Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Página 6 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por 046-ExStaff em Dom 01 Abr 2012, 21:15

Relembrando a primeira mensagem :


O Mar
Local Público Oficial
O Oceano Atlântico faz fronteira com Nova York. Como no Acampamento Meio-Sangue existe uma praia, ela é ligada ao Mar. Normalmente Náiades vão para o Mar Aberto brincar, sem serem proibidas por algumas restrições do Acampamento. Pode ser um local perigoso para campistas, dependendo de como eles tratarem as ninfas da água.
046-ExStaff
Indefinido
Mensagens :
1609

Localização :
Perséfone's heart ♥

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Bianca H. Somerhalder em Dom 21 Jun 2015, 12:09

baby, I'm preying on you tonight
The Sea


Um riso sem humor escapou pela garganta de Bianca. Ouvindo aquelas palavras, a menina pôde se lembrar dela mesmo algum tempo atrás. Perdida em um mundo perdido; era assim que ela se descrevia antigamente. Mas as coisas mudaram, e agora Hale tinha o necessário para se manter situada no meio de toda aquela confusão. Por se identificar com Juliet, resolveu dar uma pequena dica.

— Se quer saber, e eu realmente acho que você não seja uma garota idiota que vai sair correndo ao ouvir esse comentário... — Ela pausou, analisando Diavoro, que parecia calma. — Só conseguirá viver aqui fora se matar seus inimigos antes de ser morta. Além disso, ver sangue às vezes pode lhe dar a sensação de que tem o controle sobre alguma coisa.

Hale nunca havia dito isso em voz alta, mas não se arrependeu de ter tido uma primeira vez. Na verdade, havia sido reconfortante revelar tal informação. Então, esperando a reação de Juliet, a encarou com os olhos curiosos e fixou as mãos na areia.

Armas Levadas:
{Falling Stars} / Shurikens [Conjunto com 10 shurikens de bronze sagrado, mas que se repõem sempre, funcionando quase como um "conjunto de shurikens infinitas". São guardadas em um estojo de couro e veludo. O alcance é limitado à força do semideus, mas não ultrapassa 25m. Podem ser atiradas até 2 por turno, e ambas seriam afetadas pelos poderes.] {Bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Selene]

{Moonlight} / Adaga [Trata-se de uma adaga com a lâmina ligeiramente mais larga e curva. O seu formato é levemente arredondado – o que lembra uma lua na sua fase crescente. O cabo tem uma espécie de cobertura (como em sabres) feita de bronze sagrado, o que dá certa defesa as mãos daquele que a está empunhando. Tem uma coloração esbranquiçada e toma um tom azulado quando exposto à luz lunar. No nível 20, se torna um botton escrito "CLUBE DE ASTRONOMIA".] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Selene]

— {Bravery} / Dog tag [Aparentemente uma placa normal de identificação do exército, com os dados básicos do semideus. Com uma bênção mágica contínua, abençoa seu utilizador com um bônus de 15% em sua força física e providencia uma resistência de igual nível a poderes e auras que envolvam os atributos medo e pânico.] {Prata} (Nível mínimo: 1.) [Recebimento: "Face Your Fears", treino trimestral para filhos de Selene e Hipnos. Avaliado por Ayla Lennox e atualizado por ~Lady Íris~.]

Katana de bronze sagrado [A versão japonesa da espada bastarda, possui a lâmina extremamente afiada e levemente curva, sendo resistente devido ao seu processo de criação, mais poderosa para quem utiliza a destreza do que a força, devido à técnica requerida ao seu uso, diferente da espada bastarda ocidental. Assim como ocorre com a wakisashi, seu feitio costuma ser mais detalhado do que o de armas ocidentais, com empunhadura em madeira, revestida em tecido e geralmente com padrões alinhavados de seda ou linhas nobres. Acompanha bainha resistente, de bambu][Bronze sagrado, madeira e tecido.][Nível mínimo: 5. Sem elemento]

♦ {Luto} / Bandana Preta [Carregando a aura pesada do atentado terrorista ao Acampamento no réveillon, essa faixa preta do tamanho de 50cm de comprimento por 5cm de largura possui uma propriedade interessante: tais como em cerimônias lúgubres, onde se dedica um minuto de silêncio em respeito à fatalidade ocorrida, os movimentos do usuário ficam silenciados por um turno inteiro; tal "bênção", no entanto, não afeta fala ou poderes (não se poderia silenciar uma explosão, por exemplo), podendo ser utilizada unicamente em ações relacionadas à movimentação (um pulo, uma caminhada, uma corrida, o ruído de passos - desde que provindos do portador, seriam silenciados e não poderiam ser escutados, independente de poderes como "audição perfeita"). Pode ser utilizada duas vezes por ocasião (missão, evento, treino, dentre outros).] {Tecido preto} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Evento de Encerramento, "Burn, Baby, Burn! - Postagem Aberta". Jan/2015.]

♦ {Seduction} / Colar [Colar de ouro com um pingente em forma de serpente, que possui rubis mágicos encravados nas córneas do réptil. Quando utilizado, bonifica ações e poderes relativos a sedução e charme em 20%.] {Ouro e rubi} (Nível Mínimo: 15) [Recebimento: Missão "A Boate", avalida por Hipnos e atualizada por Poseidon]

Colar de caranguejo gigante [Colar comum, feito de fibras de algas com uma pinça de carangueijo, avermelhada. Duas vezes por missão o portador pode soltar uma profusão de bolhas que ocupa uma área de 3m de raio ao seu redor e duram 3 turnos. As bolhas não provocam danos mas impedem a visibilidade, fazendo com que todos os ataques à distância tenham uma chance de falha de 50% por 3 turnos, não cumulativos. Adicionalmente, ao fim do poder, o solo da área fica encharcado, dificultando o equilíbrio e reduzindo a movimentação na área em 50% por 2 turnos. Para fins de resistência, os poderes do item equivalem ao nível 41. (Nível mínimo: 41) {Material: alga e pinça de carangueijo) [Ganho como recompensa pelo evento "O levante"]

Braçadeira quitinosa [Braçadeira lisa e cilíndrica, de tons avermelhados. Ao ser ativado, faz com que a pele do semideus tenha suas características alteradas, se enrijecendo, aumentando sua resistência a golpes físicos em 50% por 3 turnos. 1 vez por evento. (nível mínimo: 07) {Material: pele de carangueijo gigante} [Ganho como recompensa pelo evento "O levante"]
Poderes Utilizados:
Passivos:
Considerar todos os passivos de Selene até nível 47, com destaque para:

Nível 1: Perícia com adagas e armas laminadas pequenas
O filho de Selene se habitua mais fácil a este tipo de arma, apresentando um aprendizado mais veloz e um manejo mais natural. Apenas para adagas, facas e punhais, armas com estruturas e alcance semelhantes, exigindo técnicas parecidas. Note que a perícia apenas implica uma dificuldade menor no manejo e aprendizado, bem como certa facilidade em utilizar as técnicas conhecidas, mas não implica em conhecimento instantâneo ou precisão absoluta. [Modificado]

Nível 1: Aura Lunar
Os filhos de Selene tem o poder levemente aumentado durante a noite, fazendo com que suas ações em geral tenham uma chance adicional de acerto. Contudo, isso não altera a força/ dano do poder nem as habilidades físicas do semideus, apenas a chance de acerto, que são potencializadas em 10% neste nível, subindo para 20% no nível 50. [Modificado]

Nível 2: Beleza ao Luar
Os filhos de Selene ficam extremamente bonitos a noite, quase tanto quanto os filhos de Afrodite. É apenas um efeito estético, contudo pode ser vantajoso, já que boa aparência faz as pessoas conseguirem atenção mais facilmente. Contudo, apenas no período noturno. [Modificado]

Nível 3: Sentidos Aguçados
Quando está a noite, os sentidos (Visão, audição, tato, olfato e paladar) dos filhos de Selene serão mais aguçados, melhor do que qualquer meio-sangue, sendo o dobro do que um humano comum em questão de acuidade e/ou alcance. [Modificado]

Nível 5: Perícia com armas de arremesso
O filho de Selene se habitua mais fácil a este tipo de arma, apresentando um aprendizado mais veloz e um manejo mais natural. À princípio, apenas com shurikens. A partir do nível 30, contudo, passa a se estender a agulhas e facas de arremesso. Note que a perícia apenas implica uma dificuldade menor no manejo e aprendizado, bem como certa facilidade em utilizar as técnicas conhecidas, mas não implica em conhecimento instantâneo ou precisão absoluta.[Novo]

Nível 6: Regeneração Lunar I
Sempre que o herói estiver em contato com a luz da lua irá se regenerar lentamente. Regenera 5 HP e 5 MP a cada três rodadas sob a luz do luar. A permanência sob a luz da lua deve ser ininterrupta, mas ele pode fazer outras ações enquanto isso. A regeneração ocorrerá ao final da 3ª rodada. Nesse nível, recupera no máximo 30 HP/MP por noite. {Idealizado por Dominique C. Everyd - Modificado}

Nível 7: Passo Etéreo
A prole de Selene consegue se mover em silêncio, como se andasse disfarçadamente. Isso não a impede de ser localizada - ela ainda pode cometer gafes e provocar sons, bem como ser detectada pelo odor ou por possuidores de outros meios, como sentidos aguçados, mas em geral lhe dá oportunidades melhores, caso o filho de Selene esteja sendo cauteloso. {Idealizado por Dominique C. Everyd - Modificado}

Nível 9: Olhos lunares
O filho de Selene, a partir desse nível, passa a enxergar no escuro com a mesma percepção e alcance da sua visão normal. [Novo]

Nível 10: Fases da lua I - Lua Nova I
Esta fase Lunar representa um ótimo momento para dar inicio as coisas diferentes ou tomar atitudes. Isso faz com que não se atrapalhem tanto ao lidar com situações e coisas inesperadas: mesmo pegos de surpresa, eles conseguirão raciocinar e planejar, fazendo com que suas estratégias tenham chances melhores de acerto, mesmo que em menor nível se comparados com filhos de Atena, por exemplo. Contudo, a estratégia tem que ter sentido e ser plausível, e o semideus precisa ter meios de realizá-la - a última palavra é do narrador. [Modificado de ativo para passivo]

Nível 12: Luar romântico
A lua sempre foi o símbolo dos namorados. Por este motivo, durante a noite, poderes de charme e persuasão dos filhos de Selene sempre são amplificados, como se tivessem cinco níveis a mais, para determinar as resistências dos inimigos (mas não o efeito do poder). [Novo]

Nível 13: Lado Oculto
A Lua sempre tem um lado ‘oculto’ em relação a terra. Os filhos de Selene também terão isso, em comparação a outros semideuses. Assim, eles podem manter para si suas reais intenções com mais facilidade. Na prática, poderes ou ações (mesmo comuns) que envolvam blefes, mentiras e afins possuem um aumento/ chance de dar certo de 10% adicionais, se comparados a semideuses de mesmo nível que não possuam poderes do tipo. Contudo, ainda precisa ser coerente, e a palavra final é do narrador/ avaliador. [Modificado de ativo para passivo]

Nível 18: Aura Lunar II
Agora, adicionalmente aos efeitos do nível I, o filho de Selene passa a gastar 10% menos energia ao utilizar seus poderes no período noturno ou escuridão completa. [Novo]

Nível 19: Regeneração Lunar II
Agora o filho de Selene poderá recuperar 10 HP e MP a cada três rodadas. Só funciona exposto a lua, e a pemanência sob o luar deve ser ininterrupta, mas ele pode fazer outras ações enquanto isso. A regeneração ocorrerá ao final da 3ª rodada. Substitui os efeitos do nível anterior, não soma. Nesse nível, recupera no máximo 70 HP/MP por noite.{Idealizado por Dominique C. Everyd - Modificado}

Nível 23: Gravidade alterada
Todos sabem que na lua a gravidade é mínima. Os filhos de Selene terão seu impacto reduzido, diminuindo seus danos por quedas em 50% - mas uma queda muito alta ainda pode ser potencialmente perigosa ou até fatal. [Modificado, antigo ativo "Gravidade"]

Nível 24: Reflexos
No período noturno, a agilidade e os reflexos do semideus são levemente ampliados, fazendo com que sejam um pouco mais velozes se comparados a uma pessoa normal sem treino.[Modificado]

Nível 27: Regeneração Lunar III
A última fase da regeneração. Agora a cada três rodadas o filho de Selene poderá recuperar 15 HP/MP. Só funciona exposto a lua, e a permanência sob o luar deve ser ininterrupta, mas ele pode fazer outras ações enquanto isso. A regeneração ocorrerá ao final da 3ª rodada. Substitui os efeitos do nível anterior, não soma. Nesse nível, recupera no máximo 120 HP/MP por noite.{Idealizado por Dominique C. Everyd - Modificado}

Nível 30: Estabilidade
A lua estabiliza o eixo da terra, permitindo a manutenção do clima - sem ela, isso não seria possível. No seu caso, esse poder significa que você consegue manter sua temperatura corporal estável, fazendo com que resista melhor a alterações climáticas e interpéries naturais, apesar de ainda poder ser afetado por poderes de frio e fogo, por exemplo. Você ainda pode sofrer com efeitos naturais, como hipotermia ou desidratação pela temperatura, mas demora 5 vezes mais do que humanos normais para senti-los [Novo].

Nível 35: Aluado
Algumas pessoas às vezes são ditas com a "cabeça na lua". Pode não ser muito elogioso, mas tem um lado bom: poderes de leitura mental não o afetam tanto, já que se torna difícil saber em que você está concentrado. Poderes de oponentes até 5 níveis abaixo do seu são reduzidos em 50%, e entre isso e 5 níveis maiores são reduzidos em 25%, não afetando poderes de oponentes maiores que cinco níveis. [Novo]

Nível 40: Presságio
A lua sempre foi utilizada por várias culturas em seus rituais divinatórios. Você personaliza isso, ganhando uma espécie de sexto sentido que faz com que seja difícil ser surpreendido. Não indica o perigo exato ou o momento em que será atacado, nem de onde ou de quem virá, apenas a sensação de que há perigo, uma espécie de intuição, que pode servir para indicar emboscadas e armadilhas, ou até ataques. Alguns inimigos podem ter como burlar isso, já que podem conseguir ocultar sentimentos ou pensamentos - em casos do tipo, o poder só captaria se o oponente for de nível menor. [Novo]
Ativos:
Nenhum ativo q



Bianca H. Somerhalder
Filhos de Selene
Mensagens :
352

Localização :
Take me down to the paradise city ♪

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Juliet G. Diavoro em Dom 21 Jun 2015, 14:54




The Sea

Chegava a ser quase engraçado ouvir a outra semideusa falar sobre morte justamente para uma filha de Tânatos. Juliet limitou-se a dar de ombros, pois sabia que Hale tinha razão.

-- Seu pensamento faz sentido, mas não sei até que ponto. -- Disse fitando o mar de maneira despreocupada. -- Já não sou mais tão inocente quanto gostaria. Tive o controle sobre várias coisas, mas não tive a liberdade que almejei.

Torceu para que Bianca tivesse entendido. Não sabia por qual razão contava - mesmo que indiretamente - aquilo para uma recém-conhecida.

Suspirou e não pôde evitar de lembrar-se das paredes do casarão dos Greyjaw. Seu quarto, sua prisão, sempre se estreitando, sempre a sufocando.

-- Talvez seja preciso mais do que algumas gotas escarlates para me satisfazer.

E permaneceu em silêncio sentindo a brisa mexer com algumas mechas de seu cabelo.

Have you ever felt like the stars were your only company?

Thanks Faith @CG – Edited By: ❖Ghost
Juliet G. Diavoro
Filhos de Tânatos
Mensagens :
30

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Bianca H. Somerhalder em Dom 21 Jun 2015, 15:49

baby, I'm preying on you tonight
The Sea


As palavras de Juliet chegaram aos ouvidos de Bianca e a agradaram profundamente; com um sorriso maldoso, a garota se voltou para a filha de Thanatos e a fitou com itensidade, como se quisesse derreter todas as camadas dela com um olhar. Vendo que não seria possível, deu de ombros e disse:

— E por qual motivo teria só algumas gotas quando se pode ter todo o sangue de um corpo? — Refletiu sobre suas palavras, e daquela vez decidiu continuar. — A inocência não é tão boa como muitos pensam. Na verdade, em algumas ocasiões ela consegue se tornar um fardo.

Pensou sobre si mesma e a verdade daquela frase, então decidiu que ajudaria Diavoro a encontrar o que tanto almejava: liberdade. E Bianca só sabia um único jeito de ter tal coisa e não ser uma idiota.

— A liberdade é algo que se encontra com o tempo. Algo que se encontra quando você aceita o que é. Um monstro. Hale não diria aquilo em voz alta, mas era o que realmente pensava. Era um monstro e aceitava isso; Juliet teria que aprender tal coisa.

Armas Levadas:
{Falling Stars} / Shurikens [Conjunto com 10 shurikens de bronze sagrado, mas que se repõem sempre, funcionando quase como um "conjunto de shurikens infinitas". São guardadas em um estojo de couro e veludo. O alcance é limitado à força do semideus, mas não ultrapassa 25m. Podem ser atiradas até 2 por turno, e ambas seriam afetadas pelos poderes.] {Bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Selene]

{Moonlight} / Adaga [Trata-se de uma adaga com a lâmina ligeiramente mais larga e curva. O seu formato é levemente arredondado – o que lembra uma lua na sua fase crescente. O cabo tem uma espécie de cobertura (como em sabres) feita de bronze sagrado, o que dá certa defesa as mãos daquele que a está empunhando. Tem uma coloração esbranquiçada e toma um tom azulado quando exposto à luz lunar. No nível 20, se torna um botton escrito "CLUBE DE ASTRONOMIA".] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Selene]

— {Bravery} / Dog tag [Aparentemente uma placa normal de identificação do exército, com os dados básicos do semideus. Com uma bênção mágica contínua, abençoa seu utilizador com um bônus de 15% em sua força física e providencia uma resistência de igual nível a poderes e auras que envolvam os atributos medo e pânico.] {Prata} (Nível mínimo: 1.) [Recebimento: "Face Your Fears", treino trimestral para filhos de Selene e Hipnos. Avaliado por Ayla Lennox e atualizado por ~Lady Íris~.]

Katana de bronze sagrado [A versão japonesa da espada bastarda, possui a lâmina extremamente afiada e levemente curva, sendo resistente devido ao seu processo de criação, mais poderosa para quem utiliza a destreza do que a força, devido à técnica requerida ao seu uso, diferente da espada bastarda ocidental. Assim como ocorre com a wakisashi, seu feitio costuma ser mais detalhado do que o de armas ocidentais, com empunhadura em madeira, revestida em tecido e geralmente com padrões alinhavados de seda ou linhas nobres. Acompanha bainha resistente, de bambu][Bronze sagrado, madeira e tecido.][Nível mínimo: 5. Sem elemento]

♦ {Luto} / Bandana Preta [Carregando a aura pesada do atentado terrorista ao Acampamento no réveillon, essa faixa preta do tamanho de 50cm de comprimento por 5cm de largura possui uma propriedade interessante: tais como em cerimônias lúgubres, onde se dedica um minuto de silêncio em respeito à fatalidade ocorrida, os movimentos do usuário ficam silenciados por um turno inteiro; tal "bênção", no entanto, não afeta fala ou poderes (não se poderia silenciar uma explosão, por exemplo), podendo ser utilizada unicamente em ações relacionadas à movimentação (um pulo, uma caminhada, uma corrida, o ruído de passos - desde que provindos do portador, seriam silenciados e não poderiam ser escutados, independente de poderes como "audição perfeita"). Pode ser utilizada duas vezes por ocasião (missão, evento, treino, dentre outros).] {Tecido preto} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Evento de Encerramento, "Burn, Baby, Burn! - Postagem Aberta". Jan/2015.]

♦ {Seduction} / Colar [Colar de ouro com um pingente em forma de serpente, que possui rubis mágicos encravados nas córneas do réptil. Quando utilizado, bonifica ações e poderes relativos a sedução e charme em 20%.] {Ouro e rubi} (Nível Mínimo: 15) [Recebimento: Missão "A Boate", avalida por Hipnos e atualizada por Poseidon]

Colar de caranguejo gigante [Colar comum, feito de fibras de algas com uma pinça de carangueijo, avermelhada. Duas vezes por missão o portador pode soltar uma profusão de bolhas que ocupa uma área de 3m de raio ao seu redor e duram 3 turnos. As bolhas não provocam danos mas impedem a visibilidade, fazendo com que todos os ataques à distância tenham uma chance de falha de 50% por 3 turnos, não cumulativos. Adicionalmente, ao fim do poder, o solo da área fica encharcado, dificultando o equilíbrio e reduzindo a movimentação na área em 50% por 2 turnos. Para fins de resistência, os poderes do item equivalem ao nível 41. (Nível mínimo: 41) {Material: alga e pinça de carangueijo) [Ganho como recompensa pelo evento "O levante"]

Braçadeira quitinosa [Braçadeira lisa e cilíndrica, de tons avermelhados. Ao ser ativado, faz com que a pele do semideus tenha suas características alteradas, se enrijecendo, aumentando sua resistência a golpes físicos em 50% por 3 turnos. 1 vez por evento. (nível mínimo: 07) {Material: pele de carangueijo gigante} [Ganho como recompensa pelo evento "O levante"]
Poderes Utilizados:
Passivos:
Considerar todos os passivos de Selene até nível 47, com destaque para:

Nível 1: Perícia com adagas e armas laminadas pequenas
O filho de Selene se habitua mais fácil a este tipo de arma, apresentando um aprendizado mais veloz e um manejo mais natural. Apenas para adagas, facas e punhais, armas com estruturas e alcance semelhantes, exigindo técnicas parecidas. Note que a perícia apenas implica uma dificuldade menor no manejo e aprendizado, bem como certa facilidade em utilizar as técnicas conhecidas, mas não implica em conhecimento instantâneo ou precisão absoluta. [Modificado]

Nível 1: Aura Lunar
Os filhos de Selene tem o poder levemente aumentado durante a noite, fazendo com que suas ações em geral tenham uma chance adicional de acerto. Contudo, isso não altera a força/ dano do poder nem as habilidades físicas do semideus, apenas a chance de acerto, que são potencializadas em 10% neste nível, subindo para 20% no nível 50. [Modificado]

Nível 2: Beleza ao Luar
Os filhos de Selene ficam extremamente bonitos a noite, quase tanto quanto os filhos de Afrodite. É apenas um efeito estético, contudo pode ser vantajoso, já que boa aparência faz as pessoas conseguirem atenção mais facilmente. Contudo, apenas no período noturno. [Modificado]

Nível 3: Sentidos Aguçados
Quando está a noite, os sentidos (Visão, audição, tato, olfato e paladar) dos filhos de Selene serão mais aguçados, melhor do que qualquer meio-sangue, sendo o dobro do que um humano comum em questão de acuidade e/ou alcance. [Modificado]

Nível 5: Perícia com armas de arremesso
O filho de Selene se habitua mais fácil a este tipo de arma, apresentando um aprendizado mais veloz e um manejo mais natural. À princípio, apenas com shurikens. A partir do nível 30, contudo, passa a se estender a agulhas e facas de arremesso. Note que a perícia apenas implica uma dificuldade menor no manejo e aprendizado, bem como certa facilidade em utilizar as técnicas conhecidas, mas não implica em conhecimento instantâneo ou precisão absoluta.[Novo]

Nível 6: Regeneração Lunar I
Sempre que o herói estiver em contato com a luz da lua irá se regenerar lentamente. Regenera 5 HP e 5 MP a cada três rodadas sob a luz do luar. A permanência sob a luz da lua deve ser ininterrupta, mas ele pode fazer outras ações enquanto isso. A regeneração ocorrerá ao final da 3ª rodada. Nesse nível, recupera no máximo 30 HP/MP por noite. {Idealizado por Dominique C. Everyd - Modificado}

Nível 7: Passo Etéreo
A prole de Selene consegue se mover em silêncio, como se andasse disfarçadamente. Isso não a impede de ser localizada - ela ainda pode cometer gafes e provocar sons, bem como ser detectada pelo odor ou por possuidores de outros meios, como sentidos aguçados, mas em geral lhe dá oportunidades melhores, caso o filho de Selene esteja sendo cauteloso. {Idealizado por Dominique C. Everyd - Modificado}

Nível 9: Olhos lunares
O filho de Selene, a partir desse nível, passa a enxergar no escuro com a mesma percepção e alcance da sua visão normal. [Novo]

Nível 10: Fases da lua I - Lua Nova I
Esta fase Lunar representa um ótimo momento para dar inicio as coisas diferentes ou tomar atitudes. Isso faz com que não se atrapalhem tanto ao lidar com situações e coisas inesperadas: mesmo pegos de surpresa, eles conseguirão raciocinar e planejar, fazendo com que suas estratégias tenham chances melhores de acerto, mesmo que em menor nível se comparados com filhos de Atena, por exemplo. Contudo, a estratégia tem que ter sentido e ser plausível, e o semideus precisa ter meios de realizá-la - a última palavra é do narrador. [Modificado de ativo para passivo]

Nível 12: Luar romântico
A lua sempre foi o símbolo dos namorados. Por este motivo, durante a noite, poderes de charme e persuasão dos filhos de Selene sempre são amplificados, como se tivessem cinco níveis a mais, para determinar as resistências dos inimigos (mas não o efeito do poder). [Novo]

Nível 13: Lado Oculto
A Lua sempre tem um lado ‘oculto’ em relação a terra. Os filhos de Selene também terão isso, em comparação a outros semideuses. Assim, eles podem manter para si suas reais intenções com mais facilidade. Na prática, poderes ou ações (mesmo comuns) que envolvam blefes, mentiras e afins possuem um aumento/ chance de dar certo de 10% adicionais, se comparados a semideuses de mesmo nível que não possuam poderes do tipo. Contudo, ainda precisa ser coerente, e a palavra final é do narrador/ avaliador. [Modificado de ativo para passivo]

Nível 18: Aura Lunar II
Agora, adicionalmente aos efeitos do nível I, o filho de Selene passa a gastar 10% menos energia ao utilizar seus poderes no período noturno ou escuridão completa. [Novo]

Nível 19: Regeneração Lunar II
Agora o filho de Selene poderá recuperar 10 HP e MP a cada três rodadas. Só funciona exposto a lua, e a pemanência sob o luar deve ser ininterrupta, mas ele pode fazer outras ações enquanto isso. A regeneração ocorrerá ao final da 3ª rodada. Substitui os efeitos do nível anterior, não soma. Nesse nível, recupera no máximo 70 HP/MP por noite.{Idealizado por Dominique C. Everyd - Modificado}

Nível 23: Gravidade alterada
Todos sabem que na lua a gravidade é mínima. Os filhos de Selene terão seu impacto reduzido, diminuindo seus danos por quedas em 50% - mas uma queda muito alta ainda pode ser potencialmente perigosa ou até fatal. [Modificado, antigo ativo "Gravidade"]

Nível 24: Reflexos
No período noturno, a agilidade e os reflexos do semideus são levemente ampliados, fazendo com que sejam um pouco mais velozes se comparados a uma pessoa normal sem treino.[Modificado]

Nível 27: Regeneração Lunar III
A última fase da regeneração. Agora a cada três rodadas o filho de Selene poderá recuperar 15 HP/MP. Só funciona exposto a lua, e a permanência sob o luar deve ser ininterrupta, mas ele pode fazer outras ações enquanto isso. A regeneração ocorrerá ao final da 3ª rodada. Substitui os efeitos do nível anterior, não soma. Nesse nível, recupera no máximo 120 HP/MP por noite.{Idealizado por Dominique C. Everyd - Modificado}

Nível 30: Estabilidade
A lua estabiliza o eixo da terra, permitindo a manutenção do clima - sem ela, isso não seria possível. No seu caso, esse poder significa que você consegue manter sua temperatura corporal estável, fazendo com que resista melhor a alterações climáticas e interpéries naturais, apesar de ainda poder ser afetado por poderes de frio e fogo, por exemplo. Você ainda pode sofrer com efeitos naturais, como hipotermia ou desidratação pela temperatura, mas demora 5 vezes mais do que humanos normais para senti-los [Novo].

Nível 35: Aluado
Algumas pessoas às vezes são ditas com a "cabeça na lua". Pode não ser muito elogioso, mas tem um lado bom: poderes de leitura mental não o afetam tanto, já que se torna difícil saber em que você está concentrado. Poderes de oponentes até 5 níveis abaixo do seu são reduzidos em 50%, e entre isso e 5 níveis maiores são reduzidos em 25%, não afetando poderes de oponentes maiores que cinco níveis. [Novo]

Nível 40: Presságio
A lua sempre foi utilizada por várias culturas em seus rituais divinatórios. Você personaliza isso, ganhando uma espécie de sexto sentido que faz com que seja difícil ser surpreendido. Não indica o perigo exato ou o momento em que será atacado, nem de onde ou de quem virá, apenas a sensação de que há perigo, uma espécie de intuição, que pode servir para indicar emboscadas e armadilhas, ou até ataques. Alguns inimigos podem ter como burlar isso, já que podem conseguir ocultar sentimentos ou pensamentos - em casos do tipo, o poder só captaria se o oponente for de nível menor. [Novo]
Ativos:
Nenhum ativo q



Bianca H. Somerhalder
Filhos de Selene
Mensagens :
352

Localização :
Take me down to the paradise city ♪

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Daeron B. Thergewyn em Seg 22 Jun 2015, 00:53


I should say "thank you" to the gods


But for everything they did to me... It makes me angry. So angry.


Olhou para o mar, a inexpressão estampada no seu rosto. Talvez... Talvez, uma vez na vida, devesse se deixar sentir alguma coisa, sem pensar no que aconteceria se a emoção fosse muito intensa. Sorriu, sem graça, até. Atualmente, qualquer pensamento lhe parecia engraçado — seu ou não. No caso, os que vinham de sua mente, eram ironizados pelas memórias do passado, pelas últimas palavras de sua mãe. Não, não últimas palavras. Última maldição. Aquela era a única definição para o diálogo final entre o bastardo e a mulher que o pôs no mundo.

De repente, seu sorriso se findou. Ela nunca, nenhuma vezinha, o chamou de "filho", mesmo que houvessem filmes e videos — perturbadores, até — comprovando que ele, Daeron Thergewyn, era filho de Khann Thergewyn. E mesmo que, por algum motivo absurdo, não fosse filho de sangue daquela mulher, ela havia aceitado quando registrou seu nome. Os sobrenomes eram iguais, exceto pelo Bennett de Dae. Khann nunca havia falado sobre aquele sobrenome... Mas, de qualquer forma, tudo apontava que o rapaz era legítimo de sua mãe. Ainda sim, só era chamado de bastardo. Sentiu um gosto amargo na boca.

Pisou na areia da praia, agora com um olhar vazio. Desde que foi recusado nas forças aéreas do país, se concentrou em melhorar suas habilidades de luta. Não luta contra os monstros, mas o esporte. Box. Nunca aspirou muita coisa na vida, além de tal carreira, quando muito criança. Sua mãe ainda havia lhe dado luvas, poucas semanas antes de morrer de forma misteriosa. Ainda tinha-as guardadas, para serem usadas na hora certa. E seriam. Afinal, havia viajado para aquela cidade justamente com aquele objetivo: achar um ringue que o admitisse, nem que como faxineiro. Eles veriam que era um bom lutador.

No fim, mesmo com todas as lembranças ruins, sorriu amargamente, e depois o curvar de lábios se tornou vazio, assim como seu olhar. Talvez, aquele fosse seu destino, afinal. [i]Ou o destino que poderia ter, caso não fosse amaldiçoado.




armas:
{Dragyon} / Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] ~nuvem particular

{Twister} Chackran [Chackran de bronze sagrado, de formato circular e vazado no centro. A empunhadura é apenas levemente abaulada, não afetando a aerodinâmica, e exigindo atenção na hora do uso para quem não está acostumado. Decorado com arabescos, faz o leve som do vento ao ser lançado no ar. Transforma-se em um pequeno chaveiro com guizos no nível 20.]{Bronze sagrado} (Nível mínimo: 1)[Recebimento: Presente de Reclamação de Éolo] ~nuvem particular
Poderes:

— Passivos —

Nível 1:
Nuvem Particular – Você tem uma nuvem que carrega seus pertences, o máximo de itens acima dela é quatro. A mesma nuvem aparece e desaparece quando você quiser bata invocá-la quando precisar.
They only left me here, only taking the sins and putting them in my soul
Daeron B. Thergewyn
Filhos de Éolo
Mensagens :
46

Localização :
Talvez num ringue.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Nina A. Mutt em Seg 22 Jun 2015, 01:12

Crônica à beira mar



Aquele era o tipo de ambiente que Nina só pensava em uma única e absoluta coisa: onde teria um rum bem barato disponível?

A vagabunda estava sem um rumo certo nos últimos tempos, perdida entre Clube da Luta e responsabilidades do Acampamento. Caralho! Que tudo se exploda, gritava em sua mente desesperada por um pouco de diversão. Não tardou para encontrar um botequinho à beira mar, ameaçou o pobre garçom mortal que lhe deu uma garrafa lacrada de gim, a cadela ralhou com o babaca que apenas pediu desculpas, pois o rum havia acabado. Dispensou o magricela com um rolar de olhos e seguiu seu caminho, devidamente acompanhada e sentindo o calorzinho alcoólico fumegante em seu estômago vazio.

Usava as vestes mais tradicionais: calça jeans skinny, camiseta branca de alças e a jaqueta de couro desbotada, anotou mentalmente que precisava de outra, apesar de não se importar com moda ou merda parecida, preferia com certeza não ter um conjunto rasgado. Deu mais um longo gole e pensou se haveriam semideuses por ali, ela com certeza não gostaria de participar de nenhum massacre desnecessário, uma rinha apenas por matança soava patético demais em sua mente.

Entretanto fossem os deuses, ou Éolo ou o cacete que fosse, encontrou um rapaz vagando, com o olhar distante e claramente mergulhado em pensamentos longínquos. Era belo, adorava um porte barbado, mas algo pulsava nele e incomodava sua maldição, sua vira lata, foi automático rosnar. Colocou na cabeça: passaria reto e o ignoraria, evitando balbúrdias imbecis. Contudo o destino, ou a sorte, ou o azar, queriam o encontro deles, pelo sim ou pelo não uma rajada forte de vento jogou água salgada em seus olhos, que arderam.

- Mas que boceta! – praguejou, tentando livrar-se da ardência.

Trombou com o rapaz, soube que era ele por sentir sua aura densa ser influenciada por algo, muito menor que seu poder, mas igualmente irritante e familiar.

- Maldição.


Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Bundy}/ Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 18] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Jack} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potência dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Rei} / Isqueiro [Este isqueiro foi dado pelo próprio Tânatos para a filha de Hades e em nada se diferencia de um comum, exceto pelo fato de possuir fluído infinito. Ele é feito de metal e sua cor é prateada, com o desenho da cabeça de um cervo de longos chifres entalhado na carapaça.] [Aço] [Nível mínimo: 1] [Sem elementos] [Recebimento: recompensa pela DIY "O fogo, a terra e os ossos", avaliado por Atena e atualizado por Poseidon]{Bolso esquerdo traseiro}
Hades:

Passivos até o nível atual.

As sombras e o mar.


♦ the white swan ♦ @cg
Nina A. Mutt
Mênades
Mensagens :
404

Localização :
Na puta que o pariu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Daeron B. Thergewyn em Seg 22 Jun 2015, 20:00


I should say "thank you" to the gods


But for everything they did to me... It makes me angry. So angry.


Daeron olhou para atrás assim que ouviu a exclamação, numa voz feminina — que encheu a boca para soltar a reclamação. Contudo, antes que pudesse sequer levantar uma sobrancelha e olhar para trás, se sentiu empurrado. Em lugar da expressão de surpresa, uma de susto tomou conta de seu rosto: os olhos se arregalaram e o coração bateu mais forte. Por um momento, suspirou. Será que nunca acharia um lugar que pudesse ficar completamente em paz? Aparentemente, a vontade dos deuses era que não. Sempre haveria alguém para atrapalhar sua calma e relaxamento.

Por fim, apenas virou para trás após ter certeza de seu equilíbrio — o que não levou mais de poucos segundos. Não sabia bem o porquê, mas esperava que a pessoa que tivesse trombado nele simplesmente tivesse ido. No entanto, lá estava, na sua frente, uma mulher — porque, por Afrodite e todos os deuses da beleza —, aquela era a única definição para a pessoa presente. Os cabelos eram negros e longos e havia algo nela que, de qualquer forma, incomodava Dae. Até que... Se lembrou. A primeira vez que sentiu aquilo, foi quando se encontrou com o semideus. Há quanto tempo não esbarrava em um? Um ano? Dois? Talvez três, havia perdido a conta.

E, porém, lá estava: uma candidata forte a ser uma das bastardas dos deuses olimpianos — ou menores. Até que a seguinte pergunta se alojou em sua mente: e se ela for bem mais forte que eu? E se resolver atacar por tal incidente? Engoliu em seco, e logo se arrependeu de tal ato. Se a mulher tivesse visto... Bem, sinais de fraqueza não são boa coisa para quem os emite.

Se obrigou a abrir um sorriso agradável e educado, pondo uma expressão de preocupação no rosto.

— Hã... Está tudo bem? Sinto muito pelo ocorrido. — Passou a mão pelos cabelos cacheados, despenteando-os mais do que o vento fazia. — De qualquer forma, me chamo Daeron. Mas pode me chamar de Dae, se quiser. — Deu de ombros, antes de esticar a destra num gesto amigável.

Deuses, por favor. Me ajudem a evitar desavenças por agora.




armas:
{Dragyon} / Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] ~nuvem particular

{Twister} / Chackran [Chackran de bronze sagrado, de formato circular e vazado no centro. A empunhadura é apenas levemente abaulada, não afetando a aerodinâmica, e exigindo atenção na hora do uso para quem não está acostumado. Decorado com arabescos, faz o leve som do vento ao ser lançado no ar. Transforma-se em um pequeno chaveiro com guizos no nível 20.]{Bronze sagrado} (Nível mínimo: 1)[Recebimento: Presente de Reclamação de Éolo] ~nuvem particular
Poderes:

— Passivos —

Nível 1:
Nuvem Particular – Você tem uma nuvem que carrega seus pertences, o máximo de itens acima dela é quatro. A mesma nuvem aparece e desaparece quando você quiser bata invocá-la quando precisar.
They only left me here, only taking the sins and putting them in my soul
Daeron B. Thergewyn
Filhos de Éolo
Mensagens :
46

Localização :
Talvez num ringue.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Nina A. Mutt em Seg 22 Jun 2015, 20:21

Crônicas à beira mar




- Tanto faz rapaz, não precisa dessa regalia de merda toda.

Aceitou a mão, um choque percorreu ao contato das peles, dando a ela duas certezas sobre o cara à sua frente: era semideus e era um fodido. Automaticamente se arrependeu de estar ali, do contato, de tudo, afinal seu ponto fraco eram os cachorros vadios e ferrados. Respirou fundo e, para desviar um pouco do assunto, verificou sua garrafa no chão, completamente despedaçada e com o delicioso líquido derramado no chão – mas de nada adiantaria chorar sobre o gim derramado.

- Muito bem Dae, meu nome é Nina e pelo visto você me deve um trago forte, porque não foi fácil conseguir essa coisinha ali. – apontou para o desastre, os anéis em seus dedos brilharam ameaçadores.

Às vezes era ótimo ser filha de Hades, a aura densa conseguia tirar coisa das pessoas sem precisar de um embate, coisa que a Mutt detestava era algo que poderia fazer gastar sua energia à toa. Estalou o pescoço e se pôs a andar em direção de uma birosca que acabara de abrir, notou que o rapaz continuava congelado no lugar, fedia a nervosismo, ela deu um riso debochado.

- Vamos filhote, não vou te estraçalhar por ser um merdinha divino. Entretanto eu posso fazer um estrago na sua linda face masculina se não pagar ao menos um porre.

Sorriu maliciosa, naturalmente. Pobre Dae, queria solidão e encontrou o cão.

Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Bundy}/ Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 18] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Jack} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potência dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Rei} / Isqueiro [Este isqueiro foi dado pelo próprio Tânatos para a filha de Hades e em nada se diferencia de um comum, exceto pelo fato de possuir fluído infinito. Ele é feito de metal e sua cor é prateada, com o desenho da cabeça de um cervo de longos chifres entalhado na carapaça.] [Aço] [Nível mínimo: 1] [Sem elementos] [Recebimento: recompensa pela DIY "O fogo, a terra e os ossos", avaliado por Atena e atualizado por Poseidon]{Bolso esquerdo traseiro}
Hades:

Passivos até o nível atual.

As sombras e o mar.


♦ the white swan ♦ @cg
Nina A. Mutt
Mênades
Mensagens :
404

Localização :
Na puta que o pariu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Daeron B. Thergewyn em Seg 22 Jun 2015, 20:52


Is that a joke? Some kind of sadic divine joke?


Please guys stop having fun with my suffering


Arregalou os olhos ligeiramente ao ouvir a resposta, mas logo voltou a expressão calma e despreocupada, sem deixar que o susto inicial fosse identificado — e, o principal: que o alívio que sentiu não fosse identificado. Abriu outro sorriso, esse mais hesitante e envergonhado do que o anterior, ao ver a garrafa estilhaçada no chão. Fez uma nota mental para ser mais atento em público. Você deu sorte que ela não é uma psicopata sedenta por sangue. Bem, pelo menos por agora.

Levantou uma sobrancelha ao recolher a mão, após a aceitação de seu gesto. Se a sensação de alívio correu por sua coluna após constatar que Nina era mais marrenta do que briguenta (a primeira impressão, e com ele, pelo menos) — mesmo que não estivesse em sua sobriedade total —, uma diferente brotou na boca do seu estômago, diferente de nervoso. Este último Dae estava bem acostumado. Era... Como se o órgão estivesse fazendo um tipo de rotação dentro de seu corpo. Isso, e mais os pelos eriçados de seu braço — que, ainda bem, estavam bem escondidos pelas mangas longas e grossas de sua jaqueta preta. Conhecia a si mesmo, e conhecia melhor ainda como desvendar qualquer tipo de situação — e aquela não parecia uma que acabaria bem.

— Aperto de mão forte. — Comentou, com um sorriso quase malicioso no rosto. Não dava. Era legal e educado demais para simplesmente começar a flertar ou provocar uma completa desconhecida. Deu de ombros mentalmente. Talvez sua mãe não gostasse muito dele, mas educou-o bem.

Deu uma risada fraca ao ouvir a ameaça, mesmo que se sentisse levemente compelido a obedecer. Afinal, quem era ele para contestar? Tinha quase certeza de que a mulher bonita e que resolveu não matá-lo era uma meio-sangue, assim como ele. E, também, tinha quase certeza de que ela era anos-luz mais forte. Deu de ombros mentalmente, encarando o chão. O sorriso em seu rosto aumentou ao ouvir o apelido sendo dito. Quase ninguém o chamava daquela forma, ou mesmo pelo primeiro nome. Sempre "Bennett, vem cá" e "Bennett isso e Bennett aquilo". Sequer gostava do nome do meio.

Nina — Daeron reparou, apenas naquele momento, que o nome da mulher significava "menina" em espanhol — começou a se afastar, e o filho de Éolo achou que ficaria sozinho, de novo. Seria bom. Continuar pondo os pensamentos de ordem, respirando o ar menos poluído daquela região de Nova Iorque. E, por isso mesmo, aplicou o futuro do pretérito, porque logo a semideusa olhou para trás e recomeçou a conversa, que confirmou suas suspeitas: ela era uma bastarda divina, assim como ele, e sabia o que Dae era. Colocou as mãos nos bolsos e apertou o passo para acompanhá-la.

— Então, o que vai querer para estar adorável tarde? — Com uma leve nota de ironia, resolveu arriscar a conversa, enquanto abria a porta do bar. Olhou para a semideusa, e teve a estranha sensação de que sua carteira sairia muito mais leve daquele lugar. Deuses, eu não posso beber. Eu. Não. Posso.




armas:
{Dragyon} / Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] ~nuvem particular

{Twister} / Chackran [Chackran de bronze sagrado, de formato circular e vazado no centro. A empunhadura é apenas levemente abaulada, não afetando a aerodinâmica, e exigindo atenção na hora do uso para quem não está acostumado. Decorado com arabescos, faz o leve som do vento ao ser lançado no ar. Transforma-se em um pequeno chaveiro com guizos no nível 20.]{Bronze sagrado} (Nível mínimo: 1)[Recebimento: Presente de Reclamação de Éolo] ~nuvem particular
Poderes:

— Passivos —

Nível 1:
Nuvem Particular – Você tem uma nuvem que carrega seus pertences, o máximo de itens acima dela é quatro. A mesma nuvem aparece e desaparece quando você quiser bata invocá-la quando precisar.
For someone who doesn't want taking sins, you met the wrong person
Daeron B. Thergewyn
Filhos de Éolo
Mensagens :
46

Localização :
Talvez num ringue.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Nina A. Mutt em Seg 22 Jun 2015, 21:11

Crônicas à beira mar




Nina deixou-o de calça justa, e adorou a sensação de desconforto, pessoalmente adorava um joguinho de provocação em que ela, claro, assumiria o controle.

- Um chopp bem gelado para um ser quente como o inferno. – piscou para ele, falando num tom alto o suficiente para que uma garçonete captasse o pedido e se apressasse.

Sentou-se numa mesa perto da janela, o lugar estava vazio e pelo visto eles eram os primeiros clientes, isso deixou-a ainda mais feliz e isso se refletiu em seus lábios, curvas maliciosas desenhadas pela volúpia de algum espírito devasso. Tirou a jaqueta, o ambiente estava aquecido, as alças da blusa caíam pelos ombros, mas ela não pareceu se sentir incomodada. Jack estava sendo usado como cinto e continuaria assim, a capa de sombras dava um ar ainda mais hipnótico ao corpo pálido e tenro da mulher. Assim que ele resolveu se sentar a garçonete veio com dois canecos congelados, Nina gemeu de satisfação só de observar aquilo, passando a língua pelos lábios de anseio.

- Porra, com licença. – deu um bom gole, os pelos eriçaram e tornaram o toque da pele áspero. Suspirou apaixonada ao término, limpando as gotinhas com as costas das mãos. – Caralho, como isso é divino.

Voltou a olhar Dae, ele era estupidamente lindo para os padrões normais de um semideus, ela poderia usufruir disso, mas naqueles olhos havia um peso que a incomodava profundamente, um reflexo de seu próprio desespero talvez? Não, cada um com seus problemas. Voltou a encarar o líquido dourado, sem perder a pose marrenta.

- Sou filha de Hades, tenho 22 anos e com uma leve tendência ao alcoolismo e tabagismo. – deu mais um gole, dessa vez explicitamente mais contido. – E você tem um toque muito familiar, eu chutaria Éolo... Por experiência própria sei da pegada deliciosa de vocês.

Provocou, como faria durante o resto da conversa.

Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Bundy}/ Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 18] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Jack} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potência dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Rei} / Isqueiro [Este isqueiro foi dado pelo próprio Tânatos para a filha de Hades e em nada se diferencia de um comum, exceto pelo fato de possuir fluído infinito. Ele é feito de metal e sua cor é prateada, com o desenho da cabeça de um cervo de longos chifres entalhado na carapaça.] [Aço] [Nível mínimo: 1] [Sem elementos] [Recebimento: recompensa pela DIY "O fogo, a terra e os ossos", avaliado por Atena e atualizado por Poseidon]{Bolso esquerdo traseiro}
Hades:

Passivos até o nível atual.

As sombras e o mar.


♦ the white swan ♦ @cg
Nina A. Mutt
Mênades
Mensagens :
404

Localização :
Na puta que o pariu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Daeron B. Thergewyn em Seg 22 Jun 2015, 21:40


Is that a joke? Some kind of sadic divine joke?


Please guys stop having fun with my suffering


Assim que sentou, de frente para Nina, precisou recusar a cerveja que trouxeram-lhe. O lugar estava particularmente escuro e vazio, e um nervoso subiu por sua coluna ao constatar isso. Ficar num lugar como aquele, com uma mulher estupidamente bonita e levemente embriagada, não fazia o estilo de Daeron. Aliás, ficar na presença de qualquer pessoa não fazia o estilo do rapaz. Um sorriso nervoso surgiu em seus lábios, mas logo se desfez, dando lugar a movimentos para se ajeitar no lugar escolhido. Era só manter a calma. Manter a calma e deixar que sua carteira ficasse vazia. Quanto tempo levaria para achar outra luta de rua que desse uma boa grana? Mas, contudo, manteve o sorriso. Seu medo e hiperatividade dominavam qualquer cuidado em relação às economias.

Recostou-se no assento, observando a mulher beber com avidez. Tinha certa aversão àquele tipo de bebida, mas não era à toa. Mais uma vez, culpa de sua amada e falecida mãe, que costumava delirar e pensar estar fazendo invocações para chamar Satã e engravidá-la, sempre sob o efeito do álcool. Por um momento, pensou em como aquilo era esquisito, e em como cresceu no meio daquilo tudo — exceto no verão, quando seu tio resolvia aparecer e levá-lo para alguma viagem legal. Quase pensou em pedir uma cerveja, mas sua força de vontade foi maior.

— Nina, acho que você ama mais a bebida do que qualquer coisa nesse mundo. — Comentou, logo antes de soltar uma risada baixa.

Depois de um tempo, percebeu que a mulher olhava diretamente para seus olhos. Talvez devesse se sentir desconfortável, mas aquele tipo de olhar era o único que não fazia suas bochechas corarem. "Sempre olhe as pessoas nos seus olhos, bastardo. Se eles mentirem ou pecarem, você terá o prazer de ver sua alma se manchando." É, Khann Thergewyn deixou mais do que marcas de tristeza e memórias bizarras para o filho. Por isso, sustentou aquela encarada, mesmo que estivesse com medo de ver um espírito tão sujo quanto as ruas daquela cidade agitada. Bem, também resolveu manter seus olhos nos de Nina porque as alças de sua blusa pendendo em seus ombros meio que desconcertavam o bastardo.

Mas ela, infelizmente, desviou o olhar.

— Hades? Interessante. Nunca conheci um filho dos três grandes. — Fez um grande esforço para não pronunciar "bastardo". A palavra estava tão entranhada em si... — Ou, no caso, uma filha. — Deu de ombros, batucando os dedos na mesa. — E, sim, você acertou sobre o progenitor... Creio que tenha encontrado algum de meus meios-irmãos? — Abriu um sorriso. Mais uma vez, quase malicioso. Era o tipo de good boy que nunca conseguiria ser o contrário. — Um dos mais famosos, com certeza. — Que mesmo assim eu nunca devo ter ouvido falar. — E, bem, devolvendo a informação da idade... Quase dezenove. Apenas algumas semanas para o aniversário. Também gosto de arrumar algumas brigas para conseguir o que vai pagar essa sua bebida. — Apontou para a caneca nas mãos da semideusa, sorrindo.




armas:
{Dragyon} / Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] ~nuvem particular

{Twister} / Chackran [Chackran de bronze sagrado, de formato circular e vazado no centro. A empunhadura é apenas levemente abaulada, não afetando a aerodinâmica, e exigindo atenção na hora do uso para quem não está acostumado. Decorado com arabescos, faz o leve som do vento ao ser lançado no ar. Transforma-se em um pequeno chaveiro com guizos no nível 20.]{Bronze sagrado} (Nível mínimo: 1)[Recebimento: Presente de Reclamação de Éolo] ~nuvem particular
Poderes:

— Passivos —

Nível 1:
Nuvem Particular – Você tem uma nuvem que carrega seus pertences, o máximo de itens acima dela é quatro. A mesma nuvem aparece e desaparece quando você quiser bata invocá-la quando precisar.
For someone who doesn't want taking sins, you met the wrong person
Daeron B. Thergewyn
Filhos de Éolo
Mensagens :
46

Localização :
Talvez num ringue.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Nina A. Mutt em Seg 22 Jun 2015, 23:55

Crônicas à beira mar



- A coisa que eu mais amava nesse mundo morreu, a cerveja é apenas uma das lembranças que tenho dele.

Apesar do tom tristonho, ela não perdia o sorriso maldoso, salpicado pelo álcool que aos poucos envenenava sua corrente sanguínea, entretanto já fora mênade e a resistência ainda estava em sua alma. Terminou a bebida num gole longo para, logo em seguida, agarrar o copo dele cheio, desperdiçar era o único pecado que ela não praticava, ainda mais com um néctar tão saboroso.

- Digamos que eu quase fui sua cunhada oficialmente, mas uma série de fatores complicados me levaram a escolher, permanentemente, a vida de vadia, cadela... Bastarda.

Riu-se deliciada com as próprias ofensas, enquanto continuava a beber, estalou os dedos e pediu outra rodada, queria sair dali pelo menos com as pernas cambaleantes. Ajeitou uma mecha dos cabelos negros atrás da orelha direita, voltou a encarar o rapaz nos olhos, tinha um fascínio único por aquele joguinho de gato e rato silencioso, e pelo visto ele não era do tipo que fugia do embate facilmente. Dae era um mistério, tal qual ela também era, poderia ser muito interessante, mas ela decidiu impor um limite a si mesma, haviam certas coisas que era melhor descobrir depois.

- Nunca lhe vi no Meio Sangue, não gosta de lá, não conhece ou que caralho?

Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Bundy}/ Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 18] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Jack} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potência dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Rei} / Isqueiro [Este isqueiro foi dado pelo próprio Tânatos para a filha de Hades e em nada se diferencia de um comum, exceto pelo fato de possuir fluído infinito. Ele é feito de metal e sua cor é prateada, com o desenho da cabeça de um cervo de longos chifres entalhado na carapaça.] [Aço] [Nível mínimo: 1] [Sem elementos] [Recebimento: recompensa pela DIY "O fogo, a terra e os ossos", avaliado por Atena e atualizado por Poseidon]{Bolso esquerdo traseiro}
Hades:

Passivos até o nível atual.

As sombras e o mar.


♦ the white swan ♦ @cg

Nina A. Mutt
Mênades
Mensagens :
404

Localização :
Na puta que o pariu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Daeron B. Thergewyn em Ter 23 Jun 2015, 00:10


Is that a joke? Some kind of sadic divine joke?


Please guys stop having fun with my suffering


Como a pessoa educada e sensitiva que teve que aprender a ser, Daeron percebeu a nota profunda de tristeza na voz da mulher. E, no mesmo momento, milhares de perguntas começaram a se formar em disparada na sua mente: Nina havia amado seu irmão? E ele havia sido tão apaixonado pelas bebidas como ela era? Mas, antes que sua língua saísse do controle e cuspisse as questões na cara da mulher, controlou-se, mais uma vez, se ajeitando no lugar. Por um momento, olhou para a mesa antes de ter a coragem de continuar encarando a filha de Hades nos olhos. Não tinha o direito de fazer pergunta alguma, principalmente daquele tipo. Por fim, levantou o rosto, voltando ao desafio mudo em seu olhar fixo.

Bastarda. Uma palavra interessante. Na Idade Média ou Moderna, não lembro direito agora, os bastardos não tinham direito nenhum. E há quem diga que bastardos reais sofriam mais que os dos reles plebeus. Bem, os camponeses eram, em sua maioria, filhos ilegítimos, então... — Apoiou os cotovelos na mesa e esticou o corpo pra frente, e levou uma mão até o amuleto que carregava no pescoço. Um ankh, símbolo egípcio para vida eterna. — Bem, minha mãe costumava me chamar de bastardo. Nunca entendi muito bem por quê. — Continuava a encarar o símbolo, girando-o entre os dedos e deixando sua fala no automático.

Não percebeu quando entrou no seu estado de transe natural, onde fica olhando uma coisa por tempo demais sem se dar conta. E, dessa vez, o que encarou foi a alça da blusa que caía pelo ombro direito da semideusa. Ela era, de todas as formas, desconcertantes. O jeito de falar, a aparência. Até mesmo as vestimentas, ainda que simples. Apertou o ankh em sua mão com força, dando uma pequena graça aos deuses por não ser filho de Herácles, senão com certeza já teria quebrado o amuleto de madeira.

— Desculpe, o que disse? — Balançou a cabeça, enquanto colocava o ankh dentro da blusa novamente e encarava os olhos de Nina.




armas:
{Dragyon} / Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] ~nuvem particular

{Twister} / Chackran [Chackran de bronze sagrado, de formato circular e vazado no centro. A empunhadura é apenas levemente abaulada, não afetando a aerodinâmica, e exigindo atenção na hora do uso para quem não está acostumado. Decorado com arabescos, faz o leve som do vento ao ser lançado no ar. Transforma-se em um pequeno chaveiro com guizos no nível 20.]{Bronze sagrado} (Nível mínimo: 1)[Recebimento: Presente de Reclamação de Éolo] ~nuvem particular
Poderes:

— Passivos —

Nível 1:
Nuvem Particular – Você tem uma nuvem que carrega seus pertences, o máximo de itens acima dela é quatro. A mesma nuvem aparece e desaparece quando você quiser bata invocá-la quando precisar.
For someone who doesn't want taking sins, you met the wrong person
[/quote]
Daeron B. Thergewyn
Filhos de Éolo
Mensagens :
46

Localização :
Talvez num ringue.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Nina A. Mutt em Ter 23 Jun 2015, 00:24

Crônicas à beira mar



Seja lá o que Dae estava pensando, foi muito longe e além do tempo e espaço em que estavam presentes. Aquilo não a incomodou, longe disso, conseguia montar um quebra cabeça sobre a personalidade dele, além do que ele estava bastante entretido com seu decote e isso deixava-a com um sorrisinho soberbo maldito em lábios.

- Mães são complicadas, a minha não vejo há anos, não nos damos bem. – bebeu um pouco mais, a sensação de ondas no mar começou a arrebatar seu corpo e o som do oceano lá fora só ajudava a piorar a sensação de tontura. – Todos nós, semideuses, somos bastardos. Crias que não deveriam existir, erros. Entretanto existem aqueles que não enxergam isso e seguem suas vidas tentando acreditar no contrário, por merda eles são maioria. E existem aqueles que aceitam sua condição, sua maldição, seu destino, esta sou eu... A cadelinha de Hades, depravada, erótica e completamente sacana nos detalhes mais íntimos.

Abriu os braços e deu uma risada convencida.

- E nem por isso sou menos incrível, posso dizer que sou até foda. – disse orgulhosa. Pecado febril que abrigava a alma da vadia.

Piscou para ele e comemorou quando a nova rodada chegou, já agarrando um dos copos e deliciando-se do sabor amargo na língua. Contudo não demorou para o desejo do tabaco subir-lhe o peito, porra.

- Preciso de um cigarro. – disse, já tateando os bolsos em busca do seu maço.

Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Bundy}/ Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 18] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Jack} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potência dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Rei} / Isqueiro [Este isqueiro foi dado pelo próprio Tânatos para a filha de Hades e em nada se diferencia de um comum, exceto pelo fato de possuir fluído infinito. Ele é feito de metal e sua cor é prateada, com o desenho da cabeça de um cervo de longos chifres entalhado na carapaça.] [Aço] [Nível mínimo: 1] [Sem elementos] [Recebimento: recompensa pela DIY "O fogo, a terra e os ossos", avaliado por Atena e atualizado por Poseidon]{Bolso esquerdo traseiro}
Hades:

Passivos até o nível atual.

As sombras e o mar.


♦ the white swan ♦ @cg

Nina A. Mutt
Mênades
Mensagens :
404

Localização :
Na puta que o pariu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Daeron B. Thergewyn em Qua 24 Jun 2015, 14:53


Is that a joke? Some kind of sadic divine joke?


Please guys stop having fun with my suffering


Daeron queria muito ter dito "me desculpe" por seus olhares e simplesmente ter saído andando, mas o medo de que Nina simplesmente o atacasse era maior do que sua timidez. Por isso, apenas manteve-se em seu lugar com um sorriso discreto no rosto, vendo como a semideusa se deliciava com cada copo que rapidamente bebia. Porém, daquela vez, teve certeza de não entrar em seu modo "hipnose estranha" e começou a batucar os dedos na mesa, como fazia momentos atrás. Naquele momento, sua maior vontade era de ir embora e nunca mais voltar a ver a meio-sangue, mas era educado demais para tal.

Se amaldiçoou, por um momento, por causa disso. E se fosse o típico bad boy que vê se agarrando com outras meninas pelos becos onde passa? Então, se lembrou que se realmente fosse aquele tipo, acabaria ficando com a filha de Hades. Suspirou. Talvez não houvesse maneira rápida de sair daquela situação.

— A minha mãe... Bem, ela nunca me chamou de filho. Nem uma vezinha, desde que eu me lembro. Sempre bastardo, bastardo, bastardo. Até que eu me acostumei com a palavra. — Deu de ombros. — Às vezes eu tinha a impressão de que ela não gostava de mim. E, mesmo assim... Ela me educou e me deu teto e o que comer por doze anos de minha vida, desde que nasci. Então, deveria sentir o mínimo de afeto, ou pelo menos medo de que Éolo matasse ela. — Manteve-se inexpressivo, o que não foi muito difícil. Durante as crises de Khann, Daeron precisou aprender a esconder emoções, senão as brigas e ofensas se tornavam piores.

Ouviu o resto com a mesma inexpressão que havia posto em seu rosto, e pensou por um momento antes de responder. Não se surpreendia com a existência de semideuses que não se achassem aberrações, e se vissem como heróis. Odisseu, Perseu... Tantos deles haviam vivido e lutado com honra e, talvez por isso, não tivessem motivo para lamentarem a própria existência. Até mesmo atualmente deveriam ter meios-sangues heróis. Mas... Ele? Era só um zé-ninguém, sem treino algum relacionado aos seus poderes e com milhares de perguntas na sua mente. Nina? Havia conhecido-a naquele momento, mas sabia, de alguma forma, que ela tinha feito história. Mas você não tem o direito de perguntar.

— Bem, na verdade, eu admiro esses semideuses que não se veem como aberrações. Digo, pense nos que são "bons" e que seguem algo que chamam de honra. São tão bem acolhidos pelo resto do mundo... Não vejo porque precisam pensar em si mesmos como erros. — Repetiu a palavra usada pela bastarda de Hades. — Agora, olhe para mim, como exemplo: eu sou um zé-ninguém, mal sei usar meus poderes e tenho mais perguntas do que vontade de procurar as respostas. Não pendo nem pro bem, nem pro mal, e estou exatamente no meio da linha que divide a honra da desonra. — Naquele momento, sua face e voz assumiram expressões de indignação e surpresa. — Digo... Eu tenho alguns códigos, okay. Mas não vou pegar o caminho mais longo para alcançar um objetivo, só porque nele não contém ações consideradas moralmente erradas, se eu tenho um mais fácil que envolve trapacear um pouco e manipular as pessoas.

Deixou-se largar no assento enquanto recuperava o fôlego. Uma característica antiga sua, falar pelos cotovelos. Mordeu a língua. Não deveria sair espalhando aos sete ventos o que acha ou deixa de achar. Opiniões contrárias levam a discussões, e discussões levam a brigas, que levam a lutas... Balançou a cabeça ligeiramente, finalmente olhando para a garçonete que trouxe outra caneca de bebida para Nina. Pigarreou para chamar a atenção da loira.

— Uma garrafa do seu melhor vinho. — Se é para sair daquilo pobre, que seja para sair satisfeito.




armas:
{Dragyon} / Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] ~nuvem particular

{Twister} / Chackran [Chackran de bronze sagrado, de formato circular e vazado no centro. A empunhadura é apenas levemente abaulada, não afetando a aerodinâmica, e exigindo atenção na hora do uso para quem não está acostumado. Decorado com arabescos, faz o leve som do vento ao ser lançado no ar. Transforma-se em um pequeno chaveiro com guizos no nível 20.]{Bronze sagrado} (Nível mínimo: 1)[Recebimento: Presente de Reclamação de Éolo] ~nuvem particular
Poderes:

— Passivos —

Nível 1:
Nuvem Particular – Você tem uma nuvem que carrega seus pertences, o máximo de itens acima dela é quatro. A mesma nuvem aparece e desaparece quando você quiser bata invocá-la quando precisar.
For someone who doesn't want taking sins, you met the wrong person
Daeron B. Thergewyn
Filhos de Éolo
Mensagens :
46

Localização :
Talvez num ringue.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Nina A. Mutt em Qua 24 Jun 2015, 15:35

Crônicas à beira mar



O que era mais evidente? Dae querer sair correndo ou ter sido tão fodido na vida que virara um covarde? Nina resolveu não meter a língua entre os dentes desta vez, resguardou-se apenas a beber o resto de sua cerveja e apanhar o Marlboro azul, não era fã de mentolados, preferia o trago sabor câncer, contudo era tudo que tinha, por isso pegou-o com os dentes, acendeu com Rei e absorveu a sensação com certa felicidade. Deixou que ele estourasse, que falasse o que quisesse, fumou quieta e quando finalmente ele pediu um vinho, ela sorriu.

- Por isso eu bebo Dae. – disse rindo, oferecendo um brinde inexistente.

Terminou o vício, apagando o objeto no cinzeiro disposto na mesa. Coçou a bochecha e pensou em toda sua vida, não bastou mais que alguns segundos para rir sacana.

- Não escolhemos nosso nome, nossas famílias, nossos destinos, é uma merda, verdade. Entretanto, pra mim, escolhemos como devemos ser lembrados. – mordeu o lábio, os olhos antes focados na mesa levantaram-se até os dele, e dessa vez sustentou o olhar dele, como o ferro que sustentava as bases da sociedade. – Se você quer ser um zé ninguém, foda-se, mas ficar se lamentando com “mal sei usar meus poderes” e “tenho mais perguntas do que vontade de procurar por respostas”? Poupe-me dessas merdas, puta que pariu.

Apesar do tom agressivo, ela continuava com o sorriso.

- Aprenda, se vire, sobreviva, você é um bastardo como todo o resto.

Levantou-se e tirou do bolso a carteira, tirando de lá uma nota graúda de cem dólares e colocando em cima da mesa, recuperou seu isqueiro.

- Vou ao banheiro, você tem 10 minutos para escolher devolver o vinho, cair fora e nunca mais me ver. – piscou para ele. – Ou pode me esperar e continuaremos nossa discussão babaca sobre heróis e vilões. Aliás, não se preocupe, não tenho nenhum interesse em enfiar uma espada na sua garganta. Apesar do meu porte, não sou do tipo de cadela que se mete em rinhas sem algum lucro posterior. Mercenária? Talvez, me julgue se quiser.

Ela virou-se e seguiu até a porta onde uma plaquinha com uma moça de vestido pendia, atravessou-a e o relógio começou a correr. É sua vez, senhor Dae.

Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Bundy}/ Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 18] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Jack} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potência dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Rei} / Isqueiro [Este isqueiro foi dado pelo próprio Tânatos para a filha de Hades e em nada se diferencia de um comum, exceto pelo fato de possuir fluído infinito. Ele é feito de metal e sua cor é prateada, com o desenho da cabeça de um cervo de longos chifres entalhado na carapaça.] [Aço] [Nível mínimo: 1] [Sem elementos] [Recebimento: recompensa pela DIY "O fogo, a terra e os ossos", avaliado por Atena e atualizado por Poseidon]{Bolso esquerdo traseiro}
Hades:

Passivos até o nível atual.

As sombras e o mar.


♦ the white swan ♦ @cg

Nina A. Mutt
Mênades
Mensagens :
404

Localização :
Na puta que o pariu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Daeron B. Thergewyn em Qua 24 Jun 2015, 16:17


Should I stay or Should I go? ♪♫


I really need to learn to go, by I'll stay


Enquanto Nina estava no banheiro, Daeron pensou por alguns momentos. Lá estava a sua chance, a de fugir e nunca mais voltar a ver a face da bastarda de Hades. E, no entanto, estava hesitante em agarrar tal oportunidade. Sinceramente? A meio-sangue tinha razão. Era apenas um garotinho mimado e perdido, que queria o colo da mamãe. Estava por aí, sozinho, desde os catorze, e ainda não havia aprendido a lição. Mas... Pensou, por um momento, em tudo o que o levou até ali, naquele momento. A morte de Khann Thergewyn, a esquizofrenia de seu tio. Ninguém quis ficar com o menino assustado, porque achavam que ele era amaldiçoado. Talvez realmente fosse.

Não se sentiu mal. Ainda que fosse uma criança, era uma criança que sabia de umas poucas coisas. E uma delas era como encarar a verdade. Nunca seria um tipo de coldhearted que dizem por aí que a vida acaba criando. Ainda batucando a mesa, voltou a pensar. Deveria ir embora? Fechou o zíper da jaqueta de couro, enterrando-se no banco. Resolveu ficar. Aquela já era a segunda vez que a bastarda afirmou que não enfiaria uma espada na sua garganta. Talvez... Não. Ele deveria parar de ser tão inseguro.

Olhou para o lado no exato momento em que a garçonete voltou com a garrafa de vinho. Dispensou o copo que veio junto, e abriu por si próprio a garrafa, bebendo cuidadosos goles. Não tinha certeza do que faria sob o efeito do álcool.

— Ainda não acabamos, moça. — Disse à loira, quando ela pôs os olhos no dinheiro.

E, por fim, apenas restou-lhe esperar que Nina voltasse de sua ida ao banheiro, enquanto bebericava seu vinho em pequenos goles.




armas:
{Dragyon} / Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] ~nuvem particular

{Twister} / Chackran [Chackran de bronze sagrado, de formato circular e vazado no centro. A empunhadura é apenas levemente abaulada, não afetando a aerodinâmica, e exigindo atenção na hora do uso para quem não está acostumado. Decorado com arabescos, faz o leve som do vento ao ser lançado no ar. Transforma-se em um pequeno chaveiro com guizos no nível 20.]{Bronze sagrado} (Nível mínimo: 1)[Recebimento: Presente de Reclamação de Éolo] ~nuvem particular
Poderes:

— Passivos —

Nível 1:
Nuvem Particular – Você tem uma nuvem que carrega seus pertences, o máximo de itens acima dela é quatro. A mesma nuvem aparece e desaparece quando você quiser bata invocá-la quando precisar.
Oh, gods. Now I can see it's not all your fault./div>
Daeron B. Thergewyn
Filhos de Éolo
Mensagens :
46

Localização :
Talvez num ringue.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Nina A. Mutt em Qua 24 Jun 2015, 16:42

Crônicas à beira mar



Não pode deixar de rir ao ver o rapaz encolhido no banco, abraçado com uma garrafa de vinho e levemente carrancudo, como uma criança que é deixada esperando solitária na fila do supermercado. Voltou a se sentar e pediu algo mais forte para a loira, que escreveu no bloquinho de notas o pedido e saiu apressada, afinal a aura da morte era verdadeiramente incômoda. Nina nada disse até que chegasse o copo com o líquido verde e com um cheiro tão forte que daria náuseas a qualquer desacostumado, observou a mulher fazer todo o ritual de um bom absinto e esperou que ela se retirasse.

- Parabéns Dae, não saiu desesperado como uma garotinha que vê o próprio sangue pela primeira vez, esse já é um excelente passo.

Tomou o conteúdo num único gole, e como se uma bomba explodisse em seu estômago, todos os pelos do seu corpo se eriçaram. Ela depositou o copo de volta na mesa e soltou um suspiro que mais pareceu um gemido, mesmo acostumada com bebedeiras, aquele ainda era o tipo de porre que fazia seu sangue engrossar.

- Caralho, é disso que estou falando! Ic. – soluçou e sentiu as faces corarem, a tontura já estava previamente instalada em seu ser. – Pronto, agora posso considerar que cheguei ao nível de bêbada do dia.

Pobre fígado.

- Então Dae... Acho que você vai ter que cuidar de mim hoje. – disse maliciosa, mas ela saberia que ele nada faria e ela também, decididamente o tipo bonzinho não era o seu. – Ic!

Estalou os dedos, mania velha quando tentava medir o quão bêbada estava, se deu conta que ainda estava num parâmetro socialmente aceito.

- Agora eu lhe pergunto, sobre o que falei, vai tomar uma atitude ou continuar tremendo diante dos heróis e vilões?

Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Bundy}/ Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 18] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Jack} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potência dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Rei} / Isqueiro [Este isqueiro foi dado pelo próprio Tânatos para a filha de Hades e em nada se diferencia de um comum, exceto pelo fato de possuir fluído infinito. Ele é feito de metal e sua cor é prateada, com o desenho da cabeça de um cervo de longos chifres entalhado na carapaça.] [Aço] [Nível mínimo: 1] [Sem elementos] [Recebimento: recompensa pela DIY "O fogo, a terra e os ossos", avaliado por Atena e atualizado por Poseidon]{Bolso esquerdo traseiro}
Hades:

Passivos até o nível atual.

As sombras e o mar.


♦ the white swan ♦ @cg

Nina A. Mutt
Mênades
Mensagens :
404

Localização :
Na puta que o pariu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Daeron B. Thergewyn em Qua 24 Jun 2015, 17:08


Heroes and villians are only titles


I don't have to choose. I don't need limits.


Não conseguiu manter o mau-humor no rosto por muito tempo. Ao ver a reação de Nina bebendo o líquido com cheiro forte, abriu um leve sorriso, que se aumentou quando viu a bastarda estalar os dedos. Não havia entendido o gesto, mas resolveu não questionar. Continuava sendo um covarde, admitia. E o que mais seria? Não tinha identidade alguma naquele momento. Mesmo que tivesse resolvido não ser um bebê chorão sua vida inteira, identificações não surgiam em alguns minutos. Bebeu mais ou pouco de seu vinho.

Àquela altura, começava a se questionar se havia sido uma boa ideia pedir aquela garrafa. Se conhecia bem, sabia que uma hora terminaria a bebida e logo pediria outra. Eu não posso. Tentou enterrar aquele pensamento bem fundo em seu cérebro, para que se fixasse. Não tinha a mesma resistência de Nina ao álcool.

— Moça, eu me pergunto como você aguenta isso tudo. — Levantou uma sobrancelha e brincou, enquanto bebia mais um pouco do vinho e sentia a garrafa ficar mais leve. Sua outra sobrancelha se levantou ao ouvir o início dos soluços da bastarda. — Eu, provavelmente, já estaria vomitando meu café da manhã a essa altura. — Abriu outro sorriso. — Não dei a sorte de herdar a resistência de minha mãe.

Deu de ombros sobre o comentário malicioso. E então, percebeu que ali estava, as alterações que temia que começassem a acontecer. Bebeu mais. Desde que não agisse de forma vergonhosa ou que contrariasse completamente tudo o que acreditava, estava certo. Desde que se mantivesse em controle, nada de ruim aconteceria.

— Pretendo continuar na linha entre os dois. Heróis e vilões? Títulos. Ambos podem ser controlados e manipulados, assim como qualquer um. Basta saber... o jeito certo. Se souber como fazer que se odeiem tanto que esqueçam de sua existência, não é preciso fazer muito mais.




armas:
{Dragyon} / Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] ~nuvem particular

{Twister} / Chackran [Chackran de bronze sagrado, de formato circular e vazado no centro. A empunhadura é apenas levemente abaulada, não afetando a aerodinâmica, e exigindo atenção na hora do uso para quem não está acostumado. Decorado com arabescos, faz o leve som do vento ao ser lançado no ar. Transforma-se em um pequeno chaveiro com guizos no nível 20.]{Bronze sagrado} (Nível mínimo: 1)[Recebimento: Presente de Reclamação de Éolo] ~nuvem particular
Poderes:

— Passivos —

Nível 1:
Nuvem Particular – Você tem uma nuvem que carrega seus pertences, o máximo de itens acima dela é quatro. A mesma nuvem aparece e desaparece quando você quiser bata invocá-la quando precisar.
The sky isn't my limit, m'lady.
Daeron B. Thergewyn
Filhos de Éolo
Mensagens :
46

Localização :
Talvez num ringue.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Nina A. Mutt em Qua 24 Jun 2015, 18:25

Crônicas à beira mar



- Alguns bons anos de treinamento. – mergulhou num passado onde drogas, sexo e álcool tinham a companhia dele, pelos deuses como sentia sua falta às vezes. – Além do fato de eu ter sido mênade, que são seguidores de Dionísio, deus da loucura, do vinho e do eterno mau humor... Ic!

Prendeu a respiração, sentindo o peito saltitar, era complicado ser meio humana nessa situação. Finalmente livrara-se do espasmo, resolveu prender os cabelos num coque frouxo já que suava um pouco, isso deixou seu colo ainda mais livre por causa das alças que continuavam caídas. Ela estava sorrindo soltinha, como um passarinho, e até mesmo sua grosseria diminuía perante a felicidade alcoólica.

- Você sempre se preocupa demais? Digo, eu sei muito bem o que é ter uma vida fodida, mas porra! – resolveu fazer uma pausa antes de engatar no próximo drink. – Enfim, me ignore por agora, mas quanto a isso de manipulação, posso dizer que é uma bosta, sou péssima, meu tipo é mais direto. Agora filhos de Afrodite e aquela vozinha persuasiva... Cacete, me dá vontade de esganar a criança.

Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Bundy}/ Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 18] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Jack} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potência dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Rei} / Isqueiro [Este isqueiro foi dado pelo próprio Tânatos para a filha de Hades e em nada se diferencia de um comum, exceto pelo fato de possuir fluído infinito. Ele é feito de metal e sua cor é prateada, com o desenho da cabeça de um cervo de longos chifres entalhado na carapaça.] [Aço] [Nível mínimo: 1] [Sem elementos] [Recebimento: recompensa pela DIY "O fogo, a terra e os ossos", avaliado por Atena e atualizado por Poseidon]{Bolso esquerdo traseiro}
Hades:

Passivos até o nível atual.

As sombras e o mar.


♦ the white swan ♦ @cg

Nina A. Mutt
Mênades
Mensagens :
404

Localização :
Na puta que o pariu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Daeron B. Thergewyn em Qua 24 Jun 2015, 18:57


I shouldn't drink it, but fucking gods, wine is so god


I'll problaly have regrets about today


— Treinamento? — Deu uma risada sarcástica, alta. — Até meu fígado virou pó. Sério, não tenho nenhuma resistência a bebidas. — Apontou para a garrafa de vinho na mão direita, e logo bebeu mais um gole. Não se importou em ver o quanto já havia consumido. — Como já pode ter reparado, ou não. Se uma gota qualquer de álcool entra na minha corrente sanguínea, acabo largando minha timidez alarmante. — Parou para pensar, por um momento, e franziu as sobrancelhas. — Mas vou ter que ficar de olho em mim mesmo.

E não era de todo mentira. Crescendo com a mãe alcoólatra, sabia muito bem o que uma pessoa bêbada era capaz. Mais uma vez, uma lembrança bizarra sobre a infância invadiu sua mente. Khann discutia com um inimigo invisível e apontava uma garrafa de uísque quebrada para o ar. Haviam vários cacos no chão e a chance de que a mulher se cortassem eram tão grandes quanto a covardia de Dae. Por fim, seu tio chegou e levou-o para longe, mas, se não houvesse vinho no seu organismo, o bastardo lembraria das palavras da mãe para o aparente vazio. Não tentou forçar a memória. Se recordasse-se da ocasião, acabaria rindo que nem um maluco ou, mais provavelmente, chorando como um bebê.

Arregalou os olhos ligeiramente quando Nina ralhou consigo, pela segunda ou terceira vez naquele encontro. "Você sempre se preocupa demais?" A resposta era óbvia em sua mente: bem, sim. Contudo, controlou a língua. Sempre precisou ser preocupado. Tomar conta de Khann, quitar as dívidas da mãe. Cuidar da casa e de tudo o mais que deveria ser responsabilidade dela. Sempre viveu sob as ameaças de morte das apostas da Thergewyn e, por isso, sempre precisou ter cuidado ao simplesmente por os pés na habitação que deveria ser segura para sua família. Outro gole de vinho desceu por sua garganta. Já sabia o que responderia.

— Moça, se não fosse minha preocupação, provavelmente teria partido desta para melhor há muito tempo. Como eu disse, quase nada sei sobre essa insanidade que chamam de mitologia, e na maior parte das vezes, cuidei mais de minha mãe viciada em apostas do que ela de mim. Você provavelmente sabe como é viver sob ameaças de morte constantes, então não preciso descrever o quão desgastante foi. — Cuspiu as informações, sem expressão ou sentimento na voz. — E sobre a chantagem e manipulação: é um ótimo meio de sentar e ver os dois lados se aniquilarem enquanto está são e salvo. — Deu uma pausa e apoiou a garrafa na mesa, abrindo o zíper da jaqueta e voltando a se acomodar no assento. — Mas aí depende se você gosta de estar no meio do campo de batalha ou rindo enquanto os guerreiros de matam.

Durante toda sua fala, percebeu o quão frio e talvez cruel possa ter soado. Não havia sido sua intensão, óbvio — o tímido e gentil Daeron Thergewyn jamais conseguiria por em prática qualquer ameaça que lhe viesse em mente, e era justamente por isso que preferia deixar que os outros o fizessem por ele. O rapaz mal conseguia, quanto sob pressão, falar sem atropelar as palavras... Quem dirá cravar uma espada no peito de alguém. Lutava quando extremamente necessário e manter-se longe das pessoas era uma ótima forma de evitar conflitos. E por isso...

— Prefiro estar no time dos que riem a salvo em suas poltronas de couro. Claro que, na maior parte do tempo, não preciso sequer tentar chantagear alguém. Acredite, ser tímido tem suas vantagens, e uma delas é evitar inimigos e, assim, evitar risco de vida. — Pegou a garrafa e balançou um pouco antes de virá-la na boca, sem deixar de encarar a semideusa.




Armas:
{Dragyon} / Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] ~nuvem particular

{Twister} / Chackran [Chackran de bronze sagrado, de formato circular e vazado no centro. A empunhadura é apenas levemente abaulada, não afetando a aerodinâmica, e exigindo atenção na hora do uso para quem não está acostumado. Decorado com arabescos, faz o leve som do vento ao ser lançado no ar. Transforma-se em um pequeno chaveiro com guizos no nível 20.]{Bronze sagrado} (Nível mínimo: 1)[Recebimento: Presente de Reclamação de Éolo] ~nuvem particular
Poderes:

— Passivos —

Nível 1:
Nuvem Particular – Você tem uma nuvem que carrega seus pertences, o máximo de itens acima dela é quatro. A mesma nuvem aparece e desaparece quando você quiser bata invocá-la quando precisar.
The sky isn't my limit, m'lady.
Daeron B. Thergewyn
Filhos de Éolo
Mensagens :
46

Localização :
Talvez num ringue.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Nina A. Mutt em Qua 24 Jun 2015, 22:28

Crônicas à beira mar



Dae era realmente problemático à sua forma, mas nada que tirasse Nina do sério, ela apenas poderia dizer que sentia um pouco de dó dele, mas isso sim seria cruel e ficou de boca calada. Olhou pela janela, a noite densa era uma lembrança dos seus afazeres, mesmo que no seu íntimo preferisse ficar ali bebendo a noite toda, respirou fundo e coçou a cabeça, ninguém tinha mandado ela aceitar o cargo de monitora novamente.  Pegou a jaqueta e enfiou os braços nas mangas, certificando-se que o maço não iria amassar no processo.

- Bem Dae, preciso ir, eu tenho certos muitos deveres, pois caso não pareça eu sou uma vadia muito importante. – levantou-se e ajeitou o zíper, assim como os anéis e a capa de sombras. – Você tem o direito de ser o que quiser, de fazer o que quiser, a vida é sua. Normalmente eu não aceito conselhos, e por igual não os dou, mas você foi uma boa companhia de drink e pelo visto um amante do vinho.

Pegou a nota de cem na mesa e aproximou-se dele, puxando-o de leve pela gola da camisa sobre a jaqueta, o rosto de ambos ficou perigosamente próximo.

- O que você chama de mitologia, não é mais, corre em suas veias e pulsa vívido, filhote. Sua mãe já não manda em você, é dono da sua vida. – colocou a nota no bolso da jaqueta dele, sorrindo maliciosa. – Se for covarde demais para vive-la, quem o fará?

Soltou-o e seguiu seu rumo porta afora, desaparecendo nas sombras.

Auau:

Armas:

♦ {Amartía} / Espada [Espada de 90cm, feita de bronze sagrado. Sua lâmina mede cerca de 70 cm, e sua base é mais grossa que a ponta. A guarda-mão é em forma de um crânio que tem seus dentes pontudos virados na direção do início da lâmina, como se ela saísse de sua boca. Os olhos do crânio são feitos por dois rubis. O cabo e a espiga são revestidos por um couro escuro, o mesmo tipo usado em sua bainha. No nível 20 transforma-se em um anel de caveira] {Bronze sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Bundy}/ Anel [Anel de caveira que absorve a energia vital das almas dos oponentes mortos, armazenando-as. As almas guardadas podem ser usadas como um combustível na forma de um "buff", ampliando o poder de ataque do semideus em 10% por 3 turnos a cada alma utilizada. A alma utilizada segue ao submundo após isso. Esse efeito pode ser usado apenas 2x por missão. Adicionalmente, 1 vez por missão o filho de Hades pode gastar uma alma coletada para recuperar 10% de sua HP e MP.] [Almas coletadas: 18] {Bronze} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Jack} / Capa [Capa feita de escuridão, lã negra e fios de obsidiana. Com uma magia muito parecida com a do elmo de Hades, a capa faz com que o semideus fique invisível em meio as sombras, mas não modifica o odor do semideus, não diminui o barulho de suas ações ou modifica a estrutura corporal do semideus. A capa pode ser usada em partes do copo ou no corpo inteiro, mas ao passar por um foco de luz a camuflagem passa a ser inútil. Ao usar essa capa apenas como um acessório de vestimenta, mesmo estando sobre a luz ela concede um aumento de 10% na potência dos poderes referente ao medo que o semideus usar.] {Lã}(Nível mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hades]

♦ {Rei} / Isqueiro [Este isqueiro foi dado pelo próprio Tânatos para a filha de Hades e em nada se diferencia de um comum, exceto pelo fato de possuir fluído infinito. Ele é feito de metal e sua cor é prateada, com o desenho da cabeça de um cervo de longos chifres entalhado na carapaça.] [Aço] [Nível mínimo: 1] [Sem elementos] [Recebimento: recompensa pela DIY "O fogo, a terra e os ossos", avaliado por Atena e atualizado por Poseidon]{Bolso esquerdo traseiro}
Hades:

Passivos até o nível atual.

As sombras e o mar.


♦ the white swan ♦ @cg
Nina A. Mutt
Mênades
Mensagens :
404

Localização :
Na puta que o pariu.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Daeron B. Thergewyn em Qui 25 Jun 2015, 22:32


I'm a little puppy, you're right about it


But I'll show you, lady. I'll the alpha of this pack.


Por um momento, observou o quanto faltava para o término de seu vinho: pouco menos de meia garrafa. Deu de ombros. Parecia que sairia daquele estabelecimento com um acompanhamento até achar um hotel barato qualquer para dormir; afinal, quem seria louco de encarar uma briga no torpor causado pelo álcool? Até que olhou para a bastarda a sua frente e chegou a conclusão de que ela o faria. Deu uma risada seca, quase imperceptível. Pessoas são estranhas.

Levantou as duas sobrancelhas quando Nina deu sinais de que iria embora. Não deveria se surpreender que as pessoas não ficassem em sua presença por muito tempo. Afinal, quem gostava de um garoto chato e chorão exatamente como ele era? Sinceramente, haviam dias que Dae não saberia responder como se suportava. Mais um gole de vinho. Era hora de crescer, e só naquele momento se deu conta disso.

— Moça, vinho é uma das poucas bebidas que não me dá náuseas assim que encosto os lábios. Fazer o quê? — Deu de ombros enquanto saboreava outro longo gole da bebida.

Mesmo que ligeiramente bêbado e sob a tranquilidade das negativas sobre morte por parte da filha de Hades, seu coração se acelerou quando foi simplesmente pego pela gola da jaqueta e forçado a encarar a mulher nos olhos tão de perto. Antes que entrasse em pânico, tentou se concentrar em qualquer coisa que não fossem os olhos negros furiosos e ligeiramente entorpecidos pelo álcool. E, por isso, acabou se concentrando no hálito quente e ainda com cheiro do drink forte que a pouco tomara.

E mais um sermão. Ou o que parecia ser um. Ainda ficou observando a bastarda do rei do Submundo sair, enquanto ajeitava a gola da jaqueta e bebia mais um pouco de seu vinho. Filhote. Gostava do jeito que aquela palavra soava saída dos lábios da mulher. Era realmente apenas um filhotinho ganindo pela mãe. Virou a garrafa na boca, esvaziando mais um pouco de seu conteúdo e tirando da própria carteira uma nota de cem e uma de cinquenta; não sabia ao certo o quanto gastara naquele bar. Deu de ombros, agora sendo ele quem saía do estabelecimento.

Ele era um filhote. Nina havia acertado sobre isso.

Mas da próxima vez que se encontrassem, Dae seria o alfa da alcateia.




Armas:
{Dragyon} / Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum] ~nuvem particular

{Twister} / Chackran [Chackran de bronze sagrado, de formato circular e vazado no centro. A empunhadura é apenas levemente abaulada, não afetando a aerodinâmica, e exigindo atenção na hora do uso para quem não está acostumado. Decorado com arabescos, faz o leve som do vento ao ser lançado no ar. Transforma-se em um pequeno chaveiro com guizos no nível 20.]{Bronze sagrado} (Nível mínimo: 1)[Recebimento: Presente de Reclamação de Éolo] ~nuvem particular
Poderes:

— Passivos —

Nível 1:
Nuvem Particular – Você tem uma nuvem que carrega seus pertences, o máximo de itens acima dela é quatro. A mesma nuvem aparece e desaparece quando você quiser bata invocá-la quando precisar.
The sky isn't my limit, m'lady.
Daeron B. Thergewyn
Filhos de Éolo
Mensagens :
46

Localização :
Talvez num ringue.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Juliet G. Diavoro em Dom 05 Jul 2015, 13:09




The Sea

Juliet ouviu as palavras de Bianca e permaneceu em silêncio por alguns segundos, como se digerisse o que havia acabado de ser dito. Sabia que Hale tinha razão e naquele momento suspirou pesadamente.

"Algo que se encontra quando você aceita o que é."

Sou uma bagunça, sou um erro, sou uma maldita. — Admitiu, surpreendendo-se ao ver como as palavras deixaram sua boca com tanta naturalidade.

Talvez aquela fosse a irremediável verdade.

Fitava a prole de Selene de maneira curiosa, pois sentia algo semelhante a felicidade ao ver que esta ainda não tinha ido embora dali.

E agora algo me diz que talvez não haja nada de errado em ser assim. — Sorriu para a outra semideusa.

Aquilo era o mais próximo que chegaria de um agradecimento a alguém.

Have you ever felt like the stars were your only company?

Thanks Faith @CG – Edited By: ❖Ghost
Juliet G. Diavoro
Filhos de Tânatos
Mensagens :
30

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Bianca H. Somerhalder em Dom 05 Jul 2015, 13:29

baby, I'm preying on you tonight
The Sea
Bianca sorriu ao ouvir as palavras da garota; por mais que fosse horrível pensar isso de si mesma, era a verdade. Verdades precisam ser ditas. Não queria ser depreciativa nem nada, mas sua verdade talvez fosse bem pior: sou uma péssima filha, uma traidora dos deuses, uma assassina. A filha de Selene ainda se lembrava de quando havia assumido todas aquelas coisas, e podia dizer que sua vida tinha melhorado a partir dali.

— Não ligue para o que pensam de você — dando de ombros ela se voltou para Juliet, com um sorriso estampado do rosto. — Gosto de você. Posso te ajudar com tudo isso, se quiser.

Era muito difícil Hale gostar de alguém, então não via nenhum problema em passar mais tempo perto da garota que se parecia tanto com ela. Se era para ser útil, que fosse útil de uma maneira que ajudasse alguém a aceitar quem era. Ajudasse alguém a indiretamente se tornar uma assassina.



Armas Levadas:
{Falling Stars} / Shurikens [Conjunto com 10 shurikens de bronze sagrado, mas que se repõem sempre, funcionando quase como um "conjunto de shurikens infinitas". São guardadas em um estojo de couro e veludo. O alcance é limitado à força do semideus, mas não ultrapassa 25m. Podem ser atiradas até 2 por turno, e ambas seriam afetadas pelos poderes.] {Bronze sagrado} (Nível mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Selene]

{Moonlight} / Adaga [Trata-se de uma adaga com a lâmina ligeiramente mais larga e curva. O seu formato é levemente arredondado – o que lembra uma lua na sua fase crescente. O cabo tem uma espécie de cobertura (como em sabres) feita de bronze sagrado, o que dá certa defesa as mãos daquele que a está empunhando. Tem uma coloração esbranquiçada e toma um tom azulado quando exposto à luz lunar. No nível 20, se torna um botton escrito "CLUBE DE ASTRONOMIA".] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Presente de Reclamação de Selene]

— {Bravery} / Dog tag [Aparentemente uma placa normal de identificação do exército, com os dados básicos do semideus. Com uma bênção mágica contínua, abençoa seu utilizador com um bônus de 15% em sua força física e providencia uma resistência de igual nível a poderes e auras que envolvam os atributos medo e pânico.] {Prata} (Nível mínimo: 1.) [Recebimento: "Face Your Fears", treino trimestral para filhos de Selene e Hipnos. Avaliado por Ayla Lennox e atualizado por ~Lady Íris~.]

Katana de bronze sagrado [A versão japonesa da espada bastarda, possui a lâmina extremamente afiada e levemente curva, sendo resistente devido ao seu processo de criação, mais poderosa para quem utiliza a destreza do que a força, devido à técnica requerida ao seu uso, diferente da espada bastarda ocidental. Assim como ocorre com a wakisashi, seu feitio costuma ser mais detalhado do que o de armas ocidentais, com empunhadura em madeira, revestida em tecido e geralmente com padrões alinhavados de seda ou linhas nobres. Acompanha bainha resistente, de bambu][Bronze sagrado, madeira e tecido.][Nível mínimo: 5. Sem elemento]

♦ {Luto} / Bandana Preta [Carregando a aura pesada do atentado terrorista ao Acampamento no réveillon, essa faixa preta do tamanho de 50cm de comprimento por 5cm de largura possui uma propriedade interessante: tais como em cerimônias lúgubres, onde se dedica um minuto de silêncio em respeito à fatalidade ocorrida, os movimentos do usuário ficam silenciados por um turno inteiro; tal "bênção", no entanto, não afeta fala ou poderes (não se poderia silenciar uma explosão, por exemplo), podendo ser utilizada unicamente em ações relacionadas à movimentação (um pulo, uma caminhada, uma corrida, o ruído de passos - desde que provindos do portador, seriam silenciados e não poderiam ser escutados, independente de poderes como "audição perfeita"). Pode ser utilizada duas vezes por ocasião (missão, evento, treino, dentre outros).] {Tecido preto} (Nível Mínimo: 1) [Recebimento: Evento de Encerramento, "Burn, Baby, Burn! - Postagem Aberta". Jan/2015.]

♦ {Seduction} / Colar [Colar de ouro com um pingente em forma de serpente, que possui rubis mágicos encravados nas córneas do réptil. Quando utilizado, bonifica ações e poderes relativos a sedução e charme em 20%.] {Ouro e rubi} (Nível Mínimo: 15) [Recebimento: Missão "A Boate", avalida por Hipnos e atualizada por Poseidon]

Colar de caranguejo gigante [Colar comum, feito de fibras de algas com uma pinça de carangueijo, avermelhada. Duas vezes por missão o portador pode soltar uma profusão de bolhas que ocupa uma área de 3m de raio ao seu redor e duram 3 turnos. As bolhas não provocam danos mas impedem a visibilidade, fazendo com que todos os ataques à distância tenham uma chance de falha de 50% por 3 turnos, não cumulativos. Adicionalmente, ao fim do poder, o solo da área fica encharcado, dificultando o equilíbrio e reduzindo a movimentação na área em 50% por 2 turnos. Para fins de resistência, os poderes do item equivalem ao nível 41. (Nível mínimo: 41) {Material: alga e pinça de carangueijo) [Ganho como recompensa pelo evento "O levante"]

Braçadeira quitinosa [Braçadeira lisa e cilíndrica, de tons avermelhados. Ao ser ativado, faz com que a pele do semideus tenha suas características alteradas, se enrijecendo, aumentando sua resistência a golpes físicos em 50% por 3 turnos. 1 vez por evento. (nível mínimo: 07) {Material: pele de carangueijo gigante} [Ganho como recompensa pelo evento "O levante"]
Poderes Utilizados:
Passivos:
Considerar todos os passivos de Selene até nível 47, com destaque para:

Nível 1: Perícia com adagas e armas laminadas pequenas
O filho de Selene se habitua mais fácil a este tipo de arma, apresentando um aprendizado mais veloz e um manejo mais natural. Apenas para adagas, facas e punhais, armas com estruturas e alcance semelhantes, exigindo técnicas parecidas. Note que a perícia apenas implica uma dificuldade menor no manejo e aprendizado, bem como certa facilidade em utilizar as técnicas conhecidas, mas não implica em conhecimento instantâneo ou precisão absoluta. [Modificado]

Nível 1: Aura Lunar
Os filhos de Selene tem o poder levemente aumentado durante a noite, fazendo com que suas ações em geral tenham uma chance adicional de acerto. Contudo, isso não altera a força/ dano do poder nem as habilidades físicas do semideus, apenas a chance de acerto, que são potencializadas em 10% neste nível, subindo para 20% no nível 50. [Modificado]

Nível 2: Beleza ao Luar
Os filhos de Selene ficam extremamente bonitos a noite, quase tanto quanto os filhos de Afrodite. É apenas um efeito estético, contudo pode ser vantajoso, já que boa aparência faz as pessoas conseguirem atenção mais facilmente. Contudo, apenas no período noturno. [Modificado]

Nível 3: Sentidos Aguçados
Quando está a noite, os sentidos (Visão, audição, tato, olfato e paladar) dos filhos de Selene serão mais aguçados, melhor do que qualquer meio-sangue, sendo o dobro do que um humano comum em questão de acuidade e/ou alcance. [Modificado]

Nível 5: Perícia com armas de arremesso
O filho de Selene se habitua mais fácil a este tipo de arma, apresentando um aprendizado mais veloz e um manejo mais natural. À princípio, apenas com shurikens. A partir do nível 30, contudo, passa a se estender a agulhas e facas de arremesso. Note que a perícia apenas implica uma dificuldade menor no manejo e aprendizado, bem como certa facilidade em utilizar as técnicas conhecidas, mas não implica em conhecimento instantâneo ou precisão absoluta.[Novo]

Nível 6: Regeneração Lunar I
Sempre que o herói estiver em contato com a luz da lua irá se regenerar lentamente. Regenera 5 HP e 5 MP a cada três rodadas sob a luz do luar. A permanência sob a luz da lua deve ser ininterrupta, mas ele pode fazer outras ações enquanto isso. A regeneração ocorrerá ao final da 3ª rodada. Nesse nível, recupera no máximo 30 HP/MP por noite. {Idealizado por Dominique C. Everyd - Modificado}

Nível 7: Passo Etéreo
A prole de Selene consegue se mover em silêncio, como se andasse disfarçadamente. Isso não a impede de ser localizada - ela ainda pode cometer gafes e provocar sons, bem como ser detectada pelo odor ou por possuidores de outros meios, como sentidos aguçados, mas em geral lhe dá oportunidades melhores, caso o filho de Selene esteja sendo cauteloso. {Idealizado por Dominique C. Everyd - Modificado}

Nível 9: Olhos lunares
O filho de Selene, a partir desse nível, passa a enxergar no escuro com a mesma percepção e alcance da sua visão normal. [Novo]

Nível 10: Fases da lua I - Lua Nova I
Esta fase Lunar representa um ótimo momento para dar inicio as coisas diferentes ou tomar atitudes. Isso faz com que não se atrapalhem tanto ao lidar com situações e coisas inesperadas: mesmo pegos de surpresa, eles conseguirão raciocinar e planejar, fazendo com que suas estratégias tenham chances melhores de acerto, mesmo que em menor nível se comparados com filhos de Atena, por exemplo. Contudo, a estratégia tem que ter sentido e ser plausível, e o semideus precisa ter meios de realizá-la - a última palavra é do narrador. [Modificado de ativo para passivo]

Nível 12: Luar romântico
A lua sempre foi o símbolo dos namorados. Por este motivo, durante a noite, poderes de charme e persuasão dos filhos de Selene sempre são amplificados, como se tivessem cinco níveis a mais, para determinar as resistências dos inimigos (mas não o efeito do poder). [Novo]

Nível 13: Lado Oculto
A Lua sempre tem um lado ‘oculto’ em relação a terra. Os filhos de Selene também terão isso, em comparação a outros semideuses. Assim, eles podem manter para si suas reais intenções com mais facilidade. Na prática, poderes ou ações (mesmo comuns) que envolvam blefes, mentiras e afins possuem um aumento/ chance de dar certo de 10% adicionais, se comparados a semideuses de mesmo nível que não possuam poderes do tipo. Contudo, ainda precisa ser coerente, e a palavra final é do narrador/ avaliador. [Modificado de ativo para passivo]

Nível 18: Aura Lunar II
Agora, adicionalmente aos efeitos do nível I, o filho de Selene passa a gastar 10% menos energia ao utilizar seus poderes no período noturno ou escuridão completa. [Novo]

Nível 19: Regeneração Lunar II
Agora o filho de Selene poderá recuperar 10 HP e MP a cada três rodadas. Só funciona exposto a lua, e a pemanência sob o luar deve ser ininterrupta, mas ele pode fazer outras ações enquanto isso. A regeneração ocorrerá ao final da 3ª rodada. Substitui os efeitos do nível anterior, não soma. Nesse nível, recupera no máximo 70 HP/MP por noite.{Idealizado por Dominique C. Everyd - Modificado}

Nível 23: Gravidade alterada
Todos sabem que na lua a gravidade é mínima. Os filhos de Selene terão seu impacto reduzido, diminuindo seus danos por quedas em 50% - mas uma queda muito alta ainda pode ser potencialmente perigosa ou até fatal. [Modificado, antigo ativo "Gravidade"]

Nível 24: Reflexos
No período noturno, a agilidade e os reflexos do semideus são levemente ampliados, fazendo com que sejam um pouco mais velozes se comparados a uma pessoa normal sem treino.[Modificado]

Nível 27: Regeneração Lunar III
A última fase da regeneração. Agora a cada três rodadas o filho de Selene poderá recuperar 15 HP/MP. Só funciona exposto a lua, e a permanência sob o luar deve ser ininterrupta, mas ele pode fazer outras ações enquanto isso. A regeneração ocorrerá ao final da 3ª rodada. Substitui os efeitos do nível anterior, não soma. Nesse nível, recupera no máximo 120 HP/MP por noite.{Idealizado por Dominique C. Everyd - Modificado}

Nível 30: Estabilidade
A lua estabiliza o eixo da terra, permitindo a manutenção do clima - sem ela, isso não seria possível. No seu caso, esse poder significa que você consegue manter sua temperatura corporal estável, fazendo com que resista melhor a alterações climáticas e interpéries naturais, apesar de ainda poder ser afetado por poderes de frio e fogo, por exemplo. Você ainda pode sofrer com efeitos naturais, como hipotermia ou desidratação pela temperatura, mas demora 5 vezes mais do que humanos normais para senti-los [Novo].

Nível 35: Aluado
Algumas pessoas às vezes são ditas com a "cabeça na lua". Pode não ser muito elogioso, mas tem um lado bom: poderes de leitura mental não o afetam tanto, já que se torna difícil saber em que você está concentrado. Poderes de oponentes até 5 níveis abaixo do seu são reduzidos em 50%, e entre isso e 5 níveis maiores são reduzidos em 25%, não afetando poderes de oponentes maiores que cinco níveis. [Novo]

Nível 40: Presságio
A lua sempre foi utilizada por várias culturas em seus rituais divinatórios. Você personaliza isso, ganhando uma espécie de sexto sentido que faz com que seja difícil ser surpreendido. Não indica o perigo exato ou o momento em que será atacado, nem de onde ou de quem virá, apenas a sensação de que há perigo, uma espécie de intuição, que pode servir para indicar emboscadas e armadilhas, ou até ataques. Alguns inimigos podem ter como burlar isso, já que podem conseguir ocultar sentimentos ou pensamentos - em casos do tipo, o poder só captaria se o oponente for de nível menor. [Novo]
Ativos:
Nenhum ativo q


Bianca H. Somerhalder
Filhos de Selene
Mensagens :
352

Localização :
Take me down to the paradise city ♪

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Juliet G. Diavoro em Dom 05 Jul 2015, 13:43




The Sea

Apesar de nunca ter sido a filha favorita dos Greyjaw, era difícil que a garota não tivesse as melhores coisas disponíveis - em qualquer sentido, mas nunca teve alguém.

— Não ligue para o que pensam de você. Gosto de você. Posso te ajudar com tudo isso, se quiser.

Apesar de não saber exatamente como reagir, Diavoro não permitiria que a outra semideusa tivesse seu ego alimentado. Olhou para ela como se ponderasse cuidadosamente a questão, arqueando uma das sobrancelhas e riu. Realmente riu.

Bianca poderia não ser a melhor pessoa aos olhos mortais, mas ao ouvir as palavras da filha de Selene, Diavoro teve a certeza de que bondade era algo relativo.

Sua ajuda será bem-vinda, filha de Selene. — Deu uma piscada travessa

Nem todo dinheiro do mundo poderia comprar aquela noite.

Have you ever felt like the stars were your only company?

Thanks Faith @CG – Edited By: ❖Ghost
Juliet G. Diavoro
Filhos de Tânatos
Mensagens :
30

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Mar ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 00:19

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum