Barraca do Demon

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Barraca do Demon

Mensagem por Kaine Rembrandt em Ter 22 Abr 2014, 14:17

Relembrando a primeira mensagem :


Barraca do Demon
Ajudando todo mundo.



Entre duas outras enfermarias maiores surge esta menor: apenas uma portinha que passa despercebida diante de um olhar menos atento. Há uma singela placa de “Bem-vindos” pregada ali, numa tabuleta feita à mão, mas seus adornos dourados desbotam com o tempo. O símbolo dos curandeiros permanece imponente sobre a porta. Quem resolve passar do sopé da porta não se arrepende: é um lugar agradável.. O papel de parede, de um azul muito claro, casa à perfeição com a mobília. São sofás e poltronas brancos, balcões de mogno e cedro, prateleiras do mais fino pinho. A temperatura é estável, regulada por grandes climatizadores: trabalhando incansáveis, garantem sempre condições ideais. No balcão, o filho de Éolo aguarda os pacientes.

Caminhando para o fundo, um tanto afastado desta área comunal, fica o refúgio de trabalho do curandeiro e suas poções. As ervas atulham a mesa, assim como vidros, compostos e soluções. Há estantes, também, antigas como o tempo com seus tomos grossos e livros velhos. São uns tantos sobre Biologia, alguns sobre Alquimia e infindos volumes sobre Medicina à disposição do rapaz. Seu conhecimento, quase infinito, é traído algumas vezes pela dúvida:  recorre aos livros para conferir aquilo que já sabe.  Mais à direita, há cinco leitos onde semideuses se deitam aos cuidados de Dom, o curandeiro.

Coisas importantes:


- Todas as consultas nesta enfermaria são gratuita

- Expliquem bem o que está acontecendo com seu personagem. Se está cansado, ferido e etc.

- Aqui não é um lugar off, por isso deve explicar como foi sua entrada e sua conversa com o curandeiro. Os posts devem conter mais de 5 linhas para não serem considerados flood.

- Não peçam atendimento pelo chat nem via MP, vou atender todos o mais rápido possível e, às vezes, posso ter um problema em off, mas sempre aviarei caso isso venha a ocorrer.


Kaine Rembrandt
Kaine Rembrandt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
416

Localização :
Onde eu quiser

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Barraca do Demon

Mensagem por Peter Lost em Dom 27 Jul 2014, 18:11





Enfermaria


Eu retornei novamente à barraca de Demon. Eu havia ficado impressionado com o tratamento que recebera em minha ultima visita, portanto cambaleei pelo local esperando que o curandeiro pudesse me ajudar.

Esperei que ele se voltasse para mim e abri um leve sorriso cansado, e como de costume, levantei o braço em um gesto de saudação.

- Oi... Desculpe a intromissão novamente, mas você poderia me ajudar mais uma vez? - A barraca com suas cores em azul e branco tinha um certo estilo que me mantinha calmo - Eu estou com fortes dores no corpo causadas por um maldito monstro, além de estar um tanto fadigado por usar muitos poderes...

Indiquei, com a direita, as partes do meu corpo que doíam e esperei sua resposta.


see ya, gabs
Peter Lost
Peter Lost
Filhos de ZeusAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
279

Localização :
Lost...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Peter Lost em Dom 17 Ago 2014, 15:05

OFF:
Estou cancelando meu post na enfermaria. Obrigado pela atenção.
Peter Lost
Peter Lost
Filhos de ZeusAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
279

Localização :
Lost...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Mia Jaa. Collins em Dom 24 Ago 2014, 12:12

Estava cansado e sentia que estava quase no limite. Ok, não era tanto, mas estava ofegante, de fato. Segurava meu ombro esquerdo, que havia sido machucado pelas garras de uma harpia, coisa pouca, só um oco. Em meu pulso pendia a pulseira que ganhara a pouco, para que servia ainda não fazia ideia, mas sinceramente minha ideia ali era só uma, me "concertar". 
Oi, é... Por favor, tem como dar um jeito nisso? E em todo o resto, basicamente, estou bem quebrado. - Vociferei, deixando escapar um "ai" enquanto mostrava o ombro para o rapaz. Ainda estava vestido com as roupas esfarrapadas, me obrigaram a ir direto à enfermaria ao invés de tomar um banho, fazer o que né?
Mia Jaa. Collins
avatar
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
42

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Sue W. Hammsworth em Ter 26 Ago 2014, 14:19

Uma manhã para rastejar
Sue abriu os olhos, despertando em paz de seu profundo sono após a noite turbulenta. O dia estava ensolarado, mas não se sentia disposta a aproveitá-lo, em parte porque prefere a noite para admirar as estrelas e em parte porque seu descanso não havia sido suficiente para que acordasse com a energia habitual.
Relutante, decidiu levantar-se para receber um tratamento adequado, tentou sentar-se na cama e, ao apoiar-se no braço direito, sentiu uma dor lancinante percorrer suas costas de ombro à ombro.
Aos poucos a ceifadora vestiu-se e, lentamente, caminhou até as enfermarias.
Observou o movimento nas maiores enfermarias, haviam semideuses esperando atendimento. — Acho que precisarei de atestado. — Disse enquanto seguia adiante. Optando por tentar outro estabelecimento, visto que o grande estabelecimento com janelas e pomposidades parecia bastante lotado.
Entre esta enfermaria e outra, quase tão grande quanto, a semideusa percebeu uma porta que antes não havia reparado, ornamentada apenas o símbolo dos curandeiros e uma tabuleta artesanal com os dizeres "Bem-vindos." cujos adornos dourados mostravam sinais de desgaste pelo tempo.
Sue entrou no pequeno estabelecimento e surpreendeu-se com a climatização ideal do ambiente e pelo bom gosto da decoração, aproximou-se para observar as prateleiras de pinho, que contrastavam com o papel de parede azul claro.
Alguns segundos depois, jovem campista escutou passos céleres e virou-se com o reflexo do susto, esbarrando com o ombro direito na prateleira.
— Ahh! — Urrou Sue à medida que novamente a pontada aguda lhe cruzava as costas. Levou a mão esquerda ao ombro e reposicionou seus pés para evitar outras batidas. Sentiu seu joelho fraquejar, porém o medo de cair e em um esforço claramente visível manteve-se de pé.
Viu então aproximando-se um jovem curandeiro e, quando o mesmo iniciou um gesto de que iria atendê-la Sue explicou-se: — Minha noite foi um tanto assombrada, em uma das tentativas de rolar para escapar devo ter batido o ombro em uma pedra, além de que usei muita energia criando alguns clones para despistar quem tentava me fazer mal, pode me ajudar... — Interrompeu-se procurando um crachá ou algo que lhe pude-se dizer o nome do semideus que lhe dava atenção. — Desculpe, grosseria minha, sou Sue Wolf Hammsworth, filha de Thanatos, nunca visitei sua enfermaria antes, pode me ajudar?






Informaões adicionais:
Poderes e ações utilizados na missão:
- Perícia com foices (passivo);
- Duplicação (ativo — utilizado 3 vezes);
- Esquivou-se algumas vezes das investidas de um espectro em terreno instável (floresta), jogando-se no chão e rolando (distensão muscular/escoriações leves).

Resta recuperar 20 de HP e 80 de MP.

Missão:
Sue W. Hammsworth
Sue W. Hammsworth
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
6

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Kaine Rembrandt em Qua 27 Ago 2014, 20:08


Curando.
Na enfermaria!


Há tempos negligenciava a enfermaria, e sabia que aquilo era total irresponsabilidade minha. Então, naquela manhã fria de quinta-feira, resolvi que voltaria a tratar dos feridos. Caminhou até a enfermaria rapidamente e entrou no lugar, que já havia começado a acumular poeira. Felizmente, bastou um simples controle dos ventos para tudo estar limpo outra vez. E, tão logo terminei a "faxina", os doentes começaram a chegar.

Primeiro, um garoto mais ou menos de minha idade, que nem precisava dizer seus problemas. Ele possuía arranhões superficiais espalhados pelo corpo, alguns músculos doloridos e um cansaço enorme, como se tivesse passado toda a semana acordado. Dirigi-o até uma maca e, quando se sentou, toquei sua testa, retirando o cansaço. Logo em seguida, deslizei minha mão pelos ferimentos, e cicatrizei todos. Então, levitei alguns frascos de poções do armário até a mesa, e dei as instruções para o garoto.

