Barraca do Demon

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Barraca do Demon

Mensagem por Kaine Rembrandt em Ter 22 Abr 2014, 14:17


Barraca do Demon
Ajudando todo mundo.



Entre duas outras enfermarias maiores surge esta menor: apenas uma portinha que passa despercebida diante de um olhar menos atento. Há uma singela placa de “Bem-vindos” pregada ali, numa tabuleta feita à mão, mas seus adornos dourados desbotam com o tempo. O símbolo dos curandeiros permanece imponente sobre a porta. Quem resolve passar do sopé da porta não se arrepende: é um lugar agradável.. O papel de parede, de um azul muito claro, casa à perfeição com a mobília. São sofás e poltronas brancos, balcões de mogno e cedro, prateleiras do mais fino pinho. A temperatura é estável, regulada por grandes climatizadores: trabalhando incansáveis, garantem sempre condições ideais. No balcão, o filho de Éolo aguarda os pacientes.

Caminhando para o fundo, um tanto afastado desta área comunal, fica o refúgio de trabalho do curandeiro e suas poções. As ervas atulham a mesa, assim como vidros, compostos e soluções. Há estantes, também, antigas como o tempo com seus tomos grossos e livros velhos. São uns tantos sobre Biologia, alguns sobre Alquimia e infindos volumes sobre Medicina à disposição do rapaz. Seu conhecimento, quase infinito, é traído algumas vezes pela dúvida:  recorre aos livros para conferir aquilo que já sabe.  Mais à direita, há cinco leitos onde semideuses se deitam aos cuidados de Dom, o curandeiro.

Coisas importantes:


- Todas as consultas nesta enfermaria são gratuita

- Expliquem bem o que está acontecendo com seu personagem. Se está cansado, ferido e etc.

- Aqui não é um lugar off, por isso deve explicar como foi sua entrada e sua conversa com o curandeiro. Os posts devem conter mais de 5 linhas para não serem considerados flood.

- Não peçam atendimento pelo chat nem via MP, vou atender todos o mais rápido possível e, às vezes, posso ter um problema em off, mas sempre aviarei caso isso venha a ocorrer.


Kaine Rembrandt
Kaine Rembrandt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
416

Localização :
Onde eu quiser

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Katherine J. Villeneuve em Ter 22 Abr 2014, 17:31



Enfermaria


Jane caminhava com lentidão, os pulsos tremiam, os olhos brilhavam com o tom carmesim que combinava com os lábios. Murmurava preces e coisas desconhecidas no francês fluente, a dor que sentia no ferimento era desumano. Chegar na enfermaria foi a parte fácil, já que tinha pavor de agulhas. Entrou no ambiente claro, pegando a maca mais longe para que demorasse a ser atendida.

Para seu azar, foi rápido. Seus olhos encontraram um rapaz alto e muito estudado, pelo que notava. Ela pigarreou.

— Oi — Murmurou, a rouquidão do cansaço lhe tomando, a voz vacilando com calma — Ferimento nas costas, veneno.




Informações adicionais:
♦ Período: Entre minha última OP e Crazy Hour

Katherine J. Villeneuve
Katherine J. Villeneuve
Mentalistas de Psiquê

Mensagens :
481

Localização :
nova iorque

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Kaine Rembrandt em Qua 23 Abr 2014, 13:21


Curando.
na enfermaria!


O garoto já havia limpado todo o local, bem como regulado os climatizadores numa temperatura bastante agradável, testou o piso anti-derrapante, para verificar se o mesmo era tão perfeito quando diziam e, por fim, colocou os livros na estante em ordem alfabética.

Dom estava atrás do balcão de cedro, arrumando algumas coisas, quando a porta de sua enfermaria se abriu. Uma garota entrou, ela tinha longos cabelos brancos, seu rosto era pálido e seu humor não era dos melhores. Passou reto pelo curandeiro, sem nem olhar na sua cara. Se sentou na última maca, alguns segundos depois, Demon chegou até ela.

Depois de falar sobre um cansaço extremo e sobre um corte nas costas, o curandeiro tratou logo de analisar. Deu a volta na maca e olhou no local indicado pela paciente, um rasgo, de tamanho médio, tinha sido feito na pele. A prole dos ventos tocou levemente a semideusa e viu a ferida cicatrizar-se aos poucos Em seguida, levou a mão à testa da mesma, retirando todo o cansaço dela. Então, acomodou-a deitada na maca, enquanto saiu para preparar uma algumas poções.

Fez uma rápida prece para Asclépio. Depois, retirou algumas cascas de limão siciliano de sua bolsa mágica, ralou-os até atingir os dez gramas que necessitava. Em seguida, pegou três porções de gomos de laranja - trinta no total - e jogou-as dentro do copo de leite de cabra. Depois de mexer a mistura durante um minuto, salpicou as cascas raladas. Dividiu a mistura em três copos menores.

Rezou mais uma vez ao deus que ele seguia e iniciou o preparo de mais uma poção. Puxou dois pacotes de amoras em pó e as pesou, quando atingiu 20 gramas guardou o que sobrou. Pegou outros dois sacos, dessa vez de suco de maça. Despejou eles em um copo e em seguida, misturou com as amoras. Por fim, despejou cuidadosamente, metade de um pacote de açúcar e reservou o resto. Voltou a dividir a poção em três copos diferentes.

Colocou duas sementes de pimenta-do-reino na boca e tomou a mistura. Fez uma careta devido a acidez da poção. Em seguida, colocou folhas de hortelã na boca e tomou a Poção Energética Média.

Foi até sua primeira paciente, deu a ela os quatro copos que restaram. Falou as instruções de como bebê-las, bem como algumas sementes de pimenta-do-reino e folhas de hortelã. Voltou até seu balcão.

Alguns minutos depois, a gota saiu da área das macas com um rosto mais vivo do que antes. Ainda estava um pouco abatida, bem como meio fraca, mas nada que outra visita à uma enfermaria não resolvesse. Quando ela já estava saindo o curandeiro se lembrou que ela também reclamara sobre um veneno.

- Não se preocupe com o veneno . - falou em um tom mais ou menos alto. - Analisei ele. Não é muito potente, sairá de seu corpo por métodos naturais. As poções devem derrubar o efeito dele. - a garota esboçou um sorriso, o único durante todo o tempo que esteve presente e saiu.

Com ela, foi-se o frio na espinha de Dom. Não por aquele ser seu primeiro atendimento, mas Liza, como era chamada a semideusa, carregava o medo consigo.

Informações:

Poderes:

— Cicatrização I: Agora o dom de cicatrizar cortes e ferimentos inicia o seu desenvolvimento nos seguidores de Asclépio. Ao tocar as feridas abertas, estas se fecharão em uma rodada, impedindo hemorragias e sangramentos. Este poder ainda não pode ser usado em si mesmo e não restaura nada, servindo apenas para cicatrizar lesões. A cicatriz ficará no local, ainda que as contusões sejam pequenas.

— Descanso I: O cansaço é um inimigo muitas vezes pior que armas. Ao utilizar este poder, com contato dos dedos do curandeiro ao paciente – que não poderá ser si mesmo –, este último ficará isento de qualquer tipo de canseira. Os efeitos serão como se o doente tivesse acabado de dormir por oito horas (que é o recomendado para um homem adulto).

— Toque Energético: Poder de efeito rápido e instantâneo. Com uma aura luminosa a envolver a mão do aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de vida a cada uso.

— Toque Curativo: Poder de efeito rápido e instantâneo. Com uma aura luminosa a envolver a mão do aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de energia a cada uso.

— Boas-vindas Curadoras: Ao realizar um exame prévio e acomodar certo paciente em sua enfermaria, recepcionando-o, o curandeiro conseguirá curá-lo em vinte de vida; por ser necessário certo preparo anterior, é recomendado que seu uso seja somente na enfermaria ou em situações de conforto. Seu uso é limitado a uma vez por post, e não pode ser usado em si próprio, obviamente. Não serve para cicatrizar ou quaisquer outros efeitos, apenas a recuperação de vida; para obter tais efeitos, deve-se, ao menos por enquanto, utilizar de métodos convencionais.

Poções preparadas:


― Poção Energética Média: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada, levemente brilhante e um gosto frutífero de refrescante e adocicado; também como a poção vitalícia média, esta só pode ser criada por aqueles curandeiros que decidiram tornar-se Alquimistas. Por questões de segurança, ela só pode ser ingerida uma vez por turno.

― Poção Vitalícia Média: Se criada corretamente, a poção irá adquirir uma coloração semelhante à Poção Vitalícia Simples, porém desta vez será um pouco mais brilhante do que a anterior e será um pouco mais escura. O gosto da poção, a princípio, é azedo, contudo vai se tornando refrescante conforme é ingerida. Este tipo de poção só poderá ser criados por Alquimistas, uma vez que ela é mais avançada que a sua antecedente. Por questões de segurança, só uma dose pode ser ingerida uma vez por turno.

― Poção Energética Simples: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada e um gosto frutífero refrescante e adocicado; comum e imprescindível para os curandeiros, ela não precisa da especialização ‘Alquimista’ para ser feita. O efeito dela é, quando sorvida para dentro dos lábios, restaurar a energia do cliente. É óbvio e claro que ela não pode ser ingerida em excesso e, portanto, seu uso só é liberado uma vez a cada turno.

― Poção Vitalícia Simples: Uma poção de coloração esverdeada-pálida, caso tenha sido formulada do jeito correto, e de gosto ligeiramente azedo; é particularmente básica e, portanto, não necessita da especialização ‘Alquimista’. Seu principal efeito é o de, após ingerida pela boca como um líquido, recuperar a vida do paciente. Por questões de segurança, só pode ser consumida uma dose a cada turno.

Atualizações:

Elizabeth J. Taylor: HP: +125/ MP: +105
Dom Demon: Full HP/ MP




Kaine Rembrandt
Kaine Rembrandt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
416

Localização :
Onde eu quiser

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por 078 - ExStaff em Sex 25 Abr 2014, 20:30

• Atualizado •
 
Dom recebeu 25 dracmas pelo atendimento.
078 - ExStaff
078 - ExStaff
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
675

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Darya Archer-Gilligan em Ter 06 Maio 2014, 10:15


Enfermaria


I need i doctor

O cansaço que consumia a garota após a "pequena travessura" com os filhos de Hermes chegava a ser insuportável, assim como a dor em suas costas por ter caído de mal jeito. Sabia que precisava de alguém mais especializado, então resolveu seguir até a enfermaria. Andava de forma estranha, com o corpo duro, na tentativa de evitar ainda mais dor.
A respiração de Darya já estava ofegante quando ela entrou em uma pequena enfermaria na área reservada a elas. Escolhera aquela por conta de que provavelmente estaria menos cheia, e não queria ninguém presenciando sua dor.
- Olá. - disse a semideusa para o enfermeiro - Uma ajudinha aqui? Dor nas costas e cansaço por alto uso de poderes.


Darya Archer-Gilligan
Darya Archer-Gilligan
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
240

Localização :
Into the Badlands

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Kaine Rembrandt em Ter 06 Maio 2014, 20:59


Curando
Na enfermaria.


Havia algum tempo que ninguém colocava os pés em minha enfermaria, tanto é que já tinha adiantado grande parte do trabalho com as poções. Estava deitado em uma das macas, pensando sobre a vida, quando ouvi a porta se abrir. Levantei num salto e caminhei até a sala de espera.

Uma garota estava esperando sentada no sofá. Sua respiração estava meio ofegante, denunciando um possível cansaço pelo uso de poderes, ela tentava não mover seu corpo, provavelmente tentando evitar qualquer dor.

- Oi - respondi a semideusa, tentando esboçar um sorriso no rosto. Sua fala seguinte apenas confirmou minhas suspeitas. - Deite-se ali que já cuido de você. - apontei para a maca mais próxima, e alguns segundos depois a moça já estava deitada nela.

Minhas poções, uma vitalícia média e outra energética média, já estavam prontas. Peguei elas de cima da mesinha e tomei uma de cada para recuperar-me. Peguei as restantes e levei elas para a garota, cujo o nome eu havia esquecido de perguntar. Ela as tomou. Então, toquei sua testa de leve e senti meus poderes retirando qualquer rastro de cansaço do seu corpo. Meu trabalho tinha terminado.

Voltei para minha bancada de trabalho e enquanto a moça saia de minha enfermaria, muito melhor do que quando entrou, me perguntava o por que de sempre entrarem mulheres ali, não que isso fosse um problema, mas todas elas traziam uma aura de medo consigo.


Info:
Poderes usados:
Ativos:
— Descanso I: O cansaço é um inimigo muitas vezes pior que armas. Ao utilizar este poder, com contato dos dedos do curandeiro ao paciente – que não poderá ser si mesmo –, este último ficará isento de qualquer tipo de canseira. Os efeitos serão como se o doente tivesse acabado de dormir por oito horas (que é o recomendado para um homem adulto).

Passivos:

Todos.
Atualizações:
Dom Demon: Full HP/MP
Dayra Archer-Gillian Full HP/MP
Poções usadas:
― Poção Vitalícia Média: Se criada corretamente, a poção irá adquirir uma coloração semelhante à Poção Vitalícia Simples, porém desta vez será um pouco mais brilhante do que a anterior e será um pouco mais escura. O gosto da poção, a princípio, é azedo, contudo vai se tornando refrescante conforme é ingerida. Este tipo de poção só poderá ser criados por Alquimistas, uma vez que ela é mais avançada que a sua antecedente. Por questões de segurança, só uma dose pode ser ingerida uma vez por turno.

― Poção Energética Média: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada, levemente brilhante e um gosto frutífero de refrescante e adocicado; também como a poção vitalícia média, esta só pode ser criada por aqueles curandeiros que decidiram tornar-se Alquimistas. Por questões de segurança, ela só pode ser ingerida uma vez por turno.

Kaine Rembrandt
Kaine Rembrandt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
416

Localização :
Onde eu quiser

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por 078 - ExStaff em Sex 09 Maio 2014, 16:56

Atualizado.

+ 25 dracmas para Dom pelo atendimento feito.
078 - ExStaff
078 - ExStaff
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
675

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Joah Dongho em Sab 10 Maio 2014, 00:03



"Vou te mostrar onde o  Titanic afundou!"




           Curando as feridas


  Quando eu estive no treinamento de hoje algo ruim aconteceu, deveríamos ter treinado equitação mas os cavalos acabaram escapando do estábulo. Fiquei encarregado de resgatar três dos cavalos fugitivos e agitados. O primeiro cavalo não me deu tanto trabalho, foi um pouco mais simples de levá-lo de volta ao estábulo, já os outros dois foram mais complicados. Montado em um dos cavalos saí em perseguição do último, utilizei a minha braçadeira Atlântis para tentar derrubar o corcel e obtive sucesso. Porém, nesse momento eu fui puxado pela força do cavalo, foi muito difícil resgatar o terceiro. No momento do puxão o meu braço ficou muito dolorido, fui arrastado poucos metros mas mesmo assim meu corpo estava com cortes, principalmente no braço direito (o que tinha a corrente).


  Assim que chego na enfermaria de imediato procuro ajuda. Minhas pernas também sofreram danos no decorrer da minha "aventura" então seria normal me ver mancando um pouco, e eu estava mancando. Fui tentar me informar como funciona aquela enfermaria e me disseram para seguir até a barraca de Dom Demon, um dos curandeiros. Me apontam a direção correta e quem era o enfermeiro, avisto Demon e vou em sua direção. Ainda um pouco mancante e com feição de dor tento falar com ele.


- Olá, você é o Dom Demon, certo? Estou precisando da sua ajuda. - aguardei tranquilamente o seu tempo de resposta, me sentei em uma das camas e fui lhe explicando o que me ocorreu, o que eu estava sentindo, não foi algo tão grave mas me aconselharam a cuidar disso o mais cedo possível. Por se tratar de um simples acidente de serviço com cavalos, os meus problemas eram facilmente previsíveis e também eram visíveis, o que não daria trabalho algum a um campista experiente como ele.


  Esperei o enfermeiro cuidar dos ferimentos até que eu melhorasse um pouco. Eram ferimentos superficiais, eu poderia me recuperar no meu chalé, não seria preciso continuar na enfermaria. Por fim, agradeci novamente ao Dom Demon pela sua gentileza e habilidade. Espero não voltar mais lá, todavia, vida de semideus é dura e perigosa, certamente eu precisarei retornar alguma vez. Voltei ao meu chalé devagar e com tranquilidade, ao menos agora posso ficar tranquilo de que não tenho nenhum deslocamento nos ossos ou coisas mais sérias, a dor havia diminuído bastante...




Sangue:  75/120
Energia:  120/120


Joah Dongho:Prince

Joah Dongho
Joah Dongho
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
63

Localização :
Nos delírios de uma canção.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Kaine Rembrandt em Sab 10 Maio 2014, 17:24


Curando
Na enfermaria!


Terminava algumas poções quando senti um cheiro estranho, uma mistura de algas e peixes que, de imediato, me trouxe uma vontade de vomitar. Olhei para trás e notei um semideus, seus olhos azuis só confirmavam minhas suspeitas, um filho de Poseidon. Me aproximei dele, e, naquele momento, desejei que Éolo nunca tivesse traçado minha mãe.

- Sou eu sim. Sente-se ali que eu já lhe atendo.- respondi a cria do mar, tentando disfarçar minha situação nada confortável.

Ouço atentamente as reclamações dele, e logo vi que não precisaria preparar nenhuma poção para resolver o problema. Com um simples toque em seu braço, consegui fazer com que as feridas superficiais se fechassem, bem como retirar a dor proveniente da força de um equino. Então, pus a mão em sua testa, cicatrizando qualquer outro ferimento que tivesse restado, bem como terminando meu serviço. O semideus estava novo em folha. Ele me agradeceu e logo depois saiu da enfermaria. "Se todos os atendimentos fossem fáceis assim...", pensei.


Informações:
Poderes Ativos:
— Boas-vindas Curadoras: Ao realizar um exame prévio e acomodar certo paciente em sua enfermaria, recepcionando-o, o curandeiro conseguirá curá-lo em vinte de vida; por ser necessário certo preparo anterior, é recomendado que seu uso seja somente na enfermaria ou em situações de conforto. Seu uso é limitado a uma vez por post, e não pode ser usado em si próprio, obviamente. Não serve para cicatrizar ou quaisquer outros efeitos, apenas a recuperação de vida; para obter tais efeitos, deve-se, ao menos por enquanto, utilizar de métodos convencionais.

— Toque Curativo: Poder de efeito rápido e instantâneo. Com uma aura luminosa a envolver a mão do aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de energia a cada uso.

— Anestesia I: A dor causada por machucados pode, agora, ser aliviada pelos curandeiros de forma mística. Tocando os músculos feridos, consegue retirar quaisquer dores do paciente, o que pode ajudar até mesmo na concentração e na calma deste.

— Cicatrização I: Agora o dom de cicatrizar cortes e ferimentos inicia o seu desenvolvimento nos seguidores de Asclépio. Ao tocar as feridas abertas, estas se fecharão em uma rodada, impedindo hemorragias e sangramentos. Este poder ainda não pode ser usado em si mesmo e não restaura nada, servindo apenas para cicatrizar lesões. A cicatriz ficará no local, ainda que as contusões sejam pequenas.
Atualizações:
Joah Dongho: Full HP/MP

Kaine Rembrandt
Kaine Rembrandt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
416

Localização :
Onde eu quiser

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por 088-ExStaff em Ter 13 Maio 2014, 21:18


Atualizado
+ 25 dracmas para Dom Demon.
088-ExStaff
088-ExStaff
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
415

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Aspen Yves em Qui 05 Jun 2014, 14:17



Barraca do Dom
Estava cansado, exausto e fraco. Depois de correr contra o tempo em sua missão fora do acampamento, percebera, nos dias seguintes, que seu desenvolvimento nas atividades estava degradante. Tomou pancada de ciclopes e foi fortemente impactado no tórax e na coluna, assim como várias infecções.

Suas articulações do joelho esquerdo estavam doloridas, e então não conseguia se movimentar como bem queria. Andrew abandonou a teimosia e foi mancando até a tenda de um dos curandeiros de Asclépio mais recente, seria a primeira vez que seria atendido dentro do Acampamento, e já estava com tendências de desaparecer da morada de semideuses em busca de outro divertimento. Montou na maca e explicou todas as suas sensações e dores, esperando Demon agir.

Aspen Yves
Aspen Yves
Filhos de HécateAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
119

Localização :
AMS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Kaine Rembrandt em Qui 10 Jul 2014, 11:49


Curando.
DIY!


Estava um pouco cansado, e com uma ou outra dor no corpo - nada muito grave. Tinha acabado de voltar de uma missão que Quíron me enviara, e nunca pensei que ela pudesse demorar tanto. Mas já estava de novo em minha enfermaria, e logo notei um novo paciente, que parecia estar esperando a certo tempo.

Ele explicou sobre pancadas de ciclopes, algumas infecções e dores em partes do corpo. Depois de ouvir atentamente todas as reclamações do filho de Hécate, agi. Caminhei rapidamente à minha mesa e comecei a fazer as poções necessárias.

Orei rapidamente à Asclépio, e logo em seguida peguei as tiras de casca de limão da bolsa de componentes mágicos. Ralei-as e separei as dez gramas que seriam necessárias para a poção. Então, despejei o leite de cabra em um copo e misturei com os gomos de laranja, mexendo com uma colherzinha. Salpiquei as tiras de casca de limão, e mexi mais um pouco, até a poção adquirir uma tonalidade verde-brilhante.

Com uma poção já pronta, iniciei a preparação da outra. Peguei dois saquinhos que continham amora em pó, e pesei o conteúdo de ambos até conseguir apenas as vinte gramas necessárias. Então, peguei dois sacos de suco de maçã, e despejei em outro copo. Em seguida, adicionei a amora em pó e açúcar no copo, mexendo até o líquido adquirir uma cor arroxeada. Por fim, coloquei duas folhas de hortelã. Estava pronto.

Em um armário, peguei outras duas poções simples, bem como duas folhas de hortelã e algumas sementes de pimenta-do-reino.

Com os copos em mãos, caminhei até Eddard, e coloquei-os em cima de uma mesa próxima do rapaz - deixando também as sementes e as folhas de hortelã. Mas antes de deixar o filho da magia beber, toquei sua testa com a canhota, retirando todo o cansaço que ele poderia ter. Então, ainda com a mão em sua testa, me concentrei mais um pouco, dessa vez para curar qualquer ferimento não muito visível.

Voltei à minha bancada, para "repor" meu estoque de poções. Eddard não estava totalmente recuperado ainda, e talvez precisasse de mais cuidados.

Informações:
Atualização:
Eddard Hayward: HP + 125/ MP + 105
Poderes usados:

― Boas-vindas Curadoras: Ao realizar um exame prévio e acomodar certo paciente em sua enfermaria, recepcionando-o, o curandeiro conseguirá curá-lo em vinte de vida; por ser necessário certo preparo anterior, é recomendado que seu uso seja somente na enfermaria ou em situações de conforto. Seu uso é limitado a uma vez por post – não pode ser usado em si próprio, obviamente. Não serve para cicatrizar ou quaisquer outros efeitos, apenas a recuperação de vida; para obter tais efeitos, deve-se, ao menos por enquanto, utilizar de métodos convencionais.

― Toque Curativo: Poder de efeito rápido e instantâneo; com uma aura luminosa a envolver a mão do Aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de energia a cada uso.

— Toque Energético: Poder de efeito rápido e instantâneo. Com uma aura luminosa a envolver a mão do aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de vida a cada uso.

— Descanso I: O cansaço é um inimigo muitas vezes pior que armas. Ao utilizar este poder, com contato dos dedos do curandeiro ao paciente – que não poderá ser si mesmo –, este último ficará isento de qualquer tipo de canseira. Os efeitos serão como se o doente tivesse acabado de dormir por oito horas (que é o recomendado para um homem adulto).

— Anestesia I: A dor causada por machucados pode, agora, ser aliviada pelos curandeiros de forma mística. Tocando os músculos feridos, consegue retirar quaisquer dores do paciente, o que pode ajudar até mesmo na concentração e na calma deste.
Poções criadas:
― Poção Vitalícia Simples: Uma poção de coloração esverdeada-pálida, caso tenha sido formulada do jeito correto, e de gosto ligeiramente azedo; é particularmente básica e, portanto, não necessita da especialização ‘Alquimista’. Seu principal efeito é o de, após ingerida pela boca como um líquido, recuperar a vida do paciente. Por questões de segurança, só pode ser consumida uma dose a cada turno.

― Poção Energética Simples: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada e um gosto frutífero refrescante e adocicado; comum e imprescindível para os curandeiros, ela não precisa da especialização ‘Alquimista’ para ser feita. O efeito dela é, quando sorvida para dentro dos lábios, restaurar a energia do cliente. É óbvio e claro que ela não pode ser ingerida em excesso e, portanto, seu uso só é liberado uma vez a cada turno.

― Poção Vitalícia Média: Se criada corretamente, a poção irá adquirir uma coloração semelhante à Poção Vitalícia Simples, porém desta vez será um pouco mais brilhante do que a anterior e será um pouco mais escura. O gosto da poção, a princípio, é azedo, contudo vai se tornando refrescante conforme é ingerida. Este tipo de poção só poderá ser criados por Alquimistas, uma vez que ela é mais avançada que a sua antecedente. Por questões de segurança, só uma dose pode ser ingerida uma vez por turno.

― Poção Energética Média: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada, levemente brilhante e um gosto frutífero de refrescante e adocicado; também como a poção vitalícia média, esta só pode ser criada por aqueles curandeiros que decidiram tornar-se Alquimistas. Por questões de segurança, ela só pode ser ingerida uma vez por turno.

Kaine Rembrandt
Kaine Rembrandt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
416

Localização :
Onde eu quiser

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Henry L. Joshua em Qui 10 Jul 2014, 14:37


Barraca do Demon




A manhã invadia meus olhos bem devagar, estava inconsciente no meio dos campos de morango as seis horas. Alguns filhos de Démeter com sacos de adubo nas costas.
Benjamin se aproximou e ajoelhou perto de mim.
-Allan, é melhor seguir para uma enfermaria.-Ele verificou se eu estava bem e logo em seguida saiu.

Por ser muito cedo somente uma das barracas estavam abertas. Não olhei direito de quem era, somente adentrei o local me sentando na maca.
Tirei a blusa mostrando a marca da mordida e o corte em meu abdômen, minha cabeça sangrava um pouco também.
Logo o garoto da enfermaria apareceu.
-Olá, sou Allan.-Tossi um pouco o olhando.-Não aconselho tocar em mim. Tenho uma maldição.
Era melhor dizer logo, não queria causar dor a ninguém, ainda mais a quem iria me curar, ele poderia usar uma luva ou algo assim, mas contato direto...




Equipamentos:

Phobia

Poderes:

Todos os Passivos de Devotos de Hera and Phobos.

Thanks, Baby Doll @ Oops!
Edited by Ryan
Henry L. Joshua
Henry L. Joshua
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
568

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Kaine Rembrandt em Qui 10 Jul 2014, 15:08


Curando
Na enfermaria!


Acrescentei as raspas de casca de limão e mexi vagarosamente, apenas parando quando a cor verde-brilhante tomou conta de todo o líquido. Então, guardei as duas doses da poção no armário apropriado, e sentei em um banco, esperando qualquer coisa acontecer.

A noite já caia, e sem me dar conta, dormi ali mesmo.

[...]

Fui acordado na manhã seguinte por um novo paciente. Suas roupas estavam um pouco suja, e, pelo cheiro, higiene parecia não fazer parte da vida daquela pessoa. O garoto se dirigiu à área das macas, e fui arás dele. Logo depois de tirar sua camisa, me mostrou uma marca de mordida e um corte, mas também notei um pequeno sangramento em sua cabeça. O garoto se apresentou como Allan, e antes que eu pudesse tocá-lo para começar o tratamento, me alertou sobre uma maldição.

O.k., isso complicaria as coisas. Por isso, comecei pela parte mais fácil. Deixei Allan na maca, enquanto fui buscar algumas poções, preparadas com certa antecedência. Então, invoquei minha bolsa de componentes mágicos e separei algumas sementes de pimenta-do-reino, bem como duas folhas de hortelã. Levitei as poções até uma mesa próxima ao garoto, e deixei nela, também, as sementes e as folhas. Comuniquei a ordem certa e o modo que ele deveria ingerir cada uma das poções.

Enquanto observava Allan beber o líquido dos copos, uma ideia veio à minha mente. Deixei o filho de Phobos sozinho e caminhei até a parte onde preparava minhas poções. - Vamos, eu sei que está aqui. - dizia enquanto procurava o objeto. Quando encontrei-o, tratei logo de colocar nas mãos, e retornei para onde estava Allan.

Aproximei minha mão da testa de Allan, e toquei-a, com medo de minha ideia não dar muito certo. Todavia, não senti nada de estranho, e só então pude me concentrar para continuar meu tratamento. Em poucos instantes, minha mão se envolveu com uma luz branca, enquanto retirava todo o cansaço do paciente. Então, com a destra, toquei seu abdômen, e de imediato o ferimento se fechou.

Retirei as luvas ao fim do tratamento. Notei uma certa melhora no rosto do filho de Phobos, mas ele ainda não estava totalmente recuperado.

Informações:
Atualização:
Allan P. Frey: HP + 125/ MP + 105

PS: Se quiser continuar o tratamento, basta postar novamente.
Poderes utilizados:
― Boas-vindas Curadoras: Ao realizar um exame prévio e acomodar certo paciente em sua enfermaria, recepcionando-o, o curandeiro conseguirá curá-lo em vinte de vida; por ser necessário certo preparo anterior, é recomendado que seu uso seja somente na enfermaria ou em situações de conforto. Seu uso é limitado a uma vez por post – não pode ser usado em si próprio, obviamente. Não serve para cicatrizar ou quaisquer outros efeitos, apenas a recuperação de vida; para obter tais efeitos, deve-se, ao menos por enquanto, utilizar de métodos convencionais.

― Toque Curativo: Poder de efeito rápido e instantâneo; com uma aura luminosa a envolver a mão do Aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de energia a cada uso.

— Toque Energético: Poder de efeito rápido e instantâneo. Com uma aura luminosa a envolver a mão do aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de vida a cada uso.

— Descanso I: O cansaço é um inimigo muitas vezes pior que armas. Ao utilizar este poder, com contato dos dedos do curandeiro ao paciente – que não poderá ser si mesmo –, este último ficará isento de qualquer tipo de canseira. Os efeitos serão como se o doente tivesse acabado de dormir por oito horas (que é o recomendado para um homem adulto).

— Anestesia I: A dor causada por machucados pode, agora, ser aliviada pelos curandeiros de forma mística. Tocando os músculos feridos, consegue retirar quaisquer dores do paciente, o que pode ajudar até mesmo na concentração e na calma deste.
Poções usadas:
― Poção Vitalícia Simples: Uma poção de coloração esverdeada-pálida, caso tenha sido formulada do jeito correto, e de gosto ligeiramente azedo; é particularmente básica e, portanto, não necessita da especialização ‘Alquimista’. Seu principal efeito é o de, após ingerida pela boca como um líquido, recuperar a vida do paciente. Por questões de segurança, só pode ser consumida uma dose a cada turno.

― Poção Energética Simples: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada e um gosto frutífero refrescante e adocicado; comum e imprescindível para os curandeiros, ela não precisa da especialização ‘Alquimista’ para ser feita. O efeito dela é, quando sorvida para dentro dos lábios, restaurar a energia do cliente. É óbvio e claro que ela não pode ser ingerida em excesso e, portanto, seu uso só é liberado uma vez a cada turno.

― Poção Vitalícia Média: Se criada corretamente, a poção irá adquirir uma coloração semelhante à Poção Vitalícia Simples, porém desta vez será um pouco mais brilhante do que a anterior e será um pouco mais escura. O gosto da poção, a princípio, é azedo, contudo vai se tornando refrescante conforme é ingerida. Este tipo de poção só poderá ser criados por Alquimistas, uma vez que ela é mais avançada que a sua antecedente. Por questões de segurança, só uma dose pode ser ingerida uma vez por turno.

― Poção Energética Média: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada, levemente brilhante e um gosto frutífero de refrescante e adocicado; também como a poção vitalícia média, esta só pode ser criada por aqueles curandeiros que decidiram tornar-se Alquimistas. Por questões de segurança, ela só pode ser ingerida uma vez por turno.


Kaine Rembrandt
Kaine Rembrandt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
416

Localização :
Onde eu quiser

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Peter Lost em Qui 10 Jul 2014, 15:51

Ω Barraca do Demon Ω


Meu corpo estava fatigado, minha mente parecia trabalhar de forma mais lenta e as dores constantes me faziam querer pular em uma piscina de Ambrosia.

Eu sabia que precisaria de um bom tratamento médico antes de retomar às minhas atividades. A missão havia acabado comigo, eu ainda me perguntava como poderia estar vivo.

Cambaleei até a enfermaria e me esgueirei pelas barracas até encontrar uma que estivesse apta a me ajudar. Por fim, parei em frente a esta pequena barraquinha. Ela estava entre duas outras maiores e tinha uma humilde plaquinha onde se lia “Bem-vindos”.

Sem pensar muito, entrei na mesma e dei de cara com o curandeiro. Eu nunca o tinha visto no acampamento, mas levantei o braço bom em um gesto universal de “Oi” e comecei:

- Oi... Desculpe a intromissão, mas você poderia me ajudar? - Rodei a barraca com os olhos, as cores dominantes eram azul e branco. Voltei então para o curandeiro e tornei a falar – Acabei de voltar de uma missão, estou sentindo muitas dores, principalmente no ombro direito. Além de estar muito cansado, acho que exagerei um pouco nos uso dos poderes...
Peter Lost
Peter Lost
Filhos de ZeusAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
279

Localização :
Lost...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Kaine Rembrandt em Sex 11 Jul 2014, 10:50


Curando.
Na enfermaria!


Acabara de fazer um atendimento quando outro semideus chegou, e logo de cara senti uma aura estranha envolvendo o corpo dele. Ele levantou o braço esquerdo, como quem diz "Oi", e logo ditou as dores que sentia.

Quando o garoto terminou de falar, acompanhei-o até uma maca, deitando-o nela. Logo em seguida, toquei levemente o ombro do semideus, aliviando a dor da qual tanto reclamara. Então, levei a destra à testa do garoto, e ao mesmo tempo que retirava todo o cansaço que ele sentia, curava, também, ferimentos menores.

Retirei-me da sala e fui para minha mesa onde preparava poções. Fiz uma rápida oração à Asclépio, e comecei o preparo das poções. Invoquei minha bolsa de componentes mágicos e dela retirei um saquinho que continham leite de cabra, trinta gomos de laranja, algumas cascas de limão siciliano e duas sementes de pimenta-do-reino.

Ralei as tiras das cascas de limão, e pesei, adicionando aos poucos até obter as dez gramas que seriam necessárias para a poção. Em seguida, despejei o leite e os gomos em um copo, e os misturei. Por fim, salpiquei as cascas de limão, e mexi até a cor mudar para a desejada. Dividi o conteúdo do copo em dois diferentes, guardando-os logo em seguida.

Iniciei o preparo da energética média. Rezei ao meu deus patrono mais uma vez, e então puxei dois sacos de amora em pó da minha bolsa de componentes mágicos, pesando na balança da enfermaria até conseguir as vinte gramas necessárias. Puxei dois sacos de suco de maçã da bolsa, e despejei ambos em um copo, adicionando as gramas de amora logo em seguida. Mexi até a poção adquirir um tom arroxeado, e só então adicionei o açúcar. Para finalizar, coloquei duas folhas de hortelã.

Levitei as poções até o garoto, e deixei elas juntamente com outras duas simples - uma energética e outra vitalícia. Todavia, antes que ele tomasse algum dos "medicamentos", toquei sua testa mais uma vez, e senti parte da energia do semideus retornando à ele.

Informações:
Atualizações:
Peter Lost: HP + 125/ MP + 105

PS: Se quiser continuar o tratamento, basta postar novamente.
Poderes usados:
― Boas-vindas Curadoras: Ao realizar um exame prévio e acomodar certo paciente em sua enfermaria, recepcionando-o, o curandeiro conseguirá curá-lo em vinte de vida; por ser necessário certo preparo anterior, é recomendado que seu uso seja somente na enfermaria ou em situações de conforto. Seu uso é limitado a uma vez por post – não pode ser usado em si próprio, obviamente. Não serve para cicatrizar ou quaisquer outros efeitos, apenas a recuperação de vida; para obter tais efeitos, deve-se, ao menos por enquanto, utilizar de métodos convencionais.

― Toque Curativo: Poder de efeito rápido e instantâneo; com uma aura luminosa a envolver a mão do Aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de energia a cada uso.

— Toque Energético: Poder de efeito rápido e instantâneo. Com uma aura luminosa a envolver a mão do aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de vida a cada uso.

— Descanso I: O cansaço é um inimigo muitas vezes pior que armas. Ao utilizar este poder, com contato dos dedos do curandeiro ao paciente – que não poderá ser si mesmo –, este último ficará isento de qualquer tipo de canseira. Os efeitos serão como se o doente tivesse acabado de dormir por oito horas (que é o recomendado para um homem adulto).

— Anestesia I: A dor causada por machucados pode, agora, ser aliviada pelos curandeiros de forma mística. Tocando os músculos feridos, consegue retirar quaisquer dores do paciente, o que pode ajudar até mesmo na concentração e na calma deste.
Poções usadas:
― Poção Vitalícia Simples: Uma poção de coloração esverdeada-pálida, caso tenha sido formulada do jeito correto, e de gosto ligeiramente azedo; é particularmente básica e, portanto, não necessita da especialização ‘Alquimista’. Seu principal efeito é o de, após ingerida pela boca como um líquido, recuperar a vida do paciente. Por questões de segurança, só pode ser consumida uma dose a cada turno.

― Poção Energética Simples: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada e um gosto frutífero refrescante e adocicado; comum e imprescindível para os curandeiros, ela não precisa da especialização ‘Alquimista’ para ser feita. O efeito dela é, quando sorvida para dentro dos lábios, restaurar a energia do cliente. É óbvio e claro que ela não pode ser ingerida em excesso e, portanto, seu uso só é liberado uma vez a cada turno.

― Poção Vitalícia Média: Se criada corretamente, a poção irá adquirir uma coloração semelhante à Poção Vitalícia Simples, porém desta vez será um pouco mais brilhante do que a anterior e será um pouco mais escura. O gosto da poção, a princípio, é azedo, contudo vai se tornando refrescante conforme é ingerida. Este tipo de poção só poderá ser criados por Alquimistas, uma vez que ela é mais avançada que a sua antecedente. Por questões de segurança, só uma dose pode ser ingerida uma vez por turno.

― Poção Energética Média: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada, levemente brilhante e um gosto frutífero de refrescante e adocicado; também como a poção vitalícia média, esta só pode ser criada por aqueles curandeiros que decidiram tornar-se Alquimistas. Por questões de segurança, ela só pode ser ingerida uma vez por turno.

Kaine Rembrandt
Kaine Rembrandt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
416

Localização :
Onde eu quiser

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Zeus em Sex 11 Jul 2014, 14:17

Atualizado
Zeus
Zeus
AdministraçãoPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
2180

Localização :
Olimpo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Lorenzo Albini em Sex 11 Jul 2014, 18:47



Enfermaria

Lorenzo estava cansado e ferido. Precisava urgentemente de um curandeiro para que pudesse se manter estável para qualquer circunstância que viesse a surgir. Talvez uma missão ou qualquer outro treinamento, mas o garoto precisava estar preparado e sadio.

Cambaleante, seguiu com um irmão a uma enfermaria. Não se importou muito com a aparência da mesma, afinal, seus olhos já estão se fechando pelo cansaço. Seu irmão lhe guiou até uma maca vazia e o deixou ali, enquanto ia chamar o enfermeiro.

Em meio a espera, Lorenzo adormeceu.

thanks juuub's @ cp!  
Lorenzo Albini
Lorenzo Albini
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
37

Localização :
Em algum lugar...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Kaine Rembrandt em Sab 12 Jul 2014, 11:17


Curando
Na enfermaria!


Distraído com a vida, mal notei quando dois semideuses entraram em minha enfermaria. Enquanto um deles conduzia o outro até uma das macas, apenas acompanhei-os com o olhar, me levantando logo em seguida e indo na direção de ambos.

O que estava sadio me contou sobre a situação de seu meio-irmão, um caso típico de semideuses desavisados que extrapolam no uso de poderes. Me aproximei do filho de Hécate, que parecia estar dormindo, e toquei sua testa, retirando o cansaço. Em seguida, peguei duas poções - uma média e outra simples - do armário, e deixei em uma mesinha próxima do garoto.

Então, toquei seu rosto, e cicatrizei todos os ferimentos que ele poderia ter. Agora, bastava esperar até ele acordar e tomar as poções. Felizmente, sua situação era bem simples.

Informações:
Atualizações:
Lorenzo Albini: HP/MP Full
Poções usadas:
― Poção Energética Simples: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada e um gosto frutífero refrescante e adocicado; comum e imprescindível para os curandeiros, ela não precisa da especialização ‘Alquimista’ para ser feita. O efeito dela é, quando sorvida para dentro dos lábios, restaurar a energia do cliente. É óbvio e claro que ela não pode ser ingerida em excesso e, portanto, seu uso só é liberado uma vez a cada turno.

― Poção Vitalícia Média: Se criada corretamente, a poção irá adquirir uma coloração semelhante à Poção Vitalícia Simples, porém desta vez será um pouco mais brilhante do que a anterior e será um pouco mais escura. O gosto da poção, a princípio, é azedo, contudo vai se tornando refrescante conforme é ingerida. Este tipo de poção só poderá ser criados por Alquimistas, uma vez que ela é mais avançada que a sua antecedente. Por questões de segurança, só uma dose pode ser ingerida uma vez por turno.
Poderes usados:
— Descanso I: O cansaço é um inimigo muitas vezes pior que armas. Ao utilizar este poder, com contato dos dedos do curandeiro ao paciente – que não poderá ser si mesmo –, este último ficará isento de qualquer tipo de canseira. Os efeitos serão como se o doente tivesse acabado de dormir por oito horas (que é o recomendado para um homem adulto).


— Cicatrização I: Agora o dom de cicatrizar cortes e ferimentos inicia o seu desenvolvimento nos seguidores de Asclépio. Ao tocar as feridas abertas, estas se fecharão em uma rodada, impedindo hemorragias e sangramentos. Este poder ainda não pode ser usado em si mesmo e não restaura nada, servindo apenas para cicatrizar lesões. A cicatriz ficará no local, ainda que as contusões sejam pequenas.

Kaine Rembrandt
Kaine Rembrandt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
416

Localização :
Onde eu quiser

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Jake T. Nermys em Sab 12 Jul 2014, 17:00

Enfermaria
~ Recuperação ~


-------------------------------------------------------------------



Acordei com um susto. Estava em algum lugar pela floresta, havia desmaiado ali depois de uma difícil batalha. Era o que eu me lembrava.
Olhei para o meu corpo, arranhões por toda parte. Minha roupa estava suja de sangue. Tentei me levantar, o que só fez os arranhões doerem. Esperei mais um pouco deitado ali, com a esperança de que algum semideus me achasse e me levasse para a ... - Enfermaria! - disse com quase toda a minha força.
Não sabia como levantar, mas sabia que teria que ir rápido as enfermarias. Me lembrei de alguns dias atrás, quando um de meus irmãos falou sobre uma enfermaria de algum amigo dele, um tal de "Daimon".

Mais algum tempo se passou enquanto eu estava deitado, até que eu pude reunir força suficiente para levantar e ir em direção a tal enfermaria me apoiando em algumas árvores que estavam perto.

Com muito esforço eu cheguei a enfermaria. Sentei me rapidamente antes que desmaiasse novamente.
- Por favor ... - consegui dizer - preciso de ajuda urgente ...


Thanks Thay Vengeance Cupcake Graphics
Jake T. Nermys
Jake T. Nermys
Devotos de Hera

Mensagens :
130

Localização :
Por aí

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::