Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Página 5 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Edward W. Kimoy em Ter 12 Jul 2011, 13:43

Relembrando a primeira mensagem :

Casa d'Italia ♨


» Casa d'Italia era um dos maiores restaurantes italianos da cidade, fundado a muitos anos atrás por imigrantes. Hoje em dia é um lugar de muito luxo e tranquilidade, com a maior variedade em massas, carnes e saladas.

» Possui três andares para poder arcar com a quantidade de pessoas que vão ali diariamente no período da noite, quando o restaurante abre. Na frente do lugar existe um enorme jardim com luzes ofuscantes que parecem deixar as flores brilhando. A localização também é perfeita, sendo um lugar tranquilo e silencioso, perfeito para um clima romântico.



"Que tal colocar uma roupa decente nesse seu avatar, mocinho(a)?"

Bailinhos do coreto:

Edward W. Kimoy
avatar
Menestréis
Mensagens :
623

Localização :
Chalé 11

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Mai Kaitsato em Seg 26 Maio 2014, 22:51


Diante da observação de Agnes, bati as pestanas num gesto contínuo, porém rápido, criando um efeito maravilhoso pelo comprimento exorbitante dos cílios. Percebi seu incômodo quanto ao assunto do orfanato, então mantive o semblante lívido na tentativa de passar-lhe conforto, e até mesmo confiança.

Todas minhas precauções foram em vão, uma vez que Agnes mantinha-se na ofensiva. Queria pegá-la pelos cabelos e arrastá-la comigo para longe dali, mas duvido que pudesse fazer isso com tanta facilidade. Pensando duas vezes antes de alguma decisão precipitada, acatei os comentários da garota com um leve suspiro impaciente.

O garçom não demorou em retornar à mesa, trazendo consigo o pedido de Agnes. Após servi-la, o rapaz me ofereceu o cardápio polidamente, observando-me com certo fascínio. A mínima menção que fiz para receber a caderneta de capa de couro foi apartada pela minha companheira, que dispensou o garçom sem muita gentileza.

Desci o olhar indignado para Agnes, que começou a comer sua salada após mais uma torrente de recusas. Bufando de raiva, desci a palma da mão bruscamente sobre a mesa, repercutindo no disseminar de um vulto negro após um instante de concentração. A manifestação da noite partiu contra o único prato preenchido na mesa. Com um tilintar estridente, o pedido de Agnes se chocou contra a parede, deixando no chão vários cacos de porcelana misturados aos componentes de sua bela salada.

— Escute o que digo. — imprimi um tom mais ríspido na voz, abandonando de vez o disfarce angelical que anteriormente assumira. Sorri cinicamente para a garota diante de mim, afastando alguns cachos do rosto com um movimento displicente da mão. — Você precisa de mim, e recomendo que venha comigo imediatamente.

Empurrei a cadeira para trás com o peso do corpo, insinuando minha saída ainda que sem completar o ato. Naquela posição, mantive o sorriso para Agnes, ao passo em que esperava pelo seu veredicto.


Poderes Utilizados:
Passivos:
Nível 1
Beleza Noturna: À noite os filhos de Nyx ficam especialmente mais encantadores, podendo rivalizar com filhos de Perséfone e Thanatos, ou talvez confundidos com filhos de Afrodite, mesmo sem ter a mesma graça corporal.
Ativos:
Nível 12
Telecinece Negra Iniciante: Agora, a energia negra pode ser manipulada para carregar ou mover coisas. O custo é alto, contudo, já que para isso ela deve antes ser criada, e envolve concentração, não permitindo outras ações (além de mover-se normalmente - esquiva ou mesmo corrida já seria algo avançado demais) enquanto este poder estiver em uso. O limite é de 75kg, e o gasto é por turno, sendo maior no primeiro por ser o turno de criação.
Feitiços do Grimório:
Nenhum.
Arsenal:
✪ {Darkbook} / Grimório [Livro de magias encadernado com couro e detalhes em ouro. É extremamente necessário a sua utilização para a evocação dos feitiços. Quando em repouso, transforma-se em uma pequena agenda, cabendo dentro de qualquer bolso. Sempre retornará ao seu dono] {Couro e Ouro} (Nível Mínimo: 1) {Controle sobre a Magia Negra} [Recebimento: Presente de Reclamação de Nyx]

✪ {Abism} / Corrente [Corrente feita de bronze sagrado e coberta por uma magia que deixa o metal escuro, quase como ferro estígio; mede cerca de 2,5 m e seu punho é feito de aço escuro. Ao envolver o pescoço de seu dono, esta transforma-se em um colar com um pingente em forma de gota de opala negro] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Nyx]
Mai Kaitsato
Filhos de Nix
Mensagens :
118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Joshua Harrison em Ter 27 Maio 2014, 00:02




Ow, no, no, no, no!

Somente um tomate e meio tinha sido ingerido. Então, Consuela aloprou. Ficou de pé depois de parecer uma demente com seus tiques, bateu na mesa e fez meu jantar voar longe. Respondi com um breve suspiro ao fechar os olhos. Mentalmente, contei até cinco e recompus-me relaxada. Precisava manter a calma, ou então igualaria-me a Consuela em seu baixíssimo nível. 

 Que deselegância, Consuela. Confesso que eu esperava mais de você... só que não. — disse, rindo e apoiando o garfo e a faca paralelamente entre si sobre a mesa. Peguei o guardanapo de pano e passei-o delicadamente no contorno dos lábios, em movimentos suaves. Em seguida, pus as mãos na beirada da mesa e impulsionei-me para trás, consequentemente afastando a cadeira e, assim, dando-me liberdade para levantar. O som advindo do grosso ato - de raspar a cadeira no piso - serviu facilmente para me fazer o centro das atenções ali. Dispensei qualquer discurso. Somente ergui as mãos, com os cotovelos flexionados e as palmas voltadas para o chão. Então abanei-as precariamente, pronunciando Somnus, o feitiço do sono.

Um sorrisinho bobo formou-se em meus lábios pintados de preto quando vi todos os presentes daquele andar serem encobertos por uma névoa. Tive de me esforçar para não atingir Consuela, já que o motivo de tudo que estava acontecendo era ela. — Eu não preciso de você. Já falei. — comecei, mantendo um tom de voz tênue mas constante, rígido. Não queria me mostrar fraca e impotente. — E porque você quer tanto que eu te acompanhe? Quer tentar me bater lá fora, bobinha? — ri falsamente outra vez, zombando da garota. Precisava descobrir o que ela queria tanto comigo. Então tive uma ideia.

Ergui um pouco a mão direita e movimentei-a ligeiramente da direta para a esquerda, fechando a porta que levava à escadaria. Mesmo de costas, eu conseguia facilmente fazer aquilo, já que era uma magia simples. Cruzei as pernas uma segunda vez, deixando a destra por cima. Apoiei as mãos sobre respectivo joelho, pondo a direita também em cima. Abaixei o queixo e mantive os olhos arregalados, num semblante tosco e talvez um pouco provocativo. Um biquinho fuleiro surgia quando eu fazia silêncio, completando a expressão. — Pode desembuchar.

Adendos:
Habilidades:
Passivas:
Sentir magia [02] - Consegue detectar auras mágicas por perto. Dependendo do lvl, a habilidade aumenta, podendo então definir a natureza da aura e o poder do objeto ou criatura encantados.
Ativas:
Prestidigitação [01] - Pequenas mágicas, que não causam dano direto mas podem ser úteis em feitos interpretativos, ou como distração. (Abre/ fecha portas e móveis que não estejam trancados)
Magias:
Intermediárias [15]

Somnus: Névoa faz os inimigos adormecerem por 5 rodadas. Atacá-los quebra o encanto.
Arsenal:
— {Vindicta} / Colar [Tem a forma de um pentagrama, composto somente por um ferro negro, aparentemente semelhante ao estígio, e sua corrente é feita do mesmo material. Possui a capacidade de, uma vez por missão/evento, retirar de um inimigo a mesma quantidade de HP que ele tirou de Agnes.] {Ferro escuro} (Nível mínimo: 15) [Recebimento: Missão] 
Mascote:
Cão Infernal {Bucco}

thanks juuub's @ cp!  
Joshua Harrison
avatar
Filhos de Hécate
Mensagens :
88

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Mai Kaitsato em Sex 30 Maio 2014, 23:04


Cobrindo a boca com a mão, forjei um longo bocejo em resposta ao ato de Agnes. Sorri então ao olhar ao redor, constatando o efeito do feitiço da garota através dos civis que cochilavam sobre suas próprias refeições e até mesmo no chão. Voltei a encará-la, e, com as mãos na cintura, dei de ombros singelamente, expressando meu falso contentamento.

— Exarado... —  venci parte da distância que nos separava, indo apoiar o quadril na mesa anteriormente ocupada por nós. Vi-me obrigada a evitar a corpulência de um senhor ao refazer o caminho traçado anteriormente. — Mas tudo bem. Você quer palavras, então lhe darei algumas.

Cruzei os braços junto às costelas, avaliando Agnes por um momento. Não tinha dúvidas de que aquela era a garota certa, e seu comportamento naquele encontro apenas confirmava isso. Um turbilhão de porquês me veio à cabeça, os quais despejei contra a garota sem me preocupar com a pontuação.

— Como você, gosto de estar sozinha. A prova disso é que estamos ambas bem longe de onde deveríamos. — referi-me ao Acampamento, contando que Agnes assimilasse a mensagem subentendida. Tentava soar mais branda novamente, consciente das capacidades mágicas da minha nova colega após sua breve, porém efetiva, demonstração. — O fato é que não estamos seguras vagando por aí, e tenho certeza que você sabe disso.

Por cima do ombro, observei o movimento lá fora pela vidraça da fachada do restaurante. Apesar da sensação reconfortante que belíssima noite estrelada me trazia, não pude deixar de lembrar da série de conflitos e obstáculos que tentaram me impedir de estar ali, viva. Voltei o olhar para Agnes e quase senti compaixão ao considerar que ela passara pelo mesmo. Quase.

— Por isso estou aqui. Não direi que estou feliz pela proposta. Estaria mentindo, algo que não costumo fazer. —  aprumei o corpo num piscar de olhos, retomando a postura classuda e imponente que normalmente despertava os mais indevidos olhares. Abandonei por completo o sentimentalismo ao sorrir secamente para Agnes, soando desgostosa. — Mas penso que juntas seremos mais fortes, e ainda assim não teríamos compromisso com nada nem ninguém para nos dar ordens.

Me aproximei de Agnes e tomei uma mecha de seus cabelos na mão direita com tremenda delicadeza, penteando-a com as unhas sem encará-la. Quando finalmente ergui a cabeça, carregava um olhar repleto de interrogações, que exigia uma resposta, mesmo que ainda exibisse traços da malevolência corriqueira. — Pense bem. É uma oferta e tanto.


Poderes Utilizados:
Passivos:
Nível 1
Beleza Noturna: À noite os filhos de Nyx ficam especialmente mais encantadores, podendo rivalizar com filhos de Perséfone e Thanatos, ou talvez confundidos com filhos de Afrodite, mesmo sem ter a mesma graça corporal.
Ativos:
Nenhum.
Feitiços do Grimório:
Nenhum.
Arsenal:
✪ {Darkbook} / Grimório [Livro de magias encadernado com couro e detalhes em ouro. É extremamente necessário a sua utilização para a evocação dos feitiços. Quando em repouso, transforma-se em uma pequena agenda, cabendo dentro de qualquer bolso. Sempre retornará ao seu dono] {Couro e Ouro} (Nível Mínimo: 1) {Controle sobre a Magia Negra} [Recebimento: Presente de Reclamação de Nyx]

✪ {Abism} / Corrente [Corrente feita de bronze sagrado e coberta por uma magia que deixa o metal escuro, quase como ferro estígio; mede cerca de 2,5 m e seu punho é feito de aço escuro. Ao envolver o pescoço de seu dono, esta transforma-se em um colar com um pingente em forma de gota de opala negro] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Nyx]
Mai Kaitsato
Filhos de Nix
Mensagens :
118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Joshua Harrison em Ter 03 Jun 2014, 15:06




Annoying bitch.

 Não entendi. — confessei, ficando confusa por não entender o que Consuela deixou para eu subentender. Eu não saquei. Não tinha um lugar que eu deveria estar e me mantinha distante. — Deveríamos estar em algum lugar? Qual? — a falta de explicação e a curiosidade começavam a me importunar. Queria entender o que Consuela queria dizer.

Reprimi-me na hora de responder a garota com outra grosseria. As coisas mudaram, ficaram sérias - ou pelo menos achava isso. Acompanhei o olhar de Consuela, observando a noite além da vidraça do restaurante. E novamente a encarei quando voltou a cacarejar. A forma como se portava e falava já me irritava, e seria um grande saco aturá-la. 

 Que novidade me dizer que não estamos seguras. — zombei, mais relaxada. — Acho que se você não tivesse falado agora eu nem teria percebido que aquelas... coisas — fraquejei ao referir-me aos monstros já enfrentados e por pouco vencidos, lembrando o quão ruim foi estar na minha pele. — queriam me matar. Obrigada pela dica. — forcei outro sorrisinho, respondendo a falsidade estampada no rosto da garota.

Pensei em lhe dar uma bicuda e depois um soco no queixo, mas respirei fundo duas ou três vezes e me contive. Ainda tinha coisa mal explicada, e batendo em Consuela não a faria me contar tudo que sabe. Decidi partir para a diplomacia, uma conversa pacífica. 

 Mas assim... agora, sabe, eu não tenho compromisso com nada nem ninguém para me dar ordens. — a forma como repeti a fala de Consuela serviu como uma zoeirinha. Esperei por uma explicação melhor enquanto ajeitava meus cachos louros criados artificialmente. 

Adendos:
Habilidades:
Passivas:
Sentir magia [02] - Consegue detectar auras mágicas por perto. Dependendo do lvl, a habilidade aumenta, podendo então definir a natureza da aura e o poder do objeto ou criatura encantados.
Ativas:
--
Magias:
--
Arsenal:
— {Vindicta} / Colar [Tem a forma de um pentagrama, composto somente por um ferro negro, aparentemente semelhante ao estígio, e sua corrente é feita do mesmo material. Possui a capacidade de, uma vez por missão/evento, retirar de um inimigo a mesma quantidade de HP que ele tirou de Agnes.] {Ferro escuro} (Nível mínimo: 15) [Recebimento: Missão] 
Mascote:
Cão Infernal {Bucco}

thanks juuub's @ cp!  
Joshua Harrison
avatar
Filhos de Hécate
Mensagens :
88

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Mai Kaitsato em Sex 13 Jun 2014, 13:18


"Ela não sabe", concluí mentalmente com o choque de realidade proporcionado pelo brilho amarelo emanado de meus olhos. O Acampamento, semideuses e deuses gregos, nada. Agnes tomar conhecimento sobre esses detalhes seria um empecilho para meus planos. Aquela louca bem que podia gostar da ideia e ir viver feliz para sempre no acampamento de pirralhos subordinados. Optei por omitir essa parte da conversa, ignorando sua pergunta posterior. Por mais curiosa que ela parecia, aproveitei o breve momento reflexivo para fazer-me de distraída.

— Tudo bem, você é feliz como está agora. — concordei, notando que precisaria jogar o jogo de Agnes para convencê-la. A garota era osso duro de roer, e fazia muitas perguntas difíceis onde não eram necessárias. — Mas não vai durar muito. Poderia estar à sua espera um inteiro batalhão de dracaenae, bem às portas desse magnífico restaurante. — olhei ao redor com cara de inocente, fazendo questão de usar a nomenclatura grega da criatura para atiçar Agnes. Àquela altura, percebi que podia ganhá-la pela curiosidade.

Fui recuando à medida em que o novo discurso se formava em minha cabeça. Dessa vez, empreguei o poder da noite em minhas palavras, fazendo-as soarem mais convincentes numa tentativa de afetar o julgamento de Agnes. — O que quero dizer, é que logo você não estará viva para gozar de toda essa sua liberdade. — dei de ombros, enfeitando com um biquinho o meu falso semblante tristonho.

— Mas comigo você terá as respostas que procura. Eu sei de muita coisa, Agnes, e posso ajudá-la a desmascarar o mundo em que você pensa viver. — eu caminhava de um lado para o outro, bem diante da garota, mantendo contato visual com ela a todo momento. Meu dedos finos brincavam entre si num duelo lento e descontraído; subentendida em minha linguagem corporal, uma tentativa de passar tranquilidade a Agnes se fazia presente. — De quebra, podemos proteger uma à outra. Divertido, não?


Poderes Utilizados:
Passivos:
Nível 1
Beleza Noturna: À noite os filhos de Nyx ficam especialmente mais encantadores, podendo rivalizar com filhos de Perséfone e Thanatos, ou talvez confundidos com filhos de Afrodite, mesmo sem ter a mesma graça corporal.

Nível 5
Olhos multicolores: Os segredos não passam por você, seus olhos sempre estão mudando de cores de acordo com o estado de espírito da pessoa, identificando os sentimentos gerais da pessoa com quem está falando, mas não seus pensamentos ou prevendo ações.. E ele sente essa mudança, não precisando ver seus olhos para saber em qual cor estar. Isso se dá porque Nyx é uma deusa dos segredos e mistérios, portanto nada passa do olhar dos filhos de Nyx. Apenas os filhos de Nyx sabem os significados das cores, mas mesmo eles podem se enganar sobre uma percepção pois uma cor significa mais de uma coisa. Quando as pessoas estão sentindo muitas coisas ao mesmo tempo os olhos dos filhos de Nyx tendem a ficar um de uma cor e outro de outra e se for o caso de muitas emoções mudarem constante de cor.
Amarelo: Medo, hesitação, empolgação, confusão, indiferença

Nível 13
Persuasão Noturna: À noite, combinado com a Beleza Noturna, os filhos de Nyx conseguem persuadir seu oponente, não chegando a ser hipnose, mas podendo convencê-lo a mudar de atitude. Sua potência aumenta com a passagem de nível, contudo os efeitos são variáveis - oponentes de nível mais alto não são afetados, e mesmo aqueles que sofrem esse efeito podem se livrar dele, se a argumentação não for consistente e se a atitude for hostil de nada adiantará. Além disso, não é dar ordens, é tentar convencê-los de algo, mas os oponentes nunca farão algo contra a integridade física deles próprios. É um efeito de charme e resistências contra esse tipo de poder também se aplicam aqui. Considerar que se a motivação do oponente for muito forte (julgada pelo avaliador) ou se ele estiver sobre uma influência de poder maior, não terá efeito algum.
Ativos:
Nenhum.
Feitiços do Grimório:
Nenhum.
Arsenal:
✪ {Darkbook} / Grimório [Livro de magias encadernado com couro e detalhes em ouro. É extremamente necessário a sua utilização para a evocação dos feitiços. Quando em repouso, transforma-se em uma pequena agenda, cabendo dentro de qualquer bolso. Sempre retornará ao seu dono] {Couro e Ouro} (Nível Mínimo: 1) {Controle sobre a Magia Negra} [Recebimento: Presente de Reclamação de Nyx]

✪ {Abism} / Corrente [Corrente feita de bronze sagrado e coberta por uma magia que deixa o metal escuro, quase como ferro estígio; mede cerca de 2,5 m e seu punho é feito de aço escuro. Ao envolver o pescoço de seu dono, esta transforma-se em um colar com um pingente em forma de gota de opala negro] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Nyx]
Mai Kaitsato
Filhos de Nix
Mensagens :
118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Joshua Harrison em Sex 13 Jun 2014, 14:54




Boring...

Talvez fosse certo eu me aliar a Consuela. Sentia algo diferente nela. Sentia que não era como as outras bestas que encontrei desde minha fuga do orfanato. Mas ainda tinha algo que me refreava. Talvez a ausência da confiança, ou talvez os marcantes trejeitos que a garota possuía.

Franzi o cenho quando Consuela tentou debochar comigo. Ela não conseguiu porque "dracaenae" era uma palavra totalmente fora do meu vocabulário, embora meu subconsciente dissesse que não. Preferi não mostrar desentendimento porque seria uma falha não fazer isso, então abri um sorrisinho falso, igual ao da jovem.

 Por um acaso você é vidente? — não me contive, e falei. O modo como Consuela se portava e dirigia a mim era demasiado irritante. A arrogância e ignorância ficava, de certa forma, bastante evidente para mim, e por isso me tirava do sério. Mas, por outro lado, eu estava relaxada. Uma inconstante batalha estava travada: ceder e confiar ou não?

E o que te faz pensar que eu te protegeria? — fiquei com a segunda opção, pelo menos por enquanto. — Dizer que você sabe muito e eu não e que eu não vou durar sozinha no mundo não vale, belê? — ri bobamente, satisfeita com a minha provocação. Buscava uma forma de encurralar Consuela. Queria vê-la falar mais, esclarecer as coisas para mim. Só queria isso. Vendo-a falar sinceramente isso e o porque se interessava em mim seria suficiente para ganhar minha confiança.

Adendos:
Habilidades:
Passivas:
Sentir magia [02] - Consegue detectar auras mágicas por perto. Dependendo do lvl, a habilidade aumenta, podendo então definir a natureza da aura e o poder do objeto ou criatura encantados.
Ativas:
--
Magias:
--
Arsenal:
— {Vindicta} / Colar [Tem a forma de um pentagrama, composto somente por um ferro negro, aparentemente semelhante ao estígio, e sua corrente é feita do mesmo material. Possui a capacidade de, uma vez por missão/evento, retirar de um inimigo a mesma quantidade de HP que ele tirou de Agnes.] {Ferro escuro} (Nível mínimo: 15) [Recebimento: Missão]
Mascote:
Cão Infernal {Bucco}

thanks juuub's @ cp!  
Joshua Harrison
avatar
Filhos de Hécate
Mensagens :
88

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Mai Kaitsato em Sex 13 Jun 2014, 15:32


— Me referi a uma espécie de mutualismo. — anunciei, respirando fundo para manter a paciência. Já era de se esperar que Agnes faria mais uma de suas perguntas atrevidas, então mantive minha resposta na ponta da língua. — Nós duas seremos beneficiadas. É isso que me leva a crer que você me protegerá, porque farei o mesmo por você.

Sabia que estava perto da vitória. Podia ver como, aos poucos, Agnes se rendia às minhas palavras. Ela ainda mantinha seus receios, tudo bem. É o certo a se fazer quando se trata de Consuela Sedryll.

Observei os corpos adormecidos no recinto com um olhar de relance enquanto media minhas palavras seguintes. Não podia enfurecer Agnes naquela altura do campeonato, e muito menos terminar abandonada em sono profundo num restaurante aleatório.

Sim, eu a temia. Mesmo que houvesse acompanhado sua trajetória até ali, eu ainda não tinha conhecimento de todas as capacidades de Agnes. Confrontei-a com a consciência que, se algo desse errado, teria que lidar com ela da maneira mais difícil. Porém, nesse caso, nunca me passou pela cabeça uma vitória garantida. Indubitavelmente, eu não queria sair no braço com ela ali.

— É a oferta final, Agnes. Sei o quão estranho tudo isso soa, e sei que minha atitude não transborda confiança, mas não pretendo fazendo nenhum mal a você. — naquele momento, me despi de todas as máscaras e disfarces para expor meu verdadeiro eu. Sem blefes, alfinetadas ou outras gracinhas. Apenas Consuela, em seu natural, ainda que soasse um pouco debochada.

— Cinco minutos para se decidir. — dei as costas no meu desfilar corriqueiro, rumando novamente até as escadas. — Esperarei lá fora. — sem olhar para trás, me dirigi até o térreo, e em seguida ao exterior do estabelecimento. O frio da noite me tocou com uma carícia deliciosa ao que desbravei a trilha até a calçada com lentidão. Junto a um poste de luz, observei a rua movimentada enquanto esperava pela boa vontade de Agnes Coignard.


Poderes Utilizados:
Passivos:
Nível 1
Beleza Noturna: À noite os filhos de Nyx ficam especialmente mais encantadores, podendo rivalizar com filhos de Perséfone e Thanatos, ou talvez confundidos com filhos de Afrodite, mesmo sem ter a mesma graça corporal.
Ativos:
Nenhum.
Feitiços do Grimório:
Nenhum.
Arsenal:
✪ {Darkbook} / Grimório [Livro de magias encadernado com couro e detalhes em ouro. É extremamente necessário a sua utilização para a evocação dos feitiços. Quando em repouso, transforma-se em uma pequena agenda, cabendo dentro de qualquer bolso. Sempre retornará ao seu dono] {Couro e Ouro} (Nível Mínimo: 1) {Controle sobre a Magia Negra} [Recebimento: Presente de Reclamação de Nyx]

✪ {Abism} / Corrente [Corrente feita de bronze sagrado e coberta por uma magia que deixa o metal escuro, quase como ferro estígio; mede cerca de 2,5 m e seu punho é feito de aço escuro. Ao envolver o pescoço de seu dono, esta transforma-se em um colar com um pingente em forma de gota de opala negro] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Nyx]
Mai Kaitsato
Filhos de Nix
Mensagens :
118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Joshua Harrison em Sex 13 Jun 2014, 18:43




NSQTC

Eu ainda não tinha total confiança em Consuela. Considerando o mundo em que vivíamos, sua implicância em ter-me consigo era compreensível. Mas, por outro lado, eu não sabia absolutamente nada dela; não sabia se me queria morta. Venturosamente, a certeza me alcançou quando a garota se pronunciou com sinceridade. Reprimi-me ao pensar numa resposta ofensiva a Consuela. Ela parecia verdadeira àquele momento. E por isso cedi.

Bufei, hesitante, ao passo em que a semideusa me dava as costas, estipulando um curto prazo para receber minha resposta. Esperei-a descer a escada que levava ao térreo do restaurante italiano para aceitar sua proposta. Curvei o tronco e puxei as meias com bolinhas pretas para cima dos joelhos e ajeitei o tutu. Estalei os dedos e um prato de salada Caprese apareceu em minhas mãos, acompanhada por um garfo de prata.

Não tive pressa em seguir no encalço de Consuela. Se ela realmente quisesse minha companhia, ela esperaria. E se quisesse um fight, teria. Mantive o prato na mão esquerda e a talher na direita enquanto dirigia-me ao exterior do estabelecimento. Então, finalmente encontrei-me uma segunda vez com Consuela, encostada num poste qualquer. Bucco pusera-se à minha esquerda, num beco.

E aí, como vai ser? — saudei Consu ao exibir um fino sorriso em meus lábios pintados. De soslaio, olhei para um beco à minha esquerda, onde Bucco escondera-se.

Adendos:
Habilidades:
Passivas:
Sentir magia [02] - Consegue detectar auras mágicas por perto. Dependendo do lvl, a habilidade aumenta, podendo então definir a natureza da aura e o poder do objeto ou criatura encantados.
Ativas:
--
Magias:
Magias intermediárias

Chaos: Magia da Ação, faz coisas acontecerem magicamente.
Arsenal:
— {Vindicta} / Colar [Tem a forma de um pentagrama, composto somente por um ferro negro, aparentemente semelhante ao estígio, e sua corrente é feita do mesmo material. Possui a capacidade de, uma vez por missão/evento, retirar de um inimigo a mesma quantidade de HP que ele tirou de Agnes.] {Ferro escuro} (Nível mínimo: 15) [Recebimento: Missão]
Mascote:
Cão Infernal {Bucco}

thanks juuub's @ cp!  
Joshua Harrison
avatar
Filhos de Hécate
Mensagens :
88

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Mai Kaitsato em Sab 14 Jun 2014, 01:19


O ecoar dos passos de Agnes antecipou sua chegada. Pela demora, pude notar que ela não fazia nenhuma questão de se apressar; muito pelo contrário. Me virei para saudá-la, moldando um novo sorriso cordial nos lábios. — Sabia que viria. — pisquei um olho quando Agnes me alcançou, e, sem cerimônia, afanei uma rodela tomate de sua salada.

Respondi sua pergunta com um assovio alto, que ecoou em notas agudas pela região. O intervalo que se seguiu eu utilizei para degustar o tira-gosto da receita italiana.

Não demorou muito para que, em toda sua exuberância cinzenta, Iggy pousasse próxima de nós, na calçada. Ela sapateou os cascos dianteiras num cumprimento a Agnes, agitando a crina sedosa. Sempre tão amigável, a pégaso era muito diferente de mim.

— Esta é Iggy, a nossa carona. — me direcionei até a criatura alada e a montei com facilidade, graças aos dois anos de prática. Encaixei as pernas logo atrás de suas asas, posicionando-me adequadamente para o voo. — Pode montar. E peça ao seu mascote que nos siga. — executei um aceno convidativo da cabeça, este direcionado a Agnes.

Esperei que minha nova companheira de viagem montasse para então comandar a partida de Iggy. — Segure firme. — recomendei, no momento em que, com um solavanco, Iggy se lançou no ar, expandindo sua envergadura ao máximo. Sem mais delongas, a pégaso ganhou altitude, partindo conosco, eu e Agnes, para longe dali.


Poderes Utilizados:
Passivos:
Nível 1
Beleza Noturna: À noite os filhos de Nyx ficam especialmente mais encantadores, podendo rivalizar com filhos de Perséfone e Thanatos, ou talvez confundidos com filhos de Afrodite, mesmo sem ter a mesma graça corporal.
Ativos:
Nenhum.
Feitiços do Grimório:
Nenhum.
Arsenal:
✪ {Darkbook} / Grimório [Livro de magias encadernado com couro e detalhes em ouro. É extremamente necessário a sua utilização para a evocação dos feitiços. Quando em repouso, transforma-se em uma pequena agenda, cabendo dentro de qualquer bolso. Sempre retornará ao seu dono] {Couro e Ouro} (Nível Mínimo: 1) {Controle sobre a Magia Negra} [Recebimento: Presente de Reclamação de Nyx]

✪ {Abism} / Corrente [Corrente feita de bronze sagrado e coberta por uma magia que deixa o metal escuro, quase como ferro estígio; mede cerca de 2,5 m e seu punho é feito de aço escuro. Ao envolver o pescoço de seu dono, esta transforma-se em um colar com um pingente em forma de gota de opala negro] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Nyx]
Mai Kaitsato
Filhos de Nix
Mensagens :
118

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Joshua Harrison em Sab 14 Jun 2014, 13:15




Partiu

Exibi um semblante decepcionado quando Consuela roubou um tomate do meu prato. Suspirei e o joguei longe quando o finalizei. Estava pronta para partir, mas não em Iggy. Claro que não. Consuela devia imaginar que não. Nem me dei o trabalho de responder a garota; não montei na pégaso, e sim em Bucco. Chamei-o com um assobio.

 Nós vamos por terra. — informei à garota, mostrando-lhe um sorriso debochado. 

Esperei Consuela e Iggy se erguerem no ar para montar em meu cão infernal. Podia não vê-las mais, mas me guiaria através da forte aura mágica que a semideusa emanava. Assim seria bem fácil, na verdade. Só tinha receio para com o lugar que Consuela me levaria. Esqueci-me de perguntar quando pude.

Adendos:
Habilidades:
Passivas:
Sentir magia [02] - Consegue detectar auras mágicas por perto. Dependendo do lvl, a habilidade aumenta, podendo então definir a natureza da aura e o poder do objeto ou criatura encantados.
Ativas:
--
Magias:
Magias intermediárias

Chaos: Magia da Ação, faz coisas acontecerem magicamente.
Arsenal:
— {Vindicta} / Colar [Tem a forma de um pentagrama, composto somente por um ferro negro, aparentemente semelhante ao estígio, e sua corrente é feita do mesmo material. Possui a capacidade de, uma vez por missão/evento, retirar de um inimigo a mesma quantidade de HP que ele tirou de Agnes.] {Ferro escuro} (Nível mínimo: 15) [Recebimento: Missão]
Mascote:
Cão Infernal {Bucco}

thanks juuub's @ cp!  
Joshua Harrison
avatar
Filhos de Hécate
Mensagens :
88

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Jhonn Stark em Dom 19 Out 2014, 20:46


Reviravoltas Em Nashville

O destino reserva surpresas em um restaurante.



Dentro do refinado restaurante de Nashville, Stark sentia-se desorientado. Havia viajado até a cidade em um dos pégasos do acampamento, graças aos seus malditos sonhos. Seguindo-os, o garoto poderia jurar que na noite anterior um rapto havia acontecido na cidade, um rapto que poderia levá-lo à sua irmã.

Infelizmente, além de não descobrir nada na "cena do crime", Stark teve uma recepção nada amigável de alguns dos monstros de lá. Por baixo de seu novo casaco azul - devidamente acompanhado de um capuz -, a cria da lareira ainda possuía alguns ferimentos de garras resultantes da noite anterior.

"Pois é, voltamos à estaca zero." Pensou enquanto andava pelo recinto, em busca de sua mesa.

A única coisa em que conseguia pensar era que seu tempo estava se esgotando. Segundo Tique, o destino do garoto iria ser revelado em breve: pelo que a deusa havia lhe contado, os deuses estavam em constantes discussões sobre o que fazer quanto ao "caçador de semideuses", mas uma profecia seria lançada... uma profecia que possivelmente o envolveria.

"Uma profecia que termina em morte" Disse ela.

Com essas últimas palavras em mente, Stark se distraiu por tempo suficiente para esbarrar em uma garota que estava no local. Fora de seu transe, o garoto da Lareira começou a desculpar-se com ela.

A olhos comuns, aquilo parecia um mero acidente em uma noite qualquer. Pelo que o semideus conhecia, Tique chamaria aquilo de destino.


Jhonn Stark
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
701

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Florence E. Quinn em Dom 19 Out 2014, 21:48


Destiny?


E mais uma vez, sua jornada como nômade havia levado-a a um local desconhecido de suas experiências. Seu único consolo era saber que Nashville, onde se encontrava no momento, era o local de sonhos e realizações para muitos artistas. Infelizmente, a mesma não poderia agarrar aquela oportunidade, não tão cedo. Monstros, mundo mitológico... Tudo isso era irritantemente insistente na sua vida, a impedindo de conseguir seguir com a vida que havia, desde muito cedo, planejado para si. Respirar música. Fazer disso o pilar da sua existência. Amava tocar e cantar com todas as suas forças, mesmo que tudo isso não fosse muito certo como um grande futuro profissional.

Ao abrir a porta do restaurante, ouviu seu estômago roncar. É, estava na hora certa. E mesmo com o pouco dinheiro que tinha da sua última apresentação, sabia que daria para calar aqueles ruídos vergonhosos por algum tempo. Estava começando a cogitar seriamente a opção de voltar ao acampamento por um tempo.

Andou mais um pouco, tentando achar uma mesa, quando um rapaz esbarrou nela, a derrubando no chão. Seu violão fora parar em baixo da mesa de uma mulher idosa, que pelo figurino, deveria ser portadora de alguma fortuna. Levantou-se, desajeitada como sempre e pegou de volta seu violão, ignorando as reclamações da senhora. Bateu de leve na sua calça jeans e ajeitou sua blusa, que caía no ombro ao encarar quem fizera-a cair. Tinha a mesma altura que ela, mas ainda sim mais jovem. Droga..., foi a única coisa que passou por sua mente. Tudo o que menos queria era encontrar com alguém, principalmente se fosse naquelas condições.

— Tudo bem, tudo bem. — Ela dispensou o pedido de desculpas, encarando o rosto confuso do rapaz a sua frente. — Desde que o meu amigo aqui esteja são e salvo, não há problema nenhum. — Indicou o violão, abrindo um sorriso logo em seguida. — Mas e você? Pode ser um pouco estúpido da minha parte, porque fui eu quem caiu — revirou os olhos, com uma expressão divertida. — Err... Bem, se machucou?




Thanks Little King © CG
Florence E. Quinn
avatar
Filhos de Hipnos
Mensagens :
23

Localização :
numa cama, realmente dormindo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Jhonn Stark em Dom 19 Out 2014, 22:36


Reviravoltas Em Nashville

O destino reserva surpresas em um restaurante.



Mortais costumam dizer que a primeira impressão é a que fica. Esbarrar; derrubar; por pouco não estragar o violão da garota, e por fim, chamar atenção para si. Aquilo definitivamente não causaria uma boa impressão a qualquer um em um raio de dois quilômetros.

Ouvindo a pergunta da estranha, Stark refletiu um pouco. De fato, ele não havia se machucado ao esbarrar com ela, mas seus ferimentos não cicatrizados no tórax pareciam mandar lembranças. Ignorando aquilo ao máximo que pôde, deu seu melhor sorriso.

- Não, não me machuquei. - Disse, mantendo aquela expressão descontraída no rosto.

Pelo menos até perceber o que estava lhe faltando. Ao encarar o piso e ver que lá estavam AS anotações, o sangue do garoto gelou. Tudo, desde o princípio dos casos de desaparecimentos estava resumido dentro daquele pequeno bloco de notas caído no chão. Abaixando-se sem hesitar, o filho de Héstia pegou de volta o tão precioso item, fechando-o e guardando-o em um dos bolsos de seu casaco.

- Bem... - Falou, levantando-se e encarando a garota. - Meu nome é Jhonn Stark. Sério, se houver algo que eu possa fazer para compensar esse desastre...

Enquanto reforçava seu pedido de desculpas, o garoto tentava concentrar-se para não vacilar em nenhum momento. "Será que ela viu?" Perguntava-se, com o coração acelerado. De fato, tudo era culpa da maldita página de caderno que havia ficado em destaque. Uma única palavra ali poderia deixar Stark em uma situação bem desagradável, e ele torcia para que a desconhecida não tivesse a visto.

"Semideus."


Jhonn Stark
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
701

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Florence E. Quinn em Seg 20 Out 2014, 16:01


Destiny?

"Semideus." "Semideus." "Semideus." "Semideus." "Semideus."

"Semideus."

A palavra ecoava de todas as formas possíveis. Semideus. O primeiro que encontrava depois de abandonar o acampamento. Droga. Havia ouvido falar do desastre da Praça La Paz e não estava nem um pouco com vontade de enfrentar alguém, principalmente porque não fazia ideia de como lutar. Tudo o que estava em suas mãos era seu violão que quase havia sido quebrado pelo rapaz e mesmo que estivesse com sua espada, seria inútil, pois não sabe como manuseá-la. ótimo, Florence. Parabéns por sua estupidez.

— Semi... deus? — Murmurou a palavra, enquanto encarava o garoto, sem piscar. Deu um passo para trás, segurando o cabo do violão com força. Ele é igual a você. — Eu... — Começou a falar, mas estava sem voz, sem saber o que pronunciar. Estava morta. E antes mesmo de perguntar se poderia se apresentar naquele restaurante.

Manteve-se alerta. Qual seria o próximo movimento do tal Jhonn?




Thanks Little King © CG
[/quote]
Florence E. Quinn
avatar
Filhos de Hipnos
Mensagens :
23

Localização :
numa cama, realmente dormindo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Jhonn Stark em Seg 20 Out 2014, 18:15


Reviravoltas Em Nashville

O destino reserva surpresas em um restaurante.



De fato, lá estava o pior, acontecendo bem diante de seus olhos. Com as habilidades que possuía, era fácil perceber qual era o sentimento da garota quanto a ele naquele momento: um misto de hesitação, apreensão e alguma outra coisa... seria medo? Devido à tensão da situação, o garoto da Lareira não conseguia definir precisamente do que se tratava.

Muitas coisas se passavam em sua mente: uma pessoa normal provavelmente não teria reconhecido aquela palavra anotada. A estranha também não parecia ser um monstro, então restava-lhe uma única alternativa: sangue divino.

Se essa fosse mesmo a resposta para sua pergunta, seria ela uma aliada ou inimiga? Diversos nomes começaram a aparecer para o semideus, nomes de locais onde houveram batalhas das quais foi sortudo em não participar: Crazy Hour; Campos de Austin...

La Paz.

O nervosismo do semideus estava bem palpável. Olhando nos olhos da estranha, não sentia nenhuma emoção hostil vinda da parte dela, mas prevenção era sempre a melhor atitude a se tomar.

- Eu não estou aqui para brigar. - Disse, tentando soar o mais firme possível, erguendo uma das sobrancelhas. - Posso garantir isso.

Enquanto falava, evitou o hábito instintivo de fechar o punho direito, onde seu anel estava. Caso fosse necessária, sua espada ali estava para ajudá-lo, mas ele não queria parecer uma ameaça. Ao invés disso, apenas pronunciou mais uma frase.

- Bem, acho que teremos tempo o bastante para que você diga quem é, certo?

De longe, era notável que ele estava tão nervoso quanto ela, e esperava que aquilo fosse o suficiente para provar que não era o inimigo. Como acontecia sempre que havia a oportunidade, a diplomacia era sua primeira arma em campo.


Jhonn Stark
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
701

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Florence E. Quinn em Seg 20 Out 2014, 18:57


Destiny?

Tentou se acalmar a avaliar a situação. O rapaz não parecia nenhuma ameaça e, embora muito provavelmente fosse mais forte que ela, não estava se sentindo no seu habitual desespero. Soltou o ar que havia prendido na sua respiração anterior e o seu alívio deveria ter sido percebido a metros de distância. Ainda assim, manteve-se afastada do semideus. A palavra ainda ressoava na sua mente, como um sonar de submarino. Há quanto tempo não via alguém da sua espécie? Meses, anos? Estava confusa, claro, e ficar ali em pé, chamando mais atenção do que Jhonn conseguira atrair, não era a solução para aquele possível problema.

— Eu... sou... — Balançou a cabeça, tomada num surto de coragem. Mas ainda estava afastada, segurando o violão com apenas uma mão. — Florence Erin Quinn. — Falou, por fim. Arrumou sua pose, erguendo-se mais relaxadamente. Contudo, os sentidos em alerta. Esticou a mão, nunca gesto de cumprimento. — Cantora de bares nos finais de semana, compositora nas horas vagas.

Um sorriso hesitante surgiu em sua face. Deveria confiar?




Thanks Little King © CG
Florence E. Quinn
avatar
Filhos de Hipnos
Mensagens :
23

Localização :
numa cama, realmente dormindo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Jhonn Stark em Dom 26 Out 2014, 16:59


Reviravoltas Em Nashville

O destino reserva surpresas em um restaurante.



Assim que Florence começou a falar, a tensão do ambiente começou a diminuir. Assim que teve a oportunidade,  Jhonn retribuiu o gesto de cumprimento da garota, retomando sua posição amistosa na situação.

Provavelmente, o nível de confiança da semideusa no garoto ainda não era dos maiores, e infelizmente apresentações naquelas condições não eram nem um pouco discretas, como já podia se constatar: em suas mesas, os clientes encaravam com olhares interrogativos os dois. Alguns sussurros podiam ser ouvidos pelo jovem de Héstia, que não queria perder seu tempo ouvindo mais boatos sendo espalhados sobre ele - assim como em uma de suas missões em NY, quando encerrou o dia com sua sanidade questionada ao tentar entrar em contato com algum espírito da água.

Ouvindo a última parte da frase da garota, Stark sorriu.

- Música é algo muito interessante, se me permite dizer. - Falou, com uma das sobrancelhas erguida. De fato, aquele era um assunto sobre o qual poderiam discutir após resolver as outras... Dúvidas que ainda permaneciam.

Percebendo que os murmúrios continuavam, o semideus suspirou e revirou os olhos. Avistando uma mesa vazia em uma das extremidades do restaurante, fez um gesto na direção dela, mantendo sua expressão tranquila para Florence.

- Que tal se prosseguirmos esta conversa de forma mais... Discreta?


Jhonn Stark
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
701

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Florence E. Quinn em Sab 01 Nov 2014, 17:53


Destiny?

Discrição, definitivamente, não era um das características da garota. Primeiro que precisava sim chamar a atenção, pois se não fosse assim, como ganharia a vida do jeito que queria. E, depois, ter quase 1,80 de altura e ainda usar saltos não colaborava. Terceiro, a sua súbita mudança de comportamento quando leu a maldita palavra. Mas mesmo assim, apenas sorriu e assentiu, colocando o violão nas costas com o auxílio da alça que nele havia.

— Uma mesa, e talvez eu finalmente consiga jantar. — Olhou para o rapaz, mais novo que ela, e ajeitou uma mexa de cabelo atrás da orelha. — Talento é apenas o que me define, meu caro. E um pouco de gosto pelo o que eu faço. — Brincou, mesmo sem tanto humor assim, sobre a citação dele a respeito de música.



Thanks Little King © CG
Florence E. Quinn
avatar
Filhos de Hipnos
Mensagens :
23

Localização :
numa cama, realmente dormindo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Jhonn Stark em Sab 01 Nov 2014, 18:40


Reviravoltas Em Nashville

O destino reserva surpresas em um restaurante.



Seguiu até a mesa sem falar muita coisa, já que estava ocupado de mais pensando no que diabos poderia dizer para Florence. Sentando-se em uma das cadeiras da mesa escolhida, deixou que sua expressão se suavizasse um pouco.

Encarando diretamente a loira, Stark sabia que precisava mostrar a ela que não estava lá como uma pessoa que queria matá-la. De longe, sentia que o sangue de Héstia pesava muito em suas veias em tais situações, mas gostava de acreditar que mesmo que fosse um mortal, não estaria no lado negro da coisa.

- Então... O que você faz aqui em Nashville? - Falou, quebrando o silêncio. - Tipo, sei que deve ter algo a ver com o fato de ser ligada à música, mas... E quanto ao acampamento?

Novamente, um tiro no escuro. Se ela conseguiu reconhecer a palavra de suas anotações, talvez pudesse ter conhecimento do local, mas o garoto não tinha certeza daquilo. Assim que pronunciou a última das palavras, um garçom se aproximou da mesa, segurando um cardápio.

- Escolha, srta. Quinn. - Disse o filho da lareira, estendendo o objeto para Florence. - Não me importo em pagar.


Jhonn Stark
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
701

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Florence E. Quinn em Sab 01 Nov 2014, 18:59


Destiny?

"Acampamento." Seu rosto se contorceu numa expressão de desagrado para logo depois parecer que havia visto um fantasma. Acampamento. Ela não voltaria para aquele lugar, principalmente depois do que havia presenciado na noite em que fora levada para lá. Quando fugiu... Havia sido pior, porque foi quando sentiu uma dor estranha no peito. E tinha certeza que não era de saudades, porque desprezou o máximo que pôde o tempo que ficou cercada de tantos da sua espécie. Tanto, que começou a achar que a conversa com Jhonn não teria bons frutos. Não seja tão pessimista.

Mas não tinha como.

— Minha música me leva a muitos lugares. — Deu de ombros, olhando para o lado. — Mas não pretendo voltar àquele lugar. Não tão cedo, e talvez nunca. — Apoiou o violão ao lado da sua mesa, encostado na parede. Foi quando sentiu o estômago roncar, ainda que não muito alto, e tirou o dinheiro do bolso do casaco. — Não posso deixar que alguém cujo eu esbarrei pague meu jantar. Acho que eu causei mais problemas para você do que você causou para mim. — Segurando o dinheiro, pegou o cardápio. — Um espaguete, por favor. — Sorrindo, pediu, observando o garçom indo embora. Contou as notas e as moedas, separando a quantia certa dentro do bolso esquerdo e o resto no direito. — Voltando ao nosso assunto, digo que prefiro manter-me invisível, como fiz durante todos estes anos. Ninguém sabe que eu existo, e eu não devo saber da existência de muita gente. — Deu de ombros.

Contudo, ela sabia.

Ela sabia de La Paz.



Thanks Little King © CG
Florence E. Quinn
avatar
Filhos de Hipnos
Mensagens :
23

Localização :
numa cama, realmente dormindo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Jhonn Stark em Dom 02 Nov 2014, 15:18


Reviravoltas Em Nashville

O destino reserva surpresas em um restaurante.



Não era difícil para Stark reconhecer uma expressão como aquela. Não sabia o que havia acontecido com Florence no período em que havia passado lá, mas sua expressão dizia tudo: Medo. Insegurança. Raiva.

Emoções que acompanhavam o garoto de Héstia desde que seu passado começou a ser revelado, juntamente com seu possível futuro.

Sacudiu a cabeça e dirigiu sua mão ao pequeno bloco de anotações em seu bolso. Estava ciente que não precisava retirá-lo de lá para se lembrar de nada, tendo em vista que passara várias noites em claro decorando seu conteúdo.

"Ayleen Zohren, filha de Ares. Caçada e capturada cerca de um mês antes do solstício do ano passado. Local: Central Park, NY. Condição atual: Morta.
Ashton Bailey, filho de Héracles. Caçado e capturado cerca de sete dias antes do solstício do ano retrasado. Local: Boston. Condição atual: Morto.
Sarah Stark, filha de Héstia. Capturada durante um contra-ataque ao assassino de semideuses, ainda este ano. Local: Indeterminado. Condição atual: Indefinida."


Tentou focar-se na fala da semideusa a sua frente. De fato, havia sobrevivido fora do acampamento todo aquele tempo, mas... E se fosse encontrada por algum monstro? Ou pior: E se fosse encontrada pelo caçador?

- Tenho certeza de que você conseguiu se virar muito bem até agora, Florence. Além disso, não duvido do fato de que realmente consegue se manter oculta. - Stark falou, cruzando os braços. Não era difícil notar a hesitação contida em suas palavras, nem o olhar de preocupação em seu rosto. - Mas... E se alguém, ou algo encontrasse você?

Sem mais adendos, aguardou a resposta da garota.

Jhonn Stark
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
701

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Florence E. Quinn em Dom 02 Nov 2014, 19:33


Destiny?

— Alguém me encontrar? — Ela disse, com escárnio, para logo depois dar uma risada baixa e se aproximar do rapaz, apoiando os cotovelos na mesa. — Acho difícil. Mesmo que eu precise marcar para ganhar a vida com a música, sei me esconder bem o suficiente. — Deu de ombros, voltando a se encostar na cadeira. — Mas... Por precaução, eu gostaria de... saber o que tem acontecido. Há alguém por aí atrás da gente? Quem iria querer pessoas tão problemáticas quanto nós?

Ela não entendia muito bem porque tanto nervoso da parte de Jhoon. Ela era apenas uma estranha para ele, e que simplesmente sabia apenas o nome. E claro, havia a tal informação, que ela preferia que fosse mantida em segredo. Contudo, já que escapara... Não era hora de se remoer por causa do leite derramado. Suspirou, cruzando os braços acima do estômago, com fome. Quanto tempo mais demoraria para o maldito espaguete chegar?

— Mas e você? O que faz longe do... Acampamento? — E se arrependeu amargamente por ter hesitado em falar aquela palavra. Era passado. Não precisava se preocupar mais.

Será?



Thanks Little King © CG
[/quote]
Florence E. Quinn
avatar
Filhos de Hipnos
Mensagens :
23

Localização :
numa cama, realmente dormindo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Jhonn Stark em Ter 04 Nov 2014, 14:59


Reviravoltas Em Nashville

O destino reserva surpresas em um restaurante.



Imprudência? Muita. Se Florence tivesse ao menos noção do perigo que estava rondando-a... Talvez não soasse tão segura. Suas outras perguntas apenas reforçaram no garoto de Héstia um sentimento de que deveria contá-la, mesmo que não o tivesse feito a ninguém.

Desaparecimentos de semideuses por todo o globo. Caçadas impiedosas. Agonia e desespero, tanto dos cativos quanto dos que eram ligados a eles.

"Uma profecia que termina em morte."

Piscou os olhos rapidamente ao ouvir a última pergunta da garota. O receio dela ao falar sobre o acampamento era grande, mas não devia ser maior do receio dele sobre falar do assunto. Porém, naquela situação, sentiu que não havia nada a perder.

- Veja bem... - Disse, encarando-a com uma expressão séria. - Acho que para todas as suas perguntas, há uma única resposta: não estou no acampamento por que estou em uma caçada, Florence. Caçando um caçador, por mais irônico que pareça.

Esperou alguns segundos, então continuou.

- Ele está atrás de pessoas como nós desde... Dois anos atrás, acho. - O garoto então abriu o bloco de notas, chegando até uma página específica, com diversas anotações e fotos de jornal coladas. - Essa garota foi capturada aqui em Nashville, ontem.

Parou de falar naquele instante, enquanto olhava para uma das fotos. Ruiva; sorridente; Cerca de 14 anos... Não queria envolver-se muito naquele assunto, não naquele momento. Pelo canto do olho, pôde ver o garçom se aproximando, trazendo o prato da loira.

- É uma longa história que pretendo não continuar agora. - Falou. - Só queria que soubesse que nenhum lugar é seguro por enquanto.


Jhonn Stark
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
701

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Ahrie Rothlow em Sab 15 Nov 2014, 20:45






talking to the moon

O possante volvo prata estacionou em inércia em meio à fachada do Casa d'Italia. Logo que as travas elétricas desencadearam com um estampido surdo e com a porta do passageiro já aberta, o asiático deslizou para fora do estofado, ajeitando a postura ao planar na calçada pavimentada. Alguns dos pedestres que por ali passavam mantinham parte de sua atenção voltada àquele rapaz de beleza estonteante; ao contrário dos olhares de admiração quais era submetido aguentar no acampamento, aqueles chegavam a ser de certo modo, desconcertantes. Sorriu para o chofer, agradecendo-lhe a carona, e não tardou para que o homem voltasse ao automóvel e partisse, sumindo no horizonte.

— Senhor?! — indagou a recepcionista assim que adentrara no estabelecimento. Como de praxe, seu interior exibia o total requinte que lhe era esperado, ornamentado com uma mobília que beirava a elegância e perfeição. Sentia-se estranho, uma vez que seria sua primeira fuga para que novamente tentasse se adequar no mundo mortal.

Voltou-se à moça com cordialidade, aproximando-se a passos lentos. Debruçou-se sobre o balcão como o típico moleque que era e ao piscar, entreabriu os lábios, tentando soar o tanto sedutor que lhe era permitido. — Creio que há uma reserva feita em meu nome, Piéetro Moogreyd. — dissimulou interesse de bom grado e em resposta, ouviu um tímido “por aqui” da moçoila, seguindo-a por entre o pequeno corredor até a mesa almejada – esta por sua vez, próxima à janela, dando-lhe uma vista privilegiada de tudo o que decorria do lado de fora.

Com o interior isento da friagem noturna a qual estaria habituado, repousou a jaqueta de couro na cadeira ocupada, acomodando-se. Aparou os braços por sobre a mesa, decidindo por vislumbrar um pouco o céu estrelado, suspirando ao se deparar com as colossais esferas de fogo que queimavam a quilômetros de distância; belas e magníficas, adornando o manto negro com grandiosidade.

Tendia a ser uma noite agradável. Mesmo que não possuísse nenhum encontro ou compromisso, estar sozinho e conviver um pouco com seu lado humano de modo harmônico poderia lhe trazer um grande equilíbrio do qual pretendia desfrutar. Ergueu a mão direta e estalou os dedos, tentando atrair o garçom. Obviamente também estava ali pela comida, qual julgava ser a melhor do país.

Adendos:
Habilidades:
Passivas:
Considerar todas até o nível 20.
Ativas:
--
Arsenal:
— Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

— {Beauté Électrique} / Chicote Elétrico [Chicote elétrico. É um chicote, todo trabalhado a mão. Ele é feito de couro, e nesse couro, pode se perceber detalhes em renda, bordada manualmente. Ele também reluz algumas pedras preciosas, que ajudam em ataques mais precisos, e podem cortar a pele do atingido]{Couro e Pedras preciosas} (Nível Mínimo: 1 ) {Não controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Afrodite]

— {P&P} [Colar com um pingente dourado de um sol com as letras "P&P" estampadas. O pingente emite um calor intenso que pode aquecer o filho de Afrodite em lugares altos e congelantes ou emitir uma luz em lugares escuros para iluminar o local. Em lugares em que o sol pode atingir, o pingente absorve a energia solar e usa ela para curar 10% do HP de Piéetro] {Ouro} (Nível Mínimo: 1 ) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Paul W. Listen]

thanks juuub's @ cp!  
Ahrie Rothlow
avatar
Filhos de Afrodite
Mensagens :
160

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Cain Feather em Sab 15 Nov 2014, 22:25


Hot'n Cold
Yes then your no? In then your out? Up or down, wrong when it's right?

G rrrr! Ele com certeza vai me chamar de stalker. Hum... mas é isso que eu venho fazendo, não? Elijah ergueu uma sobrancelha, sentindo-se estranho ao pensar no assunto. Meh! Acho que essa é uma das únicas vezes em que é o mestre que vai procurar o aprendiz. Anyway, espero não deixar o clima esquisito... Por quê diabos ele teve de ir justo em um restaurante? revirou os olhos, ajustando a gravata enquanto soltava um leve suspiro.

Balthazar encarava um espelho que refletia seu corpo inteiro, alcançando até dois metros de altura e um de comprimento. Atrás dele, seu quarto individual do SPA e Resort C.C; com Balthier e Fäe descansando um ao lado do outro, ambos deitados sobre as patas emitindo um grave ronronar. Elijah fitava à si mesmo com uma expressão apetitosa - narcisista como nunca antes -, pois utilizava um colete que deixava os braços e ombros à mostra, calças de couro negro e sapatos formais. Não havia nada por baixo da blusa complementar, portanto boa parte do pescoço e peito ficavam visíveis quando ele se movimentava - mesmo com o colete "castamente" abotoado. E, para deixar o look provocativo como queria que fosse, não pôde deixar de amarrar no pescoço uma pequena gravata-borboleta. Elijah estava definitivamente pronto para ser o sonho erótico de quem fixasse o olhar em seu corpo, pois assim sabia que com Piéetro era semelhante. Espero não ser um desapontamento dessa vez, revirou os olhos.

Com um estalar de dedos, o corvo que seguira Piéetro até ele adentrar a Casa d'Italia reduzira-se à um emaranhado de penas. A visão compartilhada com a ave permitira observar o filho de Afrodite até que o mesmo ficasse completamente sozinho, acomodado em um assento com vista para o jardim. Longe das vigias, fora da proteção do acampamento. Mesmo que não fosse sua intenção fazer algo de mal para com o semideus, talvez não fosse aceitável aos olhos dos instrutores o comportamento de ambos, se o episódio da caverna voltasse a se repetir (o que seria muito provável, visto que Elijah não demonstrava somente interesse "acadêmico" no rapaz). Precisaria dele fora das barreiras do CHB, então, por isso limitara-se a estabelecer contato.

Após dar uma piscadela para o próprio reflexo, o feiticeiro fez com que um triângulo púrpuro, como um portal, se materializasse acima de sua cabeça. Demorou pouco até que ele sentisse o próprio corpo sendo sugado pela fenda, sem perceber que no segundo seguinte caía dentro de um alojamento público. O corpo tombou no longo assento de frente para Piéetro; desajeitado, como se não estivesse acostumado a fazer esse tipo de viagem. Por sorte, a névoa agira no momento certo, pois todos os mortais pareceram desviar o olhar quando Elijah se teletransportou.

— Ah! Boa noite! — introduziu-se Balthazar, colocando os pés debaixo da mesa e a cabeça de volta no lugar. Afagou as costas no assento e virou-se para o filho de Afrodite, lançando-lhe um sorriso extrovertido. Percebera há pouco que a queda tinha forçado o tórax, por isso os botões do colete estavam abertos, deixando à mostra o trabalhado abdômen do rapaz. Não se deu o trabalho de fechá-los, e nem se importou com a expressão indignada das outras pessoas ao observá-lo. Ao invés disso, devolveu em um só indivíduo todos os olhares que recebia: não se detendo em comer Piéetro com os olhos assim que o identificara, já que da última vez sabemos quem quase comeu quem. — Desculpe-me por essa... hum... entrada forçada! Eu, na verdade, tenho uma proposta pra você.

E abriu um sorriso ainda maior, de orelha à orelha. Esperou que o garçom chegasse para que Piéetro fizesse seu pedido, esperando assim ter um momento a sós com o afrodisíaco. Agora, com uma nova aparência: mais sedutor, menos tímido. Feliz por ter reencontrado a irmã e pronto para ensinar alguns "truques" que, se possível, seriam proveitosos para ambos lados.


Love ya':
Equipamento:
— Relíquia Mágica [Colar simples e básico, podendo ser levado e escondido em qualquer lugar. Sua corrente é de prata negra, e cintila à noite. Seu pingente é em forma de pentagrama, feito de diamante. Duas vezes por missão e durante 2 rodadas, tendo no mínimo uma rodada de intervalo cria uma barreira mágica de cor roxa, esta cobre todo o feiticeiro. Protege contra ataques mágicos – principalmente - e ataques a longa distancia – lanças, bumerangues, correntes, flechas etc.; ataques diretos não são repelidos][Prata Negra; Diamante;] (Item de Feiticeiro) {Controle Mágico} [Presente de Reclamação por Circe]
Poderes Utilizados:
Filho de Apolo e Feiticeiro de Circe

Ativos

Time Travelling Spell (Nível 19) - Esta magia permite ao feiticeiro fazer com que um portal triangular apareça acima dele, sugando-o para ele e por meio deste ele pode se locomover por grandes distâncias. Porém, esta magia requer tempo para ser completada, portanto, se usada para fugir de efeitos imediatos prova-se falha.

Invocação de Corvo (Nível 23) - Além dos grifos e serpentes, um dos animais representantes de Apolo é o corvo. Durante duas rodadas você pode invocar um corvo e utilizar de sua visão, desse modo você jamais se perderá. O corvo também pode ser utilizado em combate, contendo 50 de HP, pelas mesmas duas rodadas. Você exerce total controle mental nele.

Passivos

Beleza lasciva II (Nível 20) - A sua beleza nesse nível já está muito maior, e somada a aura de mistério que você exala, atrai o olhares de todos por onde passa. Não são tão belos quanto os filhos de Afrodite, mas são mais atraentes que estes por uma aura mágica influir diretamente no bom senso de qualquer outrem, afim de fazê-los se interessarem de forma irrefutável por você.

Aura do mistério (Nível 1) - Uma aura mágica influencia diretamente na personalidade fos feiticeiros ao adentrarem o grupo, tornando-os um atraente mistério a ser desvendado pelos demais semideuses.
Poder Especial:
Cicatriz de urso [Por ter sido atingido no rosto por uma patada feroz de um gurahl, o filho de Apolo recebeu uma cicatriz em seu olho direito. Sendo essa muito profunda, não pode ser removida através de cirurgias ou poderes de curandeiros, sendo que apenas um poder maior divino pode ser forte o suficiente para curá-lo. A ferida não prejudica a visão do garoto, mas por ser uma "deficiência visual", poderes de atração ou encantamento que possam ser originados pelo garoto possuem 25% menor eficácia. Apesar disso, a marca remete aos demais monstros que um semideus recebeu uma ferida tão profunda como aquela e sobreviveu, o que faz com que eles se amedrontem um pouco, de modo que monstro que possuam o nível igual ou menor que o semideus terão sua força reduzida em 15%, e caso sejam monstros humanoides, esse valor aumenta para 25%. Monstros mais fortes que o semideus não se amedrontam, pois sabem que o mesmo foi ferido por um monstro mais fraco que eles, e por sua vez acreditam que então conseguem matá-lo. [By Ares pela missão "O preço de uma ajudinha" att por Ares]
Cain Feather
avatar
Indefinido
Mensagens :
621

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum