Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

• Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

• Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por Piotr Abramovich em Dom 13 Abr 2014, 17:56


Help! We need somebody...

Hunter, que sempre clamou por poder e pela atenção do pai, recebeu, em sonho, uma visita do próprio Héracles, que o enviou em uma missão especial: caçar e matar o Leão de Neméia.
Em outra ocasião, Calvin procurou pelo deus da força em sua morada no Olimpo, pedindo sua ajuda para amenizar a maldição fadada a ele por Hera. Héracles, pesaroso quanto à tarefa dada ao filho, jurou ajudar Calvin caso ele encontrasse e ajudasse Hunter em sua missão.
{Síntese da missão}
Primeiro turno
Nesta rodada, Héracles recorrerá a um de seus filhos, Hunter, e o incumbirá de uma missão que depois vê ser suicida, mas o tempo não lhe é suficiente para impedir que o filho desesperado por poder pare. Nesse meio tempo, Calvin buscará pelo deus da força, inimigo mortal de Hera, deusa que selou uma maldição em seu ex devoto. E, como recompensa por ir em busca de Hunter e evitar sua morte, Héracles atenuará os efeitos causados pela praga.
 ◊ 
Informações
► Local, horário e clima:
→ Acampamento Meio-Sangue, Long Island | Olimpo, Nova Iorque;
→ 9h e 50min no horário local;
→ Ameno | Temperado.
► Participantes:
→ Calvin Hewitt, filho de Héstia. Nível atual: 84
→ Hunter O'Laughlin, filho de Héracles. Nível atual: 8
► Objetivo do turno:
→ Mostrar o ponto de partida de cada um dos players, deixando clara a razão pela qual futuramente se encontrarão.

Leveck @ CG | Edited
Piotr Abramovich
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
1349

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: • Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por Carmine Honeycutt em Qui 17 Abr 2014, 17:55



Pai?!


"Estou sonhando", reconheci rapidamente, enquanto caminhava por uma trilha de passeio que parecia não ter fim. Assim como em qualquer outro sonho meu, a paisagem ao redor não tinha forma; era apenas um borrão de tons escuros que dificilmente prendia minha atenção. Focava apenas em correr pela trilha, sendo meu destino um breu eterno. Dentre meus sonhos loucos, aquele era um dos mais comuns.

Teria mantido aquele compasso durante todo meu precioso sono, se, em certo ponto da corrida, não me tivesse surgido uma figura musculosa com quase o dobro da minha altura. Um homem em seus trinta anos, com traços rústicos e cabelo escuro e comprido. A princípio, pensei ser uma espécie de halterofilista, pelo porte físico absurdamente avantajado. Ele vestia apenas uma tanguinha, o que seria engraçado se não mantivesse uma pose tão intimidadora, de braços cruzados e queixo erguido com imponência. Recuei, mirando seus braços enormes com certo desdém.

— Saudações O'Laughlin. — cumprimentou o homem. Sua voz ecoou pelo ambiente em um poderoso grave, que, mesmo em sonho, fez meus tímpanos vibrarem. Em essência, ele exalava um poder brando, que ressonava no ar de uma forma um tanto quanto familiar, mesmo nunca tendo experimentado a sensação anteriormente.

— Pai?! — apostei no primeiro palpite que me veio à cabeça, levando em conta a informação reunida mentalmente.

— Correto. — ele se aproximou um pouco, encarando-me sem sorrir, mas sustentando um olhar paterno que carregava certo afeto. — Sou Héracles, o deus da força.

A confirmação da minha suspeita me fez reparar nas características em comum que compartilhávamos. Ambos carregávamos maxilares largos e marcantes, e o mesmo quanto aos ombros. Parado ali daquele jeito, Héracles mantinha a mesma postura que eu costumava forjar quando queria passar uma imagem de valentão. 

Apesar do meu curto período de estadia no Acampamento Meio-Sangue, sabia que era comum semideuses terem experiências reais em sonhos. Só esse conhecimento foi capaz de me fazer acreditar que era realmente meu pai divino quem estava ali bem diante de mim, aquele que nunca cheguei a conhecer. Permaneci, então, silencioso, observando-o com respeito enquanto aguardava seu pronunciamento, o que não tardou.

— Preciso ser breve. — Héracles baixou os braços, com ar mais relaxado. Sua seminudez me deixava desconfortável, mas não me manifestei sobre isso, apenas dando espaço para que ele continuasse. — Há duas semanas eu enviei dois de seus meio-irmãos em uma tarefa... — o pesar em sua voz era evidente, e se tornou mais preocupante com a pausa que se sucedeu.

Cogitei consolá-lo com um tapinha no ombro ou algo do tipo, mas deixei a ideia de lado quando me dei conta que nem mesmo alcançaria seu cotovelo. Sozinho, ele se forçou a continuar.

— Eles só precisavam encontrar o Leão de Neméia, para que então eu pudesse matá-lo novamente. — sua voz retomara a firmeza anterior, quase ameaçadora. — É uma ritual que mantenho desde a antiguidade, exceto pelas vezes em que a fera foi abatida por algum semideus corajoso.

— E o que aconteceu? — questionei com inocência, unindo as sobrancelhas numa máscara de seriedade.

— Seus irmãos estão desaparecidos. Faz mais de uma semana que não recebo notícias, e eles haviam me prometido relatórios diários. — apesar da constante expressão rígida, Héracles ainda demonstrava uma centelha de pesar, principalmente em suas palavras. — Temo pelo pior.

Naturalmente, o pior em questão seria o fato de estarem mortos, devorados por uma fera milenar. Um fim terrível. Eu, particularmente, sempre desejei ser o mais poderoso do Chalé 24, mas a ideia nunca foi conquistar esse posto eliminando a concorrência. Realmente sentia muito por meus irmãos desaparecidos.

— Eu os conhecia? — perguntei, apenas para manter o diálogo aceso. A verdade é que sabia que não os conhecia. Se dois de meus companheiros de chalé desaparecessem, eu saberia.

— Provavelmente não. Não eram moradores do Acampamento, afinal. — confirmou Héracles, estreitando os olhos ao me encarar. Conclui que tentava encontrar uma razão para a pergunta, então não disse mais nada.

Baixei a cabeça e desviei o olhar para o borrão de cores que era o ambiente do meu sonho, acompanhando uma aurora boreal de tons pastéis que se desenrolava à minha esquerda. Tentava me mostrar distraído, para que Héracles percebesse e chamasse minha atenção para a verdadeira razão de ele estar ali.

— Hunter... Eu preciso de sua ajuda. — ele se inclinou para o lado para tentar captar meu olhar, o que me fez erguer a cabeça para encará-lo. — Seus irmãos podem estivar vivos, e, mesmo se não estiverem, ainda precisamos achar a fera.

