Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Página 3 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Connor Blaschke em Sab 05 Jul 2014, 18:12

Relembrando a primeira mensagem :

Happy independence day!



Atendendo a pedidos de campistas que queriam um pouco de distração no acampamento, Quíron autorizara a realização de uma festa em comemoração ao 4 de Julho, feriado que relembra a independência dos EUA. Ocupado com seus afazeres no Olimpo, Dionísio convocou seus filhos e seguidores para que estes ficassem responsáveis pela organização do evento.
Logo ao adentrar o anfiteatro, local escolhido para a celebração, semideuses e seres da natureza poderiam ver faixas e fitas azuis, vermelhas e brancas no teto, além de uma enorme bandeira americana na extremidade oposta do lugar. Na frente desta, uma mesa de DJ comandada por um menestrel e, logo antes, a expressiva pista de dança, que ocupava maior parte do espaço.
Ao redor da pista, sofás e mesas aguardavam os convidados que desejassem se sentar. Em quiosques, os mais diversos tipos de quitutes e docinhos eram disponibilizados para quem quisesse se servir. Mênades e filhos do deus do vinho revezavam em estações onde os drinks eram servidos.
Em um dos cantos mais afastados, há uma ala fechada, internamente dividida por tendas, as quais tinham uma espécie de tecido que permitiam ainda mais reclusão, impossibilitando o contato com o exterior da tenda (este estava preso à armação, apenas esperando para ser solto. O lugar fora pensado para os casais que, ainda na festa, desejassem um pouco mais de privacidade. Dentro de cada tenda havia duas cadeiras, uma mesinha que servia de apoio para uma champanhe e duas taças, além de uma cesta com chocolates e doces variados. Um pouco mais afastado do das cadeiras, havia um acolchoamento fofo repleto de almofadas, como se fosse um tapete, mas mais confortável. Cada divisão recebia iluminação própria, sendo esta feita por pequenas luzes que criavam um clima especial - ou até romântico, por assim dizer.


Regras:
- Não são permitidas lutas, aleijamentos, mortes ou qualquer coisa do gênero;
- Não é permitido coma alcoólico;
- Não são permitidas cenas 18+;
- Não são permitidos posts com menos de 3 linhas, nem double post;
- Não se pode fazer uso de drogas ilícitas;
- A festa é atemporal, pode postar independente do que esteja envolvido no resto do fórum;
- Podem acrescentar mais descrições na festa;
- Obs.: A quebra de alguma dessas regras resultará na proibição do campista continuar na festa ;
- Divirtam-se. HU3

Comidas e bebidas disponíveis:
Bebidas
Cocktails
Cervejas – Ice
Cerveja Importada
Cerveja Nacional
Ice
Destilados
Especial Whisky Johnnie Walker
Whisky Importado
Whisky Nacional
Vodka
Tequila
Steinhaeger
Saquê / Sake
Rum/Ron
Grappa e Bagaceira
Gin
Conhaque / Cognac
Cachaça
Absinto / Absinthe
Champagne
Espumante
Lambrusco
Prosecco
Vinho Importado
Vinho Nacional
Vinho Premium, Safrado e Pontuado
Vinhos - Pesquisa Avançada
Outras Bebidas Alcoólicas
Aperitivo
Batida
Bitter
Catuaba
Fernet
Licor Importado
Licor Nacional
Vermouth
Água de Coco
Água Mineral
Água Tônica
Chá
Energético
Groselha e Xarope
Isotônico / Repositor
Refrigerante
Suco Integral
Suco Pronto

Alimentos

Doces
Colomba Pascal
Leite e Achocolatado
Panettone
Petiscos
Outros.


Créditos da formatação do post à Lexis Skönhet sz
Créditos da área reservada a Logan Montecarlo
Regras, bebidas e comidas retirados o post da festa de halloween 2013
Editado por mim sz


A FESTA IRÁ ATÉ O DIA 20 DE JULHO DE 2014
Connor Blaschke
Connor Blaschke
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
450

Localização :
Los Angeles

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Lina Oakwood em Seg 07 Jul 2014, 23:14


Independência ou Morte
Festa de 4 de Julho.


Obviamente, depois de certos acontecimentos recentes - como o fato de ter encontrado uma semideusa enquanto estava em NY -, a festa do dia da independência era uma forma de desopilar dessas coisas. Como monitor do chalé de Hefesto, era quase que obrigação comparecer ao local, para ajudar os outros monitores a evitar brigas ou qualquer coisa assim - se bem que os supracitados talvez estivessem tão bêbados que não soubessem distinguir uma perna de um braço. Revirei os olhos a esse fato, coçando a cabeça enquanto observava os mais novos saírem do chalé em direção a festa, talvez pensando que conseguiriam pegar algumas primas no processo.

Sendo pouco patriótico, coloquei uma camisa branca frouxa - uma que parecia aquelas camisas que piratas utilizavam - e uma calça de pano marrom. Calcei os sapatos, que nada tinham de mais e, enquanto poderia ver muitas pessoas andando com vermelho e azul por todo o acampamento - o que me parecia um tanto espalhafatoso demais - saí com aquilo que vestira, sabendo que, comparado aos outros membros, seria facilmente reconhecido na multidão. Calmamente, andei até o anfiteatro, onde muitas pessoas já estavam aglomeradas e a conversa era bastante intensa.

Abri espaço entre as pessoas, galgando meu caminho até a mesa de bebidas. Depois de pedir uma água e um copo de gim, sentei-me em um dos banquinhos. Toquei uma das cicatrizes novas por cima da roupa, pensando na situação que a adquirira. O tilintar do copo na bancada foi o suficiente para me retirar de meus pensamentos, visualizando a festa e as pessoas como um todo.

- Obrigado. - falei, percebendo que minha voz estava mais grave que duas semanas atrás.

Dois goles de gim e um gole de água não eram suficientes nem para me deixar alegre. Mas era um começo.
Lina Oakwood
avatar
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
633

Localização :
Para me encontrar, você precisa trazer ouro imperial. Ai, terás de descer até o fundo do mar e procurar um gigante que me conheça. Depois, suba novamente a terra e siga as direções desse Gigante. Talvez você me encontre, talvez não.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Lexis Skönhet em Seg 07 Jul 2014, 23:23


and make me feel alive
#004 ♥ logan ♥ anfiteatro ♥ lua ♥ Turn Me On – david guetta feat. nicki minaj ♥ isso
 
Que meigo, ele me imaginara nua. Não contive um sorriso malicioso ao, uh, coisar a frase, aproveitando o tempo que ele usara para pegar a garrafa de Absolut que eu pedira para uma resposta dita o mais breve possível. — Talvez você devesse parar de imaginar e a gente poderia ir para uma das tendas.

Mas, sim, ele era um filho da puta. Revirei os olhos ao ver a vodka no ar, porém um pouco mais alto do que o ideal para alguém de 1,59. Não, eu não daria a um completo desconhecido o prazer de zombar de mim. Ou seja, levitando estava e levitando ficaria a garrafa porque, tipo, meio que sem chances dele conseguir me colocar nas pontas dos pés. Well, antes ser baixinha do que não conseguir passar pelas portas por ser alto demais, o que imaginava/esperava/desejava ser o caso dele.  

Ainda com todo esse momento você me paga por essa vodka, o suspiro aliviado ao ver minha mão livre fora inevitável, bem como aquele olhar no estilo oi, vamos transar? ao ser basicamente presa ao garoto.  

Até que ele me beijou.

Breve, simples, com um puta gostinho de quero mais e seguido de um tapa na cara. — Você não deveria beijar uma garota que não sabe nem ao menos o nome. — ri, repousando os braços nos ombros do guri, fitando-o nos olhos — Lexis Skönhet also known as Lex, Lexi, Miss Problema e coisas como vadia, puta, enfim. — ficando, argh, nas pontas dos pés e trazendo o rosto dele para mais perto, nossos lábios roçando uns nos outros — Terei o prazer de saber seu nome antes que a gente se beije de novo?

obs:
Oi.
Tnks, Lesro, por revisar pra mim ♥
Tchau.
lexis skönhet:
Armas levadas:
ERROR 404 – Not found
poderes:
 
Afrodite e Mênades

PASSIVOS

Considerar todos até o nível 25, com destaque para:
Luxúria ~ Nível cinco
O desejo pode ser despertado com pequenos gestos, mas que para o observador são sedutores e provocantes. Você pode despertar esse desejo com um simples olhar, um toque, pela aproximação, de modo que qualquer um deixa de prestar atenção em outras coisas para se focar apenas em você. Não é uma habilidade sobrenatural, indica apenas um conhecimento de como usar seu lado sensual para manipular as pessoas, mas não é charme, magia nem nada do tipo: apenas estudo de comportamento.

ATIVOS

ERROR 404 – Not found
Lexis Skönhet
Lexis Skönhet
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
216

Localização :
USA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Nina A. Mutt em Seg 07 Jul 2014, 23:30




4/07




Felicidade ou disposição eram a última coisa que se via na face da filha de Hades. Os olhos opacos estavam afogados em olheiras escuras e parecia ainda mais pálida que o normal, claro que o fato de estar grávida de 5 meses era um fator, mas também haviam outras milhares de coisas que faziam o já raro sorriso da cadela, sumir. Estava frente ao espelho, terminando de arrumar o cabelo longo e verificando os dentes, passou os dedos pelos caninos que pareciam se afiar ainda mais com o tempo, estava realmente virando um canídeo. Rolou os olhos e respirou fundo, alcançou o cantil mágico e deu um gole poderoso, álcool e drogas não eram recomendados para uma gestante, contudo Nina não chegava a abusar, mas se não tivesse sua dose diária teria um ataque – visto os hormônios endiabrados que a atingiam-na, era capaz de provocar um terremoto. O líquido escorreu pela garganta e trouxe uma sensação de alívio, tossiu algumas vezes, a abstinência da nicotina fazia seus pulmões doerem, pois já tinham se acostumado a fumaça.

-Bem melhor – disse lambendo os lábios e soltando um gemido longo de satisfação.
-Ei Nina. – uma voz masculina adentrou o chalé vazio, engraçado como crias das trevas gostavam de uma festa.
-Entre Leslie. – ela disse pondo os brincos e virando-se para o amigo.

O filho de Hermes deu um sorriso cúmplice e puxou a mão da cadela do inferno para dar um beijo cavalheiro na mão, a garota deixou o ato seguir, afinal ele não teria coragem de ir além daquilo senão certo filho de Éolo lhe arrancaria os olhos, além de que, Nina também não era do tipo paciente com assédios em horas erradas.

-Aqui está. – ele estendeu um vestido que ainda estava no cabide, era negro e feito para futuras mamães como Nina. Solto e curto na altura das coxas, além de um bom decote, negro e com detalhes em prata que combinavam com a tez pálida da semideusa.
-Quanto lhe devo?
-Uns cinquenta dólares e outros vinte dracmas pelo frete. Mas pode me pagar amanhã. – ele deu outro sorriso e dirigiu seus olhos ao ventre da garota coberto pela camiseta. – Como vai o filhote?
-Crescendo. – ela sorriu. – Obrigada Leslie.

O rapaz se retirou e a garota foi trocar-se. Já pronta tomou o caminho da festa, seus instintos de mênade coçaram, além do olfato afiado captar todas as bebidas presentes, sua boca secou, mas teria de se controlar. Um fio de suor escorreu de sua testa até o vale dos seios, seria complicado afinal. Chegou ao lugar e se deparou com mais meio-sangues do que gostaria, alguns rostos conhecidos, outros não e alguns que adoraria não ver. Revirou os olhos, era melhor não pensar naquilo, continuou a procurar certo Fellp que, naquela altura, deveria estar flertando com qualquer rosto bonito. Acenou para alguns conhecidos e recebeu olhares curiosos de idiotas que não sabiam da gravidez da morena, mas não se importou e seguiu seu caminho com toda a pompa de um vira-lata orgulhoso.

-Ora ora. – ela sorriu ao ver Chlöe em toda sua beleza afrodisíaca, junto com ela o senhor arrogante, Jess que tinha conhecido na última festa e um outro que não fazia ideia de quem seria. – Já faz algum tempo que não nos presenteia com sua sensualidade.

Aproximou-se e abraçou a garota com uma saudade gostosa, a barriga atrapalhou um pouco o contato com o calor que emanava da loira, mas nada que tirasse o bom humor que brotava no peito da cadela. Cumprimentou Jess com um sorriso e por fim se dirigiu ao namorado que estava patriótico demais para seu gosto.

-Se o Tio Sam tivesse cachos tão meigos, eu até toparia algo com ele. – provocou o rapaz com o sorriso malicioso em face.

Por via das dúvidas:


- {Woodpecker} / [Colar] (Apresenta um pingente de prata em forma de W, preso em uma tira de couro. Serve para lembrar Nina de sua primeira aventura externa e possui uma barreira auditiva, acionada pela semideusa. Se ela assim quiser, o colar emite músicas de seu gosto, protegendo-a de ataques relacionados à música se estes não forem fortes. Ex: Poderes equivalentes ao nível de Nina por parte dos Menestréis ou até mesmo o canto de sereias em um nível maior.) {Couro, Prata} [Nível Mínimo: 5] {Audição da Semideusa} (Recebimento de Melinoe ~ Missão Behind The Music)
—Twin Daggerss (Gêmeas) {Anéis de Noivado} [Ouro e Aço] [São dois anéis mágicos dados por Ares e abençoados por Afrodite. São o selo do amor de Nina e Jon, além de ser o último ‘apoio’ do rapaz antes de morrer. Ao pronunciar o sobrenome de ambos – Mutt – os aros transformam-se em adagas, cujos cabos representam, respectivamente, uma escultura de Ares(aço) e outra de Afrodite(ouro). Podem emitir leves faíscas atordoadoras, duas vezes por dia. Cada arma possui um disparo, que é capaz de desequilibrar ou distrair um inimigo com sensações de choque elétrico. Além disso, suas discargas não funcionam em seres humanos, limitando-se apenas à criaturas mitológicas.] (Nível mínimo: 25) {Elemento: Luz} [Recebimento: DIY "Bad, Bad Dog!", por Afrodite]


valeu @ carol!
Nina A. Mutt
Nina A. Mutt
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
382

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Piper Legrand em Ter 08 Jul 2014, 00:41

(i'm ) so much better
Please baby, don't touch-me, mon amour.





A expressão de tédio e desagrado era nítida em minha rosto. Um, dois, três... quantos haviam sido?! Já tinha perdido a conta de quantos garotos dispensei no curto espaço de tempo em que eu já estava recostada ao balcão, lançando olhares desinteressados para todas as figuras que entravam fazendo cena. Ora ou outra a careta assumia algum significado tácito distinto, mas nunca era de algo bom. Aliás, havia algo bom ali? Se sim, eu ainda não tinha visto e...

O fluxo dos meus pensamentos foi interrompido. Respirei fundo e cerrei os olhos, desviando somente o meu rosto para ver do que se tratava e  devo confessar que me surpreendi quando minha visão - ainda que levemente confundida pelas luzes escalafobéticas que brilhavam sequentes, gerando a típica iluminação de eventos como aqueles -, deu-se por uma garota de traços parecidos com os meus. Eu juro, já estava quase desistindo de encontrar alguma originalidade ou bom gosto estampando qualquer coisa ali - e por qualquer coisa eu incluía os campistas, até que...

Um pouco de bom gosto, enfim. - falei com um sorriso assumindo as curvas dos meus lábios.

Meus orbes monocromáticos refletiam suas muitas cores e meus fios loiros desciam lisos em cascata por minhas costas. Projetei à destra até uma parte do cabelo que trouxe para frente e passei a cacheá-lo com o indicador equivalente, finalmente interessada em alguém desde minha chegada - que ainda que fosse em pouco, já me parecia uma eternidade dada a todo o mau gosto que enchiam meus olhos. Tentei respirar fundo e de meu arsenal de sorrisos falsos, desenhei um dos mais simpáticos possíveis endereçados à garotas.

Então... gostando da... - pausei com a fala, dando uma olhadela rápida para os lados que compreendiam àquela baderna e então completei, deixando o escárnio falar por mim - ... festa?

Eu estava mesmo falando com uma garota desconhecida? Por que o fazia? Eram muitas as indagações que fazia a mim mesma internamente, mas se eu não tinha Pié - ah, como meu little bitch faz falta! -, eu deveria arrumar uma companhia para enaltecer minhas qualidades, me dedicar elogios e... aprontar, é óbvio!

Uma máscara de malícia impregnou-se em meu belo rosto. Meus olhos perscrutaram todo o âmbito em poucos instantes, analisando rapidamente todas as silhuetas do local; corpos dançantes, corpos estáticos, corpos separados e corpos que de tão grudados pareciam um só. Uma ideia inflamou em meu ser e, quando dei por mim mesma, já havia me decidido! Só aguardaria pela resposta da outra e a puxaria comigo. Para onde? Oh, queridos... Sou Piper Legrand, a Petit de Afrodite! Todos os meus passos rumam numa única direção! Aquela em que o prazer de afagar meu próprio âmago mescla-se a única palavra capaz de amenizar e agitar meu espírito em um delicioso impasse; diversão!

habilidades usadas:
♥ Beleza Estonteante (Nível 1). Como filhos da deusa da beleza, você é naturalmente belo, sendo tal beleza notável e admirada por todos. Seus olhos têm uma coloração que não se define completamente, sendo intrigantes e como se fssem hipnotizantes; sua voz atrai, seus lábios são provocantes, seu rosto possui uma beleza harmoniosa e o corpo não fica para trás. Tudo em você chama a atenção pela beleza especial que possui, e é praticamente impossível deixar de notá-lo.




(  And ) you'll want me every day, I know.
But I can not feed their hopes, baby. I am the dream of many, and the reality of few!
Piper Legrand
Piper Legrand
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
275

Localização :
No inferno. ;)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Lucifer Labonair em Ter 08 Jul 2014, 00:51



Oh, say! can you see by the dawn's early light

...

Jessamine, te amo sz


A
quela festa tinha uma tendência a melhorar gradativamente, ele percebeu aquilo ao ver a presença de mais uma das belezas que aquele Acampamento oferecia. Ao contrário da primeira acompanhante, a segunda era loira, estava vestida como se tivesse escolhido as peças da vestimenta durante o dia todo, sua presença atribuía uma sensação extra de luxúria e desejo. Ele reconhecia aquilo, já havia passado um tempo naquele lugar há anos, sabia quem era a filha de Afrodite ali. Embora não o incomodasse, o rapaz gostaria de saber o nome das duas beldades, porém não fora preciso perguntar diretamente à elas. Kddhrow manteve a atenção nas duas, ouvindo a breve conversa que tiveram. Aparentemente, a morena era conhecida como Julie, já a loira, Chlöe.

Ele sentiu uma leve queimadura na região do rosto ao ouvir o que a filha do amor havia dito, porém continuou demonstrando o mesmo de antes: um falso interesse. Na verdade, estava até feliz, o conhaque agora era só dele, afinal. Expressou novamente um sorriso, para não ser taxado de mal-educado, levou a garrafa até os lábios e ousou dar um longo gole. A sensação era de que a bebida queimaria suas entranhas, até um enorme buraco surgir em seu peito. — Não sou homem de ceder, senhorita. Mas, admito, está sendo um pouco difícil — ao dizer aquilo, ele fitou a morena com um olhar um tanto atrevido, por breves segundos. Ele se levantou, dando lugar a uma das duas, não se importando com qual. A noite estava boa, realmente. Alguns contratempos, obviamente, como o colega vingador e seu companheiro, porém foram postos pra fora da jogada. O lado ruim era o outro rapaz, um jeito playboy de ser e garanhão. Ok, ele não seria problema, por hora.

— Cachinhos... — limitou-se a dizer somente isso, cumprimentando o meio-irmão.

O rapaz observava a festa, na pequena esperança de reconhecer alguém ali. Nada, todos eram novos. Pudera, a maioria de seus antigos amigos do Acampamento, provavelmente estavam mortos, poucos tinham a proeza de sobreviver por muitos anos. O que era até melhor, as semideusas do passado não eram tão assanhadas como as que ele observava na festa. Uma em especial, chamou-lhe a atenção. Assim como Chlöe, a mestiça era loira e possuidora de uma beleza estonteante. Vestia uma mini-saia que detalhava bem seu quadril, a peça de cima era igualmente provocante, seus lábios eram um convite para a perdição. Ela rebolava em seus passos, em seguida apreciou uma taça de vinho, seduzindo todos os galanteadores ao redor. Embora o desejo de tomá-la para si fosse inevitável, ele não seria tão desprezível ao ponto de ignorar os outros três. Aliás, quatro. Em questão de minutos, uma nova acompanhante se junto ao provável grupo. Ao contrário das outras duas, ela tinha algo que a diferenciava, não só fisicamente. Além da gravidez já explícita, algo dentro dela incomodava o vingador, ele sentia que algo dentro dela não estava certo. Foi então que ele percebeu que sua noite estava indo por água abaixo, socializar daquele modo não estava em seus planos, de jeito nenhum.

— Então, não conheço vocês, mas seria bom saber mais dos componentes desse grupinho — disse, voltando a apreciar sua garrafa de conhaque. — principalmente sobre você, Julie.
Lucifer Labonair
Lucifer Labonair
Filhos de EoloAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
466

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Logan Montecarlo em Ter 08 Jul 2014, 01:08




(Love You In Those Jeans - P9)





July 4th

post ● #4
where ● Anfiteatro
with ● Lexis Athayde/Morta Skönhet
lyrics ● or in a sexy little dress ♫
Não que a hipótese de levar um tapa estivesse totalmente descartada, mas - devido às atitudes dela - acreditava que ele não viesse com tanta força. Errou: a mão estalara contra seu rosto, avermelhando a bochecha e esquentando-a. Como reação, só fechou o olho do lado alvejado, puxando o sorriso pro mesmo lado.
— Eu sei que não — respondeu-lhe, apoiando as costas no bar e portanto ficando um pouco mais baixo, para que ela não tivesse que ficar como um bicho-preguiça apoiado num tronco —, mas não é como se eu fosse muito bom com regras.
A vontade de beijá-la de uma vez era maior e, de fato, incontrolável, mas havia todo aquele lado de conquista, que não conseguia perder, assim mantendo os lábios perto, mas não iniciando nada, até se afastando um pouquinho.
— Olha, depende de quando você considera que vamos nos beijar novamente — comentou, afrouxando a corrente e enrolando-a no braço, mas sem torná-la o bracelete, só pegando a garrafa no alto e colocando na mão dela, enquanto levitava um balde de gelo e alguns ingredientes dos drinks. — Eu, particularmente, achei bem interessante isso de, hm — e afinou a voz, talvez agudo do que realmente ela falasse —, parar de imaginar e ir para uma das tendas, seja lá onde essas tais tendas forem — e sorriu, pegando nos dois ombros de, calma, Lexis?, e a girando para o outro lado, além de precipitar o corpo para frente e a boca ao pescoço alheio, mordendo-o e deixando um leve chupão.
"Pode me mostrar, puta?", indagara sem tirar a boca da pele feminina, usando um dos apelidos citados pela própria.
Aquela noite, para Logan, só tinha começado; e, mesmo assim, tinha uma total noção do que seria o "terminado".

Equipamentos:
— {Graces and Muses} / Colar [É um colar que possui um pingente de coração, feito de rubi. Dado pelo respeito adquirido dentre as Graças, dá ao usuário uma certa “aura agradável”, que faz com que o torne mais “interessante” para aqueles que o utilizador quiser, assim podendo persuadir mesmo aqueles que possuam resistência e sejam até cinco níveis maiores que o semideus, embora não dê a capacidade de, de fato, persuadi-lo, sendo ainda necessário desenvoltura de postagem e outros elementos, mas ajuda na sedução/persuasão, fazendo com que até seres divinos - que sejam neutros os favoráveis ao semideus - no mínimo escutem o que ele tem a falar, mesmo que normalmente não o obedeçam.] {Rubi} (Nível Mínimo: 20) {Persuasão, Habilidade Corporal (Dança)} [Recebimento: DIY ~ Moulin Rouge] (PESCOÇO!)
— Anima Bracelet: Um bracelete de prata com o desenho de borboleta em ouro. Esse bracelete pode ser ativado com o desejo mental do usuário e transforma-se em uma corrente que pode medir 10m. Essa corrente é feita de prata e ouro sagrado, bastante resiste a tal ponto de ser semi-indestrutível. Ela obedecerá aos comandos mentais do mentalista com perfeição, independente do nível que ele esteja. [Materiais: Ouro Sagrado e Prata Sagrada] (Nível mínimo 1) {Elemento: Psíquico} [Recebimento: presente por ser mentalista] (CINTURA da Lexis, no caso -q)
Poderes:
— Beleza Inata: Perséfone é uma antiga rival de Afrodite, por conta de ambas serem dotadas que especial beleza. Assim, tanto quanto os filhos da deusa do amor, os meio-sangues de Perséfone são comumente descritos como lindos, embora isso ainda não tenha uma grande serventia em batalha. (PERSÉFONE, PASSIVO)
— Aura Floral I: Crê-se que os filhos de Perséfone possuem um cheiro agradável, como se estivessem em constante contato com as flores. Na realidade, há uma aura sucinta ao redor dos corpos destes, embora esta possa ser contida para fins diversos. (PERSÉFONE, PASSIVO)
— Persuasão: Perséfone era famosa por intervir nos julgamentos, convencendo Hades a amenizar suas penas. Seus filhos herdam tal habilidade. Isso faz com que argumentem bem, prendendo a atenção dos interlocutores, que considerarão seus argumentos com mais facilidade. Poderes que visam a sedução também são ampliados em 20%. Aliado à beleza das crias de Perséfone, é um componente fatal para a sedução. (PERSÉFONE, PASSIVO)
— Telecinese intermediária: Consegue mover e levitar objetos mais pesados, porém não chegando a ser aqueles bem pesados e complicados, a velocidade também aumenta, sendo proporcional ao peso. (PSIQUÊ, ATIVO)
— Telepatia Avançada: Controle total, podendo escolher a hora que vai escutar os pensamentos ou não e também se comunicando livremente através dos pensamentos. (PSIQUÊ, PASSIVO)
Logan Montecarlo
Logan Montecarlo
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
338

Localização :
viajei por aí

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Kai Keanu em Ter 08 Jul 2014, 01:18

Aurora R. Vatten
    Lexis Skönhetalone, post one.
MERMAID MUD PUDDLE, vestindo lively flo rida, Club Can't Handle Me!


Caminhava em direção ao anfiteatro ao lado de Lexis. Depois de umas quinze, ou dezesseis roupas trocadas, decidi ir com um cropped vermelho, azul e branco, que deixava boa parte da minha barriga visível, uma saia de couro, batida na metade da coxa e um salto alto de agulha preto. Passei um rímel nos olhos, um batom meio rosa nos lábios, brinco, colar, anel, etc. Cores da bandeira, é, 4 de julho, independência dos EUA, blablabla, e sim, eu estava linda. — Poxa, meu sonho era ficar de vela pra você, Lexis! — ironizei a frase, sorrindo de canto. — Idiota.

Antes de entrar, desviei de um casal se agarrando e fui puxada pela vadia totalmente amável para algum lugar dali, assim, podendo observar poucos — ou talvez todos — detalhes da festa. Faixas e fitas presas no teto, mesa de DJ, a pista de dança, uns sofás legalzinhos, uma tenda para casais, e os quiosques, pra onde eu estava sendo arrastada. Trombei em pelo menos cinco semideuses até chegar nos barzinhos. Fitei-a, como quem pedisse uma explicação, porém, logo meu olhar alternou para algo mais malicioso do que confuso. Hm, Lexis, posso te beijar? Sorri, mas antes que pudesse falar algo, a puta enfiou um canapé na minha boca, o que fez eu escuta-la calada, e ver ela sumir no meio dos campistas. Mastiguei a comida e debrucei sobre o balcão, fazendo um sinal para que o barman viesse até mim.

Etc:
O post tá uma bosta, o post tá pequeno, n revisei msm nao, fodase e é isso ae
posta rápido gabriel 'u' q ♥
Armas:
-
Poderes:
Passivos:
-
Ativo:
-
Kai Keanu
Kai Keanu
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
258

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Lexis Skönhet em Ter 08 Jul 2014, 03:32


talk dirty to me
#005 ♥ logan ♥ anfiteatro ♥ lua ♥ talk dirty — jason derulo feat. 2 chainz ♥ isso
 
Sem nome e sem beijo, ok, indignação básica. E sem corrente, o que era ótimo. E com Absolut Raspberri, o que era melhor ainda, mesmo que preferisse a sabor baunilha, mas ok.  

Tirei o lacre da garrafa, virando-a e tomando um gole, não hesitando em dar-lhe um tapa "fraco" no peito mediante a brincadeira com a minha voz. Não, ela não era aguda, não como o apito de chaleira que o garoto-sem-nome reproduzira. Já de costas, ou seja, sendo praticamente encoxada, deixei a cabeça pender para o lado contrário aos lábios dele, assim abrindo espaço para ter a nuca estuprada explorada, fechando momentaneamente os olhos.

— Posso te mostrar algo mais interessante do que as tendas e mais gostoso que um beijo se você for comigo, que tal? — sugeri, usando o tom mais sexy que Afrobitch permitia, então abaixando-me para desviar do contato, parei ao lado dele, apontando para uma área no canto do anfiteatro oposto a nós — Ali, mon amour. Ala fechada, espaços individuais, parte disso é culpa minha, aliás.— sorri, de certa forma orgulhosa daquilo — Você vem?

Ri, já andando rumo às tendas, mas não sem antes lançar uma piscadela sobre o ombro.  

Esbarrei em talvez vinte semideuses e tive a bunda descaradamente apalpada umas duas, três vezes, porém chegara inteira ao cantinho do sexo. Parara na porta, esperando o guri. E ele que não ousasse sumir.

obs:
Oi.
Tnks, Lesro, por revisar pra mim e assumir a responsabilidade por qualquer erro ♥ q
Tchau.
lexis skönhet:
Armas levadas:
ERROR 404 – Not found
poderes:
 
Afrodite e Mênades


PASSIVOS

Considerar todos até o nível 25, com destaque para:
Fluência em Francês ~ Nível três
Não importa se você nunca teve contato com o idioma, mas por ser a língua do amor, você pode fala-lo fluentemente, lê-lo e escrevê-lo com perfeição, como se esta fosse sua língua materna.

Luxúria ~ Nível cinco
O desejo pode ser despertado com pequenos gestos, mas que para o observador são sedutores e provocantes. Você pode despertar esse desejo com um simples olhar, um toque, pela aproximação, de modo que qualquer um deixa de prestar atenção em outras coisas para se focar apenas em você. Não é uma habilidade sobrenatural, indica apenas um conhecimento de como usar seu lado sensual para manipular as pessoas, mas não é charme, magia nem nada do tipo: apenas estudo de comportamento.

ATIVOS

ERROR 404 – Not found
Lexis Skönhet
Lexis Skönhet
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
216

Localização :
USA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Logan Montecarlo em Ter 08 Jul 2014, 05:22




(Can't Hold Us - Kurt Hugo Schneider & Max Schneider)





July 4th

post ● #5
where ● Anfiteatro
with ● Lexis Athayde/Morta Skönhet
lyrics ● so we put our hands up like the ceiling can't hold us ♫
Ah, aquele risinho provocante, ingênuo e safado; sem ter muitas opções - ou simplesmente desconsiderando qualquer uma que não envolvesse Lexis nela -, seguiu-a por entre a pista de dança, o que era efetivamente desconfortável.
Não bastasse ter que ir trombando, pedindo desculpa, falando foi mal, e sorrindo sem jeito para cada um, ainda tinha que aguentar aqueles olhares sobre sua acompanhante, que quase tivera a saia basicamente ignorada por uma mão boba no meio do caminho. Ele, tipo, não deixou passar sem nada: pediu um cigarro e fogo, sabendo que ele os tinha, logo recebendo; antes de acender, encarou-o nos olhos, e as labaredas pareceram criar vida, criando um pequeno foco de incêndio naquele princípio de barba e chamuscando as sobrancelhas.
"Agradecido", comentou, dando-lhe um tapinha nas costas como se fosse um velho amigo e surrupiando o isqueiro e o maço do bolso do idiota, que ficou procurando algum líquido-não-inflamável para salvar algum pelo facial.
Nesse meio tempo, acabou que se perdeu um pouco dela, mas tinha uma noção de onde deveria ir, só seguindo pelo final da pista. Chegou, então, à dita ala reservada, que a priori não tinha nada de especial.
— Esperava mais se você realmente tem culpa nisso — comentou somente, passando um braço pela cintura dela e acompanhando-a para dentro.
E, bem, se arrependeu de ter falado aquilo.
Internamente, várias tendas dividiam espaço, separadas por tecidos cuja tonalidade remetia completamente à luxúria que, bom, deveria ocorrer dentro delas. Sem protelar demais na escolha, abriu uma qualquer e se abaixou para entrar - não que fosse muito alto, apenas o teto era rebaixado demais. No local, tudo preparado como para uma mini lua-de-mel, com champanhe, chocolates, doces em geral. Demorou-se um pouco na decoração, apenas para não admitir o que se viu obrigado a expor em palavras.
— É, tá bonzinho — e se voltou para ela, abraçando-a por trás, novamente com a boca no pescoço, mas acabou rindo, dando um tempo no contato corporal, estourando a champanhe e bebendo diretamente do bico.
Dessa vez à frente da menina, semicerrou os olhos.
— Ainda não sei de quem é filha — comentou, esquecendo-se - ou não querendo lembrar - da pergunta que ainda não respondera.
De toda forma, achou que fosse justo, mesmo porque já estava prestes a tentar outro beijo.
— Bom, filho de Perséfone — e abaixou um pouco a cabeça, pigarreando e fazendo um sinal de cabeça ao decote dela, como se estivesse sem jeito, porém atuando perfeitamente ao fingir não saber como uma rosa de pétalas vermelhas, brancas e azuis aparecera entre os seios altamente desejáveis —, e sou Logan.

Equipamentos:
— {Graces and Muses} / Colar [É um colar que possui um pingente de coração, feito de rubi. Dado pelo respeito adquirido dentre as Graças, dá ao usuário uma certa “aura agradável”, que faz com que o torne mais “interessante” para aqueles que o utilizador quiser, assim podendo persuadir mesmo aqueles que possuam resistência e sejam até cinco níveis maiores que o semideus, embora não dê a capacidade de, de fato, persuadi-lo, sendo ainda necessário desenvoltura de postagem e outros elementos, mas ajuda na sedução/persuasão, fazendo com que até seres divinos - que sejam neutros os favoráveis ao semideus - no mínimo escutem o que ele tem a falar, mesmo que normalmente não o obedeçam.] {Rubi} (Nível Mínimo: 20) {Persuasão, Habilidade Corporal (Dança)} [Recebimento: DIY ~ Moulin Rouge] (PESCOÇO!)
— Anima Bracelet: Um bracelete de prata com o desenho de borboleta em ouro. Esse bracelete pode ser ativado com o desejo mental do usuário e transforma-se em uma corrente que pode medir 10m. Essa corrente é feita de prata e ouro sagrado, bastante resiste a tal ponto de ser semi-indestrutível. Ela obedecerá aos comandos mentais do mentalista com perfeição, independente do nível que ele esteja. [Materiais: Ouro Sagrado e Prata Sagrada] (Nível mínimo 1) {Elemento: Psíquico} [Recebimento: presente por ser mentalista] (BRAÇO DIREITO)
Poderes:
— Beleza Inata: Perséfone é uma antiga rival de Afrodite, por conta de ambas serem dotadas que especial beleza. Assim, tanto quanto os filhos da deusa do amor, os meio-sangues de Perséfone são comumente descritos como lindos, embora isso ainda não tenha uma grande serventia em batalha. (PERSÉFONE, PASSIVO)
— Aura Floral I: Crê-se que os filhos de Perséfone possuem um cheiro agradável, como se estivessem em constante contato com as flores. Na realidade, há uma aura sucinta ao redor dos corpos destes, embora esta possa ser contida para fins diversos. (PERSÉFONE, PASSIVO)
— Persuasão: Perséfone era famosa por intervir nos julgamentos, convencendo Hades a amenizar suas penas. Seus filhos herdam tal habilidade. Isso faz com que argumentem bem, prendendo a atenção dos interlocutores, que considerarão seus argumentos com mais facilidade. Poderes que visam a sedução também são ampliados em 20%. Aliado à beleza das crias de Perséfone, é um componente fatal para a sedução. (PERSÉFONE, PASSIVO)
— Aura Floral II: Flores crescem rapidamente com a presença do filho de Perséfone. O processo de germinação leva apenas alguns minutos quando está por perto, e esse dom pode ser suprimido com o desejo do meio-sangue. Basicamente, poderão criar flores em qualquer lugar, sendo estas sem propriedades. (PERSÉFONE, PASSIVO)
— Telecinese intermediária: Consegue mover e levitar objetos mais pesados, porém não chegando a ser aqueles bem pesados e complicados, a velocidade também aumenta, sendo proporcional ao peso. (PSIQUÊ, ATIVO)
— Telepatia Avançada: Controle total, podendo escolher a hora que vai escutar os pensamentos ou não e também se comunicando livremente através dos pensamentos. (PSIQUÊ, PASSIVO)
— Essência de Héstia: Héstia, a última olimpiana, abençoara Logan, por este ser seu protegido. Para tal, concedera uma parte de sua essência para o semideus, que deve usá-la com moderação até que adquira perícia, para que seu corpo não entre em combustão. Esse espírito dá-lhe o poder de manipulação, criação e controle do fogo, sendo que a manifestação deste elemento poderá vir de maneiras variadas (asas, chamas, escudo). No entanto, seu uso é bem restrito (apenas a pirocinese laranja) e lhe esgota facilmente, sendo recomendado apenas para últimas consequências. Como Héstia prometera, com a prática, terá mais controle sobre essa essência; somente a partir do nível 25 é que conseguirá usar-se normalmente desta particularidade, sem desmaiar ou ferir-se gravemente; a partir do nível 50, o fogo poderá ser criado, porém apenas para controle utilizando este poder. Não pode ser usada como fonte de fogo para terceiros; por ser um “fogo divino”, consegue quebrar proteções de fogo (embora só sirva para proteções onde o protegido seja mais fraco que Logan em níveis), tais como a resistência das harpias. É uma habilidade prioritariamente ativa, ou seja, com gasto de energia; sem gastá-la, apenas é possível esquentar ligeiramente o próprio corpo, sobrevivendo a temperaturas frias, por exemplo. É a benção oposta à maldição “Profecia do Caos”. (Nível mínimo: 1, 25, 50) {Controle sobre o fogo} [Recebimento: DIY ~ Fellowship.] (ESPECIAL)
TRETA, TRETA! DOIS LOGANS, UMA LEXIS!
Logan Montecarlo
Logan Montecarlo
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
338

Localização :
viajei por aí

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Heron Devereaux em Ter 08 Jul 2014, 09:25




Troublemaker
Why does it feel so good but hurt so bad...
DrillThoughtsOthers

R
epentinos, os movimentos do garoto conseguiram me assustar. Suas mãos se aproximavam do meu corpo mais do que eu realmente podia aceitar. Mas na natureza, os seres venenosos costumas assumir as mais belas formas e as cores mais chamativas. Com o semideus à minha frente, não era diferente. A vontade de tocá-lo crescia dentro de mim, à medida que ele se aproximava. E o álcool que tomava conta do meu corpo começava a inibir qualquer medo em relação à maldição.

Quando me dei conta, já sentia a bandeira envolta do corpo e as mãos do filho de Phobos sobre a minha cintura. Tão perto, que podia sentir o hálito dele, enquanto sussurrava para mim. Estávamos dançando. E meu corpo se movia em sincronia com o dele. Que importa se é um garoto? Sempre acreditei no amor às pessoas. Não no amor a um gênero específico. Quando o rapaz conseguiu finalizar seu discurso, senti a benida agir em mim outra vez. Uma risada. Livre e incontrolável, deixava o riso escapar de minha boca, enquanto fitava-o. Havia algo de muito engraçado naquilo tudo e que, no momento, não consigo me recordar.

– Desculpa. Eu... – disse, tentando recuperar o fôlego. – Eu não estou rindo de você. Não é isso. – com certa dificuldade, consegui completar as palavras. – Não sei o que deu em mim. – disse, acalmando-me. Com um suspiro, quase levei a cabeça até seu ombro. Mas minha mente, mesmo danificada pelo vinho, conseguiu me lembrar de que aquela não era uma boa ideia. – Na verdade, eu sei. Álcool é a resposta.

Não precisava mais evelar a voz para ser ouvido por ele. Estávamos próximos o bastante para conversar tranquilamente. O ritmo dançante da música que vinha das caixas de som mantimha nossos corpos em constante movimento. Apenas alguns centímetros afastados, para que não houvessem problemas. Estar, ao mesmo tempo, tão perto e tão longe de tocá-lo, me fez pensar no que aquilo realmente significava. Sentia alguma coisa por ele, sim. Mas podia admitir para si mesmo? Conseguiria amar aquele garoto e suportar sua maldição? Realmente, pensou em dizer tudo isso ao amigo. O álcool que se espalhava por seu corpo, no entanto, discordava.

– Eu sei. – deixou os lábios trabalharem livremente. – Sempre soube. Desde a colina. – por fim, aproximou-os do ouvido dele e a frase soou como um sussurro. – E eu gosto.


Heron Devereaux
Heron Devereaux
Filhos de AtenaAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
939

Localização :
Triângulo das Bermudas

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Astéria Rustkosky em Ter 08 Jul 2014, 13:12


'Cause I'm a Freak!


# Credits;
# Post 003;
# I'm a Freak - Enrique Iglecias
# Independence Day | CHB;
# Com Lesro, Chlöe CONSEGUIFAZERATREMA, Fellp, Nina & Shamlícia (?)
Todo o negócio já estava começando a me dar uma linda dor de cabeça, e eu nem havia começado a beber de verdade.

Primeiro, chegaram aqueles dois garotos ícaro&cia, que aparentemente não eram bem-vindos, sendo então, expulsos por outro garoto - "cachinhos" rç -, que eu conhecia; Fellp. Mas não, como se isso não bastasse, antes do filho de Éolo chegar, surgiu do meio do nada, abrindo a multidão como se fosse o Mar Vermelho, uma loira em roupas provocantes, que a faziam ficar gostosa demais. Afrobitch, provavelmente.

Agora, voltando a atenção ao único que eu conhecia na festa por enquanto pqné,chegapessoanessaporramaisrápidodoqueopedrodáocú <3, percebi que falava alguma coisa para mim, logo após de ter abraçado Chlöe.

▬ Olá, senhorita Jessamine. Linda como sempre. Espero que se lembre de mim - dei uma risada, vendo que o carinha do bar já havia me servido com um copo de vodka mesmo, do qual tomei um gole.

▬ Como poderia esquecer? Aliás, aquela noite foi... Memorável, Fellp - fiquei quieta por um momento, lembrando-me dos ocorridos. Chlöe já estava aqui, assim como Fellp. Ambos eu havia conhecido na festinha de Ano-Novo, noite que acabei passando em um certo outro chalé. Com Mason. Tremi, afastando as lembranças e virei o copo ▬ Aliás, me chame de Jess, sem o nome completo, okay?

E foi aí que mais uma pessoa brotou, juntando-se à baderna que a "reuniãozinha" havia se tornado. Outra conhecida. Nina. Respondi seu sorriso com outro, não ficando tão surpresa quando vi sua barriga. Fofocas corriam por esse lugar tão rápido que mal conseguia ouvir todas. Percebi então, que a loira piper estava falando, perguntando-nos da festa.Só então percebi que ainda não a conhecia.

▬ Ér... Não sei o que posso dizer ainda, a coisa mais interessante que aconteceu até agora foi todo esse pessoal aparecer do nada - dei de ombros, roubando a garrafa do desconhecido mais uma vez. Pisquei para ele ▬ Aliás, Jess, Herácles, prazer - bebi o conhaque, fazendo uma careta, estendendo-a para o garoto novamente, enquanto ele falava.

▬ Então, não conheço vocês, mas seria bom saber mais dos componentes desse grupinho, principalmente sobre você, Julie - ri, olhando-o descaradamente de cima a baixo enquanto ele tomava sua bebida novamente.

▬ Acredite em mim, eu sou - provavelmente -, a pessoa menos interessante desse grupo que se formou aqui - roubei uma das garrafas de vinho que o mênade fora descuidado demais para deixar no balcão, tomando um gole longo ▬ Eu sou só mais uma bêbada menor de idade que tem que viver nesse inferno que chamam de lar - pisquei para ele ▬ Aliás, acabei de perceber que não conheço muito bem nenhum de vocês. Se bem que não sei se isso é uma coisa boa ou ruim - dei de ombros, levando a garrafa para a boca de novo.

A noite mal havia começado, mas já previa uma linda ressaca esperando-me pela manhã. 

Astéria Rustkosky
Astéria Rustkosky
Filhos de HipnosAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
500

Localização :
looking down the barrel of a gun

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Meredith Wermöhlen em Ter 08 Jul 2014, 13:16


July 4th!



Lembrava-se de alguns nomes antes de decair para o vazio e solitário espaço do sono, agonizando enquanto era arrastada forçadamente pelos braços incomplacentes da inconsciência. E dormiu, com a respiração ressonante a encher-lhe os ouvidos em meio ao silêncio mortífero.

[ ... ]
O sangue escorria-lhe, traçando um caminho escarlate de início em uma das narinas e findando na superfície dos lábios. Passou a língua para limpar o liquido semi-seco que manchava-lhe a boca.

A cabeça latejava, e os cabelos castanhos e espessos estavam embolados feito ninho de pássaros. O arranhão em seu rosto cicatrizava, e logo sumiria. Pousou os pés no chão, e sustentou o peso pela primeira vez naqueles últimos dias; cambaleou e quase caiu, mas havia a escrivaninha para segurar-se. Que diabos, praguejou, fracamente. Reaja, menina de bordel. Havia uma festa para ir, e Meredith levanta-se apenas, unicamente, para aquele fim. Forçou passadas para o banheiro, curvando-se a cada respiração. Esse merda de demônio ainda vai me matar.

[ ... ]
Local relativamente lotado, poucas luzes, som altíssimo. Por que estou aqui mesmo? Seus olhos perscrutaram cuidadosamente o local, e pousaram no balcão que espraiava-se cheio de bebidas. Ah, sim, as bebidas.

Caminhou, ainda meio cambaleante, até o bar posto no anfiteatro. Havia ali alguns filhos de Dionísio servindo os convidados, bebendo mais do que trabalhando. A sede era tanta que a deixou cega, e só percebeu a companhia ao lado porque esbarrou no mesmo.

— Foi mal. — Disse, em cerimônias. — Aí, Kyle, só uma água com gás por enquanto, por favor. — O filho de Dionísio sorriu e entregou-lhe uma taça de cristal, a qual tilintou delicadamente em contato com as unhas da semideusa de Melinoe.

Virou o rosto com ao bebericar o líquido e fitou o rapaz. Roupas simples, o que chamava atenção em uma festa tão... berrante, vívida. Ela mesma estava um poço de cores vermelho e azul. Cabelos castanhos levemente despenteados, olhar crítico de um criador de coisas. A filha de Melinoe estreitou os olhos.

— Parece que não 'tá curtindo muito a festa, não? — Disse-lhe, tamborilando os dedos desocupados por sobre o balcão.




Considerações finais:

MEREDITH!
Clica!

ITENS LEVADOS
• None;

PODERES PASSIVOS
• Considerar todos até o nível atual da personagem;

PODERES ATIVOS
• None.
copyright 2013 - All Rights Reserved for Larissa
Meredith Wermöhlen
Meredith Wermöhlen
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
862

Localização :
casa do caralho.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Henry L. Joshua em Ter 08 Jul 2014, 14:10




Touch Me




Era como se tivesse medo. Medo de tomar um fora ali mesmo, medo de ser dispensado e perder a amizade dele.
Mas então tudo se foi, e eu tive a certeza de quão frágil o medo era, como era idiota temer algo pela imaginação dela um dia vir a acontecer. Era como uma visão do futuro que influenciava muito para os outros, mas tinha passado.
Eu tinha ele em meus braços, e ele gostava dali, gostava de mim.
-Gosta é?-Minha mão subiu suas costas o puxando mais para mim e colando nossos corpos, não o afetando somente pelo tecido de sua blusa.-Não desistiu de mim mesmo depois do sofrimento que te causei. Entende o quanto acho isso lindo e importante?

Meus olhos iam de encontro aos dele, estava pronto para o beijar, para sentir ele ali completamente, pra sentir que ele com certeza iria ser meu um dia, que iria ter seu apoio...

E então algo mudou. Por um momento era como se eu fosse o melhor ali, mais bonito, mais imponente. Um sorriso um pouco maior se formou em meu rosto ao olhar para Drillbit. Aquela devia ser a resposta de Hera, sentia uma aurea diferente envolver meu corpo agora. Algo bom, justo e limpo, bem diferente da antiga aurea apesar que gostava de sentir ambas em mim.
-Me toque.
Claro, podia ser uma ideia, ou só um pensamento. Hera tinha acabado de me abençoar, de lançar seu poder sobre mim. Eu era seu devoto, e com isso por estar naquele momento talvez o poder dela se sobrepusesse a maldição.
Por outro lado podia estar causando dor a ele, sofrimento...

Eu ainda mexia junto ao garoto. A bandeira ainda estava atrás dele e eu o olhava perto demais até para o beijar, ele só precisava me tocar.


Tagged: Everybody Wearing: This! Notes:  None


Leveck @ CG

Henry L. Joshua
Henry L. Joshua
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
567

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Astéria Rustkosky em Ter 08 Jul 2014, 14:25

off rç:
IGNOREM A PARTE QUE EU CITO A PIPER NO MEU POST AKJSDHASHWQUIHAJDHA
Deu bug rç
Ok, é isso ;3; qq
Astéria Rustkosky
Astéria Rustkosky
Filhos de HipnosAcampamento Meio-Sangue

Mensagens :
500

Localização :
looking down the barrel of a gun

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Lina Oakwood em Ter 08 Jul 2014, 15:06


Independência ou Morte
Festa de 4 de Julho.


Enquanto engolia mais um pouco da bebida alcoólica, percebi que uma garota se aproximava de mim. Parecia-me bastante familiar, mas não sabia de onde a vira antes. Depois de pedir uma água com gás para o barman - cujo nome descobri ser Kyle -, ela começou a puxar papo comigo.

- Não é isso. - comecei. - É que essas festas são cheias de gente bêbada e alguém tem que ficar sóbrio para controlar isso. Esse alguém sou eu. Além disso, - tomei um gole de água antes de continuar - não é como se eu fosse um imã para pessoas.

Observei-a por mais tempo, notando os cabelos morenos que caiam como cascata pelo rosto da mulher. Desviei os olhos para a multidão, tentado a ver se haveria alguma ocorrência grave lá no meio. Por sorte, não parecia ter algo de errado acontecendo.

- Vai se embebedar ou vai ficar só na água com gás?

Interagindo com Meredith H. Wermöhlen
Lina Oakwood
avatar
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
633

Localização :
Para me encontrar, você precisa trazer ouro imperial. Ai, terás de descer até o fundo do mar e procurar um gigante que me conheça. Depois, suba novamente a terra e siga as direções desse Gigante. Talvez você me encontre, talvez não.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Made In The USA!

Mensagem por May Gonzales em Ter 08 Jul 2014, 15:57

Faz alguns dias que cheguei no Acanpamento Meio-Sangue. Ainda não fui reclamada, e estou tentando me acostumar com a vida de semideusa.
Mais cedo, Ícaro e Lesro tinham me avisado que haveria uma festa no anfiteatro. Okay, mas como uma novata chegaria até lá? Não fazia a mínima ideia, mas pensei que seria uma boa maneira de me socializar com os campistas veteranos. Quem sabe eu poderia novamente me sentir em casa, afinal?
Depois de me arrumar, andei pelo acampamento, procurando alguém que possa me levar até o local da festa. Estava com um vestido branco, que ia até a altura dos joelhos. Não iria me expor, não sou desse tipo. Mas claro, não usaria um vestido de noiva. Além do mais, a festa era voltada para adolescentes.
Maquiagem? Claro que não. Não sou tão vaidosa para ficar horas passando pó no rosto. Prefiro minha beleza natural (isso se ela existir), e logicamente me cuidando, da forma necessária.
Após uns cinco minutos, vi um garoto a poucos metros. Perguntei-lhe onde era o tal anfiteatro,  e então depois de algum tempo finalmente consegui chegar.
A decoração era tradicional, com enfeites das cores da bandeira americana. Haviam alguns campistas na pista de dança, mas a maioria estava sentada em um espaço com sofás, conversando entre si e com copos nas mãos.
Sentei-me em um canto, sozinha, apenas observando e curtindo a música.
May Gonzales
May Gonzales
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
16

Localização :
In street of dreams...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Lancelot C. Wolfenbüttel em Ter 08 Jul 2014, 16:03


Parties are... Stupid?
zzz
Um velhinho resmungão num corpo de catorze anos



Festa idiota.

Este era o único pensamento de Brandon naquele momento. Não sabia como nem porque havia ido naquela comemoração estúpida, com bêbados estúpidos e cheia de gente estúpida. Não sabia nem porque estava no acampamento. Era inútil para seus objetivos. Claro, se fosse pensar, muitas coisas eram estúpidas para seus objetivos. Sabia que estava sendo um grande chato, mas não se importava. Sua chatice afastava as pessoas estúpidas e idiotas.

Suspirou enquanto andava até o balcão. Mesmo que fossem metade deuses, ainda tinham propósitos e necessidades mortais. Desprezo. Era o que sentia por isso. Por que comemorar algo que já passou, ou chorar pelo que está no passado? Já aconteceu, não tem importância agora. Colocou as mãos no bolso da calça jeans, organizando seus pensamentos. Querendo ou não, ainda era estúpido como a maioria deles. Ignorante, também. Talvez sua ignorância e sua arrogância fosse menor do que a de todos aqueles semideuses ali. Mas só talvez.

Estava entediado. Tudo o que proporcionavam naquele lugar não era desafiador o suficiente. Na verdade, não queria executar as atividades disponíveis. Não porque as julgava inúteis, mas por simples falta de vontade. Sabia que poderiam ser necessárias, treinar é fundamental, principalmente para o que tem em mente. Mas... Querer fazer é um pouco diferente.

Sentou-se em um dos bancos disponíveis, perto de um garoto e uma garota que conversavam. Eram muito mais velhos que ele. Na verdade, todo mundo ali parecia mais velho. Levantou uma sobrancelha ao pensar nisso. Os deuses estavam começando a relaxar no quesito reclamação dos seus filhos.

— Qualquer refrigerante, por favor. — Pediu, bebendo o que lhe foi entregue. Bebeu lentamente, saboreando o gosto doce. Açúcar era uma de suas obsessões. Mais uma prova de que era só mais uma criança perdida e sem pais.  




Lancelot C. Wolfenbüttel
Lancelot C. Wolfenbüttel
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
19

Localização :
Goddamn right, you should be scared of me.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Beverly Troublefield em Ter 08 Jul 2014, 16:08








I'm so crown, bow down bitches


E
u já ouvira várias vezes que parecia-me com a garota chamada Piper, uma filha de Afrodite, contudo nunca achei que o “parecer” fosse tanto assim. Quando meus olhos claros voltaram-se para a semideusa que conhecia apenas de nome e vista de longe, eu quase assustei-me com a semelhança. Aquilo era totalmente bizarro, não tanto quanto as coisas que agora me rodeavam, mas continuava estranho. Desviei o olhar da loira voltando minha atenção ao meu copo, bebericando o líquido castanho dentro dele. Eu recusava-me a ir embora dali cedo, por pior e mais desanimado que fosse aquele lugar ainda era uma festa, e Beverly Laurel Troublefield nunca ia embora cedo das festas.

– Chamar isso de festa é um elogio imensurável para tal. – Respondi Piper enquanto olhava-a novamente arqueando levemente uma das sobrancelhas enquanto um sorriso debochado surgia em meus lábios.

Retornei a tomar a bebida que estava em minha mão enquanto recordava-me da minha vida tão linda e tão distante de antes. Um suspiro passou por meus lábios enquanto fazia uma careta de tristeza forçada. Por que eu tinha que estar ali? Por que?! Virei o copo tomando toda a bebida de uma vez só e quando voltei-me novamente para a minha “sósia” e abri a boca para falar algo, ela me puxou, literalmente. Em situações normais eu teria me soltado e dito alguma coisa que não agradaria em nada meu receptor, contudo, apenas deixe-me levar pela outra. Já estava em um acampamento e em uma festa bem caidinha o que poderia ser pior que isso?

I know when you were little girls You dreamt of being in my world Don't forget it, don't forget it Respect that, bow down bitches. (crown) I took some time to live my life But don't think I'm just his little wife Don't get it twisted, get it twisted This my shit Bow down bitches

Beverly Troublefield
Beverly Troublefield
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
10

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Jhonn Stark em Ter 08 Jul 2014, 17:19


It's party time!
Yep. Jhonn Stark turning things... Hot.
Como sempre, alguém fora de suas faculdades mentais tinha que chegar naquele instante. Por sorte - ou azar -, este felizardo tinha sido Fellp, ex-monitor de Éolo. Apenas observei enquanto Ícaro conseguia desviar do garoto e, como sempre agir como um esquisito.

Decidi me afastar daquele meio junto ao garoto. brigar não adiantaria de nada ali, certo?

Ao chegarmos em um lugar mais distante, apenas encarei-o enquanto - desta vez - usava meus poderes empáticos para entrar em sua mente, por não ter nada mais para fazer. Sorria ao ver algumas coisas que se passavam naquele meio conturbado, com outras, apenas balançava a cabeça em negação.

- Então... - Eu disse. - Vou fingir que não descobri por mim mesmo o que você estava pensando e te dar uma chance de falar alguma coisa. Como vai a vida jovem?

Observações:
Com vontade de matar Fellp e Interagindo com Ícaro Newerland.
Jhonn Stark
Jhonn Stark
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
691

Localização :
Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Niklaus C. Schaefer em Ter 08 Jul 2014, 18:46

Olha esse menino!
Invadindo minhas privacidades, que ozado!


Aqueles lábios sedosos;
O tal sorriso cativante;
O momento em que falar se torna difícil.

- Ei, eu também sei fazer isso, cachorra. - falou Newerland enquanto invadia as faculdades mentais do menino. - Só por isso, agora vou lhe dar meu olhar de "já sei de tudo".

E balançou a cabeça numa expressão estranha, fingindo ser meio convencido. O filho do amanhecer queria ter certeza de que não bebera antes de ir para lá, mas não tinha tempo para isso. Ia procurar gatinhas agora.

Com um rápido olhar em voltar, Íca procurava aquelas tais meninas prodígios do camp. Foi então que viu outra loirinha linda, essa ele já conhecia.

- Vem, Jhonn. Vamos socializar então. - falou enquanto se aproximava de May Gonzales.

A bela novata estava sentada num canto sozinha, enquanto balançava levemente ao som da musica.

- Hey, May! - acenou, pouco antes de chegar perto dela. - Cadê a animação, moça?

Seu sorriso era largo e simpático, como o que a garota costumava expressar também.

Interagindo com:
Jhonn Minhaputark e May Bondoza Gonzales
Obs:
Pra quem não sabe, as frases do começo não têm nada a ver com nada. :V:
Niklaus C. Schaefer
Niklaus C. Schaefer
IndefinidosPercy Jackson RPG BR

Mensagens :
1206

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Happy independence day! || Festa de 4 de julho

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
:: Topsites Zonkos - [Zks] ::