Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

A Colina ♠Local Público Oficial♠

Página 5 de 21 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 13 ... 21  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por 046-ExStaff em Dom Abr 01, 2012 8:24 pm

Relembrando a primeira mensagem :

A Colina Meio-Sangue. Depois da Fronteira da proteção do Acampamento Meio-Sangue, existe a Colina. Árvores cercam o Acampamento por todos os lados (exceto onde é a Praia). Do lado de onde ficava a Árvore de Thalia, tinha uma estrada após muita floresta. No resto, a Floresta do Acampamento se mistura com a da Colina. Dríades do Acampamento, quando querem "brincar" sem as restrições do Acampamento, vão para fora da fronteira. Pode ser um local perigoso para campistas, dependendo de como eles tratarem as ninfas das árvores.


046-ExStaff
Indefinido
Mensagens :
1609

Localização :
Perséfone's heart ♥

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Amber Halliwell em Dom Mar 31, 2013 8:06 pm

Que o jogo se inicie.



O que havia sido aquilo na voz dele, quando se referiu a deusa da magia? Desprezo... ou até mesmo... Rancor? Aquela dúvida fez com que as sobrancelhas da feiticeira se arqueassem, tornando a admiração de ainda há pouco, ainda mais visível. Provavelmente não seria ele um adorador da magia, pois em suma, estes não possuíam o porte másculo que ele exibia, dando preferência a atividades ociosas e importando-se pouco com atividades físicas.

A Vallet limitava-se até então a observar o rosto dele, mas não demorou muito para que, após sua pergunta, ela finalmente se pronunciasse, com tessitura singela na voz, e fitando-o de um modo intenso no olhos.

Meu nome é Shamira. E minhas pretensões... um brilho opaco e gélido brilhou em suas orbes naquele momento Bem, creio que essas pertençam só a mim, Sr. Carter. A menos, é claro, que você me dê um bom motivo pra que os revele a você. As últimas palavras fugiram, mesclando um tom rústico, mas ainda descontraído em suas palavras. A ruiva, por meio de passos sutis, arriscou-se a andar em círculos em torno dele, deixando que seus olhos o percorressem de um modo isento de qualquer falso pudor.

Já novamente defronte ao garoto, deixou que em seu rosto transparecesse um certo interesse, mas que denunciava somente uma malícia incógnita mista em maldade, nada mais. Ainda assim, mesmo tentando omitir, a atração que inflava em seu âmago ia além do interesse sexual.

Você... estava prestes a retomar a fala, quando o que antes assemelhava-se a uma simples coincidência, agora, mais do que nunca parecia uma conspiração. Ou, ao menos fora aquela impressão que Shamira tivera de início, antes de se dar conta do quão surpreso o monte de músculos a sua frente, também demonstrou estar. Não... não havia qualquer elo de maldade que unisse os que ali estavam, e não seria difícil identificar se houvesse um.

Dos dois elementos mais que se uniu a eles, os olhos da ruiva pousaram sobre uma com uma curiosidade iminente. Aquela pele morena, cabelos longos... Curvas perigosas e um sorriso de desdém que só se via em seus lábios. Aquela era a garota que um dia vira no cinema, onde pela primeira vez, revelou sua verdadeira identidade. E ao se dar conta daquele seu pensamento, ela não pôde deixar de permitir um sorriso mais largo em seus lábios.

O outro garoto ela não conhecia... Não fazia a mínima ideia de quem se tratava, mas não estava surpresa com isso, pois detinha do conhecimento de que ainda existiam muitos semideuses espalhados pelo finito do mundo onde habitavam. Não conhecia a todos, e sequer era de seu interesse.

Parece que nosso encontro "romântico" - enfatizou de forma debochada -, acaba de ser interrompido. Eu confesso que iria chorar, se eu reconhecesse o valor de uma lágrima. E a inexpressividade assumiu outra vez seu rosto. Todavia, ainda havia algo que ela não era capaz de explicar; por que ainda mantinha-se próxima a ele? Algo em seu íntimo ansiava por conhecê-lo mais, tornar-se mais próxima, mas como definir tal ânsia, se considerava a si própria incapaz de se enxergar em um relacionamento perenal?

Pelo visto, vocês se conhecem. falou aleatoriamente, referindo-se a outra presença feminina que chegara ao âmbito Mas, agora estou curiosa... Seria esse um encontro duplo, e não me avisaram? Levou suas mãos as abas de seu vestido e olhou para este, voltando a erguer o olhar segundos depois já com um sorriso brincalhão nos lábios. Eu teria me vestido apropriadamente para a ocasião. Mas o mais importante, quem será meu par? Agarrou o braço do primeiro com quem se comunicara e deu continuidade as suas falas, assegurando-se de que a ironia se mantivesse presente em sua fala; Você, gatão? falou, olhando no fundo dos olhos azuis de outrem, ciente de que suas ações poderiam acarretar reações imprevisíveis de todos que a cercavam. Mas, esse seria o divertido da coisa, e ela sabia bem o quão perigoso era o jogo ao qual dera início, o que em sua visão, só o tornava ainda mais irresistível...


Amber Halliwell
Filhos de Despina
Mensagens :
136

Localização :
Nos mais voluptuosos dos teus sonhos. No mais obscuro dos seus desejos, sim aqueles que não és capaz de admitir. Sou à resposta às suas preces voltadas a maldade. Estou em todo lugar e em lugar nenhum, por isto tema o frio e se proteja como puder... Posso chegar em qualquer inverno.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bruce L. Salazar em Dom Mar 31, 2013 8:48 pm



♦ Enfim algo interessante •



Um leve sorriso ficou desenhado em seus lábios, enquanto balançava a cabeça negativamente. Observou a confusão do outro garoto que ali se encontrava, meio atônito com a reunião de todas aquelas pessoas. Carter era o nome do semideus, que provavelmente por sua musculatura avantajada era um filho de Héracles ou Hefesto. A outra garota, que praticamente surgira ali com Dammyen tinha o nome de Anne. Não queria mais saber sobre ela, afinal, parecia que seu corpo era lavado com sangue e que sua sanidade já havia se perdido no mundo. O filho de Apollo recostou numa árvore próxima, tendo total visão de todos ali. Estava com uma das mãos no bolso do paletó, enquanto os observava de um modo atento. O clima naquele local estava se tornando instável, ele pressentia que alguma coisa naquele local ocorreria e, quando ocorresse, acabaria criando um pequeno conflito naquela região. Isso deixava Lewth realmente empolgado.

Os dizeres da ruiva fizeram um leve sorriso escapar de seus lábios. As palavras de deboche dela soavam no ouvido do filho de Apollo como nada mais que dizeres quase insignificantes. — Era um encontro? Que peninha, mas acho que vão precisar retomá-lo em outra ocasião. - deu um riso, apenas "lamentando" a sua falta de compostura de atrapalhar o encontro. Dammyen balançou a cabeça negativamente com as últimas palavras da ruiva, endireitando-se e arrumando seu paletó, colocando a mão esquerda no bolso de sua calça jeans. — Que tal deixarmos essas armas de lado... - apontou para Anne — Afinal, acho que ninguém aqui quer se matar. - deixou o tom irônico em sua voz totalmente exposto. Não os conhecia, não sabia o porquê se odiavam e nem se importava. Queria apenas semear um pouquinho da ironia e de tensão. Se resolvessem se matar, Dammyen assistiria. Ele apenas continuava a fitar cada rosto, cada emoção que exibiam.


Itens:

- {Esmerald} / Colar [Colar feito a partir de uma esmeralda, que, por causa da alma de Lucas, ficara negra. Possui, selado dentro de si a alma de Lucas, sendo que ela pode ser utilizada quando Dammyen quiser, trocando a personalidade e a mentalidade, ou dividindo-a. Útil para controlar Dammyen e seus ataques psicóticos. Não é possível, porém, utilizar os itens E/OU poderes de Lucas por Dammyen] {Esmeralda, Prata} (Nível Mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recompensa de DiY]
— {Black Beast} / Besta de Repetição [Possuindo um formato de uma Desert Eagle, é negra e tem algumas runas feitas em ouro e prata. Transforma-se em um pingente. Seus virotes são modificados, estes tem a propensão de manter o fogo, porém as chamas não provém dos virotes, mas sim da pressão atmosférica, quaisquer que seja; além disso, ainda tem o poder de projetar qualquer ataque do arco e flecha dados para o semideus por Apollo] {Ouro, Prata, Metais Variados} (Nível Mínimo: 10) {Controle sobre Fogo e Aumento de Precisão} [Recompensa de Missão: "Protect, not destroy."] {DESATIVADO, e assim eu espero que fique}
— {Botas de Hermes} / Calçado [Um par de botas entregue diretamente por Lord Hermes. É indestrutível, por ser um item vindo de um Olimpiano e pode variar de modelo, sendo o seu modelo original uma bota de ouro com asas também de ouro, com detalhes em azul e em vermelho. Nas missões, pode utilizá-las apenas para ir de um lugar para o outro, em velocidade igual a do Som (1228 km/h), as botas guiando-o sem fazê-lo se cansar, porém não podendo ser utilizadas em batalha] {Ouro, Tecidos} (Nível Mínimo: 10) {Aumento de Velocidade e Redução de Cansaço / Item Divino} [Recompensa de Missão: "Find"]
Bruce L. Salazar
Indefinido
Mensagens :
987

Localização :
Hell

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Helena J. Eickenberg em Dom Mar 31, 2013 10:13 pm




Double Date?


Os olhos claros do filho de Héracles demonstravam um conflito interno, por mais que ele desejasse esconder. Ao ouvi-lo dizer meu nome, apenas me aproximei dele, levando a mão direita ao rosto do mesmo e deixando os lábios próximos. Uma risada escapou de meus lábios, baixa e perigosa.

- Não nos encontramos tem muito tempo, querido...Até senti sua falta. – Disse, soltando-o e recuando. Fitei a garota ruiva de forma indiferente e deixei o canto dos lábios se curvarem em um sorriso falsamente gentil. – Shamira Vallet. Não devia estar se escondendo atrás de um holograma? Soube que essa é sua maior habilidade.

Ingênua. Após o nosso primeiro encontro, recolhi todas as informações necessárias para determinar qual era o estereótipo da ruiva.

- Bom, minha presença aqui não é planejada. Foi ao acaso... Mas acho que ficarei, esse reencontro inflou meu coração. – Se é que ele existe. Completei mentalmente e aproximei do garoto que até o momento permanecera quieto, encostando-me ao lado dele na árvore e cruzando os braços. – Se Carter é o encontro de Shamira, você é o meu. Quero ver o quão divertido isso irá ficar... Vallet, o que faz tão longe da ilha? Circe pode ficar chateada.

Um sorriso irônico percorreu meus lábios por um momento, mas logo a expressão fria o expulsou. A adaga de prata deslizou para minhas mãos e apontei sua lâmina para baixo, demonstrando que não iria atacar em um primeiro momento.

# Post 02
# Vestindo
# Colina ~ Long Island
# Double Date? That can be fun.



Helena J. Eickenberg
Indefinido
Mensagens :
676

Localização :
Desconhecida

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Anthony Romanov em Dom Mar 31, 2013 11:29 pm




Suicide?


Alguns semideuses se aproximavam da colina, perto de onde eu estava. A aura mágica que emanava deles era poderosa demais, eles com certeza eram muito fortes. Fortes demais pra mim. Mas talvez houvesse a possibilidade de eles não estarem lá para brigas, talvez eles não oferecessem algum tipo de perigo para mim. Eu tinha que descobrir.

“Nightwing, me observe de longe, se for preciso, me ajude” Eu disse para o meu cão infernal, então me concentrei, e três clones meus surgiram às minhas costas. Os clones apontaram para o chão, e um círculo mágico surgiu, afundando-os na terra. Eles estavam por baixo das duas garotas e de um dos garotos, os três que emanavam auras mais potentes.

Comecei a me aproximar lentamente, eu estava desarmado, então, qualquer reação inesperada, qualquer ataque daqueles semideuses, poderia ser o suficiente para me matar. Pensei em recuar, mas já era tarde, com certeza eles já haviam sentido a minha presença, agora só me restava avançar.

- Έλα σε μένα. – Eu disse, então, um bracelete em forma de serpente surgiu no meu braço. Era uma garantia, para que eu não estivesse desarmado no caso de uma luta. Após me aproximar o bastante, fingi uma expressão de desinteresse total, para esconder minha tensão. – Oi.

Poderes Usados:
Ativos:Nível 5

• Clone tríplice. Com essa habilidade poderá criar três clones a sua própria imagem e com metade de seus poderes, os clones irão surgir em três à suas costas. Duram 3 rodadas. [ New]

Nível 12

• Magia da Invocação I. Invoque um pequeno acessório do seu arsenal dizendo Έλα σε μένα. Um colar, brinco, pulseira, bracelete, anel etc. Muito útil quando não tem mais espaço para levar coisas ou esqueceu-se de algo.



Círculos Mágicos:Submissão (Nível 10 ). Ao respirar fundo e se concentrar um pouco, um círculo mágico irá aparecer no solo. Com isso os feiticeiros de Hécate podem submergir na terra, usando isso para escapar de ataques ou para finalidades diversas.

Armas Usadas:
♦ Piège [Uma corrente de 2,5 metros, desses 0,5 são prata e o restante bronze Sagrado, a corrente contem farpas ao seu decorrer, as mesmas são feitas de prata, a mesma se transforma em um bracelete-cobra que ao ser acionado a corrente desliza até a mão do usuário]

pet:
+ Cão Infernal {Nome: Nightwing}: Nightwing está conectado com o seu dono de modo muito forte, como se os dois dividissem a mesma alma. Assim, Nightwing poderá se aproveitar dos sentidos naturais de Ralph, como sua visão, e Ralph também poderá se aproveitar dos sentidos naturais de Nightwing, como seu olfato. Por estarem tão conectados, os dois podem se comunicar mentalmente. Porém, há uma grande desvantagem. O cansaço e as feridas de Nightwing são passadas para Ralph, e vice-versa. Assim, se Nightwing morrer, Ralph perderá toda a sua MP e 50% do HP.

Observações:
Os clones estão abaixo de Anne, Carter e Shamira


Anthony Romanov
Feiticeiros  de  Circe
Mensagens :
234

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Alexia Sinclair em Dom Mar 31, 2013 11:39 pm


Encontros
{°}Alexia
{°}Fronteira.
{°}Post 1
{°}Fim da Tarde
{°}Vestindo

Era incrível como as festas estavam acontecendo sem que eu houvesse sido convidada. Desde que havia combinado com Anne Elle de que ficaria um pouco ao seu lado para resolver a maldição da filha de Éolo tinha descoberto o quanto escorregadia ela poderia ser. A garota mercenária vivia viajando e realizando missões e tarefas mesmo estando com alguns problemas. Questionava-me se ela era apenas teimosa ou obstinada. E havia o outro fator de outro garoto amaldiçoado, meu atrapalhado aprendiz Sean. Ele estava sem memória e ligado a mim de um modo que não poderia explicar. Ainda.

Esses dois fatores me faziam chegar até ali, novamente na fronteira daquele lugar que estava banida por vontade própria. O lugar que para mim significava a pura submissão aos Deuses. A sorte? Eu estava de bom humor. Subia a colina quase que assoviando, mas ao deparar-me com aquele pequeno aglomerado de pessoas eu quase ri. Ao invés disso um sorriso divertido e levemente irônico desenhou meus lábios. Conhecia a quase todos e devo dizer que era um grupo no mínimo peculiar.

-Ae! Espero que não estejam planejando o fim do mundo sem mim! – exclamei alto para ser escutado, revelando o meu estado neutro e o humor.

Aproximei do grupo mantendo uma distância segura. Não portava arma alguma, afinal era uma feiticeira e poderia invocá-las ao meu bem prazer. Havia vindo com Kyrian, como sempre o fazia quando estava viajando por terreno norte-americano. Não me atrevia muito a usar tecnologia como o meu carro, apesar de não ter tantos monstros como na Europa eu temia de verdade a influência dos deuses nesse continente. Ali estava Anne Elle com seu jeito um tanto marrento e perigoso de sempre. Shamira uma feiticeira como eu, porém minha dúbia mente trazia-me lembranças dela em um lugar gélido, bebida e cães infernais. Ao seu lado Carter, um antigo conhecido de uma época tão distante que mal era lembrada, um período em que ainda se mantinha certa pureza em meu ser. Como eu disse, muito distante do momento atual. Mais afastado estava o meu aprendiz inconsequente e que ainda não havia entrado no comportamento ideal que eu tanto almejava. Junto com ele um filho de Quione intrigante que tinha conhecido em uma visita sangrenta a caverna não muito longe deste mesmo lugar. O único elemento dessa peça que não me recordava, ao menos de fisionomia, era o garoto ali presente cujo nome também não me vinha a minha memória.

-Carter – cumprimentei ao filho de Héracles – Faz muito tempo que não o vejo – ergui as mãos em sinal de paz – Mas só por vias de esclarecimento, não estou aqui para brigar e isso serve para todos os outros aqui presente. Acho que somos civilizados o suficiente para mantermos uma prosa sem termos uma ameaça iminente de fim de mundo. Se eu to atrapalhando algo não irei me desculpar, vim ver como a Anne está já que ela se provou uma bela fugitiva – não mencionei sobre Sean, anunciá-lo como meu aprendiz poderia trazer perigo antecipado e precipitado.

Até mesmo o meu jeito irônico estava retornando. A muito o havia perdido quando mergulhada em trevas sangrentas. Naquele tempo existia apenas morte e sobrevivência, algo que dominou o palco de minha vida depois do fim da guerra dos titãs. Levei as mãos erguidas até o cabelo o ajeitando de forma distraída enquanto passeava meu olhar para cada um ali presente e parando sobre a garota ruiva.

-Shamira não é? Soube que também participou da festa em São Francisco. Não esqueço seu nome desde então – mirei meus olhos claros em direção ao desconhecido e ofereci a mão em um cumprimento – Alexia Sinclair, não me lembro de você e... - Um outro garoto aproximou-se, pelo poder mágico que ele exalava provavelmente era um irmão seu - Olha só, um parente.

O engraçado da situação era que todos tinham perspectivas de quando os “vilões” se encontravam. Esperava-se tensão, medo, briga, conflitos. O quão estranho era um gesto tão simples quanto um aperto de mão? A curiosidade sobre o que viria a acontecer aguçava os meus sentidos e aumentava as minhas próprias expectativas.

Dobreva para SC
Alexia Sinclair
Filhos de Hécate
Mensagens :
488

Localização :
Se me encontrar posso ser a última coisa que veja

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Carter White em Seg Abr 01, 2013 12:55 am





(R)encontro perigoso


Tudo acontecera tão rápido que o menino não tivera nem mesmo a chance de assimilar todos os recentes acontecimentos. Ocorreu-lhe, de repente, que permanecia ainda na mesma posição em que se encontrava quando o seu caminho cruzara o da semideusa que se intitulara Shamira.

Anne, e o outro semideus pareciam ter sido evocados logo após este encontro e dali em diante suas histórias se entrelaçaram como amigos de longa data, que há muito não se encontravam. Não havia escapatória deste abraço, porém, Carter sabia. O ego e o poder imensuráveis dos quatro criava uma instabilidade alarmante naquela atmosfera gélida que a Shamira emanava.

De chofre, a menina afogueada decidiu-se agarrá-lo, provocando não só a ele mais também a Anne. As duas pareciam se conhecer de outra ocasião, embora a troca de olhares não fosse nada amistosa entre ambas.

Eu não creio que esse seja um encontro casual, não é mesmo? Nossos pares me parecem adequados ▬ ele fez uma pausa e atreveu-se uma olhadela tímida à Shamira e um fogo hibernal inundou-o

Mas ainda não os conheço. Receio que se é o Acampamento que desejam visitar a essa hora, devemos subir e levarmos um bom papo. O calor da fogueira seria perfeito.

O clima pesou por um segundo, o filho de Héracles sentiu. A ideia de retornar ao Camp a ninguém agradara, senão a ele próprio. A história de Anne com a residência dos meio-sangues ele conhecia e não desejava lembrar por ser demasiado dolorosa.
Mas aqui estava ele, sem saber o que fazer com os outros dois.

A chegada de novas pessoas apenas inflou o seu estado de alarme. Não, tudo aquilo era improvável, estava errado. Feiticeiros de Circe, Alexia ▬ a menina que há muito não encontrava ou tinha notícias, embora soubesse do destino que escolhera para si assim como Anne ▬ não fazia sentido.

Carter ergueu os olhos por um segundo de encontro céu obscurecido pela ausência da lua. Ele a culpou por tudo aquilo. Observando-a, ele podia ouvir quase que uma voz debochando de sua estupidez por cair nas suas armadilhas.

Olá...amigos ▬ ele arriscou dizer a última das palavras

Vocês não vieram a procura de brigas, eu presumo. Não seriam tolos de atacar o Acampamento desacompanhados e muito menos teriam interesse, espero. Vamos conversar, não é sempre que meio-sangues se encontram assim, ao acaso. Muito menos meio-sangues da estirpe de vocês. ▬ Ele sorriu, diplomático. Não queria que aquilo se tornasse uma luta, mas sabia que se fosse o caso, estaria a sua própria conta.

Sentindo-se ligeiramente sozinho, um impulso de apertar as mãos da menina que outrora o agarrara o invadiu. Força explosiva e poder congelante se tocando. A combinação era perigosa, mas o toque lhe agradou.


Leveck @ CG
Carter White
Filhos de Herácles
Mensagens :
271

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Amber Halliwell em Seg Abr 01, 2013 7:34 am

O primeiro movimento.



E uma festa surpresa não era a ideia inicial de Shamira quando havia se voluntariado a desacatar o comando de Circe, e parar naquela empreitada, mas, conforme os minutos se passavam, o âmbito só tornava cada vez mais propício a esse pensamento e uma hostilidade que a cada chegada tornarva-se mais digna de destaque.

Os olhos da feiticeira, já de um azul profundo, tornaram-se de um azul mágico que lhe proporcionaria visão privilegiada. Sem se descuidar por sequer um único minuto, ela ouviu a todos em silêncio, não podendo deixar de menear a cabeça em desaprovação ao que Anne lhe dissera.

Na realidade, Anne. pronunciou, com um timbre de voz embargado em mesquinhez. Minha melhor habilidade vai muito além da extensão de meus poderes... E ditas tais palavras, a feiticeira sumiu brevemente e reapareceu por detrás de Carter, o rapaz de trejeitos encantadores e benevolência notória. E ao fazê-lo, projetou suas mãos a cintura dele, e deixou que estas deslizassem vagarosas por suas pernas, cessando o contato quando bem próximo de torná-lo mais íntimo.

E após aquele ato, a Vallet sorriu marota e não pôde conter uma piscadela para a cria de Éolo. Mas, ainda era pouco, faltava-lhe uma resposta, e completamente côncia desse detalhe, tratou de ser o mais imediata possível em sua resposta.

Ownt... Que linda você, se preocupando comigo. Mas, não se acha um pouco sem moral para me aconselhar? Acredito que Circe não seria capaz de fazer comigo, o que sua antiga Chefa fez a você, afinal, da última vez que nos encontramos, Nêmeis ainda não havia a abandonado, não é mesmo? Notícias sobre semideuses como eles corriam pelos quatro cantos do mundo, logo, não seria ela vetada destas, quando tais alcançavam mesmo o abrigo da ilha mágica de Circe, em alto mar e tinha pleno conhecimento de que, ao menos alguma delas, hora ou outra podia lhe ser útil.

Aliás, olá para você também, Alexia. Como vai desde nosso último encontro? Se é que você se lembra de alguma coisa daquele dia, senão o gosto da sua vodka, não é mesmo? Conhecia aquela feiticeira. Era ela a mais poderosa de toda a ilha de Circe, e provavelmente, uma das mais poderosas semideusas existentes no mundo atual, o que a tornava uma verdadeira lenda por entre os menos experientes.

E a ruiva de pele clara estava prestes a voltar a semear palavras ferrenhas, quando um rosto por entre todos os os outros aproximou-se, causando-lhe um pequeno desconforto em seu âmago que, por pouco segundos a fez estática. Seria mesmo ele, ou seus olhos a enganavam? Não... não poderia existir outra pessoa tão parecida. Era mesmo o filho de Hécate com quem já havia se envolvido, ou, ao menos este fora seu pensamento inicial, uma vez que seus sentidos lhe forneciam um turbilhão de informações, que ela mal podia processar todos de uma só vez.

Mas, aquele toque... O inesperado toque de Carter, que ainda depois de tudo permanecia ao seu lado, a impressionou, ocasionando nela um choque de realidade que a fez agir com cautela rapidamente, fazendo brotar sob o solo pequenos cristais mágicos.

Ora, ora... Senão é Steve C. Wizard. O que faz aqui? Perdeu-se por entre seus próprios devaneios acrescentou, com desdém amaldiçoado. E conforme as palavras da feiticeira, o clima resfriava-se mais e mais a casa minuto, efeito causado por esta, ao absorver todo e qualquer calor do ambiente, impedindo-o de se propagar de modo estável sobre qualquer circunstância, e afim de tornar as coisas mais interessantes.

Estava tudo calmo demais, embora a tensão aumentasse gradativamente, todavia, ela não iria demorar em se proteger... Retribuiu ao toque que lhe havia sido dado, outrora, apertando com ainda mais força a mão do garoto ao seu lado, e só então deixou que um fluído azul os volteasse por um único instante e desvanecesse em seguida. Seria mais do que o suficiente para protegê-los de qualquer ataque, afinal, sabia que, assim como ela, o intuito dele não fora ir ali para lutar. E o porque de está-lo protegendo? Esse era um segredo até mesmo pra ela.


Amber Halliwell
Filhos de Despina
Mensagens :
136

Localização :
Nos mais voluptuosos dos teus sonhos. No mais obscuro dos seus desejos, sim aqueles que não és capaz de admitir. Sou à resposta às suas preces voltadas a maldade. Estou em todo lugar e em lugar nenhum, por isto tema o frio e se proteja como puder... Posso chegar em qualquer inverno.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Helena J. Eickenberg em Seg Abr 01, 2013 9:30 pm




Wrong First Step





Por um momento meus olhos focalizaram um garoto que aproximava, observei-o de cima a baixo, constatando que não estava armado. Esperei que ele fugisse quando reconhecesse a reunião que se instalava naquele local, mas ele fez absolutamente o contrário... Cumprimentou-nos. Arqueei a sobrancelha levemente incomodada com a coragem que ele tinha, mas logo revirei os olhos ao escutar a voz de Alexia. Minha atenção foi imediatamente para ela, sorri com pura ironia, relembrando o fato de eu ter fugido dela. Sinclair estava ali e como sempre linda, poderosa e perigosa.

Ao ouvir a acusação dela, apenas abri um sorrisinho culpado, fitando-a. Será que ela estava mesmo preocupada? A última vez que me vira, tinha acabado de me manter sã... Bom, isso não tinha durado nem 48 horas.

- Ops? – Disse, mordendo o canto do lábio. – Eu estou bem... – Puxei mais a manga do casaco, impedindo que qualquer um visse a negritude de minhas veias que se espalhavam. Era a maldição que ainda me corroía e quanto mais eu matasse, pior seria o resultado. Como veneno, causava dores constantes e por momentos, me enfraquecia profundamente. Visões, blackouts... Sintomas que voltavam vagarosamente. Talvez eu realmente precisasse de um tratamento contínuo vindo de Alexia, afinal fazia algum tempo desde que conseguira me curar e agora voltava tudo. Será que perceberia que não estava realmente bem? Eu realmente não queria demonstrar fraqueza diante aquelas figuras.

Voltando a atenção a feiticeira ruiva, meus olhos faiscavam em uma disputa que logo percebi que não fazia sentido algum. Aquela garota era muito atirada, para todos os lados. Grimmjow, Ethan e agora Carter? Ela precisava tanto deum homem poderoso para aumentar sua autoestima? Sinceramente, lhe faltava um pouco de orgulho, por mais que ela tentasse aparentar estar cheia deste. Um sorriso provocante percorreu meus lábios, analisando a situação. A pequena achava que aquelas palavras inúteis me provocariam em algum momento, mas estava errada. Ri e isso foi o suficiente para responder a todas as questões. Resistência a palavras eu havia adquirido há muito tempo, então qualquer coisa que falasse para rebater alguma pergunta, seria tomada como uma piada para mim. Troquei um olhar de pura frieza com o filho de Héracles, demonstrando que pouco me importava com quem ficasse. Era realmente uma pena que se rebaixasse aquele nível, mas eu não impediria de provar um pouco daquele licor. As ações da filha de Quione nada me impressionaram, não era como se nunca tivesse visto alguém desaparecer e reaparecer.

Shamira tentou utilizar de Nêmesis para causar alguma raiva em mim, mas estava totalmente equivocada se achava suas palavras verdadeiras.

- Acho que minha reação foi o suficiente para entender, Vallet... Só quero comentar uma única coisa que sinceramente, me incomodou. Você tenta me provocar com informações totalmente equivocadas, não tem conhecimento o suficiente e faz suposições... Este é o seu erro. Da próxima vez faça uma busca que não passará vergonha. – Disse de forma completamente fria, olhando-a de forma que ela percebesse que eu me divertia. Pouco sabia que quem realmente abandonou Nêmesis era eu e por motivos que dificilmente ela encontraria.

Senti o clima esfriar cada vez mais e por pura vontade de provocar, apenas fiz com que esquentasse gradativamente, eliminando tudo o que a garota tentava fazer. Quando estava em uma temperatura normal, parei de controla-lo e fechei a mão em punho, enquanto a outra dava impulso á adaga para esconder-se novamente na manga do casaco.

# Post 03
# Vestindo
# Colina ~ Long Island
# Wrong first step, girl.


Código:
Nível 50 ~ Temperatura ambiente – Agora você pode controlar a temperatura do ambiente que está, podendo deixar como o mais quente dos desertos ou o mais frio dos pólos. Você não é afetado, pois tem a temperatura corporal.
Helena J. Eickenberg
Indefinido
Mensagens :
676

Localização :
Desconhecida

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Bruce L. Salazar em Seg Abr 01, 2013 10:22 pm


♦ Conflito? Não quero. •



Exibição. Nada mais passava do que pura e idiota exibição. O filho de Apollo observava cada movimento dos semideuses ali presentes. Era ridículo. Cada um defendia seus ideais, mas sempre movidos à ignorância e querendo sobrepor um ao outro. Era uma disputa de "poderes". Um riso saiu pelos lábios do filho de Apollo, percebendo que ambas poderiam ter suas habilidades, mas uma personalidade definida para inflar o ego e para a sanguinolência não eram nada de espetacular. Sentiu o toque gélido em sua mão após a insinuação da ruiva com o filho de Héracles. Anne, ou qual fosse o nome da semideusa que se encontrava ali, apenas se juntou a Dammyen, mas apenas para brincar com a ruiva.

Após aquele momento de calma forçada, o filho de Apollo ouvira passos vindos de perto, logo com uma figura masculina surgindo. Um garoto parecia bem corajoso, ao ver aquela pequena cúpula onde poderes se afrontavam e que apenas uma palavra poderia desestabilizar aquele clima e criar um combate. Um sorriso se desenhou no rosto do filho de Apollo. Outra coisa estranha começara a acontecer. Outra garota havia chegado e aquela parecia poderosa. Apenas o nome Alexia já fazia a alma dentro do colar se abalar. "Alexia Sinclair, a torturadora. Anne Elle, a assassina.". Foram apenas as palavras que a alma de seu irmão murmurou em sua mente.


Acho que mataram as saudades... - riu, balançando a cabeça. — Que tal cada um fazer as honras de se apresentar, para que ao menos saibamos o nome de cada um? Não quero ficar descobrindo o nome de cada um de vocês com os outros os colocando em tons levemente diferenciados.

Observava em cada um dos rostos, com os braços cruzados. O vento e a temperatura abaixavam e subiam, mas Dammyen sequer se importava. Como filho de Apollo, seu corpo era naturalmente quente e tanto se esquentasse como se esfriasse, nada com aquela temperatura lhe deixaria muito mal. As provocações entre as garotas continuariam, então, o filho de Apollo assistiria de camarote, observando os movimentos e as personalidades para não cometer equívocos desnecessários. Ali, um equívoco poderia lhe causar a morte.


Itens:

- {Esmerald} / Colar [Colar feito a partir de uma esmeralda, que, por causa da alma de Lucas, ficara negra. Possui, selado dentro de si a alma de Lucas, sendo que ela pode ser utilizada quando Dammyen quiser, trocando a personalidade e a mentalidade, ou dividindo-a. Útil para controlar Dammyen e seus ataques psicóticos. Não é possível, porém, utilizar os itens E/OU poderes de Lucas por Dammyen] {Esmeralda, Prata} (Nível Mínimo: 1) {Não controla nenhum elemento} [Recompensa de DiY]
— {Black Beast} / Besta de Repetição [Possuindo um formato de uma Desert Eagle, é negra e tem algumas runas feitas em ouro e prata. Transforma-se em um pingente. Seus virotes são modificados, estes tem a propensão de manter o fogo, porém as chamas não provém dos virotes, mas sim da pressão atmosférica, quaisquer que seja; além disso, ainda tem o poder de projetar qualquer ataque do arco e flecha dados para o semideus por Apollo] {Ouro, Prata, Metais Variados} (Nível Mínimo: 10) {Controle sobre Fogo e Aumento de Precisão} [Recompensa de Missão: "Protect, not destroy."] {DESATIVADO, e assim eu espero que fique}
— {Botas de Hermes} / Calçado [Um par de botas entregue diretamente por Lord Hermes. É indestrutível, por ser um item vindo de um Olimpiano e pode variar de modelo, sendo o seu modelo original uma bota de ouro com asas também de ouro, com detalhes em azul e em vermelho. Nas missões, pode utilizá-las apenas para ir de um lugar para o outro, em velocidade igual a do Som (1228 km/h), as botas guiando-o sem fazê-lo se cansar, porém não podendo ser utilizadas em batalha] {Ouro, Tecidos} (Nível Mínimo: 10) {Aumento de Velocidade e Redução de Cansaço / Item Divino} [Recompensa de Missão: "Find"]
Bruce L. Salazar
Indefinido
Mensagens :
987

Localização :
Hell

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Anthony Romanov em Seg Abr 01, 2013 10:41 pm




Weakness


Perfeito, tudo o que eu precisava no meio de todos aqueles semideuses poderosos era uma garota que conhecia o Steve. E tinha raiva dele. Até ela entender que eu não era o meu irmão gêmeo, eu provavelmente já teria sido atacado.

Senti a tensão de Nightwing, mas falei para ele que ficasse quieto naquele momento, eu tentaria explicar pra garota a verdade, por mais que eu não achasse que ela fosse acreditar em mim.

- Steve? Não me confun... – Então, minha visão turvou. Tudo ficou frio quando o espectro começou a me possuir, por mais que já estivesse frio devido à garota que conhecia meu irmão. Minhas pernas fraquejaram e eu caí de joelhos, um sinal extremo de fraqueza. Eu não estava em posição de mostrar fraquezas diante daquele grupo, não mesmo.

Tentei mexer o meu corpo, mas eu não tinha mais o controle do mesmo, apenas podia observar o que quer que ele fosse fazer no meio dos semideuses. Lutei, dentro de minha própria mente pelo controle do meu corpo, e depois de um tempo, o calor voltava. O espectro que me possuíra queria apenas fazer eu me passar como um fraco.

- Não me confunda com meu irmão. – Um meio riso se formou, enquanto eu tentava mudar aquela primeira impressão. – Meu nome é Ralph, irmão gêmeo dele. E pode acreditar, ele é bonzinho comparado a mim.

Observava todos os semideuses. A tensão me fizera ignorar a garota que, pelo título que havia me dado, era minha irmã. Pelo visto, todos ali se conheciam, então, eu era o único que estava em desvantagem, pois em caso de uma batalha, ficaria sozinho.


Armas:
♦ Piège [Uma corrente de 2,5 metros, desses 0,5 são prata e o restante bronze Sagrado, a corrente contem farpas ao seu decorrer, as mesmas são feitas de prata, a mesma se transforma em um bracelete-cobra que ao ser acionado a corrente desliza até a mão do usuário]

pet:
+ Cão Infernal {Nome: Nightwing}: Nightwing está conectado com o seu dono de modo muito forte, como se os dois dividissem a mesma alma. Assim, Nightwing poderá se aproveitar dos sentidos naturais de Ralph, como sua visão, e Ralph também poderá se aproveitar dos sentidos naturais de Nightwing, como seu olfato. Por estarem tão conectados, os dois podem se comunicar mentalmente. Porém, há uma grande desvantagem. O cansaço e as feridas de Nightwing são passadas para Ralph, e vice-versa. Assim, se Nightwing morrer, Ralph perderá toda a sua MP e 50% do HP.

Observações:
Os clones continuam abaixo de Anne, Carter e Shamira


Anthony Romanov
Feiticeiros  de  Circe
Mensagens :
234

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Alexia Sinclair em Seg Abr 01, 2013 11:04 pm


Encontros
{°}Alexia
{°}Fronteira.
{°}Post 2
{°}Fim da Tarde
{°}Vestindo


Depois de ter minha pequena cortesia de apresentação ignorada e sentir aquele “leve” friozinho no ambiente eu tinha certeza de uma coisa. Semideuses com algum tipo de complexo eram chatos e não sabiam se comunicar. Questionava-me agora se eu também um dia fora assim, tão prepotente e orgulhosa a ponto de não poder conversar com uma leveza.

-Dizem que o orgulho destrói a alma – disse em um tom de brincadeira, mas logo depois dei de ombros e afastei um pouco.

Podia sentir a Anne mais acuada que o normal. Seria apenas a sua prepotência falando mais alto? Preocupava-me, o que indicava que ainda tinha um coração que batia em meu peito não sendo apenas um órgão funcional. Às vezes, apenas algumas raras vezes, eu possuía um medo no âmago de não ser mais humana. Irracional? Talvez sim, talvez não. Resolveria essa questão com ela posteriormente, a conhecia o suficiente para saber que qualquer sinal de fraqueza a incomodaria.

-Penso que a habilidade de parecermos normais já não nos pertence mais. Relaxem, ninguém irá se exaltar aqui, compreendidos? Estamos a dois passos do paraíso dos semideuses manipulados, mas ainda assim com um poder a ser respeitados. Gosto do perigo, mas ainda não é o momento de uma confusão de tal porte – cruzei os braços abaixo dos seios e olhei de um a um apertando os lábios formando uma linha em minha boca, não gostava de estar tão na defensiva quando queria apenas conversar.

Aquele provava-se um dos raros momentos em que estava tão perto de algo ofensivo a mim e estava desprovida de armas ou planos maldosos. Não estava me exibindo ou pondo-me superior, isso era um fato de que talvez fosse uma das mais experientes do grupo. Mas talvez fosse a única com anseios de um contato ao menos uma vez simples e comum, sem maiores estresses ou consequências devastadoras.


Dobreva para SC
Alexia Sinclair
Filhos de Hécate
Mensagens :
488

Localização :
Se me encontrar posso ser a última coisa que veja

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Amelia Angel Neither em Sex Abr 05, 2013 2:03 pm

Era uma tarde morna no acampamento, decidi ir até a colina onde poderia ter um pouco de paz , estava inspirada. Então levei meu material de artes.
Ao chegar lá, ajustei a tela ao cavalete, molhei o pincel no azul e comecei a pintar o céu e a bela vista que eu poderia ter estando naquele lugar, o mundo era bonito mas nem sempre era tão alegre quanto aquele dia.
Olhei para tela e medi-a com os dedos, parecia legal de longe. Um monte de tinta azul espalhada pela tela...Demais. Me senti meu chata de repente, exatamente como aquele céu. Totalmente entediante e boba. Sem inspiração novamente.

Amelia Angel Neither
Filhos de Apolo
Mensagens :
44

Localização :
-.- Cheio de açúcar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Colina

Mensagem por Jack Tiller em Sex Abr 05, 2013 2:03 pm

Depois da escalada na parede, eu estava cansado e com muita fome. Poderia comer qualquer coisa. Que sorte a minha! ACABEI ME PERDENDO!! Fui parar nas colinas, onde havia uma menina com um pincel na mão e com uma tela a sua frente... vi ela e falei para mim mesmo "Ual, ela é bonina!". Eu sou muito timido, mas alguma coisa me fizera ir até lá e conversar com ela.
-Oi... erh... meu nome é jack!
Jack Tiller
Indefinido
Mensagens :
18

Localização :
New York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Amelia Angel Neither em Sex Abr 05, 2013 2:11 pm

Ouvi alguém dizer algo as minhas costas, me virei calmamente e vi uma garoto. Parecia um tanto tímido mas eu não conseguia entender o por que. Sorri e disse:
-Oi, meu nome é Aurora. Prazer em conhece-lo. -Então encarei o garoto e em seguida a tela.
Segurei o pulso do garoto e o coloquei em frente a minha tela. Queria opiniões pois eu não estava sentindo nada.
-O que você acha da tela? Ela está legal ou careta?
Soltei o pulso dele e cruzei os braços, de modo que poderia avaliar melhor a tela.


Amelia Angel Neither
Filhos de Apolo
Mensagens :
44

Localização :
-.- Cheio de açúcar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Jack Tiller em Sex Abr 05, 2013 2:45 pm

-Está linda sua tela - respondi, por fim - Eu adoro pinturas, eu fazia pinturas digitais, mas atraia muitos monstros. Posso dizer que a sua pintura é ótima!
Ela demorou a responder fiquei esperando um pouco, e lhe disse:
-Olha me desculpe por te interromper, sua pintura é ótima, eu queria chegar ao refeitório, eu não sei como dizer, mas...
Minha voz falhou, ela brilhava a luz do sol, tão linda... comecei a suar, minhas mão estavam úmidas, nunca fiquei sobre pressão assim. Derrepente minha visão ficou turva, tudo escureceu, cai e apaguei.
Jack Tiller
Indefinido
Mensagens :
18

Localização :
New York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Amelia Angel Neither em Sex Abr 05, 2013 5:17 pm

Sorri com o comentário de Jack, ia me virar para dizer a ele obrigada e perguntar mais sobre suas artes digitais mas o garoto estava caido no chão.Entrei em desespero, eu não saboia o que fazer! Me agachei e comecei as tentativas de faze-lo acordar.
-Jack? Você está me ouvindo? Por favor não.... não desmaie eu não sou boa curandeira a por favor!
Remexi nele mas nada, por fim deitei sua cabeça em meu colo e pensei no que poderia fazer. A tarde já chegava a seu fim e eu não teria tempo de correr até a enfermaria, com certeza não poderia carrega-lo se o deixasse poderia ser atacado por alguém ou até ter seus bens roubados. Eu não arriscaria, estava pronta para defende-lo começei a cantar sem esperanças.
- Come little childrem, the nigth calls to play . Here in the earth of enchantments , come little childrem - Minha voz falho e lágrimas brotaram em meus olhos - Abracei o corpo imóvel do garoto e chorei. -Você não pode... Não pode, volta por mim?

Amelia Angel Neither
Filhos de Apolo
Mensagens :
44

Localização :
-.- Cheio de açúcar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Jack Tiller em Sex Abr 05, 2013 9:56 pm

Acordei ainda tonto, com dores de cabeça e no corpo. Provavelmente tinha batido a cabeça no chão. Mas ainda assim me surpreendi. Estava deitado, com minha cabeça no colo de Aurora. Rapidamente me recuperei, fiquei de pé, e ainda nervoso consegui dizer:
-Me desculpe, passarei na enfermaria... posso ir sozinho, eu acho... - eu não queria passar por aquilo denovo, desmaiar, entao continuei - Até mais Aurora... erh... acho que nos encontraremos no chalé de Hermes... no quarto dos indefinidos...
"Não podia só ficar naquilo", pensei, "eu deveria tomar vergonha na cara e chama-la para sair!"
-Pensando bem... - consegui dizer - você pode me acompanhar até a enfermaria... antes eu acabei aqui, procurando o refeitório...
Tinha acabado de me entregar! um cara que não tinha o menor senso de direção!
O sol se punha a noite tinha-se erguido, e me via perguntado por quanto tempo havia apagado...
Fiquei esperando a resposta.
Jack Tiller
Indefinido
Mensagens :
18

Localização :
New York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Amelia Angel Neither em Sab Abr 06, 2013 11:12 am

Quando os olhos do garoto começaram a se abrir meu coração finalmente desacelerou. Dei um sorriso ao ver que ele parecia bem apesar de provavelmente sentir dor. Ele se levantou rapidamente e me perguntei se havia o deixado constrangido, depois de ele dizer que iria sozinho a enfermaria eu já ia entrevir mas ele acabou me convidando para ir também. Me levantei com um pulinho alegre e abracei Jack sorridente.
- Eu já ia dizer que você não poderia ir sozinho! Pucha você me deu um susto enorme - limpei as lágrimas na borda dos olhos e comecei a pegar meu material de pintura. -vamos a enfermaria?

Amelia Angel Neither
Filhos de Apolo
Mensagens :
44

Localização :
-.- Cheio de açúcar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Jack Tiller em Sab Abr 06, 2013 12:44 pm

- Va... vamos! - gaguejei - Vamos antes da inspeção... dizem que as harpias comem, literalmente, quem não estiver se apresentado...

(Posts mudada para Enfermaria, de acordo?[aplicado somente a mim e a Aurora Borealins Daw])
Jack Tiller
Indefinido
Mensagens :
18

Localização :
New York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Amelia Angel Neither em Sab Abr 06, 2013 1:18 pm

Alguma coisa no meu interior me dizia que eu sabia o que fazer, eu não era curandeira mas por algum motivo cruzei os dedos atrás das costas.
-Ei! -segurei o pulso de Jack levemente - Acho que sei qual é seu problema, não é necessário r na enfermaria.
O que eu tinha acabado de falar? Era melhor que meus instintos estivessem corretos, comecei a remexer na minha mochila empurrando meu material de artes ate encontrar uma bolsa térmica que eu sempre levava comigo pois frequentemente eu tinha dores de cabeça. Fiz um sinal para que ele se assentasse a minha frente, coloquei a bolsa na cabeça dele e comecei a revirar os bolsos até encontrar um saco de balinhas de ursinho. Retirei-o e o abri.
-Aqui - disse indicando as balas - são muito melhores do que qualquer remédio . Dão sustento emocional e físico. Sei do que estou falando, quando eu fugi do orfana...
Minha voz falhou e voltei minha atenção a mochila.
[/size]

Amelia Angel Neither
Filhos de Apolo
Mensagens :
44

Localização :
-.- Cheio de açúcar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Jack Tiller em Sab Abr 06, 2013 1:49 pm

-Ah, obrigado, mas... o que é isso em cima da sua cabeça?
Uma bola de fogo, um tanto flamejante, surgiu em cima da cabeça de Aurora. Não conseguia olhar diretamente para ela, mas parecia que tinha uma coisa nela... um arco? e uma flecha?
Derrepente percebi! Ela estava sendo reclamada. Tentei me lembrar... bola de fogo, poderia ser um sol! E o arco... Apolo!
-Você está sendo reclamada por Apolo!
Depois que a bola de fogo apagou, olhei para Aurora. Estava radiante, brilhando em tom de dourado... quase passei mal outra vez.
-Você é filha de Apolo! Legal, isso explica como você sabia como me curar, e a pintura linda...
Ela parecia feliz. Acho que era isso que ela queria.
E eu acabara de ver alguem sendo reclamado! pensei se seria assim comigo tambem.
-ahn... vamos! Você precisa se mudar para o Chalé de Apolo. - Fiquei triste por ainda estar no chalé de Hermes - E eu estou com fome... preciso comer alguma coisa... não comi nada o dia inteiro!
Jack Tiller
Indefinido
Mensagens :
18

Localização :
New York

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Amelia Angel Neither em Sab Abr 06, 2013 4:00 pm

Jack ficou quieto por algum tempo, mas depois fitou minha cabeça e disse que eu estava sendo reclamada. Olhei para minha nuca assustada e vi o que parecia ser um Sol e um arco no meio . Apolo, eu sabia que aquilo era totalmente possível e quando finalmente sumiu sorri para Jack . Mas ele não parecia tão feliz, parecia prestes a desmaiar de novo. A frase desanimadora de sair do chalé de Hermes saiu de sua boca e fiquei decepcionada. Eu havia pensado na possibilidade de eu e ele conversarmos durante a noite seria legal.... Guardei tudo dentro da minha mochila e me levantei. Estendi a mão para ele se levantar e disse:
-Bem talvez eu queira mais uma noite no chalé dos indefinidos.

Amelia Angel Neither
Filhos de Apolo
Mensagens :
44

Localização :
-.- Cheio de açúcar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Phillip Braddock em Ter Abr 09, 2013 7:10 pm

Eu sei que é repentino... eu sei que nós nos conhecemos a pouco tempo, mas eu me vejo sem saída. Na verdade... eu... ficaria ali por causa de você. Eu só não sei se-

Se você faria o mesmo por mim - foram as palavras que não saíram da boca de Phillip. Metade porque ele não tinha coragem para dizê-lo, metade porque ele tinha detectado outras presenças ali além da deles. Não reconhecia os odores dos recém chegados - à exceção de um -, mas sabia reconhecer poder quando estava perto de um ser que o exalava. Fora assim com a Fúria, e com eles era ainda mais forte. Tomou Sean pelo braço, puxando-o Colina acima. Temia não poder protegê-lo caso tivesse de lutar contra algum deles...

Bem, podendo ou não, era simplesmente perigoso demais ficar naquele lugar. E lá em cima poderia...

Ali embaixo é o acampamento. Vamos contornar essa árvore aqui, ok? Cuidado pra não chamar muito a atenção do protetor.” avisava-o, referindo-se a Peleu. Era o protetor do Velocino de Ouro, item mágico que protegia o acampamento.

Mas Phillip parava antes de descer a Colina, retesando-se por alguns segundos, olhando para o lugar antes de olhar para trás e, por fim, direcionar suas orbes azuis para ele. Tinha soltado a mão dele - pretendia ter pego-o no braço, mas por impulso acabara pegando-o pela mão - e agora esperava que ele dissesse alguma coisa. Aquele diálogo unilateral o deixava desconfortável, de fato.

Poderes:
Benção e Passiva:


Skinchanger - Consiste na capacidade de "escorregar" para o corpo de um animal/ser (mitológico ou não), seja este qual for - vale ressaltar que, quanto maior o nível do semideus e menor o nível de peculiaridade do ser a ser dominado, mais fácil será a possessão. O corpo original não sofre os mesmos danos que o que estiver sendo possuído, ou seja, a morte e feridas "reais" só acontecem se o corpo original for atacado. Enquanto estiver habitando outro corpo, o troca-pele não usufruirá de nenhum benefício do seu próprio, deixando-o em um estado quase vegetativo. O troca-pele, caso tenha um elo pré-estabelecido com um animal, pode também usufruir de certas características deste, vice-e-versa.
- - - Seu elo principal é estabelecido com Raael, sua raposa. As características dadas são: melhor olfato e paladar, assim como melhor percepção de movimentos/vibrações, um pouco da velocidade e também caninos mais avantajados.

Presença gélida I (Nível 20) - Os filhos da ninfa da neve exalam frio de suas peles, e graças a isso à presença destes indivíduos em um meio exerce grande influência no clima, causando uma queda na temperatura que pode ou não ser confortável, a depender unicamente da vontade do semideus.



Phillip Braddock
Filhos de Despina
Mensagens :
81

Localização :
'-'

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Sean B. Heidi em Ter Abr 09, 2013 10:23 pm


The Camp




Após ouvir as palavras dele eu não sabia o que responder. Apenas fiquei ‘congelado’, recebendo o seu abraço, e o único movimento que consegui fazer, foi de retribuir ao gesto envolvendo meus braços ao redor dele. Eu ia falar que não queria dizer adeus agora também, mas antes que eu pudesse, ele me puxou pelo braço para subirmos a colina. Paramos no topo quando ele falou enquanto apontava.

- Ali embaixo é o acampamento...

Ele continuou a falar, mas eu parei de escutar na ultima palavra: acampamento. Finalmente eu estava no lugar a qual tanto procurei, meus batimentos aceleraram quando avistei a formação do que parecia serem casas. Fiquei paralisado observando o lugar. Mas logo minha animação caiu, a emoção foi apenas por finalmente chegar no lugar, entretanto, nada do que eu imaginei aconteceu. Eu não estava lembrando ou reconhecendo nada, pelo menos não dali. Saí do transe e virei o rosto para o lado, encontrando seus olhos com os do menino lobo. Balancei a cabeça afirmando e segurei sua mão antes de contornar a árvore e descer colina abaixo.
Sean B. Heidi
Filhos de Íris
Mensagens :
200

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Helena J. Eickenberg em Seg Abr 15, 2013 9:01 pm




Leaving So Soon



Um espasmo tão doloroso percorreu meu corpo, cada músculo e por pouco não cai de joelhos. Mordi os lábios até estes sangrarem, sentindo minha cabeça prestes a explodir. A visão atual dos semideuses foi substituída por flashes de mortes passadas e eu fechei as mãos em punhos até recuperar meus sentidos. Como estava encostada na árvore, seria difícil perceber que não estava bem, já que mantinha a mesma posição. Sabia que pelo menos Alexia tinha percebido que tudo estava voltando, então como sempre, para não aparentar fraqueza, me recompus.

- Seu silêncio é o suficiente, Vallet. – Disse, fitando-a. Afastei da árvore e minhas asas negras se esticaram, revelando seu esplendor e suas penas mais internas avermelhadas. – Até breve, queridos. Podem ter certeza que receberão recados meus... Bom, a maioria. – Logo estava voando, a uma altura que me agradava. Meu destino? Nova York, o parque de diversões de lá seria o melhor local para me esconder por um tempo.

Código:
Com o post parado aqui, resolvi continuar com quem quiser em outro lugar. Se conseguirem fazer ficar coerente e quiserem continuar a postagem, estarei no parque de diversões de New York.

# Post 04
# Vestindo
# Colina ~ Long Island
# Leaving so soon…

Helena J. Eickenberg
Indefinido
Mensagens :
676

Localização :
Desconhecida

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Colina ♠Local Público Oficial♠

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 8:12 pm

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 21 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 13 ... 21  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum