Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

§ Smiths & Smiths

Página 6 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

§ Smiths & Smiths

Mensagem por Aldebaran Smiths em Qua 28 Dez 2011, 23:35

Relembrando a primeira mensagem :



SMITHS & SMITHS

A forja Smiths & Smiths está localizada no final de um longo corredor de forjas, é um cubico quente e abafado, não há uma boa ventilação, porém isso não incomodava Aldebaran Smiths, responsável pelo local. Não há muito conforto ali dentro, mas quem precisa de conforto quando se trabalha com os mais variados metais e com altas temperaturas? O cliente só precisava chegar e fazer seu pedido, sem enrolações, sem fichas ou coisas do gênero afinal, do jeito que Aldebaran é, provavelmente os papéis vivariam alimento para o fogo. Um bigorna ficava no centro do local e, ao seu redor, prateleiras cheias de metais e um grande forno artesanal, onde o metal era esquentado e, algumas vezes, derretido. Moldes estavam espalhados pelas mesas e sons de marretadas era o que não faltava.

Alguns tópicos:

Faça seu pedido em forma de post. Não economize na descrição do que deseja, quanto mais detalhes, melhor. Não se esqueça, também de nomear seu arsenal, além de dizer o material que devo utilizar.
Não esquecer, também, que não sou o próprio deus da forja e que tenho minhas limitações.
Faço seja um pedido de urgência, favor mandar uma MP, além de postar aqui, obviamente.
Cancelamentos de pedidos devem ser feitos, primeiramente, via MP e só serão aceitos caso eu ainda não tenha iniciado o post.
Quando fizer o pedido, lembre-se de voltar para confirmar o preço, caso contrário não poderei forjar sua arma e você estará esperando algo que nunca chegará.
Possível envenenar arma, adicionar sonífero ou paralisante (em níveis baixos: lerdeza).
Possível adicionar tributo de fogo, gelo e eletricidade.
Posso deixar seus itens semi-indestrutíveis.
Também posso afiá-los, deixando-os capaz de cortar qualquer coisa.
Tenho capacidade, também, de transformar seu item num acessório.
Metais disponíveis, além da madeira: Alumínio, Aço, Bronze, Bronze Sagrado, Ferro, Magnésio, Ouro, Prata e Titânio - capacidade de deixá-los Sagrados. Também conto com tintas e pedras preciosas.
Seu pedido pode demorar um pouco, afinal, prezo o bom post, com detalhamento. Portanto, não tenha pressa.
Toda arma, escudo ou qualquer outro item criado nessa forja, levará uma marca de identificação: §
Aldebaran Smiths
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
173

Localização :
Chalé nº 9 ou então Forja Smiths&Smiths, no final da rua.

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Christopher Mason em Dom 13 Maio 2012, 15:16

Vários clientes chegavam. Logo Aldebaran atendia a todos, e chegara minha vez . Fui o segundo .
-Posso te fazer por noventa dracmas.- Respondeu ele.
-Certo.Eu pego a arma agora , ou ela fica pronta só depois ?
Assim que falei isso, peguei em meu bolso, todos meus dracmas e separei noventa. Coloquei na mesa e esperei Smiths responder.

Christopher Mason
avatar
Filhos de Ares
Mensagens :
1118

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Aldebaran Smiths em Dom 13 Maio 2012, 15:41

Apanhei a lâmina e a adaga de Ravyn e entrei na forja sendo acompanhado por ele. Iniciei meu trabalho meio que ignorando o garoto, mas não tinha culpa eu precisava me concentrar no que fazia e não podia me dar o luxo de me preocupar com a presença dele. Coloquei a adaga e a lâmina na fornalha, esperando o metal ficar levemente avermelhado para retirá-los do calor e, como martelo, fundi-los em uma só arma. À medida que meu martelo encontrava os metais, eles iam ficando cada vez mais “próximos”, mais íntimos, como um casal que se une em um só e compartilham suas características entre si.

Pouco a pouco pude perceber a lâmina da adaga começava a emitir um brilho azulado e logo não se distinguia mais o que era realmente da adaga e o que era a lâmina. As armas estavam fundidas completamente. Dei uns retoques finais, afiei um pouco mais a lâmina e gravei o típico § num lugar que ninguém percebesse e a resfriei, para que Ravyn não corresse risco de pegar num metal quente. Quando terminei todos esses processos, entreguei a arma à Ravyn.

Código:
Atualizações:
Acrescentar 30 dracmas à minha conta e retirar a mesma quantidade da conta de Ravyn;
Atualizar adaga lunar e retirar lâmina de Ravyn:
+ Adaga Lunar Azul (Emite um brilho azulado que se intensifica durante a noite, aumenta a agilidade dos ataques, tornando quase impossível de se errar um golpe, sua lâmina também apresenta envenenamento que além de retirar vida do adversário, o deixa cada vez mais lento. 04 de vida e energia por turno e diminuição de 50% do movimento.) {§}

Sai juntamente de Ravyn da minha forja e me deparei com um novo cliente. Ele queria um escudo que se transformasse em anel. Já tinha um preço quase pronto para esse tipo de item, então foi fácil dizer-lhe um valor. - 75 dracmas pelo seu escudo.




☤Atualizados☤
Aldebaran Smiths
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
173

Localização :
Chalé nº 9 ou então Forja Smiths&Smiths, no final da rua.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Dean Sparks em Dom 13 Maio 2012, 17:53

Aldebaran me disse que custaria 75 Dracmas. Coloquei as mãos nos bolsos.

- Ótimo então. Ficarei aqui do lado de fora da forja esperando ok?

Peguei 75 Dracmas e entreguei a ele.

- Eu tenho todo o tempo do mundo portanto não se preocupe com isso!

Me encostei na parede da casa esperando.
Dean Sparks
avatar
Filhos de Tânatos
Mensagens :
11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Aquarious em Dom 13 Maio 2012, 20:44

Ele avia me respondido, o preço, eu não tinha, mas então fiquei com a espada e logo falei:
-Quanto custa para trasformala em um anel azul, em formato de coração?
Aquarious
avatar
Espíritos da Água
Mensagens :
104

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Ninha Fabbris em Dom 13 Maio 2012, 23:11

havia recebido uma carta pequena de Ald, algo que eu esperava a tempos, então, entrei na forja sorridente, parecendo uma criança de cinco anos que havia ganho um doce, olhei para ele.
- Não sei se lembra direitinho do pedido, então irei fazer a ficha novamente, ok? - sorri para ele, pegando um papel e uma caneta.

ficha 1:
Nome do Equipamento: Echinoidea
- Modificação: Quando não for usado, fica em forma uma pulseira com várias gotinhas de cristal.
- Tipo de Arma/Equipamento/Item: Pulseira-escudo


ficha 2:

Nome do Equipamento: Tsunami
-Modificação: fazer com que ela, quando não utilizada vire um duplo, em formato de hipocampo.
- - Tipo de Arma/Equipamento/Item: Anel-espada

ficha 3:
Nome: yin yang
modificação: "pode se transformar em um colar em forma de asas".
- Tipo de Arma/Equipamento/Item: colar-arco

Sorri para ele, esperando que o pedido fosse feito.
Ninha Fabbris
avatar
Filhos de Poseidon
Mensagens :
670

Localização :
Por aí no acampamento (:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Theon Greyjoy em Seg 14 Maio 2012, 10:57

Eu precisava modificar um pouco minha espada, então logo resolvi vir à forja de Aldebaran, um amigo e companheiro justiceiro. Entrei no local e despejei a espada no balcão, chamando o ferreiro logo depois.

- Oi, Aldebaran. Eu queria que você somente pintasse a espada. Acha que consegue fazer? - falei, brincando. - Então, eu queria que você deixasse o cabo na cor preta, e a lâmina na cor branca. Como você pode ver, cada lado da lâmina é pintada de uma cor. Para lembrar isso, eu queria que você pintasse um circulo da respectiva cor em cada lado da espada, no começo da lâmina. Acho que você entendeu. Não?




Código:
 ♦ Dancing Flames [Uma réplica da espada de sua mestra, Nêmesis. Metade de sua lâmina é azul, a outra é vermelha. Caso atinja o adversário com o lado vermelho, este sentirá fortes dores, quase insuportáveis, no local atingido por três turnos. Caso atinja com o azul, o local atingido fica inutilizado por três turnos, podendo ser utilizado apenas no fim desse tempo]

Para:

 ♦ Valiance [Uma réplica da espada de sua mestra, Nêmesis, só que em outras cores. O cabo é negro e a lâmina branca. No começo da lâmina da espada, existem dois circulos pintados, um de cada lado da espada. Um é vermelho, e o outro é azul. Caso atinja o adversário com o lado vermelho, este sentirá fortes dores, quase insuportáveis, no local atingido por três turnos. Caso atinja com o azul, o local atingido fica inutilizado por três turnos, podendo ser utilizado apenas no fim desse tempo. A espada mede um metro e dez, noventa centímetros de lâmina e vinte centímetros de cabo]

# Sim, eu também vou mudar o nome da espada. '-'
# Eu coloquei umas especificações a mais na espada, só para deixar mais preciso.

Exemplo:
Theon Greyjoy
avatar
Filhos de Phobos
Mensagens :
299

Localização :
NY - Long Island

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Luiz Angeloi em Seg 14 Maio 2012, 21:17

Entro na forja § Smiths & Smiths e logo sinto o clima quente do local.
Caminho direto ao balcão, onde vejo um rapaz de aparência mais velha, um claro filho de Hefesto, que ao que parece deve ser o dono da forja.
- Olá, você deve ser o Aldebaran, certo? Ouvi muito falar de você! Prazer, eu sou o Luiz! - Falo me apresentando para o rapaz, afinal educação nunca faltou na minha família.
- Bem , olha só, vim lhe propor um trabalho, eu diria, um pouco exigente, mas espero que você seja camarada e não me cobre nenhuma fortuna, pois sou novo aqui e não tenho muitas dracmas de ouro... - avisei, depois comecei a descrever o que eu queria.

- É uma espada que na verdade é um colar. O colar é prateado (se você não puder forjar com prata, ou for ficar muito caro, pode simplesmente pintar de prata) com um pingente de coruja, que quando pressionado, solta do pescoço e transforma-se numa espada. A espada , com a lâmina de aproximadamente 70 cm, feita em Bronze Sagrado. Ela tem o nome de πολεμιστής escrito na lâmina. Ah, mas se você não puder fazer o colar que torna-se espada, eu quero só a espada mesmo.
Enfim terminei de explicar exatamente o que queia, então fiz a pergunta da qual temia a resposta.
- Éh, será que você pode fazer, se sim quanto ficaria?
Luiz Angeloi
avatar
Filhos de Athena
Mensagens :
60

Localização :
Acampamento Meio Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Erick Baldocchi em Seg 14 Maio 2012, 22:54

Adeus Dracmas...


Havia acordado com um sobressalto da cama. Tinha me lembrado de que o aniversário das minhas amigas havia passado; tinha que mandar forjar os seus itens. Corro até às Forjas e vejo uma que estava a todo vapor. Literalmente.

Adentro o recinto e sinto e reparo que tinha muitos semideuses no local. Ótimo, bem frequentada, sinal que o serviço deve ser bom e rápido. Era disso que eu necessitava no momento.

Chego ao balcão e vejo o filho de Hefesto olhando na minha direção.

Bom, por quanto fica estes pedidos?Passei-lhe o bilhete com os pedidos e aguardei uma resposta.


PEDIDO 1:
Nome: Dangerous Magic

Tipo de arma: Martelo Duplo

Material: Bronze Sagrado e Bronze.

Descrição: Martelo duplo feito de Bronze Sagrado e Bronze, sendo assim, podendo ferir monstros e humanos. Altamente leve, afiada e equilibrada. No cabo tem escrito : " Feliz Aniversário Mika, do seu gêmeo: Erick".

PEDIDO 2:
Nome: Just Death

Tipo de arma: Espada.

Material: Bronze Sagrado

Descrição: Espada de Bronze Sagrado altamente afiada, equilibrada e leve. No seu cabo tem escrito: " Feliz Aniversário minha marrenta!"
.

E então, por quanto fica ambos os pedidos?

OBS:
Adicionar o Martelo Duplo na conta de Mikaela Williams e a Espada na conta de Jenn Curtis, ambos como presente de aniversário.
Erick Baldocchi
avatar
Filhos de Tânatos
Mensagens :
175

Localização :
Por que o interesse? .-.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Janiel R. em Seg 14 Maio 2012, 23:08

Estava no chalé e pensei nas minhas armas favoritas que chão Arco e Flecha então fui na forja mais proxima e falei:

-Aldebaran,pode me fazer um arco de uma madeira muito boa e 10 flechas de bronze celestial
Janiel R.
avatar
Indefinido
Mensagens :
13

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Aldebaran Smiths em Ter 15 Maio 2012, 00:06

Minha forja estava lotada de clientes, não paravam de entrar e entrar e entrar, não sabia onde cabia tanta gente num espaço tão apertado. Também me perguntava se conseguiria dar conta de tantos pedidos, era jogar na sorte para ver.

A náiade continuava dentro da forja, tentando arrumar um item para si. - Com o anel acrescento trinta dracmas de ouro. Não esperei sua resposta e parti para a fila de campistas que ainda aguardavam.

Ninha, a filha de um dos três grandes havia retornado, procurando transformar seus itens em objeto. - Para transformá-los, ficará por 120 dracmas de ouro. Próximo freguês.

Agora um companheiro justiceiro aguardava, com sua já conhecida espada em mãos. Minha forja estava tornando-se a forja oficial da justiça e isso não me incomodava nem um pouco. Ele queria apenas pintar a espada. - Para pintar? 40 dracmas. Não pude dar tratamento VIP para Theon, tendo de partir imediatamente para o próximo da fila.

O garoto parecia novato, jamais o tinha visto no acampamento. - Com todas as suas características ficará por 100 dracmas.

Analisei o próximo pedido atentamente. - O martelo sairá por 30 dracmas e a espada, 50 dracmas.

Um garotinho entrou na forja, pelo visto era meu ultimo cliente e sorri aliviado ao constatar isso. - Seu arco sairá por 35 dracmas e as flechas, bem, que tal 100 flechas por 50 dracmas? Acho que acaba sendo mais vantajoso do que apenas 10 flechas.





Aldebaran Smiths
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
173

Localização :
Chalé nº 9 ou então Forja Smiths&Smiths, no final da rua.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Theon Greyjoy em Ter 15 Maio 2012, 10:22

- Para pintar? 40 dracmas. - disse Aldebaran depois de ouvir meu pedido. Eu assenti com a cabeça e peguei um saquinho de dracmas que estava no meu bolso. Despejei no balcão e contei. Tinha cinquenta dracmas, daí tirei dez e pronto.

- Vou ficar esperando aqui - falei. - A sua forja está dando bastante lucro, em? Parece a Broadway no Ano Novo. - brinquei.
Theon Greyjoy
avatar
Filhos de Phobos
Mensagens :
299

Localização :
NY - Long Island

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Janiel R. em Ter 15 Maio 2012, 10:28

Fui nas forjas denovo para ver se meu pedido já avia sido feito.Vi que o dono da forjá me fez um bom preço
-Obrigado,vou acheitar a oferta,arco 35 dracmas e flechas 50 dracmas.
o dono da loja sorriu e eu lhe entreguei os dracmas e e ele me entregou o meu pedido eu fiquei contente porque minnha arma favorita estava em minhas mãos e corri para a area de treino
Janiel R.
avatar
Indefinido
Mensagens :
13

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Erick Baldocchi em Ter 15 Maio 2012, 12:29

Após atender alguns clientes que estavam na minha frente, finalmente chegara a minha vez.

O martelo sairá por 30 dracmas e a espada, 50 dracmas. disse o garoto atentamente.

Não iria ficar tomando o tempo da prole de Hefesto pedindo descontos.


Está ótimo, pode forjar ambos.respondi entusiasmadoEstarei esperando...

Então, me espremi em um banco que estava do lado do balcão, esperando os meus pedidos.


OBS!:
Não é um martelo duplo e sim um machado duplo. Deculpem-me pelo erro, espero que não ocorra nenhum mal entendido por isso.
Erick Baldocchi
avatar
Filhos de Tânatos
Mensagens :
175

Localização :
Por que o interesse? .-.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Lincy R. Ghywood em Ter 15 Maio 2012, 17:22


O Chalé de Phobos era vazio, só tinha eu e alguns meios irmãos que quase nem saiam do chalé, matavam treino, como outros campistas, eu sou uma dessas.Treinar é uma coisa que não desejo para ninguém, matar monstros não é minha praia. Eu precisava de uma arma, mesmo não treinando eu necessitava de uma. Sai do chalé indo em direção a uma forja com os dracmas em meu bolso. Aquele local não era bom, o fogo fazia eu ficar desconfortável, e aquele ar fazia eu passar mal.

Entrei em uma das forjas, era a que tinha mais movimentação. As armas que o ferreiro fazia pareciam ser boas o suficiente para mim. Comecei a suar com o calor infernal que fazia dentro daquela forja pequena, ainda mais com todos aqueles campistas. Esperei alguns minutos e preenchi uma ficha, após acabar de preencher a entreguei para o ferreiro.

- E então? Quanto custará essa espada? - Disse fitando meu olhar no filho de Hefesto.

Pedido:


× Nome: Sword of Drowsiness
× Material: Bronze Sagrado
× Tipo de Arma: Espada
× Descrição: Uma espada curta, um pouco afiada. Ela tem um veneno na lâmina que se fazer um corte no inimigo fica sonolento por um tempo, quando se faz vários cortes com a espada no oponente ele dormirá por uns 10 minutos no maximo.


Vestindo × Música: Owl City - Fireflies × Local: Foja § Smiths & Smiths × Interagindo com: Aldebaran Smiths
Lincy R. Ghywood
avatar
Indefinido
Mensagens :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Claire de Lune em Ter 15 Maio 2012, 17:29

*Estava escorada em minha árvore pensativa sobre os perigos da floresta e tudo que passei*

[PENSANDO] Não posso treinar apenas meus movimentos, minhas armas tem que fazer jus. Mas como?

*Mais tarde estava colhendo morangos para um jantar quando ouvi uns meio sangue conversando sobre a capacidade dos filhos de Hefesto em moldar armas fortes e sobre tais vendas/forjas.*

_Onde fica isso? ~Disse assustando os garotos que não me viram pelo tom verde da minha pele em contraste a floresta.

_ Vá na SMITHS & SMITHS e procure por Aldebaran, ele te ajudará com certeza. ~Disse me olhando de uma forma galante, já logo percebi as "más" intensões do campista.

*Saí o mais rápida possível e antes de ir para meu novo destino, certa que seria minha melhor escolha, parei em minha árvore e me arrumei.

_Bom não sei o que me espera lá, então irei fazendo jus ao que sou.

*Coloquei minha manta da rainha e fiz um coque no cabelo para modelasse certinho com minha coroa, além do que, com os cabelos presos, meus brincos de rubis chamariam mais a atenção. Estava pronta para o que viesse ser essa tão grandiosa forja dos semideuses, lugar onde as armas ficariam mais poderosas.*

= // =

*Sabe o que é você se sentir frustada por dar maior importância para algo que na verdade não tem? Tipo você engrandecer algo e na hora da surpresa, ver que não era "AQUILO". Pois é, num corredor estranho cheio de portas estava la a sala, não ousaria chamar de forja, que eu procurava, simples quente demais para uma árvore e abafado para qualquer outra pessoa que não fosse o dono. Cheguei a porta.*

_ Com licença, é aqui que encontro Aldebaran? ~Toquei delicada a porta.

* Se não fosse teimosa quanto a minha intensão teria dado lugar ao meu desejo de sair dali correndo, odiava calor e lugares abafados. Fui atendida por um homem bonito, alto e ham, deixa. Pedi um papel para anotar meu pedido pois era muito grande.*

_ Semideus se você não conseguir o que eu quero, não sei mais a quem recorrer. A floresta não é um lugar muito pacifico. ~ Sorri demonstrando a todos na loja meu sorriso de serrinha e ao mesmo tempo sedutor.

* Com uma caligrafia impecável, digna da realeza descrevi minhas intensões.*


Quero uma adaga com o cabo rosa pink reluzente forjada em bronze sagrado com o seu veneno mais forte, o mais forte! , não importa o preço.

Nesse veneno quero as seguintes substancias químicas:

- Alucinógenos;
- Soníferos;
- Paralisantes;
- Corrosivo;

Quero que seu nome esteja cravado no meio da lâmina: Deadly Kiss of the Princess

Também quero aumentar o poder destrutivo do meu chicote de espinhos

- Na ponta do chicote quero três pesos de bronze sagrado moldado com espinhos por toda extensão da esfera ( quero aumentar a perfuração e potencia da chicotada)
- Em cada espinho quero prata ou bronze sagrado ( o que tiver mais dano cortante)
- Quero dois efeitos: Nos espinhos urtigante forte. E nas pontas paralisante.
- No cabo quero um mecanismo automático que toda vez que eu prender algo ou alguém com o chicote ( enforcamento) ele dê descargas elétricas FORTES.
- Quero o cabo rosa pink reluzente e cravado o mesmo nome da adaga.



*Passei o papel para o semideus receosa se não era coisa demais, quanto aos dracmas estava segura, refletia era se ele conseguiria.

Claire de Lune
avatar
Indefinido
Mensagens :
70

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Claire de Lune em Ter 15 Maio 2012, 17:35

_Quero oferecer como desconto minhas duas armas: Faca de bronze e Nunchaku
Claire de Lune
avatar
Indefinido
Mensagens :
70

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Aquarious em Ter 15 Maio 2012, 18:38

Bem... logo pensei me virei e peguei do meu bolso os dracmas, os contei, não iria quase sobrar, o garoto entre os campistas pensando, estava escorado no balcão, fui ate ele e falei:
-Bem... Pode fazer um desconto? Se pode fabrique a rama, se não fabrique da mesma forma
Aquarious
avatar
Espíritos da Água
Mensagens :
104

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Luiz Angeloi em Ter 15 Maio 2012, 20:21

- Com todas as suas características ficará por 100 dracmas. - foi o que me disse Aldebaran em relação eo meu pedido. Logo em seguida, ele foi atender o próximo cliente, a forja estava lotada naquele momento.
Assim que ele teve um tempinho, procurei-o e disse:
- Tudo bem, é todo o dinheiro que tenho no momento, mas creio que irá valer a pena, não é? Se puder fazer um pequeno desconto, eu agradeceria muito, mas se não, pode forjá-la da mesma maneira, - havia ouvido a náiade falar algo assim para Aldebaran. - estou até agora sem uma espada.
- Volto mais tarde para ver o trabalho, daí já trago o dinheiro, ok? Muito obrigado!
Sai da forja já imaginando que, pela quantidade de pessoas que haviam ali, o trabalho deveria levar algumas horas, ou muitas horas, então fui para o estábulo, ouvi dizer que ajudando a limpá-lo poderia-se ganhar dracmas de ouro, e eu vou precisar de muitas.
Luiz Angeloi
avatar
Filhos de Athena
Mensagens :
60

Localização :
Acampamento Meio Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Tiago Alecssander em Ter 15 Maio 2012, 23:15

Após várias desventuras no bosque com uma dríade, uma campista abobalhada e uma possível irmã, fui aconselhado por Claire a ficar mais forte antes que eu pudesse ficar frente a frente com meu pai. Antes de mais nada, eu precisava conhecer melhor e me especializar nas armas que estavam sob meu domínio, foi difícil me acostumar com o pingente que perigosamente se transformava em uma foice nada comum que me fazia suar frio para poder manuzea-la, tive um treinamento bastante intensivo para pegar a prática e não acabar decepando minha própria cabeça, com o passar dos dias, minha perícia com a foice foi só aumentando, já fazia movimentos que antes pareciam impossíveis. Fui alertado também dos poderes místicos do anel e da "foice da morte", talvez eu devesse ter levado a serio aquelas informações do meu mestre, mas ainda era cedo pra pensar nisso, eu precisava de armas mais poderosas, pelo que tive conhecimento, os campistas mais fortes, tinham um arsenal bastante vasto e cheio de artefatos poderosos, era esse o caminho.
Juntei todos os dracmas que eu tinha e fui até uma das forjas mais sombrias e afastadas do acampamento, era pra eu falar com um tal de Aldebaran, não poupei coragem em manter-me firme na hora de fazer o pedido, não tinha muito dinheiro, mas sabia exatamente o que eu queria.

- Preciso que faça uma foice bastante específica para mim... na verdade é uma de ponta dupla, o metal tem que ser de bronze sagrado, cada uma ligada por um cabo de ouro negro e que se transforme em um colar de prata para facilitar o transporte, você seria capaz de fazer algo assim?

Esboço da foice:

Não perdi em nenhum momento o contato visual com Aldebaran, era estranho eu falar com tanta firmeza em relação à minha arma, já que há pouco tempo eu nem sabia nem exatamente como funcionava as coisas por aqui, mas meus outros irmãos me ajudaram bastante em relação a isso, o instinto assassino deles era visível, talvez queriam que eu obtivesse uma arma dessas apenas para causar minha auto-destruição, porém se eu não for capaz de manejar a arma mais poderosa, nunca poderei encarar meu pai de igual para igual, meu desejo por respostas superava meu medo, coloquei o saquinho com os dracmas em cima de uma mesa e disse novamente.

- Crave no meio da base de ouro negro o nome: Sickle of Destruction. Quanto vai me sair?

Tiago Alecssander
avatar
Filhos de Tânatos
Mensagens :
24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Claire de Lune em Qua 16 Maio 2012, 00:43


Nova versão da carta que eu enviei acima ( contar a história passada no primeiro post, e essa carta como anexo)

Quero uma adaga com o cabo rosa pink reluzente forjada em bronze sagrado com o seu veneno mais forte, o mais forte! , não importa o preço.

Nesse veneno quero as seguintes substancias químicas, se precisar cobre o dobro desses atributos para que fiquem o dobro mais forte:

- Soníferos forte;
- Paralisantes forte;
- Corrosivo forte;
- Eletricidade forte; - não importa o preço.

Quero o nome esteja cravado no meio da lâmina em dourado em alto relevo: Deadly Kiss of the Princess

Também quero aumentar o poder destrutivo do meu chicote de espinhos

- Na ponta do chicote quero três pesos de bronze sagrado moldado com espinhos por toda extensão da esfera ( quero aumentar a perfuração e potencia da chicotada)
- Em cada espinho quero prata ou bronze sagrado ( o que tiver mais dano cortante)
- Quero dois efeitos: Nos espinhos veneno e sonífero forte. E nas pontas paralisante.
- No cabo quero um mecanismo automático que toda vez que eu prender algo ou alguém com o chicote ( enforcamento) ele dê descargas elétricas FORTES.
- Quero o cabo rosa pink reluzente e cravado o mesmo nome da adaga.

Não esquecer de usar as duas armas postadas acima para reduzir o preço!!!
Claire de Lune
avatar
Indefinido
Mensagens :
70

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Aldebaran Smiths em Sex 18 Maio 2012, 01:58

Estava parado em minha forja quando recebi a visita da garota, que parecia ser filha de algum deus guerreiro. - Sua espada pode ser feita por 80 dracmas. Enquanto esperava sua resposta uma presença formidável tomou conta de minha forja. Era uma garota jovem, seu perfume de flores preencheu todo o espaço e a atenção voltou-se apenas para aquela garota. Quando foi se aproximando pude perceber o tom esverdeado de sua pele - uma dríade - uma coroa prendendo seus cabelos em cachos e os brincos a mostra. Ela não disse nada, apenas pegou um papel e anotou seu pedido numa caligrafia digna de princesa. - Er... A concentração escapava-me, mas tinha que manter o foco na forja. - 45 dracmas. Disse o primeiro valor que me veio à cabeça, depois percebendo que era barato demais, mas, por algum motivo, não me importava.

O semideus seguinte foi bem menos atraente que a driade e pedia por uma nova foice. Bem, levando em consideração o que pedia e que a driade não estava mais me roubando o bom senso, pude lhe informar o preço. -80 dracmas. Enquanto os clientes não respondiam, fiquei organizando a bancada, evitando ao maximo olhar para a dríade.

Código:
OBSERVAÇÃO: Claire só teve esse tremendo desconto devio a algumas ajudas OFF que ela vem me prestado. Obrigado pela colaboração.


Aldebaran Smiths
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
173

Localização :
Chalé nº 9 ou então Forja Smiths&Smiths, no final da rua.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Claire de Lune em Sex 18 Maio 2012, 02:11

* Sentia o desconforto do forjador enquanto escrevia e sorri. Sorri radiante mais uma vez quando recebi a proposta tão barata.*

_ Aceito! ~Disse olhando-o nos olhos.

"Peguei em sua mão de leve e sorri ao sentir um "choque" com o contado.*

_Vou esperar aqui o resultado.

* Ali comecei a perceber o forjador, seu físico era tão grande, claro que devido ao trabalho pesado, mesmo assim atraente. Seu rosto não fazia muito jus aquele corpo rustico, era um rosto lindo. *

_Então, meu nome é Claire, sou uma princesa dríade da reserva. Obrigada por estar fazendo isso por mim. Esta me ajudando muito.





Claire de Lune
avatar
Indefinido
Mensagens :
70

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Aldebaran Smiths em Sex 18 Maio 2012, 02:49

Muitos pedidos me aguardavam – pedidos até demais – e sabia que iria ficar muito tempo dentro de minha forja, horas seriam gastas quem sabe até mesmo dias. Eu ainda não entendia ao certo porque seria de empregado para esses campistas, eles não tinham papais e mamães que poderiam mimá-los? Ou seus progenitores eram tão egoístas e mesquinhos que ignoravam os filhos em prol do seu próprio “bem-estar”? Fato era que eu amava o que fazia criar armas e mexer com os metais era uma tarefa apaixonante e, de algum modo, esses campistas me pagavam bem pelos meus serviços. Enquanto o dracma entrasse, eu continuaria. Depois de confirmar todos os pedidos, reservei-me em meu cubículo que servia como um refúgio, o mundo lá fora era apenas uma ilusão.

§

O primeiro pedido era de uma adaga, segundo o cliente, muito especial porque seria dada de presente. Anotei o nome da felizarda e as características gerais da arma que eu forjaria e entrei na forja, separando os materiais. Eu iria precisar de uma barra de ouro e outra de prata, além do molde de adaga e da tintura. Meu material de forja, digo o martelo, buril e os outros mais utilizados, estavam sendo ao alcance, no lugar onde deveriam estar. O primeiro passo era colocar cada barra em um recipiente diferente e colocar tudo isso dentro da fornalha, para que o metal derreta e possa ser “moldado”.

Depois de algum tempo no fogo, o metal está bom para dar forma à arma. Peguei o molde já separado e despejei o líquido primeiramente no cabo. O ouro concentrou-se no lugar desejado e parte desse sucesso deu-se devido a minha habilidade de influenciar o metal, de controla-lo. Desse modo não precisava me preocupar se o metal iria ou não “vazar”, no caso para a lâmina. Não perdi tempo e já despejei a prata no lugar que daria corte, ou seja, na área reservada para a lâmina e, ainda usando meu poder, impedi os metais de se unirem.

Não perdi tempo e levei o molde para um grande tonel que deixava atrás da forja, reservado, que servia para resfriar o metal e torna-lo sólido novamente. Quando isso aconteceu e eu tinha em mãos o que se tornaria uma adaga, fui até a bigorna, onde o trabalho realmente aconteceria.

Com o martelo em mãos, comecei a dar uma forma mais “digna” para a adaga, afinando sua ponta e deixando a lâmina mais fina. O cabo não precisava ser tão trabalhado, não exigia detalhes, mas meus olhos treinados não deixavam que imperfeições passassem despercebidas. Vira e mexe voltava para acertar uma ou outra batida que, para mim, fazia toda a diferença no resultado final.

Logo estava com o buril gravando o nome dado à arma. Dangereuse Séduction – um nome meio... Sugestivo. E, no cabo, o pequeno § característico. Faltava apenas pintar a lâmina e lustrar o ouro. Com pequenas e detalhadas pinceladas cobri a prata com uma cor rosada e, esperando secar, comecei a passar o pano que usava para dar brilhos às coisas. A lâmina não fazia nada menos que refletir meu rosto.

Agora que tinha acabado o pedido, poderia chamar um sátiro e pedir para que ele entregasse o presente à sua verdadeira dona; e o dia continuaria para mim, afinal, havia apenas acabado o primeiro de muitos pedidos do dia.

Código:
Acrescentar no meu arsenal:
+ 90 dracmas
Retirar em meu arsenal:
- Ouro x1
- Prata x1
- Tintura x1

Acrescentar no Arsenal de Luna W. Cerridwer
+ Dangereuse Séduction (Adaga de lâmina forjada em prata pintada com a cor rosa. Seu cabo é em ouro brilhante. Há paralisante na arma). – Presente de Christopher Manson {§}
Retirar do Arsenal de Christopher Mason
- 90 dracmas

§

Escudos eram os mais chatos itens a serem forjados, pois eles exigiam muitas técnicas e marteladas e vai por mim, isso sempre dava fortes dores no ombro no final. Mas pedido era pedido e eu deveria oferecer o melhor escudo que ele já recebera em toda a vida. Separei uma barra de prata e novamente derreti o material na fornalha. Logo ele estava pronto para ir para a forma.

Redondo, “simples” e com uma caveira no centro. Acho que poderia fazê-lo. Resfriei o metal e tive como resultado uma chapa redonda de prata, que logo estava na bigorna, pronta para submeter-se ao meu martelo.

Martelava sem parar, deixado a chapa fina e de fácil “acesso”, ninguém iria gostar de um escudo que fosse extremamente pesado e que só atrapalhasse na hora do combate. Quando a espessura ficou boa o suficiente, descansei o martelo e apanhei o buril, para poder desenhar a caveira. De traço a traço, ligando as linhas e dando forma ao desenho, era assim que eu trabalhava. A pressa é a única inimiga da perfeição e se com tanta calma minhas peças não eram perfeitas, imagina se as fizesse com rapidez. Logo o desenho estava terminado e, nas “costas” do escudo, o pequeno § descansava.

Ele me pedira um anel, mas não tinha muita certeza de como transformar o escudo num objeto tão pequeno. De repente, sem mais nem menos, minhas mãos começaram a brilhar num tom amarronzado – logo entendi o que deveria fazer, pelo menos achava que tinha entendido. Peguei o metal com as mãos ainda brilhando e comecei a “dobrar” o escudo, que se submetia a minha vontade. Parecia que eu estava dobrando um papel comum e não uma chapa de prata, aos poucos ela foi tomando a forma desejada pelo garoto, um anel e, transmutando-se entre o papel e a massa de modelar pude contemplar todos os itens de seu pedido. O anel com coveira estava substituindo o escudo em minha mão.

Teria dado certo? Tomei a liberdade de testar o novo item e coloquei o anel em meu dedo – minha mão tinha se “apagado” – e, quando acionado, o anel transformou-se num escudo prateado. Eu fiquei um tanto assustado com a transformação, mas a nova habilidade me agradava. Era mais um amplo leque de itens que se abria para meu martelo. Retirei o anel e o deixei descansando no bolso para poder entregar para o garoto.

Código:
Acrescentar 75 dracmas ao meu arsenal e retirar a mesma quantia de Dean Sparks
Retirar prata x1 do meu arsenal.
Acrescentar no arsenal de Dean Sparks:
+ θάνατος (Death) (Escudo redondo forjado em prata com uma caveira ornamentando seu centro. Transforma-se em anel com pingente de caveira.) {§}

§

Agora que tinha minha nova habilidade ”domada”, podia satisfazer os desejos de Ninha. Com os itens já conhecidos por mim em cima da bigorna, relaxei na esperança de que minhas mãos voltassem a brilhar. Nada aconteceu e a frustação e decepção me encontraram. Os itens estavam em minha frente, eu já os conhecia porque eu mesmo tinha forjado cada um deles. O arco, a espada e o escudo. Material completo. Eu precisava transformá-los. Com esse meu pensamento as mãos corresponderam, tornando a brilhar. Não perdi um segundo sequer e agarrei o arco em minha frente.

A textura estava como o escudo anterior, assemelhando-se ao papel e à massa de modelar, numa transição entre os aspectos. Rapidamente o arco transformou-se no colar com forma de asas, a rapidez, quem sabe se dera ao fato do arco já ser quase como um círculo. A espada, transformada num anel duplo em formato de um pequeno e delicado hipocampo deitado nos dois dedos que abrigarão o acessório. Faltava-me apenas o escudo da garota e, com muito cuidado devido aos espinhos que ele portava, moldei-o em formato de pulseira. Aproveitei seus espinhos para criar as gotinhas de cristal que detalhariam a pulseira.

Felizmente estava conseguindo cumprir com os objetivos e pedidos de meus clientes. Pessoalmente me sentia satisfeito e orgulhoso do trabalho que fazia. Acho que meus fregueses sentiriam o mesmo quando recebessem seus determinados itens.
Código:
Acrescentar no meu arsenal:
120 dracmas e retirar mesma quantia de Ninha.

Modificar no arsenal de Ninha
- Echinoidea (Escudo de prata, porte médio e resistente, além de leve. Apresenta espinhos paralisantes em toda a sua superfície – quando não utilizado transforma-se numa pulseira com gotas de cristal){§}
- Yin-Yang (Arco de Prata. É resistente e leve. É em forma de asas negras e contem desenhos de yin-yang – quando não utilizado transforma-se num colar com asas){§}
- τσουνάμι (tsunami) [Espada de dois gumes de bronze sagrado e aço, da cor prata. Cabo com formato de Hipogrifo, de cor azul turquesa, MEGA afiada e equilibrada, com ótimo manuseio dela – quando não utilizado transforma-se num anel duplo em formato de hipocampo] {Ω}  {§}

§

A espada do justiceiro descansava ao meu lado. Meu companheiro, Theon, havia trazido sua espada para ser pintada e eu poderia fazer muito bem esse serviço. Retirei a tinta preta e branca, além da azul e da vermelha. Coloquei a arma sob a bigorna e pintei o cabo de negro, a lâmina de branca e, para satisfazer o cliente, desenhei os círculos com suas respectivas cores e lugares, tudo muito detalhado e caprichado.
Código:
Retirar 40 dracmas de Theon e acrescentar em minha conta.
Tirar 1x Tinta do meu arsenal
Atualizar a espada de Theon:

♦ Valiance [Uma réplica da espada de sua mestra, Nêmesis, só que em outras cores. O cabo é negro e a lâmina branca. No começo da lâmina da espada, existem dois círculos pintados, um de cada lado da espada. Um é vermelho, e o outro é azul. Caso atinja o adversário com o lado vermelho, este sentirá fortes dores, quase insuportáveis, no local atingido por três turnos. Caso atinja com o azul, o local atingido fica inutilizado por três turnos, podendo ser utilizado apenas no fim desse tempo. A espada mede um metro e dez, noventa centímetros de lâmina e vinte centímetros de cabo]

§

Concentrei-me para forjar o pedido da dríade presente na forja. Ao mesmo tempo em que me chamava de idiota por ter feito um preço tão barato, também não me importa com isso, parecia que de uma maneira ou de outra era a coisa certa a fazer. Ela tentava puxar conversa comigo, mas eu não podia dar-lhe muito espaço, afinal, precisava de total concentração em relação aos itens ou então não conseguiria adquirir com resultado – respondia-lhe apenas com monossílabos. Peguei as duas barras de bronze sagrado e coloquei para derreter, então, quando o metal virou liquido, despejei o conteúdo dentro da forma e de adaga e, em outra forma em formato de espinhos, derrubei o restante do metal derretido. Dessa vez não precisava me preocupar em separar o metal na forma da adaga, pois só um tipo preenchia aquele espaço.

Repetindo todo o processo habitual da forja, resfriei o metal dentro da forma de adaga e retirei a peça bruta. Afiando aqui e ali obtive uma boa lâmina, de bom corte. Então fui até minha prateleira, onde guardava meus preciosos venenos e outros que poderiam ser incrementados à arma. Apanhei o sonífero, paralisante e o principal: o veneno em si. E foi pingando gostas em cima de gotas que fui molhando a lâmina da adaga, até que os três estivessem em grande quantidade. Para fixar os líquidos ao metal, nada melhor que botas marteladas, seguidas de um rápido aquecimento no fogo da fornalha e mais marteladas. Assim os atributos iam fixando-se à adaga da dríade.

Apenas faltava a eletricidade na arma. Um gerador estava ligado dentro da forja, um fio ligado a ele estava agora preso à lâmina e eu estava usando óculos de proteção. Quando acionei a maquina, pareceu faltar energia por algum tempo e uma descarga percorreu o frio metal da arma, que agora soltava fagulhas. Demorei-me um pouco mais antes de segurar a adaga com as mãos nuas, eletrizar a arma como gerador pode dar uma grande potencia de choque e, levando em consideração a boa condução do choque, eu não queria arriscar. Descansei a arma em cima da bigorna para poder me concentrar em seu chicote.

O chicote era repleto de espinhos e assemelhava-se a o cabo de uma roseira; Quem sabe uma analogia à beleza de sua dona. Os três pesos de bronze sagrado já estavam prontos, esperando para serem anexados à arma. Depois de juntos, precisava completar cada espinho com bronze sagrado, mergulhei o chicote no bronze liquido, quem sabe desrespeitando algumas vontades de sua dona, e deixei que secasse com o metal fixado aos espinhos. E aproveitando meus potes ao alcance, respeitei sua vontade fixando o paralisante nas pontas e, nos espinhos, um pingo de veneno juntamente com o paralisante. Cada pingo era seguido de uma breve e delicada martelada, apenas para fixar bem o produto. Eu não conhecia aquela garota, mas a julgar pelas armas não gostaria de vê-la durante a TPM, isso é, se aquelas criaturas souberem o que é uma TPM.

Deixei meus pensamentos de lado para voltar-me para o chicote, que assim como a adaga, foi parar o gerador para poder receber a propriedade elétrica. Aquela garota exigira armas bem fortes. Bem, as armas estavam todas prontas, mas faltava o estético. Com a tinta rosa, modifiquei a coloração de seus itens, deixando-os todos no mais belo tom de pink que eu conseguia atingir. E, com o buril, o nome dos itens vinha gravado - Deadly Kiss of the Princess, juntamente com meu belo §.

Entrei as armas, recebendo outras duas em troca, como havia sido combinado. Não sabia muito bem o que fazer com uma segunda faca de bronze, mas o nunchaku poderia ser uma boa arma, caso eu aprendesse a utilizá-la.

Código:
Retirar do meu arsenal 2x bronze sagrado e 1x tinta.
Retirar o Nunchaku e a Faca de Bronze do Arsenal de Claire e acrescentar no meu.
Retirar 45 dracmas de sua ficha e acrescentar na minha.
Acrescentar no arsenal da dríade (sendo o primeiro item uma modificação da Varinha das árvores):
+ Deadly Kiss of the Princess (Uma varinha que se transforma em chicote e que aumenta o controle da natureza. Cada espinho do chicote é revestido por bronze sagrado, contendo veneno e sonífero. Na extremidade, três pesos de bronze sagrado, contendo paralisante. O chicote, quando prender algo ou alguém, libera uma descarga elétrica significativa. Pintada em Rosa.). {§}

+ Deadly Kiss of the Princess (Adaga de Bronze Sagrado revestida com forte corrosivo – veneno –, sonífero e paralisante. Ela também tem uma forte corrente de eletricidade. Pintada em Rosa.). {§}

PS¹: Peço desculpas aos clientes que ainda não receberam seus itens. Até o final de semana forjarei seus pedidos.
PS²: Peço ao deus-administrador que atualizar esse post que verifique a possibilidade de me recompensar com o Atributo II, devido à minha forja. Se possível, gostaria de adquiria tal prêmio.
PS³: O pedido de Claire é de urgência, por isso passei sua arma na frente.

Aldebaran Smiths
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
173

Localização :
Chalé nº 9 ou então Forja Smiths&Smiths, no final da rua.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Christopher Mason em Sex 18 Maio 2012, 13:05

Houve um engano Aldebaran..A adaga é para Sophia Colluci Niceness.
Christopher Mason
avatar
Filhos de Ares
Mensagens :
1118

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Aldebaran Smiths em Sex 18 Maio 2012, 13:07


§

a primeira adaga forjada deverá ser entregue à Sophia Colluci Niceness e não à Luna, como informado. O player acabou confundindo-se quando me informou o nome. Obrigado.

Aldebaran Smiths
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
173

Localização :
Chalé nº 9 ou então Forja Smiths&Smiths, no final da rua.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: § Smiths & Smiths

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum