Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Página 4 de 18 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 11 ... 18  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por 065-ExStaff em Dom 29 Maio 2011, 17:05

Relembrando a primeira mensagem :

Ainda na área perto dos cassinos, a Boate Paradise é um dos locais mais movimentados de Las Vegas. Por sorte, um dos sócios é filho de Dionísio e permite a entrada direta de meio-sangues, sem precisar a enorme fila que tem do lado de fora e ainda é liberado a bebida. Porém a qualquer indício de briga, são retirados a força ou por magia, o filho de Dionísio tem seus truques.





065-ExStaff
avatar
Indefinido
Mensagens :
597

Localização :
Pelas sombras da noite...

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Willem W. Wittelswach em Qua 13 Jun 2012, 17:04



Alicie Morgan McCartney

Uma fugidinha do Acampamento



Era uma noite normal no acampamento. Eu estava me sentindo extremamente entediada.
Já havia feito muitos amigos desde que chegara ano passado, mas eu precisava sair daquele lugar; quer dizer, nãosair definitivamente. Digo sair esta noite, só para descontrair.
Saí do meu chalé, trajava uma calça jeans escura, uma blusa roxa, e saltos não muito altos. Segurava uma bolsa preta.
Assim que saí do acampamento, peguei um táxi e rumei a Las Vegas.
Não demorou muito para chegar, já que eu tinha feito o motorista correr igual a um louco. Com "jeitinho" a gente sempre consegue.
Desci do táxi e joguei o pagamento, o que iria sumir a alguns minutos da mão, pois era apenas ilusão. Claro, quando sumisse, ele estaria longe o bastante, assim, não poderia me achar.
Caminhei pelas ruas e vi a Boate Paradise. Dei um sorriso e caminhei até lá.
Era estranho, estava lotada de meios-sangues do acampamento. O povo sabia mesmo curtir.
Me aproximei do bar e pedi uma bebida. Enquanto a tomava, fitava as pessoas do local, procurando alguém que conhecesse e que não fosse um semideus.
Deixei o copo em cima do balcão e fui para a pista dançar. Foi uma noite incrível. Dancei por horas.
Olhei para meu relógio de pulso, o mesmo marcava 4 horas da manhã. Eu tinha de voltar para o acampamento.
Saí correndo até um ponto e peguei um táxi, que me deixou o mais rápido possível em um lugar perto do acampamento.
Repeti o mesmo método que fizera com o taxista anterior.
Voltei ao acampamento e, sorrateiramente, me infiltrei em meu chalé, sem ninguém, exceto meus irmão, perceberem.





Legenda


Template by ~moony

Willem W. Wittelswach
avatar
Filhos de Hécate
Mensagens :
146

Localização :
Dizia a lenda que a princesa espetaria o dedo na agulha de uma roca de fiar, e então cairia num sono profundo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Steve C. Wizard em Sex 14 Dez 2012, 21:07

Meeting my life's love


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -


Sentado no telhado do chalé de Hécate, admirava o céu estrelado, e a lua cheia. No acampamento, tudo parecia pacato ao extremo. Uns ruídos estranhos aqui, o canto da coruja ali, mas nada em exagero. Ponderava sobre o boato que ouvira horas atrás. Uma boate de um filho de Dionísio. Parecia uma boa ideia.

Mas será que desgastaria Daybreak dessa forma? Uma viagem pelas sombras seria desgastante ao seu prezado amigo, ainda mais numa hora como aquela, e à Las Vegas. De qualquer forma, precisava esvaziar sua cabeça, espairecer um pouco, dançar (coisa que não fazia lá muito bem) e, quem sabe, conhecer alguém... Não, não. Sem amores, sem decepção. É assim que funciona. Pelo menos era o que ele pensava até estar apaixonado.

"Daybreak?", chamou. "Eu já sei o que você quer. Esqueceu que eu leio seus pensamentos?", o cão respondeu, no seu tom brincalhão. Steve ainda não se acostumara com um cachorro falando em sua mente, mas ainda o intrigava o modo como Daybreak não pensava muito, o modo como conseguia permanecer "calado" o tempo todo, sem atrapalhar os devaneios do semideus, devaneios estes sempre passados para a mente do cachorro. Flutuou até o gramado em frente à varanda do chalé. DB já estava ali. Agarrou-se no pelo da criatura.

Sumiram nas sombras.

As luzes substituíram a penumbra com tamanha velocidade que o garoto se desequilibrou, com a visão preenchida por pontinhos coloridos. Os cassinos, os holofotes, os carros. Tudo isso causou uma desordem em sua mente que, há poucos minutos, estava situada em meio à escuridão, ao silêncio.
"What the...?" Não se lembrava de ter visitado Las Vegas, tendo em vista a vastidão de locais que já albergara, porém, não imaginava o lugar daquela forma. Tão... agitado.

A boate foi facilmente encontrada. O letreiro com os dizeres "Paradise" era tão discreto quanto um cachorro em meio a gatos. As luzes piscando e mudando de cor, as letras tão fortes que nem o déficit de atenção natural seria capaz de não decifrar aquilo de primeira, além do tamanho da placa, tudo isso tornava as coisas bem mais fáceis.
Adentrou. Daybreak ficaria à espreita por aí.

Não estava muito a fim de permanecer sóbrio naquela noite, então iniciaria a missão de "sair de si" - ou não, quem sabe -. Foi ao balcão, sendo logo atendido por um rapaz de aparência jovem, com um linguajar típico. Foi atendido rapidamente, o copo de Whisky logo à mão. Bebericou brevemente, apoiando os cotovelos no balcão, de modo a ficar defronte a todo o âmbito.
DJ's, pessoas bonitas, dança, luzes cegantes. É, era o lugar perfeito. Perfeito pra perder a cabeça.




Armas & Poderes Usados
Armas Ofensivas:
☠ Lança Mágica (Amplia o poder mágico, é indestrutível. Quando ativada, assume a forma de uma lança envolta em uma aura de magia, a extremidade de baixo é tão afiada quanto uma lança comum, mas a de cima é ornamentada com pedras e runas mágicas, exalando poder. Desativada, assume a forma de uma caneta, sempre guardada em conjunto com o grimório) [By: Hécate]
☠ Just Love [Um pequeno colar em ouro com um pingente de diamante em formato de um pequeno coração. É abençoado para que proteja o usuário de qualquer magia mental ou sedução. Não o protege contra os caprichos de Andy. Ainda possui a inscrição "Para meu macumbeiro preferido. Com carinho, Andy"][Presente da Andy]
Observações
A época em que isso aconteceu é, obviamente, anterior à perda do braço e de seu companheiro, Daybreak. A entrada não foi dita abertamente, mas se deu devido à entrada gratuita no recinto, concedida aos semideuses.

template feito por ~ Will.
Steve C. Wizard
avatar
Indefinido
Mensagens :
118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Sophie Deneuve em Sab 15 Dez 2012, 02:04





Meeting my life's

love
Porque a criatividade para títulos owna qn



▬ Droga! ▬ falou a filha de Afrodite, com a voz embargada de raiva.

Era a terceira tentativa frustrada de estabelecer contato com sua irmã. Desde que saíra do acampamento, Sophie não recebia notícias de Andy; e tampouco alguma delas tentava ter algum tipo de contato com a outra. Sophie sentia-se culpada por ter quebrado sua promessa; e Andy, parecia não ter perdoado a irmã de alma. Mas aquele dia era especial. Era o décimo nono aniversário da feiticeira.

Circe havia liberado sua aprendiz para que aproveitasse a noite, fugindo da rotina monótona e clichê da Ilha. A garota pensara na possibilidade de ir até o acampamento, visitar a Almeida. Entretanto, não lhe parecera conveniente; levando em consideração o último encontro que ambas tiveram. Quando finalmente deixou seu orgulho de lado, os deuses pareciam não querer ajudar. Tentou falar com a garota projetando um holograma de si mesma...tentativas frustradas.

Suspirou enquanto observava vista da janela do hotel em que estava hospedada. Lá fora, Las Vegas permanecia do jeito de sempre; movimentada, animada e com um ar de Foda-se o mundo! Eu vou me divertir!. Talvez fosse exatamente isso que a semideusa precisasse. Sem mais hesitar, Deneuve caminhou até a cama, onde estava depositada a sua mala e retirou de lá a roupa que vestiria naquela noite.

O vestido preto, justo e que ressaltava ainda mais as belas curvas da afrodisíaca foi muito bem complementado com um salto alto (já que grande altura não era algo que destacava-se na garota). Assim que terminou sua maquiagem, algo dispensável, porém nunca deixado de lado, e prendeu seus longos cabelos em um coque; finalmente estava pronta. Vestiu um sobretudo preto e pegou sua bolsa, onde estavam dólares necessários para aquela noite; deixando o hotel em seguida, sem saber quando e em que estado voltaria para lá.




A cidade do pecado era realmente fantástica à noite. Impossível não ser conatagiada pelo humor de Las Vegas. Assim que desceu do táxi, localizou seu destino: a Boate Paradise. Segundo uma das feiticeiras de Circe, o lugar era o mais indicado para semideuses que quisessem se divertir. E sem dificuldade alguma, a semideusa adentrou o estabelecimento, encontrando exatamente isto.

Pessoas dançando, música alta e muita bebida. Era o que ela precisava. Retirou o sobretudo e soltou seus longos cabelos. Então dirigiu-se até o balcão de drinks, recebendo olhares indiscretos durate o trajeto. Mas não se importava, na verdade, até gostava de ser notada pelos demais; algo comum. Não demorou para ser atendida, e logo já provava o drink que pediu. Sentou-se perto do balcão e analisou melhor o seu pedido. Não fazia a mínima ideia do que era aquilo. Pediu a bebida mais exótica do cardápio e assim que sentiu o álcool escorrendo por sua garganta, balançou a cabeça; era fraca com bebidas. Mas não importava. Não naquela noite.
Itens levados:
♣ State Of Mind [É uma tiara em prata, com pequenos diamantes incrustados. À primeira vista, parece um acessório normal, mas permite com que a Feiticeira possa bloquear sua mente de qualquer ataque ou invasão. Ainda faz com que Sophie possa controlar a mente de um inimigo durante dois turnos, forçando-o a acatare suas ordens e bagunçando os pensamentos dele. Por ser abençoado, também permite a quebra das barreiras mentais dos inimigos, fazendo com que qualquer um esteja exposto ao poder do item. Só funciona com Sophie Deneuve, e se for tocado por outra pessoa sem autorização, emite pequenos choques que paralisam a pessoa durante um turno. P.S: Com inimigo de nível superior, as barreiras mentais deste diminuem, mas os demais poderes do item reduzem-se ao mínimo.] [Presente de aniversário da irmã de alma mais diva do mundo: Andy Almeida -qn]

♣ Rossiter [Um broche, que possui o formato de uma rosa entalhada nos mínimos detalhes, e feito totalmente de prata. Ao pressionar o objeto, este se transforma em uma rosa, feita do mesmo material, e que possui duas utilidades: A primeira é que suas pétalas são muito afiadas e podem ser jogadas na direção do inimigo, como lâminas, e não machucam sua usuária. A segunda é que a rosa pode transformar-se em um chicote. O cabo da flor assume um comprimento de até três metros, possuindo espinhos muito afiados por toda a sua extensão e as pétalas se transformam, então, em um cabo que ajusta-se perfeitamente a mão de Sophie. E, apesar do chicote ser feito de prata, o mesmo é totalmente maleável.][Presente de aniversário da Gêmea.]

♦ Chicote Elétrico (Pode se transformar em um cinto) [By Afrodite]

♣ Feel Love [Um pequeno bracelete delicado, feito de ouro com pequenos arabescos. Foi feito especialmente para que não possa deixar o braço da Feiticeira. Constantemente, uma aura avermelhada é emitida do item, fazendo com que a presença da semideusa incite a discórdia, da forma que ela gosta. No entanto, se ameaçada, o bracelete rapidamente emite sinais eletromagnéticos ao cérebro de Sophie, fazendo com que a Feiticeira entre em modo Combate Selvagem, que pode ser utilizado duas vezes por missão, durante três turnos. Nesse modo, os ataques de inimigos terão seus danos reduzidos, enquanto os de Sophie terão seus danos aumentados consideravelmente. Uma vez por missão, o bracelete oferecerá uma pequena ajuda. Este poderá convocar um clone de Andy, que durará quatro rodadas e poderá atacar normalmente. Os ataques da irmã de Sophie devem ser narrados por ela própria.][Presente de sua irmã de alma mais diva, Andy Almeida]
Adicionais
Com quem? Steve ♥ Meu passivo Vestindo? Roupas. Ou não. -v- QQQQNNNN Ouvindo? You Shook Me All Night Long - ACϞDC


Thanks, Thiago Leveck.
Sophie Deneuve
avatar
Filhos de Afrodite
Mensagens :
72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Steve C. Wizard em Sab 15 Dez 2012, 13:33

Meeting my life's love


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -


Achava que estava ficando meio paranoico por pensar que confusão estava chegando. Ele não concluiu isso do nada, afinal de contas. Algo estranha cingia seu âmago, uma presença há muito conhecida: aura mágica. Fraca demais para ser de um filho de Hécate, mas ainda forte. Arriscaria uma hipótese: algum devoto de sua "adorada" meia-irmã. Circe.

Não se importou. Estava relaxando. Se algo viesse a acontecer, então puxaria sua caneta do bolso. Não era tão complicado, nenhum monstro de sete cabeças. Mas ainda assim... aquele sentimento, a aura, fica mais próximo a cada instante. Estava vindo. O quê? Não sabia.

Estava quase desistindo de deixar o balcão, partindo à pista de dança, quando teve uma "motivação" para permanecer onde estava. Uma garota se aproximava. Tinha a idade dele, aproximadamente. Provinha dela a aura, mas estava tão vidrado em suas feições que nem sequer deu-se conta disso. A bela apoiou-se no balcão, analisando o acervo de bebidas. Ele a olhava intensamente, mas esta parecia nem se importar, visto que não era somente ele a observá-la.

Um outro cara se aproximava, visando-a. Provavelmente ia puxar assunto ou coisa do tipo. Talvez Steve não fosse tão ingênuo quanto aparentava, pois se antecipou a fitar o homem nos olhos. Não via seu rosto, apenas. Via sua alma. Imaginou alguns cães raivosos e tentou projetar a imagem na cabeça daquele cara. Soube que conseguiu quando este último começou a se afastar, dando alguns pulinhos. O filho de Hécate sorriu discretamente.

Aproximou-se dela.

-Quer dançar? - inquiriu ligeiro. Bem, não sabia o que falar. "Oi, sou Steve, filho de Hécate" não seria um bom cumprimento, afinal de contas. Aproveitou para dar mais um gole no Whisky, forçando a si a mesmo a não fazer uma careta. Se ela não quisesse beber, ele perseveraria, ao menos, em continuar ali, bebendo e, quem sabe, jogando conversa fora. Mas queria ficar ali, com ela.




Armas & Poderes Usados
Armas Ofensivas:
☠ Lança Mágica (Amplia o poder mágico, é indestrutível. Quando ativada, assume a forma de uma lança envolta em uma aura de magia, a extremidade de baixo é tão afiada quanto uma lança comum, mas a de cima é ornamentada com pedras e runas mágicas, exalando poder. Desativada, assume a forma de uma caneta, sempre guardada em conjunto com o grimório) [By: Hécate]
☠ Just Love [Um pequeno colar em ouro com um pingente de diamante em formato de um pequeno coração. É abençoado para que proteja o usuário de qualquer magia mental ou sedução. Não o protege contra os caprichos de Andy. Ainda possui a inscrição "Para meu macumbeiro preferido. Com carinho, Andy"][Presente da Andy]

Ativos:
Ilusionismo (Nível 17): Essa técnica faz, magicamente, que diversas ilusões (normalmente com a sua imagem, mas pode ser outra coisa) apareçam e cerquem o inimigo, o confundindo muito.
Observações
A época em que isso aconteceu é, obviamente, anterior à perda do braço e de seu companheiro, Daybreak. A entrada não foi dita abertamente, mas se deu devido à entrada gratuita no recinto, concedida aos semideuses.

template feito por ~ Will.
Steve C. Wizard
avatar
Indefinido
Mensagens :
118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Dianna Callaghan em Dom 16 Dez 2012, 18:36






O fato é que algumas coisas jamais mudam


mas isso poderia ter mudado






Trajando uma camiseta do Mickey velha e de alguns tamanhos maiores que o ideal, um shorts jeans curto e rasgado na barra e um tênis All Star surrado, lá estava Dianna, na porta da Boate Paradise com uma garrafa de vodka na mão e seus cabelos negros presos em um rabo de cavalo desgrenhado e mal feito. Algum tempo havia passado desde que havia deixado toda sua vida para trás. Poderes? Não os usaria mais se não fosse necessário. Anne Elle? Não iria tão cedo procurá-la. Foi essa sua opção, e assim seguiria.
Sentada ainda na entrada checava seus itens básicos de segurando que nenhum mortal jamais duvidaria; cinto, presilha e seu anel peculiar. Além de claro, seu batom que hoje estava em um tom vermelho vivo. Após checá-los, deu mais um gole na garrafa de vodka e a jogou para longe, entrando de uma vez por todas naquela boate.
Luzes fortes, neon por toda parte e música alta, aquilo seria perfeito para uma adolescente comum que ela vinha tentando ser nestes últimos meses desde que havia deixado para trás toda a vida complicada e um passado sangrento. Mas claro, sua obsessão em odiar mortais não havia sido extinguido e não seria tão cedo, portanto apenas respirou fundo e foi até o balcão de bebidas, pegando algo que julgou ser bom e foi direto para a pista de dança, fazer o que sabia fazer de melhor: se divertir. Nada e nem ninguém a impediria de ser feliz naquele noite, ou o destino iria pregar-lhe uma peça?

Armas Levadas:




† Chicote Elétrico (Se transforma em um cinto) [By Afrodite]
† Verdadeiro eu - Como toda filhota de Afrodite que se preze, Dianna também anda munida de seu espelho e seus apetrechos. Este objeto porém tem um nome que caracteriza unicamente sua função, que consiste em demonstrar somente o que há de belo na filha de Afrodite, que por ser egocêntrica só tem a si mesma como bela. Quando um inimigo olhar diretamente em reflexo por este, porém, tudo que ele ver são seus maiores temores tornarem-se realidade por meio de uma dura e cruel ilusão, moldada a vontade de Dianna - é necessário que o player em questão revele seu maior temor. Aqueles que a filha de Afrodite tomar como belos poderão enxergar-se no espelho sem grandes problemas, desde que ela não mude de concepção. Quando desativado é apenas um batom simples que pode ser transportado facilmente. [ Presente de Shamira Vallet. ]
† Killer (Lança de ouro, sua lâmina contém o tributo de gelo, causando dormência à medida que os golpes vão se intensificando. A lança transforma-se em presilha. Semi-indestrutível)
† Anel dos Ventos [Anel feito de ouro branco, indestrutível. Uma vez por batalha, pode fazer uma leve ventania, fazendo o inimigo perder o equilíbrio]







Postagem by Dianna F. D. Callaghan + fun + VESTINDO + Natural Born Killer - Avenged Sevenfold + narração em terceira pessoa



template feito pela FLÁ! do TDN

Dianna Callaghan
avatar
Indefinido
Mensagens :
189

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bruce L. Salazar em Dom 16 Dez 2012, 19:02

.
• O que me aguarda? •


O sono ainda atordoava a mente do semideus, que havia sido levado para Vegas de um modo peculiar: dormindo no ônibus que o levaria para o acampamento. Sem perceber o que acontecera, ele acabou entrando em um ônibus com outro destino, bem distante daquele cubículo infernal do chalé VII e do acampamento. Las Vegas era realmente excepcional, então, porque não curtir um pouco do local sustentado por jogatinas? Enquanto andava pela cidade, meio que perdido do que se fazer primeiro, viu uma grande fila em uma porta estreita, que deveria levar há alguma balada ou então era uma distribuição de dinheiro, pela quantidade de gente.

Paradise... — Tentava ler o semideus, com as luzes de neon ardendo em seus olhos. — Uma coisa que eu devo fazer a partir de hoje é nunca mais ler essas parafernalhas de letreiros que piscam. — Disse para si mesmo, sorrindo.

O segurança observou a prole de Apollo e sorriu, fazendo com que o garoto furasse a fila e adentrasse no local. Ele simplesmente não entendia qual o motivo pelo qual entrou lá, mas não se importando muito, foi pegar um pouco de vinho tinto para beber. Sua blusa moletom preta estava totalmente rasgada, mostrando um brilho por baixo do tecido. Seu colar se encontrava no pescoço, com o pingente negro ao lado da esmeralda. Ele não podia usar uma pulseira junta àquela arma, era meio impossível. Sua calça jeans com gotículas de sangue e as botas de Hermes, em versão all star branco com detalhes em azul, também com gotículas de sangue, completava o visual do semideus e sua pele branca, cabelos negros e lisos e olhos verdes. Gastar aquela quantidade absurda de energia acabara que fazendo com que o cabelo perdesse aquele tom de loiro, escurecendo ao máximo. Ele sorria, enquanto bebia.

Levado:
♠ Black Beast [Besta de repetição com o formato de uma Desert Eagle, é preta e tem detalhes (runas) feitas em ouro. Se transforma em uma pulseira com pingente em formato de caveira negra com um tiro na testa. Seus virotes são modificados, estes tem a propensão de manter o fogo, porém as chamas não provém dos virotes; além disso, ainda tem o poder de projetar qualquer ataque do arco e flecha dados para o semideus por Apollo.]
♠ Botas de Hermes [Um par de botas entregue diretamente por Lord Hermes. É indestrutível, por ser um item vindo de um Olimpiano e pode variar de modelo, sendo o seu modelo original uma bota de ouro com asas também de ouro, com detalhes em azul e em vermelho. Nas missões, pode utilizá-las apenas para ir de um lugar para o outro, em velocidade igual a do Som (1228 km/h), as botas guiando-o sem fazê-lo se cansar, porém não podendo ser utilizadas em batalha]
♠ Colar de Esmeralda Negra [Colar feito a partir de uma esmeralda, que, por causa da alma de Lucas, ficara negra. Possui, selado dentro de si a alma de Lucas, sendo que ela pode ser utilizada quando Dammyen quiser, trocando a personalidade e a mentalidade, ou dividindo-a. Útil para controlar Dammyen e seus ataques psicóticos. Não é possível, porém, utilizar os itens E/OU poderes de Lucas por Dammyen]
♠ Lâmina dos Assassinos [Duas Hidden Blades de titânio, feitas com alguns detalhes de carcaça de dracaena, indestrutíveis. Possuem suas lâminas bem afiadas, proporcionando um corte puro]
Bruce L. Salazar
avatar
Indefinido
Mensagens :
970

Localização :
Hell

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Dianna Callaghan em Dom 16 Dez 2012, 19:23






O fato é que algumas coisas jamais mudam


mas isso poderia ter mudado






Ah, o álcool... Uma substância divina criada por mortais para pura diversão que quando tomado em grandes doses lhe causam algum dano, temporário ou não.
Após mais algumas doses da bebida desconhecida, mas de gosto agradável, Dianna começava a liberar-se mais e mais na pista de dança, mesmo que acabasse parecendo um pouco descontrolada. Não era um dia para a semideusa importar-se coma opinião alheia, além do fato de que seria impossível encontrar algum conhecido que a difamaria pelo fato de ver a tão imponente e séria Dianna tornando-se uma incontrolável adolescente bêbada no meio de tantas outras em uma boate. Tão atípico.
Sua bebida estava acabando, e quando foi dirigir-se para o balcão pegar outra, viu um garoto bastante... Diferente. Uma blusa de moletom rasgada lhe dava um ar de garoto rebelde, e ele sorria enquanto bebia vinho, fazendo a garota mudar a direção de seus passos e esbarrar nele propositalmente.
Oh, desculpe-me. Acho que devo ter exagerado na bebida.- sorriu de forma singela e carismática, olhando nos olhos dele com curiosidade. Essa era Dianna, sendo apenas uma menina qualquer de dezesseis anos usando a desculpa mais velha usada em boates para se ter uma conversa com alguém.

Armas Levadas:




† Chicote Elétrico (Se transforma em um cinto) [By Afrodite]
† Verdadeiro eu - Como toda filhota de Afrodite que se preze, Dianna também anda munida de seu espelho e seus apetrechos. Este objeto porém tem um nome que caracteriza unicamente sua função, que consiste em demonstrar somente o que há de belo na filha de Afrodite, que por ser egocêntrica só tem a si mesma como bela. Quando um inimigo olhar diretamente em reflexo por este, porém, tudo que ele ver são seus maiores temores tornarem-se realidade por meio de uma dura e cruel ilusão, moldada a vontade de Dianna - é necessário que o player em questão revele seu maior temor. Aqueles que a filha de Afrodite tomar como belos poderão enxergar-se no espelho sem grandes problemas, desde que ela não mude de concepção. Quando desativado é apenas um batom simples que pode ser transportado facilmente. [ Presente de Shamira Vallet. ]
† Killer (Lança de ouro, sua lâmina contém o tributo de gelo, causando dormência à medida que os golpes vão se intensificando. A lança transforma-se em presilha. Semi-indestrutível)
† Anel dos Ventos [Anel feito de ouro branco, indestrutível. Uma vez por batalha, pode fazer uma leve ventania, fazendo o inimigo perder o equilíbrio]







Postagem by Dianna F. D. Callaghan + fun + VESTINDO + Natural Born Killer - Avenged Sevenfold + narração em terceira pessoa



template feito pela FLÁ! do TDN

Dianna Callaghan
avatar
Indefinido
Mensagens :
189

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bruce L. Salazar em Dom 16 Dez 2012, 19:42

.
• O que me aguarda? •


A bebida não costumava fazer mal ao semideus, que já parecia ter se acostumado a bebida do local. Não beberia muito para não acabar se embriagando, mas acabou que não se importando muito com isso com o passar dos minutos. Sua taça acabara de se esvaziar, então, acabou olhando para o garçom e pediu mais uma taça. Era vinho, não ficaria bêbado muito cedo. Enquanto deixava a taça de lado por um tempinho, enquanto pensava, sentiu algo como um esbarro em suas costas, se virando rapidamente para verificar e possivelmente acionar a lâmina da mão esquerda, mas ao ver que se tratava apenas de uma garota bêbada, resolveu se manter quieto. Ela se desculpara.

Não se preocupe, não foi nada. — Ele dizia, enquanto a luz da boate iluminava o rosto da garota. — Quer beber algo para passar um pouco a ressaca, um suco ou chá — Disse sorrindo, enquanto percebia o olhar da garota, direcionado aos olhos do semideus.

Pegou a taça de vinho, tomando um pouco do líquido em tom roxo escuro. Damm estava praticamente sem nenhuma reação plausível para o seu modo normal de se comportar, algo parecido com seus pensamentos maníacos e irritantes. O filho de Apollo verificou a trava da lâmina discretamente, como se abaixasse um pouco as mangas. Estavam travadas. Ele parecia estar curioso por quem era a garota e porque ela mexia com o seu subconsciente, ou era com o subconsciente de Lucas? Verificaria isso em seu devido tempo, por enquanto, cuidaria da garota bêbada. As manchas de sangue ainda estavam levemente molhadas, ele tomava cuidado para que ela não encostasse nas manchas, ele era apenas um filho de Apollo que acabara de matar um monstro qualquer, enquanto ela parecia ser uma garota de família rica, que estava lá para curtir.

Levado:
♠ Black Beast [Besta de repetição com o formato de uma Desert Eagle, é preta e tem detalhes (runas) feitas em ouro. Se transforma em uma pulseira com pingente em formato de caveira negra com um tiro na testa. Seus virotes são modificados, estes tem a propensão de manter o fogo, porém as chamas não provém dos virotes; além disso, ainda tem o poder de projetar qualquer ataque do arco e flecha dados para o semideus por Apollo.]
♠ Botas de Hermes [Um par de botas entregue diretamente por Lord Hermes. É indestrutível, por ser um item vindo de um Olimpiano e pode variar de modelo, sendo o seu modelo original uma bota de ouro com asas também de ouro, com detalhes em azul e em vermelho. Nas missões, pode utilizá-las apenas para ir de um lugar para o outro, em velocidade igual a do Som (1228 km/h), as botas guiando-o sem fazê-lo se cansar, porém não podendo ser utilizadas em batalha]
♠ Colar de Esmeralda Negra [Colar feito a partir de uma esmeralda, que, por causa da alma de Lucas, ficara negra. Possui, selado dentro de si a alma de Lucas, sendo que ela pode ser utilizada quando Dammyen quiser, trocando a personalidade e a mentalidade, ou dividindo-a. Útil para controlar Dammyen e seus ataques psicóticos. Não é possível, porém, utilizar os itens E/OU poderes de Lucas por Dammyen]
♠ Lâmina dos Assassinos [Duas Hidden Blades de titânio, feitas com alguns detalhes de carcaça de dracaena, indestrutíveis. Possuem suas lâminas bem afiadas, proporcionando um corte puro]
Bruce L. Salazar
avatar
Indefinido
Mensagens :
970

Localização :
Hell

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Dianna Callaghan em Dom 16 Dez 2012, 20:01






O fato é que algumas coisas jamais mudam


mas isso poderia ter mudado






Por mais que estivesse em um estado deplorável que o álcool a deixou, o cheiro não passava despercebido de si. Sangue. Recuou instintivamente e o olhou com receio. Ou o garoto era um psicopata, ou um semideus. Passar algum tempo com Elle havia lhe dado experiência o suficiente para reconhecer indícios de morte. De toda forma, manteve a pose inocente de uma garota qualquer que tinha problemas com bebidas.
Aceito uma Coca Diet.— deu um breve sorriso.
O analisou dos pés a cabeça discretamente, encontrando manchas frescas de sangue um sorriso psicótico ameaçou formar-se em seus lábios, mas o conteve como alguma forma de manter seu verdadeiro eu trancafiado na escuridão, onde deveria continuar para sempre. Adotou uma pose descontraída, soltando seu cabelo aos poucos e balançando-o para ficar livre.
A propósito, qual teu nome?— perguntou como se estivesse tentando manter uma conversa.

Armas Levadas:




† Chicote Elétrico (Se transforma em um cinto) [By Afrodite]
† Verdadeiro eu - Como toda filhota de Afrodite que se preze, Dianna também anda munida de seu espelho e seus apetrechos. Este objeto porém tem um nome que caracteriza unicamente sua função, que consiste em demonstrar somente o que há de belo na filha de Afrodite, que por ser egocêntrica só tem a si mesma como bela. Quando um inimigo olhar diretamente em reflexo por este, porém, tudo que ele ver são seus maiores temores tornarem-se realidade por meio de uma dura e cruel ilusão, moldada a vontade de Dianna - é necessário que o player em questão revele seu maior temor. Aqueles que a filha de Afrodite tomar como belos poderão enxergar-se no espelho sem grandes problemas, desde que ela não mude de concepção. Quando desativado é apenas um batom simples que pode ser transportado facilmente. [ Presente de Shamira Vallet. ]
† Killer (Lança de ouro, sua lâmina contém o tributo de gelo, causando dormência à medida que os golpes vão se intensificando. A lança transforma-se em presilha. Semi-indestrutível)
† Anel dos Ventos [Anel feito de ouro branco, indestrutível. Uma vez por batalha, pode fazer uma leve ventania, fazendo o inimigo perder o equilíbrio]







Postagem by Dianna F. D. Callaghan + fun + VESTINDO + Natural Born Killer - Avenged Sevenfold + narração em terceira pessoa



template feito pela FLÁ! do TDN

Dianna Callaghan
avatar
Indefinido
Mensagens :
189

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bruce L. Salazar em Dom 16 Dez 2012, 20:25

.
• O que me aguarda? •


Ela pareceu recuar, enquanto o garoto arrumava novamente as mangas, destravando a suas lâminas. Se ela tentasse algum golpe, ou algum movimento suspeito, ele se utilizaria da lâmina. Enquanto elas se mantinham recuadas, Damm acabou se levantando sem querer e logo que percebera, a alma de Lucas fervia dentro do colar. Pediu a bebida da garota, enquanto fingia beber um pouco, falando com Lucas em sua mente.

Quem é ela, Lucas? — Perguntou o filho de Apollo à alma de seu irmão.

Ela é Dianna Callaghan, renegada do acampamento. Antes de partir para o Mar de Monstros, fiquei sabendo que ela estava viajando pelo país. É uma velha conhecida. — Disse Lucas, meio que reconhecendo-a agora.

Logo que a garota perguntou seu nome, o semideus arqueou levemente, soltando a lâmina da mão direita e a mostrando para a garota.

Meu nome é Dammyen Hons Lewth, irmão de Lucas. Prazer em finalmente conhecê-la, Dianna. — Sorriu.

A lâmina da Hidden Blade foi recuada e travada pelo semideus, não queria cometer alguma carnificina desnecessária. Voltou para a sua taça de vinho, tomando mais um gole e arrumando os cabelos, entregando o pedido da garota para ela. Ele estava calmo e não se importava com as manchas de sangue, afinal, eram os seus espólios de guerra.

Levado:
♠ Black Beast [Besta de repetição com o formato de uma Desert Eagle, é preta e tem detalhes (runas) feitas em ouro. Se transforma em uma pulseira com pingente em formato de caveira negra com um tiro na testa. Seus virotes são modificados, estes tem a propensão de manter o fogo, porém as chamas não provém dos virotes; além disso, ainda tem o poder de projetar qualquer ataque do arco e flecha dados para o semideus por Apollo.]
♠ Botas de Hermes [Um par de botas entregue diretamente por Lord Hermes. É indestrutível, por ser um item vindo de um Olimpiano e pode variar de modelo, sendo o seu modelo original uma bota de ouro com asas também de ouro, com detalhes em azul e em vermelho. Nas missões, pode utilizá-las apenas para ir de um lugar para o outro, em velocidade igual a do Som (1228 km/h), as botas guiando-o sem fazê-lo se cansar, porém não podendo ser utilizadas em batalha]
♠ Colar de Esmeralda Negra [Colar feito a partir de uma esmeralda, que, por causa da alma de Lucas, ficara negra. Possui, selado dentro de si a alma de Lucas, sendo que ela pode ser utilizada quando Dammyen quiser, trocando a personalidade e a mentalidade, ou dividindo-a. Útil para controlar Dammyen e seus ataques psicóticos. Não é possível, porém, utilizar os itens E/OU poderes de Lucas por Dammyen]
♠ Lâmina dos Assassinos [Duas Hidden Blades de titânio, feitas com alguns detalhes de carcaça de dracaena, indestrutíveis. Possuem suas lâminas bem afiadas, proporcionando um corte puro]
Bruce L. Salazar
avatar
Indefinido
Mensagens :
970

Localização :
Hell

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Dianna Callaghan em Dom 16 Dez 2012, 21:18






O fato é que algumas coisas jamais mudam


mas isso poderia ter mudado






Peculiar a atitude que o garoto tomava diante da semideusa, mas esta apenas sorriu com escárnio, fechando os olhos por alguns segundos, mas logo os abriu. E com pressa, quando o nome de Lucas fora mencionado. Lucas jamais havia comentado sobre seus irmãos com a garota, mas ela apenas ignorou tal fato, tentando assimilar as coisas que aconteciam à sua frente e tentando manter a sua pose de esquecer todo seu passado.
Hm, receio que tenha me confundido com outra pessoa, senhor Lewth. Meu nome é Diannè, a propósito.— deu uma piscadela com o olho direito.
Segurou a lata de Coca, observando todos ao seu redor, e tomando um longo gole de seu conteúdo. Perguntava consigo mesma entre pensamentos se seria possível que aquele semideus soubesse seu nome de alguma forma, soubesse de seu passado ou de alguma forma soubesse da ligação da prole de Afrodite com o filho de Apollo. Mantenha a pose - uma vez dentro da mente da garota dizia, e ela decidiu obedecê-la. Apesar do garoto aparentar - ao menos para ela - ser perigoso de alguma forma ao seu disfarce.
Não sei...— começou ▬ Parece que te conheço de algum lugar — estava blefando, claro ▬ Vem sempre aqui? — tornou-se séria por alguns instantes, tentando compreender o que raios estava acontecendo.

Armas Levadas:




† Chicote Elétrico (Se transforma em um cinto) [By Afrodite]
† Verdadeiro eu - Como toda filhota de Afrodite que se preze, Dianna também anda munida de seu espelho e seus apetrechos. Este objeto porém tem um nome que caracteriza unicamente sua função, que consiste em demonstrar somente o que há de belo na filha de Afrodite, que por ser egocêntrica só tem a si mesma como bela. Quando um inimigo olhar diretamente em reflexo por este, porém, tudo que ele ver são seus maiores temores tornarem-se realidade por meio de uma dura e cruel ilusão, moldada a vontade de Dianna - é necessário que o player em questão revele seu maior temor. Aqueles que a filha de Afrodite tomar como belos poderão enxergar-se no espelho sem grandes problemas, desde que ela não mude de concepção. Quando desativado é apenas um batom simples que pode ser transportado facilmente. [ Presente de Shamira Vallet. ]
† Killer (Lança de ouro, sua lâmina contém o tributo de gelo, causando dormência à medida que os golpes vão se intensificando. A lança transforma-se em presilha. Semi-indestrutível)
† Anel dos Ventos [Anel feito de ouro branco, indestrutível. Uma vez por batalha, pode fazer uma leve ventania, fazendo o inimigo perder o equilíbrio]







Postagem by Dianna F. D. Callaghan + fun + VESTINDO + Natural Born Killer - Avenged Sevenfold + narração em terceira pessoa



template feito pela FLÁ! do TDN

Dianna Callaghan
avatar
Indefinido
Mensagens :
189

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bruce L. Salazar em Dom 16 Dez 2012, 23:13

.
• O que me aguarda? •


A evasiva da semideusa fora esperta, mas não o suficiente para enganar o semideus. O riso em escárnio apenas serviu para abafar que a garota não sabia de onde Dammyen havia retirado aquela informação. O colar. Aquela era a fonte do semideus de Apollo sobre a filha de Afrodite, então, porque não liberar metade do espírito de Lucas do colar, para demonstrar como Damm poderia saber sobre ela. O olho esquerdo ficara negro, com a íris em um tom brilhante e sua pupila normal. A alma estava com metade do corpo.

Enfim, Diannè, como pode ver, não sou muito de frequentar estes locais, afinal, só saio daquele acampamento para caçar um pouco, apenas para aprimorar as minhas habilidades. — Disse, com uma voz meio dividida entre o tom fantasmagórico da alma e do tom de Damm. Ele fazia questão de olhar diretamente nos olhos da garota, mas sem mover um dedo sequer.

Dammyen podia identificar qualquer tom de blefe na voz da garota, afinal, sabia muito bem qual tom utilizar. Quem ensinou aquela garota a mentir, certamente ensinou bem, mas não no controle de voz.

Afinal, por que continuas a mentir, Diannè? — Um riso calmo saiu da boca do semideus, que deu o último gole no líquido.

Ela descobriria mais cedo ou mais tarde que Lewth não mentia. O colar soltava um leve brilho alaranjado, que Dammyen encobriu subindo o zíper da blusa de moletom. Ela não poderia saber muito cedo da existência daquele colar. Seus olhos, antes negros, voltavam a sua cor normal e o garoto estralava seus dedos, pressionando-os.

Levado:
♠ Black Beast [Besta de repetição com o formato de uma Desert Eagle, é preta e tem detalhes (runas) feitas em ouro. Se transforma em uma pulseira com pingente em formato de caveira negra com um tiro na testa. Seus virotes são modificados, estes tem a propensão de manter o fogo, porém as chamas não provém dos virotes; além disso, ainda tem o poder de projetar qualquer ataque do arco e flecha dados para o semideus por Apollo.]
♠ Botas de Hermes [Um par de botas entregue diretamente por Lord Hermes. É indestrutível, por ser um item vindo de um Olimpiano e pode variar de modelo, sendo o seu modelo original uma bota de ouro com asas também de ouro, com detalhes em azul e em vermelho. Nas missões, pode utilizá-las apenas para ir de um lugar para o outro, em velocidade igual a do Som (1228 km/h), as botas guiando-o sem fazê-lo se cansar, porém não podendo ser utilizadas em batalha]
♠ Colar de Esmeralda Negra [Colar feito a partir de uma esmeralda, que, por causa da alma de Lucas, ficara negra. Possui, selado dentro de si a alma de Lucas, sendo que ela pode ser utilizada quando Dammyen quiser, trocando a personalidade e a mentalidade, ou dividindo-a. Útil para controlar Dammyen e seus ataques psicóticos. Não é possível, porém, utilizar os itens E/OU poderes de Lucas por Dammyen]
♠ Lâmina dos Assassinos [Duas Hidden Blades de titânio, feitas com alguns detalhes de carcaça de dracaena, indestrutíveis. Possuem suas lâminas bem afiadas, proporcionando um corte puro]
Bruce L. Salazar
avatar
Indefinido
Mensagens :
970

Localização :
Hell

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Sophie Deneuve em Seg 17 Dez 2012, 19:40





Meeting my life's

love
Porque a criatividade para títulos owna qn


O segundo drink veio, com a mesma rapidez que o primeiro se foi. Não ia demorar muito para que o álcool começasse a fazer efeito na feiticeira e sua racionalidade se esvaísse aos poucos. E ela sabia disso. Mas...isso importava, afinal? Era a noite de seu aniversário. E ela precisava relaxar e esquecer um pouco de suas preocupações. Analisou a bebida por um tempo, enquanto seus devaneios lhe tiravam a concentração. Inevitavelmente ela continuava ligada a Andy. Revirou os olhos e murmurou:

▬ Foda-se. ▬ então bebeu um gole do drink, reprimindo uma careta.

Pensava no que faria aquela noite. Obviamente, passar a madrugada bebendo naquele balcão não estava nos planos de diversão da feiticeira. A bebida era apenas uma...motivação. Motivação que talvez se tornasse dispensável, quando um rapaz, que deveria ter quase a mesma idade de Sophie, aproximou-se dela. Assim que notou a presença do garoto, Deneuve desviou o olhar na sua direção. Não era surpresa que alguém se aproximasse dela querendo sua companhia, afinal, filhas de Afrodite são sempre notadas; principalmente em um local como aquele. Entretanto, a presença dele provocava uma sensação tão familiar e estranhamente...reconfortante. Ele emanava de si uma energia que ela reconhecia muito bem. Magia.

Ela nunca o havia visto na Ilha, descartando a possibilidade de ser um devoto de Circe. O que despertava ainda mais a curiosidade da semideusa. Será que ele também havia notado a aura mágica da feiticeira? Não sabia. Mas decidiu permanecer indiferente a isto, por enquanto. Sorriu gentilmente, virando seu corpo na direção dele, e apoiando seu braço esquerdo sobre o balcão, segurando o drink com a mão direita. Então respondeu, com animação na voz:

▬ Hum...acho que a pista de dança está...movimentada demais agora ▬ o que não era mentira. ▬ Mas aceito sua companhia. Se a minha for bem-vinda, claro. ▬ completou mantendo o mesmo sorriso. Então decidiu iniciar as "apresentações". ▬ Me chamo Sophie. ▬ disse aproximando-se dele e depositando um beijo em sua bochecha direita.

Afastou-se novamente e tomou mais um pouco de seu drink, analisando melhor as feições e a reação do desconhecido. É. Talvez a diversão tivesse chegado.
Itens levados:
♣ State Of Mind [É uma tiara em prata, com pequenos diamantes incrustados. À primeira vista, parece um acessório normal, mas permite com que a Feiticeira possa bloquear sua mente de qualquer ataque ou invasão. Ainda faz com que Sophie possa controlar a mente de um inimigo durante dois turnos, forçando-o a acatare suas ordens e bagunçando os pensamentos dele. Por ser abençoado, também permite a quebra das barreiras mentais dos inimigos, fazendo com que qualquer um esteja exposto ao poder do item. Só funciona com Sophie Deneuve, e se for tocado por outra pessoa sem autorização, emite pequenos choques que paralisam a pessoa durante um turno. P.S: Com inimigo de nível superior, as barreiras mentais deste diminuem, mas os demais poderes do item reduzem-se ao mínimo.] [Presente de aniversário da irmã de alma mais diva do mundo: Andy Almeida -qn]

♣ Rossiter [Um broche, que possui o formato de uma rosa entalhada nos mínimos detalhes, e feito totalmente de prata. Ao pressionar o objeto, este se transforma em uma rosa, feita do mesmo material, e que possui duas utilidades: A primeira é que suas pétalas são muito afiadas e podem ser jogadas na direção do inimigo, como lâminas, e não machucam sua usuária. A segunda é que a rosa pode transformar-se em um chicote. O cabo da flor assume um comprimento de até três metros, possuindo espinhos muito afiados por toda a sua extensão e as pétalas se transformam, então, em um cabo que ajusta-se perfeitamente a mão de Sophie. E, apesar do chicote ser feito de prata, o mesmo é totalmente maleável.][Presente de aniversário da Gêmea.]

♦ Chicote Elétrico (Pode se transformar em um cinto) [By Afrodite]

♣ Feel Love [Um pequeno bracelete delicado, feito de ouro com pequenos arabescos. Foi feito especialmente para que não possa deixar o braço da Feiticeira. Constantemente, uma aura avermelhada é emitida do item, fazendo com que a presença da semideusa incite a discórdia, da forma que ela gosta. No entanto, se ameaçada, o bracelete rapidamente emite sinais eletromagnéticos ao cérebro de Sophie, fazendo com que a Feiticeira entre em modo Combate Selvagem, que pode ser utilizado duas vezes por missão, durante três turnos. Nesse modo, os ataques de inimigos terão seus danos reduzidos, enquanto os de Sophie terão seus danos aumentados consideravelmente. Uma vez por missão, o bracelete oferecerá uma pequena ajuda. Este poderá convocar um clone de Andy, que durará quatro rodadas e poderá atacar normalmente. Os ataques da irmã de Sophie devem ser narrados por ela própria.][Presente de sua irmã de alma mais diva, Andy Almeida]
Adicionais
Com quem? Steve ♥ Meu passivo Vestindo? Roupas. Ou não. -v- QQQQNNNN Ouvindo? You Shook Me All Night Long - ACϞDC


Thanks, Thiago Leveck.
Sophie Deneuve
avatar
Filhos de Afrodite
Mensagens :
72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Steve C. Wizard em Sex 21 Dez 2012, 17:31

Meeting my life's love


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -


Precisava anotar para não esquecer: o colar não era tão útil contra sedução assim. Só de ouvir a voz da garota ali, sentiu uma mudança interna. Algo que não sentia com muita frequência. Aprendera a observar as pessoas com um olhar analítico, isentando-se de sentimentos, mas estando ali, naquela boate, sentia-se vulnerável. Não estava frio como era normalmente. E aquela feiticeira não o ajudava muito no quesito "autocontrole".

Ela terminou de falar, aproximando-se dele com velocidade e graça. Seu coração falhou, não sabia o que fazer, tampouco sabia o que ela estaria fazendo, até sentir o leve toque do lábio desta em sua bochecha. As luzes que iam e vinham não permitiam um enfoque maior no rosto da garota, mas com certeza era filha de Afrodite, dada a imensa beleza e perfeição de todos os seus... traços.

▬ Sou o Steve ▬ disse, desvencilhando o olhar que a ela dirigia para gesticular ao barman que aceitaria o mesmo drinque que ela possuía em mãos, tendo em vista que seu Whisky já acabara. Não sabia como se dirigir à uma afrodisíaca, ainda mais numa situação como aquela. Nunca fora de muitas paixões... ▬ Você é de Las Vegas?

Salientou questionar mais algumas coisas, mas não estava muito a fim de falar, por assim dizer. O servente depositou o drinque no balcão, a frente do semideus. Apanhou a taça, bebericando sem muita cerimônia. O gosto amargo pareceu cortar sua garganta. Não ia demorar muito para perder um pouco da lucidez. Como a noite acabaria... nem os deuses sabiam.




Armas & Poderes Usados
Armas Ofensivas:
☠ Lança Mágica (Amplia o poder mágico, é indestrutível. Quando ativada, assume a forma de uma lança envolta em uma aura de magia, a extremidade de baixo é tão afiada quanto uma lança comum, mas a de cima é ornamentada com pedras e runas mágicas, exalando poder. Desativada, assume a forma de uma caneta, sempre guardada em conjunto com o grimório) [By: Hécate]
☠ Just Love [Um pequeno colar em ouro com um pingente de diamante em formato de um pequeno coração. É abençoado para que proteja o usuário de qualquer magia mental ou sedução. Não o protege contra os caprichos de Andy. Ainda possui a inscrição "Para meu macumbeiro preferido. Com carinho, Andy"][Presente da Andy]
Observações


template feito por ~ Will.
Steve C. Wizard
avatar
Indefinido
Mensagens :
118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Sophie Deneuve em Sex 28 Dez 2012, 21:29





Meeting my life's

love
Porque a criatividade para títulos owna qn


O sorriso carismático e a expressão divertida na face da feiticeira camuflavam muito bem seus pensamentos. A curiosidade somada a dúvida lhe faziam questionar-se internamente a todo momento. Quem era aquele garoto? Entretanto, decidira manter a indiferença em relação a esta questão...pelo menos por enquanto.


▬ Não, não. Estou em Las Vegas apenas para...▬ pensou por alguns instantes em como completar a frase. ▬comemorar. ▬ concluiu com incerteza.

Pensou por alguns instantes naquela resposta, desviando o olhar e deixando que o sorriso de sua face se esvaísse. Não era uma mentira. Mas tampouco era verdade. Limitou-se a dar de ombros e beber mais um pouco do drink. Mordeu o lábio inferior, reprimindo uma careta e voltou a olhar para Steve.

▬ E você? Por que está aqui? Não parece ser o tipo de pessoa que vive em Las Vegas. ▬ disse em um tom divertido, acompanhado de uma pequena risada.

Sophie lançou um olhar indiscreto na direção do garoto, analisando-o por completo. Era fácil perceber o jeito mais...retraído do rapaz. Não parecia ser tímido e antissocial. Mas também não era o tipo de pessoa que vivia naquele lugar. Steve era bonito, a filha de Afrodite não podia negar. Não tinha a beleza de um dos irmãos da garota, mas algo nele fez com que Deneuve esboçasse um pequeno sorriso malicioso no canto dos lábios.

Mesmo sendo filha de quem era, a feiticeira nunca foi de se envolver emocionalmente com muitas pessoas. Mas quem sabe aquela ocasião não poderia ser uma exceção?
Itens levados:
♣ State Of Mind [É uma tiara em prata, com pequenos diamantes incrustados. À primeira vista, parece um acessório normal, mas permite com que a Feiticeira possa bloquear sua mente de qualquer ataque ou invasão. Ainda faz com que Sophie possa controlar a mente de um inimigo durante dois turnos, forçando-o a acatare suas ordens e bagunçando os pensamentos dele. Por ser abençoado, também permite a quebra das barreiras mentais dos inimigos, fazendo com que qualquer um esteja exposto ao poder do item. Só funciona com Sophie Deneuve, e se for tocado por outra pessoa sem autorização, emite pequenos choques que paralisam a pessoa durante um turno. P.S: Com inimigo de nível superior, as barreiras mentais deste diminuem, mas os demais poderes do item reduzem-se ao mínimo.] [Presente de aniversário da irmã de alma mais diva do mundo: Andy Almeida -qn]

♣ Rossiter [Um broche, que possui o formato de uma rosa entalhada nos mínimos detalhes, e feito totalmente de prata. Ao pressionar o objeto, este se transforma em uma rosa, feita do mesmo material, e que possui duas utilidades: A primeira é que suas pétalas são muito afiadas e podem ser jogadas na direção do inimigo, como lâminas, e não machucam sua usuária. A segunda é que a rosa pode transformar-se em um chicote. O cabo da flor assume um comprimento de até três metros, possuindo espinhos muito afiados por toda a sua extensão e as pétalas se transformam, então, em um cabo que ajusta-se perfeitamente a mão de Sophie. E, apesar do chicote ser feito de prata, o mesmo é totalmente maleável.][Presente de aniversário da Gêmea.]

♦ Chicote Elétrico (Pode se transformar em um cinto) [By Afrodite]

♣ Feel Love [Um pequeno bracelete delicado, feito de ouro com pequenos arabescos. Foi feito especialmente para que não possa deixar o braço da Feiticeira. Constantemente, uma aura avermelhada é emitida do item, fazendo com que a presença da semideusa incite a discórdia, da forma que ela gosta. No entanto, se ameaçada, o bracelete rapidamente emite sinais eletromagnéticos ao cérebro de Sophie, fazendo com que a Feiticeira entre em modo Combate Selvagem, que pode ser utilizado duas vezes por missão, durante três turnos. Nesse modo, os ataques de inimigos terão seus danos reduzidos, enquanto os de Sophie terão seus danos aumentados consideravelmente. Uma vez por missão, o bracelete oferecerá uma pequena ajuda. Este poderá convocar um clone de Andy, que durará quatro rodadas e poderá atacar normalmente. Os ataques da irmã de Sophie devem ser narrados por ela própria.][Presente de sua irmã de alma mais diva, Andy Almeida]
Adicionais
Com quem? Steve ♥ Meu passivo Vestindo? Roupas. Ou não. -v- QQQQNNNN Ouvindo? You Shook Me All Night Long - ACϞDC


Thanks, Thiago Leveck.
Sophie Deneuve
avatar
Filhos de Afrodite
Mensagens :
72

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Helena J. Eickenberg em Sex 01 Fev 2013, 16:17

Patética


# Post 01
# Anne Elle Kammie | Filha de Éolo
# Las Vegas | Beco perto da Boate Paradise
# Vestindo – Clique.

- Anne, é a sua vez de pagar. Sinta a dor de todos os seus inimigos. Todo o seu passado voltará a se manifestar em seu interior e nem a sua frieza mais profunda poderá barrar. – A voz feminina se manifestou na escuridão do meu sonho. Nada enxergava, estava tudo negro e somente o som da voz reverberava no espaço infinito.

O suor escorria por minha pele e eu me remexia no chão com um incomodo proveniente do sonho. Todo semideus sonhava com uma previsão ou premonição, ás vezes até era amaldiçoado por alguém no mesmo.

De repente o barulho de passos se aproximando me desperto e de imediato saquei a adaga escondida em minha bota, levantando-me rapidamente e observando ao redor atenta. Logo me lembrei de onde estava, em um beco escuro perto a uma boate qualquer de Las Vegas.

Uma sombra delineava a parede e tinha forma feminina, mas ao olhar em volta, nenhuma forma humana aparecia. Suspirei, cansada e senti o cheiro de sangue. Olhei para minhas roupas e arqueei a sobrancelha. Estava toda suja. Não tinha matado somente uma pessoa. Isso deveria ter sido um massacre, mas porque não conseguia lembrar?

Uma dor tão profunda percorreu meu corpo e cai no chão, mordendo meu lábio até sangrar para impedir um grito de agonia. Minha cabeça estava prestes a explodir e cada osso do meu corpo parecia se quebrar lentamente. Lágrimas fugiram de meus olhos e a primeira pessoa que me veio a mente foi: Alexia Sinclair. Ela tinha um item meu, provavelmente sentiria algo.

Levantei com grande dificuldade, apoiando-me na parede do beco e as asas negras abriram-se de imediato. Quando libertas, agitaram no ar para me sustentar até o alto de um prédio. Cai ali e fechei os olhos, atenta a qualquer movimento que pudesse escutar. A adaga agora estava escondida na manga de meu casaco de couro e a espada de fácil alcance na bainha. Odiava admitir isso, mas não tinha ideia do que acontecia comigo. A dor ainda me rasgava por dentro, cada osso e cada órgão. Imagens de meu passado invadiram minha mente, eram terríveis e causava mais dor, mas dessa vez em um coração congelado pelo tempo. Tudo em mim implorava por ajuda.

Patética. Eu estava patética. Precisava de mais sangue para aliviar isso. Onde conseguiria? Eu precisava...
Helena J. Eickenberg
avatar
Indefinido
Mensagens :
662

Localização :
Desconhecida

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Eddard W. Dayne em Sex 01 Fev 2013, 19:34


O Fugitivo.



Procurando alguém.




Enzo estava um pouco cansado, após ter fugido do Acampamento Meio-Sangue. Havia cansado de esperar o momento certo para sair e agora tinha saído, em busca da sua vingança. Levava consigo todas as suas armas e alguns suprimentos dentro da mochila, nada mais. Iria derrubar os deuses e o Acampamento, não importava como.

Estava em Las Vegas, uma grande cidade e para Enzo, uma cidade feia, com pessoas medíocres e coisas medíocres. Como estava tarde, resolveu ir na Boate Paradise, conhecida por todos os meios-sangues. A Prole de Morfeu usava uma camisa preta de manga longa, com o capuz sobre a cabeça, sua calça jeans preta e um pouco velha e seus All-Star's de Cano longo também pretos e na sua face marcada do lado esquerdo, usava um tapa-olho preto.

Com o Capuz sobre a cabeça, andou até a porta da Boate, mas precisava fazer algo antes e encostou suas costas na parede, pegando um cigarro no bolso e o levando os lábios. Acendeu o mesmo e olhou ao redor, sentiu um calafrio e um vento veio na sua direção, o que fez Enzo levar a mão até uma de suas facas, presa na coxa. Ele olhou ao redor e percebeu que talvez sua morte se aproximasse, mas mesmo assim, um sorriso se formou em seus lábios.

Itens levados:

○ Faca de Bronze [Inicial]
○ Elmo de bronze, com o formato de lobo.O elmo é igual ao de Aquiles,sem viseira.{Θ}
○ Faca de bronze sagrado com o nome gravado {Argentum};
○ Espada de Bronze (A lâmina é de cor branca, e a empunhadeira negra. A cada toque, tem uma chance pequena de deixar o inimigo sonolento.) [Presente de reclamação de Morfeu]
○ Faca de bronze sagrado com empunhadura preta e com o nome gravado {Aurum}.
○ Adaga Normal
○ Escudo de Couro [Um grande escudo reforçado com couro de Lestrigão, permitindo uma defesa melhor]
- Adaga Normal
○ Adaga Normal
○ Adaga Normal

P.S: Grande parte estão na mochila




Estou no Boate Paradise, falando com Ninguém, por enquanto . Estou vestindo Calça jeans Pretas e um pouco velhas. Camisa de manga longa preta. Casaco com Capuz. All-Star's de cano longo pretos. . O tempo está Tenso e eu estou Depresivo .
Eddard W. Dayne
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
323

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Helena J. Eickenberg em Sex 01 Fev 2013, 20:03

I want your blood…


# Post 02
# Anne Elle Kammie | Filha de Éolo
# Las Vegas | Beco perto da Boate Paradise
# Vestindo – Clique.

Tanta agonia e dor. Eu clamava por sangue naquele momento. Uma brisa agitou meus cabelos e fechei os olhos, inspirando profundamente. Um odor reconhecível fixou-se ao meu redor e um sorriso completamente doentio percorreu meu rosto. Campistas burros e ingênuos. Achavam que podiam sair por aí sem perigo algum e eram capazes de destruir qualquer ameaça. Orgulhosos e idiotas.

Levantei-me com dificuldade e saltei pelo canto do telhado, pousando em um beco entre o prédio sujo e a boate. Encolhi minhas asas o suficiente para que qualquer humano apenas visse outra coisa, talvez uma parte de minha roupa. Farejei o ar e caminhei até a fonte do odor. Ele estava encostado na parede da danceteria. O sorriso psicopata novamente percorreu meus lábios e eu me aproximei de forma lenta, enquanto isso controlava o ar e a umidade de modo que formasse uma névoa. Os mortais não veriam nada que iria acontecer.

Meu corpo ficou a centímetros do dele e soprei levemente o cigarro, fazendo uma lufada apaga-lo, enquanto isso encostei a mão no local onde ele segurava a faca na coxa. – Tsc tsc, acho melhor não. – Segurei-a pela lâmina, sentindo meu sangue deslizar por esta, banhando-a do líquido vermelho. Puxei-a da mão dele e girei-a na mão, segurando-a pelo cabo apenas finquei entre nós, atingindo a barriga dele e transpassando a camisa e a pele e por fim, perfurando a carne. Segurei-o pela gola da camisa com a outra mão e o puxei para o beco, com o mesmo meio apoiado em mim.

Ao chegar lá a dor novamente transpassou meu corpo cruelmente, apoiei-me sobre ele rapidamente, fechando os olhos e me controlando. As asas abriram de imediato e o segurei pelo pescoço, soltando a faca no chão. Voei até encontrar o telhado do prédio e o joguei no chão de qualquer forma, pousando suavemente.

- O que faz fora do acampamento, campista? – Disse friamente. – Não é hora dos cachorrinhos de Quíron irem brincar fora. – O sarcasmo deleitava-se do momento, não podia evita-lo.
Helena J. Eickenberg
avatar
Indefinido
Mensagens :
662

Localização :
Desconhecida

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Eddard W. Dayne em Sex 01 Fev 2013, 20:24

Um anjo negro


Enzo deu um sorriso, ao ver que uma menina se aproximava dele, mas não era um sorriso normal, um sorriso frio. Sentia que eles iriam lutar e percebeu que a mesma era uma semideusa. Ao ver o que a mesma fez, cortando a barriga do semideus, ele deu uma gargalhada, sentindo o sangue quente descer pela sua barriga.

Tirou sua camisa e fez um pequeno curativo, amarrando a mesma envolta do corte. Olhou na direção da semideusa, que vendo agora, parecia um anjo. Um anjo negro. O corte sangrava pouco agora e Enzo tirou da bainha sua espada, com a lâmina de cor branca, na qual fez uma pequena luz no beco. Após ouvir o que ela dizia, ele se apoiou na espada olhando a menina, com um leve sorriso nos lábios.

- Então você acha que sou mais um bichinho daquele Centauro? Não garota, sou um semideus com sede de vingança. Em busca de um destino. - Disse ele com frieza.

Após falar, Enzo encarou a menina, no fundo de seus olhos e sim, aqueles eram olhos malignos, o que fez um arrepio percorrer o corpo da Prole de Morfeu, mas ele se limitou a sorrir, mais um sorriso frio.
Em busca da Vingança.
Eddard W. Dayne
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
323

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Alexia Sinclair em Sex 01 Fev 2013, 21:32



Like an army, falling
One by one by one

Acordei em um sobressalto. Meu corpo suado e a dor que transformava minha cabeça em um inferno eram apenas sinais de que aquele pesadelo não fora algo comum. As imagens ainda flutuavam em minha mente, desconexas e com uma dor que parecia real. Havia algo errado, sabia disso, algo muito errado. Pisquei os olhos com um pouco de força, tentando retornar a ter nitidez em minha visão, mas quando levantei a mão para esfregar meu olho esquerdo notei que ela estava enluvada. Mas com luvas de guerras.

Saltei da cama daquele hotel barato de Las Vegas. Estava ali, recobrando minhas forças e descobrindo um modo de retornar à Europa depois de fazer um rápido passeio turbulento no Alaska. Porém ao pisar no chão este produziu um som metálico e só então percebi que estava vestida com algo diferente. Meus olhos se abriram quando encarei a meu corpo coberto por uma armadura extremamente leve, mas completa. Era a armadura de Anne Elle!

Anne.

Algo tinha acontecido com ela. Mordi o canto de meus lábios e corri para a única janela daquele quarto. Ainda era noite, o que significava que havia dormido pouco, meu corpo ainda estava cansado da viagem. Respirei fundo e desenvoquei a armadura, fazendo ela sumir enquanto andava. Peguei as primeiras roupas que vi pela frente e passei os dedos por entre os fios negros de meu cabelo para ajeitá-los. Pronta para sair, fui até a janela e saltei para a escada de incêndio. Fiquei sobre a grade de segurança e com um impulso que se assemelhava a um salto comecei a voar para o céu noturno.

Não sabia bem o que estava fazendo, era guiada puramente por meus instintos. Não podia ficar quieta enquanto sentia que algo estava errado. Por mais que seja estranho uma atitude dessas vindo de minha parte, Anne Elle era como eu. Em muitos sentidos imaginados ou não. Estava seguindo a um instinto, precisava encontra-la. Simples. Como uma necessidade biológica que não me deixaria em paz se não o fizesse.

Sobrevoava o céu olhando para as ruas, aproveitando de minha visão melhorada durante a noite para observar cada beco e esquina. Tinha de procura-la. Mas a onde? Levou vários minutos até sentir a agitação que vinha de um determinado lugar perto de uma boate. Abaixei mais o voo até descobrir o que era aquela inquietação. Anne Elle e provavelmente outro campista. Tudo o que eu fiz foi descer em quase queda livre e pousar entre os dois. Segurei o garoto pela camisa e o levantei com uma força aumentada por causa da noite e o joguei longe, logo depois murmurando “Carcerem”, fazendo com que correntes de cor negra aparecessem e envolvessem o corpo do garoto como uma cobra metálica dando o seu abraço mortal. Nunca confiaria em um semideus que não conhecia. Afastei um pouco para olhar para Anne Elle, lançando naturalmente um olhar indecifrável.

-O que houve com você? – perguntei a olhando nos olhos.






Poderes:
▬Visão. Nada fugirá a sua visão, você poderá ver perfeitamente como se ainda fosse dia, e ver através de objetos sólidos. (Exceto por meios mágicos de proteção

Lvl 5 – Força Sombria: No escuro e na noite, você fica mais forte e ágil.

• Magia da Invocação II. Você pode invocar coisas maiores do seu arsenal, como escudos, espadas lanças etc. Além disso, você pode "desinvocar" e "invocar" a todo instante, trocando frequentemente de arma, podendo assim, confundir o inimigo. A conjuração muda para Επικαλούμαι

"Carcerem": Magia da Prisão que faz com que correntes negras apareçam do nada e prendam seu inimigos.

Lvl 23 – Voar: Você executa uma mágica que possibilita que você se desloque em alta velocidade no ar.
thanks juuub's @ cp!
Alexia Sinclair
avatar
Filhos de Hécate
Mensagens :
481

Localização :
Se me encontrar posso ser a última coisa que veja

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Helena J. Eickenberg em Sab 02 Fev 2013, 02:34

Not the same


# Post 03
# Anne Elle Kammie | Filha de Éolo
# Las Vegas | Beco perto da Boate Paradise
# Vestindo – Clique.

A dor ainda persistia em meu corpo, mas eu resistia e a ignorava. Tudo que eu queria era gritar e me contorcer. Não podia demonstrar fraqueza, por isso fitei o garoto com um olhar soberbo, avaliando-o de cima a baixo. Apesar da gargalhada dele no momento do corte – o que chamou minha atenção –, ele ainda parecia um gatinho assustado brincando de ser vilão.

Desembainhei Freedom, deixando-a com a lâmina apontada para o chão e me movimentei de um lado para o outro, escutando-o. Uma risada de puro escárnio escapou de meus lábios e com a mão livre, deixei com que a adaga caísse da manga e a girei na mão.

- Você não sabe o que fala, criança. Sede de vingança... – Novamente a risada se pronunciou, totalmente mergulhada em sarcasmo. – Volte para casa, pequenino. Você tem alguns segundos ou eu... – Minha fala foi cortada quando uma figura pousou entre nós.

Avaliei-a de cima a baixo e a dor voltou em uma intensidade inegável. Mordi meu lábio, tentando disfarçar e senti o gosto de sangue em minha boca. Abri as asas para me sustentarem. Alexia Sinclair, a mais bela e poderosa feiticeira de todos os tempos. Filha de Hécate. Uma assassina admirável. Ao fita-la, vi um brilho diferente em seus olhos que lutavam para serem inexpressivos. Ela tinha mudado. Havia algo diferente... Sua voz, autoritária e fria como sempre reverberou em minha mente durante segundos antes de responder.

- Não sei, Alexia. Houve um massacre e creio que fui eu, mas eu apaguei e não lembro de nada. Agora... – Calei-me, engolindo o resto do que falaria. Não iria demonstrar fraqueza diante dela, nunca. Observei o menino na armadilha da feiticeira, envolto por correntes negras que o apertavam. O cheiro de sangue dele invadia minhas narinas como perfume e eu precisava fazer aquele coração parar de bater. – Não foi nada. Deixe-me acabar o que comecei. – Meus olhos estavam esbranquiçados, demonstrando a selvageria interna se movimentando e estavam fixos no garoto.
Helena J. Eickenberg
avatar
Indefinido
Mensagens :
662

Localização :
Desconhecida

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Eddard W. Dayne em Sab 02 Fev 2013, 15:39

Encontro



Enzo sorriu um pouco ao ouvir o que a menina tinha dito, mas não iria fugir e muito menos era criança. Ele tirou uma de suas facas e encarou a menina, a olhando.

- Eu não irei fugir. Posso ser fraco, eu sei. Mas não é por conta disso que irei correr, irei morrer aqui, quem sabe? A menos que você aceite me ajudar. - Ele a fitou nos olhos. Até que sentiu algo envolver seu corpo e caiu no chão.

Estava preso com correntes e uma nova semideusa havia aparecido, parecia que as duas já se conheciam e isso deu um pouco de medo ao Enzo, mas ele cuspiu sangue e encarou a menina que havia aparecido. Ela era bonita sim, mas o semideus não iria fugir.

- Tire-me daqui, semideusa. - Disse ele, ainda com a maior frieza.

Seus olhos se movimentaram com rapidez, fitando as duas, ele não iria conseguir lutar contra elas e acabaria morrendo, mas isso pouco importava, ele sabia que ninguém conseguiria lutar contra elas duas. O semideus cuspiu mais uma vez e voltou a encarar as duas.

:center; width: 600px; padding: 2px 2px 0px 0px; line-height: 91%; letter-spacing: 4px;">
Sede de Vingança
Eddard W. Dayne
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
323

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Alexia Sinclair em Sab 02 Fev 2013, 16:25



Like an army, falling
One by one by one


Um massacre. Imagens invadiram a minha mente, lembranças de quando eu mesma matei tantas pessoas em um único momento. Uma cidade, um parque de diversões. Descontrole. Um surto. Uma crise. Anne Elle parecia tão perdida ou até mais de que quando eu estava há algum tempo atrás. Um vício de matar. Perder a si mesmo na maldade mesmo que acredite nela não era o certo para mantermos nossa alma conosco. Sim, tínhamos uma alma.

Desconfiada de que minha intuição poderia estar certa, murmurei “lectio eius cogitationes” e concentrei minha mente na dela. Era a magia do pensamento, iria invadir a mente dela e descobrir o que estava acontecendo. Mesmo que ela fosse uma pessoa forte, em seu estado esperava que não pudesse me impedir. E ela não o fez. Porque não era mais uma vingadora. A surpresa logo foi substituída por pensamentos confusos, mas estava absolutamente claro uma coisa. Anne estava sentindo uma dor insuportável. O que havia acontecido? Nem mesmo ela parecia saber me responder. Em seu próprio argumento ela mostrava não se lembrar do que aconteceu. Sua aparência sugeria uma batalha sangrenta, da qual ela saiu viva. Mas não machucada, pelo menos não por dentro.

Ia me aproximar, mas escutei as reclamações do outro semideus. Resmunguei alto e usei da minha telecinese para jogá-lo com força contra a parede do beco, causando uma quebra e rachadura na parede que recebeu o impacto. Não iria mata-lo. Anne Elle me atacaria por ter destruído o seu alvo. Mas também não poderia deixa-la ataca-lo, ou perderia novamente o controle e eu desconfiava que a consciência também. Passei a ignorá-lo, ele estava preso e provavelmente muito machucado agora. Virei para Anne Elle e aproximei, me pondo entre o caminho dela e ao do garoto.

-Olhe para mim Anne Elle – ordenei voltando a encarar aqueles olhos azuis – Você está perdendo o controle. Eu também o perdi. Você pode matar, mas não sem está lúcida, está me ouvindo?

Eu a ajudava por me ver na pele dela antes. Por ter enlouquecido. Por ainda ter essa vontade incontrolável de virar-me e destroçar aquele semideus intruso por nenhum motivo além de ver seu sangue escorrendo. Era como uma necessidade causar dor aos outros. Mas pior do que isso era perder o controle de si mesmo, não ser dono de seu próprio comando. Porém, sabendo que no estado dela seria pouco escutada, agarrei os braços dela com força, machucando um pouco por ter medo de que ela escapasse.

-Você machucada pode estar, mas essa dor irá parar!” Desiderium! – estava usando a última magia, a mais poderosa. Bastava uma rima para que eu pudesse fazer coisas acontecerem. Relaxei o aperto no braço dela, voltando a falar com convicção – Saímos do acampamento para termos controle sobre nossos destinos, por querermos sermos livres lembra? Nos juntamos ao exército querendo acabar com a manipulação. E agora você está se deixando descontrolar por esse desejo de matar, você não está no comando Anne Elle, você está sendo apenas um brinquedo da morte.

A soltei, mas não me afastei. Aquela guerreira estava ferida, e se não fosse eu a ajuda-la, quem mais o faria? Afinal erámos iguais. Solitárias no caminho que escolhemos percorrer, independentes e fortes. Mas também com uma linha frágil entre a loucura e o autocontrole. Foi difícil e doloroso superar isso sozinha, não precisava ser o mesmo para a filha de Éolo.




poderes:
"Desiderium": Conhecida como a Ultima Mágica, você consegue realizar qualquer coisa, contando que você use rimas. (Uma vez por missão e não coisas muito poderosas/ desconexas)

• Magia do Pensamento II. Chegou ao ápice do poder, e agora consegue obter informações a mais de alguém com o controle sob a mente, porém não totalmente.A conjuração continua a mesma.

• Telecinese III. Nesse nível você pode erguer objetos e pessoas de enorme volume e peso sem grandes dificuldades, porém, não podes exagerar erguendo algo muito excedente. A velocidade é muito mais ligeira e certeira.[ New]

thanks juuub's @ cp!
Alexia Sinclair
avatar
Filhos de Hécate
Mensagens :
481

Localização :
Se me encontrar posso ser a última coisa que veja

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Helena J. Eickenberg em Sab 02 Fev 2013, 17:19

Broken


# Post 04
# Anne Elle Kammie | Filha de Éolo
# Las Vegas | Beco perto da Boate Paradise
# Vestindo – Clique.

Patético. O garoto achava que eu o ajudaria? Não perderia meu tempo. Uma risada totalmente irônica escapou de meus lábios ao escutá-lo falar com a feiticeira. Alexia não aceitaria uma ordem dessas muito bem. Dei um passo para trás, voltando minha atenção para a filha de Hécate. Eu precisava fugir antes que a dor e a agonia me fizesse apagar novamente. Não iria deixar isso acontecer na frente daqueles dois.
Ela murmurou algumas palavras e logo entendi que era um feitiço. Por ter sido seguidora de Nêmesis, minha mente era treinada e por isso consegui sentir a presença dela ali. Eu ainda tinha minhas barreiras, pois fora treinada para mantê-las, mas com a dor que sentia não estava forte o bastante para evitar. Tentei expulsá-la de minha mente, mas não adiantou, as defesas foram quebradas.

Retirei o casaco de couro e joguei no chão, logo encontrei um ferimento abaixo do seio. Ali o corset estava furado. Não eram cortes, parecia queimado. Uma lembrança voltou a mente, muito apagada. Bolas de energia negras me atingindo e vários corpos a minha volta. Sim, aquilo era um massacre e eu estava lutando com uma feiticeira, ou algum semideus que tenha contato com a magia. Essa tinha que ser a explicação, ela tinha me amaldiçoado. O sonho voltou a minha mente e comecei a ligar os pontos.

A dor voltou com mais força só de ter puxado a lembrança e eu gritei uma única vez, me calando logo depois. Olhei novamente para o semideus que acabara de ser lançado contra a parede. Quando estava prestes a me aproximar novamente do garoto para saciar meu desejo por sangue, Alexia se colocou entre nós. Ela pediu que a olhasse e foi o que eu fiz, mas por mais que tentasse prestar atenção no que dizia, o cheiro do sangue do garoto ainda me hipnotizava. Apenas quando a garota tocou meu braço que realmente a escutei e a fitei intensamente.

A dor por um momento se intensificou, fazendo-me segurar no ombro dela, mas de repente parou por completo. Suspirei em alívio e fechei os olhos. Movimentei-me para ver se era realidade e nenhum osso parecia estar quebrando e minha cabeça recuperava-se.

- Não... – Disse, ao escutá-la. Eu não era serviçal da Morte, não era de ninguém. Meu plano inicial sempre fora liberdade... Ela estava certa. Porque eu estava tão descontrolada? – Eu nunca me imaginei falando isso, mas não me resta outra opção. Alexia, preciso de sua ajuda. – A voz era rouca e falava com dificuldade essas palavras.

Por um momento me senti patética. Eu não precisava de ajuda, estava muito bem! Tá, eu precisava sim, ela conseguira me poupar a dor. Eu não queria admitir, era tão... Ridículo. Anne Elle, a vingadora, pedindo ajuda? Olhei para o céu e este estava tempestuoso, demonstrando o meu descontrole. Raios brilhavam atravessando o céu, os trovões ribombavam e só naquele minuto eu tinha descoberto que fora eu que fizera isso.
Helena J. Eickenberg
avatar
Indefinido
Mensagens :
662

Localização :
Desconhecida

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Eddard W. Dayne em Sab 02 Fev 2013, 18:27

Aceitando a Morte de vez.


Enzo bateu fortemente as costas na parede, quando a segunda semideusa falou um feitiço. A dor foi intensa embasando a visão do menino, que se limitou a morder o lábio, até sentir o gosto de sangue e ver que sua boca se enchia com o mesmo. Cuspiu o sangue, com sua visão agora voltando ao normal, olhou para as garotas.

Percebeu que se encontrava com duas assassinas, a ajuda que precisava, começou a rastejar, na direção das mesmas, ainda com o sangue na boca e parecia que o corte na barriga também fazia com que sua boca se enchesse com mais sangue. Viu que a anjo negro precisava de ajuda, assim como ele, apesar de seu ajudava diferente. Ela estava um surto, isso era claro. O filho de Morfeu era esperto o suficiente para perceber que tinha que escolher bem as palavras e que facilmente seria morto.

Pouco importava se seria morto ou não, ele não tinha destino e talvez, com aquelas semideusas podia encontrar realmente seu destino. Ele cuspiu mais uma vez um pouco se sangue e estava a apenas 5 metros das mesmas. Se colocou de joelho e fitou as meninas, sabia que ele era apenas mais um inseto, mas mordeu mais uma vez o lábio, fazendo mais sangue escorrer da sua boca, a certo ponto de escorrer um pouco pelo seu queixo.

- Eu... Eu sei que sou apenas mais um inseto, um semideus fraco. - Disse Enzo, com um pouco de dificuldade por conta de alguns dos seus recentes ferimentos. - Mas vocês, vocês são semideusas fortes o suficiente para me ajudar... Tá, vocês podem escolher não me ajudar. Percebo que você precisa de ajuda também, uma ajuda mais delicada... - Enzo olhou para uma marca no corto da semideusa. A anjo negro. - - Você foi amaldiçoada, não entendo muito bem sobre magias, mas isso é fácil de perceber e acho que sua amiga que me prendeu, pode muito bem te ajudar... - Ele deu uma gargalhada, fria, revirou os olhos e cuspiu sangue, mais uma vez. - - O que eu estou falando? Vocês nunca vão me escutar. Mas agora, minha vida está nas mãos de vocês. A anjo negro quer me matar e você quer ajudá-la. Só que nada impede de você me matar também, só a menina que precisa de ajuda. Eu também preciso de ajuda, mas eu pouco interesso para você. Então, me pergunta e talvez minha ultima, é: Ajudem-me e eu farei um possível para ajudar vocês também. Ou me matem e me mandem para o Submundo. - O Filho de Morfeu juntou todas as suas forças para falar aquilo.

Ele olhou na direção das meninas e cuspiu mais uma vez sangue, parecia que iria morrer, de forma ou de outra. Revirou os olhos e segurou uma de suas adagas, que estava presa em seu calcanhar, ele riscou o chão, fazendo um símbolo. O Símbolo veio em sua mente agora, não sabia por que. Por que ele veio na sua mente agora, quando estava prestes a morrer? Continuou a desenhar e por fim, tinha dois símbolos, ou um. O menino não sabia dizer. Um era uma estrela de cinco pontas de cabeça para baixo dentro de um circulo e o outro... Um olho. Um olho de um corvo. Ele cuspiu e olhou para o céu. Estava escuro e provavelmente, logo aquela escuridão estaria envolta dele. A menos que elas o ajudassem. Algo que ele tinha quase certeza que não fariam.

Será que elas o ajudariam ou o matariam? Esperaria para ver. Como dizia seu irmão: "Não morra sem tentar. Se você não tentar e morrer, você é fraco, por que quem tenta, pode ficar vivo, quem não tenta, se limita a aceitar a derrota."
Seu irmão havia dito isso um pouco antes de morrer, quando uma lança se projetava ainda em seu peito e ele estava de joelhos, nos braços de Enzo. Sua casa havia sido atacada por alguns semideuses, um grupo de 8 e na casa vivia apenas Enzo, seu irmão, Jason Capettine, filho de Morfeu também e sua irmã, Isabella, que diferente de seus irmãos, era filha de Thanatos. Quando os semideuses invadiram a casa, ela passou para Enzo algo que até hoje ele não entendia, na sua mão direita, a qual ela havia pegado, havia um símbolo. Um olho, que parecia de corvo mas ele não sabia de que animal realmente era. E logo após disso, uma Harpia a matara e tirou um dos olhos do semideus, que a matou logo depois, pegando uma espada que estava no chão.

Jason matou os outros semideuses e dois monstros que estavam com os inimigos, mas uma lança atravessou seu peito o matando. Enzo vivia com as cenas em sua mente e tinha alguns ataques as vezes, o que para sua decepção,aconteceu nesse exato momento que estava ajoelhado e ferido diante das duas semideusas. O Flash Back fez o menino cair no chão, cuspindo mais sangue. Ele gritou de fúria, uma fúria nunca antes vista pelos presentes no local, agora o menino fraco se parecia um pouco mais forte, mais ainda fraco. Seus olhos mudaram de cor, ficando um pouco... avermelhados. A palma de sua mão brilhou intensamente, mesmo um pouco oculta, cegou por alguns segundos o menino, que levantou mais uma vez e olhou com aquela expressão diferente para as semideusas, voltando a olhar para o céu, que o fez voltar ao normal. Seus olhos agora brilhavam um pouco, esses olhos fitaram as que podiam ser suas salvadoras ou as que tirariam sua vida.

- Então, se decidiram? - Disse o semideus, com sua voz um pouco rouca, mas não se sabia se era pelo grito ou por alguma coisa que havia acontecido durante seu surto.

Vingança
Eddard W. Dayne
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
323

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Boate Paradise ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 18 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 11 ... 18  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum