Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Página 5 de 18 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 11 ... 18  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por 065-ExStaff em Dom 29 Maio 2011, 17:05

Relembrando a primeira mensagem :

Ainda na área perto dos cassinos, a Boate Paradise é um dos locais mais movimentados de Las Vegas. Por sorte, um dos sócios é filho de Dionísio e permite a entrada direta de meio-sangues, sem precisar a enorme fila que tem do lado de fora e ainda é liberado a bebida. Porém a qualquer indício de briga, são retirados a força ou por magia, o filho de Dionísio tem seus truques.





065-ExStaff
avatar
Indefinido
Mensagens :
597

Localização :
Pelas sombras da noite...

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Helena J. Eickenberg em Sab 02 Fev 2013, 23:16

The Decision


# Post 05
# Anne Elle Kammie | Filha de Éolo
# Las Vegas | Beco perto da Boate Paradise
# Vestindo – Clique.

Agora que a dor tinha parado, meus sentidos tinham voltado revigorados. Ao escutar o movimento do garoto, imediatamente meus olhos o encontraram. Ele se aproximava arrastando pelo chão. Ou era muito burro ou era muito corajoso.

O garoto mesmo estando ferido se colocou de joelhos diante de nós e começou a falar. Ele estava me impressionando e de qualquer forma, não poderíamos deixa-lo ali. Ele provavelmente contaria de nosso encontro e de meu surto. Vivo ele poderia até ter algum valor, já que mantinha um desejo de vingança e isso poderia ser poderoso. Observei o que ele desenhava no chão com sua adaga. Símbolos sem sentidos para mim. Olhei para feiticeira esperando que ela soubesse os explicar.

O garoto gritou em pura fúria e isso me levou a aproximar. Pisei no peito dele com o salto afundando ali com força e o fitei, sorrindo de modo totalmente psicótico. Foi quando notei os seus olhos vermelhos e suas palmas das mãos que brilhavam. Interessante. Ele poderia realmente ser útil.

- Não quero sua ajuda e não preciso dela. Você não passa de um inseto inútil para mim, como disse. Eu estou com uma sede gigante de sangue e quando vejo esse líquido escapando de seu corpo a vontade é tão grande de mata-lo... Ouvir seu coração parar de bater. Era o que me acalmaria nesse momento, mas não deixarei esse impulso me tomar. – Disse friamente, passando a olhar para Alexia por um momento e depois voltando a atenção ao garoto. – Esse será meu primeiro passo ... Você vai comigo, garoto. Isso não quer dizer que vou ajuda-lo. Se não aceitar, você morre. – Assoviei e depois de alguns minutos, um grifo pousou atrás do garoto. Assenti para Nick e ele entendeu o recado. Se fugir, ele morre. – Pode soltá-lo, Ale?

Novamente olhei para o céu e estendi a palma de minha mão, uma trovoada anunciou a chuva e com esta o vento. Respirei fundo, sentindo a água cair sobre meu corpo e lavar o sangue de minhas roupas. Retirei a bota do peito do garoto e novamente me aproximei de Alexia, esperando a resposta dela.
Helena J. Eickenberg
avatar
Indefinido
Mensagens :
662

Localização :
Desconhecida

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bruce L. Salazar em Dom 03 Fev 2013, 19:15

.
• O que me aguarda? •


Ele sorrira com aquela conversa agradável, mas algo parecia lhe incomodar do lado de fora da boate. Alguns trovões podiam ser ouvidos, mesmo com o barulho altíssimo do som da boate. Levantando-se e passando pelo meio da multidão, chegara finalmente a porta da boate. Saindo de lá, ignorou o poder que sentia vindo de peto e colocou o gorro de sua blusa. Andou tranquilamente pelas ruas de Las Vegas, vendo os turistas e rindo dos pobres coitados. Eles podiam achar que estavam sempre protegidos, mas sempre morreriam por coisas idiotas ou por motivos fúteis. A vida humana valia o que realmente eles pensavam que valia? Lentamente, ao ouvir um barulho de freio, despertou. Aqueles pensamentos poderiam ser de um psicopata que não via a importância da vida ou simplesmente o ponto de vista de um semideus, utilizando do ponto de vista de um divino? Realmente, eram engraçados. Acham que os semideuses são seus escravos. Pensamentos que podem ser considerado idiotas por alguns naquele acampamento, e, por outros, ser considerado um pensamento normal. Ele não queria saber qual dos lados estava com a razão, não mudaria em nada de sua vida.

Após alguns segundos, o semideus já estava na estrada de Nevada, correndo para qualquer local. Aonde pararia? Nem ele sabia. Destinos? Todos os possíveis.

Levado:
♠ Black Beast [Besta de repetição com o formato de uma Desert Eagle, é preta e tem detalhes (runas) feitas em ouro. Se transforma em uma pulseira com pingente em formato de caveira negra com um tiro na testa. Seus virotes são modificados, estes tem a propensão de manter o fogo, porém as chamas não provém dos virotes; além disso, ainda tem o poder de projetar qualquer ataque do arco e flecha dados para o semideus por Apollo.]
♠ Botas de Hermes [Um par de botas entregue diretamente por Lord Hermes. É indestrutível, por ser um item vindo de um Olimpiano e pode variar de modelo, sendo o seu modelo original uma bota de ouro com asas também de ouro, com detalhes em azul e em vermelho. Nas missões, pode utilizá-las apenas para ir de um lugar para o outro, em velocidade igual a do Som (1228 km/h), as botas guiando-o sem fazê-lo se cansar, porém não podendo ser utilizadas em batalha]
♠ Colar de Esmeralda Negra [Colar feito a partir de uma esmeralda, que, por causa da alma de Lucas, ficara negra. Possui, selado dentro de si a alma de Lucas, sendo que ela pode ser utilizada quando Dammyen quiser, trocando a personalidade e a mentalidade, ou dividindo-a. Útil para controlar Dammyen e seus ataques psicóticos. Não é possível, porém, utilizar os itens E/OU poderes de Lucas por Dammyen]
♠ Lâmina dos Assassinos [Duas Hidden Blades de titânio, feitas com alguns detalhes de carcaça de dracaena, indestrutíveis. Possuem suas lâminas bem afiadas, proporcionando um corte puro]

Observação:
Como eu não sei se a Ale e a Anne vão dar uma de loucas e tentar me matar, ou matar todos os que estão dentro da boate, é melhor eu sair daí antes de morrer, de novo
Bruce L. Salazar
avatar
Indefinido
Mensagens :
970

Localização :
Hell

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Alexia Sinclair em Seg 04 Fev 2013, 02:31



Like an army, falling
One by one by one



A decisão da antiga vingadora me tomou de surpresa. Levá-lo conosco? Ela estava a falar sério? Como seria possível? Por um momento a olhei incrédula, sem conseguir absorver direito a informação. Primeiro ela superava o orgulho e me pedia ajuda, que de certo ela precisava, e depois decidia levar a um semideus fraco junto. Eu poderia matá-lo e sanar todos os perigos que ele representava. De deixar escapar alguma informação sobre nós. Fomos grandes inimigos, mais perigosas que monstros, muitos procuravam por nós. Se aquele garoto falasse algo iria por os vingadores e outros justiceiros atrás de nós.

-Está seria? – falei em um tom baixo para que ela apenas escutasse.

E estava, ela pediu para soltá-lo. Respirei fundo para evitar um resmungo. Não acreditava que estava fazendo isso, mas estalei os dedos desfazendo a magia de prisão, deixando que o garoto se movesse, mesmo que estivesse tão machucado. Tudo bem, ele tinha um pouco de ousadia, mas isso não significava coragem, estava mais para idiotice. O garoto tinha falado e falado, abobrinhas de quem queria fazer algo e não podia por ser tolamente fraco.

-Idiotas que não sabem ficar fortes por si só são apenas idiotas, não se esqueça Anne Elle. Se ele fizer algo que eu não goste eu mesmo o mato, sem nem torturá-lo porque ele não merece meu gasto de energia, é um nada que será um nada de verdade.

Uma maldição. Seria possível e aceitável essa explicação. O problema é como o garoto havia chegado nessa conclusão. O que ele sabia poderia morrer com ele sem incomodar ninguém. Eu era pura magia, sabia como quebrar maldições e lançar outras. Mas Anne Elle havia decidido levá-lo. Esse era o problema. Apesar de aceitar que não era mais uma assassina descontrolada, não me incomodava e até preferia usar a morte como uma arma silenciadora.

Observei quando Anne invocou o seu grifo. Não sabia que ela tinha um. Respirei fundo novamente, parecia que não havia escolha e apesar de contrariada levei os dedos até meus lábios e assoviei duas vezes chamando por Kyrian. Usei a magia de voo para alcançar a altura dos prédios e montei em meu grifo ainda no ar. Ele me aguardava, batendo suas enormes asas para manter-se o máximo possível na posição no ar. Não levaria aquele peso morto, agora era de Anne até incomodar-me o suficiente para dar um fim. Porém a esperei, afinal estávamos juntas, como parceiras.


thanks juuub's @ cp!
Alexia Sinclair
avatar
Filhos de Hécate
Mensagens :
481

Localização :
Se me encontrar posso ser a última coisa que veja

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Eddard W. Dayne em Seg 04 Fev 2013, 15:37

Destino



Enzo não esperava que a menina o aceitasse e sim, que o matasse. Quando a mesma fez isso e começou a falar, ele a olhou nos olhos e deu um leve sorriso, mas não um sorriso de quem havia conseguido o que queria e sim um sorriso de quem conhecia as pessoas. O Filho de Morfeu encarou a amiga da menina que possivelmente era uma Feiticeira, seu sorriso se alargou pois a mesma expressão que se via na anjo se via na feiticeira, receio de ele trair-las e contar tudo para quem quiser. A Feiticeira não gostou da ideia do semideus ir junto mas mesmo assim atendeu o pedido da sua amiga e o soltou. Ele se levantou com um pouco de dificuldade, andou até sua espada que estava encostada na parede e a pegou, usando a mesma como apoio.

- Eu vejo nos seus rostos o receio de eu falar para alguém sobre tudo que aconteceu aqui. Percebo que você, feiticeira, pretende de me matar e para você não passo de mais um semideus fraco. Sei que são perigosas, mais perigosas que monstros e fortes suficientes para derrubar até... Deuses. Eu não irei falar nada, pode ter certeza, nunca vi o que aconteceu aqui. Eu irei ajudar vocês do jeito que posso e irei treinar, para poder me igualar a vocês, algo que sei que nunca acontecerá, pois se tornar forte como vocês é algo muito impossível. Mas irei me tornar forte o suficiente para não prejudicar vocês, juro pelo Estige. - Disse o semideus, olhando para a feiticeira e para a menina que o aceitara.

Suspirou e viu que nada que tinha tido mudou alguma impressão das semideusas tinha sobre ele. Olhou na direção da garota e levou a mão livre ao bolso, pegando um cigarro, levando o mesmo aos lábios. Acendeu o tal olhando nos olhos da Anjo Negro.

Vingança.
Eddard W. Dayne
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
323

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Helena J. Eickenberg em Qua 06 Fev 2013, 14:44

The Decision


# Post 05
# Anne Elle Kammie | Filha de Éolo
# Las Vegas | Beco perto da Boate Paradise
# Vestindo – Clique.

- Eu ainda não resolvi se vou treiná-lo, ele ainda não se mostrou digno. No momento ele me parece apenas um inseto tentando escapar da morte. Algo que me interessou levemente é esse sentimento de vingança que exala dele, posso sentir daqui...

Alexia não estava satisfeita com a minha decisão, isso estava evidente, mas eu não precisava da permissão de ninguém. Minha atenção foi para o garoto ao ouvi-lo falar. Uma risada totalmente irônica escapou de meus lábios e eu me aproximei dele, levando a mão na garganta do mesmo e utilizando-me do ar para erguê-lo enquanto o olhava intensamente e friamente. O cigarro dele agora estava no chão e eu pisei em cima deste, apagando-o.

- Você nunca se igualará a nenhuma de nós, coloque isso na sua cabeça. No momento você é um obstáculo que tento contornar, apenas isso. Agora me faça um favor e cale a boca, não quero ouvir mais esses seus discursos! Quando todos estivermos em um lugar mais reservado, quero que conte o que sabe sobre maldições e como descobriu que devo estar amaldiçoada. – Disse friamente e de forma grossa, olhando-o nos olhos. – Suba no grifo.

Assim que o semideus montou em Nick, este levantou voo para se encontrar com Alexia. Suspirei longamente, olhando em volta para me certificar de que ninguém espreitava, observando-nos. Olhei para o céu e concentrei-me nas nuvens, fazendo-as apartar e a tempestade diminuir até acabar. Minha mão direita estava esticada para cima, controlando o final da tempestade. Antes que acabasse, fiz um raio cair em frente a boate e logo escutei os gritos de alarde. Coloquei meu casaco de couro e embainhei a espada, escondi a adaga em minha bota e a faca do garoto caída no chão. Um sorriso doentio apareceu em meus lábios e eu agitei as asas negras, impulsionando o chão para levantar voo. Encontrei a feiticeira e voei ao lado da montaria dela.

- Precisamos de um hotel. Descobriram minha ilha e não posso mais ficar por lá. –Uma imagem de Revenge Island invadiu minha mente. O único verdadeiro lar que tive em minha vida agora tornava apenas passado.
Helena J. Eickenberg
avatar
Indefinido
Mensagens :
662

Localização :
Desconhecida

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Fellp D. Oliver em Qui 14 Fev 2013, 13:21

Diversão, Álcool, etc...



Sobrevoava elegantemente por Las Vegas, fazia acrobacias, giros, cambalhotas, enfim... Estava me sentindo livre, leve e solto. Lá de cima, avistei uma grande boate que, ao me aproximar um pouco, consegui ler: Boate Paradise. "Perfeito... Bebida, dança, mulheres..." pensei. Aterrissei em sua entrada. Não sei o que os humanos ao meu lado viram, mas se assustaram quando parei ao lado deles. Falei ao segurança que eu era um meio-sangue, então ele me deixou entrar.

Olhei para todos os lados da boate. Estava bastante movimentada. A maioria das pessoas presentes estavam na pista de dança. Caminhei até o bar e me sentei na banqueta. A atendente, do outro lado do balcão, veio até mim, perguntando o que eu desejava. Fitei a atendente por alguns instantes antes de responder. Ela tinha longos cabelos lisos loiros presos a um rabo de cavalo e profundos olhos azuis, vestia uma blusa social com um pequeno decote na cor branca e uma calça social preta.

— Me vê uma dose de Red Label. — Disse a ela, então joguei uma nota de 10 dólares na mesa.

A moça se virou e ficou na ponta dos pés para pegar a garrafa de Red Label, não pude evitar de olhar seu traseiro. Quando ela se virou, disfarcei. Olhei ao redor e parecia que a boate ia ficando mais lotada a cada minuto.

— Aqui está, senhor. — Disse a atendente.
— Valeu, gracinha. — Respondi a ela, dando uma piscadinha.

Ela deu um sorrisinho e foi atender outro cliente. Tomei dois goles de meu whisky.

— Que lugar agradável... — Disse a mim mesmo.
— Olá. — Disse uma voz feminina ao meu lado.
Fellp D. Oliver
avatar
Filhos de Éolo
Mensagens :
440

Localização :
Sou errado, sou errante, sempre na estrada, sempre distante.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Rosalie R. Penedo em Qui 14 Fev 2013, 14:01


Sedução
Um jogo fatal

Sabe aqueles momentos em que você não aguenta mais nada, que a comida não desce, que o seu humor matinal começa a ser o mesmo, naquela rotina de sempre? De vai e vem, pois é. Rosalie estava assim, não tinha mais “saco” para aguentar o camping. Precisa relaxar, precisa sair. De onde? Do local no qual lhe deixava cheia; O Acampamento Meio-Sangue.

Era noite, o clima não era tão frio assim. O movimento começava a cair, os guardas começavam a se recolher. Quer momento melhor para dar “aquela fugidinha”? A prole de Deméter sabia a hora certa de sair de um local, e ir para o outro. Seus meios-irmãos, agora dormiam. Ela suspirou a beira da cama, se erguendo.

Tomou um calmo e relaxante banho, perfumou-se. E tratou de achar um bela roupa, um vestido preto de seda. Um salto-alto da mesma cor, e armas. Sim, não erra burra. Na meia-calça, guardou sua faca, presa ao elástico. No alto do peito, um medalhão. E no pulso um bracelete, de bronze sagrado.

Retocou sua maquiagem, passando um bom batom, de cor leve. Afinal uma coisa era maquiar-se, outra bem diferente, era incorporar o Curinga. Depois disso, ajeitou o cabelo. Passou a mascara de cílios e pronto, saiu silenciosamente. Após sair do chalé 4, a semideusa tratou de driblar as Harpias.

Já tinha feito isso algumas vezes, já tinha se tonado monótono. Fora então dos limites territoriais de seu novo “lar”, Penedo virou-se encarando a rua.

O tempo passou, e ela finalmente tinha encontrado uma atração, uma boate. Parecia movimentada, até demais. As luzes encheram os olhos da menina, que passo a passo adentrou a danceteria. A musica era alta, os ritmos diferentes. A decoração também tinha um bar e a típica pista de dança.

Quando ela pode perceber tudo, captou uma pessoa ao seu campo de visão. Magro, cabelos negros. Parecia feliz, de certa forma chamou sua atenção. Observou ele pedir a bebida e sentar-se, a filha da agricultura sabia o que fazer. Interceptou a garçonete com um sorriso sínico, fitou-a e lentamente escorregou alguns dólares a bandeja dela.

- Um vinho tino para aquela mesa. Obrigada

Lançou seu indicador para onde o adolescente se sentava, e avançou lentamente. O Barulho do salto fino da menina não era ouvido, pelo alto som. Mas foi chegando cada vez mais perto, quando estava a pequenos centímetros do meio-sangue. Escorreu sua mão até seu ombro chamando sua atenção, mordeu seu lábio inferior falando em seu ouvido.

- Olá

Voltou à posição original, sentando-se a sua frente. Piscando para ele, vendo seu pedido chegar. Bebeu um pouco mexendo o canudo junto ao liquido.

- Semideus. Rosalie Roussew Penedo. Encantada

Logo esticou sua mão até ele, com a esperança desta ser beijada

Armas Levadas:
@ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

@ Medalhão de Foice [Um medalhão com um pingente de Foice que quando acionado se transforma em uma grande e afiada Foice. Quem tocar no medalhão sem a permissão do Filho de Deméter fica paralisado por dois turnos][Presente de reclamação: By Deméter]

@ Pulseira de Cereais [Pulseira com vários pingentes de cereais como trigo e aveia que se transformam em um grande escudo de bronze sagrado quando o Filho de Deméter desejar usá-lo. O escudo pode ajudar no controle das plantas. A pulseira sempre volta para o braço do semideus mesmo que ele a perca.][Presente de reclamação: By Deméter]



Template by thepiscina from TdN. editado por Hurricane

Rosalie R. Penedo
avatar
Filhos de Deméter
Mensagens :
49

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Fellp D. Oliver em Qui 14 Fev 2013, 14:27

Primeiramente, olhei para a mão que estava apoiada em meu ombro, depois, vagarosamente levantei a cabeça e meus olhos encontraram os da garota. Lentamente, ela retirou sua mão de meu ombro. Sentou-se na cadeira à minha frente e me lançou uma piscadinha. Luzes vermelhas, amarelas, azuis e verdes vindas de pequenos holofotes passavam por seu rosto. A menina tinha cabelos... claros. Não consegui distinguir a cor exata devido ao jogo de luzes da boate. Bonita. A garota era sim, muito bela. Usava um vestido preto e no alto do peito um medalhão.

— Semideus. Rosalie Roussew Penedo. Encantada. — Logo esticou sua mão até mim, com a esperança desta ser beijada.

Sorri pra ela. Segurei sua mão levemente, observei que em seu punho estava um bracelete de bronze sagrado, me inclinei pra frente e beijei as costas de sua mão.

— Fellp Oliver. Muito prazer. — Apresentei-me ainda segurando sua mão. — Uma bela moça como você desacompanhada? Isso é raro.

Lancei um sorriso leve para Rosalie, que me devolveu. Então notei o batom de cor leve em seus lábios e a maquiagem em sua face. A menina estava deslumbrante. Seus olhos brilhavam como as estrelas.
Fellp D. Oliver
avatar
Filhos de Éolo
Mensagens :
440

Localização :
Sou errado, sou errante, sempre na estrada, sempre distante.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Rosalie R. Penedo em Qui 14 Fev 2013, 15:16


Sedução
Um jogo fatal

Sair do acampamento foi uma boa ideia, uma ótima. Rosalie manteve aquele sorriso malicioso, e o alargou quando o semideus beijou sua mão. Tomou mais alguns goles sem desviar os olhos dele, recolheu seu canudo para dentro do copo. Ainda sim tentava não ser atraente demais, apenas observava os olhos dele.

— Fellp Oliver. Muito prazer. – Ele manteve seu palmo sobre o dela, a garota prestava a atenção. — Uma bela moça como você desacompanhada? Isso é raro

Raro? Raro eram homens como aquele semideus. A prole de Deméter sorriu, em quanto escorregava sua mão até a mesa, arqueando sua sobrancelha. Remexendo suas mechas rebeldes de seu cabelo.

- Antes só do que mal acompanhada querido! – Falou em quanto aproveita sua bebida. O álcool tinha um efeito diferente sobre ela, todos tinham. – Então, Fellp, és filho de qual deus?

Voltou a mover sua mão, desta vez a até a dele. Levemente, tentando não deixa-lo incomodado.


Armas Levadas:
@ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

@ Medalhão de Foice [Um medalhão com um pingente de Foice que quando acionado se transforma em uma grande e afiada Foice. Quem tocar no medalhão sem a permissão do Filho de Deméter fica paralisado por dois turnos][Presente de reclamação: By Deméter]

@ Pulseira de Cereais [Pulseira com vários pingentes de cereais como trigo e aveia que se transformam em um grande escudo de bronze sagrado quando o Filho de Deméter desejar usá-lo. O escudo pode ajudar no controle das plantas. A pulseira sempre volta para o braço do semideus mesmo que ele a perca.][Presente de reclamação: By Deméter]



Template by thepiscina from TdN. editado por Hurricane

Rosalie R. Penedo
avatar
Filhos de Deméter
Mensagens :
49

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Fellp D. Oliver em Qui 14 Fev 2013, 17:29

— Antes só do que mal acompanhada, querido! – Respondeu ela em quanto aproveitava sua bebida. O álcool tinha um efeito diferente sobre ela, todos tinham. — Então, Fellp, és filho de qual deus?

Discretamente ela colocou sua mão sobre a minha. Ela parecia estar querendo não me assustar, querendo não ir rápido demais. Decidi fazer o mesmo, não sendo rápido ou ofensivo demais, continuei a conversa:

— Sou progenitor de Éolo, o senhor dos ventos. — Respondi. — E a senhorita?
— Sou devota de Deméter, deusa da agricultura, colheita, fertilidade...
— Puxa, imaginei que fosse filha de Afrodite devido essa sua elegância.

Acho que estava indo bem nas palavras. A garota não havia tirado o sorriso de seus lábios por nenhum momento até então. Sei que as vezes pareço um tanto bajulador, mas esse é meu jeito mesmo, e só sei agir assim.

— Hum... Um bajulador. — Disse ela.
— Apenas digo a verdade, mocinha. — Respondi e voltei a beber meu whisky. — Diga-me, a quanto tempo você está no acampamento?
Fellp D. Oliver
avatar
Filhos de Éolo
Mensagens :
440

Localização :
Sou errado, sou errante, sempre na estrada, sempre distante.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Theon Stark em Sab 16 Fev 2013, 19:05

Suspirei e olhei na direção da minha cama agora desarrumada. Revirei os olhos e me levantei, pegando minha toalha e indo tomar um banho gelado.

Tomei o banho e me vesti, colocando uma camisa preta de manga longa, com buracos para eu colocar os dedões da mão, uma calça jeans preta e all-stars pretos. Olhei na direção das camas mais uma vez e saí dali.

Estava em um bus, na direção de Las Vegas, eu estava nervoso por que a qualquer momento uma velha senhora poderia se transformar e ser um monstro com sede de sangue pronto para me matar. Mas ninguém se aproximava de mim, talvez por que eu sou filho da Morte. Cheguei em Las Vegas depois de muito tempo, mas sorri. Pedi um táxi e fui na direção de uma boate conhecida por muitos semideuses, a Boate Paradise. Coloquei o capuz e entrei na boate, queria matar.

Assim que entrei percebi logo vários semideus, o que me fez sorrir. Fui até o balcão e pedi um Whisky e vi que tinha dois semideuses ao meu lado, sorri, eles seriam minhas vitimas. Levei minha mão a faca e olhando ao redor, percebi que estava tudo calma e o som alto irei fazer com que o casal não escutasse eu me aproximando. Tirei a faca da bainha e me aproximei com o copo de Whisky na mão. A escuridão do local fazia com que a faca ficasse oculta, então assim que me aproximei do casal, entrei em ação.

Joguei o copo com o Whisky na direção da cabeça do menino e logo em seguida, desferi um golpe preciso com a faca na direção do pescoço do menino. Sorri ao ver a lâmina atravessar carne e osso, chegando ao outro lado do pescoço do menino. Tirei a faca do pescoço dele e fiz com que meu pingente se transformasse em uma foice. Olhei na direção da menina e fiz um arco com a foice, cortando uma das pernas da garota, o que fez a mesma cair no chão em uma poça de sangue. Sorri e joguei o corpo do garoto no chão, uma poça do seu sangue estava nos meu pés, assim como uma poça do sangue da menina.

Bati com o cabo da foice na cabeça do menino, que ainda estava vivo, sorri e cortei com a foice seu peito, fazendo com que mais sangue jorrassem e assim, o menino morresse. Olhei na direção da garota e me aproximei dela, com uma faca na mão e a foice na outra. Chutei o rosto dela e percebi que agora o som havia parado e todos estavam correndo, a menina estava quase desacordada, mas peguei um copo de Whisky que estava na mesa e joguei no rosto dela, fazendo ela ficar acordado. Peguei seu braço e a arrestei para fora dali.

Joguei a menina no chão e sorri, não havia falado nada desde que eu cheguei o que me fez pensar por que aquele verme deveria escutar minha voz.


- Desculpe, essa noite deveria ser uma noite boa para você... Mas como filho de Thanatos, não resistir a matar alguns semideus hoje. - Disse, com um sorriso nos lábios.

Arremessei a faca na direção do braço da menina, mas talvez por falta de prática a faca pegou em seu ombro, o que a fez gritar de dor. Peguei uma das minhas adagas e me aproximei dela com um sorriso demoníaco nos lábios. Enfiei a adaga em sua barriga, o que a fez gritar mais uma fez, senti a carne dela com a adaga e girei a mesma, fazendo com que a mesma gritasse mais uma vez. Sorri e me afastei, alguns metros. Girei os calcanhares desferindo um golpe com a foice na direção da cabeça da menina, cortando a mesma fora.

Olhei para o corpo da menina no chão e sua cabeça longe, uma poça de sangue jorrava ali. Fiz com que a foice voltasse a ser um pingente e me aproximei do corpo da garota, tirando a adaga de sua barriga. Limpei a adaga na roupa dela e sai dali, com um leve sorriso nos lábios. Estava voltando agora, para o Acampamento.

Armas levadas e usadas:

• Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]
• Adaga Normal (x4) (Item comprado na loja do Camp; att em 31/01/2013) (Nível mínimo: 1)
• Colar com um pingente em forma de foice (Quando o acionar o pingente, se transformará em uma foice, conhecida como a Foice da Morte. O cabo é feito de ouro negro, sua lâmina é de Bronze Sagrado. Ajuda no controle de almas) [Presente de Thanatos]
• Anel de prata com uma safira negra (Quando o usuário quiser, uma aura negra o envolve. Faz com que a áurea recupere 30% do HP uma vez por missão)[Presente de Thanatos]

Poderes e Habilidades usados:

Influência sobre o medo {Nível 01} - As pessoas perto de você podem entrar em pânico só por sentir sua presença, um estado de choque ao ver que você estará por perto, sendo filho da Morte. Se manterão longe e podem até hesitar um ataque em um nível maior, admitindo o poder do semideus.

Perícia com foices {Nível 01} - O filho de Thanatos possuirá uma agilidade perfeita no manuseio de foices. A flexibilidade e agilidade para realizar golpes incríveis com a arma, se destacando em especial com elas. Podem reparar e bloquear golpes sem nenhum problema quando estão armados da foice.

Personalidade de Ceifador {Nível 01} - Essa habilidade é praticamente um indicador das características dos ceifadores. Eles são disciplinados(Cumprem ordens e não são punidos de forma injusta), frios(Não caem em chantagens emocionais, não possuem pena), secos(Podem ser grossos e provocar a inimizade dos outros com facilidade), concentrados(Não são afetados por charme ou beleza) e focados em seu dever(Abandonam todas as tarefas para o chamado da morte). Por ser algo mutável de meio-sangue para meio-sangue, o semideus poderá escolher três características, sendo que uma delas é obrigatoriamente o foco. {New}

Código:
 Obs; Se os semideuses fizerem suas ações corretamente defendendo do meu primeiro golpe, o restante será cancelado e assim eu continuarei a postar. Mas se eles não se fizerem corretamente, estão mortos e eu estarei voltando para o Acampamento Meio-Sangue.
Tem 24 horas para se defenderem. 
Theon Stark
avatar
Indefinido
Mensagens :
25

Localização :
Atrás de você, pronto para matá-lo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Fellp D. Oliver em Sab 16 Fev 2013, 22:04

Antes que Rosalie respondesse minha pergunta, comecei a sentir um cheiro estranho, um cheiro de carniça ou algo familiar. Meu olfato apurado de filho de Éolo não falhava, o cheiro que sentia era de morte. Olhei para o lado e, de repente, um copo de whisky foi jogado em minha cara, me molhando e abrindo um corte em meu supercílio . Olhei para o a direção de onde o copo veio e um garoto estranho tentou atingir meu pescoço com a faca. Rapidamente, graças a minha agilidade de progenitor de Éolo nível 9, que permite com que eu desvie rapidamente de vários ataques, consegui me esquivar de seu golpe, saltando da cadeira e fiquei flutuando no ar. Lentamente, aterrissei tranquilo no chão, encarando o menino.

— Quem você pensa que é? — Questionei-o.
— Desculpe atrapalhar a conversinha de vocês. — Disse ele. — Permita-me que me apresente, sou Nico Stoll, filho do poderoso deus Thanatos, o senhor do pânico, e escolhi vocês dois para serem minhas vítimas esta noite.

Olhei para Rosalie, que me olhava assustava, depois olhei novamente para o garoto. Não me aguentei, ri da cara dele como se ele tivesse me contado a piada mais engraçada do mundo.

— Ai, deuses! Você, um pirralhinho nível 1 pensa que pode ferir um filho de Éolo nível 9? Não me faça rir. — Ironizei-o.

Então, o pingente de seu colar transformou-se em foice e ele olhou para a garota. Percebi que ele não estava ali para brincadeira. Antes que ele tentasse algo com ela, rapidamente, segurei Rosalie Penedo em meus braços e voei para o outro lado da boate. Coloquei ela delicadamente no chão e olhei profundamente em seus lindos olhos azuis e disse:

— Fique aqui Rosalie. Cuidarei disso.
— Espere, Fellp! — Impediu ela agarrando meu braço. — Não vá sozinho, quero ajudá-lo!
— Por favor, Rosalie, deixe-me cuidar disso sozinho. — Então segurei as duas mãos da garota, que depois me abraçou e sussurrou em meu ouvido:
— Não vou permitir que ele toque um dedo em você, se eu perceber que você está com problemas eu vou lá!

Disse a ela que tudo bem e prometi que eu não sairia de lá ferido, e dei-lhe um beijo, depois virei-me para a direção onde Nico estava, com expressão séria, e com muita vontade de acabar com ele depois de ter interrompido minha conversa e, possivelmente, ter arruinado minha noite. Caminhei lentamente em direção a meu inimigo, que me encarava com expressão furiosa, ele estava realmente sedentário de sangue de semideus. Sangue jorrava levemente acima de meus olhos, devido o corte que o copo de vidro me fez. Invoquei minha nuvem particular. Nela estava chigiriki, meu arco platinado, aljava de couro com 100 flechas e Blade, minha espada que ganhei de Deimos após uma missão bem sucedida. Saquei chigiriki. Iria fazer com que ele se arrependesse de tentar ferir um semideus de nível maior que o dele. Fiquei aguardando seu próximo movimento.

Spoiler:
Equipamentos/Armas levadas

♦ Chigiriki [Um bastão platinado que, em uma de suas pontas, origina-se uma longa corrente de bronze com um peso espinhado na outra ponta, oposta ao bastão. Facilmente gera lâminas de ar quando maneada corretamente; as lâminas tendem a tornarem-se mais danosas com o enfortecer do semideus.]{By: Éolo}
♦ Bracelete Venturoso [Além de proporcionar um controle mais amplo dos poderes, o bracelete cria, sem o comando do semideus, uma fina camada de vento ao redor do corpo dele, como um escudo, que ameniza golpes físicos. Com o evoluir do semideus, o escudo ventoso torna-se mais rígido e resistente]{By:Éolo}
♦ Arco de Prata (Arco fino. Sua envergadura flexível facilita o manuseio aumentando sua precisão. Resistente. Desenhos representado o vento compõem sua extensão e o nome Fellp D. Oliver está gravado em sua lateral esquerda) [Forja Ø]
♦ Aljava de couro (Contém 100 flechas de bronze muito afiadas. A aljava possui desenhos representado o vento em toda sua extensão tecidos por linhas prateadas e na boca da aljava se encontra o nome Fellp D. Oliver) [Forja Ø]
♦ Blade / Espada [ Uma espada prateada de 80cm, tem a função de instingar o pânico nos inimigos] {Prata} (8) {Nenhum Elemento} [Recebimento: Salvataggio - Deimos' Mission]

Obs: o Bracelete Venturoso é um acessório de minha personagem, ele está em meu pulso e não em minha nuvem.

Spoiler:
Poderes/Habilidades utilizadas:

Passivos:
♦ Respiração – Sua respiração é perfeita por ser filho de Éolo, seu olfato é super avançado, podendo assim sentir odor e reconhecê-lo. Também consegue sentir o cheiro de longe, como por exemplo, você está em um determinado local da floresta e seu inimigo está do outro, você pode sentir o odor dele.
♦ Nuvem Particular – Você tem uma nuvem que carrega seus pertences, o máximo de itens acima dela é quatro. A mesma nuvem aparece e desaparece quando você quiser bata invocá-la quando precisar.
♦ Voar – Agora você pode voar perfeitamente no ar, como se você tivesse nascido voando. Pode fazer acrobacias, voar rápido e sua agilidade ficam maiores quando está voando.

Ativos:
Nenhum. por enquanto . rs

Código:
Como contei na narrativa, salvei Rosalie R. Penedo do ataque de Nico, portanto mesmo que ela não poste dentro de 24 horas ela está em segurança e não sofreu nenhum ataque.

Código:
Aguardando novo post de Nico H. Stoll, se não postar em 24 horas significa que fugiu, amarelou, pipocou, e saiu da boate de volta pro acampamento :)
Fellp D. Oliver
avatar
Filhos de Éolo
Mensagens :
440

Localização :
Sou errado, sou errante, sempre na estrada, sempre distante.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Willian Mason em Dom 17 Fev 2013, 10:25








Treino Coletivo


Naquele dia comecei a ouvir as vozes, que me falavam coisas sobre meu destino, do dia em que eu me tornaria de um sujeito ordinário, a um sistemático assassino...






Nossa, um ônibus não era o meio mais confortável para se ir a uma boate, mas o que importava não era isso, eu só queria curtir um pouco e me aliviar do fardo que os deuses colocavam em cima dos meus ombros.

Claro, eu estava bem preparado para o caso de alguém querer me atacar, tinha os meus all-star, meu conversor de fogo, o meu elmo, que eu havia ganho de presente do meu irmão gêmeo... Enfim, haviam outras armas comigo, mas eu não vou perder meu tempo explicando todas.

Bem, o que importa é que quando eu desci do ônibus, vi várias pessoas correndo sem rumo algum. Elas pareciam apavoradas, o que e alarmou. Rapidamente transformei a minha braçadeira na minha espada, e o meu colar em outra espada. Pus meu elmo e senti um fúria tomar conta do meu corpo, eu só queria matar naquele momento.

Corri, ativando as asas de meus all-star para ganhar mais velocidade. Cheguei na porta da boate meio cansado, e vi a causa do medo de todos aqueles mortais. Três semideuses estavam lutando entre si, e pelo visto, um estava sozinho contra os outros dois.

Eu tinha certeza de uma coisa, entraria naquela briga. Mas em qual lado? O semideus filho de Tânatos - conforme eu deduzi pela foice que ele segurava - estava lutando sozinho. Eu não deixaria ele ficar em desvantagem, pois embora fosse um filho de Ares, eu sempre fui um guerreiro justo.

Eu já havia decidido qual lado iria defender, mas não poderia simplesmente atacar. Eu fiz um gesto para o filho de Tânatos, chamando a sua atenção. Quando ele pode me ver, eu movi os lábios sem produzir nenhum som: “eu estou do seu lado”.

Esperei que ele houvesse entendido, pois eu não queria ter que lutar contra três semideuses. O semideus que estava contra o filho de Tânatos havia se afastado de sua parceira, um enorme erro, já que ela estava vulnerável enquanto havia uma batalha.

Era ela que eu iria atacar. Obviamente o garoto se preocupava com ela, então, se ela morresse o garoto ficaria totalmente desconcertado. Se eu conseguisse acabar com a garota, o filho de Tânatos poderia acabar com o garoto bem mais facilmente.

Mas talvez eu estivesse subestimando a semideusa. E se ela fosse forte, mas se fingisse de fraca? Eu já havia visto muitas pessoas fazendo isso. Sim, eu teria de ser extremamente cauteloso naquele golpe, mas eu não iria voltar atrás.

Eu andei lentamente, sendo o mais furtivo possível. Quando perto o suficiente da garota, eu ergui uma das minhas espadas e então a desci em um golpe vertical, visando atingir o ombro da minha oponente.

Depois, tentei um golpe horizontal com a minha segunda espada, que se fosse bem sucedido, decapitaria a semideusa. Com um sorriso eu dei uma estocada com a espada lança e depois dei outra estocada com a segunda espada.


Itens levados:
♈ Espada-Lança da Guerra. ( Feita de titânio reforçado em ouro avermelhado. Em repouso é um braçadeira preta. Quando o usuário bem entender, pode transforma-la em uma espada de 8Ocm ou uma lança de 2m. ){'Superresistente'}

♈ Conversor de Fogo

♈ Espada de bronze [Uma espada com lâmina reluzente, que pode se transformar em um colar, cujo simbolo é um delta. Lâmina de 80 cm]

- Bracelete de Cão Infernal [Viaja nas sombras uma vez por luta, gastando muita energia]

♦ Tênis com asas [Emprestado por Tenma Castellan]

♈ Elmo da Fúria [Feito em aço com detalhes em cobre, envolve o portador com uma aura de ferocidade tão forte que ataques e magias mentais não surtem efeito sobre este. Inquebrável.]

Poderes Utilizados:
Passivos:

◊ Força Aprimorada [Nível 01]
Ares é conhecido pela guerra violenta, e por estarem a todo momento praticando essa forma de guerra com tudo o que vêem pela frente, os filhos de Ares adquirem força maior que o comum aos outros semideuses. Seus ataques diretos possuem mais força. Os músculos no corpo deles são evidentes, também.

◊ Aparência Intimidante [Nível 03]
O corpo dos filhos de Ares é bastante musculoso, e com o comportamento natural destes guerreiros é mais natural ainda que sua aparência chegue a intimidar oponentes, evitando grande parte de atitudes e investidas hostis.

◊ Ira Propagada [Nível 04]
A fúria é proeminente nestes semideuses, tornando assim inevitáveis os combates mais simples. Além disso, essa Ira pode ser projetada nas pessoas ao seu redor, essas se tornarão mais agressivas sob os efeitos deste poder.

◊ Ambidestria [Nível 05]
Habilidade que permite manusear, com eficácia, armas em ambas as mãos, seja ao mesmo tempo ou não.

◊ Perícia com Armas Laminadas [Nível 05]
Os filhos do deus da guerra são ótimos combatentes, além de meros sanguinários. Sua habilidade com armas se destaca com as laminadas, ver o sangue escorrer pelo corpo do oponente é sempre uma diversão pra eles. Seus ataques se mostram mais efetivos com tudo o que pode cortar neste nível.

◊ Desenvoltura em Batalha [Nível 07]
Os filhos de Ares, apesar de robustos, neste nível podem mover-se com precisão e facilidade. Isso os deixa, decerto, quanto semideuses treinados para escapar ou contra-atacar rapidamente.

◊ Habilidade de Guerra [Nível 11]
A capacidade de manusear todo tipo de armas com facilidade vem neste nível. É possível manusear armas de corte, armas de impacto e armas projéteis com eficácia, aumentando assim os danos causados.

Ativos:

◊ Agressividade & Selvageria [Nível 01]
Ambas são marcas de Ares, essa habilidade ajudará seus filhos a não hesitarem ao realizar seus ataques. Essa habilidade também permite que os mesmos entrem em um estado de fúria, fazendo-os ficar mais determinados do que nunca em terminar a tarefa a eles delegada. Esse trunfo só pode ser ativado mediante emoções fortes.

◊ Ofensiva Múltipla [Nível 09]
Habilidade de executar vários golpes na mesma ação, possibilitando uma investida intensa.

Código:
Eu executei quatro golpes na mesma ação devido ao meu poder "Ofensa Múltipla". Os poderes passivos que estão no spoiler são apenas para lembrar aos outros semideuses que ele sempre é assim, mas claro, ele nunca gasta nada por esses poderes

Código:
Rosalie tem 24 horas para se defender dos meus ataques, caso contrário, ela morrerá. Lembrando que Fellp nada poderá fazer para defender Rosalie, a não ser que ele queira morrer nas mãos de Nico.





Willian Mason
avatar
Filhos de Ares
Mensagens :
189

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Aahron Orwell em Dom 17 Fev 2013, 20:03

A vida tem vários momentos legais de serem curtidos. Festas, por exemplo. E um mênade era uma das melhores pessoas para aproveitar - e fazer valer o preço de um convite - numa festa.
Não por menos, Ryan havia ido para Las Vegas. Junto de seus companheiros ainda não nomeados por conta de sua falta de criatividade, chegara lá já tinha um bom tempo, bem armado, pois o mundo fora das barreiras mágicas do Acampamento Meio-Sangue não era brincadeira.
Dessa forma, vestido com um jeans surrado e uma camisa preta, além da capa (que encobria sua aljava de flechas), Ryan tinha por volta do pescoço vários colares: um de pingente de diamante; outro com uma rosa negra; o de asas; e, por último, o de contas do Acampamento. Sua mochila (que encontrava-se na Nuvem Particular junto com a espada, o escudo e o tirso) tinha em seu interior dois frascos, um dildo, uma moeda e um cantil.
Os mascotes ficaram do lado de fora (pelo menos, o dragão e a cadela infernal, visto que o panda foi "apadrinhado", apertado, mordido, e sabeseláoque por uma menina. Ele só esperava que ela não estuprasse o seu pequenino. Isto é, após um tempo de festa, o panda voltou para perto do filho de Éolo.
Claro, ele esperava não usar tudo isso.
E até estava conquistando sucesso nessa tarefa: se divertia, bebia (vinho, é claro), comia, beijava...
Até que um irritadinho decidiu terminar com a festa.
O tilintar do copo quebrou-se, e Ryan voltou seu olhar para o "bravinho", notando que, pelo cheiro, ele era um semideus: filho de Thanatos. A briga era com outros dois meio-sangues: Deméter e Éolo.
Ryan estava decididamente querendo ficar longe daquilo, mas não poderia deixar seu irmão indefeso.
Entretanto, enquanto a confusão de pessoas deixava o recinto, outro bastardo adentrou o recinto: dessa vez, Ares.
Por que vir a uma boate para beber, né?, pensou consigo Ryan. Eu posso destruir tudo, afinal.
Irritado, o dono do local - filho de Dionísio, responsável pelo local - soltou uma exclamação de protesto, do lado de Ryan, considerando que ambos conversavam sobre a vida do bebum master (conhecido por Sr. D pelos campistas).
~ Espera, cara. Não mate-os, ainda. ~ pediu, erguendo-se e colocando uma mão sobre o ombro do amigo. ~ Eu... tento resolver isso. Claro, se quiser ajudar, tirando os civis.
~ Ah, o prejuízo, o prejuízo... ~ reclamou o outro, meneando com a cabeça.
Bem, preciso de ajuda, mentalizou o filho de Éolo à cadela e ao dragão, contando com um suspiro cansado do panda. Logo, a quadrúpede apareceu em seu lado, provavelmente vindo através de uma viagem nas sombras.
Usando de seus dotes teatrais para atrair a atenção dos quatro baderneiros, Ryan ergueu os braços. Em resposta, uma proteção de videiras apareceu ao redor da atacada, a de Deméter; ainda dirigiu sua mente para a prole de Ares, tentando desmaiá-la, pois ela poderia ser um problema.
Controlou ainda certa quantidade de videiras pelos pés do de Thanatos, esperando imobilizá-lo.
Até ali, só queria contê-los.
Se tudo desse certo, tomaria o filho de Ares em seus braços e voaria com ele pro Acampamento, acompanhado de seu irmão e da namoradinha, além do de Thanatos, vigiado de perto por seus mascotes, todos sobre o dorso do dragão.
Se não desse certo... bom, ele preferia não pensar nessa hipótese. Afinal, o rugido do alto do céu noturno (seu dragão) e a expressão raivosa do filho de Dionísio diziam mais do que ele poderia explicar.
Para se proteger, ativou sua capa e sua armadura. Não morreria tão facilmente.

Poderes:
Passivos:
    Respiração – Sua respiração é perfeita por ser filho de Éolo, seu olfato é super avançado, podendo assim sentir odor e reconhecê-lo. Também consegue sentir o cheiro de longe, como por exemplo, você está em um determinado local da floresta e seu inimigo está do outro, você pode sentir o odor dele.
    Nuvem Particular – Você tem uma nuvem que carrega seus pertences, o máximo de itens acima dela é quatro. A mesma nuvem aparece e desaparece quando você quiser bata invocá-la quando precisar.
    Comunicação dos Céus - Os filhos de Éolo podem se comunicar oralmente e mentalmente com qualquer criatura que voe ou possua asas. Porém, você pode apenas conversar com eles; não necessariamente te darão atenção ou farão favores. New
    Voar – Agora você pode voar perfeitamente no ar, como se você tivesse nascido voando. Pode fazer acrobacias, voar rápido e sua agilidade ficam maiores quando está voando.
    Agilidade – Agora você é muito ágil e consegue se esquivar de vários ataques.
    Velocidade – Agora você se move tão rápido e silencioso quanto o vento.
    Level 01 ~ Benevolência alcoólica ~ Ao ingerir alguma substância como vinho, suco de uva ou qualquer outro meio retentor da fruta, adquirirá maior resistência perante os ataques de seu inimigo, assim como terá sua agilidade e força aumentadas. Sua vida e energia aumentarão em vinte pontos. {Duas vezes por missão e dura três rodadas}
    Level 05 ~ Habilidade Teatral II ~ Passa a se tornar um grande ator ou atriz, enganando e confundindo criaturas com facilidade. Por conseguir controlar seus sentimentos, consegue alterar sua personalidade por diversas vezes.
    Level 10 ~ Rei da Festa ~ Em uma festa a atenção de todos estará voltada para os Mênades, por sua habilidade destacável com dança e de animar os outros. Pode induzir facilmente alguém a dançar ou a ficar empolgado e excitado.
    Level 16 ~ Alma de Felino ~ Seu personagem adquire a capacidade de locomover através de âmbitos sem causar qualquer resquício de barulho, como um felino. Seus passos são furtivos e quase impossíveis de serem ouvidos.


Ativos:
    Level 11 ~ Escudo de Videiras ~ Consegue manipular o solo fértil/infértil para que um gigante ramo de videira surja à sua frente, defendendo seu personagens de ataques à longa distância. O escudo é resistente e dura por uma rodada, mas logo após receber os ataques ele se desfaz em raízes no chão, ineficaz.
    Level 13 ~ Vertigem ~ Dionísio também é o deus da eloquência, então ele tem certo controle da mente para passar a seus seguidores. De primórdio, tais semideuses são capazes de causar desorientação e atordoamento em seu adversário. Com esforço, podem fazê-lo sentir-se tonto - a partir do level 17 podem o fazer desmaiar; seus efeitos são passageiros e não ultrapassam três turnos.
    Level 17 ~ Controle das Vinhas III ~ Controlam as videiras do modo que desejarem, desde alongando à prender seu adversário através dos pés, imobilizando-o. Os ataques com elas se tornam mais eficazes, precisos e são mais resistentes.
Equipamentos:

Com Ryan:
    Colar com Pingente de Asas [Asas de energia pura são ativadas quando o usuário toca no pingente. As asas aumentam a velocidade do voo, mas só funcionam por três turnos em cada missão. Para elas serem ativadas e utilizadas, há um pequeno~mediano gasto de energia que varia conforme o tempo em que for usada.] {Presente de Charlie}
    Flower Guardian [Por proteger os quatro filhos perdidos de Perséfone, Aahron Orwell ganhou esta armadura diretamente da Rainha do Mundo Inferior. É uma armadura completa, negra, feita de titânio, o que caracteriza leveza e resistência, com entalhes de flores por toda a sua extensão. Ela exala um aroma que, mesclado ao odor de semideus, inibe tal substância, proporcionando um disfarce ótimo. Se transforma num colar de prata com pingente de rosa negra.] {Trama - Children of Persephone}
    Aljava com 100 flechas de bronze sagrado.
    Colar de Cristal da Luz · Pedra semelhante a um diamante, que a menor ordem pode brilhar intensamente, como um arco-íris. Seu brilho é hipnotizante, fazendo com que o oponente perca o foco.
    ♦ Lobão [Uma capa azulada d'detalhes esbranquiçados de lobos e feras. A capa pode transformar-se em três garras potentes e resistentes na mão ou um dildo com um envoltório macio e encorpado - não dá dor, ao contrário, revigora.] {Presente do Lobão -v-}


Na Nuvem:
    Espada de ouro branco [Ajuda no controle dos ventos] {By. Éolo}
    Tirso [Cajado com propriedades mágicas; leve e super-resistente, diminui gradativamente os gastos de energia e auxilia na manipulação do vinho. Possui videiras ornamentadas em sua superfície e, de guarnição, algumas uvas] [Presente de Dionísio]
    - Escudo de pele Nemeiano [impenetrável]
    Mochila (5 espaços):
      Cantil Mágico [Cantil atribuído com a benção de Dionísio; contém vinho inacabável e recupera 10HP/EN por missão] [Presente de Dionísio]
      Moeda de Ouro · Uma moeda de ouro com um arco-íris no centro. Quem a usa se torna capaz de fazer mensagens de íris ilimitadas. A moeda volta para o bolso assim que usada.
      + Elixir de Vida (Titânico): Recupera 100 Hp
      + Elixir de Energia (Titânico): Recupera 100 de Energia
      ♦ Dildo da vida [quando colocado na boca e sugado levemente, revigora todo o HP e MP do filho de Éolo, mas só funciona uma vez por ocasião]


Mascotes:
    Cão infernal pequeno (Billy) [100/100HP] ~ Poder: Laço Empático - O mascote e seu dono estão diretamente ligados emocionalmente. O que um sentir, o outro sente. Também podem se comunicar mentalmente.
    Panda [50/50HP] {Presente de Diamond e Luke sz} ~ Poder: Habilidades Panda - O Panda foi treinado por Luke, o animal obedece lealmente ao seu dono, Ryan, e consegue fazer golpes marciais.
    Dragão dos Ventos [Nome indefinido] [170/170 HP]{Presente do Painho} ~ Poder: Habilidade Dragão: Basicamente, consiste na mudança de cor da carcaça do dragão, seguindo a variação do tempo. Normalmente, ele tem uma cor acinzentada.
Resumo do post:
Eu tava na boate com o dono.
A baderna começou.
Eu tentei desmaiar Will e imobilizar Nico.
Se não houverem postagens relevantes, após 24h, considerar a saída dos cinco envolvidos do local.
Se houverem, um narrador deverá postar (Hécate já foi avisada).

PS: Não sejam idiotas. A descrição já diz que, se houver briga, o filho de Dio iria mandar todo mundo pra fora, logo, mortes nesse local serão anuladas. Eu tenho três mascotes e uma gama incrível de poderes, sendo que os outros quatros são de níveis menores. Ah, só pra avisar, quase qualquer tipo de ataque contra mim será ineficaz, considerando que posso sentir o cheiro do povo. Resumindo, não postem aqui.
Recadinho só pro Will: Se tu se defender, Gabs, eu juro que te estupro. e_e' E depois tu me chama no Skype/MSN pra eu ter uma conversa contigo, idiota preferido.
Aahron Orwell
avatar
Mênades
Mensagens :
361

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bryann Lee em Dom 17 Fev 2013, 21:20

Era aniversário de um dos meus irmãos,todos no meu chalé estávamos nos preparando para pegar um ônibus em direção a Las Vegas,alguns semideuses nos haviam indicado um ótimo lugar para se divertir a "Boate Paradise" e o melhor era que o dono do local era justamente um semideus filho de Dionísio,pegamos ônibus tranquilamente,não houve problemas durante o caminho,chegamos ao local e vimos uma fila enorme,pensei que iria demorar um tempão para nós entrarmos,de repente vejo um dos meus irmãos conversando com um garoto muito animado e entusiasmado,conseguimos entrar na boate sem passar por toda aquela fila,entramos no local ao som de Psy e seu hit mais famoso :Gangnam Style.Logo que entramos vimos uma confusão entre 4 semideuses,eu decidi que não iria me envolver na briga,afinal não estávamos ali para brigar,fui para a pista de dança me divertir um pouco.
Bryann Lee
avatar
Indefinido
Mensagens :
41

Localização :
Logo atras de vc,pronto para te matar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Eddard W. Dayne em Dom 24 Fev 2013, 09:37

Saindo

Percebi que a menina estava irritada comigo ou simplesmente era assim que ela tratava semideuses fracos. Suspirei e subi no Grifo, com extremo cuidado. Levei minha mão até meu bolso, procurando um cigarro, mas não achei cigarro e encontrei o que me acalmava mais do que os cigarros ou qualquer outra coisa, uma foto, de uma filha de Quione, Wendy.

A menina não sabia que eu tinha uma foto dela e ninguém mais sabia, eu consegui tirar quando a vi andando pelo Acampamento, dei um sorriso ao ver sua foto e encostei meus lábios na mesma, fechando os olhos. Guardei a foto e me virei para as meninas, que agora estavam no céu, na boate, era possível ouvir vários gritos. Então o Grifo bateu suas asas e subiu no ar, se aproximando das semideuses, que agora iam na direção de algum Hotel em Las Vegas.
Eddard W. Dayne
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
323

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Euriale Helsing Bluberry em Sab 20 Abr 2013, 09:23

Just look at me.

Usando e abusando dos poderes de afrodite

Meu pai havia me convidado para sair do acampamento por três dias, mandou um motorista particular me buscar por lá e levar-me até sua enorme mansão em Las Vegas a cidade do pecado. Ele me perguntou sobre uma porção de coisas doidas como namorados, amizades e criaturas mágicas mas minhas palavras sempre foram curtas bem breves de uma forma com que eu matasse sua curiosidade mas não o permitisse ver demais. Era uma noite quente e estava enclausurada em meu quarto encarando o céu escuro e perigoso, lá fora as luzes da cidade brilhavam intensamente me convidando para uma noite fora de série. Me arrumei depressa enquanto meu pai ainda estava fora e chamei um táxi, enquanto dedilhava lentamente a tela do meu novo celular a empregada apareceu tímida e disse:
-Ahn Srta. Bluberry o seu táxi chegou. Devo avisar ao Sr....
-Deve sim Madge, obrigada você é um doce sério mesmo. Diga a ele que saí com uma amiga e que eu não volto tarde.
Sem dizer mais nada entrei no táxi e disse:
-Bem Boate Paradise por favor.
Em pouco tempo já estava lá, assim que paguei o motorista entrei no local movimentado e barulhento. Enquanto esperava minha amiga me assentei no banco giratório e sorri para o bar-tender:
-Oi, eu gostaria de uma bebida que não me deixe bêbada mas que me acalme os nervos.
-Identidade.
-Desculpe não tenho. Bem me da a bebida logo?
Sem questionar o bar tender foi prepara-la mesmo que só estivesse sob meu efeito de meus encantos, ele voltou e deixou a bebida na minha frente. Tomei-a calmamente e meu celular apitou: "Não vou poder aparecer por aí, estou com uns probleminhas beijos Elly". Ah droga, Elly não vinha mas eu iria aproveitar mesmo assim, corri até a pista de dança e comecei a dançar alegremente. Feliz por estar longe de casa.
[center]Tagged: Everybody Wearing: This! Thank you Lari @ CG[/left]
Euriale Helsing Bluberry
avatar
Filhos de Afrodite
Mensagens :
34

Localização :
Acampamento-Meio-Sangue Chalé 10- Afrodite / Ny ou Las Vegas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Christopher Mason em Qui 16 Maio 2013, 01:22




Boate Paradise!


O acampamento não era mais o mesmo, e não era de agora que Christopher percebia aquilo. Todos os dias, a mesma rotina. Como não tinha lugar nenhum para ficar nas férias de verão, nunca saía do acampamento. Havia o apartamento de sua tia, onde ele ia raramente, o que o lembrava que deveria pedir permissão ao diretor do acampamento para ir ao encontro da parente mortal.

Uma brisa suave atingia a colina, onde ele se encontrava, com sua mascote. Os dedos do semideus acariciavam a cabeça do animal, que parecia não se incomodar com aquilo.

Logo estaremos longe daqui, Leah. ▬ Dizia ele, enquanto observava semideuses no lado de dentro do acampamento. ▬ Mas agora você terá que voltar para lá. Logo estarei aqui novamente.

Ele se levantou e esperou que o felino seguisse o caminho para o chalé cinco, onde ficaria até sua volta. Em seguida, deixou o local. Seu destino agora era algum lugar que nunca fora antes, que o distraísse de alguma forma. Que fosse menos entedioso, ao contrário do que o acampamento havia se tornado.


De algum modo, ele estava em Las Vegas. Não se lembrava de como havia conseguido ir de Long Island até a cidade dos cassinos. Na verdade ele seguia seus instintos de mênade, parando em locais onde ocorriam festas. O melhor era quando a noite chegava. No entanto, por mais que tenha passado por vários destes locais, nenhum deles haviam lhe chamado muito a atenção... até agora.

Hum... então essa é a boate Paradise. Vamos o que ela tem de bom para oferecer. ▬ Falou de frente para a entrada do estabelecimento, deixando um sorriso escapar.

Assim que o adentrou, o cheiro de álcool, que antes vinha de si mesmo, aumentara drasticamente. Percebeu também que lá haviam vários semideuses, que adoravam escapar da mesma rotina que ele vivia todos os dias no acampamento. Ele sabia que aquilo era um ninho de meio-sangues, pois o próprio dono da boate era filho de Dionísio.

Como não era muito de dançar, resolveu deixar a pista de dança e foi para o balcão. O rapaz que o atendia não era um semideus, aquilo estava na cara. O que tornaria tudo mais fácil.

Me veja sua melhor bebida. E coloque na conta desse rapaz que acabou de ir ao banheiro, somos conhecidos, me convidou para uma conversa. Ele vai pagar tudo. ▬ Mentiu ele.

Sem questionar, o balconista atendeu o pedido de Christopher. Ele continuou sentado, a espera de algo que pudesse lhe entreter.

Itens Levados e poder utilizado

♈ Faca [Comum][Fogo] [Emite um calor próximo ao magma, quando fizer um corte eficaz tirará -5 hp por 3 rodadas. Abençoada por Ares confere ao dono mais chances de acertar o golpe desferido. Indestrutível]
Habilidade Teatral I Adquire a habilidade de atuar como um verdadeiro profissional, podendo criar mentiras e confundir um indivíduo com sua fala. Possui uma habilidade exuberante para inventar histórias e convencer as pessoas de que ela é verdade. [Level 2]{Passivo}[Mênade]

Informações

•Pegando o template do Noah emprestado. '3'

•Esperando a Nina. sz

•Horário: 21:45;

•Temperatura: 20º;

Usando;



Christopher Mason
avatar
Filhos de Ares
Mensagens :
1207

Localização :
Las Vegas, Nevada

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Nina A. Mutt em Qui 16 Maio 2013, 02:07

Boate Paradise



Dormir demais era um defeito muito comum entre adolescentes, mas Nina conseguia superar qualquer um nesse assunto. Não soube como, mas estava em Las Vegas, sendo que quando capotou no caminhão mal tinha passado pelo Acampamento.

-Que porra. – disse a garota respirando fundo e passando os dedos pela mais nova aquisição, uma carteira gorducha cheia de notas altas e novinhas. – Numa dessas eu acabo parando na Rússia.

Abandonar a Colina tinha sido o primeiro passo, mas e agora José? Deu uma risada e ligou o foda-se, afinal estava num lugar que fervia em grana, bebida e semideuses, sozinha não estaria. Deu uma volta pela cidade tentando encontrar um motel barato para tomar um banho e tirar o cheiro de feno do cabelo. Não demorou muito para topar com um muquifo 2 estrelas e com a atendente com pinta de prostituta dos anos 70.

-Ei. – chamou a senhora, mas se arrependeu ao se deparar com olhos afundados em remelas que ela tinha. – Porra mulher, não sabe o que significa higiene não?

Mordeu a língua automaticamente, esse senso sincero e grosso tinha que ser controlado às vezes. Antes que a atendente remelenta soltasse os cachorros, tirou do bolso o bolão de notas de cem e entregou para ela, deu certo. A chave do quarto 43 foi entrega em silêncio, e Nina tratou de se apressar. Ouviu gemidos na maioria dos quartos e, num deles, a porta estava aberta o suficiente para ela notar uma zoofilia rolando na TV.

-Mortais... – sussurrou enfiando a chave na fechadura e deparando-se com um simpático quarto com temática praiana e cama d’água, bateu a mão na testa. – No mínimo é irônico.

Jogou suas coisas no chão, as roupas não demoraram muito para seguir o mesmo caminho. Antes de encarar o chuveiro parou para se olhar no espelho do teto, as cicatrizes do estupro ainda eram bem visíveis, mas não tinha vergonha, muito pelo contrário! Aquilo eram marcas de sua luta e vitória, um sorriso maldoso moldou-se em seu rosto ao lembrar-se do “souvenir” que mandou para o centauro antes de vazar.

-Será que ele empalhou em minha homenagem? – deixou-se rir maniacamente antes de entrar na ducha. – AH! SE FUDER MANO! QUE PORRA!

Que surpresa, água fria.


Acabou de passar o delineador e pronto! Não era a roupa mais legal que tinha achado na lavanderia, mas pelo menos serviam. Calça jeans e blusa de alças escura era uma combinação básica, guardou a Faca de Bronze no cós da calcinha e respirou fundo, merecia um descanso sim, mas era estranho não levar Amartía consigo.

-Foi mal. – disse acendendo o último Marlboro e despedindo-se da arma guardada embaixo da cama. Guardou as chaves dentro do sutiã e seguiu rumo até a boate Paradise, muito comentada entre os campistas.

Ok, o lugar era chique e que merda, quanto semideus, chegou até a reconhecer alguns irmãos ali, revirou os olhos e foi entrando, mas um segurança a barrou.

-Fila pirralha.
-Filha de Hades, balofo. – sibilou nervosa.

O gordo saltou para o lado em choque enquanto ela abria caminho, logo que pisou ali sentiu o cheiro de álcool lhe acertar com um gancho de direita, que saudades! Aproximou-se do bar, ficando do lado de um belo rapaz que observava tudo ao redor. Campista? Não sabia, nunca o viu por lá.

-Ei, garçom. – ignorada? Ouviu uma risadinha vinda do tal rapaz, por isso tratou de ser um pouco mais direta – Ei seu filho da vadia, dá pra me atender?

O mortal virou-se num pulo e aproximou-se furioso, ele chegou a levantar o dedo para falar algumas poucas e boas, mas ela ignorou-o com força.

-Herradura Anejo na conta desse cara aqui. – apontou para Christopher. – E rápido viu?

Terminou o cigarro e olhou para a “vítima” com um sorriso divertido em face enquanto o pobre bartender apenas bufou e seguiu com seu trabalho estressante.

-Espero que não se importe.

PARTY HARD


♦ The White Swan ♦ @CG

Nina A. Mutt
avatar
Mênades
Mensagens :
395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Christopher Mason em Qui 16 Maio 2013, 11:45




Boate Paradise!


O local não era um dos mais certos para conversar, portanto ele procurou ficar sozinho. Apenas ele e sua Martini, enquanto observava semideuses se juntando aos mortais, virando uma mistura, de modo que não conseguia mais distinguir quem era meio-sangue e quem não era. A música que tocava era empolgante, o andar de cima parecia o mais lotado. Ele pensou em ir até lá, "interagir" com os outros ali.

Ei seu filho da vadia, dá pra me atender? ▬ Foi o que ele ouviu, assim que pensou em levantar.

Do seu lado estava o balconista, sendo xingado por uma garota que havia acabado de chegar. Ela era de uma aparência atraente e sombria, o que chamava a atenção do filho de Ares.

Herradura Anejo na conta desse cara aqui.▬ A garota apontara para ele, que não se importou. Falara mais alguma coisa com o outro, mas não conseguiu entender, por conta do som que havia aumentado repentinamente. ▬ Espero que não se importe.

Ele sorriu, daquele jeito que só ele sabia e levantou o copo de Martini para ela.

Nem um pouco. ▬ Falou, mantendo o sorriso enigmático no rosto.

Ela não parecia ser uma simples humana, ela tinha algo mais. Com certeza uma semideusa, mas ele não conseguia descobrir quem era seu progenitor ou progenitora. Virou-se para ela.

Sou o Christopher, mas me chame de Mason, ou do que quiser... ▬ Deixou o copo de lado, observando-a de cima a baixo. ▬ Filhos de um dos três grandes possuem uma grande tendência de chamar a atenção de monstros... e de outros semideuses.

Era apenas um palpite, esperava que ela se apresentasse. Ele apenas sabia que ela seria sua companhia para o resto da noite.

Itens Levados e poder utilizado

♈ Faca [Comum][Fogo] [Emite um calor próximo ao magma, quando fizer um corte eficaz tirará -5 hp por 3 rodadas. Abençoada por Ares confere ao dono mais chances de acertar o golpe desferido. Indestrutível]

Informações

•Pegando o template do Noah emprestado. '3'

•Esperando a Nina. sz

•Horário: 21:45;

•Temperatura: 20º;

Usando;



Christopher Mason
avatar
Filhos de Ares
Mensagens :
1207

Localização :
Las Vegas, Nevada

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Nina A. Mutt em Sex 17 Maio 2013, 10:51

Boate Paradise



O copo de Tequila foi colocado à sua frente junto com limão e sal, mas Nina dispensou os acompanhamentos e virou o líquido puro na boca, soltou um gemido baixo de satisfação quando sentiu a garganta queimar.

-Nem um pouco. – foi a resposta do belo rapaz, ela riu enquanto pegava a garrafa das mãos do mortal e servia a si mesma. Notou que a companhia a analisava de cima até embaixo, os olhos afiados de curiosidade, aquilo era muito divertido. – Sou o Christopher, mas me chame de Manson, ou do que quiser...
-Chris, curto, bonito e fácil de lembrar. – ela piscou para ele e riu mais uma vez antes de beber sua segunda dose, os músculos esquentavam cada vez mais.
-... Filhos de um dos três grandes possuem uma grande tendência de chamar a atenção de monstros... E de outros semideuses. – ele continuou sua fala interrompida.

Não estava surpresa por ele ter reconhecido sua natureza divina, na verdade nem se importava em chamar atenção, era do tipo de garota que adorava holofotes e uma boa briga.

-Sério? Que pena, achei que só os filhos do Diabo tivessem esse gostinho de fama. – lambeu os lábios para sorver as últimas gotinhas fugitivas e virou-se para ele, passou os dedos pelos cabelos castanhos e moldou seu melhor sorriso sacana. – Meu nome é Nina e pode me chamar assim, porque não dá pra fazer apelidos. Cria mais velha do Chalé 0, ex-campista e com uma quedinha perigosa por problemas.

Deu uma calorosa risada e aproximou-se dele, o copo já estava abandonado junto com a tampa da garrafa, a garota tinha preferência pelo gargalo.

-Então Chris, que tipo de problema você é? – bebeu mais um pouco antes de escutá-lo.



Com: Chris Pamonha UUHUEH


♦ The White Swan ♦ @CG

Nina A. Mutt
avatar
Mênades
Mensagens :
395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Christopher Mason em Seg 27 Maio 2013, 02:22




Boate Paradise!


Ele ouvia suas palavras com atenção, ignorando o som alto da música. Então Chris, que tipo de problema você é?, aquela era uma pergunta que ele fazia a si mesmo todos os dias. O que ele era? Qual destino as parcas haviam lhe reservado? Perguntas que talvez fossem respondidas um dia, que não seria aquele. O sorriso misterioso e a atitude de Nina o atiçava.

Eu me pergunto isso todos os dias.. hum... Nina? ▬ Disse ele, dando mais um gole em sua bebida e encarando-a. ▬ Depende do tipo de pessoa que você é.

Quando percebeu, sua Martini já estava no fim. Chamou pelo rapaz que o atendera e pedira outra, dessa vez uma garrafa inteira.

Nenhum incomodo até o momento. Christopher sabia das constantes brigas que ocorriam ali - fofoca de acampamento -, mas parecia que aquele tipo de coisa não aconteceria tão cedo, o que era bom, pois ele só queria aproveitar o lugar, se distrair.

Mas então... já estou te pagando uma bebida, qual será o próximo passo?

Itens Levados e poder utilizado

♈ Faca [Comum][Fogo] [Emite um calor próximo ao magma, quando fizer um corte eficaz tirará -5 hp por 3 rodadas. Abençoada por Ares confere ao dono mais chances de acertar o golpe desferido. Indestrutível]

Informações

•HUEAHUEAHUEAHUEAHUEAH PAMONHA!

•Post pequeno. ><

•Horário: 21:45;

•Temperatura: 20º;

Usando;



Christopher Mason
avatar
Filhos de Ares
Mensagens :
1207

Localização :
Las Vegas, Nevada

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Paolla Angeline Mc'Dusty em Seg 17 Jun 2013, 17:48

B*tches



Era uma bela noite em Las Vegas, eu tinha saído do Camp a fim de dar um tempo para minha cabecinha brilhante e bêbada.  Las Vegas era a cidade do pecado, nada me atraía mais do que bebida,música alta e claro cara bonitões que você nunca mais vai ver! Decidi deixar meu hotel lá pelas 23:30 que era considerado um horário quente por ali, fui até a boate e assim que as portas se abriram escorreguei para um banquinho e chamei um garçom.
-O que você vai querer?
-Uma taça do seu melhor Champagne, um copo de vodka com limão também e ah! Claro quero um biscoitinho!
Ele pareceu confuso mas voltou tempos depois com o que eu havia pedido, tomei uma golada de champagne e fiquei esperando as outras garotas.

Notes: Bláblá ♦ Tagged: Você ♦ Words: Muitas 'O' ♦ Wearing: Vestido preto skinni com detalhes brilhantes de tachas prateadas,sapatos fechados pretos, pulseira regge e meia-calsa preta. ♦Cabelo: Rabo de cavalo rebelde bem arrumado com laque.  

♦ The White Swan ♦ @CG
Paolla Angeline Mc'Dusty
avatar
Filhos de Dionísio
Mensagens :
12

Localização :
Onde você menos espera.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Emma Charlotte Fabray em Seg 17 Jun 2013, 17:54

BOATE



Cheguei um pouco depois do horário combinado na boate, afinal não é nada fácil ter que arranjar um meio de transporte para Vegas. Entrei procurando pelas garotas e encontrei Paolla sentada no bar. Colequei a mão em seu ombro e gritei pedindo uma bebida ao barman.



Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
Emma Charlotte Fabray
avatar
Filhos de Ares
Mensagens :
233

Localização :
Chalé 5

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Christopher Mason em Seg 01 Jul 2013, 00:07




Boate Paradise!


O local estava se enchendo de semideuses, muito mais do os que já estavam ali. O que seria bom, pois haviam algumas garotas. Mas por algum motivo, ele precisava sair. Um local como aquele era um ninho de semideuses, e semideuses chamavam a atenção de monstros e de vilões. Ele terminou de tomar sua bebida e se levantou, sorrindo.

Nina, terei que ir. Se divirta... nos vemos por aí. ▬ Ele falou, deixando a garrafa de lado e caminhando até a saída. ▬

Quando deixou o estabelecimento, sabia que as chances de ser atacado aumentariam do lado de fora. Então, ele se metamorfoseou em um leopardo. As pernas se transformaram em patas traseiras, sua coluna se contorceu, obrigando-o a ficar de quatro e em seguida, suas mãos também eram patas. Seu rosto agora era como de um felino, assim como todo seu corpo. Ele ainda tinha controle de seus movimentos, por mais que fosse um animal naquele momento.

Então ele deixou a rua, correndo com toda velocidade, indo por lugares escuros. Mortais possivelmente achariam que fosse um gato, então, não seria um problema. Em pouco tempo ele chegaria ao acampamento.

Itens Levados e poder utilizado


♈ Faca [Comum][Fogo] [Emite um calor próximo ao magma, quando fizer um corte eficaz tirará -5 hp por 3 rodadas. Abençoada por Ares confere ao dono mais chances de acertar o golpe desferido. Indestrutível]
Level 33 ~ Transformação Animal ~ O Mênade consegue se metamorfosear em um leopardo, adquirindo sua forma, tamanho, peso, altura, garras e dentes afiados. Além disso, possuem sua velocidade e o faro triplicados, ampliando os sentidos de percepção do que se passa à sua volta. A transformação acontece durante duas rodadas e só pode ser exercida uma vez por missão - gasta bastante energia.


Informações


•Só postando pra deixar minha saída válida.

•Post pequeno. ><

•Horário: 21:45;

•Temperatura: 20º;



Christopher Mason
avatar
Filhos de Ares
Mensagens :
1207

Localização :
Las Vegas, Nevada

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 18 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 11 ... 18  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum