{The Akatosh Children}

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

{The Akatosh Children}

Mensagem por 128-ExStaff em Sab 28 Dez 2013, 17:06


Cain Mountbattën
128-ExStaff
128-ExStaff
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
2022

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {The Akatosh Children}

Mensagem por Blake Aquilla em Qua 02 Dez 2015, 15:31



NOME: CAIN MOUNTBATTËN

PRONÚNCIA: KÊIN MOUNTBÉURY

PROGENITOR: ÍRIS

AFILIAÇÃO: N/A

IDADE: VINTE ANOS

SEXUALIDADE: BISSEXUAL

PHOTOPLAYER: DOUGIE POYNTER

PLAYER: DAMASIO
FÍSICO

Cain é um rapaz bonito. Em torno de 1,83 metros de altura, o filho de Íris possui olhos delgados de cor verde, cabelos louros e lisos, lábios finos e um nariz arrebitado. Seu rosto é quadrado em proporções comuns e, vez ou outra, ostenta pêlos na parte inferior. A pele é alva e muito bem cuidada, facilmente ficando vermelha com golpes e impactos devido sua sensibilidade. Apesar de evitar lutar, seus diversos treinamentos em vários períodos de sua vida conferiram-lhe um corpo atlético e "agradável", tendo algumas poucas sardas pontilhando seus ombros e costas. Incrivelmente, não possui nenhuma cicatriz e/ou marcas de batalha, pois não participara de muitas - e quase sempre tinha atendimento imediato, cuidando do ferimento antes que pudessem se tornar permanentes. Por ter ingerido uma quantidade absurda de drogas que retiravam suas dores e sentimentos no passado (como um ritual para se tornar um combatente exímio), toda sensação é extremamente nova em qualquer sentido. Portanto, Cain é um personagem muito sensível, e se incomoda até dez vezes mais com temperatura extrema e pequenas dores. Em quesito de beleza, ele consegue impressionar, mas não se compara com a maioria dos semideuses do acampamento.
PSICOLÓGICO

Fiel, leal, amigável. Cain costuma ser aquele tipo de pessoa que nunca recusa uma companhia, porque gosta muito de interagir e conhecer novas amizades. Suas qualidades se dão, muitas vezes, pelo treinamento psicológico que recebera em seu passado; treinamentos estes que obrigavam Cain a se tornar um combatente que trabalharia bem em equipe, nunca traindo e nem utilizando métodos sujos para se vencer uma batalha. Preza a justiça acima de tudo, e é amistoso na maioria das situações - evitando matar ou ferir gravemente, se for possível o fazer. Em questões de personalidade, é fácil descobrir que Cain é um garoto que gosta MUITO de conversar. É divertido, gosta de fazer brincadeiras, e quase sempre está sorrindo para todos aqueles que o encontram. Gosta de fazer o bem e por isso muitas pessoas podem achá-lo ingênuo, embora toda essa fragilidade mascare o ímpeto que possui em batalha. Por vir de um outro universo, entretanto, quase sempre não entende gírias, e é comum vê-lo se impressionar com coisas comuns do cotidiano. Do mesmo jeito que é sensível a dores por causa das drogas que ingerira no passado, também é sensível às emoções em extremo que experimenta, não conseguindo controlá-las e muito menos escondê-las.
RELAÇÕES

RESUMO:
Bons amigos: Zaria Stiles;
Amigos: Drillbit Jackson; Charlie L. Thompson;
Conhecidos: Thiago Leveck; Emma D. Schwanz; Mitchel Cavendish; Keanu Kunahaii; Noah G. Kalömoseuz;
Proteção de: Thales Oomund;
Protetor com: -;
Respeito: Max; Drillbit Jackson;
Atração: Emma D. Schwanz; Mitchel Cavendish;
Interesse: -;
Desconfiança: Quíron;
Desentendimento: Asher Greycloak;

Max (NPC): instrutor de canoagem do acampamento e filho de Poseidon. Não desenvolveu grande amizades com o rapaz, mas aprendeu a respeitá-lo como se fosse uma autoridade.
Postagens relacionadas: Treino de Canoagem. (RESPEITO)

Zaria Stiles (NPC): Melhor amiga de Cain. É, também, sua meio-irmã, possuindo um corpo esbelto e alto, cabelos azuis e pele alva. Foi quem o introduziu em todos os estilos de combate que conhece, embora não goste de "cuidar" de Mountbattën por causa de seus pensamentos alienados.
Postagens relacionadas: Treino com Espadas. (BONS AMIGOS)

Drillbit Jackson: Em primeira instância, um desconhecido. Filho de Athena, feiticeiro de Circe e monitor de chalé, Drillbit só conheceu Cain porque foi generoso em ajudá-lo após ter sido deixado na floresta por um grupo de harpias. Posteriormente, se tornaria o mestre do filho de Íris.
Postagens relacionadas: Bosque. (AMIGOS, RESPEITO)

Thiago Leveck: Curandeiro de Asclépio e filho de Apolo. Foi quem cuidou de Cain após ser deixado por Drillbit às portas das tendas dos curandeiros, e o primeiro pensamento que Cain teve ao vê-lo foi "ui, que delícia".
Postagens relacionadas: Enfermaria do Thiago. (CONHECIDOS)

Emma D. Schwanz: Filha de Afrodite e aprendiz de Drillbit. Uma das poucas pessoas que cativou Cain apenas com sua presença, por parecer agradável e adorável, claro que desconsiderando seus dotes divinos.
Postagens relacionadas: Praia dos Fogos. (CONHECIDOS, ATRAÇÃO)

Mitchel Cavendish: Filho de Nêmesis e aprendiz de Drillbit. Foi quem "despertou" o lado bissexual de Cain, apenas porque viu ele sem camisa na praia. Tem uma leve crush no cara, e quase sempre deixa isso óbvio.
Postagens relacionadas: Praia dos Fogos. (CONHECIDOS, ATRAÇÃO)

Keanu Kunahaii: atual monitor do chalé de Poseidon. Um personagem que Cain conheceu na praia e - que embora estivesse desconfortável com a situação climática, sentiu-se seguro em sua presença. Viu nele uma futura amizade.
Postagens relacionadas: Praia dos Luais. (CONHECIDOS)

Charlie L. Thompson: filho de Nyx e novato. Cain desenvolveu uma leve afeição por esse personagem, considerando-o um bom amigo sem necessidade de múltiplos encontros. Tende a ser mais aberto sobre seus sentimentos com ele.
Postagens relacionadas: Cachoeira. (AMIGOS)

Asher Greycloak (NPC): filho de Hades e instrutor de combate. Foi o responsável pelo treinamento de combate desarmado que resultara em uma batalha contra monstros muito perigosa. É veterano e tem vários conhecimentos, mas Cain nutre uma inimizade com o sujeito.
Postagens relacionadas: Treinando Com Seu Monstro. (DESENTENDIMENTO)

Quíron (NPC): filho de Cronos, diretor de atividades e centauro imortal. Cain associa o ancião aos líderes de sua antiga ordem, por isso não confia completamente nele, apesar de ouvir seus conselhos e não duvidar de sua capacidade de liderança.
Postagens relacionadas: Do It Yourself. (DESCONFIANÇA)

Thales Oomund (NPC): filho de Despina e mentalista de Psiquê. Thales já salvou-o uma vez de um ataque de ave de estinfália, e de novo de ser morto por um duplo. Devido seu histórico, é o personagem em quem Cain mais confia.
Postagens relacionadas: Do It Yourself. (PROTEÇÃO)


Noah G. Kalömoseuz: ex-monitor do chalé de Poseidon. É uma pessoa que Cain não conhece bem, mas que ofereceu uma boa companhia durante a festa de Halloween de 2015. Cain gostaria muito de conhecer ele, pois desenvolveu certa confiança e empatia pelo rapaz.
Postagens relacionadas: Festa de Halloween. (CONHECIDOS)

TRAMA

— O Oblivion foi um feitiço que o conselho branco usou. — Disse, sentado em um sofá e de frente para o centauro, cuja parte corcel estava magicamente escondida em uma cadeira de rodas motorizada. — Um grupo de cinco anciões ungidos, os mais fortes da nossa ordem. Eles trabalharam dia e noite naquele pergaminho, concentrando-se por anos... Não, décadas, em uma maneira de conseguir deter os Grimms. Os anciãos não revelaram o segredo escondido no feitiço e nem os métodos que eles usaram para capturar as criaturas, mas ficou claro para mim, nesses dias, que eles planejavam sacrificar os membros da academia com mais insignificante influência desde o começo.

"Acontece que os Grimms são criaturas que podem ser facilmente atraídas, se houver uma grande concentração de humanos em certo local. Mais do que isso: ungidos são especialmente mais saborosos, segundo o que é ensinado na academia, e por isso é muito mais fácil atrair uma grande quantidade desses monstros se vários ungidos ficarem juntos em um só lugar. O reino de Imladris, minha casa, não permite que Grimms entrem no território humano: pois há uma muralha circular cercando toda a capital, além de muralhas interiores e proteções mágicas, para o caso de algo der errado. O engraçado é que, segundo o que ouvi, a proteção mágica de Imladris era coincidentemente semelhante à do acampamento, porque segundo nossa crença, Akatosh havia colocado sua benção em todos os reinos humanos para que eles fossem habitados, enquanto as feras ficavam do lado de fora sem nunca nos machucar.

Dito isso, mesmo que a barreira mágica e a muralha servissem para que as feras não atravessassem as fronteiras do reino, ainda era possível para essas criaturas nos farejarem a metros de distância. Como os Grimms são criaturas do mal, acima de toda e qualquer outra influência que os podem atrair, energia negativa é a arma que eles usam para rastrear. Onde há medo, certamente haverá mais Grimms. E, bem... Que melhor maneira de se atrair um formigueiro do que jogando açúcar no ninho?

Os anciãos escolheram colocar o povo em pânico. Dessa parte, eu não me lembro bem, mas sei que os métodos foram sujos. Boatos de criaturas invadindo a muralha rapidamente se alastraram pela população, atraindo mais e mais Grimms para Imladris. Eu ouvi, antes de ser enviado, que tudo isso tinha sido tramado pelos anciões e a classe hierárquica nobre, mas não dei ouvidos. Quando fui jogado para fora da muralha achando que faríamos uma simples patrulha (até porque a barreira mágica ainda se estende por metros ao redor da cidade e impede que muitos monstros se aproximem ao mesmo tempo) ainda estava crente de que seria uma noite normal e sem mortes. Mas os exércitos das criaturas nos atacaram, e eu fui o último a sobreviver antes de finalmente perceber de onde vinham os terremotos e vibrações que só os anciões diziam ouvir.

Nossa crença se apoiava na existência dos Divinos, nossos deuses, e nos Infernais, nossos inimigos. Os inimigos eram retratados como enormes criaturas com asas, chifres e tamanho colossal, não muito diferente dos Grimm's, exceto por sua estatura e poder extremamente superior. E lá estava ele: um Infernal. Ele fez com que a horda das criaturas menores se afastassem com pavor, após mostrar seu rosto sob o brilho lunar de Akatosh e resistir às convocações mais poderosas do conselho branco. E foi vendo que não eram capazes de sobrepujar o monstro, que utilizaram Oblivion. O feitiço sugou todos os seres vivos que estavam fora da muralha, eu e eles. Até hoje não entendo, mas uma parte da minha memória foi afetada, assim como minha força; pois mesmo que eu fosse um aprendiz, não teria sobrevivido nem um segundo fora da muralha se eu não tivesse ao menos o quádruplo do meu poder atual antes de ser afetado."


— Por fim, caí aqui. O que me deixa apreensivo é que, com isso, o acampamento tenha sido afetado ou ficado perigoso, pois os Grimms podem ter vindo comigo. Não duvido da força de seus semideuses, Quíron, mas essas criaturas são cruéis e variam de tamanho, forma e poder. Eles se adaptam em qualquer ambiente e, com o tempo, aprendem a resistir a tudo que possam os matar. Além do mais, uma vez que nunca descobrimos como eles se reproduzem, sabemos que onde há um, sempre haverá mais, e por isso podem ocasionalmente "surgir" em qualquer lugar do mundo. — Expliquei ao centauro, olhando-o nos olhos. — E esse é apenas o menor dos meus problemas, porque pode se tornar algo mundial se um dia o Infernal resolver dar as caras. Nunca tinha visto um antes, mas uma horda de Grimm's recuou apenas por ele estar ali. Isso é algo extremamente grave... Algo que me aterroriza toda noite.

Glossário:
Tyria é o nome do universo de onde Cain veio.
Oblivion é o feitiço que trouxe Cain para a Terra. (Obs: não é o nome real do feitiço, mas é chamado assim por Cain)
Akatosh é o deus-dragão e da lua, equivalente de Zeus. Representado pelo único astro em Tyria: uma lua, batizada pelo mesmo nome.
Ungidos OU Filhos de Akatosh são os equivalentes semideuses. Importante lembrar que, embora sejam todos chamados de Filhos de Akatosh (uma analogia aos filhos de Deus), os ungidos são filhos de diversos deuses de um panteão próprio (pouco reconhecido, mas existente).
Academia de Ungidos é um centro de treinamento para filhos de Akatosh reclamados.
Imladris é uma das cinco cidades remanescentes de Tyria, de onde Cain veio.
Grimms são a raça dominante de Tyria, responsáveis pela semi extinção da humanidade. São monstros atraídos por energia negativa, semi-imortais, abrangendo uma infinidade de raças.
Infernais são retratados como os inimigos da humanidade. Completo opostos dos Divinos, mas não são considerados divindades. Equivalente titãs.
Divinos são as divindades de Tyria, cada um representando as forças da natureza ou um conhecimento humano. Equivalente deuses.


HISTÓRICO

— Ficha de Reclamação: (clique)
— Treino de Canoagem: (clique)
— (MOPIM) The Danger Lurks: (clique)
— Interação com Drillbit: (clique)
— Enfermaria do Thiago: (clique)
— Treino com Espadas: (clique)
— Interação com Drillbit, Emma e Mitchel: (clique)
— Interação com Keanu: (clique)
— Interação com Charlie e Franklin: (clique)
— (MOPID) Treinando Com Seu Monstro: (clique)
— Enfermaria do Thiago: (clique)
— Treino de Combate aos Monstros: (clique)
— Treino com Espadas: (clique)
— Do It Yourself: (clique)
— Interação com Noah: (clique)
— (MNIF) A Cabana: (clique)

INIMIGOS DERROTADOS

Monstro Comum - - - - Grimm

{The Akatosh Children} KajcGXY{The Akatosh Children} H0jP9s8{The Akatosh Children} 1bdMGKN{The Akatosh Children} VpAm07v{The Akatosh Children} 2l19wQ1{The Akatosh Children} O4ZKZJi


see ya, gabs


Blake Aquilla
Blake Aquilla
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
387

Localização :
Nômade

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::