Aquilo soou um pouco egoísta, admito. Já ouvira dizer coisas assim sobre os deuses, mas estava tudo mais claro agora. Isso, somado ao fato de Héracles ter mandado dois de seus filhos em uma missão suicida, me fez assumir uma postura receosa quando às figuras divinas. Agora ele estava repassando a tarefa para mim, é isso?

— Você precisa encontrar o Leão de Neméia, e, com isso, descobrir o paradeiro de seus irmãos. — ele prosseguiu, tentando soar mais brando, como se lesse meus pensamentos.

Ponderei por um momento. Está certo que Héracles não era o melhor pai do mundo, nem para mim, nem para meus meio-irmãos, mas ele estava me oferecendo a chance de me honrar perante a ele, pedindo um favor diretamente para mim. Eu não podia negar, podia? Meu lado pretensioso falou mais alto, e respondeu diretamente ao deus diante de mim.

— Eu faço. — foram minhas únicas palavras, simples e convictas.

— Ótimo. — Héracles comemorou, sem sorrir. — Agora me escute bem. Está quase amanhecendo e você precisa deixar o Acampamento antes que isso aconteça. Cuidado com as harpias. Você vai para o sul. Da última vez que tive notícias dos seus irmãos, eles estavam no Alabama, bem no extremo dos Apalaches. Não é a primeira vez que o Leão a encontrado na região da cordilheiras, provavelmente o relevo deve agradá-lo.

Movimentei a cabeça ligeiramente para trás, um pouco confuso pela quantidade de informações despejadas por Héracles. Reuni suas palavras mentalmente em uma rápida conclusão: fugir do Acampamento, agora; ir para o Alabama; procurar pelo Leão de Neméia e por meus irmão desaparecidos. Certo.

— Uma última pergunta... — anunciei, reunindo coragem para perguntar aquilo que não podia deixar de lado. — Por que você não usa roupas?

Héracles riu finalmente, um tanto desconsertado, e eu acordei.

ۻ
Os dez minutos que sucederam meu despertar foram bastante confusos. Me coloquei de pé num pulo, e saí recolhendo meus pertences mais importantes e agrupando-os em um alforje de couro. "Faca, confere; relógio mágico, confere; nariz de coelho, confere", enumerei mentalmente, antes de jogar algumas peças de roupa aleatórias por cima do arsenal, sem cuidado algum.

Tentei não fazer barulho, mas era inevitável. Até ouvi um resmungo de reclamação de uma companheira de chalé quando fechei a porta atrás de mim, saindo para a noite fria. A leste, uma faixa alaranjada no horizonte marcava o início do amanhecer. Contornei o Chalé 24 em passos silenciosos, mas apressados, e, abaixado, percorri na mesma velocidade até um amontoado de árvores.

"Estou ficando bom nisso", pensei enquanto transitava sorrateiro na orla dos limites do acampamento, checando alternadamente a movimentação das harpias de segurança, de longe. Me desviei vários metros antes do arco de entrada do Acampamento Meio-Sangue, amparando o alforje nos ombros enquanto serpenteava entre as árvores densas no caminho colina a baixo, rumo à estrada.

Naquele momento, o fato de não estar mais sob a segurança das fronteiras mágicas do Acampamento quase me fez hesitar. Dali para frente estaria sozinho, contra uma legião de criaturas monstruosas que adoraria provar do meu sabor.

Mas era o que eu queria: me aventurar por aí com uma mochila nas costas, com um objetivo traçado e um mérito a ser conquistado. Era o que eu faria, então. Com aquele pensamento, tomei um ônibus, o primeiro dos muitos que pegaria até o Alabama.





Considerações:
Arsenal:
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]


♦ {Opprimere} / Clava [Clava de bronze abençoada por Héracles. Essa arma é tão indestrutível quanto a pele do Leão de Neméia, porém, somente estará nessas condições se a vida de seu usuário estiver totalmente preenchida. Filetes de ouro envolvem partes dela, deixando-a com o brilho capaz de confundir o inimigo por uma rodada. Transforma-se em um relógio] {Bronze e Ouro} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Héracles]


♦ Nariz de Coelho [Encaixa-se perfeitamente no nariz do dono, saindo apenas quando puxado. É capaz de, quando utilizado, farejar odores que normalmente não seriam sentidos.]{Plástico, algodão e magia}(Nível Mínimo: 5)[Recebimento: Missão "Faro Infalível", por Héstia e att por Deimos]
Poderes:
Nenhum, até então.
Carmine Honeycutt
avatar
Filhos de Herácles
Mensagens :
76

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: • Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por Piotr Abramovich em Sex 18 Abr 2014, 13:20


Help! I need somebody...

— Está bem, eu vou. — disse Calvin, despedindo-se de Héracles, que, satisfeito, sorriu. Então, deixou sua morada no Olimpo e saiu pelo elevador, parando na cobertura do conhecido Empire States.
Em silêncio, montou em Europa depois de ajustar as alças da mochila mágica nas costas e apertar as amarras da Flor Guardiã, evitando qualquer tipo de complicação nessa parte. Segurando firmemente a crina alva do cavalo alado, Calvin cutucou-o nos flancos com os calcanhares, atiçando-o a voar; abriu as asas e lançou-se no ar, numa altura considerável para que os mortais não os vissem voando. 
O filho de Héstia fora enviado numa missão incomum: buscar por um semideus de Héracles que buscava pelo leão de Neméia, inimigo milenar de seu pai, que, num momento descerebrado, mandara o pobre filho fazer o trabalho sujo.
Pondo a honra em primeiro lugar, o filho do deus da força aceitou a missão e partiu para o extremo inferior dos montes Apalaches, no estado do Alabama. Lá, o sumiço de outros dois semideuses fora constatado, e por isso Héracles mandou um terceiro filho para investigar, mas, na verdade, o encaminhou para a morte. Felizmente, Calvin estava disposto a ajudá-lo... desde que, em troca, fosse ajudado. O selo em suas costas era extremamente incômodo, e nada melhor que buscar por um inimigo de Hera para ter a maldição amenizada.
Calvin já tivera um encontro com Hera depois de sua briga. Ela, obviamente, não se mostrou compreensiva, e por isso ele recorreu ao filho de Zeus, inimigo da rainha do Olimpo desde os tempos antiquíssimos. Sendo assim, que mal teria?
Todavia, Héracles, ciente da burrada que fizera com seu filho, aproveitou a situação desesperadora de Calvin para consertar sua burrada. Enviou-o, portanto, em busca de Hunter.
Europa batia freneticamente suas asas, mantendo-se numa velocidade constante no ar, cortando-o como uma bala de canhão. Calvin tinha pressa, sim, mas atravessar alguns estados não era não rápido nem fácil. Não só por ele, mas pelo pégaso que também se cansava. 
Independente disso, a viagem não era impossível, e por isso Calvin persistiu.

Info:
Equipamentos:
ˠ {Loading} Mochila [Uma mochila de couro com desenho de uma chama, resistente ao fogo, com a capacidade de armazenar 10 itens independentes de seus tamanhos.] {Couro} [Presente de aniversário de Hera & Zeus] {Nas costas}
ˠ {Zarr} / Chigiriki [Uma chigiriki relativamente comum, a não ser pelo fato de possuir a corrente retrátil, o que faz com que ela fique extremamente comprida ou que tenha o uso extirpado, acabando por deixar a arma na forma de um porrete. O peso na ponta da corrente é inteiramente feito por bronze sagrado, assim como os espinhos existentes nele. Além disso, o armamento tem a capacidade de manipular o fogo, servindo como um complacente suporte para o seu dono.] {Bronze Sagradol} (Nível Mínimo: 47) {Controle sobre o Fogo} [Recebimento: Missão Labirinto] {Na mochila}
ˠ {Flor Guardiã}/ Armadura [Por proteger os quatro filhos perdidos de Perséfone, Solomon ganhou esta armadura diretamente da Rainha do Mundo Inferior. É uma armadura completa, negra, feita de titânio, o que caracteriza leveza e resistência, com entalhes de flores por toda a sua extensão. Ela exala um aroma que, mesclado ao odor de semideus, inibe tal substância, proporcionando um disfarce ótimo. Se transforma num colar de prata com pingente de rosa negra.] {Titânio} (Nível Mínimo: 10) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Comprado de Solomon Colt] {Vestida}
ˠ Pílulas Instigadoras [Feitas a base de restos de lestrigão, proporcionam um desempenho melhor ao semideus, concedendo-o um aumento nos atributos semelhantes ao do monstro, como força, destreza, etc. São doze pílulas que tem efeito de dois turnos.][Contador: 12] [Recebimento: Comprado de Christopher Mason] {Na mochila}
ˠ {Bunm} / Colar [Com a corrente feita de bronze e o amuleto de ferro estígio, o colar proporciona ao dono um teletransporte rápido através da sombra. Deve ser tirado do corpo após o uso] {Bronze e ferro estígio} (Nível mínimo: 10} [Recebimento: Missão] {Na mochila}
ˠ {Look} / Óculos [Proporciona ao portador uma visão vasta, à longa distância] [Recebimento: Missão] {Na mochila}
habilidades:
passivas:
Todas as dos filhos de Héstia.
ativas:
--


Leveck @ CG | Edited
Piotr Abramovich
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
1349

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: • Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por Piotr Abramovich em Sex 18 Abr 2014, 23:43


Help! We need somebody...

Segundo turno
Nesta rodada, Hunter já estará na região indicada pelo pai, onde o leão de Neméia reside. Furtivamente, buscará pelo monstro, e, ao mesmo tempo, Calvin chegará no sul dos Apalaches, indo ao encontro do semideus em missão suicida.
 ◊ 
Informações
► Local, horário e clima:
→ Montes Apalaches, Alabama;
→ 15h 46min no horário local;
→ Ameno;
► Participantes:
→ Calvin Hewitt, filho de Héstia. Nível atual: 84
→ Hunter O'Laughlin, filho de Héracles. Nível atual: 8
► Objetivo do turno:
→ Relatar, quase que simultaneamente, o encontro de Calvin com Hunter e de Hunter com o leão de Neméia.

Leveck @ CG | Edited
Piotr Abramovich
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
1349

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: • Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por Carmine Honeycutt em Qua 30 Abr 2014, 13:53



MIAU!


À medida em que eu avançava floresta a dentro, o manto de gimnospermas parecia se alongar à minha frente. Poderia afirmar sua infinidade, se não fosse pelo relevo que se erguia acima de mim, rompendo a paisagem com toda sua exuberância.

O Alabama me pareceu um local interessante, atraente à minha visão simplória de vida, mas não tive tempo para curtir o ambiente. Cruzei o país inteiro em três coletivos diferentes, o que levaram quase vinte e quatro horas, rendendo-me tempo para um bom cochilo e uma baita dor no pescoço. De qualquer forma, eu chegara ali ileso, até então. Um milagre em padrões semideuses.

Massageei a nuca com força, exercitando a cabeça de um lado pro outro. Caramba, aquilo doía. Mantive o caminhar lento para me poupar do cansaço extremo, enquanto dava os primeiros passos ao longo do terreno inclinado. Olhei para cima, bem no alto, onde a cordilheira dispunha de picos tão íngremes que já me davam um frio na barriga.

Sacudi a cabeça e segui em frente, norteando-me pela margem dos Apalaches. Cá estava, no local exigido pelo enunciado de Héracles. Esquadrinhei o cenário com exímia atenção, procurando por alguma pista sobre o paradeiro dos meus irmãos desaparecidos ou do bichano de Neméia.

Pegadas? Tufos de pelo? Restos mortais? Nada. Teria que ser da maneira difícil. Com um suspiro de relutância, saquei da mochila meu item mágico menos favorito, o focinho de coelho. Posicionei-o adequadamente no nariz, agradecendo mentalmente por não haver ninguém ali para ver a cena.

Ao fim do processo, dei uma fungada de teste, e fui tomado por uma pequena diversidade de odores que anteriormente não percebia: o cheiro de pinho vindo da floresta era mais forte, os gases industriais dissolvidos no ar podiam ser detectados, o chulé que exalava da minha bota de caminhada era perceptível, mesmo calçado. Normalizei a respiração e dei continuidade à caminhada, focando a atenção nos novos odores.

Somente vários minutos mais tarde, quando os primeiros sinais de cansaço se fizeram presentes, acompanhados pelo suor que empapava minha camiseta, notei um odor diferente no ar. Parecia ferrugem, mas um pouco adocicado. "Sangue", pensei. Um lapso de uma euforia urgente tomou meu corpo, arrastando-me no rastro do cheiro. Tropeçando pela lateral de uma montanha, encontrei a primeira pista: uma enorme mancha de sangue seco na superfície de um pedregulho plano. Arquejei, concluindo mentalmente que quem quer que perdera aquela quantidade de sangue, não sobrevivera para contar a história. Adiante, o relevo torna-se mais íngreme, o que me impedia de seguir caminhando.

Com certo receio, me aproximei da pedra ensanguentada, observando-a com os olhos vidrados. Não pude deixar de pensar que aquele sangue poderia pertencer a um dos semideuses desaparecidos, um de meus meio-irmãos. Toquei a pedra com as pontas dos dedos e olhei ao redor, dando mais uma farejada. O cheiro do sangue quase abafava os demais odores, mas ainda conseguia perceber algumas nuances. Um em especial me chamou atenção. Parecia o cheiro dos pet shops, onde o cheiro característicos dos animais visitantes acaba impregnando com o tempo.

Olhei uma última vez para a pedra e dei-lhe as costas, tentando me concentrar naquele cheiro e em sua origem. Pensei estar tendo sucesso quando senti o cheiro se intensificar, como se eu conseguisse destacá-lo quanto aos demais. Engano meu. Num momento de epifania, percebi que, na verdade, era a origem do cheiro que se aproximava, e o tornava mais intenso.

Só tive tempo de pular para longe da pedra ensanguentada, o que quase me rendeu uma queda de algumas dezenas de metros de altura, quando um felino enorme pousou sobre ela com baque surdo. Afastei as pernas para manter o equilíbrio, erguendo o olhar assustado para o Leão de Neméia à medida em que recuava instintivamente para fora do alcance de suas garras monstruosas. Sua juba e pelos corporais esvoaçavam em tons de dourado, como se acabasse de sair do banho-e-tosa.

A enorme fera me olhou nos olhos, mostrando os dentes pontiagudos, e eu congelei. O nariz de coelho em meu rosto não tornava o momento nem um pouco mais oportuno.





Considerações:
Arsenal:
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]


♦ {Opprimere} / Clava [Clava de bronze abençoada por Héracles. Essa arma é tão indestrutível quanto a pele do Leão de Neméia, porém, somente estará nessas condições se a vida de seu usuário estiver totalmente preenchida. Filetes de ouro envolvem partes dela, deixando-a com o brilho capaz de confundir o inimigo por uma rodada. Transforma-se em um relógio] {Bronze e Ouro} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Héracles]


♦ Nariz de Coelho [Encaixa-se perfeitamente no nariz do dono, saindo apenas quando puxado. É capaz de, quando utilizado, farejar odores que normalmente não seriam sentidos.]{Plástico, algodão e magia}(Nível Mínimo: 5)[Recebimento: Missão "Faro Infalível", por Héstia e att por Deimos]
Poderes:
Nenhum, até então.
Carmine Honeycutt
avatar
Filhos de Herácles
Mensagens :
76

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: • Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por Piotr Abramovich em Qua 30 Abr 2014, 15:36


Help? You need... me

A chegada de Calvin aos montes Apalaches foi de leve tardia. Por sorte ele usava seus óculos mágico e visualizara o babacão de Héracles de longe. Próximo dele, imponente sobre uma grande pedra, estava a maldita besta que preparava-se para mais um banquete de semideus. E, se Calvin quisesse impedir aquilo - e deveria impedir para Héracles conceder-lhe o que foi pedido -, deveria agir rápido. 

Europa, mesmo estando cansada, captou o perigo da situação e esforçou-se para bater freneticamente suas asas, voando até um ponto mais acima de Hunter e do leão. Calvin não se preocupou em ser visto pelo monstro, já que precisava, primeiramente, atrair sua atenção para que não investisse contra o semideus com narizinho de coelho.

Sendo assim, não hesitante, Calvin atirou uma dupla de bolas de fogo contra o leão, aproveitando tanto para roubar sua atenção quanto para feri-lo, o que, claro, não aconteceu, pois sua pele, como todos sabem - ou deveriam saber -, era extremamente resistente. Em conseguinte, Zarr foi empunhada e antes mesmo de ir ao chão através dum salto, Calvin liberou a corrente da arma, que atingiu 1,5m de comprimento. 

Dispensou Europa antes do leão de fato aparecer ali, talvez enfurecido ou talvez contente por ter mais um semideus para comer, e o pégaso não tardou em se afastar para recuperar a energia, afinal, a viagem até o Alabama foi cansativa. Calvin devolveu o óculos à mochila, presa nas costas por ambas as alças, e preparou-se. 

A mão direita segurava o cabo e a esquerda um ponto aleatório da corrente de bronze. Suas pernas estavam afastadas; uma posta à frente da outra para dar equilíbrio e sustentação ao corpo. E manteve-se estático, de costas para um precipício, concentrando-se enquanto o leão se aproximava.

Um único estalido foi ouvido quando Calvin dissipou-se em incontáveis fagulhas, teletransportando-se para o lado de de Hunter, levemente arfante. Fazia certo tempo que não praticava, então tivera sorte. Adiantou-se a falar com o filho do deus da força, explicando quem era e porque estava ali. Resumiu o resumo, pois o tempo que ganhara distraindo o leão não era muito grande.

— Alguma ideia pra derrotá-lo? — indagou, pondo-se mais longe de Hunter por conta do óbvio. Não podia esperar pelo leão junto do rapaz; seria idiota.

Info:
Equipamentos:
ˠ {Loading} Mochila [Uma mochila de couro com desenho de uma chama, resistente ao fogo, com a capacidade de armazenar 10 itens independentes de seus tamanhos.] {Couro} [Presente de aniversário de Hera & Zeus] {Nas costas}

ˠ {Zarr} / Chigiriki [Uma chigiriki relativamente comum, a não ser pelo fato de possuir a corrente retrátil, o que faz com que ela fique extremamente comprida ou que tenha o uso extirpado, acabando por deixar a arma na forma de um porrete. O peso na ponta da corrente é inteiramente feito por bronze sagrado, assim como os espinhos existentes nele. Além disso, o armamento tem a capacidade de manipular o fogo, servindo como um complacente suporte para o seu dono.] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 47) {Controle sobre o Fogo} [Recebimento: Missão Labirinto] {Na mochila}

ˠ {Flor Guardiã}/ Armadura [Por proteger os quatro filhos perdidos de Perséfone, Solomon ganhou esta armadura diretamente da Rainha do Mundo Inferior. É uma armadura completa, negra, feita de titânio, o que caracteriza leveza e resistência, com entalhes de flores por toda a sua extensão. Ela exala um aroma que, mesclado ao odor de semideus, inibe tal substância, proporcionando um disfarce ótimo. Se transforma num colar de prata com pingente de rosa negra.] {Titânio} (Nível Mínimo: 10) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Comprado de Solomon Colt] {Vestida}

ˠ Pílulas Instigadoras [Feitas a base de restos de lestrigão, proporcionam um desempenho melhor ao semideus, concedendo-o um aumento nos atributos semelhantes ao do monstro, como força, destreza, etc. São doze pílulas que tem efeito de dois turnos.][Contador: 12] [Recebimento: Comprado de Christopher Mason] {Na mochila}

ˠ {Bunm} / Colar [Com a corrente feita de bronze e o amuleto de ferro estígio, o colar proporciona ao dono um teletransporte rápido através da sombra. Deve ser tirado do corpo após o uso] {Bronze e ferro estígio} (Nível mínimo: 10} [Recebimento: Missão] {Na mochila}

ˠ {Look} / Óculos [Proporciona ao portador uma visão vasta, à longa distância] [Recebimento: Missão] {Na mochila}
habilidades:
Héstia:
passivas:
Todas.
ativas:
Bolas de fogo [1] - Consegue criar apenas duas esferas flamejantes nos palmos, mas não é possível manipular esse fogo da forma que quiser. As bolas não são muito danosas e, quando arremessadas, alcançam 2 metros. O MP gasto é 5 e pode-se utilizar o poder de dois em dois turnos.

Teletransporte ultimate [60] - Desenvolvendo a habilidade primária de transportar-se pelo fogo, o filho de Héstia consegue combustar e sublimar o próprio corpo, e então decompô-lo no ar. Assim, pode teletransportar-se de um canto à outro, por exemplo, sem necessitar da existência de fogo no lugar de partida e chegada. A habilidade precisa de um momento de concentração, o que a impede de ser usada no meio de uma luta. Essa concentração é diretamente proporcional à distância possível para se teletransportar: quanto mais tempo se concentra, mais longe o usuário consegue ir. {Novo}
Asclépio:
passivas:
Todas.
ativas:
--

Leveck @ CG | Edited
Piotr Abramovich
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
1349

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: • Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por Piotr Abramovich em Qua 30 Abr 2014, 15:39


Help! We need somebody...

Terceiro turno
Nesta rodada, depois de ser enganado, o leão de Neméia reencontrará Calvin e Hunter e investirá contra eles, provavelmente sua próxima refeição. Impedindo isso, os semideuses trabalharão juntos para vencer o monstro.
 ◊ 
Informações
► Local, horário e clima:
→ Montes Apalaches, Alabama;
→ 17h 12min no horário local;
→ Ameno;
► Participantes:
→ Calvin Hewitt, filho de Héstia. Nível atual: 84
→ Hunter O'Laughlin, filho de Héracles. Nível atual: 8
► Objetivo do turno:
→ Desenvolver a batalha de Calvin e Hunter contra o leão de Neméia.

Leveck @ CG | Edited
Piotr Abramovich
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
1349

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: • Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por Carmine Honeycutt em Sab 07 Jun 2014, 15:29



Outch!


Atônito, assisti ao desenrolar de um rápido combate entre o recém chegado e a enorme criatura. Levando em consideração o fato de aquele cara ter salvado minha pele, me surpreendi um pouco quando ele retornou, logo após distrair a fera, e em poucas palavras resumiu a história de como viera parar ali.

— Alguma ideia pra derrotá-lo? — Calvin, como se apresentou o cara, perguntou, posicionando-se adequadamente ao meu lado, porém afastado.

Ainda um pouco desnorteado pelos acontecimentos demasiadamente rápidos, observei-o com um olhar vago, enquanto registrava os fatos. Quando finalmente acordei para realidade com um sacudir da cabeça, minha atenção foi atraída por uma enorme figura emplumada que dobrava o contorno de um pico, seguindo velozmente em nossa direção.

Calvin berrou uma ordem, a qual não entendi bem. Pareceu-me algo como "Distraia-o!", então foi o que fiz. Desatei o relógio mágico do antebraço direito, que instantaneamente assumiu a forma de uma longa clava de bronze em minhas mãos, a qual insinuei na direção da fera com certo receio. O Leão de Neméia pareceu atraído pelo brilho do metal mágico, e me focou em seu trajeto.

Com um salto deveras assustador, a criatura se pôs à minha frente. Ela investiu uma mordida perigosa na altura de minha cabeça, mas consegui evitá-la sem muita dificuldade, pulando para dentro de sua guarda. Ergui a clava contra a dobra de uma de suas pernas dianteiras, mas o golpe ricocheteou inutilmente em seu couro resistente, forçando-me a recuar um passo pelo impacto de reação.

Ergui a clava para golpeá-la novamente, tentando impor mais força dessa vez, mas fui lento demais. Uma enorme pata repleta de garras me atingiu o flanco, atirando-me contra o paredão de pedra ao lado. Bati forte contra a superfície, e, mesmo com o aspecto resistente da minha pele, três cortes se abriram em minhas costelas, deixando minhas roupas em frangalhos empapados de sangue. Ainda que abalado pelo golpe, consegui ficar de pé, com as costas apoiadas nas pedras, rosnando de dor.

Novamente, Calvin berrou algumas palavras de incentivo que não cheguei a compreender, mas serviram para me obrigar a reunir forças e contra-atacar. Caí sobre um dos joelhos e escancarei a boca em um berro de fúria, que foi convertido num poderoso rugido felino, semelhante ao do próprio leão diante de mim. Se fosse humana, poderia apostar que a criatura teria erguido as sobrancelhas em sinal de ofensa. Então o Leão de Nemeia se curvou sobre as patas dianteiras e preparou o seu próprio rugido em resposta.




Considerações:
Arsenal:
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]


♦ {Opprimere} / Clava [Clava de bronze abençoada por Héracles. Essa arma é tão indestrutível quanto a pele do Leão de Neméia, porém, somente estará nessas condições se a vida de seu usuário estiver totalmente preenchida. Filetes de ouro envolvem partes dela, deixando-a com o brilho capaz de confundir o inimigo por uma rodada. Transforma-se em um relógio] {Bronze e Ouro} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Héracles]


♦ Nariz de Coelho [Encaixa-se perfeitamente no nariz do dono, saindo apenas quando puxado. É capaz de, quando utilizado, farejar odores que normalmente não seriam sentidos.]{Plástico, algodão e magia}(Nível Mínimo: 5)[Recebimento: Missão "Faro Infalível", por Héstia e att por Deimos]
Poderes:
Passivos:
Considerar todos até o Nível 8.
Ativos:
Rugido Nemeano (5): É o poder que realmente existia no Leão Nemeano, é o poder de seu rugido que derrubava e devastava lugares e matava pessoas, com sua potência e força. Porém, este poder apenas se assemelha ao do leão.
Carmine Honeycutt
avatar
Filhos de Herácles
Mensagens :
76

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: • Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por Piotr Abramovich em Sab 07 Jun 2014, 20:51


