Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Página 6 de 25 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 15 ... 25  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Nymeria em Sab 26 Out 2013, 13:07

Relembrando a primeira mensagem :

Ao ouvir a respota de Missy, faço um lembrete mental em não falar sobre suas irmãs. Ela rapidamente muda o assunto, me pergunta aonde pode ou não pode ir no Acampamento.
-Olhe, pelo que eu saiba, não temos proibições de onde podemos ir ou não. Cada campista gosta de ir para um lugar diferente. Eu moro bem perto dos Campos de Morango, ou seja, você me encontrará sempre ajudando na colheita. A cachoeira é um lugar bem belo, todo tipo de criatura costuma passar um tempo lá. O rio é tranquilo, calmo embora sempre tenha algum campista passeando por entre suas margens. Mas cuidado com as náiades-uma amiga minha disse que elas são bem chatas e metidas. Temos a arena, onde podemos treinar com qualquer tipo de arma, a floresta é um lugar relaxante, mas cuidado, monstros estão a solta lá dentro para algumas brincadeiras. A praia é um lugar onde tem algumas festas, as pessoas que vivem no Acampamento adoram ficar passeando pela areia macia. A Casa Grande é onde pedimos missões, fale com Quíron sempre que quiser uma. O Acampamento Meio-Sangue é enorme, mas são algumas coisas que você precisa saber. Espero que ajude, Missy-Respondo-lhe.
Nymeria
Dríades
Mensagens :
139

Localização :
Floresta Negra

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Lucas A. Van Hallen em Dom 02 Fev 2014, 17:22


Fantasmas do passado

Lucy deu alguns passos pra trás logo após corar novamente, eu estava certo sobre o motivo da vergonha da garota, era a proximidade. Em seguida, ela comentou que odiava a cor de seus olhos e que sua mãe dizia que era uma herança de seu pai, “o pior pai do mundo”, como disse ela. Qualquer vestígio de sorriso se apagou do meu rosto. Olhei para o chão.

Ouvi o som de Lucy sentando-se no chão, andei um pouco e me sentei ao seu lado. Logo, a garota se desculpou pelo jeito que falara comigo anteriormente. Balancei a cabeça.

- Não tem problema. E eu também não gosto do meu pai. E eu nunca falei com a minha mãe, ela é muito ocupada com suas coisas de deusa pra prestar atenção nos filhos. Cresci em um orfanato e passei a odiar meu pai no dia em que o conheci. Ele matou meu melhor amigo e tentou fazer o mesmo comigo.

Lucy comentou que era filha de Hades. Arqueei uma sobrancelha, uma figura conhecida e antiga se passou pela minha cabeça ao ouvir o nome de um deus do submundo. Afastei os fantasmas do meu passado e voltei a prestar atenção em Lucy.

- Lucas Van Hallen, filho de Selene. O prazer é todo meu.

Olhei para Lucy, um sorriso fraco e tímido surgiu em meus lábios.

- Dizem que devemos deixar as coisas ruins pra trás. Que devemos nos focar no futuro, mas tem algumas coisas que não dá pra superar. Mas nada que uma boa companhia não possa disfarçar.

Aproximei meu rosto um pouco mais, o sorriso sumiu.

- E pare de pensar nessa história de ter os olhos do seu pai. Seus olhos são seus, somente seus. E são lindos, ok?

teimando em me assombrar


Armas e poderes:
Armas:
♦ {Moon} / Adaga [Sua lâmina é feita de prata lunares. Brilha durante a noite, e aumenta a agilidade dos ataques] {Prata Lunares} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Selene]


Poderes:
Nível 1

♦ Perícia com Adagas: Os filhos de Selene manuseiam a adaga facilmente, tornando-a a melhor arma para os filhos da lua. Quando um filho da Lua segura qualquer tipo de adaga em sua mão, essa arma começa a brilhar fortemente dando a vantagem de deixar o inimigo confuso por alguns segundos; nada muito exagerado. O brilho também mostra o quanto o filho da Lua é habilidoso com tal arma.
♦ Aura Lunar: Os filhos de Selene tem o poder aumentado a noite, os ataques surtem mais efeito. Além disso, os filhos ficam mais camuflados e as chances de acharem-nos são menores.
Nível 2

♦ Beleza ao Luar: Os filhos de Selene ficam extremamente bonitos a noite, ficam quase tão bonitos quanto os filhos de Afrodite, e o corpo dos filhos da lua também brilham levemente á noite.
Nível 4

♦ Sentidos Aguçados: Quando está a noite, os sentidos (Visão, audição, tato, olfato e paladar) dos filhos de Selene serão mais aguçados, melhor do que qualquer meio-sangue.
♦ Calma Lunar: Dizem que a lua traz calma para as pessoas, então o filho de Selene dificilmente sentirá raiva, medo ou ódio. Em níveis baixos não será capaz de controlar por muito tempo a calmaria, por exemplo, contra um filho de Deimos. Quando maior o nível e menor o do adversário, mais forte se torna. (Caso queira) {Criada por mim} new
Nível 5

♦ Comunicação Noturna: A Lua brilha no céu escuro e os animais noturnos aproveitam a noite e a Lua. Os filhos de Selene podem se comunicar com os animais noturnos, entre eles estão os morcegos, corujas, puma, lobos, raposa costeira, cotia, entre outros. Os que você souber, tem que ser noturno, pode usar na missão. Não pode colocá-los para atacar, é somente para pedir informações ou direção.
Nível 6

♦ Regeneração Lunar I: Sempre que o herói estiver em contato com a luz da lua irá se regenerar lentamente. Regenera três pontos de vida e três de energia a cada três rodadas sob a luz do luar. {Créditos a Dominique C. Everyd} new
Nível 7

♦ Passo Etério: A prole de Selene consegue se mover em silencio, é como se não tocasse no chão ou andasse disfarçadamente. {Créditos a Dominique C. Everyd} new
Nível 12

♦ Agilidade Sobre-Humana: Os filhos de Selene possuem uma rapidez completamente anormal, principalmente á noite.
Lucas A. Van Hallen
Filhos de Selene
Mensagens :
181

Localização :
America f*ck yeah!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Henry Löwe-Henkölovsky em Seg 03 Fev 2014, 10:22



Bosque
 Do Camp
 

   Lucas apresentou-se novamente, acrescentando ser filho de Selene. Lucy suspirou pesadamente. Era a primeira vez que conversava com alguém por mais de 5 minutos. E, sinceramente, a menina estava sem jeito. Mas, ser simpática pela primeira vez não iria matá-la. 
   Ou, pelo menos, era o que ela achava. 
   Quando o menino disse sobre o pai dele ter matado seu melhor amigo e tentado matá-lo, Lucy encarou-o, lançando para ele, pela primeira vez na sua vida, um olhar de compaixão. 
   - Olha, não vou dizer que entendo, por que eu não passei por isso. - falou, cruzando as mãos em seu colo, e olhando seriamente para o menino. - E não vou dizer que sinto muito, já que não gosto dessas palavras. - continuou, enquanto se lembrava do velório de sua irmã.
   Nunca gostara dessas palavras: sinto muito. Soa falso e superficial. É como se as pessoas se vissem na obrigação de dizer algo que, segundo elas mesmas, confortam o alvo das palavras. Um terrível engano.
   Lucas falara sobre deixar as coisas ruins para trás, e focar no futuro. Bom, a semideusa não tinha como esquecer o passado, já que fora responsável pela morte de sua irmã. Soltou outro suspiro, e se surpreendeu quando o garoto ficou mais perto.
   Novamente, ele falou sobre os olhos de Lucy, e isso deixou a menina sem graça. Lucy corou. Não recebia elogios assim, e desde que conhecera aquele rapaz, ele estava sendo gentil. 
   - Obrigada... - murmurou, sem graça. - Seus olhos... Também são bonitos... - falou. Mesmo que demoradamente, o que dissera não era mentira. Só não estava acostumada a fazer elogios.
Armas:
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]

 com: Lucas ✖ onde: Bosque ✖ vestindo: Jeans, camiseta preta, casaco e tênis ✖ post: 005

 @lilah
Henry Löwe-Henkölovsky
Filhos de Hades
Mensagens :
38

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Lucas A. Van Hallen em Seg 03 Fev 2014, 17:50


I have a feeling about this

Lucy suspirou depois da minha nova apresentação, e olhou diretamente pra mim quando comentei sobre os problemas com meu pai. Lucy disse algo sobre não poder dizer que sente muito, nem mesmo dizer que entendia o que acontecera comigo. Assenti com a cabeça.

- Obrigado. Gosto de sinceridade. Dizer “sinto muito” seria hipocrisia da sua parte. Já que, na verdade, você não sente nada por isso. Você é legal, Lucy.

Ficamos em silêncio por um tempo, até que Lucy respondeu meu comentário sobre seus olhos, elogiando os meus também. Soltei um meio sorriso, já que ela falou pausadamente. Provavelmente não estava acostumada a elogias as pessoas, já que se mostrara tão antipática anteriormente. Olhei para ela, pude vê-la corada outra vez.

- Obrigado. – respondi.

Abaixei minha cabeça e fechei os olhos. Por um instante, consegui ouvir as batidas do coração de Lucy, o ritmo estava mais alto do que os batimentos normais. Perdi a concentração quando senti que até mesmo eu estava alterando minhas batidas. Nunca parei pra prestar atenção nos batimentos cardíacos de alguém, acabei ficando meio encabulado por isso e corei de leve. Acabei me esquecendo de esconder o rosto.

- Você sabia que filhos de Selene têm os sentidos aprimorados à noite? Se eu fechar os olhos, consigo ouvir seus batimentos cardíacos. Mesmo que não seja intencional. Também consigo ouvir sua respiração.

Olhei para as mãos dela e, meio que por instinto, segurei a que estava mais próxima de mim.

- O contato também é muito mais intenso. Consigo sentir o sangue circulando, acelerado. Cada partícula se torna gigante pra mim.  

It's strong


Armas e poderes:
Armas:
♦ {Moon} / Adaga [Sua lâmina é feita de prata lunares. Brilha durante a noite, e aumenta a agilidade dos ataques] {Prata Lunares} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Selene]


Poderes:
Nível 1

♦ Perícia com Adagas: Os filhos de Selene manuseiam a adaga facilmente, tornando-a a melhor arma para os filhos da lua. Quando um filho da Lua segura qualquer tipo de adaga em sua mão, essa arma começa a brilhar fortemente dando a vantagem de deixar o inimigo confuso por alguns segundos; nada muito exagerado. O brilho também mostra o quanto o filho da Lua é habilidoso com tal arma.
♦ Aura Lunar: Os filhos de Selene tem o poder aumentado a noite, os ataques surtem mais efeito. Além disso, os filhos ficam mais camuflados e as chances de acharem-nos são menores.
Nível 2

♦ Beleza ao Luar: Os filhos de Selene ficam extremamente bonitos a noite, ficam quase tão bonitos quanto os filhos de Afrodite, e o corpo dos filhos da lua também brilham levemente á noite.
Nível 4

♦ Sentidos Aguçados: Quando está a noite, os sentidos (Visão, audição, tato, olfato e paladar) dos filhos de Selene serão mais aguçados, melhor do que qualquer meio-sangue.
♦ Calma Lunar: Dizem que a lua traz calma para as pessoas, então o filho de Selene dificilmente sentirá raiva, medo ou ódio. Em níveis baixos não será capaz de controlar por muito tempo a calmaria, por exemplo, contra um filho de Deimos. Quando maior o nível e menor o do adversário, mais forte se torna. (Caso queira) {Criada por mim} new
Nível 5

♦ Comunicação Noturna: A Lua brilha no céu escuro e os animais noturnos aproveitam a noite e a Lua. Os filhos de Selene podem se comunicar com os animais noturnos, entre eles estão os morcegos, corujas, puma, lobos, raposa costeira, cotia, entre outros. Os que você souber, tem que ser noturno, pode usar na missão. Não pode colocá-los para atacar, é somente para pedir informações ou direção.
Nível 6

♦ Regeneração Lunar I: Sempre que o herói estiver em contato com a luz da lua irá se regenerar lentamente. Regenera três pontos de vida e três de energia a cada três rodadas sob a luz do luar. {Créditos a Dominique C. Everyd} new
Nível 7

♦ Passo Etério: A prole de Selene consegue se mover em silencio, é como se não tocasse no chão ou andasse disfarçadamente. {Créditos a Dominique C. Everyd} new
Nível 12

♦ Agilidade Sobre-Humana: Os filhos de Selene possuem uma rapidez completamente anormal, principalmente á noite.
Lucas A. Van Hallen
Filhos de Selene
Mensagens :
181

Localização :
America f*ck yeah!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Henry Löwe-Henkölovsky em Qui 06 Fev 2014, 16:17



Bosque
 Do Camp
 

   Perante as palavras do jovem, Lucy recuou, retirando sua mão da dele.
   O coração da jovem estava acelerado, e o rosto corado de vergonha. Quem esse garoto pensa que é, para falar coisas assim?, pensou a filha de Hades.
   Nunca fora pega de surpresa assim, como Lucas e pegou. Abaixara sua guarda, e ele se aproximara demais. Fechando a cara, empurrou o menino para longe. Em seguida, colocou as costas da mão direita sobre sua boca, enquanto tentava esconder seus rosto, ainda corado, entre seus cabelos castanhos.
   - Não faça mais isso. - falou, irritada, tentando bater no filho de Selene. 
Armas:
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]
Lucas:
Desculpe a demora, e o post pequeno... ;-;

 com: Lucas ✖ onde: Bosque ✖ vestindo: Jeans, camiseta preta, casaco e tênis ✖ post: 005

 @lilah
Henry Löwe-Henkölovsky
Filhos de Hades
Mensagens :
38

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Fleur K. Hallingdahl em Sex 07 Fev 2014, 04:31

Like a Stone
falo nada :v

Fleur remexia-se inquieta sob os grossos cobertores que a mantinham aquecida. Seu sono, já naturalmente conturbado, parecia ainda pior naquela noite.

Como que por instinto a semideusa buscou a cama ao lado da sua, mas a encontrou vazia. Nem ao menos lembrava que Mihael havia saído para treinar naquele noite. Bufou impaciente, já vestindo seu casaco de lã e catando num canto qualquer debaixo de sua cama algum jeans velho e um all star surrado.

Sentiu o choque térmico, provocado pela brisa gélida daquela noite, atingir-lhe o rosto assim que deixou o chalé. Enroscou os braços em torno de si como que para se proteger dos arrepios provocados pelo frio e seguiu a passos rápidos e firmes para o único local do Acampamento que pensava ser tranquilo e relaxante. O Bosque.

[...]

O caminho até lá fora um pouco mais complicado do que Fleur lembrava. O cheiro de terra molhada, as pedras escorregadias e a vegetação crescente que predominavam no local deixavam a prole de Melinoe um tanto desconfortável; não estava habituada àquilo.

Sentiu um alívio, porém, ao chegar na clareira circundada por enormes árvores, mas que em seu interior mantinha uma pureza divina - apenas a relva rala e as flores campestres decoravam aquela parte do Bosque. Nenhuma alva viva sequer estava presente.

Observando que havia encontrado o lugar perfeito, a holandesa se dirigiu à parte do lugar que mais gostava. Sentou-se numa das extremidades da clareira, recostando-se sobre uma enorme raiz de árvore que crescia acima da terra e, por fim, relaxou os ombros.

Com os olhos fechados e o vento movimentando seus cabelos negros, Fleur permitiu-se sentir o conforto que o local a trazia. O silêncio, mesmo que solitário, a compreendia mais do que palavras.

Do jeito que estava a semideusa facilmente poderia ser pega de surpresa por alguém sorrateiro. Mas não se preocupava com a possibilidade.

Itens Levados:

• Colar de Topázio [Com o auxílio desse colar o filho de Melinoe poderá invocar um fantasma para lutar ao seu lado; ele tem duração de quatro posts e só pode ser usado uma vez por missão. Os poderes utilizados por este são os mesmos dos filhos de Melinoe, mas se limitam até o nível 15, além de possuir o poder forma etérea e ter uma resistência um pouco maior em relação aos demais fantasmas] [Presente de Melinoe] [pescoço]

• Corrente Espectral [Essa arma é abençoada pela Deusa dos fantasmas e possui certos atributos, os quais são um controle de visibilidade e intangibilidade. Ambos só podem ser utilizados uma vez por missão, e há gasto de energia. Sendo assim, você pode atacar um inimigo utilizando seu controle de visibilidade para que ele não veja seu ataque, e utilizar o controle de intangibilidade para desobstruir qualquer defesa física, como escudos. Há cada essência de alma absorvida por essa corrente tornará mais forte o ataque do filho de Melinoe. -Almas Coletadas: 0- ] [enrolada e presa no cós da calça jeans]



Template by thepiscina from TdN.

Fleur K. Hallingdahl
Filhos de Melinoe
Mensagens :
28

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Lucas A. Van Hallen em Sex 07 Fev 2014, 15:37


No more masks

Lucy afastou-se, tirando sua mão das minhas. Por trás daquela garota durona, havia uma menina normal, com sentimentos normais, mas ainda era durona. Seu coração batia mais rápido que antes, pude ouvi-lo melhor do que antes. Lucy virou seu rosto e me empurrou, depois começou a me bater enquanto dizia para eu não fazer mais fazer isso.

- Sinto muito por isso. É que você... – baixei um pouco minha voz – realmente me chamou a minha atenção.

Baixei meu rosto e fechei os olhos, respirei fundo. Uma brisa bateu em mim e balançou meu cabelo, sorri ao sentir o vento em meu rosto. Deitei-me no chão, com as mãos atrás da cabeça. A luz da lua acertara bem no meu rosto, em seguida cobri meus olhos com o ante-braço esquerdo.

Sempre fui fechado pra esse tipo de coisa, sempre preferi o calor da batalha ao calor de outra pessoa.

- Eu sou o aço, eu sou as chamas, eu sou a escuridão – Sussurrei.

Voltei meu braço para trás da cabeça, abri os olhos e olhei para Lucy.

- Quem diria, parece que eu não sou tão centrado quanto pensei que fosse.

something is wrong


Armas e poderes:
Armas:
♦ {Moon} / Adaga [Sua lâmina é feita de prata lunares. Brilha durante a noite, e aumenta a agilidade dos ataques] {Prata Lunares} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Selene]


Poderes:
Nível 1

♦ Perícia com Adagas: Os filhos de Selene manuseiam a adaga facilmente, tornando-a a melhor arma para os filhos da lua. Quando um filho da Lua segura qualquer tipo de adaga em sua mão, essa arma começa a brilhar fortemente dando a vantagem de deixar o inimigo confuso por alguns segundos; nada muito exagerado. O brilho também mostra o quanto o filho da Lua é habilidoso com tal arma.
♦ Aura Lunar: Os filhos de Selene tem o poder aumentado a noite, os ataques surtem mais efeito. Além disso, os filhos ficam mais camuflados e as chances de acharem-nos são menores.
Nível 2

♦ Beleza ao Luar: Os filhos de Selene ficam extremamente bonitos a noite, ficam quase tão bonitos quanto os filhos de Afrodite, e o corpo dos filhos da lua também brilham levemente á noite.
Nível 4

♦ Sentidos Aguçados: Quando está a noite, os sentidos (Visão, audição, tato, olfato e paladar) dos filhos de Selene serão mais aguçados, melhor do que qualquer meio-sangue.
♦ Calma Lunar: Dizem que a lua traz calma para as pessoas, então o filho de Selene dificilmente sentirá raiva, medo ou ódio. Em níveis baixos não será capaz de controlar por muito tempo a calmaria, por exemplo, contra um filho de Deimos. Quando maior o nível e menor o do adversário, mais forte se torna. (Caso queira) {Criada por mim} new
Nível 5

♦ Comunicação Noturna: A Lua brilha no céu escuro e os animais noturnos aproveitam a noite e a Lua. Os filhos de Selene podem se comunicar com os animais noturnos, entre eles estão os morcegos, corujas, puma, lobos, raposa costeira, cotia, entre outros. Os que você souber, tem que ser noturno, pode usar na missão. Não pode colocá-los para atacar, é somente para pedir informações ou direção.
Nível 6

♦ Regeneração Lunar I: Sempre que o herói estiver em contato com a luz da lua irá se regenerar lentamente. Regenera três pontos de vida e três de energia a cada três rodadas sob a luz do luar. {Créditos a Dominique C. Everyd} new
Nível 7

♦ Passo Etério: A prole de Selene consegue se mover em silencio, é como se não tocasse no chão ou andasse disfarçadamente. {Créditos a Dominique C. Everyd} new
Nível 12

♦ Agilidade Sobre-Humana: Os filhos de Selene possuem uma rapidez completamente anormal, principalmente á noite.
Lucas A. Van Hallen
Filhos de Selene
Mensagens :
181

Localização :
America f*ck yeah!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Marie A. Smith em Sex 07 Fev 2014, 16:01


And now you're just a ghost...

Mais uma noite. Claro que, para a prole de Phobos, isso não significava exatamente muita coisa. Entrara em um estado de paz interior tão profundo que raramente largava sua cama ou seu chalé. Poucos a viam no Acampamento e até mesmo sua personalidade festeira fora enterrada por um bem maior. Estava pálida, pela falta de contato com a luz solar, e magra, pela alimentação escassa que alguns de seus meio-irmãos resolviam levar até ela, às vezes recebendo repreendas por levarem a comida até o chalé. A loira era grata pela ajuda que recebia, obviamente. E assim era.

O tempo era um amigo distante que não estendia seus braços sobre Marie. Em seu mundo interior, sua aparência nunca se modificaria e jamais receberia responsabilidades. Não vivia de forma alguma, mesmo que o lugar que sua forma física ocupava no espaço pudesse afirmar que existia. E assim era.

Naquela noite, especificamente, algo estranho lhe ocorreu. Por que não romper um pouco seu casulo? Já era noite, poucas pessoas estariam fora de seus dormitórios, consequentemente, não seria como se ela tivesse saído do seu, já que ninguém poderia provar o contrário. Assim sendo, levantou-se, passando as mãos pelos cabelos desarrumados, tentando repará-los, surrupiou um moletom qualquer e vestiu por cima de seu baby-doll, abrigando-se o máximo que conseguia com suas vestimentas de seda e o tecido grosseiro da peça extra. Nem ligou para os sapatos, seria um passeio rápido.

Assim que deixou o casebre dedicado ao seu pai, arrependeu-se quase que de imediato por não ter procurado roupas que cobrissem sua pele inteira. O vento frio chicoteava suas pernas desnudas com tal violência que sentiu-se tentada a voltar para seus lençóis macios. No entanto, resolveu respirar fundo e enfrentar o ar gélido da noite, já que outra escapada só seria possível dali a algum tempo mais.

[...]

Embrenhou-se entre os troncos retorcidos de árvores que procuravam enfiar-se em seu caminho, soltando palavrões não adequados para quem era tão grande pacifista. Estava certa que seus cabelos já estavam repletos de folhagens e galhos pequenos que se quebravam toda hora, não aguentando o mínimo toque da prole de Phobos. Quando parou para recuperar o fôlego, soltando longas baforadas que aparentavam ser fumaça por conta do clima, a viu.

De olhos fechados, aparentava estar relaxada, mesmo com todo o vento. "Filha de Quione, talvez?" Algo nela chamava a atenção da loira, talvez sua aura quase palpável de pura infelicidade. Marie sentia-se mal, de certa forma, mas isso não a impediu de tentar uma aproximação amistosa. Saiu de entre as árvores e encaminhou-se até a morena, procurando limpar os cabelos e as roupas para parecer apresentável. Cruzou os braços e tentou parecer despreocupada.

▬ Dizem que garotinhas devem estar em seus chalés antes do toque de recolher. Então, já começarei as suposições, se não se importar, é óbvio. Acredito que você é uma rebelde sem causa que está aqui para provar a Quíron que coisas perigosas não acontecem nesta floresta à noite. Nesse caso, eu diria que sim, elas acontecem. E seriam tão rápidas que sua garganta nem emitiria um simples grito. Ou, ▬ Olhou para o céu, procurando não fitar a moça recostada ao tronco. ▬ você tem um raro problema de insônia que te impede de ficar na cama. ▬ Deu de ombros. Essa era Marie, sempre brincando com o perigo.

observações:
Considerar o seguinte poder:
♦ Coragem [Nível 3]: O semideus é filho do próprio medo, portanto, jamais teme. É incapaz de sentir medo durante a batalha, tendo coragem suficiente para enfrentar qualquer oponente. Quando o inimigo for de nível superior, a força de ataque do semideus dobra (válido para dois turnos).


TEMPLATE BY IAN do OOPS!
Marie A. Smith
Filhos de Phobos
Mensagens :
97

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Fleur K. Hallingdahl em Sex 07 Fev 2014, 17:47

Like a Stone
falo nada :v

A aproximação repentina pegou Fleur de surpresa.

De início a filha de Melinoe pensou se tratar de um espírito. Mas algo no tom de voz daquela presença – vívido demais – e um sentimento desconfortável que provocava em Fleur indicavam que a semideusa estava errada. Ainda não se preocupara em abrir os olhos; a intriga provocada por aquela voz e a sensação de medo – incomum – que se infiltrava nos nervos da holandesa resultaram em alguns instantes de um silêncio incômodo.

Por fim decidiu que ignorar não era uma opção. Tampouco tentar atacar seria algo sensato, já que duvidava ter tempo suficiente para sequer armar uma defesa. Abriu os olhos, fitando o céu negro que se estendia infinito sobre ela.

▬ É falta de educação perturbar o descanso alheio, garotinha ▬ respondeu frisando ao máximo a última palavra.

Lentamente desencostou-se da raiz, sentando-se de maneira ereta e com as pernas cruzadas. O frio já não a incomodava tanto, nem o vento.

Buscou, então, fitar diretamente a garota, o que apenas reforçou o desconforto que sentia e ainda lhe fez sentir-se uma estúpida – já que a visão da outra era tão assustadora quanto a de um rato.

▬ Segunda opção. ▬ prosseguiu, ignorando a reação da garota ao seu comentário. ▬ Mas talvez... ▬ ponderou alguns instantes sobre a resposta antes de concluir ▬ julgando pela rapidez com a qual formulou a primeira opção, devo deduzir que a rebelde sem causa desta equação seja você.

Deu de ombros, demonstrando indiferença à provocação feita e desviando a atenção para o colar em seu pescoço, como uma maneira de confortá-la ante toda a tensão que a outra provocava na holandesa.

Suposições poderiam ser interessantes, mas Fleur não estava disposta a fazê-las e, como de costume, dispensava apresentações.

Itens Levados:

• Colar de Topázio [Com o auxílio desse colar o filho de Melinoe poderá invocar um fantasma para lutar ao seu lado; ele tem duração de quatro posts e só pode ser usado uma vez por missão. Os poderes utilizados por este são os mesmos dos filhos de Melinoe, mas se limitam até o nível 15, além de possuir o poder forma etérea e ter uma resistência um pouco maior em relação aos demais fantasmas] [Presente de Melinoe] [pescoço]

• Corrente Espectral [Essa arma é abençoada pela Deusa dos fantasmas e possui certos atributos, os quais são um controle de visibilidade e intangibilidade. Ambos só podem ser utilizados uma vez por missão, e há gasto de energia. Sendo assim, você pode atacar um inimigo utilizando seu controle de visibilidade para que ele não veja seu ataque, e utilizar o controle de intangibilidade para desobstruir qualquer defesa física, como escudos. Há cada essência de alma absorvida por essa corrente tornará mais forte o ataque do filho de Melinoe. -Almas Coletadas: 0- ] [enrolada e presa no cós da calça jeans]




Template by thepiscina from TdN.

Fleur K. Hallingdahl
Filhos de Melinoe
Mensagens :
28

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Marie A. Smith em Sab 08 Fev 2014, 23:37


And now you're just a ghost...

O silêncio que se instalou no local era tão incômodo que a prole do medo cogitou revirar os olhos e repetir a pergunta, acreditando seriamente que a desconhecida era surda. Isso seria uma grande surpresa, já que, pelo pouco que conhecia do Acampamento, não havia registro de semideuses surdos ali. No entanto, a voz da morena logo invadiu os tímpanos de Marie. Ao ouvir o tom empregado na palavra garotinha, abriu um sorriso, voltando a baixar a cabeça a tempo de ver a garota se aprumando. Parecia... Incomodada? A loira não deu a mínima para a provocação a respeito de sua rebeldia sem causa que, até onde ela própria sabia, era inexistente. Sendo assim, riu por puro divertimento. Conseguia identificar a tensão daquela... Fosse lá o que fosse. Claro que adorava suposições, apesar de não conhecer as reações humanas, por não conseguir interagir com muitos considerados da sua espécie, mas amava, acima de tudo, o fato de poucos acertarem algo sobre sua personalidade. Era bonita, de certa forma, mas parecia ameaçadora por conta da aura que emanava sem perceber. Acreditava até mesmo que tivesse herdado alguma beleza de sua avó, Afrodite, mesmo que as chances não fossem grandes. Não gostava das guerras, em particular. Era estupidez que qualquer pessoa resolvesse seus conflitos "no braço", por isso era tão pacífica, mesmo que a fama de seu progenitor dissesse o contrário. Enquanto a mente trabalhava, deu-se conta que estivera fitando a moça ininterruptamente, caracterizando um estranho comportamento. Deu de ombros e agitou a mão, como se pudesse apagar a mera lembrança do timbre da morena.

▬ Ah, não. Rebeldia não faz meu estilo, mas devo admitir que gostei da resposta. Deveria utilizar sua língua afiada para outras coisas, moça. ▬ Fechou a boca ao perceber o que havia dito, uma mera frase dúbia, mas logo recobrou o sorriso. ▬ Então, farei novas suposições, se não se importa. ▬ Fingiu pensar por alguns instantes. ▬ Você é extremamente sarcástica, adora a noite, gosta de divagar e tem alguém pelo qual daria sua própria vida. ▬ Franziu a testa e resolveu se sentar à frente dela, não se incomodando com a terra úmida. As adivinhações eram simples. A julgar pela aura da garota, ela era filha de alguém ligado à infelicidade. Esses eram semideuses clichês que costumavam ligar sua falta de amizades ao fato de serem terrivelmente irritantes com todo o seu sarcasmo e ironia, como se quisessem não ter amigos. A questão da noite era mais simples de resolver: era só notar o quanto a morena estivera relaxada ali antes que Marie a incomodasse, e isso se encaixava também para a parte de deixar a mente divagar. Agora, quanto a ter alguém, parecia óbvio. Todos que estão fadados a serem infelizes querem fazer alguém feliz, nem que seja um amigo imaginário.

observações:
Considerar o seguinte poder:
♦ Coragem [Nível 3]: O semideus é filho do próprio medo, portanto, jamais teme. É incapaz de sentir medo durante a batalha, tendo coragem suficiente para enfrentar qualquer oponente. Quando o inimigo for de nível superior, a força de ataque do semideus dobra (válido para dois turnos).


TEMPLATE BY IAN do OOPS!
Marie A. Smith
Filhos de Phobos
Mensagens :
97

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Morgana B. Cullen em Dom 09 Fev 2014, 12:48

             But I can't compete with a she wolf who has brought me to my knees ♫
titulo

O chalé de Hermes está vazio, pela primeira vez desde que a loira chegara no Acampamento Meio-Sangue. A garota está extremamente entediada, pois seus companheiros de chalé estão todos andando pelo Acampamento. Após um tempo olhando para o nada, a semideusa finalmente resolve se levantar. Sai do chalé 11 e passa rapidamente na biblioteca, pegando um exemplar de ''Jogos Vorazes''. Sai do local e olha ao seu redor. ''Uau'', pensa, mais uma vez impressionada com sua nova casa, ''Esse lugar é enorme''. Após uma rápida análise seu olhar pousa na floresta. Pensa um pouco, e acaba por ir lá. ''O que será que essa floresta enorme esconde?'', pensa, curiosa. Corre na direção dos galhos e árvores e entra. Após um tempo somente observando, Courtney para e olha ao seu redor, logo encontrando uma árvore iluminada pelo sol. Sorri e anda até lá. Assim que chega ao seu destino, a semideusa se assenta, recostando-se no tronco da árvore e abre seu livro, começando a ler.


notes: alguma ; tags: com quem você tá falando? ; vestindo: isso; Thanks Maay From TPO.
Morgana B. Cullen
Indefinido
Mensagens :
22

Localização :
Cemitério.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Tim Behemoth em Dom 09 Fev 2014, 19:25

Food or friend?


— Porra Fael, você tem que me avisar quando for doer, eu aumento a dose — Falou ao filho de Hermes que tatuara "MARLBORO" nos dedos da loirinha. Havia tatuado por causa de seu ídolo, mas não queria nem pensar se tinha um significado. O garoto deu de ombros em um meio sorriso, lhe oferecendo um isqueiro para que ela acendesse seu cigarro. Ela tragou por um momento. Quando viu uma garotinha sair do chalé, sorriu, sua próxima vítima. Deu um beijo no rosto do moreno e caminhou, mantendo uma distância que considerava o suficiente para não assustá-la. Vítimas assustadas gritam, e tudo o que ela não queria era chamar a atenção. Esfregou os dedos, analisando a chance que tinha. Então se pôs a acompanhar os passos lentos da garota que trazia um livro na mão.

Annie não sabia o que realmente queria com a pequena presença à sua frente. Quando ela parou e se sentou para ler seu livro, a prole de Thanatos atrasou os passos. Se a matasse ali, ninguém saberia. Mas a garota não queria o fazer. Era apenas uma moça sem saber dos perigos do Acampamento. Obviamente, era bem nova ali. Não a mataria, deixaria a garotinha ir. Não?

Aproximou-se um pouco mais, encostando-se em uma árvore. A camiseta preta estava levemente rasgada, fazendo um decote delicado embaixo da jaqueta de couro. O jeans preto estava bem passado, e a bota de cano alto lhe dava uma aparência extremamente sombria. A faca na mão esquerda, cuja qual era a mão que a menina escrevia estava empunhada e o cigarro jazia na mão direita. Suspirou, soltando a fumaça e se pôs a falar com tom monótono costumeiro

— Ora, ora, ora. O que te trás aqui? Não sabe que é perigoso perambular sozinha e desarmada? Alguém pode te encontrar e te matar.

Soltou uma gargalhada notavelmente tranquila, e se aproximou um pouco mais, se pondo em frente da garota, bem menor que ela. Virou o rosto e esperou a reação da menina. Enquanto isso, tragou seu cigarro mais uma vez.


Armas & Poderes:

Armas
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]




Nenhum Poder foi usado no decorrer dessa narração

O filho de Hermes é um NPC, inútil.


Tim Behemoth
Filhos de Tânatos
Mensagens :
159

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Morgana B. Cullen em Dom 09 Fev 2014, 21:53

                                But I can't compete with a she wolf who has brought me to my knees ♫
♣ Forest ♣

Courtney está atenta a narração de Katniss Everdeen, a personagem principal do livro que está lendo. Ainda está no primeiro capítulo, pois afinal acabara de começar. Após ler algumas páginas leva um susto e dá um salto, quase jogando o livro no chão. O motivo do susto fora uma repentina voz mónota ao seu lado dizendo:
— Ora, ora, ora. O que te trás aqui? Não sabe que é perigoso perambular sozinha e desarmada? Alguém pode te encontrar e te matar.
Dellario se depara com uma garota loira. A menina está usando uma camiseta preta um pouco rasgada em baixo da jaqueta de couro, jeans pretos e uma bota de cano alto. Courtney, após fazer uma rápida análise, nota a estranha se colocar á sua frente. Obviamente, a loira é muito maior que a jovem Dellario. A desconhecida fita a indefinida, tragando seu cigarro. Courtney rapidamente disfarça seu susto e um pouco de seu medo, empinando o nariz e respondendo:
-Me matar? Bem, que eu saiba isso é contra as regras do Acampamento, além de não existir um único motivo para qualquer um se aproximar de mim e me apunhalar-Cuspiu as últimas palavras, seu olhar pousando na adaga da estranha, porém logo em seguida abre um sorriso.


notes: Post 002 ; tags: Uma estranha. ; vestindo: isso; Thanks Maay From TPO.
Morgana B. Cullen
Indefinido
Mensagens :
22

Localização :
Cemitério.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Tim Behemoth em Dom 09 Fev 2014, 22:37

Hey there


— Me matar? Bem, que eu saiba isso é contra as regras do Acampamento, além de não existir um único motivo para qualquer um se aproximar de mim e me apunhalar 
Falou a garota, mostrar um sorriso após o susto, o que fez Annie gargalhar ainda mais alto. "Tentativa frustrada, anjo"

— Pareço respeitar regras? — Soltou a loira, e, sem esperar uma resposta, continuou — Sou filha da morte, acho que apunhalar alguém, sozinha e desarmada seria engraçado

O tom de voz da garota continuava a ter o mesmo tom irritantemente monótono. No peito nu da garota, dava de se ver uma foice tatuada. As unhas, perfeitamente pintadas de preto cintilavam ao sol. Annie tragou o cigarro mais uma vez, deixando um "forever" à mostra em seu braço.  Girou a faca na mão algumas vezes, até que atirou a alguns centímetros da cabeça da menina. Então se abaixou, puxou a faca da árvore, ficando apoiada nos pés.  Esperou que a garota a encarasse para voltar a falar

— Não sei se estou disposta a ficar discutindo com uma indefinida metida a "corajosa". — Deu enfase à última palavra, em tom de deboche — Se quiser conversar, comece por seu nome

Tragou uma última vez o cigarro, soltando a fumaça pelo canto da boca. Girou a faca na mão enquanto esperava a resposta, analisando a nova tatuagem. Tinha várias, o que assombrava cada vez mais a garota, que no geral, era considerada sensual. 


Armas & Poderes:

Armas
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]



Nenhum Poder foi usado no decorrer dessa narração





Tim Behemoth
Filhos de Tânatos
Mensagens :
159

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Morgana B. Cullen em Dom 09 Fev 2014, 22:46

                        But I can't compete with a she wolf who has brought me to my knees ♫
♣ Forest ♣

-Pareço respeitar regras?-Diz a loira, e, antes Dellario pudesse responder, a estranha continua:
-Sou filha da morte, acho que apunhalar alguém, sozinha e desarmada seria engraçado-Dá mais uma tragada no cigarro e gira a faca na mão, logo em seguida a arremesando na árvore onde a indefinida está. Se abaixa, puxando a faca da árvore e, quando Courtney encara a estranha, conseguindo perfeitamente mascarar sua expressão, a filha da morte diz:
-Não sei se estou disposta a ficar discutindo com uma indefinida metida a "corajosa".-''Pode até ser filha da morte'', Courtney pensa ''Mas não deixa de ser uma vadia''.
-Se quiser conversar, comece por seu nome-A loira fita Dellario, tragando mais uma vez eu cigarro e analisando sua tatuagem nova.
Courtney engole o palavrão que está prestes a falar, se levantando e fechando seu exemplar de ''Jogos Vorazes''. Fita a filha da morte, ainda com o nariz empinado e o desprezo em seu olhar.
-Me chamo Courtney Dellario-Responde a loira, o desprezo quase palpável.


notes: alguma ; tags: com quem você tá falando? ; vestindo: isso; Thanks Maay From TPO.
Morgana B. Cullen
Indefinido
Mensagens :
22

Localização :
Cemitério.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Tim Behemoth em Seg 10 Fev 2014, 09:55

Cigarrets


— Me chamo Courtney Dellario
Falou a garota, em um tom de  desprezo. Annie sorriu arrogantemente. Annie soltou um suspiro longo, buscando um outro cigarro. Guardou a faca, para ver se deixava a indefinida mais tranquila, e assim colocou o cigarro nos lábios, o acendendo com um isqueiro, aparentemente novo. "O que acontece se eu matá-la mesmo?" Falou internamente, mas logo afastou o pensamento. Tragou o cigarro, a fumaça soltando enquanto falava

— Você já percebeu que não sou muito amigável. E também já percebeu que morrer é rápido e fácil por aqui. Então, vou me oferecer para ajudá-la, embora não acredito que vá aceitar. Sou Annie Nightshade.  — O tom da loira se mantinha baixo e mais calmo que a situação lhe cobrava. Antes que Dellario falasse, ela continuou — Também sei que você,  mascarando todo esse medo que está sentindo, vai cair logo nas mãos do Nate, e não quero que isso aconteça com alguém que pode ser minha amiga.

A voz da garota continuava a ter o mesmo tom irritantemente monótono. Ela havia levantado com a menina, e assim dava de se ver a diferença de 10 centímetros de altura, com vantagem para a prole de Thanatos. Ela arregaçou as mangas, exibindo a pele muito branca, marcada por cicatrizes de batalha e por mais algumas tatuagens. Logo, Annie sorriu com o cigarro preso ao lábio, e estendeu a mão para que Courtney pudesse apertar.  A mão esquerda deslizou para o cigarro, tirando-o dos lábios e soltando a fumaça.

— Você fuma? — Perguntou, voltou o cigarro pros lábios e colocou a mão no bolso, mas ainda mantendo a mão direita erguida para que ela apertasse.


Armas & Poderes:

Armas
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]



Nenhum Poder foi usado no decorrer dessa narração




Tim Behemoth
Filhos de Tânatos
Mensagens :
159

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Fleur K. Hallingdahl em Seg 10 Fev 2014, 12:07

Like a Stone
falo nada :v

Fleur endireitou ainda mais os ombros, sentindo a tensão acumular nos músculos de seu corpo.

Enquanto absorvia as palavras da garota, o incômodo e a intriga que sentia apenas aumentavam. Não podia negar que cada uma de suas observações continha um fundo de verdade.

E mais uma vez a desconhecida pegou Fleur de surpresa ao sentar-se no chão, próxima a ela. Normalmente as pessoas evitavam ao máximo ter contato com a semideusa; e as que tinham, logo perdiam o interesse e se afastavam, ao perceber que a holandesa não era uma pessoa muito amistosa. Mas ao contrário dos demais, a outra não parecia estar incomodada com o jeito antipático da prole de Melinoe. E Keehl, por sua vez, também não podia negar que um certo interesse pela semideusa surgia em seu âmago. Algo realmente inédito.

Sem nem ao menos perceber exibia um semblante sério e pensativo, fixando seu olhar no da outra. Porém antes que o silêncio se tornasse desconfortável mais uma vez, a holandesa tratou de livrar-se dos devaneios que fazia.

Suposições? Poderia ser um joguinho interessante... e Fleur também sabia brincar.

▬ Você é observadora. Impetuosa. Mas está decaindo dia após dia, obsoleta. E que tem agido como uma completa idiota, eu diria. ▬ deu de ombros, mas logo percebeu o comentário desrespeitoso que havia feito e tratou de explicar ▬ Você sente frio. E mesmo assim não colocou roupas quentes. Estúpido. ▬ concluiu, revirando os olhos.

Cada um dos comentários feitos pela prole da deusa dos fantasmas era óbvio. Se não fosse observadora, não conseguiria tirar conclusões tão exatas sobre alguém que não conhecia. Se não fosse impetuosa, saberia controlar melhor a língua. E seu corpo magro e flácido denunciava o estado obsoleto de completa exclusão que vinha mantendo.

Por fim mordeu o lábio inferior, ponderando sobre se deveria ou não se apresentar formalmente. Aquele diálogo entre elas já havia durado muito mais do que qualquer outro que a semideusa já havia tido com alguém além de seu irmão.

▬ Fleur Hallingdahl. Bastarda de Melinoe ▬ murmurou quase num sussurro, relaxando os ombros e abraçando as pernas.

Seu olhar em nenhum momento se perdeu ao da desconhecida, analisando-a silenciosamente.

Itens Levados:

• Colar de Topázio [Com o auxílio desse colar o filho de Melinoe poderá invocar um fantasma para lutar ao seu lado; ele tem duração de quatro posts e só pode ser usado uma vez por missão. Os poderes utilizados por este são os mesmos dos filhos de Melinoe, mas se limitam até o nível 15, além de possuir o poder forma etérea e ter uma resistência um pouco maior em relação aos demais fantasmas] [Presente de Melinoe] [pescoço]

• Corrente Espectral [Essa arma é abençoada pela Deusa dos fantasmas e possui certos atributos, os quais são um controle de visibilidade e intangibilidade. Ambos só podem ser utilizados uma vez por missão, e há gasto de energia. Sendo assim, você pode atacar um inimigo utilizando seu controle de visibilidade para que ele não veja seu ataque, e utilizar o controle de intangibilidade para desobstruir qualquer defesa física, como escudos. Há cada essência de alma absorvida por essa corrente tornará mais forte o ataque do filho de Melinoe. -Almas Coletadas: 0- ] [enrolada e presa no cós da calça jeans]



Template by thepiscina from TdN.


Fleur K. Hallingdahl
Filhos de Melinoe
Mensagens :
28

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Marie A. Smith em Seg 10 Fev 2014, 18:44


And now you're just a ghost...

Os cabelos de Marie começavam a lhe incomodar, visto que eram soprados pelo vento e roçavam em seu pescoço, configurando um estranho estado de agonia para a semideusa. Levou suas mãos à cabeça e tratou de fazer um coque despenteado, mantendo o olhar da desconhecida em todo momento. Tinha que admitir que chegara a fechar a expressão ao perceber a indelicadeza na fala da morena, mas percebeu que era verdade. Seus dedos, por exemplo, estavam ficando sem tato, mas não se importava. A dor ou a falta dela eram coisas desinteressantes. Não era preciso sentir. Ouviu quando a desconhecida se apresentou, tornando-se finalmente conhecida. Deu de ombros e aprumou-se, avaliando-a por uma última vez. Então, em um ato descontraído, estendeu a mão aberta, tentando ao máximo retrair sua aura.

▬ Marie Smith, filha de Phobos, neta de Ares e Afrodite, essas coisas. Sangue divino é o que não falta em minhas veias, por assim dizer. ▬ Ela abriu um sorriso. Algo na outra lhe chamava a atenção e era identificável. O jeito retraído era típico de alguém que estivera em exclusão também, mas quem poderia saber? Baixou a mão e passou a outra pelo pescoço, apalpando alguns fios rebeldes que se desprendiam do coque improvisado. ▬ Então... A bastarda realmente tem alguém pela qual daria a vida, correto? Suposições são legais quando a pessoa nos responde se acertamos ou não e... Eu supus primeiro. ▬ Repetiu a pose observada, abraçando as pernas, em uma tentativa de manter o calor em si. ▬ E não foi estupidez sair sem roupas quentes. Eu já estava do lado de fora, tive preguiça de voltar. ▬ A loira voltou a sorrir, tentando encorajar Fleur a falar um pouco. No fundo, ambas ansiavam por contato humano e Marie desejava romper seu ciclo de interações apenas com os meio-irmãos.

observações:
Considerar o seguinte poder:
♦ Coragem [Nível 3]: O semideus é filho do próprio medo, portanto, jamais teme. É incapaz de sentir medo durante a batalha, tendo coragem suficiente para enfrentar qualquer oponente. Quando o inimigo for de nível superior, a força de ataque do semideus dobra (válido para dois turnos).


TEMPLATE BY IAN do OOPS!
Marie A. Smith
Filhos de Phobos
Mensagens :
97

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Fleur K. Hallingdahl em Sex 14 Fev 2014, 09:47

Like a Stone
falo nada :v

Fleur não ousava encarar a garota nos olhos.

Falar sobre Mihael para alguém desconhecido era algo que a incomodava. Talvez porque não costumasse falar com desconhecidos.

Por alguns instantes a prole de Melinoe remexeu em seu colar, ponderando sobre a resposta que daria. Já devia ter ficado óbvio para a outra semideusa que a garota era de poucas palavras - palavras essas muito bem escolhidas antes de serem ditas. Por fim pigarreou, afim afastar os devaneios que insistiam em prender-lhe.

▬ Meu irmão. Gêmeo. ▬ respondeu, moderando as palavras e ainda encarando o topázio que carregava no peito. ▬ É o único motivo para eu estar nesse... lugar. ▬ concluiu com desprezo puro na voz.

Resolveu então encarar a loira. Observando-a melhor, Fleur notou que o tempo não deveria estar favorecendo-a tanto. Parecia já ter sido bonita, mas hoje essa não era uma boa maneira de representá-la. A holandesa pensava não estar num estado muito melhor. Passava a maior parte do tempo no chalé, lendo algum livro. Sempre fora magra, mas agora isso parecia estar ainda mais acentuado, já que mal fazia duas refeição por dia. Por um momento sentiu um aperto no peito. Não era agradável refletir sobre a maneira como se comportava e "vivia" nos últimos tempos.

▬ E você, senhorita Smith? Concorda com minhas suposições? ▬ falou a prole de Melinoe, afastando os pensamentos incômodos de sua mente.

Sinceramente não se importava com as suposições. Estar certa ou errada sobre Marie não fazia diferença para ela.

Off:
Desculpa pela demora pra postar. x_x
Beijos, te amo <3 q

Itens Levados:

• Colar de Topázio [Com o auxílio desse colar o filho de Melinoe poderá invocar um fantasma para lutar ao seu lado; ele tem duração de quatro posts e só pode ser usado uma vez por missão. Os poderes utilizados por este são os mesmos dos filhos de Melinoe, mas se limitam até o nível 15, além de possuir o poder forma etérea e ter uma resistência um pouco maior em relação aos demais fantasmas] [Presente de Melinoe] [pescoço]

• Corrente Espectral [Essa arma é abençoada pela Deusa dos fantasmas e possui certos atributos, os quais são um controle de visibilidade e intangibilidade. Ambos só podem ser utilizados uma vez por missão, e há gasto de energia. Sendo assim, você pode atacar um inimigo utilizando seu controle de visibilidade para que ele não veja seu ataque, e utilizar o controle de intangibilidade para desobstruir qualquer defesa física, como escudos. Há cada essência de alma absorvida por essa corrente tornará mais forte o ataque do filho de Melinoe. -Almas Coletadas: 0- ] [enrolada e presa no cós da calça jeans]



Template by thepiscina from TdN.

Fleur K. Hallingdahl
Filhos de Melinoe
Mensagens :
28

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Morgana B. Cullen em Sex 14 Fev 2014, 17:02

                                                                                                                                Cause two can keep a secret if one of us is dead ♫
♣ Forest ♣
-Você já percebeu que não sou muito amigável. E também já percebeu que morrer é rápido e fácil por aqui. Então, vou me oferecer para ajudá-la, embora não acredito que vá aceitar. Sou Annie Nightshade.-Annie responde a Courtney. Começa a tragar outro cigarro, e guarda a adaga na bota. Dellario fica aliviada, e deixa isso transparecer por um tempo, até se recompor e voltar a empinar o nariz.
-Também sei que você,  mascarando todo esse medo que está sentindo, vai cair logo nas mãos do Nate, e não quero que isso aconteça com alguém que pode ser minha amiga.-A voz de Nightshade ainda é monótona. A prole de Thanatos se levanta junto coma a indefinida, deixando a diferença de altura clara. Annie arregaça as magnas, revelando uma pele pálida e com variadas cicatrizes. Estende a mão direita para Courtney, que a aceita. Na outra mão traga o cigarro, e pergunta á indefinida:
-Você fuma?-
-Não-Courtney a responde-Nunca fumei em minha vida...



notes: Post 004; tags: Annie Nightshade ; vestindo: isso; Thanks Maay From TPO.
Morgana B. Cullen
Indefinido
Mensagens :
22

Localização :
Cemitério.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Tim Behemoth em Sab 15 Fev 2014, 10:01

Smoke


— Não. Nunca fumei em minha vida...

Foi o que Nightshade recebeu como resposta. Annie fez que sim, soprando a fumaça para o outro lado. Deixou a mão que Courtney apertara cair. Sentou-se por fim, fazendo menção para que a loira fizesse o mesmo. Apagou seu cigarro na terra, puxando outro em seu bolso,  acendendo-o no ar. Acariciou os lábios com o dedo indicador, esperando que ela sentasse para falar.

— Experimente. Não é droga  —   Não nos reais termos sorriu para si, oferecendo-o para a menina — Não faça se não quiser. Mas novas experiências sempre são legais. Ah, é super normal se afogar na primeira vez, depois passa  

A voz da garota continuava a ter o mesmo tom monótono, mas com um pingo de diversão e alegrua. Uma bela nota musical estava tatuada em preto na parte interna do braço direito da garota, que segurava o cigarro no ar.

— E não, não vai te matar — Riu tranquilamente, antes que a mesma lhe perguntasse.

Armas & Poderes:

Armas
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]




Nenhum Poder foi usado no decorrer dessa narração




Tim Behemoth
Filhos de Tânatos
Mensagens :
159

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Morgana B. Cullen em Sab 15 Fev 2014, 10:10

                               
But I can't compete with a she wolf who has brought me to my knees ♫
♣ Forest ♣
Nightshade assente com a cabeça, soprando a fumaça para outro lado. Deixa a mão que a indefinida apertara cair, sentando-se no chão e fazendo um gesto para Courtney Fazer o mesmo. Dellario se assenta e observa Annie apagar seu cigarro na grama macia e pegar oytro, dizendo para a loira:
- Experimente. Não é droga-Oferece o cigarro para a indefinida-Não faça se não quiser. Mas novas experiências sempre são legais. Ah, é super normal se afogar na primeira vez, depois passa.
Sua voz continua a mesma, porém desta vez com certa alegria e diversão. Courtney olha para o cigarro insegura, e abre a boca para falar algo, porém a prole de Thanatos a imterrompe:
-E não, não vai te matar-Ri tranquilamente. Dellario por fim pega a droga, dando uma tragada. Dá algumas tossidas, pois meio que engolira a fumaça:
-Como você consegue fumar isso?-pergunta, ainda tossindo-É muito ruim.



notes: alguma ; tags: com quem você tá falando? ; vestindo: isso; Thanks Maay From TPO.
Morgana B. Cullen
Indefinido
Mensagens :
22

Localização :
Cemitério.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Amy C. Hill em Qua 19 Fev 2014, 11:47



Pain and Death



Silenciosa e sombria, a floresta do acampamento sempre era um bom lugar para se ir a noite. As plantas ao meu redor morriam com a minha aproximação, flores murchavam, folhas de árvores caíam em um círculo perfeito em volta do meu corpo. Sentei-me sobre a grama morta e aguardei a semideusa cuja chegada me havia sido alertada por Nêmesis. Treinar alguém estava absolutamente fora dos meus planos, mas eu não podia negar um pedido da deusa da vingança.

A tristeza e medo emitidos por mim tornavam o ar carregado enquanto eu esperava. Minha cabeça doía, quando meus pensamentos vagavam e tentavam voltar para a época em que eu havia morrido, para a época apagada de minhas memórias. Como era possível eu estar naquele lugar, totalmente bem, se eu havia sido assassinada? De que forma eu havia voltado a viver, sendo isso algo impossível, ou ao menos muito improvável? Perguntas como essas faziam apenas com que minha cabeça doesse mais, e eu parava de pensar nelas.

Peguei minha adaga e comecei a girá-la em minha mão, aguardando a chegada da garota.

Armas Levadas:
♦ {Eberfänger} / Adaga [Também conhecida como Adaga Presas de Javali, essa arma possui trinta e cinco centímetros, e uma lâmina sinuosa,  com uma espécie de pescoço, feita de prata. Seu cabo é em madeira, entalhado para se encaixar perfeitamente nas mãos da dona. O dano causado por essa arma é tanto de perfuração quanto de corte, por possuir uma ponta bastante afiada, assim como seus gumes. Por ser uma adaga, é leve - trezentas gramas - e fácil de ser escondida, facilitando os golpes rápidos e furtivos. Acompanha uma bainha de couro.] {Prata, Madeira e Couro} (Nível Mínimo: 01) {Não controla nenhum elemento} [Forjado por Harry S. Sieghart]

Poderes Usados:
Baldado {Nível 02} - Simplesmente ao passar por alguma pessoa, animal, plantas, a felicidade desaparecerá. As plantas murcham e o ar se torna pesado. A tristeza tomará conta de tudo e todos que estiverem ao seu caminho. Pode levar a melancolia e a depressão.


Amy C. Hill
Filhos de Tânatos
Mensagens :
107

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Vicka L. Danniels em Qua 19 Fev 2014, 12:40


 

 


 
Lonely person


 
A Floresta do Acampamento Meio-Sangue tinha um tom meio melancólico na fraca luz do luar. Vicka não esperava ter que adentrar naquele lugar, tão parecido com a sombria mata de seus sonhos. Respirou fundo, lembrando-se de que ali haviam perigos e talvez uma pessoa prestes a lhe matar. Ótimo, ela pensou. Por um momento, o flash de uma lembrança passou por sua mente: o rosto de sua mãe ensaguentado e sem expressão, pois estava morta. Balançou a cabeça, afastando aquela memória. Ela volta se você pensar naquela noite.

Quando entrou na perigosa floresta, se sentiu, por um momento, perdida. Onde encontrar a tal pessoa? Olhou para o chão, e viu uma trilha parecida com algo chamado "morte", já que foi essa palavra que veio em sua mente. Seguiu aquele rastro de podridão, e chegou até uma figura solitária naquele cenário. Por instinto, levou sua mão até a espada que repousava em sua cintura, mas logo a tirou de lá. Sentiu a bainha da adaga de prata bater em sua pele, porém, não demonstrou isso. A lamina mais longa poderia ser vista, e a mais curta ficaria escondida, coberta por sua calça jeans e presa em seu tornozelo.

Ao se aproximar da pessoa, não disse nada, apenas constou que era uma garota. Sua cabeça pareceu explodir, e ela soube quem estava fazendo aquilo. Não era uma pessoa, tampouco um monstro. Não tinha nome, era um ser medonho, capaz de matar sem hesitar, talvez sem humanidade suficiente para tal sentimento. Vicka também não hesita na hora da matança, mas... não é tão ruim quanto aquela coisa. E o pior, é que ela fazia parte de si. Era quase ela mesma.
 

 
Adicionais


Itens:
— Espada de Bronze Sagrado

— {Maximum} / All-Stars [All-Stars brancos com detalhes pretos. Ao comando de seu dono, estes materializam asas brancas nos calcanhares] {Nenhum Material} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento}  [Recebimento: Presente de Reclamação de Hermes]

—{Quick Cut} / Adaga [Uma adaga feita de prata comum. Ela sempre tem um líquido verde na lâmina. É o veneno de George e Martha. Quando o veneno entra em contato com o sangue de alguém, ele faz com que a pessoa perca uma quantidade média de HP por turno e fique mais lento. Vem junto de um pequeno suporte (bainha) adaptável à cintura, pernas ou tornozelos] {Prata} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hermes]
Poderes:
Sem apelação agora. :vidaloka:qqqnnn


  Thanks, Thiago Leveck.
Vicka L. Danniels
Filhos de Hermes
Mensagens :
280

Localização :
I must've follow the golden leaves road... But then, the fallen angel showed me the sin, and a sinner I became.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Amy C. Hill em Qua 19 Fev 2014, 22:39



Pain and Death



Pude sentir a garota se aproximando muito antes de ela chegar perto de mim. Eu podia sentir e ver sua aura de morte, a aura de alguém que carregava sangue nas mãos. Mas ela era uma real assassina ou as circunstâncias a fizeram matar, tornando-a assim? Se ela realmente matasse por querer, facilitaria muito minha tarefa de treiná-la. Quando a semideusa chegou ao local, nada falou, apenas ficou parada, como se esperasse que eu falasse primeiro. Um sorriso psicopata traçou meus lábios.

- Foi esperta em não sacar sua arma, afinal, não é inteligente empunhar uma espada contra alguém que você não conhece. Agora, façamos o seguinte. Se apresente. Não é educado  ficar parada como está, sem dizer nada. – Minha voz estava carregada por um tom sombrio, e eu deixei que minha aura se libertasse, para intimidar e amedrontar a garota. Claro que com um piscar de olhos eu poderia fazê-la ver seus piores medos, mas não faria isso. Eu estaria provocando alguém desconhecido, que poderia vir a se tornar minha inimiga, e eu não subestimaria a garota.

- Vou começar as apresentações. Sou Amy Christine Hill, prole de Thanatos. Você é a enviada de Nêmesis, certo? – Perguntei-a, sem o tom sombrio dessa vez. Minha adaga continuava dançando entre meus dedos, e seu movimento me distraía, enquanto eu esperava a resposta da semideusa.

Armas Levadas:
♦ {Eberfänger} / Adaga [Também conhecida como Adaga Presas de Javali, essa arma possui trinta e cinco centímetros, e uma lâmina sinuosa,  com uma espécie de pescoço, feita de prata. Seu cabo é em madeira, entalhado para se encaixar perfeitamente nas mãos da dona. O dano causado por essa arma é tanto de perfuração quanto de corte, por possuir uma ponta bastante afiada, assim como seus gumes. Por ser uma adaga, é leve - trezentas gramas - e fácil de ser escondida, facilitando os golpes rápidos e furtivos. Acompanha uma bainha de couro.] {Prata, Madeira e Couro} (Nível Mínimo: 01) {Não controla nenhum elemento} [Forjado por Harry S. Sieghart]

Poderes Usados:

Passivos

Baldado {Nível 02} - Simplesmente ao passar por alguma pessoa, animal, plantas, a felicidade desaparecerá. As plantas murcham e o ar se torna pesado. A tristeza tomará conta de tudo e todos que estiverem ao seu caminho. Pode levar a melancolia e a depressão.

Visão Sinistra {Nível 12} - O semideus adquire sentidos de morte mais apurados e passa a perceber o sobrenatural pelo prisma da Morte. Ele enxerga o fardo da morte ao redor de uma pessoa: não a probabilidade de morrer (a menos que o indivíduo tenha uma doença terminal), mas com que frequência ele se associou (consciente ou inconscientemente) aos mortos ou aos agonizantes. Aqueles que perderam muitos entes queridos ou que mataram muitas pessoas costumam carregar fardos mais pesados. Este sentido também se aplica a coisas e lugares. Usando este clássico, o semideus é capaz de perceber o pesar de uma pessoa devido a uma perda recente e manipular a vulnerabilidade emocional do indivíduo. Pode ser usado para identificar assassinos que tenham disfarçado seus crimes para que não fossem descobertos (mas o clássico não revela os pormenores do assassinato: revela apenas que o alvo tem sangue nas mãos). Esta visão não funciona com pessoas que não se lembram das perdas ou não reconhecem-nas. O poder também serve para diferenciar um morto de um não morto, ou seja, caso uma pessoa tenha se acidentado, podes ver se ela morreu ou ainda está viva. {New}

Autoridade Mortis {Nível 18} - Baseado no medo, melancolia e o pré-morte, sua voz agora tem um tom mais sinistro na audição alheia, e prenúncios de morte ou sentenças desta raramente serão questionadas. Embora você as manipule, elas não serão — necessariamente — verdadeiras. (Os mais fracos serão mais passíveis. Vale ressaltar que essa habilidade pode persuadir ao suicídio com bem mais facilidade, caso o filho de Thanatos seja uma Ferramenta) - Usei não como prenúncio de morte, mas para intimidar e causar medo;


Ativos


Aura da morte {Nível 05} - Os filhos de Thanatos nesse nível poderão liberar uma aura negra, que fará o inimigo hesitar, obrigatoriamente, em um ataque. Lembrando que somente uma vez por missão esse ataque falhará. {New} - Não usei como uma forma de obrigar o inimigo a hesitar, mas como um instrumento de intimidação para causar medo.


Amy C. Hill
Filhos de Tânatos
Mensagens :
107

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Vicka L. Danniels em Qui 20 Fev 2014, 00:00


 

 


 
Fear


 
Pela primeira vez em muito tempo, Vicka sentiu medo. Medo de muitas coisas, medos irracionais. Se lembrou de seus quatro anos, quando teve medo do monstro que supostamente morava abaixo de sua cama, e achou aquilo ridículo comparado ao seu pavor naquele momento. Sua vontade era de correr e se esconder, um instinto natural do ser humano. "Tememos o que não vemos." Mas a filha de Hermes podia constar a existência daquela menina com toda a certeza do mundo, e ainda sim a temia. Balançou a cabeça, tentando tirar aquela sensação de si. Não conseguiu. Por fim, decidiu ignorar.

Após um tempo, percebeu que ao se aproximar daquela tal Amy, suas emoções negativas aumentaram consideravelmente. Sentiu seu coração apertar numa tristeza sem fim por causa de sua mãe. Sentiu um frio na coluna, por causa de sua avó. Sentiu seu sangue ferver por causa das pessoas ruins quais matou. Mas qual era a definição de "ruim"? Vicka matou dezenas, só porque atrapalhavam seu objetivo. Isso não era ser vilã? Isso não era ser tão má quanto o resto das pessoas?

Mas tinha "aquela coisa". Ela matou muitos mais que Vicka. Mas no corpo da mesma. O que fazia da prole de Hermes uma assassina pior ainda?

Ainda estava insegura em relação a Amy, mas o medo gritou dentro dela, novamente. Medo era sinônimo dela. Manteve a face impassível, ocultando seus sentimentos, algo que sempre foi fácil para si, porém, naquele momento, quis se encolher e chorar. A emoção estava muito forte...

— Meu nome é Vicka. — Falou, por fim, antes que seu instinto natural vencesse sua teimosia em se manter plantada num lugar, mesmo que fosse algo completamente idiota e perigoso. — Filha de Hermes. Peço perdão pela minha falta de educação — mentira —, mas não posso revelar mais do que isso. Espero que entenda que os traumas do passado impedem que a confiança transborde de mim. — Deixou um sorriso irônico se exibir em sua face, no canto da boca. O medo ainda estava ali, e era muito bem guardado no seu interior. Não expresse o que sente, pensou.

A adaga girando na mão de Amy deixava Vicka mais nervosa ainda. O medo que sentia era quase insuportável, e a prole do patrono dos ladrões não sabia como conseguia olhar com tamanha indiferença para aquela lâmina. Voltou seus olhos azuis de volta para o rosto da filha de Thanatos, e se ligou de que ainda tinha mais uma pergunta à responder. Porém, aquele pavor, aquele desespero, fazia com que a coisa ruim no seu interior se agitasse. Agora não, implorou, nos pensamentos.

— Rezei para Nêmesis, pedindo ajuda na minha vingança. Você é quem ela me enviou?
 

 
Adicionais


Itens:
— Espada de Bronze Sagrado

— {Maximum} / All-Stars [All-Stars brancos com detalhes pretos. Ao comando de seu dono, estes materializam asas brancas nos calcanhares] {Nenhum Material} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento}  [Recebimento: Presente de Reclamação de Hermes]

—{Quick Cut} / Adaga [Uma adaga feita de prata comum. Ela sempre tem um líquido verde na lâmina. É o veneno de George e Martha. Quando o veneno entra em contato com o sangue de alguém, ele faz com que a pessoa perca uma quantidade média de HP por turno e fique mais lento. Vem junto de um pequeno suporte (bainha) adaptável à cintura, pernas ou tornozelos] {Prata} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Hermes]
Poderes:
Nada, de novo. '-'


  Thanks, Thiago Leveck.
Vicka L. Danniels
Filhos de Hermes
Mensagens :
280

Localização :
I must've follow the golden leaves road... But then, the fallen angel showed me the sin, and a sinner I became.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Bosque ♠ Local Público Oficial ♠

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 05:38

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 25 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 15 ... 25  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum