Infiltrado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Infiltrado

Mensagem por Will Stone em Qui 17 Nov 2011, 15:04

Prólogo
A fogueira


Era quase hora do jantar quando saí do chalé 11 e fui para a fogueira com meus irmãos Matt e James usando meu tênis da Coca-Cola, um camiseta branca sob uma jaqueta jeans com as mangas arregaçadas e uma calça jeans branca. Chegamos sob um clima de festa, no qual sátiros interpretavam canções em suas flautas e todos conversavam e se divertiam. Enquanto meus irmãos se distanciaram de mim, indo em direção a um grupo de filhas de Afrodite, escorei-me em uma das mesas, olhando para a atmosfera pacífica do lugar. Fui cumprimentado por um sátiro que passou por mim com um garoto moreno de olhos azuis às suas costas, quem concluí ser um novato, pois olhava para todos os lados como se não acreditasse que aquilo tudo fosse verdade, exatamente como eu e a maioria das pessoas do acampamento em seu primeiro dia.

Andei até a mesa e me servi de um porco, nada como cantinas de escolas, mas um suculento pedaço de bacon que derretia em meu prato. Andei até o grupo com o qual meus irmãos haviam se entrosado: Eram todas, como filhas de Afrodite, muito bonitas e delicadas, com lindos sorrisos e vozes aveludadas, resumindo, tudo com que eu nunca teria coragem de conversar por mais de três segundos. Sendo assim, virei-me para Matt e comecei a falar sobre como o treino da manhã fora cansativo, mas ele não parecia prestar atenção em mim, uma vez que seus olhos miravam na direção de uma garota loira de cabelos encaracolados que vestia uma blusa vermelha de mangas longas e um short jeans. Foi no momento que percebi que olhava para ela tão bobamente quanto Matt o fazia que virei as costas e saí sem falar uma palavra.

Eu tinha a estranha mania (ou dom, não sei como chamar) de atentar-me à conversa dos outros com muita facilidade, então acabava ouvindo mais do que devia e, quando as pessoas percebiam que o estava fazendo, deparavam-se com um garoto de cabelo muito loiro, quase branco, inclinando-se com o ouvido praticamente em suas bocas e fazendo cara de interessado. Eu tentava honestamente parar de fazer isto, mas as pessoas pareciam sempre estar falando sobre algo interessante. Foi numa dessas que ouvi sobre um garoto ter chegado ao acampamento com um chifre de minotauro na noite passada. Inclinei-me um pouco para ouvir mais atentamente, e foi quando, das chamas da fogueira, surgiu um demônio alado gritando por um nome:

- Percy Jackson!

Meus deuses! Era Hades, falando das profundezas do tártaro diretamente com todos os campistas para que alguém viesse a ele. Pensei: ''eu realmente não queria estar na pele desse tal de Per...'', parei de súbito para olhar que o garoto moreno de olhos azuis que seguia o sátiro andava até o centro do lugar, onde estava a figura. Não conseguia compreender a conversa, pois minha mente já havia se perdido em medo, mas ouvia urros aleatórios do demônio enquanto o garoto o olhava sem tremer, parecia que já havia visto Hades antes, mas como? Era um novato! Não devia ter noção da gravidade do problema. O deus materializou uma figura em sua mão, com fogo, e o menino avançou, como se fosse abraçar as chamas. A figura se desfez e, alguns instantes depois, a criatura desapareceu das chamas, fazendo com que a fogueira voltasse a queimar normalmente.
Will Stone
Will Stone
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
75

Localização :
Em algum lugar entre Nárnia e a Terra do Nunca

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::