Nesse momento, ouvi a porta se abrindo mais uma vez, por isso me dirigi até meu balcão. Outro garoto que, a julgar pelo porte físico e pelo bronzeado, deduzi que era filho de Apolo. Sua situação não estava tão ruim. Ele se sentou na maca que indiquei, e repeti o mesmo procedimento do garoto anterior. Então, toquei onde a cria do sol reclamava de dor, e anestesiei o local.

Acomodei o garoto, deitado, e fui na direção de minha mesa. Contudo, antes que pudesse começar a preparar as poções, outra paciente entrou. O curandeiro ouviu atenciosamente as reclamações da moça, e, quando ela terminou de falar, limitou-se a dizer:

- Claro que posso ajudar. Por favor, deite-se ali. - Sue caminhou lentamente até a maca, e deitou-se como havia pedido.

Encostei no ombro ferido da garota, e ela ainda fez uma careta de dor antes de anestesiar o lugar. Toquei no rosto dela, e senti parte de sua energia voltando. Só então pude retornar para minha mesa.

Invoquei minha bolsa de componentes mágicos e retirei todos os ingrediente de que iria precisar. Ralei as cascas de limão até obter os dez gramas. Logo em seguida, misturei o leite e os gomos de laranja em dois copos, e salpiquei as cascas de limão logo em seguida.

Rezei à Asclépio antes de preparar a outra poção. Peguei os dois sacos de suco de maçã e despejei em dois copos. Depois, adicionei vinte gramas de amora em pó. Mexi a solução e, quando percebi que a cor estava arroxeada, adicionei açúcar nos dois recipientes.

Levei as poções para os pacientes, e dei à eles as sementes de pimenta-do-reino e as folhas de hortelã. Depois de mais alguns minutos de descaso, dois deles estavam em  perfeito estado, e receberam alta. Já o outro ainda precisava de um pouco mais de cuidados, bastava saber se ele ficaria ou não.

Informações:
Atualizações:
Jake L. Dwyer: HP Full/ MP + 105

Jason M. Strew: HP Full/ MP Full

Sue W. Hammsworth: HP Full/ MP Full

PS: Se quiser continuar o tratamento, basta postar novamente.
Poderes usados:
― Boas-vindas Curadoras: Ao realizar um exame prévio e acomodar certo paciente em sua enfermaria, recepcionando-o, o curandeiro conseguirá curá-lo em vinte de vida; por ser necessário certo preparo anterior, é recomendado que seu uso seja somente na enfermaria ou em situações de conforto. Seu uso é limitado a uma vez por post – não pode ser usado em si próprio, obviamente. Não serve para cicatrizar ou quaisquer outros efeitos, apenas a recuperação de vida; para obter tais efeitos, deve-se, ao menos por enquanto, utilizar de métodos convencionais.

― Toque Curativo: Poder de efeito rápido e instantâneo; com uma aura luminosa a envolver a mão do Aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de energia a cada uso.

— Toque Energético: Poder de efeito rápido e instantâneo. Com uma aura luminosa a envolver a mão do aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de vida a cada uso.

— Descanso I: O cansaço é um inimigo muitas vezes pior que armas. Ao utilizar este poder, com contato dos dedos do curandeiro ao paciente – que não poderá ser si mesmo –, este último ficará isento de qualquer tipo de canseira. Os efeitos serão como se o doente tivesse acabado de dormir por oito horas (que é o recomendado para um homem adulto).

— Anestesia I: A dor causada por machucados pode, agora, ser aliviada pelos curandeiros de forma mística. Tocando os músculos feridos, consegue retirar quaisquer dores do paciente, o que pode ajudar até mesmo na concentração e na calma deste.

Aerocinese Intermediária – Agora você pode controlar correntes de ar maiores e com um atributo especial que as torna quente ou fria, dependendo da sua vontade. Tal corrente derruba o inimigo e pode deixá-lo com muito frio ou com muito calor.

Levitação médio – Agora você pode levitar objetos maiores e monstros pequenos, podendo arremessar tudo o que levita.
Poções usadas:
― Poção Vitalícia Simples: Uma poção de coloração esverdeada-pálida, caso tenha sido formulada do jeito correto, e de gosto ligeiramente azedo; é particularmente básica e, portanto, não necessita da especialização ‘Alquimista’. Seu principal efeito é o de, após ingerida pela boca como um líquido, recuperar a vida do paciente. Por questões de segurança, só pode ser consumida uma dose a cada turno.

― Poção Energética Simples: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada e um gosto frutífero refrescante e adocicado; comum e imprescindível para os curandeiros, ela não precisa da especialização ‘Alquimista’ para ser feita. O efeito dela é, quando sorvida para dentro dos lábios, restaurar a energia do cliente. É óbvio e claro que ela não pode ser ingerida em excesso e, portanto, seu uso só é liberado uma vez a cada turno.

― Poção Vitalícia Média: Se criada corretamente, a poção irá adquirir uma coloração semelhante à Poção Vitalícia Simples, porém desta vez será um pouco mais brilhante do que a anterior e será um pouco mais escura. O gosto da poção, a princípio, é azedo, contudo vai se tornando refrescante conforme é ingerida. Este tipo de poção só poderá ser criados por Alquimistas, uma vez que ela é mais avançada que a sua antecedente. Por questões de segurança, só uma dose pode ser ingerida uma vez por turno.

― Poção Energética Média: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada, levemente brilhante e um gosto frutífero de refrescante e adocicado; também como a poção vitalícia média, esta só pode ser criada por aqueles curandeiros que decidiram tornar-se Alquimistas. Por questões de segurança, ela só pode ser ingerida uma vez por turno.

Kaine Rembrandt
Kaine Rembrandt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
416

Localização :
Onde eu quiser

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Lorenzo Albini em Qui 28 Ago 2014, 16:13



I wanna make you feel wanted!

Lorenzo não estava morrendo, isso era fato, mas também não estava em boas condições para se aventurar em missão alguma. Cansado e com ferimentos em algumas partes do corpo, como as pernas e as costas, decidiu rumar até uma das enfermarias do Acampamento para receber os devidos tratamentos.

Decidiu ir novamente à enfermaria de Dom. Já havia sido tratado lá uma vez, por isso decidiu retornar ao local. Não estava tão fraco e debilitado, por isso foi sozinho à enfermaria. O curandeiro, filho de Éolo, terminava de atender alguns campistas quando Lorenzo entrou e se dirigiu a uma das macas disponível.

― Pois não? ― Dom o recebeu.

― Sinto cansaço e há cortes em minhas costas, braços e pernas.  

Dom assentiu e pediu para que o garoto esperasse.

thanks juuub's @ cp!  
Lorenzo Albini
Lorenzo Albini
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
37

Localização :
Em algum lugar...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Kaine Rembrandt em Seg 01 Set 2014, 14:13


Curando.
Na enfermaria!


A porta da enfermaria se abriu pouco depois de ter terminado outro de meus atendimentos. Logo reconheci que era Lorenzo, um semideus que buscara tratamento alguns dias atrás. O garoto logo se dirgiu à uma das macas e, assim que se acomodou, me aproximei dele. Ouvi atentamente as reclamações do filho de Hécate e, quando ele terminou de falar, tratei de começar a curá-lo.

Iniciei tocando em sua testa, e me concentrei até retirar todo o cansaço que ele tinha. Logo em seguida, pousei minhas mãos sobre as feridas e cicatrizeis-as. Deixei ele sozinho por alguns instantes e me encaminhei até o armário das poções. Peguei dois copos e voltei até Lorenzo. Entreguei as poções juntamente com algumas folhas de hortelã com sementes de pimenta-do-reino.

Esperei o garoto terminar de tomar todas e, para finalizar o tratamento, toquei seu rosto mais uma vez, e terminei de preencher sua energia. Alguns minutos depois, dei alta a Lorenzo.

Informações:
Atualizações:
Lorenzo Albini: Full HP/ MP
Poderes usados:
― Boas-vindas Curadoras: Ao realizar um exame prévio e acomodar certo paciente em sua enfermaria, recepcionando-o, o curandeiro conseguirá curá-lo em vinte de vida; por ser necessário certo preparo anterior, é recomendado que seu uso seja somente na enfermaria ou em situações de conforto. Seu uso é limitado a uma vez por post – não pode ser usado em si próprio, obviamente. Não serve para cicatrizar ou quaisquer outros efeitos, apenas a recuperação de vida; para obter tais efeitos, deve-se, ao menos por enquanto, utilizar de métodos convencionais.

― Toque Curativo: Poder de efeito rápido e instantâneo; com uma aura luminosa a envolver a mão do Aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de energia a cada uso.

— Toque Energético: Poder de efeito rápido e instantâneo. Com uma aura luminosa a envolver a mão do aprendiz, este poderá restaurar a vitalidade de alguém que não seja si mesmo em quinze pontos. Pode ser usado até duas vezes na ocasião inteira; uma vez por post, quando se está na enfermaria. O custo é de cinco de vida a cada uso.

— Descanso I: O cansaço é um inimigo muitas vezes pior que armas. Ao utilizar este poder, com contato dos dedos do curandeiro ao paciente – que não poderá ser si mesmo –, este último ficará isento de qualquer tipo de canseira. Os efeitos serão como se o doente tivesse acabado de dormir por oito horas (que é o recomendado para um homem adulto).

— Cicatrização I: Agora o dom de cicatrizar cortes e ferimentos inicia o seu desenvolvimento nos seguidores de Asclépio. Ao tocar as feridas abertas, estas se fecharão em uma rodada, impedindo hemorragias e sangramentos. Este poder ainda não pode ser usado em si mesmo e não restaura nada, servindo apenas para cicatrizar lesões. A cicatriz ficará no local, ainda que as contusões sejam pequenas.
Poções usadas:

― Poção Vitalícia Média: Se criada corretamente, a poção irá adquirir uma coloração semelhante à Poção Vitalícia Simples, porém desta vez será um pouco mais brilhante do que a anterior e será um pouco mais escura. O gosto da poção, a princípio, é azedo, contudo vai se tornando refrescante conforme é ingerida. Este tipo de poção só poderá ser criados por Alquimistas, uma vez que ela é mais avançada que a sua antecedente. Por questões de segurança, só uma dose pode ser ingerida uma vez por turno.

― Poção Energética Média: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada, levemente brilhante e um gosto frutífero de refrescante e adocicado; também como a poção vitalícia média, esta só pode ser criada por aqueles curandeiros que decidiram tornar-se Alquimistas. Por questões de segurança, ela só pode ser ingerida uma vez por turno.

Kaine Rembrandt
Kaine Rembrandt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
416

Localização :
Onde eu quiser

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Zeus em Dom 07 Set 2014, 18:04

Atualizado

Dom Demon: +100 Dracmas
Zeus
Zeus
AdministradoresPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
2179

Localização :
Olimpo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Operetta Desjardins em Sex 26 Set 2014, 12:02


full
Demon's Place


Eu não achava necessário ir até lá, mas o Sr. Coelho insistiu tanto que acabou que acatei o que ele disse. Sabe, um coelho falante pode ser bem persistente quando deseja, e por tal motivo lá estava eu entrando em uma das enfermarias dos curandeiros para, bom, me curar, obviamente.

"Apresse-se!", Gritou o coelho empurrando-me pelas costas e batendo insistentemente no seu relógio de bolso. "Você sempre chega atrasada, menina!"

▬ Eu estou andando, não estou? Se acalme... ▬ Resmunguei para ele enquanto mancava até o rapaz que deveria ser Dom.

Havia alguns arranhões, e a torção no meu tornozelo, algo que demoraria algumas semanas para ficar completamente curado e sem hematomas e afins. Sim, eu poderia esperar as semanas passarem, mas o Coelho não, aparentemente. Ele empurrou-me mais uma vez e cutucou-me na costela. Eu sabia que os outros não podiam o ver, tal como não viam nenhum dos outros seres que eu via, por isso aprendi a disfarçar o fato de que para mim eles eram tão reais quanto as outras pessoas. Eu não era muito boa disfarçando, por sinal.

▬ Desculpe incomodar, moço, mas é que estou com uns probleminhas e um... hum... amigo meu disse que seria bom que eu viesse até aqui. ▬ Disse com um sorriso amarelo no rosto enquanto Sr. Coelho batia os pés no assoalho impaciente. Eu não sabia se era uma boa ideia ir me curar com uma pessoa cujo tinha Demon no nome, parecia contraditório, mas argumentar com o Coelho era cansativo demais.

Obs:
Só pra esclarecer, o Sr. Coelho é um ser imaginário da Operetta. E, sim, ele é o Coelho da Alice. A Opera tem uns distúrbios mentais, pois é.
Operetta Desjardins
Operetta Desjardins
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
9

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Kaine Rembrandt em Ter 07 Out 2014, 21:13


Curando.
Na enfermaria!


Tinha acabado de fazer algumas poções quando alguém entrou na enfermaria. Caminhei até meu balcão, e de cara notei os problemas que a garota tinha. Leves ferimentos se espalhavam pelo seu corpo, e seu caminhado estranho denunciava uma possível torção no tornozelo dela. Quando Operetta começou a falar, apenas ouvi cada palavra sua.

Assim que ela terminou de falar, indiquei a maca onde poderia sentar-se. Quando a moça se acomodou, pedi licença e deslizei minhas mãos sobre as feridas espalhadas pelo corpo, cicatrizando-as. Logo em seguida, examinei seu tornozelo com cuidado, e usei meus poderes para apaziguar a dor. Não podia fazer mais que aquilo.

Fui até o armário e peguei as poções recém prontas, então voltei até a filha de Melinoe. Pus eles em cima de uma mesinha e deixei junto algumas sementes de pimenta do reino e duas folhas de hortelã, e dei as instruções de como ela deveria tomar. Logo em seguida, voltei para minha bancada.

Alguns minutos depois, retornei até a maca onde a garota estava. Conferi mais uma vez seu tornozelo e dei alta à ela.

- Bem, você já pode ir, mas sugiro que fique alguns dias sem fazer atividades muito pesadas. Isso caso queira ter que voltar até aqui.

Código:
O spoiler deu algum problema que eu não consegui resolver, por isso foi no code mesmo.

Atualizações:

 Operetta Desjardins: Full HP/ MP

Poderes usados:

― Boas-vindas Curadoras: Ao realizar um exame prévio e acomodar certo paciente em sua enfermaria, recepcionando-o, o curandeiro conseguirá curá-lo em vinte de vida; por ser necessário certo preparo anterior, é recomendado que seu uso seja somente na enfermaria ou em situações de conforto. Seu uso é limitado a uma vez por post – não pode ser usado em si próprio, obviamente. Não serve para cicatrizar ou quaisquer outros efeitos, apenas a recuperação de vida; para obter tais efeitos, deve-se, ao menos por enquanto, utilizar de métodos convencionais.

— Cicatrização I: Agora o dom de cicatrizar cortes e ferimentos inicia o seu desenvolvimento nos seguidores de Asclépio. Ao tocar as feridas abertas, estas se fecharão em uma rodada, impedindo hemorragias e sangramentos. Este poder ainda não pode ser usado em si mesmo e não restaura nada, servindo apenas para cicatrizar lesões. A cicatriz ficará no local, ainda que as contusões sejam pequenas.

— Anestesia I: A dor causada por machucados pode, agora, ser aliviada pelos curandeiros de forma mística. Tocando os músculos feridos, consegue retirar quaisquer dores do paciente, o que pode ajudar até mesmo na concentração e na calma deste.

Poções usadas:

― Poção Vitalícia Média: Se criada corretamente, a poção irá adquirir uma coloração semelhante à Poção Vitalícia Simples, porém desta vez será um pouco mais brilhante do que a anterior e será um pouco mais escura. O gosto da poção, a princípio, é azedo, contudo vai se tornando refrescante conforme é ingerida. Este tipo de poção só poderá ser criados por Alquimistas, uma vez que ela é mais avançada que a sua antecedente. Por questões de segurança, só uma dose pode ser ingerida uma vez por turno.

― Poção Energética Média: Ao ser produzida da forma apropriada, a poção adquirirá uma tonalidade arroxeada, levemente brilhante e um gosto frutífero de refrescante e adocicado; também como a poção vitalícia média, esta só pode ser criada por aqueles curandeiros que decidiram tornar-se Alquimistas. Por questões de segurança, ela só pode ser ingerida uma vez por turno.

Kaine Rembrandt
Kaine Rembrandt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
416

Localização :
Onde eu quiser

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por 142-ExStaff em Sab 25 Out 2014, 23:57

Atualizado.
Dom: + 25 dracmas
142-ExStaff
142-ExStaff
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
527

Localização :
Garota, eu vou pra Califórnia. ♪

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por 142-ExStaff em Qua 05 Nov 2014, 19:41



TÓPICO TRANCADO

O player criará uma nova enfermaria.


142-ExStaff
142-ExStaff
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
527

Localização :
Garota, eu vou pra Califórnia. ♪

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Barraca do Demon

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::