Help? You need... me

Perscrutei a movimentação de Hunter. Ele estava bem, mesmo mostrando-se imbecil por querer dar uma porrada na perna do leão de Nemeia. Era óbvio que não daria certo, então pra que tentou? Pra apanhar. Bobinho...
Minha perna esquerda deslizou para trás e eu fleti levemente os joelhos, dando uma base equilibrada para mim. Com as mãos livres ao deixar Zarr no chão, encetei uma movimentação calma e concentrada diante do busto. Assim, gradativamente, o ar nessa região começou a tremular até que, de abrupto, algumas labaredas surgiram. Elas intensificaram pequenos conjuntos que tomaram a forma de projéteis. Estava dobrando o fogo.
Parecia que Hunter lera minha mente, mas na verdade ele pensou o óbvio. Em nossas condições, conseguiríamos atacar o monstro somente se abríssemos-lhe a boca, e o que melhor do que um outro rugido de um macho para desencadear um do próprio leão? Então foi isso que Hunter fez. E ele também se posicionara perto de mim: mais para a diagonal esquerda, deixando nosso inimigo virado, de certa forma, para mim. 
Meus olhos semicerrados e vidrados no animal junto de minha atenção foram essenciais ali. Sucedendo o rugido alto e feroz do filho de Héracles, o leão de Neméia não hesitou em rugir também, numa resposta descontente. Esse momento, portanto, foi extremamente rápido. 
Estiquei o braço direito e imediatamente os projéteis flamejantes começaram a se mexer com velocidade. Eu conseguia controlar seu rumo, que era a boca do leão. Curvei minimamente os dedos e depois os estendi outra vez, a fim de acertar o caminho até o alvo. Evitei me preocupar com os rugidos, se não algo podia dar errado. Mas não deu.
Os dardos de fogo invadiram a grande boca do monstro e ocasionaram, pela quantidade, diversas queimaduras, tanto no interior da boca quanto no início da garganta. Atingira-o em cheio. Mas talvez não fosse suficiente para matá-lo. Pelo menos serviu para mantê-lo com a boca aberta quase que a todo momento, o que me permitiu investir uma segunda vez. 
Recuperei a chigiriki, pondo a corrente bastante esticada. Recobri a arma com fogo e num único movimento lancei-a na direção do leão desesperado com a boca seriamente queimada e, consequentemente, dolorida. Também o obrigava a me dar chance de ataque. 
A longa corrente enroscou-se nas patas dianteiras do animal, fazendo-o capotar de cara no chão. O fogo não afetava sua pele resistente, mas não dei importância. Tomando cuidado para não ser abocanhado, passei a corrente pelo pescoço do monstro duas vezes e comecei a puxar. Meus pés apoiaram-se na parte superior da cabeça e pescoço da vítima, de modo a não ser mordido por ele. 
Hunter se aproximou sem meu pedido e ajudou-me a puxar o cabo da chigiriki, apertando cada vez mais sua corrente de bronze no pescoço do leão. Assim, de uma forma bastante rápida - em razão da super força que o filho de Héracles, Hunter, possuía -, o bicho foi asfixiado e seu corpanzil perdeu toda rigidez. Sua respiração acalmou e seu desespero cessou. Morreu. 
— Amém. E valeu. — disse, ofegante. Soltei a arma e deitei o tronco no chão, cansado. Sozinho eu não teria conseguido, com certeza não. Pelo menos Hunter estava comigo. E estava a salvo, como Héracles me pedira. Só deveríamos ir embora o quanto antes.

Info:
Equipamentos:
ˠ {Loading} Mochila [Uma mochila de couro com desenho de uma chama, resistente ao fogo, com a capacidade de armazenar 10 itens independentes de seus tamanhos.] {Couro} [Presente de aniversário de Hera & Zeus] {Nas costas}

ˠ {Zarr} / Chigiriki [Uma chigiriki relativamente comum, a não ser pelo fato de possuir a corrente retrátil, o que faz com que ela fique extremamente comprida ou que tenha o uso extirpado, acabando por deixar a arma na forma de um porrete. O peso na ponta da corrente é inteiramente feito por bronze sagrado, assim como os espinhos existentes nele. Além disso, o armamento tem a capacidade de manipular o fogo, servindo como um complacente suporte para o seu dono.] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 47) {Controle sobre o Fogo} [Recebimento: Missão Labirinto] {Em mãos}

ˠ {Flor Guardiã}/ Armadura [Por proteger os quatro filhos perdidos de Perséfone, Solomon ganhou esta armadura diretamente da Rainha do Mundo Inferior. É uma armadura completa, negra, feita de titânio, o que caracteriza leveza e resistência, com entalhes de flores por toda a sua extensão. Ela exala um aroma que, mesclado ao odor de semideus, inibe tal substância, proporcionando um disfarce ótimo. Se transforma num colar de prata com pingente de rosa negra.] {Titânio} (Nível Mínimo: 10) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Comprado de Solomon Colt] {Vestida}

ˠ Pílulas Instigadoras [Feitas a base de restos de lestrigão, proporcionam um desempenho melhor ao semideus, concedendo-o um aumento nos atributos semelhantes ao do monstro, como força, destreza, etc. São doze pílulas que tem efeito de dois turnos.][Contador: 12] [Recebimento: Comprado de Christopher Mason] {Na mochila}

ˠ {Bunm} / Colar [Com a corrente feita de bronze e o amuleto de ferro estígio, o colar proporciona ao dono um teletransporte rápido através da sombra. Deve ser tirado do corpo após o uso] {Bronze e ferro estígio} (Nível mínimo: 10} [Recebimento: Missão] {Na mochila}

ˠ {Look} / Óculos [Proporciona ao portador uma visão vasta, à longa distância] [Recebimento: Missão] {Na mochila}
habilidades:
Héstia:
passivas:
Todas.
ativas:
Projéteis flamejantes [7] - Inicialmente, condensa e solidifica o fogo na forma de pequenos dardos que imediatamente são atirados contra um único alvo, causando apenas queimaduras. Mediante a grande evolução do personagem (nível 32) pode controlar os projéteis como quiser e lançá-los para qualquer canto. Os projéteis alcançam dez metros, no máximo, e quanto mais se cria, mais se cansa.

Pirocinese II [18] - O controle é melhor, sendo capaz de manipular quantidades maiores dessa chama. Também já é possível criá-las, mas o gasto de energia é um pouco maior.
Asclépio:
passivas:
Todas.
ativas:
--

Leveck @ CG | Edited
Piotr Abramovich
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
1349

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: • Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por Piotr Abramovich em Sab 07 Jun 2014, 20:56


Help! We need somebody...

Quarto turno
Nesta rodada, depois de enfrentar sofridamente o Leão de Nemeia, Calvin e Hunter irão embora. Héracles ficará grato pelo ato do filho de Héstia, mas manterá sua gratidão no pensamento. 
 ◊ 
Informações
► Local, horário e clima:
→ Montes Apalaches, Alabama;
→ 17h 34min no horário local;
→ Ameno;
► Participantes:
→ Calvin Hewitt, filho de Héstia e curandeiro de Asclépio. Nível atual: 89
→ Hunter O'Laughlin, filho de Héracles. Nível atual: 8
► Objetivo do turno:
→ Acabar a SM com a morte do Leão de Nemeia e, assim, o retorno dos semideuses para o acampamento.

Leveck @ CG | Edited
Piotr Abramovich
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
1349

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: • Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por Carmine Honeycutt em Dom 08 Jun 2014, 22:01



Tchauzin!


Tudo aconteceu muito rápido. No instante em que o Leão de Neméia respondeu ao meu rugido com a sua própria versão, sua boca explodiu em chamas. Pensei que a fera era quem as produzia, preparando-se para me transformar em churrasco, mas acabei notando a agonia do bichano, concluindo que tratava-se de um ataque de Calvin.

Com a brecha, consegui me reestabilizar. As dores e o sangramento não me impediram de me aproximar de Calvin enquanto ele trabalhava em uma grossa e resistente corrente. Usou-a para derrubar o leão, já desnorteado pelo fogo que lanchara, no que não teve dificuldade. Em seguida, tratou de engravatar a criatura com os elos metálicos, dando início a um enforcamento.

Adicionei a pouca, porém significativa, força que pude reunir aos esforços de Calvin. Puxamos a corrente até que o Leão de Nemeia parasse de debater, o que ainda levou algum tempo. A fera estava vencida, enfim.

Desgastado ao fim do processo, caí pesadamente para trás, deixando-me bater contra a formação rochosa. O esvair da descarga de adrenalina da batalha dava espaço para a dor aguda que me atingiu as costelas, lembrando-me dos cortes ali presentes.

Arfando, avaliei a mancha de sangue que empapava minha camiseta. Calvin se aproximou e fez o mesmo. Sem pedir licença,  executou uma espécie encanto que tratou do ferimento em meu flanco, reduzindo-o a três riscos rosados na pele.

— Você é o cara. — pronunciei entre baforadas de ar, lutando contra minha respiração ainda descompassada. Calvin me olhou estranho e eu me lembrei do focinho de coelho que ainda enfeitava meu nariz. Ri desconsertado, tratando de guardar a ferramenta rapidamente no bolso.

Pensei em questionar a respeito dos semideuses desaparecidos, mas temia já saber da resposta. Me refreei em olhar a pedra plana manchada de sangue logo ali perto, receoso pela lembrança triste que ela já deixara.

Um terço de hora mais tarde, reunimo-nos com nossa carona para casa, Europa. A equina alada parecia eufórica, e nos recebeu com gracejos. Apesar do peso extra, não teve dificuldades de pôr-se no ar comigo e Calvin no lombo. Pelo contrário, voou veloz e animada de volta para o Acampamento Meio-Sangue.




Considerações:
Arsenal:
♦ Faca [Sua lâmina bronzeada mede cerca de 24 cm, e seu cabo tem o mesmo comprimento padrão. É bastante afiada e é perfeita para ataque ágeis e rápidos. O bom desta arma é sua eficiência tanto para mãos hábeis quanto para manuseios mais inexperientes, pois é uma arma curta, fácil de esconder e ao mesmo tempo fácil de manusear. Seu punho é feito de aço, mas uma camada de couro escuro cobre o aço para que o usuário possa segurá-la firmemente. Na parte inferior da lâmina, próxima ao cabo, há entalhado as siglas do Acampamento "CHB"; uma propriedade que só os meio-sangues e criaturas místicas podem ter e usar (ajuda um pouco na destreza)] {Bronze, aço e couro} (Nível mínimo: 1) {Nenhum elemento} [Recebimento: Administração; item inscrição padrão do fórum]


♦ {Opprimere} / Clava [Clava de bronze abençoada por Héracles. Essa arma é tão indestrutível quanto a pele do Leão de Neméia, porém, somente estará nessas condições se a vida de seu usuário estiver totalmente preenchida. Filetes de ouro envolvem partes dela, deixando-a com o brilho capaz de confundir o inimigo por uma rodada. Transforma-se em um relógio] {Bronze e Ouro} (Nível Mínimo: 1) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Presente de Reclamação de Héracles]


♦ Nariz de Coelho [Encaixa-se perfeitamente no nariz do dono, saindo apenas quando puxado. É capaz de, quando utilizado, farejar odores que normalmente não seriam sentidos.]{Plástico, algodão e magia}(Nível Mínimo: 5)[Recebimento: Missão "Faro Infalível", por Héstia e att por Deimos]
Poderes:
Passivos:
Considerar todos até o Nível 8.
Ativos:
Nenhum.
Recompensa Desejada:
♦ Luvas Resistentes [Do couro do Leão de Neméia, molda-se um par de luvas de aparência comum. O material mantém as características mágicas da pele da criatura, sendo totalmente invulnerável, o que torna os golpes efetuados por mãos calçadas pelas luvas mais eficazes e indolores, além de conceder ao usuário uma nova alternativa para efeito de defesa.]{Pele do Leão de Nemeia}(Nível Mínimo: 10)[Recebimento: SM]
Carmine Honeycutt
avatar
Filhos de Herácles
Mensagens :
76

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: • Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por Piotr Abramovich em Qui 12 Jun 2014, 22:45


Help? You need... me

Permaneci quieto e imóvel por alguns segundos que foram essenciais para minha recuperação. Estava cansado, mesmo que não tivesse feito muita coisa ali. Mas o estado em que Hunter se encontrava era pior. Precisava, então, ajudá-lo, ou ele poderia morrer e o fim da maldição de Hera, como recompensa de Héracles, não existiria mais. 
Girei-me no chão e apoiei as mãos nele para tomar impulso e me levantar. Trotei até o semideus ferido e mandei-o ficar quieto. Ignorei seu elogio e seu estranho nariz de coelho, que fazia sua imagem durona desaparecer. Forcei-o afastar os braços do tronco, dando-me espaço para agir, e fi-lo puxar a camiseta para cima. Assim, reduzi o trio de cortes nas costelas a pequenas cicatrizes que não mais jorravam sangue, e a exaustão que provavelmente atingia Hunter também se dissipara. 
Perdemos mais alguns minutos para que o tratamento urgente fosse realizado, e só depois disso chamei Europa. Ela estava boa, revigorada, e felizmente disposta a nos levar de volta para o Acampamento Meio-Sangue. Então, montamos em seu dorso e partimos.
[...]
Esperei horas. Esperei dias. Héracles nem sequer deu o ar da graça. Cheguei a conclusão de que ele me usou para evitar a perda de mais um filho que idiotamente foi atrás do Leão de Nemeia, e se aproveitou do meu desespero e ódio em comum à rainha do Olimpo para me iludir e ajuda-lo. Concluí isso a partir de conversas que tive com outros semideuses experientes, todas a respeito da personalidade do deus da força. Então, sim, fui um otário. Agora me restava Hunter para dar o troco em Héracles. E com relação a maldição de Hera... bom, deveria me virar sozinho.
Info:
Equipamentos:
ˠ {Loading} Mochila [Uma mochila de couro com desenho de uma chama, resistente ao fogo, com a capacidade de armazenar 10 itens independentes de seus tamanhos.] {Couro} [Presente de aniversário de Hera & Zeus] {Nas costas}

ˠ {Zarr} / Chigiriki [Uma chigiriki relativamente comum, a não ser pelo fato de possuir a corrente retrátil, o que faz com que ela fique extremamente comprida ou que tenha o uso extirpado, acabando por deixar a arma na forma de um porrete. O peso na ponta da corrente é inteiramente feito por bronze sagrado, assim como os espinhos existentes nele. Além disso, o armamento tem a capacidade de manipular o fogo, servindo como um complacente suporte para o seu dono.] {Bronze Sagrado} (Nível Mínimo: 47) {Controle sobre o Fogo} [Recebimento: Missão Labirinto] {Em mãos}

ˠ {Flor Guardiã}/ Armadura [Por proteger os quatro filhos perdidos de Perséfone, Solomon ganhou esta armadura diretamente da Rainha do Mundo Inferior. É uma armadura completa, negra, feita de titânio, o que caracteriza leveza e resistência, com entalhes de flores por toda a sua extensão. Ela exala um aroma que, mesclado ao odor de semideus, inibe tal substância, proporcionando um disfarce ótimo. Se transforma num colar de prata com pingente de rosa negra.] {Titânio} (Nível Mínimo: 10) {Não Controla Nenhum Elemento} [Recebimento: Comprado de Solomon Colt] {Vestida}

ˠ Pílulas Instigadoras [Feitas a base de restos de lestrigão, proporcionam um desempenho melhor ao semideus, concedendo-o um aumento nos atributos semelhantes ao do monstro, como força, destreza, etc. São doze pílulas que tem efeito de dois turnos.][Contador: 12] [Recebimento: Comprado de Christopher Mason] {Na mochila}

ˠ {Bunm} / Colar [Com a corrente feita de bronze e o amuleto de ferro estígio, o colar proporciona ao dono um teletransporte rápido através da sombra. Deve ser tirado do corpo após o uso] {Bronze e ferro estígio} (Nível mínimo: 10} [Recebimento: Missão] {Na mochila}

ˠ {Look} / Óculos [Proporciona ao portador uma visão vasta, à longa distância] [Recebimento: Missão] {Na mochila}
habilidades:
Héstia:
passivas:
Todas.
ativas:
--
Asclépio:
passivas:
Todas.
ativas:
Toque Curativo [02] - Poder de efeito rápido e instantâneo. Com uma aura luminosa a envolver a mão do aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de energia a cada uso.

Toque Energético [03] - Poder de efeito rápido e instantâneo. Com uma aura luminosa a envolver a mão do aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de vida a cada uso.

Descanso I [05] - O cansaço é um inimigo muitas vezes pior que armas. Ao utilizar este poder, com contato dos dedos do curandeiro ao paciente – que não poderá ser si mesmo –, este último ficará isento de qualquer tipo de canseira. Os efeitos serão como se o doente tivesse acabado de dormir por oito horas (que é o recomendado para um homem adulto).

Anestesia I [06] - A dor causada por machucados pode, agora, ser aliviada pelos curandeiros de forma mística. Tocando os músculos feridos, consegue retirar quaisquer dores do paciente, o que pode ajudar até mesmo na concentração e na calma deste.

Cicatrização I [07] - Agora o dom de cicatrizar cortes e ferimentos inicia o seu desenvolvimento nos seguidores de Asclépio. Ao tocar as feridas abertas, estas se fecharão em uma rodada, impedindo hemorragias e sangramentos. Este poder ainda não pode ser usado em si mesmo e não restaura nada, servindo apenas para cicatrizar lesões. A cicatriz ficará no local, ainda que as contusões sejam pequenas.
obs:
1- Considerar a recuperação de hp/mp no Hunter, feita por mim;

2- Ficou lixosa essa SM, nós sabemos disso, mas optamos por fazê-la porque precisávamos de algum motivo decente para ligar o Calvin e o Hunter.
recompensa almejada:
ˠ {Shaed} / Capa  [A cabeça empalhada do Leão de Neméia adorna o topo de um longa capa composta pelo couro da própria criatura, formando um conjunto defensivo que cobre a cabeça e toda a retaguarda. A peça compartilha da invulnerabilidade da pele do Leão em vida, sendo então impenetrável a ataques. A capa também possui tamanho suficiente para cobrir o restante do corpo do usuário, se assim ele desejar.]{Pele do Leão de Nemeia}(Nível Mínimo: 40)[Recebimento: SM]

Leveck @ CG | Edited
Piotr Abramovich
avatar
Filhos de Héstia
Mensagens :
1349

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: • Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por 087-ExStaff em Sex 04 Jul 2014, 12:36

Avaliação
~Calvin Hewitt

Gostei bastante dos seus posts, Calvin. Junto do todo, foi uma SM objetiva e com fluidez, além que coerente e coesa; seguiu os padrões, foram poucos os deslizes. Observei um ou outro erro de ortografia, mas nada de anormal, são erros comuns. Meu parabém!

— Coerência: 100/100
— Coesão, estrutura e fluidez: 50/50
— Objetividade e adequação à proposta: 30/30
— Ortografia e organização: 19/20

— Recompensas: 199xp + 50 dracmas + item almejado.

— Descontos:10 HP e 50 MP


~Hunter O'Laughlin

O mesmo de Calvin, seguindo com post envolventes e praticamente impecáveis. Cometeu pouquíssimos deslizes, assim como o anterior, o que, digo novamente, não é nada fora do normal. Meu parabém!

— Coerência: 100/100
— Coesão, estrutura e fluidez: 50/50
— Objetividade e adequação à proposta: 30/30
— Ortografia e organização: 19/20

— Recompensas: 199xp + 75 dracmas + item almejado.

— Descontos:10 HP e 30 MP

OBS:
Os descontos de exp e dracmas feitos foram medidos pelo nível de "OPcidade" dos itens almejados; o item de Calvin era mais OP, por isso descontei nos dracmas e no exp, já o de Hunter era mais simples, por isso não descontei nos dracmas.

Atualizado.


Edited by H.I.M. and stoulen by me


087-ExStaff
avatar
Indefinido
Mensagens :
177

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: • Help! We need somebody... - SM Calvin e Hunter •

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum