Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

Bestiário Universal PJBR

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Bestiário Universal PJBR

Mensagem por 057-ExStaff em Seg Jan 14, 2013 8:22 pm

BESTIÁRIO
○ ○ ○

Introdução



    O bestiário do RPG foi criado com fins para auxiliar os novatos a reconhecer todos os monstros que existem no mundo mitológio de Percy Jackson, pois muitos não reconhecem os monstros, a sua tipologia, o seu poder de ataque, suas habilidades especiais e suas características físicas e psicológicas. Iremos também tratar de como as criaturas mágicas mitológicas são ocultadas aos olhos mortais, como e o porque. Colocarei todo o meu conhecimento sobre os livros, citarei alguns que nunca foram editados , e outras coisas que já foram citadas, e reaproveitadas por mim. Em algum momento houve plágio, ou cópia de conteúdos de outros RPG's, é claro que vou respeitar a criatividade deles e utilizar todos os meus conhecimentos com o apoio dos livros que tenho. Tentarei explicar da melhor maneira e citar as fraquezas e como se deter um. Também desenvolvi alguns sistemas para facilitar o reconhecimento do poder do monstro. Espero que respeitem como eu respeitei os fóruns, para não haver plágio deste tópico, pois foi criado com o intuito de ajudar todos os membros deste fórum, não aos outros.

    O bestiário também tem a função de informar a todos os "seres" que vivem nesse mundo do RPG Olimpiano. Ou seja, constarão aqui diversas possibilidades de não só monstros, mas também outros tipos de vilões para a sua aventura, podendo estes ser criação da imaginação dos membros (o que é possível, pois quando se trata de mitologia grega as possibilidades são infinitas; são conjunto de mitos, histórias e criações da mente humana, portanto, sim, é possível) ou que já constam nos livros tanto de mitologia quanto da série Percy Jackson & Os Olimpianos e sua pós-saga: Heróis do Olimpo.

    Enfim, é isso. Espero que os novatos façam bom uso deste bestiário e desejo uma boa leitora para todos.

    O sistema de Nível de Periculosidade dos monstros foi criado para auxiliar o reconhecimento do poder de cada monstro. Facilitando as missões, treinamentos, eventos, tornando seu reconhecimento prático e flexível.

    X - Comum.
    XX - Mediana.
    XXX - Semideus competente pode enfrentar.
    XXXX - Perigoso/Exige conhecimento especializado/Semideus perito pode enfrentar.
    XXXXX - Mata semideuses/impossivel de domesticar.


    Créditos a joaomaueus pela sugestão.  



Bestiário de Criaturas Catalogadas



    Autômato.



    Nível de Periculosidade: Variável.
    Os Autômatos são, especificamente, seres de metal, entre outros materiais, que possuem "vida", podendo ser comandado por uma voz, por um código ou por um certo ponto de seu corpo. Eles possuem uma grande força e são super resistentes. Essas criaturas podem se tornar descontroladas, se possuírem alguma danificação em seus aparelhos de comando. Um dos principais fabricadores de Autômatos, é o deus da Forja, Hefesto, que já criou diversas geringonças. Vários Autômatos podem ser encontrados por toda a cidade, que estão atualmente adormecidos. Apenas filhos de Hefesto podem domesticar um Autômato.

    Aves da Estinfália.




    Nível de Periculosidade: XXX
    São enormes criaturas aladas, que de tão grandes podem barrar a luz do sol. Suas asas, cabeça e bico eram feitos de bronze, com o qual devoravam os frutos de toda a região e acabando com todos os recursos. Seus bicos de bronze são afiados como uma navalha. São conhecidos por estraçalhar tudo até os ossos. Podem ser derrotados por sons horríveis.
    Citações nos Livros:
    ''Agora que os pássaros estavam mais perto, ficou claro que não eram pombos normais. Seus olhos eram pequenos, brilhantes e perversos. Os bicos eram de bronze e, a julgar pelos gritos dos campistas, deviam ser afiados como navalhas. Milhões de pássaros se empoleiravam nas árvores - grandes aves cinza e brancos, só que eles não arrulhavam como pombos comuns, soltavam aqueles desagradáveis guinchos metálicos que me lembravam radar de submarino.''

    Beneloventes.




    Nível de Periculosidade: XXX.
    Mais conhecidas como Fúrias. São as três divindades que são servas de Hades, o senhor do submundo. Elas são: Tisífona Tisífona (a vingança contra os assassinos), Megera (o ciúme) e Alecto (a raiva contínua). Em várias versões, podemos encontrar elas como Eríniais. Possuem o rosto enrugado, asas de morcego que parecem couro. Em seus pés, possuem garras afiadas e em suas mãos com garras de bronze. Possuem a habilidade de se transformar de se transformar em humanos.
    Citações nos Livros:
    "Infelizmente, eu a reconheci. Tinha o rosto enrugado, um chapéu de tricô azul horrível e um vestido de veludo amarrotado. Asas de morcego que pareciam couro projetavam-se de suas costas. Os pés tinham garras afiadas e em suas mãos com garras de bronze ela segurava um chicote flamejante e uma bolsa de mão com estampa de paisley."

    Campê.




    Nível de Periculosidade: XXXXX
    O Campê é uma criatura metade mulher, metade corpo de dragão. O seu corpo de dragão possui vinte metros de comprimento, é negro e cheio de escamas, também possui enormes garras e uma cauda pontiaguda. Em suas pernas e cabelos, pode-se ver saindo víboras.
    Citações nos Livros:
    ''Era um pouco parecido com um centauro, com corpo de mulher da cintura pra cima. Mas, em vez da parte inferior de um cavalo, tinha o corpo de um dragão - com pelo menos seis metros de comprimento, preto e coberto por escamas, com garras enormes e cauda serrilhada. Suas pernas pareciam estar enroladas em ramos de parreira, mas então percebi que era cobras que germinavam, centenas de víboras dando botes, numa constante procura de algo para picar. O cabelo da mulher também era feito de cobras, como o da Medusa. O mais estranho de tudo é que, na altura da cintura, onde a mulher encontrava a parte dragão, a pele borbulhava e se transformava, produzindo ocasionalmente cabeças de animais - um lobo feroz, um urso, um leão, como se ela usasse um cinto com criaturas mutáveis.''


    Cão Infernal.




    Nível de Periculosidade: XXX
    Cães Infernais são grandes cachorros do submundo. Possui pelos negros, olhos vermelho-sangue. Também é reconhecido por possuir uma tamanha força, velocidade e uma habilidade extraordinária de desaparecer e reaparecer pelas sombras. Uma outra habilidade que caracteriza o Cão Infernal, é o seu poder de viajar pelas sombras, podendo levar consigo um acompanhante. Essa habilidade faz com que o cão fique muito cansado, dependendo da distância percorrida pelo teletransporte pelas sombras.
    Citações nos livros:
    ''Sobre as pedras, logo acima de nós, havia um cão preto do tamanho de um rinoceronte, com olhos vermelhos como lava e presas que pareciam punhais.''

    Centauro.




    Nível de Periculosidade: XXXX.
    Os Centauros possuem da cabeça ao tronco corpo de homem, e da cintura para baixo, corpo de cavalo. Segundo os livros, são seguidores de Dionísio, o deus do vinho. Os Centauros possuem um costume de mau comportamento e embriaguez, mas são muito fiéis a seus amigos. Existem vários grupos de Centauros espalhados pelo mundo inteiro, a principal arma que utilizam é o Arco e flecha. O único Centauro do Acampamento Meio-Sangue, é Quíron, o Coordenador das Atividades.

    Centímano.




    Nível de Periculosidade: XXX.
    Os Centímanos são os irmãos mais velhos dos Ciclopes. Cada um possui cem mãos e cinqüênta cabeças. São ideais ao seu lado quando se quer derrotar inimigos atirando coisas, como pedras e objetos. Cada cabeça de um Centímano possui uma expressão diferente das outras, são conhecidos também por sua incrível força.
    Citações nos livros:
    "Tinha o tamanho de um ser humano e a pele muito pálida, da cor do leite. Usava uma tanga, parecida com uma grande fralda. Os pés pareciam grandes demais para o corpo, com unhas rachadas e sujas, oito dedos em cada pé. Mas a metade superior do corpo era a parte mais estranha. Fazia Jano parecer absolutamente normal. De seu tórax brotavam mais braços do que eu podia contar, em fileiras, na circunferência de todo o tronco. Os braços pareciam normais, mas eram tantos, todos emaranhados, que o tórax parecia um garfo em que alguém houvesse enrolado um punhado de espaguete."

    Cérbero.




    Nível de Periculosidade: XXXX.
    O Cérbero é um enorme Rottweiler da cor preta e possui quase o dobro do tamanho de um mamute, mas, possuem três cabeças. O Cérbero mais conhecido é o cão de Hades, que é o guarda da entrada para o mundo-inferior e impede que os mortos saiam.
    Citações nos livros:
    ''Sempre imaginara Cérbero como um grande mastim preto. Mas ele era obviamente um rottweiler de raça pura, a não ser, é claro, por ter duas vezes o tamanho de um mamute, ser quase invisível e ter três cabeças''.

    Ciclope.




    Nível de Periculosidade: XX.
    Os Ciclopes são gigantes que possuem apenas um olho, que fica no centro de sua testa e trabalham nas forjas submarinas como ferreiros de Poseidon, mas também trabalham nas forjas de Hefesto. Os Ciclopes são conhecidos por possuirem uma grande força e resistência ao fogo.
    Citações nos Livros:
    ''Achava que era só porque sempre havia manteiga de amendoim nos seus dentes tortos. Forcei-me a focalizar seu nariz grande e sem jeito, depois, um pouco mais acima, seus olhos.
    Não, não olhos. Um grande olho, castanho-bezerro, bem no meio da testa, com cílios grossos e grandes lágrimas escorrendo pelas bochechas dos dois lados.''

    Dracaenae.




    Nível de Periculosidade: X/XX
    As Dracaenae são mulheres-cobra guerreiras. Possuem o corpo de mulher reptiliana e no lugar de pernas, duas caudas de cobras. Utilizam na maioria das vezes redes com pesos ou lanças, juntamente com um escudo.
    Citações nos Livros:
    ''- mulheres reptílicas com dois troncos de serpentes em lugar de pernas. Eu já as vira antes. Annabeth as chamava de Víboras de Cícia.''

    Drakon.




    Nível de Periculosidade: XXXXX. (Ou até mais)
    Drakons são criaturas muito antigas e gigantes. Parecem grandes serpentes (algumas possuem asas e cospem fogo). São extremamente venenosos, fortes e suas escamas são mais resistentes do que titânio ou qualquer outro tipo de material.
    Citações nos Livros:
    ''Os drakons são muitos milênios mais velhos do que os dragões, e muito maiores. Parecem serpentes gigantes. A maioria não tem asas. A maioria não cospe fogo (embora alguns o façam). Todos são venenosos. Todos são imensamente fortes, com escamas que mais resistentes que titânio. Seus olhos podem paralisá-lo; não a paralisia do tipo você-vai-virar-pedra usada pela Medusa, mas aquela do tipo ah-meus-deuses-aquela-cobra-enorme-vai-me-comer, tão ruim quanto a primeira.''

    Empousai.




    Nível de Periculosidade: XXX.
    Empousai são brancas como mármore, possuem uma perna de bronze e outra de burro, presas em vez de dentesm olhos vermelhos-sangue e garras em vez de unhas. Seus cabelos são flamejantes. Utilizam seu grande charme para enganar e seduzir os homens, após, os devoram. Podem ser confundidas com vampiros.
    Citaçõs nos livros:
    ''Então ela também começou a se transformar. Os cabelos crespos tornaram-se chamas bruxuleantes. Os olhos ficaram vermelhos. As presas cresceram. Ela veio em nossa direção, o pé e o casco ressoando descompassados no piso da sala de música.''
    ''Então ela começou a ficar diferente. A cor se esvaiu de seu rosto e de seus braços. A pele se tornou branca como giz, os olhos completamente vermelhos. Os dentes cresceram e viraram presas.
    - Uma vampira! - balbuciei. Então notei suas pernas.
    Abaixo da saia do uniforme, a perna esquerda era marrom e peluda, com um casco de burro. A direita tinha um formato de uma perna humana, mas era feita de bronze.''

    Encélado [Créditos a Johny S. Walker]




    Nível de Periculosidade: XXXX/XXXXX.
    Enceladus, ou Encélado, é, na mitologia grega, um dos gigantes, que são os quatro filhos de Gaia. Foi vencido por Atena. É conhecido como o senhor do gelo. É irmão do mais poderoso gigante da mitologia grega, Tífon. Conhecido como aquele que rosna. Uma das máquinas de guerra construídas para destronar Zeus. Encélado e Tífon lutaram contra Zeus e Atena em uma batalha sangrenta que culminou na queda dos últimos gigantes. Em sua batalha com Atena e Zeus, foi aprisionado no monte Etna juntamente com seu irmão e lá estão presos até hoje lançando sua fúria sobre a Terra.
    Citações nos Livros (Heróis do Olimpo):
    No começo, ele tinha quase dez metros de altura e facilmente alcançava a copa das árvores. Leo tinha certeza que o gigante podia tê-los visto de trás da cordilheira, mas ele parecia interessado na estranha fogueira roxa, dando voltas nela e cantando baixinho. Da cintura pra cima, o gigante parecia humanóide, seu peito musculoso dentro de uma armadura de bronze, decorada com desenhos de chamas. Seus braços estavam completamente para fora. Cada bíceps era maior que Leo. Sua pele era bronzeada, mas coberta de cinzas. Sua face era grosseiramente afinada, como uma escultura de barro pela metade, mas seus olhos brilhavam brancos, e seus cabelos eram trançados, estilo medonho e ia até seus ombros, e eram presos com ossos.Da cintura para baixo, ele era ainda medonho. Suas pernas eram escamosas e verdes, com garras ao invés de pés como pernas traseiras de um dragão.

    Equidna.




    Nível de Periculosidade: XXX.
    Equidnas são monstruosas mulheres-cobra com cabeça humana e corpo de cobra. Possuem uma língua bifurcada e afiados dentes, escamas verdes e olhos de um réptil. Uma delas é considerada a "Mãe de todos os Monstros".
    Citações nos Livros:
    ''Ela arregaçou as mangas jeans, mostrando que a pele de seus braços era escamosa e verde. Quando sorriu, vi que seus dentes eram presas. As pupilas dos olhos eram fendas verticais, como as dos répteis.''

    Escorpiões. [Créditos à Dioniso.]




    Nível de Periculosidade: XX/XXX.
    Criaturas gigantes, com mais de três metros de comprimento, de cor âmbar, pinças denteadas e carapaça blindada. Seu ferrão é longo como uma espada.
    Citações nos Livros (BDL):
    "Saindo da floresta havia um brilhante inseto âmbar, mais de três metros de comprimento, com pinças denteadas, uma cauda blindada, e um ferrão longo como minha espada. Um escorpião."

    Esfinge.




    Nível de Periculosidade: XXXX.
    A Esfinge é um monstro com corpo de leão e cabeça de mulher. Possui grandes patas dotadas com grandes garras, semelhantes ao aço inoxidável. Sempre costumam cruzar o caminho de viajantes e fazer enigmas. Caso a pessoa acerte, poderá prosseguir seu caminho, caso contrário, a enfinge o mata.
    Citações nos Livros:
    ''Tinha o corpo de um imenso leão e a cabeça de uma mulher. Seria bonita, mas o cabelo estava preso atrás, em um coque apertado, e ela usava tanta maquiagem que me fez lembrar da professora de canto da terceira série.''

    Górgonas.




    Nível de Periculosidade: XX.
    Há três górgonas: as três filhas de Fórcis e Ceto. Seus nomes eram Medusa, "a impetuosa", Esteno, "a que oprime" e Euríale, "a que está ao largo". Elas tem dois tipos de sangue. O do lado direito, cura. O do lado esquerdo, tem um veneno mortífero.
    Citações nos Livros:
    Se você apenas olhasse para seu corpo, você poderia pensar que ela era alguma atarracada velha avó – até que você olhasse para baixo e percebesse que ela tinha pés de galo. Ou você olhasse e visse as presas de javali de bronze saindo dos cantos de sua boca. Seus olhos brilhavam vermelhos e em seu cabelo estava um ninho de serpentes brilhantes verdes se contorcendo.

    Harpias.




    Nível de Periculosidade: X/XX.
    São grandes seres femininos alados. Famintas e muito perigosas, possuem garras afiadas e grande resistência ao fogo. No Acampamento Meio-Sangue, atuam na parte de limpeza e estão autorizadas a devorar qualquer campista que continuar no campo sem autorização durante as férias de verão.
    Citações nos Livros:
    ''Cinco delas estavam pairando acima das dunas - pequenas bruxas gorduchas, com a cara chupada, garras e asas de penas, pequenas demais para o corpo. Elas lembravam um cruzamento de atendente de lanchonete com passarinho. Não eram muito rápidas, graças aos deuses, mas eram ferozes quando pegavam alguém.''

    Hidra de Lerna.




    Nível de Periculosidade: XXXX.
    Possui o corpo de dragão e sete cabeças de serpente, cujo hálito é venenoso e podem se regenerar. A cabeça do meio é considerada imortal. A cada cabeça cortada, duas crescem no lugar.

    Hiperbóreos.




    Nível de Periculosidade: XX/XXX.
    São gigantes extremamente altos do norte, de pele e cabelo azulado. Possuem sangue azul e sua baforada (sopro) podem fazer a temperatura cair bruscamente, criando gelo.
    Citações nos Livros:
    ''O hiperbóreo soltou uma baforada, formando uma nuvem de névoa branca, e a temperatura caiu. O lugar onde eu saltara agora estava coberto de gelo, e eu, por uma camada branca como açucar sobre uma rosquinha.''

    Hipocampo.




    Nível de Periculosidade: X/XX.
    Criaturas marinhas com a metade de cima de um cavalo e a outra metade de um peixe prateado, com escamas cintilantes e nadadeiras arco-íris.
    Citações nos Livros:
    ''Quando as criaturas se arrastaram para a areia, vi que eram cavalos apenas na frente; a metade traseira era de corpos prateados de peixe, com escamas reluzentes e nadadeiras de arco-íris na cauda.''

    Javali de Erimanto.




    Nível de Periculosidade: XXXXX.
    Trinta metros de altura, um javali com presas do tamanho de canoas que se move extremamente rápido e é melhor para ser usado como meio de transporte do que ser enfrentado.
    Citações nos Livros:
    ''E então, com um portentoso bramido, o maior porco que já vira na vida alcançou ruidosamente a estrada. Era um javali, de quase dez metros de altura, com um focinho cor-de-rosa melequento e presas do tamanho de canoas. O pelo marrom de suas costas se eriçava, e seus olhos eram selvagens e raivosos.''

    Kraken.




    Nível de periculosidade: XXXXX. (Ou até mais)
    Semelhante a um polvo, porém, muito maior e com muito mais tentáculos. Atormenta os navegadores, e são raros os sobreviventes. É uma das criaturas mais temidas e poderosas de Reino de Poseidon.

    Leão de Neméia.




    Nível de Periculosidade: XXXX.
    Um leão do tamanho de uma picape, com garras prateadas e pelo dourado cintilante.
    Citações nos Livros:
    ''Uma coisa enorme subia a rampa saltando. Era do tamanho de uma picape, com garras prateadas e pelo dourado cintilante.''

    Lestrigão.




    Nível de Periculosidade: XX/XXX.
    Gigantes muito fortes. Usam todo o tipo de armas de curta distância, de preferência, maças pesadas e pontudas, e são muito brutos e agressivos além de desinteligentes. Tem dois metros de altura e são canibais. A maioria dos lestrigões tem os braços tatuados e dentes pontudos e amarelos.
    Citações nos Livros:
    ''Eram gigantes de dois metros e meio de altura, com olhos selvagens, dentes pontudos e braços peludos tatuados com cobras, dançarinas havaianas e corações.''

    Mantícora.




    Nível de Periculosidade: XXXX.
    Com cara de um homem, corpo de leão, cauda de escorpião e asas de morcego, é uma criatura que dispara rajadas de espinhos venenosos como setas de uma besta. Seu veneno é muito perigoso podendo chegar a matar.
    Citações nos Livros:
    ''Ele foi crescendo até assumir sua verdadeira forma - o rosto ainda humano, mas com o corpo de um imenso leão. Sua cauda rijia e pontiaguda lançava espinhos mortais em todas as direções.''

    Medusa.




    Nível de Periculosidade: XXX/XXXX.
    A principal Górgona, e assim como as outras, possui a cabeça envolta por cobras e um olhar que petrifica quem for que olhar diretamente para ele.

    Minotauro.




    Nível de Periculosidade: XXX/XXXX.
    Um ser híbrido de humano com touro. Possui uma força absurda, porém, é lento e não muito inteligente.
    Citações nos Livros:
    ''Ao olhar de relance para trás, tive minha primeira visão clara do monstro. Tinha, fácil, mais de dois metros, e os braços e pernas pareciam algo saído da capa da revista Músculos - bíceps e tríceps saltados e mais um monte de outros ceps, todos estufados como bolas de beisebol embaixo de uma pele cheia de veias. Ele não usava roupas, a não ser cuecas - branquíssimas, da marca Fruit of the Loom -, o que teria sido engraçado não fosse o fato de a parte superior de seu corpo ser tão assustadora. Pêlos marrons e grossos começavam na altura do umbigo e iam ficando mais espessos a medida que chegavam aos ombros.Seu pescoço era uma massa de músculos e pêlos que levavam à enorme cabeça, que tinha um focinho tão comprido quanto meu braço, narinas ranhentas com um reluzente anel de brnze, olhos pretos cruéis e chifres - enormes chifres preto-e-branco com pontas que você não conseguiria fazer nem com um apontador elétrico''.

    Myrmekos.




    Nível de Periculosidade: XX/XXX.
    São formigas extremamente grandes, com carcaças blindadas e de cor vermelho-sangue. Eles adoram metais brilhantes, principalmente ouro. Possuem grandes pinças e as usam de arma, suas mordidas ( picadas que injetam veneno ) e uma gosma borrifada que dói muito quando atinge mucosas ( olhos, nariz, ouvidos.. )

    Pégaso.




    Nível de Periculosidade: X/XX.
    É um cavalo alado, detentor dos céus, capaz de voar longas distâncias em grandes velocidades. Gostam de doces, como torrões de açucar, foram criados por Poseidon, e por isso, conseguem se comunicar com seus filhos através de seus pensamentos.

    Porca Camoniana.




    Nível de Periculosidade: XXX/XXXX.
    É uma imensa porca alada cor de rosa. Suas asas são da cor de um flamingo , combinando com sua pele. A porca destrói tudo em seu caminho e expele gás venenoso. Ela nunca foi derrotada por um herói.
    Citações nos Livros:
    ''As asas eram da cor de um flamingo, o que combinava perfeitamente com sua pele, mas foi difícil pensar nela como algo bonitinho quando seus cascos se chocaram contra o solo, errando por pouco, um dos irmãos de Annabeth.''

    Queres.




    Nível de Periculosidade: XXX/XXXX.
    Demônios femininos da morte violenta, assombravam os campos de batalha para devorar os corpos mortos dos combatentes e levar suas almas à força para o Hades. Comparam-se a abutres em sua forma de agir. Possuem aspecto horrendo, garras e dentes afiados e asas.
    Citações nos Livros:
    ''Tinham o corpo parte de mulher, parte de morcego. Suas caras eram achatadas e raivosas, possuíam caninos e olhos salientes. Pelo cinza desbotado e uma armadura fragmentada cobriam seus corpos. Tinham braços encolhidos com garras em vez de mãos, asas de couro cresciam das costas e as pernas eram curtas, grossas e arqueadas.''

    Quimera.




    Nível de Periculosidade: XXX/XXXX.
    Grande monstro com cabeça de leão, uma juba untada de sangue, o corpo e os cascos de um grande bode. Sua cauda é uma serpente negra de dez metros de largura que cresce a partir de seu traseiro peludo. Respira e solta fogo.
    Citações nos Livros:
    ''A Quimera estava tão alta que suas costas tocavam o teto. Tinha cabeça de leão com a juba untada de sangue, o corpo e os cascos de um bode gigante e uma serpente no lugar da cauda, losangos de três metros de comprimento brotavam do traseiro peludo.''

    Sereias.




    Nível de Periculosidade: XX/XXX.
    Da cintura pra baixo com rabo de peixe, são mulheres que entoam canções que tornam quem as ouvir mais sábios, além de mostrar os maiores desejos de uma pessoa. Atraem viajantes que vagam pelo mar, usando sua incrível beleza e sua música, e por consequência, naufragam navios e afogam os navegantes, pois estes se lançam ao mar ou se esquecem dos navios e da jornada.
    Citações nos Livros:
    ''Imagine um bando de abutres do tamanho de pessoas - com plumagem preta enlameada, garras cinzentas e pescoço rosado e enrugado. Agora imagine cabeças humanas em cida desses pescoços, mas as cabeças humanas ficavam mudando.'

    Telquines.




    Nível de Periculosidade: X/XXX.
    Demônios marinhos grandes que trabalham em forjas e fabricam muito das armas dos deuses. Tem o rosto de cachorro, com olhos marrons e orelhas pontudas. Seu corpo é preto e suas pernas são curtas e metade nadadeiras, metade pernas normais. Suas mãos tem aspectos humanos porém, com garras afiadas.
    Citações nos Livros:
    ''Bom, pelo menos as cabeças eram de cães, com focinhos pretos, olhos castanhos e orelhas pontudas. Os corpos eram lisos e negros como o dos mamíferos marinhos, com pernas curtas e grossas, que eram meio nadadeiras e meio pés, e mãos semelhantes às de humanos, com garras afiadas. Caso fosse feito o cruzamento de um garoto, um dobermann e um leão-marinho, teríamos algo parecido com o que eu estava vendo.''

    Tifão.




    Nível de Periculosidade: XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX. (Muito mais)
    Um monstro enorme, uma vez preso pelos deuses sob uma montanha. Em forma de homem, com a pele verde malhada, mãos humanas, as garras de uma águia, e os pés de um réptil. Uma vez liberado, Tifão pode causar grandes destruições.
    Citações nos Livros:
    ''Dentro da tempestado eu podia ver o gigante - apenas vislumbres de sua verdadeira forma: um braço enfumaçado, uma garra escura do tamanho de um quarteirão em uma cidade grande. Seu rugido furioso ressoava pelas planícies como uma explosão nuclear.


    Seres Mitológicos

    Estes seres podem não aparecer na série PJ, mas são, de fato, seres da mitologia grega. Nesta parte do bestiário, um novo campo será utilizado, que é o campo de Comportamento. Essa é a sua reação diante de outras espécies, sendo humanas ou não e se vivem em grupo.

    Hipogrifo.




    Nível de Periculosidade: XXX.
    Comportamento: Amigável à seres mortais. É esperto e pode ser facilmente domado, mas, quando criado em ambientes selvagens tende a ser como o nome de seu habitat: selvagem. É extremamente útil em batalhas visto as suas capacidades pela junção de égua+grifo; pode ser perigoso quando está contra você.
    Fruto da união de um grifo e uma égua, são espécimes extremamente raros, visto que as cruzas de grifos e equinos são difíceis de acontecer. Os hipogrifos soa muito mais fáceis de se domar que um grifo. Constituía-se num excelente corcel de batalha, capaz de voar tão rápido quanto o raio. Do hipogrifo é dito ainda ser onívoro, comendo tanto plantas quanto carne.

    Leucrocota.




    Nível de Periculosidade: XXX.
    Comportamento: Solitário. É um ser quase indomável, visto que sua inteligência está acima de muitos outros monstros. Ele usa seus truques para atrair suas vítimas que são, em sua maioria, semideuses deliciosos.
    Do tamanho de um asno, possui pescoço, cauda e peito de leão, ancas de cervo, cascos fendidos, cabeça de texugo, uma boca que se abre de orelha a orelha e um osso sólido e contínuo no lugar de dentes separados. É o mais ágil dos animais selvagens e é capaz de imitar tanto a voz humana quanto as vozes das feras, desse modo atraindo suas vítimas.

    Pégaso Etíope.




    Nível de Periculosidade: XX
    Comportamento: Selvagem a depender de sua criação, mas, apesar, pode ser extremamente dócil se domado e criado com carinho. É um animal extremamente misterioso e com um grau muito alto de magia, está ligado à emoções, portanto, sofre de mudanças comportamentais de acordo com os que estão na sua volta.
    Animal muito similar ao pégaso normal, cuja única diferença é o único chifre que parte do meio de sua testa.

    Touro de Creta.




    Nível de Periculosidade: XXXX
    Comportamento: Extremamente arisco. Solitário e furioso.
    Um belíssimo touro criado pelo próprio Poseidon, é o pai do monstro minotauro.

    Touro de Etiope.




    Nível de Periculosidade: XXXXX
    Comportamento: Tão inexplicavelmente raivoso quanto o Touro de Creta. Sua fúria pode causar desastres, pois é extremamente corpulento e forte, além de muito resistente.
    Uma espécie de touro gigantesco e vermelho cuja pelagem era tão impenetrável como o aço e imune às armas normais.

    Ortro.




    Nível de Periculosidade: XXXX
    Comportamento: Solitário e raivoso. EM GUARDA, é o seu objetivo e DESTRUIR quem tentar quebrar sua guarda é o subobjetivo.
    Um cão monstruoso com duas cabeças e cauda de serpente, é irmão do Cérbero e da Quimera. É o cão usado pelo gigante Gerião para proteger seu rebanho de bois carnívoros. É considerado o cão de guarda mais feroz da antiguidade.

    Limos.




    Nível de Periculosidade: XXXX
    Comportamento: Extremamente indócil. Matar é o seu objetivo.
    Demônios da fome e da inanição, capaz de possuir corpos de mortais e semi-deuses para causar-lhes uma grande fome insaciável, podendo levá-los à loucura.

    Melinos.




    Nível de Periculosidade: XXXX
    Comportamento: Sua real intenção é assustar, mas, se preciso, a depender do humor, pode matar.
    Demônio de corpo branco e membros negros, preside os fantasmas e as cerimônias fúnebres. Vaga pela terra acompanhada de um séquito de fantasmas assustando os homens, principalmente nas noites de Halloween.

    Onocentauros.




    Nível de Periculosidade: XX
    Comportamento: Sadomasoquista ao extremo. Mas, felizmente, suas intenções referente à morte costumam variar, o sadomasô é para o seu próprio prazer e perversidade, em casos de situações em que o Onocentauro é o vilão, pode muito bem desempenhar o papel bem, desejando incomensuravelmente a morte do semideus ou de qualquer outro. É bastante racional quando quer (ou quando segundas intenções não estão disponíveis), porém, deixa-se levar pelas tentações com facilidade.
    Um ser meio-homem, meio-asno, que representa os vícios e perversidades humanos. Possui o rosto repleto de pelos grossos e cinzentos. Toda a sua pelagem é cinzenta. Parentes distantes dos Centauros, tais criaturas são mais violentas que seus primos. Costumam habitar lugares desolados e atacar donzelas para nutrir suas perversidades.

    Sátiros.




    Nível de Periculosidade: XX
    Comportamento: Pode variar, cada sátiro tem uma personalidade própria, porém a maioria é amigável. Os que não são costumam ser chamados de Sátiros convertidos. São ágeis se utilizarem o seu corpo de uma forma inteligente.
    Entidades naturais com metade do corpo humano e metade do corpo de um bode com narizes chatos, lábios grossos, barbas longas e órgãos sexuais de dimensões acima da média. Em comparação com os faunos, possuem aspecto mais humano, mas eram mais lascivos e bêbados.

    Sátiros Convertidos.




    Nível de Periculosidade: XXXX
    Comportamento: Maus e egoístas. Inescrupulosos.
    São, assim como os sátiros, entidades naturais com metade do corpo humano e metade do corpo de bode, porém, suas demais características são alteradas. Músculos anormais crescem em seu corpo e ele dobra de tamanho, chegando a medir cerca de 3 metros de altura. É furioso, mas ainda tem é bastante racional. O único motivo dessa "conversão" foi a própria lástima ou perda de bondade em essência, ou seja, não há um grão de humanidade na existência desse ser. Costuma envolver-se com "o lado mau da história" e gosta de negócios sujos.

    Dragão Thespíaco.




    Nível de Periculosidade: XXXXXX (até mais)
    Comportamento: Altamente conservador com o que é "seu" (sendo ovos, ninhos, ouro, etc), se estiver com raiva, destruirá. Caso se sinta ameaçado, destruirá. É melhor ter cuidado, dragões são imprevisíveis. Impossível de domar (ou quase).
    Dragão cuspidor de ácido capaz de devastar plantações as apodrecendo e que ficou famoso por destruir a terra dos Thespíacos.
    É raro VER e ENCONTRAR esse monstro, e quase impossível de matar.

    Dragões Troianos.




    Nível de Periculosidade: XXXXXX (até mais)
    Comportamento: Diferente do Dragão Thespíaco, os dragões troianos são extremamente leais e dóceis com os semideuses filhos de sua dona (Athena). Mas podem ser devastadores quando o seu objetivo é, logicamente, devastar.
    Dois exemplares de dragões marinhos que costumam servir às ordens da deusa Athena.

    Píton.




    Nível de Periculosidade: XXXXX
    Comportamento: Criada para ser uma exímia guardiã. "Nada fará contra quem não atravessar o limite que ela impõe". É dotada de grande inteligência e pode usá-la muito bem em batalha. É uma serpente ágil, rápida e inteligente. Tá bom ou quer mais?
    A gigantesca serpente guardiã do oráculo de Delfos, possui a capacidade de clarividência e pode prever o futuro e descobrir onde está escondida sua presa. Nasceu do lodo restante após o grande dilúvio.

    Serpentes Anfípteras.




    Nível de Periculosidade: XX
    Comportamento: Não são dóceis nem selvagens, e somente atacam se forma ordenadas a isso ou caso se sintam ameaçadas. Costumam viver em grupo.
    Uma raça de serpentes dotadas da habilidade do voo, por possuir um par de asas cobertas de penas. São as guardiãs do incenso árabe e costumam se alimentar de fumaça.

    Spartos.




    Nível de Periculosidade: XXX
    Comportamento: Não tem uma raciocínio lógico muito rápido e são criados para receberem ordens, porém, são donos de uma força e determinação imbatível, portanto, uma ordem é uma lei e eles farão de tudo para cumpri-la. (Atenderão somente uma ordem)
    Também chamados de Homens-dragão, são guerreiros draconianos que nascem da terra quando dentes de dragão da Cólquida ou Ismênios são plantados na mesma. Já nascem portando armas e são exímios guerreiros, obedecendo uma ordem de quem os semeou e ganhando a liberdade assim que a cumprem.

    Górgades.




    Nível de Periculosidade: XX (pode variar)
    Comportamento: Xenófobos. É o que se pode dizer destes seres. São racionais e vivem em grupo.
    Tribo que habita a parte insular atlântica da África cujas mulheres têm o corpo completamente coberto de pelos.

    Hipópodes.




    Nível de Periculosidade: XX (pode variar)
    Comportamento: Xenófobos. É o que se pode dizer destes seres. São racionais e vivem em grupo.
    Habitantes das ilhas do norte, são hominídeos que possuem cascos no lugar de pés.

    Machiles.




    Nível de Periculosidade: XX (pode variar)
    Comportamento: Ao contrário sod Hipópodes e Górgades, os Machiles são uma espécie mais receptiva. Gostam de estrangeiros e as vezes os veneram de forma inexplicável. São manipuladores e costumam ter sempre segundas intenções com os indivíduos.
    Tribo de hermafroditas que possuíam um lado do corpo feminino e outro masculino.

    Macróbios.




    Nível de Periculosidade: XX (pode variar)
    Comportamento: São calmos e receptivos. Inteligentes e astutos, manejam bem diversos tipos de armas e tem ligações profundas com a magia, principalmente com as curativas. Podem viver em grupo ou solitários, e sua personalidade também pode varias, mas em maioria, são desta forma descrita. Costumam viver em lugares de mata fechada onde poucos podem localizá-los.
    Nome dado a diversas tribos cujos membros possuíam uma incrível longevidade. Possuem, provavelmente, parentesco com os elfos dos mitos nórdicos.

    Macrocéfalos.




    Nível de Periculosidade: XX (pode variar)
    Comportamento: Com uma inteligencia admirável, do tamanho de seu membro. São raramente vistos sozinhos, preferem viver em grupo e cuidar uns dos outros. Vivem em grutas e cavernas, e, as vezes, em espécies de tocas. Tem um esquisito, mas costumam ser gentis.
    Tribo de humanoides com cabeças gigantescas.

    Mandos.




    Nível de Periculosidade: XX (pode variar)
    Comportamento: Variável.
    Uma tribo de vida extremamente curta que, mal nasciam, já se tornavam velhos e enrugados. Moravam num reino ao sopé do Himalaia, sendo vizinhos dos Chromandas.

    Nulos.




    Nível de Periculosidade: XX (pode variar)
    Comportamento: Variável.
    Tribo de homens que possuíam os pés voltados para as costas.

    Pandas.




    Nível de Periculosidade: XX (pode variar)
    Comportamento: Variável. Vivem em grupos.
    Uma tribo de humanoides com orelhas gigantescas, quatro dedos em cada mão e cabelos brancos cobrindo todo seu corpo e que se tornam pretos conforme envelhecem. Também eram capazes de voar com suas orelhas, como se fossem asas.

    Pigmeus.




    Nível de Periculosidade: XX (pode variar)
    Comportamento: Xenófobos e selvagens, costumam ser agressivos com os diferentes.
    Uma tribo de homens diminutos que possuíam peles bem escuras e mediam o tamanho do braço de uma pessoa normal.

    Sirbotas.




    Nível de Periculosidade: XX (pode variar)
    Comportamento: Xenófobos e selvagens, costumam ser agressivos com os diferentes.
    Uma tribo de homens com altura de doze pés, em média.

    Perimélides.




    Nível de Periculosidade: Variável, mas, seu padrão inicial é XX
    Comportamento: Variável
    Ninfas associadas ao gado.

    Epimélides.




    Nível de Periculosidade: Variável, mas, seu padrão inicial é XX
    Comportamento: Variável
    Ninfas associadas às ovelhas.

    Trías.




    Nível de Periculosidade: Variável, mas, seu padrão inicial é XX
    Comportamento: Variável
    Ninfas associadas às abelhas.

    Lâmpades.




    Nível de Periculosidade: Variável, mas, seu padrão inicial é XXX
    Comportamento: Variável, são bastante leais, o que induz ainda mais essa variação. Depende sempre de que você é e do que você quer.
    Associadas ao submundo, compõem o séquito de Hécate.

    Hespérides.




    Nível de Periculosidade: Variável, mas, seu padrão inicial é XXX
    Comportamento: Variável, são bastante leais, o que induz ainda mais essa variação. Depende sempre de que você é e do que você quer.
    Guardiãs do Jardim das Hespérides, onde cresciam maçãs de ouro que davam a imortalidade a quem as comesse.


    Sugestões devem ser mandadas à ♦ Hécate; tópico sujeito a alterações.


057-ExStaff
Indefinido
Mensagens :
152

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum