Percy Jackson e os Olimpianos RPG BR
Bem vindo ao maior fórum de RPG de Percy Jackson do Brasil.

Já possui conta? Faça o LOGIN.
Não possui ainda? Registre-se e experimente a vida de meio-sangue.

π Forja's Foster π

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

π Forja's Foster π

Mensagem por Ailee S. Brigtte em Sab 10 Dez 2011, 22:36


π Forja's Foster π



Logo no começo da área das forjas se encontrava à forja de Tyler, um dos muitos filhos de Hefesto. A forja possuía um tamanho normal com relação as outras, mas seu espaço era bem aproveitado.

No centro da forja se encontrava uma bigorna, onde um martelo de forja tinha sua cabeça apoiada na bigorna e seu cabo sustento no chão em diagonal. A fornalha ficava no meio da parede dos fundos, logo atrás da bigorna, e ao lado esquerdo da fornalha se encontrava uma estante com formas de diversos tipos de armas e escudos e ao lado direito da fornalha ficava um barril, tampado, de água gelada, forrado de alumínio por dentro para a água não mudar de temperatura.

Na parede direita da forja ficava uma grande prateleira onde se encontrava uma estaca de ferro, uma pinça gigante, um afiador de lâmina elétrico, uma solda e um par de luvas junto com óculos protetores. E na parede esquerda da forja ficava outro armário onde era guardado o estoque de metal do filho de Hefesto. Numa das gavetas desse armário ficava guardado couro, panos e cordas, e na gaveta ao lado ficava os esmaltes para equipamentos.

Ao entrar na forja o(a) visitante se deparava com um balcão de madeira envernizado que ficava à dois metros e meio da porta. Em cima desse mesmo balcão se encontrava um formulário ao lado de uma caneta que deveria ser preenchido pelo(a) cliente e de cada lado da porta ficava um confortável sofá de três lugares, bem em baixo de um ventilador.

Tyler estava sentado em um banquinho de madeira, entediado, quando o(a) visitante entrou em suas forjas. O semideus sorrio para o(a) visitante, contente com a expectativa de poder matar seu tédio fazendo alguma coisa.

- Em que posso ser útil? - O rapaz disse ficando em pé.


Formulário:
Preencha o formulário abaixo para facilitar o seu atendimento

Tipo de Item: (espada, escudo, flecha)
Nome:*
Metal:
Fundir:*
Detalhes:*
Descrição: (Como você quer que ele fique no seu arsenal)

1 - As opções marcadas com o * são opcionais
2 - Todas as minhas forjas terão o o símbolo do Pi: π gravadas em algum lugar, como forma de identificação que a arma é criação minha.
Ailee S. Brigtte
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
54

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Luís F. Klinder em Dom 11 Dez 2011, 21:02

Chego as forjas Foster, vou ao balção e digo:
- Óla amigo.
Luís F. Klinder
avatar
Filhos de Zeus
Mensagens :
200

Localização :
...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Ailee S. Brigtte em Dom 11 Dez 2011, 22:05


O Primeiro Cliente



Número de forjas: -
Número de Clientes: -


Eu estava entendiado sentado em meu banquinho de madeira quando um semideus adentrou as portas da minha forja e se dirigiu ao balcão me cumprimentando.

Me levantei e fiquei de pé do outro lado do balcão, contente e um tanto nervoso por aquele ser meu primeiro cliente.

- Olá, em que posso ser útil? - Perguntei a ele esperançoso, e assim que ele respondeu refleti um pouco e impus meu preço- Eu te forjo por 30 dracmas, tá bom pra você?

Assim que o semideus confirmou seu pedido sorri para ele e me dirigi até o armário da parede da esquerda da minha forja, onde ficava guardado meu estoque de metais e peguei um bronze sagrado. Acendi a fornalha e deixei o bronze sobre a fornalha para o mesmo mudar seu estado físico.

Peguei um molde de espada na estante ao lado da fornalha e usando meu poder de magnetismo, mudei o formato do molde para que o gume tivesse a forma de uma e deixei o molde aberto. Assim que o bronze terminou de derreter, despejei ele dentro do molde com cuidado para não respingar metal liquido fervente em meus braços.

Fechei o molde da espada assim que o mesmo estava cheio de bronze em forma liquida e abri o barril de água fria, que se situava do outro lado da fornalha, mergulhando o molde de espada dentro do barril ouvindo o som da água fria evaporando ao entrar em contato com o ferro fervente.

O bronze voltou para sua forma sólida depois de alguns minutos dentro do barril e eu levei a espada para a bigorna. Arrastei meu banquinho de madeira para perto da bigorna e fiquei sentado em cima dele enquanto martelava a espada, consertando as partes amassadas e deformadas, alisando ela inteira e depois amassando, propositalmente, as partes que ficaria a lâmina.

Depois de muitas marteladas a espada adquiriu o formato desejado. Me levantei do meu banquinho com a espada na mão e afiei a mesma no amolador de lâminas elétrico, pegando a estaca de ferro logo em seguida e levando a espada de volta para a bigorna onde deixei ela em cima enquanto caminhava em direção ao armário que ficava guardado meu estoque de metais.

Abri uma das gavetas e peguei um pedaço de couro que usei para encapar o punho e com a ajuda do meu martelo e da estaca de ferro, desenhei o omega no pomo da espada.

Analisei a arma e logo em seguida me dirigi de volta para a frente do balcão, entregando a espada ao semideus assim que o mesmo pagou pelo meu serviço.


Área adm:
Modificações em meu perfil

~ Retirar um Bronze sagrado
~ Acrescentar 30 dracmas

Modificações no perfil de Luís Fernando

~ Retirar 30 dracmas
~ Espada de bronze sagrado[Gume em forma de lua com punho revestido de couro e no pomo a letra Omega se vê gravado, afiadíssima](π)
Ailee S. Brigtte
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
54

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Jessica K. Garcia em Dom 11 Dez 2011, 22:15

Era uma bela noite no acampamento, estava passeando na verdade estava conhecendo amis o acampamento. Continuei caminhando até que cheguei em uma forja, tinha 100 dracmas podia pedir para ele forjar uma espada pra mim. Entrei na forja e começei a preencher um formulário.

FORMULÁRIO:

Tipo de Item: Espada
Nome:Jess
Metal: Bronze Sagrado
Fundir: -
Detalhes: -
Descrição: Uma espada de dois gumes, grande e um pouco leve e no centro dela está escrito Jess.

- Por quanto me vende ? - perguntei
Jessica K. Garcia
avatar
Indefinido
Mensagens :
15

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Luís F. Klinder em Seg 12 Dez 2011, 00:12

- Claro, Tyler pode fazer a espada.
Luís F. Klinder
avatar
Filhos de Zeus
Mensagens :
200

Localização :
...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Thais W. West em Seg 12 Dez 2011, 12:47

Atualizado
Thais W. West
avatar
Filhos de Melinoe
Mensagens :
559

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Ailee S. Brigtte em Ter 13 Dez 2011, 00:30


A espada de nome Jess

Número de forjas: 1
Número de Clientes: 1


Era mais uma noite no acampamento meio-sangue, e eu estava em minhas forjas esperando algum cliente aparecer sem muita esperança quando uma semideusa adentrou as portas da Forja's Foster.

Sorri para a semideusa, contente com a expectativa que poderia fazer algo, enquanto me levantava do meu banquinho de madeira para atender a cliente que logo após entrar começou a preencher o formulário para forja e quando terminou perguntou para mim por quanto eu vendia aquele item.

- Eu te faço por 30 dracmas, tudo bem pra você? - indaguei a ela que assentiu em concordância - Fique a vontade que eu já volto! - Disse a ela indicando os sofás.

Acendi a fornalha e peguei um pedaço de bronze sagrado no meu estoque de metais, deixando o bronze sagrado repousar em cima da fornalha enquanto observava sentado em cima do meu banquinho de madeira.

Depois de um tempo o metal adquiriu a cor alaranjada meio brilhosa que indicava estar preste a entrar em estado liquido e depois de mais algum tempinho se derreteu por inteiro.

Peguei uma forma de espada de dois gumes grande na prateleira ao lado da fornalha e abri a mesma despejando o bronze em forma liquida dentro da forma e fechando ela rapidamente. Abri a tampa do barril de água fria logo em seguida e mergulhei a forma dentro da água tirando depois de instantes.

Levei a forma até o meio da forja e tirei a espada de dois gumes de dentro dela, deixando a espada semi-pronta em cima da bigorna e guardando a forma de novo na prateleira. Aproveitei para pegar minha pinça gigante e meu martelo e sentei em meu banquinho de madeira na frente da bigorna. Segurei a espada com a pinça gigante e com a outra mão comecei a martelar a espada, deixando ela lisa e reta.

Após dar varias marteladas usei meu poder de magnetismo para dilatar a espada por dentro para que mesma ficasse mais leve e voltei a martelar a espada concertando a partes dela que não estavam mais lisas.

Assim que terminei peguei minha estaca de ferro e com um pouco de dificuldade graças a minha dislexia, escrevi Jess no meio dela e desenhei minha assinatura, o Pi, no começo das duas lâminas.

Me levantei do meu banquinho e me dirigi até a prateleira que ficava do lado esquerdo da bigorna e passei as lâminas da espada varias vezes seguida no amolador de lâminas.

Quando terminei fiquei à admirar por alguns instantes a minha obra e levei até a cliente entregando a ela assim que recebi os 30 dracmas como pagamento.


ÁREA ADM:

Modificações em meu perfil

~ Retirar um Bronze sagrado
~ Acrescentar 30 dracmas

Modificações no perfil de Luís Fernando

~ Retirar 30 dracmas
~ Jess [Espada grande de dois gumes, feita de bronze sagrado, no centro dela está escrito Jess, muito leve](π)
Ps: ela confirmou o pedido por mp.
Ailee S. Brigtte
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
54

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Igor C. Zarkd em Ter 13 Dez 2011, 10:13

...

Igor se dirigiu até a área de forjas do acampamento, onde encontrou a forja Foster, não muito grande mas bem organizada em seu interior. Sentia o calor vindo da fornalha e podia ver diversos materiais e ferramentas que só um filho de Hefesto, ou um grande ferreiro comum poderiam utilizar. No balcão, encontrava-se o ferreiro responsável pela forja, que parecia se ocupar com outros clientes. Aproximou-se e cumprimentou o ferreiro.

-
Oi, Tyler né? Soube que você está bem popular no acampamento pela sua habilidade de ferreiro, mas será que você consegue forjar uma arma para aquele que não luta com lâminas? Será um desafio, e o preço não é problema por enquanto, eu acho. Vamos fazer negócio?


...


Spoiler:
π Tipo de Item π

Soqueiras (Arma)

π Nome π

荣誉 (Rong'yu: Honra)

π Metal π

Titânio e Ouro(Apenas para os detalhes)

π Fundir π

Bronze Sagrado

π Detalhes π

Favor acrescentar um espaço interno no item para guardar pequenos objetos, como apontadores, borrachas, moedas, etc.

π Descrição π

São soqueiras cuja extensão vai até o antebraço, formando uma espécie de proteção extra. Na parte de dentro do braço, a soqueira nada possui além dos fios de metal que a prendem ao braço. Na parte do punho, protegem todos os dedos e toda sua extensão. Possui pequenas garras no punho, afiadíssimas, mas apenas duas. No antebraço, possui a escrita chinesa de 'Honra" (favor procurar no google tradutor, em chinês simplificado) desenhada em relevo com ouro. O contorno da arma também é feito de ouro, dando uma beleza especial. O forro do lado de dentro é feito de couro.


Igor C. Zarkd
avatar
Menestréis
Mensagens :
5

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Thais W. West em Ter 13 Dez 2011, 16:39

Atualizado
Thais W. West
avatar
Filhos de Melinoe
Mensagens :
559

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Tessie N. Roberts em Seg 19 Dez 2011, 16:33

Chego na forja de Tyler sorrindo e pego uma ficha para prencher.

Spoiler:
Tipo de Item: Espada
Nome: Magicis (magia em latim)
Metal: Bronze Sagrado
Fundir:-
Detalhes:-
Descrição: Uma espada grande, leve e ágil, no meio o nome Magicis escrito.

-Me cobra quanto?-pergunto a Tyler, mostrando o formulário.

Tessie N. Roberts
avatar
Indefinido
Mensagens :
134

Localização :
Chalé de Hécate.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Ailee S. Brigtte em Seg 19 Dez 2011, 17:33


Ouro e Titânio? Ainda não consigo




Número de forjas feitas: 2


Mais um dia comum em minhas forjas quando um semideus adentra as portas da mesma. Ele me cumprimentou e disse que eu estava bem popular no acampamento por causa das minhas habilidades de ferreiro. Fique surpreso com o que ele disse, nem mesmo eu sabia disso e pelo meu número de clientes perguntei pra mim mesmo se ele não tinha me confundido.

Ele indagou se eu conseguia forjar uma arma para alguém que não lutava com lâminas, me propondo esse desafio. Particularmente eu adorava desafios e prendi minha atenção nele assim que ele me fez a proposta.

Li a ficha que ele preencheu ficando meio sem jeito quando cheguei na parte dos metais e assim que terminei de ler me voltei para o cliente.

- É.. eu não consigo forjar armas ou objetos com ouro ou titânio, se você quiser eu posso substituir as partes de ouro e titânio por outro material como ferro, bronze, bronze sagrado, magnésio ou aço que são materiais que eu consigo manipular. - Disse a ele meio sem jeito esperando sua resposta.

- Faça de aço com bronze sagrado então, por favor! - O semideus respondeu educadamente.

- Ok, eu te forjo por 57 dracmas, tudo bem pra você? - E ele assentiu com a cabeça aceitando.

- Fique a vontade que eu já volto com seu pedido pronto. - Falei pra ele apontando os sofás enquanto me dirigia pro meu estoque de metais.

Peguei no armário do estoque um bronze sagrado e um aço e levei eles até a fornalha onde eu acendi a mesma após deixar os dois metais repousando em cima dela.

Peguei em seguida uma forma de soqueira que ia até o ante-braço e uma forma de garras e deixei ambas abertas enquanto esperava pacientemente os dois metais derreterem. Quando isso aconteceu eu levitei os dois, usando meu poder de magnetismo, para dentro das suas respectivas formas e as fecheis deixando ainda um pouquinho de metal em cima da fornalha.

Fechei as duas formas e mergulhei ambas dentro do barril de água fria e tirei elas de dentro da água depois de alguns poucos minutos. Abri as duas formas e assim que tirei as duas peças de dentro delas guardei as formas e levei a soqueira e as garras até a bigorna.

Com meu martelo de forja eu martelei os quatro objetos até depois de ficar cansado, só parando quando os dois estavam com o formato que eu queria, e a soqueira em especial, flexível em suas juntas mas resistente em suas outras partes.

Controlando o magnetismo fiz dois buracos nas soqueiras onde enfiei as garras de metal e dilatei o metal da soqueira e das garras para que as garras ficassem presas nas soqueiras e para que as soqueiras ficassem mais resistente. Peguei na gaveta de panos do armário do meu estoque couro e com ele revesti as soqueiras internamente conforme o cliente havia pedido deixando.

Peguei minha estaca de ferro na prateleira e com meu martelo escrevi com muita dificuldade e cuidado a palavra honra em chines, e logo em seguida, ainda com minha estaca e meu martelo, desenhei um retângulo na parte de trás das soqueiras perto embaixo do pulso e depois de desenhar continuei batendo com o martelo a estaca até que o retângulo quebrou.

Peguei o resto do metal que eu havia deixado em cima da fornalha e com meu poder de magnetismo levitei o resto do bronze sagrado e repousei o mesmo em cima da escrita deixando a palavra em relevo. O que sobrou do bronze eu fiz o contornos da peça e assim que terminava de colocar os metais jogava água fria em cima da parte que havia ficado o metal endurecendo ele.

E com o que sobrou do aço eu peguei uma forma que tinha vários espaços para de cordas de metal e deixei onde eu coloquei o aço e endureci com a água fria em seguida. Assim que fiz isso coloquei os fios de metal dentro das soqueiras e prendi uma ponta deles nas partes internas das soqueiras deixando a outra ponta livre para prender no braço do semideus.

Peguei mais um pedaço de couro e na parte que eu havia quebrado o retângulo eu coloquei um bolso de couro para objetos pequenos perto do pulso para facilitar na hora que o usuário quisesse pegar algo.

Levei a soqueira até o afiador elétrico e após passar as lâminas nele cinco vezes me dirigi até o balcão e assim que recebi o pagamento entreguei as soqueiras.

Assim que fiz isso uma linda garota entrou em minhas forjas e pegou uma ficha no balcão e assim que terminou de preencher entregou a ficha para mim me perguntando quanto eu cobrava.

- Eu te forjo "Magicis" por 30 dracmas, tudo bem pra você? - perguntei a ela assim que li a ficha.


Área adm:
Modificações em meu perfil:

~ Retirar um aço e um bronze sagrado
~ Acrescentar 57 dracmas

Modificações no perfil Igor C. Zarkd:

~ Retirar 57 dracmas
~ 荣誉 [Soqueiras de bronze sagrado e aço, se estende até o antebraço, formando uma proteção extra desde os dedos e suas extensões até o fim do antebraço. Na parte interna a soqueira só possui fios de metal que a prendem ao braço. Possui duas pequenas garras, afiadíssimas. Se vê a escrita chinesa de 'Honra" (荣誉) desenhada em relevo com bronze. O contorno da arma também é feito de bronze e o forro do lado de dentro é feito de couro, perto do pulso existe um pequeno espaço interno para guardar pequenos objetos, como moedas e similares] (π)
Ailee S. Brigtte
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
54

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Tessie N. Roberts em Seg 19 Dez 2011, 17:40

-Claro!-respondo, pagando os 30 dracmas.
Tessie N. Roberts
avatar
Indefinido
Mensagens :
134

Localização :
Chalé de Hécate.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Lucy M. Gomes em Ter 20 Dez 2011, 22:02

Entrei numa forja e falei:
-Olá gostaria de uma arma
-Preencha essa ficha

Ficha:

Tipo de Item: Chicote
Nome: Monster
Metal: Bronze Sagrado
Fundir:-
Detalhes:-
Descrição: Um chicote grande,com duas pontas e espinhos,em todo o local a figura de monstros gregos.
Lucy M. Gomes
avatar
Indefinido
Mensagens :
48

Localização :
Procurando quem é o verdadeiro ladrão das Harpias

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Ailee S. Brigtte em Qui 22 Dez 2011, 22:55


Magicis


Número de forjas já feitas: 4

A garota aceitou minha proposta de preço e me pagou pela arma adiantado. Agradeci a ela já que isso não era comum e indiquei os sofás ao lado da porta dizendo para ela ficar a vontade enquanto eu forjava.

Me dirigi até o meu estoque de metais abrindo o armário da parede que ficava à esquerda da bigorna e peguei um bronze sagrado.

Acendi a fornalha e deixei o bronze sagrado repousar em cima dela enquanto pegava uma forma de espada grande em cima da estante de formas, deixando ela aberta aos pé da fornalha acessa. Quando o bronze sagrado derreteu eu despejei ele dentro da forma de espada e à fechei, mergulhando a forma logo em seguida dentro do balde de água fria.

Depois de esperar alguns minutos tirei o molde de dentro do barril, o metal agora estava sólido mas ainda um pouco quente e deformado, peguei minha pinça gigante e coloquei com ela a espada grande em cima da bigorna.

Peguei meu martelo que estava encostado na bigorna e ainda segurando a espada com a pinça comecei a martelar a espada, para dar a ela uma melhor forma e deixar reta as partes deformadas. Após algumas varias marteladas a espada ficou reta e eu usei meu poder de magnetismo para dilatar o metal interno da espada para a espada ficar maior e mais leve internamente.

Voltei a martelar a espada para concertar as novas partes deformadas e quando terminei caminhei até a estante que estava do lado direito da bigorna e peguei minha estaca de ferro voltando para a bigorna. Com meu martelo e a ajuda da estaca escrevi, com dificuldade graças ao meu TDAH, "Magicis" na lâmina.

Me levantei e peguei a espada numa mão e a estaca de ferro e a pinça gigante com a outra mão e fui até estante do lado direito da bigorna, de novo. Coloquei a pinça e a estaca ali em cima da estante e passei a lâmina da espada no afiador elétrico umas cinco vezes deixando ela bem afiadíssima.

Quando terminei olhei a espada com meu olhar crítico a procura de um defeito ou erro e somente depois de constatar que não tinha nenhum eu entreguei a espada para a cliente, me despedindo e dizendo a a famosa e clichê frase do "volte sempre".

Uma garota então entrou em minhas forjas me cumprimentando e preenchendo o formulário. Assim que ele estava preenchido peguei e li o mesmo estabelecendo o preso mentalmente.

- Desculpe, mas onde você quer que fique as figuras dos monstros gregos? Eu não entendi.. - Disse a ela entregando o formulário que ela tinha preenchido.

ÁREA ADM:
Modificações em meu perfil:

~ Retirar um bronze sagrado
~ Acrescentar 30 dracmas

Modificações no perfil de Tessie N. Roberts:

~ Retirar 30 dracmas
~ Magicis[ Espada grande de bronze sagrado, leve e ágil com as a inscrita "Magicis" na lâmina] (π)
Ailee S. Brigtte
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
54

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por 024-ExStaff em Qui 22 Dez 2011, 23:36

Atualizados
024-ExStaff
avatar
Indefinido
Mensagens :
177

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Alexander P. Dalton em Sex 23 Dez 2011, 00:05

Translate


Há poucos dias eu havia recebido uma missão especial diretamente de meu pai, Hermes. Pelas informações que eu recebi, ela seria mega difícil e eu não tinha nenhum tipo de proteção, nem se quer um escudo. Andava pelas ruas de NY, quando me lembrei do acampamento e dos filhos de Hefesto. Lá era o melhor lugar em que eu poderia arranjar um bom escudo.
Voltei para o acampamento, depois de muito tempo fora. Perguntei à alguns campistas qual era o melhor forjador de todo o acampamento e todos me direcionaram para Tyler, que passava a maioria do tempo em sua forja. Fui até ele e adentrei o lugar bastante amplo no qual ele realizava seu trabalho. Me aproximei do garoto e fiz minha encomenda, já com pressa:


▬ Preciso de um escudo, rápido... Quero um bastante resistente e afiado nas pontas, se puder fazer um desenho em alto relevo em sua fronte com o caduceu de Hermes, posso aumentar o preço... Mas eu preciso partir o mais rápido possível, por favor, seja breve.
Alexander P. Dalton
avatar
Menestréis
Mensagens :
41

Localização :
Eu moro logo ali

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Ailee S. Brigtte em Sex 23 Dez 2011, 23:48


Um escudo e rápido



Número de forjas já feitas: 5

Enquanto eu esperava a resposta da garota que havia pedido o chicote um homem entrou em minhas forjas, que por sinal eu nunca antes havia o visto no acampamento.

Ele se aproximou de mim e com pressa me pediu para forjar um escudo bastante resistente com lâminas das curvas e um desenho em auto relevo do caduceu de Hermes, me deixando deduzir que esse era seu progenitor divino. Como ele estava apressado não pedi para ele preencher o formulário e estabeleci preço mentalmente.

- Eu te forjo um escudo assim por 50 dracmas. Tudo bem pra você? - E ele assentiu com a cabeça.

Pedi licença para os meus dois clientes indicando os sofás à eles e me dirigi até o meu estoque de metais, onde peguei um pedaço de aço e um de bronze sagrado.

Acendi a fornalha e não demorou pra mim sentir a temperatura da minha forja aumentar, eu estava quase me acostumando com aquela temperatura. Coloquei os dois metais em cima da fornalha acessa e peguei um molde de escudo, me sentando em meu banquinho enquanto esperava os dois metais derreter.

Assim que eles derreteram eu despejei o aço no meio da forma do escudo e fechando a forma mergulhei ela dentro do balde de água fria tirando depois de um tempinho. Assim que tirei a forma de dentro da água abri ela e me deparei com o aço semi-duro. Despejei então o bronze sagrado em volta do escudo e usei meu poder de magnetismo para fazer com que o bronze sagrado só ficasse nas curvas do escudo, mesmo.

Assim que fiz isso fechei a forma e mergulhei ela uma segunda vez dentro do barril de água fria deixando o bronze sagrado também semi-duro.

Tirei o escudo de dentro da forma e guardei a forma de novo em cima das estantes. Com o escudo em mãos eu caminhei até a bigorna e deixei ele repousar em cima dela enquanto pegava minha pinça gigante e minha estaca de ferro na estante.

Dilatei o metal semi-duro do escudo por dentro com meu poder de magnetismo deixando uma parte no meio mais levantada que as outras e com meu martelo de forja e ajuda da minha estaca de ferro eu lapidei um desenho do caduceu de Hermes com cuidado.

Quando terminei eu mergulhei o escudo mais uma vez na água fria e deixei ele ali por alguns minutos. Quando tirei o escudo já estava totalmente duro e eu deixei ele repousando em cima da bigorna enquanto prendia ele com minha pinça gigante.

Peguei meu martelo de forja com a outra mão e comecei a martelar o escudo para tirar as partes deformadas e deixá-lo totalmente liso, amassando propositalmente suas curvas, deixando essas partes finas.

Assim que fiz isso peguei o escudo com uma mão e a pinça e a estaca com a outra e fui até a prateleira da parede direita da minha forja. Deixei a pinça e a estaca ali em cima e liguei o afiador de lâminas elétrico na tomada, onde afiei as curvas de bronze sagrado do escudo até deixá-las afiadíssimas.

Avaliei o escudo que eu havia acabado de forjar com meu olhar crítico de forjador a procura de erros e quando constatei que não havia nenhum levei sorridente o escudo para o filho de Hermes.

Assim que ele me pagou os 50 dracmas pelo serviço entreguei o escudo a ele e me voltei para a garota que havia pedido chicote ainda esperando ela esclarecer minha dúvida.

ÁREA ADM:
Modificações em meu perfil:

~ Retirar um bronze sagrado e um aço
~ Acrescentar 50 dracmas

Modificações no perfil de Angelo A. Cowlins:

~ Retirar 50 dracmas
~ Escudo feito de aço no meio e suas bordas de lâminas afiadíssimas de bronze sagrado. Muito resistente, duro e forte com a imagem em alto relevo do caduceu de Hermes (π)
Ailee S. Brigtte
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
54

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por 023-ExStaff em Qui 29 Dez 2011, 03:01

Atualizados
023-ExStaff
Indefinido
Mensagens :
348

Localização :
Submundo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Gabriel Antonio em Qui 29 Dez 2011, 13:55

chego na forja e falo para o dono

-faz aquilo o que nós combinamos.
Gabriel Antonio
avatar
Filhos de Dionísio
Mensagens :
322

Localização :
vai roubar?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Ailee S. Brigtte em Qui 29 Dez 2011, 15:33


Reforma de um Tirso


Números de armas já feitas: 5

Era mais um dia no acampamento meio-sangue e eu estava com um par de fones no ouvido ouvindo músico num volume baixo, ao contrario da maioria, música alta me incomodava muito.

Então o filho de Dionísio de nome Gabriel entrou em minhas forjas com seu tirso de prata. Eu me levanto já imaginando o que ele queria e ele me entrega seu tirso e diz para mim fazer o que tínhamos combinado.

- Pode se sentar enquanto eu melhoro seu tirso, não vai demorar. - Disse a ele indicando os sofás ao lado da porta.

Levei o Tirso até os fundos da forja e deixei ele em cima da bigorna, caminhei até o meu estoque de metais e peguei um pedaço de bronze sagrado. Levei o pedaço de metal até a fornalha e acendi a mesma deixando o bronze sagrado em cima da fornalha se banhando de calor e depois de alguns vários minutos o metal finalmente derreteu.

Peguei uma forma de tirso com espinhos e coloquei o tirso do filho de Dionísio dentro da forma, mas como ele não possuía espinhos as partes dos espinhos ficou vazia conforme eu esperava. Peguei o metal derretido e joguei ele dentro da forma cobrindo a cabeça do tirso com bronze sagrado e preenchendo o espaço oco dos espinhos que agora cercavam o tirso.

Mergulhei o tirso dentro do balde de água fria e tirei depois de alguns poucos minutos. Abri a forma e tirei o tirso de dentro guardando a forma em seguida em sua estante.

Com o tirso na mão eu caminhei até a estante ao lado direito da bigorna e peguei meu óculos protetor, cobri meu rosto e liguei o afiador elétrico na tomada. Segurando com cuidado o tirso pressionei os espinhos com força contra a esfera giratória que com o contato com os espinhos começou a girar velozmente espirrando faíscas para todo o lado, mas eu estava protegido com meus óculos protetores.

Assim que terminei de afiar os espinhos do tirso avaliei sua haste, eu não podia melhorar sua ponta e deixar suas haste da mesma forma de antes. Comecei a alisar a haste do tirso usando meu poder de magnetismo para dilatar o metal internamente deixando ele mais leve e flexível.

Depois de fazer isso por um tempo eu avaliei com o olhar o tirso reformado a procura de problemas ou erros e assim que terminei de averiguar que ele estava perfeito caminhei até o balcão e fiz sinal para o filho de Dionísio levantar do sofá e vir até mim.

- Seu tirso tá aqui! eu vou te cobrar 25 dracmas pela reforma. - Avisei a ele enquanto entregava o tirso e recebia os 25 dracmas.


Área adm:
Modificações em meu perfil:

~ Retirar um bronze sagrado
~ Acrescentar 25 dracmas

Modificações no perfil de Gabriel Antonio:

~ Retirar 25 dracmas
~ Modificar a descrição do seu Tirso de prata para :
♦ Tirso de Prata com videiras [Haste leve e flexível, cabeça revestida por espinhos afiadíssimos de bronze sagrado] {Presente de Dionísio}(π)
Ailee S. Brigtte
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
54

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por 023-ExStaff em Qui 29 Dez 2011, 15:52

Atualizados
023-ExStaff
Indefinido
Mensagens :
348

Localização :
Submundo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Ían Folchart em Sex 30 Dez 2011, 00:18

Entrei na Forja's Foster admirando o lugar. Era a primeira vez que eu entrava em uma forja mas era fácil perceber que aquela forja era bem cuidada e organizada.
Me dirigi até o balcão e limpei a garganta para chamar a atenção do forjador que estava sentando em um banquinho com uma expressão de entediado.
- Em que posso ser útil? - Ele me perguntou se levantando do seu banquinho para me atender.
- Eu queria que você me forjasse um arco com os lados cravejados por diamantes pontudos e finos, sendo que dos lados o arco deve ter o formato de asas aberta, com cordas de couro.- Respondi a ele serio e então me lembrando do preço, eu só tinha 100 dracmas e não sabia se o dinheiro iria dar- Por quanto você me faz?
Ían Folchart
avatar
Indefinido
Mensagens :
31

Localização :
acampamento

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Ailee S. Brigtte em Sex 30 Dez 2011, 11:53


O arco perfeito



Número de forjas já feitas: 5


Eu estava sentando em meu banquinho rabiscando desenhos e estruturas de armas e possíveis forjas quando um garoto passou pela porta e se dirigiu até o balcão.

Perguntei para ele em que eu poderia ser útil e ele me pediu para forjar um arco, mas não um arco comum, ele me encomendou um arco com diamantes cravejados em sua volta, pontudos e finos num desenho em forma de asas com cordas de couro.

Eu nunca havia forjado um arco e nunca tinha forjado nenhuma arma com pedaços de pedras preciosas e estava um tanto excitado com a ideia. O garoto que deveria ter a minha idade me perguntou por quanto eu forjaria aquele arco e eu comecei a estabelecer o preço mentalmente.

Como o garoto era filho de Afrodite eu sabia que não bastaria só o arco ser uma boa arma, ele também teria que ser uma arma perfeita em aparência e nos demais aspectos, refleti um pouco mais antes de responder para o garoto e em seguida me voltei para ele.

- Você quer dar um nome a ele ou tem preferência de algum material para a sua composição? - Fiz uma pausa fitando ele e continuei em seguida - Esse arco eu te forjo por volta de 55 dracmas. Esse preço está bom pra você?
Ailee S. Brigtte
avatar
Filhos de Hefesto
Mensagens :
54

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Ían Folchart em Sex 30 Dez 2011, 14:36

Ouvi atentamente as palavras de Tyler e assim que ele ele me fez a proposta dos 55 dracmas suspirei aliviado ao descobrir que eu tinha dinheiro suficiente para encomendar a arma e ainda iria sobrar.
Refleti um pouco sobre que nome dar para o arco, mas movido pela impaciência eu resolvi dar o primeiro nome que apareceu em minha mente.
- Não tenho preferência para o resto do material e eu quero nomeá-la de Asas Mortais. Agora quanto o preço, 55 dracmas pra mim está ótimo, mas eu queria também uma aljava de couro com 100 de flechas de madeira na haste e diamantes pontudos na ponta. - Fiz uma pausa e um tanto temeroso perguntei - Quanto fica?

Ían Folchart
avatar
Indefinido
Mensagens :
31

Localização :
acampamento

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Daken Eldridge em Sex 30 Dez 2011, 18:25

________________________________________________________________________________________________________
A Lamina de um Protetor
________________________________________________________________________________________________________


Daken estava maravilhado com as forjas da propriedade. Algumas grandes, outras menores, mas sempre abarrotada de gente e equipamentos. Cheiro de fumaça e ferro, barulho de metal se chocando e gente gritando. Para o rapaz fazia lembrar a África, e se sentiu nostálgico por um momento. Logo na entrada das forjas, viu uma forja com um pi entalhado na frente, e algumas pessoas. Olhou e viu armas com cheiro de novas, e rostos felizes de pessoas qu recebiam as armas que escreveriam o futuro e seriam descritas nas mais belas canções dos menestréis de Orfeu. No balcão preencheu o formulário. O ferreiro já trabalhava na bigorna martelando o metal. Daken era reservado, mas decidiu conversar com o homem que seria responsável por criar a sua arma.

- Oi, Tyler, não é? Sou Daken, muito prazer. Escute, se não incomodar, preciso de uma espada. Mas não aquelas lâminas com couro para segurá-las que são feias e brutas. Preciso de uma lâmina com beleza celestial, que só um ser superior teria a corajem de usar. A lâmina que eu possa chamr de minha. Ouvi falar que você trabalha bem com metais, então, podemos nos ajudar? O preço não é problema. Se um dia eu vencer com a lâmina, o nome do ferreiro será lembrado através dos tempos. - Daken pensava em como seria batalhar com a lâmina que faria de si um verdadeiro paladino, um guerreiro protetor dos necessitados.


Ficha do Equipamento:
π Tipo de Item π
Espada
π Nome π
Paladina
π Metal π
Aço
π Fundir π
Bronze Sagardo
π Detalhes π
Cor da empunhadura e do guarda mão: Prateado. Cor da Lâmina: Esmeralda.
π Descrição π
O guarda mão tem forato de escudo. A lãmina é resistente e afiada, de comprimento longo, 75 cm para ser exato. A espada tem um ar de que fora entregue na mão de mortais pelos anjos. Quem a empunhar terá a dádiva de sempre proteger.
Daken Eldridge
avatar
Indefinido
Mensagens :
5

Localização :
Junto do poeta

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: π Forja's Foster π

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum