas para fins interpretativos, considerar todos os passivos.

With: GRANDINE <3

Wearing: Jeans, blusa branca, jaqueta.

Where: Crazy Hour

Listening: Bright - Lindsey & Echosmith
Nights are good
And that's the way it should be.
Tks, Jay
Ayla Lennox
Mentalistas de Psiquê
Mensagens :
974

Localização :
EUA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Alex Von Deadman em Qua 16 Dez 2015, 14:05


Crazy Hour
Hours with you crush q
Eu estava tão feliz de estar com ele, que mal conseguia conter o sorriso, ele e eu definitivamente parecíamos duas crianças feliz por estarem em um parque. Ele sugeriu que eu o abraçasse se tivesse medo, é claro que iria fazer aquilo.

Caminhamos enquanto comíamos o algodão doce, e de mãos dadas enquanto a maioria dos semideuses nos encaravam, pra ele era estranho estarmos daquela forma, juntos, já que nunca nos viram sequer trocar uma palavra, mas quem se importa? Eu estava com ele e isso bastava.

Ao chegarmos ao trem fantasma pude notar que a atendente ficou sorrindo para a gente, foi ai que percebi que ainda estávamos de mãos dadas, pelo menos alguém já achava a gente um casal fofo... Eu acho.

Fiquei totalmente arrepiado ao ouvir a voz dele sussurrar em meu ouvido, eu estava com os lábios corados por causa do algodão doce, em seguida ele disse estar se segurando, eu ri o encarando.

— Eu sei, é um charme meu ter os lábios provocativos — Mantive a risada por uns segundos, e fiquei apenas sorrindo — Não precisa se segurar... Eu pelo menos não ligaria para isso.—

Ao entrarmos pelo portão do brinquedo fui surpreendido com uma mordida em meu lábio, aquilo me deixou bastante corado mas admito que gostei. Fomos até um carrinho vazio e nos sentamos, ele me abraçou, aquele braço em volta de mim junto com o calor do corpo dele me deixam meio "alegre", não levei aquilo para um lado sexual, até por que com ele não daria, eu achei aquilo extremamente fofo igual a ele. Deitei minha cabeça no ombro dele.

Alex Von Deadman
Filhos de Tânatos
Mensagens :
79

Localização :
Chalé de Thanatos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bryan T. Stewart em Qua 16 Dez 2015, 16:18



Crazy Hour
Only you can put my feelings in order


Outras pessoas ocupavam os carrinhos do trem à nossa frente e atrás de nós, mas nada desviava minha atenção dele. Scott estava ali em meu abraço, seu calor unindo-se ao meu e eu podia jurar que até nossos batimentos estavam sincronizados. Meu algodão doce tinha terminado então levei minha mão livre à dele, entrelaçando nossos dedos. Ele me causava milhares de sensações maravilhosas ao mesmo tempo. Desconhecidas, incríveis, viciantes. Ela era o guardião do meu coração, não restavam dúvidas, e eu não conseguia tirar meus olhos de cima dele simplesmente por ainda não conseguir acreditar na nossa sorte!

O trem começou a andar, entrando num túnel escuro ao se afastar da luz do pequeno átrio de entrada. Mantive Scott bem próximo a mim, não que realmente pudesse haver algo na atração tão assustador como os monstros que víamos como semideuses, mas porque o escuro me fazia querer ficar mais perto. Uma magia diferente ocorria. Era como se eu sentisse com uma força ainda maior que precisava estar completo com ele junto a mim. Deuses, esse trem fantasma está me saindo mais como um trem do am... Pelos céus! Um boneco do Pânico com uma foice "ensanguentada" pulou pra cima de nós, me tirando abruptamente do meu momento perdido apaixonado e me fazendo soltar a risada depois. Pra quem queria bancar o protetor corajoso, o que tinha conseguido até então era o prêmio de ser o primeiro a tomar um susto.

my heart is not a lonely hunter anymore...

Bryan T. Stewart
Filhos de Selene
Mensagens :
63

Localização :
Chalé de Selene

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Étoiles de Médici em Qua 16 Dez 2015, 18:46

o parque

com lennox ♥

A loirinha controlou-se da melhor forma para não rir da piada de Ayla. Estava acostumada com aquele tipo de piadinhas com sua altura e seu sobrenome, e algumas vezes até mesmo entrava na brincadeira. Mas mesmo assim, o fato não deixava de lhe incomodar. Lançou o melhor bico zangado que pode para cima, na direção da jovem, que ria. A expressão da criança era mais fofa e birrenta que nervosa, mas não havia muito o que ela pudesse fazer para mudar isso.

Diante do comentário de Lennox, Kris soltou sua mão da semideusa, parou no meio da multidão, fez sua melhor cara de indignada e pós os braços na cintura.

Você já deu uma reparada nesse lugar? — perguntou, uma leve pitada de indignação presente em sua voz infantil. — Isso é um parque de diversões! — seus braços esticaram-se ao seu redor, e ela passou a balança-los. — É o melhor lugar no mundo para qualquer pessoa! Tem diversão, comida gostosa, brinquedos, radicalidade, encrenca e mais comida!

Kristy deixou os braços caírem ao lado do corpo e "voltou ao normal", dando de ombros.

Ouvi uns campistas falando desse lugar e fiquei curiosa. — respondeu com mais seriedade. — Tive uma folga hoje e resolvi vir... Além do mais, aqui fora está tão seguro quanto lá dentro. Além de mais divertido também, devido aos últimos acontecimentos. E quanto ao problema da segurança... Digamos que eu sou uma criança semideusa forte o suficiente para salvar meu próprio traseiro... Acho.

E pela primeira vez notou onde tinham parado, bem ao lado de um carrinho de churros. O cheirinho fez com que a barriga de Kris roncasse alto.

Quer churros? — perguntou para Ayla. — Eu pago. — completou tirando alguns pequenos panfletos de uma loja de sapatos que tinham o tamanho de uma nota (apenas um pouco maiores) e definitivamente não era para servirem como dinheiro. Mas Kristy sabia dar seus jeitinhos.

armas e itens:
► {Maximum} / All-Stars [All-Stars brancos com detalhes pretos. Ao comando de seu dono, estes materializam asas brancas nos calcanhares. As asas possibilitam o semideus sobrevoar até uma altura de vinte metros, após tal altura as asas perdem força e podem parar de funcionar no meio do ar. Caso o semideus esteja segurando uma outra pessoa ou objeto acima de 50 quilos enquanto voa, conseguirá atingir apenas metade da força e velocidade normal. As asas não conseguem voar por tempo ilimitado, ficando ativas por 10 turnos, mais um adicional a cada nível do semideus - 11 turnos no nível 1, 12 no nível 2 e assim sucessivamente. Em situações em que não se tem medidas de turnos (em uma OP onde esteja descrevendo fora do contexto de combate - lembrando que turno é equivalente a ação, então mesmo nesses casos seria possível calcular desde que em uma luta) o semideus consegue utilizar o item por tempo, durante 1 minuto por nível, seguindo o mesmo sistema. O tênis fornece a perícia necessária para sua utilização ao portador.] {Couro e Borracha} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hermes] ~nos pés (dã), desativados

► {Comunication} / Celular [Um celular básico e comum de cor preta e com detalhes espelhados. Diferente dos celulares feitos pelos humanos, esse celular funciona para se enviar uma mensagem para outro filho de Hermes, de modo que os meio-irmãos possam se comunicar sem necessitar do uso de mensagens de íris. Claro, além disso, possui outras funções, como acesso a internet e joguinhos. Por funcionar em uma frequência divina, os monstros não são atraídos pelo uso desse celular. Outro grande diferencial é que, ao digitar uma senha, o celular invoca duas serpentes pequenas (uns 50 cm cada), feitas de dados digitais (ou seja, não são físicas, mas só funcionam em locais em que "haja sinal"), uma fêmea e outra macho, que podem ajudá-lo fornecendo informações; não são úteis em batalha e, se "destruídas", somente retornam para o celular, permanecendo lá até o final da missão, mas possuem um extenso conhecimento de mitologia e da história humana, podendo responder quase qualquer coisa que seja de conhecimento geral, ainda que nem sempre com precisão, uma vez que a internet está cheia de informações falsas. Quem decide o sucesso, no entanto, é o narrador. As propriedades funcionam exclusivamente na mão do filho de Hermes portador desse celular. A fêmea é Dory, e o macho é Bublie.] {Metal e circuitos eletrônicos} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hermes] ~bolso da jaqueta (bolso encantado com o poder dimensional lá, checa o próximo spoiler)

► {Quick Cut} / Adaga [Uma adaga com lâmina de 20cm feita de bronze sagrado, mas com o metal com uma estranha coloração esverdeada e empunhadura no formato de uma serpente enrodilhada, com a boca do animal aberta dando espaço à lâmina. Vem junto de um pequeno suporte (bainha) adaptável à cintura, pernas ou tornozelos. No nível 20, torna-se um chaveiro em forma do caduceu de seu pai, porém obviamente reduzido.] {bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hermes] ] ~bolso da jaqueta, em forma de chaveiro (bolso encantado com o poder dimensional lá, checa o próximo spoiler)

► {Adroit} / Adaga [Resistente adaga feita de bronze sagrado, sua lâmina mede cerca de 20 cm. Afiadíssima, perfeita para ataques ágeis e rápidos. Seu punho é feito de aço coberto com uma camada de couro, ajudando o manuseio da arma. Quando a dona não desejar, ela se transforma em um anel discreto de bronze. É semi-indestrutível.] {Bronze sagrado, couro, aço. Arma cromada} (Nível Mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: ¥ Dragon Dovahkiin ¥] ~anel no dedo anelar esquerdo

► Bolsa de Componentes Mágicos / Bolsa (Nela são guardados desde objetos para preparo de poções até bisturis e utensílios médicos [ela possui espaço infinito para tais coisas e somente para tais coisas; também aparece e desaparece, dependendo exclusivamente da necessidade do semideus]) {Couro} (Nívem mínimo: 1) (Controle sobre nenhum elemento) [Presente de Curandeiro]

► Colar do Serpentário / Colar (o formato e o estilo da confecção lembram uma serpente dourada; nunca pode ser perdido, vendido ou retirado a força, pois identifica os curandeiros e, portanto, não é considerado um item nas contagens para missões, eventos e tramas, embora ainda seja preciso citá-lo) (seu efeito principal é o de, quando retirado do pescoço, se transformar em um dos itens a seguir: uma réplica quase totalmente semelhante do Bordão de Asclépio (ou seja, uma espécime de bastão rústico e fino envolvido por uma serpente de escamas feitas de prata envenenada que podem ser tão afiadas quanto uma espada, possuindo o mesmo potencial de corte de uma arma laminada; ele se adapta completamente ao tamanho e porte físico do usuário). {Prata, madeira e veneno} (Nível mínimo: 1) (Controle sobre nenhum elemento) [Presente de Curandeiro] ~colar no pescoço

► {Pikachu} / Autômato [O robô possui a forma exata de um Pikachu, feito inteiramente de bronze sagrado. Foi pintado nas cores do original, amarelo para a maioria do corpo, com detalhes em vermelho e preto (bochechas e orelhas). Possui cinquenta centímetros de altura quando de pé. Seus olhos são feitos de um material semelhante a uma pedra preciosa, negros e brilhantes. O pokémon possui diversas funções, podendo ser útil tanto em batalha quanto fora dela. Em batalha, foi programado para utilizar quatro tipos de ataques, sendo dois básicos e dois especiais. O primeiro é uma espécie de investida, onde a mascote corre na direção do oponente e o atinge, causando dano baixo por contusão. O segundo ataque é o arranhão, sendo que suas garras são afiadas para causar dano por perfuração e corte. Ambos podem ser utilizados quantas vezes a dona quiser, seguindo as regras de combate. No terceiro, as garras do pokémon começam a libertar uma descarga elétrica que paralisa parcialmente o membro cortado, tornando letárgico e pouco funcional por um período de dois turnos. Pode ser usado até cinco vezes por ocasião, e depois disso exige que as baterias sejam recarregadas ou trocadas. O quarto ataque utiliza a essência do raio. O corpo do Pikachu é totalmente coberto por eletricidade, e ele ataca com a mesma investida do ataque básico. No entanto, ao tocar no inimigo a eletricidade percorre todo o corpo deste, causando dano e proporcionando um efeito de lentidão que reduz o movimento do atingido em 50% durante dois turnos. Esse ataque só pode ser utilizado uma vez por ocasião. A mascote é capaz de escalar mesmo os terrenos mais íngremes, e alcança a sua própria altura quando salta. Possui um sistema de monitoramento por câmeras que se localizam em seus olhos, e escutas em suas orelhas, que gravam tudo o que presenciam e armazenam em um cartão de memória localizado em sua cabeça. O Pikachu possui consciência, sendo capaz de pensar e agir sem o comando de sua mestra, mas sendo completamente leal a ela, além de possuir a voz e as 'falas' do pokémon do desenho. Quando desativado, torna-se uma pokébola maciça feita do mesmo material, pintada de vermelho e branco para ser mais realista. O autômato só é reativado quando a pokébola é lançada no chão.] {Bronze Sagrado e Tintura} (Nível Mínimo: 75) {Controle sobre a Eletricidade} [Presente de Harry S. Sieghart] ~pokébola no bolso da jaqueta (bolso encantado com o poder dimensional lá, checa o próximo spoiler)
poderes:
Considerar todos os outros passivos até o lvl 101.

[PASSIVO]Nível 35 - Bolso Dimensional {NEW}{Idealizado por Sadie Bronwen}
Não importa o tamanho do item, o bolso de filho de Hermes sempre criará um espaço dimensional suficientemente grande para contê-lo.

Étoiles de Médici
Filhos de Hermes
Mensagens :
444

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Ayla Lennox em Ter 29 Dez 2015, 20:45

Crazy Hour
Com a mão em punho à frente de sua boca, tentou abafar o riso - o que foi algo praticamente impossível. Grandine era tudo aquilo que ela não via em muito tempo: Bondade, gentileza e, logicamente, fofura.

As palavras saíam da boca da garotinha e se encaixavam perfeitamente com os gestos que eram executados, sendo ambos igualmente analisados com atenção pela lupina. Deuses, como queria guardá-la em um potinho.

- Bom... Parece que você conseguiu me convencer, Kristy. - Rendeu-se a garota. - Parques são realmente irresistíveis. Confesso que também tenho boas memórias desse lugar. - Admitiu.

Preferiu não entrar no mérito da questão. Ao menos não ainda. Em partes porque não fazia ideia de onde Frederick - o autor de tais boas memórias - estava, mas também por não querer parecer aquele tipo de tia que acaba com o passeio contando histórias monótonas.

Convenhamos, crianças não gostam de histórias de amor. Sim, radicalidade é mais razoável para elas.

- Forte? Jura? Só não diga isso muito alto, guria. Algo ou alguém pode acabar ouvindo e pagando pra ver. - Disse dando uma piscadela no fim da frase. - Ah, sim, claro. Adoro churros, mas não sei se me sinto confortável com a ideia de você pag... - Parou ao ver o que a semideusa usaria para executar a compra. - Sua ladina...

O tom era incrédulo, mas carregava consigo uma onda clara de divertimento. Mesmo assim, Ayla retirou do bolso algumas notas de vinte dólares e entregou à vendedora.

- Hermes? Really? Curioso. - Admitiu enquanto entregava à Kris seu lanche. - Bom, por que não me conta o que faz pra se divertir enquanto não está destilando suas habilidades de trapaça?

Ofereceu a mão à garota novamente enquanto se preparava para andar mais um pouco.
Adendos:
Arsenal:
{Moonlight} / Adaga [Trata-se de uma adaga com a lâmina ligeiramente mais larga e curva. O seu formato é levemente arredondado – o que lembra uma lua na sua fase crescente. O cabo tem uma espécie de cobertura (como em sabres) feita de bronze sagrado, o que dá certa defesa as mãos daquele que a está empunhando. Tem uma coloração esbranquiçada e toma um tom azulado quando exposto à luz lunar. No nível 20, se torna um botton escrito "CLUBE DE ASTRONOMIA".] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Selene] Bottom, blusa

— {Silver Moon} - [Um escudo redondo de prata lunar que proporciona uma defesa eficiente para sua dona. Possui em seu centro o desenho em relevo de  um lobo (o desenho do rank dos filhos de Selene), pintado em dourado. Quando não estiver sendo utilizado, transforma-se em um relógio de prata] {Prata Lunar} (nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Forjado na The Dragon's Flame, presente de Jhonn Stark.] Relógio, pulso esquerdo

- {Red Hood} / Capa vermelha [Uma capa vermelha encantada, que desce até os pés da semideusa, e inclui um capuz; é adornada com diversos desenhos prateados bordados em seu contorno, sendo a maior parte deles de lobos ou da lua. Enquanto estiver sendo usada, possui o efeito de ampliar a agilidade da semideusa em 20%, além de conceder uma leve resistência a efeitos climáticos (calor, frio, nunca poderes, apenas os efeitos climáticos naturais). Quando não estiver sendo usada, pode se transformar em um colar com um pingente de lua nova. Em sua forma de capuz, tem a capacidade de se regenerar com o tempo, por exemplo, de cortes, partes queimadas... Mas o processo é lento, dependendo da situação e da gravidade do dano ao tecido, sendo que o tecido não é indestrutível, podendo ser destruído se submetido a um dano que consuma todo ou 90% do tecido..] {tecido mágico} (Nível mínimo: 08) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Recompensa pela missão "Night of the Hunter", avaliada por Jhonn Stark e Att por Ares.] Colar, pescoço

♦ {Lullaby} / Flauta encantada [Recebida por Ayla como um espólio de guerra, logo após o fardo de morte carregado pelo item ser limpo. Feita com uma base de alabastro recoberta inteiramente de prata, o instrumento abençoado por Orfeu agora apresenta apenas a base de um encantamento. Uma vez por missão (com o gasto de 50MP por alvo), ao entoar uma melodia suave com o item, a filha de Selene poderá transmitir suas ordens para um alvo selecionado, desde que estejam dentro do alcance sonoro do poder (30m de raio a partir da semideusa como centro). Quando usado em alguém com 5 níveis ou mais que a semideusa, esse poder não funciona. Em outros casos, a chance é de funcionamento normal. Se o alvo for ferido, o efeito se quebra, e o encanto possui duração de 2 rodadas ou enquanto a semideusa toque a flauta. A palavra final é do narrador, e dependerá também da ordem dada, que não pode ser algo que vá diretamente contra o instinto de sobrevivência do oponente (como se matar, ou coisas do gênero), nem contra as ações da semideusa (não adianta atacar e depois pedir pra um alvo não revidar). Resistências mentais e sonoras são aplicadas, assim como resistências geradas por habilidades passivas ou ativas.] {Alabastro e prata} (Nível Mínimo: 15) {Controle sonoro sobre mentes} [Recebimento: Recebido pela missão "Bad party", avaliada por Jhonn Stark e atualizada por Orfeu.] Bolso interno da jaqueta

♦ {Resistance} / Jaqueta [Feita externamente de couro negro batido(o que já dá à vestimenta a resistência de uma armadura de couro), aparentando ser uma jaqueta comum, Resistance oculta suas verdadeiras propriedades de proteção em batalha. Internamente revestida por mitral, fornece grande resistência à semideusa, além da leveza característica do material, de modo que o peso não a prejudica quase nada. Além disso, o item recebeu o encantamento defensivo contra fogo, tornando-se completamente imune ao elemento – não dá imunidade à usuária, apenas à jaqueta.] {Couro e mitral} (nível mínimo: 27) {Controle sobre o Fogo} [Recebimento: The Dragon's Flame - Forja de Harry S. Sieghart]

♠ {Toxic}/ Moeda [É uma antiga moeda americana feita de ouro, que quando a semideusa desejar soltará um aroma doce e enjoativo, que fará todos que estiverem a até 3 metros ao redor se sentirem cansados e doentes. Pode ser usada uma vez por missão, dura dois turnos.] {Ouro} (Nível mínimo: 30) {Nenhum elemento} [Recebimento: Missão "Ringue de Luta", avaliada por Selene e att por Asclépio.] Bolso da calça

❖ Braçadeira argilosa [Bracelete de terracota de textura rústica e irregular, de tonalidade avermelhada. Ao ser ativado o item recobre o corpo do semideus com uma camada de argila e amplia sua resistência a golpes físicos em 50% por 3 turnos. 1 uso por evento. (Nível mínimo: 07) {Material: couro} [Comprado de Lavínia Cavendish] Braçadeira, pulso direito
Elixir da Vida (forte): Recupera 60 HP. [60 Dracmas]
Elixir da Energia (titânico): Recupera 100 MP. [100 Dracmas] Ambos no bolso da jaqueta
Poderes:
Neste turno, nenhum relevante, mas para fins interpretativos, considerar todos os passivos.

With: GRANDINE <3

Wearing: Jeans, blusa branca, jaqueta.

Where: Crazy Hour

Listening: Bright - Lindsey & Echosmith
Nights are good
And that's the way it should be.
Tks, Jay
Ayla Lennox
Mentalistas de Psiquê
Mensagens :
974

Localização :
EUA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Kaya Mahn-Sunwoo em Qua 24 Fev 2016, 16:47

Your mind is in DISTURBIA
It’s like the darkness is the light
Am I scaring you tonight?



Já estava bem escuro quando Vanessa girou a cadeira negra que estava próxima da mesa de alumínio com um adesivo referente à lanchonete "Sweet Candy". A casquinha de sorvete com olhos, boca e um par de braços brancos acenando para algum ponto difícil de ser definido fazia a garota suspirar pesadamente. Detestava parques, depois de sua última aventura.

No entanto, ela progredia desde o passeio noturno com seus supostos amigos. A preocupação com Jenna sumia gradativamente, pois sabia que seu irmão era capaz o suficiente de cuidar dela. Precisar se afastar? Talvez não. No entanto, o ódio que sentia do grupinho de pirralhos que tentaram pregar uma peça nela impedia qualquer demonstração de afeto.

Crianças rindo e brincando no cair da tarde enquanto os pais se atrapalhavam com fichas e dólares nas mãos passavam a todo o momento. "Patético", ela debochou. "Quando as coisas ficarão mais divertidas? Eu realmente preciso achar outro lugar para morar, Nova York já está enjoativa demais."

obs:
essa interação se passa depois da missão Parque do Terror que eu ainda não terminei, então sem mimimi. Estou interagindo com Lyssandre Rotlow. vlw flw q



Thanks Tess
Kaya Mahn-Sunwoo
Filhos de Deimos
Mensagens :
17

Localização :
Find me, baby

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Henry Lewis em Qua 24 Fev 2016, 17:06


Crazy Hour♛
I'm dating everyone, 99% Angel, perfect, but that 1% is bum.


Não aguentava mais ficar trancado no acampamento, alguma coisa me dizia pra sair de lá. E foi o que fiz, e como sempre, não sai antes de pegar minha faca e meu anel.

Caminhei por alguns minutos, sem rumo ou destino. Depois de um tempo perambulando pela rua, avistei um parque de diversão. Já estava de noite, e por incrível que pareça o local estava parcialmente vazio, a maioria das pessoas no local eram casais apaixonados. Porém, algo me fez querer entrar lá.

Depois de hesitar um pouco, entrei.

Caminhei por entre os brinquedos procurando algo que pudesse me satisfazer, mas nada era realmente interessante pra mim. Resolvi que iria até a parte onde vendia comidas para ver se achava alguma distração.

Vi de longe uma mulher ao fundo, sentada em uma mesa de uma sorveteria, algo me dizia que deveria falar com ela, por que? Nem eu mesmo faço ideia, porém não questionei e caminhei em direção a ela, afinal não tinha nada a perder.

— Olá Moça! Tudo bem? — Disse enquanto me sentava na cadeira em sua frente. — Não me pergunte o que estou fazendo... Por que também não sei.

Ótimo, agora ela iria achar que eu era um panaca.

Companhia: Vanessa humor: Indiferente post: 01
Henry Lewis
Filhos de Hades
Mensagens :
149

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Kaya Mahn-Sunwoo em Qua 24 Fev 2016, 17:18

Your mind is in DISTURBIA
It’s like the darkness is the light
Am I scaring you tonight?



Uma das sobrancelhas da ruiva se levantou em um ângulo que demonstrava ceticismo. Ela segurou uma porção de respostas ácidas, pois queria companhia. "Vamos ver até quando esse garoto consegue me suportar sem se borrar de medo". Com um sorriso simpático, ela inclinou a cabeça para sua esquerda.

— As pessoas em Nova York são sempre assim, diretas? — ela usou seu tom mais afável, algo longe do que realmente desejava. — Sente-se, eu não mordo.

Uma garçonete com orelhas de urso presas no cabelo tingido de azul por uma tiara surgiu com um bloco de pedidos. Não eram os únicos ali, algumas famílias e casais aproveitavam as últimas horas da tarde.

— Dois milk shakes, por favor — Vanessa se adiantou. — Se possível, gostaria que o meu não viesse com as raspas de chocolate que as lanchonetes dessa cidade desordenada sempre colocam. Minha saúde agradece.

Com um sorriso forçado, a garota de cabelo colorido saiu e foi até o balcão para pegar os pedidos. Tirando um espelho do bolso de sua calça, ela ignorou o rapaz por alguns instantes para arrumar o batom roxo que sempre usava.

— O gato comeu sua língua? — ela brincou guardando o acessório e analisando cada milímetro do sujeito que estava na sua frente. "Fácil de usar, simples de jogar fora. Gostei, esse fica para minha coleção".

obs:
essa interação se passa depois da missão Parque do Terror que eu ainda não terminei, então sem mimimi. Estou interagindo com Lyssandre Rotlow. vlw flw q



Thanks Tess
Kaya Mahn-Sunwoo
Filhos de Deimos
Mensagens :
17

Localização :
Find me, baby

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Parque de Diversão Crazy Hour♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 02:57

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 23 de 23 Anterior  1 ... 13 ... 21, 22, 23

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum