Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Página 7 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Edward W. Kimoy em Ter Jul 12, 2011 1:43 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Casa d'Italia ♨


» Casa d'Italia era um dos maiores restaurantes italianos da cidade, fundado a muitos anos atrás por imigrantes. Hoje em dia é um lugar de muito luxo e tranquilidade, com a maior variedade em massas, carnes e saladas.

» Possui três andares para poder arcar com a quantidade de pessoas que vão ali diariamente no período da noite, quando o restaurante abre. Na frente do lugar existe um enorme jardim com luzes ofuscantes que parecem deixar as flores brilhando. A localização também é perfeita, sendo um lugar tranquilo e silencioso, perfeito para um clima romântico.



"Que tal colocar uma roupa decente nesse seu avatar, mocinho(a)?"

Bailinhos do coreto:

Edward W. Kimoy
avatar
Menestréis
Mensagens :
623

Localização :
Chalé 11

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Alec Lochees em Qui Dez 18, 2014 12:22 am



For

in some velvet morning


Seria prudente preocupar-se, visto que muitos semideuses haviam se reunido num só lugar. O cheiro deles seria suficiente para atrair monstros de todo o país. Quíron, se soubesse daquilo, espumaria de raiva. Mas Heron não estava nem aí. Desde sua última missão, passara a fazer coisas estúpidas para ocupar a cabeça. O perigo era como um cobertor quente que o abraçava em noites frias. E ele precisava afastar algumas lembranças.

Heron piscou, absorto em pensamentos que não eram convenientes no momento. Seus olhos se voltaram para o garoto em pé, e novamente piscou, dessa vez franzindo a testa. Pelo modo como o garoto falara, devia também ser um semideus. Ou, ao menos, alguém que via através da névoa. Estalou a língua no céu da boca e inclinou a cabeça com curiosidade. Antes que pudesse se manifestar, a conselheira deu o ar da graça.

Desbocada.

O filho de Zeus sorriu, irônico, com o canto dos lábios repuxado.

— Parece que o ego de alguém é tão grande quanto a boca — falou, confrontando o olhar da filha de Hades com uma frieza de doer.

Silêncio. Algumas pessoas próximas se remexeram na cadeira, repentinamente incomodadas. Zeus e Hades não era uma boa combinação. Mas o clima não durou muito.

Heron a notou antes dos outros. Não parecia ser semideusa, mas estava bem nervosa e acabou se atrapalhando. Para o bem ou para o mal, ela era estranhamente familiar. No entanto, mesmo vasculhando a mente, não encontrou nenhuma lembrança que justificasse a sensação de conhecê-la. Teria-a visto em algum lugar, talvez?

Levantou-se e deu dois passos na direção da garota ruiva. Não estavam realmente próximos, mas fez uma meia mesura gentil.

— Eu poderia jurar que te conheço — começou, observando-a com o semblante distante. — De qualquer forma, quer se juntar a nós? Você não parece estar acompanhada — afirmou com ar de pergunta.

De repente, lembrou-se de onde a conhecia: acampamento.

pormenores:
Armas:
{Lynx}/Sabre [A karabela tem um punho aberto com o pomo no formato de uma cabeça de águia. Seu cabo anatômico permitia o manejo mais fácil de cortes circulares quando se luta a pé e e de cortes oscilantes quando montado no cavalo/pégaso. É feita de bronze sagrado e seu punho é revestido com couro. Vem junto de uma bainha de couro. No nível 20 transforma-se em um anel, com a cabeça e as asas de uma águia entalhadas.] {Bronze sagrado e couro} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Zeus]
Alec Lochees
avatar
Filhos de Zeus
Mensagens :
428

Localização :
na puta que me pariu

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Lina Oakwood em Qui Dez 18, 2014 1:12 am


Hunger
Pasta


Notei uma pessoa conhecida, dentre as que se reuniram na mesa da frente. Não seria a mulher com quem tinha conversado um dia desses, juntamente com um garoto novato? Era ela mesma. Meredith, se bem me lembrava. Reconheci, embora não tivesse falado com ela, a monitora de Hades. Se eu não me enganasse, ela tinha assumido logo antes de eu sair do acampamento.  

Pelo visto, parecia que eu era o mais experiente da trupe de pessoas ali. Além disso, os trajes delas eram melhores que o meu. Iria ignorar completamente aquilo e voltar-me ao cardápio, se não estivesse ocorrendo um burburinho esquisito ali. Levantei-me da cadeira e rumei para perto do grupo, meio incerto do que deveria falar para me apresentar. Então, falei a coisa mais estranha que se passou na minha cabeça:

- Então... Vocês são de Nashville ou só estão trazendo monstros pra cá? Sabe... Pensei que aqui seria um local pacato. - falei com voz firme e forte. - Além disso, se alguém puder convencer àqueles garçons... - apontei para alguns homens que praticamente me ignoravam com nojo. - a me atenderem, ficaria muito feliz. Estou no intervalo entre uma entrega de armas e outra... Olá, Meredith, não é? - acenei para a morena que conhecia. - Enfim... Estou no meu intervalo e gostaria muito de comer alguma coisa. Então, se alguma alma bondosa puder me ajudar com isso...

Armas:
♦ {Diligente} / Espada [Uma espada de bronze sagrado que parece muito mal-cuidada e feia, como se estivesse velha, mas que é afiadíssima e muito fácil de manusear. Tem um espaço oco no guarda-mão que é o mesmo espaço oco dos olhos do dragão quando a espada se transforma em bracelete. Se transforma em um bracelete de bronze com formato de um dragão enroscado em um apoio, que no caso seria o braço de Hiccup. Seus olhos são vazios, mas quando um deus pede uma missão e coloca uma pedra que lhe representa dentro do bracelete, a espada pode usar da mp do usuário para ativar um poder ativo ou passivo do filhos do deus em questão. (Poder no máximo dez níveis a menos que o nível do usuário. Só pode ser usado uma vez à cada duas missões.) É semi-indestrutível e volta como bracelete para o braço de Hiccup caso perdida.] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 38) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Evento Externo Skyfall]
Poderes:
None[Novo]
Lina Oakwood
Indefinido
Mensagens :
647

Localização :
Para me encontrar, você precisa trazer ouro imperial. Ai, terás de descer até o fundo do mar e procurar um gigante que me conheça. Depois, suba novamente a terra e siga as direções desse Gigante. Talvez você me encontre, talvez não.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Nadja Kowalenski em Qui Dez 18, 2014 4:40 pm


unsustainable
There's nothing wrong with just a taste of what you paid for


Há tempos Nadja não se sentia tão desesperada para fugir. Sempre fora uma pessoa delicada, com modos impecáveis em qualquer situação e, por isso, ficou sem fala ao derrubar sua bebida na mesa. Olhava as pessoas à sua volta, o mundo em câmera lenta enquanto sua taça de cristal se espatifava no chão. Abaixou-se rapidamente para recolher os cacos de vidro como podia, e, também, para se esconder de qualquer semideus que pudesse reconhecê-la. Mesmo não tendo residido no Acampamento por mais de sete dias, havia um medo no fundo de sua alma de que alguém a arrastasse de volta para aquele lugar. Alguns garçons correram para ajudá-la, embora a russa recusasse auxílio cordialmente, fazendo o máximo para transparecer calma. Realmente, Nashville fora uma péssima escolha de esconderijo. Aparentemente, era ali que os campistas se encontravam em seu tempo livre.

Com toda aquela atenção voltada à si, tudo que conseguia pensar era: Por que não posso ser invisível?

Aproveitou a comoção de funcionários limpando a mesa para tentar executar um plano de fuga. Nadja levantou-se como quem não quer nada, usando uma mancha mínima em seu vestido como desculpa para ir ao banheiro. Pegou sua bolsa e seus pertences, e começou a caminhar, contanto os passos até a saída numa tentativa patética de se acalmar. Ela, porém, não conseguiu chegar ao seu destino, pois fora interrompida por um rapaz loiro de aparência gentil. Era um dos campistas, tinha certeza disso. A fala do desconhecido deixou-a ainda mais nervosa, principalmente ao mencionar a possibilidade de conhecê-la. дерьмо*. Os olhos da garota passearam entre a porta da frente e o garoto. No fim, sua educação falou mais alto. - Provavelmente nunca nos vimos antes, porém meu rosto é genérico o suficiente para dar essa impressão. - Mentiu, inventando desculpas esfarrapas. Abriu um sorriso convidativo, escondendo o nervosismo, e caminhou até sua nova companhia - Mas aceito o convite. Pode me chamar de Nadja.

Sem saber direito o que fazer a seguir, engoliu o constrangimento e enlaçou o braço direito no esquerdo dele. Estava indo direto no olho do furacão, sabia disso, e precisaria de algo para se apoiar caso a coisa ficasse feia. Algo que aprendera em seus quase noventa anos de vida - Deuses, é tão estranho admitir isso - foi: "Não se acanhe diante um homem gentil". Esse motto nem sempre funcionava, mas era algo a ser lembrado.

Quando chegaram ao grupo de meio-sangues, cumprimentou-os com a cabeça, quieta. Olhava sem parar a saída, que a atraía como um imã gigante.

* "Merda" = дерьмо

PODERES:

Passivos:
Beleza Estonteante (Nível 1) [Como filhos da deusa da beleza, você é naturalmente belo, sendo tal beleza notável e admirada por todos. Seus olhos têm uma coloração que não se define completamente, sendo intrigantes e como se fossem hipnotizantes; sua voz atrai, seus lábios são provocantes, seu rosto possui uma beleza harmoniosa e o corpo não fica para trás. Tudo em você chama a atenção pela beleza especial que possui, e é praticamente impossível deixar de notá-lo. Não é nenhum efeito hipnótico, contudo - apenas estético.]

Habilidade com Chicotes e Correntes (Nível 1) [É com esse tipo de arma que você se identifica perfeitamente e o tipo de arma com o qual se destaca. Tais armas parecem ser uma extensão de seu corpo, você consegue realizar movimentos incomuns e precisos, aprendendo a manusear esse tipo de arma facilmente. Não quer dizer que nunca erre, mas que seus movimentos são melhores com esse tipo de arma. É algo que evoluiu com o semideus.]


Ativos:
Nenhum

ARMAS:
❥ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

❥ {Beauté Électrique} / Chicote Elétrico [Chicote elétrico. É um chicote, todo trabalhado a mão. Ele é feito de couro, e nesse couro, pode se perceber detalhes em renda, bordada manualmente. Ele também reluz algumas pedras preciosas, que ajudam em ataques mais precisos, e podem cortar a pele do atingido]{Couro e Pedras preciosas} (Nível Mínimo: 1 ) {Não controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Afrodite]

❥ {Arche de l'Amour} / Arco de Ouro [Um arco de ouro, que é revestido de prata por dentro e reluz. Tem várias jóias ao seu redor, e as flechas disparadas com o mesmo tem extrema precisão] {Ouro, Prata e Jóias} (Nível Mínimo: 1 ) {Não controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Afrodite]

❥ {Flèches infinies} / Aljava de Flechas Infinitas [As flechas reluzem claramente, e em suas pontas pode se perceber pedras preciosas que cortam melhor que as espadas mais afiadas, pois é encantada para ser sempre assim] {Ouro e Jóias} (Nível Mínimo: 1 ) {Não controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Afrodite]


post 02|heron, nina, hicc, mere, chrys, sebs| restaurante
Nadja Kowalenski
avatar
Filhos de Afrodite
Mensagens :
125

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Olivia Hävgaard-Løeg em Qui Dez 18, 2014 8:24 pm



Incontro non pianificato



Moiras, criaturas tão imprevisíveis quanto Nina Mutt, que chegara esbanjando malícia e luxúria em seu olhar de cadela. A feiticeira, pasma, observou-a com um misto de terror, prazer e surpresa, cravando as unhas afiadas na toalha de mesa como uma felina acuada. O que ela estava fazendo ali? Os monstros, adormecidos em seus recônditos pútridos e imersos em negrume, deveriam estar se revirando com o exalar continuo de cheiro meio-sangue. Retiro o que disse. Devo, sim, me preocupar com isso. Mas...

Passou a língua sobre o lábio superior de forma obscena.

Não. Não precisava se preocupar, definitivamente. Tinha seus truques e, em hipótese alguma, seria pega de surpresa.  Ter uma noite tranquila era o que havia planejado, contudo, se o destino estava lhe apresentando outra opção, iria aderir e aproveitá-la.

Ignorando momentaneamente a presença da inesquecível sobrevivente do ocorrido na Praça Lá Pó, voltou-se para o rapaz que, um instante antes, a tinha provocado com sua explícita rebeldia.

- Eu já dei o meu aviso.  – Respondeu-lhe sem alterar a suavidade de suas feições.

Enquanto o garoto levava o antipasto recém-servido à boca, seu estômago, vazio há pouco mais de doze horas, reclamou. Calma, porra. E, para não atiçar ainda mais a fome, desviou os olhos da refeição alheia, fixando-os novamente em Nina que, há algumas mesas de distância, conversava com mais dois semideuses. Mas não pareciam “velhos amigos”, mesmo de longe dava para notar a tensão que pairava no ar.

Puta que pariu.  

Passou uma das mãos no cabelo, evidentemente incomodada, porém seus pensamentos se enuviaram ao ver a aproximação do garçom das bebidas. Sim, ela se lembrava de ter pedido o vinho tinto para um qualquer e não obstante para aquele, que deveria ser o correto, mas, bitches, quem se importa? Restaurantes, mesmo que grã-finos, não iriam fazê-la dispensar os modos corriqueiros que carrega há tanto tempo.

Afastou com sutilidade a cabeça para trás quando o garçom ofereceu a garrafa para ela, como um gesto de recusa. Era o papel dele servir, não? O filho de Zeus, ao contrário de si, aceitou a garrafa quando lhe foi oferecida e, depois de tirada a rolha, aproximou-a do nariz para sentir o cheiro. A feiticeira, então, aproveitou para ler o rótulo: Romanée-Conti. Sim, sim, sim! Do fundo de sua mente uma memória se desprendeu, fazendo-a se recordar do dia em que desfrutara daquele vinho pela primeira vez. Não havia especificado qual queria para o outro garçom e agradecia a si mesma pelo erro, pois fazia tempo que procurava  aquele sem se lembrar do nome. Ainda bem que a carteira está gorda.

Se controlando para não expor suas emoções e, por precaução, utilizando a magia do revés para que dificultasse a invasão de sua mente, aguardou com paciência que sua taça de Cristal fosse servida pelo semideus. Quando ela, cheia, lhe foi oferecida por ele, ela enlaçou os dedos em sua haste e deixou o mindinho levantado.

- Sempre. – Vociferou em resposta ao clichê. Iriam brindar, todavia, algo fez com que o filho de Zeus, meio desnorteado, pousasse sua taça na mesa no último segundo. – Mas o que...? – E tudo fez sentido quando descobriu o que ele olhava. Nina e Companhia. – Lerdo. – Sussurrou sob a respiração, arqueando a sobrancelha para o olhar um tanto medonho que recebeu. Orbes negras, sério? O gatinho estava com medo.

Observou-o se levantar e se aproximar da mesa em que a reuniãozinha acontecia. Crystal Horst Kröhling surpreendida pela terceira vez na noite.

O gatinho estava com medo e querendo brincar com água.

Suspirou lenta e pesadamente só para, em seguida, levar a taça aos lábios, sorvendo-se do líquido delicioso e nostálgico. Achava a ideia de ficar sozinha muito mais atrativa, mas, como sabia que já havia sido notada há muito tempo por aquelas criaturas, resolveu dar o ar de sua graça e mostrar-se tal como era: A simpatia em pessoa – só que não.

Ergueu-se com graciosidade da cadeira com a taça ainda em seu aperto e, com a outra mão, pegou a garrafa de vinho. Antes, porém, que fosse até o grupinho, dirigiu-se ao garçom que, felizmente, vinha trazendo seu espaguete. Não disse nada, apenas fez um movimento energético com o dedo indicador, induzindo-o a segui-la. Mudou a direção ao girar sobre os saltos e seguiu para a mesa dos primos com o cheirinho de comida a fazendo salivar.

Postou-se ao lado do gatinho que ainda não sabia o nome, sorveu mais um gole de vinho, fez um movimento ágil com a cabeça para tirar a puta franja da frente de novo, avaliou um semideus sujo dos pés a cabeça e deu o seu sorriso mais simpático.

- Olá. Vocês vem sempre aqui?



wearing: here. interagindo com: bolinho, nina, mere, heron, hiccup e nadja.
PORMENORES:

PODERES USADOS:

Poseidon - Feiticeiros

PASSIVOS:

Considerar todos do grupo extra até o meu nível (preguiçadelistar).

ATIVOS:

----

Armas levadas:


— Relíquia Mágica [Colar simples e leve, podendo ser levado e escondido em qualquer lugar. A corrente é de prata, e cintila com um brilho negro à luz da Lua. Seu pingente é em forma de pentagrama, e é feito de diamante. Duas vezes por missão e durante 2 rodadas, tendo no mínimo uma rodada de intervalo cria uma barreira mágica de cor roxa, esta cobre todo o feiticeiro. Protege contra ataques mágicos – principalmente - e ataques a longa distancia – lanças, bumerangues, correntes, flechas etc.; ataques diretos não são repelidos.][Prata; Diamante;] (Item de Feiticeira) {Controle Mágico} [Presente de Reclamação por Circe]

— {Atlântis} / Corrente [Corrente de 2,7 metros feita de rochas oceânicas. Quando em repouso transforma-se em uma braçadeira feita de courina de Hidra. Restabelece 5% da energia, uma vez em qualquer ocasião. Quando manipulada pelo seu dono, está vos dá dons aprimorados sobre a água] {Oricalco, Couro de Hidra} (Nível Mínimo:1) {Controle sobre a Água/Ofensivo e Defensivo} [Recebimento: Presente de Reclamação de Poseidon]

— Anel Duplo [Ouro e Cristal] [Anel com um pequeno cristal em forma de gota incrustado. Runas mágicas circundam o objeto e brilham levemente, brancas e translúcidas. Uma vez por missão, evento ou pvp, a jogadora poderá usar a magia do anel para criar um duplo seu. No entanto, a "cópia" será apenas uma ilusão incorpórea, e sumirá assim que sofrer o primeiro ataque. Ao alcançar o nível quinze, a player poderá pedir a benção e um Feiticeiro de Circe e filho de Hécate, que aumentará o nível do item, tornando a "cópia" tangível e capaz de lutar independentemente de Crystal, mas sem usar poder algum.] (Nível mínimo: 01. [Depois do Upgrade, nível mínimo é 15].) {Item Mágico: Sem Elemento} [Recebimento: Missão "Valentões são Proibidos", com Afrodite]

♦ {Warrior} / Espada [Uma espada de 90 cm, sendo 20cm(base) e 70(lâmina). A base é feita de prata decorada com pequenas conchinhas de ouro, esta possui leves depressões para acomodar melhor os dedos, a lâmina é de bronze sagrado e é 10% mais afiada que as comuns. Escrito no sulco da lâmina "πολεμιστής" que é Guerreira em grego antigo. Espada fácil de se manusear, já que possui sulcos na base que são revestidos por couro, também a tornando confortável. Quando não usada transforma-se em um anel de prata decorado com um pequeno tridente dourado, sendo que quando precisa transforma-se sozinha em espada.] {Bronze sagrado, prata, ouro e couro} [Nível mínimo: 4] {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: ¥ Dragon Dovahkiin ¥, att por Deimos]

— {Celeste} / Armadura [Feita inteiramente de magnésio, é leve e não prejudica tanto a movimentação quanto uma feita de outros materiais. A parte inferior é constituída pelas grevas, que protegem a parte das canelas, escarpes para os pés. As coxas são protegidas em parte pelas pernas da armadura e em parte por uma espécie de saia abaixo do torso do equipamento. A parte que defende os joelhos são duas conchas - como as de praia - feitas com o mesmo metal de toda a armadura. Na lateral da coxa existem ondulações feitas para também se parecerem com conchas. O torso da armadura foi feito para se alinhar perfeitamente às curvas da dona. Foi desenhada com o design tomara-que-caia, ou seja, o torso termina nos seios. A armadura chama a atenção pra estes, com seus detalhes de ondulação e uma estrela desenhada sobre eles. Os braços e mãos da armadura são compostos por manoplas, estas tendo dois traços que percorrem o dorso da mão, os braços, e espaldares para proteção do ombro. Não possui elmo, no entanto tem uma coroa no modelo de uma tiara, que protege a testa da semideusa, com o símbolo de concha no centro. Foi projetada com base em armaduras imperiais, e possui alguns detalhes semelhantes a estas. Quando a dona desejar, se transforma em uma gargantilha coleira com um símbolo de um tridente em seu centro, para que a armadura possa passar despercebida. Na gargantilha está a frase ουράνια πανοπλία, que quer dizer Armadura Celeste] {Magnésio} (Nível Mínimo: 8) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Presente de Harry S. Sieghart]

Olivia Hävgaard-Løeg
avatar
Filhos de Poseidon
Mensagens :
103

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Meredith H. Wermöhlen em Dom Dez 21, 2014 10:43 pm


the bitch is hungry

don't give me food, give me fuck



    → With Sebastian, Crystal, Nina, Heron, Hiccup & Nadja, at Restaurante Casa D'Itália, at night

{03} dangerous youth

Parecia aspirar o aroma de cada bebida conforme seus olhos percorriam o cardápio. Passeou por sobre os nomes italianos até que um encheu-lhe os olhos. Wermöhlen umedeceu os lábios quando despregou os olhos do item e levantou-os para o garçom mais próximo. Com um aceno discreto, chamou-o.

Poggio di Sotto — proferiu, pedindo a melhor marca de vinho que a casa oferecia. — Apresse-se, por favor. — Lançou uma piscadela quando o homem saiu.

Sua atenção foi atraída para o garoto de aparência descuidada. Parecia um mendigo, realmente, e admirou-se de os guardas do restaurante terem-no deixado ficar ali. Mas Meredith bem sabia que não era verdade. Os filhos de Hefesto do acampamento eram os mais ricos, devido a sua fabricação frequente de armas para os demais semideuses. E, aquele em especial, a prole de Melinoe conhecia.

Hiccup! — a morena esboçou um sorriso, apontando um lugar vago para o companheiro se sentar. — Que bom te ver por aqui. Mais uma opção pra pagar a conta, não? — Deixou sua voz assumir um tom brincalhão, mas o que disse era verdade.

O ar carregou-se como uma tempestade quando a filha de Poseidon se aproximou. A companheira, então, de Sebastian, tão formosa e jovial. A Heath mordeu o lábio e inclinou a cabeça levemente para o lado. O pirralho de Zeus tinha bom gosto, notou.

Olá, Crystal. — Meredith voltou sua atenção para a pequena quantidade de vinho que fora posto em uma taça, tomando-a nas mãos e puxando a respiração profundamente. O aroma agridoce da bebida invadiu-lhe o interior, tão chamativa e excitante. Ela acenou com a cabeça para o garçom, que abandonou a garrafa sobre a mesa. Por fim, a filha de Melinoe bebericou o conteúdo. — É a minha primeira vez aqui, love, e veja só o que achei! Quase um exército.

Seus olhos dirigiram-se para o casal mais afastado, o outro filho de Zeus e a "desconhecida". Franziu os lábios observando o rosto da recém-chegada. Seu passado era distante. Suas lembranças eram confusas. Ela não era daquela época.

Itens:
— {KH} / Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] → no cinto do vestido ←

— {Soul} / Colar [Um colar feito de prata com um pingente metálico em uma forma abstrata, algo como um "borrão" ou uma "mancha".  Quando ativado, permite que o smideus assuma a forma etérea. Contudo, ele só pode ficar nesta forma 5 turnos por missão, seja de forma contínua ou não - ou seja, ele pode gastar os 5 turnos seguidos ou dividir a utilização, mas a soma do uso não pode exceder o tempo máximo por missão] {Prata} (Nível Mínimo: 1) {Controle etéreo} [Recebimento: Presente de Reclamação de Melinoe] → no pescoço ←

— {Void} / Anel [Anel prateado. Olhando de perto seus detalhes lembram ossos justapostos, como se o anel fosse feito de pequenas peças até tomar seu formato. O anel suga a alma/ energia dos oponentes derrotados em combate (mortos ou destruídos pelo filho de Melinoe - ele deve ser o último a golpear o oponente para fazer efeito. Essa essência pode ser usada futuramente na ativação de certos poderes, como "Ectofagia" e "Acessar memória", respeitando os limites dos poderes. Adicionalmente, o semideus pode escolher gastar o poder de uma alma capturada - consumindo-a no processo - e ganhando um aumento de suas características de 15%, por 3 turnos. Isso afeta força física, esquiva e potência/ chance de acerto de ataque, mas não a duração dos poderes, ainda que o dano seja alterado. Apenas uma alma pode ser consumida desta forma por missão. Uma vez por missão o anel pode manipular a energia espiritual do próprio semideus, fazendo com que recupere 20 HP sem custos adicionais ou qualquer perda.] {Bronze sagrado}(Nível Mínimo: 1) {Controle de almas. Almas coletadas: -} [Recebimento: Presente de Reclamação de Melinoe] → no anelar da mão esquerda ←

— {Revenga} / Foice [Foice prateada cuja haste é toda adornada com desenhos de fantasmas e rosas negras. A lâmina lisa, é feita de prata temperada - tornando-a mais resistente -, afiadíssima. Ao golpear o ar, transmite um ruído como o de assobio, que pode deixar quem o ouve fortemente incomodado. Quando desativada, transforma-se em um brinco de pressão, em formato de H que representa o nome de Harry] (Nível: 5) [Feita em: madeira, prata] {Elementos: nenhum}[Presente de Harry S. Sieghart] → desativado, na orelha direita ←

— Anima Bracelet. [Um bracelete de prata com o desenho de borboleta em ouro. Esse bracelete pode ser ativado com o desejo mental do usuário e transforma-se em uma corrente que pode medir 10m. Essa corrente é feita de prata e ouro sagrado, bastante resiste a tal ponto de ser semi-indestrutível. Ela obedecerá aos comandos mentais do mentalista com perfeição, independente do nível que ele esteja.] [Materiais: Ouro Sagrado e Prata Sagrada] (Nível mínimo 1) {Elemento: Psíquico} [Recebimento: presente por ser mentalista] → no pulso esquerdo ←
Melinoe & Psiquê:

Passivos
— Considerar todos, de ambas as patronas, até o nível atual da personagem, vinte e seis (26), com devido destaque para:

— [Psiquê] Nível 4. Resistência Mental: Sua mente é resistente a manipulações ou invasões. Isso não se aplica a outro mentalista, porém se o inimigo for mais fraco encontrará muita dificuldade, assim como o que for mais forte terá de se concentrar mais para conseguir o efeito mental sobre um mentalista.

— [Psiquê] Nível 20. Telepatia Avançada: Controle total, podendo escolher a hora que vai escutar os pensamentos ou não e também se comunicando livremente através dos pensamentos.

Ativos
— None.
Observações finais:
Devido a resistência mental, o Sebs não pode entrar na mente da Merê pela diferença de níveis, e, se puder, vai ter muita dificuldade mesmo, mas a Merê pode entrar na dele, flws. q
Meredith H. Wermöhlen
avatar
Filhos de Melinoe
Mensagens :
894

Localização :
Ahn...?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Alec Lochees em Qui Dez 25, 2014 5:08 pm



For

in some velvet morning


Com o braço enlaçado ao da garota, Heron a guiou para a mesa de semideuses. Percebeu, sem manifestar reação, que outros haviam se juntado ao grupo. O lugar estava ficando repentinamente movimentado, tornando o ar quase sufocante com o cheiro de tanto mestiço junto. Uma coisa era estar no acampamento, protegido pela barreira mágica, outra, muito diferente, era estar ali.

Heron não se importava com o perigo, mas nem todo mundo ali poderia pagar por sua imprudência. E havia mortais, sobretudo.

Detendo-se a um passo de distância da mesa, manteve Nadja ao seu lado. Não o fazia de um jeito possessivo, mas protetor, como se não gostasse da ideia de ela se juntar aos outros. Embora a garota tenha negado, agora ele tinha certeza: realmente a vira no acampamento.

Virou o rosto, somente o suficiente para que pudesse sussurrar em particular para Nadja:

— Não precisa ficar com medo — disse, a voz baixa acompanhada pelo hálito quente. Então, virando-se para os outros, esboçou certa cordialidade. — Peço que me perdoem, mas estou de saída. Havia-me esquecido de algo que tinha de fazer.

Era mentira, é claro, mas uma mentira bem contada. E, de todo modo, todos eram desconhecidos. Não faria diferença se soubessem que ele não queria ficar.

Mademoiselle — dirigiu-se a Nadja com formalidade, embora seus olhos sorrissem, como se aquela fosse uma grande brincadeira. — Gostaria de me acompanhar? Posso oferecer-lhe, além de minha companhia, uma caminhada nesta noite agradável.

pormenores:
Armas:
{Lynx}/Sabre [A karabela tem um punho aberto com o pomo no formato de uma cabeça de águia. Seu cabo anatômico permitia o manejo mais fácil de cortes circulares quando se luta a pé e e de cortes oscilantes quando montado no cavalo/pégaso. É feita de bronze sagrado e seu punho é revestido com couro. Vem junto de uma bainha de couro. No nível 20 transforma-se em um anel, com a cabeça e as asas de uma águia entalhadas.] {Bronze sagrado e couro} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Zeus]
Alec Lochees
avatar
Filhos de Zeus
Mensagens :
428

Localização :
na puta que me pariu

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Lina Oakwood em Qui Dez 25, 2014 5:57 pm


Hunger
Pasta


O normal era que eu ficasse acanhado, não os outros. Portanto, era esquisito ter de falar com tantas pessoas que pareciam estar com um pé atrás. Pelo menos, alguns que estavam ali pareciam bem soltos que o normal. Talvez bem confiantes. Enfim, a fome começava a incomodar e eu ainda estava com o problema de não quererem me atender por causa da minha condição.

- Não venho sempre aqui. - respondi a garota que tinha cheiro de água do mar. - Na verdade, da próxima vez que eu vier, vou ver se tomo um banho e me visto apropriadamente. Assim pelo menos os garçons me atendem.

Era interessante saber que Meredith tinha seus minutos sóbrios. Quando a conheci naquela festa, ainda era o monitor de Hefesto e ela estava completamente alterada. Bom saber que ela tinha senso de humor mesmo estando sóbria, ou parecendo estar sóbria. Era divertido vê-la tentando interagir com as outras pessoas, se dando melhor com o grupinho no qual viera.

O cheiro de ozônio que dois dos semideuses exalavam era algo preocupante para mim. Não que eu tivesse problemas com Zeus, mas seus filhos não costumavam ser tão amigáveis. A aura de morte que sentia vindo de uma garota com uma roupa mais impactante também não era algo a ser ignorado. A beleza de outra garota, essa mais recatada ao lado de um dos filhos de Zeus, também não podia ser ignorada. Eram muitos semideuses num lugar só e, se desse algum tipo de merda, não tinha ideia de como os mortais de dentro do restaurante iriam reagir.

- Eu até pago a conta, Mere, se você conseguir convencer os garçons a me atenderem. Não tenho tanto tempo de intervalo, sabe? E ainda tenho muitos serviços a fazer na forja. Posso pagar a conta de vocês - apontei para todos ali. - se quiserem. Dinheiro, seja dracmas ou dólares, não é problema.

Armas:
♦ {Diligente} / Espada [Uma espada de bronze sagrado que parece muito mal-cuidada e feia, como se estivesse velha, mas que é afiadíssima e muito fácil de manusear. Tem um espaço oco no guarda-mão que é o mesmo espaço oco dos olhos do dragão quando a espada se transforma em bracelete. Se transforma em um bracelete de bronze com formato de um dragão enroscado em um apoio, que no caso seria o braço de Hiccup. Seus olhos são vazios, mas quando um deus pede uma missão e coloca uma pedra que lhe representa dentro do bracelete, a espada pode usar da mp do usuário para ativar um poder ativo ou passivo do filhos do deus em questão. (Poder no máximo dez níveis a menos que o nível do usuário. Só pode ser usado uma vez à cada duas missões.) É semi-indestrutível e volta como bracelete para o braço de Hiccup caso perdida.] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 38) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Evento Externo Skyfall]
Poderes:
None[Novo]
Lina Oakwood
Indefinido
Mensagens :
647

Localização :
Para me encontrar, você precisa trazer ouro imperial. Ai, terás de descer até o fundo do mar e procurar um gigante que me conheça. Depois, suba novamente a terra e siga as direções desse Gigante. Talvez você me encontre, talvez não.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Simmon Wilem Brandeur em Sex Dez 26, 2014 1:49 am




Someone somewhere want some wine?


Uma filha de Poseidon, uma filha de Hades, uma filha de Melinoe, uma filha de Afrodite, um filho de Hefesto e dois filhos de Zeus. Cada um exalava algo que demonstrava que eram semideuses:

O frio gélido das duas filhas de deuses sombrios e o medo que elas inspiravam em Sebastian.
A beleza encantadora e difícil de resistir da filha do amor.
O cheiro de maresia que Crystal exalava em cada movimento.
O cheiro de ferro e fogo do filho de Hefesto.
E o ozônio do filho de Zeus, além do próprio cheiro de ozônio que pairava sobre a cabeça de Sebastian.

Eram uma combinação mista, diferente e excitante. Ingredientes ótimos quando sozinhos mas que podiam causar problemas quando juntos. Eram como aqueles elementos químicos inofensivos, mas que reagiam quando misturados. Eram matéria e anti-matéria, prontas para se aniquilarem ao menor contato.

— Que lindos, vocês todos! — Sebastian não sabia muito bem o que fazer, portanto seguiu com os elogios. Claro, sabia que uma briga ali seria mortal, quase totalmente mortal, afinal, um filho de Hades havia provocado a Segunda Grande Guerra praticamente sozinho. Imagina o que toda essa prole celestial poderia fazer.

— Tô me sentindo na Liga da Justiça, na moral. Eu sou o Batman! — Apontou para o grandalhão, filho de Hefesto — Você será o Cyborg — Depois para o outro filho de Zeus — Superman ou Flash, pode escolher, e sua... ah... acompanhante pode ser a Mulher Gavião, sei lá. — Olhou na direção de Crystal, chegou perto e deu um pequeno beijo, leve e lento, na mão da garota — Você será a Mulher Maravilha — E riu, depois, verdadeiramente.

Então olhou na direção das duas que sobraram:

— Pra vocês sobrou o Lanterna Verde ou Ajax, o marciano — Então riu debochadamente. — Escolham!

Talvez seja estranho observar essa mudança repentina no temperamento de Sebastian, porém é necessário lembrar que o clima não é constante. Existe o sol que virou chuva em segundos. Existe neve antecipada e o calor no inverno. Existe chuva durante um dia ensolarado. O céu é uma caixinha de surpresas, e as personalidades de Sebastian também o eram.

Claro que tudo era racionalizado e taticamente pensado antes de ser dito. Todas palavras e frases eram ditas no exato momento para surtirem o efeito desejado pelo Mentalista. Ele era calculista, mas não frio. Era alguém que sabia usar a lógica e a razão para deixar tudo mais emotivo. Era a junção entre a neve e o fogo. O céu e a terra. O bem e o mal. Era a emoção do momento. O tato, olfato, visão, audição e paladar. Era a raiz quadrada, a equação, e o gozo do final.

E também era só um garoto; raso, largo e profundo.

Ouviu as reclamações do grandalhão de Hefesto. Sabia seu nome, pois conhecia um primo de um amigo de um sobrinho de alguém, que já havia forjado uma espada com ele. Uma espada chamada Fulmine, ou algo assim.

— Hei, Hiccup, não me leve a mal, mas tenho algo ali na minha mesa que talvez você goste: um carpaccio de vitelo, semi-novo, ainda quente, com teto solar, direção hidráulica e trava elétrica. — Então foi até sua antiga mesa, pegou o prato que antes havia comido uns poucos pedaços, e voltou até o grandalhão — Claro que você merece coisa melhor, mas enquanto tentamos convencer os garçons a lhe servir, que tal isso? Não sou judeu, então, é de graça!

Em seguida puxou uma cadeira da mesa mais próxima, posicionando-a ao lado de Meredith. Depois voltou até Hiccup e o conduziu, gentilmente, com uma mão em suas costas, até a cadeira.

Perguntou novamente para o filho de Hefesto:

— Aceita um gole de vinh... ah, que falha a minha — Então ergueu a cabeça, os olhos e a voz para os semideuses que estavam reunidos ali e disse, com sua voz grave e em bom tom — Alguém, aqui nessa budega, quer vinho?
________________________________


Armas:

ϟ {Yin Yang} [Uma espada de punho prateado e com um desenho bem talhado de uma borboleta em azul. Sua lâmina é de uma beleza diferenciada, pela divisão do cume central, metade dela possui um material negro e a outra metade é feito de prata sagrada. Seu corte é duplo e sua ponta afinada, uma espada bastante resistente. Ela possui uma habilidade de ativar um segundo modo em que a espada original se divide em duas, uma de lâmina totalmente preta e outra de prata sagrada. Nesse segundo formato a sua resistência diminui um pouco, porém seu corte fica extremo, podendo cortar metais pesados e causar efeitos sobre armas sagradas. Essa espada vem em uma bainha preta com entalhes azuis em borboletas, ela se adapta ao corpo do mentalista podendo ser usada do modo que este desejar carregar a espada.] [Materiais: Prata Sagrada e Material Negro] (Nível Mínimo: 1) {Elemento: Psíquico} [Recebimento: Presente por ser mentalista]

ϟ {Donner} / Mini Raio-Mestre [Cilindro mágico feito 1/2 de prata e cobre com dons sobre a eletrecidade. Pode lançar raios elétricos em seu oponente] {Cobre e Prata} (Nível Mínimo: 9) {Controle sobre a Eletricidade/Ofensivo e Defensivo} [Recebimento: Presente de Reclamação de Zeus]

Poderes:
Por favor, considerar todos os passivos, tanto de Zeus quanto de mentalista, até o nível nove.

COM: Crystal, Nina, Meredith, Heron, Hiccup e Nadja

Simmon Wilem Brandeur
avatar
Mentalistas de Psiquê
Mensagens :
226

Localização :
USA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Nadja Kowalenski em Sex Dez 26, 2014 9:42 pm


unsustainable
There's nothing wrong with just a taste of what you paid for


A russa ouvia as palavras gentis do garoto, contendo o nervosismo com certa dificuldade. Observava as interações ao seu redor sem prestar muita atenção, provavelmente porque não entendia metade do que aqueles jovens diziam. Todos pareciam ser velhos conhecidos, ou eram muito bons em fingir amizade. Apenas fingir, já que a tensão no ar era palpável, deixando-o carregado de uma eletricidade estática causa pela concentração de forças muito poderosas juntas. Fosse o que fosse, seus instintos falavam para fugir dali o mais rápido possível.

Nadja sabia pouco sobre o universo dos semi-deuses, porém tinha certeza de que aquele encontro não acabaria bem. Deviam ser como um enorme letreiro em neon na escuridão profunda para os monstros. Olhou ao seu redor, observando os pobres civis. Se algo acontecesse de fato, eles seriam os mais prejudicados.

As palavras ditas por aqueles que lhe faziam companhia dançavam pelo ar, mal sendo notadas enquanto a prole de Afrodite mudava o peso do corpo de um pé para o outro. Além da tensão natural do evento, ainda tinha o problema com a conta de sua refeição, algo para a qual não tinha como pagar. Odiava depender dos outros ou ser desonesta, porém estava morrendo de fome na hora e seu estômago falou mais alto que o cérebro. Kowalenski soltava comentários esporádicos apenas para manter as aparências, e ria de modo forçado das eventuais piadas. Mal percebera quando começou a segurar o braço do desconhecido com mais força.

Quando ele enfim convidou-a para uma saída estratégica, ela quase soltou um gritinho de alívio. Abriu um sorriso sincero ao ouvir as falas em francês, lembrando-se da época passada em Paris, muito tempo atrás. - Adoraria acompanhá-lo, monsieur, muito embora não tenha me dito seu nome. - Seu francês saiu perfeito, e o inglês com um leve sotaque russo. Voltou-se para os outros membros do pequeno grupo e fez uma mesura educada com a cabeça - Foi um enorme prazer conhecê-los, espero que nos encontremos novamente. - Mentiras.

Foi uma tortura se segurar e não sair correndo até a porta.

PODERES:

Passivos:
Todos do nível 01.

Ativos:
Nenhum

ARMAS:
❥ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

❥ {Beauté Électrique} / Chicote Elétrico [Chicote elétrico. É um chicote, todo trabalhado a mão. Ele é feito de couro, e nesse couro, pode se perceber detalhes em renda, bordada manualmente. Ele também reluz algumas pedras preciosas, que ajudam em ataques mais precisos, e podem cortar a pele do atingido]{Couro e Pedras preciosas} (Nível Mínimo: 1 ) {Não controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Afrodite]

❥ {Arche de l'Amour} / Arco de Ouro [Um arco de ouro, que é revestido de prata por dentro e reluz. Tem várias jóias ao seu redor, e as flechas disparadas com o mesmo tem extrema precisão] {Ouro, Prata e Jóias} (Nível Mínimo: 1 ) {Não controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Afrodite]

❥ {Flèches infinies} / Aljava de Flechas Infinitas [As flechas reluzem claramente, e em suas pontas pode se perceber pedras preciosas que cortam melhor que as espadas mais afiadas, pois é encantada para ser sempre assim] {Ouro e Jóias} (Nível Mínimo: 1 ) {Não controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Afrodite]


post 04|heron, nina, hicc, mere, chrys, sebs| restaurante
Nadja Kowalenski
avatar
Filhos de Afrodite
Mensagens :
125

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Nina A. Mutt em Dom Jan 04, 2015 3:55 pm


Até
Mais


- Gente demais. – disse mais para si do que para os outros, mas sabia que tinham escutado. Não eram tão idiotas assim.

Analisou o grupo de semideuses com uma paciência estranha, como se estivesse se perguntando qual seria mais fácil de matar. Colocou uma mecha de cabelo atrás da orelha e se levantou em silêncio, passou pelo filho de Zeus fanfarrão e pela bela filha de Poseidon . Encaminhou-se até o maitrê que tremeu nas bases, querendo sair correndo, mas paralisado pelo medo não conseguiu cumprir o que gostaria.

- Não teste minha paciência, mande algum dos seus ratos nos atenderem ou. – fez uma pausa dramática, o senhor bem vestido engoliu seco.
- O-Ou? – irônico a curiosidade ser maior.
- Eu mando a casa abaixo, com todos os filhos da puta aqui dentro. – deu um sorriso dúbio.

No mesmo instante um tremor balançou o local, não durou mais que 3 segundos, mas foi assustador o suficiente para fazer o homem sair aos tropeços até a cozinha.  Voltou até o grupo, que agora pareciam ter adotado um mendigo, arqueou a sobrancelha até se dar conta que o tal rapaz era o ex monitor do chalé de Hefesto. Postou-se do lado de Crystal que permanecia absorta, vendo todo o movimento, olhou por cima do outro e viu o casal sair pela porta como se nada tivesse acontecido. Crispou o olhar e jurou para si mesma que se encontrasse aquele imbecil novamente, iria dar um soco primeiro e perguntar o nome depois.

- Já vão vir nos atender. – disse séria e tateando os bolsos, encontrou a carteira de cigarros bem amassada e com apenas uma unidade. Pegou-a com a ponta dos dedos e a pôs nos lábios, buscou um isqueiro e se descobriu sem o objeto, rosnou. – Ou melhor, vocês. Vou dar o fora, preciso comprar outro isqueiro. Até a próxima oportunidade, filhotes.

Deu meia volta e se encaminhou para fora, indo na direção oposta do casal, no final da rua havia uma loja de conveniências.


Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Woodpecker} / [Colar] (Apresenta um pingente de prata em forma de W, preso em uma tira de couro. Serve para lembrar Nina de sua primeira aventura externa e possui uma barreira auditiva, acionada pela semideusa. Se ela assim quiser, o colar emite músicas de seu gosto, protegendo-a de ataques relacionados à música se estes não forem fortes. Ex: Poderes equivalentes ao nível de Nina por parte dos Menestréis ou até mesmo o canto de sereias em um nível maior.) {Couro, Prata} [Nível Mínimo: 5] {Audição da Semideusa} (Recebimento de Melinoe ~ Missão Behind The Music)

♦ Twin Daggers (Gêmeas) {Anéis de Noivado} [Ouro e Aço] [São dois anéis mágicos dados por Ares e abençoados por Afrodite. São o selo do amor de Nina e Jon, além de ser o último ‘apoio’ do rapaz antes de morrer. Ao pronunciar o sobrenome de ambos – Mutt – os aros transformam-se em adagas, cujos cabos representam, respectivamente, uma escultura de Ares(aço) e outra de Afrodite(ouro). Podem emitir leves faíscas atordoadoras, duas vezes por dia. Cada arma possui um disparo, que é capaz de desequilibrar ou distrair um inimigo com sensações de choque elétrico. Além disso, suas discargas não funcionam em seres humanos, limitando-se apenas à criaturas mitológicas.] (Nível mínimo: 25) {Elemento: Luz} [Recebimento: DIY "Bad, Bad Dog!", por Afrodite]

♦ Cantil Mágico [Cantil atribuído com a benção de Dionísio; contém vinho inacabável e recupera 10HP/EN por missão] [Presente de Dionísio]

♦ Tirso [Cajado com propriedades mágicas; leve e super-resistente, diminui gradativamente os gastos de energia e auxilia na manipulação do vinho. Possui videiras ornamentadas em sua superfície e, de guarnição, algumas uvas] [Presente de Dionísio]
Habilidade:

Hades
Terremoto I [Nível 4]: A prole de Hades pode causar um pequeno tremor. Seres pequenos, leves ou fracos provavelmente cairão, inimigos pesados ou semideuses podem perder o equilíbrio.
Nina A. Mutt
avatar
Mênades
Mensagens :
395

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Lina Oakwood em Dom Jan 04, 2015 5:41 pm


Hunger
Pasta


Enquanto tentava entender o que se passava, - por enquanto tinha percebido que um dos filhos de Zeus, um loiro e tals, estava tentando dar em cima de uma filha de Afrodite, muito deslocada por sinal, enquanto o outro estava fazendo a mesma coisa, só que com a filha de Poseidon - os semideuses conversavam entre si, me deixando um pouco deslocado. Por sorte, o raiozinho 1 - o loiro era o raiozinho 2 - tentou quebrar a tensão ali infiltrada. Cyborg, hm? Ele era bem legal como um herói, devo dizer. Mas não queria ter de perder partes do meu corpo, embora esse fosse um risco real.

- Opa! - exclamei, à menção de comida. - Claro que serve!

O filho de Zeus moreno me conduziu até a mesa onde estava. Realmente, um daqueles macarrões que não sabia o nome estava quase fresco ali e cheirava tão bem, o que fazia meu estômago roncar de fome. Agradeci e dispensei o vinho, já que ainda tinha trabalho a fazer, e me pus a comer o prato. Meio avoado, notei o terremoto que foi causado e olhei para a filha de Hades, que reclamava com os garçons.

- Obrigado! - falei para Nina, que devia ter ignorado aquilo.

Assim sendo, alguns garçons se aproximaram do pequeno grupo de semideuses, inclusive de mim, e anotaram os pedidos. Depois de comer mais três pratos diferentes com nomes que não pronunciaria nunca, fiquei satisfeito. Como prometido, deixei com os garçons uma alta quantia em dinheiro, para pagar as minhas despesas e as dos outros ali.

- Obrigado, Sebastian. Espero vê-lo novamente algum dia e acho que te devo uma. - "Assim como devo a monitora de Hades.", pensei comigo mesmo.

Levantei-me da cadeira e cumprimentei todos ali, logo saindo do restaurante. Ainda tinha algumas entregas para fazer antes de voltar para o hotel em que estava hospedado. Pelo menos, a fome não me incomodava mais.

Armas:
♦ {Diligente} / Espada [Uma espada de bronze sagrado que parece muito mal-cuidada e feia, como se estivesse velha, mas que é afiadíssima e muito fácil de manusear. Tem um espaço oco no guarda-mão que é o mesmo espaço oco dos olhos do dragão quando a espada se transforma em bracelete. Se transforma em um bracelete de bronze com formato de um dragão enroscado em um apoio, que no caso seria o braço de Hiccup. Seus olhos são vazios, mas quando um deus pede uma missão e coloca uma pedra que lhe representa dentro do bracelete, a espada pode usar da mp do usuário para ativar um poder ativo ou passivo do filhos do deus em questão. (Poder no máximo dez níveis a menos que o nível do usuário. Só pode ser usado uma vez à cada duas missões.) É semi-indestrutível e volta como bracelete para o braço de Hiccup caso perdida.] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 38) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Evento Externo Skyfall]
Poderes:
None[Novo]
Lina Oakwood
Indefinido
Mensagens :
647

Localização :
Para me encontrar, você precisa trazer ouro imperial. Ai, terás de descer até o fundo do mar e procurar um gigante que me conheça. Depois, suba novamente a terra e siga as direções desse Gigante. Talvez você me encontre, talvez não.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Olivia Hävgaard-Løeg em Seg Jan 05, 2015 5:24 am



Incontro non pianificato



Qualquer um que a conhecesse bem, o que não era o caso do grupinho ali reunido, notaria a explícita frieza em seu olhar.  Era uma felina com indubitável desconfiança, ensinada a sempre analisar o território no qual viria a pôr suas garras. Manteu o sorriso, tentando assemelhar-se ao gatinho excitado. Sim, excitado. Levando em conta seu falatório espalhafatoso, parecia que o encontro lhe era completamente conveniente. E Crystal discordava, claro, ao passo em que, se as coisas desandassem, o chão sob seus pés não demoraria a ruir. Semideuses tinham uma fama de inconstância e, enquanto não se sentisse segura em meio àquele misto de proles, ela dosaria nas palavras para não atiçar por acidente os nervos alheios. Medo? Não. Só estava sendo inteligente. Aprendera desde cedo que não era bom julgar as pessoas pela aparência – em especial aquele filho de Hefesto, Hiccup, que há muito tempo havia forjado Warrior para si.

Torceu o nariz de leve ao ouvir seu nome da mais pálida. Outra mentalista? Ou será que o filho de Zeus, metido a audacioso, já havia se apressado à apresentá-la aos demais?  Mas... não. Ela a conhecia, mesmo que vista, do acampamento. Analisando-a agora, recordando-se de feições tão marcantes, sentiu um nome sapatear, não literalmente, em frente aos seus olhos. Meredith; filha de Melinoe.

Não eram de todo desconhecidos, afinal.

Muita coincidência, não? — Balbuciou de forma leve, dosada, respondendo-a.

O outro filho de Zeus reaproximou-se da mesa com uma acompanhante, apesar de Crystal não ter notado sua falta de imediato. A garota, ruiva e portadora de uma beleza digna de uma cria de Afrodite, fez os olhos da feiticeira brilharem inquietos, mas estes logo enegreceram ao perceber que nela não havia nada de mais. Ou, pelo menos, nada preocupante.

Molhou os lábios novamente com o vinho, crispando-os por um momento para depois puxá-los em um sorriso de canto. O gatinho fizera de si Batman e ela de Mulher Maravilha, dando a todos os outros um lugar na Liga da Justiça. De alguma forma, ele conseguira beijar a mão em que segurava a garrafa. Uma outra garota talvez sentir-se-ia lisonjeada com todo aquele cavalheirismo e charme forçado, mas ela não. Sabia reconhecer um cafajeste quando via um e tinha certeza que, se estivessem em uma festa, ele não a trataria como uma dama.

Crystal seguiu Nina com os olhos por curiosidade, vendo que ela fora apenas ralhar com um dos empregados para que fossem atendidos logo. O edifício tremeu, fazendo a feiticeira arquear a sobrancelha. Aquela semideusa era mesmo interessante.  

E, assim, de repente, lembrou-se do garçom que a tinha seguido. Ele estava esperando ali atrás parado há o que? Cinco minutos? Que falta de educação a minha!

Perdão! Pode colocar ali. — Disse, levantando a garrafa e apontando o lugar vago na mesa com o dedo indicativo. Bem ao lado do lugar da cadela. Ignorou todo o resto da conversa e movimentações, driblando as cadeiras ao redor do móvel para, enfim, sentar-se na que escolhera. Colocou a taça quase cheia à sua frente e a garrafa de vinho no centro; se eles quisessem, que pegassem, ela não ia perder tempo oferecendo. Não quando só tinha olhos para o seu espaguete. — Obrigada. — E acenou para o garçom, se despedindo.

Começou a comer com discrição, sorvendo-se de pequenos goles de seu vinho ao acaso. Enquanto comia, prestou atenção à apenas poucas coisas que aconteceram ao seu redor, como palavras sendo soltas, a retirada do casalzinho, a volta de Nina e sua partida por causa de um maldito isqueiro. Ao terminar a refeição limpou a boca com o guardanapo, jogou-o sobre o prato, bebeu o resto do vinho e olhou para os semideuses restantes com cara de paisagem. Não queria mais ficar ali, mas ainda não sabia o nome do filho de Zeus. Se estava interessada nele? Talvez um pouco, embora não tivesse deixado isso transparecer. Não deixara nada além da sua fome transparecer, aliás. Estivera calada o tempo todo, como alguém que prefere ouvir do que encher os ouvidos de alguém.

Pegou um pedaço de papel em sua bolsa e, após colocá-lo sobre a mesa, começou a “rabiscá-lo” com sua caneta. Ao término, guardou apenas a caneta, mantendo o papel em seu aperto.

Arrastou devagar a cadeira para trás, levantou-se e alternou o olhar entre Hiccup e Meredith.

Obrigada pela companhia de vocês e, especialmente, — focou o filho de Hefesto — por pagar o meu jantar. Espero vê-los novamente. -  Piscou, sorriu um sorriso verdadeiro e, antes que saísse dali, colocou o papel no bolso do terno de tweed do gatinho. Tinha dado a ele o endereço do hotel em que dormiria aquela noite - talvez ela pudesse terminar melhor.

Ao chegar na calçada desapareceu na mesma névoa roxa em que surgira.


wearing: here. interagindo com: bolinho, nina, mere, heron, hiccup e nadja.
PORMENORES:

PODERES USADOS:

Poseidon - Feiticeiros

PASSIVOS:

Considerar todos do grupo extra até o meu nível (preguiçadelistar).

ATIVOS:

Abeo Exorior.

Armas levadas:


— Relíquia Mágica [Colar simples e leve, podendo ser levado e escondido em qualquer lugar. A corrente é de prata, e cintila com um brilho negro à luz da Lua. Seu pingente é em forma de pentagrama, e é feito de diamante. Duas vezes por missão e durante 2 rodadas, tendo no mínimo uma rodada de intervalo cria uma barreira mágica de cor roxa, esta cobre todo o feiticeiro. Protege contra ataques mágicos – principalmente - e ataques a longa distancia – lanças, bumerangues, correntes, flechas etc.; ataques diretos não são repelidos.][Prata; Diamante;] (Item de Feiticeira) {Controle Mágico} [Presente de Reclamação por Circe]

— {Atlântis} / Corrente [Corrente de 2,7 metros feita de rochas oceânicas. Quando em repouso transforma-se em uma braçadeira feita de courina de Hidra. Restabelece 5% da energia, uma vez em qualquer ocasião. Quando manipulada pelo seu dono, está vos dá dons aprimorados sobre a água] {Oricalco, Couro de Hidra} (Nível Mínimo:1) {Controle sobre a Água/Ofensivo e Defensivo} [Recebimento: Presente de Reclamação de Poseidon]

— Anel Duplo [Ouro e Cristal] [Anel com um pequeno cristal em forma de gota incrustado. Runas mágicas circundam o objeto e brilham levemente, brancas e translúcidas. Uma vez por missão, evento ou pvp, a jogadora poderá usar a magia do anel para criar um duplo seu. No entanto, a "cópia" será apenas uma ilusão incorpórea, e sumirá assim que sofrer o primeiro ataque. Ao alcançar o nível quinze, a player poderá pedir a benção e um Feiticeiro de Circe e filho de Hécate, que aumentará o nível do item, tornando a "cópia" tangível e capaz de lutar independentemente de Crystal, mas sem usar poder algum.] (Nível mínimo: 01. [Depois do Upgrade, nível mínimo é 15].) {Item Mágico: Sem Elemento} [Recebimento: Missão "Valentões são Proibidos", com Afrodite]

♦ {Warrior} / Espada [Uma espada de 90 cm, sendo 20cm(base) e 70(lâmina). A base é feita de prata decorada com pequenas conchinhas de ouro, esta possui leves depressões para acomodar melhor os dedos, a lâmina é de bronze sagrado e é 10% mais afiada que as comuns. Escrito no sulco da lâmina "πολεμιστής" que é Guerreira em grego antigo. Espada fácil de se manusear, já que possui sulcos na base que são revestidos por couro, também a tornando confortável. Quando não usada transforma-se em um anel de prata decorado com um pequeno tridente dourado, sendo que quando precisa transforma-se sozinha em espada.] {Bronze sagrado, prata, ouro e couro} [Nível mínimo: 4] {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: ¥ Dragon Dovahkiin ¥, att por Deimos]

— {Celeste} / Armadura [Feita inteiramente de magnésio, é leve e não prejudica tanto a movimentação quanto uma feita de outros materiais. A parte inferior é constituída pelas grevas, que protegem a parte das canelas, escarpes para os pés. As coxas são protegidas em parte pelas pernas da armadura e em parte por uma espécie de saia abaixo do torso do equipamento. A parte que defende os joelhos são duas conchas - como as de praia - feitas com o mesmo metal de toda a armadura. Na lateral da coxa existem ondulações feitas para também se parecerem com conchas. O torso da armadura foi feito para se alinhar perfeitamente às curvas da dona. Foi desenhada com o design tomara-que-caia, ou seja, o torso termina nos seios. A armadura chama a atenção pra estes, com seus detalhes de ondulação e uma estrela desenhada sobre eles. Os braços e mãos da armadura são compostos por manoplas, estas tendo dois traços que percorrem o dorso da mão, os braços, e espaldares para proteção do ombro. Não possui elmo, no entanto tem uma coroa no modelo de uma tiara, que protege a testa da semideusa, com o símbolo de concha no centro. Foi projetada com base em armaduras imperiais, e possui alguns detalhes semelhantes a estas. Quando a dona desejar, se transforma em uma gargantilha coleira com um símbolo de um tridente em seu centro, para que a armadura possa passar despercebida. Na gargantilha está a frase ουράνια πανοπλία, que quer dizer Armadura Celeste] {Magnésio} (Nível Mínimo: 8) {Não controla nenhum elemento} [Recebimento: Presente de Harry S. Sieghart]

Olivia Hävgaard-Løeg
avatar
Filhos de Poseidon
Mensagens :
103

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Meredith H. Wermöhlen em Seg Jan 05, 2015 11:58 am


the bitch is hungry

don't give me food, give me fuck



    → With Sebastian, Crystal, Nina, Heron, Hiccup & Nadja, at Restaurante Casa D'Itália, at night

{04} goodbye

Notou o recente casal sair sem preocupar-se com os demais, o cachinhos-dourados e moça ruiva de beleza contemplável. Podia sentir a timidez nela, mas a taça com vinho à frente era mais apetitosa e mais chamativa. Ergueu-a outra vez aos lábios, manchando a borda de escarlate e sorvendo o líquido adocicado como a boceta de uma virgem.

E então veio o tremor, leve, rápido, mas que conotava um ataque massivo da semideusa de Hades caso seus desejos não fossem atendidos. O vinho balançou na taça, mas a Wermöhlen nem ao menos preocupou-se. Poderia sumir dali a quando bem entendesse em uma fumaça azul bem gay. Mas optou por aguardar o garçom com o prato, e matar de uma vez a sua fome. A cadela saiu em seguida, deixando um gostinho de quero mais. Talvez aquilo nunca fosse saciado, afinal.

Eis que surgiu, depois, o ameaçado, trazendo na bandeja dois pratos de pasta. Um, depositou no espaço à frente da prole de Melinoe, o aroma subindo e enchendo-lhe as narinas. A barriga roncou inaudivelmente. Apanhou o garfo e começou a deliciar-se com o alimento, tão moderadamente quanto uma dama poderia ser. Só que ela não era uma de verdade. Terminou quase ao mesmo tempo que a filha de Poseidon, limpou os lábios e despediu-se da mesma, depois de Hiccup, que seguiu seu caminho. Logo, restavam somente ambos os mentalistas.

Meredith sorriu, bebericando a pouca quantidade de vinho que lhe restara na taça. Depois, levantou-se, colocando o guardanapo ao lado do prato vazio, e fixando o olhar no rosto cínico.

— Então, sinto-me grata pela excelente companhia — disse-lhe em voz alta. Talvez nos encontremos de novo. A sua voz ecoou na mente do rapaz, pura, dançando. Ela meneou a cabeça, apontou para o dinheiro que o filho de Hefesto havia deixado e saiu.

Do outro lado da rua, uma fumaça a envolveu, fazendo-a desaparecer.

Itens:
— {KH} / Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] → no cinto do vestido ←

— {Soul} / Colar [Um colar feito de prata com um pingente metálico em uma forma abstrata, algo como um "borrão" ou uma "mancha".  Quando ativado, permite que o smideus assuma a forma etérea. Contudo, ele só pode ficar nesta forma 5 turnos por missão, seja de forma contínua ou não - ou seja, ele pode gastar os 5 turnos seguidos ou dividir a utilização, mas a soma do uso não pode exceder o tempo máximo por missão] {Prata} (Nível Mínimo: 1) {Controle etéreo} [Recebimento: Presente de Reclamação de Melinoe] → no pescoço ←

— {Void} / Anel [Anel prateado. Olhando de perto seus detalhes lembram ossos justapostos, como se o anel fosse feito de pequenas peças até tomar seu formato. O anel suga a alma/ energia dos oponentes derrotados em combate (mortos ou destruídos pelo filho de Melinoe - ele deve ser o último a golpear o oponente para fazer efeito. Essa essência pode ser usada futuramente na ativação de certos poderes, como "Ectofagia" e "Acessar memória", respeitando os limites dos poderes. Adicionalmente, o semideus pode escolher gastar o poder de uma alma capturada - consumindo-a no processo - e ganhando um aumento de suas características de 15%, por 3 turnos. Isso afeta força física, esquiva e potência/ chance de acerto de ataque, mas não a duração dos poderes, ainda que o dano seja alterado. Apenas uma alma pode ser consumida desta forma por missão. Uma vez por missão o anel pode manipular a energia espiritual do próprio semideus, fazendo com que recupere 20 HP sem custos adicionais ou qualquer perda.] {Bronze sagrado}(Nível Mínimo: 1) {Controle de almas. Almas coletadas: -} [Recebimento: Presente de Reclamação de Melinoe] → no anelar da mão esquerda ←

— {Revenga} / Foice [Foice prateada cuja haste é toda adornada com desenhos de fantasmas e rosas negras. A lâmina lisa, é feita de prata temperada - tornando-a mais resistente -, afiadíssima. Ao golpear o ar, transmite um ruído como o de assobio, que pode deixar quem o ouve fortemente incomodado. Quando desativada, transforma-se em um brinco de pressão, em formato de H que representa o nome de Harry] (Nível: 5) [Feita em: madeira, prata] {Elementos: nenhum}[Presente de Harry S. Sieghart] → desativado, na orelha direita ←

— Anima Bracelet. [Um bracelete de prata com o desenho de borboleta em ouro. Esse bracelete pode ser ativado com o desejo mental do usuário e transforma-se em uma corrente que pode medir 10m. Essa corrente é feita de prata e ouro sagrado, bastante resiste a tal ponto de ser semi-indestrutível. Ela obedecerá aos comandos mentais do mentalista com perfeição, independente do nível que ele esteja.] [Materiais: Ouro Sagrado e Prata Sagrada] (Nível mínimo 1) {Elemento: Psíquico} [Recebimento: presente por ser mentalista] → no pulso esquerdo ←
Melinoe & Psiquê:

Passivos
— Considerar todos, de ambas as patronas, até o nível atual da personagem, vinte e seis (26), com devido destaque para:

— [Psiquê] Nível 4. Resistência Mental: Sua mente é resistente a manipulações ou invasões. Isso não se aplica a outro mentalista, porém se o inimigo for mais fraco encontrará muita dificuldade, assim como o que for mais forte terá de se concentrar mais para conseguir o efeito mental sobre um mentalista.

— [Psiquê] Nível 20. Telepatia Avançada: Controle total, podendo escolher a hora que vai escutar os pensamentos ou não e também se comunicando livremente através dos pensamentos.

Ativos
— None.
Observações finais:
Devido a resistência mental, o Sebs não pode entrar na mente da Merê pela diferença de níveis, e, se puder, vai ter muita dificuldade mesmo, mas a Merê pode entrar na dele, flws. q
Meredith H. Wermöhlen
avatar
Filhos de Melinoe
Mensagens :
894

Localização :
Ahn...?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Alec Lochees em Sex Jan 09, 2015 8:14 pm



For

in some velvet morning


Tentou disfarçar o embaraço momentâneo com um dar de ombros. Estava com as ideias nubladas, a mente, distante, e acabou não percebendo que se esquecera de dizer o próprio nome. Não era exatamente sua intenção.

— Ah, me desculpe. Estou um pouco distraído, sabe? — justificou-se, fitando-a com ar compungido. — Heron. Mas monsieur não é nada mal — e sorriu.

Sem mais nada a dizer, apenas se virou para a porta e fez sinal para que a garota o acompanhasse. Sem precisar continuar com o teatro e notando o desconforto por parte de sua acompanhante, desfez o contato corporal e passou a apenas andar ao seu lado.

Em silêncio, saíram.

Aquela era uma boa noite para caminhar e conversar.

pormenores:
Armas:
{Lynx}/Sabre [A karabela tem um punho aberto com o pomo no formato de uma cabeça de águia. Seu cabo anatômico permitia o manejo mais fácil de cortes circulares quando se luta a pé e e de cortes oscilantes quando montado no cavalo/pégaso. É feita de bronze sagrado e seu punho é revestido com couro. Vem junto de uma bainha de couro. No nível 20 transforma-se em um anel, com a cabeça e as asas de uma águia entalhadas.] {Bronze sagrado e couro} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Zeus]
Alec Lochees
avatar
Filhos de Zeus
Mensagens :
428

Localização :
na puta que me pariu

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Felicity Smoak em Sab Fev 14, 2015 10:44 pm




Meu possível chefe me mandou vir aqui
Para um jantar de negócios, esse clima está muito romântico


Não que eu realmente me importe.
Quer dizer, eu me importo, tipo, o clima nem é tão sugestivo...


Felicity abriu a porta do restaurante, ouvindo uma sineta tocar quando entrou. Automaticamente, sentiu o cheiro da comida italiana invadir-lhe as narinas, respirando bem fundo enquanto andava até uma mesa vaga perto de uma das janelas do estabelecimento. Não foram estas as instruções que lhe deram? "Ande em silêncio até a mesa perto da janela. Você estará sendo observada a todo momento, não se esqueça." As palavras ecoaram em sua mente, assim como a cena brotou de suas memórias. Precisava admitir que sua possível futura chefe lhe dava um pouco de medo, mas precisava de um emprego. E aquela, aparentemente, era sua única chance.

Sentou-se e ajeitou sua saia bege, mexendo na gola da blusa social branca. Estava apresentável? Seu disfarce estaria funcionando? Ninguém poderia saber que ela era uma semideusa. Ainda mais uma semideusa quase sem experiência nenhuma. Por fim, balançou a cabeça levemente, deixando tais pensamentos de lado. Empurrou, com o dedo indicador, seus óculos, e pôs a bolsa no colo, enquanto esperava seu entrevistador.



roubado da aimée, que roubou da tam ♥
Felicity Smoak
avatar
Filhos de Atena
Mensagens :
127

Localização :
Office?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Chelsea H. Drevoir em Sab Fev 21, 2015 10:57 am

Half-breed Searching





De todos os lugares possíveis que eu pensaria para encontrar um semideus, um restaurante seria a última opção. Não tenho nada contra a comida, até pelo fato de adorar a culinária italiana, mas lugares cheios de pessoas dos mais diversos tipos me deixavam nervoso. Verifiquei a grande placa com o nome do local antes de entrar. A névoa que me cercava criava um efeito de mistério ao meu redor.

Assim que a sineta conectada com a porta tocou, o cheiro de comida me fez recuar. Eu estava ali para localizar um semideus, não para encher o estômago. A última informação que eu tinha de meu alvo era que ele tinha cabelos pretos e carregava uma espada com punho de osso.

Minhas armas estavam bem disfarçadas. Lullaby encontrava-se na forma de fones sem fio em meu pescoço; Spikes repousava um meu pulso direito na forma de um bracelete, o chicote estava bem escondido no cinto e a faca também. O colar estava no pescoço e a bolsa estava pendurada em meu ombro direito. Decidi não levar o arco e a aljava para não causar nenhum tumulto entre os mortais.

Sentei na última mesa do térreo, encostada na janela e longe de todas as outras. Um garçon veio até mim e eu o dispensei com o pedido de dois copos de água. Tamborilei os dedos na madeira da mesa. Esperar não era meu forte, e se o semideus fosse quem eu pensava, seu poder seria infinitamente superior ao meu.

obs:
Interagindo com Darius Hunt

Armas levadas:
— Kazir [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

— {Lullaby} / Espada [Mede cerca de 80 cm, com 65 em sua lâmina. É feita de bronze sagrado; bastante afiada. Seu punho é coberto, com uma guarda de mão trabalhada não apenas no sentido decorativo. Tem dois gumes e há uma escrita entalhada na lâmina no fuller dela: "Bom sono". No nível 20, torna-se fones de ouvido, desse que são acolchoados, que não são feitos para serem conectados a eletrônicos, mas para minimizarem o som para dormir; nessa forma, contudo, não afeta poderes sonoros ou coisa assim.] {Bronze sagrado e couro branco} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hipnos]

— {Sand bag} / Bolsa [Bolsa de veludo preta com zíper dourado. Dentro da bolsa uma quantidade ilimitada de areia mágica pode ser encontrada, sendo que mesmo que a areia seja perdida retornará para dentro da bolsa. Esse item é essencial para que o filho de Hipnos consiga usar alguns de seus poderes. Além disso, suporta guardar três objetos de tamanho até, no máximo, 150 cm, sendo que seres vivos não podem ser colocados aqui; o item deve passar pela abertura da bolsa, obviamente, e caso a sacola seja de alguma forma danificada, assim impedindo seu uso, ela retornará aos pertences do semideus, em seu chalé ou seja lá onde for seu lar.] {Couro} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hipnos]

— Noxir [Semelhante ao chicote comum, possui uma longa tira de couro reforçado presa ao cabo, e fibras de bronze sagrado. O chicote mede 3m, mas possui cravos entrelaçados no couro, provocando dano por corte quando acerta o oponente][Bronze sagrado e couro][Sem elemento, sem nível mínimo] [Comprado na Sala de Armas]

— {Spikes} / Escudo [Um escudo circular simples de 70cm de diâmetro feito de cobre nas bordas e alumínio no centro. Possui alguns espinhos em várias partes do metal, que servem como instrumento de ataque. Ele se transforma em um bracelete marrom-acinzentado quando não estiver sendo usado. Quando ativado, o usuário pode lançá-lo, tendo uma chance de acerto de 15% a mais do que teria ao usar um arco comum, por exemplo. Assemelha-se a um broquel.]  {Alumínio e Cobre} {Não controla elementos} {Nível mínimo: 16} [Recebimento: A.O.M.P, forjado por Hiccup H. Haddock.]

— {Bravery} / Dog tag [Aparentemente uma placa normal de identificação do exército, com os dados básicos do semideus. Com uma bênção mágica contínua, abençoa seu utilizador com um bônus de 15% em sua força física e providencia uma resistência de igual nível a poderes e auras que envolvam os atributos medo e pânico.] {Prata} (Nível mínimo: 1.) [Recebimento: "Face Your Fears", treino trimestral para filhos de Selene e Hipnos. Avaliado por Ayla Lennox e atualizado por ~Lady Íris~.]

Poderes usados:
Passivos:
♦ Nível 1

Beleza Hereditária ▬ Hipnos era conhecido por ser um deus belo, seus descendentes adquirem tal característica, sempre serão reconhecidos por sua beleza natural - não é algo tão chamativo quanto os filhos de Afrodite - é uma beleza mais discreta e menos voluptuosa, mas que os distinguem entre as pessoas comuns. Além disso filhos de Hipnos em geral não parecem sofrer com linhas de expressão, marcas de idade, olheiras ou mesmo cabelos armados. Eles sempre parecem em bom estado. Sendo assim, aparentam ser mais jovens e bem cuidados do que provavelmente se cuidam para ser. [Modificado. Descrições adicionadas com base na sugestão de Ariana O"Connor]

♦ Nível 8

Névoa ▬ Por onde passava, Hipnos deixava um rastro de névoa. Seus descendentes têm a mesma característica, ainda que apenas estético. Entretanto poderão anular o efeito deste poder.

Ativos:
Nenhum

Chelsea H. Drevoir
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
320

Localização :
Healing Hills

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Darius Hunt em Sab Fev 21, 2015 9:06 pm

Casa D'Italia

Some things you just can't believe.


Apesar de algum tempo ter se passado desde o... incidente em Vegas, embora tentasse muito, Darius ainda não conseguia entender ao certo o que havia acontecido.

Mantendo o pensamento de que talvez tudo aquilo tivesse sido apenas um delírio, havia decidido que uma ida até o restaurante não faria mal. Levou consigo a espada que havia ganho em uma bainha improvisada. Não sabia bem o motivo, mas não se sentia mais seguro para sair sem ela.

Hunt havia notado que seus amigos e outras pessoas viam aquilo como um guarda-chuva ou algo assim. Mais um motivo que o levava a pensar que estava ficando louco.

Ao atravessar a porta e ouvir o som do sino, inspirou profundamente; recebendo da melhor forma possível o odor da comida italiana. Esbarrou em um garçom e imediatamente desculpou-se, procurando um lugar para sentar.

O restaurante estava cheio e o garoto só esperava um jantar tranquilo.

Infelizmente, esses desejos não se realizam com facilidade.

Help me find out who I am.

Darius Hunt
avatar
Indefinido
Mensagens :
52

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Chelsea H. Drevoir em Dom Fev 22, 2015 12:46 pm

Half-breed Searching





No momento que o garoto chegou, percebi que minhas esperanças estavam um pouco... exageradas. Era só mais um semideus com cara de assustado, o cabelo tão liso que parecia que um bisão passara a língua por ali e aquela espada.... ah, sim, um excelente exemplar. Deixei um pouco mais de névoa escapar de meu corpo até uma faixa se projetar e apara na frente do garoto.

Andei até ele e não pude segurar uma risada. A náiade que me contara sobre o rapaz deveria sofrer de amores por ele, pois nem uma simples aura forte ele tinha, pelo contrário.

- Você deve ser Darius Hunt - encostei no ombro do rapaz e o olhei atentamente. Com um aceno caminhei junto dele até a mesa dos fundos. - Venha comigo. Suponho que... essa situação seja extremamente inovadora para você. Não se preocupe - sentei em um das cadeiras e fiz um gesto para o garoto sentar na minha frente. -, a menina do lago que te salvou me contou sobre o ocorrido. Não sou nenhum mostro se quiser saber. Meu nome é Matias Blake, sou apenas um menino como você, que vê coisas estranhas e se assusta ao lidar com algumas delas.

Em uma análise profunda, senti seus medos e desejos. Soube de alguns detalhes usando um pequeno truque que tinha na manga, mas preferia deixar o semideus me contar primeiro.

obs:
Interagindo com Darius Hunt

Armas levadas:
— Kazir [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

— {Lullaby} / Espada [Mede cerca de 80 cm, com 65 em sua lâmina. É feita de bronze sagrado; bastante afiada. Seu punho é coberto, com uma guarda de mão trabalhada não apenas no sentido decorativo. Tem dois gumes e há uma escrita entalhada na lâmina no fuller dela: "Bom sono". No nível 20, torna-se fones de ouvido, desse que são acolchoados, que não são feitos para serem conectados a eletrônicos, mas para minimizarem o som para dormir; nessa forma, contudo, não afeta poderes sonoros ou coisa assim.] {Bronze sagrado e couro branco} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hipnos]

— {Sand bag} / Bolsa [Bolsa de veludo preta com zíper dourado. Dentro da bolsa uma quantidade ilimitada de areia mágica pode ser encontrada, sendo que mesmo que a areia seja perdida retornará para dentro da bolsa. Esse item é essencial para que o filho de Hipnos consiga usar alguns de seus poderes. Além disso, suporta guardar três objetos de tamanho até, no máximo, 150 cm, sendo que seres vivos não podem ser colocados aqui; o item deve passar pela abertura da bolsa, obviamente, e caso a sacola seja de alguma forma danificada, assim impedindo seu uso, ela retornará aos pertences do semideus, em seu chalé ou seja lá onde for seu lar.] {Couro} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hipnos]

— Noxir [Semelhante ao chicote comum, possui uma longa tira de couro reforçado presa ao cabo, e fibras de bronze sagrado. O chicote mede 3m, mas possui cravos entrelaçados no couro, provocando dano por corte quando acerta o oponente][Bronze sagrado e couro][Sem elemento, sem nível mínimo] [Comprado na Sala de Armas]

— {Spikes} / Escudo [Um escudo circular simples de 70cm de diâmetro feito de cobre nas bordas e alumínio no centro. Possui alguns espinhos em várias partes do metal, que servem como instrumento de ataque. Ele se transforma em um bracelete marrom-acinzentado quando não estiver sendo usado. Quando ativado, o usuário pode lançá-lo, tendo uma chance de acerto de 15% a mais do que teria ao usar um arco comum, por exemplo. Assemelha-se a um broquel.]  {Alumínio e Cobre} {Não controla elementos} {Nível mínimo: 16} [Recebimento: A.O.M.P, forjado por Hiccup H. Haddock.]

— {Bravery} / Dog tag [Aparentemente uma placa normal de identificação do exército, com os dados básicos do semideus. Com uma bênção mágica contínua, abençoa seu utilizador com um bônus de 15% em sua força física e providencia uma resistência de igual nível a poderes e auras que envolvam os atributos medo e pânico.] {Prata} (Nível mínimo: 1.) [Recebimento: "Face Your Fears", treino trimestral para filhos de Selene e Hipnos. Avaliado por Ayla Lennox e atualizado por ~Lady Íris~.]

Poderes usados:
Passivos:
♦ Nível 1

Beleza Hereditária ▬ Hipnos era conhecido por ser um deus belo, seus descendentes adquirem tal característica, sempre serão reconhecidos por sua beleza natural - não é algo tão chamativo quanto os filhos de Afrodite - é uma beleza mais discreta e menos voluptuosa, mas que os distinguem entre as pessoas comuns. Além disso filhos de Hipnos em geral não parecem sofrer com linhas de expressão, marcas de idade, olheiras ou mesmo cabelos armados. Eles sempre parecem em bom estado. Sendo assim, aparentam ser mais jovens e bem cuidados do que provavelmente se cuidam para ser. [Modificado. Descrições adicionadas com base na sugestão de Ariana O"Connor]

♦ Nível 8

Névoa ▬ Por onde passava, Hipnos deixava um rastro de névoa. Seus descendentes têm a mesma característica, ainda que apenas estético. Entretanto poderão anular o efeito deste poder.

♦ Nível 27

Conhecimento sobre Psique – A tortuosa psique humana agora pode ser desvendada, ao menos em uma parte, pelos filhos e filhas de Hipnos, mesmo sem nunca terem a estudado antes. Eles sabem um bocado de psicologia, dando conselhos e identificando vários tipos de problema, além de poder saber alguns comportamentos sociais, contanto que conheça bem a pessoa o suficiente, e com uma margem de erro razoável. Também conhecem a psiquiatria, ajudando magnificamente como podem pessoas com doenças mentais ou algum tipo de problema em sua psique ou memória. Eles não podem, por exemplo, fabricar remédios para doenças mentais, mas se vasculharem em sua mente, para sua surpresa, saberão o nome de vários tipos de remédios necessários e sabem diagnosticar perfeitamente seu paciente. Este poder se deve ao fato de que Hipnos foi o criador da hipnoterapia e da hipnose mental, sendo assim, um deus amante da psique humana e conhecer da mesma, dando parte deste conhecimento natural e hereditariamente aos seus filhos. Caso se tornem Curandeiros, recebem uma bonificação de 20% ao tratar problemas relativos à mente. [Novo][Idealizado por Ariana R. O"Connor]

Ativos:
Nenhum

Chelsea H. Drevoir
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
320

Localização :
Healing Hills

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Darius Hunt em Seg Fev 23, 2015 10:48 am

Casa D'Italia

Some things you just can't believe.



Tudo ia bem até que Darius ouviu algo algo inusitado. Uma risada. Ergueu os olhos e se deparou com um garoto mais ou menos de sua idade, mesmo tentando, ainda sim não conseguiu encontrar um motivo plausível para achar graça ali.

Estava prestes a perguntar se poderia ajudar o desconhecido em algo quando este disse:

Você deve ser Darius Hunt.

Estas palavras foram o bastante para que Hunt recuasse do toque do rapaz levasse a mão até a bainha.

Quem é você e como sabe quem eu sou? — Indagou.

O antes desconhecido o levava para outra mesa enquanto se apresentava e falava dos eventos que ocorreram em Las Vegas. Aquilo deixava Darius apenas mais apreensivo, porém ao saber que Matias não era um monstro e que era alguém como ele, se acalmou um pouco.

Parou por alguns segundos. Era estranho pensar "Alguém como ele."

Afinal, o que ele era?

Como sabe de tudo isso? O que você é? Pode ver essa espada? — Tocou na bainha outra vez. — O que mais sabe?

Dizia em um tom curioso, mas ao mesmo tempo preocupado. Não se importava em estar fazendo tantas perguntas.

Era bom ter alguém que pudesse, finalmente, dar algumas respostas.

Adendos:
♦ Interagindo com Matias Blake

♦ Arma levada: {Beastly} / Espada [Uma espada comum de aproximadamente 80cm de altura, cuja lâmina mede 60cm, é feita de aço e possui um gume levemente serrilhado. O punho é feito de ossos de lobo e reforçado com couro, com uma caveira de filhote de coiote encaixada no limite entre a base e a lâmina. Resistente e com peso mediano, possui uma estrutura levemente curvada que possibilita o desarme de um inimigo caso o golpe seja aplicado com força o suficiente — a palavra final é do narrador.] {Aço, couro e ossos} {Nível mínimo: 5} {Sem elementos} [Recebimento: recompensa pela missão "Mystic Waters", elaborada e avaliada por Hipnos e atualizada por Quíron]
Help me find out who I am.

Darius Hunt
avatar
Indefinido
Mensagens :
52

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Chelsea H. Drevoir em Seg Fev 23, 2015 5:13 pm

Half-breed Searching





- Eu só sei o que a náiade me contou - sorri quando percebi a dúvida na voz de Darius. - mas você deve ser muito mais do que um simples menino que ao acaso salvou uma menina em um lago. Oh, sim, eu sou.. um semideus, como você - dei uma pausa e já previ a reação dele. - Bem, você deve ter percebido a facilidade com que derrotou aquela besta, não é? Isso aconteceu graças aos reflexos que todos nós temos, é um instinto.

Esperei ele formular mais perguntas, que eu sabia que faria.

- Antes de mais nada - juntei minhas mãos. - Eu vejo sua espada, apenas seus amigos não conseguem vê-la, pois são mortais, e existe uma névoa que oculta certas coisas que deixariam esse tipo de pessoa completamente enlouquecido só por ver. Posso ajudar você a dominar seus instintos, a ser um mestre com sua espada, e a se virar com alguns monstros. Tudo o que precisa fazer - tirei um pouco de areia da bolsa e modelei uma balança. Coloquei um grão de comida que ainda estava na mesa em um dos pratos. -, é ser meu aprendiz. Vamos, coloque algo para equilibrar sua vida neste objeto, e eu serei seu guia.

obs:
Interagindo com Darius Hunt

Armas levadas:
— Kazir [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

— {Lullaby} / Espada [Mede cerca de 80 cm, com 65 em sua lâmina. É feita de bronze sagrado; bastante afiada. Seu punho é coberto, com uma guarda de mão trabalhada não apenas no sentido decorativo. Tem dois gumes e há uma escrita entalhada na lâmina no fuller dela: "Bom sono". No nível 20, torna-se fones de ouvido, desse que são acolchoados, que não são feitos para serem conectados a eletrônicos, mas para minimizarem o som para dormir; nessa forma, contudo, não afeta poderes sonoros ou coisa assim.] {Bronze sagrado e couro branco} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hipnos]

— {Sand bag} / Bolsa [Bolsa de veludo preta com zíper dourado. Dentro da bolsa uma quantidade ilimitada de areia mágica pode ser encontrada, sendo que mesmo que a areia seja perdida retornará para dentro da bolsa. Esse item é essencial para que o filho de Hipnos consiga usar alguns de seus poderes. Além disso, suporta guardar três objetos de tamanho até, no máximo, 150 cm, sendo que seres vivos não podem ser colocados aqui; o item deve passar pela abertura da bolsa, obviamente, e caso a sacola seja de alguma forma danificada, assim impedindo seu uso, ela retornará aos pertences do semideus, em seu chalé ou seja lá onde for seu lar.] {Couro} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hipnos]

— Noxir [Semelhante ao chicote comum, possui uma longa tira de couro reforçado presa ao cabo, e fibras de bronze sagrado. O chicote mede 3m, mas possui cravos entrelaçados no couro, provocando dano por corte quando acerta o oponente][Bronze sagrado e couro][Sem elemento, sem nível mínimo] [Comprado na Sala de Armas]

— {Spikes} / Escudo [Um escudo circular simples de 70cm de diâmetro feito de cobre nas bordas e alumínio no centro. Possui alguns espinhos em várias partes do metal, que servem como instrumento de ataque. Ele se transforma em um bracelete marrom-acinzentado quando não estiver sendo usado. Quando ativado, o usuário pode lançá-lo, tendo uma chance de acerto de 15% a mais do que teria ao usar um arco comum, por exemplo. Assemelha-se a um broquel.]  {Alumínio e Cobre} {Não controla elementos} {Nível mínimo: 16} [Recebimento: A.O.M.P, forjado por Hiccup H. Haddock.]

— {Bravery} / Dog tag [Aparentemente uma placa normal de identificação do exército, com os dados básicos do semideus. Com uma bênção mágica contínua, abençoa seu utilizador com um bônus de 15% em sua força física e providencia uma resistência de igual nível a poderes e auras que envolvam os atributos medo e pânico.] {Prata} (Nível mínimo: 1.) [Recebimento: "Face Your Fears", treino trimestral para filhos de Selene e Hipnos. Avaliado por Ayla Lennox e atualizado por ~Lady Íris~.]

Poderes usados:
Passivos:
♦ Nível 1

Beleza Hereditária ▬ Hipnos era conhecido por ser um deus belo, seus descendentes adquirem tal característica, sempre serão reconhecidos por sua beleza natural - não é algo tão chamativo quanto os filhos de Afrodite - é uma beleza mais discreta e menos voluptuosa, mas que os distinguem entre as pessoas comuns. Além disso filhos de Hipnos em geral não parecem sofrer com linhas de expressão, marcas de idade, olheiras ou mesmo cabelos armados. Eles sempre parecem em bom estado. Sendo assim, aparentam ser mais jovens e bem cuidados do que provavelmente se cuidam para ser. [Modificado. Descrições adicionadas com base na sugestão de Ariana O"Connor]

♦ Nível 8

Névoa ▬ Por onde passava, Hipnos deixava um rastro de névoa. Seus descendentes têm a mesma característica, ainda que apenas estético. Entretanto poderão anular o efeito deste poder.

♦ Nível 27

Conhecimento sobre Psique – A tortuosa psique humana agora pode ser desvendada, ao menos em uma parte, pelos filhos e filhas de Hipnos, mesmo sem nunca terem a estudado antes. Eles sabem um bocado de psicologia, dando conselhos e identificando vários tipos de problema, além de poder saber alguns comportamentos sociais, contanto que conheça bem a pessoa o suficiente, e com uma margem de erro razoável. Também conhecem a psiquiatria, ajudando magnificamente como podem pessoas com doenças mentais ou algum tipo de problema em sua psique ou memória. Eles não podem, por exemplo, fabricar remédios para doenças mentais, mas se vasculharem em sua mente, para sua surpresa, saberão o nome de vários tipos de remédios necessários e sabem diagnosticar perfeitamente seu paciente. Este poder se deve ao fato de que Hipnos foi o criador da hipnoterapia e da hipnose mental, sendo assim, um deus amante da psique humana e conhecer da mesma, dando parte deste conhecimento natural e hereditariamente aos seus filhos. Caso se tornem Curandeiros, recebem uma bonificação de 20% ao tratar problemas relativos à mente. [Novo][Idealizado por Ariana R. O"Connor]

Ativos:
Nenhum

Chelsea H. Drevoir
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
320

Localização :
Healing Hills

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Darius Hunt em Seg Fev 23, 2015 6:37 pm

Casa D'Italia

Some things you just can't believe.



Ao ouvir o termo "náiade" outra vez, Darius não pôde evitar que um sorriso surgisse no canto de seu rosto. Havia feito algo relativamente heroico e do qual se orgulhava. Ele acompanhava atenciosamente as palavras de Matias conforme este ia explicando tudo que era possível.

Semi o quê?

Ouviu o resto da fala de Blake e viu que tudo realmente fazia sentido. Cautelosamente analisou a proposta do outro semideus e viu que não tinha nada a perder. Talvez não fosse má ideia ter alguém para ensiná-lo como lidar com essa nova realidade.

Hunt entrelaçou os dedos e arqueou uma sobrancelha.

Não tenho muito tempo pra ficar modelando balanças, embora seja um truque... Interessante. — Deixou um riso baixo escapar. — Aceito sua proposta. Quando começamos?

Embora seu tom fosse levemente desdenhoso, estava feliz por ter alguém para guiá-lo. E mal podia esperar para descobrir o que seria capaz de fazer.

E o que viria a se tornar.
Adendos:
♦ Interagindo com Matias Blake

♦ Arma levada:  {Beastly} / Espada [Uma espada comum de aproximadamente 80cm de altura, cuja lâmina mede 60cm, é feita de aço e possui um gume levemente serrilhado. O punho é feito de ossos de lobo e reforçado com couro, com uma caveira de filhote de coiote encaixada no limite entre a base e a lâmina. Resistente e com peso mediano, possui uma estrutura levemente curvada que possibilita o desarme de um inimigo caso o golpe seja aplicado com força o suficiente — a palavra final é do narrador.] {Aço, couro e ossos} {Nível mínimo: 5} {Sem elementos} [Recebimento: recompensa pela missão "Mystic Waters", elaborada e avaliada por Hipnos e atualizada por Quíron]
Help me find out who I am.

Darius Hunt
avatar
Indefinido
Mensagens :
52

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Chelsea H. Drevoir em Seg Fev 23, 2015 7:44 pm

Half-breed Searching





- Seu treinamento começa... nesse instante - desmanchei a balança de areia. - Me aguarde perto de uma loja de discos duas quadras depois desse restaurante. Estarei lá em alguns minutos.

Levantei da cadeira e fiz um aceno para que meu mais novo aprendiz saísse. No momento que ele cruzou a porta e ficou fora da minha vista, um aperto no coração me fez desabar na cadeira. Morte, rancor, horror. Parecia que naquele instante, duas pessoas haviam morrido, e eu não pude fazer nada para salvá-las. Aguardei enquanto a dor passava sentado na cadeira da mesa dos fundos.

obs:
Interação encerrada. Aguardando o post de Emma Mills logo de pois de Darius para começar a interação com a filha de Afrodite

Armas levadas:
— Kazir [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

— {Lullaby} / Espada [Mede cerca de 80 cm, com 65 em sua lâmina. É feita de bronze sagrado; bastante afiada. Seu punho é coberto, com uma guarda de mão trabalhada não apenas no sentido decorativo. Tem dois gumes e há uma escrita entalhada na lâmina no fuller dela: "Bom sono". No nível 20, torna-se fones de ouvido, desse que são acolchoados, que não são feitos para serem conectados a eletrônicos, mas para minimizarem o som para dormir; nessa forma, contudo, não afeta poderes sonoros ou coisa assim.] {Bronze sagrado e couro branco} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hipnos]

— {Sand bag} / Bolsa [Bolsa de veludo preta com zíper dourado. Dentro da bolsa uma quantidade ilimitada de areia mágica pode ser encontrada, sendo que mesmo que a areia seja perdida retornará para dentro da bolsa. Esse item é essencial para que o filho de Hipnos consiga usar alguns de seus poderes. Além disso, suporta guardar três objetos de tamanho até, no máximo, 150 cm, sendo que seres vivos não podem ser colocados aqui; o item deve passar pela abertura da bolsa, obviamente, e caso a sacola seja de alguma forma danificada, assim impedindo seu uso, ela retornará aos pertences do semideus, em seu chalé ou seja lá onde for seu lar.] {Couro} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hipnos]

— Noxir [Semelhante ao chicote comum, possui uma longa tira de couro reforçado presa ao cabo, e fibras de bronze sagrado. O chicote mede 3m, mas possui cravos entrelaçados no couro, provocando dano por corte quando acerta o oponente][Bronze sagrado e couro][Sem elemento, sem nível mínimo] [Comprado na Sala de Armas]

— {Spikes} / Escudo [Um escudo circular simples de 70cm de diâmetro feito de cobre nas bordas e alumínio no centro. Possui alguns espinhos em várias partes do metal, que servem como instrumento de ataque. Ele se transforma em um bracelete marrom-acinzentado quando não estiver sendo usado. Quando ativado, o usuário pode lançá-lo, tendo uma chance de acerto de 15% a mais do que teria ao usar um arco comum, por exemplo. Assemelha-se a um broquel.]  {Alumínio e Cobre} {Não controla elementos} {Nível mínimo: 16} [Recebimento: A.O.M.P, forjado por Hiccup H. Haddock.]

— {Bravery} / Dog tag [Aparentemente uma placa normal de identificação do exército, com os dados básicos do semideus. Com uma bênção mágica contínua, abençoa seu utilizador com um bônus de 15% em sua força física e providencia uma resistência de igual nível a poderes e auras que envolvam os atributos medo e pânico.] {Prata} (Nível mínimo: 1.) [Recebimento: "Face Your Fears", treino trimestral para filhos de Selene e Hipnos. Avaliado por Ayla Lennox e atualizado por ~Lady Íris~.]

Poderes usados:
Passivos:
♦ Nível 1

Beleza Hereditária ▬ Hipnos era conhecido por ser um deus belo, seus descendentes adquirem tal característica, sempre serão reconhecidos por sua beleza natural - não é algo tão chamativo quanto os filhos de Afrodite - é uma beleza mais discreta e menos voluptuosa, mas que os distinguem entre as pessoas comuns. Além disso filhos de Hipnos em geral não parecem sofrer com linhas de expressão, marcas de idade, olheiras ou mesmo cabelos armados. Eles sempre parecem em bom estado. Sendo assim, aparentam ser mais jovens e bem cuidados do que provavelmente se cuidam para ser. [Modificado. Descrições adicionadas com base na sugestão de Ariana O"Connor]

♦ Nível 8

Névoa ▬ Por onde passava, Hipnos deixava um rastro de névoa. Seus descendentes têm a mesma característica, ainda que apenas estético. Entretanto poderão anular o efeito deste poder.

♦ Nível 27

Conhecimento sobre Psique – A tortuosa psique humana agora pode ser desvendada, ao menos em uma parte, pelos filhos e filhas de Hipnos, mesmo sem nunca terem a estudado antes. Eles sabem um bocado de psicologia, dando conselhos e identificando vários tipos de problema, além de poder saber alguns comportamentos sociais, contanto que conheça bem a pessoa o suficiente, e com uma margem de erro razoável. Também conhecem a psiquiatria, ajudando magnificamente como podem pessoas com doenças mentais ou algum tipo de problema em sua psique ou memória. Eles não podem, por exemplo, fabricar remédios para doenças mentais, mas se vasculharem em sua mente, para sua surpresa, saberão o nome de vários tipos de remédios necessários e sabem diagnosticar perfeitamente seu paciente. Este poder se deve ao fato de que Hipnos foi o criador da hipnoterapia e da hipnose mental, sendo assim, um deus amante da psique humana e conhecer da mesma, dando parte deste conhecimento natural e hereditariamente aos seus filhos. Caso se tornem Curandeiros, recebem uma bonificação de 20% ao tratar problemas relativos à mente. [Novo][Idealizado por Ariana R. O"Connor]

Ativos:
Nenhum

Chelsea H. Drevoir
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
320

Localização :
Healing Hills

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Darius Hunt em Ter Fev 24, 2015 5:36 pm

Casa D'Italia

Some things you just can't believe.



Com um movimento rápido, Matias desmanchou a pequena escultura feita da estranha areia. Hunt limitou-se a arquear uma sobrancelha ao ouvir que o treinamento começaria naquele instante. Entretanto, não contestou.

Deu de ombros e levantou da cadeira, lamentando um pouco por não ter conseguido seu tão desejado jantar italiano.

Não precisava de nenhum poder para sentir que havia algo de errado com o garoto, como se este fosse desabar a qualquer momento e estivesse o mandando embora para que isso não fosse visto pelo novo "aprendiz".

Darius suspirou. Sabia que não importasse o que ele diria, não iria ajudar em nada. Virou as costas para Blake e saiu caminhando para fora do restaurante.

Mas desta vez, ele tinha um lugar para onde ir.

Adendos:
♦ Deixando o local.

♦ Arma levada:  {Beastly} / Espada [Uma espada comum de aproximadamente 80cm de altura, cuja lâmina mede 60cm, é feita de aço e possui um gume levemente serrilhado. O punho é feito de ossos de lobo e reforçado com couro, com uma caveira de filhote de coiote encaixada no limite entre a base e a lâmina. Resistente e com peso mediano, possui uma estrutura levemente curvada que possibilita o desarme de um inimigo caso o golpe seja aplicado com força o suficiente — a palavra final é do narrador.] {Aço, couro e ossos} {Nível mínimo: 5} {Sem elementos} [Recebimento: recompensa pela missão "Mystic Waters", elaborada e avaliada por Hipnos e atualizada por Quíron]
Help me find out who I am.

Darius Hunt
avatar
Indefinido
Mensagens :
52

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Catherine Burkhardt em Ter Fev 24, 2015 6:37 pm



Fate? Maybe...
Eu não fazia ideia do que me levou ali, mas aí eu o vi

Emma surgiu em uma nuvem azulada em um beco escuro, que graças aos deuses estava vazio. Respirou fundo, ajeitando as vestes levemente amassadas pela noite passada no hospital e pôs um leve sorriso nos lábios. Time for fun. Pensou consigo mesma, saindo da ruazinha em passos apressados. Usava saltos pretos altos, um vestido claro que ia até o joelho, com a bandana Luto amarrada na cintura e os cabelos castanhos soltos perfeitamente arrumados. E é claro, Anima Bracelet no punho direito, Wings no pescoço, Warn! no pulso esquerdo e Yin Yang na bainha no lado esquerdo de seu corpo.

Não demorou muito tempo para descobrir que estava em Nashville. Tinha uma imagem em mente, de um restaurante italiano que visitara certa vez, mas não tivera a certeza de onde este seria. Como não tinha nada a perder ao viajar por aí, cá estava.

A noite vinha com uma brisa delicada que fez com que a filha de Afrodite se arrepiasse, o que fez com que apressasse os passos. Vez ou outra, sentia os olhares demorando-se sobre ela, lhe trazendo um sorriso presunçoso aos lábios. O jardim luxuoso do restaurante foi a primeira coisa que avistou.

Ao entrar, notou que várias pessoas já estavam no local, a maioria casais de namorados. Como sabia? Podia sentir o amor no ar. O sentimento de paz, e até mesmo desejo no ar, era relaxante para ela. Fechou os olhos por alguns segundos, deixando que aquilo trouxesse paz para sua própria mente agitada, antes de rumar até o bar no andar térreo.

Tinha acabado de pedir uma taça de vinho quando algo chamou sua atenção. Morte, dor... Sentimentos tão fortes que lhe fizeram virar-se para procurar quem os emana. Seu olhar atento captou uma névoa que parecia fazer uma trilha até um rapaz, possivelmente semideus, sozinho em uma das mesas mais isoladas. Mesmo daquela distância, a mentalista pode notar sua beleza.

Pegou a taça que o barman lhe entregava com um murmúrio de agradecimento e se encaminhou até o jovem em passos lentos. Quanto mais perto chegava dele, mais sentia nervosa, o que não fazia sentindo já que não lembrava de ter o visto alguma vez. Deu um gole de sua bebida e parou a frente dele, ao lado da cadeira vazia do outro lado da mesa com um leve sorriso. Inconscientemente, pensou na música Once Upon in December de um desenho animado chamado Anastásia.

— Posso me sentar aqui ou sua namorada está retocando a maquiagem no banheiro? — Perguntou ela, usando seu charme para conquistá-lo.

Extras:
Equipamentos:
✣ Anima Bracelet. [Um bracelete de prata com o desenho de borboleta em ouro. Esse bracelete pode ser ativado com o desejo mental do usuário e transforma-se em uma corrente que pode medir 10m. Essa corrente é feita de prata e ouro sagrado, bastante resiste a tal ponto de ser semi-indestrutível. Ela obedecerá aos comandos mentais do mentalista com perfeição, independente do nível que ele esteja.] [Materiais: Ouro Sagrado e Prata Sagrada] (Nível mínimo 1) {Elemento: Psíquico} [Recebimento: presente por ser mentalista]

✣ Yin Yang. [Uma espada de punho prateado e com um desenho bem talhado de uma borboleta em azul. Sua lâmina é de uma beleza diferenciada, pela divisão do cume central, metade dela possui um material negro e a outra metade é feito de prata sagrada. Seu corte é duplo e sua ponta afinada, uma espada bastante resistente. Ela possui uma habilidade de ativar um segundo modo em que a espada original se divide em duas, uma de lâmina totalmente preta e outra de prata sagrada. Nesse segundo formato a sua resistência diminui um pouco, porém seu corte fica extremo, podendo cortar metais pesados e causar efeitos sobre armas sagradas. Essa espada vem em uma bainha preta com entalhes azuis em borboletas, ela se adapta ao corpo do mentalista podendo ser usada do modo que este desejar carregar a espada.] [Materiais: Prata Sagrada e Material Negro] (Nível Mínimo: 1) {Elemento: Psíquico} [Recebimento: Presente por ser mentalista]

♦ {Warn!}/ Relógio [Na forma de um relógio comum, analógico. Ao ser ativado, cria um campo de energia. O campo em si é transparente e afeta apenas o próprio semideus. No período ativado, reduz danos de impactos (mas não cortes ou outros tipos) em 50%, desde que provenham de fontes mundanas ou de nível inferior ao semideus. Como extra, também mantém um indicador da temperatura ambiente, como um segundo relógio, onde os marcadores vão de azul para vermelho, conforma as mudanças de frio para quente (mas não afeta itens e similares, apenas marca a temperatura local).E ainda serve para ver as horas!. 3 ativações por missão, com duração de 3 turnos cada][Eletrônico][Não controla  nenhum elemento][Nível mínimo: 3][Recebimento: Evento Burn, baby, burn! - Jan. 2014. Atualizado por ~Eos]

— {Wings} / Colar [Com uma corrente prateada natural, combina com qualquer tipo de roupa, e também é bastante confortável ao ser usado pela filha de Afrodite. Como pingente, uma pequena pena branca — do pégaso. Funciona como um sensor, brilhando, prateada, quando algum monstro (com até 30 lvl) se aproxima. Cobre uma área de até 50 metros e vale ressaltar que apenas indica a proximidade do monstro (não revela a localização exata, disfarces e etc).] {Nível mínimo: 5} {Materiais: pena, magia} {Recebimento: missão narrada "The Pegasus Problem", por Psiquê}

♦ {Luto} / Bandana Preta [Carregando a aura pesada do atentado terrorista ao Acampamento no réveillon, essa faixa preta do tamanho de 50cm de comprimento por 5cm de largura possui uma propriedade interessante: tais como em cerimônias lúgubres, onde se dedica um minuto de silêncio em respeito à fatalidade ocorrida, os movimentos do usuário ficam silenciados por um turno inteiro; tal "bênção", no entanto, não afeta fala ou poderes (não se poderia silenciar uma explosão, por exemplo), podendo ser utilizada unicamente em ações relacionadas à movimentação (um pulo, uma caminhada, uma corrida, o ruído de passos - desde que provindos do portador, seriam silenciados e não poderiam ser escutados, independente de poderes como "audição perfeita"). Pode ser utilizada duas vezes por ocasião (missão, evento, treino, dentre outros).] {Tecido preto} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Evento de Encerramento, "Burn, Baby, Burn! - Postagem Aberta". Jan/2015.]
Poderes Usados:
Passivos:
Afrodite
Beleza Estonteante (Nível 1)
Como filhos da deusa da beleza, você é naturalmente belo, sendo tal beleza notável e admirada por todos. Seus olhos têm uma coloração que não se define completamente, sendo intrigantes e como se fossem hipnotizantes; sua voz atrai, seus lábios são provocantes, seu rosto possui uma beleza harmoniosa e o corpo não fica para trás. Tudo em você chama a atenção pela beleza especial que possui, e é praticamente impossível deixar de notá-lo. Não é nenhum efeito hipnótico, contudo - apenas estético.

Luxúria (Nível 5)
O desejo pode ser despertado com pequenos gestos, mas que para o observador são sedutores e provocantes. Você pode despertar esse desejo com um simples olhar, um toque, pela aproximação, de modo que qualquer um deixa de prestar atenção em outras coisas para se focar apenas em você. Não é uma habilidade sobrenatural, indica apenas um conhecimento de como usar seu lado sensual para manipular as pessoas, mas não é charme, magia nem nada do tipo: apenas estudo de comportamento.

Habitué (Nível 14) [NOVO - idealizado por Sadie Bronwen]
Independente dos trajes ou condições em que se encontra, o filho de Afrodite sempre passam uma sensação de segurança a quem está ao seu redor. Mesmo suas gafes são minimizadas, como se fossem algo ensaiado. Isso faz com que mortais comuns os vejam de forma diferente, alguém que ter personalidade, ou alguém excêntrico - ele pode ir com trapos a um evento "black tie", e ainda vão julgar que ele é uma celebridade. Não afeta semi-=deuses ou seres mitológicos.

Visão auspiciosa (Nível 19) [NOVO - idealizado por Sadie Bronwen]
O filho de Afrodite enxerga a aura da emoção das pessoas ao seu redor. Não é telepatia, ou algo do tipo, mas ele sempre vai saber o estado emotivo das pessoas - ansiedade, raiva, amor, nada escapa de seus olhos. Não detecta pensamentos ou informações específicas, apenas o sentimento geral. Por exemplo, se alguém mentir para eles, não conseguem perceber, mas podem identificar que o locutor está ansioso, mesmo que não identifiquem o motivo. Não pode ser desativado.

Psiquê
◉ Nível 10. Empatia: Você sabe exatamente o que o outro está sentindo em termos de emoções.
Ativos:
Afrodite
Nenhum usado

Psiquê
◉ Nível 28. Mestre do teletransporte: Pode teletransportar-se para qualquer lugar e distância.
OBS:
Interagindo com Matias Blake finalmente

Catherine Burkhardt
avatar
Filhos de Afrodite
Mensagens :
144

Localização :
Londres

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Chelsea H. Drevoir em Qua Fev 25, 2015 2:47 pm

And a song, someone sings...





Quando a garota chegou no restaurante, sua aura me assustou. Era algo conhecido, calmo e muito... amoroso. Não tinha dúvidas, era Emma Mills. Assim que ela chegou perto de mim, senti algo diferente nela. Ela tentava usar charme e sua postura era tão estranha... não era a Emma que eu conhecia. Um estalo em minha cabeça me deixou levemente preocupado. Suas memórias sumiram, por algum motivo.

- Somente alguém com sérios problemas namoraria comigo, moça - tentei sorrir da forma mais simpática. Recolhi a névoa e fiz um gesto amigável para ela se sentar. Quando abri a boca para falar, um trecho da música Once Upon a December invadiu minha mente. - Things I almost... remember.

Algo realmente estranho estava acontecendo por ali. Mas eu estava feliz por encontrar minha querida filha de Afrodite, pois reconquistá-la não seria fácil, mas valeria o esforço.

obs:
Interação com Emma Mills

Armas levadas:
— Kazir [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

— {Lullaby} / Espada [Mede cerca de 80 cm, com 65 em sua lâmina. É feita de bronze sagrado; bastante afiada. Seu punho é coberto, com uma guarda de mão trabalhada não apenas no sentido decorativo. Tem dois gumes e há uma escrita entalhada na lâmina no fuller dela: "Bom sono". No nível 20, torna-se fones de ouvido, desse que são acolchoados, que não são feitos para serem conectados a eletrônicos, mas para minimizarem o som para dormir; nessa forma, contudo, não afeta poderes sonoros ou coisa assim.] {Bronze sagrado e couro branco} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hipnos]

— {Sand bag} / Bolsa [Bolsa de veludo preta com zíper dourado. Dentro da bolsa uma quantidade ilimitada de areia mágica pode ser encontrada, sendo que mesmo que a areia seja perdida retornará para dentro da bolsa. Esse item é essencial para que o filho de Hipnos consiga usar alguns de seus poderes. Além disso, suporta guardar três objetos de tamanho até, no máximo, 150 cm, sendo que seres vivos não podem ser colocados aqui; o item deve passar pela abertura da bolsa, obviamente, e caso a sacola seja de alguma forma danificada, assim impedindo seu uso, ela retornará aos pertences do semideus, em seu chalé ou seja lá onde for seu lar.] {Couro} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hipnos]

— Noxir [Semelhante ao chicote comum, possui uma longa tira de couro reforçado presa ao cabo, e fibras de bronze sagrado. O chicote mede 3m, mas possui cravos entrelaçados no couro, provocando dano por corte quando acerta o oponente][Bronze sagrado e couro][Sem elemento, sem nível mínimo] [Comprado na Sala de Armas]

— {Spikes} / Escudo [Um escudo circular simples de 70cm de diâmetro feito de cobre nas bordas e alumínio no centro. Possui alguns espinhos em várias partes do metal, que servem como instrumento de ataque. Ele se transforma em um bracelete marrom-acinzentado quando não estiver sendo usado. Quando ativado, o usuário pode lançá-lo, tendo uma chance de acerto de 15% a mais do que teria ao usar um arco comum, por exemplo. Assemelha-se a um broquel.]  {Alumínio e Cobre} {Não controla elementos} {Nível mínimo: 16} [Recebimento: A.O.M.P, forjado por Hiccup H. Haddock.]

— {Bravery} / Dog tag [Aparentemente uma placa normal de identificação do exército, com os dados básicos do semideus. Com uma bênção mágica contínua, abençoa seu utilizador com um bônus de 15% em sua força física e providencia uma resistência de igual nível a poderes e auras que envolvam os atributos medo e pânico.] {Prata} (Nível mínimo: 1.) [Recebimento: "Face Your Fears", treino trimestral para filhos de Selene e Hipnos. Avaliado por Ayla Lennox e atualizado por ~Lady Íris~.]

Poderes usados:
Passivos:
♦ Nível 1

Beleza Hereditária ▬ Hipnos era conhecido por ser um deus belo, seus descendentes adquirem tal característica, sempre serão reconhecidos por sua beleza natural - não é algo tão chamativo quanto os filhos de Afrodite - é uma beleza mais discreta e menos voluptuosa, mas que os distinguem entre as pessoas comuns. Além disso filhos de Hipnos em geral não parecem sofrer com linhas de expressão, marcas de idade, olheiras ou mesmo cabelos armados. Eles sempre parecem em bom estado. Sendo assim, aparentam ser mais jovens e bem cuidados do que provavelmente se cuidam para ser. [Modificado. Descrições adicionadas com base na sugestão de Ariana O"Connor]

♦ Nível 8

Névoa ▬ Por onde passava, Hipnos deixava um rastro de névoa. Seus descendentes têm a mesma característica, ainda que apenas estético. Entretanto poderão anular o efeito deste poder.

♦ Nível 27

Conhecimento sobre Psique – A tortuosa psique humana agora pode ser desvendada, ao menos em uma parte, pelos filhos e filhas de Hipnos, mesmo sem nunca terem a estudado antes. Eles sabem um bocado de psicologia, dando conselhos e identificando vários tipos de problema, além de poder saber alguns comportamentos sociais, contanto que conheça bem a pessoa o suficiente, e com uma margem de erro razoável. Também conhecem a psiquiatria, ajudando magnificamente como podem pessoas com doenças mentais ou algum tipo de problema em sua psique ou memória. Eles não podem, por exemplo, fabricar remédios para doenças mentais, mas se vasculharem em sua mente, para sua surpresa, saberão o nome de vários tipos de remédios necessários e sabem diagnosticar perfeitamente seu paciente. Este poder se deve ao fato de que Hipnos foi o criador da hipnoterapia e da hipnose mental, sendo assim, um deus amante da psique humana e conhecer da mesma, dando parte deste conhecimento natural e hereditariamente aos seus filhos. Caso se tornem Curandeiros, recebem uma bonificação de 20% ao tratar problemas relativos à mente. [Novo][Idealizado por Ariana R. O"Connor]

Ativos:
Nenhum

Chelsea H. Drevoir
avatar
Curandeiros de Asclépio
Mensagens :
320

Localização :
Healing Hills

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Casa d'Italia ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 7 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum