[+16] Blein [+16]

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[+16] Blein [+16]

Mensagem por Dave L. Bradford em Sex 10 Jun 2011, 19:33

Relembrando a primeira mensagem :

ESTA É UMA FIC PROIBIDA PARA MENORES DE 16 ANOS. EU SEI QUE NINGUÉM VAI RESPEITAR, MAS, AVISEI...

Tema: Assassinato em Série, Romance, Suspense, Terror.
Contém: Sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Assassinato.

Spoiler:
[+16] Blein [+16] - Página 2 Capa_83624_1304702982
Capa Linda

Sinopse: Qual é seu filme de Terror favorito?
Darren e Miriam se deparam com uma série de assassinatos em sua escola e, logo percebem que tudo é um jogo, e eles estão dentro dele.
Perguntas, e mais perguntas. Se você acerta, vive, mas se você erra, sentirá a horrível sensação de uma faca atravessando o seu corpo.

Prepare para se urinar de medo (não)

BLEIN

TRAIÇÃO
UM



-Darren, 17 anos, ama música – Novo no colégio.
Miriam, 16 anos, sentimentalmente atordoada e bipolar – Irmandade Pansy.
-Danniel, 17 anos, partidor de corações – Irmandade Lime.
Larissa, 17 anos, amiga para toda hora – Irmandade Pansy.
-Diego, 17 anos, completamente ‘safadinho’- Irmandade Lime.
Windera, 17 anos, ‘Não rela, se não já era’ – Irmandade Pansy.
-Junior, 17 anos, deprimidamente depressivo – Irmandade Lime
Paloma, 17 anos, patricinha – Irmandade Pansy.
-Marcos, 17 anos, silencioso – Irmandade Lime.
Marry, 17 anos, estudiosa e meiga – Irmandade Pansy.

Darren sempre foi anti-social, mas isto por causa da mudança freqüente de cidade, pois o emprego de seu pai não era fixo, então, não havia tempo para se construir amizades, assim, Darren nunca namorou sério.
A mudança para Curitiba foi uma novidade para o garoto de uma família da Classe Média. Em uma semana, ele tinha partido de São Paulo para Curitiba
Sua casa nova era grande e bonita, principalmente seu quarto. Quando Darren estava ajeitando seu novo quarto, seu pai veio falar com ele.
- Então, filho, tenho uma novidade para você.
- O que foi? Outra mudança? Já? – perguntou Darren, desarrumando as caixas.
- Mais ou menos. Se eu fosse você, não desarrumaria as malas. Eu e sua mãe estávamos pensando bem e vamos te colocar em um super colégio daqui, o Palocci, ele é muito famoso, porém, você vai ter que passar as semanas inteiras lá...
Darren arregalou os olhos.



Miriam pisava forte e decidida para lá e para cá do seu quarto na casa da Irmandade Pansy. A casa toda era meiga, rosa e bem feminina, um nojo para os garotos.
Larissa entra no quarto da amiga, preocupada.
- Miriam, se acalma. O fim de um namoro não é o fim do mundo...
- PRA MIM É O FIM DO MUNDO – disse ela, brava – mas, pensando bem, não é... NÃO, NÃO É!
- Calma, eu e as garotas te avisamos: Nada de namorar um Lime, se lembra? Essa é a regra mais importante da Irmandade depois de “Nada de meninos na nossa casa”.
- Eu sei, mas o Danniel era único... De uma maneira...
- De uma maneira sem sentido, que faz ele te trair com a Paloma.
Miriam se sentou em sua cama cheia de postes de sorvete que ele havia comido a tarde inteira para se distrair, triste.
- Falando nela, onde aquela mejera está? – perguntou Miriam, do nada, se levantando, decidida.
- Está no quarto dela, trancada, faz uma hora.
- EU QUERO QUE ELA SEJA EXPULSA DA IRMANDADE!
- Infelizmente, não dá, Miriam... Bem, vamos até lá, acho que vocês precisam conversar.
Larissa pegou na mão de Miriam e a arrastou pelo imenso corredor. Miriam se emburrou.
- Eu não quero...
As duas desceram para o segundo andar, onde pegaram mais um corredor até o quarto de Paloma. Larissa, sem ao menos bater na porta, a abriu diretamente.
Larissa e Miriam se depararam com a pior cena que elas já viram. Elas arregalaram os olhos e gritaram.
Danniel estava deitado na cama com Paloma, fazendo sexo dentre as cobertas brancas, que combinavam com o quarto beje cheio de fotografias das amigas da Irmandade.
Paloma e Danniel se assustaram ao verem Miriam e Larissa na porta. Danniel caiu da cama, junto com a coberta, que tampava suas partes íntimas.
Larissa e Miriam se entreolharam, horrorizadas, mas logo Miriam avançou contra Paloma, iniciando uma ‘briga de menina’.
Enquanto isso, Larissa puxou Danniel pela orelha e o arrastou até a o Hall, onde abriu a porta central e o jogou na calçada da Rua do Campus do Colégio. Várias pessoas passavam por ali e riram da cena.
- NUNCA MAIS VOLTE AQUI! – gritou Larissa para Daniel, que correu, tentando se esconder.

Miriam e Paloma ainda brigavam, mas pararam quando Larissa chegou e anunciou:
- Paloma, por trazer um garoto para a casa das Pansy, você está expulsa de Irmandade!

Uma semana se passou e a fofoca de que a Paloma traiu as Pansy, a Irmandade Feminina mais famosa do Colégio, foi parcialmente esquecida.

Os quatro membros que sobraram das Pansy estavam no hall da casa para anunciar algo para Miriam, o clima estava tenso. O local tinha quatro poltronas no centro e uma lareira na parede contrária a da porta de entrada.
Larissa quebrou o silêncio:
- Então, Miriam, nós revisamos bem, e teremos que trazer Paloma de volta para a Irmandade antes que as aulas comecem semana que vem. Ela é a fundadora, não podemos expulsá-la...
Miriam arregalou os olhos e não suportou a notícia, ela não ia agüentar viver com Paloma, a garota que roubou o garoto de sua vida.

Uma semana se passou e as aulas se iniciaram.
Darren entrou pelos enormes portões da escola, e sabia que não sairia dali tão cedo, suas coisas foram levadas para uma casa aleatória na Vila.
Logo na entrada, havia o Campus, super bonito, onde ficava a vila, as lojas e as casas das Irmandades.
Logo á frente, havia a parte principal do Colégio, que era imensa. Lá, se concentrava a Coordenação, Diretoria, Sala dos Professores etc. À direita ficava o prédio 1, com salas de aula. À esquerda ficava o prédio 2, com os laboratórios. Atrás ficava a biblioteca, o deck, a quadra e uma piscina - um local parecido com um clube. Havia uma Lanchonete na piscina. O Restaurante ficava mais afastado, junto à área de Lazer.
Darren visitou tudo, impressionado com o tamanho do colégio. Quando ele estava andando pelos corredores movimentados, ouviu uma menina chorar, Paloma.
Dave L. Bradford
Dave L. Bradford
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
951

Voltar ao Topo Ir em baixo


Capítulo 5 - As Regras

Mensagem por Dave L. Bradford em Seg 13 Jun 2011, 15:47

As Regras
CINCO

Spoiler:
[+16] Blein [+16] - Página 2 258296243_02


Número de pessoas mortas: 1
Suspeitos: Miriam
Dias de Carnificina: 2
Pessoas mortas: Paloma

‘A previsão para hoje é de tempo instável, com queda acentuada na temperatura. As chuvas continuarão durante todo o período e as temperaturas devem cair ainda mais. Ventos fortes do sul trazem uma massa de ar frio que...’ – dizia a jornalista do filme de terror que Miguella pretendia assistir.
O estrondo de um raio, seco, rascante, invadiu a casa de Miguella, acompanhado do clarão azulado do relâmpago com sua luz assustadora.
Miguella não falava nada, ela respirava rápido demais e soava como nunca.
- O que você quer? – enfim perguntou ela, quando tomou coragem.
- Eu quero jogar com você.
- Que tipo de jogo?
- O prêmio é a sua vida... Pense bem, não desligue o telefone ou você não jogará, e perderá sem ter uma chance de viver.
- Pode mandar – os dentes da garota batiam sonoricamente. Miguella andou vagarosamente até a porta de entrada e trancou-a, com medo.
- Eu pergunto, você responde.
- VÁ SE DANAR! –Gritou Miguella, desligando o telefone novamente.
A garota saiu correndo pela casa, ela estava sozinha, não sabia o que fazer. Ela estava tremendo.
Após correr sem destino, decidiu se esconder no armário.
Alguns minutos se passaram, e nada de especial aconteceu, assim, Miguella, com menos medo, decide sair do armário. Ela abriu a porta vagarosamente, saindo.
De repente, um alvoroço negro derrubou Miguella. Ela gritou.
No chão, a garota abre os olhos e se vê dominada por uma pessoa com uma longa capa preta que cobria todo seu corpo, uma máscara de fantasma e uma faca na mão.
Miguella tentava se soltar, mas o assassino estava em cima dela. Sem pensar, a garota conseguiu ter a sua mão livre e empurrou o cara mascarado, ele caiu para trás.
Rapidamente, Miguella se levantou, olhou para o cara no chão, gritou e começou a correr. Ela percorreu o corredor, escorregou no tapete, mas se levantou e continuou. A menina olhou para trás, e se assustou ao ver uma faca vindo em sua direção, rodopiando no ar, rápido de mais, o assassino havia tacado o objeto.
Sangue escorreu de Miguella quando fora atingida na barriga pela faca. A garota arregalou os olhos e se jogou no chão, muito sangue saia pelo ferimento.
O assassino se aproximou de Miguella, retirou a faca de sua barriga, posicionou-a lateralmente no pescoço e a puxou, cortando. Mais sangue.

- Nossa! Nossa, nossa, nossa nossa, NOSSA! – gritou Miriam, do nada, enquanto pensava sentada na cadeira da sala da casa das Pansy. Larissa acabara de chegar em casa.
- O que foi? – perguntou Larissa.
- Darren... Ele deve estar pensando que eu sou a assassina!
- Por quê?
- Porque, Paloma estava indo encontrá-lo, e, no caminho, ela foi morta. E, depois disso, eu cheguei à sala de Química...
- ‘OMG’ – Larissa ficou boquiaberta – Você tem que conversar com ele, mas, como vocês não viram o corpo de Larissa?
- Quando eu subi, usei o elevador, e o usei quando descemos também.
- Ah, sim, explicado.
- Onde você estava? – Perguntou Miriam, repentinamente.
- Ah... Eu fui com a Marry até o portão da escola para a gente receber Junior, o garoto da internet. Marry o levou para conhecer a escola, ou melhor: dar uns amassos.
- Ele não era seu namorado?
- Bem, Marry correu na frente...
- Ah. Você pode fazer um favor para mim? Eu não quero encontrar Darren e a coisa da sala de Química deve ser explicada...
- Sim, eu vou falar com ele... – disse Larissa, saindo da casa para fazer o que a amiga pedira.
A chuva começou a cair. Miriam esperava que a amiga voltasse por causa da chuva, mas não voltou.
Miriam ligou a TV. Nada de interessante estava passando.
Vários minutos se passavam e Larissa não voltava. A chuva ainda caia.
O celular de Miriam tocou
- Alô – atendeu a garota.
- Miriam... – disse uma voz fraca, falhando.
- Quem está falando?
- Qual seu filme de terror favorito?
Miriam riu, achava que alguém estava te zoando.
- O Exorcista.
- Ótimo filme... Mas eu quero fazer um jogo.
- Manda – disse Miriam, rindo.
- Qual o nome do assassino do assassino de ‘Sexta-Feira 13’ de 1980? – perguntou a voz na linha.
- Jason?
- Resposta errada. Você perdeu. A assassina é a Sra. Vorhees, mãe de Jason.
O telefone foi desligado.
- Que trote estranho – comentou Miriam – Que fome...
A garota se levantou e foi para a cozinha. Preparando um lanche, Ela olhou para o suporte de facas e sentiu falta de uma faca.
- Ué...
Miriam se virou e se deparou com Ghost Facer, a máscara, a capa, e a faca.
Miriam gritou.
- Você perdeu o jogo – disse a pessoa encapuzada. Sua voz era estranha, tava na cara que era modificada.
O assassino levantou a faca para cima de sua cabeça, preparando-se para esfaquear Miriam, mas a garota empurrou-o, ele caiu para trás. A garota correu para a sala, subiu as escadas, atravessou o corredor, olhou para trás e não viu nada.
Miriam tremia, suava muito. Ela andou lentamente até seu quarto e se trancou.
Do nada, a porta começou a balançar. O assassino começou a dar facadas na porta, causando estragos.
Miriam chorava e gritava. A porta fora arrombada. A garota não tinha para onde fugir, não tinha o que fazer, estava encurralada, como um rei no fim de uma partida de Xadrez, onde a maioria de suas peças foram retiradas do jogo.
Dave L. Bradford
Dave L. Bradford
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
951

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Rebecca S. Beckert em Seg 13 Jun 2011, 20:07

Mt 10, D...
Rebecca S. Beckert
Rebecca S. Beckert
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
82

Localização :
CHB (Chalé 7 - Apolo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 6 - Banho de Sangue

Mensagem por Dave L. Bradford em Dom 19 Jun 2011, 10:48

Banho de Sangue
SEIS

Número de pessoas mortas: 2
Suspeitos: Nenhum
Pessoas mortas: Paloma e Miguella

Miriam ficou cara a cara com o assassino, ambos se entreolhavam, mas, em menos de um segundo, ele partiu para cima da garota, eles rolaram no chão. O assassino deu um soco em Miriam, assim, ela, por um estante, parou de tentar lutar, assim, Ghost Facer a derrubou no chão, pegou-a pelos seus pés e jogou-a contra sua penteadeira, estraçalhado-a, derrubando frascos de perfume, maquiagem e quebrando o espelho.
Os cacos de vidro caíram sobre Miriam quando ela desabou no chão. A garota tentou se levantar, mas os cacos cortariam suas mãos.
Novamente, o assassino pegou a garota, desta vez pela cintura, e a tacou na parede.
Miriam estava toca cortada e nauseada, ela mal conseguia pensar. A pessoa encapuzada se aproximou da menina para lhe dar o golpe final com sua faca, mas Miriam passou suas pernas pelas dele, dando-lhe uma rasteira, assim, ele caiu.
A garota se levantou e pulou pela janela de seu quarto. Ela rodou pelo telhado da porta de entrada da casa e desabou no chão.
Miriam viu estrelas, mas rapidamente levantou-se e começou a correr em direção da casa mais próxima, a dos Lime.

- Não, é certeza que a assassina é a Windera – comentou Danniel, sentado em uma poltrona da sala de sua casa.
- Não. Esta escola é uma prisão. Windera está lá fora, seria impossível ela entrar aqui. O assassino é algum aluno ou funcionário da escola... – afirmou Darren, sentado em outra poltrona
- Ainda acho que é a Miriam – disse Diego.
A campainha tocou, Diego foi atender.
- Miriam! O que houve com você – perguntou Diego na porta, assustado ao ver a garota toda cortada e com hematomas.
- O assassino, ele me ligou, e estava em minha casa, ele tentou me pegar! – respondeu ela, entrando na casa dos garotos.
- E as outras meninas? Onde elas estão? – perguntou Danniel
- Saíram. A Larissa estava vindo aqui, ela não está aqui? – perguntou Miriam, sentando-se em uma cadeira acomodada por Diego.
- Não - responderam os três garotos, juntos.
- Bem, Miriam, precisamos te levar para enfermaria – disse Darren, se aproximando da garota, ajudando-a a se levantar da cadeira. A garota concordou.
- Eu vou à casa das Pansy, verificar se a Larissa está lá. Ou ela é a assassina, ou já está morta – disse Diego, saindo da casa.
- Eu vou com vocês – disse Danniel para Darren e Miriam.
- Vamos logo, o assassino pode estar vindo para cá – apressou Miriam.
Juntos, os dois garotos apoiaram Miriam em seus braços para ajudá-la a andar. Colocaram-na em um carrinho de golfe, usado pelos alunos se locomoverem com mais facilidade na escola, e dirigiram até o Prédio 1, onde havia a enfermaria e a Diretoria.
Darren e Danniel ficaram na Enfermaria com Miriam, logo, Diego chega com as notícias de que não encontrou ninguém na casa das Pansy, mas que a casa estava destruída.
Após Miriam receber os devidos tratamentos, o Diretor Blue chega assustado.
- Recebi notícias sobre o assassino, o que houve? – disse ele. Quando olhou para Miriam, arregalou os olhos – o que houve com você? Você está bem?
- Sim – respondeu Miriam.
- Foi ele? – perguntou o Diretor.
- Sim. Eu estava em casa, sozinha, pois Larissa e Marry saíram...
- Saíram? De madrugada? Jovens... – comentou o Diretor.
- Bem, - continuou a garota – ai o telefone tocou, eu atendi e uma pessoa com uma voz estranha começou a falar meu nome, depois, ela me perguntou qual era meu filme de terror favorito. Eu achei que era um trote, então respondi. Ai ele veio com uma história de jogo em que ele me fazia perguntas e eu tinha que responder, eu aceitei jogar.
- O que ele perguntou?
- Qual era o nome do assassino de ‘Sexta-Feira 13’ de 1980.
- Você respondeu certo?
- Não, eu errei, ai ele desligou o telefone. Minutos depois uma pessoa com uma capa e roupas negras apareceu, com uma faca na mão e disse: Você perdeu.
- Você conseguiu identificar quem era?
- Não, ele, ou ela, usava uma máscara de fantasma, parecida com aquela que o assassino da série de filmes, ‘Pânico’. Ele começou a correr atrás de mim, iria me matar, mas eu consegui fugir.
- Na verdade, ele está repetindo o que acontece nesses filmes, ‘Pânico’. Nos filme, uma pessoa misteriosa liga para alguém, pergunta qual é o filme de terror favorito dela e começa esse jogo de perguntas, e se a pessoa erra, o assassino a mata – comentou Darren.
Todos na sala se entreolharam. Minutos depois, chega Charlote, a secretária de Blue.
- Senhor, mandou me chamar? – perguntou ela.
- Sim, Charlote. Mande os guardas do colégio se concentrarem na vila e protegerem este Prédio.
- Ok – a secretária saiu da enfermaria para fazer o que lhe foi pedido.
- Diretor, posso conversar com o Senhor? – perguntou Darren.
- Sim – ele respondeu, indo com Darren até o corredor.
- Reforce a guarda em Miriam. Se o assassino está tentando repetir o que aconteceu no filme, ele vai matar todos ao redor de Miriam, e depois matá-la.
- Por que logo ela?
- Por que ela conseguiu fugir dele. Isso é uma regra básica. Ele é um assassino, é obcecado por matar, e, para ele, ninguém pode fugir dele, mas Miriam conseguiu, então ele passa a odiá-la mais...
- Você sabe demais do assunto, garoto – comentou o Diretor.
- Não, não sou um assassino, só entendo de filmes de terror.
- Ok, vou fazer o que me pediu. Eu VOU pegar este assassino.

Os jovens dormiram ali com Miriam, pois não era seguro retornar para a vila.
No outro dia, a notícia de quem Miguella estava morta percorreu pela escola, assim, Diretor Blue tomou uma decisão. Para ele, aquilo estava fora de controle, assim, o campus do colégio deveria ser esvaziado e os alunos devem voltar para casa no dia seguinte e, durante esta ultima noite, todos os alunos devem se dirigir para o Prédio 1, onde passarão a noite sobre escolta policial.
Miriam já estava melhor, mas ficou na enfermaria, acompanhada dos Lime. Na hora do almoço, Marry, Junior e Larissa chegaram no local.
- Amiga... – disse Larissa, ao chegar, mas fora interrompida por Miriam.
- Vá embora! – disse Miriam – Os três!
- Por quê? – perguntou Marry.
- Faça o que ela está pedindo. Os três, caiam fora daqui! – disse Diego, estufando o peito, assim, eles saíram.
- Eles podem ser os assassinos... – comentou Miriam, segurando o choro.
- Todos são suspeitos, Mi – disse Darren, olhando para a garota.
O clima no colégio estava tenso, todos eram suspeitos até que o contrário fosse provado.
As aulas foram suspensas por tempo indeterminado, porém Godofredo só pensava em seu projeto de ciências que havia ficado de lado por causa da morte de Miguella.
Godofredo conseguiu um jeito de entrar no laboratório de química, era de manhã, mas mesmo assim preferiu deixar as luzes apagadas para não chamar a atenção. E ao mesmo tempo em que o garoto tentava lembrar onde estava seu reagente químico, vinha em sua mente o porquê de Miguella estar na lista do assassino...
Ao fitar o béquer com ácido sulfúrico concentrado, uma idéia o fez tremer: "-E se eu for o próximo?" pensou em voz alta. No mesmo instante Godofredo percebeu um reflexo no recipiente de vidro que segurava, ao olhar assustado para trás, se deparou com o assassino que segurava sua faca brilhante nas mãos.
Totalmente desajeitado, ao perceber que o assassino vinha em sua direção, Godrofredo jogou o béquer para cima, e logo sentiu a faca afiada rasgando sua garganta. Com as mãos no pescoço, o garoto viu o sangue jorrar e deslizou pela bancada desmaiando.
Porém, antes de perder os sentidos, ainda teve tempo de ver que o ácido sulfúrico havia caído no assassino, e este estava queimando em dor. Godofredo já com a vista turva acompanhou o momento que o criminoso tirou suas vestes e sua máscara que já estava toda corroída. Sim, o nerd havia visto o rosto do assassino e com um gemido de espanto, morreu banhado em seu sangue.
Dave L. Bradford
Dave L. Bradford
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
951

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Ravyn R. Ollicourt em Dom 19 Jun 2011, 12:18

Continua, Dionísio >.<"

Eu sou um Bleinmaníaco -NNNNNNNNNNNNN
Ravyn R. Ollicourt
Ravyn R. Ollicourt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1148

Localização :
Aquabella's Heart ♥ || CHB - Cabin 27

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Stephannie Roux em Seg 27 Jun 2011, 10:27

Continue isso logo D ò.ó , o Ravyn me contaminou com a doença dele, de Bleimaníacos xD
Agora eu sou..
G.G
Uma pansy.. Coooof cof cof, quero dizer... Uma Bleinmaníaca G.G
Stephannie Roux
Stephannie Roux
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
120

Localização :
atirando ;-;

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Rebecca S. Beckert em Seg 27 Jun 2011, 10:49

Então D... Quando vai sair o próximo capítulo????
To curiosa para saber o final dessa trama...
Rebecca S. Beckert
Rebecca S. Beckert
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
82

Localização :
CHB (Chalé 7 - Apolo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo 7 - What’s Your Favorite Scary Movie?

Mensagem por Dave L. Bradford em Ter 28 Jun 2011, 18:57

What’s Your Favorite Scary Movie?
SETE


Número de pessoas mortas: 3
Suspeitos: Marry, Larissa e Junior
Pessoas mortas: Paloma, Miguella e Godofredo

[+16] Blein [+16] - Página 2 Tumblr_lfaf3lTSrr1qas0l9

O Diretor Blue estava acabado por causa da morte da filha, ficou o dia inteiro em sua sala, chorando. No outro dia bem cedo, os alunos seriam liberados da escola por causa do ocorrido. Todos os alunos estavam dormindo na restaurante ou no pátio do Prédio 1 sob escolta policial.
Miriam, Diego, Danniel e Darren suspeitavam de Marry, Larissa e Diego, mas, mesmo assim, não podiam incriminá-los, pois não tinham provas
Era meia-noite. As maiorias dos alunos estavam dormindo. Diretor Blue ainda chorava em sua sala, quando, de repente, ele ouve um barulho vindo de seu armário. O homem foi até ele, abriu e, do nada, uma bola negra o envolveu, o assassino.
O diretor nem teve tempo para pensar no que estava acontecendo, quando ele sente algo frio perfurar a sua pele profundamente, aquilo ardia demais, não era simplesmente uma facada, o assassino usou uma faca banhada por álcool. O sangue escorreu da barriga do Diretor. O homem mascarado retirou a faca da barriga de Blue, pegou o Diretor, ainda vivo, e o tacou pela janela.
O corpo caiu 4 andares até atingir o restaurante da escola, quebrando o teto de vidro do local.
Foi um alvoroço, os alunos acordaram com o barulho do vidro enorme se quebrando e com seus cacos cortando quase todos. O corpo do Diretor ensangüentado e inanimado assustava-os mais ainda.
- SAIAM DA ESCOLA, VÃO PARA O PORTÃO PRINCIPAL PARA SAÍREM – gritavam os professores para os alunos, que, mesmo que estivessem morrendo de medo, obedeceram.
Miriam, Darren, Diego e Danniel estavam de saída, com medo. No caminho, eles encontram Marry e Larissa.


De repente, o celular de Miriam toca, ela para de correr, pega o telefone. Os outros param com a garota.
- Miriam... – disse a voz do assassino no telefone para a garota.
- O QUE VOCÊ QUER? – perguntou Miriam.
Todos os alunos já tinham ido embora, só faltavam eles.
- O jogo não acabou. Vocês são os participantes, o prêmio é a vida da secretária, Charlote. Sim, ela está comigo. Venham para o restaurante da escola, mas só vocês, não chamem mais ninguém, ou a secretáriazinha morre.
- O-ok – disse Miriam, respondendo e desligando o telefone – Ele disse que o jogo não acabou... Ele está com a Charlote...
- Não podemos deixá-la... – disse Diego.
- Não podemos – afirmou Darren.
- Vamos – disseram todos juntos.
Darren, Miriam, Larissa, Danniel, Marry, Junior e Diego, deram meia volta e se dirigiram para o restaurante do colégio completamente vazio. Eles ouviram os portões se fecharem, assim, entenderam que tinham que vencer este jogo.
Darren estava com muito medo, pois Miriam era a peça principal do jogo, ele tinha medo de perdê-la. A cada instante, ele a via cada vez mais longe.

Pessoas no jogo: Darren, Miriam, Larissa, Danniel, Marry, Junior, Diego e Charlote
Os jovens já estavam a caminho do restaurante da escola, faltava pouco, quando o celular de Miriam tocou novamente.
- Sim? – atendeu ela, aflita, como os outros. Ela colocou a ligação no Vivo a Voz, para que todos pudessem ouvir.
- O jogo vai começar. Olhe para sua direita, no tronco da árvore, há uma câmera. Olhe para sua esquerda, no poste de luz, há outra câmera – disse o assassino no telefone. Os jovens olharam para onde ele mandou, e confirmaram o fato – Há câmeras em todo lugar, e eu tenho poder sobre elas, eu vejo tudo o que vocês estão fazendo. Se vocês deslizarem ou quebrarem alguma regra, Charlote sofrerá.
Todos fizeram que sim.
- O que temos que fazer? – perguntou Darren.
- Apenas parar de andar quando eu ligar, responder, e for onde eu mandar em seguida. Se vocês errarem alguma pergunta, serão punidos. A cada 3 perguntas erradas, vocês perdem. Primeira pergunta: no filme ‘O Orfanato’, onde está escondido o filho da personagem principal?
Os jovens se entreolharam, pensando. Ninguém sabia a resposta.
- Vou chutar... – disse Darren - No sótão?
- Não. Resposta errada. É melhor vocês correrem! – disse o assassino.
Os adolescente4s se entreolharam novamente e começaram a correr para todos os lados.
Darren e Miriam correram para os portões, Larissa, Danniel, Marry Junior e Diego correram para locais diferentes.
No meio da fuga, Darren e Miriam pararam de correr.
- Vamos para o restaurante, salvar Charlote – propôs Darren. Miriam concordou e os dois foram em direção do restaurante.

Danniel estava correndo sem rumo na Villa, não é a toa que o mais medroso de todos esteja fazendo isso.
Ele tropeça no próprio pé, e cai de cara em uma pedra, que cortou sua testa, que, por sinal, sangrava muito.
Danniel se levantou tonto, levou a mão na testa e sentiu um liquido estranho. Ele olhou para sua mão e viu se sangue.
Mal sabia ele que uma pessoa encapuzada segurando uma faca estava atrás dele, pronta para ceifá-lo. A faca atravessou e fatiou o pescoço de Danniel, separando sua cabeça de seu corpo. Ambas as partes caíram no chão, ensanguentadas.
Marry assistiu a cena, de boca aberta, congelada, ela queria gritar, mas não conseguia.
O assassino andou vagarosamente até ela, sem se mover, paralisada. Ele segurou forte sua faca e cortou a barriga da menina. O sangue escorreu até os pés da jovem, logo, ela caiu no chão, gemendo. A barriga dela estava com um corte de ponta a ponta. O assassino, com a intenção de fazer a garota sofrer mais, enfiou seu pé pelo ferimento e o mexeu dentro do corpo da garota, ela gritou de dor, mas logo morreu.
Dave L. Bradford
Dave L. Bradford
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
951

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Nathan Ílios em Ter 28 Jun 2011, 19:09

MANDA MAIS CAPÍTULOS...
tá muito boa essa fic D...
Nathan Ílios
Nathan Ílios
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
97

Localização :
Chalé de Apolo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Dave L. Bradford em Sab 09 Jul 2011, 20:25

****-se Jogo
OITO



Pessoas no jogo: Darren, Miriam, Larissa, Danniel, Marry, Junior, Diego e Charlote

Miriam e Darren estavam quase chegando ao restaurante quando o celular da garota tocou, ela atendeu.
- VOLTE! – ordenou o assassino ao telefone.
- Quer saber, Senhor assassino? FODA-SE O SEU JOGO! – respondeu Miriam, tacando seu celular no chão, quebrando-o.
- Que raiva em... – comentou Darren.
- Vamos logo, eu quero matar esse desgraçado.
Diego ia atrás de Miriam e Darren, ele não conseguia falar e se arrastava no chão, ele fora esfaqueado do nada a alguns minutos atrás. O garoto lutava para alcançar os amigos.


Larissa e Junior conseguiram alcançar o Prédio 1, eles entraram e trancaram a porta principal.
- Estamos salvos aqui? – perguntou Larissa, ofegante.
- Acho que sim – respondeu Junior.
Os jovens se entreolharam, com medo, eles foram até o fim do corredor e olharam a janela, que dava para o restaurante, onde todas as mesas e cadeiras estavam todas reviradas, e Charlote estava amarrada no centro do Local.
- Ai, meu Deus – reclamou Larissa – precisamos ajudá-la...
- Não, vocês quebraram as regras... – disse uma voz atrás dos garotos, era o assassino, segurando sua faca, os dois se viraram e gritaram.
- Junior, eu sempre te amei – confessou Larissa a Junior, já que, para ela, eles partiriam deste mundo.
O assassino correu na direção deles, mas Junior, no ultimo segundo, empurrou Larissa para o lado, tirando-a do caminho do Ghost Facer.
O assassino empurrou Junior pela janela, quebrando-a. O garoto caiu no restaurante, ao lado de Charlote, que se assustou com a queda do garoto.
Junior ficou estendido no chão, ainda vivo, tonto, pois a queda ao fora grande. O assassino pulou da janela em direção do garoto, caindo sobre ele, fincando sua faca em seu peito. O garoto gritou. Larissa chorava no canto do Prédio 1, porém, ela se levantou, e correu para fora do prédio, indo para o restaurante.

No caminho, Larissa se depara com Darren e Miriam, assustando-os.
- Junior... Ele... Morreu – disse Larissa, engasgando suas palavras.
Os garotos se entreolhavam, preocupados. Larissa viu Diego atrás de Darren e Miriam, ela se assustou, mas logo foi ajudar o garoto.
- O que houve? – perguntou Darren ao garoto no chão, ajudando-o a se levantar.
- Eu... F-fui esfaqueado, na perna, mas-s, tive ataque d-de Asma... – respondeu ele.
Darren, Larissa, Miriam e Diego foram em direção do restaurante, e se depararam com Charlote jogada no chão ao lado de Junior, morto.
Darren correu até a secretária, a desamarrou e tirou a fita de sua boca, que a impedia de falar.
- Cadê o assassino? – perguntou Darren à garota.
- Eu não sei, ele sumiu do nada – disse ela, aparentemente calma.
Darren se virou para Miriam, ficando de costas para Charlote. Diego caiu no chão, tonto e Larissa foi ajudá-lo. Miriam e Darren se entreolhavam, preocupados.
Do anda, Charlote tira uma faca do bolso e finca nas costas de Darren. Miriam gritou.
Voou sangue para todos os lados. Darren caiu no chão, e Miriam pode ver Charlote, segurando a faca, rindo.
Ghost Facer apareceu no fundo e se dirigiu ao lado de Charlote, eles se entreolharam.
Larissa, Diego e Miriam estavam abismados. Quem disse que era UM assassino? Na verdade, eram DOIS, mas só um deles estava vestido.
O assassino vestido tirou a sua máscara, mostrando seu rosto para os outros.
Diego, Larissa e Miriam arregalaram os olhos.
Dave L. Bradford
Dave L. Bradford
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
951

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Nathan Ílios em Sab 09 Jul 2011, 23:43

Putz... ta mt da hora D...
Quem é o Ghost Face?? Posta a continuaçããããoooo....
Nathan Ílios
Nathan Ílios
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
97

Localização :
Chalé de Apolo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Dave L. Bradford em Sab 06 Ago 2011, 16:21

Fugindo das Regras - O Assassino

[+16] Blein [+16] - Página 2 Tumblr_lkiaq3hrRi1qhad0k

Pessoas no jogo: Darren, Miriam, Larissa, Danniel, Marry, Junior, Diego.

- Marcos... – disse Diego abismado ao ver o amigo após retirar a máscara - Você está vivo...
- Não... Eu sou um fantasma e vim puxar seu pé – disse Marcos num tom de ironia – É CLARO QUE EU ESTOU VIVO, SEU IDIOTA!
Marcos tinha seu rosto todo queimado e distorcido, era horrível.
Charlote riu. Marcos olhou para ela e a beijou.
- Como? – Perguntou Miriam.
- É uma longa história – respondeu ele. Charlote amarre-os.
A garota obedeceu e amarrou Miriam, Larissa e Diego em cadeiras. Nenhum deles protestou, pois Marcos mantinha Darren, vegetando, como refém.
- Bem, eu vou explicar – disse Marcos, brincando com sua faca ensanguentada – Tudo começou quando eu era pequeno, quando eu viciei em filmes de terror, Principalmente em ‘Pânico’. Meu sonho era repetir o que acorria no filme e, em um feliz dia, uma menina, chamada Windera colocou fogo na casa de minha Irmandade e, eu morri – Ele riu.
“Eu via tudo do lado de fora, pois tinha saído para ir para a aula, mas vi Windera entrando em casa com um galão de álcool, assim, voltei e assiti a cena. Eu não morri, eu não estava tomando banho. Havia um homem arrumando o chuveiro em casa, ele morreu. O cara era tão, mas TÃO insignificante que ninguém sentiu falta dele. Quando o corpo do homem do chuveiro foi encontrado, todos pensaram que era eu, assim, eu vi a oportunidade: Eu forjaria a minha morte e poderia prosseguir com o plano de assassinar as pessoas do jeito que eu queria. Foi tão bom matar os seus amigos, Miriam. Estava indo tudo muito bem, até você conseguir escapar de mim. Eu fiquei maluco, enfim, o jogo continua, vocês vão morrer, eu serei preso e Charlote, meu amor, ficará como a única sobrevivente...
- Você sabia o tempo todo, Charlote? – perguntou Miriam.
- Sim, eu dava cobertura... Essas coisas – ela riu. – Amor – disse ela á Marcos – vamos matar logo eles para que eu chame logo a polícia!
Larissa, Miriam e Diego soavam, tremiam. Seus corações batiam como nunca bateram.
- Marcos, seu ordinário! VOCÊ É UM LOUCO! – Gritou Diego.
- Cala a boca, idiota.
- Como vamos matá-los, amor? – perguntou Charlote.
- Com um jogo, um tanto diferente, eu quero fugir das regras – respondeu ele, pegando uma arma do bolso de sua capa negra.
- Você tinha uma arma, então por que matou todos com uma faca? – perguntou Miriam.
- Facadas são fiéis ao sangue escorrendo.
Dave L. Bradford
Dave L. Bradford
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
951

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Nathan Ílios em Sab 06 Ago 2011, 21:52

Posta mais...

Como vai acabar... tá mt show...
Nathan Ílios
Nathan Ílios
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
97

Localização :
Chalé de Apolo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Helena H. Ryan em Dom 07 Ago 2011, 12:53

OMG! Posta mais, tá muito legal!
Helena H. Ryan
Helena H. Ryan
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
189

Localização :
Do lado de cá ;)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Nerezza D. S. Etternavn em Dom 07 Ago 2011, 17:40

Ah, deuses, posta logo, fiquei curiosa >.<
Nerezza D. S. Etternavn
Nerezza D. S. Etternavn
Filhos de MelinoeAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
401

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Damian A. Mason em Seg 08 Ago 2011, 16:51

Tenso posta mais
Damian A. Mason
Damian A. Mason
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
474

Localização :
Londres/ acampamento meio sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Capítulo Final

Mensagem por Dave L. Bradford em Ter 09 Ago 2011, 21:16

Capítulo Final

Pessoas no jogo: Darren, Miriam, Larissa, Danniel, Marry, Junior, Diego.

Darren, com dores, se levantou e ajudou Miriam a fazer o mesmo. Juntos, eles retornaram para o restaurante para ajudar Diego.
Quando Darren abre a porta do restaurante, ele se depara com Charlote, de pé, ensanguentada, ainda viva, apontando a arma para o garoto.
PAM! – Charlote atira, atingindo Darren no peito. O garoto cai no chão, sangrando.
Miriam deitou sobre ele, começou a chorar e gritar. Charlote riu, ela apontou a arma para Diego, que estava parado na parede, boquiaberto com o que vira, e atirou em sua testa.
Diego arregalou os olhos. Seu corpo escorregou na parede até o chão, manchando tudo de sangue, deixando um rastro de sangue na parede.
Com raiva, Miriam gritou:
- SUA VADIA!
A garota se levanta, corre até Charlote, que apertava o gatilho da arma em direção de Miriam, mas haviam acabado as balas, e pula sobre a secretária, a socando.
Miriam gritava enquanto murrava Charlote.
O nariz e a boca de Charlote sangravam muito, até que a secretário encolheu os pés e chutou Miriam, jogando-a para trás.
Charlote se levantou, correu para o lado, pegou a faca que estava no chão e a jogou em direção de Miriam.
A faca girou no ar, indo em direção de Miriam, ela ia ser acertada, se não se jogasse no chão.
Miriam engatinhou entre as cadeiras e mesas jogadas e quebradas até alcançar Charlote, que a procurava. Miriam pegou no pé de Charlote, a surpreendendo, puxou-a, derrubando-a no chão. Miriam se levantou, pegou a faca da mão dela e a disse:
- Qual o seu filme de terror favorito?
Miriam, com toda sua força, fincou a faca na testa de Charlote, que gritou a primeiro momento, mas depois se calou consumida pela morte.
Charlote estava com o nariz quebrado e sem alguns dentes, sua face ficou mais feia ainda com uma cratera em sua testa, que mais parecia um gêiser de sangue.
Miriam, chorando, se levantou e correu até Darren, que respirava pouco, e seu coração batia devagar. Colocou suas mãos ao redor do corpo de Darren. Havia sangue por toda parte e suas lágrimas caiam no rosto do garoto. Muitas lembranças vieram em sua mente: a primeira vez que se viram, o primeiro beijo, as dificuldades para ficarem juntos e então ela disse:
-Darren eu também te amo! - Darren desmaiou em seus braços, e sem exitar, a garota pegou o celular de Darren e ligou para a polícia.
- SOCORRO! TEM UM ASSASSINO NA MINHA ESCOLA. ELE MATOU MEUS AMIGOS, MEU... AMIGO ESTÁ MORRENDO, POR FAVOR, VENHAM, RÁPIDO PARA O COLÉGIO DO CAMPUS! – gritou a menina.
- Miriam... Qual o seu filme de terror favorito? – disse a voz na outra linha.
Miriam arregalou os olhos, assustada, e desligou o telefone.
- Não... – murmurava ela, chorando.
-Miriam, eu fiz uma pergunta, Miriam – disse Marcos, atrás da garota.
Miriam se virou para ele. Marcos estava com o rosto e a roupa completamente queimada.
- Meu filme de terror favorito? A minha vida – respondeu a garota.
Marcos tinha uma faca na mão.
- Vadia.
- Vadia é a sua mãe - respondeu Miriam, levantando-se e dando um soco em Marcos. Ele caiu no chão e Miriam pegou a sua faca.
- Vai me matar? – perguntou Marcos, rindo.
- Sim – respondeu Miriam, largando a faca, indo em direção do extintor. A garota retirou o extintor da parede, voltou para Marcos, ainda caído no chão, e soltou o enorme objeto na barriga dele.
Marcos tossiu sangue, gritou e chorou, sofrendo. Miriam assistia tudo, sem peso na consciência. A menina pegou o extintor novamente e golpeou Marcos na cabeça, quebrando o pescoço do garoto.
Marcos morreu de olhos abertos. Sangue ainda saia de sua boca. Miriam pegou a faca novamente e fincou no peito do corpo morto, fazendo mais sangue sair.
- É, Marcos, você tinha razão. Facas são fiéis ao sangue.
Muito sangue emergia do corpo de Marcos, onde ele levara a facada.

Fim de Jogo
Dave L. Bradford
Dave L. Bradford
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
951

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Nerezza D. S. Etternavn em Ter 09 Ago 2011, 21:27

Final TOP TOP *0*

Mandou bem \o/
Nerezza D. S. Etternavn
Nerezza D. S. Etternavn
Filhos de MelinoeAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
401

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Nathan Ílios em Sab 27 Ago 2011, 11:17

Mt bom... ficou show...
Nathan Ílios
Nathan Ílios
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
97

Localização :
Chalé de Apolo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Convidado em Sex 21 Out 2011, 22:52

Legal, gostei mto.
Convidado
avatar
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [+16] Blein [+16]

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::