Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

» Entrada do Chalé VI «

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

» Entrada do Chalé VI «

Mensagem por 072-ExStaff em Seg 11 Jun 2012, 10:34


Entre os chalés IV e VIII há o chalé VI, o qual pertence aos filhos de Athena. É um prédio prateado, com dois pilares quadrados de mármore branco adornando a entrada. As janelas são simples, com uma cortina branca cobrindo-as. Acima da porta, uma coruja fora entalhada em mármore preto, de asas abertas; se olhada rapidamente, parecia estar dando um voo rasante. Seus olhos ônix dão a impressão de acompanhar qualquer campista que se aproximar do chalé. A construção tem um pé direito alto, cerca de três metros. Na linha abaixo do telhado, pode-se ler os dizeres, em grego antigo:
“O verdadeiro conhecimento vem de dentro.”





Descrição do livro para o chalé de Athena
Código:
 “Era um prédio prateado, nada elegante, com cortinas brancas simples e uma coruja entalhada na pedra acima da porta. Os olhos ônix da coruja pareciam me acompanhar à medida que eu me aproximava. (...) O lugar parecia uma oficina para crianças geniais. Os beliches estavam todos agrupados em uma parede, como se dormir não tivesse muita importância. A maior parte do quarto estava ocupada por bancadas de trabalho, mesas, estojos de ferramentas e armas. Os fundos eram uma imensa biblioteca entulhada com antigos pergaminhos, livros encadernados em couro e brochuras. Havia uma mesa de arquiteto com um jogo de réguas e transferidores e com algumas maquetes de prédios em 3-D. Mapas de guerra enormes e antigos cobriam as paredes até o teto. Armaduras pendiam sob as janelas, as placas de bronze cintilando ao sol.
Referência: [Percy Jackson e os Olimpianos – A Batalha do Labirinto. Páginas 86 e 87 – Editora Intrínseca]

072-ExStaff
avatar
Indefinido
Mensagens :
1093

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Silver Lunae em Seg 11 Jun 2012, 13:58


Silver Lunae

Filho de Athena




Chego ao novo chalé e digo:
-Nossa, quem sera o decorador disso aqui?
Ando até a porta principal e caminho pelo chalé procurando algo legal para fazer.

terra de ninguém 2.0
Silver Lunae
avatar
Indefinido
Mensagens :
60

Localização :
4 lata de lixo a direita.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Morgan Malik em Seg 11 Jun 2012, 17:31

Entrei no novo chalé e fiquei de boca aberta. Tudo ali era perfeito! Logo sai correndo para ver o que mais havia de novo ali!
Morgan Malik
avatar
Filhos de Athena
Mensagens :
15

Localização :
Aonde a sabedoria e a inteligencia me levar ... ou no chalé 6

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Drillbit Jackson em Sab 16 Jun 2012, 11:47



Segunda Inspeção de Chalé


16/06/2012 ❖ Chale 06 - Athena ❖ Segunda Inspeção ❖ Temperatura: 27°C ❖ Ensolarado ❖ Not Reply

O sol cintilava no céu. Seu brilho ofuscava meus olhos. Contudo, mesmo em tais condições, não conseguia para de fitar a majestosa construção arquitetônica de Athena. A magnífica construção foi resultante da reforma ordenada por minha mãe. Meus irmãos, assim como eu, encantaram-se com o lugar. Mas om o passar do tempo, até as mais belas criações precisam de certa manutenção. E não era exceção o chalé de Athena. Com minha prancheta em mãos, comecei a aproximar-me da porta de entrada, enquanto fixava a enorme coruja com olhos de ônix. Girei a maçaneta e adentrei o lugar.

Por ter sido recentemente reformado, o lugar não parecia tão desordenado. Mas vez por outra, em minha caminhada até a Área Comum, notava a desordem que já começava a tomar conta do lugar. Por todo o chalé não se via nenhum de meus meios-irmãos. Todos já me aguardavam no local determinado. Finalmente, adentrei o lugar fitando os rostos sorridentes de meus irmãos.

- Olá, meus irmãos. Bom... - Sorri. - Vou dividi-los em grupos, de acordo com cada área do chalé. Assim, o processo de organização poderá ser acelerado. - Pigarreei e comecei a anunciar os grupos que já haviam sido determinados em minha prancheta.

Logo, o primeiro grupo dirigiu-se ao andar inferior, onde organizariam a Sala e Armas e a Biblioteca. O segundo grupo arrumaria o Dormitório, já o terceiro cuidaria do Laboratório. Por fim, o quarto grupo cuidaria da Sala Comum. Meus irmãos iniciaram seus trabalhos, organizando as enormes almofadas do local, limpando-as e retirando a poeira das mesmas. Eu, então, comecei a anotar e organizar eventos na prancheta, que logo seriam fixados na área do dormitório.

Meus irmãos limpavam vidraças, janelas e o enorme teto de vidro. Já outros organizavam os computadores portáteis e limpavam as inúmeras televisões. O trabalho parecia andar muito bem por ali, por isso deixei-os trabalhando, enquanto vistoriava o resto do chalé. No laboratório, meus o grupo três agrupava ampolas de amostras, seringas descartáveis e tubos de ensaio com várias substâncias que não pude distinguir naquele momento. Tudo ia sendo, aos poucos, etiquetado e guardado nos armários, enquanto outros filhos de Atena limpavam bancadas e banquetas. Logo, prossegui meu caminho, chegando ao Dormitório. Lá, as camas iam sendo organizadas, assim como os mapas sobre as mesas. Aproximei-me do quadro de avisos e comecei a fixar blocos de Post-It, onde se liam horários de treino, eventos internos e avisos importantes. Finalmente, olhei à minha volta. O dormitório já estava completamente arrumado, e meus irmãos dirigiam-se para o andar superior.

Comecei, então, descendo para o andar inferior e vistoriando-o. Lá, viam-se todas as armas, completamente organizadas e limpas. Do outro lado, os livros da biblioteca acabavam de ser colocados em seus lugares e as prateleiras já haviam sido espanadas. Então, comecei a subir as escadas, passando pelo dormitório e chegando ao andar superior. O laboratório, já abandonado, estava impecável. Tudo bem etiquetado e separado nos armários. Adentrei finalmente a porta metálica, estando de volta à área comum. Todos os filhos de Athena já se organizavam ali, exceto por alguns que ainda chegavam ao lugar. Assim que todos se postavam no local, pronunciei algumas palavras.

- Muito bem, irmãos e irmãs. Nosso trabalho chegou ao fim e o chalé está magnificamente organizado. Espero vê-los todos juntos novamente no sábado à noite, na Constellations' Night. Uma noite animadora, onde vamos explorar os inúmeros mistérios do universo, com documentários da Discovery Channel, debates e visualizações do espaço. Organizem-se na entrada do dormitório, para que possamos nos dirigir ao refeitório. Obrigado por sua atenção. - Sorri, liberando a passagem para os meus irmãos.

Aos poucos, o lugar foi sendo abandonado, até que finalmente estivesse vazio. Eu tranquei todas as portas e janelas, até estar à frente do chalé. Liderando meus irmãos, iniciamos nossa caminhada pelo acampamento, em direção a uma nova e deliciosa refeição merecida.

Drillbit Jackson
avatar
Feiticeiros  de  Circe
Mensagens :
995

Localização :
Upper East Side, Manhattan, NY

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Olyver Braxton em Qui 21 Jun 2012, 14:11

Finalmente depois se ser reclamado iria entrar no Chalé VI da minha mãe Atena, queria conhecer tudo.
Olyver Braxton
avatar
Filhos de Athena
Mensagens :
42

Localização :
acampamento meio-sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Drillbit Jackson em Sab 23 Jun 2012, 20:15



Terceira Inspeção de Chalé


23/06/2012 ❖ Chale 06 - Athena ❖ Terceira Inspeção ❖ Temperatura: 28°C ❖ Ensolarado & Nublado ❖ Not Reply

O desabrochar de um novo dia. O lírio ofuscante postava-se mais uma vez em seu trono... Magnífico. Mais um dia começava e com ele, uma nova inspeção de chalé. Eu observava a Colina Meio-Sangue acordar-se lentamente de uma noite bem dormida. O gosto de alvorecer no ar. No céu, nuvens ousavam privar-nos por certos períodos de nossa fonte de energia matinal. Meus irmãos, que também começavam a postar-se na Área Comum, pareciam bem dispostos e prontos para a manutenção de nosso lar. Logo, iniciei os anúncios.

- Bom, meus meios-irmãos. Daremos inicio hoje a mais uma inspeção de chalé. É de conhecimento de todos os deveres de cada um. Por isso, encurtemos nossa conversa e... Mãos à Obra! - Sorri, deixando minha prancheta e começando a ajudá-los também. Mais uma vez, os grupos I, II, III e IV dividiram-se pelo chalé. Anteriormente, os grupos haviam sido ordenados de cima para baixo. Mas desta vez, seria o inverso. Por isso, o grupo IV tratou de apressar-se nos afazeres da Área Comum, enquanto o grupo I cuidava da Sala de Armas e da Biblioteca.

Todos trabalhavam em conjunto. Empenhados em manter aquele lugar o mais impecável possível. Eu não ficaria com nenhuma equipe. Na verdade, cuidaria eu sozinho da entrada. Logo, desci as escadas, postando-me em frente ao chalé VI. Inicialmente, comecei a limpar as paredes de certas teias indesejáveis. Terminada esta tarefa, passei a limpar a enorme coruja de mármore e olhos de Ônix. Fitava-me durante todo o trabalho, como se supervisionasse meus afazeres. Por vezes sentia que aqueles enormes olhos negros não se tratavam apenas de olhos de uma coruja. Talvez, Athena vistoriasse sua cria através da mesma. Ou talvez fosse apenas ideia da minha mente conturbada. Finalmente, encerrei meu trabalho, limpando as janelas por dentro e por fora.

Encerrados os meus deveres, retornei para dentro do chalé. O lugar já estava completamente arrumado como deve ser. Livros em suas estantes, mapas bem organizados, materiais de cartografia postos sobre as mesas e tricamas bem arrumadas. Subindo as escadas bem limpas e atravessando o laboratório impecável, cheguei enfim à Área Comum. Meus irmãos e irmãs divertiam-se em suas conversas e grupos, em um espaço completamente organizado. Computadores portáteis guardados nas prateleiras, poltronas e sofás livres de pó, almofadas limpas...

Pigarreei chamando sua atenção. Logo, todos estavam enfileirados e prontos para ouvir-me.

- Ótimo trabalho, "Athenienses". - Como eu os chamava. - Mais uma vez mostraram que trabalho em equipe é tudo. Divirtam-se com moderação em seu chalé, tentando não desfazer o que fizemos tão bem. Isso é tudo, pessoal. - Esbocei um sorriso, enquanto tomava minha prancheta em mãos, datando a inspeção e verificando a lista de afazeres. - Bom... Organizem-se em duas filas, na entrada do chalé. Já é chegada a hora do almoço.

Aos poucos, o lugar foi se esvaziando. E depois que todos haviam se retirado, eu tranquei janelas e portas, para proteção do chalé. E, por fim, conduzi meus meios-irmãos pela trilha de aromas que já me faziam delirar.


Drillbit Jackson
avatar
Feiticeiros  de  Circe
Mensagens :
995

Localização :
Upper East Side, Manhattan, NY

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Drillbit Jackson em Sab 30 Jun 2012, 14:50



Quarta Inspeção de Chalé


30/06/2012 ❖ Chale 06 - Athena ❖ Quarta Inspeção ❖ Temperatura: 22°C ❖ Nublado ❖ Not Reply

Uma brisa suave soprou em meu rosto. Gélida, mas suave, a corrente de ar me fez arrepiar. Brisa me atordoante, que me fez recuar em meu caminho. Andava pelo acampamento em direção ao Chalé 06. Contudo, o vento glacial paralisou-me momentaneamente. Meu olhar fitou os céus. Cumulus Nimbus cercavam as proteções da colina, evidenciando uma terrível tempestade externa. Logo, voltei ao meu caminho, até me ver à frente da porta de entrada do chalé de Athena. A prancheta em minha mão estava enfeitada de inúmeros Post-it's amarelos. Avisos e ocorrências no chalé. A semana foi bem complicada e o chalé havia entrado em uma espécie de "Guerra Interna". Mas eu estava pronto para enfrentá-los e resolver seus conflitos. Com um suspiro final, adentrei a sala rompante.

No dormitório encontravam-se todos os meus meios-irmãos. De um lado, garotos. Seguravam suas espadas, flechas, machados, adagas... Do outro, jovens garotas. Armadas de escudos, elmos, armaduras e lanças. Prontos para atacar. Em meio a todos eles, dois destacavam-se. Um garoto e uma garota que se fitavam. Apontavam adagas para os pescoços um do outro. Provavelmente minha chegada não foi notada. Pigarreei e, instantaneamente, todos os semideuses deixaram seus postos, tentando esconder suas armas.

- O que está havendo aqui? - Não obtive resposta. - Esta não foi uma pergunta retórica.

- Drillbit, nós... - A líder das garotas pronunciou-se...

- Só estávamos nos divertindo. - Mas foi interrompida por o líder dos garotos.

- Não mintam para mim... Eu não nasci ontem. Sei que estavam guerreando, ferindo uns aos outros... Seus próprios companheiros de chalé. Eu não consigo entender seus motivos nem seus problemas, mas entendo que a guerra nunca é uma solução. Somos filhos da justiça... Em nosso sangue corre delicadamente o dom da sabedoria. Athena é da deusa da guerra justa. Não e envergonhem com atos tão banais. Agora... Façam as pazes.

Ambos permaneceram imóveis. Nenhum parecia disposto a render-se. Por isso, tive que agir mais drasticamente.

- Ótimo. Se assim desejam e já que estão tão bem divididos entre homens e mulheres, vocês vão trabalhar separadamente hoje. Grupo masculino, vocês cuidarão no laboratório, assim como da sala comum. Grupo feminino, vocês trabalharão no Dormitório, na Biblioteca e na Sala de Armas. O grupo que melhor trabalhar vai ganhar uma noite especial no chalé. Podem começar.

Finalmente começaram a se mexer. Pouco a pouco os garotos foram deixando o Dormitório e subindo as escadarias. As garotas separavam-se em dois grupos, um deles cuidaria do dormitório e ou outro do andar inferior. Eu comecei a fixar avisos e Post-it's sobre o quadro no dormitório, enquanto observava os trabalhos ao meu redor. Inicialmente as meninas pareciam trabalhar bem, mas logo os trabalhos de força foram se tornando complicados demais. Era difícil mover as grandes mesas de lugar, assim como era complicado mover as tricamas.

- Drillbit! - Uma delas, Ashley, exclamou. - Arrg! Isso é inútil. Essas camas são pesadas demais.

- Não olhe para mim. Não posso ajudá-las, é contra as regras. Mas tenho certeza que alguém no andar superior pode te ajudar.

- Nem pensar! É... Vamos continuar tentando. - Outra delas interrompeu.

- Como quiser...

Deixei-as e subi as escadarias, chegando ao andar superior. No laboratório os problemas eram outros. Organização não parecia ser o forte dos filhos de Athena. Nas prateleiras, varias substâncias e itens estavam fora de seus lugares padrões, assim como as bancadas, que haviam sido espalhadas desordenadamente pela sala.

- Parece que as coisas por aqui não estão melhores do que lá embaixo, não é? - Sorri.

- Não zombe de nós, Drill. Tentamos mas, é impossível. - Um deles reclamou.

Neste exato momento, o grupo feminino e o restando do grupo masculino surgiram das escadarias e da porta metálica, respectivamente. As garotas pareciam esgotadas e os garotos frustrados. Uma gargalhada ecoou pela sala. Eu não me contive, e todos os meus meios-irmãos fitaram-me sem entender.

- Vocês achavam mesmo que iam conseguir terminar seus afazeres sem o apoio um do outro? Suas habilidades se completam, é verdade. Não faz sentido continuarem brigando se quiserem fazer um trabalho eficaz.

- Ele tem razão. - Kevin, o líder masculino disse.

- Acho que podemos fazer as pazes... Por enquanto. - Luna, líder feminina estendeu sua mão para Kevin. Este a apertou, selando o trato.

♠ ♠ ♠

Foi um trabalho demorado... Recolocar bancadas em seus lugares, organizar tricamas, catalogar itens da estante... Mas, enfim, terminados. E de volta ao dormitório, me vi obrigado a saudá-los.

- Parabéns, meus irmãos e irmãs. O trabalho em união não foi assim tão ruim, hein? Como prêmio, todos terão uma noite especial na Área Comum. Mais uma vez, parabéns a todos. Agora, dirijam-se à entrada do chalé, para que nos direcionemos ao refeitório.

Aos poucos eles foram deixando o chalé, até que este estivesse completamente vazio. Tranquei as portas e me uni a eles, guiando-os pelo acampamento. Mais uma vez os conflitos encerraram-se. Eu realmente acreditava que esta guerra não foi intencional, A julgar pelos garotos e garotas que interagiam normalmente pelo caminho do refeitório. E o verdadeiro sábio reconhece que os fins nunca justificam a guerra...


Drillbit Jackson
avatar
Feiticeiros  de  Circe
Mensagens :
995

Localização :
Upper East Side, Manhattan, NY

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por John A. Donuts em Seg 09 Jul 2012, 14:05

Entrei, exausta com Annabeth. O meu colar, A coruja de ouro branco com pedras de ônix, brilhava, mas eu já deixara de notar. Estava vendo embaçado, e torcendo para chegar o mais breve possível, no dormitório. Annabeth, ao meu lado não se cansara tanto quanto eu. Estava mais lúcida, eu sabia, e menos cansada.
-Dormitório, please. -Falei brincando.
John A. Donuts
Filhos de Athena
Mensagens :
640

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Elizabeth Chase em Seg 09 Jul 2012, 14:29

-Dormitório, please. -Falou, Zoe brincando, acho Ela estava realmente muito cansada, e eu também, não deixava transparecer tanto mas minha visão estava totalmente embaçada.
-Vou morrer se não chagar ao dormitório em menos de 5 minutos - Eu falei brincando também atropelando um pouco as palavras.
Elizabeth Chase
avatar
Indefinido
Mensagens :
167

Localização :
Siga a Trilha de folhas de carvalho , e entre na parte mais fechada da floresta, de lá a coruja preta o guiará.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por John A. Donuts em Seg 09 Jul 2012, 14:35

-Vou morrer se não chagar ao dormitório em menos de 5 minutos - Ela atropelou as palavras e o cansaço me dominava, eu estava rindo, do nada.
-Vamos, pro dormitório então. - Falei, meio na brincadeira.
John A. Donuts
Filhos de Athena
Mensagens :
640

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Elizabeth Chase em Seg 09 Jul 2012, 15:06

-Vamos, pro dormitório então. - Falou, meio na brincadeira.
Eu já estava caminhando para dentro.
- Venha então estou exausta!- Eu disse entrando.

OFF: Vou primeiro.


Elizabeth Chase
avatar
Indefinido
Mensagens :
167

Localização :
Siga a Trilha de folhas de carvalho , e entre na parte mais fechada da floresta, de lá a coruja preta o guiará.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Nico Lombardi em Qua 11 Jul 2012, 15:16

Nico, um garoto relativamente alto, e com demasiada estranhesa, entrara extremamente timido e sem jeito no chalé de Atena, o mesmo observara sorrateiramente por-ela-porta, quando finalmente, tomara alguma coragem e simplesmente entrara, os filhos da deusa da sabedoria, indubitavelmente vos olhara, curiosos, àvidos por noticias de quem era tal garoto, que até então aparentara conter cerca de 14 anos, o garoto, simplesmente ficara indiferente quanto à isto, colocara vossas " tralhas ", em cima de uma cama, mais especificamente um belixe, onde econtrava-se um papel simples, antigo e escrito a mão, no qual podia-se ler " Novo lar de Nico Lombardi, filho de Atena", o mesmo encontrara-se demasiadamente cançado, pois vinha dormindo no chão, e desprovido se quer de um travesseiro no chalé de Hermes, portanto, adormecera profundamente.
Nico Lombardi
avatar
Filhos de Athena
Mensagens :
7

Localização :
Chalé 6, Atenas, ou então em uma boa biblioteca.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por John A. Donuts em Qua 11 Jul 2012, 16:17

Entro no chalé e vejo um garoto, alto como eu dormindo em uma das almofadas. O corte no meu braço melhorara e sorri.
-Ei - Balancei seu corpo - Tem umas camas no dormitório. Me acompanhe - Falei, sussurrando. Parecia que não dormia há dias.
John A. Donuts
Filhos de Athena
Mensagens :
640

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Nico Lombardi em Qua 11 Jul 2012, 16:51

Nico, então demasiadamente sonolento, não continha noção do espaço, hora ou local, simplesmente seguira a figura ( cujo a qual o sono não vos permitira distinguir), e cambaleando, perguntara a mesma:
- Quem é vós?
Então, o mesmo simplesmente apagara, debruçando-se, e caindo sobre a figura, o restante, o mesmo não pode se recordar devido ao sono.
Nico Lombardi
avatar
Filhos de Athena
Mensagens :
7

Localização :
Chalé 6, Atenas, ou então em uma boa biblioteca.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Drillbit Jackson em Sab 11 Ago 2012, 00:28



Quinta Inspeção de Chalé


11/08/2012 ❖ Chale 06 - Athena ❖ Quinta Inspeção ❖ Temperatura: 21°C ❖ Ensolarado ❖ Not Reply

Ei, você aí, largue essa espada. E você, deixe a garota em paz. Será que vocês podem dar um pouco mais de atenção a mim? - Eu tentava fazer minha voz ser ouvida, em meio ao barulho e a bagunça no Chalé 06. - Já chega! - Finalmente, após o grito desesperado, o silêncio passou a predominar na Sala Comum.

A chegada de novos campistas sempre causava alvoroço entre os veteranos, e era o que acontecia naquela manhã. O chalé de Athena foi presenteado com 4 novos campistas, e os boatos sobre a vida pessoal desses eram incontroláveis. Através das enormes janelas e do teto de vidro, a luz daquela manhã brilhava, com um cheiro de aventura que preenchia os pulmões dos jovens semideuses. Com minha prancheta em mãos e os ânimos apaziguados, dei início às atividades do dia.

- Bem, primeiramente quero dar as boas-vindas aos novatos. Logo vocês se sentirão em casa e tenho certeza que vão se divertir muito nesse lugar que chamamos de lar. Sejam bem-vindos, meios-irmãos. - Sorri para os pequenos destacados entra a multidão de semideuses. - Agora, daremos início à inspeção de chalé. - Rostos desanimados formaram-se rapidamente. - Que é isso, pessoal? Por que essas caras feias? Vamos mostrar a nossos novos irmãos como se faz em Atenas. - Um riso ecoou pela sala. Em pouco tempo, os quatro grupos de campistas foram divididos pela sala, e os novatos foram encaixados nos tais. Os grupos separaram-se pelo chalé, posicionando-se em seus cômodos e iniciando os trabalhos.

Havia muito que se fazer. Quando o contrabando de açúcar, vindo dos filhos de Hermes, supera o esperado pelos campistas, sua energia costuma ser gastada da pior maneira: Destruindo os chalés. Atravessei a Sala Comum, adentrando o laboratório, onde as crias de Athena já catalogavam substâncias, datavam arquivos e organizavam objetos nas prateleiras e bancadas. Nessas últimas, outros trabalhavam para retirar os chicletes que foram grudados em baixo delas. Finalmente cheguei ao dormitório, onde as fronhas de travesseiro, cobertas e lençóis eram trocados por outros mais limpos e de estampa de listras brancas e pretas. Aproximei-me do quadro de avisos, arrancando dele alguns Post-it's antigos e fixando novos acontecimentos. Quando acabei, os campistas já deixavam seus postos, voltando para o Andar Superior. O chalé já havia sido limpo e organizado e eu iniciaria minha vistoria.

Deixando o Dormitório, o qual eu já havia avaliado enquanto organizava o quadro de avisos, cheguei à Sala de Armas e à Biblioteca. No extremo leste, armas haviam sido polidas e posicionadas de modo ornamental e decorativo. Katanas à frente dos demais objetos e alguns quadros de cerejeiras na parede davam ao local um estilo oriental. No extremo oeste, livros haviam sido organizados sobre as prateleiras espanadas e mesas dispostas de modo que pudesse acomodar qualquer amante dos livros.

Retornei, então, ao Andar Superior, onde o laboratório, assim como a sala, já estava perfeitamente organizado e limpo. Encerrei a inspeção com um breve agradecimento pelo bom trabalho dos campistas. Logo, nos dirigíamos ao Refeitório, onde uma deliciosa refeição aguardava por todo o acampamento.


By Drill - All Rights Reserved
Drillbit Jackson
avatar
Feiticeiros  de  Circe
Mensagens :
995

Localização :
Upper East Side, Manhattan, NY

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Drillbit Jackson em Sab 18 Ago 2012, 11:39



Sexta Inspeção de Chalé


18/08/2012 ❖ Chale 06 - Athena ❖ Sexta Inspeção ❖ Temperatura: 18°C ❖ Nublado ❖ Not Reply

O vento soprou forte pela colina, e fez dançar juntas as árvores dali. Carregava tudo o que podia. De poeira a folhas secas... Levou consigo até mesmo a minha preguiça. Fitava meu iPod, no lado esquerdo do braço. A prancheta, na outra mão, pendia puxada pela gravidade, querendo tocar a grama verde e bem cuidada. Olhei mais uma vez para a fachada de Athena e fechei os olhos. Era uma espécie de ritual? Não sei. Mas eu adorava fazer isso antes de iniciar uma nova inspeção. O silêncio permitia-me pensar e cair em pequenos devaneios, mas a paz nos arredores dos chalés foi quebrada tão rapidamente quanto foi gerada.

Vir-me-ei, então. E passei a observar a movimentação a cerca do chalé de Hermes. Via sua inspetora, da qual não me recordo o nome, tentando manter a ordem. Não era uma tarefa muito fácil - e eu sabia bem o quão difícil era - manter campistas controlados. Mas a garota sabia controlar bem seus meios-irmãos.

- Rafaella. - Sussurrei, lembrando-me do nome da garota.

Voltei à minha posição original. À frente do chalé 06. Respirei fundo e, finalmente, adentrei o lugar. A visão era infernal, pelo menos para mim. Colchões jogados pelo dormitório, caixas de pizza contrabandeada sobre as mesas de mapas, papel picado espalhado pelo lugar. O chalé, a meu ver, havia sido vítima de um ataque dos Pôneis de Festa. Não sabia bem o que havia ocorrido ali. Não dormi no chalé a noite passada, por motivos pessoais. Mas eu tinha certeza de tê-lo deixado em perfeita ordem.

- Meu Zeus... - Olhava o cenário, perplexo.

Nenhum ser vivo fazia-se presente ali. Eu esperava que eles estivessem nos andares superiores, por isso subi as escadas, onde a situação só piorava. Depois de atravessar o laboratório destruído, cheguei à Sala Comum. Sobre os sofás, encontravam-se meus companheiros de chalé. Estavam exausto e pareciam péssimos.

- Drillbit! - Um deles gritou. Neste exato momento, todos levaram as mãos à cabeça. Pareciam acometidos por uma enxaqueca coletiva.

- Drill, nós podemos explicar. - Outro deles disse.

- Vocês fizeram uma festa... - Eles assentiram. Dei uma boa olhada ao redor. - Muito bem. Agora arrumem! - Berrei. Alguns filhos de Athena, que ainda dormiam no chão da sala, acordaram. Logo, estavam todos de pé. Ainda exaustos, separavam-se em seus grupos padrões de Inspeção de Chalé.

Alguns ficaram na sala comum, enquanto o restante espalhou-se pelo chalé. Lentamente, começaram a arrumar o espaço. As garotas, com olheiras ao redor dos olhos e cabelos emaranhados, varriam os copos de plástico e o papel picado do chão e secavam o líquido alaranjado do chão, que eu presumi que fosse ponche. Os garotos limpavam as telas planas, guardavam os computadores portáteis e arrumavam as almofadas em um canto.

Acabaram, finalmente, as atividades. Imploravam por um descanso. Mas eu não os perdoaria tão facilmente. Aproveitar-se de minha ausência para se divertir de modo tão imprudente era algo que eu realmente não esperava de meus meios-irmãos. Deixamos a área comum juntos, passando pelo laboratório, onde pegamos alguns meios-sangues que já terminavam suas tarefas, mas dormiam sobre as bancadas. Chegamos ao dormitório, onde outro grupo de campistas aguardava. Todos se posicionaram à minha frente, enquanto eu anotava algo em minha prancheta.

- O andar inferior já está arrumado e restaurado. - Anunciou um deles.

- Ótimo. - Disse, sem expressar satisfação alguma. - Conseguiram arrumar tudo, sem cair no sono. - Meus olhos viajavam de um rosto a outro. Pareciam todos tão culpados... - Mas agora eu quero saber. Todos participaram da festa, é verdade. Mas apenas um de vocês... Apenas um pensou na maldita ideia de festejar na minha ausência. Apenas um persuadiu todos vocês a se envolverem nisso tudo. Quem planejou o crime? - A última frase permaneceu como um eco no silêncio do chalé.


By Drill - All Rights Reserved
Drillbit Jackson
avatar
Feiticeiros  de  Circe
Mensagens :
995

Localização :
Upper East Side, Manhattan, NY

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Drillbit Jackson em Seg 27 Ago 2012, 13:04



Sétima Inspeção de Chalé


27/08/2012 ❖ Chale 06 - Athena ❖ Sétima Inspeção ❖ Temperatura: 17°C ❖ Sol com nuvens ❖ Not Reply

Depois do terrível incidente da última inspeção, não deixei mais o chalé nº6 sozinho. Os semideuses, mesmo arrependidos de seu comportamento indecente e vergonhoso, ainda omitiam o verdadeiro culpado. Talvez fosse melhor relevar. Mas se o fizesse, meus irmãos jamais respeitariam as normas de conduta impostas por mim.

Todos nós fazíamo-nos presentes na área comum. Filhos de Athena alvoroçados procuravam um lugar entre a multidão, enquanto eu os aguardava pacientemente. Quando o silêncio predominou na sala lotada, iniciei as atividades com algumas palavras.

- Olá, semideuses. - Continuava sério, como na semana passada. - Daremos início a uma nova inspeção de chalé. Todos já conhecem a organização de tarefas, por isso poupar-nos-ei disso. Espero que, enquanto arrumam o chalé, pensem na ideia de contar a identidade do criminoso a mim. Podem começar.

Abanei a mão, indicando que se dispersassem. Logo, só havia um pequeno grupo na área comum, organizando livros, computadores portáteis, tirando o pó de prateleiras, limpando tapetes e travesseiros e mais uma infinidade de tarefas. Eu observava os afazeres dos semideuses atentamente, migrando de uma sala para outra.

Andar superior, andar inferior... Tudo ia aos poucos sendo organizado. Em pouco tempo, estávamos todos no dormitório arrumado. Os campistas sempre de frente para mim, enquanto eu fazia minhas anotações na prancheta.

- Ótimo. Vocês, mais uma vez, fizeram um ótimo trabalho. - Sorrisos e apertos de mão entre as crias da sabedoria, até que eu voltei a falar. - Como podem ver no quadro de avisos, nenhuma atividade será programada para esta semana. Esta é a recompensa de vocês, por me ajudarem a descobrir quem planejou a festa. - Todos murmuravam e resmungavam, até que o silêncio voltou a prevalecer, depois de um pigarro meu. - Isso é tudo. Obrigado.

Deixamos o chalé, em direção ao refeitório. Meus irmãos não pareciam nem um pouco satisfeitos, mas era o que devia ser feito...


By Drill - All Rights Reserved


Peço desculpas pelo meu atraso. Espero a compreensão de todos. Obrigado.
Drillbit Jackson
avatar
Feiticeiros  de  Circe
Mensagens :
995

Localização :
Upper East Side, Manhattan, NY

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Drillbit Jackson em Sex 31 Ago 2012, 18:29



Oitava Inspeção de Chalé


31/08/2012 ❖ Chale 06 - Athena ❖ Oitava Inspeção ❖ Temperatura: 22°C ❖ Ensolarado ❖ Not Reply

Raios de sol banhavam de amarelo-dourado a sala comum. Meus irmãos e irmãs, já bem dispostos, preparavam-se para mais uma manhã de inspeção, quando tiravam de seus armários as luvas, espanadores, vassouras e sacos de lixo permitindo-se um pouco de trabalho de equipe e, às vezes, diversão. Eu fitava-os, balançando a cabeça. A prancheta em minha mão direita, um lápis na outra e uma expressão de desgosto em meu rosto.

- Chegamos ao final de mais um ciclo de inspeções. Divertimos-nos, conhecemos uns aos outros e interagimos com pessoas que, muitas vezes, evitamos. - Suspirei. - O dia de hoje poderia ser bem mais divertido pra todos nós. Contudo, com a chegada da última semana de inspeção, vem também a lembrança de que todos vocês continuam em silêncio sobre o ocorrido anteriormente. É por isso que os castigos serão cancelados, enfim. Não porque tenham feito a coisa certa, mas para que sintam pesar em sua consciência que a justiça não foi feita. - Pigarreei, mudando de assunto. - Bom... Comecem.

Logo estavam divididos em quatro grupos mistos. Garotos e garotas esqueceram suas diferenças há muito tempo e hoje em dia viviam em plena harmonia. Na verdade, todo o chalé nº 6 permanecia em plena harmonia. Mas era de costume que o lugar estivesse sempre um tanto bagunçado. Consequência da grande quantidade de semideuses que ali viviam. Mas os mesmos que sujavam não tinham receio em ajudar semanalmente na limpeza.

Toquei um dos colares em meu pescoço. Uma coruja de prata. Seus olhos de ametista brilhavam, refletindo a luz solar. Ali, na área comum, os trabalhos eram exercidos de forma eficiente e rápida. Filhos de Athena espanavam prateleiras, limpavam as janelas, livravam as almofadas do lugar dos ácaros. Logo tudo estaria em perfeita ordem, então resolvi inspecionar o resto do chalé.

Atravessando a porta, me via agora no laboratório. Etiquetados, os frascos, ampolas e líquidos de coloração variada eram armazenados nos armários que circulavam a sala. Balcões e bancos eram limpos, assim como os microscópios e outros aparelhos. Desci às escadas, até chegar ao dormitório.

Camas já feitas e travesseiros já trocados se viam em cada uma das tricamas. Os campistas agora organizavam mapas dos mais variados tipos sobre as mesas dali. Deixei-lhes, para que terminassem os seus deveres, chegando finalmente ao andar inferior. Ali, os livros eram, aos poucos, sendo guardados em suas devidas prateleiras. Espanadores corriam pela madeiras das estantes de livro, enquanto as armas, ao lado, eram polidas e armazenadas em seu devido lugar.

Finalmente, estávamos todos no dormitório. Os afazeres haviam sido cumpridos e os campistas agora comemoravam.

- Bom trabalho, pessoal. Eu me surpreendo a cada nova inspeção. Nada mais justo que, agora, compartilhemos de uma refeição deliciosa. - Abri a porta do chalé, dizendo. - Quem me acompanha?

Com um sorriso no rosto de cada um, partíamos em direção ao refeitório. Enquanto andávamos, eu fitava os rostos radiantes. O sol ainda brilhava tanto quanto antes. Aquece-nos como uma mãe faria a um filho. Eu, na verdade, não tenho certeza se minha descrição se encaixa nisso. Mas tínhamos uns aos outros. E enquanto estivéssemos juntos, os braços de Athena abarcar-nos-ia. Um sorriso se formou em meu rosto. Aquela era minha família. E eu não pretendia deixá-los nunca...


By Drill - All Rights Reserved
Drillbit Jackson
avatar
Feiticeiros  de  Circe
Mensagens :
995

Localização :
Upper East Side, Manhattan, NY

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Drillbit Jackson em Sab 08 Set 2012, 10:09



Nona Inspeção de Chalé


31/08/2012 ❖ Chale 06 - Athena ❖ Nona Inspeção ❖ Temperatura: 20°C ❖ Ensolarado ❖ Not Reply

Passos inconstantes e incessantes sobre a tábua corrida. Vozes que gritavam e sussurravam, mas nada me diziam. Eu os fitava, pensando o que mais eu teria que enfrentar nesse novo período de inspeções. As crianças de Athena finalmente arrumavam-se em fileiras. Mas havia algo diferente naquela comum formação. Algo além do número de semideuses...

- Olá, filhos e filhas de Athena. - Um sorriso se formou em meu rosto. E as faces conhecidas iam surgindo em meio às desconhecidas. - Primeiro quero dizer que é um prazer representar mais uma vez o nosso chalé. Mas é melhor que deixemos o irrelevante para trás. Vamos ao que interessa. Vocês já sabem o que devem fazer, então... Mãos à obra. - Os campistas começaram a se dividir na sala. Não reclamavam, apenas exerciam seu dever. Logo estavam separados em quatro cantos diferentes e os grupos deixavam a área comum, exceto um.

Sentei-me sobre uma poltrona qualquer observando as atividades ali. Alguns deles limpavam o chão com vassouras e esfregões. Outros se importavam em verificar o estado dos computadores portáteis e televisões da sala. E o terceiro subgrupo retirava sujeira dos livros, objetos, estantes e janelas dali. Faziam um ótimo trabalho organizado, por isso resolvi vistoriar as outras áreas do chalé. Atravessando a porta da área, me via agora no grande laboratório do chalé. Ali, os campistas trabalhavam como na sala vizinha.

Semideuses organizavam fichas, substâncias e cobaias nos armários da sala. Os outros limpavam o chão, assim como os balcões, microscópios, tubos de ensaio e béqueres. Logo tudo estria arrumado ali. Se havia algo a se aprender com aquelas inspeções era a importância do trabalho em grupo. Eu os deixei para terminarem seu trabalho, descendo as escadas e chegando ao dormitório.

Lá, os garotos encarregavam-se de arrumar mapas, posicionar mesas e arrumar as tricamas. As garotas limpavam o chão, assim como as paredes e janelas. Embora parecessem trabalhar separadamente, realizavam a atividade em conjunto, pois todos se divertiam juntos durante o trabalho. O clima ali era tão feliz, que eu me senti tentando a ficar ali, mas precisava vistoriar o último andar. Descendo as últimas escadas, eu finalmente cheguei ao subterrâneo.

De um lado, as crias da sabedoria organizam e poliam armas do arsenal com bastante cuidado. Afinal aquele era um dos nossos patrimônios mais importantes. Do lado oposto, outros espanavam estantes, examinavam os livros de registro e colocavam livros em seus devidos lugares. Quando suas tarefas finalmente acabaram, nos dirigimos ao dormitório. Ali já se encontravam todos os outros filhos de Athena que já haviam encerrado seus trabalhos.

- Foi um ótimo trabalho, pessoal. - Eu dizia, fazendo anotações na prancheta em minha mão. - Nunca eu havia visto tamanho trabalho em equipe. Por isso vou recompensá-los. Estejam todos prontos amanhã à noite para a segunda noite do "Desvendando o Espaço". Documentários, observações coletivas no observatório e debates sobre a vida fora da terra. Eu aposto que ninguém vai querer perder isso. - A recompensa foi muito bem aceita. Eu sorri mais uma vez para eles. - Agora, vamos nos dirigir ao refeitório.

Assim que o último campista deixou o chalé e eu fechei a porta, partimos todos juntos em direção ao refeitório. E ali, em volta deles, eu me via não mais entre meio-irmãos, me via entre um novo grupo de amigos...


By Drill - All Rights Reserved
Drillbit Jackson
avatar
Feiticeiros  de  Circe
Mensagens :
995

Localização :
Upper East Side, Manhattan, NY

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Icarius Ringgler em Qui 13 Set 2012, 21:27

Estava parado em frente ao chalé já fazia algum tempo e resolvi me mover dali antes que as pessoas começassem a achar estranho aquilo tudo. Fui caminhando calmamente rumo à porta e já notei que o chalé parecia renovado. A porta se encontrava aberta e eu continuei.

Entrei à passos calmos no chalé que ostentava um certo alvoroço. Haviam muitos campistas menores do que eu, e não me admirei por ter chamado a atenção de alguns que ali estavam. Era um campista veterano, adentrando no chalé com sua mochila nas costas e com a cabeça um pouco abaixada numa expressão meditativa. Fui até o lugar onde ficava minha cama e lancei minha mochila em cima da mesma, deixando que meu corpo também caísse sobre a cama, era bom estar de volta àquele local. Por um momento percorri o chalé com os olhos e notei que o fato de ter chamado a atenção de alguns não era atoa, já que aparentemente eu era o que tinha mais tempo de acampamento. Mesmo Drill, que eu logo reconheci e sorri ao revê-lo, não tinha tanto tempo ali quanto eu. Eu via como ele organizava as coisas e ri comigo mesmo, ele deixava alguns campistas mais novos com uma expressão desapontada ao interromper suas brincadeiras perigosas. Era um irmão com quem eu tinha certa afinidade e que eu prezava muito.

Eu logo ergui meu corpo e me sentei na beira da cama, não pretendia ficar ali o tempo todo, tinha a pretensão de ir à arena. Eu estava retornando de uma temporada de alguns dias que eu havia passado fora do acampamento. Não foram muitos dias assim, mas eu sentia falta daquele lugar. Agora eu precisava realmente me mover um pouco, sair do chalé e ir à arena ou ir à algum outro lugar, eu queria rever algumas pessoas das quais eu sentia falta.

Assim eu levantei da cama e comecei a pegar algumas armas, contudo acalmei um pouco minha ansiedade e pensei melhor em uma coisa. Antes de visitar a arena eu precisava fazer algo ali mesmo no chalé. Por isso larguei minha espada em cima da cama e me virei rumo ao outro lado. Antes de ir ao meu destino eu olhei para meu irmão que outrora brincava com uma espada e fora interrompido por Drill. Ele olhava ora para mim e ora para a espada em cima da cama e por isso eu lancei-lhe um olhar de aviso que fez com que ele se virasse um tanto receoso. sorri para mim mesmo e continuei caminhando.
Icarius Ringgler
avatar
Filhos de Athena
Mensagens :
324

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Lion Blake em Sab 15 Set 2012, 04:07

Após passar por uma dolorosa chegada ao acampamento mio sangue, fui reclamado por Athena, fui logo encaminhado para o chalé VI, onde ficavam meus meio irmãos e irmãs, indicaram a mim uma beliche encostada na parede, sem perguntas fui logo organizar meus pertences, e cochilar um pouco
Lion Blake
avatar
Filhos de Athena
Mensagens :
315

Localização :
Camp Half blood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Drillbit Jackson em Sab 15 Set 2012, 12:32



Décima Inspeção de Chalé


15/09/2012 ❖ Chale 06 - Athena ❖ Décima Inspeção ❖ Temperatura: 22°C ❖ Ensolarado ❖ Not Reply

Olá, pessoal. Bem vindos a mais uma inspeção de chalé. - Observava-os. Não pareciam estar tão animados quanto eu. - Hoje, faremos uma coisa diferente. Os quatro grupos de sempre serão divididos e trabalharão em uma parte da casa. O grupo que fizer melhor o seu trabalho e em menor tempo ganhará... - Disse, rindo e revelando o livro que se encontrava antes escondido atrás da minha prancheta. - O Livro de Ouro. - Os rostos começaram a se animar. - Bom. Esse livro nem mesmo é um livro, mas um troféu. A partir de hoje as inspeções serão competições. Além do Livro de Ouro o grupo vencedor ganhará uma noite de diversão no chalé. Perguntas? - Alguns deles levantaram suas mãos, mas ignorei-os. - Ótimo. Então, mãos a obra.

Os grupos ja se dirigiam a seus pontos antes mesmo que eu pudesse dizer qualquer coisa. Encontrávamos-nos no dormitório, por isso o grupo que arrumaria aquele lugar teria alguma vantagem. Mas aquele lugar era, também, o mais desarrumado e isso equilibrava as coisas. Os semideuses não paravam. Corriam de um lado para o outro, acelerando o trabalho como podiam. Os garotos arrumavam tricamas, garotas organizavam mapas, crianças livravam o chão dos restos de comida contrabandeada. Eu já começava a achar que aquela não havia sido uma de minhas melhore ideias. Mas isso, com certeza, alegrou a todos no acampamento. E esse era o real motivo do Livro de Ouro. Os filhos de Athena andavam desanimados, sempre cansados e sem animo para treinar. Agora eles estavam tão eufóricos que pareciam recém-chegados ao acampamento.

Desci as escadas para vistoriar o andar inferior. Ali os semideuses organizavam a sala de armas, polindo-as, livrando-as das teias de aranhas, organizando-as, enquanto, do outro lado, o resto do grupo tirava o pó de livros antigos e prateleiras empunhadas deles, tentando organizá-los como diziam os livros-mestres. Deixei-os para que terminassem seu bom trabalho e subi mais escadarias, até finalmente me ver no laboratório.

Balcões limpos, objetos de pesquisa em ótimo estado... Aquele grupo me parecia o mais avançado na organização. Agora só terminavam de organizar os vidros de amostras, béqueres e tubos de ensaio. O chão também já brilhava abaixo de meus pés. Eles realmente faziam um ótimo trabalho ali. Mas antes que eu pudesse parabenizá-los, uma porta metálica abriu-se e uma cria de Athena surgiu. Uma garota que dizia:

- Acabamos. - Sorrindo e ofegante.

Dirigi-me rapidamente para a Área Comum. As almofadas foram organizadas em um canto da sala. As televisões funcionavam em um único canal, Discovery Channel, e os computadores portáteis estavam organizados nas prateleiras, ao lado de uma pequena quantidade de livros. As janelas foram limpas, assim como o chão. Tudo parecia perfeito ali.

Os outros semideuses, dos demais grupos, começaram a surgir, postando-se à minha frente. Todos aguardando minha decisão, enquanto eu acabava de anotar algo sobre o bom desempenho n prancheta. Pigarreei, fitei-os e finalmente...

- O grupo vencedor é... Grupo 4, da Área Comum. - Um representante do grupo aproximou-se e eu entreguei-lhe o troféu, enquanto o time 4 gritava quase desesperadamente. - Aos demais grupos, parabéns. Vocês também fizeram um maravilhoso trabalho. - Todos aplaudiram e quando as palmas cessaram anunciei o premio. - A recompensa de vocês, time 4, será uma noite de festa do pijama. Jogo da garrafa, guerras de travesseiro, diversão. Quase tudo é permitido. Parabéns. - Todos pareciam animados com a recompensa, exceto os outros grupos, é claro.

Deixamos o chalé, partindo para o refeitório, enquanto o grupo 4 ainda comentava sobre o quão divertido seria a sua recompensa. Os outros grupos, mesmo ainda chateados, conformavam-se. E eu já começava a pensar na recompensa da próxima semana.


By Drill - All Rights Reserved
Drillbit Jackson
avatar
Feiticeiros  de  Circe
Mensagens :
995

Localização :
Upper East Side, Manhattan, NY

Voltar ao Topo Ir em baixo

-- Chalé de Athena --

Mensagem por Jesse Verlac em Ter 18 Set 2012, 09:53

Não acreditava ter sido reclamado por Athena. Após passar por tudo aquilo, é... Talvez, se já conhecesse esse mundo, eu dizesse que poderia ser um filho de Athena. Quíron, me entregou uma pulseira, cheia de pingentes de armas, nas quais eu sentia conforto ao tocar. Também, havia recebido um escudo, outra coisa que me deixava confortável, somente ao tocar. Em leves passos, até o chalé, pensava na vida que seria dentro daquele Acampamento. Os cabelos castanhos do garoto, voavam por causa da leve brisa, que tocava todos do Acampamento. Ao me aproximar do chalé, via a beleza enorme do chalé, por mais que fosse simples. Um prédio prateado, com dois pilares quadrados de mármore branco adornando a entrada. As janelas são simples, com uma cortina branca cobrindo-as. Acima da porta, uma coruja fora entalhada em mármore preto, de asas abertas; acabei olhando rapidamente para ela, então vi como se ela estivesse batendo suas asas. Percebi também, que seus olhos de ônix, parecia me perseguir ao me aproximar. Algo escrito em grego antigo, em uma linha abaixo do telhado.

"O verdadeiro conhecimento vem de dentro."

Abri a porta lentamente, então adentrei em silêncio.
▬ Alguém, está aqui?
Nada escutei, fui andando até uma beliche que não estava ocupada, e me confortei. Após isso, apenas fui dar uma olhada fora do chalé, ver se tinha algo de mais interessante...


Vestes: Jeans, Camisa listrada cinza, All Star.| Humor: Normal | Com: Presente de Reclamação, mochila.

Jesse Verlac
avatar
Filhos de Athena
Mensagens :
57

Localização :
Perto dos doces.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Jake Deimon em Qui 20 Set 2012, 17:15

Adentrando ao meu Chalé:

Tinha acabado de ser reclamado pela minha mãe, Athena. Eu queria ver ela algum dia, se ela era muito parecida comigo. Bom, agora precisava guardar todas as minhas coisas no chalé. Parava na trilha dos chalés, enquanto lançava um rápido olhar para todos os chalés a minha volta, e então a minha frente vi um prédio prateado, com algumas janelas, do jeito que eu gostava; seguia meu olhar para o alto, uma coruja com as asas abertas, por um momento achei que ela ia dar um rasante. Tinha uma frase no telhado, em grego antigo:

"O verdadeiro conhecimento vem de dentro."

Li aquilo rapidamente, enquanto puxei a alça da minha mochila e entrei, realmente aquele era o melhor chalé de todos, mesmo eu sem saber quais eram os outros, tinha tudo o que gostava, realmente! Sentei-me no sofá da entrada, enquanto puxei e comecei a ler um livro. Queria treinar, era isso que eu queria, então deixei minhas coisas na minha nova cama, enquanto saia do chalé, com um sorriso no rosto.



•Narração;
•Frase no chalé;
Jake Deimon
avatar
Filhos de Athena
Mensagens :
2

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Drillbit Jackson em Sab 22 Set 2012, 10:37



Décima Primeira Inspeção de




Chalé


22/09/2012 ❖ Chale 06 - Athena ❖ Décima Primeira Inspeção ❖ Temperatura: 23°C ❖ Ensolarado ❖ Not Reply

Ainda era cedo quando começamos a arrumar o chalé. Meus irmãos trabalhavam, enquanto o sol nascia no extremo leste. Sem reclamar, eles arrumavam tricamas, limpavam o chão do chalé, organizavam livros em prateleiras e limpavam janelas.Eu fixava alguns avisos no mural do dormitório, observando o trabalho dos meus meio-irmãos. Um grupo deles empilhava mapas, enquanto outros trocavam os lençóis das camas. Ainda havia muito a ser feito ali, por isso deixei-os, caminhando pelo resto do chalé.

Desci as escadarias, até estar no andar superior. Dois grupos trabalhavam ali, espanando prateleiras, organizando livros nas mesmas, limpando o chão. Enquanto, do outro lado, poliam espadas, organizavam-nas e tiravam o pó de algumas armas inutilizadas. Voltei a subir as escadas, passando outra vez pelos dormitórios, até chegar ao laboratório, no andar superior. Lá, frascos eram organizados em armários, um esfregão limpava o chão e os equipamentos de pesquisa eram examinados e, se estivessem defeituoso, seriam mandados para o chalé de Hefesto, onde nos ajudariam.

Logo, deixei-os trabalhando e abri a porta mais próxima, adentrando a área comum. O trabalho ali já havia acabado. Janelas perfeitamente transparentes, chão limpo, almofadas organizadas em um canto da sala e computadores portáteis organizados.

Quando todos acabaram suas atividades, retornamos para o dormitório, onde o resto dos semideuses nos aguardava. Depois de vistoriar todo o chalé, dei os parabéns a meus irmãos e, juntos, deixamos o chalé, partindo em direção ao refeitório onde o delicioso café da manhã do acampamento já nos aguardava.


By Drill - All Rights Reserved
Drillbit Jackson
avatar
Feiticeiros  de  Circe
Mensagens :
995

Localização :
Upper East Side, Manhattan, NY

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: » Entrada do Chalé VI «

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares
» ☼ Chalé de Apollo 2.011 - Reformado ☼
» Chalé 24 [ Héracles ]
» Chalé 23 [Despina]
» Chalé 20 [Héstia]
» Chalé 16 [Hécate]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum